{Arquitetura do Negócio:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "{Arquitetura do Negócio:"

Transcrição

1 {Arquitetura do Negócio: Enxuta & Ágil { }

2 Paulo Vasconcellos 25 anos em TI Desenvolvendo Software Gerenciando Projetos Analisando Negócios Treinando Palestrando Escrevendo e Fumando

3 { } A correta definição sobre o que precisa ser feito é a parte mais difícil da construção de um software. Nenhuma outra compromete tanto um projeto quando mal executada. E nenhuma é mais difícil de ser corrigida. Fred Brooks No Silver Bullet (1986)

4 Pauta Arquitetura? Uma (Re)Visão Unificada Arquitetura do Negócio Enxuta & Ágil? Arquitetura de Sistemas Lean Architecture A Proposta DCI Tudo a ver?

5 Arquitetura

6 Três Características Fundamentais* Firmitas Estável, Sustentável Utilitas Útil, Funcional Venustas Bela! * Tríade Vitruviana

7 E Uma Definição* Arquitetura é antes de mais nada construção Concebida com o propósito primordial de organizar o espaço para determinada finalidade e visando a determinada intenção Mas a intenção plástica distingue a arquitetura da simples construção. * Lúcio Costa (Wikipédia)

8 Em TI: Arquitetura Corporativa

9 Arquitetura Tecnológica Hardware, Sw Básico... O que temos

10 Arquitetura de Informações Bases de Dados... O que sabemos Hardware, Sw Básico... O que temos

11 Arquitetura de Sistemas Sistemas, Funcionalidades O que fazemos Bases de Dados... O que sabemos Hardware, Sw Básico... O que temos

12 Arquitetura do Negócio Por quê? Para quem? Sistemas, Funcionalidades O que fazemos Bases de Dados... O que sabemos Hardware, Sw Básico... O que temos

13 Arquitetura Corporativa Alguém já viu?

14 E cabeça de bacalhau?

15 Arquitetura do Negócio

16 Combinação de Quatro Peças

17 Expressa em Três Visões

18 Visão do Negócio

19 Visão da Estrutura

20 Visão dos Processos

21 Expressão?

22 Há o modo quadradão

23 Há um padrão quadradão? Business Modeling A Practical Guide to Realizing Business Value David M. Bridgeland e Ron Zahavi (Morgan Kaufmann, 2009) Business Modeling with UML Business Patterns at Work Hans-Erik Eriksson e Magnus Penker (Wiley, 2000)

24 E há modos mais... redondos

25 Para (quase) todos os Gostos:

26 Duas Sugestões The Back of the Napkin Solving Problems and Selling Ideas with Pictures Dan Roam (Portfolio, 2008) Business Model Generation Alexander Osterwalder et al (BusinessModelGeneration.com, 2010)

27 Expressam o Negócio?

28 Visão do Negócio

29 Visão da Estrutura

30 Visão dos Processos

31 Enfim, a Arquitetura do Negócio

32 Já deve ter DEV se perguntando: Onde fui amarrar meu burrinho?

33 E se a gente chamar isso aqui de Domínio?

34 Oba! DDD? TDD! SOA! DSL? AOP! OOAD? OssO?

35 Arquitetura de Sistemas

36 A gente precisa voltar aqui, no Domínio

37 E falar (pouco) sobre Complexidade Complexo Complicado Modelo Cynefin por David Snowden Emergente Desordem Boas Práticas Caótico Novo Simples Melhores Práticas

38 Complicado ou Complexo? Caótico Complexo Matriz Acordo & Certeza por Ralph Stacey Complicado Simples

39 Acordos & Dúvidas Próximo do Acordo Distante do Acordo Complexo Complicado Simples Certezas Caótico Dúvidas

40 Estrutura (Habilidade para Compreender) Estrutura & Comportamento Modelo da Estrutura-Comportamento por Jurgen Appelo Comportamento (Habilidade para Prever)

41 Estrutura (Habilidade para Compreender) Estrutura: Simples ou Complicada Simples Complicada Comportamento (Habilidade para Prever)

42 Estrutura (Habilidade para Compreender) Comportamento: Do Ordenado ao Caótico Ordenado Complexo Caótico Simples Complicada Comportamento (Habilidade para Prever)

43 Estrutura (Habilidade para Compreender) Simplificação!= Linearização Ordenado Complexo Caótico Linearização Simples Complicada Comportamento (Habilidade para Prever)

44 Mais sobre Complexidade? Management 3.0 Leading Agile Developers, Developing Agile Leaders Jurgen Appelo (Addison-Wesley, 2011)

45 Estrutura & Processos Ordenado Complexo Caótico Simples Complicada

46 Pensando o Sistema

47 Forma & Funcionalidade

48 Classes Classes e Objetos Objetos

49 Classes Classes (bem dumb) e Objetos Objetos

50 Classes Papéis (Roles) Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

51 Classes Injetando Inteligência Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

52 Classes Contexto Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

53 Classes Contexto = 1 Objeto Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

54 Classes Contexto = 1 Caso de Uso Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

55 Classes Caso de Uso é um Script (roteiro) Que ensina atores Methodfull Roles A desempenhar Papéis Methodless Roles (Interfaces) Objetos

56 Classes Pois é, Casos de Uso! Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

57 Classes Mas, o que é de fato Importante Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

58 Classes A Arquitetura é uma Só! Methodfull Roles Methodless Roles (Interfaces) Objetos

59 Sobre esta forma de pensar DCI (Data Context Interaction) Apresentada por Trygve Reenskaug, mesmo criador do MVC, em 2008 Na Wikipedia: Trabalhada por James Coplien & Gertrud BjØrnvig

60 Referências Lean Architecture For Agile Software Development James O. Coplien & Gertrud BjØrnvig (Wiley, 2010) Scaling Lean & Agile Development Craig Larman & Bas Vodde (Addison-Wesley, 2009)

61 Créditos & Débitos Apresentação liberada sob licença Creative Commons Você pode: Copiar, distribuir, exibir e executar a obra Criar obras derivadas Desde que: Dê crédito ao autor original Não tenha fins comerciais Disponibilize suas obras com a mesma licença. Esta apresentação contém imagens de HikingArtist.com, disponibilizadas com licença equivalente no Flickr.

62 Contato twitter.com/pfvasconcellos LinkedIn.com/in/pfvasconcellos pfvasconcellos facebook.com/pfvasconcellos

63 pfvasconcellos.com

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS / INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio Professor: Clarindo Isaías Pereira

Leia mais

copiar, distribuir, exibir e executar a obra Atribuição. Você deve dar crédito ao autor original, da forma especificada pelo autor ou licenciante.

copiar, distribuir, exibir e executar a obra Atribuição. Você deve dar crédito ao autor original, da forma especificada pelo autor ou licenciante. pfvasconcellos.com Créditos & Débitos Esta apostila é liberada sob a licença Creative Commons :: Atribuição Uso Não-Comercial Compartilhamento pela mesma licença 2.5 (http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/)

Leia mais

copiar, distribuir, exibir e executar a obra Atribuição. Você deve dar crédito ao autor original, da forma especificada pelo autor ou licenciante.

copiar, distribuir, exibir e executar a obra Atribuição. Você deve dar crédito ao autor original, da forma especificada pelo autor ou licenciante. pfvasconcellos.com Créditos & Débitos Esta apostila é liberada sob a licença Creative Commons :: Atribuição Uso Não-Comercial Compartilhamento pela mesma licença 2.5 (http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/)

Leia mais

Workshop. Workshop SCRUM. Rildo F Santos. rildo.santos@etecnologia.com.br. Versão 1 Ago 2010 RFS. www.etcnologia.com.br (11) 9123-5358 (11) 9962-4260

Workshop. Workshop SCRUM. Rildo F Santos. rildo.santos@etecnologia.com.br. Versão 1 Ago 2010 RFS. www.etcnologia.com.br (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 Workshop www.etcnologia.com.br (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 Rildo F Santos twitter: @rildosan skype: rildo.f.santos http://rildosan.blogspot.com/ Todos os direitos reservados e protegidos 2006 e 2010

Leia mais

Como criar, priorizar e manter o Product Backlog

Como criar, priorizar e manter o Product Backlog {apresentação} Workshop Como criar, priorizar e manter o Product Backlog www.etcnologia.com.br (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 Rildo F Santos twitter: @rildosan skype: rildo.f.santos http://rildosan.blogspot.com/

Leia mais

Escrevendo Estórias do Usuário Eficazes aula #1

Escrevendo Estórias do Usuário Eficazes aula #1 Escrevendo Estórias do Usuário Eficazes aula #1 www.etcnologia.com.br (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 Rildo F Santos twitter: @rildosan skype: rildo.f.santos http://rildosan.blogspot.com/ Versão Versão 5

Leia mais

Notas de Aula 04: Casos de uso de um sistema

Notas de Aula 04: Casos de uso de um sistema Notas de Aula 04: Casos de uso de um sistema Objetivos da aula: Aprender os elementos básicos da modelagem por casos de uso Utilizar as associações entre casos de uso, atores e demais artefatos Compreender

Leia mais

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC {apresentação} Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos twitter: @rildosan skype: rildo.f.santos (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 http://rildosan.blogspot.com/

Leia mais

Palavras-chaves: VoIP, UML, Modelagem de Negócios

Palavras-chaves: VoIP, UML, Modelagem de Negócios XXX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Maturidade e desafios da Engenharia de Produção: competitividade das empresas, condições de trabalho, meio ambiente. São Carlos, SP, Brasil, 12 a15 de outubro

Leia mais

05/05/2010. Década de 60: a chamada Crise do Software

05/05/2010. Década de 60: a chamada Crise do Software Pressman, Roger S. Software Engineering: A Practiotioner s Approach. Editora: McGraw- Hill. Ano: 2001. Edição: 5 Introdução Sommerville, Ian. SW Engineering. Editora: Addison Wesley. Ano: 2003. Edição:

Leia mais

Derivando a arquitetura inicial do software de uma central de monitoração de diabéticos a partir do modelo de Negócio da UML

Derivando a arquitetura inicial do software de uma central de monitoração de diabéticos a partir do modelo de Negócio da UML Derivando a arquitetura inicial do software de uma central de monitoração de diabéticos a partir do modelo de Negócio da UML Claudio Yua Shen Ling Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS)

Leia mais

Promoção especial para o III Congresso Cearense de Gerenciamento Certified ScrumMaster, Certified Scrum Product Owner e Management 3.

Promoção especial para o III Congresso Cearense de Gerenciamento Certified ScrumMaster, Certified Scrum Product Owner e Management 3. Promoção especial para o III Congresso Cearense de Gerenciamento Certified ScrumMaster, Certified Scrum Product Owner e Management 3.0 Sobre a GoToAgile! A GoToAgile é uma empresa Brasileira que tem seu

Leia mais

Padrões de Desenho (Design Patterns)

Padrões de Desenho (Design Patterns) Padrões de Desenho (Design Patterns) O que são padrões de desenho Porque são úteis Conhecer alguns padrões 1 Padrões (Patterns) Design Patterns Explained: A New Perspective on Object-Oriented Design, Alan

Leia mais

Modelagem de Sistemas Orientado a Objetos com UML.

Modelagem de Sistemas Orientado a Objetos com UML. 1. Capítulo 1 Introdução a Disciplina de Ana Paula Gonçalves Serra, Dr. Sobre o Professor... Ana Paula Gonçalves Serra 2 Doutora em Engenharia Elétrica Depto de Engenharia da Computação e Sistemas Digitais

Leia mais

O que é a UML? Introdução a UML. Objetivos da Modelagem. Modelos. A UML não é. Princípios da Modelagem. O que é um modelo?

O que é a UML? Introdução a UML. Objetivos da Modelagem. Modelos. A UML não é. Princípios da Modelagem. O que é um modelo? O que é a UML? Introdução a UML Linguagem Gráfica de Modelagem para: Visualizar Especificar Construir Documentar Comunicar Artefatos de sistemas complexos Linguagem: vocabulário + regras de combinação

Leia mais

UMA ESTRATÉGIA PARA GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATRAVÉS DA MODELAGEM DE PROCESSOS DE NEGÓCIO EM ORGANIZAÇÕES

UMA ESTRATÉGIA PARA GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATRAVÉS DA MODELAGEM DE PROCESSOS DE NEGÓCIO EM ORGANIZAÇÕES UMA ESTRATÉGIA PARA GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATRAVÉS DA MODELAGEM DE PROCESSOS DE NEGÓCIO EM ORGANIZAÇÕES Andréa Magalhães 1, Cláudia Cappelli 1, Fernanda Baião 1,2, Flávia

Leia mais

FAN. Formação de Analistas de Negócios { } Ano III / 20ª Edição São Paulo, 23 ~ 24/Julho/2010

FAN. Formação de Analistas de Negócios { } Ano III / 20ª Edição São Paulo, 23 ~ 24/Julho/2010 { FAN Formação de Analistas de Negócios { } Ano III / 20ª Edição São Paulo, 23 ~ 24/Julho/2010 A parte mais difícil na construção de um software é decidir com segurança o que precisa ser feito. Nenhuma

Leia mais

Mapeamento, Melhoria, Transformação e Operacionalidade de Processos e Decisões

Mapeamento, Melhoria, Transformação e Operacionalidade de Processos e Decisões CRICIÚMA 2015 Mapeamento, Melhoria, Transformação e Operacionalidade de Processos e Decisões Maurício Bitencourt, CBPP Vice-presidente e co-fundador da ABPMP Brasil Criciúma, 16 de junho de 2015 http://mauriciobitencourt.com

Leia mais

Visão Geral (problema resolvido)

Visão Geral (problema resolvido) 1 Trabalho: Elaborar uma sintese do artigo sôbre o papel e natureza de uma arquitetura empresarial e comparar com o que esta sendo apresentado no curso arquitetura de informação Solução : Visão Geral (problema

Leia mais

Engenharia de Requerimentos Culpada por 80% das falhas em projetos, a disciplina merece melhor trato.

Engenharia de Requerimentos Culpada por 80% das falhas em projetos, a disciplina merece melhor trato. Engenharia de Requerimentos Culpada por 80% das falhas em projetos, a disciplina merece melhor trato. Requirements Engineering Blamed by 80% of the project fails, the discipline deserves better care. Paulo

Leia mais

Um pouco de história

Um pouco de história SCRUM Um pouco de história 1950 Taiichi Ohno Um pouco de história 1986 1950 Takeuchi & Nonaka Taiichi Ohno Um pouco de história 1993 1986 1950 Ken Schwaber Takeuchi & Nonaka Taiichi Ohno Um pouco de história

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

Agilidade em Gerenciamento de Projetos Software

Agilidade em Gerenciamento de Projetos Software Agilidade em Gerenciamento de Projetos Software Prof. Rafael Dias Ribeiro, M.Sc, CSM, CSPO,PMP. http://www.rafaeldiasribeiro.com.br DESORDENADO Fonte: ORDENADO 1 DESORDENADO Teoria da Complexidade (Cynefin

Leia mais

Arquitetura: do repertório à prática

Arquitetura: do repertório à prática Arquitetura: do repertório à prática Arquiteto: - tecton, em grego, designava um artífice ligado à construção de objetos por junção de peças; - arqui, prefixo que indica superioridade. Arquitetura: Aurélio:

Leia mais

www.etecnologia.com.br Treinamento e Consultoria Portfólio de Treinamento

www.etecnologia.com.br Treinamento e Consultoria Portfólio de Treinamento Portfólio de Treinamento Portfólio de Treinamento Resumo Executivo: etecnologia é uma empresa de treinamento e consultoria. Somos especialistas em treinamentos e em desenvolvimento de habilidades e competências.

Leia mais

Scrum. Gestão ágil de projetos

Scrum. Gestão ágil de projetos Scrum Gestão ágil de projetos Apresentação feita por : Igor Macaúbas e Marcos Pereira Modificada por: Francisco Alecrim (22/01/2012) Metas para o o Metas para treinamento seminário Explicar o que é Scrum

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

Análise e Projeto Orientados por Objetos

Análise e Projeto Orientados por Objetos Análise e Projeto Orientados por Objetos Apresentação da Disciplina Edirlei Soares de Lima Objetivos da Disciplina Apresentar e discutir técnicas avançadas de Análise e Projeto de

Leia mais

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Brasília, 29 de junho de 2010 Sumário Licença deste Documento...3 Introdução ao Sistema de Atendimento...4 Características e módulos...4 Arquitetura...5

Leia mais

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr.

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Novatec Sumário Agradecimentos... 17 Sobre o autor... 18 Prefácio... 19 Capítulo 1 Desenvolvimento de software para o valor de negócios... 20 1.1 Qualidade

Leia mais

FIC Faculdade Integrada do Ceará Curso em tecnologia em analise e desenvolvimento de sistemas. OpenUp. Arquitetura de software

FIC Faculdade Integrada do Ceará Curso em tecnologia em analise e desenvolvimento de sistemas. OpenUp. Arquitetura de software FIC Faculdade Integrada do Ceará Curso em tecnologia em analise e desenvolvimento de sistemas OpenUp Arquitetura de software Fortaleza/2010 OpenUP Alguns anos atrás, vários funcionários da IBM começaram

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS AVANÇADO DE ARACATI PROJETO DE PESQUISA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS AVANÇADO DE ARACATI PROJETO DE PESQUISA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS AVANÇADO DE ARACATI PROJETO DE PESQUISA IMPLEMENTAÇÃO DE SOLUÇÃO PARA AUTOMATIZAR O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE UTILIZANDO A LINGUAGEM C#.NET

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

Capacitação em Marketing e Vendas para empresas de TI

Capacitação em Marketing e Vendas para empresas de TI Capacitação em Marketing e Vendas para empresas de TI Treinamentos e oficinas para empresas de Tecnologia da Informação 2 Transmitir uma visão abrangente e integrada de aspectos relacionados a marketing

Leia mais

Arquitetura de Computadores para. Sistemas Operacionais. Sistemas Operacionais. Sumário

Arquitetura de Computadores para. Sistemas Operacionais. Sistemas Operacionais. Sumário Arquitetura de Computadores para Sistemas Operacionais Arquitetura de Computadores para Sistemas Operacionais Tecnologias em Informática 2o Semestre Sistemas Operacionais Prof. Cid R Andrade Sumário Conhecer

Leia mais

RESUMO AULAS DE TSSI I 2º BIMESTRE. Prof.MsC. Ly Freitas Filho

RESUMO AULAS DE TSSI I 2º BIMESTRE. Prof.MsC. Ly Freitas Filho 1 RESUMO AULAS DE TSSI I 2º BIMESTRE Prof.MsC. Ly Freitas Filho Junho, 2006 1 Organização para informatização Muitas empresas ainda acreditam que o simples ato de informatizar, espalhando computadores

Leia mais

Definição de Padrões. Padrões Arquiteturais. Padrões Arquiteturais. Arquiteturas de Referência. Da arquitetura a implementação. Elementos de um Padrão

Definição de Padrões. Padrões Arquiteturais. Padrões Arquiteturais. Arquiteturas de Referência. Da arquitetura a implementação. Elementos de um Padrão DCC / ICEx / UFMG Definição de Padrões Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Um padrão é uma descrição do problema e a essência da sua solução Documenta boas soluções para problemas recorrentes

Leia mais

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons.

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons. Olá, você esta acessando um dos materiais vencedores no concurso InternÉtica 2011, realizado pela SaferNet Brasil e o Instituto Childhood Brasil. Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet

Leia mais

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI e Negócio 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS RESUMO Este artigo apresenta a especificação de um sistema gerenciador de workflow, o ExPSEE, de acordo com a abordagem de desenvolvimento baseado

Leia mais

Institucional. CS Treina www.cstreina.com.br

Institucional. CS Treina www.cstreina.com.br Institucional Agenda Por que a CS Treina? Como nós atuamos? O que nós entregamos? A CS Treina Oferecemos serviços de Treinamentos para equipes de TI. Criamos e adaptamos treinamentos especiais para atender

Leia mais

Engenharia de Software I: Análise e Projeto de Software Usando UML

Engenharia de Software I: Análise e Projeto de Software Usando UML Engenharia de Software I: Análise e Projeto de Software Usando UML Capítulo 1 Processo de Desenvolvimento de Software Metodologia de Desenvolvimento de Software Uma metodologia é um conjunto de métodos,

Leia mais

UML 2.0 - Modelo Casos de Uso

UML 2.0 - Modelo Casos de Uso UML 2.0 - Modelo Casos de Uso Márcia Ito ito@mind-tech.com.br Julho/2004 Pensamento Inicial Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele

Leia mais

Exame de Fundamentos da ITIL

Exame de Fundamentos da ITIL Exame de Fundamentos da ITIL Simulado A, versão 5.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Todas as respostas devem ser assinaladas na grade de respostas fornecida.

Leia mais

EXIN Business Information Management Foundation

EXIN Business Information Management Foundation Guia de Preparação EXIN Business Information Management Foundation with reference to BiSL Edição Maio 2012 Copyright 2012 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicada,

Leia mais

Diagrama de Classes. Diagrama de Classes. Diagramas de Classe. POST Criando Diagramas de Classe. Como construir (2)

Diagrama de Classes. Diagrama de Classes. Diagramas de Classe. POST Criando Diagramas de Classe. Como construir (2) Diagrama de Classes Diagrama de Classes Modelo de classes de especificação Perspectiva de Projeto Ilustra as especificações de software para as classes e interfaces do sistema. É obtido através da adição

Leia mais

A Evolução de XP segundo Kent Beck Parte 2

A Evolução de XP segundo Kent Beck Parte 2 A Evolução de XP segundo Kent Beck Parte 2 O que mudou nesses 5 anos? Danilo Toshiaki Sato dtsato@ime.usp.br Agenda PARTE 1 1. Introdução 2. O que é XP? 3. O que mudou em XP? Valores, Princípios e Práticas

Leia mais

Visões de Negócio / Visão de Negócio

Visões de Negócio / Visão de Negócio Visões de Negócio / Visão de Negócio Bibliografia Eriksson, H-E; Penker, M. Business Modeling with UML: Business Patterns at work, John Wiley, 2000 Prof.: Clarindo Isaías Pereira da Silva e Pádua Gestus

Leia mais

Métodos Ágeis com SCRUM. Veja como fazer diferente (e melhor!) 26.04.2012

Métodos Ágeis com SCRUM. Veja como fazer diferente (e melhor!) 26.04.2012 Métodos Ágeis com Veja como fazer diferente (e melhor!) 26.04.2012 Agenda Apresentação Manifesto Ágil Características dos projetos de software Teoria da Complexidade Cynefin Scrum Do latim: Integru 1.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. DISCIPLINA: 14310 - Análise e Projeto de Sistemas de Informação. PRÉ-REQUISITO: Modelagem e Programação Orientada a Objetos e

PLANO DE ENSINO. DISCIPLINA: 14310 - Análise e Projeto de Sistemas de Informação. PRÉ-REQUISITO: Modelagem e Programação Orientada a Objetos e Universidade Federal Rural de Pernambuco Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Coordenação do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Site: http://www.bsi.ufrpe.br E-mail: coordenacao@bsi.ufrpe.br

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 7 Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

Construção da Arquitetura de Processos

Construção da Arquitetura de Processos Webinar: Construção da Arquitetura de Processos Foco na Proposta de Valor, Governança e Agilidade Maurício Bitencourt, CBPP Business Transformation Expert 03 de março de 2015 linkedin.com/in/mbitencourt

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Sistemas de Informação e Tecnologia em 3º Semestre Análise Orientada aos Objetos Modelagem de Casos de Uso Objetivo: Apresentar

Leia mais

SIMPROS 2007 03 a 05 Dezembro de 2007

SIMPROS 2007 03 a 05 Dezembro de 2007 Conciliando Modelos: Arquitetura Corporativa, COBIT, PMBOK e CMMI em Harmonia Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI E NEGÓCIO 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

Uma introdução ao SCRUM. Evandro João Agnes evandroagnes@yahoo.com.br

Uma introdução ao SCRUM. Evandro João Agnes evandroagnes@yahoo.com.br Uma introdução ao SCRUM Evandro João Agnes evandroagnes@yahoo.com.br Agenda Projetos de Software O que é Scrum Scrum framework Estrutura do Scrum Sprints Ferramentas Projetos de software Chaos Report Standish

Leia mais

Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio

Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio Karolyne Oliveira, Tarcísio Pereira, Emanuel Santos, Jaelson Castro Universidade Federal de Pernambuco UFPE, Recife, PE 50 740-560, Brazil

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

Marcos Paganini Mattiuzzo Janeiro - 2012

Marcos Paganini Mattiuzzo Janeiro - 2012 Marcos Paganini Mattiuzzo Janeiro - 2012 5 minutos de História e Teoria Percepção e Realidade Suporte de Tecnologia da Informação Kimberly Clark Brasil Iniciativas em gestão de processos Situação atual

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

O desafio de uma visão mais ampla

O desafio de uma visão mais ampla com SAP NetWeaver BPM Descrição de Solução A competição acirrada tem levado as organizações a adotar novas disciplinas de gestão e empregar recursos tecnológicos avançados, a fim de atingir melhores índices

Leia mais

Simulado ITIL V3 Português Sicoob

Simulado ITIL V3 Português Sicoob Simulado ITIL V3 Português Sicoob Dezembro 2009 1 de 40 A Implementação do Gerenciamento de Serviços Baseados na ITIL requer preparação e planejamento do uso eficaz e eficiente de quais dos seguintes?

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios?

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? O CA ERwin Modeling fornece uma visão centralizada das principais definições de

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS Edi Carlos Siniciato ¹, William Magalhães¹ ¹ Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edysiniciato@gmail.com,

Leia mais

Engenharia de Requisitos Estudo de Caso

Engenharia de Requisitos Estudo de Caso Engenharia de Requisitos Estudo de Caso Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição / Ian Sommerville 2007 Slide 1 Engenharia de Requisitos Exemplo 1 Reserva de Hotel 1. INTRODUÇÃO Este

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA COMPUTAÇÃO...

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento da infraestrutura convergente da CA Technologies Como posso fornecer serviços inovadores ao cliente com uma infraestrutura cada vez mais complexa e convergente? E com gerenciamento

Leia mais

MC851B/MC853A - Projeto em Computação

MC851B/MC853A - Projeto em Computação 1 de 5 5/4/2013 16:17 MC851B/MC853A - Projeto em Computação Primeiro Semestre de 2013 Aulas Contato Avaliação Referências Notas Avisos 18 de Março de 2013 Pessoal, o Ricardo Panaggio preparou um formulário

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO CA IT Asset Manager como gerenciar o ciclo de vida de ativos, maximizar o valor dos investimentos em TI e obter uma exibição do portfólio de todos os meus ativos? agility made possible

Leia mais

EDP Brasil: SAP GRC Access Control leva continuidade na gestão de acessos

EDP Brasil: SAP GRC Access Control leva continuidade na gestão de acessos Picture Credit Customer Name, City, State/Country. Used with permission. EDP Brasil: SAP GRC Access Control leva continuidade na gestão de acessos Geral Executiva Nome da EDP Brasil Indústria Energética

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 BPM CBOK Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócios Corpo Comum de Conhecimento Modelagem de Processos de Negócios Modelagem de processos Análise de

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software

Processo de Desenvolvimento de Software Coordenadoria de Tecnologia da Informação Documentos Formais Processo de Desenvolvimento de Software Sumário 1 Introdução... 03 2 Políticas do Documento de Processo de Desenvolvimento de Software... 04

Leia mais

APOO Análise e Projeto Orientado a Objetos. Requisitos

APOO Análise e Projeto Orientado a Objetos. Requisitos + APOO Análise e Projeto Orientado a Objetos Requisitos Requisitos 2 n Segundo Larman: n São capacidades e condições às quais o sistema e em termos mais amplos, o projeto deve atender n Não são apenas

Leia mais

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam tratar da identificação bem como do estabelecimento de uma estrutura organizacional apropriada ao

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Gerenciamento de Serviços de TIC ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Agenda O que é serviço de TIC? O que é Qualidade de Serviços de TIC? O que é Gerenciamento de Serviços de TIC? ISO IEC/20.000-2005 ITIL versão

Leia mais

BUSINESS PROCESS MANAGEMENT NA INDÚSTRIA

BUSINESS PROCESS MANAGEMENT NA INDÚSTRIA GE Intelligent Platforms BUSINESS PROCESS MANAGEMENT NA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO Quando olhamos para qualquer indústria em qualquer segmento industrial, seja química, alimentos, bebidas, produtos de consumo,

Leia mais

Nos artigos anteriores apresentamos. Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso Parte III: Caso de Uso de Negócio

Nos artigos anteriores apresentamos. Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso Parte III: Caso de Uso de Negócio Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso Parte III: Caso de Uso de Negócio Vinicius Lourenço de Sousa vinicius.lourenco.sousa@gmail.com Atua no ramo de desenvolvimento de software há mais de

Leia mais

Treinamento BPMS Activiti + Elementos de NFR e Contexto. Bruno Figueiredo

Treinamento BPMS Activiti + Elementos de NFR e Contexto. Bruno Figueiredo Treinamento BPMS Activiti + Elementos de NFR e Contexto Bruno Figueiredo BPM BPM Business Process Modeling BPM Business Process Management Busca maximizar a eficiência e a efetividade do negócio, utilizando

Leia mais

MVC e Camadas - Fragmental Bliki

MVC e Camadas - Fragmental Bliki 1 de 5 20-03-2012 18:32 MVC e Camadas From Fragmental Bliki Conteúdo 1 Introdução 2 Camadas: Separação Entre Componentes 3 MVC: Interação Entre Componentes 4 Conclusão 5 Referências Introdução A Arquitetura

Leia mais

A importância do Gerenciamento de Projetos na Gestão de Mudanças

A importância do Gerenciamento de Projetos na Gestão de Mudanças A importância do Gerenciamento de Projetos na Gestão de Mudanças Alberto Campos 1 Apresentação Graduado em Física, Matemática e Tecnologia da Informação, com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Dom

Leia mais

CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0

CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0 FOLHA DO PRODUTO CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0 Simplifique e otimize seu DB2 para tarefas de gerenciamento de carga de trabalho

Leia mais

Projeto SIAC 2.0: Uma aplicação do framework Demoiselle para o desenvolvimento de Sistema de Informações Acadêmicas da UFBA (SIAC)

Projeto SIAC 2.0: Uma aplicação do framework Demoiselle para o desenvolvimento de Sistema de Informações Acadêmicas da UFBA (SIAC) Projeto SIAC 2.0: Uma aplicação do framework Demoiselle para o desenvolvimento de Sistema de Informações Acadêmicas da UFBA (SIAC) André Luís Monteiro P. dos Santos 1, Fernando Cezar Borges 1, Leandro

Leia mais

INT-3: Realistic Service Oriented Architecture Approaches Michael Boyd & Bernard Bresser

INT-3: Realistic Service Oriented Architecture Approaches Michael Boyd & Bernard Bresser Abordagens Realistas da Arquitetura Orientada a Serviços Rodrigo Baptista e Paulo Costa Progress Software Abordagens Realistas de SOA O que você verá Como implementar uma Arquitetura Orientada a Serviços

Leia mais

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS Pablo dos Santos Alves Alexander Roberto Valdameri - Orientador Roteiro da apresentação Introdução Objetivos Motivação Revisão bibliográfica

Leia mais

Análise de Negócios & da Informação Alexandra Hütner M.Sc. Engineer

Análise de Negócios & da Informação Alexandra Hütner M.Sc. Engineer Análise de Negócios & da Informação Alexandra Hütner M.Sc. Engineer 1 O QUE REALMENTE MUDOU??? 2 1 O Que Realmente MUDOU??? Você S/A Agosto/2011 O Que Realmente MUDOU??? Você S/A Agosto/2011 2 CENÁRIO

Leia mais

Software e Hardware Livres. Fábio Olivé (fabio.olive@gmail.com)

Software e Hardware Livres. Fábio Olivé (fabio.olive@gmail.com) Software e Hardware Livres Fábio Olivé (fabio.olive@gmail.com) Objetivos Ao final da apresentação, deverá estar claro que: Software Livre significa software com liberdade de uso, modificação e redistribuição,

Leia mais

Casos de Uso O que é. Casos de Uso. Objetivos de um Caso de Uso. Atores. Atores e Casos de Uso. Diagramas de Caso de Uso

Casos de Uso O que é. Casos de Uso. Objetivos de um Caso de Uso. Atores. Atores e Casos de Uso. Diagramas de Caso de Uso Casos de Uso O que é Casos de Uso Descrições narrativas de processos do domínio da aplicação Documentam a seqüência de eventos de um ator (um agente externo) usando o sistema para completar, do início

Leia mais

LEVANTAMENTO DE REQUISITOS SEGUNDO O MÉTODO VOLERE

LEVANTAMENTO DE REQUISITOS SEGUNDO O MÉTODO VOLERE LEVANTAMENTO DE REQUISITOS SEGUNDO O MÉTODO VOLERE RESUMO Fazer um bom levantamento e especificação de requisitos é algo primordial para quem trabalha com desenvolvimento de sistemas. Esse levantamento

Leia mais

Simulador de Pagamento

Simulador de Pagamento Simulador de Pagamento Versão: VS01 Data: 10/03/13 Identificador do documento: Wytor, Náthilla, Pedro Náthilla 1 Histo rico de reviso es Versão Data Autor Descrição Localização VS01 05/006/2013 Wytor Náthilla

Leia mais

! Software e Engenharia de Software! Engenharia de Software e Programação! Histórico. " Crise do Software

! Software e Engenharia de Software! Engenharia de Software e Programação! Histórico.  Crise do Software Agenda Introdução a Engenharia de Cleidson de Souza cdesouza@ufpa.br http://www.ufpa.br/cdesouza! e Engenharia de! Engenharia de e Programação! Histórico " Crise do! No Silver Bullet! Fases Genéricas do

Leia mais

O Rational Unified Process (RUP) é um processo de desenvolvimento de software inspirado no

O Rational Unified Process (RUP) é um processo de desenvolvimento de software inspirado no 1.1 RATIONAL UNIFIED PROCESS (RUP) O Rational Unified Process (RUP) é um processo de desenvolvimento de software inspirado no processo que atende pelo nome de Processo Unificado (ou UP do inglês Unified

Leia mais

Orientação a Objetos I

Orientação a Objetos I Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Orientação a Objetos I UML: Introdução e Casos de Uso

Leia mais

Sistema de Memorandos On-Line. (Projeto Arquitetural)

Sistema de Memorandos On-Line. (Projeto Arquitetural) Universidade Federal de Campina Grande Pb Departamento de Sistemas e Computação Disciplina: Projeto em Computação I 2111185 Professora: Francilene Procópio Garcia, P.Sc Alunos: Arnaldo de Sena Santos;

Leia mais

do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade;

do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade; 1 ARQUITETURA E DESIGN DE SOFTWARE O que é Arquitetura? do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade; do dicionário: Arte de projetar e construir prédios,

Leia mais

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR Introdução ao BPM e CBOK Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR BPM CBOK O Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento

Leia mais

Curso Wikis Corporativos: ambientes estratégicos de colaboração e comunicação para empresas 2.0

Curso Wikis Corporativos: ambientes estratégicos de colaboração e comunicação para empresas 2.0 Curso Wikis Corporativos: ambientes estratégicos de colaboração e comunicação para empresas 2.0 Esta cada vez mais comum na web ambientes wikis. É um dos fatores principais no que vem sendo denominado

Leia mais

Destaques Aproveite o insight de negócios ao enriquecer as mensagens de forma dinâmica com dados de aplicativos, bancos de dados e arquivos.

Destaques Aproveite o insight de negócios ao enriquecer as mensagens de forma dinâmica com dados de aplicativos, bancos de dados e arquivos. Melhore a agilidade de negócios com o Message Broker Melhore a flexibilidade e conectividade enquanto controla os custos e aumenta a satisfação do cliente Destaques Aproveite o insight de negócios ao enriquecer

Leia mais