SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA."

Transcrição

1 100% NACIONAL CATÁLOGO DE PRODUTOS POTE Pote Selagem, Condensado e Lama Pote Separador SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. CAPT REV

2 A F.Master é uma empresa 100% nacional, que vem desde sua fundação em 1987 projetando e fabricando Sistemas de Medição e Controle de Vazão, atendendo as principais empresas do Brasil em diversos segmentos da indústria como Petroquímica, Sucroalcooleira, Papel e Celulose, Tratamento d água, Mineração, Construção Civil, Siderurgia entre outros. Com completa estrutura que vai desde a produção até a logística, a F.Master emprega o que há de melhor em tecnologia, possuindo inclusive certificação internacional. O compromisso com os clientes e a qualidade de seus produtos fez da F.Master uma das mais respeitadas empresas do país no segmento de Sistemas de Medição. Nota: As informações contidas neste catálogo poderão sofrer alterações sem aviso prévio.

3 Conteúdo 1. Selagem, Lama e Condensado Selagem Lama Selagem e Lama Instalados Condensado Separador Conexões Materiais Ensaios não destrutivos Normas Codificação Pote (PT) Tabela de seleção de tipos PT - POTE Potes de volume reduzido (PR) Tabela de seleção de tipos PR - POTE REDUZIDO Pote separador (PS) Tabela de seleção de tipos PS - POTE SEPARADOR Gráficos de aplicação em função dos materiais, pressão e temperatura (CARBONO) Gráficos de aplicação em função dos materiais, pressão e temperatura (INOX) Acessórios Válvulas Válvula de dreno ou purga Adaptadores e conexões Tubos e tubing Suportes para fixação Suporte simples Suporte duplo FMaster Sistemas de Medição 3

4 4 FMaster Sistemas de Medição

5 Os POTES da F.Master estão divididos em duas categorias principais: 1- Selagem, Lama e Condensado 2- Separador Selagem e Lama Instalados 1. Selagem, Lama e Condensado Os potes de selagem, lama e condensado, embora possuam diferentes nomenclaturas se diferem apenas com relação a sua aplicação a forma construtiva é exatamente a mesma, ou seja, dependendo do local de instalação e qual função estará desempenhando é que receberá seu nome. Segue abaixo detalhamento de cada função desses potes Selagem Aplicado na função de selo hidráulico, protegendo instrumentos como transmissores de vazão, de nível, manômetros entre outros instrumentos, que não podem entrar em contato diretamente com o fluido utilizado no processo, protegendo e aumentando sua vida útil. Utilizando-se fluido líquido inerte que fica em contato com o sensor e que não se mistura ao processo Condensado Utilizado onde é prevista uma condensação em trabalhos com gases úmidos, retendo o condensado e auxiliando nas possíveis interferências desse fenômeno nas medições. A superfície criada pelo líquido (condensado) dentro do pote evita a evaporação e consequentemente o desnivelamento das colunas de impulso Lama Como lama o pote tem a função de proteger os instrumentos contra resíduos sólidos, sujeiras e impurezas que possam percorrer as linhas de impulsos e causar travamentos nas câmaras sensoriais e diafragmas, criando um ponto de drenagem / purga onde através de decantação pode ser feita a limpeza periódica da linha. 2. Separador Utilizado como dispositivo auxiliar na separação de liquidos (condensado) em serviços com gases, difere dos demais, pois, possui um detalhe construtivo, que é um defletor em seu interior aumentando a eficiência de condensação e separação. FMaster Sistemas de Medição 5

6 3. Conexões Os potes possuem diversas opções e leiautes das conexões, veja em típicos de potes o que melhor atende o arranjo físico necessário. 4. Materiais Os potes são construídos com materiais conforme normas ASTM e com certificados de rastreabilidade. Para especificação do material é utilizado o material do tubo, os demais itens que compõe o pote seguem respectivamente suas similaridades conforme tabela abaixo: 7. Codificação A codificação comercial dos potes estão divididas em 4 parâmetros que são: 1 - Tipo 2 - Subtipo 3 - Schedule do tubo 4 - Material PT T106 AÇO CARBONO TUBO CAPS CONEXÕES A234 WPB A105 A234 WP5 A182 F5 A335 P11 A234 WP11 A182 F11 A234 WP22 A182 F22 A234 WP91 A182 F91 INOX TUBO CAPS CONEXÕES A312 TP304 A403 WP304 A182 F304 A312 TP316 A403 WP316 A182 F316 A312 TP317 A403 WP317 A182 F317 A312 TP347 A403 WP347 A182 F Ensaios não destrutivos Em todos os potes da FMaster são realizados testes para garantia e integridade dos materiais e dos processos. São realizados testes hidrostático, líquido penetrante, inspeção dimensional e visual de solda em 100% e quando solicitado também é fornecido os laudos de exame radiográfico das soldas. Todos esses ensaios e inspeções são certificados. 6. Normas Os potes são fabricados conforme norma ASME VIII, as conexões são conforme ASME B16.11, os tubos conforme ASME B36.10 e B36.19 e os caps conforme ASME B16.9. CONFORME TABELA DE TIPOS PAG. SEGUINTE. MATERIAL A335 P11 SCH CÓD. T106 TP05 TP11 TP22 TP91 T304 T316 T317 T347 CÓD XXS TIPO POTE POTE REDUZIDO POTE SEPARADOR XXS 16S CÓD. PT PR PS Obs: Para demais materiais, dimensões, tipos de conexões e demais itens que não constam nas tabelas padronizadas consultar a FMaster. 6 FMaster Sistemas de Medição

7 8. Pote (PT) 8.1. Tabela de seleção de tipos PT - POTE FMaster Sistemas de Medição 7

8 PT01 POTE 4 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT E 2 NOS CAPS 1/2 NPT DN 3 PT01040T106 PT01040TP05 PT01040TP11 40 A335 P11 3,540 PT01040TP22 PT01040TP PT01080T106 PT01080TP05 PT01080TP11 80 A335 P11 4,550 PT01080TP22 PT01080TP91 PT01160T106 PT01160TP05 PT01160TP A335 P11 7,160 PT01160TP22 PT01160TP91 PT01XXST PT01XXSTP05 PT01XXSTP11 XXS A335 P11 8,890 PT01XXSTP22 PT01XXSTP91 PT01T304 PT01T316 PT01T317 2,370 PT01T347 PT01T304 PT01T316 PT01T ,630 PT01T347 PT01T304 PT01T316 PT01T317 4,660 PT01T347 PT0116ST304 PT0116ST316 PT0116ST ,340 PT0116ST347 PT02 POTE 4 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PT02040T106 PT02040TP05 PT02040TP11 40 A335 P11 3,580 PT02040TP22 PT02040TP PT02080T106 PT02080TP05 PT02080TP11 80 A335 P11 4,600 PT02080TP22 PT02080TP91 PT02160T106 PT02160TP05 PT02160TP A335 P11 7,190 PT02160TP22 PT02160TP91 PT02XXST PT02XXSTP05 PT02XXSTP11 XXS A335 P11 9,100 PT02XXSTP22 PT02XXSTP91 PT02T304 PT02T316 PT02T317 2,380 PT02T347 PT02T304 PT02T316 PT02T ,720 PT02T347 PT02T304 PT02T316 PT02T317 4,770 PT02T347 PT0216ST304 PT0216ST316 PT0216ST ,480 PT0216ST347 8 FMaster Sistemas de Medição

9 PT03 POTE 4 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT, 1 NO CAP 1/2 NPT E 1 NO CAP 1/2 SW DN 3 PT03040T106 PT03040TP05 PT03040TP11 40 A335 P11 3,550 PT03040TP22 PT03040TP PT03080T106 PT03080TP05 PT03080TP11 80 A335 P11 4,560 PT03080TP22 PT03080TP91 PT03160T106 PT03160TP05 PT03160TP A335 P11 7,220 PT03160TP22 PT03160TP91 PT03XXST PT03XXSTP05 PT03XXSTP11 XXS A335 P11 8,970 PT03XXSTP22 PT03XXSTP91 PT03T304 PT03T316 PT03T317 2,360 PT03T347 PT03T304 PT03T316 PT03T ,630 PT03T347 PT03T304 PT03T316 PT03T317 4,660 PT03T347 PT0316ST304 PT0316ST316 PT0316ST ,340 PT0316ST347 PT04 POTE 4 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT, 1 NO CAP 1/2 SW E 1 NO CAP 3/4 SW DN 3 PT04040T106 PT04040TP05 PT04040TP11 40 A335 P11 3,620 PT04040TP22 PT04040TP PT04080T106 PT04080TP05 PT04080TP11 80 A335 P11 4,630 PT04080TP22 PT04080TP91 PT04160T106 PT04160TP05 PT04160TP A335 P11 7,310 PT04160TP22 PT04160TP91 PT04XXST PT04XXSTP05 PT04XXSTP11 XXS A335 P11 9,100 PT04XXSTP22 PT04XXSTP91 PT04T304 PT04T316 PT04T317 2,420 PT04T347 PT04T304 PT04T316 PT04T ,720 PT04T347 PT04T304 PT04T316 PT04T317 4,750 PT04T347 PT0416ST304 PT0416ST316 PT0416ST ,470 PT0416ST347 FMaster Sistemas de Medição 9

10 PT05 POTE 3 CONEXÕES 1 RADIAL 1/2 SW E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PT05040T106 PT05040TP05 PT05040TP11 40 A335 P11 3,480 PT05040TP22 PT05040TP PT05080T106 PT05080TP05 PT05080TP11 80 A335 P11 4,490 PT05080TP22 PT05080TP91 PT05160T106 PT05160TP05 PT05160TP A335 P11 7,000 PT05160TP22 PT05160TP91 PT05XXST PT05XXSTP05 PT05XXSTP11 XXS A335 P11 8, PT05XXSTP22 PT05XXSTP91 PT05T304 PT05T316 PT05T317 2, PT05T347 PT05T304 PT05T316 PT05T ,560 PT05T347 PT05T304 PT05T316 PT05T317 4,590 PT05T347 PT0516ST304 PT0516ST316 PT0516ST ,170 PT0516ST347 PT06 POTE 3 CONEXÕES 1 RADIAL 1/2 NPT E 2 NOS CAPS 1/2 NPT DN 3 PT06040T106 PT06040TP05 PT06040TP11 40 A335 P11 3,460 PT06040TP22 PT06040TP PT06080T106 PT06080TP05 PT06080TP11 80 A335 P11 4,480 PT06080TP22 PT06080TP91 PT06160T106 PT06160TP05 PT06160TP A335 P11 6,990 PT06160TP22 PT06160TP91 PT06XXST PT06XXSTP05 PT06XXSTP11 XXS A335 P11 8, PT06XXSTP22 PT06XXSTP91 PT06T304 PT06T316 PT06T317 2,270 PT06T347 PT06T304 PT06T316 PT06T ,540 PT06T347 PT06T304 PT06T316 PT06T317 4,580 PT06T347 PT0616ST304 PT0616ST316 PT0616ST ,150 PT0616ST FMaster Sistemas de Medição

11 PT07 POTE 3 CONEXÕES 1 RADIAL 3/4 SW E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PT07040T106 PT07040TP05 PT07040TP11 40 A335 P11 3,540 PT07040TP22 PT07040TP PT07080T106 PT07080TP05 PT07080TP11 80 A335 P11 4,550 PT07080TP22 PT07080TP91 PT07160T106 PT07160TP05 PT07160TP A335 P11 7,100 PT07160TP22 PT07160TP91 PT07XXST PT07XXSTP05 PT07XXSTP11 XXS A335 P11 8, PT07XXSTP22 PT07XXSTP91 PT07T304 PT07T316 PT07T317 2,340 PT07T347 PT07T304 PT07T316 PT07T ,620 PT07T347 PT07T304 PT07T316 PT07T317 4,650 PT07T347 PT0716ST304 PT0716ST316 PT0716ST ,260 PT0716ST347 PT08 POTE 3 CONEXÕES 1 RADIAL 1 SW E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PT08040T106 PT08040TP05 PT08040TP11 40 A335 P11 3,690 PT08040TP22 PT08040TP PT08080T106 PT08080TP05 PT08080TP11 80 A335 P11 4,700 PT08080TP22 PT08080TP91 PT08160T106 PT08160TP05 PT08160TP A335 P11 7,470 PT08160TP22 PT08160TP91 PT08XXST PT08XXSTP05 PT08XXSTP11 XXS A335 P11 9, PT08XXSTP22 PT08XXSTP91 PT08T304 PT08T316 PT08T317 2,500 PT08T347 PT08T304 PT08T316 PT08T ,770 PT08T347 PT08T304 PT08T316 PT08T317 4,800 PT08T347 PT0816ST304 PT0816ST316 PT0816ST ,630 PT0816ST347 FMaster Sistemas de Medição 11

12 PT09 POTE 3 CONEXÕES 1 RADIAL 1/2 NPT E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PT09040T106 PT09040TP05 PT09040TP11 40 A335 P11 3,460 PT09040TP22 PT09040TP PT09080T106 PT09080TP05 PT09080TP11 80 A335 P11 4,480 PT09080TP22 PT09080TP91 PT09160T106 PT09160TP05 PT09160TP A335 P11 6,990 PT09160TP22 PT09160TP91 PT09XXST PT09XXSTP05 PT09XXSTP11 XXS A335 P11 8, PT09XXSTP22 PT09XXSTP91 PT09T304 PT09T316 PT09T317 2,270 PT09T347 PT09T304 PT09T316 PT09T ,540 PT09T347 PT09T304 PT09T316 PT09T317 4,580 PT09T347 PT0916ST304 PT0916ST316 PT0916ST ,150 PT0916ST347 PT10 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 SW E 1 NO CAP 1/2 SW DN 3 PT10040T106 PT10040TP05 PT10040TP11 40 A335 P11 3,480 PT10040TP22 PT10040TP91 PT10080T106 PT10080TP05 PT10080TP11 80 A335 P11 4,490 PT10080TP22 PT10080TP91 PT10160T106 PT10160TP05 PT10160TP A335 P11 7,000 PT10160TP22 PT10160TP91 PT10XXST PT10XXSTP05 PT10XXSTP11 XXS A335 P11 8,770 PT10XXSTP22 PT10XXSTP91 PT10T304 PT10T316 PT10T317 2, PT10T347 PT10T304 PT10T316 PT10T317 3,560 PT10T347 PT10T304 PT10T316 PT10T317 4,590 PT10T347 PT1016ST304 PT1016ST316 PT1016ST ,170 PT1016ST FMaster Sistemas de Medição

13 PT11 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT E 1 NO CAP 1/2 SW DN 3 PT11040T106 PT11040TP05 PT11040TP11 40 A335 P11 3,480 PT11040TP22 PT11040TP91 PT11080T106 PT11080TP05 PT11080TP11 80 A335 P11 4,490 PT11080TP22 PT11080TP91 PT11160T106 PT11160TP05 PT11160TP A335 P11 7,000 PT11160TP22 PT11160TP91 PT11XXST PT11XXSTP05 PT11XXSTP11 XXS A335 P11 8,770 PT11XXSTP22 PT11XXSTP91 PT11T304 PT11T316 PT11T317 2, PT11T347 PT11T304 PT11T316 PT11T317 3,560 PT11T347 PT11T304 PT11T316 PT11T317 4,590 PT11T347 PT1116ST304 PT1116ST316 PT1116ST ,170 PT1116ST347 PT12 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT E 1 NO CAP 1/2 NPT DN 3 PT12040T106 PT12040TP05 PT12040TP11 40 A335 P11 3,480 PT12040TP22 PT12040TP91 PT12080T106 PT12080TP05 PT12080TP11 80 A335 P11 4,490 PT12080TP22 PT12080TP91 PT12160T106 PT12160TP05 PT12160TP A335 P11 7,000 PT12160TP22 PT12160TP91 PT12XXST PT12XXSTP05 PT12XXSTP11 XXS A335 P11 8,770 PT12XXSTP22 PT12XXSTP91 PT12T304 PT12T316 PT12T317 2, PT12T347 PT12T304 PT12T316 PT12T317 3,560 PT12T347 PT12T304 PT12T316 PT12T317 4,590 PT12T347 PT1216ST304 PT1216ST316 PT1216ST ,170 PT1216ST347 FMaster Sistemas de Medição 13

14 PT13 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT E 1 NO CAP 3/4 SW DN 3 PT13040T106 PT13040TP05 PT13040TP11 40 A335 P11 3,530 PT13040TP22 PT13040TP91 PT13080T PT13080TP05 PT13080TP11 80 A335 P11 4,540 PT13080TP22 PT13080TP91 PT13160T106 PT13160TP05 PT13160TP A335 P11 7,100 PT13160TP22 PT13160TP91 PT13XXST PT13XXSTP05 PT13XXSTP11 XXS A335 P11 8,800 PT13XXSTP22 PT13XXSTP91 PT13T304 PT13T316 PT13T317 2,330 PT13T347 PT13T304 PT13T316 PT13T ,610 PT13T347 PT13T304 PT13T316 PT13T317 4,640 PT13T347 PT1316ST304 PT1316ST316 PT1316ST ,250 PT1316ST347 PT14 POTE 3 CONEXÕES 1 RADIAL 1/2 NPT, 1 RADIAL 1/2 SW E 1 NO CAP 1/2 SW DN 3 PT14040T106 PT14040TP05 PT14040TP11 40 A335 P11 3,480 PT14040TP22 PT14040TP91 PT14080T106 PT14080TP05 PT14080TP11 80 A335 P11 4,490 PT14080TP22 PT14080TP91 PT14160T106 PT14160TP05 PT14160TP A335 P11 7,000 PT14160TP22 PT14160TP91 PT14XXST PT14XXSTP05 PT14XXSTP11 XXS A335 P11 8,770 PT14XXSTP22 PT14XXSTP91 PT14T304 PT14T316 PT14T317 2, PT14T347 PT14T304 PT14T316 PT14T317 3,560 PT14T347 PT14T304 PT14T316 PT14T317 4,590 PT14T347 PT1416ST304 PT1416ST316 PT1416ST ,170 PT1416ST FMaster Sistemas de Medição

15 PT15 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT E 1 NO CAP 1 SW DN 3 PT15040T106 PT15040TP05 PT15040TP11 40 A335 P11 3,700 PT15040TP22 PT15040TP91 PT15080T PT15080TP05 PT15080TP11 80 A335 P11 4,710 PT15080TP22 PT15080TP91 PT15160T106 PT15160TP05 PT15160TP A335 P11 7,490 PT15160TP22 PT15160TP91 PT15XXST PT15XXSTP05 PT15XXSTP11 XXS A335 P11 9,250 PT15XXSTP22 PT15XXSTP91 PT15T304 PT15T316 PT15T317 2,500 PT15T347 PT15T304 PT15T316 PT15T ,780 PT15T347 PT15T304 PT15T316 PT15T317 4,810 PT15T347 PT1516ST304 PT1516ST316 PT1516ST ,640 PT1516ST347 PT16 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 SW E 1 NO CAP 3/4 SW DN 3 PT16040T106 PT16040TP05 PT16040TP11 40 A335 P11 3,530 PT16040TP22 PT16040TP91 PT16080T PT16080TP05 PT16080TP11 80 A335 P11 4,540 PT16080TP22 PT16080TP91 PT16160T106 PT16160TP05 PT16160TP A335 P11 7,100 PT16160TP22 PT16160TP91 PT16XXST PT16XXSTP05 PT16XXSTP11 XXS A335 P11 8,800 PT16XXSTP22 PT16XXSTP91 PT16T304 PT16T316 PT16T317 2,330 PT16T347 PT16T304 PT16T316 PT16T ,610 PT16T347 PT16T304 PT16T316 PT16T317 4,640 PT16T347 PT1616ST304 PT1616ST316 PT1616ST ,250 PT1616ST347 FMaster Sistemas de Medição 15

16 PT17 POTE 4 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT DESLOCADAS E 2 NOS CAPS 1/2 NPT DN 3 PT17040T106 PT17040TP05 PT17040TP11 40 A335 P11 3,540 PT17040TP22 PT17040TP PT17080T106 PT17080TP05 PT17080TP11 80 A335 P11 4,550 PT17080TP22 PT17080TP91 PT17160T106 PT17160TP05 PT17160TP A335 P11 7,160 PT17160TP22 PT17160TP91 PT17XXST PT17XXSTP05 PT17XXSTP11 XXS A335 P11 8,890 PT17XXSTP22 PT17XXSTP91 PT17T304 PT17T316 PT17T317 2,370 PT17T347 PT17T304 PT17T316 PT17T ,630 PT17T347 PT17T304 PT17T316 PT17T317 4,660 PT17T347 PT1716ST304 PT1716ST316 PT1716ST ,340 PT1716ST347 PT18 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT DESLOCADAS E 1 NO CAP 1/2 SW DN 3 PT18040T106 PT18040TP05 PT18040TP11 40 A335 P11 3,480 PT18040TP22 PT18040TP91 PT18080T106 PT18080TP05 PT18080TP11 80 A335 P11 4,490 PT18080TP22 PT18080TP91 PT18160T106 PT18160TP05 PT18160TP A335 P11 7,000 PT18160TP22 PT18160TP91 PT18XXST PT18XXSTP05 PT18XXSTP11 XXS A335 P11 8,770 PT18XXSTP22 PT18XXSTP91 PT18T304 PT18T316 PT18T317 2, PT18T347 PT18T304 PT18T316 PT18T317 3,560 PT18T347 PT18T304 PT18T316 PT18T317 4,590 PT18T347 PT1816ST304 PT1816ST316 PT1816ST ,170 PT1816ST FMaster Sistemas de Medição

17 PT19 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT DESLOCADAS E 1 NO CAP 1/2 NPT DN 3 PT17040T106 PT17040TP05 PT17040TP11 40 A335 P11 3,480 PT17040TP22 PT17040TP91 PT17080T106 PT17080TP05 PT17080TP11 80 A335 P11 4,490 PT17080TP22 PT17080TP91 PT17160T106 PT17160TP05 PT17160TP A335 P11 7,000 PT17160TP22 PT17160TP91 PT17XXST PT17XXSTP05 PT17XXSTP11 XXS A335 P11 8,770 PT17XXSTP22 PT17XXSTP91 PT17T304 PT17T316 PT17T317 2, PT17T347 PT17T304 PT17T316 PT17T317 3,560 PT17T347 PT17T304 PT17T316 PT17T317 4,590 PT17T347 PT1716ST304 PT1716ST316 PT1716ST ,170 PT1716ST347 PT20 POTE 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 SW DESLOCADAS E 1 NO CAP 1/2 SW DN 3 PT18040T106 PT18040TP05 PT18040TP11 40 A335 P11 3,480 PT18040TP22 PT18040TP91 PT18080T106 PT18080TP05 PT18080TP11 80 A335 P11 4,490 PT18080TP22 PT18080TP91 PT18160T106 PT18160TP05 PT18160TP A335 P11 7,000 PT18160TP22 PT18160TP91 PT18XXST PT18XXSTP05 PT18XXSTP11 XXS A335 P11 8,770 PT18XXSTP22 PT18XXSTP91 PT18T304 PT18T316 PT18T317 2, PT18T347 PT18T304 PT18T316 PT18T317 3,560 PT18T347 PT18T304 PT18T316 PT18T317 4,590 PT18T347 PT1816ST304 PT1816ST316 PT1816ST ,170 PT1816ST347 FMaster Sistemas de Medição 17

18 9. Potes de volume reduzido (PR) Os potes de volume reduzido foram elaborados e implementados na linha de potes da FMaster, visando atender a necessidade de uma instalação com espaço reduzido e onde o volume de fluido de selagem possa ser reduzido, como aplicações de drenagem, lama, viscosidades altas, selagem de fluidos corrosivos entre outros. O pote de volume reduzido não é recomendado onde ocorre as seguintes condições simultaneamente: temperaturas muito elevadas e a distância entre o pote e o transmissor ou instrumento seja pequena, diminuindo a eficiência de selo térmico, pois nesse caso quanto maior for o volume de fluido mais eficiente será a selagem, para essa finalidade, consultar sempre o fabricante do instrumento para verificar os requisitos de volume recomendado Tabela de seleção de tipos PR - POTE REDUZIDO PR01 POTE REDUZIDO 4 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 NPT E 2 NOS CAPS 1/2 NPT DN 3 PR01040T106 PR01040TP05 PR01040TP11 40 A335 P11 2,710 PR01040TP22 PR01040TP91 PR01080T PR01080TP05 PR01080TP11 80 A335 P11 3,420 PR01080TP22 PR01080TP91 PR01160T106 PR01160TP05 PR01160TP A335 P11 5,610 PR01160TP22 PR01160TP91 PR01XXST PR01XXSTP05 PR01XXSTP11 XXS A335 P11 6,900 PR01XXSTP22 PR01XXSTP91 PR01T304 PR01T316 PR01T317 1,860 PR01T347 PR01T304 PR01T316 PR01T ,770 PR01T347 PR01T304 PR01T316 PR01T317 3,500 PR01T347 PR0116ST304 PR0116ST316 PR0116ST ,730 PR0116ST FMaster Sistemas de Medição

19 PR02 POTE REDUZIDO 4 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 SW E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PR02040T106 PR02040TP05 PR02040TP11 40 A335 P11 2,730 PR02040TP22 PR02040TP91 PR02080T PR02080TP05 PR02080TP11 80 A335 P11 3,450 PR02080TP22 PR02080TP91 PR02160T106 PR02160TP05 PR02160TP A335 P11 5,630 PR02160TP22 PR02160TP91 PR02XXST PR02XXSTP05 PR02XXSTP11 XXS A335 P11 6,920 PR02XXSTP22 PR02XXSTP91 PR02T304 PR02T316 PR02T317 1,880 PR02T347 PR02T304 PR02T316 PR02T ,790 PR02T347 PR02T304 PR02T316 PR02T317 3,520 PR02T347 PR0216ST304 PR0216ST316 PR0216ST ,750 PR0216ST Pote separador (PS) Tabela de seleção de tipos PS - POTE SEPARADOR FMaster Sistemas de Medição 19

20 PS01 POTE SEPARADOR 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 SW E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PS01040T106 PS01040TP05 PS01040TP11 40 A335 P11 3,910 PS01040TP22 PS01040TP91 PS01080T PS01080TP05 PS01080TP11 80 A335 P11 4,980 PS01080TP22 PS01080TP91 PS01160T106 PS01160TP05 PS01160TP A335 P11 7,570 PS01160TP22 PS01160TP91 PS01XXST PS01XXSTP05 PS01XXSTP11 XXS A335 P11 9,410 PS01XXSTP22 PS01XXSTP91 PS01T304 PS01T316 PS01T317 2,630 PS01T347 PS01T304 PS01T316 PS01T ,950 PS01T347 PS01T304 PS01T316 PS01T317 5,030 PS01T347 PS0116ST304 PS0116ST316 PS0116ST ,650 PS0116ST347 PS02 POTE SEPARADOR 3 CONEXÕES 2 RADIAIS 1/2 SW E 2 NOS CAPS 1/2 SW DN 3 PS02040T106 PS02040TP05 PS02040TP11 40 A335 P11 3,910 PS02040TP22 PS02040TP91 PS02080T PS02080TP05 PS02080TP11 80 A335 P11 4,980 PS02080TP22 PS02080TP91 PS02160T106 PS02160TP05 PS02160TP A335 P11 7,570 PS02160TP22 PS02160TP91 PS02XXST PS02XXSTP05 PS02XXSTP11 XXS A335 P11 9,410 PS02XXSTP22 PS02XXSTP91 PS02T304 PS02T316 PS02T317 2,630 PS02T347 PS02T304 PS02T316 PS02T ,950 PS02T347 PS02T304 PS02T316 PS02T317 5,030 PS02T347 PS0216ST304 PS0216ST316 PS0216ST ,650 PS0216ST FMaster Sistemas de Medição

21 11. Gráficos de aplicação em função dos materiais, pressão e temperatura (CARBONO) A106 B Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 440,00 430,00 420,00 410,00 400,00 390,00 380,00 370,00 360,00 350,00 340,00 330,00 320,00 310,00 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Temperatura ( C) Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 440,00 430,00 420,00 410,00 400,00 390,00 380,00 370,00 360,00 350,00 340,00 330,00 320,00 310,00 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Temperatura ( C) SCH # SCH # SCH # SCH XXS # SCH XXS # SCH # SCH # SCH # A335 P11 Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 440,00 430,00 420,00 410,00 400,00 390,00 380,00 370,00 360,00 350,00 340,00 330,00 320,00 310,00 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Temperatura ( C) Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 440,00 430,00 420,00 410,00 400,00 390,00 380,00 370,00 360,00 350,00 340,00 330,00 320,00 310,00 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Temperatura ( C) SCH XXS # SCH # SCH # SCH # SCH XXS # SCH # SCH # SCH # Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 620,00 600,00 580,00 560,00 540,00 520,00 500,00 480,00 460,00 440,00 420,00 400,00 380,00 360,00 340,00 320,00 300,00,00 260,00 240,00 220,00 200,00 180,00 160,00 140,00 120,00 100,00 80,00 60,00 40,00 20,00 0, Temperatura ( C) Notas: 1. Os gráficos são calculados conforme ASME VIII; 2. A tensão dos materiais nas temperaturas são conforme ASME B ; 3. Nos valores estão considerados uma sobre espessura de corrosão de 1,6mm, para condições de processo que exijam maior sobre espessura favor consultar a FMaster, deverá ser feito cálculo específico. FMaster Sistemas de Medição SCH XXS # SCH # SCH # SCH # 21

22 12. Gráficos de aplicação em função dos materiais, pressão e temperatura (INOX) Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Temperatura ( C) Temperatura ( C) SCH 160s # SCH 80s # SCH 40s # SCH 10s # SCH 160s # SCH 80s # SCH 40s # SCH 10s # Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Pressão Máxima Permissível (kgf/cm²) 300,00 290,00,00 270,00 260,00 250,00 240,00 230,00 220,00 210,00 200,00 190,00 180,00 170,00 160,00 150,00 140,00 130,00 120,00 110,00 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0, Temperatura ( C) Temperatura ( C) SCH 160s # SCH 80s # SCH 40s # SCH 10s # SCH 160s # SCH 80s # SCH 40s # SCH 10s # Notas: 1. Os gráficos são calculados conforme ASME VIII; 2. A tensão dos materiais nas temperaturas são conforme ASME B ; 3. Os valores estão considerados uma sobre espessura de corrosão de 1,6mm, para condições de processo que exijam maior sobre espessura favor consultar a FMaster, deverá ser feito cálculo específico. 22 FMaster Sistemas de Medição

23 13. Acessórios A FMaster possui uma ampla linha de acessórios para a instalação dos potes nas linhas Válvulas As Válvulas de Bloqueio tipo Agulha da FMaster, são geralmente utilizadas em processos que haja necessidade de absoluta vedação, com segurança e facilidade operacional, para linhas de impulso de instrumentos, como manômetros, transmissores, painéis em geral, aplicada à todos os tipos de fluidos, líquidos, gasosos e vapores em geral. Disponíveis em várias conexões possibilitando instalação em todos os potes Suportes para fixação Os suportes para fixação dos potes foram desenvolvidos para possibilitar um arranjo físico organizado e prático, disponível em dois tipos de montagem: simples e duplo em inox Suporte simples Válvula de dreno ou purga Válvulas para pontos de drenagem nos potes, disponíveis em 1/2 NPT e 3/4 NPT, em INOX Suporte duplo Adaptadores e conexões A linha de adaptadores e conexões do tipo OD dupla anilha e linha PIPE (NPT), permite variedades de instalações e possibilidades de arranjos físicos das linhas de impulso ao processo e aos potes Tubos e tubing Tubos conforme ASME B36.10 e B36.19 e tubing para as linhas de impulso, todos disponíveis nos materiais conforme as normas ASTM. FMaster Sistemas de Medição 23

24 24 FMaster Sistemas de Medição

25 Soluções em Medição de Vazão RUA JOSÉ CARLOS MORENO, BAIRRO PROGRESSO - CEP ITU - SP SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. SAC: TEL.: (11) FAX: (11) SITE:

V Á L V U L A S SÉRIE 2700

V Á L V U L A S SÉRIE 2700 V Á L V U L A S SÉRIE 2700 Válvulas de agulha compactas de alta confiabilidade e versatilidade para controle de processos e uso geral na indústria. As modernas válvulas de agulha Série 2700 da Detroit

Leia mais

1 - TUBULAÇÃO DE IMPULSO...2 1.1 - INSTALAÇÃO...2 1.2 - CONSTITUIÇÃO DA TUBULAÇÃO DE IMPULSO...3 2 - SISTEMAS DE SELAGEM...4 3 PURGA...

1 - TUBULAÇÃO DE IMPULSO...2 1.1 - INSTALAÇÃO...2 1.2 - CONSTITUIÇÃO DA TUBULAÇÃO DE IMPULSO...3 2 - SISTEMAS DE SELAGEM...4 3 PURGA... SISTEMAS DE SELAGEM SUMÁRIO 1 - TUBULAÇÃO DE IMPULSO...2 1.1 - INSTALAÇÃO...2 1.2 - CONSTITUIÇÃO DA TUBULAÇÃO DE IMPULSO...3 2 - SISTEMAS DE SELAGEM...4 2.1 -SÊLO LÍQUIDO...4 2.2 -SÊLO DE AR...5 2.3 -SÊLO

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br VD-FLUX Válvula Distribuidora de Fluxo Universal tipo Pistão * Patente PI 9702874-6 02/06/1997 A Válvula Distribuidora de Fluxo Universal Tipo Pistão VD- Flux da Detroit foi projetada e desenvolvida para

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp WIKA folha de dados DS 99.41 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 Selo diafragma Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 WIKA Folha técnica DS 99.27 Outras aprovações veja página 3 Aplicações Indústria de processos químicos

Leia mais

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição Medição de vazão Bocal de vazão para instalação interna na tubulação, modelo FLC-FN-PIP Bocal de vazão para montagem entre flanges, modelo FLC-FN-FLN WIKA folha de dados FL 10.03 Aplicações Geração de

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada WIKA folha de dados DS 99.40 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral

Certificado de Registro e Classificação Cadastral CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de Fornecedores de Materiais e/ou Serviços PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme relação

Leia mais

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO V Á L V U L A S MANIFOLD Série 2700 LAMINADO Índice Informações gerais... 02 Manifold de 2 vias... 04 Manifold de 3 vias... 09 Manifold de 5 vias... 12 Suporte... 15 1 As modernas válvulas Manifold Série

Leia mais

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE MANUAL TÉCNICO Série: FBE Aplicação Desenvolvida para trabalhar com fluidos viscosos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração, alimentícia,

Leia mais

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS MANIFOLD As válvulas Manifold, produzidas pela Detroit, foram desenvolvidas e dimensionadas para tornar uma tubulação de instrumentos de diferencial de pressão mais simples, mais segura e mais confiável.

Leia mais

V Á L V U L A S SÉRIE 1800

V Á L V U L A S SÉRIE 1800 V Á L V U L A S SÉRIE 1800 As válvulas de agulha miniatura da Série 1800 foram desenvolvidas para regulagem e bloqueio de fluidos para os mais diversos tipos de aplicação em laboratórios,amostragem de

Leia mais

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563.

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563. ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS LOTE 01 Especificar Sistema de Geração de Ar Comprimido, incluindo compressor, secador por adsorção e filtros coalescentes Diagrama Pneumático. Confirmar detalhes com equipe

Leia mais

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBME Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração,

Leia mais

Trocadores de calor a placas. A otimização da troca térmica

Trocadores de calor a placas. A otimização da troca térmica Trocadores de calor a placas A otimização da troca térmica Um amplo conhecimento para otimizar seus processos As atividades da Alfa Laval têm um único objetivo: oferecer a você cliente tecnologias que

Leia mais

Filtros Industriais. Para utilização em vapor, líquidos e gases

Filtros Industriais. Para utilização em vapor, líquidos e gases Filtros Industriais Para utilização em vapor, líquidos e gases Filtros Y Spirax Sarco Há mais de 60 anos, a Spirax Sarco vem fornecendo tecnologia em filtragem para qualificação de fluidos e proteção de

Leia mais

BOCAL DE VAZÃO MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. REV 0-2013

BOCAL DE VAZÃO MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. REV 0-2013 BOCAL DE VAZÃO MANUAL DE OPERAÇÃO REV 0-2013 SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. Nota: As informações condidas neste manual poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Conteúdo 1.0 - O Bocal de Vazão...4 2.0 - Normas

Leia mais

MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES

MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE Eficiência e Tecnologia no fornecimento de Medição, Instrumentação e Controle. SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES GRÁFICO

Leia mais

Câmara para instrumentação de nível de processo Rosemount 9901

Câmara para instrumentação de nível de processo Rosemount 9901 Folha de dados do produto Rosemount 9901 Câmara para instrumentação de nível de processo Rosemount 9901 Permite montagem externa da instrumentação de nível de processo Permite manutenção durante a operação

Leia mais

INTRODUÇÃO INFORMAÇÕES ADICIONAIS NOTAS

INTRODUÇÃO INFORMAÇÕES ADICIONAIS NOTAS 1 INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas das linhas E e EP de nossa fabricação assim como seus acessórios e opcionais. Dele constam informações técnicas, desde a construção,

Leia mais

Soluções para segurança de seu processo. Garantia de proteção do seu sistema

Soluções para segurança de seu processo. Garantia de proteção do seu sistema Soluções para segurança de seu processo Garantia de proteção do seu sistema O time que você quer ao seu lado Conheça a equipe A Spirax Sarco proporciona Conhecimento, Serviços e Produtos em todo o mundo

Leia mais

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas CATÁLOGO 800035-A sobre as fichas técnicas Os dados constantes nas fichas técnicas a seguir podem sofrer alterações sem prévio aviso. Alguns modelos possuem pequenas alterações em seus projetos construtivos,

Leia mais

Conectores / Adaptadores

Conectores / Adaptadores Conectores / Adaptadores Rev.10 1/20 ÍNDICE CONECTORES/ADAPTADORES PARA SOLDA CBW CFSW CW LBW LW TSW UDS UFSW UMSW USW TÓPICO PÁGINAS CBW CONECTOR PARA SOLDA DE TOPO 4 CFSW CONECTOR FÊMEA PARA SOLDA DE

Leia mais

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line - PPL - é um novo sistema de tubulação de encaixe rápido projetado para todo tipo de planta de ar comprimido, bem como para outros fluidos, gases

Leia mais

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev.4(4) 1/19

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev.4(4) 1/19 Rev.4(4) 1/19 ÍNDICE VÁLVULAS PARA PAINEL SÉRIES 200P 300P 400P TÓPICOS PÁGINAS 200 P* MINIVÁLVULA PARA PAINEL 3 4 300 TP MINIVÁLVULAS 3 VIAS PARA PAINEL 5 6 400 FP VÁLVULA X PARA PAINEL 7 8 400 MFAP VÁLVULA

Leia mais

Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos).

Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos). Modelo CL001I Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos). Modelo CL001I Detalhe do Produto Modelo CL001I equipamento chuveiro e lava-olhos, crivo

Leia mais

Conexões, Válvulas, Bombas, Filtros e Acessórios em aço inox sanitário

Conexões, Válvulas, Bombas, Filtros e Acessórios em aço inox sanitário Metal Limpo Conexões Sanitárias Ltda. Rua Sargento Jeter Augusto Pereira,341 - CEP 02188-070 Parque Novo Mundo - São Paulo - SP Fone: + 55 (11) 2207-7476 - Fax 2636-4069 www.metallimpo.com.br - metallimpo@metallimpo.com.br

Leia mais

ÍNDICE. 11. Instalação do CONTROLADOR ELETRO ELETRÔNICO E SENSORES...31. 13. Capa TÉRMICA...33

ÍNDICE. 11. Instalação do CONTROLADOR ELETRO ELETRÔNICO E SENSORES...31. 13. Capa TÉRMICA...33 ÍNDICE 1. PRODUTO SORIA...04 2. ALGUMAS VANTAGENS...05 3. PRODUTO SORIA...06 4. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS...07 5. KIT DE INSTALAÇÃO...08 6. ACESSÓRIOS...09 7. DIMENSIONAMENTO DOS COLETORES...10 8. Dimensionamento

Leia mais

Instrumentos de Pressão 1. Instrumentação Industrial Autor: Perez

Instrumentos de Pressão 1. Instrumentação Industrial Autor: Perez Instrumentos de Pressão 1 Instrumentação Industrial Autor: Perez AULA II - Instrumentos de Pressão Instrumentos de Pressão 2 Instrumentação - Pressão Objetivos Estudar Elementos e Transmissores de Pressão

Leia mais

Válvulas de Assento Angular em Aço Inox H2500 e H3500. automação. DIN EN ISO 9001:2008 Certificate: 01 100 039036

Válvulas de Assento Angular em Aço Inox H2500 e H3500. automação. DIN EN ISO 9001:2008 Certificate: 01 100 039036 Válvulas de Assento Angul em Aço Inox H2500 e H3500 automação DIN EN ISO 9001:2008 Certificate: 01 039036 HIGHFLYER Válvulas de Assento Angul em Aço Inox Válvulas de Assento Angul HighFlyer Modelo H2500

Leia mais

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Página1 UTILIZAÇÃO FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Para remoção de Oleína (*) em sistemas que utilizam GLP. Segundo

Leia mais

Worldval Válvulas e Acessórios Industriais Ltda.

Worldval Válvulas e Acessórios Industriais Ltda. Informações gerais: Worldval Válvulas e Acessórios Industriais Ltda. Fábrica: Fone/Fax: Site : E-mail : Data da Fundação: Rua: Amélio Koga, / - Vila Invernada São Paulo - SP. (0) - worldval@worldval.com.br

Leia mais

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev. 5 1/27

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev. 5 1/27 Rev. 5 1/27 ÍNDICE VÁLVULAS SÉRIES 400 1400 TÓPICO PÁGINAS 400 F VÁLVULA X 3 4 400 FA VÁLVULA ANGULAR 5 6 400 FT VÁLVULA X TUBO O.D. 7 8 400 LMF VÁLVULA X LONGA 9 10 400 M VÁLVULA X 11 12 400 MF VÁLVULA

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAL PARA TUBOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAL PARA TUBOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAL PARA TUBOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAL COMPOSICÃO QUÍMICA PROCESSO DE FABRICAÇÃO PROPRIEDADES MECÂNICAS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTROLE DE QUALIDADE TENSÕES ADMISSÍVEIS EMPREGO

Leia mais

Todas as válvulas produzidas pela Detroit, depois de montadas, são testadas hidrostaticamente em bancadas de teste.

Todas as válvulas produzidas pela Detroit, depois de montadas, são testadas hidrostaticamente em bancadas de teste. SÉRIE 75 Válvulas de agulha com haste rotativa CARACTERÍSTICAS DE CONSTRUÇÃO 1) Guia da haste ou preme gaxeta mantêm uma tolerância justa entre a haste e a porca, e um preciso alinhamento com o assento

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida.

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida. 1. FILTRAGEM 1/6 É o processo que tem como objetivo de separar mecanicamente sólidos de líquidos ou gases. Quando a separação se faz por meio de coalescência ou centrifugação, dizemos que se trata apenas

Leia mais

Curso de Vasos de Pressão, Trocadores de Calor e Agitação de Fluídos Veja como foi o Curso [Fotos do Evento]

Curso de Vasos de Pressão, Trocadores de Calor e Agitação de Fluídos Veja como foi o Curso [Fotos do Evento] Curso de Vasos de Pressão, Trocadores de Calor e Agitação de Fluídos Veja como foi o Curso [Fotos do Evento] Projetos, Fabricação e Inspeção de Vasos de Pressão e Trocadores de Calor, Conforme ASME SEÇÃO

Leia mais

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide Explicação dos Tipos Válvula Solenói Todas as válvulas da Danfoss possuem agora uma signação que talha sua estrutura e operação.vários números e letras finem se a válvula é operada diretamente ou servocontrolada,

Leia mais

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C Válvula Globo de Assento Inclinado /-vias para produtos até +1 C O Tipo pode ser combinado com... Altos níveis de vazão Amplo ciclo de vida útil Programa de opção modular universal até os cabeçotes de

Leia mais

Vasos de Pressão. Ruy Alexandre Generoso

Vasos de Pressão. Ruy Alexandre Generoso Vasos de Pressão Ruy Alexandre Generoso VASOS DE PRESSÃO DEFINIÇÃO: São equipamentos que contêm fluidos sob pressão, cujo produto P x V seja superior a 8. Em que: Pressão (Kpa) Volume (m 3 ) VASOS DE PRESSÃO

Leia mais

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características Booster Amplificador de Volume Descrição O Booster - Amplificador de volume - tem como função reproduzir sinais pneumáticos com aumento da capacidade de vazão. É utilizado quando a tubulação entre o instrumento

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 221, de 09 de dezembro de 2005.

Leia mais

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind.

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind. CONTEÚDO: Capítulo 4 Válvulas Industriais Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: 1 VÁLVULAS DEFINIÇÃO: DISPOSITIVOS DESTINADOS A ESTABELECER, CONTROLAR E INTERROMPER O FLUXO

Leia mais

Portaria Inmetro /Dimel n.º 224, de 25 de junho de 2009

Portaria Inmetro /Dimel n.º 224, de 25 de junho de 2009 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Portaria Inmetro /Dimel n.º 224, de 25

Leia mais

A seguir parte do material didático que é distribuído aos participantes do curso.

A seguir parte do material didático que é distribuído aos participantes do curso. A seguir parte do material didático que é distribuído aos participantes do curso. A próxima turma do curso VÁLVULAS INDUSTRIAIS está programada para o período de 16 a 19 de setembro de 2013, no Rio de

Leia mais

Soluções Industriais do Projeto a Execução

Soluções Industriais do Projeto a Execução A Teoria Engenharia Acústica Ltda. é uma empresa que atua há mais de dez anos no mercado brasileiro disponibilizando a seus clientes soluções concebidas com a utilização de bases teóricas e sólidas e moderna

Leia mais

VÁLVULAS AGULHA DE CASTELO APARAFUSADO SÉRIES H-99 & H-99HP

VÁLVULAS AGULHA DE CASTELO APARAFUSADO SÉRIES H-99 & H-99HP VÁLVULAS AGULHA DE CASTELO APARAFUSADO SÉRIES H-99 & H-99HP CARACTERÍSTICAS n Haste a prova de expulsão n MAXPT até 1, psi (69 bar) n MAXTT até 6 C (1112 F) n Faixa de Tamanho: a 1" ou a 25mm GERAL As

Leia mais

Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras.

Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras. Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras. 1 CILINDRO 2 CILINDROS 60 Hz R-22 / R-404A R-134a / HP81 (R-402B) Unidades Condensadoras Compact Line. CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Unidades equipadas

Leia mais

Catálogo de Produtos. transformando o amanhã. ArcelorMittal Inox Brasil Tubos. ArcelorMittal Inox Brasil Tubos

Catálogo de Produtos. transformando o amanhã. ArcelorMittal Inox Brasil Tubos. ArcelorMittal Inox Brasil Tubos ArcelorMittal Inox Brasil Tubos Catálogo de Produtos transformando o amanhã ArcelorMittal Inox Brasil Tubos Rodovia Índio Tibiriçá, km Bairro Barro Branco CEP 0900 Ribeirão Pires/SP Departamento Comercial/Assistência

Leia mais

Portaria n.º 248, de 28 de maio de 2014.

Portaria n.º 248, de 28 de maio de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO Portaria n.º 248, de 28 de maio de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

Manual de Instruções POÇOS TERMOMÉTRICOS POR. Instrumentação Industrial para Pressão e Temperatura

Manual de Instruções POÇOS TERMOMÉTRICOS POR. Instrumentação Industrial para Pressão e Temperatura Instrumentação Industrial para Pressão e Temperatura POR Manual de Instruções MI-TW-POR_2 10/2014 Copyright Nuova Fima S.p.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida

Leia mais

PP-5EN-00029 Rev. B ESTANQUEIDADE PROCEDIMENTO DE INSPEÇÃO

PP-5EN-00029 Rev. B ESTANQUEIDADE PROCEDIMENTO DE INSPEÇÃO 1. OBJETIVO Este procedimento estabelece as condições necessárias para a execução do ensaio não destrutivo de estanqueidade pelas técnicas de Pressão Positiva, Pressão Negativa e Capilaridade, a ser utilizado

Leia mais

VÁLVULAS GLOBO TIPO PONTA DE AGULHA

VÁLVULAS GLOBO TIPO PONTA DE AGULHA Características 1 - Corpo 2 - Castelo 3 - Calço 4 - Gaxeta 5 - Aperta gaxeta 6 - Porca 7 - Haste 8 - Manípulo Tarugo de aço trefilado em SAE 1020 com tratamento superficial anti-corosivo, Inox AISI 304

Leia mais

Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina

Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina Aplicação Foram desenvolvidos para indicarem com precisão a pressão que se quer monitorar nas linhas de vapor, gases ou líquidos, e em equipamentos.

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 299

Norma Técnica SABESP NTS 299 Norma Técnica SABESP NTS 299 Válvula Redutora de Pressão Tipo Globo - DN 50 a 600 Especificação São Paulo Fevereiro 2014 NTS : Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1 INTRODUÇÃO...1 2 OBJETIVO...1

Leia mais

NEOTECHA. Sistema de Amostragem de Tanque, para amostragem representativa sem interrupção do processo. Sistema de Amostragem de Tanque - Sapro

NEOTECHA. Sistema de Amostragem de Tanque, para amostragem representativa sem interrupção do processo. Sistema de Amostragem de Tanque - Sapro NEOTECHA Sistema de Amostragem de Tanque, para amostragem representativa sem interrupção do processo Características gerais com adaptador da seringa O sistema de amostragem garante sempre uma amostra verdadeiramente

Leia mais

Rafael da Conceição Santana

Rafael da Conceição Santana Rafael da Conceição Santana Rua Xavantes, 23 (11) 4376-2011 / ( (11) 99501-4586 Brasileiro rafael- 29 anos Bairro: Bussocaba james@ig.com.br 06056-440 Osasco SP Solteiro Formação: Universidade Bandeirante

Leia mais

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores.

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores. 4 Empresa Certificada ISO 9001 Distribuição de Tubos em Aço Carbono Tubos sem Costura Tubos de aço sem costura são utilizados em aplicações como cilindros hidráulicos, componentes de transmissão, oleodutos,

Leia mais

vendas1@juntasamf.com.br

vendas1@juntasamf.com.br À Sr( a) Ref.: Apresentação para Cadastro de Fornecedor Prezados Senhores, Vimos através desta, apresentar a Juntas AMF Ind. e Com. de Peças Ltda., uma empresa que já se tornou referencia no mercado de

Leia mais

Sua empresa ainda desmonta equipamentos industriais para avaliação de suas condições internas?

Sua empresa ainda desmonta equipamentos industriais para avaliação de suas condições internas? Sua empresa ainda desmonta equipamentos industriais para avaliação de suas condições internas? Reduza custos: Para garantir a durabilidade dos equipamentos, ações de manutenção preditiva e preventiva se

Leia mais

Portaria n.º 255, de 29 de maio de 2014.

Portaria n.º 255, de 29 de maio de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 255, de 29 de maio de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

Recomendações para aumento da confiabilidade de junta de expansão de fole com purga de vapor

Recomendações para aumento da confiabilidade de junta de expansão de fole com purga de vapor Recomendações para aumento da confiabilidade de junta de expansão de fole com purga de vapor 1. Junta de expansão de fole com purga de vapor d água Em juntas de expansão com purga da camisa interna, para

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com.

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com. F o n e : ( 4 1 ) 3 0 9 1-6 9 0 0 Rua Des. Antonio de Paula 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br w w w. a c o s s u l n o r t e. c o m. b r CATÁLOGO DE PRODUTOS MATRIZ BARRAS CANTONEIRAS

Leia mais

Tubos cladeados. Tubos resistentes à corrosão. Tubos cladeados

Tubos cladeados. Tubos resistentes à corrosão. Tubos cladeados 1 Tubos cladeados Tubos resistentes à corrosão Tubos cladeados Tubos especiais e componentes prontos para a instalação Tubulações pré-fabricadas e componentes soldados Vasos, tanques e torres Construção

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 49, de 04 de março de 2008.

Leia mais

Filtros para aplicações de processos

Filtros para aplicações de processos Filtros para aplicações de processos Filtros HYDAC para a técnica de processos Filtros para a técnica de processos asseguram com sua qualidade o funcionamento aumentando a vida útil de componentes, sistemas

Leia mais

Salvi Casagrande Salvi Sul

Salvi Casagrande Salvi Sul 1 Fotos Meramente Ilustrativas 2 ÍNDICE MANÔMETRO SÉRIE 110-40 - 50-63mm - STANDARD - CAIXA ABS... 3, 4 MANÔMETRO SÉRIE 111-40mm - STANDARD... 5, 6 MANÔMETRO SÉRIE 111-50mm - STANDARD... 7, 8 MANÔMETRO

Leia mais

Divisão Elétrica/Hidráulica

Divisão Elétrica/Hidráulica Divisão Elétrica/Hidráulica CARBINOX. O Brasil passa por aqui. Elétrica/Hidráulica A Carbinox é uma empresa que atua há 30 anos fornecendo soluções sob medida para impulsionar o desenvolvimento da economia.

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PRODUTO

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PRODUTO DE PRODUTO Código : NAIRI - 10001 REGISTRO GLOBO INDL 45º (11 x 5) Conectada a coluna de hidrante para bloqueio ou tomada de água em sistemas de Para edificações comerciais e áreas industriais ou onde

Leia mais

Informação de produto. Transmissor de pressão do processo VEGABAR 14, 17

Informação de produto. Transmissor de pressão do processo VEGABAR 14, 17 Informação de produto Transmissor de pressão do processo VEGABAR 4, 7 Índice Índice Princípio de medição...................................................................................... Vista sinóptica

Leia mais

Dados Técnicos Sobre Tubos

Dados Técnicos Sobre Tubos www.swagelok.com Dados Técnicos Sobre Tubos Índice Serviço de Gás.......................... 2 Instalação.............................. 2 Tabelas de Pressão de Trabalho Sugeridas Tubos em Aço Carbono.....................

Leia mais

HYDAC Filtros de gás GCF para sistemas de gás de barreira.

HYDAC Filtros de gás GCF para sistemas de gás de barreira. HYDAC Filtros de gás GCF para sistemas de gás de barreira. Filtros de gás GCF: O seguro do tempo de funcionamento para turbocompressores. Quanto mais complexo o sistema de vedação, tanto mais consequente

Leia mais

Sua confiança em inspeção.

Sua confiança em inspeção. , Sua confiança em inspeção. Inspeção que trás segurança. A TND Inspeções Técnicas trás a experiência de seus gestores, que atuam há mais de 10 anos no seguimento de inspeção. A capacidade técnica de sua

Leia mais

DISTRIBUIDOR - REPRESENTANTE

DISTRIBUIDOR - REPRESENTANTE PRODUTO: SEL-SV-U0-O21- K4 FOLHA TÉCNICA 1/5 1. CERTIFICAÇÕES DA SELCON 2. APLICAÇÃO Sensor utilizado para indicar a presença de chama em queimadores de gás, óleos leves ou qualquer outro combustível que

Leia mais

Um mix mais completo. para otimizar o seu tanque

Um mix mais completo. para otimizar o seu tanque Um mix mais completo para otimizar o seu tanque Quando se trata de otimizar o seu tanque, a linha da Alfa Laval oferece uma ampla gama de possibilidades. Nenhum outro fornecedor oferece para você uma

Leia mais

Produtos e suprimentos de alta tecnologia para os setores offshore e onshore. www.argoscomercial.com

Produtos e suprimentos de alta tecnologia para os setores offshore e onshore. www.argoscomercial.com Produtos e suprimentos de alta tecnologia para os setores offshore e onshore. www.argoscomercial.com A Argos é uma empresa especializada na comercialização e distribuição de produtos para os setores de

Leia mais

Professor Felipe Técnico de Operações P-27 Petrobras

Professor Felipe Técnico de Operações P-27 Petrobras Professor Felipe Técnico de Operações P-27 Petrobras Contatos professorpetrobras@gmail.com www.professorfelipecardoso.blogspot.com skype para aula particular online: felipedasilvacardoso Tubulações, válvulas

Leia mais

Manual do Usuário. Produto LUBE-SEAL. Versão: LUBE-SEAL Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos

Manual do Usuário. Produto LUBE-SEAL. Versão: LUBE-SEAL Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos Manual do Usuário Produto Versão: Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1. TERMOS E CONVENÇÕES 4 2. INFORMAÇÕES GERAIS 5 2.1. Dados do

Leia mais

Relatório de descrição do uso da RTI/FAPESP

Relatório de descrição do uso da RTI/FAPESP 1 Relatório de descrição do uso da RTI/FAPESP Reserva Técnica Institucional (RTI) 2011/2012 Processo N o 2012/50481 Universidade Federal do ABC (UFABC) Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH) Diretor:

Leia mais

VÁLVULAS DE SEGURANÇA

VÁLVULAS DE SEGURANÇA VÁLVULAS DE SEGURANÇA 1 - OBJETIVO Este manual visa desmistificar e esclarecer dúvidas em relação às Válvulas de Segurança, facilitando o trabalho em campo dos Operadores de Caldeiras e Vasos de Pressão,

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL NOVEMBRO DE 2012 Índice da Apresentação EMPRESA... 3 Missão... 3 Áreas de atuação... 3 Infraestrutura Fabril... 4 ESCOPO DE SERVIÇOS... 4 Serviços de Fabricação e Manutenção... 4 Engenharia de Soldagem...

Leia mais

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Caldeiras a Vapor São equipamentos destinados a produzir e acumular vapor sob pressão superior á atmosférica,

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS CATÁLOGO TÉCNICO DE MATERIAIS VOLUME I MATERIAIS EM FERRO FUNDIDO TOMO IX JUNÇÃO DE FERRO FUNDIDO DÚCTIL OUTUBRO/2013 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS CATÁLOGO

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 6000-000-000-200-001

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 6000-000-000-200-001 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 6000-000-000-200-001 1 de 13 : DATA: 08/02/08 GEPRO GERENCIA DE PROJETOS Nº do Contrato: RESP. TÉCNICO/ CREA: ÍNDICE DE REVISÕES REV. E/OU FOLHAS ATINGIDAS 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Leia mais

Comunicado Técnico nº 5

Comunicado Técnico nº 5 Comunicado Técnico nº 5 O Uso do Vapor e das Caldeiras na Gestão da Umidade nas Algodoeiras Giancarlo Goldoni Jr. 1. O que é vapor? O vapor pode ser definido como um gás resultante da mudança de estado

Leia mais

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos Série P3000 Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000 Dados técnicos Recursos A pressão varia de Vácuo até 2.000 psi (140 bar) Precisão superior a 0,015 % de leitura. (Opção de precisão aumentada

Leia mais

objetivos apresentar dois novos lançamentos de produtos exclusivos ao mercado industrial: Linha CPVC Industrial; Linha PPR Industrial;

objetivos apresentar dois novos lançamentos de produtos exclusivos ao mercado industrial: Linha CPVC Industrial; Linha PPR Industrial; objetivos apresentar dois novos lançamentos de produtos exclusivos ao mercado industrial: Linha CPVC Industrial; Linha PPR Industrial; Lançamentos RPVC Tubos RPVC STANDARD Diâmetros: DN 100, 150, 200,

Leia mais

Válvula Globo De Passagem Reta (Tipo Y) DN 8 (1/4 ) a 80 (3 )

Válvula Globo De Passagem Reta (Tipo Y) DN 8 (1/4 ) a 80 (3 ) Válvula Globo De Passagem Reta (Tipo Y) DN 8 (/ ) a 8 ( ) A Válvula Globo Oblíqua metálica SED (também chamada de "passagem reta" ou tipo Y ), consiste de um corpo metálico de / vias tipo globo inclinado

Leia mais

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado DRENO ECOLÓGICO Dreno Ecológico de Condensado O problema O ar comprimido é uma fonte de energia essencial, amplamente utilizada em toda a indústria. Por ser uma ferramenta que oferece segurança, potência

Leia mais

Teste Hidrostático. Projeto de Dutos

Teste Hidrostático. Projeto de Dutos Teste hidrostático Definição (NBR 12712) Teste (ensaio) de pressão com água, que demonstra que um tubo ou um sistema de tubulação possui resistência mecânica compatível com suas especificações ou suas

Leia mais

EQUIPAMENTOS ROTATIVOS

EQUIPAMENTOS ROTATIVOS 1 INTRODUÇÃO EQUIPAMENTOS ROTATIVOS O objetivo da presente apostila é prestar informações mínimas, a nível técnico, sobre os principais equipamentos rotativos utilizados na indústria de petróleo e petroquímica.

Leia mais

Meter run Modelo FLC-MR

Meter run Modelo FLC-MR Medição de vazão Meter run Modelo FLC-MR WIKA folha de dados FL 10.02 Aplicações Geração de energia Produção de óleo e refino Tratamento e distribuição de água Processamento e transmissão de gases Indústria

Leia mais

Cálculo de resistência para poços de proteção

Cálculo de resistência para poços de proteção Informação técnica Cálculo de resistência para poços de proteção WIKA folha de dados IN 00.15 Aplicações O cálculo de resistência em um poço de proteção é uma prova matemática da capacidade do mesmo em

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de es de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme relação

Leia mais