UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS UFG Pró-Reitoria de Administração e Finanças PROAD GESTÃO DE TELEFONIA NA UFG. Eng. Leonardo E.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS UFG Pró-Reitoria de Administração e Finanças PROAD GESTÃO DE TELEFONIA NA UFG. Eng. Leonardo E."

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS UFG Pró-Reitoria de Administração e Finanças PROAD GESTÃO DE TELEFONIA NA UFG Eng. Leonardo E. Guimarães

2 Telecomunicações/telefonia no Brasil CONCESSÕES (MEADOS DO SÉCULO XIX) ESTATIZAÇÃO E NACIONALIZAÇÃO (MEADOS DO SÉCULO XX) PRIVATIZAÇÃO (1998) Telebrás é leiloada/dividida em quatro empresas: Telesp/Brasil Telecom/Telemar Embratel

3 A privatização na UFG só chegou de fato em 2008; A Brasiltelecom/OI tratava a UFG como uma conta propriedade e os contratos eram renovados anualmente por inexigibilidade de licitação; Em 2006 tentou-se um entendimento para melhorar as condições contratuais administrativamente; A contrapartida oferecida pela prestadora foi considerada insignificante pela UFG que optou por contratar uma consultoria para projetar a reestruturação de seus serviços.

4 A prestadora de serviços para a UFG adotava um sistema onde não existe um PABX físico instalado no cliente. O serviço de comutação era provido pela operadora de telecomunicações remotamente, o que inviabilizava a concorrência das outras empresas pela conta UFG.

5 CARACTERÍSTICAS DESTE SISTEMA: O serviço permite a conexão de ramais situados em endereços diferentes; DDR (Discagem Direta ao Ramal) cada usuário pode receber uma ligação diretamente ao seu ramal; Cada usuário consegue ligar a outro ramal digitando 4 dígitos (os 4 últimos dígitos deste terminal); Para se realizar uma ligação externa é preciso discar o 0 (obter-se o tom de linha). Cada ramal é uma linha direta e é tarifado de forma independente, é possível saber o que cada usuário consumia.

6 A rede de cabos telefônicos que antes apresentava uma configuração concentrada através de um Distribuidor Geral começou a se desconcentrar com a construção de novos prédios e unidades. Os cabos que atendiam os prédios começaram a tornar-se subdimensionados. Para sanar este problema a concessionária instalava ramais diretamente no endereço final, não mais passando pelo Distribuidor Geral. Em outros casos unidades tomaram a iniciativa de comprar PABX analógico para aumentar o número de ramais, ou seja, os ramais do PABX Virtual tornavam-se troncos analógicos de entrada e criava-se assim os sub-ramais.

7 Esta medida solucionou o problema da limitação física mas os usuários perderam funcionalidades importantes, como o DDR, uma vez que a linha estava sendo usada como tronco. Para acessar um usuário específico era preciso chamar um dos códigos de acesso dos troncos, que era atendido por uma telefonista que redirecionava ao usuário pretendido. Com esta nova topologia, não era mais possível identificar o consumo de cada usuário, uma vez que as faturas geradas por cada ramal-tronco mostrava o consumo de diversos usuários.

8 A central existente simula um PABX Físico, ou seja, para acessar a rede pública, era necessário discar o 0. Quando coloca-se estas linhas como tronco em outro PABX físico para um usuário acessar a rede pública ele tinha que discar 0 para que o PABX físico buscasse o tronco e outro para acessar a rede pública.

9 Com o crescimento dos acessos móveis(celular) e o aumento do tráfego destinado a estes, a UFG via suas contas telefônicas crescerem, em valores, acima do que o mercado costuma praticar devido as tarifas de interconexão que as operadoras de telefonia fixa tem que pagar a uma operadora de telefonia móvel, quando um usuário de telefonia fixa completa uma ligação a um acesso móvel. Uma ligação originada num telefone fixo destinada a um acesso móvel torna-se mais cara do que uma ligação originada de um acesso móvel destinado a outro acesso móvel.

10 No mercado em geral ocorreu um movimento no sentido de converter todo o tráfego fixo-móvel para móvel-móvel. Para isto a indústria tecnológica desenvolveu interfaces (hardware) que, uma vez acoplada ao sistema PABX do cliente, permite que as ligações do tipo fixo-móvel fossem convertidas em móvel-móvel. Através desta tecnologia, muitas empresas públicas ou privadas alcançaram grandes reduções nos seus gastos em telecomunicações, no item fixo-móvel, mas havia um impedimento físico para a implementação deste sistema na UFG visto que não existia um PABX físico.

11 Considerando que, além dos problemas citados acima: A tecnologia utilizada é propriedade de apenas uma operadora, na região onde a UFG era atendida, e qualquer processo licitatório resultaria em nenhuma concorrência; Que em decorrência da falta de concorrência, mesmo com o cenário de abertura de mercado, a UFG tornou-se refém da operadora, que podia praticar tarifas e mensalidades que normalmente são empregados apenas para clientes residenciais ou de pequeno porte; As auditorias começaram questionar a renovação dos contratos por inexigibilidade de licitação; A UFG optou por implementar mudanças no seu parque tecnológico de telefonia.

12 Para implementar estas mudanças e elaborar um projeto de migração de tecnologia, era necessário atualizar a topologia da rede, dimensionando todo o sistema e adicionando demanda reprimida; A realidade do parque tecnológico não era conhecida devido a inexistência de plantas da rede de telefonia (Distribuidor Geral, dutos e cabeamentos para as diversas unidades/prédios da UFG). Desconhecia-se: A planta instalada (quantidade de ramais de PABX Virtual); Quais unidades/prédios da UFG utilizavam o recurso de entroncamento de PABX Virtual em PABX analógicos físicos; Porte dos PABXs físicos e quantos sub-ramais foram criados;

13 Uma consultoria especializada em telecomunicações foi contratada para realizar o levantamento da rede existente e a elaboração de um projeto para a escolha da melhor tecnologia a ser adotada; Os resultados esperados para este processo licitatório eram: Atualização tecnológica de todo o parque instalado de telecomunicações, prevendo o atendimento da demanda reprimida e futuras ampliações; Redução dos custos com a ampliação da concorrência; Implementar sistemas de interfaces de comunicação que possibilitassem a conversão do tráfego telefônico do tipo fixomóvel em móvel-móvel;

14 Para que houvesse uma maior concorrência e alcançar melhores resultados para a administração pública, optou-se pelo sistema digital de telefonia que é a tecnologia comum a todas as operadoras; Este sistema consiste no atendimento ao cliente através de links digitais de telefonia e equipamento PABX Digital.

15 Após as providências pertinentes a UFG optou por licitar todo o serviço de telecomunicações com o licitante vencedor executando as mudanças necessárias na rede de infra-estrutura telefônica, bem como o fornecimento de todo hardware necessário na forma de contrato de comodato.

16 O pregão eletrônico foi realizado, mas não houve concorrência. Devido aos altos investimentos exigidos ao licitante vencedor (exigências nas mudanças de rede físicas e cessão de equipamentos ou hardware em regime de comodato), somente um licitante apresentou proposta e ganhou a licitação com o preço máximo; A UFG cancelou a licitação. O licitante vencedor entrou na justiça contestando o cancelamento do processo licitatório, mas não teve êxito.

17 Um novo projeto foi desenvolvido dividendo a licitação em dois processos licitatórios: Rede e Hardware; Serviços. O processo de rede e Hardware foi encaminhado de forma prioritária visto que a mudança do parque tecnológico dependia dele.

18 O processo licitatório com três lotes de PABX para atender Goiânia, Catalão e Jataí, como se segue. Dois PABXs para Goiânia; Um para Catalão; Dois para Jataí. Equipamentos para a ampliação do PABX já existente no Hospital das Clínicas. O HC já possuía a tecnologia digital. O equipamento foi aproveitado, fazendo-se um up grade para atender a demanda reprimida. Interfaces de conversão celular Estes equipamentos serão interligados diretamente aos equipamentos principais PABX para a conversão do tráfego fixo-móvel em móvel-móvel;

19 O processo foi orçado em R$ ,00 e adquirido por R$ ,00, incluindo-se as interfaces de conversão. Os ajustes nas redes de infra-estrutura custaram R$ ,00 para a UFG; O custo global da migração foi de R$ ,00

20 Com as etapas de projeto e licitação concluídas, iniciou-se o processo de implantação e migração do sistema,os quais dependeram de providências inerentes a estes processos: Treinamento e capacitação da equipe técnica responsável para a nova tecnologia; Paralisação temporária do sistema de telefonia de várias unidades durante as instalações; Treinamento de usuários ao novo sistema;

21 RESULTADOS ALCANÇADOS: As primeiras faturas apresentam reduções de despesas em torno de 75%(R$ ,18 nos três primeiros meses de contrato) projetando a amortização dos equipamentos e da infra-estrutura em cinco meses e meio; Esta redução projeta também uma economia anual da ordem de R$ ,00 com serviços de telefonia. Atendimento da demanda reprimida; Equipamentos com tecnologia atualizada e de ponta; Controle da gestão do sistema pela UFG.

22 (REDUÇÃO DE DESPESAS) MÊS/2009 VALOR SEM DESCONTO VALOR COM DESCONTO REDUÇÃO DE CUSTOS Março , , ,51 ABRIL , , ,61 MAIO , , ,06 Total ,18

23 LEITURA DE REFERÊNCIA 03/2007 DESCRIÇÃO UNIDADE DE MEDIDA QTDE. TARIFA MÉDIA (R$) VALOR MENSAL (R$) Assinaturas Mensais DDR Canais , ,21 Assinatura Acessos Celulares Unidade 0 0,00 0,00 Ligações Efetuadas Ligações Locais Min , ,21 DDD Min , ,88 DDI Min ,56 646,20 VC1 Min. 0,78 VCS Min. 1,54 Local (VC1) Min , ,04 DDD (VC2) Min , ,30 DDD (VC3) Min , ,59 TOTAL ,43

24 LEITURA DATA: 05/2009 DESCRIÇÃO CONSUMO / QTDE. TARIFA MÉDI A (R$) VALOR COM DESCONT O (R$) VALOR SEM DESCONTO (R$) REDUÇÃO OBTIDA (R$) DDR 360 7, , , ,66 Assinatura Acessos Celulares 90 6,17 555,30 0,00-555,30 Ligações Locais , , , ,84 DDD , , , ,25 DDI 94 0,79 73,60 146,10 72,50 VC1 9 0,81 7,60 7,36-0,24 VCS , , ,81 613,71 Local (VC1) , , , ,65 DDD (VC2) 0,00 0,00 DDD (VC3) 0,00 0,00 TOTAIS , , ,06

25 OBRIGADO!

RACIONALIZAÇÃO DE DESPESAS COM TELEFONIA ATRAVÉS DA REESTRUTURAÇÃO DOS RECURSOS FÍSICOS E DO SISTEMA DE SERVIÇOS

RACIONALIZAÇÃO DE DESPESAS COM TELEFONIA ATRAVÉS DA REESTRUTURAÇÃO DOS RECURSOS FÍSICOS E DO SISTEMA DE SERVIÇOS 1 RACIONALIZAÇÃO DE DESPESAS COM TELEFONIA ATRAVÉS DA REESTRUTURAÇÃO DOS RECURSOS FÍSICOS E DO SISTEMA DE SERVIÇOS Eng. M. Sc. Leonardo E. Guimarães Prof. Dra. Francis Lee Prof. M. Sc. Marco Paulo Guimarães

Leia mais

A. NOME DA EMPRESA. Transit do Brasil S.A. B. NOME DO PLANO. Plano Básico de Serviço Local. C. IDENTIFICAÇÃO PARA A ANATEL

A. NOME DA EMPRESA. Transit do Brasil S.A. B. NOME DO PLANO. Plano Básico de Serviço Local. C. IDENTIFICAÇÃO PARA A ANATEL A. NOME DA EMPRESA Transit do Brasil S.A. B. NOME DO PLANO Plano Básico de Serviço Local. C. IDENTIFICAÇÃO PARA A ANATEL Plano Básico de Serviço Local. D. MODALIDADE DE STFC COBERTA Plano específico para

Leia mais

Manual do Digitronco. Sumário. A empresa do cliente consegue fazer várias ligações ao mesmo tempo.

Manual do Digitronco. Sumário. A empresa do cliente consegue fazer várias ligações ao mesmo tempo. Manual do Digitronco A empresa do cliente consegue fazer várias ligações ao mesmo tempo. Sumário 1. Introdução... 2 2. Conceito... 2 3. Tecnologia... 4 4. Topologia... 5 5. Diferencial... 6 5.1. Franquia

Leia mais

PLANILHAS DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS ANEXO II

PLANILHAS DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS ANEXO II PLANILHAS DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS ANEXO II PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA O SERVIÇO TELEFÔNICO COMUTADO NA MODALIDADE LOCAL, MEC ITEM 1 - ENTRONCAMENTO DIGITAL 08:00 2.802.562 2,83-1,55 461.928

Leia mais

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa Introdução UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Com o aparecimento dos sistemas de comunicação móvel como a telefonia celular, o termo telefonia fixa passou a ser utilizado para caracterizar

Leia mais

PLANO BÁSICO LOCAL- PB01

PLANO BÁSICO LOCAL- PB01 PLANO BÁSICO LOCAL- PB01 1. EMPRESA ALPHA NOBILIS CONSULTORIA E SERVIÇOS LTDA. - BRASTEL 2. NOME DO PLANO Plano Básico Local 3. MODALIDADE DO STFC COBERTA Local. 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA Habilitação: é o

Leia mais

A. NOME DA EMPRESA. Transit do Brasil S.A. B. NOME DO PLANO. Plano Alternativo Transitel. C. IDENTIFICAÇÃO PARA A ANATEL D. MODALIDADE DE STFC COBERTA

A. NOME DA EMPRESA. Transit do Brasil S.A. B. NOME DO PLANO. Plano Alternativo Transitel. C. IDENTIFICAÇÃO PARA A ANATEL D. MODALIDADE DE STFC COBERTA A. NOME DA EMPRESA Transit do Brasil S.A. B. NOME DO PLANO Plano Alternativo Transitel. C. IDENTIFICAÇÃO PARA A ANATEL PA-27 local. D. MODALIDADE DE STFC COBERTA Plano específico para a modalidade LOCAL.

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E FERRAMENTAS

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E FERRAMENTAS III Congresso Consad de Gestão Pública TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E FERRAMENTAS APLICADAS ÀS COMPRAS Alessandra Baptista Lyrio Giovani Simonassi Nunes José Hermínio Ribeiro Herlon Nardoto Gomes Painel 05/017

Leia mais

Possui todas as facilidades para as comunicações empresariais internas e externas:

Possui todas as facilidades para as comunicações empresariais internas e externas: Descrição: A Família TC Voice Net está dividida em 4 modalidades: TC Voice, TC Voice Net, Voice Net + e VPN Voice Net. O TC Intervox está dividido em 2 modalidades: TC Intervox Comercial e TC Intervox

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

PLANO DE DESCONTO- Bem vindo à Alpha Nobilis PD01

PLANO DE DESCONTO- Bem vindo à Alpha Nobilis PD01 PLANO DE DESCONTO- Bem vindo à Alpha Nobilis PD01 Município de Biritiba-mirim 1. EMPRESA ALPHA NOBILIS CONSULTORIA E SERVIÇOS LTDA. 2. NOME DO PLANO PD01 - Plano de desconto - Bem vindo à Alpha Nobilis.

Leia mais

LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO SEM LIMITES.

LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO SEM LIMITES. v8.art.br LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO SEM LIMITES. www.liguetelecom.com.br 0800 888 6700 VOIP FIXO INTERNET LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO

Leia mais

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Índice A Empresa...03 Serviços Prestados......04 1 Auditoria de faturas...04 2 Elaboração de relatórios gerenciais para gestão

Leia mais

REGULAMENTO (3) Promoção Fale e Navegue à Vontade

REGULAMENTO (3) Promoção Fale e Navegue à Vontade REGULAMENTO (3) Promoção Fale e Navegue à Vontade Esta Promoção é realizada pela Telecomunicações de São Paulo S/A Telesp, com sede na Rua Martiniano de Carvalho, 851 - São Paulo - SP, inscrita no CNPJ

Leia mais

Proposta para Prestação de Serviços

Proposta para Prestação de Serviços Proposta para Prestação de Serviços Implantação de uma Central Telefônica PABX ou IPBX Implantação de Link Digital E1 com 30 canais + 40 números DDR Implantação de Link de Internet Implantação de um software

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL NOVO TERMO DE REFERÊNCIA

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL NOVO TERMO DE REFERÊNCIA 1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL A PREGOEIRA DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL 05 comunica aos interessados que o Pregão acima mencionado,

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 088-LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 088-LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 088-LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Via Fone Fale Simples Modalidade do STFC Local. Descrição Resumida A adesão a este plano

Leia mais

CONFIDENCIAL. São Paulo, 05 de Fevereiro de 2013.

CONFIDENCIAL. São Paulo, 05 de Fevereiro de 2013. São Paulo, 05 de Fevereiro de 2013. À Teperman At.: Vinicius Rua: Leopoldo da Cunha Lima, 235 Tel: (11) 4657-7750 vinicius.cpd@terra.com.br PROPOPOSTA COMERCIAL: CENTRAL DE PABX INTELBRAS IMPACTA A Vivo

Leia mais

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa.

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. PABX Digital PABX Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. O ACTIVE IP é PABX inovador que possibilita a utilização da telefonia IP e convencional garantindo eficiência

Leia mais

PREÇO E TARIFAS APLICÁVEIS AO SERVIÇO PLANO COMERCIAL 21 + PACOTE FIXO-MÓVEL

PREÇO E TARIFAS APLICÁVEIS AO SERVIÇO PLANO COMERCIAL 21 + PACOTE FIXO-MÓVEL SUMÁRIO DAS CONDIÇÕES RELATIVAS À PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES - TELEFONIA PREÇO E TARIFAS APLICÁVEIS AO SERVIÇO PLANO COMERCIAL 21 + PACOTE FIXO-MÓVEL Franquia mensal que contempla pacotes

Leia mais

10/6/2009. Mister Way Tarifador

10/6/2009. Mister Way Tarifador Mister Way Tarifador 1 Como funciona a tarifação A tarifação telefônica funciona através de bilhetes que são enviados da central telefônica para um computador. 2 Bilhetes As informações envidas no bilhete

Leia mais

Seja bem-vindo. Um abraço, Bruno Raposo Diretor de Relacionamento com Clientes. *Serviços gratuitos até junho de 2009.

Seja bem-vindo. Um abraço, Bruno Raposo Diretor de Relacionamento com Clientes. *Serviços gratuitos até junho de 2009. Seja bem-vindo. AGORA VOCÊ FARÁ SUAS LIGAÇÕES COM MUITO MAIS ECONOMIA. A partir de agora, você tem acesso a todos os benefícios do telefone via cabo, que reuniu as tecnologias da Embratel e da NET o NET

Leia mais

PLANO BÁSICO LOCAL (Região III, Setor 3 da Região - I do PGO)

PLANO BÁSICO LOCAL (Região III, Setor 3 da Região - I do PGO) PLANO BÁSICO LOCAL (Região III, Setor 3 da Região - I do PGO) A. Empresa: Oi (Telemar Norte Leste S.A.) B. Nome do Plano: C. Identificação para a Anatel: D. Modalidade do STFC coberta: Local E. Descrição

Leia mais

Resolução nº xxx, de xx de junho de 2013

Resolução nº xxx, de xx de junho de 2013 Resolução nº xxx, de xx de junho de 2013 Aprova alteração dos Anexos I e II do Regulamento de Separação e Alocação de Contas RSAC, aprovado pela Resolução nº 396, de 31 de março de 2005, alterado pela

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 10/2003

RESOLUÇÃO Nº 10/2003 RESOLUÇÃO Nº 10/2003 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal de Viçosa, órgão superior de administração, no uso de suas atribuições legais, considerando a necessidade de otimizar a gestão do sistema

Leia mais

CoIPe Telefonia com Tecnologia

CoIPe Telefonia com Tecnologia CoIPe Telefonia com Tecnologia A proposta Oferecer sistema de telefonia digital com tecnologia que possibilita inúmeras maneiras de comunicação por voz e dados, integrações, recursos e abertura para customizações.

Leia mais

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens Callix PABX Virtual SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens Por Que Callix Foco no seu negócio, enquanto cuidamos da tecnologia do seu Call Center Pioneirismo no mercado de Cloud

Leia mais

PLANOS LOCAIS PARA PRODUTOS DE VOZ AVANÇADA

PLANOS LOCAIS PARA PRODUTOS DE VOZ AVANÇADA PLANOS LOCAIS PARA PRODUTOS DE VOZ AVANÇADA PA 184 Tarifa de habilitação 3.701,65 Assinatura não residencial (até 30 canais) 1.805,07 Tarifa mudança de endereço 2.562,85 Valor do minuto local fixo-fixo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º783/2007. (publicada no DOE nº 194, de 11 de outubro de 2007) Define as políticas para o uso

Leia mais

Tarifação on-line Documentação básica

Tarifação on-line Documentação básica » Produtos / Tarifação on-line Software tarifador de chamadas telefônicas para Centrais Privadas de Comutação Telefônica (CPCT/PABX) com interface WEB. Com o crescente impacto dos custos de telefonia nos

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Fale Light PLANO ALTERNATIVO N 068 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Fale Light PLANO ALTERNATIVO N 068 - LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Fale Light PLANO ALTERNATIVO N 068 - LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano Fale Light PAS 068 Modalidade do STFC Local. Descrição

Leia mais

Prefeitura Municipal de Rio Verde - Goiás Comissão Permanente de Licitação

Prefeitura Municipal de Rio Verde - Goiás Comissão Permanente de Licitação 1 PROCESSO Nº 2015001026 Prefeitura Municipal de Rio Verde - PREGÃO PRESENCIAL Nº011/2015, Registro de preços para contratação de empresa especializada na prestação de serviço de telefonia fixa comutado,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011. Sistema Serviços Gerais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011. Sistema Serviços Gerais INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011 Versão: 01 Aprovação em: 10/10/2011 Unidade Responsável: Coordenadoria de Administração - CAD SSG: Sistema Serviços Gerais I FINALIDADE Dispor sobre as normas e procedimentos

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 093-LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 093-LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 093-LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano 093 Local Modalidade do STFC Local. Descrição Resumida A adesão a este plano de serviço

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO DESTINAÇÃO Local Unidades Executivas Campo Grande/MS Unidade Executiva Dourados/MS Unidade Executiva Três Lagoas/MS Aparelho Smartphone com CHIP GSM Aparelho convencional

Leia mais

Vendas (11) 4318-0643 - www.idealvoz.com.br

Vendas (11) 4318-0643 - www.idealvoz.com.br A Ideal Voz se diferencia do mercado por ser o único Agente Claro Empresas do Brasil que também atende as marcas Embratel e Net. Com um único atendimento podemos fornecer soluções em telefonia móvel e

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA/PROJETO BÁSICO

TERMO DE REFERÊNCIA/PROJETO BÁSICO TERMO DE REFERÊNCIA/PROJETO BÁSICO 1. OBJETO 1.1. GRUPO 1 1.1.1. Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), modalidade LOCAL; fixo-fixo e fixo-móvel, e modalidade LONGA DISTÂNCIA NACIONAL (LDN), intra-regional

Leia mais

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar?

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar? 1 Conheça o sistema de Voz sobre IP (ou VOIP) O que é Voz sobre IP / Voz sobre Internet Protocolo? R. Voz sobre IP permite que você faça ligações telefônicas utilizando uma rede de computadores, como a

Leia mais

ANEXO DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS

ANEXO DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ANEXO DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS 1 DAS DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS 1.1 - Terminal Fixo Comutado de Telefonia, assim entendido como terminal convencional, linha telefônica

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA

PODER JUDICIÁRIO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA FOLHA DE INFORMAÇÃO PA 30.065/2013 Pregão Eletrônico nº 059/2013 Objeto: Contratação de serviço especializado, continuado, de telefonia fixa, comutada STFC nas modalidades local (troncos digitais e linhas

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO PARA CHAMADA LONGA DISTÂNCIA NACIONAL

PLANO ALTERNATIVO PARA CHAMADA LONGA DISTÂNCIA NACIONAL PLANO ALTERNATIVO PARA CHAMADA LONGA DISTÂNCIA NACIONAL PLANO ALTERNATIVO N 243 - LDN 1. EMPRESA Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. 2. NOME DO PLANO Plano PAS 243 LD 3. MODALIDADE DO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL)

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL) REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital do Pregão Eletrônico nº. 028/2015, Processo Administrativo nº 27831/2013, cujo objeto é a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERANTIVO N 036 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERANTIVO N 036 - LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERANTIVO N 036 - LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano NET FONE VIA EMBRATEL PAS 036 Modalidade

Leia mais

Guia do serviço SMP Corporativo

Guia do serviço SMP Corporativo Guia do serviço SMP Corporativo Versão 02 Introdução Esse guia tem o intuito de apresentar o funcionamento e os procedimentos da gestão do novo contrato do Serviço de Telefonia Móvel corporativo da Unicamp.

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul 1 ANEXO VII QUADRO DE QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DOS ITENS Item Produto Quantidade 1 Aparelhos IP, com 2 canais Sip, visor e teclas avançadas, 2 70 portas LAN 10/100 2 Servidor com HD 500G 4 GB memória

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano PLANO ALTERNATIVO LOCAL PLANO Nº 032 A. Empresa: OI (TELEMAR NORTE LESTE S.A.), autorizatária do Serviço Telefônico Fixo Comutado na Modalidade Local, na Região III e no Setor 3 da Região 1 do Plano Geral

Leia mais

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA 1. Implantação de Sistema de Call Center 1.1. O software para o Call Center deverá ser instalado em servidor com sistema operacional Windows (preferencialmente

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Telefonia Fixa e sua regulamentação no Brasil.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Telefonia Fixa e sua regulamentação no Brasil. Telefonia Fixa no Brasil Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Telefonia Fixa e sua regulamentação no Brasil. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE 81) tendo

Leia mais

Necessidade de Separação dos Subtipos de Ligações VC2 e VC3 TELEFÔNICA BRASIL S/A

Necessidade de Separação dos Subtipos de Ligações VC2 e VC3 TELEFÔNICA BRASIL S/A Necessidade de Separação dos Subtipos de Ligações VC2 e VC3 TELEFÔNICA BRASIL S/A 1) Planilha de formação de preços. Falta de Minutagem dos sub-tipos de ligações vc1, vc2 e vc3. O Anexo V do Termo de Referência

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 002/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 002/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 002/2013 EDITAL DE LICITAÇÃO N. º 138/2012 MODALIDADE DE PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO Nº 2012.0045.4881 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos 04 (quatro) dias do mês de fevereiro de

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL PLANO ALTERNATIVO N 236 - LD

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL PLANO ALTERNATIVO N 236 - LD PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL PLANO ALTERNATIVO N 236 - LD 1. EMPRESA Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. 2. NOME DO PLANO Plano PAS 236 LDN 3. MODALIDADE DO

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011 1. Quantos feixes digitais do tipo E1 R2MFC, deverão ser fornecidos? RESPOSTA: De acordo com a área técnica solicitante dos serviços, deverão

Leia mais

DESCRITIVO DO PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Nº 150

DESCRITIVO DO PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Nº 150 DESCRITIVO DO PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Nº 50 A. Empresa: Oi (Telemar Norte Leste S.A.) B. Nome do Plano: Plano Alternativo de Serviço n.º 50 Franquia 500 minutos Internet sem Limites + Franquia VC

Leia mais

PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS

PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS Pergunta 1 Qual o valor estimado para a contratação? PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS Resposta 1 O valor estimado consta do respectivo processo licitatório, que poderá ser consultado no endereço

Leia mais

PLANO BÁSICO DE SERVIÇO LONGA DISTÂNCIA NACIONAL - STFC

PLANO BÁSICO DE SERVIÇO LONGA DISTÂNCIA NACIONAL - STFC PLANO BÁSICO DE SERVIÇO LONGA DISTÂNCIA NACIONAL - STFC Este Plano Básico de Serviço visa oferecer aos assinantes do Serviço de Telefonia Fixa Comutada (STFC), a possibilidade de realizar chamadas na modalidade

Leia mais

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR fevereiro/2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 QUEM SOMOS?... 4 3 PRODUTOS... 5 3.1 SMS... 6 3.2 VOZ... 8 3.3 INFRAESTRUTURA... 12 3.4 CONSULTORIA... 14 4 SUPORTE... 14

Leia mais

ESCLARECIMENTOS DE IMPUGNAÇÕES. Em resposta as IMPUGNAÇÕES interpostas pelas empresas CLARO, VIVO, Oi EMBRATEL.

ESCLARECIMENTOS DE IMPUGNAÇÕES. Em resposta as IMPUGNAÇÕES interpostas pelas empresas CLARO, VIVO, Oi EMBRATEL. CIRCULAR nº. 03/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 150/2010 OBJETO: Contratação de empresas especializadas na prestação de serviço de Telefonia Fixa Comutada (STFC) na modalidade local, LDN e LDI sobre entroncamento

Leia mais

Entendendo o Sistema

Entendendo o Sistema Entendendo o Sistema Passos para Venda: 1. O profissional escolhido efetua o cadastro na JG, se tornando um parceiro e vendedor. 2. O Parceiro visita empresas potenciais 3. O parceiro fecha um plano com

Leia mais

Regra do SERVIÇO VIVO GESTÃO

Regra do SERVIÇO VIVO GESTÃO Regras do serviço VIVO GESTÃO Serviço que permite controlar o uso e o gasto do tráfego voz dos celulares da sua Empresa em todo o Brasil. Através do serviço Vivo Gestão, a empresa configura via internet,

Leia mais

ANEXO I - Planilha para formação de preços ITEM 01 Serviço Telefônico Fixo Comutado STFC na modalidade Local (PABX ANEEL) Com Im

ANEXO I - Planilha para formação de preços ITEM 01 Serviço Telefônico Fixo Comutado STFC na modalidade Local (PABX ANEEL) Com Im ANEXO I Planilha para formação de preços ITEM 01 Serviço Telefônico Fixo Comutado STFC na modalidade Local (PABX ANEEL) Com Im ITEM FIXO (A) Descrição Cobrado uma única vez QTD Preço Unitário Instalação

Leia mais

Agradecemos antecipadamente a sua atenção e nos colocamos a sua disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários.

Agradecemos antecipadamente a sua atenção e nos colocamos a sua disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários. João Pessoa - PB, 10 de Maio de 2011. A: INFOWORK A/C: SR. WAGNER Prezado Sr. Apresentamos a seguir a proposta comercial da oferta Vip Empresarial 10 Mb, que atende a todas as necessidades de sua empresa,

Leia mais

Planos Promocionais de Fornecimento de Infra-estrutura de Acesso a Serviços Internet de Banda Estreita 1

Planos Promocionais de Fornecimento de Infra-estrutura de Acesso a Serviços Internet de Banda Estreita 1 São Paulo, 22 de julho de 2003 Planos Promocionais de Fornecimento de Infra-estrutura de Acesso a Serviços Internet de Banda Estreita 1 Telecomunicações de São Paulo S.A - TELESP. ( Telesp ) e Telefônica

Leia mais

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009 O DIRETOR GERAL do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes

Leia mais

Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon

Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon Planos de Expansão de Telefonia Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor Secretaria Nacional do Consumidor Ministério da Justiça Apresentação

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO A presente licitação tem como objeto a contratação de empresa, especializada e devidamente autorizada pela ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicações, prestadora

Leia mais

RETIFICAÇÃO N 01 PREGÃO PRESENCIAL Nº 013/2013 PROCESSO Nº 022/2013 SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇO TIPO: Menor Preço

RETIFICAÇÃO N 01 PREGÃO PRESENCIAL Nº 013/2013 PROCESSO Nº 022/2013 SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇO TIPO: Menor Preço RETIFICAÇÃO N 01 PREGÃO PRESENCIAL Nº 013/2013 PROCESSO Nº 022/2013 SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇO TIPO: Menor Preço O MUNICÍPIO DE MONSENHOR PAULO, através de sua Comissão Permanente de Licitação, torna

Leia mais

Economizar com tecnologia é muito simples!

Economizar com tecnologia é muito simples! Economizar com tecnologia é muito simples! O Tartitron Flex é um software que calcula bilhetes telefônicos de todos os tipos de ligações local, DDD, DDI, Celular e VoIP, gerando dados para um perfeito

Leia mais

PLANO BÁSICO DE SERVIÇO LOCAL - STFC

PLANO BÁSICO DE SERVIÇO LOCAL - STFC PLANO BÁSICO DE SERVIÇO LOCAL - STFC Este Plano Básico de Serviço visa oferecer aos assinantes do Serviço de Telefonia Fixa Comutada (STFC), a possibilidade de realizar chamadas na modalidade Local, através

Leia mais

PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 01 PE Nº 03/2013

PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 01 PE Nº 03/2013 PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 01 PE Nº 03/2013 Considerando o posicionamento enviado pela área técnica desta CGU-PR, segue abaixo a resposta ao Pedido Esclarecimento nº 01 PE nº 03/2013: QUESTIONAMENTO 01:

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA N 27/2011 PREGÃO ELETRÔNICO N 03/2011 PROCESSO N 53532.002765/2011

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA N 27/2011 PREGÃO ELETRÔNICO N 03/2011 PROCESSO N 53532.002765/2011 1. APRESENTAÇÃO/JUSTIFICATIVA 1.1 O presente procedimento licitatório tem por objetivo a contratação da prestação do Serviço Telefônico Fixo Comutado STFC, nas modalidades Local e Longa Distância Nacional

Leia mais

ERRATA DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2015 CSL/SECID PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 0132393/2015/SECID

ERRATA DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2015 CSL/SECID PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 0132393/2015/SECID ERRATA DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2015 CSL/SECID PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 0132393/2015/SECID O PREGOEIRO OFICIAL DA SECRETARIA DE ESTADO DAS CIDADES E DESENVOLVIMENTO URBANO SECID, COMUNICA

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO CLARO FONE FALE ON NET PLANO ALTERNATIVO N 110 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO CLARO FONE FALE ON NET PLANO ALTERNATIVO N 110 - LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO CLARO FONE FALE ON NET PLANO ALTERNATIVO N 110 - LC Empresa Empresa Claro S/A, incorporadora da Embratel S.A., autorizada do STFC na modalidade Local. Nome do Plano Plano CLARO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 006/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 030/2015

CHAMADA PÚBLICA PARA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 006/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 030/2015 CHAMADA PÚBLICA PARA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 006/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 030/2015 OBJETO: Contratação da prestação de serviços continuados de telecomunicações de voz e dados, para atender

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO - VOZ TOTAL -

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO - VOZ TOTAL - CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO - VOZ TOTAL - Pelo presente contrato de prestação de serviço ( CONTRATO ), de um lado, a COMPANHIA DE TELECOMUNICAÇÕES DO BRASIL CENTRAL, prestadora de serviços de telecomunicações,

Leia mais

A TELEMAR NORTE LESTE S/A

A TELEMAR NORTE LESTE S/A Belo Horizonte, 18 de dezembro de 2012. À EMATER-MG Ref.: Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) A TELEMAR NORTE LESTE S/A, sociedade anônima prestadora de serviços de telecomunicações, regularmente

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA ESTADO DE MINAS GERAIS

CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA ESTADO DE MINAS GERAIS ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 13/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2014 I - DO OBJETO Tem por objetivo a presente licitação a contratação de empresa prestadora de serviços de telecomunicações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00007/2013 (SRP)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00007/2013 (SRP) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino-Americana Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00007/2013 (SRP) Às 16:55 horas do dia 26 de março de 2013, após analisado o resultado

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO N 095-LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO N 095-LC Empresa PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO N 095-LC Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano NET FONE VIA EMBRATEL PAS 095-LC Modalidade

Leia mais

PLANO BÁSICO DE LOCAL

PLANO BÁSICO DE LOCAL PLANO BÁSICO DE LOCAL Município de Biritiba-mirim 1. EMPRESA ALPHA NOBILIS CONSULTORIA E SERVIÇOS LTDA. 2. NOME DO PLANO Plano Básico de Serviço Local Município de Biritiba-mirim. 3. MODALIDADE DO STFC

Leia mais

MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. PROTEJA MELHOR OS PABXS DA SUA EMPRESA CONTRA FRAUDES E EVITE PREJUÍZOS.

MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. PROTEJA MELHOR OS PABXS DA SUA EMPRESA CONTRA FRAUDES E EVITE PREJUÍZOS. MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. PROTEJA MELHOR OS PABXS DA SUA EMPRESA CONTRA FRAUDES E EVITE PREJUÍZOS. MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. Caro cliente, Para reduzir

Leia mais

INFINITY TARIFADOR ALTIS. Mais que um Tarifador, é a evolução na gestão em telecomunicações.

INFINITY TARIFADOR ALTIS. Mais que um Tarifador, é a evolução na gestão em telecomunicações. TARIFADOR ALTIS INFINITY Mais que um Tarifador, é a evolução na gestão em telecomunicações. O Tarifador Altis Infinity foi desenvolvido para atender empresas de qualquer porte, podendo controlar uma ou

Leia mais

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial REDES CORPORATIVAS Presente no mercado há 31 anos, a Compugraf atua em vários segmentos da comunicação corporativa, oferecendo serviços e soluções de alta tecnologia, com reconhecida competência em diversos

Leia mais

Serviço fone@rnp: descrição geral

Serviço fone@rnp: descrição geral Serviço fone@rnp: descrição geral Este documento descreve o serviço de Voz sobre IP da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. RNP/REF/0347 Versão Final Sumário 1. Apresentação... 3 2. Definições... 3 3. Benefícios

Leia mais

Custos de Telecomunicações - Uma Gestão Administrativa

Custos de Telecomunicações - Uma Gestão Administrativa Custos de Telecomunicações - Uma Gestão Administrativa Este tutorial se propõe a mostrar a importância de uma gestão administrativa acoplada a área de telecomunicações para uma gestão de custos eficiente.

Leia mais

PROPOSTA FEBRABAN LAYOUT CONTA ÚNICA

PROPOSTA FEBRABAN LAYOUT CONTA ÚNICA PROPOSTA FEBRABAN LAYOUT CONTA ÚNICA Padronização Versão 2 4/08/200 Um sistema financeiro saudável, ético e eficiente é condição essencial para o desenvolvimento econômico e social do País Objetivos Estabelecer

Leia mais

APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA VOIP NA GESTÃO ESTRATÉGICA DA EMPRESA: ESTUDO DE CASO NA EMPRESA KONTAK

APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA VOIP NA GESTÃO ESTRATÉGICA DA EMPRESA: ESTUDO DE CASO NA EMPRESA KONTAK XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA VOIP NA GESTÃO ESTRATÉGICA DA EMPRESA: ESTUDO DE CASO NA EMPRESA KONTAK marcelo eloy fernandes (unimep) marceloeloyfernandes@hotmail.com

Leia mais

ROTINA GERAL DE USO DO SISTEMA TELEFÔNICO

ROTINA GERAL DE USO DO SISTEMA TELEFÔNICO ROTINA GERAL DE USO DO SISTEMA TELEFÔNICO 1. INTRODUÇÃO As pequenas, médias ou grandes empresas, dependem substancialmente de um bom sistema de comunicações, adequadamente projetado e operado. Os sistemas

Leia mais

REGULAMENTO. Promoção Forme o Seu TRIO

REGULAMENTO. Promoção Forme o Seu TRIO REGULAMENTO Promoção Forme o Seu TRIO Esta Promoção é realizada pela TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S/A Telesp, com sede na Rua Martiniano de Carvalho, 851, São Paulo/SP, CNPJ/MF nº 02.558.157/001-62, (doravante

Leia mais

Pense soluções. Lembre Leucotron

Pense soluções. Lembre Leucotron Pense soluções. Lembre Leucotron Resultados da Lei de Informática Lúcia Paixão e Dilson Frota Orientação para o desenvolvimento A Leucotron sempre foi orientada para o desenvolvimento. A Lei de Informática

Leia mais

Anexo XIII. São Paulo, 04 de Junho de 2009. Proposta Comercial Serviço 0800 Inteligente. Prezado(a) Sr(a).

Anexo XIII. São Paulo, 04 de Junho de 2009. Proposta Comercial Serviço 0800 Inteligente. Prezado(a) Sr(a). São Paulo, 04 de Junho de 2009. Proposta Comercial Serviço 0800 Inteligente Prezado(a) Sr(a). Apresentamos a seguir a proposta comercial do Serviço 0800 Inteligente destacando as vantagens de se ter os

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS PR/OI/1-HNJXVY/2014 CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS Pregão Presencial N.º 001/2014 LOTE Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à internet. Abertura:

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO PLURI NOVOS PACOTES

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO PLURI NOVOS PACOTES REGULAMENTO DA PROMOÇÃO PLURI NOVOS PACOTES 1. Das Partes do Objeto e do Prazo da Promoção: BRASIL TELECOM S.A., prestadora do serviço de telecomunicações denominado STFC - Serviço Telefônico Fixo Comutado

Leia mais

Distribuidor Geral de Linhas e ramais telefônicos.

Distribuidor Geral de Linhas e ramais telefônicos. Proposto por: Equipe do Departamento de Segurança Eletrônica e de Telecomunicações (DETEL) Analisado por: Diretor do Departamento de Segurança Eletrônica e de Telecomunicações (DETEL) Aprovado por: Diretor

Leia mais

POLÍTICA COMERCIAL NOVEMBRO CANAIS INDIRETOS

POLÍTICA COMERCIAL NOVEMBRO CANAIS INDIRETOS ADA LIGHT VOZ AVANÇADA Franquia Mensalidade Minuto no Plano Minuto Excedente 2.000 3.000 4.500 6.500 9.500 Franquia Local R$ 489,00 R$ 552,00 R$ 599,00 R$ 662,00 R$ 0,24450 R$ 0,18400 R$ 0,13311 R$ 0,10185

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 009 - Plano Conta Light Requerimento de Homologação Nº 3556 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária 14 BRASIL

Leia mais

Minuta de Contrato Administrativo n. ***/2013 CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO:

Minuta de Contrato Administrativo n. ***/2013 CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO: Minuta de Contrato Administrativo n. ***/2013 Compromisso celebrado entre [nome da CONTRATANTE], localizada à [inserir endereço completo], inscrita no [caso Administração indireta inserir número do CNPJ],

Leia mais

TELEFONE FIXO E TELEFONE CELULAR... PLANOS ALTERNATIVOS...

TELEFONE FIXO E TELEFONE CELULAR... PLANOS ALTERNATIVOS... Apresentação 03 Interurbano 04 Planos alternativos 06 Telefone fixo e telefone celular 07 O peso das distâncias 08 Horário comercial x Horário reduzido 09 Consumo automático 10 Promoções 11 Escolha consciente

Leia mais

Departamento Central de Aquisições

Departamento Central de Aquisições Departamento Central de Aquisições Processo nº: 00877-7.2008.001 Pregão Presencial nº 017/2008 COMUNICADO Informo aos interessadas em participar do Pregão Presencial nº 17/2008 que a empresa BCP S/A (CLARO

Leia mais