UNEC CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA HNSA HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNEC CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA HNSA HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA"

Transcrição

1 UNEC CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA HNSA HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA NORMAS E ROTINAS PARA ACOMPANHANTES E VISITANTES DO HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA CARATINGA, 16 JANEIRO DE 2015

2 Objetivo: Orientação sobre direitos e deveres de Acompanhantes e Visitantes com propostas de melhoria da organização e bom funcionamento Institucional. As propostas foram articuladas e definidas em reunião com os Gerentes de Setores, Coordenadores e Membros da Administração desse Hospital.

3 HOSPITAL GERAL. 1. AUTORIZAÇÃO DE ACOMPANHANTE: CLÍNICA MÉDICA E CIRÚRGICA: 7H:00MIN ÀS 17H:00MIN: Liberado acompanhante para todos os pacientes (apenas 01) por paciente. A PARTIR DAS 17H:00MIN: Liberado acompanhante apenas para pacientes menores de 18 anos e com idade a partir de 60 anos. Para pacientes fora desta faixa etária, serão autorizados acompanhantes de acordo com a necessidade, desde que avaliada pelo médico, enfermeiro, serviço social e/ou serviço de psicologia (apenas 01). SALA DE EMERGÊNCIA: É permitido acompanhante apenas para pacientes menores que 18 anos ou em demais situações avaliadas pelo enfermeiro, médico, serviço social e/ou serviço de psicologia (apenas 01, de preferência pai ou mãe). PEDIATRIA: É permitido 02 acompanhantes por paciente, sendo pai, mãe e/ou avós. PAM PRONTO ATENDIMENTO MUNICIPAL

4 PEDIATRIA: É permitido 02 acompanhantes por paciente, sendo pai, mãe e/ou avós SALAS DE OBSERVAÇÕES (MASCULINA / FEMININA / E MISTA) É permitido 01 acompanhante por paciente independente da idade. SALA DE EMERGÊNCIA: Não é permitido acompanhante MATERNIDADE CENTRO OBSTÉTRICO PRÉ PARTO: ALCON: É permitido acompanhante à escolha da Gestante conforme Lei nº Observação: (apenas 01) É permitido acompanhante para todas as Puérperas, conforme Lei nº Observação: (apenas 01) UCINCO: É permitido acompanhante sendo mãe ou pai. Observação: (apenas 01)

5 UCINCA: É permitido acompanhante (somente a mãe). ISOLAMENTO: É permitido um acompanhante, preferencialmente, do sexo feminino. Observação (apenas 01). UTIN: É permitido 02 acompanhantes (pai e mãe). UTI ADULTO: No momento ainda não é disponibilizado acompanhante. 2. TROCA DE ACOMPANHANTE: Nos Setores de Clínica Cirúrgica, Clínica Médica Masculina e Feminina, Pediatria (Hospital e PAM), Salas de Observações do PAM, ALCON e UCINCA, será permitido duas trocas por dia nos seguintes horários: 7h:00min às 9h:00min: 1ª troca 17h:00min às 19h:00min: 2ª troca UTIN Entrada livre para os pais. UCINCA Permanência integral da mãe. Centro Obstétrico Pré-Parto: Não será permitida troca de acompanhante. Somente mediante transferência da puérpera para o Setor ALCON após parto. Observação: O acompanhante, ao entrar no hospital para acompanhar o paciente, deverá assinar o caderno de registro que se encontra na recepção, portando documento de identidade ou outro com foto. A troca só será permitida após o acompanhante descer até a recepção onde assinará o caderno

6 registrando sua saída; Cada acompanhante receberá, na sua entrada, um crachá constando o número do leito e a clínica onde o paciente se encontra. 3. CONDIÇÕES PARA ACOMPANHAMENTO: Usar trajes adequados (blusas sem decotes, calça, em caso de short, saia ou vestidos, os mesmos não poderão ser curtos e os calçados deverão ser fechados para evitar o risco de contaminação para o acompanhante); Acompanhantes portadores de qualquer tipo de ferida aberta não poderão acompanhar; Os acompanhantes deverão ter 18 anos ou mais e, preferencialmente, menos que 60 anos, conforme previsto no ECA Estatuto da Criança e do Adolescente e Estatuto do Idoso. Não poderão transitar pelos corredores do hospital ou demais clínicas devido a risco de infecção cruzada. 4. ENTRADA DE OBJETOS EXTERNOS E ALIMENTOS: De acordo com as normas do hospital e da CCIH Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, não será permitida a entrada de ventiladores, televisões, notebooks ou outros objetos. Em casos especiais, favor solicitar permissão ao serviço de enfermagem e/ou serviço social; A entrada de qualquer tipo de alimentação só será permitida após a avaliação do nutricionista. Caso o mesmo não se encontre, o profissional enfermeiro poderá realizá-la. 5. LIBERAÇÃO DE ALIMENTAÇÃO: A alimentação será fornecida para acompanhantes de acordo com Legislação do SUS e Lei das Gestantes. Hospital: Acompanhantes de pacientes menores de 18 anos e maiores de 60 anos, receberão as principais refeições (almoço e jantar). Acompanhantes de paciente com idade superior a 18 e inferior a 60 anos serão avaliados pelo Serviço Social durante a semana e pelo Supervisor de Enfermagem nos finais

7 de semana, de acordo com a necessidade de cada um. Na pediatria a alimentação será liberada para os dois acompanhantes sendo eles: pai/mãe/avó. No PAM serão fornecidas as principais refeições (almoço e jantar) para acompanhantes de pacientes com idade inferior a 18 anos e com 60 anos acima. Para acompanhantes fora da faixa etária, mediante avaliação e autorização do Serviço Social ou Coordenação de Enfermagem. Na UTIN serão fornecidas refeições para pai e mãe presentes. ALCON, UCINCO e Pré-Parto (café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia). 6. USO DO REFEITÓRIO PELO ACOMPANHANTE: O refeitório estará aberto para uso do acompanhante das 7h:00min da manhã até as 18h:00min. A partir deste horário ficará trancado e seu uso será restrito aos funcionários 7. HORÁRIOS DE VISITA: Hospital: Clínicas Médica, Cirúrgica, Pediatria e Sala de Emergência: 09h:00min às 10h:00min 13h:00min às 14h:00min Será permitido, no máximo, 6 visitantes por pacientes, em cada horário de visita; os mesmos deverão entrar de dois em dois. PAM: Salas de Observações: 10h:30min às 11h:00min 15h:00min às 15h:30min, incluindo a Sala de Emergência Será permitido, no máximo, três visitantes por paciente a cada horário de visita;

8 os mesmos deverão entrar de um em um. Maternidade: Centro Obstétrico Pré-Parto Não é permitido entrada de visitantes. ALCON; UCINCA e ISOLAMENTO: 10h:00min às 11h:00min 13h:00min às 14h:00min Será permitida entrada de 3 visitantes a cada horário. UCINCO: Será permitida visita apenas de pai e mãe. Para os demais visitantes, a visita deverá ser programada por um dos profissionais: Supervisor de Enfermagem, Serviço Social e Serviço de Psicologia. UTIN: Será permitida a entrada dos pais (entrada livre). Para demais visitantes, a visita deverá ser programada por um dos profissionais: Supervisor de Enfermagem, Serviço Social e Serviço de Psicologia. UTI Adulto: 14h:00min às 14h:30min Será permitido 2 visitantes por paciente, os mesmos deverão entrar de um a um. Observação: será autorizada a entrada dos visitantes de acordo com a

9 disponibilidade do referido setor, ou seja, desde que não esteja sendo realizado nenhum procedimento. Cada visitante, ao entrar, deverá deixar na recepção sua carteira de identidade ou outro documento com foto e, em troca, receberá um crachá constando o número do leito e a clínica onde o paciente se encontra. Ao sair, o crachá deverá ser devolvido à recepção e só assim o visitante receberá seu documento. 8. CONDIÇÕES PARA VISITAR/ ENTRADA DE OBJETOS EXTERNOS E ALIMENTAÇÃO: Seguem as mesmas orientações para acompanhantes (ver itens 3 e 4). DEMAIS NORMAS QUE ENTRARÃO EM VIGOR: Qualquer pessoa externa (com exceção de acompanhantes e visitantes nos horários determinados) que solicitar sua entrada no hospital deverá ser anunciada através do PABX ou uso de microfone ao respectivo setor ou funcionário; Os indivíduos que solicitarem sua entrada para realização de exames (Raio-X ou laboratório), deverão ser acompanhados pelo porteiro ou outro funcionário designado até o respectivo setor; O portão ao lado da manutenção deverá ser aberto apenas para passagem da ambulância ou carro de apoio; em seguida deverá ser fechado, principalmente no turno da noite; Todas as chaves referentes às salas do hospital, entre outras, deverão ser pegas na recepção onde o funcionário deverá assinar caderno próprio; A utilização dos banheiros e bebedouros está proibida para pessoas externas queiram usar o hospital apenas para esses fins.

Manual de orientação ao paciente para internação

Manual de orientação ao paciente para internação Manual de orientação ao paciente para internação Aos nossos clientes O Hospital São José agradece a sua preferência por nossos serviços. Esperamos que sua estada em nossas dependências seja rápida e tranqüila,

Leia mais

Relatório de Conclusão do Estágio Curricular III Serviços Hospitalares

Relatório de Conclusão do Estágio Curricular III Serviços Hospitalares 1 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem THAÍLA TANCCINI Relatório de Conclusão do Estágio Curricular III Serviços Hospitalares Porto Alegre 2011 2 THAÍLA TANCCINI Relatório de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 032/04 PR, de 31de maio de 2004. Publicada no DOE em 1 /07/04, vigência a partir de 31/05/04.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 032/04 PR, de 31de maio de 2004. Publicada no DOE em 1 /07/04, vigência a partir de 31/05/04. Alterações: Alterado o inciso IV do art. 5 pela IN 042/05 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 032/04 PR, de 31de maio de 2004. Publicada no DOE em 1 /07/04, vigência a partir de 31/05/04. Institui critérios para os

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO NEAP Aprovado pela Portaria 23/2005

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO NEAP Aprovado pela Portaria 23/2005 REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO NEAP Aprovado pela Portaria 23/2005 I. INTRODUÇÃO: O Núcleo de Estudos e Atendimentos em Psicologia - NEAP, é um órgão vinculado ao curso de psicologia da UNIFAE, com o

Leia mais

ROTEIRO DE ESTÁGIO NUTRIÇÃO CLÍNICA AMBULATORIAL

ROTEIRO DE ESTÁGIO NUTRIÇÃO CLÍNICA AMBULATORIAL FACULDADE ASSIS GURGACZ Avenida das Torres, 500 Fone: (45) 3321-3900 ramal 3852 Fax: (045) 3321-3900 CEP: 85.806-095 Cascavel Paraná E-mail: nutricao@fag.edu.br ROTEIRO DE ESTÁGIO NUTRIÇÃO CLÍNICA AMBULATORIAL

Leia mais

INSTITUTO NOSSA SENHORA DA PIEDADE UNIDADE JACAREPAGUÁ EDITAL DE SONDAGEM PARA INGRESSO - DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO 1º ANO DO ENS. Fundamental - 2015

INSTITUTO NOSSA SENHORA DA PIEDADE UNIDADE JACAREPAGUÁ EDITAL DE SONDAGEM PARA INGRESSO - DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO 1º ANO DO ENS. Fundamental - 2015 2 EDITAL DA SONDAGEM PARA INGRESSO NO INSTITUTO NOSSA SENHORA DA PIEDADE O Instituto Nossa Senhora da Piedade é uma escola acolhedora e atualizada, cuja preocupação é preparar seus alunos para o futuro.

Leia mais

NORMAS PARA PACIENTES, ACOMPANHANTES E VISITANTES

NORMAS PARA PACIENTES, ACOMPANHANTES E VISITANTES NORMAS PARA PACIENTES, ACOMPANHANTES E VISITANTES INFORMAÇÕES GERAIS Terão direito a um (01) acompanhante, pacientes com mais de 60 anos, menores de 18 anos, pessoas com deficiência ou que tenham dificuldade

Leia mais

ALAGOAS ESTÁCIO FAL (JATIÚCA) PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA

ALAGOAS ESTÁCIO FAL (JATIÚCA) PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA ALAGOAS ESTÁCIO FAL (JATIÚCA) PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA A FACULDADE ESTÁCIO ALAGOAS (FAL JATIÚCA) divulga processo seletivo

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS NÚCLEO DE PSICOLOGIA

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS NÚCLEO DE PSICOLOGIA 1. Do Horário: O NUPFAI funciona de segunda a sexta- feira das 8h 00 às 19h00 e aos sábados das 8h00 às 12h00. O horário poderá ser revisto pela coordenação do curso quando justificada a necessidade e

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOBRE ESTRUTURA DA UBS 1. Denise Silveira, Fernando Siqueira, Elaine Tomasi, Anaclaudia Gastal Fassa, Luiz Augusto Facchini

QUESTIONÁRIO SOBRE ESTRUTURA DA UBS 1. Denise Silveira, Fernando Siqueira, Elaine Tomasi, Anaclaudia Gastal Fassa, Luiz Augusto Facchini QUESTIONÁRIO SOBRE ESTRUTURA DA UBS 1 Denise Silveira, Fernando Siqueira, Elaine Tomasi, Anaclaudia Gastal Fassa, Luiz Augusto Facchini BLOCO A - IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE 1. UF: 2. Município:

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÁGIO HOSPITALAR UNIDADE DE CUIDADOS INTENSIVOS (UCI)

PROGRAMA DE ESTÁGIO HOSPITALAR UNIDADE DE CUIDADOS INTENSIVOS (UCI) PROGRAMA DE ESTÁGIO HOSPITALAR UNIDADE DE CUIDADOS INTENSIVOS (UCI) DO PRONTO SOCORRO - PSM Disciplina de Emergências Clínicas Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional N.º 246 DOU de 23/12/05 Seção 1 - p. 124

Diário Oficial Imprensa Nacional N.º 246 DOU de 23/12/05 Seção 1 - p. 124 Diário Oficial Imprensa Nacional N.º 246 DOU de 23/12/05 Seção 1 - p. 124 MINISTERIO DA SAUDE SECRETÁRIO DE ATENÇÃO À SAÚDE PORTARIA Nº 743, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2005 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO 2015 OUVIDORIA

RELATÓRIO DE GESTÃO 2015 OUVIDORIA Ministério da Educação Universidade Federal da Grande Dourados Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares Hospital Universitário RELATÓRIO DE GESTÃO 2015 OUVIDORIA Dourados/MS Janeiro de 2016 1. EQUIPE

Leia mais

CEARÁ - PARANGABA PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA

CEARÁ - PARANGABA PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA CEARÁ - PARANGABA PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA O CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ - PARANGABA divulga processo seletivo para

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA FACULDADE ESTÁCIO DO RECIFE - FIR

PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA FACULDADE ESTÁCIO DO RECIFE - FIR PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA FACULDADE ESTÁCIO DO RECIFE - FIR A Faculdade Estácio do Recife - FIR divulgam processo seletivo

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA ESTÁGIO CURRICULAR

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA ESTÁGIO CURRICULAR PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA ESTÁGIO CURRICULAR Canoas, março de 2015 1 - Informações Gerais O Estágio Supervisionado do Curso de Fonoaudiologia da ULBRA é feito a partir do 6º semestre

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR III- SERVIÇOS DA REDE HOSPITALAR: UNIDADE DE RECUPERAÇÃO PÓS ANESTÉSICA PORTO ALEGRE

Leia mais

PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE 2016

PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE 2016 PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE 2016 EDUCAÇÃO INFANTIL AO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL O Colégio Recanto, em conformidade com os dispositivos legais vigentes, torna público o

Leia mais

EDITAL N.º 10/2014. Dispõe sobre o Processo de Matrícula para o Curso de Extensão: Instrumentação Cirúrgica.

EDITAL N.º 10/2014. Dispõe sobre o Processo de Matrícula para o Curso de Extensão: Instrumentação Cirúrgica. 1 EDITAL N.º 10/2014 Dispõe sobre o Processo de Matrícula para o Curso de Extensão: Instrumentação Cirúrgica. O - TECPUC, mantido pela Associação Paranaense de Cultura, torna pública a abertura do processo

Leia mais

EDITAL 001/2016 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA XI TURMA DO CURSO PRÉ-VESTIBULAR MUNICIPAL.

EDITAL 001/2016 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA XI TURMA DO CURSO PRÉ-VESTIBULAR MUNICIPAL. M. SAMPAIO DOS SANTOS (INSTITUTO INTELECTUS) PRÉ- VESTIBULAR MUNICIPAL SÃO JOSÉ DE RIBAMAR EDITAL 001/2016 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA XI TURMA DO CURSO PRÉ-VESTIBULAR MUNICIPAL. A

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA EM ATENDIMENTOS COM IDOSOS NO PROGRAMA MELHOR EM CASA

RELATO DE EXPERIÊNCIA EM ATENDIMENTOS COM IDOSOS NO PROGRAMA MELHOR EM CASA RELATO DE EXPERIÊNCIA EM ATENDIMENTOS COM IDOSOS NO PROGRAMA MELHOR EM CASA Aryostennes Miquéias da Silva Ferreira*; Marcíllia Poncyana Félix Bezerra** *Programa Melhor em Casa Pombal/PB aryostennes@hotmail.com;

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA, PSICOLOGIA E NUTRIÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA, PSICOLOGIA E NUTRIÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA, PSICOLOGIA E NUTRIÇÃO 1. INTRODUÇÃO A clínica escola de Fisioterapia da FAP Faculdade de Apucarana está vinculada ao curso de Fisioterapia

Leia mais

EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL.

EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL. EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL. A Universidade Federal do Pará, através da Coordenação do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Regulamento de Inventário de Bens de Consumo da. Administração Regional de Saúde do Algarve, IP

Regulamento de Inventário de Bens de Consumo da. Administração Regional de Saúde do Algarve, IP Regulamento de Inventário de Bens de Consumo da Administração Regional de Saúde do Algarve, IP Preâmbulo Este regulamento tem o objetivo de harmonizar e regulamentar o procedimento e os critérios de realização

Leia mais

Fatec de São Carlos. A Faculdade de Tecnologia de São Carlos será a última parte envolvida a assinar o termo de compromisso e demais documentos.

Fatec de São Carlos. A Faculdade de Tecnologia de São Carlos será a última parte envolvida a assinar o termo de compromisso e demais documentos. Memo 04/15 Coordenação São Carlos, 26 de Fevereiro de 2015. Orientações Gerais aos Discentes Assunto: Estágio obrigatório e não obrigatório O estágio é regulamentado pela legislação através da LEI DO ESTÁGIO

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES 1) DO ACESSO E DO FUNCIONAMENTO 1.1) Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h50min. 1.2) Quem pode usar a Biblioteca: I. Alunos regularmente

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2014

PROCESSO SELETIVO 2014 PROCESSO SELETIVO 2014 EDITAL N 47/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA: GESTÃO E ATENÇÃO NO SUS - LATO SENSU O Centro de Educação Tecnológica e Pesquisa em Saúde Escola GHC e o Instituto

Leia mais

PROMOÇÃO COMERCIAL DE ALIMENTOS INFANTIS

PROMOÇÃO COMERCIAL DE ALIMENTOS INFANTIS PROMOÇÃO COMERCIAL DE ALIMENTOS INFANTIS Regulamento Técnico para Promoção Comercial dos Alimentos para Lactentes e Crianças da Primeira Infância (Consulta Pública) Objetivo Regulamentar a promoção comercial

Leia mais

H O S P I T A L S ÃO P AULO RIBEIRÃO PRETO - SP

H O S P I T A L S ÃO P AULO RIBEIRÃO PRETO - SP H O S P I T A L S ÃO P AULO RIBEIRÃO PRETO - SP Localização dos Leitos Ala Pavimento Leito de 01 a 08 Câmara Hiperbárica Monoplace Leito de e 01 a 08 Leito de 01 a 02 Quarto 201 a 204 Quarto 205 a 207

Leia mais

EDITAL N.º 15/2013 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO.

EDITAL N.º 15/2013 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO. EDITAL N.º 15/2013 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO. O, mantido pela Associação Paranaense de Cultura, torna pública a abertura

Leia mais

Curso Disciplina GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO ADMINISTRAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO. Administração ou Gestão de Recursos Humanos

Curso Disciplina GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO ADMINISTRAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO. Administração ou Gestão de Recursos Humanos RIO GRANDE DO NORTE ESTÁCIO DE NATAL (ANTIGA CÂMARA CASCUDO) PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA A FACULDADE ESTÁCIO DE NATAL (ANTIGA

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Engenharia Mecânica é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Engenharia de Alimentos é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes

Leia mais

Pesquisa sobre Segurança do Paciente em Hospitais (HSOPSC)

Pesquisa sobre Segurança do Paciente em Hospitais (HSOPSC) Pesquisa sobre Segurança do Paciente em Hospitais (HSOPSC) Instruções Esta pesquisa solicita sua opinião sobre segurança do, erros associados ao cuidado de saúde e notificação de eventos em seu hospital

Leia mais

MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM

MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM 2008 TURMA DO BEM Fundada em 2002, a Turma do Bem é uma OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que tem como

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015 Curso de Medicina 2ª Etapa CADERNO DE PROVAS DISCURSIVAS

PROCESSO SELETIVO 2015 Curso de Medicina 2ª Etapa CADERNO DE PROVAS DISCURSIVAS ESCREVA AQUI SEU NÚMERO DE INSCRIÇÃO NOME: PROCESSO SELETIVO 2015 Curso de Medicina 2ª Etapa CADERNO DE PROVAS DISCURSIVAS PROVA DE REDAÇÃO ANTES DE INICIAR A PROVA, LEIA AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 1. Só abra

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2010

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2010 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2010 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO O Reitor do Centro Universitário Feevale, instituição de ensino superior recredenciada pela Portaria nº. 1.566, de 27

Leia mais

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A COLONIA DE FÉRIAS DA UFAC

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A COLONIA DE FÉRIAS DA UFAC ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A COLONIA DE FÉRIAS DA UFAC As atividades da Colônia de Férias da UFAC serão realizadas no período de 15 a 19 de julho de 2013, das 8h às 12h, e divididas por faixa etária em

Leia mais

REGULAMENTO. Duplas Mistas: Formada por um integrante do sexo masculino e outro do sexo feminino.

REGULAMENTO. Duplas Mistas: Formada por um integrante do sexo masculino e outro do sexo feminino. REGULAMENTO A Prova de Corrida de Rua Meia Maratona SESC de Revezamento tem como objetivo promover a qualidade de vida dos empregados do comércio de bens, serviços e turismo, seus dependentes e da comunidade

Leia mais

REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE APLICADORES DE PROVAS EM PROCESSOS SELETIVOS DA UFOP

REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE APLICADORES DE PROVAS EM PROCESSOS SELETIVOS DA UFOP REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE APLICADORES DE PROVAS EM PROCESSOS SELETIVOS DA UFOP 1. DO OBJETIVO A Seleção de Aplicadores de Provas em Processos Seletivos - Vestibulares e Processos Isolados

Leia mais

EDITAL 006/2013 DG/CEPR

EDITAL 006/2013 DG/CEPR EDITAL 006/2013 DG/CEPR CONCESSÃO DE VAGAS GRATUITAS POR PROCESSO SELETIVO ELETRÔNICO (VIA INTERNET) PARA A 1ª SÉRIE (ANO) DO CURSO BÁSICO DO CENTRO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MODERNAS (CELEM) PARA O ANO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO 1. PREÂMBULO A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PACIENTES E ACOMPANHANTES COM INTERNAÇÕES AGENDADAS PREZADO CLIENTE:

ORIENTAÇÕES PARA PACIENTES E ACOMPANHANTES COM INTERNAÇÕES AGENDADAS PREZADO CLIENTE: ORIENTAÇÕES PARA PACIENTES E ACOMPANHANTES COM INTERNAÇÕES AGENDADAS PREZADO CLIENTE: Pensando em seu bem-estar e tranquilidade, preparamos este guia rápido com informações úteis para sua internação, tornando

Leia mais

FUNDAÇÃO NACIONAL DO LIVRO INFANTIL E JUVENIL Seção Brasileira do IBBY. Disposições Gerais

FUNDAÇÃO NACIONAL DO LIVRO INFANTIL E JUVENIL Seção Brasileira do IBBY. Disposições Gerais FUNDAÇÃO NACIONAL DO LIVRO INFANTIL E JUVENIL Seção Brasileira do IBBY REGULAMENTO DO 21º CONCURSO FNLIJ OS MELHORES PROGRAMAS DE INCENTIVO À LEITURA JUNTO A CRIANÇAS E JOVENS DE TODO O BRASIL 2016 Disposições

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE APRESENTAÇÃO Caro Residente, Este manual tem o objetivo informá-lo sobre a dinâmica do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde (RMS) nas áreas de concentração: Saúde Cardiovascular e Saúde Indígena

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Nutrição é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais

Leia mais

EDITAL N O. 004/2014. Vagas para Escola do Teatro Bolshoi no Brasil Inscrição para Pré-indicação em Governador Valadares/MG

EDITAL N O. 004/2014. Vagas para Escola do Teatro Bolshoi no Brasil Inscrição para Pré-indicação em Governador Valadares/MG EDITAL N O. 004/2014 Vagas para Escola do Teatro Bolshoi no Brasil Inscrição para Pré-indicação em Governador Valadares/MG 1.0 Do objetivo: O Instituto Escola do Teatro Bolshoi no Brasil faz saber que

Leia mais

Requisição incompleta, inadequada ou ilegível não será aceita pelo Serviço de Hemoterapia

Requisição incompleta, inadequada ou ilegível não será aceita pelo Serviço de Hemoterapia 1 1 - REQUISIÇÃO DE HEMOCOMPONENTES A enfermagem deve checar se a requisição de transfusão (MA5-036) foi preenchida corretamente, em duas ou mais vias, com os seguintes itens: - Nome completo do paciente

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA. Relatório da Auto Avaliação Institucional 2014

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA. Relatório da Auto Avaliação Institucional 2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA Relatório da Auto Avaliação Institucional 2014 1 FACULDADE SENAI CETIQT COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO O SENAI CETIQT, atento ao seu compromisso com a excelência de ensino,

Leia mais

Reunião com Pais 2014. 6º ano

Reunião com Pais 2014. 6º ano Reunião com Pais 2014 A função das escolas é fazer com que o aluno saia da sua zona de conforto e se aventure num mundo desconhecido, vivendo experiências pessoais, sociais e culturais que de outro modo

Leia mais

Regulamento da Biblioteca. Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca.

Regulamento da Biblioteca. Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca. PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Biblioteca Paulo Lacerda de Azevedo Regulamento da Biblioteca Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca. Usuários da Biblioteca Alunos

Leia mais

EDITAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2015

EDITAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2015 EDITAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2015 Do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio O Diretor Geral do Colégio Santo Inácio, no uso de suas atribuições regimentais e

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº - 262, DE 1º - DE AGOSTO DE 2011

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº - 262, DE 1º - DE AGOSTO DE 2011 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº - 262, DE 1º - DE AGOSTO DE 2011 Atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde previstos na RN nº 211, de 11 de janeiro de 2010. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional

Leia mais

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP 2 ª Reunião do GT de Indicadores Hospitalares 09/04/2012 GERPS/GGISE/DIDES/ANS Agenda Comparação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA UNEC Mantenedora: Fundação Educacional de Caratinga EDITAL N 01/2013

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA UNEC Mantenedora: Fundação Educacional de Caratinga EDITAL N 01/2013 EDITAL N 01/2013 Dispõe sobre a abertura de inscrições ao Processo Seletivo Público para as funções de Agente Comunitário de Saúde para compor vagas da Prefeitura Municipal de Caratinga. O Centro Universitário

Leia mais

1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de Informática têm como objetivo atender às seguintes necessidades da IES:

1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de Informática têm como objetivo atender às seguintes necessidades da IES: REGULAMENTO PARA USO DOS LABORATORIOS DE INFORMATICA E DA INTERNET NA FACULDADE REDENTOR POR PARTE DE PROFESSORES E ALUNOS 1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2016 ESCLARECIMENTO Nº 03

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2016 ESCLARECIMENTO Nº 03 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento nº 03 Referência: Pregão Eletrônico nº 04/2016 Data: 4/4/2016 Objeto: Contratação de serviços de assistência médica ambulatorial de emergência/urgência em saúde, medicina

Leia mais

MANUAL DO ESTAGIÁRIO

MANUAL DO ESTAGIÁRIO MANUAL DO ESTAGIÁRIO Informações à Empresa Concedente Os requisitos para a realização do estágio: O estagiário deve estar regularmente matriculado e frequentando o curso; Deve ser celebrado o Convênio

Leia mais

EDITAL N 22 de 08 de outubro de 2013 PROGRAMA DE BENEFÍCIOS 2013

EDITAL N 22 de 08 de outubro de 2013 PROGRAMA DE BENEFÍCIOS 2013 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Osório EDITAL N 22 de 08 de outubro de 2013 PROGRAMA

Leia mais

Edital 01/2016 UNA-SUS/UFCSPA Seleção de Tutores à Distância para o Curso de Especialização em Saúde da Família

Edital 01/2016 UNA-SUS/UFCSPA Seleção de Tutores à Distância para o Curso de Especialização em Saúde da Família Edital 01/2016 UNA-SUS/UFCSPA Seleção de Tutores à Distância para o Curso de Especialização em Saúde da Família O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Federal de Ciências da Saúde de

Leia mais

Edital n.º 04/2008. Seleção para Ingresso ao Curso Técnico em Gestão Hoteleira Município de Rio Quente

Edital n.º 04/2008. Seleção para Ingresso ao Curso Técnico em Gestão Hoteleira Município de Rio Quente Edital n.º 04/2008 Seleção para Ingresso ao Curso Técnico em Gestão Hoteleira Município de Rio Quente A Secretaria de Estado da Educação SEE, por meio do Centro de Educação Profissional Sebastião de Siqueira

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Nº FCCIR: 001 Tarefa: Recebimento de mmh e medicamentos para abastecer a farmácia Executante: Farmacêutico e/ou Auxiliar de Farmácia Resultados esperados: Estoque de acordo com a transferência. Recursos

Leia mais

REGULAMENTO. BIBLIOTECA Dr. ÉLCIO COSTA COUTO

REGULAMENTO. BIBLIOTECA Dr. ÉLCIO COSTA COUTO 1 REGULAMENTO BIBLIOTECA Dr. ÉLCIO COSTA COUTO DA FINALIDADE ARTIGO 1º - A biblioteca Dr. Élcio Costa Couto da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras do Alto São Francisco FASF, mantida pelas Obras Sociais

Leia mais

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link:

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link: A FACULDADE ESTÁCIO DE CUIABÁ divulga(m) processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de Professor para o(s) curso(s) de graduação e/ou graduação tecnológica. Dúvidas e esclarecimentos

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO 2014 Faculdade de Balsas - UNIBALSAS

MANUAL DO CANDIDATO 2014 Faculdade de Balsas - UNIBALSAS MANUAL DO CANDIDATO 2014 Faculdade de Balsas - UNIBALSAS Diretor Geral Fábio Roberto Pillatt Diretor Administrativo Renan Francisco Honaiser Diretor Acadêmico Cleverton Marlon Possani Secretaria Geral

Leia mais

NORMAS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UVA

NORMAS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UVA NORMAS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UVA 1.º - Da inscrição Visitante e Visitante Ex-Aluno 1- Para freqüentar a Biblioteca é necessário cadastrar-se como usuário, identificando-se sempre como Visitante

Leia mais

Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós.

Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós. O Módulo de Vacina será um divisor de águas dentro da SMS do Salvador. Com a implantação do módulo, as salas de vacinas serão informatizadas, como também alguns de seus processos serão automatizados. Permitirá

Leia mais

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 Universidade Católica de Pelotas Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 O Centro de Ciências Jurídicas, Econômicas e Sociais, no Programa de Pós-Graduação em Política Social, seleciona professor para o

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual apresentação....................................3 Versões horizontal e vertical........................4 grid de construção................................5 Cores institucionais...............................6

Leia mais

Regulamento de Utilização do Complexo de Hidroterapia UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC CURSO DE FISIOTERAPIA

Regulamento de Utilização do Complexo de Hidroterapia UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC CURSO DE FISIOTERAPIA Página 1 de 5 UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO COMPLEXO DE HIDROTERAPIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O complexo de hidroterapia

Leia mais

I RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS

I RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS Regulamento Geral I RÚSTICA DOS ADVOGADOS DO SISTEMA OAB/RS Realização: SESC Rio Grande e Caixa de Assistência OAB/RS Apoio: ACORRG, Qualicorp e Panvel Rio Grande, dezembro de 2015. CAPÍTULO I PROVA Artigo

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 570, DE 1º DE JUNHO DE 2000 Republicada por ter saído com incorreções

MINISTÉRIO DA SAÚDE. GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 570, DE 1º DE JUNHO DE 2000 Republicada por ter saído com incorreções MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 570, DE 1º DE JUNHO DE 2000 Republicada por ter saído com incorreções O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, e considerando:

Leia mais

Companhia de Teatro Não Se Trata de Nós Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra EDITAL Nº 001/2015. Vagas para Companhia de Teatro Não Se Trata de Nós

Companhia de Teatro Não Se Trata de Nós Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra EDITAL Nº 001/2015. Vagas para Companhia de Teatro Não Se Trata de Nós EDITAL Nº 001/2015 Vagas para Companhia de Teatro Não Se Trata de Nós Inscrição para Audição Período Especial outubro de 2015 em Brasília/DF 1.0. Do objetivo: A Companhia de Teatro Não Se Trata de Nós

Leia mais

Regulamento do Bloco Cirúrgico do Centro de Práticas Clínicas e Cirúrgicas (CPCC)

Regulamento do Bloco Cirúrgico do Centro de Práticas Clínicas e Cirúrgicas (CPCC) INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS CONCÓRDIA CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CENTRO DE PRÁTICAS CLÍNICAS E CIRÚRGICAS Regulamento do Bloco Cirúrgico do Centro de Práticas Clínicas e Cirúrgicas (CPCC) Dispõe

Leia mais

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ 1. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE) A importância do TCLE. A Resolução CNS 196/96 afirma

Leia mais

Diretor técnico: JULIANA CRISTINE FRANKENBERGER ROMANZEIRA (CRM: 14.656)

Diretor técnico: JULIANA CRISTINE FRANKENBERGER ROMANZEIRA (CRM: 14.656) Relatório de Fiscalização Diretor técnico: JULIANA CRISTINE FRANKENBERGER ROMANZEIRA (CRM: 14.656) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento.

Leia mais

RESOLUÇÃO CRCRJ Nº 439/2014

RESOLUÇÃO CRCRJ Nº 439/2014 RESOLUÇÃO CRCRJ Nº 439/2014 APROVA NOVO REGULAMENTO DE CURSOS DE ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL REALIZADOS PELO CRCRJ. O Plenário do CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (CRCRJ), no

Leia mais

Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km

Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km *O presente regulamento está sujeito a possíveis modificações conforme o procedimento previsto no mesmo. Artigo 1 - O Evento A Meia Maratona Estrada Real

Leia mais

COPARTICIPAÇÃO MÉDICA E MELHORIAS NA. Clique para editar os estilos do texto mestre ASSISTÊNCIA

COPARTICIPAÇÃO MÉDICA E MELHORIAS NA. Clique para editar os estilos do texto mestre ASSISTÊNCIA COPARTICIPAÇÃO MÉDICA E MELHORIAS NA ASSISTÊNCIA JULHO/2013 REDE DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE Aumento da Rede credenciada MÊS DE REFERÊNCIA Dez/11 Dez/12 CLINICA 508 653 CLINICA ODONTOLÓGICA 42 41 HOSPITAL 161

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2013 Nome: PARTE 1 BIOESTATÍSTICA, BIOÉTICA E METODOLOGIA

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2013 Nome: PARTE 1 BIOESTATÍSTICA, BIOÉTICA E METODOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2013 Nome: PARTE 1 BIOESTATÍSTICA, BIOÉTICA E METODOLOGIA 1) Um histograma construído a partir de informações amostrais de uma variável

Leia mais

NORMAS PARA O FUNCIONAMENTO INTERNO DA CRECHE/UFG

NORMAS PARA O FUNCIONAMENTO INTERNO DA CRECHE/UFG NORMAS PARA O FUNCIONAMENTO INTERNO DA CRECHE/UFG A Pró-reitoria de Assuntos da Comunidade Universitária, por meio da Coordenação Administrativa da Creche/UFG, estabelece as seguintes normas, visando seu

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE INVERNO 2009/2

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE INVERNO 2009/2 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE INVERNO 2009/2 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO O Reitor do Centro Universitário Feevale, instituição de ensino superior recredenciada pela Portaria nº. 1.566, de 27 de maio

Leia mais

RESOLUÇÃO N 17 DE 20 DE JULHO DE 2015, DA REITORA DA UFTM

RESOLUÇÃO N 17 DE 20 DE JULHO DE 2015, DA REITORA DA UFTM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG RESOLUÇÃO N 17 DE 20 DE JULHO DE 2015, DA REITORA DA UFTM Aprova a Norma Procedimental NP 50.03.015 Utilização de Serviços Gráficos.

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURA da Certificação Profissional FEBRABAN em Ouvidoria - CERT.FBB-400

MANUAL DE CANDIDATURA da Certificação Profissional FEBRABAN em Ouvidoria - CERT.FBB-400 Abril de 2014 Versão 1.3 MANUAL DE CANDIDATURA da Certificação Profissional FEBRABAN em Ouvidoria - CERT.FBB-400 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O Candidato deve ler com atenção todas as partes que compõem

Leia mais

CAMPUS AC SIMÕES Cursos Presenciais e Ensino à Distância

CAMPUS AC SIMÕES Cursos Presenciais e Ensino à Distância UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA PRESENCIAL E À DISTÂNCIA Nº 033/2015 Campus A.C. Simões (Maceió),

Leia mais

FACULDADE SÃO LUIS - MARANHÃO 2013.2 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA

FACULDADE SÃO LUIS - MARANHÃO 2013.2 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA FACULDADE SÃO LUIS - MARANHÃO 2013.2 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA A FACULDADE SÃO LUIS divulga processo seletivo para Professor

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO COTIDIANO E ROTINA ESCOLAR ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) E MÉDIO

ORGANIZAÇÃO DO COTIDIANO E ROTINA ESCOLAR ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) E MÉDIO ORGANIZAÇÃO DO COTIDIANO E ROTINA ESCOLAR ENSINO FUNDAMENTAL II (6º ao 9º ano) E MÉDIO Neste texto, encontram-se instruções sobre horários, atrasos, uniformes, faltas; processo de avaliação, recuperação

Leia mais

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Produto: Conjunto: Subconjunto: Título: TELEFONIA UTILIZAÇÃO POLÍTICA POLÍTICA PARA UTILIZAÇÃO DE TELEFONIA FIXA, CELULAR E NEXTEL 1. OBJETIVO: 1.1. Definir critérios de controle e utilização de telefones

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM PROCESSOS CONSTRUTIVOS E SANEAMENTO URBANO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM PROCESSOS CONSTRUTIVOS E SANEAMENTO URBANO EDITAL 01/2012 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PROCESSOS PPCS A Universidade Federal do Pará, através da Coordenação do Programa de Pós- Graduação em Processos Construtivos e

Leia mais

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES Por determinação do Diretor Geral da FEAD, a Coordenação Pedagógica torna público aos interessados que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link:

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link: A FACULDADE ESTÁCIO DA PARAÍBA ESTÁCIO PARAÍBA E FACULDADE ESTÁCIO DE JOÃO PESSOA ESTÁCIO JOÃO PESSOA, campi IDEZ e UNIUOL divulgam processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA

SERVIÇO DE PSICOLOGIA Procedimento Operacional Padrão (POP) SERVIÇO DE PSICOLOGIA POP nº 11 PSI/HU Hospital Universitário Prof. Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina ATENDIMENTO PSICOLÓGICO

Leia mais

Responsabilidades/ Autoridades

Responsabilidades/ Autoridades 1/5 1. OBJETIVO Garantir o abastecimento dos materiais Consignados e OPME do Hospital. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO OPME - Órtese Prótese e Materiais Especiais; CAF - Central de Abastecimento Farmacêutico;

Leia mais

Manual relativo a Viagem de Menores Brasileiros ao Exterior

Manual relativo a Viagem de Menores Brasileiros ao Exterior Manual relativo a Viagem de Menores Brasileiros ao Exterior Polícia Federal Senhores pais ou responsáveis, A Polícia Federal elaborou o Manual relativo a Viagem de Menores Brasileiros ao Exterior, o qual

Leia mais

Razão Social da Instituição R E G I M E N TO DO SE R V I Ç O DE EN F E R M A G E M. Mês, ano

Razão Social da Instituição R E G I M E N TO DO SE R V I Ç O DE EN F E R M A G E M. Mês, ano Razão Social da Instituição R E G I M E N TO DO SE R V I Ç O DE EN F E R M A G E M Mês, ano DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO 1. Razão Social; 2. Nome Fantasia; 3. Entidade Mantenedora; 4. CNPJ; 5.

Leia mais

VIII JORNADA DE ESTÁGIO DE SERVIÇO SOCIAL

VIII JORNADA DE ESTÁGIO DE SERVIÇO SOCIAL VIII JORNADA DE ESTÁGIO DE SERVIÇO SOCIAL INSTRUMENTAIS TÉCNICOS OPERATIVOS NO SERVIÇO SOCIAL E A VIVÊNCIA DO PROJETO ÉTICO-POLÍTICO NA PRÁTICA PROFISSIONAL HOSPITAL MUNICIPAL DR. AMADEU PUPPI RESUMO CARVALHO,

Leia mais

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos Técnico de Nível Médio em Enfermagem, Técnico de Nível Médio em Informática e Técnico de Nível Médio em Comércio Edital nº 001/2010 A Secretaria de Estado de

Leia mais

WebQualis 3.0 MANUAL CAPES/MEC. Diretoria de Avaliação - DAV

WebQualis 3.0 MANUAL CAPES/MEC. Diretoria de Avaliação - DAV CAPES/MEC Diretoria de Avaliação - DAV WebQualis 3.0 Aplicativo para a classificação dos veículos de divulgação da produção científica da Pós-Graduação Brasileira MANUAL 2008 2 Fundação CAPES Presidente

Leia mais