ENCONTRO SET E TRINTA 2014: PROGRAMAÇÃO RESUMIDA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENCONTRO SET E TRINTA 2014: PROGRAMAÇÃO RESUMIDA"

Transcrição

1 ENCONTRO SET E TRINTA 2014: PROGRAMAÇÃO RESUMIDA ENCONTRO SET e trinta , 8 e 9 de abril de 2014 sala N117 LVCC - 6:30 as 9:00 horas Principal ponto de encontro e relacionamento com Brasileiros em Vegas 400 participantes 20 palestrantes SEGUNDA TERÇA QUARTA 06:30/ 07:00 07:00/ 07:20 07:20/ 07:40 07:40/ 08:00 08:00/ 08:20 08:20/ 08:40 08:40/ 09:00 Mod: Carlos Fini Mod: José Antonio Garcia Mod: Vanessa Lima Mod: Emerson Weirich Mod: Rodrigo Arnaud CAFÉ DA MANHÃ CAFÉ DA MANHÃ CAFÉ DA MANHÃ HITACHI TEKTRONIX CISCO EVERTZ/ PHASE VISLINK/ PHASE SONY ADVANTECH WIRELESS INTELSAT IMAGINE COMMUNICATIONS SES LINEAR ACOUSTIC LINEUP/ LAWO Fórum SET Futuro da TV: a TV tem futuro? Mod: Fernando Bittencourt Fórum SET Desafios e Oportunidades para a Televisão Mod: Liliana Nakonechnyj 09:00 SORTEIO SORTEIO SORTEIO ENCONTRO SET E TRINTA 2014 PROGRAMAÇÃO DETALHADA SEGUNDA FEIRA 07/04/2014 sala N116/ N117- LVCC 6:30/ 6:55 Café da manhã Entrega de crachás 6:55/ 7:00 Abertura MODERADOR: CARLOS FINI SET/ RBSTV

2 07:00/ 07:20 SOLUÇÕES PARA INTERIORIZAÇÃO DIGITAL PALESTRANTE: GLENN ZOLOTAR HITACHI KOKUSAI LINEAR O Brasil vive hoje o desafio de expandir a cobertura da TV digital no interior, e diante deste cenário, apresentaremos conceitos, possibilidades e soluções tecnológicas que viabilizam a implantação de sistemas de distribuição de sinais e a transmissão digital, para o que denominamos a Interiorização Digital 07:20/ 07:40 SDN/10G solutions PALESTRANTE: CARLOS CAPELLÃO PHASE/ EVERTZ As the revenue landscape for broadcasters continues to shift and change what's clear is that there is a new breed of competition One that is global in scale, harnesses and maximizes the value of big data and provides advertisers a laser focus channel for targeting their messages to consumers What's more, these competitors are all less then 10 years old And they are built with an infrastructure what is flexible, agile, global in reach and unified for all of their content and data traffic They also in many ways are converging to controlling these flows using the principles of Software Defined Networking for their 10G/100G ethernet networks Until now, broadcasters where forced to sit on the sidelines and exist with infrastructure built for a different more static age Evertz changes this "With the introduction of its SDN/10G solutions, Evertz now allows its customers build and operate with the same level of speed, agility and flexibility and at world scale as this new breed of competitor" Come see at NAB, how Evertz transforms the foundation of the broadcast operations, and merges the world or live, file based, and faster the live operations! 07:40/ 08:00 GaN Technology A Modern Approach to DTH Applications Speaker: CLAUDIO FRUGIS - ADVANTECH WIRELESS In a highly competitive market environment with extremely expensive TCO (equipment startup cost CAPEX and operating cost OPEX) business success is based on reaching more customers with low end user access cost Previous technologies did not allow the full potential of new digital modulations, error correcting codes and compression Advantech Wireless has made a significant difference introducing the Gallium Nitride (GaN) technology to the market =>Modular, Built in Redundancy, Plug In concept =>Save up to 30% on bandwidth and 70% on weight, size and energy consumption => reduce to maximum both CAPEX and OPEX High Reliability, at least 50% more than all existing SSPAs technologies It is the ultimate solution in terms of Power, Linearity, Efficiency Featuring high power density in a compact, rugged and weatherproof package, the New SapphireBlu Series of UltraLinear GaN technology based solid state power amplifiers (SSPAs) and BUCs, exceed all barriers between Klystrons, TWTs and SSPAs This disruptive technology allows remarkably high levels of performance and impressive savings in CAPEX and OPEX, including energy cost Never before has this kind of performance been achievable using either Solid Sate or TWTs This new architecture is designed for Multi Carrier operations It is ideal for DTH Broadcasting, High Data Rate Telecom Services and Deep Space Communication This presentation will provide an overview of the market demands, existing solutions, and the newly implemented technologies 08:00 as 08:20 An overview of the latest technology developments for satellite television and its distribution in consumer homes Palestrante: THOMAS WREDE - SES It will outline the status of the introduction of Ultra HD and what transmission efficiency increase the new extension of the DVB-S2 standard may bring The satellite dish is the most important interface between the consumer home and the DTH satellite Learn about what improvements in antenna design are possible today and what the resulting increase in performance and reduction in installation time can be With the introduction of the SAT>IP communications protocol, satellite operator SES defined the technology to carry live satellite signals across in-home IP networks Learn about the new IP-LNB and other new SAT>IP products that can take satellite signals to those popular IP devices such as tablets and notebook PC 08:20/ 08:40 SECOND SCREEN AUDIO MANAGEMENT Palestrante: MIKE DASKALOPOULOS LINEAR ACOUSTIC As broadcasters continue the move to second screen content distribution, controlling program and ad loudness across a wide range of devices and listening environments is also becoming increasingly problematic With the additional complication of multiple emission codecs, challenges exist that are not seen in the traditional linear broadcast delivery chain where control of the emission codec and loudness is more uniform and straightforward

3 This paper will discuss some of the specific challenges and solutions, including how mobile and tablet listening environments and reproduction equipment differ from typical home consumption of linear broadcast, how to augment existing loudness management processes to account for second screen devices, and how to provide a greater amount of perceived consistency and quality while reducing end customer complaints 08:40/ 09:00 VIDEO IP DISTRIBUTION PALESTRANTES: TOBIAS KRONENWETT - LINEUP/ LAWO RAINER STURM - LINEUP/ LAWO The presentation will cover generally the topic remote production and will focus on different applications where remote productions could be a topic It will compare different possibilities and solutions and also have a deeper look in Codecs that could be used and what infrastructure would be needed Finally it will show some examples where remote productions are already in place and what the benefits of it are The lecture will be held by me and also by Rainer Sturm PRODUÇÃO REMOTA Apresentando diferentes possibilidades de aplicações, comparações e soluções E também um aprofundamento em codificadores e decodificares disponíveis que poderão ser utilizados e em quais infraestruturas poderão ser necessárias Finalmente será mostrado alguns exemplos de produções remotas existentes e suas vantagens 09:00 SORTEIO ENCERRAMENTO DO DIA MOD: JOSE ANTONIO GARCIA SET/ EBC TERÇA- FEIRA 08/04/2014 sala N116/ N117- LVCC 6:30/ 6:55 Café da manhã Entrega de crachás 6:55/ 7:00 Abertura Moderador: VANESSA LIMA SET 07:00/ 07:20 Novas plataformas de distribuição: Como garantir a qualidade em plataformas de Nuvem e Tapeless? PALESTRANTE: SILVINO ALMEIDA O mais recente avanço em distribuição e contribuição de vídeo é o partilhamento e armazenamento e por vezes processamento remoto de arquivos de vídeo em sistema computacionais partilhados ou terceirizados As promessas de acessibilidade, disponibilidade e/ou baixo custo de manutenção de grandes videotecas estão impulsionando este novo modelo de worflow em todo o mundo, Seja em plataformas OTT, Clouds particulares ou em sistemas VOD há grandes desafios de garantir a qualidade e a entrega dentro de um padrão de qualidade Muitos destes problemas são inerente à compatibilidade com os diversos dispositivos, ao tráfego e a performance da rede que consiga garantir a entrega do conteúdo ao cliente final 07:20/ 07:40 Hybrid ENG truck of the near future ou MIMO, plus switchable to normal H264 COFDM Palestrante: Guilherme Castelo Branco PHASE/ VISLINK 07:40/ 08:00 Palestrante: Ken Takagi - INTELSAT The keys to success in transporting live video over IP/MPLS networks IP technology is increasingly penetrating media content production workflows and delivery networks While IP offers unprecedented flexibility and scalability options, it also brings a new set of challenges and risks, especially when delivering media content over networks that are shared between multiple entities and applications - all the more so when your content is being delivered live to large audiences with advertising and subscription dollars at stake if anything goes wrong

4 IP/MPLS has become the terrestrial network technology of choice among leading media network service providers including Intelsat In this session we review some of the challenges and risks of IP networking through from Intelsat s own experiences on its own IntelsatOneSM IP/MPLS network We ll discuss how the challenges can be managed and overcome by asking the right questions and addressing some key checkpoints, to achieve availability levels of 9999% and higher on a consistent basis 08:40/ 09:00 FUTURO DA TV: a TV tem futuro? Nesta sessão discutiremos o futuro da radiodifusão O principal enfoque será se / como o broadcast deve evoluir para se manter importante ao longo da próxima década, tendo em vista os desafios que enfrenta Moderador: FERNANDO BITTENCOURT SET/ TV Globo Palestrante: TORU KURODA, DR NHK NHK THE FUTURE OF BROADCASTING EBU Palestrante: PHILIP LAVEN - EBU/ FOBTV Tablets and smart-phones have already changed patterns of consumption of video content Some people believe that broadcasting will soon be replaced by Internet-delivered services including live streaming and video-on-demand In the next few years, many consumers will have ubiquitous access to the Internet (anywhere and anytime) In such circumstances, will traditional broadcasting be needed? MICHAEL MCEWEN - NABA NABA 09:00 ENCERRAMENTO DO DIA SORTEIO MOD: VANESSA LIMA SET QUARTA-FEIRA 08/04/2014 sala N116/ N117- LVCC 6:30/ 6:55 Café da manhã Entrega de crachás 6:55/ 7:00 Abertura Moderador: EMERSON WEIRICH SET/ EBC 07:00/ 07:20 All IP Production Palestrante: - CISCO IEEE is Standard for a Precision Clock Synchronization Protocol for Networked Measurement and Control Systems that will help traditional production environment with massive amount of cabling be replaced by a single IP Infrastructure synchronized by a Precision Time Protocol (PTP) which accuracies down to the nanoseconds the network if every elements are correctly implemented It can provide the flexibility, scalability and ubiquity to support today video standards and future ones like 8K

5 07:20/ 07:40 Tecnologia UP-TO-DATE Palestrante: ERICK SOARES SONY 07:20/ 07:40 Tecnologias para o mundo Beyond Definition Palestrante: ERICK SOARES SONY Diante dos avanços tecnológicos na área de eletrônicos de consumo, a realidade do Beyond Definition está mais próxima na escala de tempo do que muitos broadcasters imaginavam ou esperavam Diversos drivers aceleram esses processos como, por exemplo, os rápidos avanços na área de compressão de dados em novas padronizações para áreas de produção de conteúdo e de tecnologias de interface, como o HDMI 20 para o consumidor final Diversos broadcasters e produtores de conteúdo já começaram a movimentação por uso dessas novas tecnologias para a produção de conteúdo diferenciado, que permitem explorar novas tecnologias como UHDTV (4K, 8K), HDR (High Dynamic Range) e HFR (High Frame Rate), já no ambiente atual HDTV, com uma série de novos benefícios e aplicações Para que isso se torne mais viável e facilite as implementações técnicas, o uso de redes IPs para transmissão de vídeo e infraestrutura básica é um caminho natural A Sony aproveita esse momento para mostrar as implementações tecnológicas e de produtos que viabilizam o uso da tecnologia IP em redes 1G/10G, tanto na área de produção ao vivo quanto na área de infraestrutura básica para tráfego de sinais Uma visão da evolução dessas implementações através da plataforma para IP PRODUCTION SYSTEM, bem como as iniciativas de padronização na indústria broadcast, já que vivenciamos um momento de transição, do Serial Digital Interface (SDI) para o novo Networked Media Interface Além disso, para a preservação desses novos conteúdos produzidos em alta qualidade e arquivo de vídeo legado, uma rápida visão da evolução do armazenamento em mídias ópticas para o uso em grande escala, diante das recentes evoluções tecnológicas, permitindo o uso para armazenamento de grandes volumes de dados 07:40/ 08:00 TV Everywhere Solution Palestrante: CHRIS GORDON - IMAGINE COMMUNICATIONS 08:00 as 09:00 Fórum SET Desafios e Oportunidades para a Televisão Mod: Liliana Nakonechnyj QUARTA-FEIRA: FORUM SET ATSC SECOND SCREEN SOCIETY EBU ATSC 30 PALESTRANTE: RICH CHERNOCK - TRIVENI DIGITAL - ATSC TG3 CHAIR ATSC 30 is a suite of new standards and practices for the next generation of broadcast television a system that will provide even more services to viewers, but will also require a clean break from the technologies of earlier-generation DTV systems The system requirements include a call for a flexible and more efficient physical layer, mobility, Ultra-High Definition (UHD) images, new solutions for audio, incorporation of new user technologies such as second screen, and incorporation of broadband connectivity ATSC 30 represents a cooperative effort between all segments of the industry and many parts of the world This presentation will provide an overview of the status of the ATSC 30 activity from a technical point of view as well as the anticipated time schedule SEGUNDA TELA PALESTRANTE: CHUCK PARKER - SECOND SCREEN SOCIETY Espectro e TV Pública na Europa Palestrante: SIMON FELL EBU 09:00 ENCERRAMENTO DO DIA SORTEIO MOD: RODRIGO ARNAUT SET/ ERA TRANSMIDIA

6 ENCONTRO SET E TRINTA 2014: CONHEÇA OS PALESTRANTES CARLOS CAPELLÃO Engenheiro Eletrônico formado pela UFRJ em 1974 MBA pela FGV-RJ Desde 1973 atua no setor de Televisão e Telecomunicações, tendo trabalhado nas seguintes instituições: TV Globo-Rio Manutenção de Áudio e Vídeo TVE-Rio Supervisor Técnico encarregado do detalhamento de projeto da coordenação da implantação do Canal 2 SBT-SP - Diretor Técnico encarregado da ampliação e modernização das facilidades de produção da Rede SBT-Rio Diretor Técnico encarregado da Implantação do Canal 11 e posteriormente Diretor Regional Radiobrás Gerente Técnico encarregado da reestruturação da TV Nacional e da modernização das Emissoras da Rádio Nacional em Brasília Posteriormente Superintendente das Emissoras do DF Embratel Assessor para TV da Superintendência Leste Desde 1980 dirige a Phase Engenharia no Rio de Janeiro, trabalhando no fornecimento de Equipamentos e Sistemas de Televisão e Telecomunicações Sócio fundador e ex-presidente da SET- Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão Presidente ( ) - Conselho de Ex-Presidentes ( ) Diretor Industrial ( ) - Diretor Técnico ( ) - Vice-Presidente Industrial ( ) - Segundo Vice-Presidente ( ) - -Primeiro Vice-Presidente ( ) - Diretor Técnico ( ) SET Regional: Sul Norte 1998 SET na NAB: a 1992 SET Congresso: a a a 1988 CARLOS FINI SET/ RBSTV Engenheiro Eletrônico formado em 1984 pela Universidade São Judas em São Paulo, MBA em Gestão Empresarial concluído em 2001 na Escola Superior de Propaganda e Marketing, Pós Graduação- Telecomunicações e Redes - INATEL Gerente da TV Globo em São Paulo desde 1994, atuando na implantação das emissoras de São Jose dos Campos (TV Vanguarda ) em 1988, da TV Globo em SP na AvLuis Carlos Berrini em 1999 e no sistema de transmissão digital na AlSantos em 2007 Membro da SET desde de 1988 e participante do Forum Brasileiro de TV Digital (Módulo Técnico) - como coordenador da norma de multiplexação e participante da norma de middleware Integra o Comitê da Diretoria de Tecnologia SET: Comitê de Tecnologia ( ) Vice-Diretor de Interatividade ( ) Comitê de Tecnologia ( ) - Comitê de Tecnologia de Interatividade ( ) SET Regional: Norte Centro Oeste Sul SET na NAB: SET Congresso: 2013 a 2007 CHRIS GORDON IMAGINE COMMUNICATIONS He is a skilled technology professional with in-depth experience designing, managing and marketing new technologies His skill set includes a vast array of experience with MPEG-2 and H264 video codecs, video encoding and transcoding, multiscreen packaging and IP video distribution At Harris Broadcast, Gordon is responsible for sales to Communication Service Providers Gordon comes to Harris Broadcast from Imagine Communications, where he led the product management and product marketing teams Gordon joined Imagine Communications from EGT, where he was a founding manager As Vice President of Product Marketing at EGT, Gordon was responsible for the design, marketing and solution engineering of the company s digital media video processing product lines Prior to EGT, Gordon worked as as Senior Analyst and Management Consultant at Viant Management Consulting, and as Director of Product Development at MediaMetrix, responsible for design, implementation and management of the company s Internet media measurement services CHUCK PARKER - SECOND SCREEN SOCIETY - WWW2NDSCREENSOCIETYCOM Chairman Chuck is a hands-on, innovative industry leader who is currently pursuing his passion in the digital video space, focused on second screens Most recently, Chuck was the Chief Commercial Officer at Technicolor, where he previously held multiple senior roles including head of their international DVD division, CIO, and President of their digital division where he delivered the foundation products for what is now M-Go, MediaEcho, and MediAffinity He holds an MBA from the University of Notre Dame where he graduated with honors CLAUDIO FRUGIS - ADVANTECH WIRELESS Mr Frugis is Sales Vice-President and Administrator of Advantech Wireless do Brasil Mr Frugis has 35 years of experience in the Telecommunications market and over 10 years of experience in the Satellite Communications Industry He held various positions working for Ericsson Telecom and Nera Satcom Mr Frugis holds a Bachelor Degree in Electronic Engineering and

7 MBA in Technology and Innovation from São Paulo University -fea

8 EMERSON WEIRICH SET/ EBC Formado em Engenharia Elétrica e Mestrado em Gestão da Ciência e Tecnologia, tem curso de especialização em vídeo digital no Japão e experiência profissional na área na Alemanha Já atuou em várias empresas de comunicação: RBS TV, TVE RS, Radiobrás, TV Justiça e EBC Atualmente é Gerente Executivo de Engenharia de Rádio e Televisão da EBC Empresa Brasil de Comunicação (TV Brasil, TV NBR, Canal Integración, TV Escola, Rádio Nacional e Rádio MEC) Atualmente é diretor regional da SET no Centro-Oeste Diretor Regional Centro Oeste ( ) - Comitê Regional Centro Oeste ( ) SET Regional: Centro Oeste Centro Oeste 2010 Centro Oeste 2009 SET na NAB: 2013 a 2010 SET Congresso: 2013 a 2009 ERICK SOARES DE OLIVEIRA SONY Engenheiro de Suporte a Vendas, atuante há 10 anos na Sony, especialista em tecnologias e produtos no mercado de Broadcast, formado pela FEI (Faculdade de Engenharia Industrial SBC/SP) e Pós- Graduado pela FIA (Fundação Instituto de Administração- USP), acompanhou o desenvolvimento de novos produtos, servindo de interface entre clientes brasileiros e engenharia do Japão, bem como participou de diversos eventos nacionais (SET, Broadcast & Cable, Anima Mundi, SSPI) e internacionais (NAB) SET Regional: Centro Oeste a Sudeste a Nordeste a Sul Norte Sul 2010 a 2013 SET NA NAB: 2007 a SET Congresso: 2013 a a 2003 FERNANDO BITTENCOURT SET/ TV Globo Diretor Geral de Engenharia da TV Globo e Membro do Conselho de Ex-Presidentes da SET Formou-se em Engenharia Eletrônica pela UFRJ A partir de 1994 atuou como Coordenador do Grupo SET/ABERT criado pela ABERT e SET para estudar e planejar a implantação da Tv Digital no Brasil Foi Conselheiro titular do Conselho de Comunicação Social do Senado Federal como engenheiro com notório conhecimento na área de comunicação social Faz parte do Conselho Deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital É membro ainda do IEEE, IBC e do SMPTE Presidente ( ) - Conselho de Ex-Presidentes ( ) Diretor de TV Aberta ( ) - Vice Diretor de Tecnologia ( ) - Diretor de TV Aberta ( ) - Primeiro Vice-Presidente ( ) - Vice-Presidente de Broadcasting ( ) - Primeiro Vice-Presidente ( ) - Diretor Técnico ( ) - Conselho Técnico ( ) SET Regional: Sul 1997 SET NA NAB: a1991 SET Congresso: 2013 a 1992 GLENN ZOLOTAR HITACHI KOKUSAI LINEAR Glenn Livingston Zolotar Técnico em Electrónica pela Escola Técnica de Eletrônica FMC - Santa Rita do Sapucaí-MG, Brasil Graduado pela University of North Texas onde atualmente faz um MBA em Gerenciamento Estratégico Responsável pelos treinamentos técnicos em transmissão de TV Digital da Hitachi Kokusai Linear GUILHERME CASTELO BRANCO PHASE/ VISLINK Formado em Engenharia Eletrônica pela UFRJ e em Gestão Estratégica de Negócios pela FGV de São Paulo, trabalha na Phase Engenharia há nove anos onde ocupou funções gerenciais nas área técnica e comercial Há três anos assumiu a posição de Diretor Regional e há um ano tornou-se sócio da Phase Atualmente está estabelecido em São Paulo e é responsável pelo desenvolvimento de novos negócios SET Regional: Norte Sudeste Sul Centro Oeste 2013 SET Congresso: 2008 JOSÉ ANTÔNIO DE SOUZA GARCIA SET EBC Possui formação Técnica pela Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa em Santa Rita do Sapucaí-MG e Engenharia de Telecomunicações pela Universidade São Judas em São Paulo-SP Trabalha desde 1977 em empresas de Rádio e TV, em áreas de manutenção, projetos, instalações e controle de qualidade Participando de implantações de estúdios e sistemas e de grandes eventos nacionais e internacionais Atualmente é Gerente de Engenharia da EBC Empresa Brasil de Comunicação em São Paulo Participa da SET desde seu início, atualmente na diretoria editorial

9 Comitê de Diretoria Editorial ( ) Comitê de Tecnologia de Pós-Produção ( ) - Sub-comitê de Processamento ( ) - Vice Diretor Técnico ( ) - Diretor Divulgação ( ) - Conselho Técnico ( ) - Conselho Editorial ( ) SET Regional: Nordeste 2007 SET Congresso: 2013 a a 1997 KEN TAKAGI INTELSAT LILIANA NAKONECHNYJ SET/ TV GLOBO Diretora de Engenharia de Transmissão e Apoio às Afiliadas da TV Globo e participante do Fórum Brasileiro de TV Digital Engenheira de telecomunicações formada pela PUC-RJ, trabalhou na interiorização da televisão analógica no Brasil e no desenvolvimento e implantação de novas tecnologias de transmissão Desde 1994, esteve envolvida nos estudos para a introdução da TV digital em nosso país Atualmente, dedica-se à implantação da TV digital no Brasil SET: Diretor Internacional ( ) Presidente ( ) Conselho de Ex-Presidentes ( ) Vice-Presidente ( ) - Diretor de Tecnologia ( ) - Vice-Presidente de Broadcasting ( ) - Diretor Técnico ( ) - Conselho Editorial ( ) SET Regional: Norte 2003 SET na NAB: 2013 a SET Congresso: 2013 a MICHAEL MCEWEN NABA He is Director-General of the North American Broadcasters Association (NABA) NABA represents the interests of North American Broadcasters to international forums and institutions on a broad range of issues including technology, intellectual property, broadcast policy, risk assessment, and regulations He was a former Secretary-General of the organization from 2001 to 2005 From 2006 to 2012 Mr McEwen was a consultant advising on Media; Strategy, Policy and Broadcast Digital Technologies He is also a former Chairman and Director of the UK based Media Asset Capital Ltd Mr McEwen is past President of Canadian Digital Television (CDTV) from 1998 to 2006 and past President of the World Digital Audio Broadcast (DAB) Forum from 1998 to 2002 In addition, McEwen spent over 27 years with the Canadian Broadcasting Corporation (CBC/Radio-Canada) including production and executive management roles; ending his CBC/Radio- Canada career as Executive Vice President in charge of all media French and English during the nineteen nineties MIKE DASKALOPOULOS - LINEAR ACOUSTIC He is Senior Director of Business Development at Linear Acoustic, and is responsible for developing and promoting professional loudness management solutions for broadcast and second screen OTT distribution Over the last twenty years, Mike has successfully managed and developed solutions for professional and consumer audio and video From managing semiconductors and software for audio and video processing and distribution, to defining and helping launch multichannel audio for major OTT operators, to developing workflows for broadcast and OTT content producers, Mike has extensive experience in many key areas of the traditional and emerging content delivery chains Mike holds a Bachelor of Science in Electrical Engineering, Master of Electrical and Computer Engineering, and Master of Business Administration degrees from the University of Alberta PHIL LAVEN - EBU/ FOBTV Philip Laven is Chairman of the DVB Project, Chairman of the FOBTV initiative and Treasurer of the World DMB Forum Between 1997 and 2007, he was Technical Director of the European Broadcasting Union based in Geneva, Switzerland Before joining the EBU, he worked for the BBC in various senior posts including Chief Engineer R&D and Controller of Engineering Policy, thus playing a leading role in the development of the BBC's policy on many technical developments, such as the introduction of digital audio broadcasting and digital television RICHARD CHERNOCK- TRIVENI DIGITAL - ATSC TG3 CHAIR Chief Science Officer, Triveni Digital, Inc Princeton Junction, NJ Dr Chernock is currently Chief Science Officer at Triveni Digital In that position, he is developing strategic directions for monitoring, content distribution and metadata management for emerging digital television systems and infrastructures Previously, he was a Research Staff Member at IBM Research, investigating digital broadcast technologies Dr Chernock is active in many of the ATSC, SMPTE and SCTE standards committees, particularly in the areas of future DTV, monitoring, metadata, and data broadcast He is chairman of the ATSC Technology Group on ATSC 30 (TG3) and chairs the AHG on service delivery and synchronization for ATSC 30 He was previously chairman of the ATSC Technology and Standards Group (TG1) He is also the Distinguished Lecturer Chair for IEEE BTS In another life, he used transmission

10 electron microscopy to study materials characteristics for advanced ceramics packaging and semiconductor technology at IBM His ScD was from MIT in the field of nuclear materials engineering RODRIGO DIAS ARNAUT Mestre em Ciências pela Escola Politécnica da USP, pós-graduado em Gestão Empresarial e Inovação Tecnológica pela ESPM, Engenheiro de Computação (USJT) e Técnico em eletrônica pela ETE GV (clique para abrir Lattes) Empreendedor, apaixonado tambem por inovação, negócios e tecnologias, curador responsável do grupo de estudo em transmidia dos inovadores ESPM (#EraTransmidia) e professor de curso sobre transmídia, atua como lider de inovação e pesquisador de sistemas de TV no departamento de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da TV Globo a 20 anos e professor colaborador da FAAP na disciplina mídias digitais para graduação (RTV) e pósgraduação (Produção Executiva e Gestão de TV) Mais de 25 anos de experiência em gestão de negócios e tecnologias nas áreas de: Internet (Startup de Agência Digital, Artelider), TI, Comunicação, P&D de projetos para TV: engenharia, esportes, jornalismo e entretenimento Telemetria, aplicativos para multiplataformas móveis (celular, tablets PCs), TV digital, interatividade, tecnologia da informação, geolocalização, computação gráfica, especializacao em redes sociais e transmidia Experiência em administração de redes, automação e integração de equipamentos Possui publicações, patentes e prêmios na área, no Brasil e no exterior Destaque para o Prêmio internacional IBC Special Award (Amsterdan/Holanda), pelo projeto Flutuador em 2010 e o 6º Prêmio Allianz de Telejornalismo 2012, pelo projeto de chips em árvores e desmatamento ilegal sobre Roubo na Floresta Amazônica Prêmio Destaque do ano 2013 (TV Globo/SP) pela solução de monitoramento via internet e exibição interativa e uso de tablet com informações de trânsito em 3D e tempo real para os telejornais Associado ao IEEE Computer Society desde 2006, à SOS Mata Atlântica desde 2010 e à SET (Sociedade de Engenharia de Televisão) desde 1999, membro do comitê de educação da diretoria de ensino ( ) Participa e produz publicações em congressos nacionais e internacionais, além de patentes na área Colaborador no livro Narrativas Transmedia de Carlos Scolari (Editora Deusto, 2013, ISBN ) Premiado e reconhecido no Brasil e exterior, com mais de 15 prêmios por reconhecimento em criatividade, trabalho em equipe e inovação, sendo 3 mais recentes em 2012 para o projeto do chip em árvores contra desmatamento ilegal na Floresta Amazônica e 1 pelo aplicativo de segunda tela Brasileirão 2011, todos pela TV Globo Realizou mais de 100 palestras para instituições de ensino, ONGs, empresas públicas e privadas nas áreas de tecnologia, negócios e transmídia, sendo a mais importante em Las Vegas no congresso NAB2010, sobre inovação em conteúdo e as demais em congressos internacionais (ICBL/Florianópolis/SC, WIA/Teresópolis/RJ, SP, NAB/EUA, MeetUps StoryWorld 2011/2012/EUA) e nacionais: SET 2011/2012, I e II Fórum Transmídia 2011/2012, Workshop de Inovação Empreendedora/MarcusEvans, TV Globo SP e RJ, Cisco, Systec, Artelider, TRF3, USP (Poli, ECA), FMU, USJT, ESPM, UNIBAN, FAAP, FPU (Uberlândia), Digitalks (curso), FAPCOM, SENAC, PUC, Campus Party, RioMarket entre outros Comitê Editorial ( ) SET Congresso: 2013 a 2011 SET na NAB: 2014 SILVINO ALMEIDA - TEKTRONIX Engenheiro Eletricista, Mestre em administração, membro da diretoria da SET e atualmente Diretor de vídeo para a Tektronix no Brazil SIMON FELL EBU THOMAS WREDE SES Vice President, Reception Systems at the satellite operator SES in Betzdorf/Luxembourg, where he and his team are responsible for developing and implementing satellite reception products and solutions Thomas Wrede joined SES in 1992 as a Senior Systems Engineer He has been deeply involved in the development of digital satellite television, in-home signal distribution concepts, digital satellite radio, satellite return channel technology, Internet via satellite and High Definition Television Most recently Thomas is focusing on the technical and commercial aspects of satellite signal distribution and the introduction of Ultra HD television services via satellite Thomas represents SES in the DVB Commercial Module (wwwdvborg) and also chairs a Technology- and Innovation Forum at the German Association of Commercial Broadcasters and Audiovisual Services (wwwvprtde) On behalf of the German Association of the Electrotechnical and Electronics Industry (wwwzveiorg), Thomas currently serves as a member of the Executive Board of DIGITALEUROPE (wwwdigitaleuropeorg), a Brussels based organization representing Europe s digital technology industry TOBIAS KRONENWETT LINEUP/LAWO He born in 1978, studied Journalism and Technology of Electronic Media in Karlsruhe, from 1999 to 2002 From 2002 to 2004, he studied for and achieved a BA in International Management Prior to this period of further education, Kronenwett worked as a freelance sound engineer during 1998, and from 1998 to 1999 he was successfully involved in music and musical production work in London In 2004 Kronenwett joined the product management team of Lawo AG in Germany as assistant product manager for the mc2 series In 2007

11 Tobias Kronenwett joined Lawo International in Switzerland as Sales and Project Manager TORU KURODA, DR NHK Current: NHK Science & Technology Research Laboratories, Deputy Head Personal History (born in 1958) 1982: Earned MS from the Tokyo Institute of Technology 1982: Joined NHK, assigned to the NHK Nagano Broadcasting Station 1985: Moved to NHK STRL, Satellite Broadcasting Systems Research Division 1997: NHK STRL, Senior Research Engineer, Digital Broadcasting Systems Research Division Worked on terrestrial digital broadcasting (ISDB-T) research 1999: NHK, Chief Engineer, Engineering Administration Department Installation of digital broadcasting 2002: NHK, Deputy Head, General Affairs Department 2008: NHK, Deputy Manager, General Affairs Department 2009: NHK STRL, Head of the Broadcasting Networks Research Division 2011: NHK STRL, Head of the Planning and Coordination Division 2012: NHK STRL, Deputy Head (current) VANESSA LIMA SET/ PRO TELEVISION R&D Area Manager da Pro Television e membro da SET Engenheira de telecomunicações formada pelo INATEL e mestre pela UNIFEI, trabalhou na implantação da televisão digital no Brasil e no desenvolvimento e implantação de novas tecnologias de transmissão desde 2001 Desde 2003, esteve envolvida nos estudos para a introdução da TV digital em nosso país Atualmente, dedica-se ao suporte a implantação e interiorização da TV digital no Brasil SET: Vice Diretora de Eventos ( ) Comitê de Diretoria Sudeste ( ) SET: Regional Sudeste ( ) Sul ( ) SET na NAB: SET Congresso: Associado SET: R$ 200,00 Não Associado SET: R$ 260,00 Valor relativo aos 3 dias do evento A adesão inclui o café da manhã Aceitamos substituições, mas não haverá devolução do valor de adesão ENCONTRO SET E TRINTA 2014: FAÇA A SUA ADESÃO Envie para - telefax: Nome: Nome crachá: CPF: Endereço: Bairro: Cidade: Estado: CEP: País: Telefone: Celular: Empresa: Função que exerce: Valor pago: Data pagamento: Envie o comprovante de pagamento, em anexo, para DADOS PARA RECIBO: complete somente os dados diferentes dos anteriores Nome para contato: Tel: Celular: CPF/CPNJ: Razão social: A ficha de inscrição e o comprovante de depósito bancário em conta corrente em favor da SET - Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão, num destes bancos: Bradesco: Ag C/c: ou Banco Itaú - Ag

12 Endereço: Bairro: Cidade: UF: CEP Pais:

SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014 April 7, 8 and 9, 2014 room N117 LVCC - 6:30AM to 9:00AM

SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014 April 7, 8 and 9, 2014 room N117 LVCC - 6:30AM to 9:00AM SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014: BRIEF PROGRAM SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014 April 7, 8 and 9, 2014 room N117 LVCC - 6:30AM to 9:00AM Main meeting and relationships point with Brazilians

Leia mais

SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014 April 7, 8 and 9, 2014 room N117 LVCC - 6:30AM to 9:00AM

SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014 April 7, 8 and 9, 2014 room N117 LVCC - 6:30AM to 9:00AM SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014: BRIEF PROGR SET BRAZILIAN MEETING AT NABSHOW 2014 April 7, 8 and 9, 2014 room N117 LVCC - 6:30 to 9:00 Main meeting and relationships point with Brazilians in Vegas

Leia mais

QUARTA WEDNESDAY. Abertura. 06h50 07h00. Vanessa Lima SET/ PRO TELEVISION MODERADORA MODERATOR

QUARTA WEDNESDAY. Abertura. 06h50 07h00. Vanessa Lima SET/ PRO TELEVISION MODERADORA MODERATOR 06h50 07h00 Abertura MODERADORA MODERATOR Vanessa Lima SET/ PRO TELEVISION R&D Area Manager da Pro Television e membro da SET. Engenheira de telecomunicações formada pelo INATEL e mestre pela UNIFEI, trabalhou

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

SET SUL 2014 13 e 14 de maio - 09:00 às 18:00 horas Porto Alegre - RS

SET SUL 2014 13 e 14 de maio - 09:00 às 18:00 horas Porto Alegre - RS Principal evento de Tecnologia e Tendências do Mercado Multimídia Atualidades - Inovações - Aplicações - Soluções SET SUL 2014 13 e 14 de maio - 09:00 às 18:00 horas Porto Alegre - RS Seminário de Tecnologia

Leia mais

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Helena McDonnell e Magda Gabriel Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Cambridge Institute Página 1 Especialistas em Consultoria

Leia mais

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines basic concepts Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Um produto www.usm.maine.edu

Leia mais

Introduction to Network Design and Planning

Introduction to Network Design and Planning Introduction to Network Design and Planning Joao.Neves@fe.up.pt 1 In the Beginning... The project of a Network was the result of the inspiration of a guru or an "artist" (after all was considered an art...)

Leia mais

IBM MobileFirst: Identificando e Capturando novas oportunidades de negócio

IBM MobileFirst: Identificando e Capturando novas oportunidades de negócio IBM MobileFirst: Identificando e Capturando novas oportunidades de negócio Eduardo Macedo Curro Gerente de Soluções de Mobilidade 2014 IBM Corporation 1 Quais são as principais tendências do mercado de

Leia mais

Tipos de Redes. Dois tipos fundamentais de redes

Tipos de Redes. Dois tipos fundamentais de redes Redes de Tipos de Redes Dois tipos fundamentais de redes LAN = Local Area Network Interliga um conjunto de computadores locais, próximos Tecnologias mais típicas: Ethernet / FastEthernet / GigabitEthernet

Leia mais

Tipos de Redes. Redes de Dados. Comunicação em Rede Local. Redes Alargadas. Dois tipos fundamentais de redes

Tipos de Redes. Redes de Dados. Comunicação em Rede Local. Redes Alargadas. Dois tipos fundamentais de redes Tipos de Redes Redes de Sistemas Informáticos I, 2005-2006 Dois tipos fundamentais de redes LAN = Local Area Network Interliga um conjunto de computadores locais, próximos Tecnologias mais típicas: Ethernet

Leia mais

Cloud para o Brasil Cloud Services

Cloud para o Brasil Cloud Services Cloud para o Brasil Como as ofertas da Capgemini endereçam os principais pontos levantados pela pesquisa exclusiva We orchestrate your Cloud Services Current Market Situation with Cloud 2 Current Market

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Tecnologia da Informação em Saúde Consulado Americano no Brasil Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Missão Institucional da ANS Promover a defesa do interesse

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão SET 2014 A SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) é a principal associação de profissionais que trabalham com tecnologias e sistemas operacionais

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

Integrated Network Operations Support System ISO 9001 Certified A Plataforma Integradora Integrated Platform O INOSS V2 é uma poderosa plataforma de operação e gestão centralizada de redes e serviços de

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

Comportamento do Shopper no Varejo

Comportamento do Shopper no Varejo Seminário GVcev Comportamento do Shopper no Varejo Case Dafiti Malte Huffmann A Dafiti traz alegria na hora de comprar We deliver fashion & lifestyle products conveniently and accessibly at one click This

Leia mais

Redes de Próxima Geração

Redes de Próxima Geração Mestrados Integrados Aveiro, 23 Abril 2008 Redes de Próxima Geração Susana Sargento (http://www.av.it.pt/ssargento/) em cooperação com vários colegas 2005, it - instituto de telecomunicações. Todos os

Leia mais

Rádio WAP: Você já ouviu?

Rádio WAP: Você já ouviu? Rádio WAP: Você já ouviu? Este tutorial apresenta os conceitos e características da aplicação Rádio WAP, serviço que pode ser oferecido pelas operadoras de Telefonia Celular para seus assinantes. Ricardo

Leia mais

Desenvolvimento Ágil 1

Desenvolvimento Ágil 1 Desenvolvimento Ágil 1 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Pedro Gomes Moscoso Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia de Redes de Comunicações Presidente: Orientador: Co-Orientador:

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013 Consórcio do Politecnico di Milano Fevereiro 2013 DESIGN DEFINITIONS SENAI & POLI.design Fevereiro 2013 Design como uma atividade específica no processo de P&D que visa a projetação dos aspectos funcionais

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

Serviços IBM GTS. Priscila Vianna

Serviços IBM GTS. Priscila Vianna Serviços IBM GTS Priscila Vianna Principais Serviços IBM Serviços de Tecnologia IBM - ITS Infraestrutura Inteligente Mobilidade Segurança e Resiliência Serviços Gerenciados & Cloud 2 Infraestrutura Inteligente

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Antonio Donatelli Desenvolvendo relacionamento com clientes

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

FREDERICO JOSÉ STRAUBE

FREDERICO JOSÉ STRAUBE FREDERICO JOSÉ STRAUBE R. Xavier de Toledo, 316, 5º andar São Paulo - SP - Brasil Tel.: 55 11 3255-8744 straube@straube.com.br Advogado e Árbitro. Foi Presidente do CAM-CCBC (Centro de Arbitragem e Mediação

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Parte 16 - Pedidos de Anexo I: Instruções para o modelo de documento justificativo de pedido de Versão 1.0 Página 1 de 7 Instruções Na IUCLID, por cada informação

Leia mais

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH ÍNDICE PORTUGUÊS 1. Características... 2 2. Conteúdo da Embalagem... 3 3. Como usar o Receptor de TV Digital... 3 4. Tela de Vídeo... 6 5.Requisitos Mínimos... 6 6. Marcas Compatíveis... 8 INDEX ENGLISH

Leia mais

Efficient Locally Trackable Deduplication in Replicated Systems. www.gsd.inesc-id.pt. technology from seed

Efficient Locally Trackable Deduplication in Replicated Systems. www.gsd.inesc-id.pt. technology from seed Efficient Locally Trackable Deduplication in Replicated Systems João Barreto and Paulo Ferreira Distributed Systems Group INESC-ID/Technical University Lisbon, Portugal www.gsd.inesc-id.pt Bandwidth remains

Leia mais

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 APRESENTAÇÃO ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 Instalações elétricas de baixa tensão NBR 5410:1997 NBR 5410:2004

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Company Presentation COMPANY

Company Presentation COMPANY COMPANY ATRIA is a integrator of systems of Automation enclosing the most diverse segments of market. We count on the excellency technique and more than 15 years experience of our team in the Industrial

Leia mais

01/03/2013 01/04/2013 sound recording/mixing/editing J.Barquinha, Porto (Portugal) Sound Technician / Sound Designer / Sound Departament.

01/03/2013 01/04/2013 sound recording/mixing/editing J.Barquinha, Porto (Portugal) Sound Technician / Sound Designer / Sound Departament. Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Rua José Gonçalves de Carvalho, 4575-609 Rio Mau Penafiel (Portugal) 914102309 tiagogomescardoso@hotmail.com http://soundfoley.wordpress.com/ http://www.behance.net/tiagocardososound

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion Fazemos parte do processo de retalho de moda com o objetivo de aumentar as suas vendas Desde a fundação em 1980 que somos um operador ativo e inovador,

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

One corporate culture. A company promise.

One corporate culture. A company promise. One corporate culture. A company promise. Microwave systems Satellite equipment Satellite networks "Utilizando satelite como forma de cobertura abrangente para a distribuição de conteudo de TV movel e

Leia mais

Evolução do Outsourcing IT: Real ICT A evolução do IT Outsourcing é baseada em soluções end to end flexíveis e com um único SLA orientado ao negócio. Rui Franco Chief Sales & Support Officer T-Systems

Leia mais

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015 ATUADORES e TRAVAS 2015 TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL Atuante no setor de mobilidade, orientando-se pela tecnologia, inovação e sustentabilidade, a Drift Brasil desenvolve soluções para o segmento automotivo

Leia mais

O PTTMetro como plataforma de intercâmbio digital para o setor de mídia

O PTTMetro como plataforma de intercâmbio digital para o setor de mídia O PTTMetro como plataforma de intercâmbio digital para o setor de mídia Estudo de caso com o apoio do NIC.br participação da Casablanca Online e Rede Globo de Televisão Congresso SET 2011 Pablo Martins

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures GeoInfo - 2006 Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures Leonardo Lacerda Alves Clodoveu A. Davis Jr. Information Systems Lab

Leia mais

A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)?

<Insert Picture Here> A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)? A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)? Sessão Aberta Homero Silveira - Sector Público e Saúde Contratação Pública agenda

Leia mais

Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais?

Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais? Patrícia Freitas de Sá Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais? Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração

Leia mais

Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies?

Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies? Organization: Cooperation: Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies? Volkswagen do Brasil Cologne, August 25 th, 2008 Volkswagen do Brasil Present in Brazil since 1953

Leia mais

T22 Virtualização, Computação em nuvem e Mobilidade. Quais os benefícios destas tecnologias para a Manufatura?

T22 Virtualização, Computação em nuvem e Mobilidade. Quais os benefícios destas tecnologias para a Manufatura? T22 Virtualização, Computação em nuvem e Mobilidade. Quais os benefícios destas tecnologias para a Manufatura? Rev 5058-CO900D 1 E hoje a Internet das coisas 2 Gordon E. Moore Moore's law is the observation

Leia mais

DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO

DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO March 2011 DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO CURRICULUM VITAE PERSONAL DATA PLACE OF BIRTH: Oporto DATE OF BIRTH: 31 12 1965 MARRIED TO: Nicole Katharina Gerkrath de Azevedo

Leia mais

CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007. Brasil ca.com/education 0800-121502

CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007. Brasil ca.com/education 0800-121502 CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007 Brasil ca.com/education 0800-121502 Venha Para a Fonte Preferida de Treinamento Para Software de Gerenciamento de TI e Melhores Práticas

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013. Carlos Souza & Cristina Silva

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013. Carlos Souza & Cristina Silva ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013 Carlos Souza & Cristina Silva Population: 10,6 million. According to INE (National Institute of Statistics) it is estimated that more than 2 million

Leia mais

Session 8 The Economy of Information and Information Strategy for e-business

Session 8 The Economy of Information and Information Strategy for e-business Session 8 The Economy of Information and Information Strategy for e-business Information economics Internet strategic positioning Price discrimination Versioning Price matching The future of B2C InformationManagement

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com Cloud Computing Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com 1 Definição de Computação em Nuvem Computação em Nuvem é um novo modelo de aquisição

Leia mais

Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso

Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso Alcione Santos Dolavale Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para

Leia mais

Conteúdo Programático Anual

Conteúdo Programático Anual INGLÊS 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) Capítulo 01 (Unit 1) What s your name? What; Is; My, you; This; Saudações e despedidas. Capítulo 2 (Unit 2) Who s that? Who; This, that; My, your, his, her; Is (afirmativo,

Leia mais

PAINEL: Visões e Perspectivas Gabriel Antonio Marão

PAINEL: Visões e Perspectivas Gabriel Antonio Marão SEMINÁRIO: INTERNET DAS COISAS: OPORTUNIDADES E PERSPECTIVAS DA NOVA REVOLUÇÃO DIGITAL PARA O BRASIL Agenda 1 2 3 4 5 O QUE É IOT IOT NO MUNDO IOT NO BRASIL FÓRUM BRASILEIRO DE IoT ATIVIDADES VISÕES E

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro Gerenciamento de dados de rede de distribuição de energia com tecnologia GIS Ricardo Tiago Pinheiro Executivo

Leia mais

Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h)

Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h) Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h) Este curso virtual liderado por um instrutor, com 8 horas de duração, introduz os participantes aos produtos e serviços do Google Cloud Platform.

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

SET Sudeste 2014 24 e 25 de Abril- Vitória - ES

SET Sudeste 2014 24 e 25 de Abril- Vitória - ES SET Sudeste 2014 24 e 25 de Abril- Vitória - ES Palestras sobre tecnologia e todas as novidades da NAB Show 2014 Local: Auditório da TV Gazeta do ES R. Chafic Murad 902, Ilha Monte Belo Vitória - ES Índice:

Leia mais

Análise de Sistemas de Planejamento Avançado (APS): conceituação e avaliação

Análise de Sistemas de Planejamento Avançado (APS): conceituação e avaliação Gisele Gomes Aguilar Análise de Sistemas de Planejamento Avançado (APS): conceituação e avaliação Dissertação de Mestrado (Opção profissional) Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção

Leia mais

Opening Match Allianz Arena 2005

Opening Match Allianz Arena 2005 Opening Match Allianz Arena 2005 IT helps the Stadium Owner / Operator to maximise revenues and create better spectator experience 2 Por quê TI é tão importante num estádio? 1. Todos os sistemas de segurança

Leia mais

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya)

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) Processo de exportação de perecíveis aos EUA (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) World Production of Tropical Fruit World production of tropical

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1 1 Nome do curso: Área: O Curso: Objetivos: Diferenciais: Público Alvo: Ementa Disciplinas/Módulos Vantagens em fazer o curso: Investimento 5% Para Pagamento à Vista 10% para ex-alunos da instituição e

Leia mais

Em 1999, a ThinNetworks inaugurou no Brasil um novo segmento a redução de custos com desktops. É pioneira no desenvolvimento e fabricação de produtos

Em 1999, a ThinNetworks inaugurou no Brasil um novo segmento a redução de custos com desktops. É pioneira no desenvolvimento e fabricação de produtos Em 1999, a ThinNetworks inaugurou no Brasil um novo segmento a redução de custos com desktops. É pioneira no desenvolvimento e fabricação de produtos exclusivos no segmento de MulEterminais e Thin Clients.

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement

a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement Porto, 18th April 2007 Outline 1. Presentation of CEIIA

Leia mais

Qualidade. Confiança. Inovação.

Qualidade. Confiança. Inovação. Qualidade. Confiança. Inovação. Soluções em Radiodifusão, Vídeo e Comunicação do Brasil para o mundo. Transmissores Excitadores Multiplexadores Encoders Gap-fillers Micro-ondas Rádio Digital Câmeras Broadcast

Leia mais

SejaBem-vindo! 2014 Extreme Networks, Inc. All rights reserved.

SejaBem-vindo! 2014 Extreme Networks, Inc. All rights reserved. SejaBem-vindo! 0 CIO Weekend DF 2014 Segurança Digital: do risco à solução Redes criadas a partir de softwares Momemntoeconômico Hoje consumimos mais mídias socias, mobilidade e Cloud BYOD, Internet das

Leia mais

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development?

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Emerson Murphy-Hill Thomas Zimmermann and Nachiappan Nagappan Guilherme H. Assis Abstract

Leia mais