CÉLULA - TRONCO. São células com capacidade de autorenovação,eficiente

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÉLULA - TRONCO. São células com capacidade de autorenovação,eficiente"

Transcrição

1 CÉLULA - TRONCO São células com capacidade de autorenovação,eficiente proliferação, gerando células-filhas com as mesmas características fenotípicas da célula precursora e, ainda, com habilidade de gerar diferentes tipos celulares maduros e especializados, destinados ao repovoamento celular e a reconstituição de tecidos.

2

3 Natureza das células-tronco Podem ser embrionárias ou adultas São encontradas em estágios iniciais pósfertilização e são classificadas como totipotentes ou pluripotentes, conforme seu potencial de diferenciação. São aquelas que podem ser extraídas de diversos tecidos adultos, como: medula-óssea, sangue, fígado, sistema nervoso, epitélio, cordão umbilical, placenta, etc.

4 Classificação das células-tronco Classificação Características Exemplos Totipotente ou onipotentes Capacidade de se diferenciar em qualquer tipo de célula inclusive àquelas da placenta e dos anexos embrionários. Zigoto e células da mórula. Pluripotente São aquelas capazes de diferenciar em quase todas as células do organismo excluindo as células da placenta e dos anexos embrionários. Células do blastocisto Oligopotente Unipopente Geram apenas alguns tipos de células e todas aparentadas. Se diferenciam apenas em uma linhagem de célula, específica de um tecido. Células progenitoras dos glóbulos brancos. Espermatogônia, eritroblastos, células da pele, entre outras.

5 Células-tronco embrionárias (CTE) O estabelecimento de linhagens de células-tronco embrionária de camundongos e humanos. a criação de camundongos doentes a partir da recombinação homóloga de células-tronco embrionárias, a reprogramação de células somáticas após a sua transferência nuclear em óvulos enucleados e o desenvolvimento da linhagem germinativa a partir de células-tronco embrionárias.

6 O tamanho do embrião é mm dias pós-ovulação. O zigoto começa a se dividir (clivagem), sendo que cada divisão resulta em 2 células denominadas de blastômeros. A primeira divisão do zigoto inicia uma série de divisões, cada uma ocorrendo, aproximadamente, a cada 20 horas. Os blastômeros formados dentro da zona pelúcida tornam-se cada vez menores a cada divisão subsequente. No momento em que as divisões dos blastômeros geraram cerca de 16 células, o zigoto torna-se Mórula (em forma de amora). Ela deixa a trompa de Falópio e penetra na cavidade uterina 3 a 4 dias após a fertilização.

7

8 Obtenção de células-tronco pluripotentes Fonte Embrião na fase de blastocisto Clonagem terapêutica Observação Estas células são retiradas da camada interna do blastocisto (embrioblasto). Estas células são obtidas de células tronco oriundas de embrião obtidas a partir da clonagem de uma célula somática de um indivíduo doador de um oócito enucleado qualquer, seriam proliferado e diferenciados in vitro no tecido almejado. Células-tronco germinativas primordiais Células-tronco de carcinoma embrionário São células extraídas do embrioblasto do blastocisto. Estas células ocorrem em células-tronco de tumores de células germinativas, também chamados tetracarcinomas.

9

10 Critérios para definir uma célula com CTE a) ser derivada da massa interna/epiblasto do blastocisto. b) ser capaz de se submeter a um número ilimitado de divisões simétricas sem se diferenciar (auto-renovação por longo prazo). c) exibir e manter um complemento cromossômico (cariótipo) estável, normal (diploide) e completo. d) as CTEs pluripotentes devem gerar todos os tipos diferenciados de células que são derivadas das três camadas germinativas embrionárias (endoderme, ectoderme e mesoderme), mesmo após cultura prolongada. e) ser capaz de colonizar a linhagem germinativa e produzir óvulos ou espermatozóides f) ser clonogênica, podendo assim gerar uma colônia de células geneticamente idênticas, ou clones, que têm as mesmas propriedades da célula original g) ser induzidas a continuar a proliferar ou a se diferenciar. h) expressar o fator Oct 4 da transcrição, que então ativa ou inibe um receptor de genes-alvos e mantém o CTE em um estado proliferativo indiferenciado.

11

12 Células-tronco adultas A origem destas células ainda é uma incógnita. Alguns cientistas defende que estas células foram preservadas de alguma forma durante o desenvolvimento do organismo para não se diferenciar. As células-tronco adultas podem fazer cópias idênticas de si por longo tempo e algumas por tempo indeterminado. Elas podem originar células intermediárias denominadas progenitoras. Algumas células-tronco adultas,como as hematopoiéticas, apresentam uma taxa de duplicação mais lenta se comparadas com as células-tronco embrionárias. Apresenta plasticidade

13 Condições para ser considerada como uma célula-tronco adulta. Capacidade de renovar por toda a vida, Deve ser clonogênica Devem apresentar capacidade de gerar células totalmente diferenciadas que apresentam fenótipos característicos.

14 Onde encontrar CT adultas medula óssea sangue periférico cérebro espinha dorsal polpa dentária vasos sanguíneos músculo esquelético epitélio da pele e do sistema digestório córnea retina fluido amniótico fígado pâncreas células adiposas

15

16

17 01 Decisão do STF dá aval à busca da primeira linhagem brasileira de células-tronco embrionárias. (LIBERDADE para..., 2008, p. 28). A histórica lustração a seguir destaca a diferenciação celular a partir de células-tronco embrionárias submetidas a diferentes condições de cultivo.

18 A obtenção de células especializadas a partir de células-tronco embrionárias pode permitir a recuperação de tecidos comprometidos, relacionados a diferentes danos inclusive no sistema nervoso até então considerados irreversíveis. Com base nessas informações, são verdadeiras as seguintes proposições: (01) As células-tronco embrionárias são obtidas a partir de blastocistos e têm a capacidade de proliferar e se diferenciar sob condições especiais do meio. (02) Os adipócitos, diferenciados a partir de células-tronco, armazenam substâncias que, em laboratório, são produzidas na reação entre ácidos graxos e álcoois, a exemplo do propanotriol. (04) As células-tronco presentes na medula óssea têm se mostrado ineficientes em gerar alguns tipos celulares, por terem perdido parte da informação genética no processo de desenvolvimento do organismo. (08) Tecidos derivados de células-tronco embrionárias podem ser usados, com segurança, em indivíduos de genótipos distintos, por não provocarem reações imunológicas de incompatibilidade. (16) As discussões éticas relacionadas ao estudo de células-tronco decorrem, entre outros aspectos, do uso das células-tronco embrionárias que, sob determinada interpretação, se contrapõe a uma proteção à vida humana em seus diferentes estágios.

19 02 Uma década depois de a primeira linhagem de célulastronco embrionárias humanas ter sido isolada nos EUA, o Brasil conseguiu reproduzir a técnica (...). Após 35 tentativas frustradas, o grupo percebeu que uma das linhagens de células cultivadas em gel estava se reproduzindo e mantendo a "pluripotência". "Folha de S.Paulo", 1 de outubro de Artigo: "Brasileiros obtêm células-tronco de embrião humano" Células-tronco embrionárias a) são obtidas de embriões em estágio de nêurula. b) não podem ser obtidas de embriões em estágio de blastocisto. c) não são capazes de se diferenciar em células adultas. d) apresentam o mesmo potencial de diferenciação que as células presentes na medula óssea vermelha. e) são capazes de se transformar virtualmente em qualquer tipo de tecido humano.

Curso de Capacitação em Biossegurança de OGMs Células-tronco Legislação de Biossegurança

Curso de Capacitação em Biossegurança de OGMs Células-tronco Legislação de Biossegurança Curso de Capacitação em Biossegurança de OGMs Células-tronco Legislação de Biossegurança Florianópolis, Agosto 2004 Células-tronco O que são células-tronco e o que podemos fazer com elas? Qual a relação

Leia mais

UPGRADE BIOLOGIA 2. Aula 1: Noções de embriologia e células-tronco. Prof. Diego Ceolin

UPGRADE BIOLOGIA 2. Aula 1: Noções de embriologia e células-tronco. Prof. Diego Ceolin UPGRADE BIOLOGIA 2 Aula 1: Noções de embriologia e células-tronco Prof. Diego Ceolin Desenvolvimento Embrionário Animal Divisões Divisões Cavidade (blastocele) celulares celulares Ovo Gastrulação Mórula

Leia mais

Embriologia: É a parte da Biologia que estuda as transformações que se tem no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento.

Embriologia: É a parte da Biologia que estuda as transformações que se tem no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento. Embriologia Embriologia: É a parte da Biologia que estuda as transformações que se tem no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento. Fecundação Mitoses sucessivas; Crescimento celular: Zigoto:

Leia mais

GAMETOGÊNESE. especializadas chamadas de GAMETAS. As células responsáveis pela formação desses gametas são chamadas de GÔNIAS

GAMETOGÊNESE. especializadas chamadas de GAMETAS. As células responsáveis pela formação desses gametas são chamadas de GÔNIAS Embriologia GAMETOGÊNESE É o processo de formação e desenvolvimento de células especializadas chamadas de GAMETAS As células responsáveis pela formação desses gametas são chamadas de GÔNIAS Espermatogônias

Leia mais

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Módulo 1 EMBRIOLOGIA 1 Atualmente já existem protocolos de pesquisa utilizando células-tronco embrionárias na busca de tratamento para várias doenças humanas,

Leia mais

Exercícios Propostos Células - tronco Professor Fernando

Exercícios Propostos Células - tronco Professor Fernando Exercícios Propostos Células - tronco Professor Fernando 1. (Fuvest) Células-tronco são células indiferenciadas que têm a capacidade de se diferenciar em diversos tipos celulares. Para que ocorra tal diferenciação,

Leia mais

Utilize-se das informações acima e de seus conhecimentos sobre esse assunto e assinale a melhor resposta a ser fornecida pelo ginecologista:

Utilize-se das informações acima e de seus conhecimentos sobre esse assunto e assinale a melhor resposta a ser fornecida pelo ginecologista: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 A questão da fertilização é muito discutida hoje na mídia, principalmente em programas que visam a informação para leigos interessados

Leia mais

A função básica do ciclo celular das células somáticas é duplicar todo o conteúdo de DNA...

A função básica do ciclo celular das células somáticas é duplicar todo o conteúdo de DNA... Atividade extra Fascículo 4 Biologia Unidade 9 Questão 1 A função básica do ciclo celular das células somáticas é duplicar todo o conteúdo de DNA. O processo de divisão celular é composto por cinco etapas:

Leia mais

Exercícios sobre Células Tronco Fernando Biologia

Exercícios sobre Células Tronco Fernando Biologia Exercícios sobre Células Tronco Fernando Biologia 1. (Ufpb) A Biologia, com os estudos sobre célulastronco, proporciona grandes esperanças aos portadores de traumas com dano tecidual permanente. Resultados

Leia mais

CÉLULAS-TRONCO: ESPERANÇA PARA O FUTURO DA MEDICINA. O que são células-tronco? células-tronco

CÉLULAS-TRONCO: ESPERANÇA PARA O FUTURO DA MEDICINA. O que são células-tronco? células-tronco Celulas_2006 5/9/05 17:41 Page 3 CÉLULAS-TRONCO: ESPERANÇA PARA O FUTURO DA MEDICINA O que são s-tronco? O corpo humano é formado por cerca de 200 tipos distintos de s, que se juntam de diversas maneiras

Leia mais

Genética Aplicada (GAP) Assunto: Células-tronco, clonagem e transformação gênica

Genética Aplicada (GAP) Assunto: Células-tronco, clonagem e transformação gênica Genética Aplicada (GAP) Assunto: Células-tronco, clonagem e transformação gênica Técnico em Biotecnologia Módulo I Prof. Fábio Zanella Células-Tronco O que é? É um tipo de célula que pode: se diferenciar

Leia mais

células Vários tipos de

células Vários tipos de Células tronco Bioquímicas Maria Alice Vieira Willrich Adriana Helena Sedrez Patricia Bernardi Curso de Gestantes Unimed Brusque, 03 de setembro de 2007. O que são células tronco? Tipos de Células-Tronco

Leia mais

Tipos de células-tronco:

Tipos de células-tronco: Células-tronco Profa. Dra. Patricia Pranke, PhD Professora dehematologia da Faculdade de Farmácia e da Pós-graduação em Ciências Médicas da Faculdade de Medicina, da Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Células Pluripotenciais Induzidas

Células Pluripotenciais Induzidas Células Pluripotenciais Induzidas Uma vez dominados os processos envolvidos na obtenção, cultivo, e diferenciação de CTE em células de interesse clínico, outra limitação prática deve ser levada em conta.

Leia mais

Células - Tronco DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO BIOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO

Células - Tronco DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO BIOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO Células - Tronco Ize Penhas de Lima Carolina Beltrana Del Debbio Allysson Coelho Sampaio DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Admiração pelos mecanismos que constróem seres complexos a partir de uma única célula

Leia mais

Embriologia humana: primeira semana de desenvolvimento embrionário

Embriologia humana: primeira semana de desenvolvimento embrionário Embriologia humana: primeira semana de desenvolvimento embrionário Prof. Dr. Daniel F. P. Vasconcelos (Professor Adjunto de Histologia e Embriologia Colegiado de Biomedicina Campus de Parnaíba - UFPI )

Leia mais

1. (Ufg 2014) Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária.

1. (Ufg 2014) Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária. 1. (Ufg 2014) Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária. Considerando a figura: a) denomine os folhetos embrionários primordiais X, Y e Z, respectivamente, e identifique

Leia mais

Painéis Do Organismo ao Genoma

Painéis Do Organismo ao Genoma Painéis Do Organismo ao Genoma A série de 5 painéis do organismo ao genoma tem por objetivo mostrar que os organismos vivos são formados por células que funcionam de acordo com instruções contidas no DNA,

Leia mais

CÉLULAS-TRONCO E A DIFERENCIAÇÃO CELULAR

CÉLULAS-TRONCO E A DIFERENCIAÇÃO CELULAR CÉLULAS-TRONCO E A DIFERENCIAÇÃO CELULAR CÉLULAS-TRONCO E A DIFERENCIAÇÃO CELULAR Plano de Aula -Desenvolvimento embrionário -Diferenciação celular -Células-tronco em diversos tecidos - Profª Juliana Schmidt

Leia mais

ESTUDO SOBRE CÉLULAS-TRONCO

ESTUDO SOBRE CÉLULAS-TRONCO ESTUDO ESTUDO ESTUDO SOBRE CÉLULAS-TRONCO Dr. Hugo Fernandes Junior Consultor Legislativo da Área XVI Saúde Pública e Sanitarismo ESTUDO MARÇO/2004 Câmara dos Deputados Praça 3 Poderes Consultoria Legislativa

Leia mais

Resoluções de Exercícios

Resoluções de Exercícios Resoluções de Exercícios BIOLOGIA IV 01 Embriologia Humana A espermatogônia é uma célula diploide (2n) e o espermatócito II é uma célula haploide (n), portanto, a espermatogônia terá o dobro do número

Leia mais

Atividades sobre Células-tronco, transgênicos e clonagem

Atividades sobre Células-tronco, transgênicos e clonagem CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA SUBSEQUENTE Aluno(a): Módulo: I Data: Professor(a): Fábio Zanella Comp. Curricular: Genética Aplicada CÉLULAS-TRONCO Atividades sobre Células-tronco, transgênicos e clonagem

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2006 www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2006 www.planetabio.com 1-No processo evolutivo, centenas de espécies podem ser criadas em um tempo relativamente curto. Esse fenômeno é conhecido como radiação adaptativa. No grupo dos répteis, ocorreu uma grande radiação adaptativa

Leia mais

Mutação e Engenharia Genética

Mutação e Engenharia Genética Mutação e Engenharia Genética Aula Genética - 3º. Ano Ensino Médio - Biologia Prof a. Juliana Fabris Lima Garcia Mutações erros não programados que ocorrem durante o processo de autoduplicação do DNA e

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 41 EMBRIOLOGIA: FECUNDAÇÃO

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 41 EMBRIOLOGIA: FECUNDAÇÃO BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 41 EMBRIOLOGIA: FECUNDAÇÃO Membrana que impede a penetração de outros espermatozóides Fusão das membranas plasmáticas do óvulo e do espermatozóide Núcleo do espermatozóide no

Leia mais

Desenvolvimento é um processo de transformação, de uma simples célula (um ovo

Desenvolvimento é um processo de transformação, de uma simples célula (um ovo Nematódeo Planária Ascídia Sapo O nematódeo C. elegans tem apenas 959 células somáticas em seu corpo de 1mm de comprimento. Os cientistas mapearam o caminho que as células percorrem no desenvolvimento

Leia mais

Célula. A medicin. mantidas indiferenciadas em cultura tais colônias, às vezes, apresentam. na célula-tronco, mas ainda não se sabe em

Célula. A medicin. mantidas indiferenciadas em cultura tais colônias, às vezes, apresentam. na célula-tronco, mas ainda não se sabe em A produção de diferentes tipos de células em laboratório e sua utilização para recuperar tecidos ou órgãos lesados está deixando de ser um sonho. Estudos com células-tronco vêm demonstrando que elas podem

Leia mais

Ética, Genética e Biotecnologia: o uso de células tronco

Ética, Genética e Biotecnologia: o uso de células tronco Ética, Genética e Biotecnologia: o uso de células tronco Apresentação A Lei de Biossegurança e o uso científico de CT embrionárias humanas, aprovados recentemente pelo Congresso Nacional Brasileiro, são

Leia mais

DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho

DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho E assim, começa uma nova vida... Os tipos de desenvolvimento embrionário Vivíparos Ovovivíparos Ovíparos Ovulíparos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ MARIA DE FÁTIMA DOMINGUES FREDERICO UNIDADE DIDÁTICA : CÉLULAS-TRONCO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ MARIA DE FÁTIMA DOMINGUES FREDERICO UNIDADE DIDÁTICA : CÉLULAS-TRONCO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ MARIA DE FÁTIMA DOMINGUES FREDERICO UNIDADE DIDÁTICA : CÉLULAS-TRONCO MARINGÁ DEZEMBRO 2008 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: PROFESSOR PDE: Maria de Fátima Domingues Frederico ÁREA

Leia mais

Fecundação, desenvolvimento embrionário e gestação. Isabel Dias CEI Biologia 12

Fecundação, desenvolvimento embrionário e gestação. Isabel Dias CEI Biologia 12 Fecundação, desenvolvimento embrionário e gestação Formação de um novo ser encontro do oócito II com espermatozóides Fecundação formação de um ovo desenvolvimento contínuo e dinâmico, com a duração em

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Células-tronco e a lei de biossegurança Luiz de Carvalho Ramos A Lei de Biossegurança, n 11.105, de 24.03.2005, estabeleceu normas de segurança e mecanismos de fiscalização sobre

Leia mais

Professor: Fernando Stuchi

Professor: Fernando Stuchi Professor: Fernando Stuchi Reprodução Sexuada Ação de células especiais chamadas de gametas, que possuem em seu núcleo metade do material genético de uma célula normal do indivíduo; Com a união dos gametas

Leia mais

Com Ciência - Células-tronco: a promessa da medicina regenerativa

Com Ciência - Células-tronco: a promessa da medicina regenerativa Página 1 de 5 Editorial A esperança celular Carlos Vogt Reportagens Pesquisa brasileira em CT já apresenta resultados Em meio à discussão ética, a pesquisa avança em todo o mundo Faltam leis, sobra polêmica

Leia mais

objetivos As células-tronco Pré-requisitos

objetivos As células-tronco Pré-requisitos As células-tronco A U L A 12 objetivos Ao final desta aula, você deverá ser capaz de: Definir o que são as células-tronco. Distinguir a origem e as características das célulastronco embrionárias e das

Leia mais

CÉLULAS-TRONCO: UM BREVE ESTUDO STEM CELLS: A BRIEF STUDY

CÉLULAS-TRONCO: UM BREVE ESTUDO STEM CELLS: A BRIEF STUDY ARTIGO DE REVISÃO / Review Article CÉLULAS-TRONCO: UM BREVE ESTUDO STEM CELLS: A BRIEF STUDY Sara GRINFELD 1 Roberta Gondim da Costa GOMES 2 RESUMO A célula-tronco é uma célula que pode se diferenciar

Leia mais

Células-tronco: fatos, ficção e futuro. Nance Beyer Nardi Departamento de Genética, UFRGS, nardi@ufrgs.br

Células-tronco: fatos, ficção e futuro. Nance Beyer Nardi Departamento de Genética, UFRGS, nardi@ufrgs.br ISSN 1980-3540 02.02, 25-29 (2007) www.sbg.org.br Células-tronco: fatos, ficção e futuro. Nance Beyer Nardi Departamento de Genética, UFRGS, nardi@ufrgs.br O conceito básico de células-tronco Nosso organismo

Leia mais

3 TERAPIA CELULAR: SONHOS E REALIDADE

3 TERAPIA CELULAR: SONHOS E REALIDADE 38 3 TERAPIA CELULAR: SONHOS E REALIDADE A utilização terapêutica de células-tronco é uma das formas mais promissoras de tratamento de muitas doenças. No entanto, valer-se de tais procedimentos ainda desperta

Leia mais

09. GAMETOGÊNESE CICLO MENSTRUAL EMBRIOLOGIA

09. GAMETOGÊNESE CICLO MENSTRUAL EMBRIOLOGIA 09. GAMETOGÊNESE CICLO MENSTRUAL EMBRIOLOGIA QUESTÃO - 102 A perpetuação da vida em nosso planeta deve-se à característica mais típica dos seres vivos: sua capacidade de se reproduzir. Sobre os mecanismos

Leia mais

Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia de reserva nutritiva chamada vitelo, de acordo com a quantidade e a distribuição do vitelo, os

Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia de reserva nutritiva chamada vitelo, de acordo com a quantidade e a distribuição do vitelo, os Embriologia Embriologia é a parte da Biologia que estuda as transformações que se processa no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento. Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia

Leia mais

TERAPIAS COM CÉLULAS-TRONCO PROMESSA OU REALIDADE?

TERAPIAS COM CÉLULAS-TRONCO PROMESSA OU REALIDADE? TERAPIAS COM CÉLULAS-TRONCO PROMESSA OU REALIDADE? Há algum tempo as pessoas escutam ou leem notícias sobre o imenso potencial das chamadas células-tronco para o tratamento de diferentes doenças, algumas

Leia mais

CLONAGEM HUMANA. Clonagem reprodutiva

CLONAGEM HUMANA. Clonagem reprodutiva CLONAGEM HUMANA As academias de ciências de todo o mundo estão coesas no apoio ao banimento global da clonagem reprodutiva de seres humanos, apelando para que sejam excluídos deste banimento os casos de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO / UNIFAL/ 2008/2 BIOLOGIA GABARITO FINAL COM DISTRIBUIÇÃO DOS PONTOS. Questão 1

PROCESSO SELETIVO / UNIFAL/ 2008/2 BIOLOGIA GABARITO FINAL COM DISTRIBUIÇÃO DOS PONTOS. Questão 1 BIOLOGIA Questão 1 A- Terapia Gênica ou Geneterapia (2 pontos) B: B1 Células-tronco embrionárias são células indiferenciadas, derivadas nos estágios iniciais do desenvolvimento, primeiros 5 dias, com potencial

Leia mais

ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: UltiResumos - Biologia

ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: UltiResumos - Biologia ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: - FROUXO Finalidade: - DENSO + Unir os espaços localizados entre a pele e os órgãos + Apoio aos epitélios + Formam camadas

Leia mais

Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando

Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando 1. (Fuvest) Uma maneira de se obter um clone de ovelha é transferir o núcleo de uma célula somática de uma ovelha adulta A para um óvulo de uma outra ovelha

Leia mais

Lê com atenção e reflecte antes de responder. Boa sorte!

Lê com atenção e reflecte antes de responder. Boa sorte! Agrupameo de Escolas de Casquilh Escola Secundária de Casquilh 2º Teste Sumativo (90 minut) DISCIPLINA DE BIOLOGIA 12ºano Turmas A e B TEMA: Reprodução Humana e Engenharia Genética Dezembro 2013 Professora

Leia mais

Reprogramação Celular. Pítia Ledur pitialedur@gmail.com

Reprogramação Celular. Pítia Ledur pitialedur@gmail.com Reprogramação Celular Pítia Ledur pitialedur@gmail.com Reprogramação Celular O que é isso? ipsc = induced pluripotent stem cells Shinya Yamanaka Reprogramação Celular O que é isso? ipsc = induced pluripotent

Leia mais

a) multiplicação de células, através de mitoses sucessivas.

a) multiplicação de células, através de mitoses sucessivas. Embbr ri iiool llooggi iiaa Huumaannaa... 1 Introdução... 1 Gastrulação... 1 Tipos de óvulos (ovos): classificação e ocorrência.... 2 Tipos de clivagem:... 2 Fases do Desenvolvimento... 3 Destino dos Folhetos

Leia mais

O que são células estaminais?

O que são células estaminais? Mundo Estaminal O poder de dividir Área de Projecto 2010/2011 (Sobre) VIVER Planear o futuro, lembrando o passado O que são células estaminais? 4 Células estaminais: o que são? As células 1 são as unidades

Leia mais

N1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia.

N1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia. N1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia. Questão 01 B100010RJ Observe o esquema abaixo. 46 23 46 23 46 23 23 Disponível em: . Acesso

Leia mais

Células estaminais e medicina regenerativa

Células estaminais e medicina regenerativa Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Biopatologia 2006/2007 11ª Aula Teórica: 27/11/06 Aula dada por: Dr. Raquel Almeida Células estaminais e medicina regenerativa Hoje eu vou falar de células

Leia mais

Células estaminais criam nova esperança contra leucemia (pág.1)

Células estaminais criam nova esperança contra leucemia (pág.1) Células estaminais criam nova esperança contra leucemia (pág.1) Investigadores portugueses e americanos, no âmbito do programa MIT-Portugal, estão usar clinicamente células estaminais para neutralizar

Leia mais

COMISSÃO TEMPORÁRIA SOBRE A GENÉTICA HUMANA E OUTRAS NOVAS TECNOLOGIAS DA MEDICINA MODERNA

COMISSÃO TEMPORÁRIA SOBRE A GENÉTICA HUMANA E OUTRAS NOVAS TECNOLOGIAS DA MEDICINA MODERNA COMISSÃO TEMPORÁRIA SOBRE A GENÉTICA HUMANA E OUTRAS NOVAS TECNOLOGIAS DA MEDICINA MODERNA AUDIÇÃO de 26 de Abril de 2001 Carlos Alonso BEDATE Curriculum académico Licenciado em Filosofia Universidade

Leia mais

EDITORIAL / EDITORIAL CÉLULA-TRONCO. discreta de células-tronco adultas fazem a reposição. laboratório, determinar suas propriedades

EDITORIAL / EDITORIAL CÉLULA-TRONCO. discreta de células-tronco adultas fazem a reposição. laboratório, determinar suas propriedades EDITORIAL / EDITORIAL CÉLULA-TRONCO José Carlos Rossini Iglézias* As células-tronco são importantes para os organismos vivos por várias razões. No embrião, na fase do terceiro ao quinto dia de idade -

Leia mais

PARA VOCÊ, QUAIS SÃO AS PERSPECTIVAS FUTURAS PARA O TRATAMENTO DE DOENÇAS/DEFICIÊNCIAS? PERSPECTIVAS FUTURAS PARA O TRATAMENTO DE DOENÇAS/DEFICIÊNCIAS

PARA VOCÊ, QUAIS SÃO AS PERSPECTIVAS FUTURAS PARA O TRATAMENTO DE DOENÇAS/DEFICIÊNCIAS? PERSPECTIVAS FUTURAS PARA O TRATAMENTO DE DOENÇAS/DEFICIÊNCIAS PERSPECTIVAS FUTURAS PARA O TRATAMENTO DE DOENÇAS/DEFICIÊNCIAS E O ESPAÇO DA ATIVIDADE FÍSICA PARA VOCÊ, QUAIS SÃO AS PERSPECTIVAS Amar é descobrir que a deficiência do próximo faz parte do perfeito mosaico

Leia mais

COLÉGIO JARDINS. Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade

COLÉGIO JARDINS. Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade COLÉGIO JARDINS Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade TECIDO CONJUNTIVO I São aqueles que atuam nas funções de preenchimento de espaços entre órgãos, sustentação, defesa e nutrição.

Leia mais

FECUNDAÇÃO FECUNDAÇÃO OU FERTILIZAÇÃO

FECUNDAÇÃO FECUNDAÇÃO OU FERTILIZAÇÃO FECUNDAÇÃO Prof. Dr. Wellerson Rodrigo Scarano Departamento de Morfologia 1 FECUNDAÇÃO OU FERTILIZAÇÃO Processo pelo qual o gameta masculino (espermatozóide) se une ao gameta feminino (ovócito) para formar

Leia mais

e) O indivíduo X é o esporófito proveniente da multiplicação celular mitótica.

e) O indivíduo X é o esporófito proveniente da multiplicação celular mitótica. Aula n ọ 05 01. A meiose é um processo de divisão celular que ocorre na natureza e que visa à produção de esporos ou gametas. Esta divisão celular produz células-filhas com a metade dos cromossomos da

Leia mais

Biologia 12ºAno. Autor: Francisco Cubal. Unidade da Reprodução Humana até Anexos Embrionários

Biologia 12ºAno. Autor: Francisco Cubal. Unidade da Reprodução Humana até Anexos Embrionários Biologia 12ºAno Autor: Francisco Cubal Unidade da Reprodução Humana até Anexos Embrionários 1. Aparelho Reprodutor Masculino Aparelho Reprodutor Masculino Órgãos Externos Órgãos Internos Escroto (Envolve

Leia mais

Está(ao) correta(s): a) a afirmação III. b) a afirmação II. c) as afirmações I e III. d) as afirmações II e III.

Está(ao) correta(s): a) a afirmação III. b) a afirmação II. c) as afirmações I e III. d) as afirmações II e III. 1. (Udesc 2014) O desenvolvimento embrionário é diversificado entre os diferentes grupos animais, e ocorre, de maneira geral, em três fases consecutivas. Assinale a alternativa correta quanto ao desenvolvimento

Leia mais

CICLO OVARIANO. Estas alterações estão sob influencia dos hormônios gonadotrópicos da hipófise anterior.

CICLO OVARIANO. Estas alterações estão sob influencia dos hormônios gonadotrópicos da hipófise anterior. CICLO OVARIANO Formado por várias alterações em um ovário, os quais se repetem a intervalos mensais Estas alterações estão sob influencia dos hormônios gonadotrópicos da hipófise anterior. Principais fases

Leia mais

O que é gametogênese?

O que é gametogênese? O que é gametogênese? É o processo pelo qual os gametas são produzidos nos organismos dotados de reprodução sexuada. Nos animais, a gametogênese acontece nas gônadas, órgãos que também produzem os hormônios

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Prof. Esp. André Luís Souza Stella

TECIDO NERVOSO. Prof. Esp. André Luís Souza Stella TECIDO NERVOSO Prof. Esp. André Luís Souza Stella TECIDO NERVOSO Tecido de origem ectodérmica sendo caracterizado pela propriedade de reação a estímulos ambientais; Estes estímulos são percebidas pelo

Leia mais

FOLHA DE ROSTO QUE NÃO É PARA IMPRIMIR, MAS SIM PARA QUE O WORD POSSA CONTABILIZAR. Rasgar ESTA FOLHA E COLOCAR A OUTRA QUE ESTÁ NO FICHEIRO

FOLHA DE ROSTO QUE NÃO É PARA IMPRIMIR, MAS SIM PARA QUE O WORD POSSA CONTABILIZAR. Rasgar ESTA FOLHA E COLOCAR A OUTRA QUE ESTÁ NO FICHEIRO FOLHA DE ROSTO QUE NÃO É PARA IMPRIMIR, MAS SIM PARA QUE O WORD POSSA CONTABILIZAR. Rasgar ESTA FOLHA E COLOCAR A OUTRA QUE ESTÁ NO FICHEIRO FOLHA DE ROSTO. NÃO ESTÁ NUMERADA E BEM, MAS CONTA. i Agradecimentos

Leia mais

?respondaessa Mas, se o DNA, que contém a informação genética, é

?respondaessa Mas, se o DNA, que contém a informação genética, é 10 1 O SANGUE Estamos iniciando a incrível viagem pelo corpo humano. Nas páginas deste material, veremos aspectos relacionados às doenças sangüíneas ou transmitidas pelo sangue, suas formas de tratamento

Leia mais

Entendendo a herança genética (capítulo 5) Ana Paula Souto 2012

Entendendo a herança genética (capítulo 5) Ana Paula Souto 2012 Entendendo a herança genética (capítulo 5) Ana Paula Souto 2012 CÂNCER 1) O que é? 2) Como surge? CÂNCER 1) O que é? É o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado

Leia mais

ARBORICULTURA I. Propagação de Plantas

ARBORICULTURA I. Propagação de Plantas ARBORICULTURA I Propagação de Plantas O que é a propagação de plantas? É a multiplicação de indivíduos do reino vegetal, por métodos sexuados ou assexuados, por forma a obter na descendência um determinado

Leia mais

Início do Desenvolvimento Humano: 1ª Semana

Início do Desenvolvimento Humano: 1ª Semana Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Início do Desenvolvimento Humano: 1ª Semana Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves mackswenedhell@gmail.com Fertilização Normalmente o local

Leia mais

Embriologia. Prof. Mateus Grangeiro

Embriologia. Prof. Mateus Grangeiro Embriologia Prof. Mateus Grangeiro OBJETIVOS DA AULA Comparar a espermatogênese com a ovulogênese. Descrever os principais eventos da fecundação. Introduzir os processos básicos do desenvolvimento embrionário,

Leia mais

Células tronco: Medicina Regenerativa

Células tronco: Medicina Regenerativa Claudia M. C. Batista Instituto de Ciências Biomédicas Programa de Bioengenharia Tecidual Universidade Federal do Rio de Janeiro Células tronco: Perspectivas na Medicina Regenerativa Célula-tronco É a

Leia mais

células estaminais e medicina regenerativa

células estaminais e medicina regenerativa células estaminais e medicina regenerativa Um admirável mundo novo José Bragança 1,2, Álvaro Tavares 1,2 e José A. Belo 1,2 RESUMO O progresso da investigação no domínio das células estaminais mostrou

Leia mais

CONHECIMENTO GOTAS. neoplasias hematológicas: leucemia mieloide crônica

CONHECIMENTO GOTAS. neoplasias hematológicas: leucemia mieloide crônica CONHECIMENTO EM GOTAS neoplasias hematológicas: leucemia mieloide crônica leucemia é uma doença maligna dos leucócitos (glóbulos brancos). ela pode ser originada em duas linhagens diferentes: a linhagem

Leia mais

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Anteriormente... Zigoto Mórula Blástula Gástrula Neurula Organogênese Anexos embrionários Gêmeos Dos

Leia mais

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO INTRODUÇÃO divisões do sistema nervoso DIVISÕES DO SISTEMA NEVOSO Sistema Nervoso Central (SNC): DERIVADO DO TUBO NEURAL consiste em encéfalo e medula espinhal Sistema

Leia mais

Placenta e Membranas Fetais. Prof. Daniela B. Hara

Placenta e Membranas Fetais. Prof. Daniela B. Hara Placenta e Membranas Fetais Prof. Daniela B. Hara 2009/2 Anexos embrionários no desenvolvimento humano Placenta e o cordão umbilical O córion O âmnio O saco vitelínico O alantóide Membranas fetais A parte

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia - Embriologia

Exercícios de Aprofundamento Biologia - Embriologia 1. (Fgv 2015) A figura ilustra os vasos sanguíneos maternos e fetais na região da placenta, responsável pela troca dos gases respiratórios oxigênio e dióxido de carbono. Como a circulação e a ventilação

Leia mais

EMBRIOLOGIA HUMANA. -Disciplina: Genética e Embriologia. -Profª: Ana Cristina Confortin -2014/1

EMBRIOLOGIA HUMANA. -Disciplina: Genética e Embriologia. -Profª: Ana Cristina Confortin -2014/1 EMBRIOLOGIA HUMANA -Disciplina: Genética e Embriologia -Profª: Ana Cristina Confortin -2014/1 ÚTERO * Compreender a estrutura do tero é base para compreensão dos ciclos reprodutivos e da implantação do

Leia mais

- pouco vitelo distribuído uniformemente nos polos vegetativo e animal; - clivagens do tipo holoblásticas iguais.

- pouco vitelo distribuído uniformemente nos polos vegetativo e animal; - clivagens do tipo holoblásticas iguais. 1. (Unifor 2014) Imagine que você é um cientista! Ao chegar a um laboratório de embriologia, verificou que havia um material a ser identificado no microscópio. O material tratava-se de um zigoto (ou ovo)

Leia mais

Unidade I - Embriologia Geral

Unidade I - Embriologia Geral Unidade I - Embriologia Geral 1.1 - Noções de aparelho reprodutivo e ciclo estral; 1.2 - Fertilização, formação do disco embrionário; 1.3 - Tipos de implantação; 1.4 - Desenvolvimento embrionário; 1.5

Leia mais

Gametogênese e Embriologia

Gametogênese e Embriologia Material de apoio para Aula ao Vivo 1. (Fuvest) Um pesquisador fez o seguinte desenho de uma célula observada ao microscópio óptico. Pode tratar-se de uma célula de a) ovário. b) sangue. c) linfa. d) medula

Leia mais

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução à Anatomia e Fisiologia EN2319-Bases Biológicas para Engenharia I Reginaldo K Fukuchi Universidade Federal do ABC Por que

Leia mais

Exercícios de Biologia Tipos de Ovos e Segmentação

Exercícios de Biologia Tipos de Ovos e Segmentação Exercícios de Biologia Tipos de Ovos e Segmentação TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufsc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a soma dos itens corretos. 1. A figura a seguir representa a estrutura

Leia mais

TECNICAS DE AMPLIFICAÇÃO REPRODUTIVA E DE BIOTECNOLOGIA APLICADAS AO MELHORAMENTO ANIMAL

TECNICAS DE AMPLIFICAÇÃO REPRODUTIVA E DE BIOTECNOLOGIA APLICADAS AO MELHORAMENTO ANIMAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE AGRONOMIA ELISEU MACIEL DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA MELHORAMENTO ANIMAL TECNICAS DE AMPLIFICAÇÃO REPRODUTIVA E DE BIOTECNOLOGIA APLICADAS

Leia mais

Segmentação Gastrulação Organogênese

Segmentação Gastrulação Organogênese APOSTILA DE EMBRIOLOGIA Prof. Cristiano Nogueira A embriologia é o estudo do desenvolvimento embrionário, que se inicia com a fecundação e se caracteriza não só por uma rápida seqüência de divisões celulares

Leia mais