Sistemas de Informação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas de Informação"

Transcrição

1 Sistemas de Informação Gestão de SI- seções 4.1: Gestão de Sistemas de Informação 4.2: Gestão eletrônica de documentos 1

2 Seção 4.1 GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2

3 Contexto Essa gestão ocorre em um modelo dinâmico de criação do conhecimento, Processo é ancorado no pressuposto que o conhecimento humano é criado e expandido por meio da interação social Agentes envolvidos: indivíduos, grupos, organizações, governo, bem como o compartilhamento 3

4 Gestão da informação ENTRADA Captura de dados TRANSFORMAÇÃO Processamento, organização, comparação, armazenamento, classificação, padronização SAÍDA Relatórios, gráficos, alertas, s, ações, etc. Precisa de fontes confiáveis Resultados precisam ser úteis 4

5 Tecnologia Ajuda Tratamento dos dados e geração de informações Independente do setor empresarial, TI vai ajudar no Controle e armazenamento de históricos de dados e informações Melhorar relacionamento com clientes e fornecedores Aumentar continuidade e rapidez de informações e decisões Melhorar controle Proporcionar maior compreensão (visibilidade, análise, síntese) 5

6 Atividade Como transformar informação em negócio? 6

7 Infraestrutura de TI (ITIL ITIL é um framework (arcabouço) que reúne boas práticas para o gerenciamento de serviços de TI mais adotadas Não é um receituário, e sim um modelo que orienta boas práticas 7

8 ITIL 8

9 ITIL estratégia de serviço Envolve entendimento claro das necessidades da empresa + necessidades da demanda Visa sincronizar operação e oferta Com este entendimento, quantificação de recursos, investimentos e custos é facilitado 9

10 ITIL desenho do serviço Especificar e detalhar os serviços, fornecedores, sistemas, pessoas Faz análises, gera requisitos para a TI de forma a garantir performance atual e futura 10

11 ITIL - geral

12 ITIL 1. Estabelecer estratégia 2. Desenhar e operacionalizar serviços de TI 3. Fazer gestão de mudança 4. Desenvolver cultura de melhoria contínua Esta estrutura baseada em TI serve para dimensionamento dos recursos de TI Hardwares, softwares e pessoas 12

13 Reflexão Não adianta gerar grande volume de dados e não saber o que fazer com isso Os dados devem ser indicadores, servindo para aprimoramento da boa gestão Se isso não for feito, a única coisa observada e perda de tempo e de recursos 13

14 Seção 4.2 GESTÃO ELETRÔNICA DE DOCUMENTOS 14

15 Documento Unidade de informação, dados e seu suporte. Desvantagens do documento físico: Difícil recuperação Acesso limitado Baixa segurança e integridade dos arquivos Necessidade de muito espaço para alocação Alto custo de manutenção destas instalações Alto custo de produção e gerenciamento (pessoal alocado) Prof. Diego Fernandes 15

16 Arquivo Conjunto de documentos produzidos e acumulados Tem por finalidade a custódia, conservação e acesso aos diversos documentos Gestão de Conteúdo Corporativo (GCC) envolve: Gestão Arquivística de Documentos (GAD) Gestão Eletrônica de Documentos (GED) 16

17 GED Converte voz, texto ou imagem para a forma digital Documento é digitalizado (scanners) depois gravado em meio eletrônico Vantagens do GED Aumenta produtividade e agilidade nos processos de trafego de informações Segurança Redução de custos (área, cópias e com pessoal) Melhor controle da localização Proteção contra perdas e acessos Acesso à informação por múltiplos usuários simultaneamente Prof. Diego Fernandes 17

18 GED ambiente típico Documento: pode ser em papel ou digital Scanner: mecanismo de digitalização que transforma um documento em imagem eletrônica. Software: programa que acompanha scanner Armazenamento: periférico que irá armazenar o documento, como disco rígidos e cds. Indexação: sistema que permite arquivamento organizado, com informações como nomes, títulos, datas, etc. Rede: meio de comunicação Impressora: usada quando se precisa de uma cópia física do documento Estação de trabalho: computador de acesso, que permite consultas aos documentos 18

19 Áreas de atuação Editoras Redes de TV Hospitais Escritórios Prefeituras Faculdades Etc. Prof. Diego Fernandes 19

20 Tecnologia antecedente Microfilmagem. Passagem para forma digital é feita posteriormente com scanners de microformas Prof. Diego Fernandes 20

21 Meios de armazenamento CD-ROM DVD Jukebox: equipamento que permitem armazenar em linhas muitos discos em seus slots Prof. Diego Fernandes 21

22 Ciclo de vida do documento FONTE: DE OLIVEIRA Prof. Diego Fernandes 22

23 Documentos convencionais vs digitais Alguns parâmetros Ideia: reduzir necessidade de espaço e custos para papel e outros arquivos Característica Convencional Digital Acesso remoto Não Sim Dependência de tecnologia Baixa Alta Espaço de armazenamento Grande Pequena Facilidade de reprodução Baixa Alta Interatividade Baixa Alta Preserva característica do arquivo Sim Sim Velocidade de acesso Baixa Alta

24 24

25 Implementação GED

26 Documentação Tendências: Cloud computing modalidade na nuvem Vantagem acesso através da internet Preocupações gerais (na nuvem ou não) Medidas de segurança Backup Usos de senhas Criptografia (embaralhar mensagem, e só quem tem a chave pode desembaralhá-la) 26

27 Leitura Sugestão de leitura adicional: DA SILVA, D. P. et al. GED Gerenciamento eletrônico de documentos: a tecnologia que está mudando o mundo. Disponível em: < aleitura/ged_gerenciamento_eletronico_de_documentos.pdf>. 27

28 Pós-Aula Fazer leitura e atividade diagnóstica da seção 4.3 do livro institucional Fazer os exercícios Seção faça valer a pena do livro institucional + atividades de aprendizagem do portal das seções

Banco de Dados II. Administrador de Banco de Dados - DBA. Portela

Banco de Dados II. Administrador de Banco de Dados - DBA. Portela UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHAO - UFMA Banco de Dados II Administrador de Banco de Dados - DBA Portela * DBA Introdução Atuação Responsabilidades 2 Atuação O Administrador de Banco de Dados (DBA) é o

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 1 - Conceitos. SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 1 - Conceitos. SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 1 - Conceitos SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari Fonte: Rodrigues, 2009 Aula 1- Conceitos Por que usar um SIG? Um mapa representa os elementos da superfície

Leia mais

PLANO DE CONTINGÊNCIA E CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS

PLANO DE CONTINGÊNCIA E CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS PLANO DE CONTINGÊNCIA E CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS GARDE ASSET MANAGEMENT GESTÃO DE RECURSOS LTDA. CNPJ/ MF 18.511.433/0001-77 E DA GARDE PREVIDÊNCIA ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS LTDA. CNPJ/ MF 30.701.673/0001-30

Leia mais

Grupo Técnico de Cibersegurança 1 Pesquisa ANBIMA de Cibersegurança 2017

Grupo Técnico de Cibersegurança 1 Pesquisa ANBIMA de Cibersegurança 2017 1 Pesquisa ANBIMA de Cibersegurança 2017 Aplicação da pesquisa ação realizada pelo subgrupo 2 Envio para 262 instituições (30/8 a 22/9); Assets (117 instituições) envio de 2 pesquisas (3 Ed. da pesquisa

Leia mais

Computação Distribuída

Computação Distribuída Aula 1 Introdução aos Sistemas Distribuídos Anos 50 - Sistemas Operacionais tipo Lote Aumentar a capacidade de processamento de programas Usuário ia ao computador Processamento Seqüencial Leitoras de cartões

Leia mais

Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico

Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Secretaria de Estado da Administração - SEA Gestão de Pessoas Sistemas administrativos Gestão de Materiais e Serviços Gestão Patrimonial Ouvidoria Gestão de Tecnologia

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 1.4 Tecnologia da Informação (TI) 1 Atividade SI é muito importante para especialistas. Como gestor pode ajudar na definição de um sistema empresarial? observar

Leia mais

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 Sumário Introdução, 1 Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 1 Direcionadores do Uso de Tecnologia de Informação, 7 1.1 Direcionadores de mercado, 8 1.2 Direcionadores organizacionais,

Leia mais

Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços

Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços A ALEJANDRO Informática No mercado de TI desde 30 de Outubro de 1997. Conta com mais de 30 colaboradores; Especializada em implantação de Banco de

Leia mais

GERENCIAMENTO DE DADOS Exercícios

GERENCIAMENTO DE DADOS Exercícios GERENCIAMENTO DE DADOS Exercícios EXERCÍCIO 1 Marque a opção correta: 1. O conceito de administração de recursos de dados envolve o gerenciamento dos: a. Recursos de dados de uma organização e do seu pessoal.

Leia mais

Unidade II FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS. Prof. Victor Halla

Unidade II FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS. Prof. Victor Halla Unidade II FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Sistema de Arquivos Introdução Sistemas de Diretórios Gerenciamento de Entrada e Saída; Problemas de alocação em memória Perda

Leia mais

CURSO DE TÉCNICO EM TELECOM DISCIPLINA: INFORMÁTICA APLICADA

CURSO DE TÉCNICO EM TELECOM DISCIPLINA: INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE TÉCNICO EM TELECOM DISCIPLINA: INFORMÁTICA APLICADA Nome: Iuri Pires de Cerqueira E-mail: iuripires@gmail.com QUEM SOU EU? Graduado em Redes de Computadores pela Universidade Estácio de Sá. 14

Leia mais

CONTROLE DE APROVAÇÃO REVISADO PELO ÓRGÃO NORMATIVO. Paulo Queiroz Luiza M. Prestrêlo de Lima Diretoria Executiva HISTÓRICO DA ÚLTIMA MODIFICAÇÃO

CONTROLE DE APROVAÇÃO REVISADO PELO ÓRGÃO NORMATIVO. Paulo Queiroz Luiza M. Prestrêlo de Lima Diretoria Executiva HISTÓRICO DA ÚLTIMA MODIFICAÇÃO 1/12 ELABORADO CONTROLE DE APROVAÇÃO REVISADO PELO ÓRGÃO NORMATIVO APROVADO Paulo Queiroz Luiza M. Prestrêlo de Lima Diretoria Executiva HISTÓRICO DA ÚLTIMA MODIFICAÇÃO EDIÇÃO DATA ALTERAÇÕES EM RELAÇÃO

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 2.2 Sistemas Empresariais: ERP SCM 1 Sistema empresarial Constitui uma estrutura centralizada para uma organização e garante que as informações possam ser compartilhadas

Leia mais

Infraestrutura. Virtualização. Instalações. Estações, Thinclients e BYOD. Nuvem e Hospedagem. Segurança e criptografia. Servidores, storage e backup

Infraestrutura. Virtualização. Instalações. Estações, Thinclients e BYOD. Nuvem e Hospedagem. Segurança e criptografia. Servidores, storage e backup Infraestrutura Virtualização Instalações Estações, Thinclients e BYOD Nuvem e Hospedagem Segurança e criptografia Servidores, storage e backup Impressão, cópia e digitalização Rede e VPN Viabilidade financeira

Leia mais

Introdução. Qual é a importância dos bancos de dados no nosso dia a dia? Imaginem como seria as grandes empresas sem os bancos de dados?

Introdução. Qual é a importância dos bancos de dados no nosso dia a dia? Imaginem como seria as grandes empresas sem os bancos de dados? Aula - 01 Introdução Qual é a importância dos bancos de dados no nosso dia a dia? Imaginem como seria as grandes empresas sem os bancos de dados? Controle automático de estoques. Introdução Aplicações

Leia mais

Tecnologias. de Informação e Comunicação. 7ºAno. 1.º Período. Aula 5, 6. 1 Magda Lopes

Tecnologias. de Informação e Comunicação. 7ºAno. 1.º Período. Aula 5, 6. 1 Magda Lopes Tecnologias de Informação e Comunicação 7ºAno 1.º Período Aula 5, 6 1 - Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação. 1.3 Introdução à estrutura e funcionamento de um sistema informático. informático

Leia mais

Quando Distribuir é bom

Quando Distribuir é bom Quando Distribuir? Se não precisar, não distribua. Problema de natureza descentralizada Rede de manufatura com atividades concorrentes de engenharia em locações remotas; Teleconferência; Automação industrial.

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO. Processo de implantação e atendimento do Suporte Técnico

SUPORTE TÉCNICO. Processo de implantação e atendimento do Suporte Técnico 1 SUPORTE TÉCNICO Processo de implantação e atendimento do Suporte Técnico Histórico de Alterações Revisão Data Autor Principais Alterações 1 08/09/15 Rafael Anselmo Criação do documento 2 05/12/16 Rafael

Leia mais

EDM MEETING EDUCAÇÃO 2016

EDM MEETING EDUCAÇÃO 2016 Tendências em aplicações digitais que estão sendo implementadas; Benefícios obtidos com digitalização de documentos: Facilidade na busca de informações, Redução de custos e a Economia de tempo e organização

Leia mais

Sistemas de Computação e de Informação

Sistemas de Computação e de Informação Sistemas de Computação e de Informação SLIDE 9 Professor Júlio Cesar da Silva juliocesar@eloquium.com.br site: http://eloquium.com.br/ twitter: @profjuliocsilva Linguagens de Programação Os computadores

Leia mais

Aprendizado móvel e computação em nuvem para educação

Aprendizado móvel e computação em nuvem para educação Aprendizado móvel e computação em nuvem para educação Silvia Mara Novaes Sousa Bertani Profa. Dra. Silvia Mara Novaes Sousa Bertani O que é Mobile Learning? Mobile learning A aprendizagem móvel envolve

Leia mais

07/04/2015. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi

07/04/2015. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com 1 INFLUÊNCIA DA TECNOLOGIA SOCIEDADE Mudanças aceleradas; Eliminação de barreiras físicas

Leia mais

Ensino Superior: aspectos

Ensino Superior: aspectos I Seminário Gestão de Dados de Pesquisa Preservação Digital nas Instituições de Ensino Superior: aspectos organizacionais, legais e técnicos José Carlos Abbud Grácio Preservação digital na Unesp Política

Leia mais

Guia de recursos: produtividade de workstations

Guia de recursos: produtividade de workstations Guia de recursos: produtividade de workstations Conteúdo Além do desktop: produtividade de workstations 2 Descubra como obter a maior produtividade possível de aplicativos de alto desempenho que requerem

Leia mais

Solução para Gestão de Ambientes de TI.

Solução para Gestão de Ambientes de TI. Solução para Gestão de Ambientes de TI www.max3d.com.br Governança de Ativos e Infraestrutura de TI Governança de TI é uma parte integral da Governança Corporativa e é formada pela liderança, estruturas

Leia mais

Segurança e Auditoria de Sistemas. Prof. Alessandra Bussador

Segurança e Auditoria de Sistemas. Prof. Alessandra Bussador Segurança e Auditoria de Sistemas Prof. Alessandra Bussador Objetivos Segurança da informação Garantir a continuidade do negócio; Minimizar as perdas do negócio pela prevenção e redução do impacto de incidentes

Leia mais

Profa. Leda G. F. Bueno

Profa. Leda G. F. Bueno Profa. Leda G. F. Bueno O computador pode ser descrito como um sistema. Sendo um sistema, este pode ser esquematizado como a entrada de insumos, processamento e saída do produto final No caso do computador

Leia mais

20,4 bilhões Empresa global de pesquisas em tecnologia, prevê de. dispositivos estarão conectados à web, dentro do conceito de IoT, até 2020.

20,4 bilhões Empresa global de pesquisas em tecnologia, prevê de. dispositivos estarão conectados à web, dentro do conceito de IoT, até 2020. ACERVO ACADÊMICO DIGITAL DIGITAL: Como aproveitar p esta tendência? Dalton Quadros ECM MEETING EDUCAÇÃO 2018 20,4 bilhões Empresa global de pesquisas em tecnologia, prevê de dispositivos estarão conectados

Leia mais

Informática Básica e Aplicativos de Escritório

Informática Básica e Aplicativos de Escritório Informática Básica e Aplicativos de Escritório Computadores: Ferramentas para a Era da Informação Professor: Charles Leite Forjando uma Sociedade Baseada em Computadores Bases tradicionais da economia:

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Caracterização de Faculdades SENAC Análise e Desenvolvimento de Sistemas 24 de fevereiro de 2010 Caracterização de Histórico Anos 50 - Sistemas Operacionais tipo Lote Aumentar a capacidade de processamento

Leia mais

O VALOR DO BACKUP NA NUVEM. Fernando Henrique Feitosa

O VALOR DO BACKUP NA NUVEM. Fernando Henrique Feitosa 1 O VALOR DO BACKUP NA NUVEM Fernando Henrique Feitosa fernando.feitosa@dbacorp.com.br 2 DESCRIÇÃO Esse artigo tem como objetivo principal explanar de forma gerencial qual visão devemos adotar ao escolher

Leia mais

Revisão FUI. Tiago Alves de Oliveira

Revisão FUI. Tiago Alves de Oliveira Revisão FUI Tiago Alves de Oliveira Definição de Informática O que é informática? Onde é usado a informática nos dias atuais? Definição de Informática Informática é um termo usado para descrever o conjunto

Leia mais

Conecte-se e assuma o controle

Conecte-se e assuma o controle Conecte-se e assuma o controle A RealVNC inventou a tecnologia de compartilhamento de tela VNC há mais de vinte anos. Hoje, oferecemos um compartilhamento de tela seguro para uma grande variedade de aplicativos

Leia mais

PLANO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS COPA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. DEZEMBRO DE 2015

PLANO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS COPA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. DEZEMBRO DE 2015 PLANO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS DA COPA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. DEZEMBRO DE 2015 1. INTRODUÇÃO 1.1. Objetivo As atividades desenvolvidas pela Copa Gestão de Investimentos Ltda. ( Copa Investimentos

Leia mais

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO CND CND PORTAL DE RELACIONAMENTO Cadastro CND Painel de Controle

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO CND CND PORTAL DE RELACIONAMENTO Cadastro CND Painel de Controle Sage CND SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CND... 2 1.1. 1.2. Cadastro CND... 2 Painel de Controle... 6 3. CND PORTAL DE RELACIONAMENTO.... 10 1. Apresentação A Plataforma Sage visa dinamizar os negócios

Leia mais

Qualidade. Gestão da. Qualidade. Qualidade Gestão da Qualidade SOLUÇÕES WK. Veja + wk.com.br/solucoes/qualidade GESTÃO DE DOCUMENTOS AÇÕES PREVENTIVAS

Qualidade. Gestão da. Qualidade. Qualidade Gestão da Qualidade SOLUÇÕES WK. Veja + wk.com.br/solucoes/qualidade GESTÃO DE DOCUMENTOS AÇÕES PREVENTIVAS SOLUÇÕES WK Gestão da As Soluções WK para Gestão da integram processos e rotinas para Controle da, Gestão de Não Conformidades, Ações Preventivas, Ações Corretivas, Autocontroles, Laudos e Gestão de Documentos,

Leia mais

SOBRE A PLANEW NOSSAS SOLUÇÕES BENEFÍCIOS E DIFERENCIAIS

SOBRE A PLANEW NOSSAS SOLUÇÕES BENEFÍCIOS E DIFERENCIAIS SOBRE A PLANEW NOSSAS SOLUÇÕES BENEFÍCIOS E DIFERENCIAIS SOBRE A PLANEW SOMOS UMA EMPRESA DE ASSESSORIA E PLANEJAMENTO, QUE ATUA EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL, COM SEDE EM SÃO PAULO - BRASIL E FILIAL EM

Leia mais

Backup. É um cópia de segurança de dados de um dispositivo para outro, para que possam ser restaurados em caso de perda acidental.

Backup. É um cópia de segurança de dados de um dispositivo para outro, para que possam ser restaurados em caso de perda acidental. Professor Gedalias Valentim Informática para Concursos É um cópia de segurança de dados de um dispositivo para outro, para que possam ser restaurados em caso de perda acidental. Porque fazer Perda acidental

Leia mais

Modalidade SaaS Benefícios e Vantagens. Modalidade SaaS

Modalidade SaaS Benefícios e Vantagens. Modalidade SaaS Modalidade SaaS Benefícios e Vantagens Modalidade SaaS O COHROS ONLINE OPERA NA MODALIDADE SaaS SaaS - Software as a Service (Software como serviço) Nossos sistemas são oferecidos na modalidade SaaS, que

Leia mais

Quando Distribuir é bom

Quando Distribuir é bom Quando Distribuir? Se não precisar, não distribua. Problema de natureza descentralizada Rede de manufatura com atividades concorrentes de engenharia em locações remotas; Teleconferência; Automação industrial.

Leia mais

Montagem e Manutenção de Computadores

Montagem e Manutenção de Computadores Montagem e Manutenção de Computadores Organização dos Computadores Aula de 04/03/2016 Professor Alessandro Carneiro Introdução Um computador consiste de vários dispositivos referidos como hardware: o teclado,

Leia mais

Introdução a Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto

Introdução a Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto Introdução a Sistemas Operacionais Adão de Melo Neto 41 Definição de SO Sistema Operacional É um conjunto de rotinas (programa) executado pelo processador que controla o funcionamento do computador como

Leia mais

Introdução a Sistemas de Informação

Introdução a Sistemas de Informação Introdução a Sistemas de Informação Orivaldo Santana Jr A partir de slides elaborados por Ivan G. Costa Filho, Fernando Fonseca & Ana Carolina Salgado Graduação 1 Introdução Sistema de Informação (SI)

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Infraestrutura de TI: Hardware

Arquitetura de Computadores. Infraestrutura de TI: Hardware Arquitetura de Computadores Infraestrutura de TI: Hardware Computação Informação + Automação Tratamento dos dados em informação por meios automáticos Dispositivos eletrônicos Aplicados em Computadores,

Leia mais

20/3/2012. Gerenciamento Estratégico de Dados. Gerenciamento Estratégico de Dados. Gerenciamento Estratégico de Dados. Prof. Luiz A.

20/3/2012. Gerenciamento Estratégico de Dados. Gerenciamento Estratégico de Dados. Gerenciamento Estratégico de Dados. Prof. Luiz A. Prof. Luiz A. Nascimento Principais ferramentas: Banco de Dados ERP (módulo BI) ETL Data Mart Data Warehouse Data Mining Planilha Eletrônica OLAP OLAP 1 Classificação das ferramentas: Construção extração

Leia mais

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES, SEUS PRINCIPAIS COMPONENTES E CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES, SEUS PRINCIPAIS COMPONENTES E CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES, SEUS PRINCIPAIS COMPONENTES E CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Msc. Hélio Esperidião O QUE É UMA REDE? Uma rede de computadores pode

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÃO Sumário INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS... 3 SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 3 SISTEMAS E BACKUPS... 5 SEGREGAÇÃO DE ATIVIDADES... 5 VIGÊNCIA E ATUALIZAÇÃO... 6 POLÍTICA DE SEGURANÇA

Leia mais

Gerência de Projetos de TI

Gerência de Projetos de TI Gerência de Projetos de TI Grade Curricular Unidade de aprendizagem Ementas Carga horária Semestre 1 Business Intelligence Gerência de Qualidade de Software Métodos e Práticas na Engenharia de Requisitos

Leia mais

Introdução aos Sistemas Distribuídos

Introdução aos Sistemas Distribuídos Introdução aos Sistemas Distribuídos Prof. Leonardo Barreto Campos http://sites.google.com/sitew/leonardobcampos 1/29 Sumário Ementa; Bibliografia Calendário Site Introdução Características http://sites.google.com/sitew/leonardobcampos

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL TRANSFORMAÇÃO DIGITAL Uma nova abordagem onde as Tecnologias de Informação desempenham um papel chave na transformação da estratégia, estrutura, cultura e processos de uma empresa utilizando o alcance

Leia mais

Gestão de Acesso e Segurança

Gestão de Acesso e Segurança Gestão de Acesso e Segurança COM A SOLUÇÃO EM CLOUD, VOCÊ GARANTE SEGURANÇA, PERFORMANCE E DISPONIBILIDADE PARA O SEU NEGÓCIO. A Senior dispõe de todas as soluções em cloud, atuando na modalidade SaaS,

Leia mais

Softwares, Aplicativos e Sistemas Operacionais

Softwares, Aplicativos e Sistemas Operacionais Softwares, Aplicativos e Sistemas Operacionais Aula 04 Introdução ao Computador Arthur Porto - IFNMG Campus Salinas arthur.porto@ifnmg.edu.br arthurporto.com.br Aula 04 Introdução ao Computador Softwares,

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Gerenciamento Eletrônico de Documentos Gerenciamento Eletrônico de Documentos Os softwares de gerenciamento eletrônico de documentos, conhecidos como GEDs, trazem importantes benefícios para as empresas, como: Agilidade na busca de documentos

Leia mais

Digitalização: uma ferramenta fundamental para otimizar seu fluxo de trabalho.

Digitalização: uma ferramenta fundamental para otimizar seu fluxo de trabalho. Digitalização: uma ferramenta fundamental para otimizar seu fluxo de trabalho. ÍNDICE 3 Apresentação 4 Produtividade X custo benefício 6 Digitalização 10 GED 12 Equipamentos 13 Armazenamento em nuvem 14

Leia mais

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Universidade Federal de Campina Grande Centro de Tecnologia e Recursos Naturais Unidade Acadêmica de Engenharia Civil INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Prof. Mauro Normando M. Barros Filho mbarrosfilho@gmail.com

Leia mais

USO PROFISSIONAL DE COMPUTADORES

USO PROFISSIONAL DE COMPUTADORES USO PROFISSIONAL DE COMPUTADORES PROF. ME. HÉLIO ESPERIDIÃO SISTEMA OCTADECIMAL Sistema Octal é um sistema de numeração cuja base é 8, ou seja, utiliza 8 símbolos para a representação de quantidade. No

Leia mais

A Contabilidade já está entrando na era digital!

A Contabilidade já está entrando na era digital! CANAL CONTABILIDADE A Contabilidade já está entrando na era digital! ORGANIZAR, GERENCIAR, GUARDAR DOCUMENTOS. Você que é Contador, sabe o quanto essas atividades tomam tempo, ocupam pessoas e consomem

Leia mais

Proposta de Licenciamento de Software Jurídico

Proposta de Licenciamento de Software Jurídico Proposta de Licenciamento de Software Jurídico Caros senhores, A Preâmbulo Informática Tecnologia em Gestão Jurídica, atua exclusivamente para o mercado jurídico desde 1988, sendo líder em software jurídico

Leia mais

Aula 16. Tópicos Especiais II Banco de Dados. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 16. Tópicos Especiais II Banco de Dados. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 16 Aula 16 Tópicos Especiais II Banco de Dados Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Sistemas de Arquivos O computador tem facilitado bastante a vida dos seres

Leia mais

Introdução PARTE I. VISÃO GERAL

Introdução PARTE I. VISÃO GERAL Introdução PARTE I. VISÃO GERAL 1. Infraestrutura de TI e Virtualização 1.1. Introdução 1.2. Investimentos em Infraestrutura de TI 1.3. Maturidade da Infraestrutura de TI 1.3.1. Introdução 1.3.2. Modelo

Leia mais

Conceitos de Sistemas Distribuídos

Conceitos de Sistemas Distribuídos Conceitos de Sistemas Distribuídos Roteiro Definição de Sistemas Distribuídos (SD) Evolução Histórica Exemplos (SD) Modelos (Vantagens x Desvantagens) 2 O que é um Sistema Distribuído? Definição Coleção

Leia mais

Vantagens do Backup Corporativo

Vantagens do Backup Corporativo Vantagens do Backup Corporativo QUANDO FOI A ÚLTIMA VEZ QUE VOCÊ TEVE QUE FAZER UM RESTORE? Quando foi a última vez que você teve que restaurar o backup da sua empresa? Sua empresa tem um sistema de Backup?

Leia mais

Conheça nossa solução Corporativa de Backup e Armazenamento

Conheça nossa solução Corporativa de Backup e Armazenamento Conheça nossa solução Corporativa de Backup e Armazenamento QUEM SOMOS Compromisso com o Cliente Somos uma empresa com foco em tecnologia da informação. Nossa missão é deixá-lo tranquilo para cuidar do

Leia mais

POLÍTICA DA CENTRAL DE SERVIÇO DE TI. Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DA CENTRAL DE SERVIÇO DE TI. Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DA CENTRAL DE SERVIÇO DE TI Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS... 3 3. ABRANGÊNCIA DA CENTRAL DE SERVIÇO... 3 4. FERRAMENTA UTILIZADA

Leia mais

3) Qual é o foco da Governança de TI?

3) Qual é o foco da Governança de TI? 1) O que é Governança em TI? Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a

Leia mais

ARQUIVOLOGIA. Legislação Arquivística. Resoluções do CONARQ Parte 6. Prof. Antonio Botão

ARQUIVOLOGIA. Legislação Arquivística. Resoluções do CONARQ Parte 6. Prof. Antonio Botão ARQUIVOLOGIA Legislação Arquivística Parte 6 Prof. Antonio Botão CASA CIVIL ARQUIVO NACIONAL CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS RESOLUÇÃO Nº 19, DE 28 DE OUTUBRO DE 2003 Dispõe sobre os documentos públicos

Leia mais

Cybersecurity. Virtualização. Antivírus. Análise de conteúdo. Firewall. Proxy. Monitoramento de acesso virtual. Monitoramento de acesso físico

Cybersecurity. Virtualização. Antivírus. Análise de conteúdo. Firewall. Proxy. Monitoramento de acesso virtual. Monitoramento de acesso físico Cybersecurity Virtualização Antivírus Análise de conteúdo Firewall Proxy Monitoramento de acesso virtual Monitoramento de acesso físico Auditoria Defesa em camadas Backup VPN Controle de acesso Criptografia

Leia mais

Cloud Computing CIAB 22 de Junho de Marcelo Medeiros Diretor Executivo & Gerente Geral Enterprise Solutions, Dell Brasil

Cloud Computing CIAB 22 de Junho de Marcelo Medeiros Diretor Executivo & Gerente Geral Enterprise Solutions, Dell Brasil Cloud Computing CIAB 22 de Junho de 2016 Marcelo Medeiros Diretor Executivo & Gerente Geral Enterprise Solutions, Dell Brasil 2 A fronteira entre o negócio e a TI no setor financeiro do Brasil 3 Até o

Leia mais

Copyright 2012 EMC Corporation. Todos os direitos reservados.

Copyright 2012 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. Copyright 2012 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. 1 TRANSFORMANDO E SIMPLIFICANDO A TI Visão Geral da VCE Julho de 2012 A VCE HOJE Motivadores do setor Panorama do mercado Proposta de valor

Leia mais

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo MODELAGEM DE DADOS Sistemas de Banco de Dados Profa. Rosemary Melo SISTEMAS DE BANCO DE DADOS OBJETIVOS Apresentar os conceitos fundamentais de Sistemas de Banco de Dados. Principais componentes dos SGBDs

Leia mais

TYR GESTÃO DE RECURSOS LTDA. PLANO DE CONTINGÊNCIA E CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS

TYR GESTÃO DE RECURSOS LTDA. PLANO DE CONTINGÊNCIA E CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS TYR GESTÃO DE RECURSOS LTDA. PLANO DE CONTINGÊNCIA E CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS AGOSTO 2016 1 O presente Plano de Contingência e Continuidade de Negócios ( Plano ) tem como objetivo definir os procedimentos

Leia mais

D igitação de Eventos

D igitação de Eventos Digitação de Eventos Índice 1. PLATAFORMA SAGE... 3 1.1. 1.2. 1.3. 1.4. 1.5. Primeiro Acesso... 4 Conhecendo a Plataforma... 5 Seleção da Empresa de Trabalho... 6 Sair do Sistema/ Minhas configurações...

Leia mais

ITIL v3 Desenho de Serviço Parte 1

ITIL v3 Desenho de Serviço Parte 1 ITIL v3 Desenho de Serviço Parte 1 O Desenho de Serviço vem após a Estratégia de Serviço, após levantar tudo o que foi necessário como as políticas, estratégia, recursos e restrições. O pessoal envolvido

Leia mais

Informática. Cloud Computing e Storage. Professor Márcio Hunecke.

Informática. Cloud Computing e Storage. Professor Márcio Hunecke. Informática Cloud Computing e Storage Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática COMPUTAÇÃO EM NUVEM Cloud Computing ou Computação em Nuvem pode ser definido como um modelo no

Leia mais

Grande parte dessa escolha está fortemente ligada ao valor agregado que o outsourcing traz à sua atividade.

Grande parte dessa escolha está fortemente ligada ao valor agregado que o outsourcing traz à sua atividade. OUTSOURCING DE IMPRESSÃO: um caminho para a transformação digital em sua empresa 1 www.simpress.com.br SUMÁRIO Introdução 3 O panorama atual do outsourcing 4 Vantagens para gestão 6 Confiabilidade e parceria

Leia mais

Prof. Fabiano Taguchi

Prof. Fabiano Taguchi Prof. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com (66) 9953-7642 1 Efeito audível produzido por movimentos de corpos vibratórios propagando na forma de ondas. AUDIÇÃO é

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL TRANSFORMAÇÃO DIGITAL Por Microware Uma nova abordagem onde a T.I.C. desempenha papel chave na transformação da estratégia, estrutura, cultura e processos de uma empresa utilizando o alcance e o poder

Leia mais

SI06 DIMENSÃO TECNOLÓGICA I

SI06 DIMENSÃO TECNOLÓGICA I 1 2 1. Apresentar os principais tipos de software. 2. Compreender os componentes básicos de uma rede de telecomunicações. 3. Compreender como o uso da internet participa no processo de acesso à informação.

Leia mais

Lei da Cópia Privada. Taxa Máxima. Taxa * a) Equipamentos multifunções ou fotocopiadoras jato de tinta

Lei da Cópia Privada. Taxa Máxima. Taxa * a) Equipamentos multifunções ou fotocopiadoras jato de tinta Lei da Cópia Privada Lei da Cópia Privada Esclarecimentos sobre a aplicação da Lei da Cópia Privada (Lei n.º 49/2015, de 5 de Junho). Segunda alteração à Lei n.º 62/98, de 1 de setembro, que regula o disposto

Leia mais

ADAM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. PLANO DE CONTIGÊNCIA E CONTINUIDADE DO NEGÓCIO

ADAM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. PLANO DE CONTIGÊNCIA E CONTINUIDADE DO NEGÓCIO ADAM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. PLANO DE CONTIGÊNCIA E CONTINUIDADE DO NEGÓCIO Data de elaboração: 27.06.2016 Versão: 1.0 ÍNDICE PLANO DE CONTINGÊNCIA E CONTINUIDADE DE NEGOCIOS... 3 1.1. Aplicabilidade...

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 2.3 CRM & PRM 1 Gestão do relacionamento com o cliente CRM 2 Contexto O que os clientes podem nos dizer sobre o nosso negócio? Como a empresa é enxergada? O que

Leia mais

Informática Básica. Conceitos Básicos

Informática Básica. Conceitos Básicos Informática Básica Conceitos Básicos SUMÁRIO Introdução e conceitos básicos Hardware Software 2 Transformação Social Comunicação E-mail, conversa on-line, vídeo conferência, redes sociais,... 3 Transformação

Leia mais

Algoritmos e Técnicas de Programação. Professora Luciana Faria

Algoritmos e Técnicas de Programação. Professora Luciana Faria Algoritmos e Técnicas de Programação Professora Luciana Faria luciana.faria@ifs.ifsuldeminas.edu.br Conceitos Básicos Computadores??? Máquina composta de elemento físicos do tipo eletrônico É uma máquina

Leia mais

I TR T ODUÇÃO O À I N I FO F RMÁ M TI T C I A OBJETIVO

I TR T ODUÇÃO O À I N I FO F RMÁ M TI T C I A OBJETIVO 17/02/2017 6 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA OBJETIVO Capacitar o aluno a trabalhar com o computador, realizando tarefas básicas essenciais, e mostrar os principais conceitos em informática e processamento de

Leia mais

Conceitos sobre Computadores

Conceitos sobre Computadores Conceitos sobre Computadores Prof. UNESP - São José do Rio Preto Linguagem Computacional Neste tópico veremos: Os Componentes físicos dos computadores O hardware: principais partes dos computadores atuais.

Leia mais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA

NOÇÕES DE INFORMÁTICA NOÇÕES DE INFORMÁTICA ALISSON CLEITON MÓDULO I 1. A placa-mãe (motherboard) de um computador é o hardware responsável por conectar e interligar todos os componentes. Um componente que já vem instalado

Leia mais

Introdução a Computação em Nuvem

Introdução a Computação em Nuvem Introdução a Computação em Nuvem Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia

Leia mais

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo MODELAGEM DE DADOS Sistemas de Banco de Dados Profa. Rosemary Melo SISTEMAS DE BANCO DE DADOS OBJETIVOS Apresentar os conceitos fundamentais de Sistemas de Banco de Dados. Principais componentes dos SGBDs

Leia mais

Curso: Redes de Computadores

Curso: Redes de Computadores Curso: Redes de Computadores Cadeira de Introdução a Sistemas Operacionais. Bibliografia Sistemas Operacionais Modernos Andew S. Tanembaum Sistema Operacionais Abraham Silberchatz, Peter Galvin e Greg

Leia mais

GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Aula 3 Computação em Nuvem Bacharelado em Ciência da Computação Professor MSc. Ariel da Silva Dias Complexo Educacional FMU Computação em Nuvem Por que Nuvem? Um Pouco

Leia mais

Manual do Usuário. LPT4 - Sistemas de Informação Ltda.

Manual do Usuário. LPT4 - Sistemas de Informação Ltda. Manual do Usuário LPT4 - Sistemas de Informação Ltda. Diagnose Pró 7 O Diagnose Pró 7.0 é um software desenvolvido com a assessoria e aval de uma equipe médica especializada, para médicos e clínicas que

Leia mais

Profissionais em trânsito

Profissionais em trânsito Profissionais em trânsito O sucesso empresarial está, literalmente, nas mãos dos seus funcionários: na forma da TI que eles usam todos os dias. A escolha é sua: equipe os seus funcionários com as soluções

Leia mais

Professor: Lau Cheuk Lung

Professor: Lau Cheuk Lung Introdução à Informática Professor: Lau Cheuk Lung Conceitos Básicos Sistemas computacionais 2 partes básicas: hardware e software HARDWARE SOFTWARE É a parte mecânica e física da máquina, com seus componentes

Leia mais

Os computadores ditigais podem ser classificados em 5 grupos distintos:

Os computadores ditigais podem ser classificados em 5 grupos distintos: Informática A informática engloba toda atividade relacionada ao uso dos computadores, permitindo aprimorar e automatizar tarefas em qualquer área de atuação da sociedade. Informática é a "Ciência do tratamento

Leia mais

Computação em nuvem (Cloud Computing)

Computação em nuvem (Cloud Computing) Computação em nuvem (Cloud Computing) Disciplina: Gestão da Tecnologia de Sistemas Professor: Thiago Silva Prates Computação em nuvem O termo computação em nuvem refere-se a modelo de capacitação na qual

Leia mais

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof.

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof. WEBINAR Pós-graduação Gestão de Serviços em TI Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Prof. Ademar Albertin Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança

Leia mais