Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""

Transcrição

1 Cabo para Sinal e Detecção de Incêndio - s/ blindagem V - flexível - Instalações contínuas cem tubulação de aço galvanizado para blindagem eletrostática e magnética; Cabo formado por dois ou mais es flexíveis de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 4 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC/A 70ºC com característica Anti-chama identificados por cores e torcidos, com cobertura em Composto Termoplástico PVC/E - 105ºC na cor vermelha. Produto Código Ø 1 P x 0,75 mm² 275 IDF 2,30 mm 0,60 mm 6,00 mm 43 kg 1 P x 1,00 mm² 210 IDF 2,50 mm 0,60 mm 6,70 mm 50 kg 1 P x 1,50 mm² 215 IDF 2,70 mm 0,60 mm 7,25 mm 63 kg 1 P x 2,50 mm² 225 IDF 3,50 mm 0,80 mm 8,85 mm 96 kg Produto Código Ø Ø cobertura Peso / km 1 T x 0,75 mm² 305 IDF 2,30 mm 0,60 mm 6,40 mm 56 kg 1 T x 1,00 mm² 310 IDF 2,50 mm 0,60 mm 6,90 mm 66 kg 1 T x 1,50 mm² 315 IDF 2,70 mm 0,60 mm 7,20 mm 83 kg 1 T x 2,50 mm² 325 IDF 3,50 mm 0,80 mm 9,00 mm 127 kg Cabo para Sinal e Detecção de Incêndio - c/ blindagem V - flexível - Instalações contínuas em tubulação de aço galvanizado para blindagem eletrostática e magnética; Cabo formado por dois ou mais es flexíveis de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 4 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC /A 70ºC com característica anti-chama, torcidos e identificados por cores, envoltos por fita separadora de poliéster, dreno de cobre estanhado e envolto por fita de poliéster aluminizada, com cobertura em Composto Termoplástico PVC /E - 105ºC na cor vermelha.

2 Produto Código Ø 1 P x 0,75 mm² 275 IBF 2,30 mm 0,60 mm 6,00 mm 48 kg 1 P x 1,00 mm² 210 IBF 2,50 mm 0,60 mm 6,70 mm 55 kg 1 P x 1,50 mm² 215 IBF 2,70 mm 0,60 mm 7,25 mm 68 kg 1 P x 2,50 mm² 225 IBF 3,50 mm 0,80 mm 8,85 mm 101 kg Produto Código Ø 1 T x 0,75 mm² 375 IBF 2,30 mm 0,60 mm 6,40 mm 62 kg 1 T x 1,00 mm² 310 IBF 2,50 mm 0,60 mm 6,90 mm 72 kg 1 T x 1,50 mm² 315 IBF 2,70 mm 0,60 mm 7,20 mm 88 kg 1 T x 2.50 mm² 325 IBF 3,50 mm 0,80 mm 9,00 mm 133 kg Produto Código Ø 4 x 0,50 mm² 405 IBF 2,00 mm 0,60 mm 6,70 mm 62 kg 4 x 0,75 mm² 475 IBF 2,30 mm 0,60 mm 6,70 mm 76 kg 4 x 1,00 mm² 410 IBF 2,50 mm 0,60 mm 8,00 mm 91 kg 4 x 1,50 mm² 415 IBF 2,70 mm 0,60 mm 8,50 mm 108 kg Cabo para Sinal e Detecção de Incêndio - s/ blindagem V - sólido - Instalações contínuas em tubulação de aço galvanizado para blindagem eletrostática e magnética; Cabo formado por dois es sólidos de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 1 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC /A 70ºC com característica anti-chama, torcidos e identificados por cores, com cobertura em Composto Termoplástico PVC/E - 105ºC na cor vermelha. Ø do Condutor Resistência elétrica Resistência de isolamento à Tensão elétrica de do 0,50 mm² 0,813 mm 37,80 Ω/km 65,6 MΩ/km 7,5 kv 0,75 mm² 1,024 mm 25,23 Ω/km 61,4 MΩ/km 7,5 kv 1,00 mm² 1,151 mm 18,64 Ω/km 57,4 MΩ/km 7,5 kv 1,50 mm² 1,290 mm 12,46 Ω/km 52,8 MΩ/km 7,5 kv

3 Produto Código Ø 1 P x 0,50 mm² 205 IDS 2,01 mm 0,60 mm 4,90 mm 31 kg 1 P x 0,75 mm² 275 IDS 2,20 mm 0,60 mm 6,05 mm 40 kg 1 P x 1,00 mm² 210 IDS 2,35 mm 0,60 mm 6,30 mm 48 kg 1 P x 1,50 mm² 215 IDS 2,58 mm 0,60 mm 6,80 mm 58 kg Cabo para Sinal e Detecção de Incêndio - c/blindagem V - sólido Utilizável em instalações de sistemas fixos sem blindagem externa por tubulação de aço galvanizado - Sistemas de Medição e Monitoramento a distância Cabo formado por dois ou mais es sólidos de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 1 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC /A 70ºC com característica anti-chama, torcidos e identificados por cores e envoltos por fita separadora de poliéster, dreno de cobre estanhado, envolto por fita de poliéster aluminizada, com cobertura em Composto Termoplástico PVC /E - 105ºC na cor vermelha. Ø do Condutor 0,50 mm² 0,813 mm 37,80 Ω/km 65,6 MΩ/km 7,5 kv 0,75 mm² 1,024 mm 25,23 Ω/km 61,4 MΩ/km 7,5 kv 1,00 mm² 1,151 mm 18,64 Ω/km 57,4 MΩ/km 7,5 kv 1,50 mm² 1,290 mm 12,46 Ω/km 52,8 MΩ/km 7,5 kv Produto Código Ø 1 P x 0,50 mm² 205 IBS 2,01 mm 0,60 mm 4,90 mm 36 kg 1 P x 0,75 mm² 275 IBS 2,20 mm 0,60 mm 6,05 mm 45 kg 1 P x 1,00 mm² 210 IBS 2,35 mm 0,60 mm 6,30 mm 53 kg 1 P x 1,50 mm² 215 IBS 2,58 mm 0,60 mm 6,80 mm 64 kg Produto Código Ø 1 T x 0,50 mm² 305 IBS 2,01 mm 0,60 mm 5,00 mm 42 kg 1 T x 0,75 mm² 375 IBS 2,20 mm 0,60 mm 5,60 mm 60 kg 1 T x 1,00 mm² 310 IBS 2,35 mm 0,60 mm 6,05 mm 69 kg 1 T x 1,50 mm² 315 IBS 2,58 mm 0,60 mm 6,80 mm 83 kg Produto Código Ø 4 x 0,50 mm² 405 IBS 2,01 mm 0,60 mm 5,10 mm 50 kg 4 x 0,75 mm² 475 IBS 2,20 mm 0,60 mm 5,62 mm 73 kg Cabo para Sinal e Instrumentação - c/ blindagem V

4 Sistemas que requeiram tensões de operações de até 300 V e temperatura de 70ºC - Controle; - Automação; - Instrumentação. Cabo formado por dois ou mais es flexíveis de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 4 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC /A 70ºC com característica anti-chama, torcidos e identificados por cores e envoltos por fita separadora de poliéster, dreno de cobre estanhado, envolto por fita de poliéster aluminizada e cobertura em Composto Termoplástico PVC/ST1-70ºC na cor preta. NBR 10300:1997 Cabos de instrumentação com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 300 V Resistência elétrica do Resistência de isolamento à Temperatura Ambiente Tensão elétrica de Centelhamento 0,50 mm² 0,87 mm 40,17 Ω/km 65,6 MΩ/km 7,5 kv Produto Código Ø 1 P x 0,50 mm² 205 ABF 1,80 mm 0,40 mm 5,40 mm 38 kg 1 P x 0,75 mm² 275 ABF 2,10 mm 0,40 mm 6,10 mm 50 kg 1 P x 1,00 mm² 210 ABF 2,30 mm 0,40 mm 6,60 mm 58 kg 1 P x 1,50 mm² 215 ABF 2,50 mm 0,40 mm 7,10 mm 70 kg 1 P x 2,50 mm² 225 ABF 3,30 mm 0,60 mm 8,66 mm 103 kg Produto Código Ø Ø da cobertura Peso / km 1 T x 0,50 mm² 305 ABF 1,80 mm 0,40 mm 5,40 mm 47 kg 1 T x 0,75 mm² 375 ABF 2,10 mm 0,40 mm 6,10 mm 60 kg 1 T x 1,00 mm² 310 ABF 2,30 mm 0,40 mm 6,70 mm 71 kg 1 T x 1,50 mm² 315 ABF 2,50 mm 0,40 mm 7,60 mm 88 kg 1 T x 2,50 mm² 325 ABF 3,30 mm 0,60 mm 8,60 mm 128 kg Produto Código Ø 2 P x 0,50 mm² 405 ABF 1,80 mm 0,40 mm 6,10 mm 58 kg 2 P x 0,75 mm² 475 ABF 2,10 mm 0,40 mm 7,50 mm 78 kg 2 P x 1,00 mm² 410 ABF 2,30 mm 0,40 mm 8,10 mm 92 kg 2 P x 1,50 mm² 415 ABF 2,50 mm 0,40 mm 8,80 mm 115 kg Produto Código Ø 5 x 0,50 mm² 505 ABF 1,80 mm 0,40 mm 7,50 mm 72 kg 5 x 0,75 mm² 575 ABF 2,10 mm 0,40 mm 8,00 mm 92 kg 5 x 1,00 mm² 510 ABF 2,30 mm 0,40 mm 9,00 mm 109 kg 5 x 1,50 mm² 515 ABF 2,50 mm 0,40 mm 11,00 mm 145 kg Produto Código Ø Ø da cobertura Peso / km

5 3 P x 0,50 mm² 605 ABF 1,80 mm 0,40 mm 7,45 mm 80 kg 3 P x 0,75 mm² 675 ABF 2,10 mm 0,40 mm 8,30 mm 105 kg 3 P x 1,00 mm² 610 ABF 2,30 mm 0,40 mm 9,00 mm 123 kg 3 P x 1,50 mm² 615 ABF 2,50 mm 0,40 mm 11,00 mm 166 kg Cabo para Sinal e Instrumentação - s/ blindagem V Sistemas que requeiram tensões de operações de até 300 V e temperatura de 70ºC - Controle; - Automação; - Instrumentação. Cabo formado por dois ou mais es flexíveis de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 4 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC /A 70ºC com característica anti-chama, torcidos e identificados por cores, com cobertura em Composto Termoplástico PVC/ST1-70ºC na cor preta. NBR 10300:1997 Cabos de instrumentação com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 300 V Resistência elétrica do Resistência de isolamento à Temperatura Ambiente Tensão elétrica de Centelhamento 0,50 mm² 0,87 mm 40,17 Ω/km 65,6 MΩ/km 7,5 kv Produto Código Ø 1 P x 0,50 mm² 205 ADF 1,80 mm 0,40 mm 5,40 mm 34 kg 1 P x 0,75 mm² 275 ADF 2,10 mm 0,40 mm 6,10 mm 45 kg 1 P x 1,00 mm² 210 ADF 2,30 mm 0,40 mm 6,60 mm 53 kg 1 P x 1,50 mm² 215 ADF 2,50 mm 0,40 mm 7,10 mm 65 kg 1 P x 2,50 mm² 225 ADF 3,30 mm 0,60 mm 8,60 mm 97 kg Produto Código Ø 1 T x 0,50 mm² 305 ADF 1,80 mm 0,40 mm 5,40 mm 42 kg 1 T x 0,75 mm² 375 ADF 2,10 mm 0,40 mm 6,10 mm 54 kg 1 T x 1,00 mm² 310 ADF 2,30 mm 0,40 mm 6,70 mm 66 kg 1 T x 1,50 mm² 315 ADF 2,50 mm 0,40 mm 7,15 mm 82 kg 1 T x 2,50 mm² 325 ADF 3,30 mm 0,60 mm 8,60 mm 123 kg Produto Código Ø 2 P x 0,50 mm² 405 ADF 1,80 mm 0,40 mm 6,10 mm 53 kg 2 P x 0,75 mm² 475 ADF 2,10 mm 0,40 mm 7,50 mm 73 kg 2 P x 1,00 mm² 410 ADF 2,30 mm 0,40 mm 8,10 mm 86 kg 2 P x 1,50 mm² 415 ADF 2,50 mm 0,40 mm 8,80 mm 118 kg Cordão flexível Torcido V

6 Alimentação de iluminação, sinalizações e ligações embutidas de eletrodutos. Cabo formado por dois ou mais es flexíveis de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 4 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC /A 70ºC com característica anti-chama. Produto fabricado de acordo com Especificação Técnica Hipperfio. 0,50 mm² 0,87 mm 40,17 Ω/km 65,6 MΩ/km 3,0 kv 0,75 mm² 1,12 mm 26,78 Ω/km 59,3 MΩ/km 3,0 kv 1,00 mm² 1,35 mm 20,08 Ω/km 61,9 MΩ/km 3,0 kv 1,50 mm² 1,43 mm 13,69 Ω/km 50,4 MΩ/km 5,0 kv 2,50 mm² 1,89 mm 8,21 Ω/km 45,4 MΩ/km 5,0 kv 4,00 mm² 2,40 mm 5,10 Ω/km 35,3 MΩ/km 5,0 kv Produto Código Ø Passo torção Peso / km 1 P x 0,50 mm² 205 CFT 1,80 mm 0,40 mm 50 mm 14,5 kg 1 P x 0,75 mm² 275 CFT 2,30 mm 0,40 mm 55 mm 24 kg 1 P x 1,00 mm² 210 CFT 2,50 mm 0,40 mm 60 mm 29 kg 1 P x 1,50 mm² 215 CFT 2,70 mm 0,40 mm 70 mm 38 kg 1 P x 2,50 mm² 225 CFT 3,50 mm 0,60 mm 90 mm 64 kg 1 P x 4,00 mm² 240 CFT 4,12 mm 0,60 mm 100 mm 95 kg Cordão flexível Paralelo Bicolor - PU Cordão para ligações de sistemas de iluminação e/ou sonorização de alarme contra incêndio. Cabo formado por dois es flexíveis de cobre eletrolítico, têmpera mole, classe 4 de encordoamento, com isolação em Composto Termoplástico PVC /A 70ºC com característica anti-chama e cobertura em Polietileno de Baixa Densidade (PEBD). Produto fabricado de acordo com Especificação Técnica Hipperfio. Características gerais do produto 4,00 mm² 2,40 mm 5,10 Ω/km 35,3 MΩ/km 7,5 kv

7 Produto Código Ø 1 P x 1,00 mm² 210 CPB 2,50 mm 0,45 mm 3,35 x 6,80 35 kg 1 P x 1,50 mm² 215 CPB 2,70 mm 0,60 mm 3,85 x 7,70 48 kg 1 P x 2,50 mm² 225 CPB 3,50 mm 0,60 mm 4,58 x 9,20 76 kg 1 P x 4,00 mm² 240 CPB 4,12 mm 0,60 mm 5,00 x 10, kg

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA pretas numeradas + uma veia verde/amarela. em fita de alumínio invertida + dreno estanhado de 0,5mm2 sobreposta por trança de cobre estanhado. SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

Leia mais

FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO

FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO FIOS E CABOS BAIXA TENSÃO Conceitos Básicos sobre es Elétricos Definições: Vergalhão Produto metálico não-ferroso de seção maciça circular, destinado à fabricação de fios. Fio Metálico Produto maciço,

Leia mais

Fios e cabos elétricos

Fios e cabos elétricos Fios e cabos elétricos Fios e cabos elétricos 3 FIO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V 5 CAbO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V 7 CAbO CObreNAx ANTICHAMA 0,6/1 kv 9 CAbO COMPex 0,6/1 kv (COMPACTADO) 11 CAbO FLexICOM

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C

Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: 1 2 3 4 1 Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe 05. 2 Separador: Fita não higroscópica

Leia mais

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090 v 6 5 4 3 2 1 1- condutor 2- isolação 3- separador 4- capa intermediária 5- trança de cobre estanhado 6- capa externa CONSTRUÇÃO CONDUTORES: formados com 7 elementos de cobre eletrolítico, conforme NM

Leia mais

ELÉTRICA. seção 7,98 4,95 3,30 1,91 33,2 39,4 48,0. Cordão Paralelo

ELÉTRICA. seção 7,98 4,95 3,30 1,91 33,2 39,4 48,0. Cordão Paralelo ELÉTRICA APLICAÇÕES: São utilizados em instalações de baixa tensão, como construção civil, instalações industriais e comerciais, para tensões de até 75V. CONDUTOR: Corda flexível, classe 4 de encordoamento

Leia mais

CABOS ISOLADOS / COBERTOS DE BAIXA TENSÃO (até 1kV) Nota: Sob consulta, os cabos Forex, Flexonax, Forenax, Forefix podem ser fornecidos com armadura Fio e Cabo WPP Cordão FOREPLAST (300 V) Os fios WPP

Leia mais

ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ANEXO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Este documento é parte integrante da Ata de Registro de Preços nº PE.DAQ.G.0132.2009, celebrada entre FURNAS e a empresa CONDUSPAR CONDUTORES ELÉTRICOS LTDA., que teve

Leia mais

CABOS ELÉTRICOS PARA APLICAÇÃO EM OFFSHORE 1/2013

CABOS ELÉTRICOS PARA APLICAÇÃO EM OFFSHORE 1/2013 1/2013 CABOS ELÉTRICOS PARA APLICAÇÃO EM OFFSHORE ÍNDICE: Cabos Elétricos de Energia e Controle - 0,6/1kV (1,8/3kV) LKM-SHF2 & LKM-SHF2 FLEX...4 LKMM-SHF2...8 LKSM-SHF2 & LKSM-SHF2 FLEX...10 LKMSM-SHF2...14

Leia mais

2.5. Placas eletrônicas da central

2.5. Placas eletrônicas da central 2.5. Placas eletrônicas da central Placa eletrônica de laço Piezo Placa de laço Na placa eletrônica de laço podem ser ligados quatro laços de detecção, compostos por detectores de fumaça, detectores termovelocimétricos

Leia mais

Uma história de evolução e constante expansão

Uma história de evolução e constante expansão 2 Uma história de evolução e constante expansão A história da SIL é resultado de um trabalho empreendedor, pautado pela ética, confiabilidade e seriedade. A companhia foi, por duas décadas, uma das principais

Leia mais

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão Fio e Cabo de Cobre Nu Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V Características dimensionais e resistência elétrica de fios e cabos de cobre nu, meio duro e duro Empregados em linhas aéreas para transmissão e distribuição

Leia mais

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Características Construtivas 1) Para Fio Inbranil Antichama: condutor sólido de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, classe 1. Para Cabo Inbranil Antichama: condutor

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de es de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme relação

Leia mais

Cabos Navais. Introdução

Cabos Navais. Introdução Cabos Navais Introdução A Prysmian Energia Cabos e Sistemas do Brasil S.A. apresenta a sua linha de cabos para aplicação em plataformas de petróleo off-shore e navios, tipo LS0H (Low Smoke Zero Halogen),

Leia mais

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70 APRESENTAÇÃO A FNCE, empresa nacional com tradição a mais de 0 anos no mercado de condutores elétricos esta comprometida com a qualidade de seus produtos, treinamentos dos seus colaboradores e preservação

Leia mais

CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores

CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores CONDUSCAMP CONDUTORES CAMPINAS LTDA. Conectando soluções em condutores QUEM SOMOS EMPRESA CONHEÇA A CONDUSCAMP Com uma consolidada história no mercado de condutores elétricos, a Conduscamp há mais de 15

Leia mais

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP 50 anos. E muitas obras de experiência. Em sua longa trajetória, o Grupo Nambei já realizou o fornecimento de fios e cabos para centenas de

Leia mais

POLIRON 105 CM 03 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 3 x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2

POLIRON 105 CM 03 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 3 x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2 POLIRON Código 7200 POLIRON 105 CM 02 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 2x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2 /bitolas de 1,5mm 2 a 10 estruturado, alimentação, sist. microprocessados, em plantas industria quimica,

Leia mais

APLICAÇÃO PARA CABOS DE BAIXA E ALTA TEMPERATURA 2013 FNCE FABRICA NACIONAL DE CONDUTORES ELÉTRICOS

APLICAÇÃO PARA CABOS DE BAIXA E ALTA TEMPERATURA 2013 FNCE FABRICA NACIONAL DE CONDUTORES ELÉTRICOS APLICAÇÃO PARA CABOS DE BAIXA E ALTA TEMPERATURA 2013 FNCE FABRICA NACIONAL DE CONDUTORES ELÉTRICOS ÍNDICE INTRODUÇÃO...4 1. DEFINIÇÕES...5 1.1 REDONDO SÓLIDO...5 1.2 REDONDO NORMAL...5 1.3 REDONDO COMPACTO...5

Leia mais

RF-75 0,5 / 3,0 (DT)

RF-75 0,5 / 3,0 (DT) 401.006 RF-75 0,5 / 3,0 (DT) Data: 11/00 Rev.: Antenas domésticas de TV, rádio e TV, VHF e UHF, informática, automação. Prática Telebrás 235-330-702 Condutor interno: Cobre estanhado, 0,49 mm Isolamento:

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A F/UTP (blindado) PVC - CM, CMR Características Gerais

Leia mais

CONDUTORES ELÉTRICOS

CONDUTORES ELÉTRICOS CONDUTORES ELÉTRICOS R = ρ l S ( Ω) Produto metálico, geralmente de forma cilíndrica, utilizada para transportar energia elétrica ou transmitir sinais elétricos. ρ cobre = 1,72 10-8 Ωm ρ alum = 2,80 10-8

Leia mais

Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012

Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 589, de 05 de novembro de 2012 O PRESIDENTE

Leia mais

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA.

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. TRANSFORMADORES MONOFÁSICOS DE ISOLAÇÃO COM BLINDAGEM APLICAÇÃO Os transformadores monofásicos de isolação com blindagens, magnética e eletrostática, foram desenvolvidos

Leia mais

Cabos Elétricos. Cabo Conduspar BWF 750V. Cabo Singelo Flexpar BWF 750V

Cabos Elétricos. Cabo Conduspar BWF 750V. Cabo Singelo Flexpar BWF 750V Cabos Elétricos Cabo Conduspar BWF 750V Características Construtivas (NBR NM47-3): Fios sólidos cobre eletrolítico, seção circular não compactado, têmpera mole, classe encordoamento (NBR NM80), isolamento

Leia mais

CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES

CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DA DISTRIBUIÇÃO CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES CÓDIGO ESP-I-GPC-01/13 VERSÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DA VIGÊNCIA R0 20/05/2013 CONTROLE DE REVISÃO

Leia mais

FieldLink para aplicações de Ethernet industrial

FieldLink para aplicações de Ethernet industrial FieldLink para aplicações de Ethernet industrial : Retardador de chamas Resistente a respingo de solda Altamente flexível Instalação permanente Sem halogênio Sem silicone Resistente à luz solar Resistente

Leia mais

Aula 08 Instalações Elétricas de Distribuição. Professor Jorge Alexandre A. Fotius

Aula 08 Instalações Elétricas de Distribuição. Professor Jorge Alexandre A. Fotius Aula 08 Instalações Elétricas de Distribuição Professor Jorge Alexandre A. Fotius Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Redes Aéreas Em áreas urbanas com baixa densidade

Leia mais

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal Ligação da rede elétrica A ligação com a rede elétrica é feita diretamente no módulo placa do carregador e conexões INC 2000, conforme a figura a seguir: Visão lateral fonte Terra (Verde 1,5 mm 2 ) Visão

Leia mais

cabos para áudio vídeo broadcast

cabos para áudio vídeo broadcast cabos para áudio vídeo broadcast apresentação A CV AUDIO inciou uma parceria com a espanhola Conducfil para oferecer cabos com qualidade europeia aos profissionais de áudio, vídeo e Broadcast de todo o

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS SITE: www.amm.org.br- E-mail: engenharia@amm.org.br AV. RUBENS DE MENDONÇA, N 3.920 CEP 78000-070 CUIABÁ MT FONE: (65) 2123-1200 FAX: (65) 2123-1251 MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES MEMORIAL DESCRITIVO Memorial Descritivo Elétrico Projeto: Marcelo

Leia mais

Portaria n.º 11, de 10 de janeiro de 2014. CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 11, de 10 de janeiro de 2014. CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 11, de 10 de janeiro de 2014. CONSULTA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150139

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150139 TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150139 1. DA JUSTIFICATIVA: Dispensa de licitação, via cotação eletrônica, nos termos do decreto estadual Nº 28.397, de 21 de setembro de 2006 para atender SC 13827 - UNBME 2.

Leia mais

Número PE046/2013. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega

Número PE046/2013. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega Folha 1 1 CONECTOR, N - Encaixe tipo femea; Un 20,00 - Fixacao do condutor interno por solda; - Fixacao do cabo por sistema Clamp; - Para cabo coaxial tipo RGC213 50ohms; - Frequencia de trabalho max 6,5GHz;

Leia mais

Número PE022/2015. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega

Número PE022/2015. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega Folha 1 UNIVERSIDADE DO SUDOESTE DA - CAMPUS VITORIA DA CO 1 ALICATE, universal, de 8 polegadas, em aco, cabo com isolacao para 1000 volts e em conformidade com norma ABNT NBR vigente no que diz respeito

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES Os seis critérios de dimensionamento de circuitos de BT: 1. Seção mínima; 2. Capacidade de condução de corrente; 3. Queda de tensão; 4. Proteção contra sobrecargas; 5. Proteção contra curtos-circuitos;

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4 P CAT. 6 F/UTP

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4 P CAT. 6 F/UTP CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4 P CAT. 6 F/UTP Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A F/UTP (blindado) PVC - CM, CMR Características Gerais

Leia mais

TABELA 1 Os métodos de referência são os de instalação indicados na NBR - 5410

TABELA 1 Os métodos de referência são os de instalação indicados na NBR - 5410 CAPACIAE E CONUÇÃO E CORRENTE PARA CABO E BAIXA TENÃO O dimensionamento de uma instalação elétrica alimentada sob tensão nominal igual ou inferior a 00V, em corrente alternada é a 0V em corrente contínua,

Leia mais

www.rcmcaboseletricos.com.br

www.rcmcaboseletricos.com.br Distrito Industrial Porto União SC Brasil End: Rua Paulista 300 CEP 8900000 Tel: (2) 3523.8785 (2) 352.3353 www.rcmcaboseletricos.com.br catálogo de produtos Nós trabalhamos com energia. A RCM Cabos Elétricos

Leia mais

FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P

FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto FASTLAN Construção Categoria 6 F/UTP (blindado) PVC/TPU - CM/CMX Características Gerais Descritivo Ambiente

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Há 22 anos produzindo qualidade

APRESENTAÇÃO. Há 22 anos produzindo qualidade APRESENTAÇÃO Há 22 anos produzindo qualidade 3 A CONDUMIG - Indústria de Condutores Elétricos, localizada em Divinópolis, centro-oeste mineiro, é a maior fabricante de Fios e Cabos, Rígidos e Flexíveis

Leia mais

MODELOS: TRANSFORMADORES DE CORRENTE RH-80 RH-80B(500A) RH-80B(800A) RH-100 RH-40 RH-70 RH-78 RH-90 RH-120

MODELOS: TRANSFORMADORES DE CORRENTE RH-80 RH-80B(500A) RH-80B(800A) RH-100 RH-40 RH-70 RH-78 RH-90 RH-120 TRANSFORMADORES DE CORRENTE MODELOS: RH-80 RH-80B(500A) RH-80B(800A) RH-100 RH-40 RH-70 RH-78 RH-90 RH-120 www.anzo.com.br - contato@anzo.com.br 0 Modelo RH - 80 Os TC s foram desenvolvidos com características

Leia mais

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS)

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) MANUAL ITED 1ª edição ANEXO 6 1 CABOS TVV E TVHV 1 2 3 4 1 5 2 3 1. Revestimento Exterior (camada de PVC) 2. Cintagem 3. Isolamento do condutor

Leia mais

Tabelas de Dimensionamento

Tabelas de Dimensionamento Com o objetivo de oferecer um instrumento prático para auxiliar no trabalho de projetistas, instaladores e demais envolvidos com a seleção e dimensionamento dos em uma instalação elétrica de baixa tensão,

Leia mais

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos unipolares para altas temperaturas

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos unipolares para altas temperaturas Cabos unipolares para altas temperaturas 2 A CONFIABILIDADE QUE FAZ A DIFERENÇA (Estas certificações são da linha geral de cabos produzidos pela Cofibam) Política da qualidade A COFIBAM SE COMPROMETE EM

Leia mais

DEFINIÇÕES. Entrada de energia. Entrada de serviço

DEFINIÇÕES. Entrada de energia. Entrada de serviço 1 Entrada de energia DEFINIÇÕES Instalação de responsabilidade do consumidor, compreendendo ramal de entrada, poste particular ou pontalete, caixas, dispositivos de proteção, eletrodo de aterramento e

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 15:21 horas do dia 17 de dezembro de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas, designado pela portaria 027/2012-GAB/SEFIN após analise da documentação do Pregão

Leia mais

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos.

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil.

Leia mais

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090

Av. Maria Leonor, 1222 Pq. Reid Diadema CEP 09920-080 Tel.: 55-11 4092-9000 FAX.: 55 11 4092-9090 6 5 4 3 2 1 1- condutor 2- isolação 3- separador 4- capa intermediária 5- trança de cobre estanhado 6- capa externa CONSTRUÇÃO CONDUTORES: formados por elementos flexíveis de cobre eletrolítico, conforme

Leia mais

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão.

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão. 1 / 7 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. PROCEDIMENTOS 5. REFERÊNCIAS 6. ANEXOS 1. FINALIDADE Esta norma tem como finalidade regulamentar os princípios básicos e procedimentos

Leia mais

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada Notas: Critérios Construtivos do Padrão de Entrada A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada. O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

Manual Técnico. Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT

Manual Técnico. Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT Manual Técnico Aplicações recomendadas para os fios e cabos de BT e MT Líder Mundial na Indústria de Cabos Com a energia como base de seu desenvolvimento, a Nexans é a líder mundial na indústria de cabos,

Leia mais

NTU AES 003-1. Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL

NTU AES 003-1. Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL NTU AES 003-1 Condutores Elétricos Distr. Subterrânea NORMA TÉCNICA UNIFICADA AES ELETROPAULO / AES SUL Elaborado: Aprovado: DATA: 30/09/2010 João Carlos Nacas AES Eletropaulo Fernanda Pedron AES Sul Sergio

Leia mais

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP)

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) 8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015 Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) Às 09:30 horas do dia 30 de junho de 2014, reuniram-se o Pregoeiro Oficial

Leia mais

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO.

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO. Fornecimento de Energia Elétrica Nos banheiros deverão ser instalados um disjuntor bifásico no quadro de energia existente de cada quadrante conforme projeto. Deste quadro sairá a alimentação para os banheiros.

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: ELÉTRICO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. GENERALIDADES... 03 2. DOCUMENTOS APLICÁVEIS... 04 3. DESCRIÇÃO DO PROJETO...

Leia mais

DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS:

DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: Chamamos de dimensionamento técnico de um circuito à aplicação dos diversos itens da NBR 5410 relativos à escolha

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

Condutores e cabos eléctricos

Condutores e cabos eléctricos Condutores e cabos eléctricos Os condutores utilizados nas instalações eléctricas são geralmente de cobre, ou de alumínio. O condutor eléctrico pode ser divididos em: Condutor nu: é um condutor que não

Leia mais

ENE065 Instalações Elétricas I

ENE065 Instalações Elétricas I 14/05/2012 ENE065 Instalações Elétricas I Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ivo.junior@ufjf.edu.br Dimensionamento dos Condutores FASE Ampacidade Queda de Tensão Seção Mínima Dimensionamento dos Condutores

Leia mais

Prefeitura Municipal de Patos de Minas Secretaria Municipal de Administração.

Prefeitura Municipal de Patos de Minas Secretaria Municipal de Administração. PREGÃO nº 132/2008 ANEXO I Proposta de Preços Processo: 7926/2008 Razão Social do Licitante: CNPJ: Insc Estadual: Endereço: Cidade: Estado: Telefone : Fax : e-mail : INFORMACÕES PARA PAGAMENTOS (quando

Leia mais

CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC

CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC Condutor: Fios de cobre eletrolitíco nu, têmpera mole, encordoamento classe 2 ou 5. Isolação: Composto extrudado de policloreto de vinila PVC/E para temperatura no condutor

Leia mais

Rev. Modificação Data Autor. Especialidade: Autor: CREA / UF Rubrica. Sítio ELETRÔNICA / GERAL. Especificação do Documento ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

Rev. Modificação Data Autor. Especialidade: Autor: CREA / UF Rubrica. Sítio ELETRÔNICA / GERAL. Especificação do Documento ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 01 REVISÃO JAN /13 00 EMISSÃO INICIAL DEZ /12 Rev. Modificação Data Autor Especialidade: Autor: CREA / UF Rubrica 1 - Arquitetura 2 - Estruturas 3 - Hidrossanitárias 4 - Elétrica 5 - Eletrônica Karina

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OBRA: C.M.E.I TIA JOVITA LOCAL: RUA PARACATU C/ RUA 4 C/ AVENIDA CRUZEIRO DO SUL - VILA PEDROSO. GOIÂNIA / GO. 1 1.0 - MEMORIAL DESCRITIVO.

Leia mais

Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição TD ND-3.3 - TABELAS

Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição TD ND-3.3 - TABELAS 02.111-TD/AT-3013a Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição TD ND-3.3 - TABELAS Gerência de Desenvolvimento e Engenharia de Ativos da Distribuição TD/AT Belo Horizonte Setembro/2013

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Goiás Pró-Reitoria de Administração e Finanças

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Goiás Pró-Reitoria de Administração e Finanças 1 de 7 01/12/2014 10:25 PREGÃO ELETRÔNICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Goiás Pró-Reitoria de Administração e Finanças Pregão Eletrônico Nº 00052/2014(SRP) - Pregão abandonado RESULTADO

Leia mais

atron cabos, sa www.atron.pt SEGURANÇA

atron cabos, sa www.atron.pt SEGURANÇA atron cabos, sa www.atron.pt SEGURANÇA Í N D I C E SEGURANÇA Micro Coaxiais para C.C.T.V Cabos de Sistemas C.C.T.V Cabos de Alarme Fogo - Detecção Pág. 07 Pág. 09 Pág. 19 Pág. 22 6 MICRO COAXIAIS PARA

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL PRESIDENTE VARGAS ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROJETO ELÉTRICO

ESCOLA MUNICIPAL PRESIDENTE VARGAS ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROJETO ELÉTRICO ESCOLA MUNICIPAL PRESIDENTE VARGAS ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROJETO ELÉTRICO SUMÁRIO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...3 APRESENTAÇÃO...3 DADOS BÁSICOS E NORMAS TÉCNICAS...3 SUPRIMENTO DE ENERGIA...3 ENTREGA

Leia mais

EM-RIOLUZ-74 ESPECIFICAÇÃO DE CABO PARA REDE SUBTERRÂNEA DE IP

EM-RIOLUZ-74 ESPECIFICAÇÃO DE CABO PARA REDE SUBTERRÂNEA DE IP DIRETORIA TECNOLÓGICA E DE PROJETO DTP GERÊNCIA TECNOLÓGICA E DE DESENVOLVIMENTO GTD EM-RIOLUZ-74 ESPECIFICAÇÃO DE CABO PARA REDE SUBTERRÂNEA DE IP EMISSÃO- 02 29.12.2014 ESPECIFICAÇÃO EM-RIOLUZ-74 EMISSÃO

Leia mais

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014.

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 00-13/07/2009 13/07/2009 APROVADO POR José Rubens Macedo Junior SUMÁRIO 1. RESUMO...3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...3 3.

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DE CÁLCULO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM MÉDIA TENSÃO 13.8KV CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA RUA OSVALDO PRIMO CAXILÉ, S/N ITAPIPOCA - CE 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

DICAS. Instalações elétricas residenciais. 8ª Edição

DICAS. Instalações elétricas residenciais. 8ª Edição DICAS Instalações elétricas residenciais 8ª Edição DICAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS RES CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE Nos condutores existem partículas invisíveis chamadas de elétrons livres que, assim

Leia mais

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004)

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004) MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela da NBR5410/004) Método de instalação número: Esquema ilustrativo Descrição Método de instalação a utilizar para a capacidade de condução de corrente 1 1 1 eletroduto de seção

Leia mais

DICAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS RES

DICAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS RES DICAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS RES z CNCEITS BÁSICS DE ELETRICIDADE Nos condutores existem partículas invisíveis chamadas de elétrons livres que, assim como os planetas ao redor do sol, giram ao redor

Leia mais

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA MODELO TAM TRANSFORMADORES - TIPO TAM Os transformadores a seco moldados em resina epóxi são indicados para operar em locais que exigem segurança, os materiais utilizados em sua construção são de difícil

Leia mais

Instalações Elétricas Industriais. Prof. Carlos T. Matsumi

Instalações Elétricas Industriais. Prof. Carlos T. Matsumi Instalações Elétricas Industriais Divisão de Sistemas de Alimentação Faixa de Tensão Elétrica (IE) orrente Alternada - A orrente ontínua- Extra Baixa Tensão: Tensão Inferior à 50 V (A) e 120 V () Baixa

Leia mais

código: AFD 14 AWG (AL)

código: AFD 14 AWG (AL) AFD 14 AWG (AL) data: 2/04/97 Condutor interno: Corda de cobre estanhado, 19x 0,37 mm, 1,85 mm Isolamento: PE, 3,85 mm 413.094 413.095 AFD 1 p 14 AWG (AL) AFD 2 p 14 AWG (AL) 9,8 16,8 116 305 Resistência

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 1. INTRODUÇÃO O presente memorial refere-se ao projeto de instalações elétricas Espaço Vivencia do IEE- USP, localizado na Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289. Cidade

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR Tel.: (021) 2583 6737 Fax.: (021) 2583 6737 Cel.: (021) 9159 4057 dsp@dsp-rj.com.br 1 / 9 Sumário 1 OBJETIVO... 3 2- NORMAS APLICÁVEIS...

Leia mais

INDICE. Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS

INDICE. Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS INDICE Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS 1 Cabos de Energia Harmonizados 2 Cabos de Energia - Baixa Tensão (0,6/1kV) 3 Cabos de Energia de Média e Alta Tensão 4 Cabos de Segurança 5 Cabos

Leia mais

Catálogo de. Produtos

Catálogo de. Produtos Catálogo de Produtos Atualização: Janeiro/01. Sumário Tabelas de Dimensionamento Fios e Cabos Elétricos de Cobre para Baixa Tensão 6 Fio Sólido BWF 0 V Cabo BWF 0 V 8 Cabo Flexível Corfitox HEPR 90 C 0,6/1

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado da Bahia. Criado e mantido pelos Empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado da Bahia. Criado e mantido pelos Empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo CONVITE N. 44/2012 MEMORIAL DESCRITIVO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE AJUSTES E CORREÇÕES EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DO SESC COMÉRCIO, PARA INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS DE

Leia mais

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1 TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 1 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/1kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F 1kV 1 2 4 1,5 1,22 2,597,480 4,568 2,5 1,78,849 5,249 6,86 4 2,584 5,556 7,727 10,167 6,647 7,711

Leia mais

Terminais e Emendas para Cabos Elétricos

Terminais e Emendas para Cabos Elétricos Terminais e Emendas para Cabos Elétricos A KIT Acessórios, com sede no Rio de Janeiro, desde 1991, vem se dedicando exclusivamente a produção de acessórios para cabos elétricos. Desde 1999, a KIT Acessórios

Leia mais

R & R Projetos e Instalações Ltda ( MASTER Engenharia em Eletricidade)

R & R Projetos e Instalações Ltda ( MASTER Engenharia em Eletricidade) PROJETO ELÉTRICO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA CEFET - BA MEMORIAL DESCRITIVO Este projeto visa a unificação de medição de média tensão, reforma da subestação II e instalação de alimentadores

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria n.º 86, de 26 de maio de 2003. O PRESIDENTE

Leia mais

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO Rua Rishin Matsuda, 562 Vila Santa Catarina CEP 04371-000 São Paulo SP Tel. 11 5563-6477 Fax 11 5563-3107 www.elevadoreszenit.com.br FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO ORIENTAÇÃO ELEVADORES CARGAS

Leia mais

Boletim de Novo Produto

Boletim de Novo Produto Boletim de Novo Produto NP 159P Cabos Belden DeviceBus A Belden foi a pioneira na fabricação de cabos redondos blindados Classe I de 600V (Nos. 7896A e 7897A). Hoje oferece a mais ampla seleção de cabos-tronco

Leia mais

BAIXA TENSÃO Uso Geral

BAIXA TENSÃO Uso Geral Dimensionamento OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONA- MENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: Chamamos de dimensionamento técnico de um circuito à aplicação dos diversos itens da NBR 5410/2004 relativos à escolha

Leia mais

Eletroduto de PVC Rígido Roscável

Eletroduto de PVC Rígido Roscável Eletroduto de PVC Rígido Roscável Localização no Website TIGRE: Obra Predial Eletricidade Eletroduto roscável Função: Proteção mecânica para instalações elétricas embutidas. Aplicação: instalações elétricas

Leia mais

Cabos de Telecomunicações

Cabos de Telecomunicações Cabos de Telecomunicações A General Cable detém uma posição de liderança tecnológica no fabrico de cabos de telecomunicações. A unidade fabril de Morelena, que concentra a produção na Europa desde tipo

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-013 Folha: 1/28 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO INSTITUTO LAB SYSTEM DE PESQUISAS E S LTDA. ACREDITAÇÃO N FIOS, CABOS E CORDÕES S MECÂNICOS Ensaio de tração e alongamento

Leia mais

Tomadas e Plugues - Série PRE 125 A Segurança Aumentada

Tomadas e Plugues - Série PRE 125 A Segurança Aumentada Tomadas e s - Série PRE 125 A IK10 Aplicações são utilizados com dispositivos elétricos portáteis ou xos como: Dispositivos para soldagem; sistemas de iluminação; transportadores; aquecedores; Grupos geradores;

Leia mais

BAIXA TENSÃO Uso Geral

BAIXA TENSÃO Uso Geral Dimensionamento OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONA- MENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: Chamamos de dimensionamento técnico de um circuito à aplicação dos diversos itens da NBR 5410/2004 relativos à escolha

Leia mais

DIRETORIA TÉCNICA PLANEJAMENTO E ENGENHARIA DE AT E MT DECISÃO TÉCNICA DT-090/2010 R-07

DIRETORIA TÉCNICA PLANEJAMENTO E ENGENHARIA DE AT E MT DECISÃO TÉCNICA DT-090/2010 R-07 DIRETORIA TÉCNICA PLANEJAMENTO E ENGENHARIA DE AT E MT DECISÃO TÉCNICA /2010 R- FOLHA DE CONTROLE I APRESENTAÇÃO A presente Decisão Técnica aplica-se as unidades consumidoras rurais atendidas pelo Programa

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais