PROPOSTA DA ASTHEMG PARA O PLANO DE CARGOS E CARREIRAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROPOSTA DA ASTHEMG PARA O PLANO DE CARGOS E CARREIRAS"

Transcrição

1 CARTILHA Proposta para mudança do Plano de Cargos e Carreira 02 PROPOSTA DA ASTHEMG PARA O PLANO DE CARGOS E CARREIRAS O Plano de Cargos e Carreira do Estado, criado em 2005 pela Lei , já previa que após dois anos da sua implementação ele precisaria ser revisto. Mas somente após varias reivindicações da ASTHEMG junto com os trabalhadores, o assunto foi reaberto para debate na Mesa Estadual Permanente de Negociação do SUS de Minas Gerais. As propostas de alterações na atual lei foram entregues na Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (SEPLAG) e aguarda parecer do governo. Trabalhando de forma transparente e democrática, a ASTHEMG montou comissões formadas por Auxiliares de Apoio à Saúde, Analista de Gestão e Assistência à Saúde, Técnicos Operacionais de Saúde e Pro ssionais de Enfermagem para pedir sugestões. A mudança mais signi cativa está na regra que regulamenta o Tempo de Progressão, Promoção por Tempo e Promoção por Escolaridade Adicional.

2 03 04 ENTENDA O QUE É: Plano de Carreira: instrumento de gestão que consiste na reunião de princípios, diretrizes e normas que regulam o desenvolvimento dos servidores Progressão: desenvolvimento horizontal do servidor na carreira. Trata-se de um processo que requer desempenho satisfatório do servidor na carreira. Geralmente é vinculada ao tempo de serviço. públicos na carreira. Avaliação de Desempenho: instrumento que visa acompanhar e analisar o Cargo: conjunto de atribuições, deveres e responsabilidades do servidor público, além de uma remuneração especí ca, que o particulariza frente aos desempenho do servidor público durante o exercício das atribuições do cargo. demais. Remuneração Variável: parcela da remuneração vinculada ao Carreira: conjunto de cargos a ns, dispostos em posições ordenadas segundo uma trajetória evolutiva crescente de variação das exigências desempenho individual e/ou institucional, cujo pagamento ocorre por meio de grati cações adicionais, abonos, prêmios etc. requeridas para ascensão. Vencimento básico: remuneração do servidor público na escala de vencimento da carreira em função do cargo ocupado, do nível de escolaridade e do tempo de serviço. Nível: agrupamento de cargos com os mesmos requisitos de capacitação e PROPOSTAS DA ASTHEMG PARA O PLANO DE CARGOS E CARREIRA mesmas natureza, complexidade, atribuições e responsabilidades. Geralmente os níveis são escalonados de forma vertical na estrutura da carreira. AUXILIAR DE APOIO A SAÚDE Grau: posição de um servidor público no escalonamento horizontal de um Modi cação na escolaridade: Níveis I a III fundamental incompleto e ou fundamental. mesmo nível da carreira. Modi cação: Nível IV fundamental e ou intermediário. Promoção: desenvolvimento vertical do servidor público na carreira. Trata-se de um processo que requer investimentos na quali cação e capacitação do servidor. Geralmente é vinculada à escolaridade e ao tempo de serviço. Criação nível V - Intermediário e ou Fundamental. Criação Nível VI Intermediário e o superior.

3 05 06 Inicial da categoria com base no salário mínimo para carga horária de 30 horas. Criação do cargo na FHEMIG. Criação dos níveis VI e VII. Nível VI - Superior e ou Lato sensu. Nível VII - Lato e ou Stricto sensu. Nível Escolaridade Nível Aplicar proporcionalidade nanceira da carga horária 16 h para 40h. Fundamental incompleto I Fundamental incompleto II Fundamental incompleto III Fundamental e ou intermediário IV Intermediário/superior V TÉCNICO OPERACIONAL DE SAÚDE Nível I Intermediário. Nível II a IV Intermediário e ou técnico. Modi cação na escolaridade no Nível V - Intermediário e ou superior.

4 07 08 ANALISTA DE GESTÃO E ASSISTÊNCIA A SAÚDE PROFISSIONAL DA ENFERMAGEM Sendo: Nível I, II - superior. Extinção do nível T. Modi cação no Nível III - superior. Reposicionar os pro ssionais do nível T no nível I. Nível IV superior ou Lato sensu. Nível I,II, III: Intermediário. Criação dos níveis VI e VII. Nível V e VI Lato sensu e ou Stricto sensu. Nível VII Stricto sensu (doutorado). Modi cação no nível IV : Intermediário e ou Superior (curso superior na área da saúde e ou graduação em enfermagem que não queira atuar. Estes pro ssionais terão uma promoção até o ultimo nível de ascensão do nível médio, acrescido de 6 graus. Nível V - Ingresso do Graduado em enfermagem e ou técnico enfermagem graduado exercendo a função de enfermeiro(a). Nível Escolaridade Superior Nível I Os enfermeiros já posicionados no nível IV serão reposicionados no nível V, para que seja viável a modi cação na estrutura da carreira do pro ssional de enfermagem. Superior II Nível V e VI Superior e ou Lato sensu. Superior III Nível VII Superior e ou Lato sensu. Superior e ou Lato sensu IV Nível VIII Lato sensu e ou Stricto sensu. Nível IX Lato sensu e ou Stricto sensu. Lato sensu e ou Stricto sensu V Nível V e VI Superior e ou Lato sensu. Superior e ou Lato sensu VI Stricto sensu (doutorado) VII

5 09 10 Nível VII Superior e ou Lato sensu. Nível VIII Lato sensu e ou Stricto sensu. Nível IX Lato sensu e ou Stricto sensu. PLANO DE CARREIRA HOJE VS PROPOSTA DA ASTHEMG Veja os quadros comparativos de como o plano de carreira funciona atualmente no estado e a proposta da ASTHEMG para a reformulação do plano. PROGRESSÃO E PROMOÇÃO POR TEMPO Uma progressão na carreira a cada dois anos, desde que tenha duas avaliações satisfatórias, após o período probatório. Valor 3%. Que esse tempo seja reduzido para um ano logo após o término do estágio probatório. Valor 4%. Promoção por tempo de serviço, que ocorre com cinco anos, depois do período probatório. Valor variável 22%. Diminuir esse tempo para três anos. Percentual entre nível igual a todos, 25%.

6 11 12 PROMOÇÃO POR ESCOLARIDADE REPOSICIONAMENTO Promoção a cada cinco anos. 1 ano para análise do diploma. Mude para cada dois anos. Máximo de 30 dias. Quando houver promoção por escolaridade adicional será de 35% entre nível sobre a primeira promoção; salvo a carreira da enfermagem, mantendo a mesma porcentagem na mudança do nível IV para o nível V. Reposicionamento dos servidores efetivos que ingressaram na Fhemig antes de Pois, quando o plano foi feito, não foi levado em consideração o tempo de quem já trabalhava na rede. Os funcionários mais antigos irão avançar no nível da tabela de acordo com a sua escolaridade atual. Ou seja, irão para o nível que contemple a sua formação acadêmica após o ingresso na carreira. Contemplar o trabalhador com mais (01) um nível e ou posicionamento no ultimo grau da tabela para quando o mesmo vier a aposentar. Independente de regras de tempo ou escolaridade. Outra medida importante dentro do plano é a mudança de nível do servidor. Se aprovada, a nova regra de ne que quando o trabalhador mudar de nível migre automaticamente para o mesmo grau ( letras) de antes. Foram feitas ainda alterações dos valores do inter-grau, passar de 3% para 4% e inter-nível de 21% para 25%.

7 13 14 FIM DAS 40 HORAS PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM Plano de Cargos e Carreira com tabela de 40 horas, 30 horas,20 horas, 24 horas e 16 horas. Tabelas apenas com 30 horas, naturalmente com o maior salário. Aplicar proporcionalidade nanceira da carga horária 16h para 40h, casos de carga horária especial. RETIRAR o bene cio dos pro ssionais de enfermagem o direito do técnico de ser promovido com o salário e a função do enfermeiro. Apenas tem direito a promoção se for curso de enfermagem. MANTER na carreira dos pro ssionais de enfermagem o direito do técnico de ser promovido com o salário e a função do enfermeiro. Para os cursos que não são enfermagem, promoção com aumento salário igual da carreira dos TOS CARREIRA DOS AUXILIAR DE APOIO AUAS (Auxiliares de Apoio à Saúde) tiveram seus níveis congelados, sem opção de promoção por escolaridade. Criação de mais níveis para que os pro ssionais desta área continuem crescendo dentro da carreira e também sejam reposicionados em níveis proporcionais à sua formação escolar.

8 TABELA SALARIAL FHEMIG 15 ANALISTA DE GESTÃO E ASSISTÊNCIA À SAÚDE - FHEMIG lei /2014 Vigência Fevereiro /2015 AUXILIAR DE APOIO DA SAÚDE - FHEMIG TÉCNICO OPERACIONAL DA SAÚDE - FHEMIG PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM - FHEMIG 16

N.º 114 14/05/2015. Professor/a que atualmente está no nível TII (nível licenciatura curta) Alterações propostas:

N.º 114 14/05/2015. Professor/a que atualmente está no nível TII (nível licenciatura curta) Alterações propostas: N.º 114 14/05/2015 www.sindutemg.org.br (31) 3481-2020 sindute@sindutemg.org.br Educadores/as realizam, dia 14/05, assembleia estadual para avaliar e deliberar sobre as propostas de Salário e Carreira

Leia mais

PRESSÃO DOS TRABALHADORES DÁ RESULTADO

PRESSÃO DOS TRABALHADORES DÁ RESULTADO R. Domingos Vieira,587 - sl 817 - Santa Efigênia Belo Horizonte/MG - CEP 30150-240 Ano 14 - Dezembro/2012 - Filiada à CUT Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais de Minas Gerais www.asthemg.org.br

Leia mais

REPOSICIONAMENTO POR TEMPO DE SERVIÇO

REPOSICIONAMENTO POR TEMPO DE SERVIÇO Governo do Estado de Minas Gerais REPOSICIONAMENTO POR TEMPO DE SERVIÇO Belo Horizonte, 12 de janeiro de 2010 1 SUMÁRIO 1. Previsão legal 2. Regulamentação 3. Contagem de tempo 3.1. Marco inicial 3.2.

Leia mais

PROPOSTAS SIND SAUDE. Lei Nº. 15.462/2005 PROPOSTA SIND-SAÚDE

PROPOSTAS SIND SAUDE. Lei Nº. 15.462/2005 PROPOSTA SIND-SAÚDE Lei Nº. 15.462/2005 PROPOSTAS SIND SAUDE PROPOSTA SIND-SAÚDE Art. 9 Os servidores que, após a publicação desta lei, ingressarem em cargo de carreira instituída por esta lei terão as seguintes cargas horárias

Leia mais

LEI Nº 11.375 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2009

LEI Nº 11.375 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2009 LEI Nº 11.375 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2009 Reestrutura as carreiras de Analista Universitário e Técnico Universitário, integrantes do Grupo Ocupacional Técnico- Específico, criado pela Lei nº 8.889, de 01

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL BOMBINHAS-SC

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL BOMBINHAS-SC LEI COMPLEMENTAR Nº 034, de 13 de dezembro de 2005. Institui o Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos do Pessoal do Poder Legislativo do Município de Bombinhas e dá outras providências.. Júlio César Ribeiro,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.421, DE 05 DE ABRIL DE 2010. (publicada no DOE nº 062, de 05 de abril de 2010 2ª edição) Institui a Carreira

Leia mais

CARREIRAS E REMUNERAÇÃO

CARREIRAS E REMUNERAÇÃO CARREIRAS E REMUNERAÇÃO Diretoria Central de Carreiras e Remuneração Superintendência Central de Política de Recursos Humanos Subsecretaria de Gestão de Pessoas Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão

Leia mais

Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999

Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999 Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999 INSTITUI O PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DA ÁREA DE ATIVIDADES DE TRIBUTAÇÃO, ESTABELECE A RESPECTIVA TABELA DE VENCIMENTO E DISPÕE SOBRE O QUADRO ESPECIAL DA SECRETARIA

Leia mais

PROPOSTA DO GOVERNO DE MINAS PARA A EDUCAÇÃO

PROPOSTA DO GOVERNO DE MINAS PARA A EDUCAÇÃO PROPOSTA DO GOVERNO DE MINAS PARA A EDUCAÇÃO O Governo propõe as seguintes medidas visando melhorar o padrão remuneratório de todos os servidores públicos da educação de Minas Gerais. Implantar, na área

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL LEI Nº 5.106, DE 3 DE MAIO DE 2013 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Dispõe sobre a carreira Assistência à Educação do Distrito Federal e dá outras providências.

Leia mais

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais LEI 15304 2004 Data: 11/08/2004 REESTRUTURA A CARREIRA DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL E INSTITUI A CARREIRA DE AUDITOR INTERNO DO PODER EXECUTO. Reestrutura a carreira de

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS

POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS I. Introdução Este Manual de Gestão de Cargos e Salários contempla todas as Áreas e Equipamentos da POIESIS e visa a orientar todos os níveis de gestão, quanto às

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso de atribuição que lhe confere o inciso VII do art. 90, da Constituição do Estado, DECRETA:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso de atribuição que lhe confere o inciso VII do art. 90, da Constituição do Estado, DECRETA: DECRETO Nº 44.769, de 7 de abril de 2008 Dispõe sobre a promoção por escolaridade adicional do servidor das carreiras dos Grupos de Atividades do Poder Executivo que especifica. O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

Esclarecimentos sobre subsídio. Quem terá o direito de optar por receber subsídio. O que é incorporado para compor o subsídio

Esclarecimentos sobre subsídio. Quem terá o direito de optar por receber subsídio. O que é incorporado para compor o subsídio N.º 24 20/01/2011 www.sindutemg.org.br (31) 3481-2020 sindute@sindutemg.org.br Esclarecimentos sobre subsídio Os 47 dias de greve em 2010 tiveram como principal objetivo modificar o salário dos trabalhadores

Leia mais

Diretoria de Gestão de Pessoas

Diretoria de Gestão de Pessoas Diretoria de Gestão de Pessoas APRESENTAÇÃO Apresentamos o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares EBSERH, criada pela Lei n. 12.550, de 15 de dezembro de 2011.

Leia mais

Diretoria de Gestão de Pessoas

Diretoria de Gestão de Pessoas Apresentamos o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares EBSERH, criada pela Lei n. 12.550, de 15 de dezembro de 2011. A referência para instruir o presente plano

Leia mais

PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS. Brasília, dezembro de 2014. Diretoria de Gestão de Pessoas

PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS. Brasília, dezembro de 2014. Diretoria de Gestão de Pessoas PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS Brasília, dezembro de 2014 1 APRESENTAÇÃO Apresentamos o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares EBSERH, criada pela Lei

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº... (Autoria: Poder Executivo) CAPÍTULO I DA CARREIRA

PROJETO DE LEI Nº... (Autoria: Poder Executivo) CAPÍTULO I DA CARREIRA PROJETO DE LEI Nº... (Autoria: Poder Executivo) Dispõe sobre a carreira Assistência à Educação do Distrito Federal e dá outras providências CAPÍTULO I DA CARREIRA Art. 1. Carreira Assistência à Educação

Leia mais

PLANO DE CARREIRA PARA FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS EFETIVOS DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL. Elaine Aparecida Dias; Yeda Cícera Oswaldo.

PLANO DE CARREIRA PARA FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS EFETIVOS DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL. Elaine Aparecida Dias; Yeda Cícera Oswaldo. PLANO DE CARREIRA PARA FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS EFETIVOS DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL Elaine Aparecida Dias; Yeda Cícera Oswaldo. PLANO DE CARREIRA PARA FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS EFETIVOS DO PODER LEGISLATIVO

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE CALDAS NOVAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SÁUDE LEI Nº [...],DE[...] DE [...] DE 2006.

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE CALDAS NOVAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SÁUDE LEI Nº [...],DE[...] DE [...] DE 2006. ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE CALDAS NOVAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SÁUDE LEI Nº [...],DE[...] DE [...] DE 2006. Institui o Plano de Carreiros Cargos e Vencimentos do Quadro de Pessoal da Secretaria

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I DA CARREIRA DOS PROFISSIONAIS DA SEFAZ Seção I Dos Princípios Básicos

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I DA CARREIRA DOS PROFISSIONAIS DA SEFAZ Seção I Dos Princípios Básicos LEI N. 2.265, DE 31 DE MARÇO DE 2010 Estabelece nova estrutura de carreira para os servidores públicos estaduais da Secretaria de Estado da Fazenda SEFAZ. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO

Leia mais

PORTARIA Nº, DE FEVEREIRO DE 2013

PORTARIA Nº, DE FEVEREIRO DE 2013 PORTARIA Nº, DE FEVEREIRO DE 2013 Define as diretrizes gerais para o processo de avaliação de desempenho para fins de progressão e de promoção das Carreiras do Magistério Superior e do Ensino Básico, Técnico

Leia mais

MQS do Brasil Consultoria, Assessoria e Treinamento. Segurança do Trabalho, RH, Gestão da Qualidade, e Meio Ambiente.

MQS do Brasil Consultoria, Assessoria e Treinamento. Segurança do Trabalho, RH, Gestão da Qualidade, e Meio Ambiente. MQS do Brasil Consultoria, Assessoria e Treinamento Segurança do Trabalho, RH, Gestão da Qualidade, e Meio Ambiente. Realização de cursos, treinamento e palestras. 1 ISO 9001:2008 - Interpretação e Implementação

Leia mais

Audiência Pública Comissão de Educação, Cultura e Esportes. O movimento grevista dos professores federais

Audiência Pública Comissão de Educação, Cultura e Esportes. O movimento grevista dos professores federais Audiência Pública Comissão de Educação, Cultura e Esportes O movimento grevista dos professores federais Expansão Universidades Federais Universidades e Câmpus Universidades Até 2003 = 45 existentes 2004

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LE N. 2.398, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2010 Dá nova redação e acresce dispositivos à Lei n. 2.260, de 31 de março de 2010 e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei. FAÇO SABER que

Leia mais

Número do Documento: 1005795

Número do Documento: 1005795 Número do Documento: 1005795 Governo do Estado do Ceará Secretaria da Ciência Tecnologia e Educação Superior Universidade Estadual do Ceará UECE Secretaria dos Órgãos de Deliberação Coletiva - SODC RESOLUÇÃO

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES imprensa FESSERGS Novo esboço de Plano de Carreira do Quadro-Geral(para substituir no MURAL) July 19, 2012 2:32 PM Projeto de Lei nº00/2012 Poder Executivo Reorganiza o Quadro

Leia mais

PROPOSTA DE ESTRUTURA DO NOVO PLANO DE CARREIRA, SALÁRIOS E EMPREGOS PÚBLICOS DO CENTRO PAULA SOUZA

PROPOSTA DE ESTRUTURA DO NOVO PLANO DE CARREIRA, SALÁRIOS E EMPREGOS PÚBLICOS DO CENTRO PAULA SOUZA PROPOSTA DE ESTRUTURA DO NOVO PLANO DE CARREIRA, SALÁRIOS E EMPREGOS PÚBLICOS DO CENTRO PAULA SOUZA agosto/ 2011 1 S U M Á R I O I INTRODUÇÃO...03 II PREMISSAS E DIRETRIZES...04 III EMPREGOS PÚBLICOS PERMANENTES

Leia mais

LEI Nº 8.966 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003

LEI Nº 8.966 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003 Publicada D.O.E. Em 23.12.2003 LEI Nº 8.966 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003 Reestrutura o Plano de Carreira do Ministério Público do Estado da Bahia, instituído pela Lei nº 5.979, de 23 de setembro de 1990,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 5, DE 3 DE AGOSTO DE 2010 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 5, DE 3 DE AGOSTO DE 2010 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 5, DE 3 DE AGOSTO DE 2010 (*) Fixa as Diretrizes Nacionais para os Planos de Carreira e Remuneração dos Funcionários

Leia mais

PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO I. INTRODUÇÃO: Plano de Carreira é o conjunto de normas que disciplinam o ingresso e instituem oportunidades e estímulos ao desenvolvimento

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº (Autoria do Projeto: Poder Executivo) TÍTULO I DA CARREIRA

PROJETO DE LEI Nº (Autoria do Projeto: Poder Executivo) TÍTULO I DA CARREIRA PROJETO DE LEI Nº (Autoria do Projeto: Poder Executivo) A CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL DECRETA: Reestrutura a Carreira Magistério Público do Distrito Federal e dá outras providências. TÍTULO

Leia mais

Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação - PCCTAE

Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação - PCCTAE Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação - PCCTAE Coordenadoria de Gestão de Pessoas Área de Desenvolvimento de Pessoal Telefone: 3559-1309 / 35591440 Email:adp@proad.ufop.br Lei

Leia mais

Plano de Carreiras 1

Plano de Carreiras 1 Plano de Carreiras 1 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS GOVERNADOR DO ESTADO Antonio Augusto Junho Anastasia VICE-GOVERNADOR DO ESTADO Alberto Pinto Coelho SECRETÁRIOS DE ESTADO DO GOVERNO DE MINAS Renata

Leia mais

PLANO DE VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS E MUDANÇA DO PADRÃO REMUNERATÓRIO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO

PLANO DE VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS E MUDANÇA DO PADRÃO REMUNERATÓRIO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO PLANO DE VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS E MUDANÇA DO PADRÃO REMUNERATÓRIO DOS SERVIDORES

Leia mais

O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome, promulgo a seguinte Lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome, promulgo a seguinte Lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS LEI Nº 15961, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2005 Estabelece as tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que especifica, dispõe sobre a Vantagem Temporária Incorporável - VTI - e sobre o posicionamento

Leia mais

LEI 20227 de 11/06/2012

LEI 20227 de 11/06/2012 LEI 20227 de 11/06/2012 Modifica a Lei n 13.770, de 6 de dezembro de 2000, que altera o plano de carreira dos servidores efetivos do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, institui o Adicional de

Leia mais

PLANO DE CARGOS, SALÁRIOS E CARREIRAS

PLANO DE CARGOS, SALÁRIOS E CARREIRAS PLANO DE CARGOS, SALÁRIOS E CARREIRAS Setembro de 2015 1 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 1.1 CONCEITUAÇÃO... 4 2 PLANO DE CARGOS, SALÁRIOS E CARREIRAS... 6 2.1 ESTRUTURA DE CARGOS E FUNÇÕES... 6 2.2 SALÁRIOS...

Leia mais

Câmara Municipal de Curitiba

Câmara Municipal de Curitiba Câmara Municipal de Curitiba PROPOSIÇÃO N 005.00164.2014 Projeto de Lei Ordinária Redação para 2º turno EMENTA Institui o Plano de Carreira do Profissional do Magistério de Curitiba. CAPÍTULO I DAS DIRETRIZES

Leia mais

Diário Oficial Estado de São Paulo

Diário Oficial Estado de São Paulo Diário Oficial Estado de São Paulo Poder Executivo Seção I Palácio dos Bandeirantes Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - CEP 05698-900 - Fone: 3745-3344 Nº 227 DOE de 03/12/11 Seção 1 - p.1 LEI COMPLEMENTAR

Leia mais

I - Grupo ocupacional de controle externo, integrado pelas seguintes carreiras:

I - Grupo ocupacional de controle externo, integrado pelas seguintes carreiras: PROPOSTA PROJETO DE LEI Autor: Tribunal de Contas Dispõe sobre a reestruturação organizacional dos cargos e carreiras do quadro permanente, a criação de cargos de provimento em comissão e fixa o subsídio

Leia mais

LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011.

LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011. LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011.) Dispõe sobre o plano de cargos e carreira e remuneração dos servidores

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS POFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS.

PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS POFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS. PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS POFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS. Seção 1 Disposições Preliminares Art. 1º- Fica criado o Plano Unificado de

Leia mais

Prof Dr. Antonio Guedes Rangel Junior

Prof Dr. Antonio Guedes Rangel Junior RESOLUÇÃO/UEPB/CONSEPE/065/2014 Regulamenta o processo de afastamento para capacitação de Docentes da UEPB. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE, da UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA UEPB,

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos e Contratualização. Nelson Marconi

Gestão de Recursos Humanos e Contratualização. Nelson Marconi Gestão de Recursos Humanos e Contratualização Nelson Marconi Estágios das Políticas de Recursos Humanos 1º estágio: controles e ajuste das despesas 2º estágio: definição de políticas consistentes porém

Leia mais

PORTARIA CONJUNTA Nº 1, DE 7 DE MARÇO DE 2007

PORTARIA CONJUNTA Nº 1, DE 7 DE MARÇO DE 2007 PORTARIA CONJUNTA Nº 1, DE 7 DE MARÇO DE 2007 A PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA E OS PRESIDENTES DOS TRIBUNAIS SUPERIORES, DO CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL, DO CONSELHO

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO

PROJETO DE RESOLUÇÃO PROJETO DE RESOLUÇÃO ESTABELECE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PARA FINS DE PROGRESSÃO E PROMOÇÃO NA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições

Leia mais

http://www.legislabahia.ba.gov.br/verdoc.php?id=65585&voltar=voltar

http://www.legislabahia.ba.gov.br/verdoc.php?id=65585&voltar=voltar Page 1 of 11 Voltar Imprimir "Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial do Estado." LEI Nº 11.374 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2009 Ver também: Decreto 14.488 de 23 de maio de 2013 - Regulamenta

Leia mais

DECRETO Nº 39409 DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO Nº 39409 DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO Nº 39409 DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014 Regulamenta o Processo de Seleção para Promoção na Carreira dos Servidores da Área Operacional Atividade Fim da Guarda Municipal do Rio de Janeiro GM-RIO. O PREFEITO

Leia mais

ASPECTOS CONCEITUAIS DA PROPOSTA DE REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DE DOCENTES

ASPECTOS CONCEITUAIS DA PROPOSTA DE REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DE DOCENTES ASPECTOS CONCEITUAIS DA PROPOSTA DE REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DE DOCENTES Plano de Carreiras de Magistério das Instituições Federais de Ensino subordinadas ou vinculadas ao Ministério da Educação e

Leia mais

Reconhecimento de Saberes e Competências - RSC

Reconhecimento de Saberes e Competências - RSC Esclarecimentos Iniciais 3 de dezembro de 2013 Introdução Introdução Créditos Metodologia Base Legal Este trabalho foi realizado em novembro de 2013 e é fruto do esforço de servidores e gestores do Instituto

Leia mais

Docente. Carreira. do Ensino Superior. Plano de. Guia simplificado com orientações práticas sobre o Plano de Carreira da UnP

Docente. Carreira. do Ensino Superior. Plano de. Guia simplificado com orientações práticas sobre o Plano de Carreira da UnP Plano de Guia simplificado com orientações práticas sobre o Plano de da UnP Material baseado no plano homologado em 29/06/2014, pelo processo n 46217.000599/2014-51 Plano de 1 PALAVRA DA REITORA E CEO

Leia mais

Informe de Recursos Humanos

Informe de Recursos Humanos Informe GAH Informe de Recursos Humanos Fevereiro/2015 Gerência de Recursos Humanos GAH Superintendência Administrativo-Financeira SAD Sumário 1 Demonstrativo do Corpo Funcional 1.1 Distribuição das vagas

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre a Medida Provisória 431. Elaboração: Direção Geral do CEFET-SC e SINASEFE

Perguntas e Respostas sobre a Medida Provisória 431. Elaboração: Direção Geral do CEFET-SC e SINASEFE Perguntas e Respostas sobre a Medida Provisória 431 Elaboração: Direção Geral do CEFET-SC e SNASEFE 1 DREÇÃO DO CEFET-SC Diretora-Geral Consuelo Aparecida Sielski Santos Vice-Diretora-Geral Regina Rogério

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.704, DE 26 DE JANEIRO DE 2006 Estabelece pisos salariais para os novos cargos criados nesta lei, concede reajuste salarial aos servidores públicos civis, militares, ativos, inativos e pensionistas

Leia mais

Faculdade São Francisco de Piumhi FASPI

Faculdade São Francisco de Piumhi FASPI Faculdade São Francisco de Piumhi FASPI PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS - PCCS DOCENTE Piumhi- MG Fevereiro / 2011 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES....03 CAPÍTULO II - DO QUADRO

Leia mais

Para quais carreiras está sendo proposta a reestruturação com remuneração por subsídio?

Para quais carreiras está sendo proposta a reestruturação com remuneração por subsídio? ENTENDENDO A PROPOSTA APRESENTADA PELO GOVERNO VERSÃO DE 16/06/14 PROPOSTA DE REESTRUTURAÇÃO DA CARREIRA DE ESPECIALISTAS COM REMUNERAÇÃO POR SUBSÍDIO O que é a remuneração por subsídio? É uma forma de

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS PROJETO DE LEI Súmula: "Dispõe sobre o Plano de Carreiras, Cargos e Vencimentos- PCCV, dos servidores da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná". CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º. Fica instituído

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BARRA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E DOS CONCEITOS NORMATIVOS

A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BARRA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E DOS CONCEITOS NORMATIVOS ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BARRA LEI Nº. 209/12, DE 04 DE ABRIL DE 2012. INSTITUI O PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E VENCIMENTOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO

Leia mais

Remuneração e Carreiras no Setor Público

Remuneração e Carreiras no Setor Público Remuneração e Carreiras no Setor Público Trabalho de RH Plano de Carreiras, Cargos e Salários Prof: Allan Claudius Alessandra Rodrigues, André Garzon, Bárbara Coelho, Daniele kuhlmann, Flaviane Graziele,

Leia mais

Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP

Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP LEGISLAÇÃO DE PESSOAL COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais Lei nº. 8.112/90 Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos

Leia mais

(*)OFÍCIO GP n.º 86/CMRJ Em 1º de outubro de 2013.

(*)OFÍCIO GP n.º 86/CMRJ Em 1º de outubro de 2013. (*)OFÍCIO GP n.º 86/CMRJ Em 1º de outubro de 2013. Senhor Presidente, Dirijo-me a Vossa Excelência para comunicar que, nesta data, sancionei o Projeto de Lei n.º 442-A, de 2013, de autoria do Poder Executivo,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil . Minuta de Lei n o de de de 2013 Dispõe sobre o Plano de Carreiras, Cargos e Remuneração dos servidores efetivos a Secretaria e Estado da Saúde SES-GO e dá outras providências. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Leia mais

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS. A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei:

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS. A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei: MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS Súmula: Dispõe sobre a Carreira Técnica Universitária das Instituições de Ensino Superior do Estado do Paraná e adota outras providências.

Leia mais

a. Garantir a atribuição de salário justo a todos os funcionários da entidade sempre de acordo com as atribuições da função exercida.

a. Garantir a atribuição de salário justo a todos os funcionários da entidade sempre de acordo com as atribuições da função exercida. CONSIDERANDO a necessidade de conferir transparência e eficiência nos processos de contratações no âmbito dos serviços e gerenciamento de unidades públicas do Estado do Rio de Janeiro, pelo HOSPITAL E

Leia mais

Revisão do PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS. Você escolhe o caminho e constroi sua própria saúde.

Revisão do PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS. Você escolhe o caminho e constroi sua própria saúde. Revisão do PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS Você escolhe o caminho e constroi sua própria saúde. PCCS Revisão do PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS Colaborador (a), Com o objetivo de alavancar a

Leia mais

A data base dos Servidores da Prefeitura Municipal de Sapezal será sempre em 1º de maio

A data base dos Servidores da Prefeitura Municipal de Sapezal será sempre em 1º de maio S.I.M.S SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS SAPEZAL/MT PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SAPEZAL -20013 INTRODUÇÃO O Sindicato dos Servidores Municipais de Sapezal-SIMS/MT,

Leia mais

LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE

LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE 2015. Dispõe sobre a política remuneratória das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica do Poder Executivo, altera a estrutura da carreira de Professor de Educação

Leia mais

PROJETO DE LEI. TÍTULO I Das Disposições Preliminares

PROJETO DE LEI. TÍTULO I Das Disposições Preliminares TEXTO DOCUMENTO PROJETO DE LEI Consolida o Plano de Carreira e Cargo de Professor Federal e dispõe sobre a reestruturação e unificação das carreiras e cargos do magistério da União, incluídas suas autarquias

Leia mais

RESOLUÇÃO CA Nº 0086/2009. CONSIDERANDO a implantação do Plano de Capacitação dos Agentes Universitários;

RESOLUÇÃO CA Nº 0086/2009. CONSIDERANDO a implantação do Plano de Capacitação dos Agentes Universitários; RESOLUÇÃO CA Nº 0086/2009 Regulamenta o afastamento do serviço para capacitação dos Agentes Universitários da Carreira Técnica Universitária e dá outras providências. CONSIDERANDO a implantação do Plano

Leia mais

Processo de Construção de um Plano de Cargos e Carreira. nas Organizações Públicas Brasileiras

Processo de Construção de um Plano de Cargos e Carreira. nas Organizações Públicas Brasileiras Processo de Construção de um Plano de Cargos e Carreira nas Organizações Públicas Brasileiras A estruturação ou revisão de um PCCR se insere em um contexto de crescente demanda por efetividade das ações

Leia mais

Ementa do Curso COACHING INDIVIDUAL

Ementa do Curso COACHING INDIVIDUAL Ementa do Curso COACHING INDIVIDUAL Instituto Seven Business Coaching O Instituto Seven Business Coaching é uma empresa especializada em Coaching de negócios. Com a assessoria integrada e personalizada

Leia mais

I - Técnico de Apoio Fazendário e Financeiro, integrando a categoria funcional de Profissional de Apoio Operacional;

I - Técnico de Apoio Fazendário e Financeiro, integrando a categoria funcional de Profissional de Apoio Operacional; (*) Os textos contidos nesta base de dados têm caráter meramente informativo. Somente os publicados no Diário Oficial estão aptos à produção de efeitos legais. ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL DECRETO Nº 10.609,

Leia mais

PORTARIA PRE-DGA N 065/2008

PORTARIA PRE-DGA N 065/2008 PORTARIA PRE-DGA N 065/2008 Dispõe sobre a participação de servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região em cursos de pós-graduação lato e stricto sensu. O Juiz Presidente do Tribunal Regional

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sabará Rua Dom Pedro II, 200 CEP: 34505-000 Sabará MG Fones: (31) 3672-7672 - (31) 3674-2909

Prefeitura Municipal de Sabará Rua Dom Pedro II, 200 CEP: 34505-000 Sabará MG Fones: (31) 3672-7672 - (31) 3674-2909 LEI COMPLEMENTAR NÚMERO 015, de 10 de novembro de 2011. Dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Profissionais da Educação Básica do Município de Sabará, estabelece normas de enquadramento,

Leia mais

As entidades da Bancada Sindical da Saúde do Município de São Paulo vêm propor aos representantes da Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria

As entidades da Bancada Sindical da Saúde do Município de São Paulo vêm propor aos representantes da Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria As entidades da Bancada Sindical da Saúde do Município de São Paulo vêm propor aos representantes da Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão na Mesa Setorial

Leia mais

APOSENTADORIA E O PCCTAE

APOSENTADORIA E O PCCTAE APOSENTADORIA E O PCCTAE Advogado Flavio Ramos Wagner Advogados Associados www.wagner.adv.br Área de atuação: Servidores Públicos Federais Estrutura: Santa Maria, Brasília e Macapá. Presença em 19 cidades

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA/AL, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 51, inciso VI da Lei Orgânica Municipal.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA/AL, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 51, inciso VI da Lei Orgânica Municipal. LEI N o 2.829/2012 DISPÕE SOBRE A ESTRUTURAÇÃO DO PLANO DE CARGO, CARREIRA E VENCIMENTOS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE ARAPIRACA E DÁ PROVIDÊNCIAS CORRELATAS. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA/AL,

Leia mais

SECRETARIA DA SAÚDE PROJETO DE LEI Nº DE DE DE 2008

SECRETARIA DA SAÚDE PROJETO DE LEI Nº DE DE DE 2008 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA SAÚDE PROJETO DE LEI Nº DE DE DE 2008 Aprova o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos Grupos Ocupacionais Serviços Especializados de Saúde - SES e Atividades Auxiliares

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DOCENTE SEI SOCIEDADE EDUCACIONAL ITAPIRANGA

PLANO DE CARREIRA DOCENTE SEI SOCIEDADE EDUCACIONAL ITAPIRANGA PLANO DE CARREIRA DOCENTE SEI SOCIEDADE EDUCACIONAL ITAPIRANGA Dezembro de 2014 CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - O presente Plano de Carreira Docente (PCD) tem como objetivo, estabelecer normas e critérios

Leia mais

Evolução dos Reajustes Salariais

Evolução dos Reajustes Salariais Ano I - nº 3 - Cidade Universitária Zeferino Vaz, junho de 212 Informativo Institucional produzido pela Assessoria de Comunicação da Unicamp Evolução dos Reajustes Salariais Ao mesmo tempo em que garante

Leia mais

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 2014 Dados da Instituição FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM Código: 508 Faculdade privada sem fins lucrativos Estado: Minas Gerais

Leia mais

SEGUNDA-FEIRA, 08 DE SETEMBRO DE 2014 CADERNO 1 5

SEGUNDA-FEIRA, 08 DE SETEMBRO DE 2014 CADERNO 1 5 SEGUNDA-FEIRA, 08 DE SETEMBRO DE 2014 L E I N 8.037, DE 5 DE SETEMBRO DE 2014 Institui o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado do Pará e dá outras providências.

Leia mais

PLANO DE CARREIRA PROPOSTAS PARA ENVIO A ALMG E SECRETÁRIO

PLANO DE CARREIRA PROPOSTAS PARA ENVIO A ALMG E SECRETÁRIO PLANO DE CARREIRA PROPOSTAS PARA ENVIO A ALMG E SECRETÁRIO Após a compilação das contribuições apresentadas pelos servidores, o Grupo de Trabalho e a ASSEMA sistematizaram as ideias centrais, que serão

Leia mais

PLANO DE CARGOS, CARREIRA E REMUNERAÇÕES PCCR. Carreira Técnica Previdenciária. - Síntese -

PLANO DE CARGOS, CARREIRA E REMUNERAÇÕES PCCR. Carreira Técnica Previdenciária. - Síntese - PLANO DE CARGOS, CARREIRA E REMUNERAÇÕES PCCR Carreira Técnica Previdenciária - Síntese - - APRESENTAÇÃO - CRITÉRIOS PARA ADMISSÃO E PROGRESSÃO NA CARREIRA TÉCNICA PREVIDENCIÁRIA - TABELAS SALARIAIS -

Leia mais

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo ÍNDICE 1. Mensagem importante pra você... 4 2. Que tal planejar sua aposentadoria?... 5 3. Estamos juntos!... 6 4. Saiba quem pode

Leia mais

SISTEMA DE CARREIRAS E REMUNERAÇÃO

SISTEMA DE CARREIRAS E REMUNERAÇÃO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA FUNÇÃO PÚBLICA SISTEMA NACIONAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE CARREIRAS E REMUNERAÇÃO 1 SISTEMA DE CARREIRAS E REMUNERAÇÃO (SCR) O SCR, aprovado por Decreto

Leia mais

Comissão Paritária Caesb/Sindágua (DT nº. 902/2010 PR/CAESB) Proposta de Acelerador de Carreiras no Sistema de Gestão de Pessoas por Competência SGPC

Comissão Paritária Caesb/Sindágua (DT nº. 902/2010 PR/CAESB) Proposta de Acelerador de Carreiras no Sistema de Gestão de Pessoas por Competência SGPC Comissão Paritária Caesb/Sindágua (DT nº. 902/2010 PR/CAESB) Proposta de Acelerador de Carreiras no Sistema de Gestão de Pessoas por Competência SGPC RELATÓRIO FINAL Brasília DF, Março de 2011 DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

Capítulo I DOS OBJETIVOS

Capítulo I DOS OBJETIVOS PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS Capítulo I DOS OBJETIVOS Art.1º - O presente documento tem por objetivo estabelecer uma política de administração de cargos, salários e carreira para os quadros de pessoal da

Leia mais

Gestão estratégica de pessoas e planos de carreira. Módulo4 Plano de Carreira e Remuneração

Gestão estratégica de pessoas e planos de carreira. Módulo4 Plano de Carreira e Remuneração Gestão estratégica de pessoas e planos de carreira Módulo4 Plano de Carreira e Remuneração Fundação Escola Nacional de Administração Pública Presidente Gleisson Rubin Diretor de Desenvolvimento Gerencial

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 002/2003, DE 01 DE AGOSTO DE 2.003.

LEI COMPLEMENTAR Nº 002/2003, DE 01 DE AGOSTO DE 2.003. LEI COMPLEMENTAR Nº 002/2003, DE 01 DE AGOSTO DE 2.003. Dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Poder Executivo Municipal de Bela Vista MS, cria cargos efetivo e em comissão, fixa vencimentos,

Leia mais

Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências.

Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências. LEI Nº 18.802, DE 31 DE MARÇO DE 2010. Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS,

Leia mais

Como calcular o número necessário de servidores? E QUANDO O PROCESSO DE TRABALHO NÃO É QUANTIFICÁVEL COM FACILIDADE? ALTERNATIVA 2 Uma possibilidade para transpor essa restrição seria a utilização de um

Leia mais

CARTILHA CARTILHA. Gratificação de Titulação e Adicional de Qualificação. Gratificação de Titulação. e Adicional de Qualificação

CARTILHA CARTILHA. Gratificação de Titulação e Adicional de Qualificação. Gratificação de Titulação. e Adicional de Qualificação CARTILHA Atualização: Dezembro de 2010 CARTILHA Gratificação de Titulação Gratificação de Titulação e Adicional de Qualificação e Adicional de Qualificação Orientações para a concessão da Gratificação

Leia mais

Adicional de Pós-Graduação. Conceito

Adicional de Pós-Graduação. Conceito Adicional de Pós-Graduação Conceito A concessão do APG está condicionada à realização de curso de pós-graduação nos níveis de Especialização, Mestrado e Doutorado, que se enquadrem nas normas dos Conselhos

Leia mais

Plano de Empregos, Carreiras e Salários - PECS

Plano de Empregos, Carreiras e Salários - PECS Ata de aprovação de alteração 395ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da CODATA Realizada em 10 de fevereiro de 2011 Resolução do Conselho de Administração nº 01/2011 - PECS MARÇO/2005 JULHO/2012

Leia mais

Relatório Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores do TCM-BA - Produto 8 -

Relatório Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores do TCM-BA - Produto 8 - Relatório Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores do TCM-BA - Produto 8 - TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DA BAHIA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE EXTERNO DOS

Leia mais

PARABÉNS!! Seja Bem Vindo à Universidade Federal de Itajubá! Após concurso público de rigorosa seleção, você passa a integrar o quadro da UNIFEI.

PARABÉNS!! Seja Bem Vindo à Universidade Federal de Itajubá! Após concurso público de rigorosa seleção, você passa a integrar o quadro da UNIFEI. Após concurso público de rigorosa seleção, você passa a integrar o quadro da UNIFEI. PARABÉNS!! Agora, além de cidadão, você passa a ser também um Servidor do Poder Executivo Federal. Além de ansioso,

Leia mais

CARGOS, SALÁRIOS E CARREIRAS

CARGOS, SALÁRIOS E CARREIRAS CARGOS, SALÁRIOS E CARREIRAS 1 Manual de Cargos, Salários e Carreira Página 2 de 15 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Objetivos... 3 1.2 Premissas... 4 2. Estrutura do Plano de Cargos, Salários e Carreiras

Leia mais