cityserviceslab Project: Projecto: Where your city is our data Onde a sua cidade são os nossos dados Urban Analytics Award 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "cityserviceslab Project: Projecto: Where your city is our data Onde a sua cidade são os nossos dados Urban Analytics Award 2015"

Transcrição

1 Project: Projecto: cityserviceslab Where your city is our data Onde a sua cidade são os nossos dados Concurso Cidades Analíticas 2015 Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 1 de 19

2 CONTENTS ÍNDICE 01. Candidate s Presentation and Brief CV cityserviceslab Brief Presentation cityserviceslab Initiative Presentation Apresentação do Candidato e Breve CV Breve Apresentação da cityserviceslab Apresentação do 1ª Iniciativa cityserviceslab Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 2 de 19

3 01. CANDIDATE S PRESENTATION AND BRIEF CV By indication of the competition rules here is a brief CV on the project mentor. Miguel Ângelo Fonseca MsC Architect Urban Planner And looking for new and BLUE challenges PERSONAL INFO Architect with more than 10 years experience in Urban Planning and general Architecture, with occupancy in Training and Teaching in higher education. Senior Member (Researcher) at the Research Center for Urbanism, Architecture and Design at Faculty of Architecture in Lisbon University. Member of Maritime-Port Infrastructure Working Group in Portuguese Construction Technological Platform. Contributor in GLINT Inov to the EU project PORTOPIA. With various interests such as Transdisciplinarity, Complex systems, Port activity and Logistics, Smart Cities, Information and Communication Technology. Highly committed to the Territorial development, Project Management and Blue Growth Economy challenges based in performance and competitiveness of Ports and Logistics located in European Regions and Cities. EDUCATION PhD IN URBAN PLANNING AT FACULTY OF ARCHITECTURE IN LISBON UNIVERSITY DOCTORAL DEGREE SEP 2010 FINAL MARCH 2015 Development of Thesis focused on building a regionalization model for the Portuguese port system. MASTER S DEGREE IN ARCHITECTURAL MANAGEMENT AND URBAN ENVIRONMENT IN LUSÓFONA UNIVERSITY OF TECHNOLOGIES AND HUMANITIES OF LISBON MASTER S DEGREE SEP 2004 DEC 2008 Dissertation in Architectural Management and Urban Environment, under the theme of "Integrated Coastal Management in Urban Environment Port of Lisbon" PROFESSIONAL EXPERIENCE, TRAINING, RESEARCH AND ACADEMIC ACTIVITY PROFESSIONAL EXPERIENCE INVITED ASSISTANT FACULTY OF ARCHITECTURE IN LISBON UNIVERSITY SEP 2013 FEB 2014 Architectural Integrated Master Course Technological Department Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 3 de 19

4 INVITED ASSISTANT POLYTECHNIC INSTITUTE OF GUARDA SCHOOL OF TECHNOLOGY AND MANAGEMENT JAN 2012 MAY 2012 Graduate in Real Estate Management Activity ADMINISTRATOR AND ARCHITECT ATELIER 70 URBANISMO ARQUITECTURA DESIGN LDA APR 2008 JAN 2012 Project coordinator, management and development, architect and urban planner in all phases of project ARCHITECT and INTERN ARCHITECT SA AMORIM ARQUITECTOS AND LISBON CITY COUNCIL MAR 2001 APR 2008 Architect in all phases of project, development of Prémios Valmor at Lisbon City Council POSTGRADUATE TRAINING COURSES TrainMoS Project TRAINING HUMAN ELEMENT FOR EFFICIENT MASSIVE FREIGHT TRANSPORT WITH MARITIME LINKS JUL 2013 Logistic Chains and Modal Integration Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (Co-financed by European Union Trans-European Transport Network) POST OCCUPANCY EVALUATION IN THE BUILT ENVIRONMENT SEP 2014 OCT 2014 FAUeD FA-Ulisboa (Faculty of Architecture in Lisbon University) COMMUNICATIONS AND CONFERENCES QUE CIDADES PARA AS INFRAESTRUTURAS PORTUÁRIAS? (WHICH CITIES FOR PORT INFRAESTRUCTURE?) JUN ª Conferência do PNUM Morfologia Urbana em Portugal: Abordagens e Perspectivas Departamento de Geografia, Faculdade de Letras, Universidade do Porto, SEMINARS PALCOS DA ARQUITECTURA TEORIA DA COMPLEXIDADE: CONTRIBUTO PARA A CONSTRUÇÃO DE PALCOS URBANOS DIGITAIS (COMPLEXITY THEORY: A URBAN DIGITAL FRAMEWORK CONSTRUCTION CONTRIBUTION) NOV 2012 Architecture and Urbanism Schools Academy of Portuguese Language FA-Ulisboa (Faculty of Architecture in Lisbon University) PASSIONS AND SKILLS Traction and Stunt kites practitioner Design and Communication enthusiast Architectural and Urban tourist Fernando Pessoa fan (Historical) City Maps passionate English proficient (C2 level QECR) Member of Portuguese Architect Association CONTACTS E: E: E: M: A: Praceta Leonor Afonso, 17, 3º dto Queluz Portugal MARCH 2015 Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 4 de 19

5 02. CITYSERVICESLAB BRIEF PRESENTATION cityserviceslab is a Portuguese startup, created in middle 2014 for the initiative created by EXPRESSO and EDP ENERGIA DE PORTUGAL - and intends to develop city services in a permanent laboratory environment. Here is a brief description: cityserviceslab Where your city is our data CITYSERVICESLAB INFO The cityserviceslab aims to create an integrated knowledge base as well as a knowledge management system, based in spatial and territorial performances, that serves the cities and their organizations in enhancing competitiveness, efficiency and sustainability of the territories and organizations in European space. To this end, in cityserviceslab we promote the concept of spatial intelligence to ensure a significant set of performance indicators for decision making. To the concept of spatial intelligence contribute different fields of knowledge, which will be developed according to the endogenous variables of each system. The cityserviceslab intended to be a innovative service company in the area of territorial and spatial planning and management, associated and strongly supported in the field of information and communication technologies. The cityserviceslab project aims to add a multi-disciplinary set of information and technical-scientific knowledge of the different territorial and spatial contexts, making them available in an integrated and organized way to different actors. ACHIEVEMENTS cityserviceslab is a startup promoted and initiated with the preparation of doctoral study about the maritime-port sector and logistics in Portuguese state. In 2014, due to the maturation of scientific and professional knowledge, began the business plan leading to the initial idea of cityserviceslab. This business plan was submitted to the Expresso and EDP initiative, the project ENERGIA DE PORTUGAL, that in 2014 involved startups from Portugal, Brazil and China, which aims to select the most innovative and global ideas. In 2014 the focus of the initiative was dedicated to the fields of technology, cities, productivity, energy, mobility, innovation, environment, communities and clean technologies. The cityserviceslab project was selected for the final phase of application Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 5 de 19

6 to the program and was among the best Portuguese startups candidates for the 2014 Portugal Energy. RECIPIENTS The cityserviceslab intended economic actors and politicians in general, in particular to all agents with responsibilities over the territory in its various scales, and aims to explore the potential for interaction between the scientific community, businesses and decision makers looking to promote mass gains critical and efficiency of the sector. End users of cityserviceslab arise from various sectors, public and private, including the following: Central Government; Local Public Administration; Private Sector - Economic agents with strategic needs associated with the environment, territories and other spatial scales BENEFITS In cityserviceslab believe in stakeholder involvement in project development in order to ensure the relevance, feasibility and practicality for end-users. We believe therefore that cityserviceslab brings the potential for construction of collective and transdisciplinary instruments to ensure the highest performance and competitiveness of the territories and the built environment. The benefits of territorial analyzes and the built environment are related, essentially a first step, with the ability to improve the usage and, secondly, allow the anticipation of emerging phenomena related to land use and the built environment. We believe that, as in management, we cannot manage what is not measured and in relation to the territory and to the different spatial units we have to measure to analyze; analyze to improve and analyze to anticipate. PASSIONS AND SKILLS Territorial and Spatial Analytics Urban and Spatial Planning Adaptability and Organization Transdisciplinary Development Matrix Change Management European Strategic alignment Training capacity CONTACTS W: E: E: M: A: Looking for a good location In 1300 Postal Area, Lisbon Portugal MARCH 2015 Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 6 de 19

7 03. CITYSERVICESLAB INITIATIVE PRESENTATION The first initiative of cityserviceslab is structured in the following presentation: cityserviceslab 1 st initiative Where your city is our data CITYSERVICESLAB 1 st initiative In 2014 cityserviceslab GOALS were: The cityserviceslab aims the integration of multidisciplinary data that contribute to reading and territorial and spatial competitiveness, promoting a plan supported by a structure of spatial data with meaning. Specific objectives include: Development of system for data gathering, management and storage of territorial and spatial performance data, according to each unit of study; Increase the potential of data use processed for the measurement of territorial and spatial performance; Increase the potential use of processed data, structured in territorial and spatial performance management system for decision makers, connecting the indicators produced the targets set; Encourage a culture of territorial and spatial performance; Disseminate the results and the knowledge gained by promoting a comprehensive acceptance of the concept of territorial and spatial performance. Expected impacts: Support managers and territorial and spatial makers with sets of performance data, enabling the increase of spatial and territorial competitiveness; Support the formulation; implementation and monitoring of territorial and spatial strategies. However, the highest expected impact boils down to the will of the cityserviceslab contribute to the response of anticipation to the phenomena of territorial and spatial reconfiguration imposed by societal changes, stimulating the robustness and sustainability of solutions to the challenges presented. Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 7 de 19

8 In 2014 cityserviceslab VISION were based in the following expected results: Encourage synchronicities between the different territorial and spatial perceptions with the inherent policies; Promote the development of territorial and spatial occupation prediction models; Promote the development of innovative individual applications, dedicated to the collection of data; Promote the development of bottom-up methodologies for the harmonization of the proposed policies; Promote the development of territorial and spatial performance indicators. We hope that the final result of the production of cityserviceslab is a tool that adds space and territorial value, which use transparent indicators, robust and meaningful to enable a proper analysis of context. METHODOLOGY Driven by OBJECTIVES, IMPACTS and VISION indicated, cityserviceslab presents a multidisciplinary team that seeks, above all, the development of transdisciplinary methodologies for the construction of territorial and spatial knowledge. Adding to scientific and technical potential of cityserviceslab team, we always try to gather experiences in diverse fields of knowledge, with links to public and private sector and especially with strong proximity to National Scientific and Technological sector of territorial and spatial nature. The first cityserviceslab initiative involves the development of the first comparative dashboard for Portuguese Municipalities, based on a set of common and international indicators that measure the performance and monitor progress over time or how attractive are the territories and the built environment. Over time we intend to develop Performance indicators, based on Territorial Management Instruments in Portugal, allowing real-time monitoring of territorial development. However, recent developments allow the development of comparative oriented dashboard and international character, enabling thus wider, more extensive benchmarking and homogeneous comparative analysis between different world cities. The first phase of the dashboard involves the construction of an array of 308 municipalities, as territorial units, and 100 international and standardized performance indicators that constitute the concept of one-stop-source of comparative indices of the performance and competitiveness of national territories. The second phase of the dashboard is constituted by the same matrix development, to the scale of the buildings and according to the functional aspects of same by Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 8 de 19

9 adopting European performance indicators. Model Outlined the architecture of the first initiative of cityserviceslab : First phase 308 Territorial municipalities units; 100 Indicators (ISO 37120) applied to the universe of each territorial unit; A2A Architecture (Administration to Administration) for data communication; U2A Architecture (User for Administration) for the introduction of new data communication of data; A2U Architecture (Administration for User) for the communication of results. Second phase Determination of spatial units according to functional criteria; Application of European standards and Indicators to the universe of each spatial unit; A2A Architecture (Administration to Administration) for data communication; U2A Architecture (User for Administration) for data communication; A2U Architecture (Administration for User) for the communication of results. RECIPIENTS AND BENEFITS The main beneficiaries of the dashboard proposed by cityserviceslab are transversal to the various social actors, from the central administration to local administration, as well as from private economic actors to the citizen as end-user. The dashboard, associated to the first stage, will bring benefits to the formulation of a policy of sustainable cities with international indicators, enabling their comparability to National, European and Global level. Making it possible to use also as a tool to support decision-making based on facts. The second dashboard, associated with the second phase, will benefit all agents interested in systematic, organization and dissemination of information of the building stock on its management. Benefiting, for example, of a possibility of centralized management of building stock. It is therefore in the context of a benchmarking model of cities and building stock that the central and local administration can, for example, perform real-time and up-todate analyses of territorial realities, and on the other hand allows the private sector, and the Central and local administrations, too, benefit from the analysis models on building stock that, in conjunction with centralized management, ensuring the competitiveness, efficiency, and effectiveness in the management of territories. In summary, we can state that the beneficiaries and benefits of the dashboards promoted by cityserviceslab are all those who seeking to achieve excellence in Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 9 de 19

10 territorial and spatial management, through monitoring and the performance thereof, obtained and translated into meaningful information and gathered and presented in transparent communication templates, and intuitive development enhancers and sustainability based on information and knowledge. MARCH 2015 Lisboa, 1 de Abril de 2015 Miguel Ângelo cityserviceslab Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 10 de 19

11 04. APRESENTAÇÃO DO CANDIDATO E BREVE CV Por indicação do regulamento do concurso eis um breve Curriculum Vitae do mentor da cityserviceslab. Miguel Ângelo Fonseca MsC Arquitecto Urbanista À procura dos novos desafios AZUIS INFORMAÇÃO PESSOAL Arquitecto com mais de 10 anos de experiência em Planeamento Urbano e em Arquitectura, com ocupação diversificada em áreas de Formação e de Docência no Ensino Superior. Membro Colaborador do Centro de Investigação em Urbanismo, Arquitectura e Design da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa. Membro do Grupo de Trabalho para as Infraestruturas Marítimo-Portuárias na Plataforma Tecnológica Portuguesa da Construção. Consultor na GLINT Inov para o projecto Europeu PORTOPIA. Curioso acerca de temas diversos, onde se inclui a Transdisciplinaridade, os Sistemas Complexos, a actividade Portuária e Logística, as Cidades Inteligentes e as Tecnologias de Informação e Comunicação. Á data, e motivado pelo desenvolvimento de tese de Doutoramento, está altamente motivado para o desenvolvimento territorial, gestão de projectos e para os desafios do crescimento da Economia Azul, nomeadamente naqueles que estão baseados na performance e competitividade do sector portuário e logístico localizados nas regiões e cidades Europeias. EDUCAÇÃO DOUTORAMENTO EM URBANISMO NA FACULDADE DE ARQUITECTURA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA GRAU DE DOUTOR SET 2010 FINAL MARÇO 2015 Desenvolvimento de Tese focada na construção de modelo de regionalização do sistema portuário Português. MESTRE EM GESTÃO ARQUITECTÓNICA E DO AMBIENTE URBANO NA UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS DE LISBOA GRAU DE MESTRE SET 2004 DEZ 2008 Dissertation in Architectural Management and Urban Environment, under the theme of "Integrated Coastal Management in Urban Environment Port of Lisbon" EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL, FORMAÇÃO, INVESTIGAÇÃO E ACTIVIDADE ACADÉMICA Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 11 de 19

12 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL ASSISTENTE CONVIDADO FACULDADE DE ARQUITECTURA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA SET 2013 FEV 2014 Curso de Mestrado Integrado de Arquitectura - Departamento de Tecnologias ASSISTENTE CONVIDADO INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA DE TECNOLOGIAS E GESTÃO JAN 2012 MAI 2012 Pós-Graduaçao em Gestão da Actividade Imobiliária ADMINISTRADOR E ARQUITECTO ATELIER 70 URBANISMO ARQUITECTURA DESIGN LDA ABR 2008 JAN 2012 Coordenador de Projecto, Gestão e Desenvolvimento, Arquitecto e Urbanista em todas as fases de projecto ARQUITECTO e ARQUITECTO ESTAGIÁRIO SA AMORIM ARQUITECTOS E CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA MAR 2001 ABR 2008 Arquitecto em todas as fases de projecto, desenvolvimento dos Prémios Valmor na Câmara Municipal de Lisboa CURSOS DE FORMAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO TrainMoS Project TRAINING HUMAN ELEMENT FOR EFFICIENT MASSIVE FREIGHT TRANSPORT WITH MARITIME LINKS JUL 2013 Logistic Chains and Modal Integration Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (Co-financed by European Union Trans-European Transport Network) POST OCCUPANCY EVALUATION IN THE BUILT ENVIRONMENT SEP 2014 OCT 2014 FAUeD FA-Ulisboa (Faculty of Architecture in Lisbon University) COMUNICAÇÕES E CONFERÊNCIAS QUE CIDADES PARA AS INFRAESTRUTURAS PORTUÁRIAS? (WHICH CITIES FOR PORT INFRAESTRUCTURE?) JUN ª Conferência do PNUM Morfologia Urbana em Portugal: Abordagens e Perspectivas Departamento de Geografia, Faculdade de Letras, Universidade do Porto, SEMINÁRIOS PALCOS DA ARQUITECTURA TEORIA DA COMPLEXIDADE: CONTRIBUTO PARA A CONSTRUÇÃO DE PALCOS URBANOS DIGITAIS (COMPLEXITY THEORY: A URBAN DIGITAL FRAMEWORK CONSTRUCTION CONTRIBUTION) NOV 2012 Architecture and Urbanism Schools Academy of Portuguese Language FA-Ulisboa (Faculty of Architecture in Lisbon University) COMPETÊNCIAS Praticantes de Kite acrobático e de Tracção Entusiasta em Design de Comunicação Turista de Arquitectura e de Urbanismo Fã de Fernando Pessoa Apaixonado por mapas de cidades antigas Proficiente em Inglês (C2 level QECR) Membro da Ordem dos Arquitectos CONTACTOS E: E: E: M: A: Praceta Leonor Afonso, 17, 3º dto Queluz Portugal MARÇO 2015 Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 12 de 19

13 05. BREVE APRESENTAÇÃO DA CITYSERVICESLAB A cityserviceslab é uma startup Portuguesa, criada em meados de 2014 em resposta à iniciativa do EXPRESSO e da EDP ENERGIA DE PORTUGAL com intenção de desenvolver novos serviços às cidades, num ambiente de laboratório, em permanente investigação e experimentação. Aqui fica uma pequena apresentação: cityserviceslab Onde a sua cidade são os nossos dados INFORMAÇÃO SOBRE A CITYSERVICESLAB A cityserviceslab pretende criar uma base de conhecimento integrada, assim como um sistema de gestão do conhecimento, baseadas na performance e competitividade espacial e territorial, que sirvam as cidades e as organizações para a obtenção de competitividade, eficiência e sustentabilidade no espaço Europeu. Para esse efeito, na cityserviceslab promovemos o conceito de inteligência espacial para garantir a obtenção de conjunto de indicadores significantes que apoiem a tomada de decisão. Para o conceito de inteligência espacial contribuem diferentes campos do conhecimento, que deverão ser desenvolvidos de acordo com as variáveis endógenas de cada sistema. A cityserviceslab pretende ser uma empresa de serviços inovadores nas áreas do planeamento e gestão do território e do ambiente construído, associada e fortemente apoiada nos campos das Tecnologias de Informação e Comunicação. O projecto da cityserviceslab pretende adicionar um conjunto multidisciplinar de informação e conhecimento técnico-científico aos diferentes contextos espaciais, tornando-os disponíveis de forma integrada e organizada aos diferentes actores sociais. REALIZAÇÕES A cityserviceslab é uma startup promovida e motivada pela preparação de investigação conducente a grau de Doutor acerca do sector marítimo-portuário e logístico em Portugal e o contributo das Tecnologias de Informação e Comunicação para o território. Em 2014, devido ao estado de maturação do conhecimento científico e profissional, iniciou-se o plano de negócio que estabeleceu a ideia inicial da cityserviceslab. Esse mesmo plano de negócios, e a sua ideia, foi submetido à iniciativa do Expresso e da EDP - ENERGIA DE PORTUGAL que em 2014 envolvia startups de Portugal, Brasil e Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 13 de 19

14 China, e que promovia a selecção de ideias inovadoras e globais. Em 2014 o foco da iniciativa foi dedicado aos campos das tecnologias, cidades, productividade, energia, mobilidade, inovação, ambiente, comunidades e tecnologias limpas. O projecto cityserviceslab foi escolhido para a fase final de selecção do programa e esteve entre as melhores startups Portuguesas candidatas à ENERGIA DE PORTUGAL BENEFICIÁRIOS O projecto cityserviceslab é destinado aos actores económicos e a decisores políticos em geral, mas em particular a todos os agentes com responsabilidades sobre os territórios, nas suas diversas escalas, e pretende explorar o potencial de interacção entre a comunidade científica, o meio empresarial e os decisores como forma de promoção de massa critica e de eficiência no sector. Os utilizadores finais da cityserviceslab podem surgir de diversos sectores, público e privado, que incluem os seguintes: Administração Pública Central; Administração Pública Local; Sector Privado Agentes económicos com necessidades estratégicas de manutenção e gestão associadas ao ambiente, ao território ou ao edificado. BENEFÍCIOS Na cityserviceslab acreditamos no envolvimento dos actores no desenvolvimento dos projectos no sentido de assegurar a relevância, a viabilidade e praticidade para os utilizadores finais. Acreditamos portanto que, acima de tudo, a cityserviceslab reúne o potencial para a construcção de ferramentas colectivas e transdisciplinares que visam assegurar a maior performance e competitividade dos territórios e do ambiente construído. Os benefícios decorrentes das análises territoriais e do ambiente construído estão relacionados, essencialmente numa primeira fase, com a capacidade de aperfeiçoar a utilização dos mesmos e, numa segunda fase, permitir a antecipação de fenómenos emergentes relacionados com a utilização do território e do ambiente construído. Acreditamos que, tal como na gestão, não se gere o que não se mede e no que respeita ao território e às diferentes unidades espaciais temos que medir para analisar; analisar para melhorar e até analisar para antecipar. COMPETÊNCIAS Analítica Territorial e Espacial Planeamento Urbano e Espacial Adaptabilidade e Organização Matriz de Desenvolvimento Transdisciplinar CONTACTOS W: E: E: M: Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 14 de 19

15 Gestão da Mudança Alinhamento estratégico Europeu Capacidade Formativa A: Em busca de boa localização na área postal de Lisboa Portugal MARÇO 2015 Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 15 de 19

16 06. APRESENTAÇÃO DO 1ª INICIATIVA CITYSERVICESLAB A primeira iniciativa da cityserviceslab encontra-se estruturada na seguinte apresentação: cityserviceslab 1 ª iniciativa Onde a sua cidade são os nossos dados 1ª INICIATIVA CITYSERVICESLAB Em 2014 os OBJECTIVOS da cityserviceslab eram descritos da seguinte forma: A cityserviceslab pretende a integração de dados multidisciplinares que contribuam para a leitura da competitividade territorial e espacial, promovendo politicas, públicas ou privadas, suportadas por dados territoriais e espaciais com significado. Os OBJECTIVOS específicos incluíam: Desenvolvimento de sistemas de recolha de dados, gestão e armazenamento de dados de performances territoriais e espaciais, de acordo com as unidades de estudo; Aumento do potencial de uso de dados processados para a monitorização e medição da performance territorial e espacial; Aumento do potencial de uso de dados processados, estruturados em sistema de gestão de informação baseado na performance territorial e espacial, para apoio à tomada de decisão através da associação dos indicadores produzidos às unidades de estudo; Encorajamento de uma cultura de performance territorial e espacial; Disseminação de resultados e do conhecimento obtido através da promoção, e da formação para a compreensão e aceitação, dos conceitos associados às performances territoriais e espaciais. Nesse contexto esperamos os seguintes IMPACTOS: Apoio e suporte aos gestores e decisores políticos através do fornecimento do conjunto de dados de performance territorial e espacial, permitindo o aumento da competitividade Territorial e espacial; Apoio e suporte à formulação, implementação e monitorização de estratégias territoriais e espaciais. Contudo, o maior impacto esperado está presente na vontade de que a cityserviceslab Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 16 de 19

17 contribua para responder em antecipação aos fenómenos emergentes de reconfiguração territorial e espacial, impostos pelas alterações societais, estimulando a robustez e sustentabilidade das soluções aos desafios apresentados. Em 2014 os OBJECTIVOS e IMPACTOS da cityserviceslab eram fundamentados numa VISÃO baseada nas seguintes necessidades e propósitos: Encorajamento da sincronização entre as diferentes percepções territoriais e espaciais e as políticas que as sustentam; Promoção do desenvolvimento de modelos de ocupação territorial e espacial predictivos; Promoção do desenvolvimento de aplicações inovadoras individuais, dedicadas à obtenção de dados; Promoção do desenvolvimento de metodologias bottom-up dedicadas à harmonização das políticas propostas; Promoção do desenvolvimento de indicadores de performance territorial e espacial. Esperamos assim que o resultado final da produção da cityserviceslab seja uma ferramenta que adicione valor aos territórios e espaços, que use indicadores transparentes, robustos e com significado que possibilitem análises de contexto apropriadas. METODOLOGIA Impulsionados pelos OBJECTIVOS, IMPACTOS e VISÃO indicados, a cityserviceslab apresenta uma equipa multidisciplinar que procura, acima de tudo, o desenvolvimento de metodologias transdisciplinares para a construcção do conhecimento territorial e espacial. Adicionando ao potencial técnico e científico da equipa da cityserviceslab, procuramos sempre reunir experiências em campos do saber diversificados, com ligações ao sector público e privado e sobretudo com forte proximidade ao sector científico e tecnológico Nacional de natureza territorial e espacial. A primeira iniciativa da cityserviceslab envolve o desenvolvimento do primeiro dashboard comparativo de Municípios Portugueses, baseado num conjunto de indicadores comuns e internacionais que avaliem a performance e monitorizem o progresso ao longo do tempo ou os quão atractivos são os territórios e o ambiente construido. Ao longo do tempo intencionámos o desenvolvimento de Indicadores de Performance, baseados nos Instrumentos de Gestão Territorial em Portugal, que permitissem a monitorização em tempo real do desenvolvimento territorial. Contudo, recentes desenvolvimentos permitem o desenvolvimento de dashboard de cariz comparativo e Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 17 de 19

18 com carácter internacional, possibilitando dessa forma análises comparativas mais alargadas e homogéneas entre as diferentes cidades mundiais. A primeira fase do dashboard envolve a construção de uma matriz de 308 municípios, enquanto unidades territoriais, e 100 indicadores de performance internacionais e estandardizados que constituem o conceito de one-stop-source de índices comparativos da performance e competitividade dos territórios nacionais. A segunda fase do dashboard é constituída pelo desenvolvimento de matriz idêntica, à escala do edificado e segundo os aspectos funcionais dos mesmos, adoptando indicadores de performance europeus. Modelo Esquematizado da Arquitectura da primeira iniciativa da cityserviceslab: Primeira fase Segunda fase 308 Unidades territoriais dos Municípios; 100 Indicadores (ISO ) aplicados ao universo de cada unidade territorial; Arquitectura A2A (Administração para Administração) para a comunicação de dados; Arquitectura U2A (Utilizador para Administração) para a introdução de novos dados comunicação de dados; Arquitectura A2U (Administração para Utilizador) para a comunicação de resultados. Determinação de unidades espaciais segundo critérios funcionais; Aplicação de Normas e Indicadores Europeus ao universo de cada unidade espacial; Arquitectura A2A (Administração para Administração) para a comunicação de dados; Arquitectura U2A (Utilizador para Administração) para a comunicação de dados; Arquitectura A2U (Administração para Utilizador) para a comunicação de resultados. BENEFICIÁRIOS E BENEFÍCIOS Os principais beneficiários do dashboard proposto pela cityserviceslab são transversais aos diversos actores sociais, desde a administração central à administração local, assim como desde actores económicos privados até ao cidadão como utilizador final. O dashboard, associado à primeira fase, trará benefícios para a formulação de uma política de cidades sustentada por indicadores internacionais, possibilitando a sua comparabilidade a nível nacional, europeu e global. Possibilitando igualmente o seu uso como ferramenta de apoio à tomada de decisão sustentada em factos. Já do segundo dashboard, associado à segunda fase, beneficiarão todos os agentes interessados na sistematização, organização e disseminação da informação do parque Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 18 de 19

19 edificado que se encontra sobre sua gestão. Beneficiando, por exemplo, de uma possibilidade de gestão centralizada do parque edificado. É pois no contexto de um modelo de benchmarking de cidades e de parque edificado que a administração central e local poderá, por exemplo, realizar análises actualizadas e em tempo real das realidades territoriais, e por outro lado permite ao sector privado, e também às administrações centrais e locais, beneficiar de modelos de análise do parque edificado que, em conjunto e com gestão centralizada, garantam a competitividade, eficiência e eficácia na gestão dos territórios. Em resumo, podemos afirmar que os beneficiários e os benefícios dos dashboards a promover pela cityserviceslab são todos aqueles que pretendem alcançar a excelência na gestão territorial e espacial, através da monitorização e da performance dos mesmos, obtidos e traduzidos em informação significativa e reunidas e apresentadas em modelos de comunicação transparente, intuitivos e potenciadores de desenvolvimento e sustentabilidade baseadas na informação e conhecimento. MARÇO 2015 Lisboa, 1 de Abril de 2015 Miguel Ângelo cityserviceslab Concurso Cidades Analíticas 2015 Página 19 de 19

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Comunicação Multimédia (Desenvolvimento) Multimedia Communication (Development) 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas

Leia mais

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional!

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! ii A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! iii Agradeço à Deus, esta força maior, pela vida, pela sabedoria e pelo amor. Mas, sobretudo, por me ensinar saber fazer ser

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D.

Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JULIO DE MESQUITA FILHO Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D. Pró-Reitora de Pós-Graduação / Graduate

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

O novo papel de Recursos Humanos: o que é RH Estratégico e qual é a sua contribuição para os negócios

O novo papel de Recursos Humanos: o que é RH Estratégico e qual é a sua contribuição para os negócios Gustavo Leonette de Moura Estevão O novo papel de Recursos Humanos: o que é RH Estratégico e qual é a sua contribuição para os negócios Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Belém, 25 de Setembro 2014 Estrutura da apresentação 1. Porque a cooperação com a União Europeia em inovação é importante para o Brasil? 2.

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Construção, Território e Ambiente CU Name Código UC 11 Curso LEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 95 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água A Água e o Programa Horizonte 2020 (8ºPQ) Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água Governancia da Água Francisco

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!!

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!! Universidade de Aveiro 2012 Departamento de Comunicação e Arte RENATO MIGUEL SILVA COSTA ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA Universidade de

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE IV EXPOEPI International Perspectives on Air Quality: Risk Management Principles for Oficina de Trabalho: Os Desafios e Perspectivas da Vigilância Ambiental

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação:

Leia mais

BASES METODOLÓGICAS PARA AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA: UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS

BASES METODOLÓGICAS PARA AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA: UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS BASES METODOLÓGICAS PARA AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA: UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS GUSTAVO J. R. CACIOLI 1 ; KATIA R. E. DE JESUS-HITZSCHKY 2 N o 0902015 Resumo A

Leia mais

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira 15 INTELIGÊNCIA DE MERCADO: TRANSFORMANDO AS OLIMPÍADAS EM NEGÓCIOS 1 RESUMO Um dos grandes desafios das organizações hoje é a aplicabilidade assertiva das técnicas de análise e métodos utilizados em Inteligência

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água

O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água Porto, 9 de Fevereiro 2012 Paulo Areosa Feio Coordenador Calendário 5 th Report on Economic, Social and Territorial Cohesion & public

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento.

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento. Ficha de Unidade Curricular 1. Unidade curricular / Curricular Unit Psicologia Geral / General Psychology 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular (com semestre e ano lectivo)

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

Ontology Building Process: The Wine Domain

Ontology Building Process: The Wine Domain Ontology Building Process: The Wine Domain João Graça, Márcio Mourão, Orlando Anunciação, Pedro Monteiro, H. Sofia Pinto, and Virgílio Loureiro Summary Context Ontology Wine Domain Existing Wine Ontologies

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

BLUE BUSINESS FORUM 4 / 6 June 2015. FIL International Fair of Lisbon - Portugal

BLUE BUSINESS FORUM 4 / 6 June 2015. FIL International Fair of Lisbon - Portugal BLUE BUSINESS FORUM 4 / 6 June 2015 FIL - www.fil.pt CCL - www.lisboacc.pt FIL International Fair of Lisbon - Portugal A language is the place where you see the world and it outlines the limits of our

Leia mais

Oportunidades para as PME

Oportunidades para as PME Programa-Quadro de I&I da CE: Horizonte 2020: Oportunidades para as PME Gonçalo Lobo Xavier Delegado Nacional Inovação nas PME e Acesso a Financiamento de Risco Horizonte 2020 -Oportunidades para a indústria

Leia mais

Integrated Network Operations Support System ISO 9001 Certified A Plataforma Integradora Integrated Platform O INOSS V2 é uma poderosa plataforma de operação e gestão centralizada de redes e serviços de

Leia mais

Turismo Industrial. A problemática e tendências para o futuro

Turismo Industrial. A problemática e tendências para o futuro Turismo Industrial A problemática e tendências para o futuro Seminário Turismo Industrial e Desenvolvimento Local Turismo de Portugal - 30 Outubro 2013 Carlos Costa [ccosta@ua.pt] Universidade de Aveiro

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking Agradecimentos A dissertação do Mestrado que adiante se apresenta resulta na concretização de um projecto que me parecia difícil mas não impossível de alcançar. Foram meses seguidos de trabalho de investigação,

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

Saulo de Souza Ladeira. Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas. Dissertação de Mestrado

Saulo de Souza Ladeira. Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas. Dissertação de Mestrado Saulo de Souza Ladeira Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Geografia da PUC-Rio como

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Dentro do MoU (Memorando de Entendimento) que o Governo do Estado tem com o Reino Unido estão sendo promovidos vários

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

Integração de Imigrantes

Integração de Imigrantes Integração de Imigrantes ODEMIRA INTEGRA It is a project born from the need to improve and increase support measures, reception and integration of immigrants. 47% of immigrants registered in the district

Leia mais

OVERVIEW DO EAMS. Enterprise Architecture Management System 2.0

OVERVIEW DO EAMS. Enterprise Architecture Management System 2.0 OVERVIEW DO EAMS Enterprise Architecture Management System 2.0 NETWORKS @arqcorp_br #eamsrio http://arquiteturacorporativa.wordpress.com/ WE MANAGE KNOWLEDGE, WITH YOU Arquitetura Empresarial Repositório

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO RESUMO As incubadoras de empresas são ambientes dotados de competência gerencial, técnica e administrativa que impulsionam a promoção do nascimento

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Estratégias de TI para a integração eletrônica da informação - um estudo sobre o estado da arte e da prática

Estratégias de TI para a integração eletrônica da informação - um estudo sobre o estado da arte e da prática Daniel Valente Serman Estratégias de TI para a integração eletrônica da informação - um estudo sobre o estado da arte e da prática Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement

a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement Porto, 18th April 2007 Outline 1. Presentation of CEIIA

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Mestrado em U.C. SISTEMAS INTEGRADOS DE Gestão Integrada da Qualidade,Ambiente e Segurança GESTÃO Horas presenciais

Leia mais

inovação & nas empresas 2020 competitividade

inovação & nas empresas 2020 competitividade inovação & nas empresas 2020 competitividade FACING THE INNOVATION CHALLENGE Lisboa 02 MARÇO 2016 1 Desafios e oportunidades: fatores críticos de sucesso PRINCIPAIS ALTERAÇÕES SETORES VERSUS CADEIAS DE

Leia mais

and the Municipality of SERTÃ

and the Municipality of SERTÃ RETS Launch Conference 3rd February 2010 Casa da Cultura da Sertã SERTÃ, Portugal Renewable Energies and the Municipality of SERTÃ, Mayor The participation of Sertã in RETS is the continuation of its journey

Leia mais

ESTRATÉGIA REGIONAL DE ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE: ATELIÊ DAS TECNOLOGIAS DE LARGO ESPECTRO

ESTRATÉGIA REGIONAL DE ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE: ATELIÊ DAS TECNOLOGIAS DE LARGO ESPECTRO ESTRATÉGIA REGIONAL DE ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE: ATELIÊ DAS TECNOLOGIAS DE LARGO ESPECTRO ccdr-n.pt/norte2020 4DE JUNHO DE 2013 BRAGA Principais Conceitos A competitividade das regiões deve fundar se

Leia mais

Optimização integrada dos recursos energéticos no sector residencial. Carlos Henggeler Antunes Universidade de Coimbra + INESC Coimbra

Optimização integrada dos recursos energéticos no sector residencial. Carlos Henggeler Antunes Universidade de Coimbra + INESC Coimbra Optimização integrada dos recursos energéticos no sector residencial Carlos Henggeler Antunes Universidade de Coimbra + INESC Coimbra Objectivo Optimização integrada dos recursos energéticos de acordo

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado UAb Session on Institutional Change Students and Teachers Lina Morgado Lina Morgado l SUMMARY 1 1. Pedagogical Model : Innovation Change 2. The context of teachers training program at UAb.pt 3. The teachers

Leia mais

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

RESEARCH UNIT NECE. Covilhã 22/05/2009

RESEARCH UNIT NECE. Covilhã 22/05/2009 RESEARCH UNIT NECE Mário Raposo UBI Scientific Coordinator of NECE Covilhã 22/5/29 PRESENTATION NECE Research Unit in Science Business is a departmental unit that gathers the scientific research activities

Leia mais

Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft. Lisboa, 30 Outubro 2015

Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft. Lisboa, 30 Outubro 2015 Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft Lisboa, 30 Outubro 2015 Descrição Título do projeto: VISIT Victim Support for Identity Theft. Financiamento: Comissão Europeia/Directorate General Home Affairs/2013/ISEC/Prevention

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Design de Identidade Identity design 6.2.1.2. Docente responsável e respetivas horas de contacto na unidade curricular

Leia mais

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015 ATUADORES e TRAVAS 2015 TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL Atuante no setor de mobilidade, orientando-se pela tecnologia, inovação e sustentabilidade, a Drift Brasil desenvolve soluções para o segmento automotivo

Leia mais

Empreendedorismo Urbano:

Empreendedorismo Urbano: Empreendedorismo Urbano: As cidades (smart) como oportunidade Seminário PLACES Lisboa, 7 de Março de 2013 estrutura Cidades (smart): uma oportunidade Empreendedorismo urbano: soluções para cidades Caso

Leia mais

Gestão de Processos de Negócio

<Insert Picture Here> Gestão de Processos de Negócio Gestão de Processos de Negócio Susana Santos Principal Sales Consultant Agenda Quais os Desafios Business Process Management Modelação Execução Interacção Humana Monitorização Resumo

Leia mais

Autor: Débora Saraiva de Melo Anversa 1 Co-Autores: Teresinha Rita Boufleuer 2 Franciele Pastre 3 Andreici Daiani Vedovatto 4 Ademar Tibola 5

Autor: Débora Saraiva de Melo Anversa 1 Co-Autores: Teresinha Rita Boufleuer 2 Franciele Pastre 3 Andreici Daiani Vedovatto 4 Ademar Tibola 5 Proposta de Desenvolvimento do Empreendedor na INCTECh: adequação à prática chave segundo a metodologia CERNE 1. Proposal for Entrepreneurial Development at INCTECh: suitability to practice key according

Leia mais

CIENCIA VIVA. A Portuguese initiative for scientific and technological culture

CIENCIA VIVA. A Portuguese initiative for scientific and technological culture CIENCIA VIVA A Portuguese initiative for scientific and technological culture OUR MISSION CIENCIA VIVA IN SCHOOLS Science Education, practical work in partnership with research institutions NATIONAL SCIENTIFIC

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 Design de Interface Interface Design 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES. SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015

CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES. SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015 CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015 Introdução (I) Apesar de em Portugal até ao momento não existirem exemplos

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Unidade curricular: Curricular Unit: Laboratório de Aplicações Interactivas Interactive Application Lab Docente responsável e respectivas horas de contacto

Leia mais

UNIVERSIDADE DE ÉVORA

UNIVERSIDADE DE ÉVORA UNIVERSIDADE DE ÉVORA MESTRADO EM INTERVENÇÃO SÓCIO-ORGANIZACIONÀL NA SAÚDE Curso ministrado em parceria com a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (DR Série, n.. 250 de 29 de Outubro de 2002)

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Unidade curricular: Curricular Unit: Gestão de Empresas Audiovisual e Multimédia Audiovisual and Multimedia Companies Management Docente responsável e respectivas

Leia mais

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15 Horários 13h30 às 15h30 11.11.15 13h30 às 15h30 SESSÃO 1: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Sala 1 Painel Estratégias e Horários Sala 2 - Painel Políticas Públicas e Práticas Sustentáveis P1 Consumo e Produção

Leia mais

PPP Operating the Government of the State of Bahia. Priscila Romano Pinheiro November de 2015 Barcelona

PPP Operating the Government of the State of Bahia. Priscila Romano Pinheiro November de 2015 Barcelona PPP Operating the Government of the State of Bahia Priscila Romano Pinheiro November de 2015 Barcelona PPP Hospital do Subúrbio PPP Suburb Hospital Internationally Awarded 4 times Award of the United Nations

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Unidade curricular: / Curricular Unit: Sociologia da Comunicação Sociology of Communication Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

EIA and SEA differences and relationship

EIA and SEA differences and relationship Mestrado em Urbanismo e Ordenamento do Território/ Master in Urban Studies and Territorial Management Mestrado em Engenharia do Ambiente / Master in Environmental Engineering Avaliação Ambiental Estratégica

Leia mais

Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013

Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013 Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013 COLÓQUIO APCAP 2008 Sistemas e Serviços Inteligentes na Rede Concessionada Rui Camolino 19Jun08 Agenda Plano de

Leia mais

BLUE BUSINESS WEEK 2015. FIL - www.fil.pt CCL - www.lisboacc.pt

BLUE BUSINESS WEEK 2015. FIL - www.fil.pt CCL - www.lisboacc.pt BLUE BUSINESS WEEK 2015 FIL - www.fil.pt CCL - www.lisboacc.pt Versão 16 Janeiro 2015 Uma língua é o lugar donde se vê o Mundo e em que se traçam os limites do nosso pensar e sentir. Da minha língua vê-se

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE INCLUSIVIDADE PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA VISUAL NO ESPAÇO CONSTRUIDO

ESTRATÉGIAS DE INCLUSIVIDADE PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA VISUAL NO ESPAÇO CONSTRUIDO ESTRATÉGIAS DE INCLUSIVIDADE PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA VISUAL NO ESPAÇO CONSTRUIDO ESTUDOS DE CASO EM ESPAÇO ESCOLAR Luís Manuel Brilhante da Silva Resumo da Dissertação para obtenção do Grau de Mestre

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

FDLI s Brazil Conference

FDLI s Brazil Conference Programa Alimentos Seguros: uma experiência brasileira Food Safety Program: a Brazilian experience FDLI s Brazil Conference Zeide Lúcia Gusmão, MSc. National Coordinator PAS SENAI Nacional Department São

Leia mais