EDUCAÇAO AMBIENTAL NA ESCOLA Perspectivas de mudanças comportamentais na alimentação e convívio social.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDUCAÇAO AMBIENTAL NA ESCOLA Perspectivas de mudanças comportamentais na alimentação e convívio social."

Transcrição

1 EDUCAÇAO AMBIENTAL NA ESCOLA Perspectivas de mudanças comportamentais na alimentação e convívio social. Glauco Yves Gomes dos Santos Rocha, Graduado do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de Alagoas-CECA, Rio Largo, AL, (082) , Profª. Drª.Lígia Sampaio Reis, Campus Delza Gitai, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Alagoas, Rio Largo, AL, Resumo O presente trabalho surgiu da necessidade de capacitar os professores, alunos e pais com relação à formação de uma horta orgânica, um trabalho de educação ambiental, coleta seletiva e reciclagem do lixo desta maneira gerando uma melhoria no comportamento em relação ao meio ambiente. Observando o espaço físico existente na Escola Especial Professor Wandette Gomes de Castro, os professores que participam do Programa de Educação Ambiental Lagoa Viva com parceria do aluno graduando de Engenharia Agronômica, também participante do Programa Lagoa Viva, desenvolveram um projeto de capacitação para atender as necessidades da realidade citada, criando assim, uma alternativa de aulas práticas- teóricas que desenvolverá nos professores, alunos e pais mudanças de comportamento através de aprendizagem sobre o meio ambiente e formação de um mercado informal com alimentos. Justificativa O projeto educação ambiental na escola perspectivas de mudanças comportamentais na alimentação e convívio social, justifica-se pela necessidade de perspectivas de um futuro e um ambiente de estudo para professores, alunos e pais gerando a inclusão social de crianças e jovens especiais, além de gerar oportunidades de ocupação sobre sustentabilidade, aprendizagem de hábitos alimentares saudáveis, mercado informal e um campo extra classe de atividade pedagógica (BRANDÃO, C.I.; BRANDÃO, R.F, 1996). Observando o espaço físico existente na escola para o desenvolvimento de uma horta orgânica, um trabalho de educação ambiental, coleta seletiva e reciclagem do lixo juntamente com os professores que participam do Programa de Educação Ambiental Lagoa Viva com parceria do graduando de Engenharia Agronômica, também participante do Programa Lagoa Viva, elaboraram um projeto para atender as necessidades da realidade citada, criando assim, uma alternativa de aulas práticas - teóricas que capacite os professores e pais para inclusão dos alunos especiais nas atividades relacionadas ao meio ambiente tendo a formação de um mercado informal de produtos orgânicos. Objetivos Geral:

2 Capacitar os professores, alunos e pais da Escola Especial a cultivar produtos orgânicos na horta e produzir através da atividade de educação ambiental uma melhoria de comportamento ambiental, hábitos alimentares mais saudáveis, campo de atividades pedagógicas para os alunos e gerar renda para a escola, tornando-os multiplicadores dessa técnica e incentivando o interesse pela educação ambiental melhorando sua qualidade de vida, sendo assim um campo de vivência para o graduando do curso de agronomia. Específicos: 1. Ensinar técnicas para produção de horta orgânica; 2. Preparar irrigação de baixo custo utilizando a reciclagem; 3. Ensinar o manejo do solo; 4. Produzir adubo orgânico pela compostagem e ensinar a aplicação de adubo químico no solo; 5. Coleta seletiva do lixo; 6. Reciclagem do lixo; 7. Desenvolver oficinas com os setores de artes plásticas e cozinha experimental; 8. Aplicar as boas práticas no processo de formação de alimentos na cozinha experimental; 9. Estimular a busca de novos recursos pedagógicos para portadores de necessidades especiais utilizando a Matemática; 10. Formar um mercado informal com o excedente dos alimentos que não foram absorvidos pela cozinha experimental. Metodologia A metodologia e diretrizes adotadas permitirão o envolvimento de alunos, professores e pais em um trabalho multidisciplinar em que todos os envolvidos se comprometeram em realizar os objetivos propostos. Para o cumprimento das atividades realizadas serão desenvolvidos tabelas, textos explicativos e aulas práticas na capacitação dos professores, pais e alunos monitores que repassará para os alunos. Utilizando esses recursos será ensinado como plantar hortaliças, manejo com as culturas, época de plantio, plantios de mudas frutíferas, jardinagem etc. A escola disponibilizou área para a elaboração da horta, atividade de educação ambiental, coleta seletiva e reciclagem do lixo capacitando professores, principalmente os

3 envolvidos no Programa de Educação Ambiental Lagoa Viva e materiais para a realização da atividade. Serão plantadas algumas mudas na horta que serão elas: couve, pimentão, tomate, cebolinha, macaxeira e coentro. Utilizando como adubo orgânico, esterco de gado doado, pela Fazenda 5 irmãos do Município de Cajueiro do Estado de Alagoas misturado a compostagem (que foi desenvolvida na escola seguindo a recomendação de Fernandes, 1985) para que aumente a quantidade de decompositores da matéria orgânica. Formação de um mercado informal com os alunos monitores e tudo que for produzido na horta serão destinadas à cozinha experimental para que seja agregado valor ao produto e aumente assim o lucro, logo todos os alunos envolvidos receberão uma gratificação para que tenha um maior incentivo e desejo pelo projeto. Realizará auto avaliação constante do projeto, através de debates com a direção da escola e a orientadora do projeto e um relatório final, a fim de proporcionar continuidade aos trabalhos. Obedecendo as recomendações da Embrapa, Luz (1998) e Secretaria de Agricultura, pecuária e abastecimento para manejo ideal na obtenção de bons resultados das culturas que serão trabalhadas. Será coletado amostras de solo da escola para ser analisada nos laboratórios de Química do Solo e Fitopatologia do Centro de Ciências Agrárias, para posteriormente serem tomadas as medidas mais precisas e implantar o uso, manejo de conservação do solo com um maior monitoramento. Na elaboração paisagística será implantado um jardim que contenha forma geométrica, utilizando fruteiras, e de espaçamento para fornecer aos alunos um campo de estudo matemático. Para coleta seletiva do lixo será realizado uma palestra educativa, ministrada pelo graduando de agronomia, para os professores, alunos e pais no pátio interno da escola, onde nas 10 bombonas, doadas pela Empresa Braskem, que já estão em locais definido uma identificando plástico e outra papel. Todo o material recolhido será vendido para empresas que trabalham com esses materiais. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

4 MÊS/ANO ATIVIDADES MAI JUN JUL AGOS SET OUT NOV DEZ Analise do solo X X X Plantio das fruteiras X X X X X X X Desenvolvimento da sementeira Marcação e formação dos canteiros da horta X X X X X X X X X X X X X X X X Preparo do solo X X X X X X X Plantio da horta X X X X X Desenvolvimento do projeto paisagístico Prensa das garrafas para venda Formação do mercado informal X X X X X X X X X X X X X X X X X Preparo do relatório X X X X Divulgação em Congresso X X X X REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRANDÃO, C.I.; BRANDÃO, R.F. Alimentação Alternativa, Centro de Pastoral Popular.Editora Redentorista. Brasília

5 DUTRA-DE-OLIVEIRA, J.E; CUNHA, S.F.C; MARCHINI, J.S. A Desnutrição dos Pobres e dos Ricos: Dados sobre a alimentação no Brasil. Editora Sarvier. São Paulo.Brasil DUTRA-DE-OLIVEIRA, J. E; MARCHINI, J.S.Ciências Nutricionais. Editora Sarvier. São Paulo.Brasil Embrapa - Centro Nacional Pesquisa Hortaliças Horta Escolar, Secretaria de Educação, Cultura e Esportes Prefeitura Municipal de Jundiaí, LUZ, V.P. Técnicas Agrícolas. 9ª edição. Volume1. Editora Ática Ministério da Saúde, Alimentos regionais, Versão preliminar, Brasília, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Alimentos Regionais. Versão preliminar. Brasília MINISTÉRIO DA SAÚDE. Política nacional de alimentação e nutrição. Brasília, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Como evitar a Deficiência de Iodo. Programa de Controle da Qualidade do Sal. Brasília NOBREGA, F.I. Distúrbios da nutrição. Editora Revinter. Rio de janeiro SILVA, R.C.S; SANTOS, T. Alimentação escolar no Estado do Rio de Janeiro. Anais do XV Congresso brasileiro de Nutrição. Brasília, Secretaria de Agricultura, pecuária e abastecimento

EDUCAÇÃO AMBIENTAL DESENVOLVIDA ATRAVÉS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA Promove mudança comportamental de alunos da rede pública.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL DESENVOLVIDA ATRAVÉS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA Promove mudança comportamental de alunos da rede pública. EDUCAÇÃO AMBIENTAL DESENVOLVIDA ATRAVÉS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA Promove mudança comportamental de alunos da rede pública. Glauco Yves Gomes dos Santos Rocha, Graduado do curso de Engenharia Agronômica da

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO 1 ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PROJETO INTERDISCIPLINAR HORTA EM GARRAFA PET: UMA ALTERNATIVA PARA A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE IVINHEMA/MS - DISTRITO DE AMANDINA 2013 2 ESCOLA ESTADUAL

Leia mais

Implantação e manutenção de uma horta comunitária na APAE de Bambuí MG

Implantação e manutenção de uma horta comunitária na APAE de Bambuí MG VIII SEMANA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO IFMG-CAMPUS BAMBUÍ II MOSTRA DE EXTENSÃO Implantação e manutenção de uma horta comunitária na APAE de Bambuí MG Bruno Dorneles de Oliveira¹; Eduardo Castelar Silva

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE ( X ) CURTA DURAÇÃO ( ) LONGA DURAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE ( X ) CURTA DURAÇÃO ( ) LONGA DURAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE ( X ) CURTA DURAÇÃO ( ) LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Horta: Fazendo em casa o que se aprende na Entidade

Mostra de Projetos 2011. Horta: Fazendo em casa o que se aprende na Entidade Mostra de Projetos 2011 Horta: Fazendo em casa o que se aprende na Entidade Mostra Local de: Dois Vizinhos Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

Curso de Qualificação Profissional: AGROECOLOGIA E AGRICULTURA FAMILIAR

Curso de Qualificação Profissional: AGROECOLOGIA E AGRICULTURA FAMILIAR Curso de Qualificação Profissional: AGROECOLOGIA E AGRICULTURA FAMILIAR Justificativa: A agricultura familiar é responsável por parte considerável da produção agrícola do país, abastecendo principalmente

Leia mais

Governador do Estado de Goiás Dr. Alcides Rodrigues Filho. Secretária de Educação Milca Severino Pereira

Governador do Estado de Goiás Dr. Alcides Rodrigues Filho. Secretária de Educação Milca Severino Pereira Governador do Estado de Goiás Dr. Alcides Rodrigues Filho Secretária de Educação Milca Severino Pereira Gerente de Alimentação e Nutrição Escolar Neusa Maria Silveira de Almeida Núcleo de Supervisão da

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DOMINGOS DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DOMINGOS DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE Projeto Acondicionamento Correto de Resíduos Sólidos SUMARIO Introdução...04 Justificativa...05 Objetivos...06 Metodologia...07 Cronograma Físico...08 Parcerias...09 Anexos...10 I) IDENTIFICAÇÃO Secretaria

Leia mais

TÍTULO: AUTORES: ÁREA TEMÁTICA: RESUMO

TÍTULO: AUTORES: ÁREA TEMÁTICA: RESUMO TÍTULO: HORTA COMUNITÁRIA NOS ASSENTAMENTOS RURAIS NO MUNICÍPIO PITIMBU/PB. AUTORES: Wedja S.da Silva; Marcelo R.da Silva; Macilene S.da Silva; Analice M. da Silva; Francisco B. Silva; Jaidenilson V.de

Leia mais

Sete Lagoas e o resgate da cidadania. Prefeitura ativa. Cidade viva.

Sete Lagoas e o resgate da cidadania. Prefeitura ativa. Cidade viva. Sete Lagoas e o resgate da cidadania Prefeitura ativa. Cidade viva. APRESENTAÇÃO A Prefeitura Municipal de Sete Lagoas, Minas Gerais, está desenvolvendo uma ação abrangente de resgate da cidadania, que

Leia mais

SILVEIRA-FILHO, José 1. Educação da Prefeitura Municipal de Fortaleza. jsilveira.filho@yahoo.com.br

SILVEIRA-FILHO, José 1. Educação da Prefeitura Municipal de Fortaleza. jsilveira.filho@yahoo.com.br A HORTA ORGÂNICA ESCOLAR COMO ALTERNATIVA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E DE CONSUMO DE ALIMENTOS SAUDÁVEIS PARA ALUNOS DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE FORTALEZA, CEARÁ, BRASIL. SILVEIRA-FILHO, José 1 1 Professor MagDou13,

Leia mais

Educação para Sustentabilidade Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina

Educação para Sustentabilidade Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Auditório da Secretaria de Educação do Município de Maceió Educador Ambiental: Marcos Wilson Pires Cidade: Maceió (Alagoas)

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL O presente Programa é um instrumento que visa à minimização de resíduos sólidos, tendo como escopo para tanto a educação ambiental voltada

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Eu e a Terra - Horta da Escola

Mostra de Projetos 2011. Eu e a Terra - Horta da Escola Mostra de Projetos 2011 Eu e a Terra - Horta da Escola Mostra Local de: Umuarama Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Colégio Estadual

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES BASICAS NA AGRICULTURA PELOS ALUNOS DA APAE: CONQUISTAS ALCANÇADAS NO ANO 2012

DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES BASICAS NA AGRICULTURA PELOS ALUNOS DA APAE: CONQUISTAS ALCANÇADAS NO ANO 2012 DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES BASICAS NA AGRICULTURA PELOS ALUNOS DA APAE: CONQUISTAS ALCANÇADAS NO ANO 2012 SANTOS (1), Jonnathan Whiny Moraes dos MENDONÇA (2), Rejane Maria Nunes DAXENBERGER (3), Ana

Leia mais

Escola Municipal José Clarindo Gomes RESGATE E VALORIZAÇÃO DAS PLANTAS MEDICINAIS, COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Escola Municipal José Clarindo Gomes RESGATE E VALORIZAÇÃO DAS PLANTAS MEDICINAIS, COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Escola Municipal José Clarindo Gomes RESGATE E VALORIZAÇÃO DAS PLANTAS MEDICINAIS, COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Cabo de Santo Agostinho, 2010. Local O Projeto será desenvolvido na Escola Municipal

Leia mais

Projeto Horta Comunitária: promovendo saúde e bem estar social

Projeto Horta Comunitária: promovendo saúde e bem estar social Projeto Horta Comunitária: promovendo saúde e bem estar social Mostra Local de: Arapongas Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Centro

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Escola Sustentável

Mostra de Projetos 2011. Escola Sustentável Mostra de Projetos 2011 Escola Sustentável Mostra Local de: Campina Grande do Sul Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Colégio Estadual

Leia mais

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES. NEI João Machado da Silva

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES. NEI João Machado da Silva PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES NEI João Machado da Silva Justificativa Aproveitar racionalmente a pequena disponibilidade de espaço de terra do NEI João Machado da Silva na produção

Leia mais

CAPACITAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS NAS COZINHAS E HORTA DAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO DE ARARUNA PB

CAPACITAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS NAS COZINHAS E HORTA DAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO DE ARARUNA PB CAPACITAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS NAS COZINHAS E HORTA DAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO DE ARARUNA PB MACEDO, Géssica da Silva¹; BRASIL, Edvânia da Silva Pereira²; MOREIRA, Jarbas Sobreira³; SILVA, Poliane

Leia mais

PROJETO: HORTA ORGÂNICA

PROJETO: HORTA ORGÂNICA CENTRO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL DE MOSSORÓ (CREE-MOS) GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, DA CULTURA E DOS DESPORTOS PROJETO: HORTA ORGÂNICA ANA LÚCIA DO NASCIMENTO FRANCISCA

Leia mais

FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR

FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR Título do Projeto: Fruticultura: Tecnologias para a fruticultura regional. Unidade(s) de aprendizagem ou disciplina de referência: Fruticultura

Leia mais

EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA

EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA Sabrina Sgarbi Tibolla 1 ;Sabrina dos Santos Grassi 2 ; Gilson Ribeiro Nachtigall 3 INTRODUÇÃO A horta escolar é uma estratégia de educar para o ambiente, para a

Leia mais

PRIMEIRO CURSO CONTINUADO DE PLANEJAMENTO IMPLANTAÇÃO E MANEJO DE AGROFLORESTAS SUCESSIONAIS

PRIMEIRO CURSO CONTINUADO DE PLANEJAMENTO IMPLANTAÇÃO E MANEJO DE AGROFLORESTAS SUCESSIONAIS PRIMEIRO CURSO CONTINUADO DE PLANEJAMENTO IMPLANTAÇÃO E MANEJO DE AGROFLORESTAS SUCESSIONAIS COM ERNST GÖTSCH E MUTIRÃO AGROFLORESTAL OBJETIVO DO CURSO Contribuir para a construção de sociedades sustentáveis

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 01. Título do Projeto Implantação e desenvolvimento

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: INTEGRANDO SABERES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DO MUNICÍPIO DE CUITÉ PB

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: INTEGRANDO SABERES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DO MUNICÍPIO DE CUITÉ PB EDUCAÇÃO AMBIENTAL: INTEGRANDO SABERES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DO MUNICÍPIO DE CUITÉ PB 1 Cláudia Patrícia Fernandes dos Santos, UFCG 2 Marcondes Fernando Pereira Carvalho, UFCG 3 Edson de

Leia mais

FORTALECIMENTO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA DIFERENCIADA ATRAVÉS DA COMUNICAÇÃO RURAL

FORTALECIMENTO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA DIFERENCIADA ATRAVÉS DA COMUNICAÇÃO RURAL FORTALECIMENTO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA DIFERENCIADA ATRAVÉS DA COMUNICAÇÃO RURAL Bruno Toribio de Lima Xavier 1 ; Daniel Franco Goulart 1 ; Gheysa Coelho Silva 1 ; Aroldo Ferreira Campos 1 ; Elcides

Leia mais

Concurso Público: Prêmio Caneleiro de Arquitetura Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA

Concurso Público: Prêmio Caneleiro de Arquitetura Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA Concurso Público: Prêmio Caneleiro de Arquitetura Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA Junho 2014 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO Pg. 03 2. OBJETO Pg. 03 3. ESCOPO DOS PRODUTOS E SERVIÇOS Pg. 03 4. DIRETRIZES PARA

Leia mais

Projeto Tempero de Mãe

Projeto Tempero de Mãe Projeto Tempero de Mãe Secretaria Municipal de Educação 1 Introdução A nutrição da população brasileira está cada vez mais afetada de más influências que vão da ignorância de uns até a superstição de outros,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE CURTA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do

Leia mais

Problemas e desafios Soluções e ações propostas

Problemas e desafios Soluções e ações propostas FÓRUM DAS OFICINAS DO GRUPO DE TRABALHO DE AGRICULTURA ORGÂNICA E AGROECOLOGIA I - Introdução/Apresentações II - Comercialização III - Produção/Pesquisa/Assistência Técnica IV - Produção Animal V - Impactos

Leia mais

III Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes do UGB ANAIS - 2015 ENSINANDO A ENSINAR

III Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes do UGB ANAIS - 2015 ENSINANDO A ENSINAR ENSINANDO A ENSINAR Natasha Teixeira Logsdon Mestre em Ensino de Ciências da Saúde e do Meio Ambiente pelo Centro Universitário de Volta Redonda DADOS DE IDENTIFICAÇÃO O relato de prática pedagógica intitulado

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DA VERMICOMPOSTAGEM EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO EM CUITÉ PB

EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DA VERMICOMPOSTAGEM EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO EM CUITÉ PB EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DA VERMICOMPOSTAGEM EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO EM CUITÉ PB Hugo Cassio L. de Souza 2 ; Kleyton Samuel L. de Souza 3 ; Alisson da Costa Silva 1 ; José Leonaldo F.

Leia mais

alunas foram orientadas na execução da limpeza da área e coleta de material orgânico para proceder a implantação.

alunas foram orientadas na execução da limpeza da área e coleta de material orgânico para proceder a implantação. RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE EXTENSÃO - PBAEX REGISTRO PROEX N /2015 1 - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO CÂMPUS: Amajari Anexo V TÍTULO PROJETO: Horta Agroecológica em Escola da zona rural de Alto Alegre COORDENADOR

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROJETO: RECICLANDO E PLANTANDO APRESENTAÇÃO Em atendimento ao TCA/01, assinado pelo município de Divino de São Lourenço e o Ministério Publico Estadual em atendimento a

Leia mais

PROJETO HORTA FELIZ CEDRO-PE

PROJETO HORTA FELIZ CEDRO-PE PROJETO HORTA FELIZ CEDRO-PE Regional: Salgueiro Município: Cedro Comunidades: Barro Branco Equipe responsável: Manoel Leal Costa Netto E-mail para contato: Manoel.costa1@ipa.br Fone: (87) 38891808 Categorias:

Leia mais

JUVENTUDE RURAL E INTERVIVÊNCIA UNIVERSITÁRIA: CAMINHOS DE UMA CONSTRUÇÃO PARA SUSTENTABILIDADE

JUVENTUDE RURAL E INTERVIVÊNCIA UNIVERSITÁRIA: CAMINHOS DE UMA CONSTRUÇÃO PARA SUSTENTABILIDADE JUVENTUDE RURAL E INTERVIVÊNCIA UNIVERSITÁRIA: CAMINHOS DE UMA CONSTRUÇÃO PARA SUSTENTABILIDADE Ana Jéssica Soares Barbosa¹ Graduanda em Ciências Agrárias ajsbarbosa_lca@hotmail.com Centro de Ciências

Leia mais

EDUCANDO A PARTIR DE UM SISTEMA ALTERNATIVO DE IRRIGAÇÃO. Silvia C. M. Ferreira 1 (PF), Willany C. Cardoso 2 (PF).

EDUCANDO A PARTIR DE UM SISTEMA ALTERNATIVO DE IRRIGAÇÃO. Silvia C. M. Ferreira 1 (PF), Willany C. Cardoso 2 (PF). EDUCANDO A PARTIR DE UM SISTEMA ALTERNATIVO DE IRRIGAÇÃO Silvia C. M. Ferreira 1 (PF), Willany C. Cardoso 2 (PF). 1 Orientadora professora do CEM S. J. Ribamar/FAPEMA, acadêmica química/ufma. 2 Orientadora

Leia mais

ESCOLA TARSILA DO AMARAL, UMA EXPERIÊNCIA EDUCATIVA CRIATIVA

ESCOLA TARSILA DO AMARAL, UMA EXPERIÊNCIA EDUCATIVA CRIATIVA ESCOLA TARSILA DO AMARAL, UMA EXPERIÊNCIA EDUCATIVA CRIATIVA Karina Ariela Crespo Marchini Coordenadora de Saúde Escola Tarsila do Amaral Odontopediatra Pedagogia (em curso) na Pontifica Universidade Catolica

Leia mais

Segundo um documento preparatório para a conferência de Joanesburgo (2002), se cada habitante da Terra se comportasse como o habitante médio de um

Segundo um documento preparatório para a conferência de Joanesburgo (2002), se cada habitante da Terra se comportasse como o habitante médio de um JÁ NÃO BASTA UM PLANETA! Segundo um documento preparatório para a conferência de Joanesburgo (2002), se cada habitante da Terra se comportasse como o habitante médio de um país de alta renda, seriam necessários

Leia mais

Profea- Projeto de Formação de Educadores Ambientais

Profea- Projeto de Formação de Educadores Ambientais Profea- Projeto de Formação de Educadores Ambientais Mostra Local de: Maringá PR Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Facinor- Faculdade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EXTERNA DO PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR 1. Breve Histórico do Projeto de Cooperação Técnica

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO)

MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO) MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO) Ingressantes a partir de 2015 1º SEMESTRE HORAS 2º SEMESTRE HORAS Introdução à Engenharia Agronômica 60 Metodologia Científica 60 Álgebra Linear 60 Desenho

Leia mais

Agroecologia. Agroecossistema

Agroecologia. Agroecossistema Agroecologia Ciência integradora dos princípios agronômicos, ecológicos e sócio-econômicos na compreensão da natureza e funcionamento dos agroecossistemas. Agroecossistema Unidade de estudo da Agroecologia,

Leia mais

5a. Audiência de Sustentabilidade

5a. Audiência de Sustentabilidade 5a. Audiência de Sustentabilidade Artesanato com Recicláveis 25 de março de 2008 SABESP Complexo Costa Carvalho - SP OFICINA ESCOLA: UM INSTRUMENTO DE INCLUSÃO SOCIAL Delaine Romano Artista Plástica Fundação

Leia mais

Produto 1: Sequência de atividades desenvolvidas durante o projeto

Produto 1: Sequência de atividades desenvolvidas durante o projeto Produtos da Pesquisa: Bárbara Rodrigues Layoun Título do Trabalho: Ensino de Ciências, Ensino de Geografia, Educação Ambiental e o manejo ecológico de uma horta escolar como mediação da aprendizagem de

Leia mais

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Sustentabilidade: Reflexões sobre a temática ambiental P R E F E I T O M U N I C I P A L E R V I N O W A C H H O L S V I C E - P R

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Educação em saúde, hortas, interdisciplinaridade

PALAVRAS CHAVE: Educação em saúde, hortas, interdisciplinaridade PROJETO HORTA NA ESCOLA DESENVOLVENDO NOVAS METODOLOGIAS DE EDUCAÇÃO A PARTIR DOS PRINCÍPIOS DA EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE Área Temática: Saúde Responsável: Karem Cristina de Arruda Calvette Instituição:

Leia mais

PESQUISA E ENSINO EM PROJETOS INTERDISCIPLINARES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ESCOLAR

PESQUISA E ENSINO EM PROJETOS INTERDISCIPLINARES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ESCOLAR PESQUISA E ENSINO EM PROJETOS INTERDISCIPLINARES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ESCOLAR Heloisa Vitória de Castro Mestranda em Geografia PPGG UFG Campus Catalão(GO) heloisavcp@hotmail.com Prof. Dr. Cláudio José

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARULHOS SECRETARIA DE SAÚDE REGIÃO DE SAÚDE CANTAREIRA GERAÇÃO DE RENDA CAPACITAÇÃO JARDINAGEM & PAISAGISMO

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARULHOS SECRETARIA DE SAÚDE REGIÃO DE SAÚDE CANTAREIRA GERAÇÃO DE RENDA CAPACITAÇÃO JARDINAGEM & PAISAGISMO PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARULHOS SECRETARIA DE SAÚDE REGIÃO DE SAÚDE CANTAREIRA GERAÇÃO DE RENDA CAPACITAÇÃO JARDINAGEM & PAISAGISMO VIVEIRO DE MUDAS NATIVAS GUARULHOS/SP 2009 I APRESENTAÇÃO Em setembro

Leia mais

Ciclo Verde 2012 Projeto Escola Sustentável não é conversa, é Atitude.

Ciclo Verde 2012 Projeto Escola Sustentável não é conversa, é Atitude. Ciclo Verde 2012 Projeto Escola Sustentável não é conversa, é Atitude. 1 Ciclo Verde 2012 Projeto Escola Sustentável não é conversa, é Atitude. Local onde o projeto será instalado/executado: Escola Municipal

Leia mais

193 - TRABALHOS COM HORTAS ESCOLARES NO MUNICÍPIO DE DIONÍSIO CERQUEIRA, SC

193 - TRABALHOS COM HORTAS ESCOLARES NO MUNICÍPIO DE DIONÍSIO CERQUEIRA, SC Sociedade e Natureza Monferrer RESUMO 193 - TRABALHOS COM HORTAS ESCOLARES NO MUNICÍPIO DE DIONÍSIO CERQUEIRA, SC Fabia Tonini 1 ; Andréia Tecchio 2 O espaço Horta Escolar pode ser utilizado como meio

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO DEPARTAMENTO DE HUMANIDADES ÁREA DAS SÉRIES INICIAIS HORTA ESCOLAR:

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO DEPARTAMENTO DE HUMANIDADES ÁREA DAS SÉRIES INICIAIS HORTA ESCOLAR: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO DEPARTAMENTO DE HUMANIDADES ÁREA DAS SÉRIES INICIAIS HORTA ESCOLAR: UMA ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA DE ECOALFABETIZAÇÃO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO

Leia mais

Programa de Responsabilidade Socioambiental

Programa de Responsabilidade Socioambiental Programa de Responsabilidade Socioambiental Conheça o Programa de Responsabilidade Socioambiental da BAESA e da ENERCAN e saiba como ajudar sua comunidade Você já deve ter ouvido falar da BAESA e da ENERCAN.

Leia mais

Escola Municipal de 1º Grau de Caeté-Açu

Escola Municipal de 1º Grau de Caeté-Açu Escola Municipal de 1º Grau de Caeté-Açu Base II Palmeiras - Bahia Antes... 2012 Hoje... 2013 Nosso Escovódromo Mutirão na escola Mutirão de limpeza e construção de canteiros, com participação de pais,

Leia mais

Educação Ambiental INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Luis Eduardo Salvatore. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE

Educação Ambiental INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Luis Eduardo Salvatore. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Educação Ambiental Luis Eduardo Salvatore O Instituto Brasil Solidário IBS é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - e desenvolve formação continuada em Educação em comunidades

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE SUMARÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 3M DO BRASIL

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE SUMARÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 3M DO BRASIL SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE SUMARÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 3M DO BRASIL SOCIEDADE HUMANA DESPERTAR LABORATÓRIO DE ECOLOGIA E RESTAURAÇÃO

Leia mais

FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares

FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares Faculdade de ciências e tecnologia do maranhão-facema Caxias/MA pedroftb@hotmail.com.br/coor.educacaoambiental@facema.edu.br

Leia mais

Capitulo 3 Horta Orgânica

Capitulo 3 Horta Orgânica ASSOCIAÇÃO SOCIOAMBIENTALISTA SOMOS UBATUBA Conteúdo Pedagógico Capitulo 3 Horta Orgânica Organização Parceria Convênio Horta Orgânica Introdução Esta etapa é composta por atividades ligadas pelas relações

Leia mais

23 anos UMA EXPERIÊNCIA A SER COMPARTILHADA

23 anos UMA EXPERIÊNCIA A SER COMPARTILHADA Hospital de Medicina Alternativa 23 anos UMA EXPERIÊNCIA A SER COMPARTILHADA 1986 - Projeto de Fitoterapia CONVÊNIO - Secretaria de Estado da Saúde - GO - Ministério da Saúde - Instituto Brasileiro de

Leia mais

RESÍDUOS AGROSSILVOPASTORIS

RESÍDUOS AGROSSILVOPASTORIS RESÍDUOS AGROSSILVOPASTORIS Diretriz 01: Desenvolvimento e inovação de tecnologias para o aproveitamento de resíduos agrossilvopastoris 1.Estabelecimento de linhas de financiamento em condições específicas

Leia mais

RESUMO. Elaine Peres da Silva 1 Viviane Silva Nunes 2

RESUMO. Elaine Peres da Silva 1 Viviane Silva Nunes 2 Educação Ambiental sob a Perspectiva do trabalho coletivo dentro da Escola Elaine Peres da Silva 1 Viviane Silva Nunes 2 RESUMO A educação ambiental aplicada ao currículo escolar vem demonstrando resultados

Leia mais

VAMOS APRENDER PLANTANDO: HORTA ESCOLAR COMO RECURSO DIDÁTICO

VAMOS APRENDER PLANTANDO: HORTA ESCOLAR COMO RECURSO DIDÁTICO VAMOS APRENDER PLANTANDO: HORTA ESCOLAR COMO RECURSO DIDÁTICO Lisângela Costa dos Santos¹ Jaílson Severino dos Santos ² Valdilene Maria da Silva ² 1-Supervisora PIBIB Ciências-CAV 2- Bolsistas PIBID Ciências-CAV

Leia mais

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental.

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Secretaria Municipal da Educação - SMED Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Ação/Projeto Parceiro Objetivo Detalhamento Público Projeto Encontro de Saberes: ecossistemas

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE HORTAS SUSPENSAS DE GARRAFAS PET COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL ROBERTO SIMOSEN-PB

IMPLANTAÇÃO DE HORTAS SUSPENSAS DE GARRAFAS PET COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL ROBERTO SIMOSEN-PB IMPLANTAÇÃO DE HORTAS SUSPENSAS DE GARRAFAS PET COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL ROBERTO SIMOSEN-PB Joseilda de Souza Barros 1 ; André Nunes de Oliveira Lacet 1 ; Neyliane Costa

Leia mais

RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL

RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL SOUZA,I.C. ;BUFAIÇAL,D.S.S;SANTOS,M.D.;ARANTES,S.S.;XAVIER,L.;FERREIRA,G.K.S; OLIVEIRA,B.A.;PAGOTTO,W.W.B.S.;SILVA,R.P.;SANTOS.L.G.;SANTOS.F.F.S.;FRANCO,R.

Leia mais

CLIPPING De 05 de maio de 2015

CLIPPING De 05 de maio de 2015 CLIPPING De 05 de maio de 2015 VEÍCULO EDITORIA DATA 2 3 VEÍCULO DATA 04/05/2015 Cultivares do IPA contam com proteção de direitos de propriedade intelectual A Tomate Ferraz IPA 8 será a primeira cultivar,

Leia mais

HORTA VERTICAL EM GARRAFAS PET NA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)/ AREIA - PB

HORTA VERTICAL EM GARRAFAS PET NA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)/ AREIA - PB HORTA VERTICAL EM GARRAFAS PET NA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)/ AREIA - PB Tatiana Ferreira de Lima Brito; Universidade Federal da Paraíba (UFPB); tathattinha@hotmail.com Introdução

Leia mais

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal PLANO DE CURSO Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição e do Programa Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário

Leia mais

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 O Diretor Geral do Câmpus Juiz de Fora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), no uso de suas atribuições

Leia mais

agricultura familiar

agricultura familiar saúde A importância da agricultura familiar na merenda escolar Iniciativas em Santa Rosa do Viterbo são exemplos de sucesso Por Danielle Lautenschlaeger Inúmeras famílias brasileiras ainda obtêm sua renda

Leia mais

Escola Básica e Secundária do Porto Moniz Ano Letivo 2014/2015. Plano Anual de Atividades do Programa Eco Escolas

Escola Básica e Secundária do Porto Moniz Ano Letivo 2014/2015. Plano Anual de Atividades do Programa Eco Escolas Escola Básica e Secundária do Porto Moniz Ano Letivo 2014/2015 Plano Anual de Atividades do Programa Eco Plano Anual de Atividades do Programa Eco Ano Letivo 2014-2015 Calendarização Atividades Objetivos

Leia mais

20o. Prêmio Expressão de Ecologia

20o. Prêmio Expressão de Ecologia 20o. Prêmio Expressão de Ecologia 2012-2013 Fotos: Projeto: Horta Vertical Organização: APAE de Foz do Iguaçu Página: 1/1 1. Título do projeto ambiental participante: Projeto Horta Vertical 2. Categoria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DELONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto:

Leia mais

Eixo Temático ET-03-016 - Gestão de Resíduos Sólidos

Eixo Temático ET-03-016 - Gestão de Resíduos Sólidos 147 Eixo Temático ET-03-016 - Gestão de Resíduos Sólidos VIABILIDADE DO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA NO IFPB CAMPUS PRINCESA ISABEL: CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS Queliane Alves da Silva 1 ; Ana Lígia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Departamento de Modernização e Programas da Educação Superior DEPEM

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Departamento de Modernização e Programas da Educação Superior DEPEM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Departamento de Modernização e Programas da Educação Superior DEPEM Programa de Educação Tutorial PET 2006 MEC/SESu/DEPEM ANEXO I Proposta

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO ESPECIALIZAÇÃO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO VÂNIA RABELO DELGADO ORIENTADOR: PAULO GUILHERMETI

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO ESPECIALIZAÇÃO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO VÂNIA RABELO DELGADO ORIENTADOR: PAULO GUILHERMETI UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO ESPECIALIZAÇÃO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO VÂNIA RABELO DELGADO ORIENTADOR: PAULO GUILHERMETI UTILIZAÇÃO DO LABORATORIO DE INFORMÁTICA Guarapuava 2013

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DE LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto:

Leia mais

PRODUÇÃO ORGÂNICA DE HORTALIÇAS!

PRODUÇÃO ORGÂNICA DE HORTALIÇAS! PRODUÇÃO ORGÂNICA DE HORTALIÇAS! UMA OPORTUNIDADE DE PRODUZIR ALIMENTOS SAUDÁVEIS PARA CONSUMO E VENDA! ELABORAÇÃO: ENG. AGRÔNOMO MAURO LÚCIO FERREIRA Msc. CULTIVO DE HORTALIÇAS Agosto- 2006 ÍNDICE POR

Leia mais

Criar cursos de graduação, tanto presenciais quanto à distância, e pós-graduação multidisciplinares.

Criar cursos de graduação, tanto presenciais quanto à distância, e pós-graduação multidisciplinares. 12.1) Otimizar a capacidade instalada da estrutura física e de recursos humanos das instituições públicas de educação superior mediante ações planejadas e coordenadas, de forma a ampliar e interiorizar

Leia mais

Implantação de horto medicinal na Associação Olga Chaves Rocinha em Bambuí - MG

Implantação de horto medicinal na Associação Olga Chaves Rocinha em Bambuí - MG VIII Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG campus Bambuí II Mostra de Extensão Implantação de horto medicinal na Associação Olga Chaves Rocinha em Bambuí - MG André de Souza Gontijo 1 ; Bruna Guimarães

Leia mais

EDITAL Nº 154, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015.

EDITAL Nº 154, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO

Leia mais

Projeto Barro Preto em Ação

Projeto Barro Preto em Ação Projeto Barro Preto em Ação Mirian de Sousa SILVA 1 ; André Luis RIBEIRO 2 ; 1ªTurma de Meio Ambiente 3 1 Professora orientadora do Instituto Federal Minas Gerais (IFMG) Bambuí/Extensão Oliveira-MG. 2

Leia mais

COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental.

COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental. COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental. PANZENHAGEN, Liane Margarete 1, VALE, Giovane Maia 2 ; MOREIRA, Ilson 3. Palavras-chave: composteira, meio ambiente, comunidade escolar. Introdução

Leia mais

A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI

A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI Kássia Hellem Tavares da Silva (*), Lorrane de Castro Miranda, Israel

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Lixo que não é Lixo

Mostra de Projetos 2011. Lixo que não é Lixo Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Lixo que não é Lixo Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: APMF Escola Municipal Plínio

Leia mais

ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL

ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL Izelia Mayara Maia CASTELLAIN 1, Vitória Imai AMORIM 1, Professora coordenadora Michele C. AREND 2 Identificação autores: 1 Aluna Bolsista PIBIC-EM/CNPq IFC-Campus Camboriú,

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

Estratégias de ação vinculadas ao manejo da agrobiodiversidade com enfoque agroecológico visando a sustentabilidade de comunidades rurais

Estratégias de ação vinculadas ao manejo da agrobiodiversidade com enfoque agroecológico visando a sustentabilidade de comunidades rurais Estratégias de ação vinculadas ao manejo da agrobiodiversidade com enfoque agroecológico visando a sustentabilidade de comunidades rurais O desenvolvimento das ações em diferentes projetos poderão identificar

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP Regulamento do Curricular Supervisionado do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Faculdade de

Leia mais

Jardim Escola Aladdin

Jardim Escola Aladdin Jardim Escola Aladdin Os 4 Rs da Sustentabilidade Rio de janeiro 2016 Objetivo geral Esse projeto tem como objetivo promover o envolvimento dos alunos, professores, pais e comunidade em defesa à sustentabilidade

Leia mais

EDUCAÇÃO PARA USO RACIONAL DA ÁGUA EM HORTAS COMUNITÁRIAS DE PENÁPOLIS

EDUCAÇÃO PARA USO RACIONAL DA ÁGUA EM HORTAS COMUNITÁRIAS DE PENÁPOLIS EDUCAÇÃO PARA USO RACIONAL DA ÁGUA EM HORTAS COMUNITÁRIAS DE PENÁPOLIS Silvia Mayumi Shinkai de Oliveira (1) Graduada em Administração Pública pela UNESP Araraquara (SP) e pós graduada (latu sensu) em

Leia mais

Programa Nacional da Alimentação Escolar PNAE

Programa Nacional da Alimentação Escolar PNAE Programa Nacional da Alimentação Escolar PNAE PROGRAMA NACIONAL DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PNAE A compra de gêneros alimentícios da agricultura familiar para a alimentação escolar é uma conquista dos agricultores

Leia mais

DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES

DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES AÇÕES DE CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL NO APROVEITAMENTO E TRANSFORMAÇÃO DOS RESÍDUOS EM ESCOLA ESTADUAL. Área Temática: Meio Ambiente Alexandre Couto Rodrigues 1 Jacson Rodrigues França 2 Rafael Borth da

Leia mais

AÇÕES AGROECOLÓGICAS E DESENVOLVIMENTO RURAL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO ASSENTAMENTO PRIMEIRO DO SUL CAMPO DO MEIO, MG. Área Temática: Meio Ambiente

AÇÕES AGROECOLÓGICAS E DESENVOLVIMENTO RURAL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO ASSENTAMENTO PRIMEIRO DO SUL CAMPO DO MEIO, MG. Área Temática: Meio Ambiente AÇÕES AGROECOLÓGICAS E DESENVOLVIMENTO RURAL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO ASSENTAMENTO PRIMEIRO DO SUL CAMPO DO MEIO, MG Área Temática: Meio Ambiente Responsável pelo trabalho: Artur Leonardo Andrade Universidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE POS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA TECNOLOGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE POS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA TECNOLOGICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE POS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA TECNOLOGICA EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM QUÍMICA

Leia mais

Escola Luiz César de Siqueira Melo

Escola Luiz César de Siqueira Melo Escola Luiz César de Siqueira Melo PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S.A Elaboração: Prof. Elias Alves de Souza I - APRESENTAÇÃO O cultivo de açúcar foi introduzido no Brasil em 1532

Leia mais

VI-003 SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA A PROBLEMÁTICA RESÍDUOS ORGÂNICOS: RESULTADOS ALCANÇADOS ATRAVÉS DE UMA REDE DE COOPERAÇÃO

VI-003 SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA A PROBLEMÁTICA RESÍDUOS ORGÂNICOS: RESULTADOS ALCANÇADOS ATRAVÉS DE UMA REDE DE COOPERAÇÃO VI-003 SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA A PROBLEMÁTICA RESÍDUOS ORGÂNICOS: RESULTADOS ALCANÇADOS ATRAVÉS DE UMA REDE DE COOPERAÇÃO Josanídia Santana Lima (1) Bióloga, Profa. Adjunto do Instituto de Biologia da

Leia mais