QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo"

Transcrição

1 QUÍMICA Prof. Rodolfo 1. Considere a tabela abaixo, em que H c representa a entalpia de combustão para os compostos listados, a 25 C: Nome IUPAC Nome usual Estado físico (25 C) ΔHc kj/mol Etanol Álcool etílico Líquido 1366,8 Etano Etano Gás 1560,7 Eteno Etileno Gás 1411,2 Etino Acetileno Gás 1301,1 2,2,4-trimetilpentano Isoctano Líquido 5462,6 Com base nos dados acima, é CORRETO afirmar que: 01) as reações de combustão para os compostos listados na tabela são exotérmicas, ou seja, ocorrem com liberação de calor para o meio, e representam transformações químicas. 02) as quantidades de energia liberadas por mol a partir da combustão do acetileno e do etileno são menores que a quantidade de energia liberada por mol na combustão do etano devido à presença de ligações π no acetileno e no etileno. 04) a combustão completa de um mol de isoctano, um hidrocarboneto que é um dos principais componentes da gasolina, requer o fornecimento de 5462,6 kj de energia e a presença de 25 mol de oxigênio molecular. 08) a combustão completa do acetileno pode ser representada pela equação química 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. 16) a 25 C, o isoctano é encontrado na forma líquida em função da atuação de forças intermoleculares dipolo-dipolo, mais intensas que as forças de van der Waals presentes, por exemplo, na molécula de acetileno, que é um gás na mesma temperatura. 32) para produzir a mesma quantidade de energia proveniente da combustão de 57 g de isoctano, são necessários aproximadamente 92 g de etanol. 2. O biodiesel é um combustível derivado de fontes renováveis para uso em motores a combustão interna. Pode ser obtido pela reação de óleos vegetais ou de gorduras animais com metanol ou etanol, na presença de um catalisador. Desse processo também se obtém o glicerol, empregado na fabricação de sabonetes e cosméticos. A mamona, o dendê e a soja são espécies vegetais utilizadas, no Brasil, na produção de biodiesel. A reação, conhecida como transesterificação, envolve o equilíbrio representado a seguir. R = grupo alquílico de cadeia longa (12 a 18 carbonos). Considere as afirmações acima e assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01) O biodiesel é uma mistura dos compostos B e C. 02) Para deslocar o equilíbrio no sentido de formação do biodiesel, deve-se usar etanol em excesso. 04) A substância NaOH, conhecida como soda cáustica, pode ser utilizada como catalisador dessa reação. 08) As forças intermoleculares no composto representado pela letra B são menores do que aquelas existentes entre as moléculas de C. 16) A nomenclatura IUPAC do glicerol é 1,2,3-propanotriol. 1

2 3. A descoberta do fenômeno da isomeria, na primeira metade do século XIX, mostrou que as propriedades das substâncias químicas não dependem somente de sua composição, mas também do arranjo espacial dos átomos dentro da molécula. A tabela a seguir apresenta algumas propriedades físico-químicas de dois isômeros A e B. Com relação aos compostos A e B, qual a afirmativa correta? a) Na temperatura ambiente (25 C), o composto A é um sólido e o composto B é um gás. b) Analisando as temperaturas de ebulição e fusão, pode-se afirmar que as forças intermoleculares presentes entre as moléculas do composto B são mais intensas do que aquelas existentes entre as moléculas do composto A. c) A e B são isômeros de função. d) O composto B reage com ácidos a temperaturas elevadas levando à formação de alcenos. e) O composto A possui atividade óptica. 4. As afirmações seguintes descrevem corretamente as propriedades do aldeído propanal. I. É um líquido, em condições ambientais, solúvel em água. II. As forças intermoleculares, no estado líquido, são do tipo dipolo permanente. III. Reage com solução de nitrato de prata amoniacal, formando espelho de prata. IV. Produz um álcool quando reduzido com H 2 em presença de Ni/calor como catalisador. Para a cetona alifática mais simples, a propanona, são corretas as afirmações: a) I e II, apenas. b) II e III, apenas. c) II e IV, apenas. d) I, II e IV, apenas. e) I, III e IV, apenas As frases seguintes estão relacionadas com a descrição do acetileno. I. É um gás em condições ambientais, que apresenta baixa solubilidade em água. II. A relação entre os números de átomos de carbono e hidrogênio na sua molécula é de 1:1. III. As forças intermoleculares, no estado líquido, são do tipo van der Waals. IV. Reações de adição (por exemplo de H 2 e HX) são típicas e fáceis de ocorrer nesse composto. Duas dessas descrições se aplicam ao hidrocarboneto aromático mononuclear mais simples. Elas são: a) I e II. b) I e III. c) I e IV. d) II e III. e) II e IV. 6. A ingestão acidental de tolueno pode levar a manifestações sistêmicas caracterizadas por estímulo do sistema nervoso central, seguido de depressão, tontura e náuseas. A equação a seguir representa um dos processos de biotransformação do tolueno no organismo humano pela ação da enzima citocromo P-450. Assinale a afirmativa INCORRETA: a) As forças intermoleculares no tolueno são mais fracas que as forças no ácido benzoico. b) O tolueno e o ácido benzoico apresentam carbonos com hibridização sp 2 e sp 3. c) O ácido benzoico apresenta maior temperatura de fusão que o tolueno. d) O ácido benzoico será mais solúvel em água que o tolueno. e) As moléculas de ácido benzoico formam ligações de hidrogênio entre si. 2

3 7. Estudos recentes indicam que lagartixas podem andar pelo teto e em superfícies lisas utilizando forças intermoleculares entre essas superfícies e os filamentos microscópicos que têm nos pés (meio milhão em cada pé). Assinale o tipo de interação correspondente neste caso: a) iônica b) metálica c) covalente d) van der Waals e) nuclear TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: A(s) questão(ões) adiante está(ão) relacionada(s) com a crença de que o açúcar (sacarose) adicionado ao tanque de um automóvel pode danificar o seu motor. Tal crença pressupõe que o açúcar seja dissolvido na gasolina e que a mistura resultante seja conduzida até o motor. 8. A gasolina é uma mistura de hidrocarbonetos, dos quais o octano pode ser tomado como representante. Sua estrutura, bem como a da sacarose, é mostrada a seguir. Sobre as estruturas acima, qual das afirmações é INCORRETA? a) A molécula de n-octano é apolar. b) Entre moléculas de açúcar podem ocorrer ligações de hidrogênio. c) As forças intermoleculares no n-octano são mais fracas que as que ocorrem entre as moléculas de açúcar. d) Ocorrem ligações de hidrogênio entre as moléculas de n-octano e as de açúcar. e) As forças intermoleculares no n-octano são denominadas dipolo induzido-dipolo induzido. 9. Estudos recentes têm indicado que o uso inapropriado de lubrificantes ordinários, normalmente encontrados em farmácias e drogarias, tais como loções oleosas e cremes, que contêm vaselina, óleo mineral ou outros derivados de petróleo, acarretam danificações nos preservativos masculinos (camisinhas), os quais são feitos, geralmente, de um material denominado látex (poli-1,4-isopreno), cujo momento dipolar é aproximadamente igual a zero (ì 0), e cuja estrutura da unidade monomérica é dada a seguir: Tais danificações, geralmente, constituem-se de microrrupturas das camisinhas, imperceptíveis a olho nu, que permitem o fluxo de esperma através das mesmas, acarretando gravidez indesejável, ou na transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, particularmente a AIDS. Assinale a alternativa correta. a) Substâncias apolares seriam mais adequadas como lubrificantes dos preservativos. b) Óleos lubrificantes bastante solúveis em tetracloreto de carbono (CCl 4 ), geralmente, não interagem com o látex. c) Os óleos que provocam danificações nos preservativos são, geralmente, de natureza bastante polar. d) Substâncias, cujas forças intermoleculares se assemelham às presentes no látex, seriam mais adequadas como lubrificantes dos preservativos. e) Substâncias com elevados valores de momento de dipolo seriam mais adequadas como lubrificantes dos preservativos. 3

4 10. O experimento a seguir mostra o desvio ocorrido em um filete de água quando esta é escoada através de um tubo capilar. Considerando suas ligações interatômicas e suas forças intermoleculares, a propriedade da água que justifica a ocorrência do fenômeno consiste em: a) ser um composto iônico b) possuir moléculas polares c) ter ligações covalentes apolares d) apresentar interações de Van der Waals 11. Os agregados moleculares são mantidos por interações físicas (forças intermoleculares) distintas daquelas que originam as ligações químicas. Por exemplo, as moléculas de água são mantidas em um agregado molecular, através das ligações de hidrogênio, que são originadas das interações entre as extremidades opostas dos dipolos da água. Sobre as pontes de hidrogênio, é correto afirmar que: a) ocorrem frequentemente entre moléculas apolares, em baixas temperaturas. b) são mais fortes do que as ligações iônicas ou eletrovalentes. c) contribuem decisivamente para a ocorrência da água no estado líquido, a 25 C e 1atm. d) são forças intermoleculares originadas da interação entre dois átomos de hidrogênio. e) somente ocorrem nos agregados moleculares de água, a 25 C e 1atm. 12. A indústria farmacêutica apresentou importante inovação, a partir da década de 1960, com a introdução de medicamentos encapsulados em finas camadas de polímeros sólidos, solúveis em água. Dependendo da composição e espessura do polímero, a cápsula contendo o medicamento é dissolvida no organismo de acordo com as suas necessidades. Assinale a alternativa correta. a) Polímeros apolares seriam mais adequados na composição das cápsulas. b) Polímeros cujas forças intermoleculares diferem radicalmente das forças intermoleculares da água são muito solúveis neste solvente. c) A solubilidade dos polímeros em líquidos independe da variação da temperatura. d) A solubilidade dos sólidos que experimentam dissoluções exotérmicas, geralmente, diminui com o aumento da temperatura. e) Sólidos muito solúveis em água, geralmente, não dissociam ou ionizam nem tampouco interagem por pontes de hidrogênio. 13. O dietil éter (CH 3 CH 2 OCH 2 CH 3 ) possui ponto de ebulição 36 C, enquanto o butanol-1 (CH 3 CH 2 CH 2 CH 2 OH) possui ponto de ebulição 111 C. O butanol-1 possui ponto de ebulição maior porque a) possui maior densidade. b) apresenta maior massa molar. c) forma pontes de hidrogênio intermoleculares. d) apresenta maior cadeia carbônica. e) as forças intermoleculares predominantes são do tipo van der Waals. 14. Considere as seguintes interações: I - CH 4... CH 4 II - HBr... HBr III - CH 3 OH... H 2 O 4

5 As forças intermoleculares predominantes que atuam nas interações I, II e III são, respectivamente: a) ligação de hidrogênio, dipolo temporário, dipolo permanente b) ligação de hidrogênio, ligação de hidrogênio, dipolo temporário c) dipolo temporário, dipolo permanente, ligação de hidrogênio d) dipolo temporário, ligação de hidrogênio, dipolo permanente e) dipolo permanente, ligação de hidrogênio, dipolo temporário 15. O nitrogênio gasoso, N 2, pode ser empregado na obtenção de atmosferas inertes; o nitrogênio líquido é utilizado em cirurgias a baixas temperaturas. Qual é o tipo de ligação química existente entre átomos na molécula N 2, e que forças intermoleculares unem as moléculas no nitrogênio líquido? a) Tipo de Ligação química: covalente apolar Forças intermoleculares: van der Waals. b) Tipo de Ligação química: covalente polar Forças intermoleculares: pontes de hidrogênio. c) Tipo de Ligação química: iônica Forças intermoleculares: van der Waals. d) Tipo de Ligação química: metálica. Forças intermoleculares: pontes de hidrogênio. e) Tipo de Ligação química: covalente polar Forças intermoleculares: ação dipolo-dipolo. Resposta da questão 1: = 43. GABARITO: [01] Verdadeira. Toda combustão é uma transformação exotérmica. Isto se verifica pelo sinal negativo do Δ HC. [02] Verdadeira. A presença de ligações pi aumenta a energia que deve ser absorvida para a quebra das moléculas. Isso faz com que, ao final do processo, uma menor quantidade de energia seja liberada para a vizinhança. [04] Falsa. A reação ocorre com liberação de energia, e não com absorção. [08] Verdadeira. A equação está corretamente montada e balanceada. [16] Falsa. As forças intermoleculares no isoctano não são do tipo dipolo-dipolo, pois a molécula apresenta dipolos induzidos, e não permanentes. Portanto, são forças de dipolo temporário. [32] Verdadeira. Isoctano (C 8 H 18 ): MM = 114g/mol Assim: 114g de isoctano 5462,6 kj liberados 57g E E = 2713,3 kj Para o etanol (C 2 H 6 O): MM = 46g/mol 46g de etanol 1366,8 kj liberados m 2713,3 kj m 91,3g. Resposta da questão 2: = 22 Resposta da questão 3: [C] Resposta da questão 4: [D] Resposta da questão 5: [D] Resposta da questão 6: [B] Resposta da questão 7: [D] Resposta da questão 8: [D] Resposta da questão 9: [E] Resposta da questão 10: [B] Resposta da questão 11: [C] Resposta da questão 12: [D] Resposta da questão 13: [C] Resposta da questão 14: [C] Resposta da questão 15: [A] 5

QUÍMICA. 32. A neutralização equimolar do HClO com NaOH gera hipoclorito de sódio e água. Questão 21

QUÍMICA. 32. A neutralização equimolar do HClO com NaOH gera hipoclorito de sódio e água. Questão 21 Questão 21 QUÍMICA A irradiação é uma técnica utilizada na conservação de alimentos para inibir a germinação, retardar o amadurecimento e destruir bactérias patogênicas. Os isótopos césio 137 e cobalto

Leia mais

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares 01 I. H 2, linear (a) II. O 2, linear (a) III. H 2 O, angular (b) IV. NH 3, piramidal (c) V. CH 4, tetraédrica (e) VI. CO 2, linear (a) VII. BF 3, trigonal (d) VIII. H 2 S, angular (b) IX. CCl 4, tetraédrica

Leia mais

LIGAÇÕES INTERMOLECULARES

LIGAÇÕES INTERMOLECULARES Ligações Intermoleculares 1 LIGAÇÕES INTERMOLECULARES Introdução O que mantém as moléculas unidas nos estados líquido e sólido? Que força faz a água, contrariando a gravidade, subir por um capilar? Como

Leia mais

Questão 23 A asparagina ou ácido aspartâmico (fórmula abaixo) é um aminoácido não essencial que apresenta isomeria óptica.

Questão 23 A asparagina ou ácido aspartâmico (fórmula abaixo) é um aminoácido não essencial que apresenta isomeria óptica. QUÍMICA Questão 21 A irradiação é uma técnica utilizada na conservação de alimentos para inibir a germinação, retardar o amadurecimento e destruir bactérias patogênicas. Os isótopos césio 137 e cobalto

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares Resolução das atividades complementares 4 Química Q50 Forças intermoleculares p. 15 1 (Unifor-CE) Considerando a natureza das ligações químicas intermoleculares existentes nas substâncias: Etanol C 2 H

Leia mais

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E Questão 13 As três substâncias indicadas abaixo são usadas em remédios para gripe, devido a sua ação como descongestionantes nasais: neo-sinefrina propadrina benzedrex Essas três substâncias apresentam

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Fácil Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Médio www.quimica.net/emiliano emiliano@quimica.net Difícil Níveis de dificuldade das Questões 01. Em um frasco,

Leia mais

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 NOME: INSCRIÇÃO: RG: E-MAIL: TEL: INSTRUÇÕES Verifique se este caderno corresponde a sua opção

Leia mais

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNULLI CLÉGI E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 A glicose, C 6 6, é uma das fontes de energia mais importantes para os organismos vivos. A levedura, por exemplo, responsável

Leia mais

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal LIGAÇÃ QUÍMICA Introdução: s átomos, ao se unirem, procuram perder ou ganhar elétrons na última camada até atingirem a configuração eletrônica de um gás nobre. Teoria do octeto: s átomos dos elementos

Leia mais

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Carbono é um elemento cujos átomos podem se organizar sob a forma de diferentes alótropos. Alótropos H de combustão a 25

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA 33) Assinale a alternativa correta, na qual todas as substâncias são compostas e líquidas à temperatura ambiente. A O 3, O 2 ; CH 3 CH 2 OH B H 2 ; CO 2 ; CH 3 OH C H 2 O; NH 3 ; CO D H 2 O; CH 3 CH 2

Leia mais

Desidratação de Álcoois

Desidratação de Álcoois Desidratação de Álcoois Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Unifenas-MG) A busca de fontes alternativas, devido à possível escassez do petróleo, fez

Leia mais

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões.

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. Processo Seletivo 211 Modalidade B 3º Ano ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO Leia atentamente as instruções: 1 Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. 2 Verifique se recebeu o caderno de

Leia mais

*******************TIPO 1*******************

*******************TIPO 1******************* QUESTÕES PARA A PROVA MENSAL QUÍMICA PROF. JOÃO NETO TIPO 1 e TIPO 2 *******************TIPO 1******************* 1. Um grupo de estudantes preparou uma solução, dissolvendo 20 g de sal de cozinha em 100

Leia mais

PARECER DOS RECURSOS

PARECER DOS RECURSOS Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO ADMISSÃO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO EDITAL Nº 15/ 2012/ SED PARECER DOS RECURSOS CARGO: Professor de Química 11) Com

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32 QUÍMICA QUESTÃO 31 Considerando a Tabela Periódica e as propriedades dos elementos químicos, assinale a alternativa correta A) Um metal é uma substância dúctil e maleável que conduz calor e corrente elétrica

Leia mais

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A Questão 76 O hidrogênio natural é encontrado na forma de três isótopos de números de massa, 1, 2 e 3, respectivamente: 1 1 H, 2 1 H e 3 1 H As tabelas periódicas trazem o valor 1,008 para a sua massa atômica,

Leia mais

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira QUESTÃO 01 Neste quadro, apresentam-se as concentrações aproximadas dos íons mais abundantes em uma amostra de água típica dos oceanos e em uma amostra de água do Mar Morto: 1. Assinalando com um X a quadrícula

Leia mais

Educação Química CINÉTICA QUÍMICA

Educação Química CINÉTICA QUÍMICA CINÉTICA QUÍMICA É a parte da química que estuda a rapidez ou taxa de variação das reações e os fatores que nela influem. - Antigamente denominada de velocidade 1, é uma medida da rapidez com que são consumidos

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia 01. (Cesgranrio) Quando se adiciona cal viva (CaO) à água, há uma liberação de calor devida à seguinte reação química: CaO + H 2O Ca(OH) 2 + X kcal/mol

Leia mais

Química. Sistema Positivo de Ensino 112

Química. Sistema Positivo de Ensino 112 A proposta A proposta, para ser elaborada, buscou um panorama que explicitasse os rumos e objetivos do ensino de Química na escola. Sendo assim, priorizou um trabalho que integra diversas dimensões do

Leia mais

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR É o estudo de como os átomos estão distribuídos espacialmente em uma molécula. Dependendo dos átomos que a

Leia mais

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras 01. Equacione as seguintes reações de esterificação: 02. (Ufrs) Na reação de esterificação: os nomes dos compostos I, II e III são, respectivamente,

Leia mais

QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997

QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997 QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997 QUESTÃO 01 Os valores das sucessivas energias de ionização de um átomo constituem uma evidência empírica da existência de níveis de energia. Os diagramas abaixo pretendem representar,

Leia mais

Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares

Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares #Fases da matéria Fase é qualquer forma na qual a matéria pode existir, sólido, líquido, gás, plasma, dependendo da temperatura e da pressão. É a parte homogênea

Leia mais

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999)

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) 1- (ITA-1980) Um ânion mononuclear bivalente com 10 elétrons apresenta: a) 10 prótons nucleares b) a mesma estrutura eletrônica que a do Mg 2+. c) número de massa igual a

Leia mais

CPV o cursinho que mais aprova na fgv Fgv - 05/12/2004

CPV o cursinho que mais aprova na fgv Fgv - 05/12/2004 37 QUÍMICA 31. s irradiadores de alimentos representam hoje uma opção interessante na sua preservação. alimento irradiado, ao contrário do que se imagina, não se torna radioativo, uma vez que a radiação

Leia mais

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes.

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. 17 P R O V A D E Q UÍMICA I QUESTÃO 46 A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. Composto Pe ( o C) Solubilidade em água CH 3 CH 2

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

Box 2. Estado da solução Estado do solvente Estado do soluto Exemplos

Box 2. Estado da solução Estado do solvente Estado do soluto Exemplos MISTURA E SOLUBILIDADE Box 2 Grande parte das substancias encontradas no dia-a-dia são misturas que sob o aspecto macroscópico apresentam-se com o aspecto homogêneo (uma única fase) ou heterogêneo (mais

Leia mais

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda.

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda. 1. (G1 - ifba 2014) A respeito da geometria, polaridade e ligações químicas das moléculas dos compostos, previstas por suas estruturas de Lewis, pode-se afirmar corretamente que a) a molécula do PC 3 é

Leia mais

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação.

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação. TERMOQUIMICA Estuda a variação de energia, ou seja, a variação de temperatura nas reações químicas. Essa energia é chamada de Entalpia representada pelo símbolo H. Reação endotérmica (absorve energia)

Leia mais

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2.

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2. QUÍMICA 37 B Sabendo-se que a amônia (N 3 ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água o diclorometano (C Cl ) não possui isômeros Sua molécula apresenta polaridade, devido

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess 01. (Unesp - adaptada) Definir, ou conceituar, e discutir, usando exemplos quando julgar conveniente: a) entalpia molar padrão de formação de uma substância;

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS. Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota:

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS. Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota: ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS Disciplina: Química Ensino Médio Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota: Série: 2º ano 3º Bimestre Data: 04/09/2015 Professor: Júnior Aluno(a): N

Leia mais

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são QUÍMIA 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o átomo de hidrogênio que era consistente com o modelo de Rutherford e explicava o espectro do átomo daquele elemento. A teoria de Bohr já não é a última

Leia mais

5. (Espcex (Aman) 2013) Uma amostra de 5 g de hidróxido de sódio (NaOH) impuro foi dissolvida em água suficiente para formar 1L de solução.

5. (Espcex (Aman) 2013) Uma amostra de 5 g de hidróxido de sódio (NaOH) impuro foi dissolvida em água suficiente para formar 1L de solução. 1. (Enem ª aplicação 010) Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos: 1. A maioria dos produtos

Leia mais

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes.

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes. Questão 01) Sejam dados os processos abaixo:. Fe(s) Fe(l).. H 2 O(l) H 2 (g) + 1/2 O 2 (g) C(s) + O 2 (g) CO 2 (g) V. H 2 O(v) H 2 O(s) V. NH 3 (g) 1/2 N 2 (g) + 3/2 N 2 (g) A opção que representa somente

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA II. Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N = 6,0x10 23. A) 4,1x10-14 B) 4,1x10-22 D) 4,1x10-18 C) 1,0x10-18 E) 1,0x10 15

PROVA DE QUÍMICA II. Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N = 6,0x10 23. A) 4,1x10-14 B) 4,1x10-22 D) 4,1x10-18 C) 1,0x10-18 E) 1,0x10 15 PROVA DE QUÍMCA 01. A concentração de um gás poluente na atmosfera, medida a 1 atm e 27ºC, é de 1 ppm. A concentração desse poluente, em moléculas/cm 3 de ar, é igual a Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N =

Leia mais

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO QUÍMICA CURS API 15. hidróxido de magnésio, Mg() 2, massa molar 58,3 g mol 1, apresenta propriedades antiácidas e laxativas. Ao ser ingerido, reage com o ácido clorídrico presente no estômago, formando

Leia mais

EX Y > EX=Y > EX Y Etripla > Edupla > Esimples RESUMO EXERCÍCIO RESOLVIDO

EX Y > EX=Y > EX Y Etripla > Edupla > Esimples RESUMO EXERCÍCIO RESOLVIDO Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 06 Termoquímica Outros Tipos de ΔH e Energia de Ligação RESUMO ΔH nas mudanças de estado: o ΔH quando 1 mol de substância muda de estado físico

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 35. Resolução Alternativa E + 3. Fe + 3OH Fe(OH) (19) 3251-1012 www.elitecampinas.com.br O ELITE RESOLVE IME 2008 TESTES QUÍMICA

QUÍMICA QUESTÃO 35. Resolução Alternativa E + 3. Fe + 3OH Fe(OH) (19) 3251-1012 www.elitecampinas.com.br O ELITE RESOLVE IME 2008 TESTES QUÍMICA (9) 5-0 ELITE RESLVE IME 008 TESTES QUÍMIA QUÍMIA QUESTÃ Segundo a teoria dos orbitais, as ligações covalentes são formadas a partir da interpenetração dos orbitais atômicos. Esta interpenetração leva

Leia mais

Exercícios Sobre LigaÇões iônicas

Exercícios Sobre LigaÇões iônicas Exercícios Sobre LigaÇões iônicas Dados: 01. (Ufrj - adaptado) A caiação é um processo tradicionalmente utilizado na pintura de casas. Uma das maneiras de se preparar o pigmento consiste em misturar cal

Leia mais

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS Respostas dos Exercícios 1 RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1 1. a) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 b) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 c) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 1 d) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 2 e) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2

Leia mais

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º Data: / /2012 Química 2º Ano Jesus 2ª UA B Nome completo: N.º ASSUNTO: TERMOQUÍMICA e CNÉTICA QUÍMICA PROFESSOR: JESUS I-Termoquímica Conceito: É o estudo das trocas de energia, na forma de calor, envolvidas

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Química 26. Alternativa (C) Assunto: Propriedades físicas das substâncias densidade Os materiais apresentam diferentes densidades e mesma massa envolvida logo,

Leia mais

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 04 Termoquímica Entalpia (H) e Fatores que Alteram o ΔH RESUMO Entalpia (H) é a quantidade total de energia de um sistema que pode ser trocada na

Leia mais

e hexafluoreto de enxofre

e hexafluoreto de enxofre 4. (Mackenzie 05) Os gases do efeito estufa envolvem a Terra e fazem parte da atmosfera. Estes gases absorvem parte da radiação infravermelha refletida pela superfície terrestre, impedindo que a radiação

Leia mais

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g.

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g. QUÍMICA 01 Cardiologistas costumam recomendar a redução no consumo de sal de cozinha para pessoas hipertensas porque ele é a principal fonte de íons sódio da alimentação. De acordo com dados da rganização

Leia mais

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s)

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s) ITA 2001 DADOS CONSTANTES Constante de Avogadro = 6,02 x 10 23 mol 1 Constante de Faraday (F) = 9,65 x 10 4 Cmol 1 Volume molar de gás ideal = 22,4L (CNTP) Carga Elementar = 1,602 x 10 19 C Constante dos

Leia mais

Isomeria plana. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com

Isomeria plana. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com Isomeria plana 01. (Uerj) A gasolina é uma mistura de hidrocarbonetos diversos que apresenta, dentre outros, os seguintes componentes: Os pares de componentes I - II e I - III apresentam isomeria plana,

Leia mais

S 2 O 5 (aq) + 2 H + (aq) " 2 SO 2(aq) + H 2 O (,) 2 (aq) + 2 OH (aq) " 2 SO 3 2 (aq) + H 2 O (,) QUESTÃO 2. Combustível.

S 2 O 5 (aq) + 2 H + (aq)  2 SO 2(aq) + H 2 O (,) 2 (aq) + 2 OH (aq)  2 SO 3 2 (aq) + H 2 O (,) QUESTÃO 2. Combustível. Química QUESTÃO 1 O metabissulfito de potássio (K 2 S 2 O 5 ) e o dióxido de enxofre (SO 2 ) são amplamente utilizados na conservação de alimentos como sucos de frutas, retardando a deterioração provocada

Leia mais

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)?

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? EXERCÍCIOS REVISÃO 1ª série 1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? 2. Qual a fórmula do composto formado entre o potássio, K (Z = 19) e o enxofre, S (Z =

Leia mais

Claudi Cândia /Sara Regina. Aluno(a): PROVA COMENTADA

Claudi Cândia /Sara Regina. Aluno(a): PROVA COMENTADA QUÍMICA AVALIAÇÃO Claudi Cândia /Sara Regina Aluno(a): PROVA COMENTADA III UNIDADE Nota: Série: 2 a Ensino Médio Turma: A / B / C / D Data: 14/08/2015 1. A prova é composta de 07 questões abertas e 03

Leia mais

A B σ σ + A B C A + A B C C

A B σ σ + A B C A + A B C C REAÇÕES DE ADIÇÃO As reações de adição ocorrem com a entrada de novos átomos na molécula, sem que esta perca nenhum dos átomos constituintes de sua estrutura. Tais reações podem ocorrer com a quebra de

Leia mais

Projeto rumo ao ita. Química. Exercícios de Fixação. Exercícios Propostos. Termodinâmica. ITA/IME Pré-Universitário 1. 06. Um gás ideal, com C p

Projeto rumo ao ita. Química. Exercícios de Fixação. Exercícios Propostos. Termodinâmica. ITA/IME Pré-Universitário 1. 06. Um gás ideal, com C p Química Termodinâmica Exercícios de Fixação 06. Um gás ideal, com C p = (5/2)R e C v = (3/2)R, é levado de P 1 = 1 bar e V 1 t = 12 m³ para P 2 = 12 bar e V 2 t = 1m³ através dos seguintes processos mecanicamente

Leia mais

Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula

Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula Propriedades das Soluções Classificação das Misturas: Soluções e Dispersões Classificação das soluções O Processo de Dissolução em soluções Relações

Leia mais

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES META Apresentar os fatores que influenciam no processo de dissolução. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: reconhecer um processo de dissolução; identificar

Leia mais

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 Nome: Nº de Inscrição: Assinatura: Questão Valor Grau 1 a 2,0 2 a 2,0 3 a 2,0 4 a 2,0 5 a 2,0 Total 10,0 IMPORTANTE: 1) Explique e justifique a resolução de todas as questões.

Leia mais

Química 2. Módulo 9: Termoquímica ATIVIDADE III

Química 2. Módulo 9: Termoquímica ATIVIDADE III Química Módulo 9: Termoquímica 1. (UNESP/010) A tabela apresenta informações sobre as composições químicas e as entalpias de combustão para três diferentes combustíveis que podem ser utilizados em motores

Leia mais

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS UNIDADE 2 - LIGAÇÕES INTERATÔMICAS 2.1. FORÇAS DE LIGAÇÃO FORTES Importante conhecer-se as atrações que mantêm os átomos unidos formando os materiais sólidos. Por exemplo, uma peça de cobre contém 8,4x10

Leia mais

IX Olimpíada Catarinense de Química 2013. Etapa I - Colégios

IX Olimpíada Catarinense de Química 2013. Etapa I - Colégios I Olimpíada Catarinense de Química - 2013 I Olimpíada Catarinense de Química 2013 Etapa I - Colégios Imagem: Oxidação Fonte:Gilson Rocha Reynaldo, 2013 Primeiro Ano Conselho Regional de Química CRQ III

Leia mais

Sabendo-se que a substancia em questão é composta de apenas Carbono, Hidrogênio e Oxigênio, podemos esquematizar a seguinte equação:

Sabendo-se que a substancia em questão é composta de apenas Carbono, Hidrogênio e Oxigênio, podemos esquematizar a seguinte equação: QUíMICA Alan, Kaires e Neuzimar Dados que poderão ser utilizados nas questões da prova de Química: Número atômico: H = 1; C = 6; N = 7; 0= 8; F = 9; Na :: 11; Si = 14; S = 16 e Ca :: 20. Massa atômica:

Leia mais

a) Incorreta. O aumento da temperatura desloca o equilíbrio para o lado direito, no sentido da formação do vapor (transformação endotérmica).

a) Incorreta. O aumento da temperatura desloca o equilíbrio para o lado direito, no sentido da formação do vapor (transformação endotérmica). 01 a) Incorreta. O aumento da temperatura desloca o equilíbrio para o lado direito, no sentido da formação do vapor (transformação endotérmica). b) Incorreta. Quanto mais volátil o líquido, menor será

Leia mais

Propriedades Físicas de alguns compostos

Propriedades Físicas de alguns compostos Propriedades Físicas de alguns compostos Tipo de ligação e temperatura de fusão COMPOSTO Tipo de ligação T fusão / o C NaCl iónica 801 Cu metálica 1083 Si covalente 1410 H 2 O intermolecular 0 C 6 H 6

Leia mais

concentração do íon bicarbonato depende fortemente do fluxo salivar e a termodinâmica desse sistema é complicada pelo fato de envolver o gás

concentração do íon bicarbonato depende fortemente do fluxo salivar e a termodinâmica desse sistema é complicada pelo fato de envolver o gás UFU -2011/1 1-Existe uma série de substâncias de mesma fórmula molecular, mas cujos arranjos espaciais são tais que suas estruturas são relacionadas entre si como a imagem não sobreponível refletida em

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Química Ligações Químicas

Exercícios com Gabarito de Química Ligações Químicas Exercícios com Gabarito de Química Ligações Químicas 1) (FATEC-2009) Considere as seguintes informações sobre os elementos X e. Elemento N de elétrons na última camada Período 0 6 2 X 4 2 A combinação

Leia mais

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 / Nome: nº 1. Atualmente, a troposfera é constituída por espécies maioritárias, como o azoto, N 2, o oxigénio,

Leia mais

TERMOQUÍMICA. Desta forma podemos dizer que qualquer mudança química geralmente envolve energia.

TERMOQUÍMICA. Desta forma podemos dizer que qualquer mudança química geralmente envolve energia. TERMOQUÍMICA 1 Introdução A sociedade moderna depende das mais diversas formas de energia para sua existência. Quase toda a energia de que dependemos é obtida a partir de reações químicas, como a queima

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALFREDO DA SILVA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA ALFREDO DA SILVA PLANIFICAÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALFREDO DA SILVA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA ALFREDO DA SILVA PLANIFICAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALFREDO DA SILVA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA ALFREDO DA SILVA PLANIFICAÇÃO DISCIPLINA QUÍMICA 12º ANO Metas curriculares Metais e ligas metálicas Combustíveis, energia e ambiente

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA Hibridização Revisão - Química Orgânica Básica 1 Tabela Periódica 2 Moléculas Diatômicas 3 Moléculas Poliatômicas 4 Eletronegatividade 5 A interação da luz e a matéria 6 Hibridização

Leia mais

QUÍMICA. Questão 01. A configuração eletrônica de um átomo X Z

QUÍMICA. Questão 01. A configuração eletrônica de um átomo X Z QUÍMICA Questão 01 A A configuração eletrônica de um átomo X Z é [ X ]. Determine: a) os valores de Z e de n, para que a configuração eletrônica [X] ns 2 (n 1)d 10 np (n+1) represente um elemento químico

Leia mais

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente,

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente, 01. (UFGRS/2002) O gráfico abaixo representa a curva de densidade versus temperatura para duas substâncias que são líquidos à temperatura ambiente: água e tetracloreto de carbono. as substâncias A, B e

Leia mais

Leonnardo Cruvinel Furquim TERMOQUÍMICA 2

Leonnardo Cruvinel Furquim TERMOQUÍMICA 2 Leonnardo Cruvinel Furquim TERMOQUÍMICA 2 Calorimetria Os reagentes são colocados num recipiente de aço de paredes resistentes chamado bomba, o qual está imerso numa quantidade de água contida num recipiente

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 1 Estudo das dispersões Definição, classificação, estudo dos coloides, coeficiente de solubilidade... 1 Módulo 2 Concentração de soluções... 3 Módulo 3 Propriedades

Leia mais

unesp JABOTICABAL Programa Coleta de Óleos de Fritura

unesp JABOTICABAL Programa Coleta de Óleos de Fritura unesp JABOTICABAL Programa Coleta de Óleos de Fritura Desde maio de 2004 o LADETEL USP / RP desenvolve o projeto de reciclagem de óleo de fritura. O óleo de fritura usado é recolhido e enviado ao LADETEL

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento de Engenharia Química e do Ambiente QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) 3ª Série de Exercícios ESTADOS DA MATÉRIA Tomar (2003) 1 Estado

Leia mais

UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE

UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE 1-O iodo-132, devido à sua emissão de partículas beta e radiação gama, tem sido muito empregado no tratamento de problemas na tireoide. A curva abaixo ilustra o decaimento

Leia mais

C 5 H 12 O álcool 88g/mol. x 12,5g x = 9,94g 5CO 2 + 5H 2 O

C 5 H 12 O álcool 88g/mol. x 12,5g x = 9,94g 5CO 2 + 5H 2 O Questão 1 O esquema abaixo mostra compostos que podem ser obtidos a partir de um alceno de fórmula molecular C 5 H 10. A seguir, responda às questões relacionadas a esse esquema, considerando sempre o

Leia mais

EXERCÍCIOS (RECUPERAÇÃO)

EXERCÍCIOS (RECUPERAÇÃO) EXERCÍCIOS (RECUPERAÇÃO) Professor: ALEX ALUNO(A): DATA: 8/09/05 Físico-Química Cinética Química. A indústria de doces utiliza grande quantidade de açúcar invertido para a produção de biscoitos, bolos,

Leia mais

Água e Soluções Biológicas

Água e Soluções Biológicas Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular Disciplina de Biofísica Água e Soluções Biológicas 1. Introdução 2. A estrutura da molécula de água 2.1.

Leia mais

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS Termoquímica é a parte da química que estuda as trocas de energia entre o sistema e o meio durante a ocorrência de uma reação química ou de um processo físico. ENTALPIA É

Leia mais

2. (Ifsc 2014) A reação abaixo representa este processo: CO 3H H COH H O ΔH 12 kcal/mol

2. (Ifsc 2014) A reação abaixo representa este processo: CO 3H H COH H O ΔH 12 kcal/mol 1. (Uel 2014) A gasolina é uma mistura de vários compostos. Sua qualidade é medida em octanas, que definem sua capacidade de ser comprimida com o ar, sem detonar, apenas em contato com uma faísca elétrica

Leia mais

TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES

TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES CONCEITOS IMPORTANTES SISTEMA -É qualquer porção do universo escolhida para observação para, estudo ou análise. ENERGIA - resultado do movimento e da força gravitacional existentes

Leia mais

QUÍMICA. 4. Um professor, utilizando comprimidos de antiácido efervescente à base de NaHCO 3, realizou quatro procedimentos, ilustrados a seguir:

QUÍMICA. 4. Um professor, utilizando comprimidos de antiácido efervescente à base de NaHCO 3, realizou quatro procedimentos, ilustrados a seguir: QUÍMICA Prof. Rodrigo Rocha 1. Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos: 1) A maioria dos

Leia mais

Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com

Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com Estudo de caso Reúnam-se em grupos de máximo 5 alunos e proponha uma solução para o seguinte caso: A morte dos peixes ornamentais. Para isso

Leia mais

Fração. Página 2 de 6

Fração. Página 2 de 6 1. (Fgv 2014) De acordo com dados da Agência Internacional de Energia (AIE), aproximadamente 87% de todo o combustível consumido no mundo são de origem fóssil. Essas substâncias são encontradas em diversas

Leia mais

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005 33 QUÍMICA 106. Compostos hidratados são sólidos que apresentam moléculas de água em sua estrutura e são mais comuns do que se imagina. Um exemplo disso são os tetos dos cômodos de nossas casas, que podem

Leia mais

QUÍMICA. Lista de Exercícios Isomeria Geométrica e Óptica

QUÍMICA. Lista de Exercícios Isomeria Geométrica e Óptica QUÍMIA Prof. Rodrigo Rocha Lista de Exercícios Isomeria Geométrica e Óptica 1. A reação do tetracloroetano ( 2 2 l 4 ) com zinco metálico produz cloreto de zinco e duas substâncias orgânicas isoméricas,

Leia mais

Estudos de Calor Nas Reações Químicas

Estudos de Calor Nas Reações Químicas studos de Calor Nas Reações s 1. Leia as informações a seguir: Uma árvore, em um ambiente natural a 0 C, apresentando 10 5 folhas com área média de 0,5 dm por folha, está perdendo água para a atmosfera

Leia mais

Orbitais híbridos sp 2

Orbitais híbridos sp 2 Hibridização Para entendermos o que é hibridização (também chamada de hibridação) ou um orbital híbrido nós estudaremos a molécula do metano (CH 4). A estrutura do metano experimentalmente é tetraédrica.

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Energia de Ligação 01 (Fuvest-SP) om base nos dados da tabela, EXERÍIOS DE APLIAÇÃO pode-se estimar que o da reação representada por 2(g) + l 2(g) 2 l(g), dado em kj por mol de l(g), é igual a: a) - 92,5

Leia mais

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Hidrocarbonetos

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Hidrocarbonetos FCAV/UNESP DISCIPLINA: Química Orgânica ASSUNTO: Hidrocarbonetos HIDROCARBONETOS São compostos orgânicos formados exclusivamente por átomos de carbono e de hidrogênio. Subdivisões: HIDROCARBONETOS Podem

Leia mais

PROFESSOR LOURIVAL NETO

PROFESSOR LOURIVAL NETO QUÍMICA EM 1 DIA PROFESSOR LOURIVAL NETO UBERLÂNDIA LIGAÇÕES QUÍMICAS Iônica: Ocorre devido a transferência de elétrons! Ìons mantêmse em um cristal Retículo cristalino. A força eletrostática mantém os

Leia mais

Aulas 13 e 14. Soluções

Aulas 13 e 14. Soluções Aulas 13 e 14 Soluções Definição Solução é a denominação ao sistema em que uma substância está distribuída, ou disseminada, numa segunda substância sob forma de pequenas partículas. Exemplos Dissolvendo-se

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DA MAIA

ESCOLA SECUNDÁRIA DA MAIA ESCOLA SECUNDÁRIA DA MAIA ENSINO SECUNDÁRIO INFORMAÇÃO DE PROVA/EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS ANO LETIVO 2011/ 2012 DISCIPLINA: QUÍMICA (CÓDIGO

Leia mais

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Reações orgânicas Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Introdução Quase todos os compostos orgânicos tem moléculas apolares ou com baixa polaridade; Essa característica é um fator

Leia mais

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Lista de exercícios 01. (UFBA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais