liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás."

Transcrição

1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. Disciplina: JUR DIREITO AGRARIO Turma: B04 Subturma(s): Todas as Subturmas desta Turma Créditos: 4 Carga Horária: 60 Horas/Aula Professor: ELISIO LUIZ DE MIRANDA 1. Ementa Direito agrário: surgimento, evolução e princípios fundamentais. Fatos jurídicos agrários e sua regulamentação. Imóveis rurais: dimensionamento e classificação. Constituição Federal de 1988 e a Lei Agrária. Terras públicas e particulares. Registros. Posse e Usucapião. Reforma e política agrária. Desapropriação. Política Agrícola. Contratos Agrários. 2. Objetivos 2.1. Objetivos Gerais Propiciar ao aluno o conhecimento científico da realidade rural, visando compreender as raízes políticas, econômicas e jurídicas da atual estrutura agrária, e uma visão crítica do arcabouço jurídico agrário. Levando em conta a interdisciplinaridade, estudar os princípios fundamentais do Direito Agrário, visando preparar o discente para a atuação profissional e para a produção do conhecimento científico no âmbito do Direito Agrário, contribuindo assim para a busca da justiça social no campo Objetivos Específicos 1. Capacitar o aluno a perseguir uma constante atualização nos diversos aspectos do Direito Agrário; 2. Fornecer conhecimentos na parte do Direito Agrário; 3. Incutir a relação fundamental e indispensável entre o Direito Agrário, Direito Constitucional e o Direito Civil; 4. Auxiliar no desenvolvimento prático do raciocínio lógico-jurídico frente ao conteúdo da matéria lecionada; 5. Promover a devida atualização jurisprudencial e doutrinária, no tocante aos tópicos abordados no conteúdo programático. 3. Conteúdo Programático 1. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO AGRÁRIO: 1.1. Referências históricas sobre normas e relações jurídicas agrárias.

2 1.2. Surgimento e evolução do D. Agrário no Brasil: - Período colonial. Independência. Período Extralegal. - A lei de terras: finalidades e consequências. - Normas agrárias no Código Civil de E.C. nº 10 e ET.: Razões e Circunstâncias de sua Promulgação. - O período militar. - A CF/88 e seus regulamentos agrários. - Projetos e tendências atuais. 2. DIREITO AGRÁRIO (TEORIA): 2.1. Conceitos. Denominação Autonomia (aspectos). Justiça Agrária Conteúdo e objeto do D. Agrário Princípios do Direito Agrário Importância na atualidade. 3. IMÓVEL RURAL: 3.1. Conceito Critério adotado na sua conceituação Elementos constitutivos: prédio rústico, área contínua e destinação. 4. DIMENSIONAMENTO DOS IMÓVEIS RURAIS: 4.1. Módulo Rural: conceito, importância, elementos de sua fixação. Tipos Módulo Fiscal e seu uso atual Fração mínima de parcelamento. 5. CLASSIFICAÇÃO DOS IMÓVEIS RURAIS: 5.1. Pelo Estatuto da Terra: - Latifúndio: Conceito. Tipos: por extensão e por exploração. - Minifúndio: Conceito. Instrumento de combate ao minifúndio. - Propriedade Familiar: Histórico. Conceito. Elementos constitutivos. Sua importância no processo de reforma agrária e desenvolvimento rural. - Empresa Rural: Conceitos. Elementos: área do imóvel, forma de exploração da terra e destino da produção. Pontos de semelhança e diferenças em relação à propriedade familiar. Importância no processo de produção A Partir da CF/88 e Lei Agrária: - Pequena, Média e Grande Propriedade. Definições. - Propriedade Produtiva e Propriedade Improdutiva. 6. FORMAÇÃO TERRITORIAL: 6.1. Origem e constituição da propriedade territorial no Brasil.

3 6.2. Terras públicas e particulares (antes e após a lei de terras) Discriminação de Terras. Procedimento Administrativo e Judicial O Direito de Propriedade nas Constituições. Limitações Atuais. 7. REGISTRO DE IMÓVEIS: 7.1. Registro do Vigário ou Paroquial Registro atual de imóveis rurais. Averbações Registro Torrens. Finalidade. Procedimento. Consequências Cadastro Nacional de Imóveis Rurais Aquisição de Terras por estrangeiros Terras indígenas e de faixa de fronteira. 8. POSSE E USUCAPIÃO: 8.1. Posse civil e posse agrária: Conceitos e distinções Usucapião: Conceitos. Modalidades. Distinções Usucapião Agrária: Requisitos específicos. 9. REFORMA E POLÍTICA AGRÁRIA: 9.1. A luta pela reforma agrária no Brasil Os Planos Nacionais de Reforma Agrária: metas e possibilidades Conceito de reforma agrária Beneficiários da Reforma Agrária A importância econômica e Social da reforma agrária na atualidade Conceito de Política Agrária e Política Agrícola. Objetivos e instrumentos 10. INSTRUMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO DE TERRAS: Desapropriação: Conceito. Modalidades e distinções Desapropriação por interesse social para fins de reforma agrária: Objeto. Procedimento Administrativo. Procedimento Judicial Aquisição pelo Decreto Crédito Fundiário (Banco da Terra) Colonização: Finalidade. Importância histórica e atual Tributação da Terra (ITR): finalidade e critérios. 11. POLÍTICA AGRÍCOLA Conceito e histórico Pressupostos, objetivos e instrumentos Crédito Rural. Noções gerais e Modalidades Cooperativismo e Associativismo. 12. CONTRATOS AGRÁRIOS:

4 12.1. Conceito e Histórico Características Modalidades: Nominados Arrendamento e parceria, e inominados Princípios específicos. Enfraquecimento do princípio da liberdade contratual Elementos obrigatórios Diferenças entre arrendamento e parceria Arrendamento Rural: partes. Cláusulas obrigatórias. Prazos mínimos. Valor. Arrendamento total e arrendamento parcial Parceria Rural: Conceito. Tipos. Objetivo. Partes. Cláusulas Obrigatórias. Limites na partilha dos resultados Prorrogação e renovação dos contratos agrários e Direito de Preferência Alienação do imóvel e direito de preferência Extinção dos Contratos Agrários: causas e consequências Direito de Retenção por Benfeitorias. Considerações finais. 4. Metodologia 1. Utilização do quadro negro para explicação da matéria através de resumos e ilustrações; 2. Acompanhamento do ponto dado com as leis agrárias e da Constituição Federal; 3. Utilização de instrumentos suplementares (artigos de autores conhecidos, pesquisa à internet, matérias atualizadas dos meios de comunicação de determinadas áreas do direito agrário) que servirão de auxílio da compreensão da aprendizagem; 4. Podendo, ainda, ser utilizado recurso áudio-visual. 5. Avaliação A avaliação do aluno será realizada durante todo o curso, sendo empregados para tanto os seguintes critérios a seguir discriminados: a) Pontualidade, frequência e aprendizagem nas aulas ministradas; b) Participação e interesse na busca do conhecimento; c) Serão realizadas, no mínimo, quatro avaliações, durante o semestre, assim sendo: N1 (duas provas escritas com questões subjetivas e objetivas) e para N2 (duas provas escritas com questões subjetivas e objetivas). Excepcionalmente poderão ser substituídas as provas escritas por prova oral a critério do professor d) Caso haja necessidade, serão aplicados exercícios de revisão da matéria dada, e/ou será feita uma abordagem explicativa dos trabalhos em sala de aula. - 1ª N1: ; - 2ª N1: ; - 1ª N2: ; - 2ª N2: ) Prova com Questões Objetivas e Subjetivas 0 a 10,0 (dez) pontos ) Frequências e Participação do Aluno com trabalhos e resolução de exercícios em sala de aula 1,0 (hum) ponto.

5 OBS: As avaliações poderão ser alteradas a critério do professor 6. Bibliografia Básica BARROS, Wellington Pacheco. Curso de direito agrário. 8. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, v.1. CARVALHO, Edson Ferreira de. Manual didático de direito agrário. Curitiba: Juruá, MARQUES, Benedito Ferreira. Direito agrário brasileiro. 10. ed. São Paulo: Atlas, Bibliografia Complementar ALBUQUERQUE, João Batista Torres. Direito agrário no Brasil: doutrina, prática, julgados e legislação. Leme: Continental Jurídica, BORGES, Antonio moura. Curso completo de direito agrário: doutrina, prática, legislação complementar e jurisprudência. 3. ed. Leme: Edijuris, BORGES, Paulo Torminn. Institutos básicos de direito agrário. 10. ed. São Paulo: Saraiva, OLIVEIRA, Humberto Machado de. Princípios de direito agrário na constituição vigente. Curitiba: Juruá, OPTIZ, Silvia C. B.; OPTIZ, Osvaldo. Curso complementar de direito agrário. São Paulo: Saraiva, Atividades Externas da Disciplina (AED) Objetivo da atividade: Estabelecer relação entre a realidade do cotidiano agrário do país e os pressupostos da disciplina, bem como complementar o conteúdo da disciplina com apresentação e exposição de tema relacionado ao Direito Agrário. Descrição da atividade: Confecção de painel abordando temas relacionados à reforma agrária e política agrícola com exposição nos espaços da Escola. Cronograma: O painel deverá ser apresentado no dia Forma de registro O aluno deve expor e apresentar o painel no espaço da Escola de Direito e Relações Internacionais para o conhecimento da comunidade acadêmica. Critérios de avaliação: A realização da AED é obrigatória e será avaliada pelo professor através do registro da apresentação do painel juntamente com a entrega do relatório da atividade desempenhada, computando-se nota e frequência. Bibliografia complementar: 1. Artigo: Desapropriação para fins de reforma agrária. Aloísio Otávio Marques Marins 2. Artigo: O desenvolvimento, a reforma agrária e os assentamentos - Espaços para a contribuição de todos. Leonardo Melgarejo. file:///c:/users/usuario/desktop/o%20desenvolvimento,%20a%20reforma%20agr%c3%a1ria%20e%20os% 3. Artigo: Desapropriação para fins de reforma agrária por descumprimento da função ambiental da propriedade. Marcos Bittencourt Fowler, André Viana da Cruz, Dandara dos Santos Damas Ribeiro.

6 4. Artigo: A importância da reforma agrária. Cássio Marcelo Arruda Ericeira 9. Cronograma PLANO DE AULAS (3ª e 6ª feira) Reunião acadêmica. Aula inaugural. Apresentação do conteúdo programático, avaliações e metodologia utilizada em sala de aula Introdução ao estudo do DireitoIntrodução ao estudo do Direito Agrário Agrário Direito Agrário - Teoria Imóvel rural Classificação dos imóveis rurais Direito Agrário - Teoria Dimensionamento dos imóveis rurais Classificação dos imóveis rurais ª avaliação: 1ª N1 (prova escritacorreção e entrega da prova individual, questões objetivas e/ou subjetivas) (5ª feira) Formação territorial Formação territorial Registro de imóveis Correção e entrega da prova Reforma e política agrária Formação territorial Registro de imóveis 2ª Avaliação: 2ª N1 (prova escrita individual, questões objetivas e/ou subjetivas) (5ª feira) Posse e usucapião Reforma e política agrária Instrumentos de distribuição de terras Instrumentos de distribuição de terras Avaliação Interdisciplinar ª avaliação: 1ª N2 (prova escrita individual, questões objetivas e/ou subjetivas) (2ª feira) Correção e entrega da prova Política agrícola Correção e entrega da prova III Jornada da Cidadania Política agrícola

7 Contratos agrários Contratos agrários Contratos agrários Contratos agrários ª avaliação: 2ª N2 (prova escritacorreção e entrega da prova individual, questões objetivas e/ou subjetivas) (2ª feira) Devolução das avaliações, divulgando notas e frequências aos alunos. 10. Material de Apoio 1. Artigo: Desapropriação para fins de reforma agrária. Aloísio Otávio Marques Marins 2. Artigo: O desenvolvimento, a reforma agrária e os assentamentos - Espaços para a contribuição de todos. Leonardo Melgarejo. file:///c:/users/usuario/desktop/o%20desenvolvimento,%20a%20reforma%20agr%c3%a1ria%20e%20os% 3. Artigo: Desapropriação para fins de reforma agrária por descumprimento da função ambiental da propriedade. Marcos Bittencourt Fowler, André Viana da Cruz, Dandara dos Santos Damas Ribeiro Artigo: A importância da reforma agrária. Cássio Marcelo Arruda Ericeira Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. Dados da Impressão Impresso em 29 de Fevereiro de 2016 às 09:47 por Sua chave de acesso é E47CBD98-96B9-4A C75D1994 a partir do IP Lembre-se, todo acesso ao Sistema Acadêmico da PUC Goiás é monitorado para sua segurança.

PLANO DE ENSINO. E-mail: sirlenemontanini@hotmail.com Telefones: 8479-3709/3511-2959

PLANO DE ENSINO. E-mail: sirlenemontanini@hotmail.com Telefones: 8479-3709/3511-2959 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DO CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO UNIDADE JUR 3401 DISCIPLINA DIREITO

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2015/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2017/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO AGRÁRIO E URBANÍSTICO Código: DIR 469 a CH Total: 60h Pré-requisito: Período Letivo: 2014.2

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 9º Semestre/Noturno DISCIPLINA: Direito

Leia mais

Avaliação Conceitual: De igual forma, também será objeto de avaliação, como: Participação, assiduidade e pontualidade nas aulas.

Avaliação Conceitual: De igual forma, também será objeto de avaliação, como: Participação, assiduidade e pontualidade nas aulas. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DO CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO UNIDADE JUR 3470 DISCIPLINA DIREITO

Leia mais

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito.

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito. 1 de 7 06/02/2015 15:58 Detalhes da Disciplina Código JUR3313 Nome da Disciplina DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Carga Horária 60 Créditos 4 Ementa Objetivos Gerais Teoria Geral da Execução. Execução de Títulos

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA MISSÃO: FORMAR PROFISSIONAIS CAPACITADOS, SOCIALMENTE RESPONSÁVEIS E APTOS A PROMOVEREM AS TRANSFORMAÇÕES FUTURAS. ESTÁGIO SUPERVISIONADO LETRAS COM HABILITAÇÃO EM LÍNGUA

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1) Identificação. Código JUR 1056 12 Direito Diurno

PLANO DE ENSINO. 1) Identificação. Código JUR 1056 12 Direito Diurno PLANO DE ENSINO 1) Identificação Disciplina Direito Tributário Código JUR 1056 Turma 12 Direito Diurno Carga horária total 60 horas/aula Atividades teóricas Atividades práticas Semestre letivo 2015/1 Professor

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Unidade Acadêmica: Unidade Acadêmica de Letras, Ciências Humanas e Sociais Aplicada da Regional Jataí Curso: Direito Disciplina: Direito Civil VI Direito

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO: Curso Superior de Tecnologia em Negócios Imobiliários TURNO: Noturno DISCIPLINA: Gestão Mercadológica de Vendas SEMESTRE: 3º semestre

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Direito Constitucional, Direito do Trabalho e Direito Processual Civil.

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Direito Constitucional, Direito do Trabalho e Direito Processual Civil. PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professor: Rodrigo Barzotto Pereira de Souza rodrigo@uniarp.edu.br Período / Fase: 10º Semestre:

Leia mais

MARCELO DE SIQUEIRA FREITAS Procurador-Geral Federal

MARCELO DE SIQUEIRA FREITAS Procurador-Geral Federal ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO PROCURADORIA-GERAL FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA E PROVIMENTO DE CARGOS DE PROCURADOR FEDERAL DE 2ª CATEGORIA EDITAL Nº 24, DE 16 DE MAIO DE 2014

Leia mais

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 Curso: Administração Disciplina: Direito Público e Privado Turma: Aulas/Semana: 02 Termo Letivo: 3 1. Ementa (sumário, resumo) Introdução ao Direito. Direito Constitucional.

Leia mais

RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO CAS Nº 32/2010 DISPÕE SOBRE ALTERAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS MACHADO DE ASSIS FEMA.

RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO CAS Nº 32/2010 DISPÕE SOBRE ALTERAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS MACHADO DE ASSIS FEMA. RESOLUÇÃO CAS Nº 32/2010 DISPÕE SOBRE ALTERAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS MACHADO DE ASSIS FEMA. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR, face ao disposto no Artigo

Leia mais

Curso DIREITO. 04 h/a - 04 h/a 72 h/a 72 h/a 04

Curso DIREITO. 04 h/a - 04 h/a 72 h/a 72 h/a 04 Disciplina DIREITO EMPRESARIAL II Curso DIREITO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ PLANO DE ENSINO - 1º SEMESTRE/01 Turno/Horário VESPERTINO: Terça-feira 15h:50m/17h:30m Professor Esp. Ilza Maria da Silva

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano Curso porá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coornação. PLANO DE CURSO 2012/2 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO I PROFESSOR: BRUNO KLIPPEL TURMA: 4º ANO INTEGRAL UNIDADE

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 8º CRÉDITO: 03 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL III NOME DO CURSO: DIREITO

1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 8º CRÉDITO: 03 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 8º CRÉDITO: 03 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 Títulos de Crédito. Teoria Geral

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito Empresarial III

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA

FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA A Direção Acadêmica torna pública a inscrição para docentes e estudantes da Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza FAMETRO,

Leia mais

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA 1) IDENTIFICAÇÃO Código DIR269 Nome DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Créditos 04 Carga horária total 68 horas/aula (17 aulas) Semestre letivo 1.º/2012 Professor

Leia mais

DIREITO AGRÁRIO DC059 Código: Carga Horária: 30 Créditos: 02

DIREITO AGRÁRIO DC059 Código: Carga Horária: 30 Créditos: 02 DIREITO AGRÁRIO DC059 Código: Carga Horária: 30 Créditos: 02 Ementa: A reforma agrária no contexto jurídico Constitucional brasileiro. Definição. Conceitos e história. Função social da propriedade. Direito

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL CÓDIGO CRÉDITOS PERÍODO PRÉ-REQUISITO CO-REQUISITO

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Código JUR 1020 Carga horária

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professora: Ms. Marilu Pohlenz marilupohlenz@gmail.com Período/Fase: 2º Semestre: 1º Ano: 2015

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Tributário I PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Tributário I PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Tributário I Código: DIR -563 Pré-requisito: ------ Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 Disciplina: Direito Tributário Departamento: Direito Público Docente Responsável: Prof. MS. Oswaldo Luiz Soares Carga Horária Anual: 100 horas/aula Tipo: Anual

Leia mais

Curso DIREITO. Disciplina DIREITO ADMINISTRATIVO. Turno/Horário. Professor. Número de Créditos

Curso DIREITO. Disciplina DIREITO ADMINISTRATIVO. Turno/Horário. Professor. Número de Créditos Disciplina DIREITO ADMINISTRATIVO Professor Ilza Maria da Silva Facundes Carga Horária Semanal Curso DIREITO Carga Horária Semestral Teórica Prática Total Teórica Prática Total 0 h/a - 0 h/a 7 h/a - 7

Leia mais

Eixo de Formação Eixo de Formação Fundamental Docente: Julio Cesar da Silva Tavares

Eixo de Formação Eixo de Formação Fundamental Docente: Julio Cesar da Silva Tavares Página 1 de 6 Disciplina Curso Graduação DE GRADUACÃO Curso Semestral Código Economia I 60 Período Turma (s) Carga Horária 1º A, B e D 32 horas-aula relógio 39 horas-aula Ano 1º Semestre de 2016 Páginas

Leia mais

Unidade 3 Dos contribuintes e segurados 3.1 Contribuintes 3.2 Segurados 3.3 Filiação e inscrição.

Unidade 3 Dos contribuintes e segurados 3.1 Contribuintes 3.2 Segurados 3.3 Filiação e inscrição. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-54 PERÍODO: 9º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL. NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL:

Leia mais

DA POLITICA URBANA, AGRÍCOLA E FUNDIÁRIA E A REFORMA AGRARIA. Direito Constitucional III Profª Marianne Rios Martins

DA POLITICA URBANA, AGRÍCOLA E FUNDIÁRIA E A REFORMA AGRARIA. Direito Constitucional III Profª Marianne Rios Martins DA POLITICA URBANA, AGRÍCOLA E FUNDIÁRIA E A REFORMA AGRARIA Direito Constitucional III Profª Marianne Rios Martins DA POLÍTICA URBANA Art. 182. A política de desenvolvimento urbano, executada pelo Poder

Leia mais

Prefácio à 21a edição, xxvii Prefácio à 20a edição, xxix Prefácio à 19a edição, xxxi Prefácio à 1a edição, xxxiii PARTE I - DIREITO FINANCEIRO, 1

Prefácio à 21a edição, xxvii Prefácio à 20a edição, xxix Prefácio à 19a edição, xxxi Prefácio à 1a edição, xxxiii PARTE I - DIREITO FINANCEIRO, 1 Prefácio à 21a edição, xxvii Prefácio à 20a edição, xxix Prefácio à 19a edição, xxxi Prefácio à 1a edição, xxxiii PARTE I - DIREITO FINANCEIRO, 1 1 INTRODUÇÃO, 3 1.1 Conceito de atividade financeira do

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO 2010 Curso: Administração Disciplina: Administração de Materiais Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo) Origem e desenvolvimento

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 13 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 13 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 13 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO FIANCEIRO E ECONOMICO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL:

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/2 DISCIPLINA: DIREITO CIVIL II (DIREITO DAS OBRIGAÇÕES) PROFESSORA: BRUNA LYRA DUQUE TURMAS:

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU Sobre normas gerais Art.1º- Os cursos de especialização lato sensu, oferecidos pela Faculdade Católica

Leia mais

Debates. Utilização de diversas técnicas de dinâmica de grupo e de recursos audiovisuais. 03 aulas. Data-show. 02 aulas

Debates. Utilização de diversas técnicas de dinâmica de grupo e de recursos audiovisuais. 03 aulas. Data-show. 02 aulas Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2013/01 DISCIPLINA: DIREITO CIVIL III PROFESSORA: CRISTINA GROBÉRIO PAZÓ TURMA: 4º EM / FN UNIDADE

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA INTRODUÇÃO Os Estágios Supervisionados constam de atividades de prática pré-profissional, exercidas em situações reais de trabalho, sem vínculo empregatício,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

Encaminhamentos, processos e ações. política de contratação e gestão de pessoal. revisão do projeto pedagógico

Encaminhamentos, processos e ações. política de contratação e gestão de pessoal. revisão do projeto pedagógico CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VITÓRIA (CESV) 3.1.1.1. Organização Didático-Pedagógica (2) (3) (4) (5) previsão de alunos por turma em disciplina teórica de, no máximo, 80. relação aluno por docente, no

Leia mais

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Turno: MATUTINO/NOTURNO MATUTINO CURRICULO Nº 1 NOTURNO CURRICULO Nº 1 Reconhecido pelo Decreto nº 3.554 de 15.02.01, D.O.E. de 16.02.01. Renovação de Reconhecimento

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Civil I

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Civil I COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Civil I Código: DIR- 364 Pré-requisito: Teoria Geral do Processo Período

Leia mais

SAÚDE COLETIVA E SAÚDE DA FAMÍLIA

SAÚDE COLETIVA E SAÚDE DA FAMÍLIA Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em SAÚDE COLETIVA E SAÚDE DA FAMÍLIA Justificativa Considerando a necessidade e importância da inversão do modelo de atenção à saúde do Brasil, o Sistema Único de Saúde

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 2º SEMESTRE/2013. Curso DIREITO

PLANO DE ENSINO - 2º SEMESTRE/2013. Curso DIREITO Disciplina DIREITO ELEITORAL Professor(a) Curso DIREITO Turno/Horário NOTURNO 5ª 19h00-20h40 Turma: GILBERTO KENJI FUTADA Carga Horária Semanal 02h Carga Horária Semestral 36h Teórica Prática Total Teórica

Leia mais

PLANO DE CURSO 2010/2

PLANO DE CURSO 2010/2 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL II PROFESSOR: BRUNO ALBINO RAVARA TURMA: 2º ANO INTEGRAL PLANO DE CURSO

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS OFERECIDAS NO CURSO DE PEDAGOGIA Catálogo 2012

EMENTAS DAS DISCIPLINAS OFERECIDAS NO CURSO DE PEDAGOGIA Catálogo 2012 EP107 Introdução à Pedagogia Organização do Trabalho Pedagógico Ementa: O objetivo das ciências da educação. O problema da unidade, especificidade e autonomia das ciências da educação. A educação como

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Contratos Civil em Espécie

Leia mais

DIVERSIDADE CULTURAL, UM DESAFIO CONSTANTE DE CIDADANIA E CONSCIÊNCIA NO AMBIENTE ESCOLAR: APOIO TEÓRICO-PRÁTICO

DIVERSIDADE CULTURAL, UM DESAFIO CONSTANTE DE CIDADANIA E CONSCIÊNCIA NO AMBIENTE ESCOLAR: APOIO TEÓRICO-PRÁTICO DIVERSIDADE CULTURAL, UM DESAFIO CONSTANTE DE CIDADANIA E CONSCIÊNCIA NO AMBIENTE ESCOLAR: APOIO TEÓRICO-PRÁTICO Jessé Gonçalves Cutrim 1 RESUMO: Trata-se de um ensaio propositivo sobre Diversidade Cultural

Leia mais

CHAMADA PARA O PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM SAÚDE E PREVENÇÃO NAS ESCOLAS AO USO DE ÁLCOOL, TABACO, CRACK E OUTRAS DROGAS.

CHAMADA PARA O PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM SAÚDE E PREVENÇÃO NAS ESCOLAS AO USO DE ÁLCOOL, TABACO, CRACK E OUTRAS DROGAS. CHAMADA PARA O PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM SAÚDE E PREVENÇÃO NAS ESCOLAS AO USO DE ÁLCOOL, TABACO, CRACK E OUTRAS DROGAS. A Diretoria do Centro de Educação da Universidade Federal

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CAPACITAR EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE Nº 01/2014

CENTRO EDUCACIONAL CAPACITAR EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE Nº 01/2014 CENTRO EDUCACIONAL CAPACITAR EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE Nº 01/2014 O CENTRO EDUCACIONAL CAPACITAR, conforme critérios específicos expressos no presente edital, torna público que ESTÃO ABERTAS

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 2º SEMESTRE/2013. Curso DIREITO

PLANO DE ENSINO - 2º SEMESTRE/2013. Curso DIREITO Disciplina DIREITO EMPRESARIAL I Professor(a) Curso DIREITO Turno/Horário NOTURNO 5ª 20h55-22h35 6ª 19h00-20h40 Turma: GILBERTO KENJI FUTADA Carga Horária Semanal 04h Carga Horária Semestral 72h Teórica

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 (de autoria do Senador Pedro Simon)

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 (de autoria do Senador Pedro Simon) 1 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 (de autoria do Senador Pedro Simon) Acrescenta e altera dispositivos na Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, para incluir no ensino fundamental e médio, e nos

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Ensino Básico Os conhecimentos e capacidades a adquirir e a desenvolver pelos alunos de cada nível e de cada ciclo de ensino têm como referência os programas

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO Curso: Pedagogia PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Disciplina: Pedagogia de Projetos Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 8º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conceito de projeto. Concepções

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP Regulamento do Curricular Supervisionado do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Faculdade de

Leia mais

Teoria Geral dos Contratos. Formação dos Contratos. Extinção dos Contratos. Contratos Nominados. Contratos Inominados. Atos Unilaterais de Vontade.

Teoria Geral dos Contratos. Formação dos Contratos. Extinção dos Contratos. Contratos Nominados. Contratos Inominados. Atos Unilaterais de Vontade. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D.27 PERÍODO: 5º PERÍODO CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CIVIL III NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL. NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL. NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 9º CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL. NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 A evolução da Seguridade

Leia mais

Detalhes da Disciplina. Objetivos Gerais. Objetivos Específicos. Conteúdo Programático

Detalhes da Disciplina. Objetivos Gerais. Objetivos Específicos. Conteúdo Programático Detalhes da Disciplina Código JUR3104 Nome da Disciplina DIREITO CIVIL IV Carga Horária 60 Créditos 4 Ementa Objetivos Gerais Depósito. Mandato. Comissão. Agência e distribuição. Transporte. Seguro. Constituição

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial RELATÓRIO DE ATIVIDADES O CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Educação de Qualidade ao seu alcance EDUCAR PARA TRANSFORMAR O CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO: LICENCIATURA

Leia mais

TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL 1º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

PROGRAMA: MASTER OF MINISTRY. (M.Min. Programa de Mestrado em Ministério) Modular em Teresina (PI)

PROGRAMA: MASTER OF MINISTRY. (M.Min. Programa de Mestrado em Ministério) Modular em Teresina (PI) PROGRAMA: MASTER OF MINISTRY (M.Min. Programa de Mestrado em Ministério) Modular em Teresina (PI) 1) O seminário Servo de Cristo e a legislação vigente O Servo de Cristo respeitando a legislação vigente,

Leia mais

MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015 CURSOS DE TECNOLOGIA DE GESTÃO HOSPITALAR E PROCESSOS GERENCIAIS

MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015 CURSOS DE TECNOLOGIA DE GESTÃO HOSPITALAR E PROCESSOS GERENCIAIS MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015 CURSOS DE TECNOLOGIA DE GESTÃO HOSPITALAR E PROCESSOS GERENCIAIS INTRODUÇÃO As Atividades Complementares são consideradas componentes pedagógicos

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DEPÓSITO RECURSAL NO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO E CERCEAMENTO DE DEFESA.

FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DEPÓSITO RECURSAL NO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO E CERCEAMENTO DE DEFESA. FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DEPÓSITO RECURSAL NO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO E CERCEAMENTO DE DEFESA. PROJETO DE PESQUISA JOACIR FRANCISCO GEROLIN Projeto de pesquisa

Leia mais

Conceito de Direito Financeiro. Receita Pública. Conceito de Direito Tributário. Autonomia Didática do Direito Tributário.

Conceito de Direito Financeiro. Receita Pública. Conceito de Direito Tributário. Autonomia Didática do Direito Tributário. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D. 39 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 6, 7º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTÁRIO I NOME DO CURSO: CIÊNCIAS ECONÔMICAS

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFPE NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFPE NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR

Leia mais

Período Turma (s) Eixo de Formação Eixo de formação Profissional. Docente Professor Me. Francisco José de Oliveira

Período Turma (s) Eixo de Formação Eixo de formação Profissional. Docente Professor Me. Francisco José de Oliveira Página 1 de 7 Disciplina Curso Graduação DE GRADUACÃO Curso Semestral Código DIREITO DE FAMÍLIA 103 Período Turma (s) 7º Período A, B e D Eixo de Formação Eixo de formação Profissional Carga Horária 48

Leia mais

ATIVIDADES ACADÊMICO CIENTÍFICO CULTURAIS CARGA HORÁRIA 40 HORAS REGULAMENTO

ATIVIDADES ACADÊMICO CIENTÍFICO CULTURAIS CARGA HORÁRIA 40 HORAS REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICO CIENTÍFICO CULTURAIS CARGA HORÁRIA 40 HORAS Memo03/15- Coordenação REGULAMENTO Este regulamento padroniza a realização das atividades Acadêmico-Científico Culturais, necessárias para

Leia mais

Desenvolver de forma crítica e consciente a habilidade do aluno para aplicar os métodos jurídicos de interpretação das normas jurídicas.

Desenvolver de forma crítica e consciente a habilidade do aluno para aplicar os métodos jurídicos de interpretação das normas jurídicas. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-08 PERÍODO:2º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Hermenêutica Jurídica. NOME DO CURSO: Direito. 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Principais

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Civil III Código: DIR- 264 CH Total: 60h Pré-requisito: Direito Civil II Período

Leia mais

PARTE GERAL FUNDAMENTOS CONSTITUCIONAIS DO DIREITO TRIBUTÁRIO, 1

PARTE GERAL FUNDAMENTOS CONSTITUCIONAIS DO DIREITO TRIBUTÁRIO, 1 PARTE GERAL FUNDAMENTOS CONSTITUCIONAIS DO DIREITO TRIBUTÁRIO, 1 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO TRIBUTÁRIO, 3 1.1 Introdução, 3 1.1.1 Sistema jurídico-tributário, 3 1.2 Finalidade do Estado, 5 1.3 Atividade financeira

Leia mais

UNIFEB - CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEB EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES

UNIFEB - CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEB EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES UNIFEB - CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEB EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES A Pró-Reitora de Graduação do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 Mantena-MG INTRODUÇÃO A Faculdade de Mantena FAMA - é um estabelecimento particular de ensino superior, que visa a atender

Leia mais

Elaboração de Editais, Termos de Referência e Projetos Básicos (conhecimentos necessários do início ao fim do processo licitatório)

Elaboração de Editais, Termos de Referência e Projetos Básicos (conhecimentos necessários do início ao fim do processo licitatório) Elaboração de Editais, Termos de Referência e Projetos Básicos (conhecimentos necessários do início ao fim do processo licitatório) A CASP Online é uma entidade especializada em capacitação para o setor

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO A Comissão de Seleção de Estágio torna público o Processo Seletivo para o preenchimento de 5 (cinco) vagas para

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº02/2012 SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O PROJETO PRONERA/INCRA/UECE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº02/2012 SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O PROJETO PRONERA/INCRA/UECE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº02/2012 SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O PROJETO PRONERA/INCRA/UECE 1. PROJETO PRONERA/INCRA/UECE SELECIONA CANDIDATOS PARA DIVERSOS PERFIS O projeto PRONERA/INCRA/UECE convênio

Leia mais

Conceituar Direito em seus aspectos ideológico e científico à luz das doutrinas sobre o assunto;

Conceituar Direito em seus aspectos ideológico e científico à luz das doutrinas sobre o assunto; 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-01 PERÍODO: 1 o. CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO NOME DO CURSO: DIREITO 2.

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO 1 DA DEFINIÇÃO

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO 1 DA DEFINIÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO DE RIO CLARO ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS REUNIDAS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO GRADES 2008/2010 REGULAMENTO MARÇO 2012 (Substitui o regulamento

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-40 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2.

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-40 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-40 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 19 PERÍODO: 6 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO I NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Introdução

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Ciência da Computação Modalidade: ( X ) bacharelado ( ) licenciatura Local de funcionamento: Coração Eucarístico 01 PERFIL DO CURSO O curso de Ciência da Computação

Leia mais

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO: 2012.2 P L A N O D E E N S I N O

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO: 2012.2 P L A N O D E E N S I N O CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO: 2012.2 DISCIPLINA: AUDITORIA 6º PERÍODO PROFESSOR: CHRISTIAN ABRÃO DE OLIVEIRA CARGA HORÁRIA: 72 HORAS I. EMENTA P L A N O D E E N S I N O Ambiente de Auditoria:

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA 1 PLANO DE ENSINO TEORIA GERAL DO PROCESSO (JUR1060) CARGA HORÁRIA 60h/a (teórica) CRÉDITOS 4 2º semestre/2015-1 Professora Mestra Waleska Mendes Cardoso OBJETIVOS DA DISCIPLINA Compreender que a intervenção

Leia mais

COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO FISICA - LICENCIATURA ATIVIDADES ACADÊMICO CIENTÍFICO CULTURAIS (ATIVIDADES COMPLEMENTARES)

COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO FISICA - LICENCIATURA ATIVIDADES ACADÊMICO CIENTÍFICO CULTURAIS (ATIVIDADES COMPLEMENTARES) ATIVIDADES ACADÊMICO CIENTÍFICO CULTURAIS (ATIVIDADES COMPLEMENTARES) As Atividades Acadêmico Científico Culturais (denominadas Atividades Complementares) têm como objetivo estimular no acadêmico na obtenção

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano

PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDL) Ano lectivo 2014-2015 Introdução PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano Professor Doutor Nuno Cunha Rodrigues DIREITO DA ECONOMIA PROGRAMA Setembro 2014

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL: instrumento norteador efetivo de investimentos da IES

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL: instrumento norteador efetivo de investimentos da IES 152 AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL: instrumento norteador efetivo de investimentos da IES Silvana Alves Macedo 1 Reginaldo de Oliveira Nunes 2 RESUMO O processo da Auto-Avaliação Institucional ainda é um

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 25 PERÍODO: 5 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO II NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Segurança

Leia mais

Deliberação nº 02 / 2010 REGULAMENTO

Deliberação nº 02 / 2010 REGULAMENTO Deliberação nº 02 / 2010 Ementa: Regulamenta as Atividades Complementares dos cursos de graduação da Faculdade Guarapuava e revoga todas as portarias anteriores. REGULAMENTO Art. 1º. O presente Regulamento

Leia mais

Universidade de Cruz Alta

Universidade de Cruz Alta UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2016 Dispõe sobre a aprovação do Regulamento do Núcleo de Educação a Distância da Universidade de Cruz Alta, ============================

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Superior em Administração FORMA/GRAU: ( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( )

Leia mais

Proposta de Projeto do Curso de Extensão: ORGANIZAÇÃO CURRICULAR NA EDUCAÇÃO BÁSICA CATARINENSE

Proposta de Projeto do Curso de Extensão: ORGANIZAÇÃO CURRICULAR NA EDUCAÇÃO BÁSICA CATARINENSE ESTADO DE SANTA CATARINA Secretaria de Estado da Educação Diretoria de Educação Superior - DIES Rua Antônio Luz, 111 Centro Fpolis/SC CEP 88010-410 Proposta de Projeto do Curso de Extensão: ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Regulamento de Estágio Supervisionado Licenciatura em Música

Regulamento de Estágio Supervisionado Licenciatura em Música Regulamento de Estágio Supervisionado Licenciatura em Música CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1.º Entende-se, para efeitos dessa resolução, o estágio como ato educativo escolar supervisionado,

Leia mais

FACULDADE SÃO LUIS - MARANHÃO 2013.2 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA

FACULDADE SÃO LUIS - MARANHÃO 2013.2 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA FACULDADE SÃO LUIS - MARANHÃO 2013.2 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA A FACULDADE SÃO LUIS divulga processo seletivo para Professor

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira NOTA INFORMATIVA DO IDEB 2013 (Atualizada em maio de 2015) Os resultados do Ideb 2013 para escola, município,

Leia mais

Apoio à Valorização da Diversidade no Acesso e na Permanência na Universidade

Apoio à Valorização da Diversidade no Acesso e na Permanência na Universidade Programa 1377 Educação para a Diversidade e Cidadania Objetivo Combater as desigualdades étnico-racial, de gênero, orientação sexual, geracional, regional e cultural no espaço escolar. Justificativa Público

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA APCN - 2016

ORIENTAÇÕES PARA APCN - 2016 Identificação Área de Avaliação: Química Coordenador de Área: Adriano Lisboa Monteiro Coordenador-Adjunto de Área: Maysa Furlan Coordenador-Adjunto de Mestrado Profissional: Paulo Anselmo Ziani Suarez

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO REGULAMENTO INSTITUCIONAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO Aprovado na CamEn, na 58 a Sessão, realizada em 25/04/2007, alterado na 61ª Sessão, realizada em 11/07/2007, aprovado no CONSEPE,

Leia mais