CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº"

Transcrição

1 CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº 81/08 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO :43ª EM 31/07/08 PROCESSO : NUP /07-97 RECURSO VOLUNTARIO EMENTA: ICMS Obrigação principal Falta de pagamento do ICMS substituição tributária nas saídas, na condição de substituto tributário, ou seja, não inclusão do frete na base de cálculo - Frete pago pelo emitente, modalidade CIF Base de cálculo constituída do preço público sugerido - Infração não provada Auto de infração Improcedente - Recurso voluntário conhecido e provido - Decisão por maioria de votos. RELATÓRIO: O presente processo teve início com o Auto de Infração No de 21/05/07, lavrado contra a empresa..., acusada de Falta de pagamento do ICMS substituição tributária nas saídas, na condição de substituto tributário, nos prazos regulamentares, não retido e não declarado em GIM, no exercício de O Fisco Estadual afirma que o autuado infringiu a regra do artigo 19, do RICMS, aprovado pelo o Decreto E/2001, sendo passível às medidas punitivas instituídas no artigo 69, inciso I, alínea b, da Lei 059/93, ensejando multa de 100% (cem por cento) sobre o valor do imposto, passando a exigir a importância de R$ ,57 (cento e quarenta mil, trezentos e nove reais e cinqüenta e sete centavos) a título de ICMS, multa e juros. Às fls. 04, encontra-se a Ordem de Serviço de n 1156, emitida em 23/03/07, cujo período a ser fiscalizado é de 01/01/03 a 31/12/03. O termo de início de fiscalização foi emitido em 26 de março de 2007 e cientificado ao contribuinte em 27 de março de 2007 (fls. 04). As fls. 252 a 256, constam as planilhas de apuração do ICMS substituição tributária, valor retido e a diferença a recolher, mês a mês no período de janeiro a dezembro de As fls. 258 consta notas explicativa, referente ao auto de infração supracitado, na qual a autuante, informa que para efeito de cálculo do ICMS substituição tributária dos veículos novos deverá ser incluído na base de cálculo o valor do frete, nos termos do art. 773, 2º do RICMS aprovado pelo Decreto E/2001 e conforme se verifica nas notas fiscais emitidas pela montadora General Motors do Brasil, cópias em anexo, não foi destacado o valor do frete, donde se conclui que o mesmo não foi incluso, portanto, não recolhido. Para comprovar a acusação apontada na inicial vez juntar aos autos os seguintes documentos: notas fiscais de aquisição de veículos e conhecimento de transporte (fls. 13/251), demonstrativo do crédito tributário (fls. 252/256), nota explicativa (258/259), relatório detalhado SINTEGRA (fls. 260 a 322), conta corrente do contribuinte (fls. 323), resumo da GIM (fls. 324) e cópia dos livros fiscais (fls. 327/745). O termo de encerramento de fiscalização foi lavrado em 21 de maio de 2007, cientificado ao contribuinte em 23/05/07 (fls. 746). As fls. 749, consta o Termo de Juntada de impugnação tempestiva protocolado sob o nº 4598/07, em síntese alega: A autoridade fiscal entendeu que houve sonegação no tocante a não inserção do frete na base de cálculo por parte do contribuinte substituto, e na ausência deste, deveria ser arcada pelo substituído, no caso a autuada. Que o artigo 2º inciso XVII do RICMS, dispõe que o fato gerador do ICMS ocorre no momento da contratação, por contribuinte, de serviço prestado por transportador autônomo, para efeito de exigência do imposto por substituição ou antecipação tributária. Neste mesmo sentido o artigo 17 do mesmo diploma legal em seu inciso II, alínea a diz que o local da operação ou da prestação, para os efeitos da cobrança do imposto e definição do estabelecimento responsável, tratando-se de prestação de serviço de transporte, onde tenha iniciado a prestação.

2 Conforme acima, o momento do fato gerador ocorreu no local onde iniciou a prestação, ou seja, na saída da mercadoria do contribuinte substituto (art. 19), devendo este ser o primeiro a prestar contas, para posteriormente responsabilizar a autuada solidariamente. O artigo 728, inciso IV, alínea a, que a responsabilidade pela retenção e recolhimento do ICMS poderá ser atribuída, nas prestações de serviço de transporte de cargas efetuado por transportadora de outra unidade federada, não inscrita neste Estado ao remetente da mercadoria, quando contribuinte do ICMS e contratante do serviço. Logo, a autoridade fiscal não deveria fazer levantamento na autuada sem antes analisar os arquivos do contribuinte substituto, já que este possui a obrigação de cumprir as normas de que trata a matéria em questão. A autoridade fiscal equivocou-se no tocante a exigência sobre o preenchimento do campo referente ao frete do corpo da nota fiscal, pois o caput do artigo 747 não preceitua tal obrigação, ou seja, o que a lei não exige, deixa espaço para faculdade. Que as obrigações acessórias do contribuinte substituto estão preceituadas no artigo 758 do RICMS, e sobre este é que a autuante deveria proceder tal fiscalização, para que este cumpra o que determina o 2º do artigo 770 do RICMS, e não sobre o substituído que é carecedor de diversas informações fiscais. Conforme dito acima, não existe no regulamento do ICMS a obrigação do contribuinte substituto de fazer constar o valor do frete cobrado no campo próprio da nota fiscal, por mais que tenha declarado no campo destinado ao transportador que o recolhimento do frete foi CIF. Cabe ao contribuinte substituto comprovar que ficou responsável pelo frete e assim o fez quando anexou os conhecimentos de transporte, onde consta nos mesmos que o frete era pago na origem. O relatório do SINTEGRA não pode precisar se o frete cobrado na saída do veículo novo da fábrica está ou não incluso no preço do referido objeto, não podendo a autoridade fiscal fazer suposições sobre tributo. O frete foi recolhido pelo substituto tributário conforme é possível verificar através do conhecimento de transporte rodoviário de cargas que seguem anexos, emitidos pela Cooperativa dos Transportadores de Veículos CTV, onde constam que o frete foi pago e coletado na cidade de São José dos Campos, cidade do substituto tributário, e calculado até Boa Vista, consta, ainda, no conhecimento de transporte o número da nota fiscal, a descrição simplificada do veículo e que o frete é por conta do emitente. Assim, o frete pago pelo substituto tributário já está constante no valor unitário do veículo descrito na nota fiscal e compõe o preço de venda da General Motors do Brasil e, por extensão, já está incluído no preço público sugerido pela fábrica. Do pedido: Por fim requer que a autuação seja julgada improcedente, por não ter a acusada adotado comportamento contrário à legislação tributária do ICMS, não advindo de sua conduta qualquer prejuízo a Fazenda Estadual, determinando a extinção do crédito tributário nele consubstanciado e conseqüentemente arquivamento dos autos. Das fls. 771 a 1014 constam as cópias de Conhecimento de Transporte das notas fiscais descritas na planilha fiscal fls. 252/256. As fls. 1020, consta a Decisão nº 293/2007 proferida no julgamento de primeira instância, no qual o auto de infração nº 1125/07, foi julgado procedente, por ficar configurada a infração apontada na inicial. Segundo a julgadora monocrática não há dúvida que o pagamento do frete foi efetuado pela empresa remetente, no entanto, não se vislumbra nas notas fiscais emitidas e nem, nas listagens enviadas GIA-ST, qualquer alusão a inclusão do frete na composição da base de cálculo. O Convênio ICMS 132/92, em sua Cláusula terceira, 3º, previu expressamente que o imposto deverá ser complementado pelo destinatário, no caso o revendedor. Veja-se o teor da norma: Cláusula terceira - a base de cálculo do imposto para fins de substituição tributária será:

3 I em relação aos veículos saídos, real ou simbolicamente, das montadoras ou de suas concessionárias com destino à outra unidade da federação, o valor correspondente ao preço de venda a consumidor constante de tabela estabelecida por órgão competente (ou sugerido ao público) ou, na falta desta, a tabela sugerida pelo fabricante, acrescido do valor do frete, do IPI e dos acessórios a que se refere o 2º da cláusula primeira. (...) 3º Na impossibilidade de inclusão do valor do frete na composição da base de cálculo, o recolhimento do imposto correspondente será efetuado pelo estabelecimento destinatário. E o artigo 773 2º do Decreto E / 2001 RICMS RR, incorporou na legislação estadual o entendimento acima descrito. Os argumentos do autuado não foram suficientes para contestar o feito, restando comprovado a não inclusão do frete na base de cálculo do ICMS-ST e na inobservância dessa diretriz acarreta ao substituído, no caso a concessionária autuada a responsabilidade pelo pagamento da parcela não retida do imposto. O contribuinte é intimado da decisão de primeira instância em 11/12/07. Das fls. 1032/1053 consta o recurso voluntário com os mesmos argumentos da impugnação, afirma que a autoridade fiscal não possui o poder de dizer com exatidão qual o preço sugerido pelo contribuinte substituto, sem antes requisitar do mesmo a descrição minuciosa de como chegou no referido preço sugerido. Transferir para o destinatário responsabilidade de arcar com uma possível falta de recolhimento de imposto é atacar a parte hipossuficiente da relação tributária. Por fim solicita a reforma da decisão exarada pelo julgador monocrático, julgando, assim, a improcedência do auto de infração, por não ter o recorrente adotado comportamento contrário à legislação tributária do ICMS. Em seguida consta o parecer nº 172/2008, emitido pela Procuradoria Fiscal do Estado, no qual comunga com o entendimento do julgador monocrático, pela procedência do auto de infração, vez que não havendo a inclusão do frete na composição do cálculo do ICMS-ST, por parte da empresa remetente, a obrigação pelo recolhimento recairá sobre o estabelecimento destinatário, conforme regra do art. 773, 2º do RICMS. Através da 25ª Sessão de Julgamento realizada em 13/05/08, este Conselho de Recursos Fiscais, solicita da empresa autuada que apresente explicações de forma individualizada e detalhada, de como foi obtida a base de cálculo da substituição tributária das notas fiscais descritas na planilha fls. 252 a 256, anexa a este termo, uma vez que a tese defensiva se reporta à inclusão dos valores na referida base de cálculo. Em resposta a montadora GMB através de consultoria tributária (fls. 1073), informa a concessionária LIRAUTO, que a defesa da concessionária será feita a partir das próprias notas fiscais consideradas pela fiscalização, nas notas fiscais no campo pertinente ao transportador, que o frete é por conta do remetente, ou seja, da GMB, que contrata e paga esse frete, entregando o veículo a concessionária, já com frete pago. O valor do frete compõe o preço de venda da GMB e, por extensão, já está incluído no preço público sugerido pela fábrica, utilizado para o cálculo e retenção do ICMS / ST devido em face do veículo. Em outras palavras, desde o ano de 2000, quando a GMB adotou a rotina de processar vendas de veículos novos com o frete pago e o montante correspondente a esse encargo deixou de ser responsabilidade da Concessionária, desobrigando-a de recolher o ICMS sobre o frete, que passou a compor a base de cálculo da operação própria da GMB. Em virtude da nova composição do Conselho de Recursos Fiscais o processo em referência foi sorteado a outro conselheiro, e através da 37ª sessão de julgamento ocorrido em 30/06/08 do Conselho de Recursos Fiscais, solicita a empresa autuada que apresente tabela de preços sugeridos pela fábrica à época, identificando perfeitamente a composição da base de cálculo da substituição tributária. Em resposta (fls a 1099), fizemos a juntada do material fornecido pela General Motors do Brasil.

4 É o relatório. ARNALDO MENDES DE SOUSA CRUZ Conselheiro Relator VOTO: Isto posto e, Versa o presente auto de infração sobre falta de pagamento do ICMS Substituição Tributária nas saídas, na condição de substituto tributário, nos prazos regulares, não retidos e não declarado em GIM, nos termos do artigo 19, do RICMS, aprovado pelo Decreto E / 2001, exercício de Para consubstanciar a acusação o fisco anexou: cópias de notas fiscais de entradas, relatório SINTEGRA, cópias dos livros fiscais, demonstrativos de crédito e notas explicativas, bem como, o conta corrente e o resumo da GIM da autuada. A empresa apresenta recurso voluntário alegando que a autuação em questão está fincada em presunção ou ficção que decorrem do zelo da agente fiscal. Que a mesma não pode ser acusada de não haver incluído na base de cálculo do ICMS substituição tributária o valor do frete, gerando, portanto, perda de arrecadação aos cofres do Estado, posto que, a montadora GMB é que faz a retenção, a mesma retém e repassa para o Estado, na condição de substituto tributário, neste sentido, a General Motors do Brasil Ltda é que deveria ser intimada para apresentar a base de cálculo do ICMS substituição tributária, ou seja, somente a mesma teria condição de dizer com exatidão qual o preço público sugerido. Os autos foram baixados em diligência nas sessões 25ª de 13/05/08 e na 37ª de 30/06/08, com vistas a buscar a verdade material, ou ainda, a comprovação da infração, no sentido de que seja fornecido a tabela de preço sugerido pela fábrica, identificando a composição da base de cálculo. Em resposta a consultoria tributária da GMB, informa a autuada, que o frete é por conta do remetente, conforme se verifica através das notas fiscais juntadas pela fiscalização e dos conhecimentos de transportes anexo, assim, a mesma contrata e paga este frete, entregando o veículo a concessionária já com frete pago. O valor do frete compõe o preço de venda da GMB e, por extensão, está incluso no preço sugerido da fábrica, utilizado para cálculo e retenção do ICMS / ST. Na segunda solicitação a GMB fornece o preço público dos automóveis novos para as diversas regiões do Brasil, bem como, encaminha CD-ROOM, onde podemos encontrar os preços dos veículos constantes nas notas fiscais da presente autuação e outros veículos, não só os destinados para Roraima, como para outras regiões do País. Em se tratando do frete é necessário lembrar que existem duas modalidades de cobrança CIF ou FOB. A diferença entre ambos é que no frete CIF quem paga o frete é o remetente da mercadoria e este inclui o valor do frete no preço da mercadoria. Em conseqüência, no cálculo da retenção do imposto por substituição tributária progressiva não deverá ser incluído o frete CIF, pois ele já está embutido no preço da mercadoria, do contrário haverá uma cobrança indevida sobre o custo do frete, se incluído novamente na base de cálculo do ICMS cobrado por substituição tributária. O Convênio ICMS 132/92, em sua Cláusula terceira, 3º, prevê que a base de cálculo da substituição tributária poderá ser também o constante de tabela estabelecida por órgão competente (ou sugerido ao público) ou, ainda tabela sugerida pelo fabricante, assim dispõe Cláusula Terceira - A base de cálculo, para fins de substituição tributária, será: I - em relação aos veículos saídos, real ou simbolicamente, das montadoras ou de suas concessionárias com destino a outra unidade da federação, o valor correspondente ao preço de venda a consumidor constante de tabela estabelecida por órgão competente (ou sugerido ao público) ou, na falta desta, a tabela sugerida pelo fabricante, acrescido do valor do frete, do IPI e dos acessórios q que se refere o 2º da cláusula primeira; II - em relação às demais situações, o preço máximo ou único de venda utilizado pelo contribuinte substituído, fixado pela autoridade competente, ou, na falta desse preço, o valor da operação praticado pelo substituto, incluídos os valores correspondentes a frete, carreto, seguro, impostos e outros encargos transferíveis ao varejista, acrescido do valor resultante da aplicação do percentual de 30% (trinta por cento) de margem de lucro.

5 3º - Na impossibilidade de inclusão do valor do frete na composição da base de cálculo, o recolhimento do imposto correspondente serão efetuado pelo estabelecimento destinatário. O art. 8º, inciso II, alínea a da LC 87/96, trata da base de cálculo da ST, nos seguintes termos: Art. 8º A base de cálculo, para fins de substituição tributária, será: (...) II - em relação às operações ou prestações subseqüentes, obtida pelo somatório das parcelasseguintes: a) o valor da operação ou prestação própriarealizada pelo substituto tributário ou pelo substituído intermediário; (g.n.) E o artigo 731 3º do Decreto E / 2001 RICMS RR, incorporou na legislação estadual o entendimento acima descrito, na Lei Complementar 087/96, bem como, o artigo 769 2º do mesmo diploma legal, incorporou o disposto no Convênio 132/92, Cláusula 3ª. Depreende-se dos dispositivos legais retro mencionados que o valor do frete deverá sempre compor a base de cálculo da substituição tributária, independe das operações se realizarem sob cláusula CIF ou FOB. Não obstante, é importante salientar que no presente caso as operações ocorreram sob cláusula CIF, ou seja, o ônus do frete recaiu sobre a montadora e esta efetuou o pagamento do frete, conforme se verifica nos documentos acostados, bem como, afirma que o valor do frete compõe o preço de venda da GMB, e por extensão já está incluído no preço sugerido pela fábrica utilizado no cálculo e retenção do ICMS / ST. Na modalidade FOB é diferente, quem paga o frete sobre o transporte da mercadoria é o adquirente desta. Portanto, o valor do frete não está incluído no preço da mercadoria, este deverá ser incluído na base de cálculo do ICMS quando retido por substituição tributária, por constituir-se um custo para o adquirente, no caso a concessionária, neste caso, a legislação determina a responsabilidade do adquirente pelo recolhimento do ICMS/ ST, nas situações de impossibilidade de não inclusão do valor do frete na base de cálculo. Face ao exposto, voto em conhecer do recurso voluntário, dar-lhe provimento para reformar a Decisão nº 293/2007, julgando improcedente o auto de infração nº 1125/07, por não ficar configurada a infração apontada na inicial, posto que o frete foi pago pela montadora (CIF) e encontra-se incluso no preço total da mercadoria e transferido para o custo do produto suportado pelo adquirente. Voto, ainda, em desacordo com o parecer da Procuradoria Fiscal do Estado. É o voto. ARNALDO MENDES DE SOUZA CRUZ Conselheiro Relator DECISÃO: Vistos, discutidos e examinados os presentes autos, em que é recorrente: e recorrido:...divisão DE PROCEDIMENTOS ADM FISCAIS, RESOLVEM os membros da CÂMARA DE JULGAMENTO DO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA, por maioria dos presentes com direito a voto, conhecer do recurso voluntário, dar-lhe provimento, para reformar a decisão de primeira instância, julgando improcedente o auto de infração nº /2007, nos termos do voto do Relator, em desacordo com o parecer da Procuradoria do Estado e da Exmª. Srª. Conselheira Regina Nonata Gomes Dourado, que entendiam pela procedência do auto de infração. Ficou impedida de participar do julgamento a Exmª. Srª. Conselheira Rozinete Araújo de Morais Guerra, com base no inciso I, do artigo 48, do Decreto 878-E/94. SALA DAS SESSÕES DA CÂMARA DE JULGAMENTO DO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA, em Boa Vista -RR, 07 de agosto de JARBAS MENEZES DE ALBUQUERQUE Presidente, ARNALDO MENDES DE SOUZA CRUZ - Conselheiro Relator, REGINA NONATA GOMES DOURADO, LÚCIA DE FÁTIMA CUNHA PASTANA, LUIZ TRAVASSOS DUARTE NETO, RICARDO HERCULANO B. DE MATTOS, Conselheiros, MARCELO TADANO - Procurador do Estado.

ROZINETE ARAÚJO DE MORAIS GUERRA Conselheira Relatora

ROZINETE ARAÚJO DE MORAIS GUERRA Conselheira Relatora CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº 055/07 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 46ª EM 14/08/07 PROCESSO : NUP-22001.02891/06-06 RECURSO DE OFICIO E VOLUNTARIO EMENTA: ICMS Falta de

Leia mais

CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº

CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº 64/07 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO :51ª EM 30/08/07 PROCESSO : NUP-22001.04826/06-15 RECURSO DE OFICIO EMENTA: ICMS Multa acessória Entrada

Leia mais

CONSELHO DE RECUROS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº

CONSELHO DE RECUROS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº CONSELHO DE RECUROS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº 03/09 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 02ª EM 16/02/09 PROCESSO : Nº 22001.10229/07-10 RECUROS VOLUNTARIO EMENTA: ICMS APROVEITAMENTO INDEVIDO

Leia mais

DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. FISCAIS

DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. FISCAIS RESOLUÇÃO : Nº 24/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 35ª EM: 13/06/2011 PROCESSO : Nº 044/2010 RECORRENTE : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. FISCAIS RECORRIDO : A MESMA INTERESSADO : AUTUANTES : JORGE HENRIQUE/

Leia mais

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROC: 1/004193/2004 \ AL: 1/200410475 ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROCESSO DE RECURSO N 1/004193/2004 AUTO

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Processo nº 0126452009-3 Acórdão nº 059/2012 Recurso HIE/VOL/CRF-427/2010 1ª RECORRENTE: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS GEJUP 1ª RECORRIDA: LOJAS PRIMAVERA COMÉRCIO DE MÓVEIS LTDA.

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS A.I.: 2/200507655 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N 4! G /2006 2 8 CÂMARA SESSÃO DE 22/08/06 PROCESSO DE RECURSO N 1/002532/2005 AUTO DE INFRAÇÃO: 2/200507655

Leia mais

RESOLUÇÃO : Nº 31/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 44ª EM: 22/07/2011 PROCESSO : Nº 0132/2010 RECORRENTE : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM.

RESOLUÇÃO : Nº 31/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 44ª EM: 22/07/2011 PROCESSO : Nº 0132/2010 RECORRENTE : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. RESOLUÇÃO : Nº 31/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 44ª EM: 22/07/2011 PROCESSO : Nº 0132/2010 RECORRENTE : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. FISCAIS RECORRIDO : A MESMA INTERESSADO : AUTUANTES : GIVALDO RAMOS/

Leia mais

EsTADO DO CEARÁ Secretaria,la Fazellda, CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTARIOS

EsTADO DO CEARÁ Secretaria,la Fazellda, CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTARIOS Processo de Recurso no 1/2490/2009 AlIto de Infração n' 1/200905627 e GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria,la Fazellda, CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTARIOS 115 RESOLUÇÃO N0 \.~ I ~ 10 2" CÂMARA SESSÃO DE

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 26 de outubro de 2005

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 26 de outubro de 2005 PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 01 /12 /2005 Fls. Processo nº: E04/261.891/1998 Data: 11/09/1998 Fls. SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 26 de outubro de 2005

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO Nº:042/2011 PROCESSO Nº: 2009/6040/503386 RECURSO VOLUNTÁRIO: 7.863 RECORRENTE: PLANETA VEÍCULOS E PEÇAS LTDA RECORRIDA: FAZENDA PÚBLICA ESTADUAL INSC. ESTADUAL: 29.391.964-0 EMENTA: ICMS Substituição

Leia mais

,." \,J ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS

,. \,J ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS ,.".. PROC: 1/4305/2005 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃON bt:t 'i /2007 la CÂMARA SESSÃODE 25/10/2007 PROCESSODE RECURSO N 1/4305/2005 AUTO DE INFRAÇÃO: 1/200516884

Leia mais

ICMS-ST DÉBITO FISCAL POR DESCUMPRIMENTO DE OBRIGAÇÃO ACESSÓRIA. SIGEHISA MIURA SILVIA MARIA BARBETA

ICMS-ST DÉBITO FISCAL POR DESCUMPRIMENTO DE OBRIGAÇÃO ACESSÓRIA. SIGEHISA MIURA SILVIA MARIA BARBETA ICMS-ST DÉBITO FISCAL POR DESCUMPRIMENTO DE OBRIGAÇÃO ACESSÓRIA. SIGEHISA MIURA SILVIA MARIA BARBETA CONSIDERAÇÕES INICIAIS O ICMS e sua previsão Legal Constitucional Instituição do ICMS Substituição Tributária

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 074/2013 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.125 PROCESSO

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS PROC.: 1/004275/2005 I ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃON obs/2008 la CÂMARA SESSÃODE 23/11/2007 PROCESSODE RECURSO N 1/004275/2005 AUTO DE INFRAÇÃO: 1/200517776

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS . PROC.: 1/4898/2006 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N óc1/2008 2aCÂMARA - SESSÃO DE 21/01/2008 PROCESSO DE RECURSO N 1/4898/2006 AUTO DE INFRAÇÃO: 2/200625240

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 117/08 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO: 60ª EM 07/10/08 PROCESSO: 22001.10553/07-39 RECURSO VOLUNTARIO EMENTA: ICMS Falta de pagamento do

RESOLUÇÃO N.º 117/08 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO: 60ª EM 07/10/08 PROCESSO: 22001.10553/07-39 RECURSO VOLUNTARIO EMENTA: ICMS Falta de pagamento do RESOLUÇÃO N.º 117/08 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO: 60ª EM 07/10/08 PROCESSO: 22001.10553/07-39 RECURSO VOLUNTARIO EMENTA: ICMS Falta de pagamento do ICMS antecipado nas operações de entradas devidamente

Leia mais

GoVERNO 00 EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda,

GoVERNO 00 EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, I. IJ GoVERNO 00 EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSOADMINSTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO W (I' 12011 1 a. CÂMARADEJULGAMENTO 53 a SESSÃOORDINÁRIAEM22/0312011

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS "'.- GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS Resolução N ~1168 Sessão: 211 a Ordinária de 12 de Novembro de 2007. Processo

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS. A peça vestibular dos autos acusa o contribuinte o seguinte relato:

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS. A peça vestibular dos autos acusa o contribuinte o seguinte relato: PROCESSO N'. 239912004 EMPRESA: TRANSPORTADORA COMETA S/A ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO NJ 130 1 5 SESSÃO: 4:t Sessão Ordinária da 1- CÂMARA DE JULGAMENTO

Leia mais

AUTO DE INFRAÇÃO N 2/2006.18613 RECORRENTE: MASTER LOGíSTICA E SERViÇOS

AUTO DE INFRAÇÃO N 2/2006.18613 RECORRENTE: MASTER LOGíSTICA E SERViÇOS 1 a CÂMARA DE JULGAMENTO RESOLUÇAO - N :{ lj 1-1-.I2008 124 a SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/09/2008 RECORRIDO: CÉLULA DE JULGAMENTO DE 1 a INSTÂNCIA RELATOR: L1DuíNO LOPES DE BRITO RELATÓRIO: EMENTA: ICMS - TRANSPORTE

Leia mais

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT .-...- _.\ (Q~' Processo n 1/4246/2006 ~ CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT RESOLUÇÃO N ~ 50 /2010 2 8 CÂMARA DE JULGAMENTO 144 8 SESSÃO ORDINÁRIA EM: 03/09/2010 PROCESSO N 1/4246/2006 AUTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS ESTADO" DO CEARÁ RESOLUÇÃO N. 4VIS /2007 1a CÂMARA DE JULGAMENTO 76 a SESSÃO DE: 18.04.2007 PROCESSO N. 1/002917/2002 AUTO DE JNFRAÇÃO N 1/200210491 RECORRENTE: DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS FREIRE RECORRIDO:

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 20.711/12/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000216018-08 Impugnação: 40.010130700-96 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Companhia de Bebidas das Americas - AMBEV IE: 740358740.01-25 Luiz Gustavo

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 16.084/03/3 a Rito: Sumário Impugnação: 40.010110193-10 Impugnante: Companhia de Materiais Sulfurosos MATSULFUR Proc. S. Passivo: Gabriela de Mello Alves e Salgado/Outros PTA/AI: 01.000141318-52

Leia mais

Desobrigado do Recurso Hierárquico, na expressão do artigo 730, 1, inciso II, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº 18.930/97.

Desobrigado do Recurso Hierárquico, na expressão do artigo 730, 1, inciso II, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº 18.930/97. Processo nº 1049402010-5 Acórdão 041/2013 Recurso HIE/CRF- nº 143/2011 RECORRENTE : GERÊNCIA EXEC. DE JULG. DE PROC. FISCAIS GEJUP RECORRIDA : TRANSPORTES REAL LTDA. PREPARADORA: RECEBEDORIA DE RENDAS

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.223/13/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000187343-81 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.223/13/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000187343-81 Impugnação: 40. Acórdão: 21.223/13/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000187343-81 Impugnação: 40.010133905-11 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA VBLOG - Logística e Transportes Ltda IE: 001036599.00-86 Pedro Luiz

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 069/2015 REEXAME NECESSÁRIO N o : 3.224 PROCESSO N

Leia mais

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1. OPERAÇÕES INTERNAS 1.1-BASE DE CÁLCULO - OPERAÇÃO INTERNA No RICMS/SP temos as hipóteses de definição da base de cálculo do ICMS-ST

Leia mais

PONTOS POLÊMICOS DO ICMS. José Roberto Rosa

PONTOS POLÊMICOS DO ICMS. José Roberto Rosa PONTOS POLÊMICOS DO ICMS José Roberto Rosa Uma nova realidade : A prioridade para o CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES Operação Cartão Vermelho Autuações por falta de registro de notas fiscais de compras Diferença

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.263/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000170049-08 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.263/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000170049-08 Impugnação: 40. Acórdão: 20.263/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000170049-08 Impugnação: 40.010130113-59 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Reipel Comercial Ltda IE: 702765776.00-10 Luciomar Alves de Oliveira/Outro

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento / I PROCESSO: 1/1115/2006 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento ReSOlução N0. 15f'/2007 Sessão: 34a Sessão

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Conselho de Contribuintes RECURSO Nº - 51.580 ACÓRDÃO Nº 13.

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Conselho de Contribuintes RECURSO Nº - 51.580 ACÓRDÃO Nº 13. PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 05 / 12 / 2014 Fls.: 22 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo nº E-04 / 153.114/2012 Sessão de 07 de outubro de 2014 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 51.580 ACÓRDÃO Nº

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 14.784/02/2 a Impugnação: 40.010105525-11 Impugnante: Gafor Ltda. Proc. do Suj. Passivo: João Batista Julião/Outro PTA/AI: 01.000138918-70 Inscrição Estadual: 518.058253.00-10 Origem: AF/III/Poços

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 09157409/00 RECORRENTE- GERDAU S.A. RECORRIDA- FAZENDA PUBLICA ESTADUAL

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 09157409/00 RECORRENTE- GERDAU S.A. RECORRIDA- FAZENDA PUBLICA ESTADUAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 09157409/00 RECORRENTE- GERDAU S.A. RECORRIDA- FAZENDA PUBLICA ESTADUAL RECURSO- RECURSO VOLUNTTARIO - ACÓRDAO 2ª JJF Nº 0240/01 ORIGEM- IFMT-DAT/NORTE

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional 09/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Transferência de Crédito do ICMS pelos Optantes do... 4 3.2 Do Ressarcimento

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS A.l: 1/200310806 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N 671/2005 la CÂMARA SESSÃO DE 20/09/2005 PROCESSO DE RECURSO N 1/000273/2004 AUTO DE INFRAÇÃO: 1/200310806

Leia mais

JUNTA DE REVISÃO FISCAL

JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 17 / 03 / 2016 Fls.: 09 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 15 de março de 2016 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 56.050 ACÓRDÃO Nº 14.649 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº - 91.019.019

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 147/2011 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 7.953 PROCESSO N

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda -. e:::::.---- "' GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT Conselho de Recursos Tributários - CRT 2 a Câmara de Julgamento RESOLUÇÃO N"3~O/2010-158

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Adrrdnistrativo Tributário Conselho de Recursos Tributários la Câmara de Julgamento Resolução N ~'O/2010 Sessão: Soa Extraordinária de 22 de Setembro de

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N J.G G I~ot) 3 r CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO DE: 28/03/2003 ( 59 8 SESSÃO) PROCESSO DE RECURSO N 1/0184/2001 AUTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.365/11/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000165296-41 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.365/11/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000165296-41 Impugnação: 40. Acórdão: 20.365/11/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000165296-41 Impugnação: 40.010127511-54 Impugnante: Origem: EMENTA Alessandro de Oliveira Guerra IE: 011958516.00-46 DF/Governador Valadares MERCADORIA ENTRADA,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 012/2015 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.097 PROCESSO

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 20/07/2010 Fls. 08 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 08 de dezembro de 2009 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 36.007 (26.807) ACÓRDÃO

Leia mais

CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº

CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS DO ESTADO DE RORAIMA RESOLUÇÃO Nº 21/08 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 15ª EM 01/04/08 PROCESSO : NUP.22001.03464/07-90 RECURSO VOLUNTARIO EMENTA: ICMS Obrigação principal Transporte

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. BAURUCAR AUTOMÓVEIS E ACESSÓRIOS LTDA. DRJ em São Paulo - SP

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. BAURUCAR AUTOMÓVEIS E ACESSÓRIOS LTDA. DRJ em São Paulo - SP CC02/C01 Fls. nfls txtfls182 Old MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA Processo nº 10825.000305/2003-22 Recurso nº 135.656 Matéria PIS/Pasep Acórdão nº 201-81.013 Sessão

Leia mais

ANEXO 4.7. Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada.

ANEXO 4.7. Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada. ANEXO 4.7 Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada. Protocolo ICMS 19/1985 Alterações: Protocolo ICMS 09/1986, 10/1987, 53/91, 05/98, 07/2000, 12/06, 72/07,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária

Parecer Consultoria Tributária Questão O cliente, no ramo de atividade industrial no segmento de produtos elétricos para profissionais de beleza, sediado em São Paulo, informa que na emissão da nota fiscal complementar de ICMS em sua

Leia mais

SUMÁRIO. Conteúdo. ICMS-ST... 4 MVAErro! Indicador não definido...4 GNRE...4

SUMÁRIO. Conteúdo. ICMS-ST... 4 MVAErro! Indicador não definido...4 GNRE...4 SUMÁRIO Conteúdo CONCEITO DE ICMS...1Erro! Indicador não definido. PRINCIPIOS QUE REGEM O ICMS... 2 BASE DE CALCULO DO ICMS... 2 ICMS Tabelas de Alíquotas nas Operações Interestaduais... 3 ICMS-ST... 4

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazendn, CONTENCIOSOADMINSTRATIVOTRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazendn, CONTENCIOSOADMINSTRATIVOTRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS . ',. [,. GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazendn, CONTENCIOSOADMINSTRATIVOTRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃON" Osb /2010 1" CÂMARADEJULGAMENTO 9" SESSÃOORDINÁRIAEM 22/01/2010

Leia mais

O REGIME PAULISTA DE ANTECIPAÇÃO DO ICMS E A INDEVIDA EXIGÊNCIA, DOS ADQUIRENTES VAREJISTAS, DO IMPOSTO DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

O REGIME PAULISTA DE ANTECIPAÇÃO DO ICMS E A INDEVIDA EXIGÊNCIA, DOS ADQUIRENTES VAREJISTAS, DO IMPOSTO DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. O REGIME PAULISTA DE ANTECIPAÇÃO DO ICMS E A INDEVIDA EXIGÊNCIA, DOS ADQUIRENTES VAREJISTAS, DO IMPOSTO DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. 2009-07-31 Adma Felícia B. M. Nogueira Tatiane Aparecida Mora

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.029/13/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000184734-13 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.029/13/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000184734-13 Impugnação: 40. Acórdão: 20.029/13/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000184734-13 Impugnação: 40.010133151-29 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Modelo Comércio e Exportação de Açúcar Ltda IE: 515302633.00-13 Marcelo

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO N.º : 0031/2003 CRF PAT Nº : 0190/2001-1ª. U.R.T RECORRENTE : Queiroz Oliveira Comércio e Indústria Ltda. RECORRIDO :

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 068/2015 IMPUGNAÇÃO Nº 113 PROCESSO N o : 2012/6010/501013

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS PROC: 1/0001188/2006 I ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N.b8 /200,& 2 a CÂMARA SESSÃO DE 22/11/2007 PROCESSO DE RECURSO N 1/0001188/2006 AUTO DE INFRAÇÃO:

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.690/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000244282-97 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.690/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000244282-97 Impugnação: 40. Acórdão: 20.690/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000244282-97 Impugnação: 40.010137179-95 Impugnante: Origem: EMENTA Percival Firmato de Almeida IE: 327095499.00-62 DFT/Teófilo Otoni MERCADORIA ENTRADA DESACOBERTADA

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.422/12/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000216075-04

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.422/12/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000216075-04 Acórdão: 20.422/12/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000216075-04 Impugnação: Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA 40.010131365-00 (Aut.), 40.010131366-82 (Coob.) Penna Transportes Campinas Ltda CNPJ:

Leia mais

A previsão de cobrança do diferencial de alíquota pelos Estados- membros foi estabelecida pela Constituição Federal:

A previsão de cobrança do diferencial de alíquota pelos Estados- membros foi estabelecida pela Constituição Federal: RESOLUÇÃO : Nº 22/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 32ª EM: 07/06/2011 PROCESSO : Nº 22001.006916/10-31 RECORRENTE : RECORRIDO : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. FISCAIS AUTUANTES : JOÃO CRISÓSTOMO PEREIRA

Leia mais

IPI - Devolução de produtos - Tratamento fiscal

IPI - Devolução de produtos - Tratamento fiscal IPI - Devolução de produtos - Tratamento fiscal Sumário 1. Introdução... 2 2. Devolução por contribuinte do ICMS e/ou do IPI... 3 2.1 Procedimentos do contribuinte que efetuar a devolução... 3 2.1.1 Estorno

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.100131449-19 Recorrente: Recorrida: Proc. Recorrente: Origem: EMENTA Nova Era Silicon S/A IE: 447437112.00-77 Fazenda

Leia mais

Publicado no Diário Oficial n o 4.412, de 10 de julho de 2015 1

Publicado no Diário Oficial n o 4.412, de 10 de julho de 2015 1 Publicado no Diário Oficial n o 4.412, de 10 de julho de 2015 1 ACÓRDÃO N o : 074/2015 REEXAME NECESSÁRIO N o : 3.393 PROCESSO N o : 2013/6860/501499 AUTO DE INFRAÇÃO N o : 2013/002475 SUJEITO PASSIVO:

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº : 0213/2013-CRF PAT Nº : 0535/2013-6ªURT RECURSO : EX OFFICIO RECORRENTE : SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO/RN RECORRIDO

Leia mais

GOVI~RNO DO EsTADO 1)0 CEARÁ. ."CCl'l'tal;(l./(1 Fl/Z<'IJd"

GOVI~RNO DO EsTADO 1)0 CEARÁ. .CCl'l'tal;(l./(1 Fl/Z<'IJd , Processo no1/5342/2007 AInO:2/200708589, GOVI~RNO DO EsTADO 1)0 CEARÁ."CCl'l'tal;(l./(1 Fl/Z

Leia mais

DECRETO N 28.746, DE 06 DE JUNHO DE 2007

DECRETO N 28.746, DE 06 DE JUNHO DE 2007 DECRETO N 28.746, DE 06 DE JUNHO DE 2007 * Publicado no DOE em 08/06/2007. DISPÕE SOBRE A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES COM APARELHOS CELULARES. O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso das atribuições

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº PAT Nº RECURSO RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO RELATORA RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS 133/2013-CRF 3025/2013-1ª URT VOLUNTÁRIO ITALIAN COFFEE DO BRASIL

Leia mais

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG 12/06/2014 Pergunte à CPA Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG Apresentação: Helen Mattenhauer Convênio e Protocolos CONVÊNIO: Constitui um acordo entre os Estados, cujo elaboração tem por

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. Processo n.º: E-04/897.015/1999 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 07 de Novembro de 2000 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO N.º

Leia mais

RELATÓRIO VOTO DO RELATOR (VOTO VENCIDO)

RELATÓRIO VOTO DO RELATOR (VOTO VENCIDO) PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 07 / 12 / 2011 Fls. 24 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 04 de outubro de 2011 QUARTA CÂMARA RECURSO Nº - 41.675 ACÓRDÃO Nº 9.676

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Ex-Instituto Paulista de Contabilidade - Fundado em 1919) ÓRGÃO DE PROFISSÃO LIBERAL SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS DISPOSIÇÕES GERAIS CONCEITOS Lei Complementar

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 038/2012 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.050 PROCESSO

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP Transferência de mercadoria entre estabelecimento de mesmo titular.

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP Transferência de mercadoria entre estabelecimento de mesmo titular. ICMS-SP Transferência de mercadoria entre estabelecimento de mesmo titular. 13/02/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria...

Leia mais

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO Treinamento atualizado com base na legislação vigente em: 20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO JP CONTÁBIL S/S LTDA AGOSTO/2012 Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador,

Leia mais

Dr. Luis Carlos Massoco - Presidente

Dr. Luis Carlos Massoco - Presidente Seminário Substituição Tributária e NF-e: desafios e caminhos para o setor de Tecnologia - Presidente SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA O Estado de São Paulo incluiu em sua lista de mercadorias sujeitas à substituição

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. Processo nº 10950.000992/2007-74. Recurso nº 148.951

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. Processo nº 10950.000992/2007-74. Recurso nº 148.951 MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA Processo nº 10950.000992/2007-74 Recurso nº 148.951 Matéria IOF - Base de Cálculo e Decadência Acórdão nº 201-81.317 Sessão de 08

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete do Desembargador Federal Marcelo Navarro

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete do Desembargador Federal Marcelo Navarro APELAÇÃO CRIMINAL (ACR) Nº 11023/RN (0004472-39.2010.4.05.8400) APTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL APDO : JARBAS CAVALCANTI DE OLIVEIRA ADV/PROC : JOSE ALEXANDRE SOBRINHO E OUTRO ORIGEM : 2ª VARA FEDERAL

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.788/15/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000262520-99 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.788/15/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000262520-99 Impugnação: 40. Acórdão: 21.788/15/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000262520-99 Impugnação: 40.010137797-88 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Deavg Bombas Ltda. - ME CNPJ: 08.941117/0001-81 Davi Dias da Silva/Outro(s)

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 14.499/01/3 a Impugnação: 40.10101228-69 Recurso de Agravo: 40.30101950-35 Impugnante/Agravante: TBM Máquinas e Equipamentos Ltda Advogado: Paulo Ramiz Lasmar PTA/AI: 01.000136030-33 Inscrição

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da FnzcruJn CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da FnzcruJn CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT Processo n. 1/3305/2007 RESOLUÇÃO N S=\5 /2009 1 8 CÂMARA DE JULGAMENTO 124 8 SESSÃO ORDINÁRIA EM: 03/07/09 PROCESSO N. 1/3305/2007 Secretaria da FnzcruJn AUTO DE INFRAÇÃO N. 1/200706109-5 RECORRENTE:

Leia mais

GoVERNO 00 EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazetldtl I

GoVERNO 00 EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazetldtl I , ;./ -v GoVERNO 00 EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazetldtl I CONTENCIOSOADMINSTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃOw \)9 12011 1a. CÂMARADEJULGAMENTO 10 a SESSÃOORDINÁRIAEM 19/0112011

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Acórdão nº 272/2010 Recurso VOL/CRF-384/2009 Recorrente : TRANSPORTADORA JPN LTDA. Recorrida : GERÊNCIA EXECUTIVO DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS. Preparadora : COLETORIA ESTADUAL DE ALHANDRA. Autuante

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Tratamento Fiscal nas operações com Armazém Geral

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Tratamento Fiscal nas operações com Armazém Geral Tratamento Fiscal nas operações com Armazém Geral 04/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Dúvidas apresentadas...

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 16.998/05/1 a Rito: Sumário Impugnação: 40.010113973-31 Impugnante: Resipetrol Ltda. PTA/AI: 02.000208279-85 CNPJ: 28.166072/0001-22 Origem: DF/ Juiz de Fora EMENTA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - ÓLEO

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA E CONTROLE GERAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal. - Conselheiro Sylvio de Siqueira Cunha

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA E CONTROLE GERAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal. - Conselheiro Sylvio de Siqueira Cunha PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA E CONTROLE GERAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 02 de março de 2000 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 16.348 ACÓRDÃO Nº

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.708/12/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000172336-99 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.708/12/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000172336-99 Impugnação: 40. Acórdão: 19.708/12/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000172336-99 Impugnação: 40.010131187-81 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Transportadora R C Ltda IE: 625788240.00-50 Gustavo de Freitas DF/Barbacena

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Processo nº 0572132008-7 Acórdão nº 333/2011 Recurso HIE/CRF-351/2010 RECORRENTE: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS GEJUP. RECORRIDA: CCB CIMPOR CIMENTOS DO BRASIL LTDA. PREPARADORA:

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO N.º : 0082/2011 CRF PAT N.º : 0060/2009 6 a. U.R.T RECORRENTE : METALMECANICA MAIA LTDA RECORRIDO : SECRETARIA DE ESTADO

Leia mais

~1&i~ ;. \ I. ~",~ ~/ GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ

~1&i~ ;. \ I. ~,~ ~/ GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ ., ~. \ \)'f.:. ' ~1&i~ ;. \ I. ~",~ ~/ 1 GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ CONT191::IOlmlls~ecN\lrellll,ar>4lrt5' and~a ~BU1'ÁRIO- CONSB.HODE RECtRiOSI'RIBU1'ÁRIOS- 2 8 CÂMARADE.JULGANBIT'O C R T RESOLUÇÃO N

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O Consta que contra a autuada acima qualificada, foi lavrado o Auto de Infração n 415/2010 1ª URT, onde se denuncia: I) Saída de mercadoria desacompanhada de nota fiscal, apurada através

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO. CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO. CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT RESÇ>LUÇÃO N 3a.i /2010 2 8 CAMARA DE JULG MENTO 132 8 SESSÃO ORDINÁRIA EM: 09/08/2010 PROCESSO N 1/2180/2003 AUTO DE INFRAÇÃO N 1/200107169 RECORRENTE: CÉLULA DE JULGAMENTO DE 1 8 INSTÂNCIA RECORRIDO:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 066/2014 REEXAME NECESSÁRIO N o : 3.285 PROCESSO

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 21.064/13/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000190045-49 Impugnação: 40.010133913-56 Impugnante: Origem: João Maurício Cardoso de Loura IE: 434491308.01-76 DFT/Pouso Alegre EMENTA MERCADORIA SAÍDA DESACOBERTADA

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS , ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS \. 1",~. - Resolução n. 01 O /03 Sessão de 09/12/02 2 a Câmara Proc.: 1/1915/01 Auto de Infração.: 1/200105680 Recorrente: SMALLBAYIND.

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº: 0056/2011-CRF. PAT Nº: 0605/2008-1ª URT. RECORRENTE: SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO. RECORRIDO: DUNAS VEÍCULOS MOTORS LTDA. RECURSO: EX-OFÍCIO

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de Recursos Tributários 1a Câmara de Julgamento

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de Recursos Tributários 1a Câmara de Julgamento l, I.! RESOLUÇÃO n ~20 /2011 1 8 CÂMARA SESSÃO: 08/08/2011 PROCESSO N : 1/3183/2009 AUTO DE INFRAÇÃO: 1/200905858 AUTUANTE: ROBERIO FCO M DOS SANTOS RECORRENTE: TRANSPORTADORA BELMOK LTOA RECORRIDO: CÉLULA

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS ,/ 1 / r'»"., ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N 431 /2005 2 a 'CÂMARA SESSÃO DE: 03 / 05 / 2005 PROCESSO DE RECURSO N 1/3804/02 AUTO DE INFRAÇÃO: 1/1200311078

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.502/14/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000205887-29 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.502/14/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000205887-29 Impugnação: 40. Acórdão: 21.502/14/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000205887-29 Impugnação: 40.010135268-21 Impugnante: Origem: EMENTA Shekinah Indústria e Comércio Malhas Ltda - ME IE: 349876116.00-53 DFT/Pouso Alegre MERCADORIA

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2" Câmara

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2 Câmara GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2" Câmara RESOLUÇÃO N?>3 12012 214 8 SESSÃO ORDINÁRIA DE 17.11.2011 PROCESSO DE RECURSO

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Impugnação: 48.386 Impugnante: Metalgráfica São Miguel Ltda PTA/AI: 02.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Impugnação: 48.386 Impugnante: Metalgráfica São Miguel Ltda PTA/AI: 02. Acórdão: 13.535/99/3 a Impugnação: 48.386 Impugnante: Metalgráfica São Miguel Ltda PTA/AI: 02.000111093-91 Origem: UF/Betim Rito: Sumário EMENTA Base de Cálculo Subfaturamento. Emissão de nota fiscal,

Leia mais