Utilização do LTE no Serviço Limitado Privado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Utilização do LTE no Serviço Limitado Privado"

Transcrição

1 Utilização do LTE no Serviço Limitado Privado Painel: Long Term Evolution Alex Pires de Azevedo ANATEL

2 Sumário Regulamentação da faixa de 700 MHz Edital de Licitação da faixa de 700 MHz Procedimento para ativação do LTE na faixa de 700 MHz Uso do LTE pelo SLP: Na faixa de 700 MHz Na faixa de 3,5 GHz 2

3 Regulamentação da faixa de 700 MHz Histórico Portaria MC 14/2013: determina a aceleração do processo de digitalização dos serviços de televisão e a disponibilização da Subfaixa de 700 MHz para o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) Portaria MC 481/2014: definiu o primeiro cronograma de desligamento da TV Analógica Fase simulcast Início do desligamento analógico Transição concluída Fase final de transição ao SBTVD 3

4 Regulamentação da faixa de 700 MHz Resolução nº 625/2013: Destinou adicionalmente ao SMP, em caráter primário, a faixa de 698 MHz a 806 MHz e condicionou a publicou do Edital de Licitação à: conclusão do replanejamento dos canais de radiodifusão; e à Bloco Nº Uplink (MHz) Downlink (MHz) a a 763 Largura de Faixa MHz Destinação SLP (*) SMP, SCM, STFC publicação de Regulamento contra interferências prejudiciais a a a a a a 778 Destinou adicionalmente ao SLP a faixa de 703 MHz a 708 MHz e 758 MHz a 763 MHz, em aplicações de segurança pública, defesa nacional e infraestrutura (*), em caráter primário a a a a a a a a a a MHz SMP, SCM, STFC 4

5 Replanejamento dos Canais de Radiodifusão 5

6 Replanejamento dos Canais de Radiodifusão Exemplo São Paulo Faixa de 700 MHz 6

7 Replanejamento dos Canais de Radiodifusão Exemplo São Paulo Desligamento Analógico Faixa de 700 MHz 7

8 Replanejamento dos Canais de Radiodifusão Exemplo São Paulo Remanejamento Faixa de 700 MHz 8

9 Regulamento contra Interferências Prejudiciais Resolução nº 640/2014: Baseada nos resultados de testes de laboratório e de campo para avaliar a interferência do sistema entrante (LTE) na TV Digital. 9

10 Regulamento contra Interferências Prejudiciais Resolução nº 640/2014: Objetivo de estabelecer critérios técnicos para mitigação de interferências prejudiciais entre a TV Digital e o LTE na faixa de 700 MHz Foi proposta a Matriz de Convivência, que indica para cada cenário de interferência quais são as técnicas de mitigação aplicáveis Os resultados dos testes estão disponíveis no site da Anatel: Relatório de Teste Laboratorial de Interferência do LTE na Faixa de 700 MHz no ISDB-T &pub=original&filtro=1&documentoPath= pdf Relatório do Teste em Campo sobre Convivência do LTE na Faixa de 700 MHz com ISDB-T &pub=original&filtro=1&documentoPath= pdf 10

11 Edital de Licitação da faixa de 700 MHz 11

12 Edital de Licitação da faixa de 700 MHz Licitação Realizada no dia 30/09/2014 Proponentes vencedoras: Algar, Claro, Tim e Telefônica/Vivo O total arrecadado: R$ 9,92 bilhões, sendo R$ 3,6 bilhões destinado para a EAD, incumbida de operacionalizar, divulgar o processo e: Distribuir conversores e antenas para os beneficiários do Programa Bolsa Família do Governo Federal; Efetivar os remanejamentos de canais necessários; Realizar campanha de divulgação do desligamento analógico; Mitigar as eventuais interferências que surjam; Outras atribuições assessorias definidas pelo GIRED. O maior propósito da licitação era atingir o objetivo estratégico da Seção 1 do Edital, que incluía a digitalização das redes de televisão e o uso do 700 MHz para o PNBL. 12

13 Edital de Licitação da faixa de 700 MHz Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV GIRED Incumbido de tomar as decisões estratégicas do processo, além de disciplinar, fiscalizar e avaliar o processo de remanejamento e as atividades da EAD. Grupo constituído pela Anatel, Ministério das Comunicações, proponentes vencedoras (operadoras) e radiodifusores; 13

14 Procedimento para ativação do LTE na faixa de 700 MHz Ações preventivas da EAD: Distribuição de conversores otimizados para a população de baixa renda (não contribui nos casos de antecipação) Distribuição de filtros para todos os prédios/edifícios identificados como residenciais que façam uso de antena coletiva para recepção de TV terrestre, a fim de mitigar a interferência por saturação na recepção de TV Campanha de comunicação sobre interferências para esclarecimento à população Disponibilização dos recursos humanos (operadores da central de atendimento telefônico devidamente treinados, técnicos e especialistas qualificados para as visitas técnicas), dos sistemas, dos equipamentos e dos materiais (filtros, antenas externas passivas, etc.) necessários às ações corretivas. Ações da EAD após a ativação: 14

15 Procedimento para ativação do LTE na faixa de 700 MHz A lista de cidades onde já houve a ativação do SMP na faixa de 700 MHz, assim como as próximas cidades previstas e demais indicadores relacionados à mitigação de interferências podem ser acompanhadas no site TV PERFEITA da EAD. EAD GIRED OPERADOR A(S) EAD EAD EAD Anatel Submete ao GIRED o Estudo de Viabilidade Técnica para um município (ou agrupamento de municípios). Avalia e aprova o estudo submetido pela EAD. Declara o município (ou agrupamento de municípios) aptos à implantação do SMP na faixa de 700 MHz. Manifesta(m) à EAD o interesse pelo início da prestação do SMP na faixa de 700 MHz em um município (ou agrupamento de municípios). Planeja as ações de mitigação e executa as ações preventivas, conforme previamente definido pelo GIRED. Apresenta continuamente ao GIRED o planejamento e a execução das ações de mitigação. Formaliza à Anatel a conclusão das ações de mitigação preventivas em um município (ou agrupamento de municípios) e dá publicidade em seu site na internet. Toma ações para permitir o licenciamento de estações do SMP na faixa de 700 MHz no(s) município(s) em que houve a conclusão das ações de mitigação preventivas municípios 700+ municípios OPERADOR A(S) Licencia(m) estações do SMP na faixa de 700 MHz. EAD Executa as ações de mitigação corretivas. 15

16 Uso da faixa de 700 MHz pelo SLP: Próximos Passos Melhor momento para utilização do Bloco 1 Após implementação do LTE pelas Operadoras do SMP muitos dos problemas de interferência já terão sido mitigados Cenário mais favorável a implementação do LTE para as aplicações de Segurança Pública, Defesa Nacional e Infraestrutura Autorização das Radiofrequências Como promover o uso pelos diversos envolvidos em Segurança Pública, Defesa Nacional e Infraestrutura? Autorizações individualizadas? Definição de Infraestrutura segundo a Res. 625/2013 Quais setores serão considerados? Energia? Gás? Petróleo? Saneamento? Transporte? Irrigação? Mineração? 16

17 SLP na Faixa de 3,5 GHz Possibilidade atual pela Resolução nº 537/2010 Art. 5º Permitir o uso da Subfaixa de Radiofrequências de MHz a MHz por qualquer empresa, para prestação do SLP, em caráter secundário, para utilização em aplicações localizadas em ambiente marítimo, observado afastamento mínimo de 50 km da costa brasileira. Na Agenda Regulatória está prevista a revisão da Resolução nº 537/2010 A área técnica avalia a possibilidade expansão do uso off-shore na faixa de 3,5 GHz Adicionalmente, avalia-se a possibilidade de ampliar faixas para o SLP, mesmo que em caráter secundário, nos novos regulamentos. 17

18 ALEX PIRES DE AZEVEDO Assessor na Gerência de Espectro, Órbita e Radiodifusão Telefone: (61) /10/2017

SET REGIONAL SUL 2016 PAINEL REGULATÓRIO DESLIGAMENTO 2018

SET REGIONAL SUL 2016 PAINEL REGULATÓRIO DESLIGAMENTO 2018 SET REGIONAL SUL 2016 PORTO ALEGRE/RS 31/05/2016 PAINEL REGULATÓRIO DESLIGAMENTO 2018 Martim Jales Hon Sumário Breve Histórico Edital de Licitação da faixa de 700 MHz EAD e GIRED Relatório de Análise e

Leia mais

Principais desafios para desligamento da TV Analógica e implantação da TV Digital José Alexandre Bicalho

Principais desafios para desligamento da TV Analógica e implantação da TV Digital José Alexandre Bicalho Principais desafios para desligamento da TV Analógica e implantação da TV Digital José Alexandre Bicalho Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 30 de agosto de 2016 Cronograma de Desligamento 2016/2017

Leia mais

COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA SENADO FEDERAL

COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, SENADO FEDERAL AS CONSEQUÊNCIAS DA ALOCAÇÃO DA BANDA DE FREQUÊNCIA EM 700 MHz, ATUALMENTE OCUPADA PELA TV ABERTA, E A ELABORAÇÃO DO EDITAL DE LICITAÇÃO PARA OS

Leia mais

É POSSÍVEL MEDIR A OCUPAÇÃO EFICIENTE DO ESPECTRO?

É POSSÍVEL MEDIR A OCUPAÇÃO EFICIENTE DO ESPECTRO? A OCUPAÇÃO DE ESPECTRO, O COMPARTILHAMENTO E OUTRAS QUESTÕES CONCEITUAIS É POSSÍVEL MEDIR A OCUPAÇÃO EFICIENTE DO ESPECTRO? SUPERINTENDÊNCIA DE OUTORGA E RECURSOS À PRESTAÇÃO 43º ENCONTRO TELE.SÍNTESE

Leia mais

EAD SEJA DIGITAL: A EXPERIÊNCIA DO PILOTO DE RIO VERDE, PREPARATIVOS DE BRASÍLIA E SÃO PAULO E PROJEÇÕES PARA O BRASIL

EAD SEJA DIGITAL: A EXPERIÊNCIA DO PILOTO DE RIO VERDE, PREPARATIVOS DE BRASÍLIA E SÃO PAULO E PROJEÇÕES PARA O BRASIL EAD SEJA DIGITAL: A EXPERIÊNCIA DO PILOTO DE RIO VERDE, PREPARATIVOS DE BRASÍLIA E SÃO PAULO E PROJEÇÕES PARA O BRASIL São Paulo, 29 de agosto de 2016 COMO OS ENTES DO MERCADO PODEM SE PREPARAR PARA O

Leia mais

SBTVD x 4G LTE. Regulamento de Convivência. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro

SBTVD x 4G LTE. Regulamento de Convivência. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Regulamento de Convivência SBTVD x 4G LTE Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Agência Nacional de Telecomunicações 737ª Reunião do Conselho Diretor Brasília, 09/04/2014 Atribuição e Destinação Condições

Leia mais

700 MHZ PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G

700 MHZ PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G DESTINAÇÃO DA FAIXA DE 700 MHZ PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 15 DE MAIO DE 2014 em 08.abr.14 o SindiTelebrasil participou

Leia mais

Banda Larga Móvel no Brasil: Cenário Regulatório, Espectro de Radiofrequências, Mercado, Perspectivas e Desafios

Banda Larga Móvel no Brasil: Cenário Regulatório, Espectro de Radiofrequências, Mercado, Perspectivas e Desafios Banda Larga Móvel no Brasil: Cenário Regulatório, Espectro de Radiofrequências, Mercado, Perspectivas e Desafios Maximiliano Martinhão Secretário de Telecomunicações Brasília, 3 de junho de 2013 Espectro

Leia mais

Final da Transição ao Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD)

Final da Transição ao Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD) Final da Transição ao Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD) Início das transmissões 100% digitais Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 07 de abril

Leia mais

AS CONSEQUÊNCIAS DA ALOCAÇÃO DA BANDA DE FREQUÊNCIA

AS CONSEQUÊNCIAS DA ALOCAÇÃO DA BANDA DE FREQUÊNCIA AS CONSEQUÊNCIAS DA ALOCAÇÃO DA BANDA DE FREQUÊNCIA EM 700 MHz, ATUALMENTE OCUPADA PELA TV ABERTA, E A ELABORAÇÃO DO EDITAL DE LICITAÇÃO PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL DE QUARTA GERAÇÃO Contribuição

Leia mais

Destinação e Licitação da Faixa de 700 MHz

Destinação e Licitação da Faixa de 700 MHz Destinação e Licitação da Faixa de 700 MHz Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Senado Federal 9-7-2013 Agenda Atribuições e missão da SET Grupos SET de Trabalho Testes

Leia mais

TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal

TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal Acordo Câmara / Senado Capitais Em funcionamento: São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Cuiabá, Goiânia, Florianópolis,

Leia mais

12/08/2014. Esclarecimentos quanto às condições de uso de RF na subfaixa de ,5 MHz por transceptores de radiação restrita

12/08/2014. Esclarecimentos quanto às condições de uso de RF na subfaixa de ,5 MHz por transceptores de radiação restrita No Brasil a utilização das Frequências Wireless é regulamentada pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações), atualmente regida pela Resolução 365/2004. Prof. Marcel Santos Silva Redes Wireless 2

Leia mais

SWITCH OFF DO SINAL ANALÓGICO. Workshop Técnico da Rede Record São Paulo SP, 19 de agosto de 2013

SWITCH OFF DO SINAL ANALÓGICO. Workshop Técnico da Rede Record São Paulo SP, 19 de agosto de 2013 Workshop Técnico da Rede Record São Paulo SP, 19 de agosto de 2013 ATORES ENVOLVIDOS Fim RADIODIFUSORES (GERADORAS E RETRANSMISSORAS DE TVD) INDÚSTRIA (DE HARDWARE E SOFTWARE) E DESENVOLVEDORES SWITCH

Leia mais

Planejamento de Canais Digitais Desligamento Analógico

Planejamento de Canais Digitais Desligamento Analógico Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação Planejamento de Canais Digitais Desligamento Analógico Painel TELEBRASIL 2014 Brasília, Setembro 2014 Decreto nº5.820/2006 Alterado pelo Decreto nº 8.061/2013

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA TECNOLOGIA 4G NO BRASIL XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

IMPLANTAÇÃO DA TECNOLOGIA 4G NO BRASIL XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES IMPLANTAÇÃO DA TECNOLOGIA 4G NO BRASIL XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES SÉRGIO KERN CURITIBA, 15 A 17 DE OUTUBRO DE 2013 crescimento do setor de telecomunicações está acelerado 8% 10% telefonia

Leia mais

Advogada do Idec. São Paulo, 02 de junho de 2014. Ilmo. Sr. João Batista de Rezende. Presidente. ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações

Advogada do Idec. São Paulo, 02 de junho de 2014. Ilmo. Sr. João Batista de Rezende. Presidente. ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações São Paulo, 02 de junho de 2014. Ilmo. Sr. João Batista de Rezende Presidente ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações Prezado Senhor, O Idec Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor - vem apresentar

Leia mais

Procedimento licitatório para conferir Autorizações de Uso de Radiofrequências. 700 MHz

Procedimento licitatório para conferir Autorizações de Uso de Radiofrequências. 700 MHz Procedimento licitatório para conferir Autorizações de Uso de Radiofrequências 700 MHz Lotes e Áreas de Prestação Preços (*) Somente será licitado caso não exista Proponente vencedor em algum dos Lotes

Leia mais

Resolução e Regulamento sobre Condições de Uso de Radiofrequências na Faixa de 698 MHz a 806 MHz. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro

Resolução e Regulamento sobre Condições de Uso de Radiofrequências na Faixa de 698 MHz a 806 MHz. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Resolução e Regulamento sobre Condições de Uso de Radiofrequências na Faixa de 698 MHz a 806 MHz Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro 31 de outubro de 2013 Faixa de 698 MHz a 806 MHz Transição da TV Analógica

Leia mais

Internet e telefonia rural Possibilidades a partir da faixa de 450 MHz

Internet e telefonia rural Possibilidades a partir da faixa de 450 MHz Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) Internet e telefonia rural Possibilidades a partir da faixa de 450 MHz Maximiliano Salvadori Martinhão Secretário de Telecomunicações

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações Gerência de Certificação - RFCEC/RFCE/SRF SÍNTESE DO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO

Agência Nacional de Telecomunicações Gerência de Certificação - RFCEC/RFCE/SRF SÍNTESE DO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO Laboratório LABELO/PUCRS Acreditação n CRL 0075 Produto Ensaios acreditados Norma e/ou procedimento Alarme para linha telefônica Modem analógico Equipamento de fac-simile Telefone de assinante Telefone

Leia mais

GIOV Divisão INTRAGOV

GIOV Divisão INTRAGOV GIOV Divisão INTRAGOV INTRAGOV Agenda Números da INTRAGOV Contrato PRO.00.6563 Informações sobre a INTRAGOV Novidades da INTRAGOV IV Próximas etapas Site INTRAGOV Números da INTRAGOV Unidades ativas =

Leia mais

Associados. 363 emissoras de televisão 3.099 emissoras de rádio 22 associações estaduais de rádio e televisão

Associados. 363 emissoras de televisão 3.099 emissoras de rádio 22 associações estaduais de rádio e televisão Associados 363 emissoras de televisão 3.099 emissoras de rádio 22 associações estaduais de rádio e televisão No início, as frequências de televisão eram assim: 54-88 Canais 2 até 6 174-216 Canais 7 até

Leia mais

COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA. 15/Maio/2014

COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA. 15/Maio/2014 COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA SENADO FEDERAL 15/Maio/2014 Posição da Abinee em relação ao leilão de 700 MHz Que aconteça de acordo com o cronograma da Anatel, ainda

Leia mais

Cidadãos Inteligentes

Cidadãos Inteligentes Cidadãos Inteligentes Senador Walter Pinheiro Março/2015 Agenda O panorama brasileiro Oportunidades Smart People 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Panorama 8.00 6.00 4.00

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 388, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004

RESOLUÇÃO Nº 388, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004 Agência Nacional de Telecomunicações RESOLUÇÃO Nº 388, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004 Aprova a Norma Sobre Condições de Prestação de Serviços de Telefonia para Chamadas Destinadas a "Assinante 0300". O PRESIDENTE

Leia mais

Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz

Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz Novembro/2015 Política Pública e Diretrizes Gerais Portaria nº 275, de 17 de setembro de 2013, do Ministério

Leia mais

PLANO PARA UNIVERSALIZAR TELECOMUNICAÇÕES EM SAÚDE COM RECURSOS DO FUST VAI PARA CONSULTA PÚBLICA DIA 22

PLANO PARA UNIVERSALIZAR TELECOMUNICAÇÕES EM SAÚDE COM RECURSOS DO FUST VAI PARA CONSULTA PÚBLICA DIA 22 Brasília, 19 de outubro de 2001. PLANO PARA UNIVERSALIZAR TELECOMUNICAÇÕES EM SAÚDE COM RECURSOS DO FUST VAI PARA CONSULTA PÚBLICA DIA 22 Entra em Consulta Pública (nº 325) nesta segunda-feira, dia 22,

Leia mais

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob:

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: 1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: a) visa estabelecer diretrizes sistêmicas aplicáveis à execução do Planejamento Estratégico em vigência, no que se refere às ações de

Leia mais

Testes SET interferências 4G/LTE em 700MHz sobre a recepção de TV Digital

Testes SET interferências 4G/LTE em 700MHz sobre a recepção de TV Digital Testes SET interferências 4G/LTE em 700MHz sobre a recepção de TV Digital Coletiva de imprensa 13-2-2014 São Paulo SP Brasil Agenda Grupos de Estudos SET Estudos, Testes e Procedimentos no Japão Grupo

Leia mais

Painel 1 A Banda Larga como Política Pública

Painel 1 A Banda Larga como Política Pública Painel 1 A Banda Larga como Política Pública Marco A O Tavares Gerente Operacional de Planejamento Engenharia do Espectro tavares@anatel.gov.br Agenda A Anatel neste Contexto Passos Percorridos E para

Leia mais

Exploração de Satélite

Exploração de Satélite Exploração de Satélite João Carlos Fagundes Albernaz Gerente Geral de Satélites e Serviços Globais Anatel A Importância dos Satélites para o Brasil ANATEL Satélites possuem cobertura sobre vastas áreas

Leia mais

André Felipe S. Trindade Engenheiro de Sistemas de Comunicação Brasília DF, 05/12/12

André Felipe S. Trindade Engenheiro de Sistemas de Comunicação Brasília DF, 05/12/12 O Futuro da Rádio AM e a digitalização da radiodifusão no Brasil André Felipe S. Trindade Engenheiro de Sistemas de Comunicação Brasília DF, 05/12/12 ARádioAM: O serviço de radiodifusão sonora em ondas

Leia mais

PACTO DAS ANTENAS RICARDO DIECKMANN CDC ALEP - ACAMPAR LEGISLAÇÃO RESTRITIVA - CENÁRIO REGULATÓRIO E DESAFIOS. Cascavel, 21 de Novembro de 2013

PACTO DAS ANTENAS RICARDO DIECKMANN CDC ALEP - ACAMPAR LEGISLAÇÃO RESTRITIVA - CENÁRIO REGULATÓRIO E DESAFIOS. Cascavel, 21 de Novembro de 2013 PACTO DAS ANTENAS CDC ALEP - ACAMPAR LEGISLAÇÃO RESTRITIVA - CENÁRIO REGULATÓRIO E DESAFIOS Cascavel, 21 de Novembro de 2013 RICARDO DIECKMANN R$ 25,8 bilhões de investimentos em 2012 recorde histórico

Leia mais

O Uso das Radiofrequências na faixa de 700 MHz (698 MHz a 806 MHz)

O Uso das Radiofrequências na faixa de 700 MHz (698 MHz a 806 MHz) O Uso das Radiofrequências na faixa de 700 MHz (698 MHz a 806 MHz) Marconi Thomaz de Souza Maya Superintendente de Outorga e Recursos à Prestação Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática

Leia mais

AS CONSEQUÊNCIAS DA DESTINAÇÃO DA FAIXA DE 700 MHz, NO BRASIL, ATUALMENTE OCUPADA PELA TV ABERTA, PARA SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G

AS CONSEQUÊNCIAS DA DESTINAÇÃO DA FAIXA DE 700 MHz, NO BRASIL, ATUALMENTE OCUPADA PELA TV ABERTA, PARA SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G SENADO FEDERAL AS CONSEQUÊNCIAS DA DESTINAÇÃO DA FAIXA DE 700 MHz, NO BRASIL, ATUALMENTE OCUPADA PELA TV ABERTA, PARA SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL 4G Brasília DF, 19 de novembro de 2013 HISTÓRICO: CONSULTA

Leia mais

Explorando a visão do setor privado brasileiro sobre o potencial e possibilidades de projetos governamentais de Banda Larga no Brasil

Explorando a visão do setor privado brasileiro sobre o potencial e possibilidades de projetos governamentais de Banda Larga no Brasil TIM BRASIL Salvador, 22 de Fevereiro de 2016 Painel: Iniciativas de Projetos de Banda Larga: Experiências brasileiras e britânicas Explorando a visão do setor privado brasileiro sobre o potencial e possibilidades

Leia mais

Considerando o acelerado crescimento urbano e industrial brasileiro e da frota de veículos automotores;

Considerando o acelerado crescimento urbano e industrial brasileiro e da frota de veículos automotores; RESOLUÇÃO CONAMA Nº 005, de 15 de junho de 1989 O CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE - CONAMA, no uso das atribuições que lhe confere o inciso VII, do Art. 8º, da Lei nº 6.938 de 31 de agosto de 1981 e

Leia mais

PORTARIA n.º 475 de 12 de dezembro de 2008.

PORTARIA n.º 475 de 12 de dezembro de 2008. Data de Publicação do D.O.U 15 de dezembro de 2008 PORTARIA n.º 475 de 12 de dezembro de 2008. A SECRETÁRIA DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA DO MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Serviço de Comunicação Multimídia - SCM

Serviço de Comunicação Multimídia - SCM Serviço de Comunicação Multimídia - SCM Carlos Evangelista Gerência de Outorga e Licenciamento de Estações - ORLE Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação - SOR Agência Nacional de Telecomunicações

Leia mais

O Uso Racional do Espectro em beneficio da sociedade: a utilização da faixa dos 700 MHz Fiesp

O Uso Racional do Espectro em beneficio da sociedade: a utilização da faixa dos 700 MHz Fiesp O Uso Racional do Espectro em beneficio da sociedade: a utilização da faixa dos 700 MHz Fiesp 7-8-2013 Agenda Atribuições e missão da SET Grupos SET de Trabalho Testes e estudos no Japão Proposta de consulta

Leia mais

A TV Digital no Brasil

A TV Digital no Brasil Agência Nacional de Telecomunicações Superintendência de Serviços de Comunicação de Massa A TV Digital no Brasil 30 de março de 2007 Ara Apkar Minassian Superintendente SET- São Paulo/SP 30 de março e

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA N 31, DE 31 DE JULHO DE 2009

CONSULTA PÚBLICA N 31, DE 31 DE JULHO DE 2009 CONSULTA PÚBLICA N 31, DE 31 DE JULHO DE 2009 Proposta de Alteração do Regulamento sobre Condições de Uso de 2.690 MHz. O CONSELHO DIRETOR DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES, no uso das atribuições

Leia mais

STFC UMA OPORTUNIDADE PARA SUA EMPRESA. Willian Prenzler de Souza

STFC UMA OPORTUNIDADE PARA SUA EMPRESA. Willian Prenzler de Souza STFC UMA OPORTUNIDADE PARA SUA EMPRESA Willian Prenzler de Souza 1 TELECOM NO BRASIL Com o crescimento do serviço de banda larga fixa no Brasil, nos últimos 10 anos, hoje os provedores regionais (ISP),

Leia mais

Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013. Agosto de 2015

Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013. Agosto de 2015 Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013 Agosto de 2015 PRESENÇA A América Móvil (AMX) tem atuação em 28 países Operações Fixa e Móvel Operação Móvel Operação MVNO ACESSOS POR

Leia mais

Estrutura regulatória de telecomunicações e suas implicações no desenvolvimento de sistemas de radioacesso banda larga

Estrutura regulatória de telecomunicações e suas implicações no desenvolvimento de sistemas de radioacesso banda larga Estrutura regulatória de telecomunicações e suas implicações no desenvolvimento de sistemas de Edson José Bonon *, Daniel Basso Ferreira A rápida introdução de novas tecnologias de radioacesso tem demandado

Leia mais

Sem inário sobre Inclusão D igital e D esenvolvim ento P rogram a Cidades D igitais

Sem inário sobre Inclusão D igital e D esenvolvim ento P rogram a Cidades D igitais Sem inário sobre Inclusão D igital e D esenvolvim ento P rogram a Cidades D igitais R egina Cunha Parreira G erente de R egulam entação Superintendência de Serviços Privados ÍN D ICE 1. Disposições Regulamentares

Leia mais

Diretrizes e programas prioritários do Ministério das Comunicações

Diretrizes e programas prioritários do Ministério das Comunicações Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) Diretrizes e programas prioritários do Ministério das Comunicações Paulo Bernardo Silva Ministro de Estado das Comunicações Brasília,

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital Sumário RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL... 3 1. INTRODUÇÃO... 3

Leia mais

EDITAL 086/2014 PRORROGAÇÃO DE PRAZO PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE IDEIAS NOS DIFERENTES SEGMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA

EDITAL 086/2014 PRORROGAÇÃO DE PRAZO PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE IDEIAS NOS DIFERENTES SEGMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA EDITAL 086/2014 PRORROGAÇÃO DE PRAZO PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE IDEIAS NOS DIFERENTES SEGMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA O Centro Universitário Metodista IPA e a Prefeitura Municipal de Porto Alegre, por

Leia mais

O papel do satélite no PNBL SGDC

O papel do satélite no PNBL SGDC O papel do satélite no PNBL SGDC Artur Coimbra Diretor do Departamento de Banda Larga Presidente do Comitê Diretor do Projeto do SGDC As comunicações satelitais no contexto do PNBL Telebrás expansão da

Leia mais

Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00

Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00 Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00 Brasil: uma vocação natural para a indústria química País rico em petróleo, gás, biodiversidade, minerais e terras raras Objetivo Desenvolver

Leia mais

Qualidade dos Serviços de Telecomunicações

Qualidade dos Serviços de Telecomunicações Qualidade dos Serviços de Telecomunicações Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 24 de setembro de 2013 Agenda Contextualização do Setor Qualidade Indicadores

Leia mais

PROGRAMAÇÃO REGIONAL

PROGRAMAÇÃO REGIONAL PROGRAMAÇÃO REGIONAL Quem é a televisão aberta no Brasil? A televisão é o segundo item mais importante na casa do brasileiro(*): Fogão 98,6% Televisão 96,9% Geladeira 95,8% Rádio 83,4% Computador 42,9%

Leia mais

ERICSON M. SCORSIM DIREITO DAS COMUNICAÇOES. REGIME JURíDICO: Telecomunicações, Internet Televisão e Publicidade. B18UOTECA DO SENADO FEDERAL

ERICSON M. SCORSIM DIREITO DAS COMUNICAÇOES. REGIME JURíDICO: Telecomunicações, Internet Televisão e Publicidade. B18UOTECA DO SENADO FEDERAL [. ERICSON M. SCORSIM DIREITO DAS - COMUNICAÇOES REGIME JURíDICO: Telecomunicações, Internet Televisão e Publicidade. B18UOTECA DO SENADO FEDERAL SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DO DIREITO DAS COMUNICAÇÔES....13

Leia mais

Consulta Ata do Pregão

Consulta Ata do Pregão Consulta Ata do Pregão MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Rio de Janeiro Ata de Realização do Pregão

Leia mais

As condições impostas pelo Governo para a migração das rádios AM para FM

As condições impostas pelo Governo para a migração das rádios AM para FM As condições impostas pelo Governo para a migração das rádios AM para FM CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA CCTCI SETEMBRO/2015 Motivações Necessidade da Migração:

Leia mais

Sumário. Anatel 1o. SENAR Seminário Nacional de Radiointerferência 20/11/11. Convivência WiMAX com Satélite e Conclusões

Sumário. Anatel 1o. SENAR Seminário Nacional de Radiointerferência 20/11/11. Convivência WiMAX com Satélite e Conclusões Licitação 3,5 GHz Sumário Espectro de Radiofrequência Problemas identificados com VSATs Anatel 1o. SENAR Seminário Nacional de Radiointerferência 20/11/11 Testes realizados pela Star One Convivência WiMAX

Leia mais

ANEXO I FORMULÁRIO PADRONIZADO PARA SOLICITAÇÃO DE RTV SECUNDÁRIA. Excelentíssimo Sr. Ministro de Estado das Comunicações,

ANEXO I FORMULÁRIO PADRONIZADO PARA SOLICITAÇÃO DE RTV SECUNDÁRIA. Excelentíssimo Sr. Ministro de Estado das Comunicações, ANEXO I FORMULÁRIO PADRONIZADO PARA SOLICITAÇÃO DE RTV SECUNDÁRIA 1. REQUERIMENTO Excelentíssimo Sr. Ministro de Estado das Comunicações, A , CNPJ nº , com endereço na

Leia mais

LISTA DE REFERÊNCIA DE PRODUTOS PARA TELECOMUNICAÇÕES POR FAMÍLIA CATEGORIA I

LISTA DE REFERÊNCIA DE PRODUTOS PARA TELECOMUNICAÇÕES POR FAMÍLIA CATEGORIA I LISTA DE REFERÊNCIA DE PARA TELECOMUNICAÇÕES POR FAMÍLIA FAMÍLIAS DE CATEGORIA I BATERIAS DE LÍTIO CARREGADORES CARTÃO INDUTIVO PARA TELEFONE DE USO PÚBLICO CENTRAIS PRIVADAS DE COMUTAÇÃO TELEFÔNICA CABOS

Leia mais

O IMPACTO DA DIGITALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RADIODIFUSÃO NOS PROCEDIMENTOS DE OUTORGA DE RÁDIO E TELEVISÃO

O IMPACTO DA DIGITALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RADIODIFUSÃO NOS PROCEDIMENTOS DE OUTORGA DE RÁDIO E TELEVISÃO Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática Brasília, 20 de outubro de 2009 O IMPACTO DA DIGITALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RADIODIFUSÃO NOS PROCEDIMENTOS DE OUTORGA DE RÁDIO E TELEVISÃO Prof.

Leia mais

SWITCH OFF DO SINAL ANALÓGICO

SWITCH OFF DO SINAL ANALÓGICO Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática Câmara dos Deputados Brasília, 22 de outubro de 2013 CENÁRIO DE ESTAÇÕES ANALÓGICAS TOTAL: 10.991* 41% 4.555 Est. 5% 521 Est. 54% 5.915 Est.

Leia mais

DESTINAÇÃO E LICITAÇÃO DA FAIXA DE 700MHZ

DESTINAÇÃO E LICITAÇÃO DA FAIXA DE 700MHZ DESTINAÇÃO E LICITAÇÃO DA FAIXA DE 700MHZ Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática CCT Senado Federal JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Brasília/DF Julho/2013 CENÁRIO ATUAL

Leia mais

REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE CONECTIVIDADE E INFORMAÇÃO ON-LINE NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE

REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE CONECTIVIDADE E INFORMAÇÃO ON-LINE NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE CONECTIVIDADE E INFORMAÇÃO ON-LINE NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE Clique para editar Marizélia o nome Leão do Moreira autor Gerente da Gerência Executiva de Clique Padronização

Leia mais

4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO

4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO 4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO A planilha de atendimento às metas do projeto é apresentada na sequência. Metas Proporcionar os elementos necessários para que seja definido o processo

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL

TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA CARLOS DUPRAT BRASÍLIA, 05 DE MAIO DE 2015 1. O crescimento da demanda 2.

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL RESOLUÇÃO CONJUNTA N o 4, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014. Aprova o preço de referência para o compartilhamento de postes

Leia mais

Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 08 de outubro de 2013

Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 08 de outubro de 2013 Marco Regulatório Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 08 de outubro de 2013 Panorama do Setor Em 1997, na corrida pelo usuário, a telefonia fixa era o destaque

Leia mais

XI-123 Sistema Aberto de Gerenciamento de Energia SAGE: Uma Ferramenta para Operação e Gestão Eficientes

XI-123 Sistema Aberto de Gerenciamento de Energia SAGE: Uma Ferramenta para Operação e Gestão Eficientes XI-123 Sistema Aberto de Gerenciamento de Energia SAGE: Uma Ferramenta para Operação e Gestão Eficientes Belo Horizonte/MG Setembro 2007 Paulo da Silva Capella G E R E N T E D E P R O J E T O Autores Paulo

Leia mais

PROPOSTA DE MELHORIA OBJETIVO

PROPOSTA DE MELHORIA OBJETIVO Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento / SEGPLAN Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado de Goiás / SEMARH PROCESSO 002 Outorga de Direito de Uso dos Recursos Hídricos Sob Domínio

Leia mais

Departamento Nacional do SENAI

Departamento Nacional do SENAI do SENAI Rede SENAI de Serviços Técnicos e Tecnológicos Sérgio Motta 16 de Agosto de 2011 O que é o SENAI - Criado em 1942 por iniciativa do empresariado do setor industrial; - Maior complexo de educação

Leia mais

PNBL e deficiências na transmissão de dados via internet Região Norte. Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados Anatel

PNBL e deficiências na transmissão de dados via internet Região Norte. Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados Anatel PNBL e deficiências na transmissão de dados via internet Região Norte Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados Anatel Agenda Região Norte Ações da Anatel* Anuência Prévia Oi-BrT Projeto

Leia mais

Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX. Município UF DDD/Celular

Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX. Município UF DDD/Celular PLANO DE TRABALHO PROJETO CIDADES DIGITAIS (PAC2) 1 DADOS CADASTRAIS Nome da prefeitura CNPJ Endereço da sede da prefeitura Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX E-mail da prefeitura Nome do prefeito C.I./Órgão

Leia mais

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Encontro Provedores Regionais Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Cuiabá, fevereiro de 2015 Evolução da penetração do acesso domiciliar à Internet Fonte: IBGE,

Leia mais

Testes de Interferências do LTE na TV Digital

Testes de Interferências do LTE na TV Digital Testes de Interferências do LTE na TV Digital Prof. Gunnar Bedicks Laboratório de Pesquisas em TV Digital Universidade Presbiteriana Mackenzie São Paulo, 13.02.2014 Metodologia dos Estudos de Interferência

Leia mais

2011 Profits Consulting. Inteligência Computacional

2011 Profits Consulting. Inteligência Computacional Inteligência Computacional Quem Somos Excelência em Soluções Tecnológicas A Profits Consulting é uma empresa composta por consultores com ampla experiência em Tecnologia que desenvolve soluções inovadoras,

Leia mais

Espectro de Radiofreqüências TV Digital

Espectro de Radiofreqüências TV Digital QUESTÕES REGULATÓRIAS Espectro de Radiofreqüências TV Câmara dos Deputados Seminário Internacional TV - obstáculos e desafios para uma nova comunicação Brasília - 16/05/2006 Regulamentação Pertinente LGT

Leia mais

Tendências para a próxima geração celular - 5G. Juliano J. Bazzo

Tendências para a próxima geração celular - 5G. Juliano J. Bazzo Tendências para a próxima geração celular - 5G Juliano J. Bazzo Agenda Motivação Roadmap: do 4G ao 5G Principais Tecnologias Tecnologia Nacional 4G/LTE Conclusão Evolução histórica Substituição de importações

Leia mais

De 1997 a 2007, foi Conselheiro Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL, órgão regulador de telecomunicações no Brasil.

De 1997 a 2007, foi Conselheiro Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL, órgão regulador de telecomunicações no Brasil. Objetivos Estratégicos da Anatel e Agenda Regulatória para 2007 Este tutorial apresenta os Objetivos Estratégicos da Anatel e a Agenda Regulatória. São apresentadas as estratégias de abordagem que a Anatel

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE FISCALIZAÇÃO - SFI FISCALIZAÇÃO DE PRODUTO DE TELECOMUNICAÇÕES

SUPERINTENDÊNCIA DE FISCALIZAÇÃO - SFI FISCALIZAÇÃO DE PRODUTO DE TELECOMUNICAÇÕES SUPERINTENDÊNCIA DE FISCALIZAÇÃO - SFI FISCALIZAÇÃO DE PRODUTO DE TELECOMUNICAÇÕES ACOMPANHAMENTO DE MERCADO Objetivos Identificar causa raiz, definir ações preventivas e estratégias no processo de homologação;

Leia mais

Ministério das Comunicações

Ministério das Comunicações Ministério das Comunicações Acessos dez/2010 a mar/2014 Internet móvel (3G+4G) 454% Cidades com cobertura 3G de 824 para 3.253 295% 2 Crescimento da banda larga móvel por região Período: dez/2010 a mar/2014

Leia mais

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Encontro Provedores Regionais Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Manaus, janeiro de 2015 Evolução da penetração do acesso domiciliar à Internet Proporção de

Leia mais

19/02/2013. RSQM-DC MASTER- Apresentação-ANATEL-Processos- Português

19/02/2013. RSQM-DC MASTER- Apresentação-ANATEL-Processos- Português RSQM-DC-007-02-MASTER- Apresentação-ANATEL-Processos- Português DESIGNAÇÃO Ato nº 57.860, de 26 de abril de 2006 Exerce, em nome da Agência Nacional de Telecomunicações ANATEL, as funções de Organismo

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO DEDUTOSSUBMARINOS

REGULAMENTO TÉCNICO DEDUTOSSUBMARINOS REGULAMENTO TÉCNICO DEDUTOSSUBMARINOS Segurança de Dutos Instrumentos Normativos Portaria Nº 170 de 26/11/98(em revisão) Autorização para construção, ampliação e operação de instalações de transporte e

Leia mais

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Ministério das Comunicações Encontro Provedores Regionais Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Marabá, abril de 2014 Ministério das Comunicações Evolução da penetração

Leia mais

A situação do espectro no Brasil e na Região 2

A situação do espectro no Brasil e na Região 2 A situação do espectro no Brasil e na Região 2 Maximiliano Salvadori Martinhão Gerente Geral de Certificação e Engenharia do Espectro Agenda Espectro no Brasil Contextualização do tema Onde Estamos O que

Leia mais

Normas ISO:

Normas ISO: Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas ISO: 12207 15504 Prof. Luthiano Venecian 1 ISO 12207 Conceito Processos Fundamentais

Leia mais

A MASSIFICAÇÃO DA BANDA LARGA MÓVEL OS PRÓXIMOS PASSOS

A MASSIFICAÇÃO DA BANDA LARGA MÓVEL OS PRÓXIMOS PASSOS A MASSIFICAÇÃO DA BANDA LARGA MÓVEL OS PRÓXIMOS PASSOS Maximiliano Martinhão Brasília, 04 de janeiro de 2013 Dados socioeconômicos Banda Larga Anatel: Mais de 47 % dos acessos fixos ativados desde DEZ/2010

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação Departamento de Produção Habitacional

Leia mais

Proposta de Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz

Proposta de Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz Proposta de Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz Tiago Sousa Prado Gerência de Regulamentação - Anatel Lago.prado@anatel.gov.br Outubro/2015 Agenda

Leia mais

SERVIÇOS PÚBLICOS: A busca pela Qualidade, Universalização e Transparência

SERVIÇOS PÚBLICOS: A busca pela Qualidade, Universalização e Transparência SERVIÇOS PÚBLICOS: A busca pela Qualidade, Universalização e Transparência Gustavo Eugenio Maciel Rocha AZEVEDO SETTE ADVOGADOS Brasil Digital Telebrasil 2007 51º Painel Telebrasil Ordenamento normativo

Leia mais

SUMÁRIO. Nora dos AUltlrC' 2. E TRlITI IR-\ RE(,U I. He)I{1 \ : ELfME0!TOS RFC\fI.J\TÓRIO~ 47. Prefá ' io Gn.ll..."...,...

SUMÁRIO. Nora dos AUltlrC' 2. E TRlITI IR-\ RE(,U I. He)I{1 \ : ELfME0!TOS RFC\fI.J\TÓRIO~ 47. Prefá ' io Gn.ll......,... SUMÁRIO Abrevia(Unl ~............,..........,.............. 9 Prefá ' io Gn.ll..................."......,.... Nora dos AUltlrC' 1.1. A descentralização dos serviços de telecomunicações no Brasil.......

Leia mais

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS 1. INTRODUÇÃO A Faculdade Fleming dispõe atualmente de infraestrutura de Tecnologia da Informação com rede de computadores que interliga em torno de 300

Leia mais

Uso do dividendo digital para aplicações comunitárias e universalização da banda larga: oportunidades e desafios

Uso do dividendo digital para aplicações comunitárias e universalização da banda larga: oportunidades e desafios Uso do dividendo digital para aplicações comunitárias e universalização da banda larga: oportunidades e desafios C.A.Afonso março 2013 CGI.br Instituto Nupef www.nupef.org.br Sudeste e Sul: população,

Leia mais

As Telecomunicações no Brasil

As Telecomunicações no Brasil As Telecomunicações no Brasil Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado 02/10/2013 2 Pauta O setor de Telecomunicações. A expansão dos serviços de comunicações no Brasil. Ações do. 3 Pauta O setor

Leia mais

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A.

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE 35300010230 RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO GESTÃO INTEGRADA DE RISCO OPERACIONAL, CONTROLES INTERNOS E COMPLIANCE Objetivo Este documento

Leia mais

Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias

Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias Agência Nacional de Transportes Aquaviários ANTAQ GTT Náutico, 12 de novembro de 2014 Marco Legal de Acessibilidade Lei 10.048 Lei 10.098 Decreto

Leia mais