TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho"

Transcrição

1 TERMORESISTÊNCIA GRÁFICO DEMONSTRATIVO DOS DESVIOS NAS TERMORESISTÊNCIAS CLASSES A e B TOLERÂNCIA ºC,,,0,,,,,0,,,,,0 0, 0, 0, 0, TERMORESISTÊNCIA CLASSE B TERMORESISTÊNCIA CLASSE A , TEMPERATURA DEFINIÇÃO DE TERMORESISTÊNCIA Ou termômetros de resistência são sensores de alta precisão e excelente repetibilidade de leitura. O seu funcionamento se baseia na variação da resistência ôhmica em função da temperatura. Seu elemento sensor na maioria das vezes é feito de platina com o mais alto grau de pureza e encapsulado em bulbos de cerâmica ou vidro. As termoresistências por apresentarem excelentes s, se tornaram um dos sensores de medição de temperatura mais utilizados nos s industriais. Por suas condições de alta estabilidade e de sua resistência à contaminação, pequeno drift em relação ao tempo, menor influência de ruídos e ainda altissima precisão, é um dos principais padrões para laboratórios de calibração. Foi adotada como padrão internacional para medição de temperatura na faixa de: -, a,ºc - segundo a ITS-0. terceiro fio tubo protetor isolador cerâmico óxido de magnésio bulbo de resistência capsula cabo de isolação mineral solda terceiro fio óxido de magnésio bulbo de resistência pote pote resina solda do resina solda do TIPOS DE MONTAGEM Na montagem convencional em tubos metálicos normalmente com Ø /,/ / / 0mm com uma extremidade fechada é colocado o bulbo com os fios de cobre, prata ou níquel soldados ou isolados entre si e com isoladores térmicos. Todos os espaços devem ser preenchidos com óxido de magnésio para permitir boa troca térmica e ainda proteger o sensor contra choques mecânicos. A extremidade aberta do tubo deve ser selada com resina epoxi para evitar ataques ambientais ao sensor Ns montagem isolação mineral, o bulbo sensor é colocado em uma capsula de metálico com uma extremidade fechada e os espaços preenchidos com óxido de magnésio. Em seguida os fios são soldados aos condutores de níquel que formam um cabo de isolação e posteriormente à capsula soldada à bainha. Esse montagem apresenta rápida velocidade de resposta e dá maior flexibilidade, permitindo dobras e curvas que antes eram impossíveis além de não limitar o.

2 TERMORESISTÊNCIA PRINCÍPIO DE MEDIÇÃO COM, FIOS R R R R PONTE DE WHEATSTONE As termoresistências são ligadas a um circuito de medição tipo Ponte Wheatstone O princípio é muito usado em laboratórios e em alguns sistemas industriais, devido a sua alta precisão. O circuito encontra-se balanceado ou em equlíbrio quando apresentar uma relação de resistência R. R= R. R e desta forma não circular corrente pelo galvanômetro, pois os potenciais nos pontos e são idênticos. LIGAÇÃO A FIOS R RL RL R R R LIGAÇÃO A FIOS Nesta montagem, R é a termoresistência e R é a resistência variável para o balanceamento do circuito. As resistências indicadas com RL e RL são as resistências da fiação e ambas estão em com R. A resistência da fiação tende a aumentar quanto maior for a distância entre o sensor e o instrumento, quanto menor a bitola do fio ou quanto maior a temperatura ambiente RL LIGAÇÃO A FIOS R RL RL R R R LIGAÇÃO A FIOS É o metodo mais utilizado nas indústrias, por conseguir compensar a resistência de linha e ainda pela grande disponibilidade de opções para instrumentos que recebem o terceiro fio. Neste circuito a bateria é conectada no ponto físico mais próximo possivel do sensor, permitindo que RL passe para o outro braço da ponte, balanceando o circuito.

3 Série TR-00 Série TR-00 Série TR-00 Série TR-00 Série TR-00 pote de adaptação do pote da - PT-00/ A - PT-00/ A - PT-00/ B - PT-00/ B - NI-00/ / sob - Ligação a fios - Ligação a fios - Ligação a fios 0-,0mm -,mm 0-,0mm 0-,0mm 000- Sem pote PL- Pote liso Sem tampa, Pote rosqueado especificar rosca ao cabeçote e no campo. 0- Inox Latão 000- S/ conexão BA- Bucim Ajustável BR- Bucim Reajustável RF- Rosca fixa PR- Pote Sextavado com rosca dupla ao cabeçote e. 0 da conexão dimensão U isolação do R do R de 000- Sem rosca N- / NPT N- / NPT N- / NPT N- / NPT N- / NPT ou opcional rosca BSP 0- Inox Latão em mm - PVC/ PVC - Silicone/ Silicone - Teflon/ Teflon - Fibra/ Fibra com trança cobre estanhado - Fibra/ fibra com trança em aço inox - Fibra/ Fibra F- Flexível R- Rígido fêmea Para enviar em EXEMPLO PARA CODIFICAÇÃO: 0 TR N 0 RF N 0 00 F 000 TA TR 0 TERMORESISTÊNCIA PT-00,CLASSE B, BULBO CERÂMICO, LIGAÇÃO FIOS, BAINHA Ø mm INOX 0 ROSCA AO CABEÇOTE / NPT, ROSCA AO PROCESSO / NPT INOX 0mm, DIM U 00mm, RABICHO PVC FLEXÍVEL 000mm COMPRIMENTO, TERMINAL DE LIGAÇÃO TIPO AGULHA

4 Série TR-00 Série TR-00 conector da conexão da - PT-00/ A - PT-00/ A - PT-00/ B - PT-00/ B - NI-00/ / sob - Ligação a fios - Ligação a fios 0-,0mm -,mm 0-,0mm 0-,0mm Macho MM- Mini Conector Macho Fêmea MF- Mini Conector Fêmea CMF- Conector Macho Fêmea MMF- Mini Conector Macho Fêmea S/ conexão BA- Bucim Ajustável BR- Bucim Reajustável 0- Inox Latão 0 dimensão U isolação do R do R de 000- Sem rosca N- / NPT N- / NPT N- / NPT N- / NPT N- / NPT ou opcional rosca BSP em mm Para enviar - PVC/ PVC - Silicone/ Silicone - Teflon/ Teflon - Fibra/ Fibra com trança cobre estanhado - Fibra/ fibra com trança em aço inox - Fibra/ Fibra F- Flexível R- Rígido Para enviar em

5 Série TR-00 Série TR-0 cabeçote bloco de conduite da - PT-00/ A - PT-00/ A - PT-00/ B - PT-00/ B - NI-00/ / sob - Ligação a fios - Ligação a fios - Ligação a fios 0-,0mm -,mm 0-,0mm 0-,0mm 000- S/ cabeçote KSC- KNC- EXD- KM- KMM- acessórios e acrescentar sem mola ou com mola conduites 0 da conexão rosca ao dimensão de 000- S/ conexão BA- Bucim Ajustável BR- Bucim Reajustável PR- Pote sextavado com rosca dupla ao cabeçote e Inox 000- Sem rosca N- / NPT N- / NPT N- / NPT N- / NPT N- / NPT ou opcional rosca BSP em mm Para enviar Para enviar em

6 Série TR-0 0 Série TR-0 00Série TR-0 Série 00 TR-0 Série 00 TR-0 Série TR cabeçote conduite do niple e união da - PT-00/ A - PT-00/ A - PT-00/ B - PT-00/ B - NI-00/ / sob - Ligação a fios - Ligação a fios - Ligação a fios 0-,0mm -,mm 0-,0mm 0-,0mm 000- S/ cabeçote KSC- KNC- EXD- KM- KMM- conduites 00- Aço carbono diametro do niple 0 extensão N poço termométrico opcionais de N- / NPT (padrão) N- / NPT 0N- NPT (opcional) Padrão 00,0mm ou especificar - Fornecimento com poço poço - Fornecimento sem poço a dimensão L US- Unidade seladora para cabeçote à prova de tempo e/ ou explosão Para enviar Para enviar em

7 Série TR-0 0 Série TR-0 00Série TR-00 Série 00 TR-0 Série 0 TR-0 0 Série TR cabeçote conduite do niple e união da - PT-00/ A - PT-00/ A - PT-00/ B - PT-00/ B - NI-00/ / sob - Ligação a fios - Ligação a fios - Ligação a fios 0-,0mm -,mm 0-,0mm 0-,0mm 000- S/ cabeçote KSC- KNC- EXD- KM- KMM- conduites 00- Aço carbono diametro do niple 0 extensão N poço termométrico opcionais de N- / NPT (padrão) N- / NPT 0N- NPT (opcionais)) Padrão 00,0mm ou especificar poços US- Unidade seladora para cabeçote à prova de tempo e/ ou explosão Para enviar Para enviar em

bainha pote fio do termoelétrico solda do rabicho CARACTERÍSTICAS

bainha pote fio do termoelétrico solda do rabicho CARACTERÍSTICAS junta de medida bainha pote resina plug de fechamento isolação mineral fio do termoelétrico solda do rabicho rabicho TIPOS DE TERMOPARES: São: T, J, K, E, N na versão simples, duplo ou triplo isolados

Leia mais

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS METÁLICOS São feitos em metal (normalmente aço inox), fechado em uma das extremidades através de solda ou caldeamento, e, quase sempre rosqueado na outra parte e fixo ao. TUBOS CERÂMICOS São muito

Leia mais

Termopares Convencionais I

Termopares Convencionais I Termopares Convencionais I Introdução Definimos Termopares como sensores de medição de temperatura que são constituídos por dois condutores metálicos e distintos, puros ou homogêneos. Em uma de suas extremidades

Leia mais

ST90 / ST90A PT10. Transmissor e Sensor de Temperatura

ST90 / ST90A PT10. Transmissor e Sensor de Temperatura ST90 / ST90A PT0 Transmissor e Sensor de Temperatura ST90A PT0 Características Descrição Transmisssor de Temperatura - Ideal para diversos ambientes Industriais e aplicações sanitárias. - Cabeçote em Nylon

Leia mais

PROJETOS EM INSTRUMENTAÇÃO E AUTOMAÇÃO INSTRUMENTAÇÃO - TEMPERATURA

PROJETOS EM INSTRUMENTAÇÃO E AUTOMAÇÃO INSTRUMENTAÇÃO - TEMPERATURA MÉTODO DE MEDIÇÃO Podemos dividir os medidores de temperatura em dois grandes grupos, conforme a tabela abaixo: 1º grupo (contato direto) Termômetro à dilatação de líquidos de sólido Termômetro à pressão

Leia mais

TEMPERATURA PT100 TERMÔRESISTENCIAS POÇOS TRANSMISSORES. www.temperuniao.com.br vendas@temperuniao.com.br

TEMPERATURA PT100 TERMÔRESISTENCIAS POÇOS TRANSMISSORES. www.temperuniao.com.br vendas@temperuniao.com.br TEMPERATURA TERMÔRESISTENCIAS S TRANSMISSORES PT100 SIMBOLO DE GARANTIA R INDÚSTRIA DE TERMÔMETROS E MANÔMETROS TEMPER UNIÃO Ltda TERMÔMETROS - MANÔMETROS - SENSORES 11 26931188 www.temperuniao.com.br

Leia mais

MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES

MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE Eficiência e Tecnologia no fornecimento de Medição, Instrumentação e Controle. SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES GRÁFICO

Leia mais

Salvi Casagrande. Calibração e Assistência Técnica

Salvi Casagrande. Calibração e Assistência Técnica Uma empresa genuinamente brasileira, atua desde 9 no ramo de MEDIÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO. Com imensa variedade de produtos de alta tecnologia, atende os segmentos da indústria nacional, nas áreas de vendas,

Leia mais

TERMOPARES. Termopar Convencional. Termopar isolação mineral. Termopares Especiais. ECILplast

TERMOPARES. Termopar Convencional. Termopar isolação mineral. Termopares Especiais. ECILplast TERMOPARES Termopar Convencional Termopar isolação mineral Termopares Especiais ECILplast t er mo p a re s TERMOPAR CONVENCIONAL PARES TERMOELÉTRICOS TIPO BITOLA AWG POSITIVO REFERÊNCIA NEGATIVO REFERÊNCIA

Leia mais

RESITEC reserva-se o direito de alterar ou substituir qualquer produto/ especificação constante deste catálogo sem aviso prévio.

RESITEC reserva-se o direito de alterar ou substituir qualquer produto/ especificação constante deste catálogo sem aviso prévio. 1 2 Índice Índice 3 Resitec 4.. Termopar 4 s de s 5 Classes de tolerância e tipos de configuração Tipos de isolamento/ construção 7 Código de cores 10 TC.002 11 TC.003 12 TC.004 13 TC.00 14 TC.007 15 TC.009

Leia mais

1 Medição de temperatura

1 Medição de temperatura 1 Medição de temperatura 1.1 Medidores de temperatura por dilatação/expansão 1.1.1 Termômetro à dilatação de líquido Os termômetros à dilatação de líquidos baseiam -se na lei de expansão volumétrica de

Leia mais

Instrumentos de Temperatura 1. Instrumentação Industrial. Autor: Perez

Instrumentos de Temperatura 1. Instrumentação Industrial. Autor: Perez Instrumentos de Temperatura 1 Instrumentação Industrial Autor: Perez AULA III - Instrumentos de Temperatura Instrumentos de Temperatura 2 Objetivos Estudar Elementos e Transmissores de Temperatura Mais

Leia mais

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B TE 65.30 Termopares Modelo reto com inserto de medição substituível Medição Eletrônica de Temperatura para medição de gás de combustão Modelo TC 501 Aplicações - altos fornos, aquecedores de ar - processos

Leia mais

Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo

Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo TUBOS INOX Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo erro de edição, os preços são válidos para

Leia mais

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1 RTDs e termopares em modelos de sensores de elementos simples e duplos Poços termométricos em uma ampla gama de materiais e conexões de processo Recursos de calibração para aumentar a precisão de medições

Leia mais

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Medição Elétrica de Temperatura V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Folha de dados WIKA TE 65.59 Aplicações Indústrias Químicas Aplicações com vapor super aquecido Refinarias Fornos

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DOS TERMOPARES

CARACTERÍSTICAS DOS TERMOPARES CARACTERÍSTICAS DOS TERMOPARES A escolha de um termopar para um determinado serviço, deve ser feita considerando todas as possíveis variáveis e normas exigidas pelo processo, portanto fornecemos alguns

Leia mais

WATTCRON SUA MELHOR OPÇÃO EM AQUECIMENTO INDUSTRIAL

WATTCRON SUA MELHOR OPÇÃO EM AQUECIMENTO INDUSTRIAL WATTCRON SUA MELHOR OPÇÃO EM AQUECIMENTO INDUSTRIAL SOBRE A WATTCRON Fundada em 1997 com sede própria na rua Gonçalves Dias, 69 - Catumbi - São Paulo - SP. A Wattcron tem o compromisso com a qualidade

Leia mais

SENSORES DE TEMPERATURA

SENSORES DE TEMPERATURA UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA TECNOLOGIA EM AUTOMATIZAÇÃO INDUSTRIAL DISCIPLINA DE INSTRUMENTAÇÃO SENSORES DE TEMPERATURA PROFESSOR: Valner Brusamarello COMPONENTES:

Leia mais

Fábrica de Nordborg - Dinamarca

Fábrica de Nordborg - Dinamarca Fábrica de Nordborg - Dinamarca Sensores de temperatura Visão Geral Nome do Aplicação Faixa de Conexão ao Saída Página produto temperatura processo MBT 5252 Geral -50 a 200ºC G 1 2 A/G 3 4 A Pt100/4-20mA

Leia mais

Produto Descricao Unidade Qtde.1a.U.M.PREÇO 00.025.00.50037 FIO CROMO 80/20 - D 2.00MM KG 28,00 00.025.00.50009 FIO 80/20 - D 0.6.

Produto Descricao Unidade Qtde.1a.U.M.PREÇO 00.025.00.50037 FIO CROMO 80/20 - D 2.00MM KG 28,00 00.025.00.50009 FIO 80/20 - D 0.6. Produto Descricao Unidade Qtde.1a.U.M.PREÇO 00.025.00.50037 FIO CROMO 80/20 - D 2.00MM KG 28,00 00.025.00.50009 FIO 80/20 - D 0.6.44MM (B&S 22) KG 13,19 00.025.00.50111 FIO A1 D 2.906 N 9 KG 13,00 00.025.00.51112

Leia mais

Catálogo Hidrosanitários 2013

Catálogo Hidrosanitários 2013 Catálogo Hidrosanitários 2013 MOMEL, S.A. Travessa Momel, nº269 4600-216 Amarante Portugal tel.: +351 255 410 140 fax: +351 255 424 001 email: geral@momel.pt www.momel.pt 1 PPR... 5 2 Multicamada... 15

Leia mais

CHAVES DE NÍVEL. Montagem de Topo

CHAVES DE NÍVEL. Montagem de Topo CHAVES DE NÍVEL Montagem de Topo A CONAUT, desde 1965 no mercado nacional, é hoje uma marca conhecida e respeitada no ramo de automação e instrumentação, atuando em todos os ramos da indústria. Além de

Leia mais

7. Sensores de Temperatura - Termopar

7. Sensores de Temperatura - Termopar 7. Sensores de Temperatura - Termopar Para a compreensão dos termopar de forma objetiva, precisamos compreender alguns efeitos físicos bem conhecidos, entre eles o Efeito Termoelétrico de Seedbeck, Efeito

Leia mais

STD-T. Transmissor de Temperatura com Display LCD local

STD-T. Transmissor de Temperatura com Display LCD local STD-T Transmissor de Temperatura com Display CD local STD-T Transmissor de Temperatura com Display CD ocal Características Alta flexibilidade para as exigências dos processos Industriais. Ampla variedade

Leia mais

a - coeficiente de temperatura da resistência, W/W(ºC)

a - coeficiente de temperatura da resistência, W/W(ºC) As termoresistências, ou termómetros de resistência, são sensores de alta precisão e excelente repetibilidade de leitura. O seu funcionamento baseia-se na variação da resistência eléctrica de modo proporcional

Leia mais

Medição de Pressão e Temperatura V-Pad

Medição de Pressão e Temperatura V-Pad Medição de Temperatura em superfície de tubo WIKA Aplicações Refinarias (Petroquímicas) - Fornos - Parede de reatores - Reformadores (etileno) Geração de energia - Caldeiras Papel e celulose - Caldeiras

Leia mais

ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 1 PETROBRAS Petróleo Brasileiro S.A. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei

Leia mais

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID Português CCL CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo e número de série

Leia mais

LEI DE OHM. Professor João Luiz Cesarino Ferreira. Conceitos fundamentais

LEI DE OHM. Professor João Luiz Cesarino Ferreira. Conceitos fundamentais LEI DE OHM Conceitos fundamentais Ao adquirir energia cinética suficiente, um elétron se transforma em um elétron livre e se desloca até colidir com um átomo. Com a colisão, ele perde parte ou toda energia

Leia mais

Informação de Produto

Informação de Produto Serie: Modelos: PTA / CI.100 / CI.114 PRAT Pressostato TRAT Termostato APLICAÇÃO: Os pressostatos e termostatos da serie PRAT e TRAT são instrumentos precisos e robustos, seu mecanismo de atuação possue

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

Aula 4 Instrumentos de Temperatura. Prof. Geronimo

Aula 4 Instrumentos de Temperatura. Prof. Geronimo Aula 4 Instrumentos de Temperatura Prof. Geronimo Os medidores de temperatura mais usados na indústria são os termômetros baseados em bimetal e os sensores do tipo termopar e termorresistência, que servem

Leia mais

Super leve e econômico Muito resistente Corpo em zamac cromado ou zincado ESGUICHO. Corpo em zamac Ajuste contínuo desde a jato até chuvisco

Super leve e econômico Muito resistente Corpo em zamac cromado ou zincado ESGUICHO. Corpo em zamac Ajuste contínuo desde a jato até chuvisco 01 REVÓLVER PINTADO 02 REVÓLVER CROMADO 03 REVÓLVER MINI 08 09 TIPO MAXI Pino para engate rápido JET GARDEN 04 Corpo em zamac pintado Agulha em latão DO BICO TIPOS 11701PR Pintado 11702PR Pintado 11704PR

Leia mais

Descrição e dimensões dos itens elétricos

Descrição e dimensões dos itens elétricos Descrição e dimensões dos itens elétricos Item 2 2.1 Condutivímetro (Kit 01 Química - Compostos Iônicos) Lâmpada miniatura rosca. Voltagem 6 volts. Corrente 150 ma à 250 ma Diâmetro 9,5 mm e altura 22

Leia mais

Nº DE REFERÊNCIA NK NKF-T-20-FF NKF-T-24-PP NKF-T-24-FF NKF-J-16-AA NKF-J-16-PP NKF-J-20-FF NKF-J-24-FF NKF-K-16-AA NKF-K-16-FF NKF-K-16-PP

Nº DE REFERÊNCIA NK NKF-T-20-FF NKF-T-24-PP NKF-T-24-FF NKF-J-16-AA NKF-J-16-PP NKF-J-20-FF NKF-J-24-FF NKF-K-16-AA NKF-K-16-FF NKF-K-16-PP FIOS E CABOS DE COMPENSAÇÃO FIOS DE COMPENSAÇÃO (RÍGIDO) LIGA Cobre Constantan* * Tipo T Ferro Constantan* * Tipo J Chromel* * Alumel* * Tipo K Platina Rhodium - Platina Tipos S/R TEMP. MAX. DE UTILI-

Leia mais

Temperatura. Termometria INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE. Escalas termométricas. Conceitos importantes. Relação entre as escalas 2/6/2011

Temperatura. Termometria INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE. Escalas termométricas. Conceitos importantes. Relação entre as escalas 2/6/2011 Termometria INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE Professor Miguel Neto Temperatura É a ciência que estuda e desenvolve os instrumentos de medidas de temperatura. Está divida em: Pirometria: Medição de altas temperaturas,

Leia mais

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno ProLine P 44000 Medições Precisas de Temperatura em Altas Tensões, até 6,6 kv Quando as temperaturas precisam ser medidas com termômetros de resistência Pt100 em ambientes sob altas tensões, os transmissores

Leia mais

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA.

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. TRANSFORMADORES MONOFÁSICOS DE ISOLAÇÃO COM BLINDAGEM APLICAÇÃO Os transformadores monofásicos de isolação com blindagens, magnética e eletrostática, foram desenvolvidos

Leia mais

Temperatura Conceitos Temperatura: Grandeza física que mede o estado de agitação das partículas de um corpo, caracterizando o seu estado térmico.

Temperatura Conceitos Temperatura: Grandeza física que mede o estado de agitação das partículas de um corpo, caracterizando o seu estado térmico. Conceitos Temperatura: Grandeza física que mede o estado de agitação das partículas de um corpo, caracterizando o seu estado térmico. Energia Térmica: É a somatória das energias cinéticas dos seus átomos,

Leia mais

Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado

Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado Medição eletrônica de pressão Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado WIKA folha de dados PE 81.45 Aplicações

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

SENSORES DE TEMPERATURA

SENSORES DE TEMPERATURA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DEPARTAMNETO ACADÊMICO DE ELETROELETRÔNICA E SISTEMA DA INFORMAÇÃO Disciplina Controle e Instrumentação Industrial SENSORES DE TEMPERATURA

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL: APLICAÇÕES DO SENSOR DE TEMPERATURA PT-100 NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL: APLICAÇÕES DO SENSOR DE TEMPERATURA PT-100 NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS FACULDADE DE ENGENHARIA DE RESENDE ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL: APLICAÇÕES DO SENSOR DE TEMPERATURA PT-100 NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS KLEBER VIANA FRANÇA 21376136 KLEBERFRANCA17@HOTMAIL.COM

Leia mais

Termopares TE 65.10. com poço Modelo TC 200. Medição Eletrônica de Temperatura

Termopares TE 65.10. com poço Modelo TC 200. Medição Eletrônica de Temperatura TE 65.10 Termopares com poço Modelo TC 200 Medição Eletrônica de Temperatura Serviços planejados - Construção de máquinas, plantas e tanques - Geração de energia - Indústria química - Indústria alimentícia

Leia mais

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS MANIFOLD As válvulas Manifold, produzidas pela Detroit, foram desenvolvidas e dimensionadas para tornar uma tubulação de instrumentos de diferencial de pressão mais simples, mais segura e mais confiável.

Leia mais

Medição de Temperatura

Medição de Temperatura Medição de Temperatura Fonte: Simone Massulini Acosta Conceitos Básicos TERMOMETRIA PIROMETRIA: medição de altas temperaturas, na faixa onde os efeitos de radiação térmica visíveis passam a se manifestar.

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S USUÁRIO: CEGÁS FOLHA: 1 de 5 OBJETO: AMPLIAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL OBRA. Í N D I C E D E R E V I S Õ E S REV. DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS 0 A B EMISSÃO PARA APROVAÇÃO ATENDENDO COMENTÁRIOS

Leia mais

Catálogo de produtos

Catálogo de produtos Catálogo de produtos Escovas Cilíndricas As escovas cilíndricas SUISSA são usadas em diversos tipos de máquinas, algumas de suas aplicações são nas varredeiras industriais de pisos, nos equipamentos de

Leia mais

BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA Disciplina: Instrumentação Eletrônica Prof.: Dr. Pedro Bertemes Filho

BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA Disciplina: Instrumentação Eletrônica Prof.: Dr. Pedro Bertemes Filho Definição: Termoresistores (RTD) São metais condutores que variam sua resistência ôhmica com a temperatura (dado que sua geometria é bem definida e conhecida). Equação: R T R n a T a T 2 a T n 0 1 1 Onde:

Leia mais

Válvulas Industriais

Válvulas Industriais Válvulas de Bronze Válvulas Industriais Haste Não Ascendente Fig. 601/602 Tampa roscada externamente ao corpo na medida de 4 Corpo, tampa e cunha: Bronze (Fig. 601) Haste: Bronze (Fig. 602) Haste Não Ascendente

Leia mais

Barramento Elétrico Blindado KSL70

Barramento Elétrico Blindado KSL70 Barramento Elétrico Blindado KSL70 PG: 2 / 19 ÍNDICE PÁG. 1.0 DADOS TÉCNICOS 03 2.0 - MÓDULO 04 3.0 SUSPENSÃO DESLIZANTE 05 4.0 TRAVESSA DE SUSTENTAÇÃO 06 5.0 EMENDA DOS CONDUTORES E DOS MÓDULOS 07 6.0

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de es de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme relação

Leia mais

www.hannacom.pt Eléctrodos Industriais

www.hannacom.pt Eléctrodos Industriais www.hannacom.pt Eléctrodos Industriais ÍNDICE 03 Eléctrodos 04 Eléctrodos de combinados, profissionais, especiais 05 Eléctrodo de referência 05 Eléctrodos de e ORP combinados 06 Série HI 1000 e HI 2000

Leia mais

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br UNICOMP COM. DE EQUIPAMENTOS PNEUMÁTICOS LTDA. Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site:

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE ATERRAMENTO

GUIA PRÁTICO DE ATERRAMENTO 2014 GUIA PRÁTICO DE ATERRAMENTO MAURÍCIO RODRIGUES DOS REIS SENAI-MG 15/02/2014 GUIA PRÁTICO SOBRE ATERRAMENTO INTRODUÇÃO... Pág.02 CONCEITOS BÁSICOS... Pág.02 MONTAGEM PASSO A PASSO DE ATERRAMENTO...

Leia mais

RESISTORES ELÉTRICOS

RESISTORES ELÉTRICOS RESISTORES ELÉTRICOS São dispositivos utilizados para limitar a passagem da corrente elétrica nos circuitos São feitos com material condutor de alta resistividade elétrica Transformam a energia elétrica

Leia mais

RESISTORES, TIPOS DE RESISTORES, IDENTIFICAÇÃO E PRÁTICA DE MEDIÇÃO.

RESISTORES, TIPOS DE RESISTORES, IDENTIFICAÇÃO E PRÁTICA DE MEDIÇÃO. RESISTORES, TIPOS DE RESISTORES, IDENTIFICAÇÃO E PRÁTICA DE MEDIÇÃO. O resistor normalmente é encontrado na forma cilíndrica onde temos um material cerâmico enrolado por uma camada espiral de material

Leia mais

Medições com strain gage

Medições com strain gage Medições com strain gage Renan Azevedo Engenheiro de Produto, DAQ & Teste NI Henrique Sanches Marketing Técnico, LabVIEW NI Pontos principais Conceitos básicos de strain gage Conceitos básicos das medições

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS Índice 1.0 Conexões Pneumática Instantâneas...... 4 1.1 - Redutores... 7 1.2 Válvulas Manuais... 8 2.0 Acessórios Pneumáticos... 8 3.0 Válvulas Mecânicas... 10 3.1 Piloto... 10 3.2

Leia mais

O QUE É TRACEAMENTO TÉRMICO?

O QUE É TRACEAMENTO TÉRMICO? O QUE É TRACEAMENTO TÉRMICO? É a manutenção da temperatura de fluidos mediante a reposição de calor perdido através do isolamento térmico. Fluido a 40ºC Perda de Calor Isolamento térmicot Cinta térmicat

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas Motores Automação Energia Tintas www.weg.net Em um Transformador Seco WEG, há mais de 40 anos de experiência na fabricação de motores elétricos, mais de 25 anos na fabricação de transformadores e toda

Leia mais

RECEPTOR DE SINAIS DE SATÉLITE GPS ELO588 MANUAL DE INSTALAÇÃO

RECEPTOR DE SINAIS DE SATÉLITE GPS ELO588 MANUAL DE INSTALAÇÃO RECEPTOR DE SINAIS DE SATÉLITE GPS ELO588 MANUAL DE INSTALAÇÃO Dezembro de 2011 ELO Sistemas Eletrônicos S.A. 100406082 Revisão 0.0 Índice ÍNDICE... I INTRODUÇÃO 1... 1 CONTEÚDO DESTE MANUAL... 1 ONDE

Leia mais

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade,

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade, Catálogo 2012 50 anos priorizando a qualidade, isto é Magnet! Em 2012, a Magnet completa 50 anos de atividades, história que começou com a sua fundação, em 1962, na cidade de São Paulo, com uma produção,

Leia mais

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line - PPL - é um novo sistema de tubulação de encaixe rápido projetado para todo tipo de planta de ar comprimido, bem como para outros fluidos, gases

Leia mais

TERMÓMETROS ECONÓMICOS PARA ALIMENTOS, FRIGORIFICOS ARCAS E FORNOS

TERMÓMETROS ECONÓMICOS PARA ALIMENTOS, FRIGORIFICOS ARCAS E FORNOS TERMÓMETROS ECONÓMICOS PARA ALIMENTOS, FRIGORIFICOS ARCAS E FORNOS VERSÕES ANALÓGICAS TERMÓMETRO DE FRIGORÍFICO E CONGELADOR (versão vertical) Este termómetro vertical Spirit-Filled indica temperaturas

Leia mais

VÁLVULAS INDUSTRIAIS

VÁLVULAS INDUSTRIAIS VÁLVULAS DE BRONZE VÁLVULAS INDUSTRIAIS Haste Não Ascendente Fig. 601/602 Haste Não Ascendente Fig. 600 Haste Ascendente Fig. 603 Tampa roscada externamente ao corpo até 3 na medida de 4 Corpo, tampa e

Leia mais

VÁLVULA GLOBO DE CONTROLE SÉRIE 10

VÁLVULA GLOBO DE CONTROLE SÉRIE 10 VÁLVULA GLOBO DE CONTROLE SÉRIE 10 EXCELÊNCIA EM CONTROLE DE FLUXO 1 Válvula Globo de Controle Série 10 Características gerais As válvulas globo de controle de sede simples da série 10, produzidas pela

Leia mais

Espigão Ø 6,5 mm... 11.6 Corte e Solda 11

Espigão Ø 6,5 mm... 11.6 Corte e Solda 11 VIAS NF Conexão /8 NPT.... VIAS COM FILTRO NF Conexão M 8 x,5mm (ISO 74/965.).... Conexão M 0 x,5mm (ISO 74/965.)....3 Conexão / UNF....5 Espigão Ø 6,5 mm....6 Corte e Solda 3 4 5 VÁLVULAS PARA CORTE

Leia mais

Manual do Usuário Instalação, Operação e Manutenção. THPPt100 e SRPt100. Transmissor e Sensor de Temperatura

Manual do Usuário Instalação, Operação e Manutenção. THPPt100 e SRPt100. Transmissor e Sensor de Temperatura Manual do Usuário Instalação, Operação e Manutenção THPPt00 e SRPt00 Transmissor e Sensor de Temperatura Índice Introdução.................................................. 4 Modelos....................................................

Leia mais

APLICAÇÕES DE TERMOPARES RESUMO

APLICAÇÕES DE TERMOPARES RESUMO APLICAÇÕES DE TERMOPARES Camila de Lima da Silva 1-20970020 Valdinei Dias da Costa 2-20970079 RESUMO Os termopares são os sensores de temperatura mais utilizados nas aplicações industriais, seja por sua

Leia mais

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED Aplicações imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, uso interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect)

Leia mais

PORTFOLIO 2011 EMPRESA

PORTFOLIO 2011 EMPRESA EMPRESA Empreendedorismo, agilidade e profissionalismo são características da Portal-Import, empresa que se destaca cada vez mais no segmento de distribuição de materiais elétricos, automação, marcação

Leia mais

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi Série - Mini relé industrial 8-16 SÉRIE Características.52.61 1 ou 2 contatos.52-2 contatos reversíveis 8.61-1 contato reversível 16 Montado diretamente em base ou via conectores Faston Bobinas em C ou

Leia mais

Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina

Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina Aplicação Foram desenvolvidos para indicarem com precisão a pressão que se quer monitorar nas linhas de vapor, gases ou líquidos, e em equipamentos.

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS MEDIÇÃO DE TEMPERATURA TERMÔMETROS DE RESISTÊNCIA

INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS MEDIÇÃO DE TEMPERATURA TERMÔMETROS DE RESISTÊNCIA INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS MEDIÇÃO DE TEMPERATURA TERMÔMETROS DE RESISTÊNCIA Introdução O uso de termômetros de resistência esta se difundindo rapidamente devido a sua precisão e simplicidade

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

DISTRIBUIDOR - REPRESENTANTE

DISTRIBUIDOR - REPRESENTANTE PRODUTO: SEL-SV-U0-O21- K4 FOLHA TÉCNICA 1/5 1. CERTIFICAÇÕES DA SELCON 2. APLICAÇÃO Sensor utilizado para indicar a presença de chama em queimadores de gás, óleos leves ou qualquer outro combustível que

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA CNPJ: 76.105.535/0001-99

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA CNPJ: 76.105.535/0001-99 RESULTADO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 5524/2012 - PREGÃO Nº 098/2012 TIPO MENOR PREÇO OBJETO: "Aquisição de centrais de alarmes e conjuntos de acessórios necessários para instalação de alarmes

Leia mais

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z KOBO-pH transmissor de ph APM-Z LINHA COMPACTA Range de medição ph da -1 a 14 Comutável de ph a ORP Display p/ valor de ph, mv/orp (Potencial de redução e oxidação) e temperatura Simples programação e

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GERAIS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GERAIS Armários Construídos em madeira compensada laminada do tipo virola naval de 15 mm de espessura, revestido internamente laminado melamínico liso e externamente em laminado melamínico texturizado. Os que

Leia mais

Termistor. Termistor

Termistor. Termistor Termistor Aplicação à disciplina: EE 317 - Controle e Automação Industrial Este artigo descreve os conceitos básicos sobre termistores. 1 Conteúdo 1 Introdução:...3 2 Operação básica:...4 3 Equação de

Leia mais

Relé de Estado Sólido Com Tecnologia DBC Mod. SRL

Relé de Estado Sólido Com Tecnologia DBC Mod. SRL Descritivo L 1 24 à 280 Vac T 1 SRL In 4-32 Vcc 40 A A 2 - + A 1 O relé de estado sólido Sensym é construído em caixa poliamida com fibra de vidro, dentro dos mais altos padrões de qualidade. O acionamento

Leia mais

Medidores de pressão diferencial MOD LD-301

Medidores de pressão diferencial MOD LD-301 Medidores de pressão diferencial MOD LD-301 A linhas de transmissores LD-301 incorpora a altamente comprovada técnica de medição por célula capacitiva, com flexibilidade e precisão asseguradas pela utilização

Leia mais

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS GAXETAS SECAS MANTA E TECIDO DE FIBRA CERÂMICA GAXETAS IMPREGNADAS FITAS CORTIÇA J U N T A E S P I R A L A D A FELTRO J U N T A D E V E D A Ç Ã O PAPELÃO HIDRAÚLICO F I T A P A T E N T E T E F L O N JUNTA

Leia mais

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples e Conteúdo. 00 conf. DIN 43697.4 6.6 6.8 7.0 46. 40 eletromecânicas.4 F 60 conf. DIN 43693.6 99 00 s s múltiplas 00 6 6 7 46 40 s s F 60 99 00 Acessórios Peças de reposição. múltiplas conf. DIN 43697 para

Leia mais

PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA ELETRODUTOS

PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA ELETRODUTOS Poliwetzel XPW Poliwetzel LPW CAIXA DE DERIVAÇÃO POLIWETZEL A linha Poliwetzel é fabricada em liga de alumínio silício de alta resistência mecânica. Parafusos em aço zincados eletroliticamente e bicromatizados.

Leia mais

PRESSÃO. Linha Industrial Caixa e Capa em Aço Carbono Preto Visor de Vidro e Internos em Latão

PRESSÃO. Linha Industrial Caixa e Capa em Aço Carbono Preto Visor de Vidro e Internos em Latão PRESSÃO Linha Industrial Série FS Diâmetros Nominais (mm) 52 62 80 Caixa e Capa em ço Carbono Preto Visor de Vidro e Internos em Latão Instrumentos com grande área de aplicação em indústrias e equipamentos,

Leia mais

Acessórios Desconectáveis 200A

Acessórios Desconectáveis 200A 200A APLICAÇÃO Os Acessórios da Prysmian possuem uma concepção de projeto baseada no sistema plugue - tomada, porém para tensões, permitindo fácil conexão e desconexão de um cabo de potência, de um equipamento,

Leia mais

Sensor de temperatura sem rosca

Sensor de temperatura sem rosca SENSORS FOR FOOD AND BIOPHARMA. Informação sobre o produto TFP-49, -69, -169, -189, -06 FOOD Sensor de temperatura sem rosca Aplicação / Uso destinado Instalação em tubos e recipientes de paredes finas

Leia mais

Relatório da comparação interlaboratorial com termopar de isolação mineral tipo K

Relatório da comparação interlaboratorial com termopar de isolação mineral tipo K Relatório da comparação interlaboratorial com termopar de isolação mineral tipo K Organizada pela CT 11 Paulo R. da F. Santos (Inmetro), Slavolhub G. Petkovic (Inmetro) et al 2005-2006 1. INTRODUÇÃO Esta

Leia mais

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev. 5 1/27

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev. 5 1/27 Rev. 5 1/27 ÍNDICE VÁLVULAS SÉRIES 400 1400 TÓPICO PÁGINAS 400 F VÁLVULA X 3 4 400 FA VÁLVULA ANGULAR 5 6 400 FT VÁLVULA X TUBO O.D. 7 8 400 LMF VÁLVULA X LONGA 9 10 400 M VÁLVULA X 11 12 400 MF VÁLVULA

Leia mais

Física Experimental B Turma G

Física Experimental B Turma G Grupo de Supercondutividade e Magnetismo Física Experimental B Turma G Prof. Dr. Maycon Motta São Carlos-SP, Brasil, 2015 Prof. Dr. Maycon Motta E-mail: m.motta@df.ufscar.br Site: www.gsm.ufscar.br/mmotta

Leia mais

22/3/2010. Dentre os tipos de resistores fixos, destacamos os de: Fio Filme de carbono Filme metálico. Resistor de Fio

22/3/2010. Dentre os tipos de resistores fixos, destacamos os de: Fio Filme de carbono Filme metálico. Resistor de Fio RESISTORES Resistores são componentes que têm por finalidade oferecer uma oposição à passagem de corrente elétrica, através de seu material. Os resistores fixos são comumente especificados por três parâmetros:

Leia mais

Universidade Paulista - UNIP Instituto de Ciência Exatas e Tecnológicas Curso de Engenharia Elétrica Modalidade Eletrônica. Instrumentação e Controle

Universidade Paulista - UNIP Instituto de Ciência Exatas e Tecnológicas Curso de Engenharia Elétrica Modalidade Eletrônica. Instrumentação e Controle Universidade Paulista - UNIP Instituto de Ciência Exatas e Tecnológicas Curso de Engenharia Elétrica Modalidade Eletrônica Instrumentação e Controle TERMORESISTENCIAS 1.0 TERMORESISTENCIAS 1.1 Introdução

Leia mais

125/200 150/300 PN 16 PN

125/200 150/300 PN 16 PN VÁLVULAS DE BRONZE SOBRE A MIPEL Após mais de 60 anos de aperfeiçoamento e inovação, a marca Mipel é hoje tradicionalmente reconhecida como sinônimo de qualidade para válvulas de bronze. Além disso, possui

Leia mais

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO O transmissor inteligente de pressão da série PT105 II é fabricado com uma célula capacitiva de alta confiabilidade e precisão para ser

Leia mais

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev.4(4) 1/19

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev.4(4) 1/19 Rev.4(4) 1/19 ÍNDICE VÁLVULAS PARA PAINEL SÉRIES 200P 300P 400P TÓPICOS PÁGINAS 200 P* MINIVÁLVULA PARA PAINEL 3 4 300 TP MINIVÁLVULAS 3 VIAS PARA PAINEL 5 6 400 FP VÁLVULA X PARA PAINEL 7 8 400 MFAP VÁLVULA

Leia mais

O SPDA Estrutural é uma solução tecnológica aperfeiçoada pela Termotécnica Para-raios, com o intuito de oferecer além de segurança, ganho estético

O SPDA Estrutural é uma solução tecnológica aperfeiçoada pela Termotécnica Para-raios, com o intuito de oferecer além de segurança, ganho estético O SPDA Estrutural é uma solução tecnológica aperfeiçoada pela Termotécnica Para-raios, com o intuito de oferecer além de segurança, ganho estético para as fachadas das edificações e redução de custos,

Leia mais