MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT TRANSMISSORES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES"

Transcrição

1 MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE Eficiência e Tecnologia no fornecimento de Medição, Instrumentação e Controle. SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT TRANSMISSORES

2 GRÁFICO DE FORÇA ELETRO-MOTRIZ Temperatura dos Termopares 70 E K 45 N 40 J R 15 S B

3 LIMITES DE ERROS Baseados na Norma ASTM E230, segundo a I.T.S.-90 e ( IEC 584). TIPOS DE TERMOPARES TIPOS DE TERMOPARES STANDARD (escolher o maior) LIMITES DE ERRO ESPECIAL (escolher o maior) T J E K/N S/R B T E K 0 a 370ºC ± 1ºC ou ± 0,75% ± 0,5ºC ou ± 0,4% 0 a 760ºC ± 2,2ºC ou ± 0,75% ± 1,1ºC ou ± 0,4% 0 a 870ºC ± 1,7ºC ou ± 0,5% ± 1ºC ou ± 0,4% 0 a 1260ºC ± 2,2ºC ou ± 0,75% ±1,1ºC ou ± 0,4% 0 a 1480ºC ± 1,5ºC ou ± 0,25% ± 0,6ºC ou ± 0,1% 870 a 1700ºC ± 0,5% ± 0,25% -200 a 0ºC ± 1ºC ou ± 1,5% -200 a 0ºC ± 1,7ºC ou ± 1% -200 a 0ºC ± 2,2ºC ou ± 2% São duas as classes de precisão para Termopares: classe Standard e classe Especial. A classe Standard é a mais utilizada industrialmente e em processos onde não se requer tanta precisão na leitura da temperatura. Deve-se verificar nas Tabelas de Desvios apresentadas neste catálogo, se o indicado para otermopar selecionado atende ao erro máximo que o processo pode ter. Já o Termopar de classe Especial, apresenta desvios menores e são utilizados onde se deseja reduzir ao máximo os erros de leitura, e, com isso tornar o processo mais preciso. Tabela de temperatura máxima/ Bitola do fio, conforme a Norma ASTM E608. TIPOS DE TERMOPARES BITOLA 8 AWG (Ø 3,26mm) BITOLA 14 AWG (Ø 1,63mm) BITOLA 20 AWG (Ø 0,81mm) BITOLA 24 AWG (Ø 0,51mm) T J E K/N S/R B - 370ºC 260ºC 200ºC 760ºC 590ºC 480ºC 370ºC 870ºC 650ºC 540ºC 430ºC 1260ºC 1090ºC 980ºC 870ºC ºC 1700ºC Lembramos que estes valores da tabela se referem a Termopares convencionais utilizando tubos ou poços de proteção totalmente vedados. Os Termopares convencionais com suas montagens devidamente especificadas e acessórios como blocos de ligação, cabeçotes, tubos de proteção metálicos, poços termométricos e outros, (verificar tabelas de acessórios) abrangem uma ampla faixa de utilização em diversos processos industriais. Para um melhor esclarecimento sobre especificações quanto a tipos de montagens ou dúvidas a respeito de termometria em geral, recomendamos que faça uma consulta ao nosso Departamento de Vendas Técnicas, para que possamos ajudá-lo na definição da melhor especificação. 03

4 Os Poços Termométricos são utilizados para dar total proteção aos sensores nos locais onde estão instalados. Também se destinam a vedar totalmente o processo contra perdas de pressão, vazamentos ou possíveis contaminações. Utilização A montagem dos sensores com Poços Termométricos é necessária onde a segurança e as condições de instalação são altamente críticas, e, ainda existe a facilidade de ser retirado para fins de manutenção ou troca, sem o inconveniente de uma paralisação do processo. SENSORES INTERCAMBIÁVEIS. Para imersão em líquidos e gases, penetração (aguda), imersão em líquido e gases, superfície cilíndrica em movimento, ar e gases, angular para superfície com resposta ultrarrápida TERMOPARES TIPOS E CARACTERÍSTICAS Definimos Termopares ou Par Termoelétricos como sensores de medição de temperatura constituídos de dois condutores metálicos e distintos, puros ou homogêneos. Em uma de suas extremidades unidas e soldadas, convencionou-se o nome de: junção de medição ou junção quente, e a outra extremidade aberta onde se faz as devidas interligações de junção de referência. Quando submetemos suas extremidades em temperaturas diferentes a composição química dos metais gera uma Força Eletro-Motriz (F.E.M.) da ordem de mv. Este principio é mundialmente conhecido como efeito Seebek. 01- Para imersão em líquidos e gases, Ø 1,5 x 150mm 02- Para penetração (aguda) Ø3 x 100mm 03- Para imersão em líquidos e gases, Ø 3 x 150mm 04- Para imersão em líquidos e gases, Ø 3 x 500mm 05- Para superfície cilíndrica em movimento 06- Para ar e gases 07- Angular para superfície com resposta ultrarrápida 08- Reto para superfície com resposta ultrarrápida 09- Angular para superfície, Ø 3 x 150mm 10- Reto para superfície, Ø 3 x 150mm 04

5 CTC ,0 150,0 H 40,0 CTC-106 CTC ,0 150,0 CTC-111 Prensado CTC-112 Olhal 05

6 CTC-113 Conector Opcional Cordoalha em Inox CTC-115 Junta exposta do Cabo CTC-116 Isolador cerâmico Sensor para Tempera CTIM mm CTIM-101 Rosca Fixa 06

7 CTIM-102 Rosca Fixa CTIM mm Rabicho para Cabeçote Rosca Fixa CTIM-104 Bloco CTIM-105 Rosca Fixa H CTIM

8 CTIM-107 Pote de Ligação CTIM-108 Conector Compensado 2 Fios CTIM-114 Conector Din Rosca Fixa CTP ,0 Luva Tubo Cerâmico CTIMP-100 Poço Reto Usinado 08

9 CTIMP-101 Poço Cônico Usinado CTIMP-102 Poço Degrau Usinado CTIMP-103 Poço Reto Soldado CTIMP ,0 Niple e União Poço Reto Usinado CTIMP ,0 Niple e União Poço Cônico Usinado 09

10 CTIMP ,0 Niple e União CTIMP ,0 Poço Flangeado Reto Niple e União CTIMP ,0 Poço Flangeado Cônico 10

11 CTC-100 CTC ,0 Fio Rígido CTC ,0 CTC-103 CTC ,0 Mola Fixa 11

12 MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE 32 anos! 1978/2010 Premiação recebida pela Indústria de Alimentação no segmento de Equipamentos de Medição Rua Dr. Sérgio Meira, 51 - Sta. Cecília - São Paulo/SP - CEP: Tel/Fax: (11) /

13

14 Temperatura Elétrica Contadores Pneumática Termometria Pressão Laboratório Seg. do Trabalho Metrologia Vazão e Nível Equipamentos para Vapor e Sistemas de fluidos industriais Umidade Medição em geral MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE 32 anos! 1978/2010 Premiação recebida pela Indústria de Alimentação no segmento de Equipamentos de Medição Nosso novo espaço: Rua Dr. Sérgio Meira, 51 - Sta. Cecília - São Paulo/SP - CEP: Tel/Fax: (11) /

15

Termopares Convencionais I

Termopares Convencionais I Termopares Convencionais I Introdução Definimos Termopares como sensores de medição de temperatura que são constituídos por dois condutores metálicos e distintos, puros ou homogêneos. Em uma de suas extremidades

Leia mais

PROJETOS EM INSTRUMENTAÇÃO E AUTOMAÇÃO INSTRUMENTAÇÃO - TEMPERATURA

PROJETOS EM INSTRUMENTAÇÃO E AUTOMAÇÃO INSTRUMENTAÇÃO - TEMPERATURA MÉTODO DE MEDIÇÃO Podemos dividir os medidores de temperatura em dois grandes grupos, conforme a tabela abaixo: 1º grupo (contato direto) Termômetro à dilatação de líquidos de sólido Termômetro à pressão

Leia mais

bainha pote fio do termoelétrico solda do rabicho CARACTERÍSTICAS

bainha pote fio do termoelétrico solda do rabicho CARACTERÍSTICAS junta de medida bainha pote resina plug de fechamento isolação mineral fio do termoelétrico solda do rabicho rabicho TIPOS DE TERMOPARES: São: T, J, K, E, N na versão simples, duplo ou triplo isolados

Leia mais

TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho

TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho TERMORESISTÊNCIA GRÁFICO DEMONSTRATIVO DOS DESVIOS NAS TERMORESISTÊNCIAS CLASSES A e B TOLERÂNCIA ºC,,,0,,,,,0,,,,,0 0, 0, 0, 0, TERMORESISTÊNCIA CLASSE B TERMORESISTÊNCIA CLASSE A -00-00 0,0 00 00 00

Leia mais

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1 RTDs e termopares em modelos de sensores de elementos simples e duplos Poços termométricos em uma ampla gama de materiais e conexões de processo Recursos de calibração para aumentar a precisão de medições

Leia mais

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS METÁLICOS São feitos em metal (normalmente aço inox), fechado em uma das extremidades através de solda ou caldeamento, e, quase sempre rosqueado na outra parte e fixo ao. TUBOS CERÂMICOS São muito

Leia mais

ST90 / ST90A PT10. Transmissor e Sensor de Temperatura

ST90 / ST90A PT10. Transmissor e Sensor de Temperatura ST90 / ST90A PT0 Transmissor e Sensor de Temperatura ST90A PT0 Características Descrição Transmisssor de Temperatura - Ideal para diversos ambientes Industriais e aplicações sanitárias. - Cabeçote em Nylon

Leia mais

TERMOPARES. Termopar Convencional. Termopar isolação mineral. Termopares Especiais. ECILplast

TERMOPARES. Termopar Convencional. Termopar isolação mineral. Termopares Especiais. ECILplast TERMOPARES Termopar Convencional Termopar isolação mineral Termopares Especiais ECILplast t er mo p a re s TERMOPAR CONVENCIONAL PARES TERMOELÉTRICOS TIPO BITOLA AWG POSITIVO REFERÊNCIA NEGATIVO REFERÊNCIA

Leia mais

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B TE 65.30 Termopares Modelo reto com inserto de medição substituível Medição Eletrônica de Temperatura para medição de gás de combustão Modelo TC 501 Aplicações - altos fornos, aquecedores de ar - processos

Leia mais

Instrumentos de Temperatura 1. Instrumentação Industrial. Autor: Perez

Instrumentos de Temperatura 1. Instrumentação Industrial. Autor: Perez Instrumentos de Temperatura 1 Instrumentação Industrial Autor: Perez AULA III - Instrumentos de Temperatura Instrumentos de Temperatura 2 Objetivos Estudar Elementos e Transmissores de Temperatura Mais

Leia mais

Manual de Instruções. Poços de Proteção. Exemplos

Manual de Instruções. Poços de Proteção. Exemplos Manual de Instruções oços de roteção Exemplos Manual de Instruções de oços de roteção ágina 3-11 2 Índice Índice 1. Instruções de segurança 4 2. Descrição 4 3. Condições de instalação e instalação 5 4.

Leia mais

TEMPERATURA PT100 TERMÔRESISTENCIAS POÇOS TRANSMISSORES. www.temperuniao.com.br vendas@temperuniao.com.br

TEMPERATURA PT100 TERMÔRESISTENCIAS POÇOS TRANSMISSORES. www.temperuniao.com.br vendas@temperuniao.com.br TEMPERATURA TERMÔRESISTENCIAS S TRANSMISSORES PT100 SIMBOLO DE GARANTIA R INDÚSTRIA DE TERMÔMETROS E MANÔMETROS TEMPER UNIÃO Ltda TERMÔMETROS - MANÔMETROS - SENSORES 11 26931188 www.temperuniao.com.br

Leia mais

V Á L V U L A S SÉRIE 2700

V Á L V U L A S SÉRIE 2700 V Á L V U L A S SÉRIE 2700 Válvulas de agulha compactas de alta confiabilidade e versatilidade para controle de processos e uso geral na indústria. As modernas válvulas de agulha Série 2700 da Detroit

Leia mais

SENSORES DE TEMPERATURA

SENSORES DE TEMPERATURA UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA TECNOLOGIA EM AUTOMATIZAÇÃO INDUSTRIAL DISCIPLINA DE INSTRUMENTAÇÃO SENSORES DE TEMPERATURA PROFESSOR: Valner Brusamarello COMPONENTES:

Leia mais

1 Medição de temperatura

1 Medição de temperatura 1 Medição de temperatura 1.1 Medidores de temperatura por dilatação/expansão 1.1.1 Termômetro à dilatação de líquido Os termômetros à dilatação de líquidos baseiam -se na lei de expansão volumétrica de

Leia mais

Termopares para altas temperaturas Rosemount Séries 1075 e 1099

Termopares para altas temperaturas Rosemount Séries 1075 e 1099 Folha de dados do produto Termopares para altas temperaturas Medições precisas e confiáveis em aplicações a altas temperaturas, como tratamento térmico e processos de combustão Materiais cerâmicos para

Leia mais

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Medição Elétrica de Temperatura V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Folha de dados WIKA TE 65.59 Aplicações Indústrias Químicas Aplicações com vapor super aquecido Refinarias Fornos

Leia mais

Fundamentos de Automação. Sensores 17/03/2015. Sensores. Sensores Analógicos e Sensores Digitais. Sensores Analógicos e Sensores Digitais

Fundamentos de Automação. Sensores 17/03/2015. Sensores. Sensores Analógicos e Sensores Digitais. Sensores Analógicos e Sensores Digitais Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Sensores

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

Sensores e atuadores (continuação)

Sensores e atuadores (continuação) AULA 05: Sensores e atuadores (continuação) OBJETIVO: Apresentar os sensores e atuadores mais utilizados nos projetos de automação.. A pirâmide de automação Nível 5: Gerenciamento corporativo Nível 3:

Leia mais

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID Português CCL CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo e número de série

Leia mais

APLICAÇÕES DE TERMOPARES RESUMO

APLICAÇÕES DE TERMOPARES RESUMO APLICAÇÕES DE TERMOPARES Camila de Lima da Silva 1-20970020 Valdinei Dias da Costa 2-20970079 RESUMO Os termopares são os sensores de temperatura mais utilizados nas aplicações industriais, seja por sua

Leia mais

Medição de Pressão e Temperatura V-Pad

Medição de Pressão e Temperatura V-Pad Medição de Temperatura em superfície de tubo WIKA Aplicações Refinarias (Petroquímicas) - Fornos - Parede de reatores - Reformadores (etileno) Geração de energia - Caldeiras Papel e celulose - Caldeiras

Leia mais

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas CATÁLOGO 800035-A sobre as fichas técnicas Os dados constantes nas fichas técnicas a seguir podem sofrer alterações sem prévio aviso. Alguns modelos possuem pequenas alterações em seus projetos construtivos,

Leia mais

3 Transdutores de temperatura

3 Transdutores de temperatura 3 Transdutores de temperatura Segundo o Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM 2008), sensores são elementos de sistemas de medição que são diretamente afetados por um fenômeno, corpo ou substância

Leia mais

Sensor de temperatura sem rosca

Sensor de temperatura sem rosca SENSORS FOR FOOD AND BIOPHARMA. Informação sobre o produto TFP-49, -69, -169, -189, -06 FOOD Sensor de temperatura sem rosca Aplicação / Uso destinado Instalação em tubos e recipientes de paredes finas

Leia mais

Termopares TE 65.10. com poço Modelo TC 200. Medição Eletrônica de Temperatura

Termopares TE 65.10. com poço Modelo TC 200. Medição Eletrônica de Temperatura TE 65.10 Termopares com poço Modelo TC 200 Medição Eletrônica de Temperatura Serviços planejados - Construção de máquinas, plantas e tanques - Geração de energia - Indústria química - Indústria alimentícia

Leia mais

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno ProLine P 44000 Medições Precisas de Temperatura em Altas Tensões, até 6,6 kv Quando as temperaturas precisam ser medidas com termômetros de resistência Pt100 em ambientes sob altas tensões, os transmissores

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA.

SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. 100% NACIONAL CATÁLOGO DE PRODUTOS POTE Pote Selagem, Condensado e Lama Pote Separador SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. www.flowmaster.com.br CAPT.1.0.2013 REV. 0.2013 A F.Master é uma empresa 100% nacional,

Leia mais

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T Introdução Obrigado por ter escolhido nosso CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T. Para garantir o uso correto e eficiente do TRM-270T, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br UNICOMP COM. DE EQUIPAMENTOS PNEUMÁTICOS LTDA. Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site:

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S USUÁRIO: CEGÁS FOLHA: 1 de 5 OBJETO: AMPLIAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL OBRA. Í N D I C E D E R E V I S Õ E S REV. DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS 0 A B EMISSÃO PARA APROVAÇÃO ATENDENDO COMENTÁRIOS

Leia mais

Chave de Nível tipo Boia Magnética Miniatura Série CBM-MC - Boia Ø 28 mm - Prensa cabo

Chave de Nível tipo Boia Magnética Miniatura Série CBM-MC - Boia Ø 28 mm - Prensa cabo CARACTERÍSTICAS GERAIS A chave de Nível CBM-MC é um equipamento utilizado na detecção e controle de nível em tanques ou reservatórios onde são armazenados materiais líquidos como água, produtos químicos

Leia mais

Temperatura Conceitos Temperatura: Grandeza física que mede o estado de agitação das partículas de um corpo, caracterizando o seu estado térmico.

Temperatura Conceitos Temperatura: Grandeza física que mede o estado de agitação das partículas de um corpo, caracterizando o seu estado térmico. Conceitos Temperatura: Grandeza física que mede o estado de agitação das partículas de um corpo, caracterizando o seu estado térmico. Energia Térmica: É a somatória das energias cinéticas dos seus átomos,

Leia mais

Grupo 13 Bico quente especial + acessórios para sistemas de câmara quente

Grupo 13 Bico quente especial + acessórios para sistemas de câmara quente Grupo 13 Bico quente especial + acessórios para sistemas de câmara quente Fornecedor: Tipo Descrição Página -13 Introdução -01-01 + 02 Aplicação dos bicos especiais -02-01 Resistências para bicos 10 Resistência

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição Medição de vazão Bocal de vazão para instalação interna na tubulação, modelo FLC-FN-PIP Bocal de vazão para montagem entre flanges, modelo FLC-FN-FLN WIKA folha de dados FL 10.03 Aplicações Geração de

Leia mais

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA pretas numeradas + uma veia verde/amarela. em fita de alumínio invertida + dreno estanhado de 0,5mm2 sobreposta por trança de cobre estanhado. SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

Leia mais

Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado

Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado Medição eletrônica de pressão Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado WIKA folha de dados PE 81.45 Aplicações

Leia mais

Manual de Instalação. Transmissor de Nível Hidrostático CT801-LB/S

Manual de Instalação. Transmissor de Nível Hidrostático CT801-LB/S CT801-LB/S Manual de Instalação SAS au Capital de 2.158.244-444 871 933 R.C.S. Bourges - APE : 2651B Headquarter : 9, rue Isaac Newton - 18000 Bourges - France Manual de Instalação CT801-LB/S 1ª Edição

Leia mais

Aquecedor Solar de Baixo Custo SEM RESERVATÓRIO DE ÁGUA QUENTE

Aquecedor Solar de Baixo Custo SEM RESERVATÓRIO DE ÁGUA QUENTE Aquecedor Solar de Baixo Custo SEM RESERVATÓRIO DE ÁGUA QUENTE Projeto: Eng.º Thomas Ulf Nilsson Revisão 1. 20/01/2015 Aquecedor solar BC de cano grosso de PVC www.thomasnilsson.com.br 1 CONTEÚDO: 1. Base

Leia mais

RESITEC reserva-se o direito de alterar ou substituir qualquer produto/ especificação constante deste catálogo sem aviso prévio.

RESITEC reserva-se o direito de alterar ou substituir qualquer produto/ especificação constante deste catálogo sem aviso prévio. 1 2 Índice Índice 3 Resitec 4.. Termopar 4 s de s 5 Classes de tolerância e tipos de configuração Tipos de isolamento/ construção 7 Código de cores 10 TC.002 11 TC.003 12 TC.004 13 TC.00 14 TC.007 15 TC.009

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM AQUECIMENTO SOLAR ABRAVA/DASOL 2011

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM AQUECIMENTO SOLAR ABRAVA/DASOL 2011 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM AQUECIMENTO SOLAR ABRAVA/DASOL 2011 MÓDULO 2 Projetista SAS Pequeno Porte Passo a Passo de Instalação ABRAVA -São Paulo,Maio de 2011 Luciano Torres Pereira Leonardo Chamone Cardoso

Leia mais

4 Termometria termoelétrica 4.1 Fenômeno termoelétrico

4 Termometria termoelétrica 4.1 Fenômeno termoelétrico 4 Termometria termoelétrica 4.1 Fenômeno termoelétrico Um termopar é um transdutor formado simplesmente por dois pedaços de fios de diferentes metais ou ligas, unidos eletricamente apenas em suas extremidades

Leia mais

Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo

Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo TUBOS INOX Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo erro de edição, os preços são válidos para

Leia mais

Fluind Manutenção e Comércio de Equipamentos Industriais Estrada do Varadouro, 46, Jardim Colônia CEP: 12315-020 - Jacareí/ SP-Brasil

Fluind Manutenção e Comércio de Equipamentos Industriais Estrada do Varadouro, 46, Jardim Colônia CEP: 12315-020 - Jacareí/ SP-Brasil Fluind Manutenção e Comércio de Equipamentos Industriais Estrada do Varadouro, 46, Jardim Colônia CEP: 12315-020 - Jacareí/ SP-Brasil www.fluind.com.br contato@fluind.com.br Fone: +55 12 3962-2369 PURGADORES

Leia mais

CONTROLADOR DE TEMPERATURA TRES-S TS MANUAL DE INSTRUÇÕES TS01-TS03-TS05-TS08-TS12

CONTROLADOR DE TEMPERATURA TRES-S TS MANUAL DE INSTRUÇÕES TS01-TS03-TS05-TS08-TS12 CONTROLADOR DE TEMPERATURA TRES-S TS MANUAL DE INSTRUÇÕES TS01-TS03-TS05-TS08-TS12 INSTALAÇÃO DO CONTROLADOR DE TEMPERATURA Atenção: A Montagem e manutenção devem ser realizadas apenas por profissionais

Leia mais

Manual de Instruções POÇOS TERMOMÉTRICOS POR. Instrumentação Industrial para Pressão e Temperatura

Manual de Instruções POÇOS TERMOMÉTRICOS POR. Instrumentação Industrial para Pressão e Temperatura Instrumentação Industrial para Pressão e Temperatura POR Manual de Instruções MI-TW-POR_2 10/2014 Copyright Nuova Fima S.p.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida

Leia mais

KC/7 Transmissor de Consistência Microondas. Com a última tecnologia microondas para medição de consistência total

KC/7 Transmissor de Consistência Microondas. Com a última tecnologia microondas para medição de consistência total KC/7 Transmissor de Consistência Microondas Com a última tecnologia microondas para medição de consistência total O que é Microondas? Microondas são basicamente alta frequencia de ondas de rádio, utilizadas

Leia mais

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br VD-FLUX Válvula Distribuidora de Fluxo Universal tipo Pistão * Patente PI 9702874-6 02/06/1997 A Válvula Distribuidora de Fluxo Universal Tipo Pistão VD- Flux da Detroit foi projetada e desenvolvida para

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

vendas1@juntasamf.com.br

vendas1@juntasamf.com.br À Sr( a) Ref.: Apresentação para Cadastro de Fornecedor Prezados Senhores, Vimos através desta, apresentar a Juntas AMF Ind. e Com. de Peças Ltda., uma empresa que já se tornou referencia no mercado de

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z KOBO-pH transmissor de ph APM-Z LINHA COMPACTA Range de medição ph da -1 a 14 Comutável de ph a ORP Display p/ valor de ph, mv/orp (Potencial de redução e oxidação) e temperatura Simples programação e

Leia mais

Mandrilamento. determinado pela operação a ser realizada. A figura a seguir mostra um exemplo de barra de mandrilar, também chamada de mandril.

Mandrilamento. determinado pela operação a ser realizada. A figura a seguir mostra um exemplo de barra de mandrilar, também chamada de mandril. A UU L AL A Mandrilamento Nesta aula, você vai tomar contato com o processo de mandrilamento. Conhecerá os tipos de mandrilamento, as ferramentas de mandrilar e as características e funções das mandriladoras.

Leia mais

Catálogo Técnico VÁLVULAS INDUSTRIAIS

Catálogo Técnico VÁLVULAS INDUSTRIAIS Catálogo Técnico VÁLVULAS INDUSTRIAIS VÁLVULA FERRO CLASSE GAVETA FUNDIDO 15 Válvula gaveta em ferro fundido ASTM A 16 B; classe 15 lbs; haste ascendente com rosca trapezoidal externa e castelo aparafusado

Leia mais

ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL PRINCÍPIOS BÁSICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 1 PETROBRAS Petróleo Brasileiro S.A. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei

Leia mais

Rede Brasileira de Calibração - RBC

Rede Brasileira de Calibração - RBC Página 1 de 7 BRASIL Acesso à informação --------Site do Inmetro -------- Acreditação Nº 24 Data da Acreditação 08/10/1997 Data de Validade do Certificado Última Revisão do Escopo Razão Social Nome do

Leia mais

Termômetro por infravermelho

Termômetro por infravermelho Termômetro por infravermelho testo 835 Rápido, preciso instrumento de medição com infravermelho para comércio e industria Mede de forma precisa e segura, mesmo temperaturas muito elevadas 4 pontos a laiser

Leia mais

Caracterização de Termopares

Caracterização de Termopares Roteiro Experimental n 1 da disciplina de Materiais Elétricos COMPONENTES DA EQUIPE: NOTA: Data: / / 1. OBJETIVOS: Conhecer os princípios de funcionamento de um Termopar Extrair curva de Temperatura x

Leia mais

7. Sensores de Temperatura - Termopar

7. Sensores de Temperatura - Termopar 7. Sensores de Temperatura - Termopar Para a compreensão dos termopar de forma objetiva, precisamos compreender alguns efeitos físicos bem conhecidos, entre eles o Efeito Termoelétrico de Seedbeck, Efeito

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Sistema modular para maior flexibilidade NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services As vantagens dos redutores industriais NORD n Maior precisão

Leia mais

Fábrica de Nordborg - Dinamarca

Fábrica de Nordborg - Dinamarca Fábrica de Nordborg - Dinamarca Sensores de temperatura Visão Geral Nome do Aplicação Faixa de Conexão ao Saída Página produto temperatura processo MBT 5252 Geral -50 a 200ºC G 1 2 A/G 3 4 A Pt100/4-20mA

Leia mais

Os procedimentos para determinar a resistência do condutor são:

Os procedimentos para determinar a resistência do condutor são: 1 Data realização da Laboratório: / / Data da entrega do Relatório: / / Objetivos RELATÓRIO: N o 5 ENSAIO DE FIOS CONDUTORES Verificar o estado da isolação do condutor. 1. Introdução: Esta aula tem como

Leia mais

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores.

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores. 4 Empresa Certificada ISO 9001 Distribuição de Tubos em Aço Carbono Tubos sem Costura Tubos de aço sem costura são utilizados em aplicações como cilindros hidráulicos, componentes de transmissão, oleodutos,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Revisão 03 INSTALAÇÃO DO DISCO SOLAR Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua natureza uma tecnologia

Leia mais

Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases

Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases V1 O queéum Sistemade Condicionamento? O Que é um Sistema de Condicionamento? Amostra do Processo? Analisador Sistema de Condicionamento O sistema

Leia mais

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE HIDROGÊNIO EM AÇO LÍQUIDO

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE HIDROGÊNIO EM AÇO LÍQUIDO SISTEMA DE MEDIÇÃO DE HIDROGÊNIO EM AÇO LÍQUIDO O Sistema de Medição de Hidrogênio da ECIL MET TEC foi limpeza a fim de evitar qualquer influência por umidade e/ou poeira. desenvolvido para promover medições

Leia mais

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C Válvula Globo de Assento Inclinado /-vias para produtos até +1 C O Tipo pode ser combinado com... Altos níveis de vazão Amplo ciclo de vida útil Programa de opção modular universal até os cabeçotes de

Leia mais

Fontes de Alimentação Repetidoras. IsoAmp PWR A 20100

Fontes de Alimentação Repetidoras. IsoAmp PWR A 20100 Fontes de Alimentação Repetidoras Fonte de alimentação repetidora em alojamento de 6 mm com chaveamento calibrado dos sinais de saída, transmissão HART e separação protetora. A Tarefa Alimentação flexível

Leia mais

Aula 4 Instrumentos de Temperatura. Prof. Geronimo

Aula 4 Instrumentos de Temperatura. Prof. Geronimo Aula 4 Instrumentos de Temperatura Prof. Geronimo Os medidores de temperatura mais usados na indústria são os termômetros baseados em bimetal e os sensores do tipo termopar e termorresistência, que servem

Leia mais

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 Selo diafragma Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 WIKA Folha técnica DS 99.27 Outras aprovações veja página 3 Aplicações Indústria de processos químicos

Leia mais

Transmissores de Temperatura. ThermoTrans A 20210

Transmissores de Temperatura. ThermoTrans A 20210 Transmissores de Temperatura Transmissores standard em alojamento de 6 mm para medição de temperatura usando termômetros de resistência ou termopares. A Tarefa Em praticamente todas as áreas industriais,

Leia mais

Comparação Interlaboratorial com Termopar tipo K de -40 a 300 C

Comparação Interlaboratorial com Termopar tipo K de -40 a 300 C Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Protocolo de Comparação n.º 001/2008 (Dimci/Dicep)

Leia mais

Propriedades termicas Termopares Tipo T

Propriedades termicas Termopares Tipo T Propriedades termicas Tipos de termopares- linearização-uso de tabela Cabos de compensação e normas Correção por efeito da junta de referencia na medição Termistores PTC e NTC Resistores de referencia

Leia mais

INTRODUÇÃO. Objetivo:

INTRODUÇÃO. Objetivo: INTRODUÇÃO Objetivo: Este manual tem como finalidade orientar e informar o usuário quanto a uma correta aplicação, operação e manutenção do instrumento. As diferenças entre os modelos do FORNERO KAL e

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 49, de 04 de março de 2008.

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Depósitos Gama S ZB-Solar. www.vulcano.pt. Novembro 2014

FICHA TÉCNICA. Depósitos Gama S ZB-Solar. www.vulcano.pt. Novembro 2014 Departamento Comercial e Assistência Técnica: Av. Infante D. Henrique, lotes 2E-3E - 1800-220 LISBOA * Tel.: +351.218 500 300 Novembro 2014 FICHA TÉCNICA Depósitos Gama S ZB-Solar www.vulcano.pt FICHA

Leia mais

Pasve Válvula Retrátil Rotativa

Pasve Válvula Retrátil Rotativa Folha de Dados Pasve Ph Pasve Válvula Retrátil Rotativa PATENTEADA, única válvula desenhada para limpeza e calibração de sensores de PH sem removê-los do processo ou desligamento de bombas. Para uso de

Leia mais

Canaletas PVC Sistema X & Acessórios

Canaletas PVC Sistema X & Acessórios Centro de Suporte Técnico 0800-11 11-8008 servmercado@piallegrand.com.br Canaletas PVC Sistema X & Acessórios (s): 30801/02, 30060/61/62, 30024/46, 313/08, 29900, 30400, 30404/05, 30993/94, 307, 33606/46,

Leia mais

TERMÔMETROS - MANÔMETROS - SENSORES

TERMÔMETROS - MANÔMETROS - SENSORES TERMÔMETROS - MANÔMETROS - SENSORES METAL LIMPO CONEXÕES SANITÁRIAS LTDA. Rua Sarg. Jeter Augusto Pereira, 341 Pq. Novo Mundo 02188-070 São Paulo SP Brasil Fone: +55 (11) 2636-5773 / +55 (11) 2207-7476

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

Universidade de Coimbra. Biosensores e Sinais Biomédicos (2007-2008)

Universidade de Coimbra. Biosensores e Sinais Biomédicos (2007-2008) Universidade de Coimbra Biosensores e Sinais Biomédicos (2007-2008) Trabalho Prático N 1 ESTUDO DO COMPORTAMENTO DE SENSORES DE TEMPERATURA: Objectivo TERMOPARES E TERMÍSTORES Determinação da resposta

Leia mais

Umidade Termo-Higrógrafos Termo-Higrômetros Higrômetros Estações meteorológicas Medidores de umidade

Umidade Termo-Higrógrafos Termo-Higrômetros Higrômetros Estações meteorológicas Medidores de umidade Temperatura Termômetros: Bimetálicos Analógicos Capela Digitais Infravermelhos Máxima e mínima Ambientais Clínicos para Refrigeração para Laticínios ASTM Químicos Industriais em geral Registradores e Calibradores

Leia mais

Distância de acionamento. Distância sensora nominal (Sn) Distância sensora efetiva (Su) Distância sensora real (Sr) 15/03/2015

Distância de acionamento. Distância sensora nominal (Sn) Distância sensora efetiva (Su) Distância sensora real (Sr) 15/03/2015 Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Sensores São dispositivos que

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp WIKA folha de dados DS 99.41 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

www.hannacom.pt Eléctrodos Industriais

www.hannacom.pt Eléctrodos Industriais www.hannacom.pt Eléctrodos Industriais ÍNDICE 03 Eléctrodos 04 Eléctrodos de combinados, profissionais, especiais 05 Eléctrodo de referência 05 Eléctrodos de e ORP combinados 06 Série HI 1000 e HI 2000

Leia mais

Informação de produto. Transmissor de pressão do processo VEGABAR 14, 17

Informação de produto. Transmissor de pressão do processo VEGABAR 14, 17 Informação de produto Transmissor de pressão do processo VEGABAR 4, 7 Índice Índice Princípio de medição...................................................................................... Vista sinóptica

Leia mais

SENSORES DE TEMPERATURA

SENSORES DE TEMPERATURA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DEPARTAMNETO ACADÊMICO DE ELETROELETRÔNICA E SISTEMA DA INFORMAÇÃO Disciplina Controle e Instrumentação Industrial SENSORES DE TEMPERATURA

Leia mais

Nº DE REFERÊNCIA NK NKF-T-20-FF NKF-T-24-PP NKF-T-24-FF NKF-J-16-AA NKF-J-16-PP NKF-J-20-FF NKF-J-24-FF NKF-K-16-AA NKF-K-16-FF NKF-K-16-PP

Nº DE REFERÊNCIA NK NKF-T-20-FF NKF-T-24-PP NKF-T-24-FF NKF-J-16-AA NKF-J-16-PP NKF-J-20-FF NKF-J-24-FF NKF-K-16-AA NKF-K-16-FF NKF-K-16-PP FIOS E CABOS DE COMPENSAÇÃO FIOS DE COMPENSAÇÃO (RÍGIDO) LIGA Cobre Constantan* * Tipo T Ferro Constantan* * Tipo J Chromel* * Alumel* * Tipo K Platina Rhodium - Platina Tipos S/R TEMP. MAX. DE UTILI-

Leia mais

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento HYDAC KineSys Sistemas de acionamento Veículos de manuseio de materiais Usinas termelétricas Máquinas injetoras de plástico Seu parceiro profissional para soluções de acionamento Todas as condições para

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO VÁLVULAS E FILTROS INDUSTRIAIS PRODUTOS COM QUALIDADE E SEGURANÇA

CATÁLOGO TÉCNICO VÁLVULAS E FILTROS INDUSTRIAIS PRODUTOS COM QUALIDADE E SEGURANÇA CATÁLOGO TÉCNICO S E FILTROS INDUSTRIAIS PRODUTOS COM QUALIDADE E SEGURANÇA ÍNDICE S FIG. PÁG. Gaveta HA FoFo FLG ANSI - 125# - V.B. 10 1 Gaveta HA FoFo FLG ANSI - 125# - V.I. 11 2 Gaveta HA WCB FLG ASME

Leia mais

Tel/fax: +55-11-36735020

Tel/fax: +55-11-36735020 Temperatura Termômetros: Bimetálicos Analógicos Capela Digitais Infravermelhos Máxima e mínima Ambientais Clínicos para Refrigeração para Laticínios ASTM Químicos Industriais em geral Registradores e Calibradores

Leia mais

VariTrans A 20300. Duplicadores de sinais em alojamento de 6 mm com duas saídas calibradas chaveáveis, também para altas cargas na saída.

VariTrans A 20300. Duplicadores de sinais em alojamento de 6 mm com duas saídas calibradas chaveáveis, também para altas cargas na saída. Duplicadores de Sinais Convencionais Duplicadores de sinais em alojamento de 6 mm com duas saídas calibradas chaveáveis, também para altas cargas na saída. A Tarefa Isolação e transmissão de sinais convencionais

Leia mais

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada!

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada! Electron do Brasil Tecnologia Digital Qualidade Comprovada! Ensaios de Tipo Realizados Tecnologia ao seu alcance Catálogo Monitemp - rev3 Produtos Certificados! www.electrondobrasil.com O Monitor de Temperatura

Leia mais

Ferramentas isoladas Vde. Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.

Ferramentas isoladas Vde. Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com. Ferramentas isoladas Vde Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Dupla camada de isolação nas ferramentas VDE A dupla camada de proteção plástica das ferramentas VDE oferece mais segurança ao usuário

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL: APLICAÇÕES DO SENSOR DE TEMPERATURA PT-100 NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL: APLICAÇÕES DO SENSOR DE TEMPERATURA PT-100 NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS FACULDADE DE ENGENHARIA DE RESENDE ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL: APLICAÇÕES DO SENSOR DE TEMPERATURA PT-100 NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS KLEBER VIANA FRANÇA 21376136 KLEBERFRANCA17@HOTMAIL.COM

Leia mais

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO V Á L V U L A S MANIFOLD Série 2700 LAMINADO Índice Informações gerais... 02 Manifold de 2 vias... 04 Manifold de 3 vias... 09 Manifold de 5 vias... 12 Suporte... 15 1 As modernas válvulas Manifold Série

Leia mais

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS MANIFOLD As válvulas Manifold, produzidas pela Detroit, foram desenvolvidas e dimensionadas para tornar uma tubulação de instrumentos de diferencial de pressão mais simples, mais segura e mais confiável.

Leia mais

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade,

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade, Catálogo 2012 50 anos priorizando a qualidade, isto é Magnet! Em 2012, a Magnet completa 50 anos de atividades, história que começou com a sua fundação, em 1962, na cidade de São Paulo, com uma produção,

Leia mais