Plano de Formação 2015 Criar conhecimento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Formação 2015 Criar conhecimento"

Transcrição

1 Plano de Formação 2015 Criar conhecimento

2 Perguntas. Respostas! Caros amigos e parceiros, Boas respostas começam com as perguntas certas. Por esta razão, a Hager ouve as sugestões dos seus clientes há décadas. Só então podemos desenvolver soluções que respondam às suas necessidades e às exigências do mercado. Seja sob a forma de oferta de novas e melhores soluções ou sob a forma de formações que o ajudarão a implementar com sucesso uma tecnologia comprovada. Assim apresentamos o Plano de Formação Hager para O Plano de Formação 2015 propõe um conjunto de 10 módulos de aprendizagem adaptados às necessidades dos profissionais na área de instalações eléctricas em BT. Através de conteúdos programáticos que incluem aprendizagem teórica e simulações práticas, estes módulos de formação foram concebidos para a divulgação dos produtos e sistemas, das soluções tecnológicas e das ferramentas informáticas que o Hager Group disponibiliza actualmente. A participação nas formações deverá ser requerida através de um pedido de pré-inscrição, sujeito a confirmação, no qual deverá ser indicado o módulo pretendido e qual a respectiva data de acordo com o calendário em anexo. Para uma correcta apreciação da oferta formativa, incluindo os pré-requisitos dos formandos e os programas e objectivos de cada módulo, deverão ser consultadas as fichas informativas que se seguem. Queremos oferecer respostas para todas as questões atuais. Estamos ansiosos pela troca inspiradora com colegas e formadores durante as formações Hager Estamos ansiosos para tê-lo connosco! 2

3 Plano de Formação Resumo MF1 Protecção contra descargas atmosféricas 6 MF2 Protecção de instalações em baixa tensão 7 MF3 SISTEMAS DE INVERSÃO Colocação em serviço de sistemas de inversão automática 8 MF4 ELCOM / HAGERCAD BASE Estudo e orçamentação de quadros eléctricos até 630A 9 MF5 ELCOM / HAGERCAD EXPERT Estudo e orçamentação de quadros eléctricos até 4000A 10 MF6 ELCOMNET Cálculo de redes eléctricas em baixa tensão 11 MF7 TÉBIS BASE Conceber e programar uma instalação tébis utilizando o configurador 14 TÉBIS EXPERT MF8 Conceber e programar uma instalação tébis 15 utilizando o configurador no modo Expert MF9 TÉBIS PROJECT Conceber e projectar uma instalação KNX 16 MF10 DOMOVEA Colocação em serviço do interface gráfico KNX 17 3

4 Ficha de pré-inscrição em formação (a enviar para Módulo pretendido: tébis Base: tébis Expert: tébis Project: Domovea: Elcom / HagerCad Base: Elcom / HagerCad Expert: ElcomNet: Protecção Desc. Atmosféricas: Protecção Instalações em BT: Sistemas de Inversão: Centro de Formação: São Domingos de Rana: Porto: Data Preferida: / / Identificação do Formando: Nome: Função: Empresa: Endereço da empresa: Código Postal / idade: - / N. Contribuinte empresa: N.º Colaboradores: Telefone: Fax: Telemóvel: Descrição da Actividade: Distribuidor: Armazenista: Outro: Utilizador: Instalador: Quadrista: Manut.: Indústria: Consultor: Projectista: Arquitecto: Fiscal: Ensino: Distribuidores habituais: Observações: 4

5 O nosso know-how ao seu serviço Bom ensino é metade da aprendizagem. A equipa de formação da Hager é formada por profissionais com experiência didática que respondem às questões de forma divertida. Desejamos que fique satisfeito com toda a sessão do princípio ao fim. Para que você possa pensar por si mesmo durante todo o tempo receberá em cada acção de formação materiais abrangentes e que estimulam o raciocínio. 5

6 Protecção contra descargas atmosféricas MF1 Objectivos: Promover soluções em função das necessidades do cliente e da obra. Escolher e instalar produtos adaptados às necessidades da instalação. Electricistas e Instaladores. Distribuidores. Quadristas. Pré-requisito: Conhecimentos de electricidade. Platinas com produtos. Manual de formação. Origem das sobretensões. Tecnologias dos descarregadores de sobretensão. Gama de produtos Hager. Escolha das protecções. Regras de montagem. São Domingos de Rana Mês Fevereiro Outubro Dia 5 8 Porto Mês Fevereiro Outubro Dia horas 6

7 Protecção de instalações em baixa tensão MF2 Objectivos Adequar soluções de protecção em função das necessidades da obra. Escolher e instalar produtos adaptados às necessidades da instalação. Electricistas e Instaladores. Distribuidores. Pré-requisito: Conhecimentos de electricidade. Platinas com produtos. Manual de formação. Protecção contra choques eléctricos: - por contacto directo, - por contacto indirecto. Protecção contra os efeitos térmicos. Protecção contra sobreintensidades. Protecção contra correntes de defeito. Protecção contra as sobretensões. Escolha das protecções. São Domingos de Rana Mês Abril Junho Dia 9 4 Porto Mês Abril Junho Dia horas 7

8 MF3 SISTEMAS DE INVERSÃO Colocação em serviço de sistemas de inversão automática Objectivos: Após esta formação os participantes deverão ser capazes de: Escolher, orçamentar e colocar em serviço sistemas de inversão automática até 4000A. Electricistas e Instaladores. Quadristas. Pré-requisito: Conhecimentos de electricidade. Manual de formação. Equipamento para simulação. Introdução aos sistemas de inversão. Relé de transferência automática: - ligações, - parametrização. Inversores de comando motorizado com automatismo integrado. Inversores com disjuntores e interruptores H3. Inversores com disjuntores e interruptores HWT. Análise e resolução de problemas. São Domingos de Rana Mês Outubro Novembro Dia 1 5 Porto Mês Setembro Novembro Dia horas 8

9 ELCOM / HAGERCAD BASE Estudo e orçamentação de quadros eléctricos até 630A MF4 Objectivos: Escolher e orçamentar quadros eléctricos até 630A. Elaborar vistas frontais dos quadros eléctricos. Electricistas e Instaladores. Distribuidores. Quadristas. Pré-requisitos: Possuir computador portátil. Conhecimentos de electricidade. Conhecimentos de informática na óptica do utilizador. Manual de Formação. Software actualizado. Exploração de menus base do software: - catálogo Electrónico, - selecção de Equipamentos, - configurador electrónico: - automático, - manual. Orçamentação. Implantação. São Domingos de Rana Mês Fev. Maio Set. Out. Dez. Dia Porto Mês Fev. Maio Set. Out. Dez. Dia horas 9

10 MF5 ELCOM / HAGERCAD EXPERT Estudo e orçamentação de quadros eléctricos até 4000A Objectivos: Escolher e orçamentar quadros eléctricos até 4000A. Elaborar vistas frontais dos quadros eléctricos. Esquemas Unifilares. Electricistas e Instaladores. Distribuidores. Quadristas. Pré-requisitos: Possuir computador portátil. Frequência da formação Base. Conhecimentos de electricidade. Conhecimentos de informática na óptica do utilizador. Manual de Formação. Software actualizado. Exploração de menus do software: - selecção de equipamento, - sugestões úteis, - configurador electrónico: - manual. Criação de referências de utilizador. Macros. Orçamentação. Condições comerciais. Implantação. Elaboração de esquemas unifilares. São Domingos de Rana Mês Março Novembro Dezembro Dia Porto Mês Março Novembro Dezembro Dia horas 10

11 ELCOMNET Cálculo de redes eléctricas em baixa tensão MF6 Objectivos: Efectuar dimensionamento de uma rede eléctrica em BT. Preparar documento justificativo dos cálculos das canalizações e respectivos dispositivos de protecção. Projectistas. Instaladores. Pré-requisitos: Conhecimentos da regulamentação inerente ao projecto de instalações eléctricas. Possuir computador portátil para instalação de software ElcomNet. Manual de Formação. Software actualizado. Funções de base do software. Introdução de dados. Cálculo de circuitos. Selectividade e coordenação. Quedas de tensão. Correntes de curto-circuito. Interpretação de resultados. Exercícios práticos. São Domingos de Rana Mês Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Set. Out. Nov. Dia Porto Mês Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Set. Out. Nov. Dia horas 11

12 MF7 TÉBIS BASE Conceber e programar uma instalação tébis utilizando o configurador Objectivos: Promover soluções em função das necessidades do cliente e da obra. Escolher, instalar e programar produtos tébis, em modo Easy, do standard KNX. Electricistas e Instaladores. Distribuidores. Pré-requisitos: Conhecimentos de electricidade. Manual de Formação. Malas de simulação. O conceito tébis. Aplicações. A origem do standard KNX. Configurador vs ETS. Princípio de uma instalação comunicante. Instalação tébis: - módulos de base - módulos de entradas de saídas. Características de uma instalação. Configuração. Exercício prático: - programação de uma instalação. São Domingos de Rana Mês Janeiro Maio Setembro Novembro Dia Porto Mês Janeiro Maio Setembro Novembro Dia horas 12

13 TÉBIS EXPERT - Conceber e programar uma instalação tébis com o configurador no modo Expert MF8 Objectivos: Utilizar e configurar as funcionalidades dos produtos tébis mais avançados. Assegurar a manutenção e evolução das instalações. Electricistas e Instaladores. Distribuidores. Pré-requisitos: Frequência da formação tébis Base. Ter realizado pelo menos uma instalação tébis. Conhecimentos de electricidade. Manual de Formação. Malas de simulação. Instalação eléctrica KNX - Síntese. Novos produtos: - funções, - características, - configuração. Manutenção de uma instalação. Utilização de funções avançadas: - localização, filtros + info, visualização, funções de gestão, - medidas e regulação. Configuração de funções avançadas: - cenários, - Master / Slave, - indicações de estado. São Domingos de Rana Mês Maio Outubro Dia Porto Mês Maio Outubro Dia horas 13

14 MF9 TÉBIS PROJECT Conceber e projectar uma instalação KNX Objectivos: Conceber e projectar uma instalação KNX utilizando produtos tébis. Arquitectos, Projectistas. Pré-requisitos: Experiência ao nível do projecto. Manual de Formação. Malas de simulação pré-programadas. O conceito tébis. Vantagens de uma instalação KNX. A origem do standard KNX. Configurador vs ETS. Principio de uma instalação comunicante. Instalação tébis: - módulos de base, - módulos de entradas de saídas, - outros produtos. Características de uma instalação. Elaboração de esquemas eléctricos e plantas: - exercício prático (habitação e escritório). Outras Aplicações. São Domingos de Rana Mês Abril Junho Dia Porto Mês Abril Junho Dia horas 14

15 DOMOVEA Colocação em serviço do interface gráfico KNX MF10 Objectivos: Instalar, parametrizar e adaptar à instalação o sistema domovea. Integradores. Instaladores. Pré-requisitos: Experiência ao nível da programação de sistemas KNX. Possuir computador portátil para instalação de domovea. Certificação KNX ou frequência do módulo TÉBIS EXPERT. Manual de Formação. Malas de simulação pré-programadas. Vantagens do domovea para o utilizador final. Princípio de funcionamento do domovea. Diferentes arquitecturas de instalação do software. Configuração da instalação. Funções lógicas e cenários. Acesso Remoto. Exercício prático. São Domingos de Rana Mês Maio Julho Setembro Dia Porto Mês Maio Julho Setembro Dia horas 15

16 Informações gerais e condições de participação A Hager assegura a todos os participantes: Refeição e coffee-break no dia de formação. Organização da formação. Documentação. Material didáctico. Emissão de certificado de participação. Locais de realização Todas as formações aqui descritas são realizadas nos nossos centros de formação em São Domingos de Rana e no Porto. Como nos encontrar em S. Domingos de Rana: Estrada de Polima, n. 673, Armazém C Parque Industrial Meramar I - Abóboda São Domingos de Rana GPS: 38,7233-9,3281 Como nos encontrar no Porto: Rua Professor Mota Pinto, Porto GPS: 41,166475, -8, As acções de formação estão divididas em média e longa duração sendo ministradas em dois horários distintos: 3 horas: das 09h30 às 12h30 6 horas: das 09h30 às 17h30 Cancelamento Após confirmação, é possível cancelar a presença de forma escrita ou verbal com, pelo menos, 5 dias de antecedência. Direitos autorais O software fornecido durante a acção de formação não pode ser copiado, transferido ou usado noutra acção de formação sem a expressa permissão da Hager - S. E. M., S.A. Renúncia A Hager, S. E. M., S.A. não garante a exactidão absoluta das informações técnicas transmitidas por via oral ou por escrito, incluídas nos documentos de formação. Pelos danos eventualmente resultantes de tais erros, a Empresa Hager - S. E. M., S.A. não assume qualquer responsabilidade. A Hager - S. E. M., S.A. também se reserva o direito de cancelar acções de formação ou adaptar o conteúdo das mesmas, sem aviso prévio. 16

17 Onde estamos S. Domingos de Rana Trajouce Polima Progelcone Manique Galp Soplacas Polima Tires Escola Outeiro de Polima Hager Cascais Autoestrada A5 Saída: Abóboda Arneiro Portagem Portagem; Carcavelos Lisboa São Domingos de Rana Porto VCI Lisboa Freixo Estádio do Bessa Hager Estádio do Bessa Rotunda do Bessa VCI Lisboa Arrábida 17

18 Calendário de Formação 2015 MÓDULO Horário Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro MF1 - PROT. DESC. ATMOSFÉRICAS 09:30-12: PT LX PT LX MF2 - PROT. INSTALAÇÕES BT 09:30-12: PT LX PT LX MF3 - SISTEMAS DE INVERSÃO 09:30-12: PT LX PT LX MF4 - ELCOM / HAGERCAD BASE 09:30-12: PT LX PT LX PT LX PT LX PT LX MF5 - ELCOM / HAGERCAD EXPERT 09:30-12: PT LX PT LX PT LX MF6 - ELCOMNET 09:30-17: PT LX PT LX PT LX PT LX PT LX PT LX PT LX PT LX PT LX MF7 - TÉBIS BASE 09:30-17: PT LX PT LX PT LX PT LX MF8 - TÉBIS EXPERT 09:30-17: PT LX PT LX MF9 - TÉBIS PROJECT 09:30-12: PT LX PT LX MF10 - DOMOVEA 09:30-17: PT LX PT LX PT LX CENTROS DE FORMAÇÃO: LX - Estrada de Polima, n Armazém C - Parque Industrial Meramar I - Abóboda SÃO DOMINGOS DE RANA PT - Rua Professor Mota Pinto, PORTO

19 Hager - Sistemas Eléctricos Modulares, S.A. Estrada de Polima, n.º 673, Armazém C Parque Industrial Meramar I - Abóboda São Domingos de Rana Tel.: Fax: Agência Norte Rua Professor Mota Pinto, Porto Tel.: Fax: DC_25_PT15

Software de aplicação Tebis

Software de aplicação Tebis 5 Software de aplicação Tebis TL360 Contador de energia - Directo 100A TL370 Contador de energia - Via TI Referência do produto TE360 Descrição Contador de energia - Directo 100A TE370 Contador de energia

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA AS ENTIDADES FORMADORAS ÍNDICE OBJECTIVOS

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Cursos Sistemas Vapor 2015

Cursos Sistemas Vapor 2015 Cursos Sistemas Vapor 2015 Acção de formação para: Directores de produção Desenhadores de instalações Gerentes de fábrica Engenheiros de processo Engenheiros de projecto Instaladores Gestores de energia

Leia mais

Esquemas. & diagramas. caderno 3

Esquemas. & diagramas. caderno 3 Esquemas & diagramas caderno 3 Regimes de neutro Norma IEC 60364 A norma IEC 60364 é a norma padrão internacional definida pelo International Electrotechnical Commission relativamente a instalações eléctricas

Leia mais

Programas informáticos de aplicação Tebis

Programas informáticos de aplicação Tebis 5 Programas informáticos de aplicação Tebis Descrição dos produtos de entrada RF Referência do produto Designação do produto TR302 A / B 2 entradas a encastrar na pilha / sector RF TR304 A / B 4 entradas

Leia mais

Escola Secundária/3 da Maia Cursos em funcionamento 2009-2010. Técnico de Electrónica, Automação e Comando

Escola Secundária/3 da Maia Cursos em funcionamento 2009-2010. Técnico de Electrónica, Automação e Comando Ensino Secundário Diurno Cursos Profissionais Técnico de Electrónica, Automação e Comando PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO O Técnico de Electrónica, Automação e Comando é o profissional qualificado

Leia mais

Software de aplicação Tebis

Software de aplicação Tebis 5 Software de aplicação Tebis TL304C V 1 x 4 entradas TL310A V 1 x 10 entradas TL302B V 1 x 2 entradas TL304B V 1 x 4 entradas Referência do produto TXA304 TXA310 TXB302 TXB304 Descrição Módulo 4 entradas

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS Ensino Secundário ANO LECTIVO 0/0 Disciplina: Praticas Oficinais 0.º Ano Turma C Total de Aulas Previstas (45 min) 00 º Período SET / 7 DEZ 78 º Período 0 JAN / 4 MAR 58 º Período 04 ABR / 4 JUN 4. Unidade

Leia mais

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

Princípio da Selectividade dossier

Princípio da Selectividade dossier D Disj. B Disjunt e B Princípio da Selectividade dossier D Disj. B Disjunt cu B Disj. A Disj. B cu B 0 A A = ka A Selectividade entre protecções, é hoje em dia, utilizada de uma forma regular. Esta técnica

Leia mais

Protecção contra sobretensões. Descarregadores de sobretensões

Protecção contra sobretensões. Descarregadores de sobretensões Protecção contra Descarregadores Protecção contra As podem muitas vezes causar danos irreparáveis nas instalações eléctricas, bem como, nos equipamentos eléctricos e electrónicos. Os descarregadores são

Leia mais

AutoCAD 2D. Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 22h30 (duas das sessões terminam às 22h00)

AutoCAD 2D. Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 22h30 (duas das sessões terminam às 22h00) AutoCAD 2D DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 22h30 (duas das sessões terminam às 22h00) ou Sábado, das 9h30 às 13h00

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Fotografia Digital e Pós-produção de imagem. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER O "Curso de Fotografia

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ADOBE MUSE: CRIE E PUBLIQUE O SEU SITE EDIÇÃO Nº 01/2012

FICHA TÉCNICA DO CURSO ADOBE MUSE: CRIE E PUBLIQUE O SEU SITE EDIÇÃO Nº 01/2012 FICHA TÉCNICA DO CURSO ADOBE MUSE: CRIE E PUBLIQUE O SEU SITE EDIÇÃO Nº 01/2012 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Adobe Muse: crie e publique o seu site 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Acesso a novas oportunidades:

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO

FICHA TÉCNICA DO CURSO FICHA TÉCNICA DO CURSO PROJECTAR COM REVIT ARCHITECTURE 2014 EDIÇÃO Nº03/2014 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Projectar com Revit Architecture 2014 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER O Revit Architecture é uma plataforma

Leia mais

ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS

ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS COMO CHEGAR À AMBITHUS? FICHA DE CANDIDATURA PARA A FORMAÇÃO

Leia mais

A Profitability Engineers organiza com a Heliflex, nas suas instalações em Aveiro, um conjunto de acções de formação com especial enfoque nas

A Profitability Engineers organiza com a Heliflex, nas suas instalações em Aveiro, um conjunto de acções de formação com especial enfoque nas Formação Interempresas Aveiro 2.º Semestre 2015 1 1 Formação Interempresas 2015 - Aveiro A Profitability Engineers organiza com a Heliflex, nas suas instalações em Aveiro, um conjunto de acções de formação

Leia mais

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO DE Área de Formação 862 Segurança e Higiene no Trabalho Formação Profissional Contínua/de Especialização ÍNDICE 1- ENQUADRAMENTO... 3 2- OBJECTIVO GERAL... 4 3- OBJECTIVOS

Leia mais

FORMAÇÃO REGULAMENTO

FORMAÇÃO REGULAMENTO FORMAÇÃO REGULAMENTO Data: Julho de 2010 1. Politica e Estratégia A Formação desempenha um papel preponderante no desenvolvimento do indivíduo. É através dela que as pessoas adquirem os conhecimentos necessários

Leia mais

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Saída Profissional: Operador CAD Certificação ao nível do 9º Ano / Nível II Laboral Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma

Leia mais

Pós-Graduação em Segurança de Máquinas

Pós-Graduação em Segurança de Máquinas Pós-Graduação em Segurança de Máquinas Área de Formação Segurança Objectivo - Reconhecer quais as obrigações legais na aquisição, alteração e uso de equipamentos; - Reconhecer quais os referenciais normativos

Leia mais

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM por Engº João Barata (jbarata@ctcv.pt), CTCV Inovação Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro 1. - INTRODUÇÃO Os sub-sistemas de gestão, qualquer que seja o seu

Leia mais

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2009 CATÁLOGO DE FORMAÇÃO INDICE INDICE...2 ÂMBITO...4 1. GESVEN - GESTÃO DE PESSOAL E VENCIMENTOS CGV02 Gestão Base de Cadastro...5 CGV03 Report Writer (Base)...5 CGV04 Processamento

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

A CERTIEL EM 2012. Redes particulares de distribuição de energia elétrica e iluminação exterior. Urgeiriça, 13 de Abril. Jornadas CERTIEL 2012 P 1

A CERTIEL EM 2012. Redes particulares de distribuição de energia elétrica e iluminação exterior. Urgeiriça, 13 de Abril. Jornadas CERTIEL 2012 P 1 A CERTIEL EM 2012 Redes particulares de distribuição de energia elétrica e iluminação exterior Urgeiriça, 13 de Abril CERTIEL 2012 P 1 CERTIEL 2012 P 3 Condomínios fechados Uniformização de critérios Melhores

Leia mais

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista)

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª e 4ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Limpeza e Pequena Conservação em Tensão de PT

Limpeza e Pequena Conservação em Tensão de PT 1 CARACTERIZAÇÃO RESUMIDA 1.1 Objectivos No final da acção os participantes deverão ser capazes de: - Conhecer as condições de execução de trabalhos, processos operatórios, fichas técnicas correspondentes

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES Publicação e actualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de

Leia mais

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Definir o conceito de Help Desk; Identificar os diferentes tipos de Help Desk; Diagnosticar

Leia mais

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta Em início de nova fase, alarga a oferta Com o objectivo de ajudar as empresas a controlar e reduzir custos relacionados com transacções de bens e serviços, o adicionou à sua oferta um conjunto de aplicações

Leia mais

Mini MBA de Especialização em Análise e Gestão de Seguros de Vida Pedro Milheiro Galha

Mini MBA de Especialização em Análise e Gestão de Seguros de Vida Pedro Milheiro Galha Mini MBA de Especialização em Análise e Gestão de Seguros de Vida Pedro Milheiro Galha www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designação do Curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

lumina 2 standard de qualidade

lumina 2 standard de qualidade lumina 2 standard de qualidade Standard de qualidade Os grandes projectos de habitação e escritórios exigem a implementação de soluções económicas, que beneficiem não só o proprietário, como também, o

Leia mais

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Janeiro-2010 Para a boa gestão de pessoas, as empresas devem elevar o RH à posição de poder e primazia na organização e garantir que o pessoal

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Archicad 15. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER No final da formação o formando deverá ser capaz de criar a simulação de um edifício

Leia mais

Plano de Formação 2009

Plano de Formação 2009 ENQUADRAMENTO Com a portaria nº 461/2007 de 5 de Junho, o sistema de certificação energética e da qualidade do ar interior nos edifícios (SCE) ganhou um novo impulso, ficando abrangidos pela certificação

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS

REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS PREÂMBULO Na sequência da transposição para o ordenamento jurídico nacional da Directiva n.º 2006/43/CE, do Parlamento Europeu e do

Leia mais

Informação produto IP-Control

Informação produto IP-Control Informação produto IP-Control O comando do edifício que pode ser usado a partir de qualquer lugar Os edifícios são por natureza estruturas fixas, o que não quer dizer que sejam imutáveis. Com o IP Control

Leia mais

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das

Leia mais

Agência Norte Rua Professor Mota Pinto, 143 4100-356 Porto Tel.: 228346650 Fax: 228346670. e-mail: info@hager.pt www.hager.

Agência Norte Rua Professor Mota Pinto, 143 4100-356 Porto Tel.: 228346650 Fax: 228346670. e-mail: info@hager.pt www.hager. Hager - Sistemas Eléctricos Modulares, S.A. Estrada de Polima, n. 673, Armazém C Parque Industrial Meramar I - Abóboda 2785-543 São Domingos de Rana Tel.: 214458450 Fax: 214458454 Agência Norte Rua Professor

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

FORMAÇÃO. PROFISSIONAIS de electricidade. pour PARA les professionnels. de l ÉleCTRICITÉ

FORMAÇÃO. PROFISSIONAIS de electricidade. pour PARA les professionnels. de l ÉleCTRICITÉ pour PARA les professionnels PROFISSIONAIS de electricidade de l ÉleCTRICITÉ FORMAÇÃO Corte e Protecção Concepção e certificação de quadros e armários eléctricos até 400 A Curso ref. M.11.001.12 Objectivos

Leia mais

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO O Microsoft Business Solutions for Supply Chain Management Navision Business Notification ajudao a gerir a sua empresa mais facilmente e eficazmente. Pode identificar qualquer problema

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

Regulamento de Funcionamento da Formação

Regulamento de Funcionamento da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação Índice 1. Caracterização e Identificação da Entidade... 3 2. Certificação entidade formadora... 3 3. Acreditação Entidade Formadora... 3 4. Certificação ISO 9001...

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnico de Instalações Elétricas DISCIPLINA: Práticas Oficinais N.º TOTAL DE MÓDULOS: 5 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 N.º 1 18 Higiene e Segurança no Trabalho Organização

Leia mais

Competências Básicas em Informática

Competências Básicas em Informática Competências Básicas em Informática DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h00

Leia mais

Formação. Cursos Personalizados

Formação. Cursos Personalizados Formação Formação Técnica O Desenvolvimento das competências ao longo das carreiras profissionais, é obrigatoriamente um investimento das empresas e dos seus colaboradores, contribuindo para uma rentabilidade

Leia mais

Software de gestão em tecnologia Web

Software de gestão em tecnologia Web Software de gestão em tecnologia Web As Aplicações de Gestão desenvolvidas em Tecnologia Web pela Mr.Net garantem elevados níveis de desempenho, disponibilidade, segurança e redução de custos. A Mr.Net

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

PHC Formacão CS. Controlo da área administrativa de um centro de formação

PHC Formacão CS. Controlo da área administrativa de um centro de formação PHCFormacão CS DESCRITIVO O módulo PHC Formação permite a definicão de unidades, ou seja, cursos que irão ser dados. Cada unidade permite arquivar toda a informação sobre a mesma, desde o conteúdo programático,

Leia mais

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 MANUAL DE FUNÇÕES NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE XZ Consultores Direção INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1 Mapa de Controlo das Alterações

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

Grupo Alumni. CMTrain - Associação

Grupo Alumni. CMTrain - Associação CMTrain - Formação para metrologia por coordenadas Quando se trata de desenvolver e produzir novos produtos, a metrologia por coordenadas é crucial. No entanto, só se consegue aproveitar o potencial da

Leia mais

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida Flagsoft, Lda 2015 Índice 1. Introdução...3 2. Integrador - Interface com o utilizador...4 3. Registo de actividade - Folha de horas...5 4. Agenda e colaboração...7

Leia mais

EBS ETAP Central Battery Systems

EBS ETAP Central Battery Systems EBS ETAP Central Battery Systems A gama de EBS da ETAP faculta sistemas de bateria centrais para instalações de iluminação de emergência e os seus diversos produtos podem ser utilizados em grandes e pequenos

Leia mais

Negócios à Sua dimensão

Negócios à Sua dimensão Negócios à Sua dimensão O seu Software de Gestão acompanha-o? O ArtSOFT pode ser a solução de gestão da sua empresa. O ArtSOFT Profissional permite o controlo total sobre a gestão da sua empresa, assegura

Leia mais

1 Indicações de segurança

1 Indicações de segurança Actuador regulador universal 1 canal, 50-210 W com entrada binária N.º art. 3210 UP Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas devem ser realizadas

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO

FICHA TÉCNICA DO CURSO FICHA TÉCNICA DO CURSO AVALIAÇÃO DE BENS IMOBILIÁRIOS EDIÇÃO Nº01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Avaliação de Bens Imobiliários. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER No final da formação, os participantes deverão

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 information TECHNOLOGY Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

ISEL. Subestação de Sacavém. Relatório de Visita de Estudo. 6 Dezembro 2005. Secção de Sistemas de Energia

ISEL. Subestação de Sacavém. Relatório de Visita de Estudo. 6 Dezembro 2005. Secção de Sistemas de Energia ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E AUTOMAÇÃO Relatório de Visita de Estudo 6 Dezembro 2005 Secção de Sistemas de Energia Março 2006 Índice 1. Enquadramento

Leia mais

Suporte Técnico de Software HP

Suporte Técnico de Software HP Suporte Técnico de Software HP Serviços Tecnológicos HP - Serviços Contratuais Dados técnicos O Suporte Técnico de Software HP fornece serviços completos de suporte de software remoto para produtos de

Leia mais

TÉCNICO(A) INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES FOTOVOLTAICOS

TÉCNICO(A) INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES FOTOVOLTAICOS TÉCNICO(A) INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES FOTOVOLTAICOS QUADRO RESUMO FORMAÇÃO UFCD Duração (H) Sistemas solares fotovoltaicos 4587 50 Módulos solares fotovoltaicos 4588 50 Projeto de sistema solar fotovoltaico

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão da Qualidade na Formação

Manual do Sistema de Gestão da Qualidade na Formação NATURA-ITP, L.da Manual do Sistema de Gestão da Qualidade na Formação Elaborado por Revisto por Aprovado por GT - MSGQF - 01 Coordenador pedagógico Director Formação 17 de Julho de 2014 Código do Documento:

Leia mais

3. Critérios de Selecção dos Participantes (conhecimentos prévios) 1 ano de experiência na utilização do Sifarma2000

3. Critérios de Selecção dos Participantes (conhecimentos prévios) 1 ano de experiência na utilização do Sifarma2000 1. Nome do Curso/actividade Pós-Graduação Sifarma 2000 2. Destinatários Todos os colaboradores da Farmácia. 3. Critérios de Selecção dos Participantes (conhecimentos prévios) 1 ano de experiência na utilização

Leia mais

Como posso gerir todas as funções do software de automação num único ambiente de engenharia?

Como posso gerir todas as funções do software de automação num único ambiente de engenharia? Como posso gerir todas as funções do software de automação num único ambiente de engenharia? Para obter mais informações, consulte-nos: www.siemens.com/tia-portal Catálogo online: www.siemens.com/industrymall/pt

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT Conteúdo Artigo 1º... 3 OBJECTIVO... 3 Artigo 2º... 3 CONCEITO DE ENCONTRO DE SABEDORIA... 3 Artigo 3º... 3 ÂMBITO

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS

PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS Ano Lectivo 2010/2011 José Júlio Frias R. 1. ENQUADRAMENTO ÁREA DE FORMAÇÃO ITINERÁRIO DE QUALIFICAÇÃO SAIDA(S)PROFISSIONAL(IS) 481. CIÊNCIAS INFORMÁTICAS 48101.

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

Acti 9. A eficiência que você merece

Acti 9. A eficiência que você merece Acti 9 A eficiência que você merece Acti 9, a eficiência que você merece Apresentação Acti 9, Eficiente Acti 9, Seguro Acti 9, Simples & inteligente Conclusão 2 40 Anos de experiência e atenção aos nossos

Leia mais

Workshop Certificação de Entidades pela DGERT

Workshop Certificação de Entidades pela DGERT www.b-training.pt Workshop Certificação de Entidades pela DGERT 27 de Maio de 2011 ORDEM DE TRABALHOS 10h00 11h15 11h30 12h30 13h Início dos Trabalhos Coffee-Break Reinício dos Trabalhos Perguntas & Respotas

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/10

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/10 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/10 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL SAÍDA(S) PROFISSIONAL(IS) -

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

UPS. Unidades de Alimentação Ininterrupta

UPS. Unidades de Alimentação Ininterrupta UPS Uma UPS é um dispositivo que, quando em funcionamento correcto, ajuda a garantir que a alimentação dos equipamentos que estão a ela ligados, não sejam perturbados, fornecendo energia, através de uma

Leia mais

Direcção Regional de Educação do Algarve

Direcção Regional de Educação do Algarve MÓDULO 1 Folha de Cálculo 1. Introdução à folha de cálculo 1.1. Personalização da folha de cálculo 1.2. Estrutura geral de uma folha de cálculo 1.3. O ambiente de da folha de cálculo 2. Criação de uma

Leia mais

Acessórios SUNNY MATRIX ADMIN TOOL

Acessórios SUNNY MATRIX ADMIN TOOL Acessórios SUNNY MATRIX ADMIN TOOL Instruções de serviço MatrixAdmin-BPT100510 Versão 1.0 PT Índice SMA Solar Technology AG Índice 1 Indicações relativas ao presente manual............. 3 1.1 Objectivo..........................................

Leia mais

Escolas de Pentatlo Moderno

Escolas de Pentatlo Moderno Escolas de Pentatlo Moderno ÍNDICE O que é o franchising PENTAKID? 3 Serviços PENTAKID 5 Marketing 6 Recursos Humanos 7 Financiamento 8 Processo de aquisição 9 Ficha técnica 10 Carta de resposta 11 2 O

Leia mais

Métodos de Avaliação Imobiliária

Métodos de Avaliação Imobiliária Métodos de Avaliação Imobiliária DATAS Ver cronograma (sujeitas a eventuais alterações). HORÁRIO Pós-Laboral, das 19h00 às 23h00 DURAÇÃO 30 Horas LOCALIZAÇÃO Instalações da AS Formação Urbanização CHAVE,

Leia mais

Referencial do Curso de Técnico de Equipamento e Sistemas de Segurança Contra- Incêndios (Extintores e SADI) 1. MÓDULOS:

Referencial do Curso de Técnico de Equipamento e Sistemas de Segurança Contra- Incêndios (Extintores e SADI) 1. MÓDULOS: Referencial do Curso Técnico de Equipamento e Sistemas de Segurança Contra-Incêndios (Extintores e SADI) [2011] 1. MÓDULOS: Unidade 1 - Introdução e enquadramento da actividade de Técnico de Equipamento

Leia mais

MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos

MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos...

Leia mais

Certificação da Qualidade ISO 9001 : 2003

Certificação da Qualidade ISO 9001 : 2003 Certificação da Qualidade ISO 9001 : 2003 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 3ª, 4ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das

Leia mais

DIRECÇÃO-GERAL DE GEOLOGIA E ENERGIA PERFIL PROFISSIONAL DE TÉCNICO INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS

DIRECÇÃO-GERAL DE GEOLOGIA E ENERGIA PERFIL PROFISSIONAL DE TÉCNICO INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS DIRECÇÃO-GERAL DE GEOLOGIA E ENERGIA PERFIL PROFISSIONAL DE TÉCNICO INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS CÓDIGO - ERG-OO4 ÁREA DE ACTIVIDADE ENERGIA OBJECTIVO GLOBAL - Programar, organizar, coordenar

Leia mais

Índice. Página 1 de 7

Índice. Página 1 de 7 Índice 1 - Objectivos...2 2 - Legislação aplicável...2 3 - Enquadramento legal...2 3.1 - Limites de fornecimento...2 3.2 - Descrição de encargos...2 3.2.1 - Encargos do adjudicatário...2 3.3 - Encargos

Leia mais

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDOC Sistema de Gestão Documental Dossier de Produto DP10.02 02.01.2009 www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDoc Sistema de Gestão Documental A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais,

Leia mais

Mini-MBA de Marketing

Mini-MBA de Marketing Mini-MBA de Marketing Coordenador/Formador: José Guimarães Índice Designação do curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 3 Objectivo Geral... 3 Objetivos

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Segurança e Higiene no Trabalho Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designação do Curso... 2 Duração Total do Curso de Formação... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos...

Leia mais

REGULAMENTO DA ACTIVIDADE FORMATIVA

REGULAMENTO DA ACTIVIDADE FORMATIVA A CadSolid tem como missão contribuir para a modernização da indústria portuguesa, mediante o desenvolvimento e comercialização de produtos e serviços inovadores, personalizados e concebidos para satisfazer

Leia mais

Mobile Business. Your sales on the move.

Mobile Business. Your sales on the move. Pág/02 O PRIMAVERA é um produto destinado a empresas que utilizem processos de auto-venda e/ou pré-venda com Equipas de Vendas que necessitem de um conjunto de informação e funcionalidades avançadas, disponíveis

Leia mais

CURSO FINANÇAS PARA NÃO FINANCEIROS

CURSO FINANÇAS PARA NÃO FINANCEIROS CURSO FINANÇAS PARA NÃO FINANCEIROS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy

Leia mais

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas Apresentação da Solução Solução: Gestão de Camas Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros, 82-A, 1500-060

Leia mais

ISEL. Subestação de Alto Mira. Relatório de Visita de Estudo. 27 Maio 2005. Secção de Sistemas de Energia

ISEL. Subestação de Alto Mira. Relatório de Visita de Estudo. 27 Maio 2005. Secção de Sistemas de Energia ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E AUTOMAÇÃO Relatório de Visita de Estudo 27 Maio 2005 Secção de Sistemas de Energia Junho 2005 Índice 1. Enquadramento

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno O módulo PHC dteamcontrol Interno permite acompanhar a gestão de todos os projectos abertos em que um utilizador se encontra envolvido. PHC dteamcontrol Interno A solução via Internet que permite acompanhar

Leia mais

Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores MÓDULOS CARGA HORÁRIA Acolhimento 1 O formador face aos sistemas e contextos de formação 8 Factores e processos de aprendizagem 6 Comunicação e Animação de Grupos

Leia mais