REABILITAÇÃO CANINA. Resumo. 15*, 16, 17, 18 e 19 de Outubro de LISBOA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REABILITAÇÃO CANINA. Resumo. 15*, 16, 17, 18 e 19 de Outubro de 2014 - LISBOA"

Transcrição

1 REABILITAÇÃO CANINA 15*, 16, 17, 18 e 19 de Outubro de LISBOA Resumo A exigência dos donos de animais pela sua saúde e bem-estar torna a reabilitação animal numa área que está a ganhar cada vez mais adeptos em Portugal, acompanhando a tendência de outros países. Reabilitação Canina (RC) é um curso criado por Fisioterapeutas e Médicos Veterinários, juntando, desta forma, as melhores práticas destas duas áreas disciplinares fundamentais para uma intervenção realmente bemsucedida. O Instituto Brasileiro e Reabilitação Animal (IBRA) assume-se como pioneiro na reabilitação veterinária no Brasil. Grandes responsáveis pelo crescimento desta área nos últimos 15 anos formaram até hoje mais de 1000 profissionais, continuando atualmente a desempenhar um papel de extrema importância no impulso da Reabilitação Animal - o que torna a presença do IBRA em Portugal num fator realmente enriquecedor. Numa era onde a inovação é privilegiada, esta formação é um claro carimbo de qualidade no currículo do profissional de saúde; este curso também pretende contribuir significativamente para a criação de pontes e redes de contacto entre Fisioterapeutas e Veterinários, no sentido de futuramente iniciar colaborações nesta área. * Neste primeiro dia de curso (14h às 18h) irão abordar-se, de forma intensiva, conceitos relacionados com a anatomia e biomecânica canina. Assim, este dia será especialmente direcionado para os fisioterapeutas, sendo facultativo para os médicos veterinários. *A Bwizer terá que confirmar o curso até dia 15 de Setembro de 2014 pelo que caso o pretenda frequentar, agradecemos que se inscreva até lá, de forma a aumentarmos as possibilidades de confirmação do mesmo.

2 Apresentação O interesse nesta temática tem crescido consideravelmente nos últimos anos, multiplicando-se as técnicas de tratamento disponíveis, assim como o leque de patologias que beneficiam da sua aplicação. Trata-se portanto de um sector claramente solidificado em países como Alemanha, Brasil, Espanha e Reino Unido e com uma expressão crescente em Portugal. Atualmente a Reabilitação Animal é vista como uma das áreas de maior sucesso no seio da veterinária, sendo cada vez maior o número de clínicos que se informam, investigam e recorrem a esta como uma forte aliada na conquista da saúde e bem-estar animal. A aplicação da Reabilitação Animal em veterinária teve início em animais de maior porte, nomeadamente equinos, tendo esta evoluído para os pequenos animais através da aplicação das técnicas e conhecimentos adquiridos na medicina humana, muito graças à procura e exigência dos seus donos, na saúde e bem-estar dos mesmos. A utilização de técnicas não invasivas no combate à dor, na recuperação funcional da região comprometida, na profilaxia de futuras lesões articulares e na melhoria da qualidade de vida do animal, tem contribuído para a popularidade desta área. De facto, existem muitas patologias que podem beneficiar destas técnicas como: Patologias da coluna: hérnias discais, síndrome da cauda equina e displasia occipital; Patologias de membros torácicos: tenosinuvite bicipital, displasia de cotovelo e osteocondrite dissecante da cabeça do úmero; Patologias de membros pélvicos: ruturas de ligamentos do joelho, luxação patelar e tenosinuvite do calcâneo; Gerais: distensões e contraturas musculares, artroses, fraturas, neuropatias, síndrome vestibular, neoplasias e edemas. É neste contexto que a Bwizer traz a Portugal este curso de Reabilitação Canina, que se distingue, entre outros fatores, por ser uma formação claramente adequada às necessidades dos profissionais de saúde e à realidade vivida em Portugal. Esta formação está dividida em componente teórica - onde serão abordados os princípios que regem a intervenção nesta área, e em componente prática - com cães, com vista a implementar os exercícios práticos abordados e a integrar equipamentos de eletroterapia.

3 Porquê este curso? - Estará bem preparado para iniciar a sua intervenção em reabilitação canina; - Criado por veterinários e fisioterapeutas, reunirá as melhores práticas de duas áreas indissociáveis quando se fala em reabilitação animal; - Ganhará competências nesta nova área do mercado de trabalho numa altura em que estes serviços são crescentemente procurados; - Poderá também criar uma rede de contactos entre elementos das duas áreas disciplinares complementares nesta temática - fisioterapia e medicina veterinária; - Terá acesso a uma formação claramente ajustada às necessidades atuais na área: compacta e direta ao assunto; - Beneficiará de uma formação cuja avaliação foi muito positiva na sua primeira edição em Portugal, e que será integralmente lecionada em português, pelo IBRA Instituto muito respeitado no Brasil, onde formou já mais de 1000 profissionais nesta área. Objetivos Objetivos Gerais: No final do curso o aluno deverá compreender os princípios e conceitos da reabilitação animal, sendo capaz de intervir nesta área, dominando as suas ferramentas de intervenção, com particular enfoque no conhecimento teórico que as sustentam. Objetivos Específicos: - Aprofundar conhecimentos de anatomia e biomecânica canina; - Compreender os conceitos e princípios gerais da reabilitação canina; - Respeitar as indicações, red-flags e contraindicações das técnicas de reabilitação canina; - Compreender as diferentes patologias (músculo-esqueléticas, neurológicas, reumatológicas, etc) dos membros pélvicos, torácicos e coluna; - Saber executar corretamente as técnicas de reabilitação canina, com enfoque na sua sustentação teórica e científica, para as patologias dos membros pélvicos, torácicos e coluna.

4 Metodologia Metodologia de Formação: A componente teórica será expositiva, sendo solicitado aos alunos a discussão de determinados pontos-chave na compreensão dos conceitos apresentados. Haverá contudo uma extensa componente prática na qual os participantes terão a oportunidade de treinar as diferentes técnicas em animais reais. Metodologia de Avaliação: A avaliação relativa às aprendizagens dos formandos tem um caráter formativo, sendo concretizada através de observação e aplicação de exercícios teóricos, teórico-práticos e estudos de caso. Através deste momento de avaliação e através do cumprimento do requisito de assiduidade afere-se o aproveitamento dos formandos no curso. Forma de organização da formação: Presencial Modalidade de Formação: Contínua Destinatários: Fisioterapeutas, Médicos Veterinários e estudantes finalistas das respetivas licenciaturas. Vagas: 30 Datas*: 15, 16, 17, 18 e 19 de Outubro de 2014 Local: Lisboa Local a definir Carga horária: 36 horas 15 de Outubro Tarde 14:00/18:00; 16 a 19 de Outubro Manhã 9:00/13:00 Tarde 14:00/18:00 *A Bwizer terá que confirmar o curso até dia 15 de Setembro de 2014 pelo que caso o pretenda frequentar, agradecemos que se inscreva até lá, de forma a aumentarmos as possibilidades de confirmação do mesmo. Investimento Estudante/Recém-licenciado: Profissional: Estudante/Recém-licenciado (antigo cliente Bwizer): Profissional (antigo cliente Bwizer): Até Após

5 Notas Estudante: todos os indivíduos que estejam ainda a completar a sua formação de base (considerando-se como formação base, no máximo, a frequência de mestrado integrado). Recém-licenciado: todos os indivíduos que tenham concluído a sua formação de base (tendo em conta o critério exposto acima), há menos de 12 meses, considerando a data do certificado respetivo. Antigo cliente Bwizer: todos os indivíduos que tenham efetivamente frequentado um evento Bwizer, sendo que a presença em workshops ou eventos gratuitos, não é considerada. Profissional: todos os indivíduos que tenham habilitações académicas compatíveis com o identificado no campo de destinatários do evento em causa. Leia aqui as Condições de Inscrição: O que inclui a inscrição 36 horas de formação Material de apoio ao Curso (em português) Certificado de formação registo profissional (saiba o que isto significa) Seguro de acidentes pessoais em vigor durante o curso Coffee-breaks Requisitos logísticos e recursos Sala com boa luminosidade, ventilação, temperatura e isolada de ruídos perturbadores ao bom funcionamento. Espaço equipado com todos os recursos didáticos necessários: Computador, Vídeoprojetor, Flip-chart. Mobiliário confortável e adequado aos formadores e formandos. Espaço amplo o suficiente para permitir a concretização de trabalhos 2 m 2 para a formação teórica e 3m 2 para a formação prática. Espaço apoiado por instalações sanitárias adequadas e localizadas de forma a não perturbar o bom funcionamento da formação. Local de fácil acesso. Espaços cuja limpeza é feita com regularidade.

6 Programa (tópicos a abordar) - Revisão da Anatomia e Biomecânica Canina* - Reabilitação Canina Geral - Conceitos e Objetivos - Eletroterapia - Hidroterapia - Crioterapia - Massagem - Exercícios Terapêuticos - Laser - Termoterapia e Ultrassom - Fototerapia - Terapia Manual - Ossos/ Cartilagens / Músculos / Tendões - uso e desuso reacção à Farmacologia. - Exercícios com bandas elásticas - Ligaduras Funcionais - Reabilitação em Respiratória e no Cão Idoso - Avaliação e Tratamento de Patologias do Membro Pélvico - Avaliação e Tratamento de Patologias do Membro Torácico - Avaliação e Tratamento de Patologias da Coluna - Lesão dos nervos periféricos - Reumatologia - Reabilitação Neurológica * Neste primeiro dia de curso irão abordar-se, de forma intensiva, conceitos relacionados com a anatomia e biomecânica canina. Assim, este dia será especialmente direcionado para os fisioterapeutas, sendo facultativo para os médicos veterinários. Notas importantes: - Haverá uma componente prática, com um animal com vista a implementar os exercícios práticos abordados e utilização de equipamentos. - O curso será ministrado em português.

7 Formador (Sidney Piesco Instituto Brasileiro de Reabilitação Animal) Sidney Piesco é Médico Veterinário, formado pela Universidade de São Paulo (Brasil). Com grande paixão pela área da reabilitação animal, desde cedo que Sidney Piesco investiu fortemente no seu currículo, o que faz dele atualmente uma das grandes referências brasileiras nesta temática. Mestre em Cirurgia e Clínica Médica com ênfase na Fisioterapia Veterinária é especializado em Fisioterapia Veterinária e Acupuntura Veterinária, e membro fundador da Associação Brasileira de Fisioterapia Veterinária. Com uma forte paixão pelo ensino, mantém atividade como coordenador da Pós-Graduação em Fisioterapia e Ortopedia Veterinária da Universidade Paulista. Sidney Piesco fundou, em conjunto com o Fisioterapeuta Cláudio Pedro, o IBRA - Instituto Brasileiro de Reabilitação Animal. Falamos de um projeto que se subdivide em duas grandes áreas de especialidade: - Clínica: especializada em fisioterapia e acupuntura para pequenos animais; - Formativa: desde 2001 leciona formações sobre esta temática, tendo já instruído mais de 1000 profissionais de saúde em todo o Brasil. O IBRA é reconhecido como pioneiro na introdução da Reabilitação Animal no Brasil, utilizando as mais variadas disciplinas no tratamento do animal: desde a eletroterapia à cinesioterapia, passando pelo laser, ultrassom e até hidroterapia. Informações Tel: Web: Redes Sociais:

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 09-11-2016 / 13-11-2016

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 09-11-2016 / 13-11-2016 FISIOTERAPIA VETERINáRIA (NOV 2016) - PORTOFisioterapia Veteriná juntando, desta forma uma intervenção real FORMADOR SIDNEY PIESCO - IBRA Sidney Piesco é Médico Veterinário, formado pela Universidade de

Leia mais

ECOGRAFIA MÚSCULO-ESQUELÉTICA

ECOGRAFIA MÚSCULO-ESQUELÉTICA ECOGRAFIA MÚSCULO-ESQUELÉTICA 13, 14 e 15 de Dezembro de 2013 Inscrições Limitadas até 31 de Outubro Resumo A Ecografia é uma das técnicas mais importantes em diagnóstico e avaliação músculo-esquelética,

Leia mais

MEDICINA CHINESA APLICADA À FISIOTERAPIA

MEDICINA CHINESA APLICADA À FISIOTERAPIA MEDICINA CHINESA APLICADA À FISIOTERAPIA 27 e 28 de Setembro e 25 e 26 de Outubro de 2014 - PORTO Resumo A Medicina Chinesa (MC) tem por base o conhecimento das leis fundamentais que regem o funcionamento

Leia mais

FISIOTERAPIA VISCERAL

FISIOTERAPIA VISCERAL FISIOTERAPIA VISCERAL 17, 18 e 19 de Outubro + 8 e 9 de Novembro de 2014 - PORTO Resumo Sabia que uma dor na coluna pode ter origem na disfunção de um órgão? A dor no sistema musculosquelético é a razão

Leia mais

HIDROTERAPIA MÉTODO ANEIS DE BAD RAGAZ. Resumo. 10, 11 e 12 de Outubro de 2014

HIDROTERAPIA MÉTODO ANEIS DE BAD RAGAZ. Resumo. 10, 11 e 12 de Outubro de 2014 HIDROTERAPIA MÉTODO ANEIS DE BAD RAGAZ 10, 11 e 12 de Outubro de 2014 * Inscrições Limitadas até 10 de Setembro de 2014 Resumo A Hidroterapia é uma modalidade de tratamento cada vez mais popular em todo

Leia mais

Quiropraxia. Tratamento da Coluna Vertebral. Resumo. 5, 6 e 7 de Julho de 2014 Inscrições Limitadas até 5 de Junho

Quiropraxia. Tratamento da Coluna Vertebral. Resumo. 5, 6 e 7 de Julho de 2014 Inscrições Limitadas até 5 de Junho Quiropraxia Tratamento da Coluna Vertebral 5, 6 e 7 de Julho de 2014 Inscrições Limitadas até 5 de Junho Resumo A Quiropraxia é uma técnica de terapia manual, eficaz, segura e com reconhecimento científico,

Leia mais

FUNCTIONAL TRAINING COACH

FUNCTIONAL TRAINING COACH FUNCTIONAL TRAINING COACH MÓDULO 1 *27 e 28 de Setembro 2014 - PORTO Resumo Functional Training (FT) Coach traduz uma nova abordagem ao treino funcional, sendo reconhecido internacionalmente por unir os

Leia mais

LIGADURAS FUNCIONAIS E ORTÓTESES

LIGADURAS FUNCIONAIS E ORTÓTESES LIGADURAS FUNCIONAIS E ORTÓTESES Com António Gaspar 5 e 6 de Abril de 2014 Resumo António Gaspar é um dos maiores nomes da fisioterapia nacional. Se atua ou ambiciona atuar em contexto desportivo, está

Leia mais

Dermato-funcional nas Estrias

Dermato-funcional nas Estrias Dermato-funcional nas Estrias Workshop Prático 1.ª Edição 22 de Novembro de 2012 Resumo As estrias representam um problema com grande impacto pois apresenta uma incidência muito elevada, chegando a afetar

Leia mais

MESOTERAPIA HOMEOPÁTICA

MESOTERAPIA HOMEOPÁTICA MESOTERAPIA HOMEOPÁTICA 26 e 27 de Setembro de 2014 Resumo A Mesoterapia consiste na micro-injecção intradérmica de pequenas quantidades de medicamentos em doses baixas nos locais a tratar. A Mesoterapia

Leia mais

uma vez que estamos a falar de uma instituição com altos standards formativos, reconhecida e operante em todo o mundo.

uma vez que estamos a falar de uma instituição com altos standards formativos, reconhecida e operante em todo o mundo. Pilates MW1 CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI 15 ª Edição 16 e 17 de Março de 2013 Resumo O módulo Matwork 1 (The Foundation) da Certificação Matwork da APPI é a base de todos os cursos de Pilates Modificado,

Leia mais

Curso de Mesoterapia Homeopática

Curso de Mesoterapia Homeopática Curso de Mesoterapia Homeopática NÍVEL BÁSICO 1.ª Edição Módulo I: 1, 2 e 3 de Fevereiro de 2013 Resumo A Mesoterapia consiste na micro-injecção intradérmica de pequenas quantidades de medicamentos em

Leia mais

03,04, 24 e 25 de Outubro 2015

03,04, 24 e 25 de Outubro 2015 03,04, 24 e 25 de Outubro 2015 Resumo sobre o Curso Nosso curso será divido em 2 Módulos complementares com 4 palestrantes experientes, atualizados, com graduações internacionais e atuantes na área de

Leia mais

29, 30 e 31 de Maio 2015

29, 30 e 31 de Maio 2015 29, 30 e 31 de Maio 2015 Resumo sobre o Curso Nosso curso será divido em 3 Módulos complementares com 3 palestrantes experientes, atualizados, com graduações internacionais e atuantes na área de Reabilitação

Leia mais

04, 05, 25, 26 de Outubro 2014

04, 05, 25, 26 de Outubro 2014 04, 05, 25, 26 de Outubro 2014 Resumo sobre o Curso Nosso curso será divido em 2 Módulos complementares com 5 palestrantes experientes, atualizados, com graduações internacionais e atuantes na área de

Leia mais

CURSO DE TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPÁTICO

CURSO DE TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPÁTICO CURSO DE TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPÁTICO CERTIFICAÇÃO ATMS Módulo 1: 10, 11 e 12 de Outubro de 2014 - LISBOA Resumo Terapia Manual segundo o Conceito Osteoetiopático é uma formação única,

Leia mais

CURSO MÉTODO KINESIO TAPING

CURSO MÉTODO KINESIO TAPING CURSO MÉTODO KINESIO TAPING Nos dias 27 e 28 de julho realiza-se no ISAVE, com a colaboração da Bwizer, o Curso Método Kinesio Taping (KT1/KT2). Com um total de 16h, tendo como formador Sério Frade, o

Leia mais

De autocarro: 205 paragem Hospital de São João

De autocarro: 205 paragem Hospital de São João LIGADURAS FUNCIONAIS E ORTóTESES: COM ANTóNIO GASPAR (ABR 2015) - PORTO António Gaspar é um dos maiores nomes da fisioterapia nacional. Esta será uma oportunidade única de conhecer e beneficiar do seu

Leia mais

Apresentação. 11 e 12/ OUT 17, 18 e 19/OUT 06 e 07/FEV 3 ECTS. com Patrícia Faro

Apresentação. 11 e 12/ OUT 17, 18 e 19/OUT 06 e 07/FEV 3 ECTS. com Patrícia Faro 3 ECTS Barcelona com Patrícia Faro Porto Rio de Janeiro 11 e 12/ OUT 17, 18 e 19/OUT 06 e 07/FEV Com quase 300 cursos ministrados em todo o Brasil e na Europa desde 2005, centenas de clientes em vários

Leia mais

OSTEOPATIA PEDIÁTRICA

OSTEOPATIA PEDIÁTRICA OSTEOPATIA PEDIÁTRICA 5 e 6 de Julho + 19 e 20 de Julho - PORTO Resumo A Osteopatia Pediátrica oferece uma enorme diversidade de técnicas manuais que avaliam e tratam disfunções em bebés e crianças, trazendo

Leia mais

Prazo Tardio - entre 14-06-2016 e 25-06-2016. Inscrição Tardia (25-06-2016) 389.00

Prazo Tardio - entre 14-06-2016 e 25-06-2016. Inscrição Tardia (25-06-2016) 389.00 TREINO AVANçADO DO CONTROLO MOTOR: DOR LOMBAR E PéLVICA - COM PAUL HODGES (JUN 2016) - LISBOA Paul Hodges é uma das grandes referências mundiais da Fisioterapia Músculo-Esquelética. O trabalho deste fisioterapeuta

Leia mais

CURSO DE TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPÁTICO

CURSO DE TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPÁTICO CURSO DE TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPÁTICO CERTIFICAÇÃO ATMS Módulo 1: 30, 31 de Maio e 1 de Junho de 2014 Resumo Terapia Manual segundo o Conceito Osteoetiopático é uma formação única,

Leia mais

04, 05, 25, 26 de Outubro 2014

04, 05, 25, 26 de Outubro 2014 04, 05, 25, 26 de Outubro 2014 Resumo sobre o Curso Nosso curso será divido em 2 Módulos complementares com 5 palestrantes experientes, atualizados, com graduações internacionais e atuantes na área de

Leia mais

QUIROPRAXIA - TRATAMENTO DA COLUNA VERTEBRAL (JAN 2015) - PORTO

QUIROPRAXIA - TRATAMENTO DA COLUNA VERTEBRAL (JAN 2015) - PORTO QUIROPRAXIA - TRATAMENTO DA COLUNA VERTEBRAL (JAN 2015) - PORTO A Quiropraxia é uma técnica de terapia manual, eficaz, segura e com reconhecimento científico, baseada na manipulação do corpo humano com

Leia mais

Terapias Complementares e Não Medicamentosas

Terapias Complementares e Não Medicamentosas Curso de Pós-graduação Terapias Complementares e Não Medicamentosas Organização Colaboração ESCOLA NACIONAL DE EQUITAÇÃO INDICE INDICE 2 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO E ENTIDADES QUE O PROMOVEM 3 2. ENQUADRAMENTO

Leia mais

Mais Informações: www.fisiocarepet.com.br

Mais Informações: www.fisiocarepet.com.br Resumo sobre o Curso Nosso curso será divido em 8 Módulos com mais de 25 palestrantes. Convidamos os principais nomes na área de Fisioterapia, Ortopedia e Neurologia Veterinária. Todos nossos palestrantes

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM REABILITAÇÃO

Leia mais

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (FEV 2016) - PORTO

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (FEV 2016) - PORTO PILATES CLíNICO MW3 CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (FEV 2016) - PORTO O módulo Matwork 3 (Intermediate/ Advanced) da Certificação Matwork da APPI centra-se num estado superior de controlo dos exercícios de

Leia mais

MODELO FORMATIVO Curso. Manhã - 09:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00

MODELO FORMATIVO Curso. Manhã - 09:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 PREPARAçãO PARA O NASCIMENTO: PRé PARTO (NOV 2015) - COIMBRA Preparação para o Nascimento: Pré-Parto, construído por Maria João A uma das maiores referências na área da Preparação para o Nascimento e formar,

Leia mais

Prazo Normal - entre 03-05-2016 e 30-05-2016 Prazo Tardio - entre 31-05-2016 e 11-06-2016

Prazo Normal - entre 03-05-2016 e 30-05-2016 Prazo Tardio - entre 31-05-2016 e 11-06-2016 ATM - ARTICULAçãO TEMPOROMANDIBULAR (JUN 2016) - LISBOA Sabia que a disfunções da articulação temporo-mandibular (ATM) além de afetarem funções, como falar e mastigar, podem provocar outras patologias

Leia mais

33ª Edição do Curso de Mesoterapia Homeopática

33ª Edição do Curso de Mesoterapia Homeopática 33ª Edição do Curso de Mesoterapia Homeopática em parceria com: Conteúdo Programático 1. História da Mesoterapia Homeopática; 2. O que é a Mesoterapia Homeopática e como actua; 3. O que é um produto Homeopático

Leia mais

Curso de Acupuntura nas Disfunções Musculoesqueléticas

Curso de Acupuntura nas Disfunções Musculoesqueléticas Curso de Acupuntura nas Disfunções Musculoesqueléticas Conteúdo Programático - Introdução aos conceitos da Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura; - Acupuntura como abordagem terapêutica na dor e patologia

Leia mais

Material Ortopédico. O Centro. Especialidades. Formação. Consultas. Fisioterapia. Fisioterapia Pediátrica. Apresentação

Material Ortopédico. O Centro. Especialidades. Formação. Consultas. Fisioterapia. Fisioterapia Pediátrica. Apresentação O Centro Especialidades Formação Material Ortopédico Consultas Fisioterapia Apresentação A Equipa O Espaço Fisioterapia Pediátrica Osteopatia Terapia da Fala Terapia Ocupacional Objectivos Acordo Instema

Leia mais

CURSO DE PILATES APLICADO ÀS LESÕES OSTEOMUSCULARES

CURSO DE PILATES APLICADO ÀS LESÕES OSTEOMUSCULARES CURSO DE PILATES APLICADO ÀS LESÕES OSTEOMUSCULARES INTRODUÇÃO Um número cada vez maior de pessoas apresenta, em seu cotidiano, atividades repetitivas e restritivas, que conduzem a uma perda do sinergismo

Leia mais

8. Número de vagas Número mínimo de formandos para a viabilização do curso: 12 Número máximo de formandos para a viabilização do curso: 30

8. Número de vagas Número mínimo de formandos para a viabilização do curso: 12 Número máximo de formandos para a viabilização do curso: 30 EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Fisioterapia na Saúde da Mulher 3ª Edição 2016 A Escola Superior de Tecnologia da Saúde

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM REABILITAÇÃO AQUÁTICA

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 24-10-2015 / 25-10-2015. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 24-10-2015 / 25-10-2015. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 PILATES COM EQUIPAMENTOS (OUT 2015) PORTO Estruturado para quem já teve o seu primeiro contato com Pilates e pretendem aumentar as suas ferramentas nesta área, este curso introduz os exercícios de Pilates

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 06-05-2016 / 08-05-2016. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 INVESTIMENTO

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 06-05-2016 / 08-05-2016. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 INVESTIMENTO FISIOTERAPIA AQUáTICA (MAI 2016) PORTO A Fisioterapia Aquática pode ser utilizada na prevenção e intervenção em diversas patologias. Esta exige do terapeuta competências específicas. Junte-se a Alexandre

Leia mais

ACUPUNTURA PARA ENFERMEIROS: CURSO INTENSIVO (JAN 2015) - PORTO

ACUPUNTURA PARA ENFERMEIROS: CURSO INTENSIVO (JAN 2015) - PORTO ACUPUNTURA PARA ENFERMEIROS: CURSO INTENSIVO (JAN 2015) - PORTO A acupuntura é a área da Medicina Chinesa (MC) com maior visibilidade e popularidade no mundo ocidental, sendo cada vez mais procurada pelos

Leia mais

CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA

CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA 1. Área de formação Saúde (729) 2. Itinerário de Qualificação Naturopata - Naturologista 3. Modalidade da formação Qualificação Inicial e Profissional 4. Saída profissional Naturopata - Naturologista 5.

Leia mais

MODELO FORMATIVO Curso. Manhã - 9:00-13:00 Tarde - 14:00-18:00

MODELO FORMATIVO Curso. Manhã - 9:00-13:00 Tarde - 14:00-18:00 PREPARAçãO PARA O NASCIMENTO: PóS PARTO (NOV 2016) - LISBOA O Curso de Preparação para o Nascimento: Pós Parto tem como objectivo principal formar o profissional de saúde para acompanhar os casais durante

Leia mais

TREINO AVANÇADO DO CONTROLO MOTOR

TREINO AVANÇADO DO CONTROLO MOTOR TREINO AVANÇADO DO CONTROLO MOTOR DOR LOMBAR E PÉLVICA 8 e 9 de Março de 2014 * Inscrições Limitadas até 8 de Fevereiro de 2014 Resumo Paul Hodges é uma das grandes referências mundiais da Fisioterapia

Leia mais

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (ABR 2016) - LISBOA

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (ABR 2016) - LISBOA PILATES CLíNICO MW2 CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (ABR 2016) - LISBOA O módulo Matwork 2 (Class Instructor) da Certificação Matwork da APPI aborda tudo aquilo que é necessário para conduzir uma classe de Pilates

Leia mais

Plano de Formação. Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen

Plano de Formação. Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen Plano de Formação Nome da Formação: Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen Fundamentação da pertinência do curso: Snoezelen (do Holandês) significa SNUFFELEN = cheirar; DOEZELEN

Leia mais

Perfil dos formadores: O corpo docente é composto por uma equipa de formadores pluridisciplinar, certificados profissionalmente e pedagogicamente.

Perfil dos formadores: O corpo docente é composto por uma equipa de formadores pluridisciplinar, certificados profissionalmente e pedagogicamente. Apresentação da empresa A Central Clinica foi criada em 2008 por duas sócias, sendo uma delas especializada em implantologia oral e diretora clinica, com a experiência que a Diretora obteve na Holanda,

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES 1. FINALIDADE O Curso de Especialização em Prótese sobre Implantes tem uma duração de 3 semestres e tem por finalidade a formação de técnicos

Leia mais

CURSO AVANÇADO DE PEELINGS QUÍMICOS

CURSO AVANÇADO DE PEELINGS QUÍMICOS CURSO AVANÇADO DE PEELINGS QUÍMICOS Curso Teórico-Prático www.apestetica.org CURSO AVANÇADO DE PEELINGS QUÍMICOS - 1ª edição - Cara (o) Formanda (o) Segundo um estudo recente da International Society of

Leia mais

EDITAL. 1. Enquadramento

EDITAL. 1. Enquadramento EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Fisioterapia na Saúde da Mulher 2ª Edição 2014/2015 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

EM 1994 O 1.º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE ACUPUNTURA VETERINÁRIA.

EM 1994 O 1.º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE ACUPUNTURA VETERINÁRIA. TERAPIAS EMERGENTES e ALTERNATIVAS CLÁUDIO RONALDO PEDRO claudio@fisiovet.com.br ACUPUNTURA VETERINÁRIA NO BRASIL INICIA NA DÉCADA DE 80 O PRINCIPAL PRECURSOR DA ACUPUNTURA VETERINARIA, FOI O PROF. TETSUO

Leia mais

PROGRAMA (FORMAÇÃO) Área de educação e formação Código 720. Curso - Emergência e Primeiros Socorros no Local de Trabalho

PROGRAMA (FORMAÇÃO) Área de educação e formação Código 720. Curso - Emergência e Primeiros Socorros no Local de Trabalho 1 - Objetivos: Dotar os trabalhadores de conhecimentos e competências, adequados e específicos à realidade de trabalho da empresa, estabelecimento ou serviço, que permitam aplicar as medidas de primeiros

Leia mais

Anatomia Humana I N/H 72 4. Biofísica N/H 72 4. Biologia Celular e Molecular N/H 72 2. Fundamentos de Fisioterapia N/H 36 2

Anatomia Humana I N/H 72 4. Biofísica N/H 72 4. Biologia Celular e Molecular N/H 72 2. Fundamentos de Fisioterapia N/H 36 2 Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia Portaria MEC n º 1.77, de 13 de junho de 00 CURSO DE FISIOTERAPIA Estrutura Curricular 1º PERÍODO Anatomia Humana I N/H 7 Biofísica N/H 7 Biologia Celular

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Recursos Terapêuticos I Código: Fisio 210 Pré-requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

MENTAL PARA PROFISSIONAIS DE

MENTAL PARA PROFISSIONAIS DE SAúDE MENTAL PARA PROFISSIONAIS DE SAúDE (JAN 2016) PORTO Está preparado para lidar com indivíduos com perturbações mentais? A resposta da maioria dos profissionais de saúde em Portugal será certamente

Leia mais

CURSO DE MASSAGEM PRÉ E PÓS-PARTO

CURSO DE MASSAGEM PRÉ E PÓS-PARTO INTRODUÇÃO A massagem é um recurso terapêutico extremamente eficaz no alívio dos desconfortos associados à gravidez, além de ajudar também a fortalecer o vínculo entre a mãe e o bebé, ajudando-a a viver

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

Comunicado ALTERAÇÃO DE VAGAS- PCD ANEXO I QUADRO DEMONSTRATIVO DOS CÓDIGOS, CARGO/ÁREA DE ATUAÇÃO, CARGA HORÁRIA, REQUISITOS E VAGAS: Requisitos

Comunicado ALTERAÇÃO DE VAGAS- PCD ANEXO I QUADRO DEMONSTRATIVO DOS CÓDIGOS, CARGO/ÁREA DE ATUAÇÃO, CARGA HORÁRIA, REQUISITOS E VAGAS: Requisitos Comunicado A Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas da Prefeitura do Recife comunica a todos os interessados a reabertura do processo de inscrição no Concurso Público para provimento de cargos

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4.

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4. EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 1.ª Edição 2013/2014 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

ÓRTESES DE MÃOS. ÓRTESES: Vem da palavra grega orthos que significa corrigir.

ÓRTESES DE MÃOS. ÓRTESES: Vem da palavra grega orthos que significa corrigir. ÓRTESES DE MÃOS ÓRTESES: Vem da palavra grega orthos que significa corrigir. O que é Órtose: é um dispositivo utilizado para suportar, imobilizar um segmento durante a fase de recuperação, ou para corrigir

Leia mais

HELENA JUSTO Helena Justo é uma profissional dedicada e apaixonada pela Acupuntura e Medicina Chinesa, com uma experiência alargada nestas áreas.

HELENA JUSTO Helena Justo é uma profissional dedicada e apaixonada pela Acupuntura e Medicina Chinesa, com uma experiência alargada nestas áreas. ACUPUNTURA PARA FISIOTERAPEUTAS (ABR 2016) - PORTO Este é um curso de elevada qualidade! Uma excelente ferramenta para abordar patologias músculo esqueléticas e dores nevrálgicas, com resultados rápidos

Leia mais

Pato Branco, 10 de setembro de 2015.

Pato Branco, 10 de setembro de 2015. Pato Branco, 10 de setembro de 2015. Para facilitar a escolhas dos Worshops por parte dos interessados em participar do IX Simpósio Sul Brasileiro de Fisioterapia, e assim personalizarem as suas programações,

Leia mais

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Pós-Graduação Segurança Alimentar 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Nesta pós-graduação estudam-se os perigos, riscos, metodologias e legislação com que a segurança alimentar é confrontada na atualidade, numa

Leia mais

REFLEXOLOGIA INTEGRADA

REFLEXOLOGIA INTEGRADA A ANUAL CURSO 2015 / 2016 REFLEXOLOGIA INTEGRADA DATAS: Outubro 2015 a Julho 2016 DURAÇÃO: 240h AULAS: Sábado e Domingo APRESENTAÇÃO A Reflexologia é uma terapia que se baseia no princípio da existência

Leia mais

Fisioterapia aplicada à Medicina Veterinária-Revisão

Fisioterapia aplicada à Medicina Veterinária-Revisão Fisioterapia aplicada à Medicina Veterinária-Revisão SILVA, Denise Theodoro Acadêmico da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Garça-FAMED dinha_theodoro21@hotmail.com ALVES, Gislaine Caetano

Leia mais

ROGéRIO PEREIRA Rogério Pereira é Fisioterapeuta e docente universitário.

ROGéRIO PEREIRA Rogério Pereira é Fisioterapeuta e docente universitário. PREVENçãO DE LESõES E MELHORIA DA PERFORMANCE (ABR 2016) PORTO Os profissionais de saúde e desporto devem ter conhecimentos sólidos no âmbito da prevenção de lesões, recuperação e otimização do desempenho.

Leia mais

TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPáTICO (CERTIFICAÇÃO ATMS) - LISBOA - MÓDULO 9

TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPáTICO (CERTIFICAÇÃO ATMS) - LISBOA - MÓDULO 9 TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPáTICO (CERTIFICAÇÃO ATMS) - LISBOA - MÓDULO 9 Terapia Manual segundo o Conceito Osteoetiopático é uma formação única, reco alguns dos maiores nomes da fisioterapia

Leia mais

CURSO. ACUPUnTURA CLINICA

CURSO. ACUPUnTURA CLINICA CURSO ACUPUnTURA CLINICA INTRODUÇÃO A acupuntura é um método terapêutico com origem na Medicina Tradicional Chinesa, que consiste na estimulação de pontos cutâneos específicos através de agulhas. De acordo

Leia mais

Displasia coxofemoral (DCF): o que é, quais os sinais clínicos e como tratar

Displasia coxofemoral (DCF): o que é, quais os sinais clínicos e como tratar Displasia coxofemoral (DCF): o que é, quais os sinais clínicos e como tratar A displasia coxofemoral (DCF) canina é uma doença ortopédica caracterizada pelo desenvolvimento inadequado da articulação coxofemoral.

Leia mais

DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA

DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA Carga Horária: Especificação DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA Nº de Horas Carga Horária da Grade Curricular 3.060 204 Carga Horária de s 900 60 Carga Horária de Disciplinas Eletivas Obrigatórias 90 06 CARGA

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS: Os formandos deverão saber identificar as atividades necessárias para gerir o evento.

OBJETIVOS GERAIS: Os formandos deverão saber identificar as atividades necessárias para gerir o evento. 1 GESTÃO DE EVENTOS REFERENCIAL DE FORMAÇÃO: 342030 - Técnico/a de Organização de Eventos NIVEL DE QUALIFICAÇÃO DO QNQ: 4 CÓDIGO: 0528 CARGA HORÁRIA: 50 Horas DESTINATÁRIOS: Profissionais ativos, empregados

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SUPERVISÃO CLÍNICA EM ENFERMAGEM Coordenação científica Professora Doutora Helena Penaforte Coordenação pedagógica

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES TRATADOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UEG

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES TRATADOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UEG Anais do IX Seminário de Iniciação Científica, VI Jornada de Pesquisa e Pós-Graduação e Semana Nacional de Ciência e Tecnologia UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS 19 a 21 de outubro de 2011 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO

Leia mais

PROCESSO Nº 691/2009 PROTOCOLO Nº 7.236.572-0 PARECER CEE/CEB N.º 855/10 APROVADO EM 30/08/10

PROCESSO Nº 691/2009 PROTOCOLO Nº 7.236.572-0 PARECER CEE/CEB N.º 855/10 APROVADO EM 30/08/10 PROTOCOLO Nº 7.236.572-0 PARECER CEE/CEB N.º 855/10 APROVADO EM 30/08/10 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TUI-NÁ SYSTEM MASSAGE MUNICÍPIO: CURITIBA ASSUNTO: Pedido

Leia mais

Referencial de Qualificação para as Profissões nos Domínios da Massagem e da Fisioterapia na Europa

Referencial de Qualificação para as Profissões nos Domínios da Massagem e da Fisioterapia na Europa Portal ECVET para a Promoção e o Reconhecimento Mútuo das Profissões nos Domínios da Massagem e da Fisioterapia na Europa MaecVET 527 330-LLP-1-2012 1 DE-Leonardo-LMP Referencial de Qualificação para as

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA RESUMO SILVA 1, Thays Gonçalves ALMEIDA 2, Rogério Moreira de Centro de Ciências da

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Rio de Janeiro, 2003 CAPÍTULO I DOS CURSOS: MODALIDADES E OBJETIVOS Art. 1º. Em conformidade com o Regimento Geral de nos termos da Lei de Diretrizes e Bases da

Leia mais

3-7 Novembro 2014, Lisboa

3-7 Novembro 2014, Lisboa Curso Instrutor de Reabilitação Cardíaca fase 4 British Association for Cardiovascular Prevention and Rehabilitation (BACPR) 3-7 Novembro 2014, Lisboa Área(s) de Formação: 726- Terapia e Reabilitação Unidades

Leia mais

MEDICINA FÍSICA E DE REABILITAÇÃO

MEDICINA FÍSICA E DE REABILITAÇÃO MEDICINA FÍSICA E DE REABILITAÇÃO A nova aposta do Hospital SOERAD O novo serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital SOERAD já se encontra em funcionamento, dispondo de uma equipa multidisciplinar

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO-ORTOPÉDICA

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO-ORTOPÉDICA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO-ORTOPÉDICA Ato de Oficialização: RESOLUÇÃO do CONSEPE nº 19/2014 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1.1 Nome: Especialização

Leia mais

Vertigens Cervicogénicas e Reabilitação Vestibular

Vertigens Cervicogénicas e Reabilitação Vestibular Vertigens Cervicogénicas e Reabilitação Vestibular Conteúdo Programático - Anatomia e Fisiologia vestibular - Avaliação Clínica Oculo-Vestibular (VOR) - Patologias Vestibulares - Nistagmos - Examinação

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

MINI-MBA de Especialização em Hospitalidade e Gestão de Turismo

MINI-MBA de Especialização em Hospitalidade e Gestão de Turismo MINI-MBA de Especialização em Hospitalidade e Gestão de Turismo www.highskills.pt geral@highskills.pt Lisboa- Telefone: 00351 217 931 365 Luanda Telefone: 00244 94 112 60 90 Índice Duração Total... 2 Destinatários...

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 2.ª Edição 2014/2015 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO DESIGNAÇÃO DO CURSO FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES DURAÇÃO DO CURSO 90 HORAS LOCAL E DATAS DE REALIZAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO INSTALAÇÕES B-TRAINING, CONSULTING

Leia mais

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima:

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima: Acordo Ibérico entre Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) e Universidade Alfonso X El Sabio de Madrid permite o ingresso de alunos licenciados em Ciências Biomédicas pela

Leia mais

DATA DE INíCIO / FIM 16-04-2016 / 17-04-2016. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00. #Fisioterapeuta, #Desporto/Educação Física

DATA DE INíCIO / FIM 16-04-2016 / 17-04-2016. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00. #Fisioterapeuta, #Desporto/Educação Física TREINO AVANçADO PARA HIPERTROFIA MUSCULAR (ABR 2016) - PORTO Em Treino Avançado para Hipertrofia Muscular ficará a conhecer todo os processos fisiológicos que envolvem a hipertrofia muscular, bem como

Leia mais

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Edital 4ª Edição 2012-2013 Barreiro, Julho de 2012 Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado 1 ENQUADRAMENTO A Pós-Graduação em Conservação

Leia mais

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS 1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS Disseção e Técnicas Cirúrgicas Joelho, Ombro e Coluna Vertebral 17 e 18 de Fevereiro de 2015 Coordenadores Professor Doutor João Goyri O Neill Dr. Gonçalo Neto

Leia mais

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Dispõe sobre a duração e o conteúdo programático da Residência Médica de Cirurgia da Mão O PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA, no uso das

Leia mais

REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DA FORMAÇÃO EM TERAPIAS COGNITIVO-COMPORTAMENTAIS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TERAPIA DO COMPORTAMENTO

REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DA FORMAÇÃO EM TERAPIAS COGNITIVO-COMPORTAMENTAIS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TERAPIA DO COMPORTAMENTO REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DA FORMAÇÃO EM TERAPIAS COGNITIVO-COMPORTAMENTAIS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TERAPIA DO COMPORTAMENTO Porto, 2015 ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TERAPIA DO COMPORTAMENTO (APTC) REGULAMENTO

Leia mais

Regulamento Geral de Especialidades da Ordem dos Médicos Veterinários Título de especialista atribuído pela Ordem dos Médicos Veterinários

Regulamento Geral de Especialidades da Ordem dos Médicos Veterinários Título de especialista atribuído pela Ordem dos Médicos Veterinários Regulamento Geral de Especialidades da Ordem dos Médicos Veterinários Título de especialista atribuído pela Ordem dos Médicos Veterinários O desenvolvimento da medicina veterinária nas últimas décadas

Leia mais

Luxação da Articulação Acrômio Clavicular

Luxação da Articulação Acrômio Clavicular Luxação da Articulação Acrômio Clavicular INTRODUÇÃO As Luxações do ombro são bem conhecidas especialmente durante a prática de alguns esportes. A maior incidencia de luxção do ombro são na verdade luxação

Leia mais

MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos

MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos...

Leia mais

Curso Treinadores de Surfing Grau 1

Curso Treinadores de Surfing Grau 1 Curso Treinadores de Surfing Grau 1 I Âmbito No âmbito do Programa Nacional de Formação de Treinadores (PNFT), de acordo com o estipulado na Lei 40/2012 de 28 de Agosto, a Federação Portuguesa de Surf

Leia mais

Fisioterapia Descrição

Fisioterapia Descrição Licenciatura Fisioterapia Descrição Centra-se na análise e avaliação do movimento e da postura, baseadas na estrutura e função do corpo, utilizando modalidades educativas e terapêuticas específicas, com

Leia mais

A postura saudável para o digitador

A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador 2 Muitas vezes nos perguntamos: Qual é a postura mais adequada para se trabalhar durante horas em frente a um computador? Após anos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA NOVOS TESTEMUNHOS DE EX-ALUNOS A INCLUIR

INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA NOVOS TESTEMUNHOS DE EX-ALUNOS A INCLUIR INFORMAÇÕES PARA A PÁGINA DA ESCOLA FRASE DE ABERTURA De acordo com os últimos dados disponíveis do Observatório para a inserção profissional da Universidade Nova de Lisboa, a taxa de emprego dos alunos

Leia mais

FUNCTIONAL TRAINING COACH I (MAI

FUNCTIONAL TRAINING COACH I (MAI FUNCTIONAL TRAINING COACH I (MAI 2016) - LOULé Functional Training (FT) Coach traduz uma nova abordagem ao treino funcional, sendo reconhecido internacionalmente por unir os mundos do desporto e fitness

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) ADMINISTRAÇÃO EM FISIOTERAPIA C/H 68 (2435) Introdução, princípios, bases legais e elementos da administração. Atuação da

Leia mais