TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1"

Transcrição

1 TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1

2 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/1kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F 1kV ,5 1,22 2,597,480 4,568 2,5 1,78,849 5,249 6,86 4 2,584 5,556 7,727 10,167 6,647 7,711 10,997 14, ,082 12,72 18,40 24, ,481 20,682 29,1 8, ,78 1,50 45,7 61, ,447 6,102 85, ,627 92,06 12, ,109 16,92 176, ,158 17,81 227, ,957 22, , ,62 279,05 64, ,68 4,445 47, , , , ,566 56,76 746, ,5 1,22 2,597,480 4,568 2,5 1,78,849 5,249 6,86 4 2,584 5,556 7,727 10,167 6,647 7,711 10,997 14, ,082 12,72 18,40 24, ,481 20,682 29,1 8, ,78 1,50 45,7 61, ,447 6,102 85, ,627 92,06 12, ,109 16,92 176, ,158 17,81 227, ,957 22, , ,62 279,05 64, ,68 4,445 47, , , , ,566 56,76 746, ,5 1,55,490 4,499 5,615 2,5 2,126 4,76 6,0 7,94 4 2,957 6,505 9,025 11, ,029 8,874 12,726 16, ,945 14,177 20,242 25, ,541 22,955 2,116 41, ,869 4,876 48,617 6, ,417 66,51 89, ,996 98, , , , , , ,822 22, ,829 28, , , ,66 72, ,080 55, , , , , ,48 CABO CONDUFLEX 750V CABOS 750V CABO NOFLAM ANTICHAMA BWF FLEXÍVEL 750V CABO AFITOX-F 750V ,886 2,495,219 1,5 2,447,07 4,214 2,5,647 4,912 6,26 4 5,889 7,992 10, ,04 11,119 14, ,905 18,192 24,287 0,75 0, ,19 1 0, ,524 1,5 0, ,884 2,5 1, , , ,228 6, , , , ,5 0,849 2,5 1,61 4 2,14 6, , , , ,428 OUTRAS SEÇÕES SOB CONSULTA OS PREÇOS NÃO INCLUEM O IVA ST (Índice de Valor Adicional Setorial Substituição Tributária) 1

3 CABO CONTROLE 1kV FICOM FLEXÍVEL Sob consulta seção 1 500V) CABO DE COBRE NU CABO DE COBRE NU CORDÃO PARALELO 00V CORDÃO PARALELO FLEXÍVEL 00V Nº de cond. Nº de cond. N de fios ,768 x 2x1 1,55 5 x 1,5 6,1 5 x 2.5 8,72 7 x 1,5 7,552 7 x ,16 9 x 1,5 9,5 9 x ,17 12 x 1,5 12,41 12 x , x 1,5 15, x 2.5 2,55 20 x 1,5 20, x 2.5 0,87 25 x 1,5 24, x 2.5 8, , , , , , , ,19 2x1,5 1,726 2x2,5 2,711 2x4 4,190 OUTRAS SEÇÕES SOB CONSULTA OS PREÇOS NÃO INCLUEM O IVA ST (Índice de Valor Adicional Setorial Substituição Tributária) 2

4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Tipo Cabo NOFLAM ANTICHAMA BWF FLEXÍVEL 450/750 V Encordoamento Isolação Cobertura Cores da Isolação Embalagem Norma Classe 5 PVC BWF Até 6mm 2 : PT,BR, AZC,VD, VM, AZ, VD/AM, AM e CZ 10mm2 e 16mm2:PT, BR, AZC, VM, VD/AM e VD 25mm2 a 240mm2: PT, AZC e VD Acima de 240mm2: PT Cabo CONDUFLEX 450/750 V Classe 5 PVC BWF PVC cor PT 2 Condutores: PT e AZC Condutores PT, MA e AZC 4 Condutores PT,BR, MA, AZC Cabo de Controle FICOM F 500 V (1) e 1kV Até 16mm 2 rolos 100m acima de 16mm 2 bobinas Até 4mm 2 rolos de 100m, seções acima em bobinas NBR NM 247- NBR NM Classe 5 PVC PVC cor PT Veias na cor PT numeradas Bobinas NBR 7289 Cordão Paralelo Flexível 00V Classe 5 PVC Rolos de 100m NBR NM Cabo VINIL FLEXÍVEL 0,6/1kV Classe 5 PVC PVC cor PT Unipolares: Até 70mm2: PT, VD e AZC Acima 70mm2: PT Multipolares: PT Cabo de COBRE NU Classe 2- A Cabo FITER FLEX 0,6/1kV Classe 5 HEPR PVC cor PT Unipolares: Até 240 : PT, VD e AZC Acima de 240 : PT Multipolares: PT Cabo AFITOX-F 750V Classe 5 HF* Termoplástico Cabo AFITOX EP90-F 0,6/1kV Classe 5 HEPR Composto termoplástico não halogenado cor PT Unipolares: Até 240 : PT, VD e AZC Acima de 240 : PT Multipolares: PT Até 6mm 2 : 1 Condutor: BR; 2 Condutores: PT e AZC Condutores: PT, AZC e MA 4 Condutores: PT, MA, AZC, BR Acima de 6mm2: Veias BR numeradas. Bobinas NBR 7288 Bobinas NBR 6524 Unipolar: Veia na cor PT 2 Condutores: PT, AZC Condutores: PT, BR e AZC 4 Condutores: PT, BR, VM, AZC Bobinas NBR 7286 PT, BR, AZC, VM, VD, VD/AM Rolos de 100m NBR 1248 Unipolar: PT, AZC, VD Multipolar: PT. PT= Preto; BR= Branco; VM= Vermelho; AZ= Azul; AZC= Azul Claro; MA= Marrom; VD= Verde; AM= Amarelo; CZ= Cinza e VD/AM= Verde e Amarelo. Demais cores= Sob consulta Bobinas NBR 1248 Código de Cores: PVC = COMPOSTO TERMOPLÁSTICO 70 o C HEPR = BORRACHA ETILENOPROPILENO 90 o C HF* = COMPOSTO TERMOPLÁSTICO NÃO HALOGENADO (70 C) HF = COMPOSTO TERMOFIXO NÃO HALOGENADO (90 C)

5 CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA 1. Os preços desta tabela são válidos para os produtos fabricados de acordo com as Normas da ABNT, nas cores e lances padronizados. 2. Os preços são para condições de entrega FOT - Fábrica. Para outras localidades o faturamento será acrescido do frete correspondente.. Os preços são à vista e estão com alíquota de ICMS inclusa. 4. Sobre os preços da presente tabela será aplicado o IPI com base na alíquota que estiver em vigor na data do faturamento. 5. Caso o pagamento não ocorra no prazo contratado, reservamos o direito de cobrar multa de 10%, mais juros de mora equivalente às taxas do mercado financeiro na época do pagamento, aplicados proporcionalmente ao número de dias de atraso. 6. Para os produtos acondicionados em bobinas de madeira, as mesmas serão faturadas em item específico, na mesma Nota Fiscal. 7. Os ensaios de rotina são efetuados segundo as Normas citadas. Todo e qualquer ensaio adicional exigido pelo cliente será objeto de acordo entre as partes e será cobrado do cliente ao preço que for estabelecido. 8. Os preços e demais condições desta tabela são orientativos, prevalecendo os que estiverem em vigor por ocasião do faturamento. 4

6 REGIONAIS DE VENDAS Brasília DF Tel.: (61) Fax: (61) Tel.: (11) Recife PE Tel.: (81) Fax: (81) Tel.: (11) Curitiba PR Tel.: (41) Fax: (41) Salvador BA Tel.: (71) Fax: (71) Tel.: (11) Porto Alegre RS Tel.: (51) Fax: (51) Tel.: (11) Belo Horizonte MG Tel.: (1) Fax: (1) Tel.: (11) Americana SP Tel.: (19) Fax: (19) Rio de Janeiro RJ Tel.: (21) Fax: (21) São Paulo SP Distribuição Tel.: (11) Tel.: (11) / São Paulo SP Indústria / Instaladores Tel.: (11) Tel.: (11) /

7 AFITOX Baixa emissão de fumaça e gases tóxicos A mais nova geração de cabos elétricos não halogenados com alta performance em condições de incêndio. Os cabos AFITOX LSOH (Low Smoke Zero Halogen) são especialmente projetados para aplicações em áreas industriais, comerciais e residenciais. Os cabos AFITOX correspondem à linha de produtos ecológicos da Nexans Ficap. Livre de halogênio Retardante ao fogo Baixa emissão de fumaça Baixa emissão de gases tóxicos Baixo grau de acidez Resistente ao fogo (AFITOX SM) 6

TABELA DE PREÇOS SETEMBRO 2010 V. 1

TABELA DE PREÇOS SETEMBRO 2010 V. 1 TABELA DE PREÇOS SETEMBRO 00 V. CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F kv,5,9,5,65,8,5,668,60,905 6,80,07 5,90 7,96 9,60 6,86 7,8 0,,55 0 5,6,85 7,08,8 6 8,770 9,8 6,99 6,06

Leia mais

TABELA DE PREÇOS JANEIRO 2011

TABELA DE PREÇOS JANEIRO 2011 TABELA DE PREÇOS JANEIRO 0 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F kv,5,6,88,9 5,8,5,0,7 5,970 7,805,968 6, 8,88,78 6, 8,86,75 6,950 0 7,7,757,50 8,785 6,,897,0 5,85 5 7,7 6,57

Leia mais

TABELA DE PREÇOS AGOSTO 2010

TABELA DE PREÇOS AGOSTO 2010 TABELA DE PREÇOS AGOSTO 00 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX-F kv,5,05,9,975,907,5,5,9,9 5,775,59,689 6, 8,98 6,0 6, 9,6,0 0,988 0,57 5, 0,85 6 7,7 7,7,907,99 5,99 5,887 7,098

Leia mais

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 2

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 2 TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 2 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/1kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F 1kV 1 2 4 1,5 1,259 2,670,590 4,716 2,5 1,844,971 5,4 7,084 4 2,682 5,752 8,022 10,56 6,796 8,005

Leia mais

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos.

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil.

Leia mais

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão Fio e Cabo de Cobre Nu Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V Características dimensionais e resistência elétrica de fios e cabos de cobre nu, meio duro e duro Empregados em linhas aéreas para transmissão e distribuição

Leia mais

Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C

Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: 1 2 3 4 1 Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe 05. 2 Separador: Fita não higroscópica

Leia mais

www.rcmcaboseletricos.com.br

www.rcmcaboseletricos.com.br Distrito Industrial Porto União SC Brasil End: Rua Paulista 300 CEP 8900000 Tel: (2) 3523.8785 (2) 352.3353 www.rcmcaboseletricos.com.br catálogo de produtos Nós trabalhamos com energia. A RCM Cabos Elétricos

Leia mais

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Características Construtivas 1) Para Fio Inbranil Antichama: condutor sólido de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, classe 1. Para Cabo Inbranil Antichama: condutor

Leia mais

Cabos Elétricos. Cabo Conduspar BWF 750V. Cabo Singelo Flexpar BWF 750V

Cabos Elétricos. Cabo Conduspar BWF 750V. Cabo Singelo Flexpar BWF 750V Cabos Elétricos Cabo Conduspar BWF 750V Características Construtivas (NBR NM47-3): Fios sólidos cobre eletrolítico, seção circular não compactado, têmpera mole, classe encordoamento (NBR NM80), isolamento

Leia mais

ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Este documento é parte integrante da Ata de Registro de Preços nº PE.DAQ.G.0132.2009, celebrada entre FURNAS e a empresa CONDUSPAR CONDUTORES ELÉTRICOS LTDA., que teve

Leia mais

Catálogo de. Produtos

Catálogo de. Produtos Catálogo de Produtos Atualização: Janeiro/01. Sumário Tabelas de Dimensionamento Fios e Cabos Elétricos de Cobre para Baixa Tensão 6 Fio Sólido BWF 0 V Cabo BWF 0 V 8 Cabo Flexível Corfitox HEPR 90 C 0,6/1

Leia mais

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP 50 anos. E muitas obras de experiência. Em sua longa trajetória, o Grupo Nambei já realizou o fornecimento de fios e cabos para centenas de

Leia mais

Manual Técnico. Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT

Manual Técnico. Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT Manual Técnico Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT Líder Mundial na Indústria de Cabos Com a energia como base de seu desenvolvimento, a Nexans é a líder mundial na indústria de cabos,

Leia mais

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos unipolares para altas temperaturas

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos unipolares para altas temperaturas Cabos unipolares para altas temperaturas 2 A CONFIABILIDADE QUE FAZ A DIFERENÇA (Estas certificações são da linha geral de cabos produzidos pela Cofibam) Política da qualidade A COFIBAM SE COMPROMETE EM

Leia mais

CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores

CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores QUEM SOMOS EMPRESA CONHEÇA A CONDUSCAMP Com uma consolidada história no mercado de condutores elétricos, a Conduscamp há mais de 15

Leia mais

Cabo Foreplast BWF Flexível 750V

Cabo Foreplast BWF Flexível 750V Cabo Foreplast BWF Flexível 7V Devido à sua flexibilidade, os cabos Foreplast BWF flexíveis são recoendados para fiações de quadros e painéis, alé das instalações fixas de construção civil. : Cobre nu,

Leia mais

Fios e cabos elétricos

Fios e cabos elétricos Fios e cabos elétricos Fios e cabos elétricos 3 FIO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V 5 CAbO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V 7 CAbO CObreNAx ANTICHAMA 0,6/1 kv 9 CAbO COMPex 0,6/1 kv (COMPACTADO) 11 CAbO FLexICOM

Leia mais

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014.

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

- AGOSTO / CÓDIGO PRODUTO SEÇÃO

- AGOSTO / CÓDIGO PRODUTO SEÇÃO Y EMBALAGEM 23233YXX SUPERASTIC FLEX 1 mm² R$ 0,564 1 ROLO 23234YXX SUPERASTIC FLEX 1,5 mm² R$ 0,716 4 BOBINA 23235YXX SUPERASTIC FLEX 2,5 mm² R$ 1,116 8 CAIXA 23236YXX SUPERASTIC FLEX 4 mm² R$ 1,782 23237YXX

Leia mais

NTU AES 003-1. Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL

NTU AES 003-1. Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL NTU AES 003-1 Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL Elaborado: Aprovado: DATA: 30/09/2010 João Carlos Nacas AES Eletropaulo Fernanda Pedron AES Sul Sergio

Leia mais

CABO INNOVSHORE INSTRUMENTAÇÃO ARMADO/BLINDADO ATA/AFC/AFA BF 0,15/0,25KV (300V) CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS CONDUTOR

CABO INNOVSHORE INSTRUMENTAÇÃO ARMADO/BLINDADO ATA/AFC/AFA BF 0,15/0,25KV (300V) CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS CONDUTOR CABO INNOVSHORE INSTRUMENTAÇÃO ARMADO/BLINDADO ATA/AFC/AFA BF 0,15/0,25KV (300V) CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1) Condutor formado por fios de cobre eletrolítico nu ou estanhado, têmpera mole, encordoamento

Leia mais

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão.

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão. 1 / 7 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. PROCEDIMENTOS 5. REFERÊNCIAS 6. ANEXOS 1. FINALIDADE Esta norma tem como finalidade regulamentar os princípios básicos e procedimentos

Leia mais

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU Cobre eletrolítico nu, meio duro. Empregado em linhas aéreas para transmissão e distribuição de energia elétrica e sistema de aterramento. NBR 6524: Fios e cabos de cobre

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título CONDUTOR DE ALUMÍNIO MULTIPLEXADO

ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título CONDUTOR DE ALUMÍNIO MULTIPLEXADO ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título CONDUTOR DE ALUMÍNIO MULTIPLEXADO Código ETD-00.023 Data da emissão 28.12.1993 Data da última revisão 09.09.2009 Folha 1 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Normas Complementares

Leia mais

Capítulo 5. Linhas elétricas. 5.1 Aspectos gerais 26/04/2010

Capítulo 5. Linhas elétricas. 5.1 Aspectos gerais 26/04/2010 Capítulo 5 Linhas elétricas 2008 by Pearson Education slide 1 5.1 Aspectos gerais Condutor elétrico Fio Barra Linha pré-fabricada Barramento Condutor encordoado: classes 1 a 6 Cabo Corda Perna Coroa Cabo

Leia mais

Condutores de cobre para cabos Isolados (IEC 60228 MOD) NBR 7288

Condutores de cobre para cabos Isolados (IEC 60228 MOD) NBR 7288 PRYSMIAN CABO SINTENAX FLEX 0,6 / 1KV CLASSE 5 Código 8233 PRYSMIAN SINTENAX FLEX Cabo Unipolar Classe 5 ; BFW Antiflam 1 x 1,5 mm2 70ºC 0,6 / 1 KV Secção: 1 x 1,5 mm 2 Cor da Cobertura: Diâmetro Nominal

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: ELÉTRICO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. GENERALIDADES... 03 2. DOCUMENTOS APLICÁVEIS... 04 3. DESCRIÇÃO DO PROJETO...

Leia mais

CONDUTORES ELÉTRICOS

CONDUTORES ELÉTRICOS CONDUTORES ELÉTRICOS R = ρ l S ( Ω) Produto metálico, geralmente de forma cilíndrica, utilizada para transportar energia elétrica ou transmitir sinais elétricos. ρ cobre = 1,72 10-8 Ωm ρ alum = 2,80 10-8

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 03 5.1. Condições de Operação 03 5.2. Materiais e Construção 04 6. PROCEDIMENTOS

Leia mais

FAST CIT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Tipo do Produto. Construção. Descrição. Aplicações

FAST CIT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Tipo do Produto. Construção. Descrição. Aplicações FAST CIT Tipo do Produto Cabos Telefônicos Construção 02 a 200 pares Núcleo seco Classificação de retardância a chama: CM ROHS Compliant Descrição Cabo telefônico constituído por condutores de cobre eletrolítico,

Leia mais

CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BFI - FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331

CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BFI - FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331 CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BFI - FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331 CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1) Condutor formado por

Leia mais

Capítulo 3 Circuitos Elétricos

Capítulo 3 Circuitos Elétricos Capítulo 3 Circuitos Elétricos 3.1 Circuito em Série O Circuito Série é aquele constituído por mais de uma carga, ligadas umas as outras, isto é, cada carga é ligada na extremidade de outra carga, diretamente

Leia mais

FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO

FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO Conceitos Básicos sobre es Elétricos Definições: Vergalhão Produto metálico não-ferroso de seção maciça circular, destinado à fabricação de fios. Fio Metálico Produto maciço,

Leia mais

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP)

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) 8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015 Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) Às 09:30 horas do dia 30 de junho de 2014, reuniram-se o Pregoeiro Oficial

Leia mais

CABOS ISOLADOS / COBERTOS DE BAIXA TENSÃO (até 1kV) Nota: Sob consulta, os cabos Forex, Flexonax, Forenax, Forefix podem ser fornecidos com armadura Fio e Cabo WPP Cordão FOREPLAST (300 V) Os fios WPP

Leia mais

3.1. Esta especificação faz referência aos seguintes documentos:

3.1. Esta especificação faz referência aos seguintes documentos: 1/7 1. OBJETIVO: 1.1. Esta Especificação Técnica tem por objetivo definir as características e estabelecer os critérios para a fabricação e aceitação do Sistema para Cabeamento Interno Aparente em Ambiente

Leia mais

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Construção Cabos Ópticos Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras ópticas do tipo multimodo ou monomodo.

Leia mais

CFOT-MF/UB. Interno / Externo

CFOT-MF/UB. Interno / Externo CFOT-MF/UB Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção Dielétrico Núcleo Seco Tubo Loose (UB) ou Cordão Monofibra (MF) SM ou MM Descrição Conjunto constituído por cordões ópticos ("tight buffer") ou tubos

Leia mais

Título: Atestado de Homologação de fornecedores de materiais

Título: Atestado de Homologação de fornecedores de materiais 1 de 1 Atestamos, para devidos fins, que a empresa ELETROCAL IND.COM.MATERIAIS ELET LTDA, registrada no CNPJ/MF sob nº 83.060.012/0001-39, com sede à AV. ENG. LOURENÇO FAORO, nº 4567, CAÇADOR SC, CEP 89500-000,

Leia mais

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras ópticas do tipo multimodo ou monomodo.

Leia mais

CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Cabos Ópticos Família do Produto Construção TeraLan Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090 6 5 4 3 2 1 1- condutor 2- isolação 3- separador 4- capa intermediária 5- trança de cobre estanhado 6- capa externa CONSTRUÇÃO CONDUTORES: formados por elementos flexíveis de cobre eletrolítico, conforme

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Há 22 anos produzindo qualidade

APRESENTAÇÃO. Há 22 anos produzindo qualidade APRESENTAÇÃO Há 22 anos produzindo qualidade 3 A CONDUMIG - Indústria de Condutores Elétricos, localizada em Divinópolis, centro-oeste mineiro, é a maior fabricante de Fios e Cabos, Rígidos e Flexíveis

Leia mais

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS)

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) MANUAL ITED 1ª edição ANEXO 6 1 CABOS TVV E TVHV 1 2 3 4 1 5 2 3 1. Revestimento Exterior (camada de PVC) 2. Cintagem 3. Isolamento do condutor

Leia mais

RF-75 0,5 / 3,0 (DT)

RF-75 0,5 / 3,0 (DT) 401.006 RF-75 0,5 / 3,0 (DT) Data: 11/00 Rev.: Antenas domésticas de TV, rádio e TV, VHF e UHF, informática, automação. Prática Telebrás 235-330-702 Condutor interno: Cobre estanhado, 0,49 mm Isolamento:

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET-206/2007 R-02 CABO DE CONTROLE BLINDADO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET-206/2007 R-02 CABO DE CONTROLE BLINDADO /007 R-0 DOCUMENTO NORMATIVO I JUN/007 APRESENTAÇÃO Este documento encerra requisitos, recomendações e diretrizes para nortear os interessados no fornecimento de Cabo de Controle Blindado, multipolar em

Leia mais

Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012

Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012 O PRESIDENTE

Leia mais

Superficie Externa. Cor. 25-50 - 100 metros. Lance. -20º à + 60º. Temperatura

Superficie Externa. Cor. 25-50 - 100 metros. Lance. -20º à + 60º. Temperatura SERINGA DUPLA DESIGUAL EM POLIURETANO 1 VIA (NEW-ODONTO-02) poliuretano atóxico, atendendo as especificações quanto a alta resistência mecânica, química, que é comprovadamente garantida nas especificações

Leia mais

Especialista em Soluções

Especialista em Soluções Fita Adesiva de Polipropileno (Empacotamento) Fita adesiva de filme de polipropileno biorientado transparente com adesivo acrílico. Indicada para: - Trabalhos escolares; - Reforço de embalagens; - Fechamento

Leia mais

Cabos Navais. Introdução

Cabos Navais. Introdução Cabos Navais Introdução A Prysmian Energia Cabos e Sistemas do Brasil S.A. apresenta a sua linha de cabos para aplicação em plataformas de petróleo off-shore e navios, tipo LS0H (Low Smoke Zero Halogen),

Leia mais

Cabo para Sinal e Detecção de Incêndio - s/ blindagem - 600 V - flexível - Instalações contínuas cem tubulação de aço galvanizado para blindagem eletrostática e magnética; Cabo formado por dois ou mais

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR Tel.: (021) 2583 6737 Fax.: (021) 2583 6737 Cel.: (021) 9159 4057 dsp@dsp-rj.com.br 1 / 9 Sumário 1 OBJETIVO... 3 2- NORMAS APLICÁVEIS...

Leia mais

CTP APL xdsl 8,5 MHz

CTP APL xdsl 8,5 MHz CTP APL xdsl 8,5 MHz Tipo do Produto Construção 10 a 1800 pares Cabos Telefônicos Núcleo seco Descrição Cabo telefônico para banda larga, constituído por condutores de cobre eletrolítico e maciço, isolação

Leia mais

Uma história de evolução e constante expansão

Uma história de evolução e constante expansão 2 Uma história de evolução e constante expansão A história da SIL é resultado de um trabalho empreendedor, pautado pela ética, confiabilidade e seriedade. A companhia foi, por duas décadas, uma das principais

Leia mais

Análise de Circuitos I Sumário

Análise de Circuitos I Sumário Sumário CODIFICAÇÃO DE CORES PARA RESISTORES DE 4 FAIXAS...3 CODIFICAÇÃO DE CORES PARA RESISTORES DE 5 FAIXAS...5 VALORES PADRONIZADOS PARA RESISTORES DE PELÍCULA...7 Laboratório de Eletrônica Código de

Leia mais

Condutores elétricos

Condutores elétricos Sair da Norma Voltar para o Índice Alfabético Geral Condutores elétricos NOV 1986 NBR 5471 ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13-28º andar CEP 20003-900

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OBRA: C.M.E.I TIA JOVITA LOCAL: RUA PARACATU C/ RUA 4 C/ AVENIDA CRUZEIRO DO SUL - VILA PEDROSO. GOIÂNIA / GO. 1 1.0 - MEMORIAL DESCRITIVO.

Leia mais

Azul Seguro Auto - Assistência Vidros Manual do Segurado

Azul Seguro Auto - Assistência Vidros Manual do Segurado Manual do Segurado ÍNDICE SERVIÇOS COMPLEMENTARES DE ASSISTÊNCIA 1. SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIAS AOS VIDROS, FARÓIS E LANTERNAS E RETROVISORES 1.1 Cláusula 38H - Serviço de Assistência a Vidros... 4 1.2 Cláusula

Leia mais

Tabelas de Dimensionamento

Tabelas de Dimensionamento Com o objetivo de oferecer um instrumento prático para auxiliar no trabalho de projetistas, instaladores e demais envolvidos com a seleção e dimensionamento dos em uma instalação elétrica de baixa tensão,

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE CABOS ELÉCTRICOS

TABELA DE PREÇOS DE CABOS ELÉCTRICOS TABELA DE PREÇOS DE CABOS ELÉCTRICOS H 04 27 / Abril / 2009 TABELA A Genlis H05V-U 3 Genlis H07V-U 3 Genlis H07V-R 3 Energy RV / XV / U-1000 R2V 4 Genlis H05V-K 5 Genlis H07V-K 5 Biggflex H05VV-F 5 TABELA

Leia mais

bom desempenho Segurança, eficiência e Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin www.hmnews.com.br

bom desempenho Segurança, eficiência e Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin www.hmnews.com.br Mercado Mercado Fios e Fios cabos e cabos elétricos elétricos Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin www.hmnews.com.br Segurança, eficiência e bom desempenho A história recente do mercado

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.14.009 SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA

Leia mais

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70 APRESENTAÇÃO A FNCE, empresa nacional com tradição a mais de 0 anos no mercado de condutores elétricos esta comprometida com a qualidade de seus produtos, treinamentos dos seus colaboradores e preservação

Leia mais

Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C

Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C Noflam Antichama BWF Flexível 450/750V 1 Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, atendendo à classe 5 de encordoamento. 2 Isolação: PVC (70 ºC) composto

Leia mais

FIO PLASTICOM CABOS DE ENERGIA. Fios e cabos elétricos ANTICHAMA 450/750 V. Central de Relacionamento : (11)

FIO PLASTICOM CABOS DE ENERGIA. Fios e cabos elétricos ANTICHAMA 450/750 V. Central de Relacionamento : (11) FIO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V têmpera mole, isolado com Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/A para 70 C, antichama (BWF-B). embutidos em eletrodutos, bandejas ou canaletas. ANTICHAMA 450/750 V Normas

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET PREGÃO PRESENCIAL Nº. 027/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº. 113/2014 OBJETO: Aquisição de materiais elétricos e outros para serem utilizados nas manutenções dos serviços

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A

Instalações Elétricas Prediais A Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 10 Dispositivos de Proteção e Condutores Porto Alegre - 2012 Tópicos Dimensionamento dos dispositivos de proteção Condutores

Leia mais

CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC

CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC Condutor: Fios de cobre eletrolitíco nu, têmpera mole, encordoamento classe 2 ou 5. Isolação: Composto extrudado de policloreto de vinila PVC/E para temperatura no condutor

Leia mais

Protegendo e otimizando a instalação elétrica em média tensão com Evokit P

Protegendo e otimizando a instalação elétrica em média tensão com Evokit P Protegendo e otimizando a instalação elétrica em média tensão com Evokit P Disjuntor Evolis Alta durabilidade Durabilidade elétrica: - E2: 10.000 interrupções a corrente nominal Durabilidade mecânica:

Leia mais

Canoas, 20 de julho de 2010.

Canoas, 20 de julho de 2010. PROJETO DE SUBESTAÇÃO TRANSFORMADORA ABRIGADA DE 112,5 KVA COM RAMAL DE ENTRADA SUBTERRÂNEO E MEDIÇÃO INDIRETA EM FORNECIMENTO DE TENSÃO PRIMÁRIA DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA. LOTEAMENTO CAPRI RUA DR.

Leia mais

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CADASTRO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CD.DT.PDN.03.14.001 03 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO (DEEE) SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EMPREENDIMENTO COMERCIAL AC GOIANÉSIA/DR/GO

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EMPREENDIMENTO COMERCIAL AC GOIANÉSIA/DR/GO MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EMPREENDIMENTO COMERCIAL AC GOIANÉSIA/DR/GO 1. GENERALIDADES 1.1 O projeto refere-se às instalações elétricas do empreendimento comercial localizado

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. DATA: 28/02/2013 ORIGEM Gerência de Logística 1 OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA. DATA: 28/02/2013 ORIGEM Gerência de Logística 1 OBJETO DATA: 28/02/203 OBJETO Contratação de empresa especializada no fornecimento de materiais para manutenção nas instalações prediais existentes no espaço físico da Telecomunicações Brasileiras S.A. - TELEBRAS,

Leia mais

Elevadores para Automóveis e Carga

Elevadores para Automóveis e Carga Elevadores para Automóveis e Carga 1 Classe A Classe B Classe C 2 Especificação de Classes (A, B, C) Conforme norma NBR 14712 Classe A Carregamento por paleteira ou carrinho hidráulico proibido o transporte

Leia mais

Cabos para instalações de energia solar fotovoltaica PARA UMA ENERGIA LIMPA

Cabos para instalações de energia solar fotovoltaica PARA UMA ENERGIA LIMPA Cabos para instalações de energia solar fotovoltaica PARA UMA ENERGIA LIMPA Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 70 anos

Leia mais

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD 2 Manual de Instalação DIO HDMOD Manual de Instalação DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada

Leia mais

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS CABLING CABOS 04 CONECTORES 05 PATCH PANEL 19 06 ACESSÓRIOS 07 02 CABLING CABLAGENS DE COBRE O EIA/TIA 568, de 1991, foi o primeiro padrão americano para os sistemas de cableamento estruturado. Em 1995,

Leia mais

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA PADRONIZAÇÃO APROVAÇÃO ELABORAÇÃO VISTO

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA PADRONIZAÇÃO APROVAÇÃO ELABORAÇÃO VISTO MA NU AL E SP EC IA L SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0032 ESPECIFICAÇÃO DE CONDUTORES

Leia mais

Portaria n.º 11, de 10 de janeiro de 2014. CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 11, de 10 de janeiro de 2014. CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 11, de 10 de janeiro de 2014. CONSULTA

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS DIMENSIONAMENTO DE ELÉTRICOS INTRODUÇÃO Os fatores básicos que envolvem o dimensionamento de um condutor são: tensão nominal; freqüência nominal; potência ou corrente

Leia mais

TABELA DE PREÇOS CABOS ELÉTRICOS

TABELA DE PREÇOS CABOS ELÉTRICOS TABELA DE PREÇOS CABOS ELÉTRICOS L01 06/Julho/ 2015 ÍNDICE TABELA DE CABOS E CONDUTORES DE COBRE RÍGIDO Genlis H05V-U 4 Genlis H07V-U 4 Genlis H07V-R 4 Biggrig 05VV-U 5 Biggrig 05VVH2-U (VVD) 5 Energy

Leia mais

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?co_no_uasg=399003&...

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?co_no_uasg=399003&... Page 1 of 6 399003.172012.3612.4863.8044290644.491 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DE PORTOS Companhia Docas do Estado de São Paulo Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00017/2012 Às

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Registro de preço, POR LOTES, para eventual aquisição de adesivos e recipientes (lixeiras) para acondicionamento de materiais recicláveis e materiais não recicláveis

Leia mais

Qualidade anos a fio

Qualidade anos a fio Qualidade anos a fio Institucional Fundação 11/02/1971 e 09/04/2007 Localidade das Fábricas: Ferraz de Vasconcelos - SP Área Instalada: 49.000 m² e 39.000 m² Capacidade de Produção: 3.000 t/mês e 2.000

Leia mais

Informações e Tabelas Técnicas

Informações e Tabelas Técnicas Características dos condutores de cobre mole para fios e cabos isolados 1 Temperatura característica dos condutores 1 Corrente de curto-circuito no condutor 1 Gráfico das correntes máximas de curto-circuito

Leia mais

Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX

Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção SOHOPLUS RoHS Compliant Categoria 5e U/UTP (não blindado) PVC - CMX Jm Características Gerais Descritivo

Leia mais

ALÇA PLÁSTICA PARA FIO FEB

ALÇA PLÁSTICA PARA FIO FEB ALÇA PLÁSTICA PARA FIO FEB Descrição: Alça plástica para fio FEB. Dados Técnicos: Utilizado na amarração final em roldana do fio telefônico FEB. Suporte no mínimo três imersões sim ocorrer deposição. Contém

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL. 1. Os detalhamentos dos Grupos 1, 2 e 4 constam no Anexo I desta Proposta;

PROPOSTA COMERCIAL. 1. Os detalhamentos dos Grupos 1, 2 e 4 constam no Anexo I desta Proposta; PROPOSTA COMERCIAL Brasília, 03 de julho de 2013. À Secretaria Extraordinária para Grandes Eventos SESGE/MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Ref.: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 08/2013 Processo Administrativo n. 08131.000439/2013-81

Leia mais

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO.

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO. Fornecimento de Energia Elétrica Nos banheiros deverão ser instalados um disjuntor bifásico no quadro de energia existente de cada quadrante conforme projeto. Deste quadro sairá a alimentação para os banheiros.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150139

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150139 TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150139 1. DA JUSTIFICATIVA: Dispensa de licitação, via cotação eletrônica, nos termos do decreto estadual Nº 28.397, de 21 de setembro de 2006 para atender SC 13827 - UNBME 2.

Leia mais

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA pretas numeradas + uma veia verde/amarela. em fita de alumínio invertida + dreno estanhado de 0,5mm2 sobreposta por trança de cobre estanhado. SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

Leia mais

CABOS ELÉCTRICOS MARÇO / 2005 A FORÇA DE UM FORNECEDOR GLOBAL LISTA DE CABOS EM STOCK

CABOS ELÉCTRICOS MARÇO / 2005 A FORÇA DE UM FORNECEDOR GLOBAL LISTA DE CABOS EM STOCK A FORÇA DE UM FORNECEDOR GLOBAL CABOS ELÉCTRICOS MARÇO / 2005 LISTA DE CABOS EM STOCK CERTIFICADO N. 93/CEP.61 EMITIDO PELO INSTITUTO PORTUGUÊS DA QUALIDADE ISO 9001 CERTIFICADO 00/AMB,019 ISO 14001 ÍNDICE

Leia mais

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras Dobradiça Furação para passagem de cabo de Ø21 mm ( 12x ) Vista Inferior Item 1 e 2 Adaptador para parafuso A.A. Fixação dos trilhos através de parafuso e porca ( possibilitando regulagem ) Trilho de fixação

Leia mais

EM-RIOLUZ-74 ESPECIFICAÇÃO DE CABO PARA REDE SUBTERRÂNEA DE IP

EM-RIOLUZ-74 ESPECIFICAÇÃO DE CABO PARA REDE SUBTERRÂNEA DE IP DIRETORIA TECNOLÓGICA E DE PROJETO DTP GERÊNCIA TECNOLÓGICA E DE DESENVOLVIMENTO GTD EM-RIOLUZ-74 ESPECIFICAÇÃO DE CABO PARA REDE SUBTERRÂNEA DE IP EMISSÃO- 02 29.12.2014 ESPECIFICAÇÃO EM-RIOLUZ-74 EMISSÃO

Leia mais

REGIME DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS - ASPECTOS GERAIS

REGIME DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS - ASPECTOS GERAIS REGIME DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS - ASPECTOS GERAIS A Substituição Tributária (ST) é o regime pelo qual a responsabilidade pelo ICMS devido em relação às operações ou prestações de serviços é atribuída

Leia mais

EQUIPAMENTOS DE AQUECIMENTO SOLAR DE ÁGUA Portarias Inmetro 352/2012, 301/2012 e 164/2012

EQUIPAMENTOS DE AQUECIMENTO SOLAR DE ÁGUA Portarias Inmetro 352/2012, 301/2012 e 164/2012 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria de Avaliação da Conformidade Dconf Divisão de Fiscalização

Leia mais

As outorgas de TV Digital no Brasil

As outorgas de TV Digital no Brasil As outorgas de TV Digital no Brasil Eng.Jayme Marques de Carvalho Neto Secretaria de Serviços de Comunicação Eletrônica Jayme.carvalho@mc.gov.br Santiago- Chile Setembro de 2010 A Secretaria de Serviços

Leia mais