Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQA-VS)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQA-VS)"

Transcrição

1 Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQA-VS) Herbert Charles S. Barros Diretor de Informação e Análise da Situação de Saúde DIASS/SUVISA/SESAU

2 OBJETIVO Induzir o aperfeiçoamento das ações de vigilância em saúde nos âmbitos municipal e estadual

3 INCENTIVO PQA-VS Valor anual correspondente a 20% do Piso Fixo de Vigilância em Saúde (PFVS)

4 FASES 1ª Fase ADESÃO 2ª Fase AVALIAÇÃO

5 FASE DE AVALIAÇÃO Pagamento do incentivo financeiro A partir dos resultados da avaliação realizada no 2º trimestre do ano subsequente ao da adesão, a partir dos resultados observados nos sistemas de informação de base nacional; A transferência de recursos, do valor correspondente ao resultado alcançado, se dará no 3º trimestre do ano subsequente.

6 ESTRATIFICAÇÃO Segundo porte populacional; 14 indicadores; POPULAÇÃO Nº DE INDICADORES < habitantes 6 De a habitantes 7 De a habitantes 8 De a habitantes 9 De a habitantes 10 Acima de habitantes 11 Quantitativo considerado para o recebimento de 100% do valor do incentivo.

7 Indicador 01 INDICADORES Proporção de registros de óbitos alimentados no SIM em até 60 dias do final do mês de ocorrência Meta: 90% de registros de óbitos alimentados no SIM até 60 dias do final do mês de ocorrência Indicador 02 Proporção de registros de nascidos vivos alimentados no SINASC até 60 dias do final do mês de ocorrência Meta: 90% de registros de nascidos vivos alimentados no SINASC até 60 dias do final do mês de ocorrência

8 Indicador 03 INDICADORES Proporção de salas de vacina do município alimentando mensalmente o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) Meta: Pelo menos, 80% das salas de vacinas do município com SI-PNI implantado alimentando mensalmente o Sistema Indicador 04 Proporção de vacinas do Calendário Básico de Vacinação da Criança com coberturas vacinais alcançadas Meta: Alcançar cobertura vacinal preconizada em 100% das vacinas do calendário básico de vacinação da criança

9 Indicador 05 INDICADORES Proporção de análises realizadas para o parâmetro Coliformes Totais em água para consumo humano Meta: Realizar, pelo menos, 90% do número de análises obrigatórias para o parâmetro coliformes totais Indicador 06 Proporção de semanas com lotes do SINAN enviados Meta: Enviar pelo menos 01 lote do SINAN, semanalmente, totalizando um mínimo de 92% de semanas com lotes enviados no ano

10 Indicador 07 INDICADORES Proporção de casos de doenças de notificação compulsória imediata (DNCI) encerradas em até 60 dias após notificação Meta: Encerrar 80% ou mais das doenças compulsórias imediatas registradas no SINAN, em até 60 dias a partir da data de notificação Indicador 08 Proporção de casos de malária que iniciaram tratamento até 48h a partir do início dos sintomas Meta: Iniciar em 70% dos casos de malária, tratamento até 48h a partir do início dos sintomas

11 Indicador 09 INDICADORES Proporção de imóveis visitados em, pelo menos, 04 ciclos de visitas domiciliares para controle da dengue Meta: Realizar, pelo menos, 04 ciclos de visitas domiciliares com 80% de cobertura em cada ciclo Indicador 10 Proporção de contatos intradomiciliares de casos novos de hanseníase examinados Meta: Realizar o exame em, pelo menos, 80% dos contatos intradomiciliares de casos novos de hanseníase

12 Indicador 11 INDICADORES Proporção de contatos de casos novos de tuberculose pulmonar bacilíferos positivos examinados Meta: Pelo menos 80% dos contatos dos casos novos de tuberculose pulmonar bacilíferos positivos examinados Indicador 12 Número de testes de sífilis por gestante Meta: Realizar pelo menos 02 testes de sífilis por gestante TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS EM GESTANTE VDRL P/DETECÇÃO DE SÍFILIS EM GESTANTE

13 Indicador 13 INDICADORES Número de testes de HIV realizados Meta: Aumentar em 15% o número de testes de HIV realizados Indicador 14 Western Blot, ELISA, Imunofluorescência e Teste Rápido Proporção de preenchimento do campo ocupação nas notificações de agravos e doenças relacionados ao trabalho Meta: Preencher o campo ocupação em, pelo menos, 90% das notificações de agravos e doenças relacionados ao trabalho

14 RESULTADOS 16 municípios (Alagoas) 1ª RS: Flexeiras, Messias e Satuba 2ª RS: --- 3ª RS: Campestre e Jundiá 4ª RS: Paulo Jacinto, Pindoba e Viçosa 5ª RS: Junqueiro e Teotônio Vilela 6ª RS: Jequiá da Praia e Piaçabuçu 7ª RS: Lagoa da Canoa 8ª RS: --- 9ª RS: Palestina 10ª RS: Inhapi e Pariconha

15 RESULTADOS Estrato 01 Até hab. Belém e Palestina BELÉM PFVS = R$ ,36 20% = R$ 5.613,66 Indicadores alcançados: 04, 05, 06, 08, indicadores 90% do incentivo R$ 5.052,29 R$ -561,37 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

16 RESULTADOS PALESTINA PFVS = R$ ,48 20% = R$ 5.839,88 Indicadores alcançados: 01, 02, 04, 06, 07, 08, indicadores 100% do incentivo R$ 5.839,88 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

17 RESULTADOS Estrato 02 De a hab. C. Grande, J. dos Homens, Jaramataia, O. A. Grande, B. Monte, M. do Negrão, T. d Arca, Monteirópolis, Carneiros e O. A. do Casado CAMPO GRANDE PFVS = R$ ,36 20% = R$ ,46 Indicadores alcançados: 01, 06, 08, indicadores 55% do incentivo R$ 5.644,35 R$ ,11 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

18 RESULTADOS JACARÉ DOS HOMENS PFVS = R$ ,64 20% = R$ 6.289,12 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, 08, 09, indicadores 90% do incentivo R$ 5.660,21 JARAMATAIA R$ -628,91 PFVS = R$ ,36 20% = R$ 6.462,66 Indicadores alcançados: 06, 08, indicadores 40% do incentivo R$ 2.585,06 R$ ,60 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

19 RESULTADOS OLHO D ÁGUA GRANDE PFVS = R$ ,04 20% = R$ 5.781,40 Indicadores alcançados: 01, 06, 08, 09, indicadores 75% do incentivo R$ 4.336,05 BELO MONTE R$ ,35 PFVS = R$ ,32 20% = R$ 7.566,86 Indicadores alcançados: 06, 07, 08, 09, indicadores 75% do incentivo R$ 5.675,15 R$ ,71 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

20 RESULTADOS MINADOR DO NEGRÃO PFVS = R$ ,16 20% = R$ 5.998,02 Indicadores alcançados: 06, 08, indicadores 40% do incentivo R$ 2.399,21 TANQUE D ARCA R$ ,81 PFVS = R$ ,80 20% = R$ 7.026,96 Indicadores alcançados: 01, 05, 06, indicadores 55% do incentivo R$ 3.864,83 R$ ,13 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

21 RESULTADOS MONTEIRÓPOLIS PFVS = R$ ,32 20% = R$ 7.844,66 Indicadores alcançados: 02, 06, 08, 09, indicadores 75% do incentivo R$ 5.883,50 CARNEIROS R$ ,16 PFVS = R$ ,84 20% = R$ 9.465,16 Indicadores alcançados: 06, 08, 09, indicadores 55% do incentivo R$ 5.205,84 R$ ,32 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

22 RESULTADOS OLHO D ÁGUA DO CASADO PFVS = R$ ,76 20% = R$ 9.698,34 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, indicadores 55% do incentivo R$ 5.334,09 R$ ,25 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

23 Estrato 03 RESULTADOS De a hab. M. Isidoro, C. do Nóia, L. da Canoa, Taquarana, Batalha, Cacimbinhas, E. de Alagoas, Maribondo, S. R. Palmeira, Canapi, D. Riachos, Maravilha, Olivença, P. das Trincheiras, O. Branco, Inhapi e Pariconha MAJOR ISIDORO PFVS = R$ ,72 20% = R$ ,94 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, 08, 09, 10, indicadores 90% do incentivo R$ ,25 R$ ,69 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

24 RESULTADOS COITÉ DO NÓIA PFVS = R$ ,12 20% = R$ ,22 Indicadores alcançados: 06, 07, 08, 09, indicadores 65% do incentivo R$ 7.919,74 LAGOA DA CANOA R$ ,48 PFVS = R$ ,40 20% = R$ ,48 Indicadores alcançados: 01, 05, 06, 07, 08, 09, 11, indicadores 100% do incentivo R$ ,48 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

25 RESULTADOS TAQUARANA PFVS = R$ ,20 20% = R$ ,64 Indicadores alcançados: 01, 05, 06, 07, 08, 09, indicadores 90% do incentivo R$ ,38 BATALHA R$ ,26 PFVS = R$ ,16 20% = R$ ,62 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, 08, 09, 12, indicadores 90% do incentivo R$ ,66 R$ ,96 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

26 RESULTADOS CACIMBINHAS PFVS = R$ ,32 20% = R$ ,46 Indicadores alcançados: 01, 06, 08, 09, indicadores 65% do incentivo R$ 7.336,85 ESTRELA DE ALAGOAS R$ ,61 PFVS = R$ ,56 20% = R$ ,30 Indicadores alcançados: 01, 06, 07, indicadores 50% do incentivo R$ 9.583,65 R$ ,65 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

27 RESULTADOS MARIBONDO PFVS = R$ ,44 20% = R$ ,08 Indicadores alcançados: 01, 06, 08, 09, indicadores 65% do incentivo R$ 9.642,15 SENADOR RUI PALMEIRA R$ ,93 PFVS = R$ ,12 20% = R$ ,02 Indicadores alcançados: 06, 07, 08, 09, indicadores 65% do incentivo R$ 9.506,26 R$ ,76 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

28 RESULTADOS CANAPI PFVS = R$ ,44 20% = R$ ,08 Indicadores alcançados: 02, 06, 07, 08, 09, indicadores 80% do incentivo R$ ,26 DOIS RIACHOS R$ ,82 PFVS = R$ ,64 20% = R$ ,92 Indicadores alcançados: 02, 06, 08, 09, 10, 11, indicadores 90% do incentivo R$ ,23 R$ ,69 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

29 RESULTADOS MARAVILHA PFVS = R$ ,52 20% = R$ ,50 Indicadores alcançados: 01, 06, 08, indicadores 50% do incentivo R$ 6.925,75 OLIVENÇA R$ ,75 PFVS = R$ ,24 20% = R$ ,44 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, 08, indicadores 65% do incentivo R$ 7.955,64 R$ ,80 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

30 RESULTADOS POÇO DAS TRINCHEIRAS PFVS = R$ ,04 20% = R$ ,00 Indicadores alcançados: 02, 06, 07, 08, 09, 10, indicadores 90% do incentivo R$ ,80 OURO BRANCO R$ ,20 PFVS = R$ ,84 20% = R$ ,36 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, indicadores 50% do incentivo R$ 5.940,68 R$ ,68 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

31 RESULTADOS INHAPI PFVS = R$ ,56 20% = R$ ,70 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, 08, 09, 10, 11, indicadores 100% do incentivo R$ ,70 PARICONHA PFVS = R$ ,72 20% = R$ ,74 Indicadores alcançados: 02, 06, 07, 08, 09, 10, 11, indicadores 100% do incentivo R$ ,74 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

32 RESULTADOS Estrato 04 De a hab. Craíbas, F. Grande, G. do Ponciano, L. de Anadia, S. Sebastião, Traipu, Igaci, O. A. das Flores, S. do Ipanema, P. de Açúcar, S. J. da Tapera, M. Grande, Piranhas e A. Branca CRAÍBAS PFVS = R$ ,00 20% = R$ ,40 Indicadores alcançados: 05, 06, 07, 10, 13, indicadores 60% do incentivo R$ ,64 R$ ,76 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

33 RESULTADOS FEIRA GRANDE PFVS = R$ ,48 20% = R$ ,68 Indicadores alcançados: 01, 05, 06, 08, indicadores 50% do incentivo R$ ,34 GIRAU DO PONCIANO R$ ,34 PFVS = R$ ,36 20% = R$ ,86 Indicadores alcançados: 01, 06, 07, 08, 09, indicadores 60% do incentivo R$ ,32 R$ ,54 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

34 RESULTADOS LIMOEIRO DE ANADIA PFVS = R$ ,60 20% = R$ ,12 Indicadores alcançados: 06, 07, 08, indicadores 40% do incentivo R$ ,65 SÃO SEBASTIÃO R$ ,47 PFVS = R$ ,68 20% = R$ ,92 Indicadores alcançados: 01, 04, 05, 06, 07, 08, indicadores 70% do incentivo R$ ,84 R$ ,08 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

35 RESULTADOS TRAIPU PFVS = R$ ,04 20% = R$ ,40 Indicadores alcançados: 06, 07, indicadores 30% do incentivo R$ 8.516,82 IGACI R$ ,58 PFVS = R$ ,36 20% = R$ ,06 Indicadores alcançados: 06, 08, 09, 10, 13, indicadores 60% do incentivo R$ ,64 R$ ,42 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

36 RESULTADOS OLHO D ÁGUA DAS FLORES PFVS = R$ ,72 20% = R$ ,14 Indicadores alcançados: 06, 08, indicadores 30% do incentivo R$ 6.452,14 SANTANA DO IPANEMA R$ ,00 PFVS = R$ ,12 20% = R$ ,42 Indicadores alcançados: 01, 05, 06, 08, 09, indicadores 60% do incentivo R$ ,85 R$ ,57 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

37 RESULTADOS PÃO DE AÇÚCAR PFVS = R$ ,40 20% = R$ ,08 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, 07, 08, 09, 10, indicadores 90% do incentivo R$ ,77 SÃO JOSÉ DA TAPERA R$ ,31 PFVS = R$ ,48 20% = R$ ,28 Indicadores alcançados: 01, 06, 08, indicadores 40% do incentivo R$ ,31 R$ ,97 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

38 RESULTADOS MATA GRANDE PFVS = R$ ,52 20% = R$ ,50 Indicadores alcançados: 01, 06, 08, 09, indicadores 50% do incentivo R$ ,25 PIRANHAS R$ ,25 PFVS = R$ ,48 20% = R$ ,08 Indicadores alcançados: 06, 08, 09, 10, indicadores 50% do incentivo R$ ,54 R$ ,54 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

39 RESULTADOS ÁGUA BRANCA PFVS = R$ ,12 20% = R$ ,42 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, 08, indicadores 50% do incentivo R$ ,71 R$ ,71 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

40 RESULTADOS Estrato 05 De a hab. Delmiro Gouveia e Palmeira dos Índios DELMIRO GOUVEIA PFVS = R$ ,52 20% = R$ ,50 Indicadores alcançados: 01, 02, 06, indicadores 40% do incentivo R$ ,40 R$ ,10 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

41 RESULTADOS PALMEIRA DOS ÍNDIOS PFVS = R$ ,60 20% = R$ ,92 Indicadores alcançados: 05, 06, 07, 08, 10, 12, indicadores 70% do incentivo R$ ,64 R$ ,28 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

42 RESULTADOS Estrato 06 Acima de hab. Arapiraca ARAPIRACA PFVS = R$ ,40 20% = R$ ,68 Indicadores alcançados: 01, 04, 06, 07, 08, indicadores 60% do incentivo R$ ,21 R$ ,47 01 SIM 02 SINASC 03 SI-PNI 04 Vacinas 05 Água 06 SINAN 07 DNCI 08 Malária 09 Ciclos 10 Hanseníase 11 TB 12 Sífilis 13 HIV 14 - DART

43 RESULTADOS 1. Óbitos 32,1 44,1 58,7 2. Nascimentos 34,8 51,8 44,1 3. Salas de Vacina 0,0 0,0 0,0 4. Vacinas 8,7 23,2 16,7 5. Coliformes 19,6 37,5 29,4 6. SINAN 92,9 100,0 96,1 7. DNCI 39,1 57,8 73,2 0,0 20,0 40,0 60,0 80,0 100,0 120,0 1ª Macro 2ª Macro Alagoas

44 RESULTADOS 8. Malária 9. Visitas Dengue 10. Contatos Hanseníase 11. Contatos TB 12.Teste Sífilis 13. Teste HIV 14. Ocupação DART 3,6 6,5 4,9 35,7 32,6 34,3 28,6 17,4 23,5 35,7 15,2 26,5 46,4 32,6 40,2 66,1 76,1 70,6 96,4 95,7 96,1 0,0 20,0 40,0 60,0 80,0 100,0 120,0 1ª Macro 2ª Macro Alagoas

45 Indicador 01 DISCUSSÕES Proporção de registros de óbitos alimentados no SIM em até 60 dias do final do mês de ocorrência Meta: 90% de registros de óbitos alimentados no SIM até 60 dias do final do mês de ocorrência Discordância: óbitos estimados x prazo Não é regularidade (estimados x registrados) Refere-se à oportunidade (ocorrência x registro) Dependência da localidade de ocorrência

46 Indicador 02 DISCUSSÕES Proporção de registros de nascidos vivos alimentados no SINASC até 60 dias do final do mês de ocorrência Meta: 90% de registros de nascidos vivos alimentados no SINASC até 60 dias do final do mês de ocorrência Discordância: nascimentos estimados x prazo Não é regularidade (estimados x registrados) Refere-se à oportunidade (ocorrência x registro) Dependência da localidade de ocorrência

47 Indicador 03 DISCUSSÕES Proporção de salas de vacina do município alimentando mensalmente o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) Meta: Pelo menos, 80% das salas de vacinas do município com SI-PNI implantado alimentando mensalmente o Sistema Informatização das salas de vacina Dez/2012: 772 (SMS) R$ ,00 Atualmente: 27 salas com sistema (1 Jacaré; 7 Junqueiro; 1 Maceió; 6 M. Grande; 2 P. Jacinto; 1 S. Ipanema; 3 S. J. da Laje; 6 Taquarana)

48 Indicador 03 DISCUSSÕES Atualmente: 27 salas com sistema Jacaré dos Homens: 01 (100%) Junqueiro: 07 (100%) Maceió: 01 (1,6%) Mata Grande: 06 (100%) Paulo Jacinto: 02 (50%) Santana do Ipanema: 01 (9%) São José da Laje: 03 (9%) Taquarana: 06 (66,7%)

49 Indicador 04 DISCUSSÕES Proporção de vacinas do Calendário Básico de Vacinação da Criança com coberturas vacinais alcançadas Meta: Alcançar cobertura vacinal preconizada em 100% das vacinas do calendário básico de vacinação da criança Igual ao indicador 35 COAP

50 Indicador 05 DISCUSSÕES Proporção de análises realizadas para o parâmetro Coliformes Totais em água para consumo humano Meta: Realizar, pelo menos, 90% do número de análises obrigatórias para o parâmetro coliformes totais Contribui com o indicador 53 COAP

51 Indicador 06 DISCUSSÕES Proporção de semanas com lotes do SINAN enviados Meta: Enviar pelo menos 01 lote do SINAN, semanalmente, totalizando um mínimo de 92% de semanas com lotes enviados no ano Mais fácil alcance Maior autonomia Estão desconsiderando a regularidade

52 Indicador 07 DISCUSSÕES Proporção de casos de doenças de notificação compulsória imediata (DNCI) encerradas em até 60 dias após notificação Meta: Encerrar 80% ou mais das doenças compulsórias imediatas registradas no SINAN, em até 60 dias a partir da data de notificação Igual ao indicador 30 do COAP Alteração da Ficha de Qualificação atendimento à Portaria 1.271/2014.

53 Indicador 08 DISCUSSÕES Proporção de casos de malária que iniciaram tratamento até 48h a partir do início dos sintomas Meta: Iniciar em 70% dos casos de malária, tratamento até 48h a partir do início dos sintomas Ausência de governabilidade Objeto de discussão e questionamentos Fonte: SIVEP-Malária Município de residência (?)

54 Indicador 09 DISCUSSÕES Proporção de imóveis visitados em, pelo menos, 04 ciclos de visitas domiciliares para controle da dengue Meta: Realizar, pelo menos, 04 ciclos de visitas domiciliares com 80% de cobertura em cada ciclo Igual ao indicador 52 do COAP Estão mensurando apenas 04 ciclos

55 Indicador 10 DISCUSSÕES Proporção de contatos intradomiciliares de casos novos de hanseníase examinados Meta: Realizar o exame em, pelo menos, 80% dos contatos intradomiciliares de casos novos de hanseníase Igual ao indicador 46 do COAP Demanda ao CONASS alteração da Ficha de Qualificação

56 Indicador 11 DISCUSSÕES Proporção de contatos de casos novos de tuberculose pulmonar bacilíferos positivos examinados Meta: Pelo menos 80% dos contatos dos casos novos de tuberculose pulmonar bacilíferos positivos examinados Examinar os contatos PQA-VS x PMAQ

57 Indicador 12 DISCUSSÕES Número de testes de sífilis por gestante Meta: Realizar pelo menos 02 testes de sífilis por gestante Ampliar a realização/acesso Implantar teste rápido Ajustar a PPI Registrar por meio do BPA-I

58 Indicador 13 DISCUSSÕES Número de testes de HIV realizados Meta: Aumentar em 15% o número de testes de HIV realizados Ampliar a realização/acesso teste rápido Ajustar a PPI Rede Cegonha Relação com o indicador 37 (Proporção de exame anti-hiv realizados entre os casos novos de tuberculose) Município de realização (?)

59 Indicador 14 DISCUSSÕES Proporção de preenchimento do campo ocupação nas notificações de agravos e doenças relacionados ao trabalho Meta: Preencher o campo ocupação em, pelo menos, 90% das notificações de agravos e doenças relacionados ao trabalho Qualificar o preenchimento das fichas de notificação Falta clareza na ficha de qualificação Demanda encaminhada ao CONASS

60 Indicador 14 DISCUSSÕES Proporção de preenchimento do campo ocupação nas notificações de agravos e doenças relacionados ao trabalho Quais as doenças e agravos relacionados ao trabalho? o Portaria nº 777/2004? o Tudo o que estiver relacionado ao trabalho? - Acidentes por animais peçonhentos relacionados ao trabalho - Violência relacionada ao trabalho - Leptospirose - Tuberculose - AIDS...

61

LEVANTAMENTO SOBRE LAI E PORTAIS DA TRANSPARÊNCIA NOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS

LEVANTAMENTO SOBRE LAI E PORTAIS DA TRANSPARÊNCIA NOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS MUNICÍPIO SITE SITUAÇÃO OBSERVAÇÃO ÁGUA http://www.aguabranca.al.gov.br/ BRANCA ANADIA www.prefeituradeanadia.com.br SITE NÃO ATIVO ARAPIRACA http://www.arapiraca.al.gov.br/v3/ SEM LAI Informações sobre

Leia mais

Série Histórica da Rubéola em Alagoas

Série Histórica da Rubéola em Alagoas ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE SUPERINTENDENCIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA Série Histórica da Rubéola em Alagoas ALAGOAS - 2012 Governo do Estado de

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS Dezembro de e Janeiro e fevereiro de François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro, dezembro de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS Dezembro de e Janeiro e fevereiro

Leia mais

APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO FUNDEB REALIDADE DE ALAGOAS 24.01.2013

APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO FUNDEB REALIDADE DE ALAGOAS 24.01.2013 APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO FUNDEB REALIDADE DE ALAGOAS 24.01.2013 Palestra: Conselho de Representantes do SINTEAL. MILTON CANUTO DE ALMEIDA Consultor Técnico em: Financiamento, Planejamento e Gestão da

Leia mais

SITE INATIVO CONTA SUSPENSA

SITE INATIVO CONTA SUSPENSA MUNICÍPIO SITE SITUAÇÃO LEI DE ACESSO TRANSPARÊNCIA SITE/BLOG OBSERVAÇÃO DADOS TRANSPARÊNCIA 1 ÁGUA BRANCA http://www.aguabranca.al.gov.br/index2.php SITE ATIVO Não possui Portal da próprio Sem conteúdo

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Apresentação. 2 Notas Informativas. 3 Características de Instrução da População - Alagoas. 4 Indicadores Educacionais Alagoas

SUMÁRIO. 1 Apresentação. 2 Notas Informativas. 3 Características de Instrução da População - Alagoas. 4 Indicadores Educacionais Alagoas SUMÁRIO 1 Apresentação 2 Notas Informativas 3 Características de Instrução da População - Alagoas Pessoas com 5 Anos ou Mais, Analfabetas Segundo os Grupos de Idade - Alagoas 2001/2007 Taxa de Analfabetismo,

Leia mais

Vestibular Estácio -AMA

Vestibular Estácio -AMA Vestibular Estácio -AMA Maceió, 2014 A Faculdade Estácio de Alagoas em parceria com a Associação dos Municípios de Alagoas-AMA, disponibiliza o Vestibular Estácio -AMA, com o objetivo de viabilizar o acesso

Leia mais

ESTRUTURA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEDUC LEI DELEGADA Nº 47, DE 10 DE AGOSTO DE 2015

ESTRUTURA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEDUC LEI DELEGADA Nº 47, DE 10 DE AGOSTO DE 2015 ESTRUTURA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEDUC LEI DELEGADA Nº 47, DE 10 DE AGOSTO DE 2015 Art. 27. A Secretaria de Estado da Educação SEDUC é integrada por: I Órgãos Colegiados: a) Conselho Estadual de Educação;

Leia mais

Projeção da População dos Municípios Alagoanos 2011-2016

Projeção da População dos Municípios Alagoanos 2011-2016 Governo do Estado de Alagoas ISSN 2237-5716 Projeção da População dos Municípios Alagoanos 2011-2016 v.3 2011 Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS

Leia mais

PMAQ ALAGOAS CRONOGRAMA DE VISITAS DA MACRO 2. ROTA COMUM MACROS 01 e 02 PMAQ ALAGOAS NÚMERO EQUIPES. SEGUNDA-FEIRA 25/11 Atalaia TODOS

PMAQ ALAGOAS CRONOGRAMA DE VISITAS DA MACRO 2. ROTA COMUM MACROS 01 e 02 PMAQ ALAGOAS NÚMERO EQUIPES. SEGUNDA-FEIRA 25/11 Atalaia TODOS PMAQ ALAGOAS CRONOGRAMA DE VISITAS DA MACRO 2 SEMANA 1 ROTA COMUM DIA SEMANA/ DATA ROTA COMUM MACROS 01 e 02 PMAQ ALAGOAS MUNICÍPIO EQUIPES ENTREVISTADORES MUNICÍPIO SEDE: MACEIÓ NOME ENTREVISTADORES SEGUNDA-FEIRA

Leia mais

18 Traipu - Arapiraca e V.V. 7, Igaci - Palmeira dos Índios e V.V. 2,50

18 Traipu - Arapiraca e V.V. 7, Igaci - Palmeira dos Índios e V.V. 2,50 N Linha Linha Tarifa Complementar 1 Rio Largo (Via Gustavo Paiva) - Maceió e V.V. 2,80 2 Rio Largo (Via Mata do Rolo) - Maceió e V.V. 2,80 3 Cruzeiro do Sul - Maceió e V.V. 2,50 4 Messias - Maceió e V.V.

Leia mais

19ª Região - Alagoas

19ª Região - Alagoas 19ª Região - Alagoas SERVIÇO DE DISTRIBUIÇÃO DE FEITOS DAS VARAS DE MACEIÓ Av. da Paz, nº 1994, Térreo - Centro Fone: (82) 2121-8192 Fax 2121-8238 Cep: 57.020-440 Maceió/AL e-mail: dist@trt19.gov.br Jurisdição:

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO A SAÚDE

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO A SAÚDE ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA ESTADUAL SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO A SAÚDE MAPA DE VINCULAÇÃO DA REDE CEGONHA DISTRIBUIÇÃO DE LEITOS OBSTÉTRICOS POR REGIÃO 1ª MACRORREGIÃO REGIÃO TERRITÓRIO REFERÊNCIA 1ª

Leia mais

Relação de Padroeiras

Relação de Padroeiras Relação de Padroeiras Município Data Padroeira ÁGUA BRANCA 08/12 Nossa Senhora da Conceição ANADIA 02/02 Nossa Senhora da Piedade ARAPIRACA 02/02 Nossa Senhora do Bom Conselho ATALAIA 02/02 Nossa Senhora

Leia mais

"O lugar da Vigilância Socioassistencial na gestão do SUAS e a articulação com o Plano Municipal de Assistência Social"

O lugar da Vigilância Socioassistencial na gestão do SUAS e a articulação com o Plano Municipal de Assistência Social "O lugar da Vigilância Socioassistencial na gestão do SUAS e a articulação com o Plano Municipal de Assistência Social" S E C R E T A R I A D E E S T A D O D A A S S I S T Ê N C I A E D E S E N V O L V

Leia mais

Número de Processos em 31/05/2015 Classificação. Número de Processos em31/12/2014

Número de Processos em 31/05/2015 Classificação. Número de Processos em31/12/2014 Relação das unidades judiciarias com processos da meta 2/2009(ajuizados até 31/12/2005) ainda pendentes de julgament Ordem decrescente de maior quantitativo de processos em 31/05/2015 Número de Processos

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR Lei nº 6.673/2005

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR Lei nº 6.673/2005 LEI Nº 6.673, DE 4 DE JANEIRO DE 2006. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DA AGÊNCIA DE DEFESA E INSPEÇÃO AGROPECUÁRIA DE ALAGOAS ADEAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS Faço saber que o

Leia mais

Panoramas e Desafios da Vigilância em Saúde

Panoramas e Desafios da Vigilância em Saúde Panoramas e Desafios da Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Cheila Marina de

Leia mais

SUPERINTENDENTE DE VIGILÂNCIA DA SAÚDE - SUVISA DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DIVEP

SUPERINTENDENTE DE VIGILÂNCIA DA SAÚDE - SUVISA DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DIVEP SUPERINTENNTE VIGILÂNCIA DA SAÚ - SUVISA DIRETORIA VIGILÂNCIA EPIMIOLÓGICA DIVEP BOLETIM INFORMATIVO SEMANAL Nº51/2014 Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas 05 JANEIRO 2015. Quadro Síntese Atualmente,

Leia mais

PORTARIA Nº 2904/2012-DGPC/GD

PORTARIA Nº 2904/2012-DGPC/GD PORTARIA Nº 2904/2012-DGPC/GD O DELEGADO-GERAL DA POLICIA CIVIL, no uso de suas atribuições que lhe confere a Lei Delegada nº 44 de 08.04.2011, e CONSIDERANDO que os armamentos de porte disponíveis na

Leia mais

PREFEITURA DE ARAPIRACA ALAGOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

PREFEITURA DE ARAPIRACA ALAGOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PREFEITURA DE ARAPIRACA ALAGOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Relação da Quantidade de Equipamentos para uso do Telessaúde contemplados para cada Município. Batalha Bélem Belo Monte Campo Grande Coité

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS Setembro, Outubro e Novembro de François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro, setembro de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS Setembro, Outubro e Novembro de François

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS Janeiro, Fevereiro e Março de François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro, janeiro de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM ALAGOAS Janeiro, Fevereiro e Março de François E.

Leia mais

ALAGOAS Atendimento Rede de Formação em 2008

ALAGOAS Atendimento Rede de Formação em 2008 ALAGOAS Atendimento Rede de Formação em 2008 Aperfeiçoamento em Educação Matemática Público-alvo: Professores dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental Universidade Federal do Espírito Santo UFES Área: Educação

Leia mais

NOTA TÉCNICA SEMANAL Nº. 52/2014 12 DE JANEIRO DE 2015 Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Quadro Síntese

NOTA TÉCNICA SEMANAL Nº. 52/2014 12 DE JANEIRO DE 2015 Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Quadro Síntese Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Quadro Síntese Atualmente, o Ministério da Saúde adotou a nova classificação da OMS, que define a dengue como: a) Dengue: paciente que apresente febre com

Leia mais

Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas.

Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Quadro Síntese Até o dia 09 de março de 2012, 83 (83,37%) dos 102 municípios alagoanos notificaram 1.728 casos suspeitos de dengue o que não descarta a ocorrência

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Acórdão 351/93 - Segunda Câmara - Ata 43/93 Processo nº TC 200.384/91-0

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Acórdão 351/93 - Segunda Câmara - Ata 43/93 Processo nº TC 200.384/91-0 Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 351/93 - Segunda Câmara - Ata 43/93 Processo nº TC 200.384/91-0 Responsáveis: Entidades: Alcione Teixeira dos Santos - Governo do Estado de Alagoas;

Leia mais

EDUCAÇÃO. Atalaia. Barra de. Santo Antônio. Batalha. Belém. Belo Monte. Boca da Mata. Branquinha. Cacimbinhas. Cajueiro. Campestre.

EDUCAÇÃO. Atalaia. Barra de. Santo Antônio. Batalha. Belém. Belo Monte. Boca da Mata. Branquinha. Cacimbinhas. Cajueiro. Campestre. Projeto TRILHAS, do Instituto Natura, chega a mais de duas mil escolas da rede pública de Alagoas EDUCAÇÃO Projeto TRILHAS, do Instituto Natura, chega a mais de duas mil escolas da rede pública de Alagoas

Leia mais

Portaria n. 201, de 1º de junho de 2011

Portaria n. 201, de 1º de junho de 2011 Portaria n. 201, de 1º de junho de 2011 Revoga a Portaria n.º 454, de 25 de novembro de 2009, e institui critérios para o Componente I Custeio para ações e serviços da Atenção Básica do Programa de Fortalecimento

Leia mais

Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Quadro Síntese

Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Quadro Síntese Assunto: Situação Atual da Dengue em Alagoas. Quadro Síntese A partir de janeiro de 2014 o Brasil adotou a nova classificação de casos de dengue, revisada da Organização Mundial de Saúde e Ministério da

Leia mais

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS Apresentação Ao lançar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em janeiro de 2007, o Governo Federal assumiu o compromisso de fazer o Brasil crescer de forma acelerada

Leia mais

EDITAL CREDENCIAMENTO N.º ARSAL-001/2012 RETIFICADO

EDITAL CREDENCIAMENTO N.º ARSAL-001/2012 RETIFICADO EDITAL CREDENCIAMENTO N.º ARSAL-001/2012 RETIFICADO CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE GUINCHAMENTO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES APREENDIDOS PELA ARSAL. EDITAL DE CREDENCIAMENTO N.º ARSAL-001/2012

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE (PQA-VS) FICHAS DE QUALIFICAÇÃO DOS INDICADORES

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE (PQA-VS) FICHAS DE QUALIFICAÇÃO DOS INDICADORES PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE (PQA-VS) FICHAS DE QUALIFICAÇÃO DOS INDICADORES Setembro de 2013 Brasília - DF 2 Sumário Apresentação...3 Rol de Indicadores do Programa de Qualificação

Leia mais

Tópicos Específicos em Estimação de Receita

Tópicos Específicos em Estimação de Receita Tópicos Específicos em Estimação de Receita FPM Fundo de Participação dos Municípios Objetivo da Unidade Permitir que o participante compreenda a relevância do procedimento de estimativa da receita para

Leia mais

Vigilância em Saúde. Nesta Edição:

Vigilância em Saúde. Nesta Edição: Diretoria de Epidemiológica Gerência de Doenças Imunopreveníveis e Programa de Imunizações Nesta Edição: 1. Perfil da Meningite em Alagoas de 2007 a 2015. 2. Intensificação das Ações de, Prevenção e Controle

Leia mais

Aspectos Agroeconômicos da Cultura da Mandioca: Características e Evolução da Cultura no Estado de Alagoas entre 1990 e 2004

Aspectos Agroeconômicos da Cultura da Mandioca: Características e Evolução da Cultura no Estado de Alagoas entre 1990 e 2004 ISSN 16781953 Outubro, 2006 93 Aspectos Agroeconômicos da Cultura da Mandioca: Características e Evolução da Cultura no Estado de Alagoas entre 1990 e 2004 ISSN 16781953 Outubro, 2006 Empresa Brasileira

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE REGIONALIZAÇÃO

PLANO ESTADUAL DE REGIONALIZAÇÃO PLANO ESTADUAL DE REGIONALIZAÇÃO DA GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE ALAGOAS Outubro, 2010 CNPJ/CGC.: 10.789.230/0001-35 - Tel/fax (81) 3326.1201 E-mail: brasilencorp@gmail.com Equipe Técnica da

Leia mais

ANEXO II ANEXO III. 27. 11 Administração pré-hospitalar de Tenecteplase PORTARIA Nº 2.778, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014

ANEXO II ANEXO III. 27. 11 Administração pré-hospitalar de Tenecteplase PORTARIA Nº 2.778, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 200 ISSN 677-7042 Nº 246, sexta-feira, 9 de dezembro de 204 Quantidade Máxima: Idade Mínima: 0 meses Idade Máxima: 30 anos Atributos Complementares: 009 - Exige CNS Valor Ambulatorial: R$.80,00 Valor Ambulatorial

Leia mais

Política Estadual de Recursos Hídricos

Política Estadual de Recursos Hídricos Política Estadual de Recursos Hídricos ENCOB Maceió, Novembro de 2014 Arcabouço Legal Lei Federal nº 9.433, de jan/1997 institui a Política Nacional de Recursos Hídricos Lei Estadual nº 5.965, de nov/1997

Leia mais

Estimativa da quantidade de alunos aptos a cursar o primeiro ano do ensino médio, por microrregiões de Alagoas, para 2014.

Estimativa da quantidade de alunos aptos a cursar o primeiro ano do ensino médio, por microrregiões de Alagoas, para 2014. Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional PRDI Departamento de Planejamento Institucional DPI Estimativa da quantidade de alunos aptos a cursar o primeiro ano do ensino médio, por microrregiões de

Leia mais

MUNICÍPIO COORDENADOR (A)

MUNICÍPIO COORDENADOR (A) Água Branca Nélia Jeane Cordeiro Correia Rua Santo Antonio, Nº 30, Centro. Tel: 82-36441231. cadunico.aguabranca@hotmail.com Anadia Cícero Aldo dos Santos da Costa Praça Dr. Campelo de Almeida, S/N, Centro.

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE - PAS (ANO)

PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE - PAS (ANO) PROGRAMAÇÃO ANUAL DE SAÚDE - PAS (ANO) Mês e Ano de elaboração MODELO PARA ELABORAÇÃO DA PAS 2014: Gerência de Programação em Saúde- DEPLAN/SUSAM 1 SUMÁRIO IDENTIFICAÇÃO DO MUNICÍPIO...3 ELABORAÇÃO...4

Leia mais

PLANO DE RECURSOS HíDRICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO 2016-2025

PLANO DE RECURSOS HíDRICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO 2016-2025 Foto original: João Zinclar PLANO DE RECURSOS HíDRICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO 2016-2025 PLANO DE RECURSOS HÍDRICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO ATUALIZAÇÃO 2016-2025 RP2

Leia mais

Projeto Redução da Mortalidade Infantil e Materna em Minas Gerais Outubro 2013. Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

Projeto Redução da Mortalidade Infantil e Materna em Minas Gerais Outubro 2013. Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais Projeto Redução da Mortalidade Infantil e Materna em Minas Gerais Outubro 2013 Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais Mortalidade Minas Gerais Janeiro a Outubro 2013 1 Óbitos fetais 2076 Óbitos

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016, de 07 de janeiro de 2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAIS DA UFAL 2016 SISU/MEC-2016.

EDITAL Nº 01/2016, de 07 de janeiro de 2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAIS DA UFAL 2016 SISU/MEC-2016. Edital nº 01/2016 PROGRAD/UFAL SISU 2016.1 Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD EDITAL Nº 01/2016, de 07 de janeiro de 2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO

Leia mais

Indicadores de Transição Pacto pela Saúde Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde - COAP 2012 Rio de Janeiro

Indicadores de Transição Pacto pela Saúde Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde - COAP 2012 Rio de Janeiro Indicadores de Transição Pacto pela Saúde Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde - COAP 2012 Rio de Janeiro Contém os resultados, desde 2008, dos indicadores pactuados em 2012 pelos municípios

Leia mais

CONSULTA PARA VERSÃO

CONSULTA PARA VERSÃO GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS HÍDRICOS - SERMARH PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE ALAGOAS PERS/AL PRODUTO 2 DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS

Leia mais

VAGAS CRE Municípios a serem atendidos

VAGAS CRE Municípios a serem atendidos EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTORES A DISTÂNCIA Programa PROINFO INTEGRADO Edital 01/2014 A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte - SEE/AL através da Superintendência de Gestão da Rede Estadual de Ensino

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DA DEFESA SOCIAL DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL ANTEPROJETO DE LEI

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DA DEFESA SOCIAL DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL ANTEPROJETO DE LEI 1 GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DA DEFESA SOCIAL DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL ANTEPROJETO DE LEI LEI ORGÂNICA DA POLICIA CIVIL DO ESTADO DE ALAGOAS Maceió, 18 de Março de 2008. 2 ANTEPROJETO

Leia mais

Orientações para Plano de Saúde PS (2014-2017) e Plano Plurianual da Saúde - PPA (2014-2017)

Orientações para Plano de Saúde PS (2014-2017) e Plano Plurianual da Saúde - PPA (2014-2017) Orientações para Plano de Saúde PS (2014-2017) e Plano Plurianual da Saúde - PPA (2014-2017) Gerência de Programação em Saúde DEPLAN/SUSAM Coordenação: Priscilla Lacerda (Revisado em Maio de 2014) O QUE

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI DELEGADA Nº 43, DE 28 DE JUNHO DE 2007. Alterada pela Lei nº 6.952, de 21 de julho de 2008 e pelos Decretos Autônomos n 4.002, de 16 de abril de 2008, n 4.037, de 22 de julho de 2008 e nº 4.051, de

Leia mais

Adesão NutriSUS/2014. Tabela 1 - Lista dos municípios que aderiram ao NutriSUS

Adesão NutriSUS/2014. Tabela 1 - Lista dos municípios que aderiram ao NutriSUS Adesão NutriSUS/2014 Tabela 1 - Lista dos municípios que aderiram ao NutriSUS IBGE UF Município Quantitativo de crianças por município N de sachê por município N de caixas (cada caixa contêm 30 sachês)

Leia mais

Estabelecimento DDD Telefone

Estabelecimento DDD Telefone O seu canal de informação sobre os direitos da criança e do adolescente Conselhos Tutelares de Alagoas Editor: Lauro Monteiro leia mais em www.observatoriodainfancia.com.br Estabelecimento DDD Telefone

Leia mais

Incentivo às Ações de Vigilância, Prevenção e Controle das DST, Aids e Hepatites Virais

Incentivo às Ações de Vigilância, Prevenção e Controle das DST, Aids e Hepatites Virais Incentivo às Ações de Vigilância, Prevenção e Controle das DST, Aids e Hepatites Virais Departamento DST, Aids e Hepatites Virais Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde www.aids.gov.br Maio/2014

Leia mais

EDITAL DE APOIO A PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DE BAIXA RENDA DO ESTADO DE ALAGOAS

EDITAL DE APOIO A PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DE BAIXA RENDA DO ESTADO DE ALAGOAS EDITAL DE APOIO A PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DE BAIXA RENDA DO ESTADO DE ALAGOAS A Secretaria de Estado do Planejamento e do Orçamento de Alagoas SEPLAN, no uso de suas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE - 2008/2009

PROGRAMAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE - 2008/2009 PROGRAMAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE - 2008/2009 1.Notificação AÇÃO 1.1 Realizar notificação dos casos de sífilis em gestante 48.950 casos de sífilis em gestantes notificados. 1.2 Definir Unidades

Leia mais

Pacto de Atenção Básica 2002 Notas Técnicas

Pacto de Atenção Básica 2002 Notas Técnicas Pacto de Atenção Básica 2002 Notas Técnicas Estão disponíveis, nestas páginas, os indicadores do Pacto de Atenção Básica 2002, estabelecidos a partir da portaria 1.121, de 17 de junho de 2002, calculados

Leia mais

Relatório. Encontro Regional

Relatório. Encontro Regional Relatório Encontro Regional Apresentação Optamos por uma dinâmica de realização do encontro estadual, que considerasse prioritariamente a necessidade de se informar à população sobre a problemática ambiental

Leia mais

VAGAS ESPECIALIZAÇÃO OU CURSO EXIGIDO

VAGAS ESPECIALIZAÇÃO OU CURSO EXIGIDO \ PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAPIRACA SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, EMPREGO, RENDA E QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL SECRETARIA DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS/CASA INTEGRADA DO TRABALHO-SINE VAGAS DISPONÍVEIS

Leia mais

FUNÇÕES: Coordenação das ações de planejamento, monitoramento e avaliação nas regiões de saúde; Apoio à SETEC/CIR;

FUNÇÕES: Coordenação das ações de planejamento, monitoramento e avaliação nas regiões de saúde; Apoio à SETEC/CIR; Planejamento no Rio Grande do Sul e a elaboração dos Instrumentos de Gestão GT Planejamento, Monitoramento e Avaliação da Gestão julho, 2013 Base Estratégica Descentralização das ações de planejamento,

Leia mais

RELAÇÕES DE PREFEITURAS GESTÃO: 2013/2016

RELAÇÕES DE PREFEITURAS GESTÃO: 2013/2016 RELAÇÕES DE PREFEITURAS GESTÃO: 2013/2016 Município: ÁGUA BRANCA Prefeito (a): Albani Sandes Gomes Aniversário: 13 / 05 /1960 www.aguabranca.al.gov.br E-mail da Prefeitura:pm.aguabranca@yahoo.com.br Endereço

Leia mais

SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE ALAGOAS TÍTULO I - DA CONSTITUIÇÃO, PRERROGATIVAS, DIREITOS E DEVERES DOS ASSOCIADOS

SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE ALAGOAS TÍTULO I - DA CONSTITUIÇÃO, PRERROGATIVAS, DIREITOS E DEVERES DOS ASSOCIADOS ESTATUTO SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE ALAGOAS TÍTULO I - DA CONSTITUIÇÃO, PRERROGATIVAS, DIREITOS E DEVERES DOS ASSOCIADOS CAPÍTULO I - DO SINDICATO SECÃO I - DA CONSTITUIÇÃO ARTIGO 1º - O

Leia mais

Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQAVS)

Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQAVS) Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQAVS) PORTARIA Nº 1.708, DE 16 DE AGOSTO DE 2013 Regulamenta o Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQAVS), com a definição

Leia mais

Orientações para Plano Municipal de Saúde PMS (2014-2017) DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO - DEPLAN GERÊNCIA DE PROGRAMAÇÃO EM SAÚDE - GPS

Orientações para Plano Municipal de Saúde PMS (2014-2017) DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO - DEPLAN GERÊNCIA DE PROGRAMAÇÃO EM SAÚDE - GPS Orientações para Plano Municipal de Saúde PMS (2014-2017) Gerência de Programação em Saúde DEPLAN/SUSAM Coordenação: Priscilla Lacerda (2014) PLANO MUNICIPAL DE SAÚDE - PMS Plano de Saúde PS, instrumento

Leia mais

Informe Epidemiológico Mensal

Informe Epidemiológico Mensal Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas Superintendência de Vigilância a Saúde Diretoria de Vigilância Epidemiológica Informe Epidemiológico Mensal Ano V Nº 01 Edição Mensal Janeiro 2012 Nesta Edição

Leia mais

Nota Técnica dos valores absolutos utilizados na construção dos indicadores do rol de Diretrizes, Objetivos, Metas e Indicadores 2013-2015

Nota Técnica dos valores absolutos utilizados na construção dos indicadores do rol de Diretrizes, Objetivos, Metas e Indicadores 2013-2015 Nota Técnica dos valores absolutos utilizados na construção dos indicadores do rol de Diretrizes, Objetivos, Metas e Indicadores 2013-2015 Contém os valores absolutos numeradores e denominadores utilizados

Leia mais

Alcançado (b) Número total de casos notificados. Número total de notificações negativas recebidas

Alcançado (b) Número total de casos notificados. Número total de notificações negativas recebidas INSTRUTIVO PARA PREENCHIMENTO DO ROTEIRO DE ACOMPANHAMENTO DA PROGRAMAÇÃO PACTUADA INTEGRADA DE EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DE DOENÇAS PPI-ECD - NAS UNIDADES FEDERADAS 1 2 Este instrutivo contém informações

Leia mais

DOM PUBLICAÇÕES LEGAIS

DOM PUBLICAÇÕES LEGAIS DOM PUBLICAÇÕES LEGAIS DISTRIBUIÇÃO DO NÚMERO DE VEREADORES NA ELEIÇÃO DE 2008, SEGUNDO AS DETERMINAÇÕES DO STF / TSE E/OU DA PEC Nº 333/2004, DE ACORDO COM OS RESULTADOS DA CONTAGEM DE POPULAÇÃO PARA

Leia mais

EIXO II GOVERNANÇA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E DIÁLOGO FEDERATIVO

EIXO II GOVERNANÇA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E DIÁLOGO FEDERATIVO 1ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DE ALAGOAS EIXO II GOVERNANÇA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E DIÁLOGO FEDERATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL SUGEPS Joellyngton Medeiros

Leia mais

Ministério da Saúde. Inovações. e Desafios Vigilância. em Saúde. Gestão 2011-2013

Ministério da Saúde. Inovações. e Desafios Vigilância. em Saúde. Gestão 2011-2013 Ministério da Saúde Inovações e Desafios Vigilância em Saúde Gestão 2011-2013 DISTRIBUIÇÃO VENDA PROIBIDA GRATUITA Brasília DF 2013 Inovações e Desafios Vigilância em Saúde Gestão 2011-2013 Ministério

Leia mais

ANEXO IV INDICADORES ESTRATÉGICOS PARA A REDE CEGONHA

ANEXO IV INDICADORES ESTRATÉGICOS PARA A REDE CEGONHA ANEXO IV INDICADORES ESTRATÉGICOS PARA A REDE CEGONHA OBJETIVO: MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DA REDE CEGONHA NOME DO INDICADOR DEFINIÇÃO INTERPRETAÇÃO MÉTODO DE CÁLCULO cadastradas

Leia mais

Avanços no Controle da Tuberculose no Brasil

Avanços no Controle da Tuberculose no Brasil Avanços no Controle da Tuberculose no Brasil CGPNCT / DEVEP Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde tuberculose@saude.gov.br Março/2015 Tuberculose no Mundo Um terço da população está infectada

Leia mais

EDITAL/SEE Nº 013/2015

EDITAL/SEE Nº 013/2015 EDITAL/SEE Nº 013/2015 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, torna público, para conhecimento dos interessados, a abertura do Processo Seletivo Simplificado para contratação

Leia mais

Implementação das Notificações dos Agravos e Acidentes Relacionados à Saúde do Trabalhador da Saúde no SINAN no Município de Jaramataia - Alagoas

Implementação das Notificações dos Agravos e Acidentes Relacionados à Saúde do Trabalhador da Saúde no SINAN no Município de Jaramataia - Alagoas CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde Implementação das Notificações dos Agravos e Acidentes Relacionados à Saúde do Trabalhador da Saúde no SINAN no

Leia mais

NOTA TÉCNICA 04 /2013

NOTA TÉCNICA 04 /2013 NOTA TÉCNICA 04 /2013 Pactuação de diretrizes, objetivos, metas e indicadores para 2013-2015 NOTA TÉCNICA 04/ 2013 INTRODÇÃO Na reunião da Comissão Intergestores Tripartite - CIT em 28 de fevereiro de

Leia mais

Administração Central. Centros de Atendimento da Gerência Comercial Metropolitana DCA Grande Maceió

Administração Central. Centros de Atendimento da Gerência Comercial Metropolitana DCA Grande Maceió Administração Central Central de Relacionamento (exclusivo para ligações interestaduais) Fone: (082) 3221 6473 Eletrobras Distribuição Alagoas Sede Av. Fernandes Lima, 3349 Gruta de Lourdes 57057 900 Maceió

Leia mais

MUNICIPIO NOME ESCOLA QTD ALUNOS ESFERA

MUNICIPIO NOME ESCOLA QTD ALUNOS ESFERA UF MUNICIPIO NOME ESCOLA QTD ALUNOS ESFERA AC ACRELANDIA ESC ALTINA MAGALHAES DA SILVA 468 MUNICIPAL AC ACRELANDIA ESC JOSE PLACIDO DE CASTRO 276 MUNICIPAL AC ACRELANDIA ESC JOSE RODRIGUES CASSIMIRO 133

Leia mais

Informe Epidemiológico Mensal

Informe Epidemiológico Mensal Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas Superintendência de Vigilância a Saúde Diretoria de Vigilância Epidemiológica Informe Epidemiológico Mensal Ano VII Nº 10 Outubro de 2014 Nesta Edição EDITORIAL

Leia mais

Fed Estado DF O cálculo da União não X possui percentual de aplicada em saúde

Fed Estado DF O cálculo da União não X possui percentual de aplicada em saúde Anexo RELATÓRIO DE INDICADORES DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DO PACTO PELA SAÚDE - 2007 A. INDICADORES PRINCIPAIS Denominação Método de Cálculo Fonte Parâmetro/Meta Nacional/ Referência Situação Local Meta

Leia mais

CONSULTA PARA VERSÃO

CONSULTA PARA VERSÃO GOVERNO DE ALAGOAS José Renan Vasconcelos Calheiros Filho SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS HÍDRICOS SERMARH Claudio Alexandre Ayres da Costa Rodovia Av. General Luiz de França Albuquerque,

Leia mais

PLANO OPERATIVO ANUAL ESTADUAL

PLANO OPERATIVO ANUAL ESTADUAL PLANO OPERATIVO ANUAL ESTADUAL Unidade Técnica Estadual INSTITUTO DE TERRAS E REFORMA AGRÁRIA DE ALAGOAS - ITERAL Endereço/cidade/UF/CEP /telefone/home Page /e-mail/ AVENIDA DA PAZ, 1.200 - CENTRO CEP.

Leia mais

Informe Epidemiológico Mensal

Informe Epidemiológico Mensal Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas Superintendência de Vigilância a Saúde Diretoria de Vigilância Epidemiológica Informe Epidemiológico Mensal Ano VII Nº 09 Setembro de 2014 Nesta Edição EDITORIAL

Leia mais

INFORME SOBRE A VIGILÂNCIA DO ÓBITO MATERNO

INFORME SOBRE A VIGILÂNCIA DO ÓBITO MATERNO SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE ALAGOAS SUPERINTEDÊNCIA DE VIGILÂNCIA A SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA Ano I nº 1 Edição: Trimestral JANEIRO/2011 INFORME SOBRE A VIGILÂNCIA DO ÓBITO MATERNO

Leia mais

Memória de cálculo dos indicadores do Pacto de Atenção Básica 2004

Memória de cálculo dos indicadores do Pacto de Atenção Básica 2004 Memória de cálculo dos indicadores do Pacto de Atenção Básica 2004 Fontes de informação: A. População Todos os dados de população foram obtidos a partir do existente no site do Datasus www.datasus.gov.br/cgi/ibge/popmap.htm.

Leia mais

Nota técnica. (14/março/2016)

Nota técnica. (14/março/2016) Superintendência de Atenção à Saúde SUAS Gerência de Atenção Primária à Saúde GAP Gerência de Ações Estratégicas GAE Superintendência de Vigilância em Saúde SUVISA Gerência de Vigilância e Controle de

Leia mais

Relações de das Prefeituras

Relações de  das Prefeituras Relações de Email das Prefeituras GESTÃO : 2009/2012 Município: ÁGUA BRANCA Município: ANADIA Município: ARAPIRACA Município: ATALAIA E-mail 01: jrvigario@hotmail.com Município: BARRA DE SANTO ANTÔNIO

Leia mais

PÚBLICO-ALVO. Beneficiários: 05 cooperativas; 10 associações e 04 assentamentos:

PÚBLICO-ALVO. Beneficiários: 05 cooperativas; 10 associações e 04 assentamentos: PÚBLICO-ALVO MUNICÍPIOS: Água Branca, Batalha, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Delmiro Gouveia, Inhapi, Jacaré dos Homens, Maravilha, Mata Grande, Monteirópolis, Olivença, Pão de Açúcar, Pariconha, Piranhas,

Leia mais

Trata Brasil: Saneamento e Saúde no Estado de Alagoas. Sumário Executivo

Trata Brasil: Saneamento e Saúde no Estado de Alagoas. Sumário Executivo Trata Brasil: Saneamento e Saúde no Estado de Alagoas Sumário Executivo 1. Visão Geral A falta de saneamento básico é uma questão que deveria ter sido resolvida no século passado. Atinge hoje 53% da população

Leia mais

Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade - PNCV Equipamentos e Faixas em Operação

Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade - PNCV Equipamentos e Faixas em Operação Equipamentos e Faixas em Barreira Eletrônica AC 317 89,000 SENADOR GUIOMARD 19L 8877298 640896 ACB00303010 Crescente 1 50 50 11/03/2014 Barreira Eletrônica AC 317 89,000 SENADOR GUIOMARD 19L 8877297 640927

Leia mais

Maio de 2013. Brasília - DF

Maio de 2013. Brasília - DF INSTRUTIVO PROGRAMAÇÃO DE AÇÕES DO SISTEMA NACIONAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE 2013-2015 Maio de 2013 Brasília - DF 2 APRESENTAÇÃO Com a implantação do Teto Financeiro de Epidemiologia e Controle de Doenças,

Leia mais

PLANO INTERMUNICIPAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DA REGIÃO DA ZONA DA MATA ALAGOANA

PLANO INTERMUNICIPAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DA REGIÃO DA ZONA DA MATA ALAGOANA ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS HÍDRICOS MINISTÉRIO DE MEIO AMBIENTE - MMA SECRETARIA DE RECURSOS HÍDRICOS E AMBIENTE URBANO - SRHU PLANO INTERMUNICIPAL DE GESTÃO

Leia mais

Lista de Cartórios. 1ª Entrância. Cartórios de Água Branca. Cartórios de Batalha

Lista de Cartórios. 1ª Entrância. Cartórios de Água Branca. Cartórios de Batalha Lista de Cartórios 1ª Entrância Cartórios de Água Branca Água Branca 1º Ofício do Registro de Imáveis e Notas Tabeliã e Escrivã: Maria de Fátima Lima Dantas Praça Fernandes Lima, 05 - Centro, CEP: 57.490.000

Leia mais

Ministério da Saúde. Sistema Nacional de Vigilância em Saúde. Relatório de Situação. Alagoas. Brasília / DF

Ministério da Saúde. Sistema Nacional de Vigilância em Saúde. Relatório de Situação. Alagoas. Brasília / DF Ministério da Saúde Sistema Nacional de Vigilância em Saúde Relatório de Situação Alagoas Brasília / DF Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Sistema Nacional de Vigilância em Saúde Relatório

Leia mais

Administração Central. Centros de Atendimento da Gerência Comercial Metropolitana DCA - Grande Maceió

Administração Central. Centros de Atendimento da Gerência Comercial Metropolitana DCA - Grande Maceió Administração Central Central de Relacionamento (exclusivo para ligações interestaduais) Fone: (082) 3221-6473 Eletrobras Distribuição Alagoas - Sede Av. Fernandes Lima, 3349 - Gruta de Lourdes 57057-900

Leia mais

Painel 2 Experiências Setoriais: o Monitoramento nas Áreas da Educação e Saúde Afonso Teixeira dos Reis MS Data: 14 e 15 de abril de 2014.

Painel 2 Experiências Setoriais: o Monitoramento nas Áreas da Educação e Saúde Afonso Teixeira dos Reis MS Data: 14 e 15 de abril de 2014. Painel 2 Experiências Setoriais: o Monitoramento nas Áreas da Educação e Saúde Afonso Teixeira dos Reis MS Data: 14 e 15 de abril de 2014. Ministério da Saúde / Secretaria-Executiva Departamento de Monitoramento

Leia mais

UF MUNICIPIO LOCALIDADE TIPO DE ATENDENDIMENTO AC ACRELANDIA ACRELANDIA INDIVIDUAL, COLETIVO AC ACRELANDIA REDENCAO INDIVIDUAL, COLETIVO AC

UF MUNICIPIO LOCALIDADE TIPO DE ATENDENDIMENTO AC ACRELANDIA ACRELANDIA INDIVIDUAL, COLETIVO AC ACRELANDIA REDENCAO INDIVIDUAL, COLETIVO AC AC ACRELANDIA ACRELANDIA INDIVIDUAL, COLETIVO AC ACRELANDIA REDENCAO INDIVIDUAL, COLETIVO AC ACRELANDIA GRANADA COLETIVO AC ACRELANDIA CUMARU COLETIVO AC ASSIS BRASIL ASSIS BRASIL INDIVIDUAL, COLETIVO,

Leia mais