Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011"

Transcrição

1 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 3º AI UNIDADES CONTEÚDOS OBJETIVOS AULAS TÉCNICA DE ENSINO DESENVOLVIMENTO DA ATIVIDADE DE APLICAÇÃO INDICAÇÃO BIBLIOGRÁFICA COMPLEMENTAR Conhecer o professor; APRESENTAÇÃO Apresentação do professor; Apresentação dos conteúdos, da metodologia, da bibliografia e da avaliação da aprendizagem. Breve recapitulação de institutos do Processo Penal I Proporcionar aos alunos uma visão geral dos conteúdos que serão trabalhados durante o semestre; Expor a proposta de avaliação, bem como algumas advertências quanto à presença e cumprimento de prazos; 2 h/aulas Discussão e debate Plano de curso. UNIDADE I SUJEITOS DO PROCESSO Os sujeitos no Processo Penal. Classificação. Juiz. Ministério Público. Acusado e defensor. Assistente. Auxiliares da Justiça. Serventuários e Oficial de Justiça. Perito. Depositário. Administrador. Intérprete e Outros. A defesa técnica no Processo Penal; O papel do advogado de defesa e sua importância. Revisitar alguns institutos do Processo Penal I, fundamentais para compreensão das unidades a serem abordadas. Identificar os sujeitos no CPP, ressaltando as disparidades existentes entre a teoria e prática; Destacar a função dos sujeitos principais do processo (juiz, acusação e defesa), fazendo necessária filtragem das regras do CPP em relação à CF. Analisar o exercício da defesa técnica no processo penal (limites éticos, defesa de hipossuficientes), a fim de compreender a missão do 8 h/aulas 2 h/aulas Aula expositiva e ABADE, Denise Neves. Garantias do Processo Penal Acusatório. O Novo Papel do Ministério Público no Processo Penal de Partes. Rio de Janeiro: Renovar, 2005; BELLO, Enzo. Perspectivas para o Direito Penal e para um Ministério Público Republicano. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2007; CARVALHO, Luiz Gustavo Grandinetti Castanho. Processo Penal em face da

2 O papel da acusação no processo penal (a acusação pública e privada); O juiz criminal. Postura diante do sistema acusatório (princípio dispositivo x inquisitivo) advogado criminalista. Analisar o exercício da acusação no processo penal, estabelecendo as distinções entre acusação pública e privada (inclusive a figura do assistente de acusação). Analisar o papel do juiz criminal, notadamente sua postura inquisitiva na direção do processo e a compatibilidade com o sistema acusatório e com a CF. Constituição Federal. RJ: Lumen Juris, 2004; FERNANDES, Antonio Scarance. Processo Penal Constitucional. 3ª ed. SP: RT, 2003; FERRAJOLI, Luigi. Direito e Razão. SP: RT, 2002; FRANCO, Alberto Silva; STOCO, Rui (Coord.). Código de Processo Penal e sua Interpretação Jurisprudencial. Vols. 1 a 5. São Paulo: Revista dos Tribunais, LIMA, Walberto Fernandes de. Sujeitos e Atos Processuais. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2004; LOPES JR, Aury. Introdução Crítica ao Processo Penal. RJ: Lumen Juris, 2004; Processual Penal. São Paulo: Millennium; MIRABETE, Julio Fabbrini. Processo Penal. SP: Atlas, Paulo: RT, Código de Processo Penal Comentado. São Paulo: Revista dos Tribunais, Processual Penal. 15ª ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008.

3 UNIDADE II DA PRISÃO E DA LIBERDADE PROVISÓRIA Prisão processual. Prisão em flagrante. Prisão temporária. Prisão preventiva. Prisão por pronúncia e por sentença condenatória recorrível. Liberdade provisória. Liberdade provisória sem fiança. Fiança. Relaxamento e revogação de prisão. Identificar a natureza jurídica das prisões processuais, para sua compreensão do ponto de vista dogmático; Ressaltar a prisão processual como medida excepcional dentro do sistema acusatório adotado pelo legislador brasileiro; Identificar as modalidades de prisões processuais e sua compatibilidade com a CF pesquisa e proporcionar aos alunos a visão dos tribunais acerca da temática da prisão provisória no processo penal, para que assim possam analisar criticamente o distanciamento das decisões dos tribunais em relação à doutrina. Analisar casos práticos sobre o tema, a fim de aplicar os conceitos teóricos absorvidos em casos práticos da Justiça Criminal. 12 h/aulas Aula ATIVIDADE PRÁTICA Nº 1: Resolução Problema expositiva ATIVIDADE PRÁTICA Nº. 2: Resolução Problema de de Os alunos serão divididos em grupos de no máximo quatro componentes e resolverão estudos de caso sobre sujeitos processuais, prisão e liberdade provisória, voltado para a visão do Ministério Público e do advogado. Será possível a utilização da legislação e doutrina na realização das atividades. Os alunos serão divididos em grupos de no máximo quatro componentes e resolverão estudos de caso sobre sujeitos AMBOS, Kai; CHOUKR, Fauzi Hassan. A Reforma do Processo Penal. SP: Método, 2001; CARVALHO, Luiz Gustavo Grandinetti Castanho. Processo Penal em face da Constituição Federal. RJ: Lumen Juris, 2004; CRUZ, Rogério Schietti Machado. Prisão Cautelar. Dramas, Princípios e Alternativas. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2006; DELMANTO JUNIOR, Roberto. As modalidades de prisão provisória e seu prazo de duração. RJ: Renovar, 1998; FERNANDES, Antonio Scarance. Processo Penal Constitucional. 3ª ed. SP:RT, FERRAJOLI, Luigi. Direito e Razão. SP: RT, 2002; FRANCO, Alberto Silva; STOCO, Rui (Coord.). Código de Processo Penal e sua Int. Jurisprudencial. Vols. 1 a 5. São Paulo: RT. FERRARI, Eduardo Reale. Código de Processo Penal Comentários aos projetos de reforma legislativa. SP: Millennium, 2003; - GRECO FILHO, Vicente. São Paulo: Saraiva, 1997; - GOMES FILHO, Antonio Magalhães. Presunção de Inocência e Prisão Cautelar. SP:Saraiva, 1991; Tutela Cautelar no Processo Penal. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2005;. Manual de Processo Penal. 2ª ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, Processual Penal. São Paulo: Millennium;

4 UNIDADE III CITAÇÃO, INTIMAÇÃO E NOTIFICAÇÃO Dos Atos de Comunicação no Processo Penal Analisar a importância dos atos processuais de comunicação para a garantia do contraditório e da ampla defesa; Estabelecer as distinções entre os diversos atos de comunicação; Identificar os tipos de citação existentes no CPP e sua diferenciação com o processo civil; Analisar as conseqüências da citação ficta no CPP à luz da legislação infraconstitucional, da CF e da Convenção Americana dos Direitos Humanos. Analisar casos práticos sobre o tema, a fim de aplicar os conceitos teóricos absorvidos em casos práticos da Justiça Criminal, em especial sobre as inovações do art. 366 do CPP (Leis nº 9.271/96 e /2008) Preparar o(a) aluno(a) para o enfrentamento de questões do cotidiano da Justiça Criminal. pesquisa e análise em doutrina e Estimular a discussão e o debate para a execução de uma atividade em grupo. 8 h/aulas Aula ATIVIDADE PRÁTICA Nº 3: Resolução Problema expositiva de Os alunos serão divididos em grupos de no máximo quatro componentes e resolverão um estudo de casos sobre procedimentos, incluindo abordagens sobre a comunicação dos atos processuais. Será possível a utilização da legislação e doutrina na realização das atividades. DELMANTO JUNIOR, Roberto. Inatividade no Processo Penal Brasileiro. SP: RT, 2004; FERNANDES, Antonio Scarance. Processo Penal Constitucional. 3ª ed. SP:RT, GRECO FILHO, Vicente. São Paulo: Saraiva, 1997; GUARAGNI, Fábio André. A Revelia e a Suspensão Condicional do Processo Penal. Paraná: Juruá, 1997; Curso de Processo Penal. Volume III. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2006; MIRABETE, Julio Fabbrini. Processo Penal. SP: Atlas, Paulo: RT, Código de Processo Penal Comentado. São Paulo: Revista dos Tribunais, Processual Penal. 15ª ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris,

5 UNIDADE IV PROCEDIMENTOS Procedimentos: I Comum (Inovações da Lei /2008): 1) Ordinário; 2) Sumário; 3) Sumaríssimo (Juizados Especiais Criminais Lei n /1995); II Especial: 1) Júri (inovações da Lei n /2008); 2) Crimes contra a honra; 3) Crimes Funcionais ( de responsabilidade dos Funcionários Públicos); 4) Crimes de Tráfico de Drogas ilícitas (Lei n /2006); 5) Crimes de Competência Originária dos Tribunais. Estabelecer as distinções entre procedimentos comuns e especiais no CPP, com especial enfoque nas inovações trazidas pelas Leis nº /2008, /2008 e / Identificar a origem histórica do Tribunal Popular do Júri e compreender seu funcionamento sob o aspecto teórico e prático; Compreender o procedimento dos Juizados Especiais Criminais e sua tendência de privilegiar o direito penal mínimo. Identificar os diversos procedimentos existentes no CPP e na legislação extravagante; Analisar casos práticos sobre o tema, a fim de aplicar os conceitos teóricos absorvidos. Preparar o(a) aluno(a) para o enfrentamento de questões do 30 h/aulas 2 h/aulas 26/06 Aula expositiva ATIVIDADE PRÁTICA Nº 4: Resolução de problema. Os alunos serão divididos em grupos de no máximo quatro componentes e resolverão um estudo de caso sobre tema ligado aos procedimento do júri. Será possível a utilização da legislação e doutrina na realização das atividades. CAMPOS, Walfredo Cunha. O Novo Júri Brasileiro. São Paulo: Primeira Impressão, FERNANDES, Antonio Scarance. Processo Penal Constitucional. 3ª ed. SP:RT, 2003;. Teoria Geral do Procedimento e o Procedimento no Processo Penal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2006; FRANCO, Alberto Silva; STOCO, Rui (Coord.). Código de Processo Penal e sua Int. Jurisprudencial. Vols. 1 a 5. São Paulo: Revista dos Tribunais, GIACOMULLI, Nereu José. Legalidade, Oportunidade e Consenso no Processo Penal. Porto Alegre: Livraria do Advogado, GRINOVER, Ada Pellegrini et al. Juizados Especiais Criminais. São Paulo: Revista dos Tribunais, LOPES JR, Aury. Introdução Crítica ao Processo Penal. RJ: Lumen Juris, Processual Penal Vol. III. São Paulo: Millennium; MIRABETE, Julio Fabbrini. Processo Penal. SP: Atlas, 2004; MOSSIN, Heráclito Antônio. Júri crimes e processo. SP: Atlas, 1999; Paulo: RT, 2009.

6 UNIDADE V SENTENÇA E COISA JULGADA Conceito. Elementos. Emendatio e Mutatio Libelli. Fundamentos e efeitos. Conteúdo da sentença condenatória. Aplicação e cálculo da pena. Intimação da sentença e coisa julgada penal. Identificar os tipos de decisões que podem ser tomadas pelo julgador no processo penal (despacho, decisões interlocutórias e sentenças). Compreender o instituto da sentença criminal e seus reflexos quando absolutória e condenatória. Análise da sentença condenatória e o cálculo da pena. Compreender os institutos da emendatio libelli e mutatio libelli. Compreender o instituto da coisa julgada criminal. Verificar a compreensão do(a) aluno(a) em relação aos temas abordados em sala de aula e indicados para pesquisa, aliando conceitos teóricos à prática. pesquisa e análise em doutrina e Estimular a discussão e o debate para a execução de uma atividade em grupo. 12 h/aulas Aula expositiva e Atividade Prática 5: Resolução de Problema O(a)s aluno(a)s farão uma análise em grupo de estudo de caso a ser distribuído em sala de aula, relativo a tema constante da Unidade V. BADARÓ, Gustavo Henrique Righi Ivahy. Correlação entre acusação e sentença. SP: RT, 2000; BOSCHI, José Antonio Paganella. Das penas e seus critérios de aplicação. Porto Alegre: Liv. do Advogado, 2000; GOMES FILHO, Antonio Magalhães. A motivação das decisões penais. SP: RT, FERRAJOLI, Luigi. Direito e Razão. SP: RT, 2002; MALAN, Diogo Rudge. A sentença incongruente no processo penal. RJ: Lumen Juris, 2003.; Paulo: RT, 2009; NASSIF, Aramis. Sentença Penal. RJ: Lumen Juris, 2005; Individualização da Pena. SP: RT, 2004; Processual Penal. 15ª ed. RJ: Lumen Juris, 2008.

7 UNIDADE VI NULIDADES Princípios gerais e classificação. Rol das nulidades. Súmulas. Atos nulos, inexistentes e irregulares. Nulidade absoluta e relativa. Compreender as nulidades e seus reflexos para o processo penal. Identificar os tipos de nulidades existentes segundo a doutrina e Compreender a disciplina das nulidades no Código de Processo Penal, e sua visão segundo a doutrina e Avalia a capacidade do(a) aluno(a) na solução de problemas relacionados às nulidades, com especial atenção para o entendimento dominante nos tribunais. pesquisa e análise em doutrina e Estimular a discussão e o debate para a execução de uma atividade em grupo. 14 h/aulas Aula Atividade Prática 6 expositiva O(a)s aluno(a)s farão uma análise em grupo de estudo de caso a ser distribuído em sala de aula, relativo aos temaa constantea da Unidades V e VI. BINDER, Alberto M. Descumprimento das Formas Processuais. RJ: Lumen Juris, 2003; FERNANDES, Paulo Sérgio Leite et al. Nulidade no processo penal. 5ª ed. SP: Malheiros, 2002; GRINOVER, Ada Pellegrini et al. As nulidades no processo penal. 8ª ed. SP: RT, 2005; Processual Penal. São Paulo: Millennium; MIRABETE, Julio Fabbrini. Processo Penal. SP: Atlas, MOSSIN, Eráclito Antônio. Nulidade no Direito Processual Penal. SP: Atlas, Paulo: RT, Manual de Processo Penal e Execução Criminal. SP: RT, Processual Penal. 16ª ed. RJ: Lumen

8 UNIDADE VII RECURSOS Teoria geral. Conceito. Pressupostos. Princípios. Efeitos. Classificação. Recurso em sentido estrito. Apelação. Protesto por novo júri. Embargos. Embargos de declaração. Infringentes e de divergência. Carta testemunhável. Recursos para os tribunais superiores (ordinário, especial, extraordinário). Agravos. Compreender os recursos a partir da análise de sua teoria geral e do duplo grau de jurisdição. Conceituar recursos e distinguilos das ações impugnativas. Analisar os pressupostos recursais objetivos e subjetivos e sua repercussão no juízo de admissibilidade. Identificar os tipos de recursos existentes no processo penal. Analisar a repercussão da Emenda Constitucional 45/2004 nos recursos extraordinário e especial. Verificar a compreensão do(a) aluno(a) em relação aos temas abordados em sala de aula e indicados para pesquisa, com o objetivo de aplicar os princípios relacionados aos recursos em casos práticos. pesquisa e análise em doutrina e Estimular a discussão e o debate para a execução de uma atividade em grupo. 32 h/aulas Aula expositiva Atividade Prática 07 O(a)s aluno(a)s farão uma análise em grupo de estudo de caso a ser distribuído em sala de aula, relativo a tema constante da Unidade VII. BRANCO, Tales Castelo. Teoria e Prática dos Recursos Criminais. SP: Saraiva, 2003; CRUZ, Rogério Schietti Machado. Garantias Processuais nos Recursos Criminais. SP: Atlas, 2002; GRINOVER, Ada Pellegrini et al. Recursos no Processo Penal. 4ª ed. SP: RT, 2005; Processual Penal. São Paulo: Millennium; MORAES, Maurício Zanoide de. Interesse e legitimação para recorrer no processo penal brasileiro. SP: RT, 2000; MOSSIN, Eráclito Antônio. Recursos em Matéria Criminal. 3ª ed. SP: Atlas, 2001; Paulo: RT, Manual de Processo Penal e Execução Criminal. SP: RT, Processual Penal. 16ª ed. RJ: Lumen Juris, 2009;

9 UNIDADE VIII HABEAS CORPUS, REVISÃO CRIMINAL E MANDADO DE SEGURANÇA EM MATÉRIA CRIMINAL Das ações impugnativas no processo penal. Das Ações Constitucionais de Habeas Corpus e Mandado de Segurança. Da Ação de Revisão Criminal. Compreender as ações impugnativas existentes no processo penal. Identificar o habeas corpus como ação constitucional para garantia da liberdade, analisando seus requisitos e principais características. Identificar a revisão criminal como forma de excepcionar a coisa julgada no processo penal. Identificar os casos de utilização do mandado de segurança e matéria penal. Verificar a compreensão do(a) aluno(a) em relação aos temas abordados em sala de aula e indicados para pesquisa, com enfoque na atuação prática. pesquisa e análise em doutrina e Estimular a discussão e o debate para a execução de uma atividade em grupo. 8 h/aulas Aula expositiva Atividade Prática 08 O(a)s aluno(a)s, por meio de elaboração de peça processual, farão uma análise em grupo de estudo de caso, relativo a temas constante da Unidade VIII. GRINOVER, Ada Pellegrini et al. Recursos no Processo Penal. 4ª ed. SP: RT, 2005; MÉDICE, Sérgio de Oliveira. Revisão Criminal. SP: RT, 1998; MIRANDA, Pontes de. História e Prática do Habeas Corpus. Tomos I e II. Campinas: Bookseller, 1999; MOSSIN, Eráclito Antônio. Mandado de Segurança em Matéria Criminal. SP: Atlas, Habeas Corpus. 7ª ed. SP: Manole, Processual Penal. São Paulo: Millennium; MIRABETE, Julio Fabbrini. Processo Penal. 16ª ed. SP: Atlas, 2004; Manual de Processo Penal e Execução Criminal. SP: RT, 2005; Processual Penal. 1ª ed. RJ: Lumen Juris, 2009; BIBLIOGRAFIA BÁSICA OBRA 1 OLIVEIRA, Eugênio Pacelli de. Curso de Processo Penal. 10ª ed. Rio de Janeiro: Lumen OBRA 2 TOURINHO FILHO, Fernando da Costa. Processo Penal. 31 ed. São Paulo: Saraiva, vs. 3 e 4. OBRA 3 BÊDE JUNIOR, Américo; SENNA, Gustavo. Princípios Paulo: RT, 2009.

10 AVALIAÇÕES PRIMEIRO BIMESTRE A nota do primeiro bimestre corresponderá ao somatório da prova escrita P1 (valor: 7,0) e as Atividades Práticas 01 e 02 (valor: 1,5). As datas da prova e das atividades práticas são as seguintes: PROVA 1: o agendamento será feito pela coordenação de curso. Atividade Prática 01: 14/03/2011; Atividade Prática 02: 11/04/2011. Obs1: Na avaliação das atividades práticas serão levados em consideração os seguintes critérios: 1) controle do tempo para elaboração; 2) clareza nas idéias; 3) uso correto da doutrina e jurisprudência; 4) uso correto da linguagem; 5) capacidade de convencimento; 6) participação e comportamento dos componentes do grupo. SEGUNDO BIMESTRE A nota do segundo bimestre corresponderá ao seguinte somatório: Prova escrita P2 (valor: 7,0) + Concurso Simulado (1,0) + Atividades Práticas 03 e 04 (valor: 1,0 cada). Critério de avaliação das atividades práticas 03 e 04: vide critérios relativos ao primeiro bimestre. As datas da prova e das atividades práticas são as seguintes: PROVA 2 (P2): o agendamento será feito pela coordenação de curso. Atividade Prática 03: 13/05/2011; Atividade Prática 04: 13/06/2011. TERCEIRO BIMESTRE A nota do terceiro bimestre corresponderá ao somatório da prova escrita P3 (valor: 7,0) e as Atividades Práticas 05 e 06 (valor: 1,5). As datas da prova e das atividades práticas são as seguintes: PROVA 1: o agendamento será feito pela coordenação de curso. Atividade Prática 05: a definir na atualização da Plano de Curso relativo ao segundo semestre. Atividade Prática 06: a definir na atualização da Plano de Curso relativo ao segundo semestre. Obs1: Na avaliação das atividades práticas serão levados em consideração os seguintes critérios: 1) controle do tempo para elaboração; 2) clareza nas idéias; 3) uso correto da doutrina e jurisprudência; 4) uso correto da linguagem; 5) capacidade de convencimento; 6) participação e comportamento dos componentes do grupo. QUARTO BIMESTRE A nota do quarto bimestre corresponderá à média da prova escrita P4 (valor: 9,0) com as Atividades Práticas 07 e 08 (valor: 2,0 cada) + Oficina de Petições Penais (6,0) + Concurso Simulado (valor: 1,0). As datas da prova e das atividades práticas são as seguintes: PROVA 1: o agendamento será feito pela coordenação de curso. Atividade Prática 09: a definir na atualização da Plano de Curso relativo ao segundo semestre; Atividade Prática 10: a definir na atualização da Plano de Curso relativo ao segundo semestre.

11 Obs1: Na avaliação das atividades práticas serão levados em consideração os seguintes critérios: 1) controle do tempo para elaboração; 2) clareza nas idéias; 3) uso correto da doutrina e jurisprudência; 4) uso correto da linguagem; 5) capacidade de convencimento; 6) participação e comportamento dos componentes do grupo. A média semestral (MS1) será calculada de acordo com a seguinte fórmula: MS1 = (B1 + B2) / 2 A média semestral (MS2) será calculada de acordo com a seguinte fórmula: MS2 = (B3 + B4) / 2 A média final (MF) será cálculada de acordo com a seguinte fórmula: MS1 + MS2/2

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: RAPHAEL BOLDT DE CARVALHO TURMA: 6 AM PLANO DE CURSO 2012/2

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/2 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 6º CN UNIDADE

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre

DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR155 1. EMENTA: Sujeitos processuais. Prisão e liberdade provisória. Atos processuais.

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Direito Processual Penal (Ritos) Carga Horária: 28 H/A 1 -Ementa A atual

Leia mais

Faculdade de Direito de Franca. Processo Penal II. I Plano de ensino. II - Programa

Faculdade de Direito de Franca. Processo Penal II. I Plano de ensino. II - Programa Faculdade de Direito de Franca Processo Penal II I Plano de ensino II - Programa 2015 2 I PLANO DE ENSINO 1. INFORMAÇÕES GERAIS: 1.1 Professor: Antonio Milton de Barros 1.2 Departamento: Direito Público

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Processo Penal II Código

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA Faculdade Milton Campos Curso: Direito Departamento: Ciências Penais FACULDADE MILTON CAMPOS Disciplina: Direito Processual Penal II Carga Horária: 80 h/a Área: Direito PLANO DE ENSINO EMENTA Atos processuais:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Processual Penal I. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º.

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Processual Penal I. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º. PLANO DE ENSINO I Identificação Disciplina Direito Processual Penal I Código PRO0065 Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º II Ementário O direito processual penal. A norma: material

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2015/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014. 1.4 Série: 3ª Turmas: A e B Turno: Diurno

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014. 1.4 Série: 3ª Turmas: A e B Turno: Diurno FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014 1. INFORMAÇÕES GERAIS: 1.1 Professor: Décio Antônio Piola 1.2 Departamento: Direito Público 1.3 Disciplina: Direito Processual Penal I 1.4 Série: 3ª

Leia mais

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AMICO, Carla Campos. Inovações decorrentes da Lei n. 11.464/07. Boletim do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, n.º 176. São Paulo, 2007. BANDEIRA, Leonardo Costa. Do

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: GUSTAVO SENNA TURMA: 6ºCN PLANO DE CURSO 2009/02 UNIDADES

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito

PLANO DE ENSINO. Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Processo Penal I PLANO DE ENSINO Código

Leia mais

PLANO DE CURSO 2010/2

PLANO DE CURSO 2010/2 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL II PROFESSOR: BRUNO ALBINO RAVARA TURMA: 2º ANO INTEGRAL PLANO DE CURSO

Leia mais

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.145 Componente Curricular: DIREITO PROCESSUAL PENAL I Código: DIR-462 CH Total: 60h Pré-requisito:

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA 1 PLANO DE ENSINO TEORIA GERAL DO PROCESSO (JUR1060) CARGA HORÁRIA 60h/a (teórica) CRÉDITOS 4 2º semestre/2015-1 Professora Mestra Waleska Mendes Cardoso OBJETIVOS DA DISCIPLINA Compreender que a intervenção

Leia mais

Metodologia: 1.1. Instrumentos: Debates, pesquisas, provas, trabalhos e leitura complementar.

Metodologia: 1.1. Instrumentos: Debates, pesquisas, provas, trabalhos e leitura complementar. Curso: Bacharelado em Ciências Jurídicas (DIR31030) Carga Horária: 80 Professor DAVID ALVES MOREIRA (Dr). Disciplina: Direito Processual Penal III Período: 7º - Ano: 2015/1 Semestre Bacharel em Direito

Leia mais

Apostila Exclusiva Direitos Autorais Reservados www.thaisnunes.com.br 1

Apostila Exclusiva Direitos Autorais Reservados www.thaisnunes.com.br 1 Direito - Técnico do TRF 4ª Região É possível estudar buscando materiais e aulas para cada uma das matérias do programa do concurso de Técnico do TRF 4ª Região. Basta disciplina e organização. Sugestão

Leia mais

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO...

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...19 DEDICATÓRIA...21 CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 23 1. Antecedentes históricos da função de advogado...23 2. O advogado na Constituição Federal...24 3. Lei de

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano Curso porá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coornação. PLANO DE CURSO 2012/2 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO I PROFESSOR: BRUNO KLIPPEL TURMA: 4º ANO INTEGRAL UNIDADE

Leia mais

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade...

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... Sumário Título I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL Capítulo I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... 35 Capítulo II APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO S/A EPTC CONCURSO PÚBLICO 01/2007

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO S/A EPTC CONCURSO PÚBLICO 01/2007 CARGO: ADVOGADO PROGRAMA RETIFICADO EM 12/12/2007 DIREITO ADMINISTRATIVO 1. Direito Administrativo: conceito, abrangência, origem e evolução histórica. 2. Administração Pública: conceito, abrangência.

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE CAMPOS

FACULDADE DE DIREITO DE CAMPOS Programa de DIREITO PROCESSUAL PENAL II 10º Período: 60 h/a. Aula: Teórica PONTO 01 Prisão. PONTO 02 Liberdade. PONTO 03 Procedimentos. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PONTO 04 Questões e Processos Incidentes. PONTO

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação

Plano de Ensino. Identificação Identificação Plano de Ensino Curso: direito Disciplina: processo penal I Ano/semestre: 2012/1º Carga horária: Total: 80h Semanal: 8h Professor: Breno José Bermudes Brandão Período/turno: 6 periodo A e

Leia mais

THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito processual civil. 42. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005. v. 1.

THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito processual civil. 42. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005. v. 1. ÁREA 5 DIREITO PROCESSUAL CIVIL, I, II, III, IV, V e VI DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Sujeitos do processo. Litisconsórcio. Intervenção de terceiros. Petição inicial. Causa de pedir. Pedido. Citação. Atos

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2010 Visitas Orientadas 72 Horas 36 horas para atividades

Leia mais

Edital nº 02/2015. Seleção de Docentes

Edital nº 02/2015. Seleção de Docentes Edital nº 02/2015 Seleção de Docentes O Diretor da Faculdade de Direito de Sorocaba, no uso de suas atribuições, FAZ saber que se encontram abertas as inscrições ao PROCESSO SELETIVO, para preenchimento

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito Processual Civil

Leia mais

As interceptações telefônicas como prova cautelar e os princípios do contraditório e da ampla defesa

As interceptações telefônicas como prova cautelar e os princípios do contraditório e da ampla defesa As interceptações telefônicas como prova cautelar e os princípios do contraditório e da ampla defesa Evandro Dias Joaquim* José Roberto Martins Segalla** 1 INTRODUÇÃO A interceptação de conversas telefônicas

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas Escola de Aperfeiçoamento do Servidor PLANO DE CURSO

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas Escola de Aperfeiçoamento do Servidor PLANO DE CURSO PLANO DE CURSO CURSO: CAPACITAÇÃO SOBRE MANUAL DE 2º GRAU APLICÁVEL AOS RECURSOS CRIMINAIS. APLICAÇÃO DA PENA. QUESTÕES JURISPRUDENCIAIS APLICÁVEIS AO DIREITO PENAL, DIREITO PROCESSUAL PENAL E LEGISLAÇÃO

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-40 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2.

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-40 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-40 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60

Leia mais

SUMÁRIO. CAPÍTULO II - Polícia Judiciária Militar... 17 1 Polícia Judiciária Militar... 17

SUMÁRIO. CAPÍTULO II - Polícia Judiciária Militar... 17 1 Polícia Judiciária Militar... 17 Direito Processual Penal Militar - 4ª Edição SUMÁRIO CAPÍTULO I Princípios... 13 1 Princípios aplicados no processo penal militar... 13 2 Lei do processo penal militar e sua aplicação... 15 3 Aplicação

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 7º CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Processo Cautelar. As ações

Leia mais

Ementário do curso de

Ementário do curso de Introdução ao Estudo de I Fase: I Carga Horária: 60 h/a Créditos: 04 A sociedade. e ordem jurídica. Conceito de justiça. e moral. Fontes do. Positivo. objetivo e subjetivo. Público e Privado. Capacidade

Leia mais

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA 1) IDENTIFICAÇÃO Código DIR269 Nome DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Créditos 04 Carga horária total 68 horas/aula (17 aulas) Semestre letivo 1.º/2012 Professor

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR121 1. EMENTA: Princípios atinentes às penas e às medidas de segurança. Tratamento penal

Leia mais

Sumário. Resumo Direito Constitucional

Sumário. Resumo Direito Constitucional Sumário 1. DIREITO CONSTITUCIONAL 1.1 Dos direitos e garantias fundamentais 1.1.1 Dos direitos e deveres individuais e coletivos 1.1.1.1 Extradição 1.1.2 Dos direitos sociais 1.1.3 Da nacionalidade 1.1.4

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 Introdução ao Direito Processual

Leia mais

Teoria Geral do Processo Penal II Carga Horária: 28 H/A

Teoria Geral do Processo Penal II Carga Horária: 28 H/A Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Teoria Geral do Processo Penal II Carga Horária: 28 H/A 1- Ementa Do conceito

Leia mais

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 08 18 14 18 14 4 2 2 Complementação Total Acumulado 08 26 42 60 76 80

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 08 18 14 18 14 4 2 2 Complementação Total Acumulado 08 26 42 60 76 80 Intificação Plano Ensino Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Ano/semestre: 2012-01 Carga horária: Total: 80H Semanal: 4H Professor: DANIEL BRIGE Período/turno 3º MAT (A e B) E NOT (A)

Leia mais

EDITAL PARA EXTRAORDINÁRIO APROVEITAMENTO NOS ESTUDOS 2011/2:

EDITAL PARA EXTRAORDINÁRIO APROVEITAMENTO NOS ESTUDOS 2011/2: FACULDADE DE DIREITO DA FUNDAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO Credenciada pela Portaria MEC n. 3.640, de 17/10/2005 DOU de 20/10/2005. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO Atendendo o disposto

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/02 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV EXECUÇÃO CIVIL PROFESSOR: LUIZ GUSTAVO TARDIN

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 Disciplina: Direito Processual Penal I Departamento III: Penal e Processo Penal Docente Responsável: Ricardo Barbosa Alves Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo:

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito Empresarial III

Leia mais

. PROFESSOR (A) RESPONSÁVEL: ALEXANDRE LEOPOLDINO POLONIATO PLANO DE CURSO

. PROFESSOR (A) RESPONSÁVEL: ALEXANDRE LEOPOLDINO POLONIATO PLANO DE CURSO FIBRA Faculdade do Instituto Brasil Instituto Brasil de Ciência e Tecnologia Ltda I.B.C.T. BR 060/153, km 97, nº 3.400, B. São João, Anápolis/GO, CEP 75.133-050 Fone: (62) 3313-3500 Site: www.fibra.edu.br

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Civil I

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Civil I COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Civil I Código: DIR- 364 Pré-requisito: Teoria Geral do Processo Período

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL Apresentação O curso de Pós-graduação em Direito Processual Civil e Práticas Processuais qualifica o participante para a aprovação em concursos públicos,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Código JUR 1020 Carga horária

Leia mais

Possibilitar ao estudante o conhecimento das noções básicas do processo civil, a partir do estudo sistematizado de seus principais institutos.

Possibilitar ao estudante o conhecimento das noções básicas do processo civil, a partir do estudo sistematizado de seus principais institutos. PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I (D-20) Área: Ciências Sociais Período: Quarto Turno: matutino Ano: 2013.1 Carga Horária: 72 H; Créd.: 04 III. Pré-Requisito:

Leia mais

Tribunal de Justiça do Piauí TJ/PI Área Judiciária Carreira de Escrivão Judicial

Tribunal de Justiça do Piauí TJ/PI Área Judiciária Carreira de Escrivão Judicial Tribunal de Justiça do Piauí TJ/PI Área Judiciária Carreira de Escrivão Judicial ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Introdução ao Estudo do Direito 1º PERÍODO Direito e perfil da Introdução ao Estudo do Direito. Direito, Estado

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS DISCIPLINAS 6 PERÍODO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS DISCIPLINAS 6 PERÍODO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS DISCIPLINAS 6 PERÍODO DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO I CARGA HORÁRIA: 36h/a Ementa Princípios Básicos da Administração Pública. Administração Pública gerencial. Descentralização,

Leia mais

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 01. 27/07/2015 Página 1 de 5. Período 8º PERÍODO

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 01. 27/07/2015 Página 1 de 5. Período 8º PERÍODO 27/07/2015 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL Disciplina PRÁTICA FORENSE CIVIL I Código 140 Curso Graduação Período 8º PERÍODO Turmas A, B e D Carga horária 77 horas-aula 64 horas-relógio

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS Conforme dispõe a Instrução Normativa MPF/SG/SA nº 001/1993, os bens classificados como IRRECUPERÁVEIS poderão

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 4 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I I (2ª PARTE TEORIA DA PENA) NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Das Penas:

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 4.208, DE 2001

PROJETO DE LEI Nº 4.208, DE 2001 PROJETO DE LEI Nº 4.208, DE 2001 Altera dispositivos do Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941 - Código de Processo Penal - relativos à prisão, medidas cautelares e liberdade, e dá outras providências.

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina

Plano de Ensino de Disciplina UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Faculdade de Direito Departamento de Direito e Processo Penal Plano de Ensino de Disciplina DISCIPLINA: DIREITO PE AL I CÓDIGO: DIN101 PRÉ-REQUISITO: DIT027 DEPARTAMENTO:

Leia mais

PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROCESSO PENAL

PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROCESSO PENAL PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROCESSO PENAL Carlos Antonio da Silva 1 Sandro Marcos Godoy 2 RESUMO: O Direito Penal é considerado o ramo jurídico mais incisivo, uma vez que restringe um dos maiores bens do

Leia mais

13 QUEIROZ, P. Direito penal: introdução crítica. São Paulo: Saraiva, 2001. 14. Direito penal: parte geral. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005. p.

13 QUEIROZ, P. Direito penal: introdução crítica. São Paulo: Saraiva, 2001. 14. Direito penal: parte geral. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005. p. 6 Referências bibliográficas 1 FALCONI, R. Lineamentos de direito penal. 2. ed. São Paulo: Cone, 1997. p. 23-43. 2 MACHADO, H. B. Estudos de direito penal tributário. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2002. 3 MACHADO,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 Disciplina: Direito Processual Civil II Departamento V Direito Processual Civil Docente Responsável: Profa. Iris Pedrozo Lippi Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo:

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista Código: DIR-460 Pré-requisito: Direito do Trabalho I Período

Leia mais

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-rei FAUF e o Prefeito Municipal de Ibirité, Antonio Pinheiro Júnior, faz saber

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D- 24 4º 04 Semanal Semestral 04 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D- 24 4º 04 Semanal Semestral 04 60 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D- 24 4º 04 Semanal Semestral 04 60 Nome da Disciplina DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Curso DIREITO D- 15 TEORIA GERAL DO PROCESSO(MATRIZ 2008/01) D- 17 TEORIA

Leia mais

NORMA PENAL EM BRANCO

NORMA PENAL EM BRANCO NORMA PENAL EM BRANCO DIREITO PENAL 4º SEMESTRE PROFESSORA PAOLA JULIEN OLIVEIRA DOS SANTOS ESPECIALISTA EM PROCESSO. MACAPÁ 2011 1 NORMAS PENAIS EM BRANCO 1. Conceito. Leis penais completas são as que

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 017/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR TEMPORÁRIO E/OU SUBSTITUTO A Universidade Federal do Acre,

Leia mais

PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre

PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre DISCIPLINA: Direito Penal I CH total: 36h PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR012 1. EMENTA: Propedêutica

Leia mais

Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Processual Civil Área: Público PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Processual Civil Área: Público PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Prática Jurídica I Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Processual Civil Área: Público PLANO DE ENSINO EMENTA Petição inicial. Requisitos.

Leia mais

AQUISIÇÕES MARÇO/ABRIL

AQUISIÇÕES MARÇO/ABRIL AQUISIÇÕES MARÇO/ABRIL NUCCI, Guilherme de Souza. Manual de direito penal: parte geral e parte especial. 7.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. 1151 p. AZEVEDO, Álvaro Villaça. Estatuto da família

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/2 DISCIPLINA: DIREITO CIVIL II (DIREITO DAS OBRIGAÇÕES) PROFESSORA: BRUNA LYRA DUQUE TURMAS:

Leia mais

O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA

O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA EDITAL Nº 018/2011 O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA,no uso de suas atribuições legais, torna público os Pontos da Prova Oral do Concurso

Leia mais

Associação Jataiense de Educação Faculdade de Administração PLANO DE ENSINO

Associação Jataiense de Educação Faculdade de Administração PLANO DE ENSINO EMENTA 1. Noções e princípios fundamentais de Direito Ambiental. 2. Tutela constitucional do meio ambiente. 3. Competências ambientais. 4. Política Nacional do Meio Ambiente. 5. Política Nacional de Recursos

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 2016. série: 4ª Turma (s): A e B Turno (s):[diurno] - [noturno] Carga Horária Semanal: 144 h/ano + 150 h/a atividades de estágio

PLANO DE ENSINO - 2016. série: 4ª Turma (s): A e B Turno (s):[diurno] - [noturno] Carga Horária Semanal: 144 h/ano + 150 h/a atividades de estágio PLANO DE ENSINO - 2016 1 INFORMAÇÕES GERAIS. Professor Doutor José Antônio de Faria Martos Departamento: Direito Público Disciplina: Prática Jurídica I série: 4ª Turma (s): A e B Turno (s):[diurno] - [noturno]

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Processual Penal I Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA Direito

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Objectivos, métodos de trabalho, programa e bibliografia Ano lectivo de 2015-2016 (1.º Ciclo, 1.º Semestre) Regente: Frederico de Lacerda da Costa Pinto OBJECTIVOS 1. Conhecer

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito das Obrigações

Leia mais

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 37 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

Leia mais

O ÔNUS DA PROVA E O SISTEMA ACUSATÓRIO NO DIREITO PROCESSUAL PENAL BRASILEIRO

O ÔNUS DA PROVA E O SISTEMA ACUSATÓRIO NO DIREITO PROCESSUAL PENAL BRASILEIRO O ÔNUS DA PROVA E O SISTEMA ACUSATÓRIO NO DIREITO PROCESSUAL PENAL BRASILEIRO Prof. Claudiney Alessandro Gonçalves Professor do Curso de Direito da Faculdade de Educação, Administração e Tecnologia de

Leia mais

Súmulas em matéria penal e processual penal.

Súmulas em matéria penal e processual penal. Vinculantes (penal e processual penal): Súmula Vinculante 5 A falta de defesa técnica por advogado no processo administrativo disciplinar não ofende a Constituição. Súmula Vinculante 9 O disposto no artigo

Leia mais

FGV DIREITO RIO GRADUAÇÃO Coordenação de Ensino

FGV DIREITO RIO GRADUAÇÃO Coordenação de Ensino DISCIPLINA: TÓPICOS EM PROCESSO CIVIL PÚBLICO E PRIVADO PROFESSOR: CLAUDIA RIBEIRO PEREIRA NUNES CARGA HORÁRIA: 60h DISCIPLINA ELETIVA EMENTA Bloco I Fundamentos dos Procedimentos do CPC Bloco II Análise

Leia mais

3.12 Questões comentadas 3.13 Questões Cespe/UNB

3.12 Questões comentadas 3.13 Questões Cespe/UNB SUMÁRIO 1. NOÇÕES INICIAIS 1.1 Sistemas Processuais Penais 1.1.1 Sistema inquisitório 1.1.2 Sistema misto (ou híbrido) 1.1.3 Sistema acusatório 1.1.4 Modelo adotado no Brasil 1.2 Fontes do Processo Penal

Leia mais

EDITAL Nº 05/2012. Processo seletivo para a contratação de Professor

EDITAL Nº 05/2012. Processo seletivo para a contratação de Professor EDITAL Nº 05/2012 Processo seletivo para a contratação de Professor Artigo 1º - A Faculdade Guanambi, mantido pela CESG Centro de Educação Superior de Guanambi, com sede à Avenida Barão do Rio Branco,

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Noções introdutórias e históricas.

Leia mais

Direito Processual Penal Especial

Direito Processual Penal Especial FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA FREDERICO DE LACERDA DA COSTA PINTO Direito Processual Penal Especial Programa (Ano lectivo de 2013-2014, 2.º ciclo, 2.º semestre) Introdução 1. Objecto

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL PORTUGUÊS

DIREITO PROCESSUAL PENAL PORTUGUÊS Germano Marques da Silva Professor da Faculdade de Direito Universidade Católica Portuguesa DIREITO PROCESSUAL PENAL PORTUGUÊS VOL. I Universidade Católica Editora Lisboa, 2013 PREFÁCIO Este livro deveria

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS ÍNDICE Código Disciplina Página DIR 02-07411 Direito Constitucional I 2 DIR 02-07417 Direito Constitucional II 3 DIR 02-00609 Direito Constitucional III 4 DIR 02-00759 Direito

Leia mais

Núcleo de Pesquisa e Extensão do Curso de Direito NUPEDIR VII MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MIC) 25 de novembro de 2014

Núcleo de Pesquisa e Extensão do Curso de Direito NUPEDIR VII MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MIC) 25 de novembro de 2014 A DELAÇÃO PREMIADA E OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DO PROCESSO PENAL Vinicius Rubert 1 Diego Alan Schofer Albrecht 2 SUMÁRIO: 1. INTRODUÇÃO. 2. DELAÇÃO PREMIADA. 3. A DELAÇÃO PREMIADA NA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS Direito Penal IV EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO Dos crimes contra a pessoa (crimes contra a vida; lesões corporais; periclitação da vida e da saúde; crimes contra a honra; crimes

Leia mais

Concurso Virtual LTDA

Concurso Virtual LTDA Concurso Virtual LTDA Banca Virtual Simulado Virtual para Ingresso no Quadro Permanente dos Serviços Auxiliares do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro Edital Virtual O Presidente da Comissão

Leia mais

Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado

Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado INTRODUÇÃO O Manual de Estágio Supervisionado tem como objetivo orientar o aluno do Curso de Direito da Universidade de Santo Amaro sobre a Prática do Estágio

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ EDITAL Nº 12/2015

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ EDITAL Nº 12/2015 1 EDITAL Nº 12/2015 2º Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da Defensoria Pública do Estado do Paraná, Comarca da Região Metropolitana de Curitiba Foro de Araucária. A DEFENSORIA PÚBLICA

Leia mais

TÍTULO: A FIANÇA CRIMINAL COMO MEDIDA CAUTELAR DIVERSA DA PRISÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE BARRETOS

TÍTULO: A FIANÇA CRIMINAL COMO MEDIDA CAUTELAR DIVERSA DA PRISÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE BARRETOS TÍTULO: A FIANÇA CRIMINAL COMO MEDIDA CAUTELAR DIVERSA DA PRISÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: DIREITO INSTITUIÇÃO: FACULDADE BARRETOS AUTOR(ES): ROBSON APARECIDO MACHADO

Leia mais

1. PRINCÍPIOS DOS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS art. 62 da Lei 9.009/95 2. OBJETIVOS DO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL

1. PRINCÍPIOS DOS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS art. 62 da Lei 9.009/95 2. OBJETIVOS DO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL 1 PROCESSO PENAL PROCESSO PENAL PONTO 1: Princípios dos Juizados Especiais Criminais PONTO 2: Objetivos PONTO 3: Competência PONTO 4: Fase Policial PONTO 5: Fase Judicial PONTO 6: Recursos PONTO 7: Atos

Leia mais

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados - ENFAM Programa de Capacitação em Poder Judiciário.

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados - ENFAM Programa de Capacitação em Poder Judiciário. Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados - ENFAM Programa de Capacitação em Poder Judiciário (aperfeiçoamento) 1. Identificação do Requerente Escola: Escola Superior da Magistratura

Leia mais

15/05/2013 MODELO DE RELAXAMENTO DA PRISÃO EM FLAGRANTE

15/05/2013 MODELO DE RELAXAMENTO DA PRISÃO EM FLAGRANTE Direito Processual Penal 2ª Fase OAB/FGV Professora Beatriz Abraão MODELO DE RELAXAMENTO DA PRISÃO EM FLAGRANTE Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da... Vara Criminal da Comarca... (especificar

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Direito de defesa no processo penal Eldio Martins de Souza Junior 1. Aspectos históricos Desde os tempos remotos que o homem convive em sociedade, já haviam comportamentos que geravam

Leia mais

PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO

PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO MARCELO ZENKNER Professor da Faculdade de Direito de Vitória, Espírito Santo, Brasil UNIDADES CONTEÚDOS OBJETIVOS TÉCNICA

Leia mais