REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA"

Transcrição

1 REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA Matéria elaborada com base na Legislação vigente em SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL Expressão a Ser Colocada no Campo Informações Complementares da Nota Fiscal Exemplo de Cálculo Mudança no Cálculo da MVA Ajustada Reduzida em 70% Aplicação da Redução da MVA sobre a MVA Original, em Operações Interestaduais com destino a SC Impossibilidade de Utilização da MVA Ajustada 3 - REVENDA, EFETUADA POR EMPRESA OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL, COM DESTINO A EMPRESA NÃO-OPTANTE Exemplo de Cálculo 4 - RESSARCIMENTO DO ICMS DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1 - INTRODUÇÃO Com o objetivo de reduzir a carga tributária do ICMS da substituição tributária para as empresas optantes pelo Simples Nacional, a Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina publicou, no DOE de , o Decreto nº 3.467/10, o qual introduziu alterações no Anexo 3 do RICMS-SC/01, dentre as quais cabe destacar o benefício de redução do percentual da MVA - Margem de Valor Agregado - em 70%, nas saídas destinadas a empresas optantes pelo Simples Nacional, localizadas em Santa Catarina. Essa matéria dispõe sobre esse benefício. 2 - SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL O benefício de redução da MVA em 70% somente se aplica nas saídas, tanto internas, quanto interestaduais, que sejam destinadas a empresas optantes pelo Simples Nacional, localizadas em Santa Catarina, e apenas se aplica nas operações com os seguintes tipos de mercadorias sujeitas à substituição tributária em SC (Decreto nº 3.467/10, art. 1º, com efeitos a partir de 1º ): a) colchoaria (Protocolo ICMS nº 190/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLIII, e Anexo 3, arts. 120 ao 123);

2 b) cosméticos, perfumaria, artigos de higiene pessoal e de toucador (Protocolo ICMS nº 191/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLIV, e Anexo 3, arts. 127 ao 129); c) produtos alimentícios (Protocolo ICMS nº 188/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLI, e Anexo 3, arts. 209 ao 211); d) artefatos de uso doméstico (Protocolo ICMS nº 189/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLII, e Anexo 3, arts. 212 ao 214); e) produtos eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos (Protocolo ICMS nº 192/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLV, e Anexo 3, arts. 215 ao 217); f) ferramentas (Protocolo ICMS nº 193/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLVI, e Anexo 3, arts. 218 ao 220); g) instrumentos musicais (Protocolo ICMS nº 194/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLVII, e Anexo 3, arts. 221 ao 223); h) máquinas e aparelhos mecânicos, elétricos, eletromecânicos e automáticos (Protocolo ICMS nº 195/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLVIII, e Anexo 3, arts. 224 ao 226); i) materiais de construção, acabamento, bricolagem ou adorno (Protocolo ICMS nº 196/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLIX, e Anexo 3, arts. 227 ao 229); j) material de limpeza (Protocolo ICMS nº 197/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção L, e Anexo 3, arts. 230 ao 232); k) materiais elétricos (Protocolo ICMS nº 198/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LI, e Anexo 3, arts. 233 ao 235); l) artigos de papelaria (Protocolo ICMS nº 199/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LII, e Anexo 3, arts. 236 ao 238); m) bicicletas (Protocolo ICMS nº 203/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LIII, e Anexo 3, arts. 239 ao 241); n) brinquedos (Protocolo ICMS nº 204/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LIV, e Anexo 3, arts. 242 ao 244). FÓRMULA: Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + 30% da MVA) x Alíquota Interna em SC] - ICMS da Operação Própria Em relação à fórmula acima, no caso de operação interna em SC, utiliza-se a MVA Original; ao passo que nas operações interestaduais, com destino a SC, utiliza-se a MVA Ajustada (Decreto nº 3.174/10).

3 Esse benefício se aplica independentemente de o fornecedor estar localizado em Santa Catarina ou em outros Estados, e se é, ou não, optante pelo Simples Nacional, sendo, portanto, que se aplica tanto em relação à MVA Original, nas operações internas em SC, quanto em relação à MVA Ajustada, nas operações interestaduais, destinadas a SC. Vale mencionar que, nas saídas interestaduais, com destino a empresa optante pelo Simples Nacional localizada em SC, primeiramente, deve-se efetuar o cálculo do percentual da MVA Ajustada, por meio da utilização da fórmula da MVA Ajustada (prevista no Decreto estadual nº 3.174/10), para somente depois então o percentual da MVA Ajustada ser reduzido em 70%. O benefício de redução da MVA em 70% pode ser aplicado inclusive nas compras efetuadas por empresa do Simples Nacional de SC, provenientes de fornecedor de Estados não-signatários Expressão a Ser Colocada no Campo Informações Complementares da Nota Fiscal No campo Dados Adicionais da NF, o fornecedor deverá colocar a seguinte informação, conforme o tipo de mercadorias sujeita à substituição tributária (Decreto nº 3.467/10, art. 1º, com efeitos a partir de 1º ): a) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 123, 3º, no caso de colchoaria; b) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 127, 3º, no caso de cosméticos, perfumaria, artigos de higiene pessoal e de toucador; c) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 211, 3º, no caso de produtos alimentícios; d) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 214, 3º, no caso de artefatos de uso doméstico; e) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 217, 3º, no caso de produtos eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos; f) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 220, 3º, no caso de ferramentas; g) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 223, 3º, no caso de instrumentos musicais; h) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 226, 3º, no caso de máquinas e aparelhos mecânicos, elétricos, eletromecânicos e automáticos; i) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 229, 3º, no caso de materiais de construção, acabamento, bricolagem ou adorno; j) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 232, 3º, no caso de material de limpeza; k) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 235, 3º, no caso de materiais elétricos;

4 l) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 238, 3º, no caso de artigos de papelaria; m) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 241, 3º, no caso de bicicletas; n) ST - 30% de MVA - Anexo 3, art. 244, 3º, no caso de brinquedos Exemplo de Cálculo Suponhamos que uma empresa de SC, optante pelo Simples Nacional, compre balas, classificadas no código da TIPI, para revenda, no valor total de R$ 1.000,00, com ICMS da operação própria destacado no valor de R$ 120,00, de fornecedor de MG, não-optante pelo Simples Nacional. Portanto, o valor do ICMS ST a ser recolhido para SC, por parte do fornecedor de MG (o qual está localizado em Estado signatário do Protocolo ICMS nº 188/09), será calculado da seguinte forma: Primeiramente, como se trata de operação interestadual, deve-se calcular a MVA Ajustada, com a seguinte fórmula: MVA Ajustada = [(1 + MVA ST original) x (1 - ALQ inter) / (1 - ALQ intra)] - 1, onde: a) MVA ST original é a MVA Original, indicada nas Seções XLI à LIV do Anexo 1 do RICMS-SC/01; b) ALQ inter é o coeficiente correspondente à alíquota interestadual aplicável à operação; c) ALQ intra é o coeficiente correspondente à alíquota prevista para as operações substituídas (ou seja, operações internas), em Santa Catarina. Portanto: MVA Ajustada = [(1 + MVA ST original) x (1 - ALQ inter) / (1- ALQ intra)] - 1 MVA Ajustada = [(1 + 0,32) x (1-0,12) / (1-0,17] - 1 MVA Ajustada = [1,32 x 0,88 / 0,83] - 1 MVA Ajustada = [1,16 / 0,83] - 1 MVA Ajustada = 1, MVA Ajustada = 0,3995 x 100 = 39,95% Portanto, a MVA Ajustada é de 39,95%, a qual será reduzida em 70%, por ser a empresa adquirente optante pelo Simples Nacional, e, portanto a MVA Ajustada a ser utilizada será no percentual de 11,98% (ou seja, 39,95% - 70% = 11,98%). Agora sim, pode-se calcular o valor do ICMS ST a recolher: Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + 30% da MVA) x Alíquota Interna em SC] - ICMS da Operação Própria Valor do ICMS ST a Recolher = [(1.000, ,98%) x 17%] - 120,00

5 Valor do ICMS ST a Recolher = [1.119,80 x 17%] - 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 190,36-120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 70,36 Portanto, nesse exemplo, o valor do ICMS ST a recolher será de R$ 70,36, sendo que o fornecedor de MG, por estar localizado em Estado signatário, deverá destacar, nos campos próprios da NF, a base de cálculo do ICMS ST, no valor de R$ 1.119,80, e o valor do ICMS retido por ST, no valor de R$ 70, Mudança no Cálculo da MVA Ajustada Reduzida em 70% A partir de , nas operações interestaduais, destinadas a empresas optantes pelo Simples Nacional, localizadas em SC, em relação às quais possa ser utilizado o benefício de redução da MVA em 70%, para o cálculo da MVA Ajustada reduzida a ser utilizada, primeiramente, deverá ser reduzida a MVA Original em 70%, para então ser calculada a MVA Ajustada. Vale mencionar que, até o dia , para o cálculo do percentual da MVA Ajustada reduzida a ser utilizada, primeiramente, utiliza-se a MVA Original integral, para se encontrar a MVA Ajustada, e aí então é que se reduz a MVA Ajustada encontrada em 70% (Decreto nº 3.769/10) Essa mudança irá entrar em vigor, a partir de , para as mercadorias relacionadas nas seguintes Seções do Anexo 1 do RICMS-SC/01 (RICMS-SC/01, Anexo 3, arts. 123, 127, 211, 214, 217, 220, 223, 226, 229, 232, 235, 238, 241, 244, na redação dada pelas alterações ao RICMS-SC/01 a que se referem as alíneas a à n abaixo): a) Seção XLIII - Lista de Produtos de Colchoaria (alteração 2542ª); b) Seção XLVIV - Lista de Cosméticos, Perfumaria, Artigos de Higiene Pessoal e de Toucador (alteração 2544ª); c) Seção XLI - Lista de Produtos Alimentícios (alteração 2550ª); d) Seção XLII - Lista de Artefatos de Uso Doméstico (alterações 2556ª); e) Seção XLV - Lista de Produtos Eletrônicos, Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (alteração 2562ª); f) Seção XLVI - Lista de Ferramentas (alteração 2568ª); g) Seção XLVII - Lista de Instrumentos Musicais (alteração 2573ª); h) Seção XLVIII - Lista de Máquinas e Aparelhos Mecânicos, Elétricos, Eletromecânicos e Automáticos (alteração 2579ª); i) Seção XLIX - Lista de Materiais de Construção, Acabamento, Bricolagem ou Adorno (alteração 2585ª);

6 j) Seção L - Lista De Materiais de Limpeza (alteração 2590ª); k) Seção LII - Lista de Artigos de Papelaria (alteração 2604ª); l) Seção LIII - Lista de Bicicletas (alteração 2610ª); m) Seção LIV - Lista de Brinquedos (alteração 2615ª) Aplicação da Redução da MVA sobre a MVA Original, em Operações Interestaduais com destino a SC A Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina publicou o Decreto nº 306, de 14 de junho de 2011, o qual regulamentou, no território catarinense, o benefício de que trata o Convênio ICMS nº 35/11, segundo o qual nas operações interestaduais, com destino a SC, se o fornecedor do outro Estado for optante pelo Simples Nacional, o ICMS a recolher por substituição tributária para SC será recolhido com a utilização da MVA Original prevista no RICMS-SC/01 para a mercadoria, e não com a MVA Ajustada, independentemente de a empresa adquirente de SC ser, ou não, optante pelo Simples Nacional. Esse benefício entra em vigor, no território catarinense, com efeitos retroativos a 1º de junho de 2011, e poderá ser utilizado juntamente com o benefício de redução da MVA em 70%, mas isso desde que a empresa adquirente, de SC, seja optante pelo Simples Nacional (Decreto nº 3.467/10). Então, via de regra: I - Se o fornecedor for do Simples Nacional, e a empresa adquirente não: utilização da MVA original sem redução em 70%; II - Se o fornecedor for do Simples Nacional, e a empresa adquirente também: utilização da MVA Original reduzida em 70%; III - Se o fornecedor não for do Simples Nacional, e a empresa adquirente também não: utilização da MVA Ajustada sem a redução em 70%; IV - Se o fornecedor não for do Simples Nacional, e a empresa adquirente for optante: utilização da MVA Ajustada reduzida em 70% Impossibilidade de Utilização da MVA Ajustada A partir de , o benefício de redução da MVA (Original, ou Ajustada), em 70%, não poderá ser aplicado na hipótese de operação contemplada com redução de base de cálculo, com manutenção integral de crédito do ICMS. Essa mudança irá entrar em vigor, a partir de , para as mercadorias relacionadas nas seguintes Seções do Anexo 1 do RICMS-SC/01 (RICMS-SC/01,

7 Anexo 3, arts. 123, 127, 211, 214, 217, 220, 223, 226, 229, 232, 235, 238, 241, 244, na redação dada pelas alterações ao RICMS-SC/01 a que se referem as alíneas a à n abaixo): a) Seção XLIII - Lista de Produtos de Colchoaria (alteração 2542ª); b) Seção XLVIV - Lista de Cosméticos, Perfumaria, Artigos de Higiene Pessoal e de Toucador (alteração 2544ª); c) Seção XLI - Lista de Produtos Alimentícios (alteração 2550ª); d) Seção XLII - Lista de Artefatos de Uso Doméstico (alterações 2556ª); e) Seção XLV - Lista de Produtos Eletrônicos, Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (alteração 2562ª); f) Seção XLVI - Lista de Ferramentas (alteração 2568ª); g) Seção XLVII - Lista de Instrumentos Musicais (alteração 2573ª); h) Seção XLVIII - Lista de Máquinas e Aparelhos Mecânicos, Elétricos, Eletromecânicos e Automáticos (alteração 2579ª); i) Seção XLIX - Lista de Materiais de Construção, Acabamento, Bricolagem ou Adorno (alteração 2585ª); j) Seção L - Lista De Materiais de Limpeza (alteração 2590ª); k) Seção LII - Lista de Artigos de Papelaria (alteração 2604ª); l) Seção LIII - Lista de Bicicletas (alteração 2610ª); m) Seção LIV - Lista de Brinquedos (alteração 2615ª). 3 - REVENDA, EFETUADA POR EMPRESA OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL, COM DESTINO A EMPRESA NÃO-OPTANTE Caso a empresa optante pelo Simples Nacional tenha adquirido, para revenda, mercadorias sujeitas à substituição tributária em SC, com o benefício de que trata o item 2 acima, e revenda essas mercadorias com destino a empresa não-optante pelo Simples Nacional, que adquira os produtos para comercialização, então, a empresa optante pelo Simples Nacional ficará responsável pelo recolhimento da diferença do ICMS da substituição tributária que incidiu quando da compra com o beneficio de que trata o item 2 acima, de acordo com a fórmula abaixo (Decreto nº 3.467/10, art. 1º): FÓRMULA: Diferença de ICMS ST a Recolher = [Valor Total da Entrada Mais Recente da Mercadoria x (70% da MVA)] x Alíquota Interna em SC

8 A princípio, segundo informações prévias da SEF/SC, essa diferença de ICMS ST a recolher deverá ser recolhida, por apuração, até o 10º dia do mês seguinte, por meio de guia DARE-SC, com código de receita ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - POR APURAÇÃO, e com classe de vencimento (RICMS-SC/01, Anexo 3, art. 17). Mas vale enfatizar que se trata de informações prévias, não-oficiais, as quais não estão ainda totalmente estabelecidas e confirmadas; devendo ser aguardado ainda um posicionamento definitivo da SEF/SC em relação ao recolhimento dessa diferença de ICMS ST, o que esperamos que aconteça na primeira semana do mês de setembro de Exemplo de Cálculo Suponhamos que a mesma empresa optante pelo Simples Nacional, que efetuou a compra de balas com o benefício de que trata o item 2 acima, revenda a mesma quantidade de balas que havia adquirido, pelo valor total de R$ 1.500,00, para uma empresa não-optante pelo Simples Nacional, que irá adquirir esse produto para revenda. O cálculo do ICMS ST (ICMS da substituição tributária) a recolher será efetuado de acordo com o disposto abaixo. Diferença de ICMS ST a Recolher = [Valor Total da Entrada Mais Recente da Mercadoria x (70% da MVA)] x Alíquota Interna em SC Diferença de ICMS ST a Recolher = [1.000,00 x 27,97%] x 17% Diferença de ICMS ST a Recolher = 279,70 x 17% Diferença de ICMS ST a Recolher = 47,55 Portanto, nesse exemplo, o valor da diferença do ICMS ST a recolher será de R$ 47,55. O valor de R$ 47,55 é o valor da diferença entre o cálculo do ICMS ST sem a redução da MVA, e o cálculo do ICMS ST com o percentual da MVA reduzido em 70%, conforme o disposto abaixo: a) Cálculo do ICMS ST sem a redução da MVA: Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + MVA) x Alíquota Interna em SC] - ICMS da Operação Própria Valor do ICMS ST a Recolher = [(1.000, ,95%) x 17%] - 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = [1.399,50 x 17%] - 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 237,91-120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 117,91 b) Cálculo do ICMS ST com a redução da MVA:

9 Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + 30% da MVA) x Alíquota Interna em SC] - ICMS da Operação Própria Valor do ICMS ST a Recolher = [(1.000, ,98%) x 17%] - 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = [1.119,80 x 17%] - 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 190,36-120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 70,36 Portanto, R$ 117,91-70,36 = 47,55, que é a diferença do ICMS ST a recolher. 4 - RESSARCIMENTO DO ICMS DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA No caso de contribuinte substituído, optante ou não pelo Simples Nacional, ter adquirido mercadorias, sujeitas à substituição tributária em SC, relacionadas no item 2 acima, sem o benefício de redução da MVA em 70% (de acordo com o disposto no item 2 acima), e revendê-las para empresa optante pelo Simples Nacional, então, a empresa que efetuar esse revenda poderá efetuar o ressarcimento de 70% do valor do ICMS ST que tenha incidido sobre a compra (Decreto nº 3.467/10). Entendemos que esse ressarcimento poderá ser calculado de acordo com a mesma fórmula que consta no item 2 acima, a saber, com a seguinte fórmula: FÓRMULA: Diferença de ICMS ST a Recolher = [Valor Total da Entrada Mais Recente da Mercadoria x (70% da MVA)] x Alíquota Interna em SC O ressarcimento poderá ser efetuado de acordo com o disposto nos artigos 24 ao 25-A do Anexo 1 do RICMS-SC/01, com destaque para as formas mencionadas abaixo: I - Caso o contribuinte substituído não seja optante pelo Simples Nacional, poderá efetuar o ressarcimento do ICMS por meio de crédito em conta gráfica, por meio de lançamento de outros créditos, diretamente no livro Registro de Apuração do ICMS, bem como por meio do DCIP (RICMS-SC/01, Anexo 5, art. 170-A). II - Caso o contribuinte substituído seja optante pelo Simples Nacional, então, entendemos que, já que não pode se creditar de ICMS em conta gráfica, que poderá efetuar o ressarcimento por meio de pedido de restituição junto à SEF/SC, observandose, para isso, o disposto nos artigos 80 ao 87 do Decreto estadual nº /84 - RNGDT-SC/84. O pedido de restituição deverá estar acompanhado da guia DARE-SC relativa ao recolhimento da taxa de serviços gerais (RNGDT-SC/84, art. 87). Essa taxa é no valor de R$ 5,00, e é paga com guia DARE-SC, código de receita Atos da Administração em Geral, com classe de serviço de nº 10 - Petições ou requerimentos dirigidos a autoridades administrativas estaduais. No site da SEF/SC, em

10 encontra-se disponível o formulário eletrônico através do qual é possível solicitar a restituição, bem como uma explicação dos procedimentos práticos a serem adotados. Fonte: Editorial ITC Atenção! De acordo com o disposto no caput e inciso XIII do art. 7º, e nos arts. 24, 29 e 101 a 184, da Lei nº 9610/1998 (Direitos Autorais) e no artigo 184 do Decreto-Lei nº 2848/1940 (Código Penal), na redação dada pela Lei nº /2003, é expressamente proibida, por qualquer meio, a reprodução parcial e/ou total de matérias exclusivas do site: exceto a impressão e a citação ou referência bibliográfica de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA - Hipóteses de Incidência, Cálculo e Formas de Recolhimento. Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 06.10.2011.

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA - Hipóteses de Incidência, Cálculo e Formas de Recolhimento. Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 06.10.2011. DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA - Hipóteses de Incidência, Cálculo e Formas de Recolhimento Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 06.10.2011. SUMÁRIO: 1 INTRODUÇÃO 2 HIPÓTESES DE INCIDÊNCIA 2.1

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012 Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 21.03.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL OU INTERESTADUAL DE CARGAS - Crédito do ICMS

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL OU INTERESTADUAL DE CARGAS - Crédito do ICMS PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL OU INTERESTADUAL DE CARGAS - Crédito do ICMS Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 16.06.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - HIPÓTESES

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - REDUÇÃO DA MVA EM 70% NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL SITUADAS EM SANTA CATARINA

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - REDUÇÃO DA MVA EM 70% NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL SITUADAS EM SANTA CATARINA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - REDUÇÃO DA MVA EM 70% NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL SITUADAS EM SANTA CATARINA Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 29.08.2010. SUMÁRIO:

Leia mais

ICMS: ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA DO IMPOSTO NA ENTRADA DE MERCADORIA PROVENIENTE DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO - PROCEDIMENTO

ICMS: ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA DO IMPOSTO NA ENTRADA DE MERCADORIA PROVENIENTE DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO - PROCEDIMENTO ICMS: ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA DO IMPOSTO NA ENTRADA DE MERCADORIA PROVENIENTE DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO - PROCEDIMENTO Sumário 1. Introdução 2. Antecipação tributária 3. Produtos sujeitos - Relação

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS COÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO PALESTRA

Leia mais

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004 ICMS Substituição Tributária Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador, gerando uma antecipação do pagamento do imposto incidente nas operações seguintes. Responsabilidade Tributária

Leia mais

LIVRO REGISTRO DE ENTRADAS - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A

LIVRO REGISTRO DE ENTRADAS - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A LIVRO - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 19.09.2013. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - LIVRO, MODELO 1 OU 1-A 2.1 - Documentos Fiscais Registrados

Leia mais

DIFERIMENTO DO ICMS - Recolhimento do Imposto pelo Contribuinte Substituto

DIFERIMENTO DO ICMS - Recolhimento do Imposto pelo Contribuinte Substituto DIFERIMENTO DO ICMS - Recolhimento do Imposto pelo Contribuinte Substituto Matéria elaborada com base na legislação vigente em 14.05.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - DIFERIMENTO - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

CST/CSOSN - Códigos de ICMS para Utilização pelo Simples Nacional na NF-e. Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 22.02.2011.

CST/CSOSN - Códigos de ICMS para Utilização pelo Simples Nacional na NF-e. Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 22.02.2011. CST/CSOSN - Códigos de ICMS para Utilização pelo Simples Nacional na NF-e Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 22.02.2011. SUMÁRIO: 12 INTRODUÇÃO 2.1 NOTA CSTs que FISCAL, Não São MODELO

Leia mais

PALESTRA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA CONSIDERAÇÕES GERAIS

PALESTRA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA CONSIDERAÇÕES GERAIS CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO PALESTRA

Leia mais

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atualização. Julho 2013. Elaborado por: Katia de Angelo Terriaga

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atualização. Julho 2013. Elaborado por: Katia de Angelo Terriaga Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 04/09/2015 GIA/Água Natural Fornecedores de água natural canalizada Prazo para transmitir pela internet a GIA até o dia 4 do segundo mês subsequente da ocorrência

Leia mais

Dr. Luis Carlos Massoco - Presidente

Dr. Luis Carlos Massoco - Presidente Seminário Substituição Tributária e NF-e: desafios e caminhos para o setor de Tecnologia - Presidente SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA O Estado de São Paulo incluiu em sua lista de mercadorias sujeitas à substituição

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Restituição do ICMS ST RS

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Restituição do ICMS ST RS 24/06/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 6 4. Conclusão... 7 5. Informações Complementares... 8 6. Referências... 8 7.

Leia mais

ANEXO 4.7. Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada.

ANEXO 4.7. Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada. ANEXO 4.7 Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada. Protocolo ICMS 19/1985 Alterações: Protocolo ICMS 09/1986, 10/1987, 53/91, 05/98, 07/2000, 12/06, 72/07,

Leia mais

Substituição Tributária Minas Gerais Minas Gerais Visão Geral O Decreto nº 44.147 de 14/11/2005, introduziu a ST no Estado de diversos setores, dentre os quais HPPC; O Decreto nº 44.894 de 18/09/2008,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Diferencial de alíquota para produtos com destino industrialização

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Diferencial de alíquota para produtos com destino industrialização Segmentos industrialização 09/01/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 7 5. Informações Complementares...

Leia mais

Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais Superintendência de Tributação Diretoria de Orientação e Legislação Tributária

Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais Superintendência de Tributação Diretoria de Orientação e Legislação Tributária (*) Orientação Tributária DOLT/SUTRI Nº 001/2009 Novas regras do Simples Nacional - Implicações no âmbito estadual Vigência: 1º/01/2009 A Lei Complementar nº 128, de 19 de dezembro de 2008, modificou a

Leia mais

ICMS/SP Substituição Tributária

ICMS/SP Substituição Tributária Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional 09/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Transferência de Crédito do ICMS pelos Optantes do... 4 3.2 Do Ressarcimento

Leia mais

EMISSOR DE CUPOM FISCAL - Aspectos Relacionados à Emissão da Leitura X

EMISSOR DE CUPOM FISCAL - Aspectos Relacionados à Emissão da Leitura X EMISSOR DE CUPOM FISCAL - Aspectos Relacionados à Emissão da Leitura X Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 12.07.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - LEITURA X 2.1 - Representação de Valores

Leia mais

EXCLUSÃO DO VALOR DO ACRÉSCIMO FINANCEIRO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS - Procedimentos e Requisitos

EXCLUSÃO DO VALOR DO ACRÉSCIMO FINANCEIRO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS - Procedimentos e Requisitos EXCLUSÃO DO VALOR DO ACRÉSCIMO FINANCEIRO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS - Procedimentos e Requisitos Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 25.09.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - TIPOS DE ACRÉSCIMO

Leia mais

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Fernanda Silva Samyr H. M. Qbar

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Fernanda Silva Samyr H. M. Qbar Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS Apresentação: Fernanda Silva Samyr H. M. Qbar 24/09/2014 Substituição Tributária A substituição tributária do ICMS é um regime jurídico em que

Leia mais

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO Treinamento atualizado com base na legislação vigente em: 20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO JP CONTÁBIL S/S LTDA AGOSTO/2012 Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador,

Leia mais

PIS/PASEP E COFINS - REGRAS APLICÁVEIS AO REGIME ESPECIAL DE BEBIDAS FRIAS (REFRI)

PIS/PASEP E COFINS - REGRAS APLICÁVEIS AO REGIME ESPECIAL DE BEBIDAS FRIAS (REFRI) PIS/PASEP E COFINS - REGRAS APLICÁVEIS AO REGIME ESPECIAL DE BEBIDAS FRIAS (REFRI) Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 03/09/2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - PREÇO DE REFERÊNCIA 2.1 -

Leia mais

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES 1 Entradas de mercadorias de outros Estados sujeitas ao regime da substituição tributária no Rio Grande do Sul ( ICMS ST pago na Entrada ) Procedimentos

Leia mais

Ref.: Decreto do Estado do Rio de Janeiro nº 44.318 de 07.08.2013 - RJ - ICMS - Substituição tributária - Alterações.

Ref.: Decreto do Estado do Rio de Janeiro nº 44.318 de 07.08.2013 - RJ - ICMS - Substituição tributária - Alterações. Rio de Janeiro, 20 de agosto de 2013 Of. Circ. Nº 210/13 Ref.: Decreto do Estado do Rio de Janeiro nº 44.318 de 07.08.2013 - RJ - ICMS - Substituição tributária - Alterações. Senhor Presidente, Fazendo

Leia mais

ICMS. SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Medicamentos Similares, Perfumaria, Artigos de Higiene Pessoal e Cosméticos Aspectos Tributários Relevantes

ICMS. SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Medicamentos Similares, Perfumaria, Artigos de Higiene Pessoal e Cosméticos Aspectos Tributários Relevantes ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Medicamentos Similares, Perfuma, Artigos de Higiene Pessoal e Aspectos Tributários Relevantes Ricardo Bernardes Machado Consultor Tributário OAB/RS nº 44.811 ICMS - Noções

Leia mais

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atividades Sujeitas ao Regime. Julho 2010. Apoio: Elaborado por:

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atividades Sujeitas ao Regime. Julho 2010. Apoio: Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

2. Que produtos estão sujeitos à substituição tributária a partir de 1º de novembro de 2010? DECRETO/PROTOCOLO

2. Que produtos estão sujeitos à substituição tributária a partir de 1º de novembro de 2010? DECRETO/PROTOCOLO 1. O que é substituição tributária? O regime de substituição tributária é caracterizado pelo deslocamento da responsabilidade pelo pagamento do ICMS relativo a determinadas operações ou prestações para

Leia mais

O REGIME PAULISTA DE ANTECIPAÇÃO DO ICMS E A INDEVIDA EXIGÊNCIA, DOS ADQUIRENTES VAREJISTAS, DO IMPOSTO DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

O REGIME PAULISTA DE ANTECIPAÇÃO DO ICMS E A INDEVIDA EXIGÊNCIA, DOS ADQUIRENTES VAREJISTAS, DO IMPOSTO DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. O REGIME PAULISTA DE ANTECIPAÇÃO DO ICMS E A INDEVIDA EXIGÊNCIA, DOS ADQUIRENTES VAREJISTAS, DO IMPOSTO DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. 2009-07-31 Adma Felícia B. M. Nogueira Tatiane Aparecida Mora

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Ex-Instituto Paulista de Contabilidade - Fundado em 1919) ÓRGÃO DE PROFISSÃO LIBERAL SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS DISPOSIÇÕES GERAIS CONCEITOS Lei Complementar

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Material elaborado Apresentação: Eduardo Amorim

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Material elaborado Apresentação: Eduardo Amorim SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Material elaborado pela SEFAZ/PE Apresentação: Eduardo Amorim Copyright, 1997 Dale Carnegie & Associates, Inc. 1 Informações iniciais Entraram em vigor a partir de 01 de novembro

Leia mais

INFORMATIVO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (atualizado em 17/05/2011)

INFORMATIVO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (atualizado em 17/05/2011) INFORMATIVO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (atualizado em 17/05/2011) Esclarecimentos relevantes: 1. O presente informativo: a) foi elaborado com base no Regulamento do ICMS de Santa Catarina, em vigor em

Leia mais

TESTES DA APOSTILA DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA PROF: ANTONIO SÉRGIO

TESTES DA APOSTILA DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA PROF: ANTONIO SÉRGIO TESTES DA APOSTILA DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA PROF: ANTONIO SÉRGIO Obs: os exercícios devem ser feitos utilizando apenas a LEGISLAÇÃO AUXILIAR constante ao final desta apostila. Questão 1 - DEFINIÇÃO É

Leia mais

Contadores Associados S/S CRC/RS 3.361

Contadores Associados S/S CRC/RS 3.361 Circular Informativa Especial Assunto: Substituição Tributária do ICMS na Comercialização de Chás e Sucos De acordo com o Decreto (RS) 46.429, de 23/06/09 e Protocolo ICMS 18/09, a partir de 01/07/09,

Leia mais

O Sindiatacadista/DF tira suas dúvidas sobre a Substituição Tributária

O Sindiatacadista/DF tira suas dúvidas sobre a Substituição Tributária O Sindiatacadista/DF tira suas dúvidas sobre a Substituição Tributária O que é SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA? É o regime pelo qual a responsabilidade pelo ICMS devido em relação às operações ou prestações de

Leia mais

INFORMÁTICA PRODUTOS E PROGRAMAS. (atualizado até 28.04.2015)

INFORMÁTICA PRODUTOS E PROGRAMAS. (atualizado até 28.04.2015) (atualizado até 28.04.2015) ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1. PROGRAMA DE COMPUTADOR ( SOFTWARE ) NÃO PERSONALIZADO... 4 1.1. SAÍDA INTERNA... 4 1.1.1. Isenção... 4 1.1.2. Crédito Presumido... 4 1.2. SAÍDA INTERESTADUAL...

Leia mais

Substituição Tributária ICMS-SC

Substituição Tributária ICMS-SC Substituição Tributária ICMS-SC Conceito de Substituição Tributária Pela regra geral, sem ST, cada Contribuinte paga o ICMS na saída da mercadoria, deduzindo o que foi pago na operação anterior pelo remetente

Leia mais

INFORMÁTICA PRODUTOS E PROGRAMAS

INFORMÁTICA PRODUTOS E PROGRAMAS atualizado em 21/10/2015 2 ÍNDICE INTRODUÇÃO...5 1. PROGRAMA DE COMPUTADOR ( SOFTWARE ) NÃO PERSONALIZADO...7 1.1. Saída Interna...7 1.1.1. Isenção...7 1.1.2. Crédito Presumido...7 1.2. Saída Interestadual...8

Leia mais

Art. 2º... Art. 2º... 4º Na hipótese de a ALQ intra ser inferior à ALQ inter, deverá ser aplicada a MVA ST original. (AC)

Art. 2º... Art. 2º... 4º Na hipótese de a ALQ intra ser inferior à ALQ inter, deverá ser aplicada a MVA ST original. (AC) Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF PORTARIA Nº 172, DE 19 DE AGOSTO DE 2013. Altera as Portarias nº 344, de 29 de outubro de 2004, 593, de 16 de agosto de 1994, e 365, de

Leia mais

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04.11.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - ALÍQUOTAS DO ICMS 2.1 - Operações

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito diferencial de alíquota no Ativo Imobilizado - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito diferencial de alíquota no Ativo Imobilizado - SP Crédito 17/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Crédito do ICMS próprio adquirido do Simples Nacional com destino

Leia mais

ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANTECIPAÇÃO PARCIAL- ANTECIPAÇÃO SEM ENCERRAMENTO DE FASE 71. Qual a definição para o cálculo da antecipação parcial? Nas aquisições

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS NO ESTADO DE SÃO PAULO

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS NO ESTADO DE SÃO PAULO Luís Fernando da Silva SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS NO ESTADO DE SÃO PAULO Incluindo as alterações das Leis ns. 12.681/07 e 13.291/08 venda porta-a-porta cigarros bebidas sorvetes cimento frutas veículos

Leia mais

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO Agosto de 2015 Palestra DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA NA AQUISIÇÃO DE MERCADORIAS INTRERESTADUAIS Tributação do ICMS nas entradas de outra Unidade da Federação

Leia mais

Palestra. ICMS/SP Substituição Tributária Regime Especial Distribuidor. Apoio: Elaborado por: Giuliano Kessamiguiemon Gioia

Palestra. ICMS/SP Substituição Tributária Regime Especial Distribuidor. Apoio: Elaborado por: Giuliano Kessamiguiemon Gioia Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RIA ICMS

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RIA ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RIA ICMS Manual Explicativo José Roberto Rosa Por delegação da Constituição, a Lei complementar 87/96 define : SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RIA EM OPERAÇÕES / PRESTAÇÕES Antecedentes

Leia mais

Agenda Tributária: de 01 a 07 de janeiro de 2015

Agenda Tributária: de 01 a 07 de janeiro de 2015 Agenda Tributária: de 01 a 07 de janeiro de 2015 Dia: 02 IRRF/CSLL/PIS/COFINS Retidos na Fonte - Órgão Público Federal - Semanal 4ª SEMANA Os órgãos da administração pública federal direta, autarquias

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária

Parecer Consultoria Tributária Questão O cliente, no ramo de atividade industrial no segmento de produtos elétricos para profissionais de beleza, sediado em São Paulo, informa que na emissão da nota fiscal complementar de ICMS em sua

Leia mais

ALÍQUOTAS DE 4% ICMS PARA MERCADORIAS IMPORTADAS INSTRUTORA VALÉRIA RITT

ALÍQUOTAS DE 4% ICMS PARA MERCADORIAS IMPORTADAS INSTRUTORA VALÉRIA RITT ALÍQUOTAS DE 4% ICMS PARA MERCADORIAS IMPORTADAS INSTRUTORA VALÉRIA RITT 1.REGRAS GERAIS A Resolução do Senado Federal nº 13/2012, estabeleceu que, a partir de 1º.01.2013, a alíquota do ICMS nas operações

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito presumido sobre o arroz

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito presumido sobre o arroz Crédito presumido sobre o arroz 25/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações

Leia mais

Página 1 de 12 Agenda Tributária Emissão: às 14:02h Agenda Tributária (Janeiro de 2014) Obrigações Filtros Aplicados: Agenda: Janeiro/2014 - Estado: São - Cidade: São - Dia Inicial: 1 - Dia Final: 31 Dia

Leia mais

Perguntas enviadas ao SINDIMACO-GO por empresas filiadas e escritórios contábeis, e respondidas.

Perguntas enviadas ao SINDIMACO-GO por empresas filiadas e escritórios contábeis, e respondidas. Perguntas enviadas ao SINDIMACO-GO por empresas filiadas e escritórios contábeis, e respondidas. 1) PARA CALCULAR O VALOR DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO MEU ESTOQUE, OS PASSOS SÃO OS SEGUINTES: INVENTARIAR

Leia mais

Ressarcimento de ICMS-ST

Ressarcimento de ICMS-ST Ressarcimento de ICMS-ST Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Planilha de Ressarcimento... 4 Relacionar Nota Fiscal de Entrada...

Leia mais

TRANSPORTADOR REVENDEDOR RETALHISTA DE COMBUSTÍVEIS - TRR

TRANSPORTADOR REVENDEDOR RETALHISTA DE COMBUSTÍVEIS - TRR TRANSPORTADOR REVENDEDOR RETALHISTA DE COMBUSTÍVEIS - TRR ASSUNTO: Operações interestaduais. De início, ressalte-se que, para efeito deste trabalho, toda alusão genérica feita a Estado é extensiva ao Distrito

Leia mais

DECRETO N 28.746, DE 06 DE JUNHO DE 2007

DECRETO N 28.746, DE 06 DE JUNHO DE 2007 DECRETO N 28.746, DE 06 DE JUNHO DE 2007 * Publicado no DOE em 08/06/2007. DISPÕE SOBRE A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES COM APARELHOS CELULARES. O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso das atribuições

Leia mais

O que é Substituição Tributária de ICMS e sua contabilização

O que é Substituição Tributária de ICMS e sua contabilização O que é Substituição Tributária de ICMS e sua contabilização Prof. Francisco F da Cunha 1 A substituição tributária do ICMS está atualmente prevista no Artigo 150, da Constituição Federal de 1988, que

Leia mais

Substituição Tributária e Antecipação

Substituição Tributária e Antecipação Substituição Tributária e Antecipação Regra Geral Novembro/2013 1 1.Introdução... 5 2. Substituição Tributária conceito... 5 3. Base Legal Operações Internas e Interestaduais... 6 3.1. Operações Internas...

Leia mais

IPI ICMS - DF/GO/TO LEGISLAÇÃO - DF LEGISLAÇÃO - TO ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009

IPI ICMS - DF/GO/TO LEGISLAÇÃO - DF LEGISLAÇÃO - TO ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009 ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009 IPI SUSPENSÃO - LEI Nº 10.637/2002 - PROCEDIMENTOS Introdução - Estabelecimentos Com Direito à Suspensão - Preponderância de Faturamento

Leia mais

1ª) Como as empresas devem proceder em relação ao estoque de produtos submetidos ao regime de substituição tributária? (a) = Valor do Estoque

1ª) Como as empresas devem proceder em relação ao estoque de produtos submetidos ao regime de substituição tributária? (a) = Valor do Estoque 1ª) Como as empresas devem proceder em relação ao estoque de produtos submetidos ao regime de substituição tributária? I. Em regra geral, quando uma determinada mercadoria é submetida ao regime de substituição

Leia mais

SUBSTITUI O TRIBUT RIA

SUBSTITUI O TRIBUT RIA SUBSTITUI O TRIBUT RIA ENTENDENDO O REGIME Regras gerais do Regime de Substituição Tributária Conheça as regras gerais concernentes ao regime de substituição tributária do ICMS de forma a permitir a correta

Leia mais

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1 Entendendo o Negócio: Substituição Tributária (ST) é um tributo criado e implementado pelas Unidades da Federação antes do advento da atual Constituição Federal,

Leia mais

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php Página 1 de 5 27 de Abril, 2011 Impresso por ANDERSON JACKSON TOASSI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI - Emissão de Documentos Fiscais em Santa Catarina Matéria elaborada com base na Legislação vigente

Leia mais

PROGRAMA ICMS ANTECIPADO ESPECIAL COM GLOSA DE CRÉDITO. 1. O que é o Programa de ICMS ANTECIPADO GLOSA DE CRÉDITO?

PROGRAMA ICMS ANTECIPADO ESPECIAL COM GLOSA DE CRÉDITO. 1. O que é o Programa de ICMS ANTECIPADO GLOSA DE CRÉDITO? PROGRAMA ICMS ANTECIPADO ESPECIAL COM GLOSA DE CRÉDITO PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. O que é o Programa de ICMS ANTECIPADO GLOSA DE CRÉDITO? R= É a cobrança do ICMS de mercadorias sujeitas à exclusão de crédito

Leia mais

Substituição Tributária Rio Grande do Sul

Substituição Tributária Rio Grande do Sul Substituição Tributária Rio Grande do Sul Protocolo ICMS 92/2007 Celebrado entre os Estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul; Protocolo ICMS 98/2009 Celebrado entre os Estados do Rio Grande

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS/RS Tratamento tributário na emissão da NF-e com Diferimento Parcial e Escrituração

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS/RS Tratamento tributário na emissão da NF-e com Diferimento Parcial e Escrituração ICMS/RS Tratamento tributário na emissão da NF-e com Diferimento Parcial e Escrituração 06/11/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria...

Leia mais

Até: Sexta-feira, dia 2 ICMS - Scanc Fato Gerador: Dezembro/2014

Até: Sexta-feira, dia 2 ICMS - Scanc Fato Gerador: Dezembro/2014 Até: Sexta-feira, dia 2 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo ou com álcool etílico carburante

Leia mais

http://www.fazenda.gov.br/confaz/ escolha opção resolução Senado Federal 13/2012

http://www.fazenda.gov.br/confaz/ escolha opção resolução Senado Federal 13/2012 Prezado cliente, As constantes mudanças na legislação fiscal têm afetado muito as empresas, os sistemas e as empresas de contabilidade, que precisam estar preparadas para atender as obrigatoriedades legais.

Leia mais

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES 12.11.2015

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES 12.11.2015 GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES 12.11.2015 1. ICMS Santa Catarina CONSULTA 77/2015 CHÁ MATE TOSTADO É MODALIDADE DE BENEFICIAMENTO DA ERVA MATE. O IMPOSTO DEVE SER CALCULADO PELA ALÍQUOTA DE 12%, CONFORME RICMS/SC,

Leia mais

NOVIDADES NA CONTABILIDADE EMPRESARIAL EM 2016. Daisy Machado

NOVIDADES NA CONTABILIDADE EMPRESARIAL EM 2016. Daisy Machado NOVIDADES NA CONTABILIDADE EMPRESARIAL EM 2016 Daisy Machado Regras para NFCe e NFe Na NFC-e a identificação é opcional, mas para entrega em domicílio (campo indpres=4), independentemente do valor da operação,

Leia mais

PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS

PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS O curso abrangerá todo o Regulamento do ICMS/RS, desde o básico até a legislação avançada. Para fazer jus ao certificado o contratante deverá comprovar presença mínima

Leia mais

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG 12/06/2014 Pergunte à CPA Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG Apresentação: Helen Mattenhauer Convênio e Protocolos CONVÊNIO: Constitui um acordo entre os Estados, cujo elaboração tem por

Leia mais

Anexo 4.0 Substituição Tributária. Anexo 4.4. (Revigorado pelo Decreto nº 26.288 de 26 de fevereiro de 2010).

Anexo 4.0 Substituição Tributária. Anexo 4.4. (Revigorado pelo Decreto nº 26.288 de 26 de fevereiro de 2010). Anexo 4.0 Substituição Tributária Anexo 4.4 (Revigorado pelo Decreto nº 26.288 de 26 de fevereiro de 2010). Da Substituição Tributária nas Operações com Carne Bovina, Bubalina e Subproduto; Gado Bovino

Leia mais

Pergunte à CPA. Simples Nacional Regras Gerais para o ICMS

Pergunte à CPA. Simples Nacional Regras Gerais para o ICMS 1º/08/2014 Pergunte à CPA Simples Nacional Regras Gerais para o ICMS Apresentação: José A. Fogaça Neto Simples Nacional Criado pela Lei Complementar 123/06, reúne oito tributos em um recolhimento unificado

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Devolução de Mercadoria/Saída acobertada por Cupom Fiscal São Paulo

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Devolução de Mercadoria/Saída acobertada por Cupom Fiscal São Paulo São Paulo 09/02/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 4. Resposta Consulta Tributária da Secretaria de Estado da Fazenda

Leia mais

Fortaleza, 31/03/15. com Paulo Almada

Fortaleza, 31/03/15. com Paulo Almada Fortaleza, 31/03/15 com Paulo Almada Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação ICMS Como

Leia mais

ALTERAÇÕES: Decreto nº 20.407/04, Decreto nº 20.914/04 RESPONSABILIDADE

ALTERAÇÕES: Decreto nº 20.407/04, Decreto nº 20.914/04 RESPONSABILIDADE Anexos 4.0 Substituição Tributária Anexos 4.2 Substituição Tributária das Operações com Água Mineral, Água Potável, Cerveja, Chope, Gelo e Refrigerante. Protocolo ICMS 11/1991 Alterações: Protocolo ICMS

Leia mais

ESTADO DO ACRE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE AÇÃO FISCAL NOTA TÉCNICA

ESTADO DO ACRE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE AÇÃO FISCAL NOTA TÉCNICA ESTADO DO ACRE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE AÇÃO FISCAL NOTA TÉCNICA Tendo em vista a implantação das Áreas de Livre Comércio de Brasiléia,

Leia mais

www.icmspratico.com.br Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Fortaleza, 06/06/14

www.icmspratico.com.br Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Fortaleza, 06/06/14 Fortaleza, 06/06/14 Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Em análise: I C M S Questões Atuais Arquivos Eletrônicos ICMS-ST com Material de Construção ICMS-ST com Supermercado/minimercado/atacadistas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ELETRÔNICO DE CÁLCULO DO ICMS DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES SUBSEQUENTES

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ELETRÔNICO DE CÁLCULO DO ICMS DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES SUBSEQUENTES ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Diretoria de Administração Tributária Gerência de Sistemas e Informações Tributárias Sistema de Administração Tributária (SAT) Gerência de Substituição

Leia mais

SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS

SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS TRÊS TIPOS DE DIFERENCIAIS (não confunda!!!) 1 Diferencial clássico 2 Diferencial S.T. 3 Diferencial nas

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9777

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9777 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o disposto nos Protocolos ICMS 189/2009, 109/2013 e 122/2013, e tendo

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES ESTADUAL - SÃO PAULO JANEIRO DE 2014

AGENDA DE OBRIGAÇÕES ESTADUAL - SÃO PAULO JANEIRO DE 2014 AGENDA DE OBRIGAÇÕES ESTADUAL - SÃO PAULO JANEIRO DE 2014 Dia: 02 SP - Transmissão Eletrônica de Dados - Operações Interestaduais com Combustíveis - Transportador Revendedor Retalhista - TRR O Transportador

Leia mais

PORTARIA Nº 135/GSER

PORTARIA Nº 135/GSER PORTARIA Nº 135/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2015. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 3º, inciso VIII, alíneas a e g, da Lei nº 8.186, de 16 de março de

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br ICMS substituição tributária. IVA ajustado. Um desajuste tributário para os estabelecimentos varejistas Paulo Henrique Gonçalves Sales Nogueira * Pretende se com o presente texto

Leia mais

Orientação Tributária DOLT/SUTRI Nº 001/2009 Novas regras do Simples Nacional - Implicações no âmbito estadual Vigência: 1º/01/2009

Orientação Tributária DOLT/SUTRI Nº 001/2009 Novas regras do Simples Nacional - Implicações no âmbito estadual Vigência: 1º/01/2009 Orientação Tributária DOLT/SUTRI Nº 001/2009 Novas regras do Simples Nacional - Implicações no âmbito estadual Vigência: 1º/01/2009 A Lei Complementar nº 128, de 19 de dezembro de 2008, modificou a Lei

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO CÉLULA DE PADRONIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS DE FISCALIZAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO CÉLULA DE PADRONIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS DE FISCALIZAÇÃO ICMS ANTECIPADO - OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. Em que se constitui o ICMS ANTECIPADO para recolhimento pelos optantes do Simples Nacional? Na unificação das seguintes modalidades

Leia mais

ALTERAÇÕES LEGISLATIVAS DEPARTAMENTO JURÍDICO DA FIESP

ALTERAÇÕES LEGISLATIVAS DEPARTAMENTO JURÍDICO DA FIESP Período: JULHO/2012 31/07/2012 Portaria CAT 93, de 30 de julho de 2012 Altera a Portaria CAT-241/09, de 25-11-2009, que estabelece a base de cálculo na saída de produtos de colchoaria, a que se refere

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Composição das Colunas 16 no método permanente da Portaria Cat 17/99

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Composição das Colunas 16 no método permanente da Portaria Cat 17/99 Composição das Colunas 16 no método permanente da Portaria Cat 17/99 23/10/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 4. Conclusão...

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - EQUALIZAÇÃO DE ALÍQUOTAS DECRETOS nºs 442/2015 E 953/2015 ÍNDICE

PERGUNTAS E RESPOSTAS - EQUALIZAÇÃO DE ALÍQUOTAS DECRETOS nºs 442/2015 E 953/2015 ÍNDICE PERGUNTAS E RESPOSTAS - EQUALIZAÇÃO DE ALÍQUOTAS DECRETOS nºs 442/2015 E 953/2015 (Versão 2.0-21/09/2015) ÍNDICE 1. AUTORREGULARIZAÇÃO, CONCEITO. O que é autorregularização? 2. BASE LEGAL. Qual a base

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO DO SIMPLES NACIONAL - SETEMBRO

BOLETIM INFORMATIVO DO SIMPLES NACIONAL - SETEMBRO BOLETIM INFORMATIVO DO SIMPLES NACIONAL - SETEMBRO Estado Nº de MEI Optantes pelo Simples Nacional Nº de MPE Optantes pelo Simples Nacional Boas Práticas de Desoneração do ICMS aos Optantes do Simples

Leia mais

A S S I P I ICMS IMPORTADOS RESOLUÇÃO 13

A S S I P I ICMS IMPORTADOS RESOLUÇÃO 13 A S S I P I ICMS IMPORTADOS RESOLUÇÃO 13 1 RESOLUÇÃO 13 X DECRETO 4316/95 RESOLUÇÃO 13 DECRETO 4316 COMENTÁRIOS Art. 1º A alíquota do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Paulo Melchor Consultor Jurídico SEBRAE-SP 0800 570 0800 www.sebraesp.com.br

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Paulo Melchor Consultor Jurídico SEBRAE-SP 0800 570 0800 www.sebraesp.com.br SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Paulo Melchor Consultor Jurídico SEBRAE-SP 0800 570 0800 www.sebraesp.com.br O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta

Leia mais

ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RIA 2013. José Roberto Rosa

ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RIA 2013. José Roberto Rosa ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RIA 2013 José Roberto Rosa A Constituição Federal determina que Cabe à lei complementar dispor sobre substituição tributária ria (art. 155, 2º,, XII, b) A Lei complementar

Leia mais

REMESSA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO. (atualizado até 25/02/2014)

REMESSA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO. (atualizado até 25/02/2014) REMESSA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO (atualizado até 25/02/2014) 2 ÍNDICE 1. CONCEITO...5 2. SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA...5 2.1. Saída Interna...5 2.2. Saída Interestadual...5 3. PROCEDIMENTOS...5 3.1. Remessa pelo

Leia mais

AVES E OVOS. (atualizado até 03/01/2014)

AVES E OVOS. (atualizado até 03/01/2014) (atualizado até 03/01/2014) 2 ÍNDICE 1. AVES E PRODUTOS RESULTANTES DE SUA MATANÇA...5 1.1. Operações Internas 1.1.1. Aves Vivas...5 1.1.2. Produtos Resultantes da Matança de Aves, exceto frangos, em Estado

Leia mais

Agenda Tributária do Estado do Rio Grande do Sul Julho/2014

Agenda Tributária do Estado do Rio Grande do Sul Julho/2014 Agenda Tributária do Estado do Rio Grande do Sul Julho/2014 01/07-3 Feira - COMBUSTÍVEIS - Arquivo Magnético Entrega, por transmissão eletrônica de dados, pelo Transportador Revendedor Retalhista - TRR,

Leia mais