Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C"

Transcrição

1

2 Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe Separador: Fita não higroscópica de poliéster, quando necessário. 3 Isolação: Composto termofixo para 90 o C HEPR. 4 Cobertura: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA (Outras cores podem ser fabricadas mediante consulta). 2 Identificação dos Condutores: 01 condutor: PRETO (outras cores poderão ser fabricadas mediante consulta) 2 Rua Gal. Ataliba Leonel, Vila Santa Terezinha - Carapicuíba - SP

3 3 Especificações Aplicáveis: - ABNT NBR NM 280 Condutores de cabos isolados (IEC 60228, MOD); - ABNT NBR 7286 Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (HEPR) para tensões de 1kV a 35kV Requisitos de desempenho; - IEC Power cables with extruded insulation and their accessories for rated voltages from 1kV (Um = 1,2kV) up to 30kV (Um = 36kV) Part 1: Cables for rated voltages of 1kV (Um = 1,2kV) and 3kV (Um = 3,6kV). 4 Aplicação: Os cabos Cofivinil HEPR são utilizados em circuitos de alimentação e distribuição de energia elétrica em instalações fixas em bandejas, canaletas eletrodutos e diretamente enterrados no solo. 5 Dados Dimensionais: Análise Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 C Isolação Cobertura Peso (kg/km) Seção (mm 2 ) Resistência Elétrica Máxima (Ω/km) Capacidade Máxima de Corrente (A)* ,70 6,00 1,00 8, , ,70 7,16 1,00 9, , ,90 9,04 1,10 11, , ,90 10,02 1,20 12, , ,00 11,97 1,20 14, , ,10 14,05 1,30 16, , ,10 15,81 1,40 18, , ,20 17,70 1,40 20, , ,40 20,11 1,50 23, , ,60 22,31 1,60 25, , ,70 25,40 1,70 28, , ,80 28,48 1,80 32, , (*) Cabos Instalados ao ar livre; temperatura Ambiente 30 C; temperatura no Condutor 90 C. 3 Tel.: (11) Fax:

4 Cabo Cofivinil HEPR (2 Condutores) 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe Separador: Fita não higroscópica de poliéster, quando necessário. 3 Isolação: Composto termofixo para 90 o C HEPR. 4 Separador: Fita não higroscópica de poliéster. 5 Cobertura: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA (Outras cores podem ser fabricadas mediante consulta). 2 Identificação dos Condutores: 4 02 condutores: PRETO BRANCO Rua Gal. Ataliba Leonel, Vila Santa Terezinha - Carapicuíba - SP

5 3 Especificações Aplicáveis: - ABNT NBR NM 280 Condutores de cabos isolados (IEC 60228, MOD); - ABNT NBR 7286 Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (HEPR) para tensões de 1kV a 35kV Requisitos de desempenho; - IEC Power cables with extruded insulation and their accessories for rated voltages from 1kV (Um = 1,2kV) up to 30kV (Um = 36kV) Part 1: Cables for rated voltages of 1kV (Um = 1,2kV) and 3kV (Um = 3,6kV). 4 Aplicação: Os cabos Cofivinil HEPR são utilizados em circuitos de alimentação e distribuição de energia elétrica em instalações fixas em bandejas, canaletas eletrodutos e diretamente enterrados no solo. 5 Dados Dimensionais: Análise Cabo Cofivinil HEPR (2 Condutores) 0,6/1kV 90 C Seção Isolação Cobertura Peso (mm 2 ) (kg/km) Resistência Elétrica Máxima (Ω/km) Capacidade Máxima de Corrente (A)* ,70 6,00 1,20 14, , ,70 7,16 1,30 16, , ,90 9,04 1,40 20, , ,90 10,02 1,50 23, , ,00 11,97 1,60 27, , ,10 14,05 1,80 31, , ,10 15,81 1,90 35, , ,20 17,70 2,00 39, , ,40 20,11 2,20 44, , ,60 22,31 2,40 49, , ,70 25,40 2,60 56, , ,80 28,48 2,80 62, , (*) Cabos Instalados ao ar livre; temperatura Ambiente 30 C; temperatura no Condutor 90 C. 5 Tel.: (11) Fax:

6 Cabo Cofivinil HEPR (3 Condutores) 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: 6 1 Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe Separador: Fita não higroscópica de poliéster, quando necessário. 3 Isolação: Composto termofixo para 90 o C HEPR. 4 Separador: Fita não higroscópica de poliéster. 5 Cobertura: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA (Outras cores podem ser fabricadas mediante consulta). 2 Identificação dos Condutores: 03 condutores: PRETO BRANCO AZUL Rua Gal. Ataliba Leonel, Vila Santa Terezinha - Carapicuíba - SP

7 3 Especificações Aplicáveis: - ABNT NBR NM 280 Condutores de cabos isolados (IEC 60228, MOD); - ABNT NBR 7286 Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (HEPR) para tensões de 1kV a 35kV Requisitos de desempenho; - IEC Power cables with extruded insulation and their accessories for rated voltages from 1kV (Um = 1,2kV) up to 30kV (Um = 36kV) Part 1: Cables for rated voltages of 1kV (Um = 1,2kV) and 3kV (Um = 3,6kV). 4 Aplicação: Os cabos Cofivinil HEPR são utilizados em circuitos de alimentação e distribuição de energia elétrica em instalações fixas em bandejas, canaletas eletrodutos e diretamente enterrados no solo. 5 Dados Dimensionais: Análise Cabo Cofivinil HEPR (3 Condutores) 0,6/1kV 90 C Seção Isolação Cobertura Peso (mm 2 ) (kg/km) Resistência Elétrica Máxima (Ω/km) Capacidade Máxima de Corrente (A)* ,70 6,00 1,30 15, , ,70 7,16 1,30 18, , ,90 9,04 1,50 22, , ,90 10,02 1,60 24, , ,00 11,97 1,70 29, , ,10 14,05 1,90 34, , ,10 15,81 2,00 38, , ,20 17,70 2,10 42, , ,40 20,11 2,30 48, , ,60 22,31 2,50 53, , ,70 25,40 2,70 60, , ,80 28,48 3,00 67, , (*) Cabos Instalados ao ar livre; temperatura Ambiente 30 C; temperatura no Condutor 90 C. 7 Tel.: (11) Fax:

8 Cabo Cofivinil HEPR (4 Condutores) 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe Separador: Fita não higroscópica de poliéster, quando necessário. 3 Isolação: Composto termofixo para 90 o C HEPR. 4 Separador: Fita não higroscópica de poliéster. 5 Cobertura: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA (Outras cores podem ser fabricadas mediante consulta). 2 Identificação dos Condutores: 04 condutores: PRETO BRANCO AZUL VERMELHO 8 Rua Gal. Ataliba Leonel, Vila Santa Terezinha - Carapicuíba - SP

9 3 Especificações Aplicáveis: - ABNT NBR NM 280 Condutores de cabos isolados (IEC 60228, MOD); - ABNT NBR 7286 Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (HEPR) para tensões de 1kV a 35kV Requisitos de desempenho; - IEC Power cables with extruded insulation and their accessories for rated voltages from 1kV (Um = 1,2kV) up to 30kV (Um = 36kV) Part 1: Cables for rated voltages of 1kV (Um = 1,2kV) and 3kV (Um = 3,6kV). 4 Aplicação: Os cabos Cofivinil HEPR são utilizados em circuitos de alimentação e distribuição de energia elétrica em instalações fixas em bandejas, canaletas eletrodutos e diretamente enterrados no solo. 5 Dados Dimensionais: Análise Cabo Cofivinil HEPR (4 Condutores) 0,6/1kV 90 C Seção Isolação Cobertura Peso (mm 2 ) (kg/km) Resistência Elétrica Máxima (Ω/km) Capacidade Máxima de Corrente (A)* ,70 6,00 1,30 17, , ,70 7,16 1,40 20, , ,90 9,04 1,60 25, , ,90 10,02 1,70 27, , ,00 11,97 1,80 32, , ,10 14,05 2,00 37, , ,10 15,81 2,10 42, , ,20 17,70 2,30 47, , ,40 20,11 2,50 53, , ,60 22,31 2,70 59, , ,70 25,40 3,00 67, , ,80 28,48 3,20 75, , (*) Cabos Instalados ao ar livre; temperatura Ambiente 30 C; temperatura no Condutor 90 C. 9 Tel.: (11) Fax:

10 Cabo Cofivinil-NC HEPR 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe Separador: Fita não higroscópica de poliéster, quando necessário. 3 Isolação: Composto termofixo para 90 o C HEPR. 4 Separador: Fita não higroscópica de poliéster. 5 Capa Interna: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA 6 Condutor Concêntrico: Fios de cobre aplicado helicoidalmente. Seção de 50% do condutor fase para seções maiores de 25mm 2, igual a 16mm 2 para seções de 25mm 2 e igual a seção do condutor fase para seções menores que 25mm 2. 7 Blindagem: Fita de cobre aplicada helicoidalmente. 8 Cobertura: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA (Outras cores podem ser fabricadas mediante consulta). 2 Identificação dos Condutores: 03 condutores: PRETO BRANCO AZUL Rua Gal. Ataliba Leonel, Vila Santa Terezinha - Carapicuíba - SP

11 3 Especificações Aplicáveis: - ABNT NBR NM 280 Condutores de cabos isolados (IEC 60228, MOD); - ABNT NBR 7286 Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (HEPR) para tensões de 1kV a 35kV Requisitos de desempenho; - IEC Power cables with extruded insulation and their accessories for rated voltages from 1kV (Um = 1,2kV) up to 30kV (Um = 36kV) Part 1: Cables for rated voltages of 1kV (Um = 1,2kV) and 3kV (Um = 3,6kV). 4 Aplicação: Os cabos Cofivinil NC HEPR são utilizados para ligação de inversores de frequência. Os cabos Cofivinil-NC HEPR possuem o quarto condutor concêntrico, sobre este condutor é aplicada uma blindagem de fita de cobre, que reduz a interferência eletrostática, garantindo um melhor desempenho do sistema. 5 Dados Dimensionais: Análise Seção 3+1 (mm 2 ) Cabo Cofivinil-NC HEPR 0,6/1kV 90 C Isolação Cobertura Peso (kg/km) Resistência Elétrica Máxima (Ω/km) Capacidade Máxima de Corrente (A)* ,70 6,00 1,40 19, , ,70 7,16 1,50 22, , ,90 9,04 1,60 26, , ,90 10,02 1,70 28, , ,00 11,97 1,90 34, , ,10 14,05 2,00 39, , ,10 15,81 2,20 43, , ,20 17,70 2,40 49, , ,40 20,11 2,60 55, , ,60 22,31 2,70 60, , ,70 25,40 3,00 67, , ,80 28,48 3,20 75, , (*) Cabos Instalados ao ar livre; temperatura Ambiente 30 C; temperatura no Condutor 90 C. 11 Tel.: (11) Fax:

12 Cabo Cofivinil MT (1 Condutor) 3,6/6kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe Blindagem do Condutor: Camada de fita semicondutora. 3 Isolação: Composto termofixo para 130 o C EPR. 4 Blindagem da Isolação (Não Metálica): Camada de fita semicondutora. 5 Blindagem da Isolação (Metálica): Fios de cobre nu aplicados helicoidalmente. 6 Separador: Fita de poliéster. 7 Cobertura: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA (Outras cores podem ser fabricadas mediante consulta). Rua Gal. Ataliba Leonel, Vila Santa Terezinha - Carapicuíba - SP

13 2 Identificação dos Condutores: 01 condutor: PRETO 3 Especificações Aplicáveis: - ABNT NBR NM 280 Condutores de cabos isolados (IEC 60228, MOD); - ABNT NBR 7286 Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (HEPR) para tensões de 1kV a 35kV Requisitos de desempenho; - IEC Power cables with extruded insulation and their accessories for rated voltages from 1kV (Um = 1,2kV) up to 30kV (Um = 36kV) Part 1: Cables for rated voltages of 1kV (Um = 1,2kV) and 3kV (Um = 3,6kV). 4 Aplicação: Os cabos Cofivinil MT são utilizados em redes de distribuição de concessionárias, áreas internas de indústrias e grandes consumidores em geral; entradas de energia de consumidores alimentados em média tensão. 5 Dados Dimensionais: Análise Cabo Cofivinil MT (1 Condutor) 3,6/6kV 90 C Isolação Cobertura Peso (kg/km) Seção (mm 2 ) Resistência Elétrica Máxima (Ω/km) Capacidade Máxima de Corrente (A)* ,00 11,02 1,30 15, , ,00 12,17 1,30 16, , ,00 13,65 1,30 18, , ,00 14,63 1,40 19, , ,00 16,38 1,40 21, , ,00 18,26 1,50 23, , ,00 20,02 1,60 25, , ,00 21,71 1,60 26, , ,00 23,72 1,70 29, , ,00 25,52 1,80 31, , ,00 28,41 1,90 34, , ,00 31,29 2,00 37, , (*) Cabos Instalados ao ar livre; temperatura Ambiente 30 C; temperatura no Condutor 90 C. 13 Tel.: (11) Fax:

14 Cabo Cofivinil MT (3 Condutores) 3,6/6kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe Blindagem do Condutor: Camada de fita semicondutora. 3 Isolação: Composto termofixo para 130 o C EPR. 4 Blindagem da Isolação (Não Metálica): Camada de fita semicondutora. 5 Blindagem da Isolação (Metálica): Fios de cobre nu aplicados helicoidalmente 6 Separador: Fita de poliéster 7 Cobertura: Composto termoplástico para 90 o C PVC, na cor PRETA (Outras cores podem ser fabricadas mediante consulta). Rua Gal. Ataliba Leonel, Vila Santa Terezinha - Carapicuíba - SP

15 2 Identificação dos Condutores: 03 condutores: LARANJA (Identificação através de tarja colorida PRETO BRANCO AZUL). 3 Especificações Aplicáveis: - ABNT NBR NM 280 Condutores de cabos isolados (IEC 60228, MOD); - ABNT NBR 7286 Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (HEPR) para tensões de 1kV a 35kV Requisitos de desempenho; - IEC Power cables with extruded insulation and their accessories for rated voltages from 1kV (Um = 1,2kV) up to 30kV (Um = 36kV) Part 1: Cables for rated voltages of 1kV (Um = 1,2kV) and 3kV (Um = 3,6kV). 4 Aplicação: Os cabos Cofivinil MT são utilizados em redes de distribuição de concessionárias, áreas internas de indústrias e grandes consumidores em geral; entradas de energia de consumidores alimentados em média tensão. 5 Dados Dimensionais: Análise Cabo Cofivinil MT (3 Condutores) 3,6/6kV 90 C Seção Isolação Cobertura Peso (mm 2 ) (kg/km) Resistência Elétrica Máxima (Ω/km) Capacidade Máxima de Corrente (A)* ,00 11,02 1,80 31, , ,00 12,17 1,90 34, , ,00 13,65 2,00 37, , ,00 14,63 2,00 39, , ,00 16,38 2,20 43, , ,00 18,26 2,30 47, , ,00 20,02 2,40 51, , ,00 21,71 2,60 55, , ,00 23,72 2,70 60, , ,00 25,52 2,90 64, , ,00 28,41 3,10 71, , (*) Cabos Instalados ao ar livre; temperatura Ambiente 30 C; temperatura no Condutor 90 C. 15 Tel.: (11) Fax:

16 1 Dados Construtivos: Desenho: COFIBAM Ind. e Com. de Fios e Cabos Ltda Rua General Ataliba Leonel, Nº 220 Vila Santa Terezinha CEP Carapicuíba SP Brasil Telefone: Fax:

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão Fio e Cabo de Cobre Nu Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V Características dimensionais e resistência elétrica de fios e cabos de cobre nu, meio duro e duro Empregados em linhas aéreas para transmissão e distribuição

Leia mais

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos.

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil.

Leia mais

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos unipolares para altas temperaturas

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos unipolares para altas temperaturas Cabos unipolares para altas temperaturas 2 A CONFIABILIDADE QUE FAZ A DIFERENÇA (Estas certificações são da linha geral de cabos produzidos pela Cofibam) Política da qualidade A COFIBAM SE COMPROMETE EM

Leia mais

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Características Construtivas 1) Para Fio Inbranil Antichama: condutor sólido de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, classe 1. Para Cabo Inbranil Antichama: condutor

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 03 5.1. Condições de Operação 03 5.2. Materiais e Construção 04 6. PROCEDIMENTOS

Leia mais

NTU AES 003-1. Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL

NTU AES 003-1. Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL NTU AES 003-1 Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL Elaborado: Aprovado: DATA: 30/09/2010 João Carlos Nacas AES Eletropaulo Fernanda Pedron AES Sul Sergio

Leia mais

ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Este documento é parte integrante da Ata de Registro de Preços nº PE.DAQ.G.0132.2009, celebrada entre FURNAS e a empresa CONDUSPAR CONDUTORES ELÉTRICOS LTDA., que teve

Leia mais

Catálogo de. Produtos

Catálogo de. Produtos Catálogo de Produtos Atualização: Janeiro/01. Sumário Tabelas de Dimensionamento Fios e Cabos Elétricos de Cobre para Baixa Tensão 6 Fio Sólido BWF 0 V Cabo BWF 0 V 8 Cabo Flexível Corfitox HEPR 90 C 0,6/1

Leia mais

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP 50 anos. E muitas obras de experiência. Em sua longa trajetória, o Grupo Nambei já realizou o fornecimento de fios e cabos para centenas de

Leia mais

Cabos para instalações de energia solar fotovoltaica PARA UMA ENERGIA LIMPA

Cabos para instalações de energia solar fotovoltaica PARA UMA ENERGIA LIMPA Cabos para instalações de energia solar fotovoltaica PARA UMA ENERGIA LIMPA Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 70 anos

Leia mais

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1 TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/1kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F 1kV 1 2 4 1,5 1,22 2,597,480 4,568 2,5 1,78,849 5,249 6,86 4 2,584 5,556 7,727 10,167 6,647 7,711

Leia mais

CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores

CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores QUEM SOMOS EMPRESA CONHEÇA A CONDUSCAMP Com uma consolidada história no mercado de condutores elétricos, a Conduscamp há mais de 15

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: ELÉTRICO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. GENERALIDADES... 03 2. DOCUMENTOS APLICÁVEIS... 04 3. DESCRIÇÃO DO PROJETO...

Leia mais

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70 APRESENTAÇÃO A FNCE, empresa nacional com tradição a mais de 0 anos no mercado de condutores elétricos esta comprometida com a qualidade de seus produtos, treinamentos dos seus colaboradores e preservação

Leia mais

Cabo para Sinal e Detecção de Incêndio - s/ blindagem - 600 V - flexível - Instalações contínuas cem tubulação de aço galvanizado para blindagem eletrostática e magnética; Cabo formado por dois ou mais

Leia mais

RF-75 0,5 / 3,0 (DT)

RF-75 0,5 / 3,0 (DT) 401.006 RF-75 0,5 / 3,0 (DT) Data: 11/00 Rev.: Antenas domésticas de TV, rádio e TV, VHF e UHF, informática, automação. Prática Telebrás 235-330-702 Condutor interno: Cobre estanhado, 0,49 mm Isolamento:

Leia mais

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CADASTRO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CD.DT.PDN.03.14.001 03 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO (DEEE) SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

CABOS ELÉTRICOS PARA APLICAÇÃO EM OFFSHORE 1/2013

CABOS ELÉTRICOS PARA APLICAÇÃO EM OFFSHORE 1/2013 1/2013 CABOS ELÉTRICOS PARA APLICAÇÃO EM OFFSHORE ÍNDICE: Cabos Elétricos de Energia e Controle - 0,6/1kV (1,8/3kV) LKM-SHF2 & LKM-SHF2 FLEX...4 LKMM-SHF2...8 LKSM-SHF2 & LKSM-SHF2 FLEX...10 LKMSM-SHF2...14

Leia mais

www.rcmcaboseletricos.com.br

www.rcmcaboseletricos.com.br Distrito Industrial Porto União SC Brasil End: Rua Paulista 300 CEP 8900000 Tel: (2) 3523.8785 (2) 352.3353 www.rcmcaboseletricos.com.br catálogo de produtos Nós trabalhamos com energia. A RCM Cabos Elétricos

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET-206/2007 R-02 CABO DE CONTROLE BLINDADO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET-206/2007 R-02 CABO DE CONTROLE BLINDADO /007 R-0 DOCUMENTO NORMATIVO I JUN/007 APRESENTAÇÃO Este documento encerra requisitos, recomendações e diretrizes para nortear os interessados no fornecimento de Cabo de Controle Blindado, multipolar em

Leia mais

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090 6 5 4 3 2 1 1- condutor 2- isolação 3- separador 4- capa intermediária 5- trança de cobre estanhado 6- capa externa CONSTRUÇÃO CONDUTORES: formados por elementos flexíveis de cobre eletrolítico, conforme

Leia mais

CABOS ISOLADOS / COBERTOS DE BAIXA TENSÃO (até 1kV) Nota: Sob consulta, os cabos Forex, Flexonax, Forenax, Forefix podem ser fornecidos com armadura Fio e Cabo WPP Cordão FOREPLAST (300 V) Os fios WPP

Leia mais

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?co_no_uasg=399003&...

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?co_no_uasg=399003&... Page 1 of 6 399003.172012.3612.4863.8044290644.491 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DE PORTOS Companhia Docas do Estado de São Paulo Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00017/2012 Às

Leia mais

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO.

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO. Fornecimento de Energia Elétrica Nos banheiros deverão ser instalados um disjuntor bifásico no quadro de energia existente de cada quadrante conforme projeto. Deste quadro sairá a alimentação para os banheiros.

Leia mais

Capítulo 5. Linhas elétricas. 5.1 Aspectos gerais 26/04/2010

Capítulo 5. Linhas elétricas. 5.1 Aspectos gerais 26/04/2010 Capítulo 5 Linhas elétricas 2008 by Pearson Education slide 1 5.1 Aspectos gerais Condutor elétrico Fio Barra Linha pré-fabricada Barramento Condutor encordoado: classes 1 a 6 Cabo Corda Perna Coroa Cabo

Leia mais

FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO

FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO Conceitos Básicos sobre es Elétricos Definições: Vergalhão Produto metálico não-ferroso de seção maciça circular, destinado à fabricação de fios. Fio Metálico Produto maciço,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OBRA: C.M.E.I TIA JOVITA LOCAL: RUA PARACATU C/ RUA 4 C/ AVENIDA CRUZEIRO DO SUL - VILA PEDROSO. GOIÂNIA / GO. 1 1.0 - MEMORIAL DESCRITIVO.

Leia mais

NORMA TÉCNICA CELG Cabos de Potência com Isolação em XLPE para Tensões de 1 a 35 kv Especificação NTC-34

NORMA TÉCNICA CELG Cabos de Potência com Isolação em XLPE para Tensões de 1 a 35 kv Especificação NTC-34 NORMA TÉCNICA CELG Cabos de Potência com Isolação em XLPE para Tensões de 1 a 35 kv Especificação NTC-34 ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. OBJETIVO 1 2. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 2 3. TERMINOLOGIA

Leia mais

Cabos Elétricos. Cabo Conduspar BWF 750V. Cabo Singelo Flexpar BWF 750V

Cabos Elétricos. Cabo Conduspar BWF 750V. Cabo Singelo Flexpar BWF 750V Cabos Elétricos Cabo Conduspar BWF 750V Características Construtivas (NBR NM47-3): Fios sólidos cobre eletrolítico, seção circular não compactado, têmpera mole, classe encordoamento (NBR NM80), isolamento

Leia mais

Manual Técnico. Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT

Manual Técnico. Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT Manual Técnico Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT Líder Mundial na Indústria de Cabos Com a energia como base de seu desenvolvimento, a Nexans é a líder mundial na indústria de cabos,

Leia mais

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP)

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) 8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015 Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) Às 09:30 horas do dia 30 de junho de 2014, reuniram-se o Pregoeiro Oficial

Leia mais

Condutores elétricos

Condutores elétricos Sair da Norma Voltar para o Índice Alfabético Geral Condutores elétricos NOV 1986 NBR 5471 ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13-28º andar CEP 20003-900

Leia mais

Cabo Foreplast BWF Flexível 750V

Cabo Foreplast BWF Flexível 750V Cabo Foreplast BWF Flexível 7V Devido à sua flexibilidade, os cabos Foreplast BWF flexíveis são recoendados para fiações de quadros e painéis, alé das instalações fixas de construção civil. : Cobre nu,

Leia mais

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA pretas numeradas + uma veia verde/amarela. em fita de alumínio invertida + dreno estanhado de 0,5mm2 sobreposta por trança de cobre estanhado. SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título CONDUTOR DE ALUMÍNIO MULTIPLEXADO

ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título CONDUTOR DE ALUMÍNIO MULTIPLEXADO ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título CONDUTOR DE ALUMÍNIO MULTIPLEXADO Código ETD-00.023 Data da emissão 28.12.1993 Data da última revisão 09.09.2009 Folha 1 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Normas Complementares

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Dimensionamento de Condutores Elétricos Dimensionamento de Condutores Elétricos Dimensionamento técnico baixa tensão Seção mínima Capacidade

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de es de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme relação

Leia mais

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014.

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

1. Objetivo 1. 2. Referências 1. 3. Definições 5. 4. Condições gerais 5. 5. Condições específicas 8. 6. Inspeção 10. 7. Planos de amostragem 16

1. Objetivo 1. 2. Referências 1. 3. Definições 5. 4. Condições gerais 5. 5. Condições específicas 8. 6. Inspeção 10. 7. Planos de amostragem 16 SUMÁRIO Pág. 1. Objetivo 1 2. Referências 1 3. Definições 5 ( 2 ) 4. Condições gerais 5 5. Condições específicas 8 6. Inspeção 10 DISTRIBUIÇÃO ND-2.6 7. Planos de amostragem 16 Tabela 1 - Características

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.14.009 SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA

Leia mais

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090 v 6 5 4 3 2 1 1- condutor 2- isolação 3- separador 4- capa intermediária 5- trança de cobre estanhado 6- capa externa CONSTRUÇÃO CONDUTORES: formados com 7 elementos de cobre eletrolítico, conforme NM

Leia mais

POLIRON 105 CM 03 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 3 x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2

POLIRON 105 CM 03 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 3 x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2 POLIRON Código 7200 POLIRON 105 CM 02 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 2x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2 /bitolas de 1,5mm 2 a 10 estruturado, alimentação, sist. microprocessados, em plantas industria quimica,

Leia mais

Cabos Navais. Introdução

Cabos Navais. Introdução Cabos Navais Introdução A Prysmian Energia Cabos e Sistemas do Brasil S.A. apresenta a sua linha de cabos para aplicação em plataformas de petróleo off-shore e navios, tipo LS0H (Low Smoke Zero Halogen),

Leia mais

Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C

Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C Noflam Antichama BWF Flexível 450/750V 1 Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, atendendo à classe 5 de encordoamento. 2 Isolação: PVC (70 ºC) composto

Leia mais

APLICAÇÃO PARA CABOS DE BAIXA E ALTA TEMPERATURA 2013 FNCE FABRICA NACIONAL DE CONDUTORES ELÉTRICOS

APLICAÇÃO PARA CABOS DE BAIXA E ALTA TEMPERATURA 2013 FNCE FABRICA NACIONAL DE CONDUTORES ELÉTRICOS APLICAÇÃO PARA CABOS DE BAIXA E ALTA TEMPERATURA 2013 FNCE FABRICA NACIONAL DE CONDUTORES ELÉTRICOS ÍNDICE INTRODUÇÃO...4 1. DEFINIÇÕES...5 1.1 REDONDO SÓLIDO...5 1.2 REDONDO NORMAL...5 1.3 REDONDO COMPACTO...5

Leia mais

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com Projeto Elétrico Padrão de Medição, fornecimento de energia em tensão primária 13.8kV, a partir da rede aérea de distribuição para atender Defensoria Pública do Estado da Paraíba. Responsavel Técnico:

Leia mais

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU Cobre eletrolítico nu, meio duro. Empregado em linhas aéreas para transmissão e distribuição de energia elétrica e sistema de aterramento. NBR 6524: Fios e cabos de cobre

Leia mais

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos.

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil.

Leia mais

Uma história de evolução e constante expansão

Uma história de evolução e constante expansão 2 Uma história de evolução e constante expansão A história da SIL é resultado de um trabalho empreendedor, pautado pela ética, confiabilidade e seriedade. A companhia foi, por duas décadas, uma das principais

Leia mais

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS Cabo Eprotenax 6 até 35kV 1 2 3 4.1 4.2 5 6 7 Construção: Aplicações: Características: CONDUTOR (1) Metal: fio cobre nu, têmpera mole. Forma: redonda compacta Encordoamento: classe 2. BLINDAGEM DO CONDUTOR

Leia mais

Instalações Elétricas de Baixa Tensão. Dimensionamento de Condutores e Eletrodutos

Instalações Elétricas de Baixa Tensão. Dimensionamento de Condutores e Eletrodutos Dimensionamento de Condutores e Eletrodutos Método da capacidade de condução de corrente Roteiro: 1. Calcular a corrente de projeto (I p ) dos circuitos da edificação; 2. Definir parâmetros de instalação

Leia mais

PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO

PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO Instalação Nobreak 60 KVA - 380 V PROPRIETÁRIO: Procuradoria Geral de Justiça. 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO DADOS DO PROPRIETÁRIO

Leia mais

CAPACIDADE DE CONDUÇÃO DE CORRENTE 1/40

CAPACIDADE DE CONDUÇÃO DE CORRENTE 1/40 1/40 Os valores de capaci dade de condução de correntes constantes das tabelas a seguir, foram calculados de acordo com os critérios estabelecidos pela NBR 11301. Para os cálculos foram consideradas aterradas

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Informações e Tabelas Técnicas

Informações e Tabelas Técnicas Características dos condutores de cobre mole para fios e cabos isolados 1 Temperatura característica dos condutores 1 Corrente de curto-circuito no condutor 1 Gráfico das correntes máximas de curto-circuito

Leia mais

Terminais e Emendas para Cabos Elétricos

Terminais e Emendas para Cabos Elétricos Terminais e Emendas para Cabos Elétricos A KIT Acessórios, com sede no Rio de Janeiro, desde 1991, vem se dedicando exclusivamente a produção de acessórios para cabos elétricos. Desde 1999, a KIT Acessórios

Leia mais

Tabelas de Dimensionamento

Tabelas de Dimensionamento Com o objetivo de oferecer um instrumento prático para auxiliar no trabalho de projetistas, instaladores e demais envolvidos com a seleção e dimensionamento dos em uma instalação elétrica de baixa tensão,

Leia mais

Canoas, 20 de julho de 2010.

Canoas, 20 de julho de 2010. PROJETO DE SUBESTAÇÃO TRANSFORMADORA ABRIGADA DE 112,5 KVA COM RAMAL DE ENTRADA SUBTERRÂNEO E MEDIÇÃO INDIRETA EM FORNECIMENTO DE TENSÃO PRIMÁRIA DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA. LOTEAMENTO CAPRI RUA DR.

Leia mais

FAST CIT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Tipo do Produto. Construção. Descrição. Aplicações

FAST CIT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Tipo do Produto. Construção. Descrição. Aplicações FAST CIT Tipo do Produto Cabos Telefônicos Construção 02 a 200 pares Núcleo seco Classificação de retardância a chama: CM ROHS Compliant Descrição Cabo telefônico constituído por condutores de cobre eletrolítico,

Leia mais

Instalações Elétricas Industriais. Prof. Carlos T. Matsumi

Instalações Elétricas Industriais. Prof. Carlos T. Matsumi Instalações Elétricas Industriais Divisão de Sistemas de Alimentação Faixa de Tensão Elétrica (IE) orrente Alternada - A orrente ontínua- Extra Baixa Tensão: Tensão Inferior à 50 V (A) e 120 V () Baixa

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Circuitos BT Regras de execução Elaboração: GTRPT Homologado: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição Energia, S.A. DNT

Leia mais

Fios e cabos elétricos

Fios e cabos elétricos Fios e cabos elétricos Fios e cabos elétricos 3 FIO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V 5 CAbO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V 7 CAbO CObreNAx ANTICHAMA 0,6/1 kv 9 CAbO COMPex 0,6/1 kv (COMPACTADO) 11 CAbO FLexICOM

Leia mais

NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS SOBRE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS SOBRE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS SOBRE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Novas Normas NBR IEC 61643-1 - Dispositivos de proteção contra surtos em baixa tensão - Parte 1: Dispositivos de proteção conectados a sistemas de

Leia mais

NORMA TÉCNICA CELG D. Cabos de Potência com Isolação Sólida de PVC e PVC/A Tensões de 0,6/1 kv Especificação NTC-69

NORMA TÉCNICA CELG D. Cabos de Potência com Isolação Sólida de PVC e PVC/A Tensões de 0,6/1 kv Especificação NTC-69 NORMA TÉCNICA CELG D Cabos de Potência com Isolação Sólida de PVC e PVC/A Tensões de 0,6/1 kv Especificação NTC-69 ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. OBJETIVO 1 2. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 2 3. TERMINOLOGIA

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado da Bahia. Criado e mantido pelos Empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado da Bahia. Criado e mantido pelos Empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo CONVITE N. 44/2012 MEMORIAL DESCRITIVO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE AJUSTES E CORREÇÕES EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DO SESC COMÉRCIO, PARA INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS DE

Leia mais

Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX

Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção SOHOPLUS RoHS Compliant Categoria 5e U/UTP (não blindado) PVC - CMX Jm Características Gerais Descritivo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EMPREENDIMENTO COMERCIAL AC GOIANÉSIA/DR/GO

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EMPREENDIMENTO COMERCIAL AC GOIANÉSIA/DR/GO MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EMPREENDIMENTO COMERCIAL AC GOIANÉSIA/DR/GO 1. GENERALIDADES 1.1 O projeto refere-se às instalações elétricas do empreendimento comercial localizado

Leia mais

INDICE. Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS

INDICE. Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS INDICE Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS 1 Cabos de Energia Harmonizados 2 Cabos de Energia - Baixa Tensão (0,6/1kV) 3 Cabos de Energia de Média e Alta Tensão 4 Cabos de Segurança 5 Cabos

Leia mais

TABELA 1 Os métodos de referência são os de instalação indicados na NBR - 5410

TABELA 1 Os métodos de referência são os de instalação indicados na NBR - 5410 CAPACIAE E CONUÇÃO E CORRENTE PARA CABO E BAIXA TENÃO O dimensionamento de uma instalação elétrica alimentada sob tensão nominal igual ou inferior a 00V, em corrente alternada é a 0V em corrente contínua,

Leia mais

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão.

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão. 1 / 7 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. PROCEDIMENTOS 5. REFERÊNCIAS 6. ANEXOS 1. FINALIDADE Esta norma tem como finalidade regulamentar os princípios básicos e procedimentos

Leia mais

Cabo SO-M / SO-M Cable

Cabo SO-M / SO-M Cable Cabo / Cable 750 V Descrição: Os cabos móveis tipo são recomendados para utilização em circuitos de energia e controle de máquinas providas de dispositivo de recolhimento de cabos do tipo festoon ou cortina

Leia mais

Instalações Elétricas BT I. Odailson Cavalcante de Oliveira

Instalações Elétricas BT I. Odailson Cavalcante de Oliveira Instalações Elétricas BT I Odailson Cavalcante de Oliveira Dimensionamento de condutores Tipos de Condutores Condutores isolados Condutores unipolar Condutores multipolar Critérios para dimensionamento:

Leia mais

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS Cabo Eprotenax Compact 105 6 até 35kV 1 2 3 4.1 4.2 5 6 7 Construção: Aplicações: Características: CONDUTOR (1) Metal: fio cobre nu, têmpera mole. Forma: redonda compacta Encordoamento: classe 2. BLINDAGEM

Leia mais

Cabos e acessórios para redes subterrâneas

Cabos e acessórios para redes subterrâneas Cabos e acessórios para redes subterrâneas Evoluindo com você. A distribuição de energia Vida atual com alta dependência de energia elétrica: produção serviços uso doméstico Conseqüências nas grandes cidades:

Leia mais

bom desempenho Segurança, eficiência e Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin www.hmnews.com.br

bom desempenho Segurança, eficiência e Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin www.hmnews.com.br Mercado Mercado Fios e Fios cabos e cabos elétricos elétricos Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin www.hmnews.com.br Segurança, eficiência e bom desempenho A história recente do mercado

Leia mais

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características:

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características: Cabo Eprotenax Compact 6 até 35kV 1 2 3 4.1 4.2 5 6 7 Construção: Aplicações: Características: CONDUTOR (1) Metal: fio cobre nu, têmpera mole. Forma: redonda compacta Encordoamento: classe 2. BLINDAGEM

Leia mais

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004)

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004) MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela da NBR5410/004) Método de instalação número: Esquema ilustrativo Descrição Método de instalação a utilizar para a capacidade de condução de corrente 1 1 1 eletroduto de seção

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO COM CUSTO REGRESSIVO E EFICIENTIZAÇÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO COM CUSTO REGRESSIVO E EFICIENTIZAÇÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO COM CUSTO REGRESSIVO E EFICIENTIZAÇÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE - MG OUTUBRO DE 2.014 1 OBJETIVO: Especificar os materiais a serem empregados na

Leia mais

Cabos de Controle e Instrumentação

Cabos de Controle e Instrumentação Cabos de Controle e Instrumentação 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em

Leia mais

CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES

CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES Cabos ignífugos de baixa tensão Características e ensaios Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-01-11 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

Aula 08 Instalações Elétricas de Distribuição. Professor Jorge Alexandre A. Fotius

Aula 08 Instalações Elétricas de Distribuição. Professor Jorge Alexandre A. Fotius Aula 08 Instalações Elétricas de Distribuição Professor Jorge Alexandre A. Fotius Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Em áreas urbanas com baixa densidade

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR Tel.: (021) 2583 6737 Fax.: (021) 2583 6737 Cel.: (021) 9159 4057 dsp@dsp-rj.com.br 1 / 9 Sumário 1 OBJETIVO... 3 2- NORMAS APLICÁVEIS...

Leia mais

Seminário Online DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS

Seminário Online DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS Seminário Online DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS Leonel Rodrigues Gerente de Aplicação de Produto Nexans Product Application Dept. Sep 2014 1 Dimensionamento de Condutores Elétricos Dimensionamento

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS DIMENSIONAMENTO DE ELÉTRICOS INTRODUÇÃO Os fatores básicos que envolvem o dimensionamento de um condutor são: tensão nominal; freqüência nominal; potência ou corrente

Leia mais

Capacidade de corrente de cabos. Fábio Brunheroto Forner

Capacidade de corrente de cabos. Fábio Brunheroto Forner Capacidade de corrente de cabos Fábio Brunheroto Forner 1 A Redenel Engenharia e Representações Ltda. foi idealizada para elaboração de serviços de engenharia em redes de distribuição subterrânea, tendo

Leia mais

Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição TD ND-3.3 - TABELAS

Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição TD ND-3.3 - TABELAS 02.111-TD/AT-3013a Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição TD ND-3.3 - TABELAS Gerência de Desenvolvimento e Engenharia de Ativos da Distribuição TD/AT Belo Horizonte Setembro/2013

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG.. Cabos Elétricos e Acessórios 02.1. Geral 02.2. Noras 02.3. Escopo de Forneciento 02 T-.1. Tabela 02.4. Características Construtivas 04.4.1. Aplicação 04.4.2. Diensionaento 04.4.3.

Leia mais

FASCÍCULO CONDIÇÕES GERAIS EMPREENDIMENTOS PARTICULARES LIVRO DE INSTRUÇÕES GERAIS

FASCÍCULO CONDIÇÕES GERAIS EMPREENDIMENTOS PARTICULARES LIVRO DE INSTRUÇÕES GERAIS FASCÍCULO CONDIÇÕES GERAIS EMPREENDIMENTOS PARTICULARES LIVRO DE INSTRUÇÕES GERAIS 2-22 INDICE INTRODUÇÃO... 3 1. OBJETIVO... 4 2. CAMPO DE APLICAÇÃO... 4 3. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 4 4. TERMINOLOGIA

Leia mais

CABOS DE POTÊNCIA DE MÉDIA TENSÃO N B R

CABOS DE POTÊNCIA DE MÉDIA TENSÃO N B R CABOS DE POTÊNCIA DE MÉDIA TENSÃO N B R 6 2 5 1 C A B O S D E P O T Ê N C I A D E M É D I A T E N S Ã O Com uma tradição de 77 anos, a Synergy Cabos segue os mais altos padrões de qualidade do mercado

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Há 22 anos produzindo qualidade

APRESENTAÇÃO. Há 22 anos produzindo qualidade APRESENTAÇÃO Há 22 anos produzindo qualidade 3 A CONDUMIG - Indústria de Condutores Elétricos, localizada em Divinópolis, centro-oeste mineiro, é a maior fabricante de Fios e Cabos, Rígidos e Flexíveis

Leia mais

Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012

Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012 O PRESIDENTE

Leia mais

4 DIMENSIONAMENTO ECONÔMICO DE CONDUTORES ELÉTRICOS CONFORME A NORMA ABNT NBR 15920...11

4 DIMENSIONAMENTO ECONÔMICO DE CONDUTORES ELÉTRICOS CONFORME A NORMA ABNT NBR 15920...11 DIMENSIONAMENTO ECONÔMICO E AMBIENTAL DE CONDUTORES ELÉTRICOS 3 Índice 1 INTRODUÇÃO..............................................................................4 2 DIMENSIONAMENTO TÉCNICO DE CONDUTORES

Leia mais

NOVA GERAÇÃO CABOS DE MÉDIA TENSÃO ISOLADOS. João J. A. de Paula

NOVA GERAÇÃO CABOS DE MÉDIA TENSÃO ISOLADOS. João J. A. de Paula NOVA GERAÇÃO CABOS DE MÉDIA TENSÃO ISOLADOS João J. A. de Paula 1 Perfil da companhia* $ BILHÕES 6VENDA LÍQUIDA 38 PRINCIPAIS PLANTAS LOCALIZADAS NOS MERCADOS 13.300 COLABORADORES VENDAS & DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A F/UTP (blindado) PVC - CM, CMR Características Gerais

Leia mais

ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA

ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA INSTRUÇÕES DE MONTAGEM ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA PÁG. / 6 EMEX 6 kv Edição: DEZ 09 A emenda EMEX é um acessório de cabo de média tensão isolado com EPR ou XLPE com camada semi-condutora

Leia mais

CONDUTORES ELÉTRICOS

CONDUTORES ELÉTRICOS CONDUTORES ELÉTRICOS R = ρ l S ( Ω) Produto metálico, geralmente de forma cilíndrica, utilizada para transportar energia elétrica ou transmitir sinais elétricos. ρ cobre = 1,72 10-8 Ωm ρ alum = 2,80 10-8

Leia mais

FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA 13,8 kv

FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA 13,8 kv T Í T U L O NORMA DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO VERSÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DA VIGÊNCIA R1 I - GPC 11/04/2014 16/04/2014 CONTROLE DE REVISÃO Data Responsáveis Descrição 11/04/2014 Elaboração: Eng. Alberto J.

Leia mais

DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS:

DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: Chamamos de dimensionamento técnico de um circuito à aplicação dos diversos itens da NBR 5410 relativos à escolha

Leia mais

CONDUTORES ELÉTRICOS DE BAIXA TENSÃO

CONDUTORES ELÉTRICOS DE BAIXA TENSÃO 8 CONDUTORES ELÉTRICOS DE BAIXA TENSÃO 8.1 INTRODUÇÃO Em qualquer circuito elétrico, nota-se a presença de elementos condutores, que interligam os equipamentos elétricos às fontes e aos demais componentes

Leia mais