SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - REDUÇÃO DA MVA EM 70% NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL SITUADAS EM SANTA CATARINA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - REDUÇÃO DA MVA EM 70% NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL SITUADAS EM SANTA CATARINA"

Transcrição

1 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - REDUÇÃO DA MVA EM 70% NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL SITUADAS EM SANTA CATARINA Matéria elaborada com base na Legislação vigente em SUMÁRIO: 1 INTRODUÇÃO 2 SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL 2.1 Expressão a Ser Colocada no Campo Informações Complementares da Nota Fiscal 2.2 Exemplo de Cálculo 3 REVENDA, EFETUADA POR EMPRESA OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL, COM DESTINO A EMPRESA NÃO-OPTANTE 3.1 Exemplo de Cálculo 4 RESSARCIMENTO DO ICMS DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1 INTRODUÇÃO Com o objetivo de reduzir a carga tributária do ICMS da substituição tributária para as empresas optantes pelo Simples Nacional, a Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina publicou, no DOE de , o Decreto nº 3.467/10, o qual introduziu alterações no Anexo 3 do RICMS-SC/01, dentre as quais cabe destacar o benefício de redução do percentual da MVA Margem de Valor Agregado em 70%, nas saídas destinadas a empresas optantes pelo Simples Nacional, localizadas em Santa Catarina. Essa matéria dispõe sobre esse benefício. 2 SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL O benefício de redução da MVA em 70% somente se aplica nas saídas, tanto internas, quanto interestaduais, que sejam destinadas a empresas optantes pelo Simples Nacional, localizadas em Santa Catarina, e apenas se aplica nas operações com os seguintes tipos de mercadorias sujeitas à substituição tributária em SC (Decreto nº 3.467/10, art. 1º, com efeitos a partir de 1º ): a) colchoaria (Protocolo ICMS nº 190/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLIII, e Anexo 3, arts. 120 ao 123); b) cosméticos, perfumaria, artigos de higiene pessoal e de toucador (Protocolo ICMS nº 191/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLIV, e Anexo 3, arts. 127 ao 129); c) produtos alimentícios (Protocolo ICMS nº 188/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção

2 XLI, e Anexo 3, arts. 209 ao 211); d) artefatos de uso doméstico (Protocolo ICMS nº 189/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLII, e Anexo 3, arts. 212 ao 214); e) produtos eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos (Protocolo ICMS nº 192/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLV, e Anexo 3, arts. 215 ao 217); f) ferramentas (Protocolo ICMS nº 193/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLVI, e Anexo 3, arts. 218 ao 220); g) instrumentos musicais (Protocolo ICMS nº 194/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLVII, e Anexo 3, arts. 221 ao 223); h) máquinas e aparelhos mecânicos, elétricos, eletromecânicos e automáticos (Protocolo ICMS nº 195/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLVIII, e Anexo 3, arts. 224 ao 226); i) materiais de construção, acabamento, bricolagem ou adorno (Protocolo ICMS nº 196/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção XLIX, e Anexo 3, arts. 227 ao 229); j) material de limpeza (Protocolo ICMS nº 197/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção L, e Anexo 3, arts. 230 ao 232); k) materiais elétricos (Protocolo ICMS nº 198/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LI, e Anexo 3, arts. 233 ao 235); l) artigos de papelaria (Protocolo ICMS nº 199/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LII, e Anexo 3, arts. 236 ao 238); m) bicicletas (Protocolo ICMS nº 203/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LIII, e Anexo 3, arts. 239 ao 241); n) brinquedos (Protocolo ICMS nº 204/09; RICMS-SC/01, Anexo 1, Seção LIV, e Anexo 3, arts. 242 ao 244). FÓRMULA: Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + 30% da MVA) x Alíquota Interna em SC] ICMS da Operação Própria Em relação à fórmula acima, no caso de operação interna em SC, utiliza-se a MVA Original; ao passo que nas operações interestaduais, com destino a SC, utiliza-se a MVA Ajustada (Decreto nº 3.174/10). Esse benefício se aplica independentemente de o fornecedor estar localizado em Santa Catarina ou em outros Estados, e se é, ou não, optante pelo Simples Nacional, sendo, portanto, que se aplica tanto em relação à MVA Original, nas operações internas em SC, quanto em relação à MVA Ajustada, nas operações interestaduais, destinadas a SC.

3 Vale mencionar que, nas saídas interestaduais, com destino a empresa optante pelo Simples Nacional localizada em SC, primeiramente, deve-se efetuar o cálculo do percentual da MVA Ajustada, por meio da utilização da fórmula da MVA Ajustada (prevista no Decreto estadual nº 3.174/10), para somente depois então o percentual da MVA Ajustada ser reduzido em 70%. O benefício de redução da MVA em 70% pode ser aplicado inclusive nas compras efetuadas por empresa do Simples Nacional de SC, provenientes de fornecedor de Estados não-signatários. 2.1 Expressão a Ser Colocada no Campo Informações Complementares da Nota Fiscal No campo Dados Adicionais da NF, o fornecedor deverá colocar a seguinte informação, conforme o tipo de mercadorias sujeita à substituição tributária (Decreto nº 3.467/10, art. 1º, com efeitos a partir de 1º ): a) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 123, 3º, no caso de colchoaria; b) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 127, 3º, no caso de cosméticos, perfumaria, artigos de higiene pessoal e de toucador; c) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 211, 3º, no caso de produtos alimentícios; d) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 214, 3º, no caso de artefatos de uso doméstico; e) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 217, 3º, no caso de produtos eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos; f) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 220, 3º, no caso de ferramentas; g) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 223, 3º, no caso de instrumentos musicais; h) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 226, 3º, no caso de máquinas e aparelhos mecânicos, elétricos, eletromecânicos e automáticos; i) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 229, 3º, no caso de materiais de construção, acabamento, bricolagem ou adorno; j) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 232, 3º, no caso de material de limpeza; k) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 235, 3º, no caso de materiais elétricos; l) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 238, 3º, no caso de artigos de papelaria; m) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 241, 3º, no caso de bicicletas;

4 n) ST 30% de MVA Anexo 3, art. 244, 3º, no caso de brinquedos. 2.2 Exemplo de Cálculo Suponhamos que uma empresa de SC, optante pelo Simples Nacional, compre balas, classificadas no código da TIPI, para revenda, no valor total de R$ 1.000,00, com ICMS da operação própria destacado no valor de R$ 120,00, de fornecedor de MG, não-optante pelo Simples Nacional. Portanto, o valor do ICMS ST a ser recolhido para SC, por parte do fornecedor de MG (o qual está localizado em Estado signatário do Protocolo ICMS nº 188/09), será calculado da seguinte forma: Primeiramente, como se trata de operação interestadual, deve-se calcular a MVA Ajustada, com a seguinte fórmula: MVA Ajustada = [(1 + MVA ST original) x (1 - ALQ inter) / (1 - ALQ intra)] - 1, onde: a) MVA ST original é a MVA Original, indicada nas Seções XLI à LIV do Anexo 1 do RICMS-SC/01; b) ALQ inter é o coeficiente correspondente à alíquota interestadual aplicável à operação; c) ALQ intra é o coeficiente correspondente à alíquota prevista para as operações substituídas (ou seja, operações internas), em Santa Catarina. Portanto: MVA Ajustada = [(1 + MVA ST original) x (1 - ALQ inter) / (1- ALQ intra)] - 1 MVA Ajustada = [(1 + 0,32) x (1 0,12) / (1 0,17] 1 MVA Ajustada = [1,32 x 0,88 / 0,83] 1 MVA Ajustada = [1,16 / 0,83] 1 MVA Ajustada = 1, MVA Ajustada = 0,3995 x 100 = 39,95% Portanto, a MVA Ajustada é de 39,95%, a qual será reduzida em 70%, por ser a empresa adquirente optante pelo Simples Nacional, e, portanto a MVA Ajustada a ser utilizada será no percentual de 11,98% (ou seja, 39,95% - 70% = 11,98%). Agora sim, pode-se calcular o valor do ICMS ST a recolher: Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + 30% da MVA) x Alíquota Interna em SC] ICMS da Operação Própria Valor do ICMS ST a Recolher = [(1.000, ,98%) x 17%] 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = [1.119,80 x 17%] 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 190,36 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 70,36

5 Portanto, nesse exemplo, o valor do ICMS ST a recolher será de R$ 70,36, sendo que o fornecedor de MG, por estar localizado em Estado signatário, deverá destacar, nos campos próprios da NF, a base de cálculo do ICMS ST, no valor de R$ 1.119,80, e o valor do ICMS retido por ST, no valor de R$ 70,36. 3 REVENDA, EFETUADA POR EMPRESA OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL, COM DESTINO A EMPRESA NÃO-OPTANTE Caso a empresa optante pelo Simples Nacional tenha adquirido, para revenda, mercadorias sujeitas à substituição tributária em SC, com o benefício de que trata o item 2 acima, e revenda essas mercadorias com destino a empresa não-optante pelo Simples Nacional, que adquira os produtos para comercialização, então, a empresa optante pelo Simples Nacional ficará responsável pelo recolhimento da diferença do ICMS da substituição tributária que incidiu quando da compra com o beneficio de que trata o item 2 acima, de acordo com a fórmula abaixo (Decreto nº 3.467/10, art. 1º): FÓRMULA: Diferença de ICMS ST a Recolher = [Valor Total da Entrada Mais Recente da Mercadoria x (70% da MVA)] x Alíquota Interna em SC A princípio, segundo informações prévias da SEF/SC, essa diferença de ICMS ST a recolher deverá ser recolhida, por apuração, até o 10º dia do mês seguinte, por meio de guia DARE-SC, com código de receita 1473 ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA POR APURAÇÃO, e com classe de vencimento (RICMS-SC/01, Anexo 3, art. 17). Mas vale enfatizar que se trata de informações prévias, não-oficiais, as quais não estão ainda totalmente estabelecidas e confirmadas; devendo ser aguardado ainda um posicionamento definitivo da SEF/SC em relação ao recolhimento dessa diferença de ICMS ST, o que esperamos que aconteça na primeira semana do mês de setembro de Exemplo de Cálculo Suponhamos que a mesma empresa optante pelo Simples Nacional, que efetuou a compra de balas com o benefício de que trata o item 2 acima, revenda a mesma quantidade de balas que havia adquirido, pelo valor total de R$ 1.500,00, para uma empresa não-optante pelo Simples Nacional, que irá adquirir esse produto para revenda. O cálculo do ICMS ST (ICMS da substituição tributária) a recolher será efetuado de acordo com o disposto abaixo. Diferença de ICMS ST a Recolher = [Valor Total da Entrada Mais Recente da Mercadoria x (70% da MVA)] x Alíquota Interna em SC Diferença de ICMS ST a Recolher = [1.000,00 x 27,97%] x 17% Diferença de ICMS ST a Recolher = 279,70 x 17%

6 Diferença de ICMS ST a Recolher = 47,55 Portanto, nesse exemplo, o valor da diferença do ICMS ST a recolher será de R$ 47,55. O valor de R$ 47,55 é o valor da diferença entre o cálculo do ICMS ST sem a redução da MVA, e o cálculo do ICMS ST com o percentual da MVA reduzido em 70%, conforme o disposto abaixo: a) Cálculo do ICMS ST sem a redução da MVA: Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + MVA) x Alíquota Interna em SC] ICMS da Operação Própria Valor do ICMS ST a Recolher = [(1.000, ,95%) x 17%] 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = [1.399,50 x 17%] 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 237,91 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 117,91 b) Cálculo do ICMS ST com a redução da MVA: Valor do ICMS ST a Recolher = [(Valor Total da Compra + 30% da MVA) x Alíquota Interna em SC] ICMS da Operação Própria Valor do ICMS ST a Recolher = [(1.000, ,98%) x 17%] 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = [1.119,80 x 17%] 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 190,36 120,00 Valor do ICMS ST a Recolher = 70,36 Portanto, R$ 117,91 70,36 = 47,55, que é a diferença do ICMS ST a recolher. 4 RESSARCIMENTO DO ICMS DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA No caso de contribuinte substituído, optante ou não pelo Simples Nacional, ter adquirido mercadorias, sujeitas à substituição tributária em SC, relacionadas no item 2 acima, sem o benefício de redução da MVA em 70% (de acordo com o disposto no item 2 acima), e revendê-las para empresa optante pelo Simples Nacional, então, a empresa que efetuar esse revenda poderá efetuar o ressarcimento de 70% do valor do ICMS ST que tenha incidido sobre a compra (Decreto nº 3.467/10). Entendemos que esse ressarcimento poderá ser calculado de acordo com a mesma fórmula que consta no item 2 acima, a saber, com a seguinte fórmula: FÓRMULA: Diferença de ICMS ST a Recolher = [Valor Total da Entrada Mais Recente da Mercadoria x (70% da MVA)] x Alíquota Interna em SC O ressarcimento poderá ser efetuado de acordo com o disposto nos artigos 24 ao 25-A do Anexo 1 do RICMS-SC/01, com destaque para as formas mencionadas abaixo:

7 I Caso o contribuinte substituído não seja optante pelo Simples Nacional, poderá efetuar o ressarcimento do ICMS por meio de crédito em conta gráfica, por meio de lançamento de outros créditos, diretamente no livro Registro de Apuração do ICMS, bem como por meio do DCIP (RICMS-SC/01, Anexo 5, art. 170-A). II Caso o contribuinte substituído seja optante pelo Simples Nacional, então, entendemos que, já que não pode se creditar de ICMS em conta gráfica, que poderá efetuar o ressarcimento por meio de pedido de restituição junto à SEF/SC, observandose, para isso, o disposto nos artigos 80 ao 87 do Decreto estadual nº /84 - RNGDT-SC/84. O pedido de restituição deverá estar acompanhado da guia DARE-SC relativa ao recolhimento da taxa de serviços gerais (RNGDT-SC/84, art. 87). Essa taxa é no valor de R$ 5,00, e é paga com guia DARE-SC, código de receita 2119 Atos da Administração em Geral, com classe de serviço de nº 10 Petições ou requerimentos dirigidos a autoridades administrativas estaduais. No site da SEF/SC, em encontra-se disponível o formulário eletrônico através do qual é possível solicitar a restituição, bem como uma explicação dos procedimentos práticos a serem adotados.

REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA

REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 15.07.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

Substituição Tributária Santa Catarina

Substituição Tributária Santa Catarina Substituição Tributária Santa Catarina Protocolo ICMS 191/2009 Celebrado entre os Estados de Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais; Entrada em vigor: nas operações de MG/SC para PR, a partir de 1º de março;

Leia mais

Portaria CAT - 16, de

Portaria CAT - 16, de Page 1 of 5 Portaria CAT - 16, de 23-1-2009 (DOE 24-01-2009) Estabelece a base de cálculo na saída de produtos sujeitos à substituição tributária na hipótese que especifica Com as alterações das Portarias

Leia mais

21:24:15]

21:24:15] ICMS/SP - Antecipação tributária do imposto na entrada de mercadoria proveniente de outra Unidade da Federação 2 de Maio de 2012 Em face da publicação da 43/2012 - DOE SP de 14.04.2012; 47/2012 - DOE SP

Leia mais

Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos Substituição Tributária das Operações com Lâmpadas Elétricas

Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos Substituição Tributária das Operações com Lâmpadas Elétricas Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos 4. 13 Substituição Tributária das Operações com Lâmpadas Elétricas Protocolo ICMS 17/1985 Alterações: Protocolo 09/1986, 10/87, 51/91, 08/98, 26/01, 37/01, 42/08,

Leia mais

Substituição Tributária Minas Gerais

Substituição Tributária Minas Gerais Substituição Tributária Minas Gerais Decreto nº 44.147 de 14/11/2005 Introduziu a ST no Estado de diversos setores, dentre os quais HPPC; Decreto nº 44.894 de 18/09/2008 Institui o MVA ajustado para operações

Leia mais

CIRCULAR Nº 10/2009 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS: NOVOS PRODUTOS

CIRCULAR Nº 10/2009 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS: NOVOS PRODUTOS São Paulo, 27 de abril de 2009. Prezado Cliente, CIRCULAR Nº 10/2009 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS: NOVOS PRODUTOS Tem sido prática reiterada do governo estadual a publicação de Decreto elevando a lista

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução Base de Cálculo ICMS-ST no Simples Nacional - GO

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução Base de Cálculo ICMS-ST no Simples Nacional - GO 16/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6. Referências...

Leia mais

2º Na hipótese do inciso I do parágrafo 1º, a substituição tributária caberá ao estabelecimento da empresa industrial ou ao contribuinte substituto

2º Na hipótese do inciso I do parágrafo 1º, a substituição tributária caberá ao estabelecimento da empresa industrial ou ao contribuinte substituto Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos 4. 12 Substituição Tributária das Operações com Lâmina de Barbear, Aparelho de Barbear Descartável, Isqueiro. Protocolo ICMS 16/1985 Alterações: Protocolo 09/1986,10/87,50/91,07/98,14/00,

Leia mais

Base legal: artigo 423-A do RICMS/SP, Cláusula vigésima sexta do Convênio ICMS n 110/2007. Ato COTEPE/ICMS n 37/2015.

Base legal: artigo 423-A do RICMS/SP, Cláusula vigésima sexta do Convênio ICMS n 110/2007. Ato COTEPE/ICMS n 37/2015. AGENDA TRIBUTÁRIA ICMS/SP PARA O MÊS DE MARÇO 01/03 3 Feira Entrega, por transmissão eletrônica de dados, pelo Transportador Revendedor Retalhista TRR, das informações relativas às operações interestaduais

Leia mais

Pergunte à CPA. Regras da aplicação das ST dos Novos Protocolos entre São Paulo e Rio de Janeiro a partir de

Pergunte à CPA. Regras da aplicação das ST dos Novos Protocolos entre São Paulo e Rio de Janeiro a partir de 27/11/2014 Pergunte à CPA Regras da aplicação das ST dos Novos Protocolos entre São Paulo e Rio de Janeiro a partir de 27.11.2014 Apresentação: Helen Mattenhauer Convênio e Protocolos CONVÊNIO: Constitui

Leia mais

Base legal: artigo 423-A do RICMS/SP, Cláusula vigésima sexta do Convênio ICMS n 110/2007. Ato COTEPE/ICMS n 37/2015.

Base legal: artigo 423-A do RICMS/SP, Cláusula vigésima sexta do Convênio ICMS n 110/2007. Ato COTEPE/ICMS n 37/2015. AGENDA TRIBUTÁRIA ICMS/SP PARA O MÊS DE FEVEREIRO 02/02 3 Feira Principal COMBUSTÍVEIS Arquivo Magnético Entrega, por transmissão eletrônica de dados, pelo Transportador Revendedor Retalhista TRR, das

Leia mais

Substituição Tributária. Santa Catarina

Substituição Tributária. Santa Catarina Substituição Tributária Santa Catarina Protocolo 92/2007 celebrado entre PR, SC e RS. Como o Protocolo 92/2007 foi denunciado pelo RS, não há obrigatoriedade de recolhimento nas operações destinadas ao

Leia mais

Agenda Tributária: de 01 a 04 de maio de 2016

Agenda Tributária: de 01 a 04 de maio de 2016 Agenda Tributária: de 01 a 04 de maio de 2016 Até: Segunda -feira, dia 2 Histórico: Substituição tributária Recolhimento do imposto retido por substituição tributária nas operações com água natural, mineral,

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR DECRETO Nº 4.105, DE 29 DE JANEIRO DE 2009. ALTERA O REGULAMENTO DO ICMS, APROVADO PELO DECRETO Nº 35.245, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1991, PARA IMPLEMENTAR DISPOSIÇÕES DOS PROTOCOLOS ICMS 107, DE 16 DE NOVEMBRO

Leia mais

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE MARÇO DE 2014

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE MARÇO DE 2014 OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE MARÇO DE 2014 05/03/2014 GIA/Água Natural Próprio - Distribuidora de de Fornecedores de água natural canalizada Prazo final para transmitir pela internet a GIA relativa ao mês

Leia mais

Pontos Especiais IVA AJUSTADO CONVÊNIO ICMS 93/2015 E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015

Pontos Especiais IVA AJUSTADO CONVÊNIO ICMS 93/2015 E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 Pontos Especiais IVA AJUSTADO CONVÊNIO ICMS 93/2015 E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 Substituição Tributária O regime de ST é uma obrigação tributária que transfere ao sujeito passivo a responsabilidade

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Calculo de ICMS ST Optante pelo Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Calculo de ICMS ST Optante pelo Simples Nacional Calculo de 07/11/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Resolução CGSN nº51 de 22/12/2008... 3 3.2. Lei complementar

Leia mais

ATENÇÃO SEGUE ABAIXO A LEI CORRESPONDENE A ESSA COBRANÇA. Dispõe sobre a substituição tributária nas operações interestaduais com autopeças.

ATENÇÃO SEGUE ABAIXO A LEI CORRESPONDENE A ESSA COBRANÇA. Dispõe sobre a substituição tributária nas operações interestaduais com autopeças. ATENÇÃO Senhores clientes pessoa jurídica (REVENDEDORES), informamos que nas operações referente a venda de peças, componentes e acessórios para veículos automotores, o calculo dos impostos é diferenciado.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Diferencial de Alíquota mercadoria com ICMS-ST/São Paulo

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Diferencial de Alíquota mercadoria com ICMS-ST/São Paulo Diferencial 26/12/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Mercadoria sujeita a Substituição Tributária... 4 3.2. ICMS

Leia mais

BC = (Valor mercadoria + frete + IPI + outras despesas) x MVA. BC = (Valor mercadoria + frete + IPI + outras despesas) x MVA ajustada

BC = (Valor mercadoria + frete + IPI + outras despesas) x MVA. BC = (Valor mercadoria + frete + IPI + outras despesas) x MVA ajustada A Substituição Tributária (ST) é o regime pelo qual a responsabilidade pelo ICMS em relação às operações ou prestações de serviços é atribuída a outro contribuinte. As modalidades de substituição subdividem-se

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Antecipação tributária do imposto - entrada de mercadoria proveniente de outra UF - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Antecipação tributária do imposto - entrada de mercadoria proveniente de outra UF - SP Segmentos mercadoria proveniente de outra UF - SP 11/05/2016 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Antecipação Tributária...

Leia mais

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração.

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração. Versão 11/03/2014 Não é pretensão desta apresentação esgotar totalmente os procedimentos de ICMS ST. Representa opinião da ABIHPEC podendo haver entendimento divergente. No rodapé de cada slide é indicado

Leia mais

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE JANEIRO DE 2014

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE JANEIRO DE 2014 OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE JANEIRO DE 2014 02/01/2014 GIA/SN Gia Informação e Apuração do ICMS Simples Nacional GIA/ Serviço Aeroviário Regular Refinarias Petróleo Cimento ICMS/Débito Serviço Aeroviário

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Cordilheira Escrita Fiscal 2.174A Liberação de Atualização Criadas rotinas para possibilitar a parametrização da apuração automática do diferencial de alíquota, antecipação parcial do ICMS, e antecipação

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PALESTRA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Recolhimento de ICMS ST sobre a operação de frete

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Recolhimento de ICMS ST sobre a operação de frete 09/02/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Alíquota prevista para a operação... 7 4. Conclusão... 10 5. Referências...

Leia mais

CONVÊNIO ICMS N 052/2017 SUSPENSÃO PARCIAL. AS CLAUSULAS 8ª a 14ª, 16ª, 24ª e 26ª do Convênio ICMS nº 52/2017

CONVÊNIO ICMS N 052/2017 SUSPENSÃO PARCIAL. AS CLAUSULAS 8ª a 14ª, 16ª, 24ª e 26ª do Convênio ICMS nº 52/2017 CONVÊNIO ICMS N 052/2017 SUSPENSÃO PARCIAL A SEGUIR CLAUSULAS QUE ESTÃO TEMPORARIAMENTE SUSPENSAS DE SUA APLICAÇÃO AS CLAUSULAS 8ª a 14ª, 16ª, 24ª e 26ª do Convênio ICMS nº 52/2017 Cláusula oitava O contribuinte

Leia mais

Substituição Tributária Paraná

Substituição Tributária Paraná Substituição Tributária Paraná Decreto nº 4.430 de 18/03/2009 Regulamenta a Lei nº 16.016 de 19/12/2008, onde altera as alíquotas internas de acordo com a NCM; Alíquota de 12% na prestação de serviço de

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO PALESTRA

Leia mais

Pergunte à CPA. Substituição Tributária. Apresentação: Samyr Qbar 27/03/2014

Pergunte à CPA. Substituição Tributária. Apresentação: Samyr Qbar 27/03/2014 Pergunte à CPA Substituição Tributária Apresentação: Samyr Qbar 27/03/2014 Análise das condições necessárias para a aplicação da substituição tributária Artigo do RICMS + quem é o destinatário + qual a

Leia mais

ISSQN/SUBSTITUTO TRIBUTÁRIO

ISSQN/SUBSTITUTO TRIBUTÁRIO Número: 159 /2011 Publicação da CG Contadores Associados S/S Informativo CG Obrigações 04 IOF Imposto sobre Operações Financeiras Fatos geradores referentes ao 3º decêndio de dezembro/2011. 06 Salários

Leia mais

ÚLTIMAS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL. 1- RS ICMS Obrigatoriedade da informação da NCM/SH nas notas fiscais

ÚLTIMAS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL. 1- RS ICMS Obrigatoriedade da informação da NCM/SH nas notas fiscais ÚLTIMAS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL 1- RS ICMS Obrigatoriedade da informação da NCM/SH nas notas fiscais Atráves do Decreto 46.81, de 11-1-009, foram realizadas alterações no RICMS/RS que tratam

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11 ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11 21/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Análise da Consultoria... 3 2.1. ImpostoRetidoSt... 5 (Imposto Retido por ST)...

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 43/2017

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 43/2017 *Publicada no DOE em 27/07/2017. INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 43/2017 DISPÕE SOBRE A FÓRMULA DE CÁLCULO DA MVA AJUSTADA PARA EFEITO DE COMPOSIÇÃO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS EM REGIMES DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

http://www.cenofisco.com.br/links/documento/documentonews.aspx?id=24695227

http://www.cenofisco.com.br/links/documento/documentonews.aspx?id=24695227 Página 1 de 6 Cenofisco - Centro de Orientação Fiscal DECRETO Nº 27.552, DE 12 DE AGOSTO DE 2013 DOE-AL de 13/08/2013 (nº 148, pág. 4) Altera o regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto Estadual Nº 35.245,

Leia mais

Informativo CG. IOF - Imposto sobre Operações Financeiras Fatos geradores referentes ao 3º decêndio de MARÇO/2013

Informativo CG. IOF - Imposto sobre Operações Financeiras Fatos geradores referentes ao 3º decêndio de MARÇO/2013 Número: 174 Abril/2013 Publicação da CG Contadores Associados S/S Informativo CG 03 Obrigações IOF - Imposto sobre Operações Financeiras Fatos geradores referentes ao 3º decêndio de MARÇO/2013 05 SALÁRIO

Leia mais

Informativo CG. Obrigações. Número: 161 Março/2012 Publicação da CG Contadores Associados S/S

Informativo CG. Obrigações. Número: 161 Março/2012 Publicação da CG Contadores Associados S/S Número: 161 /2012 Publicação da CG Contadores Associados S/S Informativo CG Obrigações 05 IOF Imposto sobre Operações Financeiras Fatos geradores referentes ao 3º decêndio de fevereiro/2012 06 Salários

Leia mais

Contabilidade Tributária Aula 5 ICMS-ST

Contabilidade Tributária Aula 5 ICMS-ST Contabilidade Tributária Aula 5 ICMS-ST Prof. Gustavo Gonçalves Vettori SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NO ICMS CONSIDERAÇÕES GEARIS 1 Objetivo Tem o objetivo de concentrar a arrecadação nas mãos de poucos contribuintes

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Substituição Tributária é uma espécie de responsabilidade tributária, em que através de lei há a transferência da responsabilidade pelo recolhimento do imposto, bem como alteração do momento do recolhimento

Leia mais

Substituição Tributária. Igualdade na tributação. Lealdade na competição.

Substituição Tributária. Igualdade na tributação. Lealdade na competição. Igualdade na tributação. Lealdade na competição. O que é É uma forma prática de pagar o ICMS. Ocorre quando o imposto devido pela saída de determinado produto dos estabelecimentos comerciais é calculado

Leia mais

ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON

ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON CONCEITOS ANTECIPAÇÃO E DIFERENCIAL DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS: Art. 4 - Nas operações com mercadorias ou bens considera-se

Leia mais

Page 1 of 5 RICMS 2000 - Atualizado até o Decreto 55.438, de 17-02-2010. SEÇÃO II - DAS OPERAÇÕES COM ÁLCOOL CARBURANTE SUBSEÇÃO I - DAS OPERAÇÕES COM ÁLCOOL ETÍLICO HIDRATADO CARBURANTE Artigo 418 - Na

Leia mais

CRÉDITO PRESUMIDO PARA INDÚSTRIA FABRICANTE DE PRODUTOS COM MATERIAL RECICLÁVEL - Aspectos relacionados ao ICMS/SC

CRÉDITO PRESUMIDO PARA INDÚSTRIA FABRICANTE DE PRODUTOS COM MATERIAL RECICLÁVEL - Aspectos relacionados ao ICMS/SC CRÉDITO PRESUMIDO PARA INDÚSTRIA FABRICANTE DE PRODUTOS COM MATERIAL RECICLÁVEL - Aspectos relacionados ao ICMS/SC Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 14.07.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração.

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração. Versão 11/03/2014 Não é pretensão desta apresentação esgotar totalmente os procedimentos de ICMS ST. Representa opinião da ABIHPEC podendo haver entendimento divergente. No rodapé de cada slide é indicado

Leia mais

Informativo CG. ISSQN/SUBSTITUTO TRIBUTÁRIO - Referente à janeiro/ POA, Cachoeirinha, Alvorada, Campo Bom e Pelotas

Informativo CG. ISSQN/SUBSTITUTO TRIBUTÁRIO - Referente à janeiro/ POA, Cachoeirinha, Alvorada, Campo Bom e Pelotas Número: 160 /2011 Publicação da CG Contadores Associados S/S Informativo CG Obrigações 03 IOF Imposto sobre Operações Financeiras Fatos geradores referentes ao 3º decêndio de janeiro/2011. 06 Salários

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Protocolo 21/2011 Operações com origem em São Paulo

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Protocolo 21/2011 Operações com origem em São Paulo Protocolo 21/2011 Operações com origem em São Paulo 23/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. ICMS Próprio... 4

Leia mais

Pergunte à CPA. Transferência de Mercadorias e Bens. Apresentação: Helen Mattenhauer

Pergunte à CPA. Transferência de Mercadorias e Bens. Apresentação: Helen Mattenhauer Pergunte à CPA Transferência de Mercadorias e Bens Apresentação: Helen Mattenhauer 08/08/2013 Conceito Para efeitos da aplicação da legislação do imposto considera-se transferência, a operação que decorra

Leia mais

TRIBUTOS INDIRETOS IMPOSTO SOBRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E SERVIÇOS ICMS

TRIBUTOS INDIRETOS IMPOSTO SOBRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E SERVIÇOS ICMS TRIBUTOS INDIRETOS IMPOSTO SOBRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E SERVIÇOS ICMS Competência:Estados e DF Observando a LC 87/96 (Lei Kandir) Observando os convênios entre os Estados (CONFAZ) CONTRIBUINTE E FATO

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS-MG Procedimento emissão da NF-e com Ressarcimento do ICMS-ST

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS-MG Procedimento emissão da NF-e com Ressarcimento do ICMS-ST ICMS-MG Procedimento emissão da NF-e com Ressarcimento do ICMS-ST 13/06/2017 Sumário 1 Questão... 3 2 Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3 Análise da Consultoria... 4 3.1 RICMS-MG... 4 3.2 Orientação

Leia mais

II ENCONTRO NACIONAL DA REDE DE POLÍTICAS PÚBLICAS DO SEBRAE

II ENCONTRO NACIONAL DA REDE DE POLÍTICAS PÚBLICAS DO SEBRAE II ENCONTRO NACIONAL DA REDE DE POLÍTICAS PÚBLICAS DO SEBRAE ICMS SIMPLES NACIONAL 16/05/2012 Conceituação SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Consiste na alteração do momento do fato gerador, gerando uma antecipação

Leia mais

IBEF Grupo de Estudos Tributários Maio 2016

IBEF Grupo de Estudos Tributários Maio 2016 www.pwc.com.br IBEF Grupo de Estudos Tributários Maio 2016 Emenda Constitucional 87/2015 Alteração na forma de recolhimento do ICMS e o entendimento da Sefaz SP Alteração no art. 155 da Constituição Federal

Leia mais

Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais SEF/MG. Subsecretaria da Receita Estadual - SRE. Superintendência de Tributação - SUTRI

Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais SEF/MG. Subsecretaria da Receita Estadual - SRE. Superintendência de Tributação - SUTRI Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais SEF/MG Subsecretaria da Receita Estadual - SRE Superintendência de Tributação - SUTRI ALTERAÇÕES NO SIMPLES NACIONAL E AS IMPLICAÇÕES NO ÂMBITO ESTADUAL

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 08 A 14 DE SETEMBRO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 08 A 14 DE SETEMBRO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 08 A 14 DE SETEMBRO DE 2016 Até: Sexta-feira, dia 9 Histórico: Substituição tributária Imposto devido por substituição tributária relativamente à seguinte mercadoria: - energia elétrica

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS Substituição Tributação por CNAE

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS Substituição Tributação por CNAE ICMS Substituição Tributação por CNAE 18/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações

Leia mais

Título: SC - Como realizar o cálculo do crédito do ICMS sobre o estoque das mercadorias excluídas do regime de substituição tributária?

Título: SC - Como realizar o cálculo do crédito do ICMS sobre o estoque das mercadorias excluídas do regime de substituição tributária? Título: SC - Como realizar o cálculo do crédito do ICMS sobre o estoque das mercadorias excluídas do regime de substituição tributária? Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de Santa

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - INFORMAÇÕES BÁSICAS 1. INTRODUÇÃO... 19

SUMÁRIO CAPÍTULO I SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - INFORMAÇÕES BÁSICAS 1. INTRODUÇÃO... 19 SUMÁRIO LIVRO I - PARTE TEÓRICA CAPÍTULO I SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - INFORMAÇÕES BÁSICAS 1. INTRODUÇÃO... 19 2. BASE LEGAL... 20 2.1. Substituição Tributária nas Operações Internas...

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária

Parecer Consultoria Tributária Questão O cliente, do ramo industrial, sediado no Paraná, adquire um bem para seu imobilizado, cujo NCM está sujeito a substituição tributária (ICMS cobrado antecipadamente por substituição tributária).

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS ST para transportadoras de produtos da Petrobrás

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS ST para transportadoras de produtos da Petrobrás 10/02/2014 Orientações Consultoria Tributária de Segmentos Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Decreto Nº 20.686, De 28

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA PAULISTA: FEVEREIRO DE COM. CAT Nº 2, DE 26/01/2017

AGENDA TRIBUTÁRIA PAULISTA: FEVEREIRO DE COM. CAT Nº 2, DE 26/01/2017 AGENDA TRIBUTÁRIA PAULISTA: FEVEREIRO DE 2017 - COM. CAT Nº 2, DE 26/01/2017 Declara as datas fixadas para cumprimento das obrigações principais e acessórias do mês de fevereiro de 2017. O Coordenador

Leia mais

ORIENTAÇÃO QUANTO AOS DIVERSOS PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA REGIME NORMAL

ORIENTAÇÃO QUANTO AOS DIVERSOS PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA REGIME NORMAL ORIENTAÇÃO QUANTO AOS DIVERSOS PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA REGIME NORMAL Segue abaixo apenas orientações, e não regras, nossa legislação é muito complexa, portanto consulte seu

Leia mais

Portaria CAT 53, de

Portaria CAT 53, de Publicado no D.O.E. (SP) de 25/05/2013 Portaria CAT 53, de 24-05-2013 Disciplina a atribuição, por regime especial, da condição de sujeito passivo por substituição tributária, conforme inciso VI do artigo

Leia mais

Posicionamento Consultoria de Segmentos Obrigações Acessórias para o AMPARA-RS

Posicionamento Consultoria de Segmentos Obrigações Acessórias para o AMPARA-RS Posicionamento Consultoria de Segmentos Obrigações Acessórias para o AMPARA-RS 09/11/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1. Procedimento SEFAZ -

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução da Base de Cálculo no ICMS ST

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução da Base de Cálculo no ICMS ST Redução 10/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 4 6. Referências...

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 46.576, DE 20 DE AGOSTO DE 2009. (publicado no DOE nº 161, de 21 de agosto de 2009) Modifica o Regulamento

Leia mais

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de Primeiramente não existe no Regulamento do ICMS do Estado de São Paulo, Decreto 45.490/2000 o conceito de material de uso ou consumo, porém podese entender que tudo que não se utiliza como insumo e também

Leia mais

FIEMG. Tributos Estaduais e Municipais. Marcelo Jabour Rios

FIEMG. Tributos Estaduais e Municipais. Marcelo Jabour Rios FIEMG Tributos Estaduais e Municipais Marcelo Jabour Rios CRISE FINANCEIRA = NECESSIDADE DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Elisão Fiscal x Evasão Fiscal As principais fraudes utilizadas na redução de tributos

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS

CADERNO DE EXERCÍCIOS CADERNO DE EXERCÍCIOS 1 01 Venda de sorvetes do PR para SP A Indústria de Sorvetes Kaskata Ltda vendeu 350 caixas de sorvetes para o Estado de SP, ao preço total de 2.250,00, cuja alíquota interestadual

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 46.429, DE 23 DE JUNHO DE 2009. (publicado no DOE nº 117, de 24 de junho de 2009) Modifica o Regulamento

Leia mais

Edição nº 17 - Gestão de novembro de ALERTA GERENCIAL

Edição nº 17 - Gestão de novembro de ALERTA GERENCIAL Edição nº 17 - Gestão 2011-2014 14 de novembro de 2011. ALERTA GERENCIAL 1. PARCELAMENTO ORDINÁRIO AUMENTO DE PRAZAO EM FUNÇÃO DA REABERTURA DE PRAZO DO AJUSTAR/RS... 1 2. RS - ICMS - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos. Fundo PROTEGE nas operações interestaduais com destino a Goiás

Parecer Consultoria Tributária Segmentos. Fundo PROTEGE nas operações interestaduais com destino a Goiás Fundo 09/08/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. Atendimento da Receita Perguntas e Resposta... 4 3.2. Parecer GEOT...

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos EFD-ICMS/IPI - Escrituração do CT-e pela empresa tomadora do serviço - Amazonas

Parecer Consultoria Tributária Segmentos EFD-ICMS/IPI - Escrituração do CT-e pela empresa tomadora do serviço - Amazonas EFD-ICMS/IPI - Escrituração do CT-e pela empresa tomadora do 30/09/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão...

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS. Apresentação : Ailton Barboni

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS. Apresentação : Ailton Barboni SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS Apresentação : Ailton Barboni Contribuinte x Responsável Tributário Contribuinte do imposto é qualquer pessoa física ou jurídica que realize, com habitualidade ou em volume

Leia mais

Substituição Tributária. Paraná

Substituição Tributária. Paraná Substituição Tributária Paraná O estado do Paraná celebrou Protocolo 92/2007 com os Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, prevalecendo as margens ali contempladas. RS denunciou protocolo 92/2007,

Leia mais

A quem se destina. A sistemática prevista na Lei 5.005/2012 aplica-se aos contribuintes industriais, atacadistas ou distribuidores do ICMS

A quem se destina. A sistemática prevista na Lei 5.005/2012 aplica-se aos contribuintes industriais, atacadistas ou distribuidores do ICMS A quem se destina A sistemática prevista na Lei 5.005/2012 aplica-se aos contribuintes industriais, atacadistas ou distribuidores do ICMS Adesão - Até 12 de novembro de 2013: Somente ex-optantes pelo REA

Leia mais

Procedimento. Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto. Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA

Procedimento. Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto. Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA Procedimento Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA O contribuinte substituído, sujeito ao Regime Periódico de Apuração - RPA que,

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012 Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 21.03.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2

Leia mais

Título: SC - Como realizar a configuração de crédito presumido Ind. Prod. Informática conforme RICMS Art Anexo 2?

Título: SC - Como realizar a configuração de crédito presumido Ind. Prod. Informática conforme RICMS Art Anexo 2? Título: SC - Como realizar a configuração de crédito presumido Ind. Prod. Informática conforme RICMS Art. 142 - Anexo 2? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique

Leia mais

DECRETO Nº , DE 17 DE DEZEMBRO DE 2013

DECRETO Nº , DE 17 DE DEZEMBRO DE 2013 Página 1 de 5 DECRETO Nº 59.967, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2013 (DOE 18-12-2013) Introduz alterações no Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Partilha do DIFAL nas operações por Conta e Ordem

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Partilha do DIFAL nas operações por Conta e Ordem Partilha do DIFAL nas operações por Conta e Ordem 25/05/2016 Sumário Título do documento Sumário... 1 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 2.2 RICMS-RS... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

ICMS nas operações interestaduais

ICMS nas operações interestaduais Alíquota do - Art. 155, 2., Inciso IV, da Constituição Federal: IV - resolução do Senado Federal, de iniciativa do Presidente da República ou de um terço dos Senadores, aprovada pela maioria absoluta de

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS Substituição Tributação por CNAE

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS Substituição Tributação por CNAE ICMS Substituição Tributação por CNAE 24/01/2017 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 8 5. Informações

Leia mais

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG 27/01/2015 Pergunte à CPA Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG Apresentação: Helen Mattenhauer Convênio e Protocolos CONVÊNIO: Constitui um acordo entre os Estados, cujo elaboração tem por

Leia mais

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA - Hipóteses de Incidência, Cálculo e Formas de Recolhimento. Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 06.10.2011.

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA - Hipóteses de Incidência, Cálculo e Formas de Recolhimento. Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 06.10.2011. DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA - Hipóteses de Incidência, Cálculo e Formas de Recolhimento Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 06.10.2011. SUMÁRIO: 1 INTRODUÇÃO 2 HIPÓTESES DE INCIDÊNCIA 2.1

Leia mais

DEVOLUÇAO DE COMPRA DE MERCADORIAS PARA REVENDA

DEVOLUÇAO DE COMPRA DE MERCADORIAS PARA REVENDA DEVOLUÇAO DE COMPRA DE MERCADORIAS PARA REVENDA É comum que no dia-a-dia das empresas comerciais ocorram problemas, principalmente na operação de aquisição de mercadorias, dentre eles destacamos: Desacordo

Leia mais

Diário Oficial do Estado de São Paulo Seção 1 Volume 126 Número 243 São Paulo, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Diário Oficial do Estado de São Paulo Seção 1 Volume 126 Número 243 São Paulo, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016 Diário Oficial do Estado de São Paulo Seção 1 Volume 126 Número 243 São Paulo, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016 DECRETO Nº 62.385, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016 Dispõe sobre a possibilidade de contribuintes

Leia mais

Informativo CG. Obrigações. Número: 165 Julho/2012 Publicação da CG Contadores Associados S/S

Informativo CG. Obrigações. Número: 165 Julho/2012 Publicação da CG Contadores Associados S/S Número: 165 Julho/2012 Publicação da CG Contadores Associados S/S Informativo CG Obrigações 04 IOF Imposto sobre Operações Financeiras Fatos geradores referentes ao 3º decêndio de JUNHO/2012 06 FGTS -

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 11 A 17 DE AGOSTO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 11 A 17 DE AGOSTO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 11 A 17 DE AGOSTO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 11 dígito do CNPJ corresponda a 1, devem efetuar o registro eletrônico dos documentos fiscais na Secretaria da Fazenda. Nota Na hipótese

Leia mais

Contabilidade Tributária Aula 5 ICMS-ST

Contabilidade Tributária Aula 5 ICMS-ST Contabilidade Tributária Aula 5 ICMS-ST Prof. Gustavo Gonçalves Vettori SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NO ICMS CONSIDERAÇÕES GEARIS 1 Objetivo Tem o objetivo de concentrar a arrecadação nas mãos de poucos contribuintes

Leia mais

O Estado de Rondônia majorou de 17% para 17,5%, por meio do Decreto nº /2016, com efeitos a partir de

O Estado de Rondônia majorou de 17% para 17,5%, por meio do Decreto nº /2016, com efeitos a partir de O Estado de Rondônia majorou de 17% para 17,5%, por meio do Decreto nº 20.453/2016, com efeitos a partir de 20.03.2016. AUTOPEÇAS 01/16 ESTADO SIGNATÁRIA PROTOCOLO ICMS 41/2008 SIGNATÁRIA PROTOCOLO ICMS

Leia mais

AUTOPEÇAS ALÍQ ICMS INTERNA

AUTOPEÇAS ALÍQ ICMS INTERNA AUTOPEÇAS ESTADO SIGNATÁRIA PROT- ICMS 41/2008 SIGNATÁRIA PROT- ICMS 97/2010 ALÍQ ICMS INTERNA MVA INTERNA Orientação Acre SIM SIM 17% 71,78% do Decreto n 648/2015, com efeitos a partir de 01.02.2015.

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DE ICMS. MARÇO/2016 As palestras, ministradas pelos servidores Ricardo Oliveira e Denise Salazar, da Superintendência de Tributação

ATUALIZAÇÃO DE ICMS. MARÇO/2016 As palestras, ministradas pelos servidores Ricardo Oliveira e Denise Salazar, da Superintendência de Tributação ATUALIZAÇÃO DE ICMS MARÇO/2016 As palestras, ministradas pelos servidores Ricardo Oliveira e Denise Salazar, da Superintendência de Tributação CEST Código Especificador da Substituição Tributária SEGMENTOS

Leia mais

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e RJ

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e RJ 21/07/2014 Pergunte à CPA Substituição Tributária entre os Estados de SP e RJ Apresentação: Helen Mattenhauer Convênio e Protocolos CONVÊNIO: Constitui um acordo entre os Estados, cujo elaboração tem por

Leia mais

Índice. Gustavo Prado Gerente de Consultoria ASIS Projetos

Índice. Gustavo Prado Gerente de Consultoria ASIS Projetos Índice O que é a Substituição Tributária? 3 Convênio ICMS nº 52/2017: Introdução 4 Convênios Revogados 5 Pontos de Atenção 6 Mercadorias 7 Responsabilidade 8 Cálculo 9 Exemplificando o Cálculo (MVA) 10

Leia mais

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Fábio Martins Lopes Helen Mattenhauer

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Fábio Martins Lopes Helen Mattenhauer Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS Apresentação: Fábio Martins Lopes Helen Mattenhauer 27/07/2016 Substituição Tributária A substituição tributária do ICMS é um regime jurídico

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Base de Cálculo do Diferencial de Alíquota nas Aquisições de Ativo, Materiais de Uso ou Consumo - PR

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Base de Cálculo do Diferencial de Alíquota nas Aquisições de Ativo, Materiais de Uso ou Consumo - PR Segmentos Base de Cálculo do Diferencial de Alíquota nas Aquisições de Ativo, Materiais de Uso ou Consumo - PR 26/08/2016 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente...

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração.

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração. Versão 11/03/2014 Não é pretensão desta apresentação esgotar totalmente os procedimentos de ICMS ST. Representa opinião da ABIHPEC podendo haver entendimento divergente. No rodapé de cada slide é indicado

Leia mais

Page 1 of 5 Em face da publicação do Decreto nº 52.118/2007 - DOE SP de 1º.09.2007, este tópico foi colocado em atualização, porém após análise foi constatado que o referido Ato não alterou o seu conteúdo.

Leia mais

Em nome da diretoria do CRCMG e demais parceiros, desejo a todos um ótimo curso. Rogério Marques Noé Presidente do CRCMG.

Em nome da diretoria do CRCMG e demais parceiros, desejo a todos um ótimo curso. Rogério Marques Noé Presidente do CRCMG. O CRCMG e seus parceiros sabem dos desafios impostos diariamente aos Profissionais da Contabilidade e, por isso, há uma preocupação permanente em levar a esse profissional, cursos de atualização e aprimoramento

Leia mais