2º Balanço. Julho - Setembro Sergipe

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Sergipe"

Transcrição

1 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Sergipe

2 Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar o crescimento de Norte a Sul do País. Além disso, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) incorpora ainda mais ações de infraestrutura social e urbana para enfrentar os problemas das grandes cidades brasileiras. Levar o Brasil mais desenvolvido e justo para cada um dos brasileiros é um dos novos desafios do PAC 2. Quatro anos após o lançamento do PAC, o Brasil experimenta um novo patamar de crescimento, com elevação dos investimentos públicos e privados e aumento do emprego e da renda dos brasileiros. A participação do investimento total no Produto Interno Bruto (PIB) passou de 16,4%, em 2006, para 18,4%, em No mesmo período, a parcela dos recursos públicos no PIB destinados ao investimento, considerando os que compõem o Orçamento Geral da União (OGU) e os realizados por estatais, mais que dobrou, saltando de 1,6% para 3,3%. O Brasil também quebrou recorde de geração de emprego. De janeiro de 2007 a junho de 2011 foram gerados 8,9 milhões de empregos formais. E nos setores diretamente afetados pelas obras do PAC, o crescimento foi muito superior à média nacional. Entre dezembro de 2006 e março de 2011, o crescimento no setor de geração de energia e no de construção de edifícios foi 1,5 e 3 vezes maior que a média nacional, respectivamente. Esses dados revelam que o Brasil retomou, de fato, o planejamento em infraestrutura ao priorizar importantes empreendimentos há muito tempo paralisados e iniciar grandes obras estruturantes. O PAC 2 incorpora e consolida as ações da primeira fase do programa. A segunda fase do PAC investirá R$ 955 bilhões no período entre 2011 e Nesse período, o valor previsto para conclusão de obras totaliza R$ 708 bilhões ou 74% do total previsto. As demais obras, 26% do total, serão concluídas após 2014 e terão, no período de 2011 a 2014, uma previsão de execução de R$ 247 bilhões. Até setembro de 2011, a execução global do PAC 2 que inclui Orçamento Geral da União (OGU) Fiscal e Seguridade, estatais e setor privado foi de R$ 143,6 bilhões ou 15% do total previsto para o período de 2011 a Houve um aumento de 66% no ritmo de execução entre junho e setembro deste ano. Em 2011, o PAC 2 alcançou um volume de pagamento 22% superior e valores de empenho semelhantes, em comparação com o mesmo período de 2010, ano de melhor desempenho do programa. Em 2010, foram empenhados R$ 23,3 bilhões e pagos R$ 17,7 bilhões. Em 2011, foram empenhados R$ 22 bilhões e pagos R$ 21,6 bilhões. Os investimentos do PAC 2 estão organizados em seis diferentes eixos que compõem e organizam esta publicação: Transportes; Energia; Cidade Melhor; Comunidade Cidadã; Minha Casa, Minha Vida; e Água e Luz para Todos. O Brasil seguirá acelerando rumo ao desenvolvimento, com obras e ações que aproximam um País melhor da vida de cada cidadão. O PAC 2 cria as condições para a construção de um Brasil mais justo, forte e sem miséria. Neste caderno são apresentadas informações detalhadas sobre o estágio dos investimentos e ações do PAC 2 no estado de Sergipe. Comitê Gestor do PAC Novembro de

3 - Sergipe INVESTIMENTO TOTAL R$ 21,26 bilhões 2011 a 2014 R$ 8,62 bilhões Pós 2014 R$ 12,63 bilhões em R$ milhões Eixo Empreendimentos exclusivos Empreendimentos de caráter regional** 2011 a 2014 Pós a 2014 Pós 2014 Transportes 914, Energia 5.278, ,40 632,28 - Cidade Melhor* 199,02 138, Comunidade Cidadã Minha Casa, Minha Vida* Água e Luz para Todos* 51, ,39 50, ,49 58,87 363,83 - TOTAL 7.626, ,63 996,11 - *Valores estimados para distribuição 2011 a 2014 e pós **Empreendimentos que abrangem mais de um estado. 3

4 Eixo TRANSPORTES Transportes 4

5 Transportes - Sergipe 5

6 Transportes - Sergipe Tipo em R$ milhões Empreendimentos exclusivos Empreendimentos de caráter regional 2011 a 2014 Pós a 2014 Pós 2014 Rodovias* 909, Ferrovias* Portos Hidrovias Aeroportos Equipamentos para Estradas Vicinais 4, Marinha Mercante * Valores em revisão. TOTAL 914, Empreendimentos exclusivos Tipo Subtipo Empreendimento 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Equipamentos - Estradas Vicinais Estradas Vicinais Equipamentos para Recuperação de Estradas Vicinais - OGU 1ª seleção 4,99 - Rodovias Controle de Velocidade Controle de Velocidade Em revisão Em revisão Em obras Rodovias Duplicação BR-101/NE Trecho SE Em revisão Em revisão Em obras Rodovias Duplicação BR-101/NE - Trecho SE/Contorno de - Obras complementares Em revisão Em revisão Em obras Rodovias Estudos e Projetos Contínuos - Rodovias Estudos e projetos a executar Em revisão Em revisão 6

7 Transportes - Sergipe Empreendimentos exclusivos Tipo Subtipo Empreendimento 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Rodovias Estudos e Projetos Contínuos - Rodovias Estudos e projetos em execução Em revisão Em revisão Em execução Rodovias Manutenção Manutenção a executar Em revisão Em revisão Rodovias Manutenção Manutenção em execução Em revisão Em revisão Em obras Rodovias Sinalização Sinalização a executar Em revisão Em revisão Rodovias Sinalização Sinalização em execução Em revisão Em revisão Em execução TOTAL 914, Empreendimentos regionais Tipo Subtipo Empreendimento UF 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Rodovias Balanças Balanças - lote 07 AL BA SE Em revisão Em revisão Em licitação de obra TOTAL Em revisão Em revisão - 7

8 Energia - Sergipe Eixo ENERGIA Energia 8

9 Energia - Sergipe 9

10 Energia - Sergipe Eixo Geração de Energia Elétrica Transmissão de Energia Elétrica Petróleo e Gás Natural Combustíveis Renováveis Geologia e Mineração - CPRM em R$ milhões Empreendimentos exclusivos Empreendimentos de caráter regional 2011 a 2014 Pós a 2014 Pós , ,80-30, , ,40 266, ,77 - TOTAL 5.278, ,40 632,28 - Empreendimentos EXCLUSIVOS Tipo Subtipo Empreendimento Geração de Energia Elétrica Geração de Energia Elétrica Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Transmissão de Energia Elétrica 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Usina Eólica Barra dos Coqueiros 103,00 - Usina Termelétrica a Óleo Desenvolvimento da Produção Nossa Senhora do Socorro 352,00 - Desenvolvimento da Produção Sergipe e Alagoas - fase II Fertilizantes Fafen-SE - Sulfato de amônio 197,00 - Subestação SE Nossa Senhora do Socorro 230/69 kv 46,80 - Em licitação de obra Em licitação de obra 4.579, ,40 Em obras Em licitação de obra TOTAL 5.278, ,40-10

11 Energia - Sergipe Empreendimentos REGIONAIS Tipo Subtipo Empreendimento UF 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Geologia e Mineração - CPRM Levantamentos - Estudo Levantamento da Geodiversidade Ordenamento Territorial AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO 12,00 - Em execução Geologia e Mineração - CPRM Levantamentos - Estudo Levantamentos Geológicos - Avaliação de Recursos Minerais AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO 45,00 - Em execução Geologia e Mineração - CPRM Levantamentos - Estudo Levantamentos Geológicos - Geologia Marinha AL AP BA CE ES MA PA PB PE PI PR RJ RS SC SE SP 129,77 - Em execução Geologia e Mineração - CPRM Levantamentos - Estudo Levantamentos Geológicos AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO 71,00 - Em execução Geologia e Mineração - CPRM Levantamentos - Estudo Levantamentos Geoquímicos AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO 9,00 - Em execução Geologia e Mineração - CPRM Levantamentos - Estudo Levantamentos Hidrogeológicos AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO 69,00 - Em execução Petróleo e Gás Natural Gás Natural Expansão da Malha Nordeste - fase II AL BA PE SE 266,00 - Em obras Transmissão de Energia Elétrica Linha de Transmissão LT Jardim - Penedo AL SE 30,51 - Em obras TOTAL 632,

12 Cidade Melhor - Sergipe Eixo CIDADE MELHOR Cidade Melhor 12

13 Cidade Melhor - Sergipe em R$ milhões Tipo 2011 a 2014 Pós 2014 Saneamento* 162,26 129,28 Prevenção em Áreas de Risco* 9,50 9,50 Pavimentação 27,26 - Mobilidade Urbana - - TOTAL 199,02 138,78 * Valores estimados para distribuição 2011 a 2014 e pós Saneamento (Ministério das Cidades) : R$ 302,01 milhões (inclui 2007 a 2010) Empreendimento (R$ milhares)* Ampliação do SES do Bairro Aruana nov/ ,40 Ampliação do sistema de esgotamento sanitário em e Barra dos Coqueiros jul/ ,22 Em obras Elaboração de projeto do SES na sede municipal nov/ ,00 Elaboração de Projetos para dragagem parcial do rio Poxim e estuário do rio Sergipe nov/10 180,00 Elaboração do Plano de Saneamento nov/ ,00 Resíduos sólidos - Galpão de triagem para catadores ago/08 844,41 Em obras Saneamento Integrado - Bairro Santa Maria - Loteamento do Marivan nov/ ,75 13

14 Cidade Melhor - Sergipe Saneamento (Ministério das Cidades) Empreendimento (R$ milhares)* Saneamento integrado e urbanização - bairros de Santa Maria e Porto Dantas - Invasão Coqueiral jul/ ,82 Em obras Saneamento Integrado na Comunidade Pantanal nov/ ,00 Saneamento integrado no Bairro Nova Liberdade nov/ ,51 Diversos Elaboração de estudo de concepção e projetos para os sistemas regionais de gestão integrada de resíduos sólidos dos territórios sul e centro sul dez/10 427,00 Estância Elaboração do Plano de Saneamento dez/10 522,50 Estância Implantação do SES da Praia do Saco dez/ ,87 Itabaiana Elaboração de projeto executivo para drenagem e SES na sede municipal nov/ ,21 Lagarto Elaboração de projeto de engenharia para ampliação do SES na sede municipal nov/10 932,50 Nossa Senhora do Socorro Ampliação do SES de Nossa Senhora do Socorro Conjunto João Alves, Jardim Piabetá e sede municipal e de, Bairro Santa Maria ago/ ,87 Em obras 14

15 Cidade Melhor - Sergipe Saneamento (Ministério das Cidades) Empreendimento (R$ milhares)* Nossa Senhora do Socorro Implantação de SES - localidades situadas nas áreas de influência das sub-bacias 01 e 02 do rio Poxim set/ ,00 Em licitação de obra São Cristóvão Ampliação do SES na sede municipal nov/ ,76 São Cristóvão Ampliação do SES no Centro Histórico da sede municipal - rede coletora, elevatórias, emissários e ETE dez/ ,99 Em obras TOTAL ,81 - * Inclui investimento 2007 a Saneamento (Funasa) : R$ 59,87 milhões (inclui 2007 a 2010) Tipo (R$ milhares)* Aquidabã Esgotamento sanitário nov/ ,00 Aquidabã Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 156,00 Em obras Aquidabã Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 824,00 Brejo Grande Esgotamento sanitário ago/ ,00 Campo do Brito Melhorias sanitárias domiciliares jul/09 38,83 Em obras 15

16 Cidade Melhor - Sergipe Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Canindé de São Francisco Melhorias sanitárias domiciliares ago/09 556,59 Capela Esgotamento sanitário nov/ ,00 Capela Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 590,43 Cristinápolis Esgotamento sanitário nov/ ,00 Cristinápolis Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 527,73 Em obras Cristinápolis Melhorias sanitárias domiciliares out/09 566,64 Cumbe Esgotamento sanitário nov/ ,00 Cumbe Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 195,64 Em obras Frei Paulo Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 68,80 Itabaiana Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 159,96 Em obras Itabaianinha Esgotamento sanitário out/ ,00 Itabaianinha Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 251,77 Japaratuba Esgotamento sanitário nov/ ,00 Japaratuba Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 363,54 Em obras Japoatã Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 414,32 Em obras Japoatã Esgotamento sanitário ago/ ,98 16

17 Cidade Melhor - Sergipe Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Lagarto Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 159,43 Em obras Laranjeiras Esgotamento sanitário nov/ ,25 Laranjeiras Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 681,81 Macambira Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 154,53 Monte Alegre de Sergipe Melhorias sanitárias domiciliares ago/09 24,74 Neópolis Esgotamento sanitário nov/ ,00 Neópolis Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 722,05 Em obras Nossa Senhora das Dores Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 192,34 Em obras Nossa Senhora de Lourdes Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 309,28 Em obras Pirambu Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 206,51 Poço Redondo Esgotamento sanitário nov/ ,90 Poço Redondo Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 159,87 Em obras Poço Redondo Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 210,26 Em obras Poço Redondo Melhorias sanitárias domiciliares ago/09 83,73 Poço Redondo Melhorias sanitárias domiciliares ago/09 511,67 17

18 Cidade Melhor - Sergipe Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Porto da Folha Esgotamento sanitário nov/ ,00 Porto da Folha Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 418,94 Em obras Porto da Folha Melhorias sanitárias domiciliares ago/09 20,60 Propriá Esgotamento sanitário nov/ ,00 Riachuelo Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 507,99 Ribeirópolis Esgotamento sanitário nov/ ,00 Em contratação Ribeirópolis Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 150,00 Em obras Ribeirópolis Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas dez/10 756,00 Ribeirópolis Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 510,73 Em obras Santa Luzia do Itanhy Melhorias sanitárias domiciliares ago/09 890,73 Em obras Santa Rosa de Lima Melhorias sanitárias domiciliares set/09 294,89 Em obras Santana do São Francisco Esgotamento sanitário nov/ ,00 Santana do São Francisco Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 532,17 Simão Dias Melhorias sanitárias domiciliares nov/07 839,21 Em obras Tobias Barreto Melhorias sanitárias domiciliares out/09 548,50 Umbaúba Esgotamento sanitário out/ ,95 18

19 Cidade Melhor - Sergipe Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Umbaúba Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas nov/07 154,29 Em obras Umbaúba Melhorias habitacionais para combate à doença de Chagas set/09 206,30 TOTAL ,89 - * Inclui investimento 2007 a Prevenção em Áreas de Risco (Drenagem) : R$ 19,00 milhões (inclui 2007 a 2010) Empreendimento (R$ milhares)* Drenagem urbana sustentável na região do aeroporto - Canal Beira Mar nov/ ,72 Drenagem urbana sustentável no Bairro Atalaia - Canal Costa do Sol nov/ ,30 TOTAL ,02 - * Inclui investimento 2007 a

20 Cidade Melhor - Sergipe Pavimentação : R$ 27,26 milhões Ribeirópolis São Cristóvão Empreendimento Pavimentação e drenagem do loteamento Aruana Pavimentação na sede de Ribeirópolis Pavimentação, drenagem e calçadas nos bairros Jardim Rosa Maria, Lot. Lauro Rocha, Lot. Nova Divinéia (R$ milhares) nov/ ,00 dez/ ,00 nov/ ,00 Em contratação Em contratação Em contratação TOTAL ,00-20

21 Comunidade Cidadã - Sergipe Eixo COMUNIDADE CIDADÃ Comunidade Cidadã 21

22 Comunidade Cidadã - Sergipe em R$ milhões Tipo 2011 a 2014 UBS - Unidade Básica de Saúde 12,80 UPA - Unidade de Pronto Atendimento 2,00 Creches e Pré-escolas 19,15 Quadras Esportivas nas Escolas 7,74 Praças dos Esportes e da Cultura 9,56 TOTAL 51,25 UBS - Unidade Básica de Saúde : R$ 12,80 milhões Empreendimento* (R$ milhares)** Aquidabã Aquidaba 22

23 Comunidade Cidadã - Sergipe UBS - Unidade Básica de Saúde Empreendimento* (R$ milhares)** UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 400,00 UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 266,67 23

24 Comunidade Cidadã - Sergipe UBS - Unidade Básica de Saúde Empreendimento* (R$ milhares)** UBS II dez/10 400,00 Arauá Areia Branca Barra dos Coqueiros Canindé de São Francisco Canindé de São Francisco Cristinápolis Estância Estância Feira Nova Gararu Ilha das Flores de Saúde de Feira Nova Gararu de Saúde de Ilha Das Flores 24

25 Comunidade Cidadã - Sergipe UBS - Unidade Básica de Saúde Itabaiana Itabaiana Empreendimento* (R$ milhares)** Itabaiana Itabaianinha Japoatã Laranjeiras Malhador Neópolis Nossa Senhora da Glória Itabaianinha Jopoatã Laranjeiras Malhador Neópolis Nossa Senhora da Gloria Em contratação 25

26 Comunidade Cidadã - Sergipe UBS - Unidade Básica de Saúde Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Pedrinhas Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Pedrinhas Empreendimento* (R$ milhares)** UBS II dez/10 400,00 UBS II dez/10 400,00 UBS II dez/10 400,00 UBS II dez/10 533,33 Poço Verde Propriá Própria 26

27 Comunidade Cidadã - Sergipe UBS - Unidade Básica de Saúde Santa Luzia do Itanhy Santana do São Francisco São Francisco São Miguel do Aleixo Siriri Telha Tobias Barreto Umbaúba de Saúde de Santa Luzia do Itanhy Santana do São Francisco de Saúde de São Francisco de Saúde de São Miguel do Aleixo de Saúde de Siripi de Saúde de Telha Tobias Barreto Umbauba Empreendimento* (R$ milhares)** TOTAL ,00 - *UBS I: abriga uma Equipe de Saúde da Família. *UBS II: abriga no mínimo duas Equipes de Saúde da Família. **Os valores não incluem custeio. 27

28 Comunidade Cidadã - Sergipe UPA - Unidade de Pronto Atendimento : R$ 2,00 milhões Empreendimento* (R$ milhares)** Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro UPA II dez/ ,00 TOTAL 2.000,00 - *UPA I: 5 a 8 leitos de observação. População na área de abrangência de 50 mil a 100 mil habitantes. *UPA II: 9 a 12 leitos de observação. População na área de abrangênciade de 100 mil a 200 mil habitantes. *UPA III: 13 a 20 leitos de observação. População na área de abrangência de 200 mil a 300 mil habitantes. **Os valores não incluem custeio. Creches e Pré-escolas : R$ 19,15 milhões Empreendimento* (R$ milhares) Tipo B dez/ ,29 Tipo B dez/ ,98 Arauá Tipo C jul/11 618,70 Areia Branca Tipo C jun/11 620,00 Estância Tipo B dez/ ,75 28

29 Comunidade Cidadã - Sergipe Creches e Pré-escolas Empreendimento* (R$ milhares) Estância Tipo B dez/ ,63 Itabaiana Tipo C dez/10 619,91 Lagarto Tipo B dez/ ,40 Lagarto Tipo B dez/ ,06 Lagarto Tipo C jul/11 584,32 Lagarto Tipo C dez/10 578,67 Nossa Senhora da Glória Tipo C jun/11 618,74 Nossa Senhora do Socorro Tipo B mar/ ,60 Nossa Senhora do Socorro Tipo B jul/ ,60 Nossa Senhora do Socorro Tipo B jul/ ,76 Nossa Senhora do Socorro Tipo B jul/ ,70 Nossa Senhora do Socorro Tipo C jul/11 588,40 Nossa Senhora do Socorro Tipo C jul/11 588,40 Umbaúba Tipo B jun/ ,00 *Tipo A Projeto Próprio. *Tipo B Projeto Padrão - atendimento de até 240 crianças. *Tipo C Projeto Padrão - atendimento de até 120 crianças. TOTAL ,89-29

30 Comunidade Cidadã - Sergipe Quadras Esportivas nas Escolas : R$ 7,74 milhões Empreendimento (R$ milhares) Areia Branca Construção de quadra jun/11 489,99 Ilha das Flores Construção de quadra fev/11 490,00 Itabaiana Construção de quadra dez/10 489,52 Itabaiana Construção de quadra dez/10 488,07 Itabaiana Construção de quadra dez/10 488,05 Itabaiana Construção de quadra dez/10 488,07 Itabaianinha Construção de quadra fev/11 489,31 Lagarto Construção de quadra mar/11 489,96 Laranjeiras Construção de quadra fev/11 444,89 Laranjeiras Construção de quadra fev/11 467,30 Laranjeiras Construção de quadra fev/11 467,41 Nossa Senhora do Socorro Construção de quadra mar/11 488,69 Tobias Barreto Construção de quadra fev/11 489,09 Tobias Barreto Construção de quadra fev/11 489,09 30

31 Comunidade Cidadã - Sergipe Quadras Esportivas nas Escolas Empreendimento (R$ milhares) Tobias Barreto Construção de quadra fev/11 489,09 Umbaúba Construção de quadra jun/11 488,57 TOTAL 7.737,11 - Praças dos Esportes e da Cultura : R$ 9,56 milhões Empreendimento (R$ milhares) Modelo 3.000m² dez/ ,00 Modelo 7.000m² dez/ ,00 Estância Modelo 3.000m² dez/ ,00 Nossa Senhora do Socorro Modelo 3.000m² dez/ ,00 Em contratação Em contratação Em contratação Em contratação TOTAL 9.560,00-31

32 Minha Casa, Minha Vida - Sergipe Eixo MINHA CASA, MINHA VIDA Minha Casa, Minha Vida 32

33 Minha Casa, Minha Vida - Sergipe em R$ milhões Tipo 2011 a 2014 Pós 2014 Minha Casa, Minha Vida 45,37 - Financiamento SBPE 613,95 - Urbanização de Assentamentos Precários* 141,07 50,58 TOTAL 800,39 50,58 *Valores estimados para distribuição 2011 a 2014 e pós em R$ milhões Tipo 2011 a 2014 Minha Casa, Minha Vida 45,37 Concluído Financiamento SBPE 613,95 Concluído Urbanização de Assentamentos Precários : R$ 248,46 milhões (inclui 2007 a 2010) Empreendimento (R$ milhares)* Aquidabã Provisão Habitacional - Aquidabã I jan/08 678,85 Sociedade Sergipana Monte Sião Assistência Técnica nov/10 69,64 jan/08 860,54 Em contratação set/07 63,07 Em execução 33

34 Minha Casa, Minha Vida - Sergipe Urbanização de Assentamentos Precários Central de Movimentos Populares Brasil - Secção Sergipe Empreendimento Produção de unidades habitacionais para famílias de baixa renda Urbanização - Invasão da Avenida Euclides Figueiredo (R$ milhares)* abr/ ,94 dez/ ,00 Em obras Urbanização - Bairro Santa Maria out/ ,00 Em obras Urbanização - Morro do Avião** nov/ ,73 Em contratação Urbanização - Santa Maria ago/ ,29 Em obras Urbanização - Santa Maria - 2ª etapa Urbanização - Comunidade Ponta da Asa ago/ ,12 Em obras jan/ ,50 Em obras Urbanização - Loteamento Lamarão nov/ ,53 Em obras Barra dos Coqueiros Barra dos Coqueiros Barra dos Coqueiros Barra dos Coqueiros Canindé de São Francisco Capela Provisão Habitacional - Invasão do Guaxinim Urbanização - Barra dos Coqueiros III Urbanização - Invasão do Canal do Guaxinim Provisão Habitacional - Bairro Olaria set/07 30,89 Em execução set/07 509,51 Em obras jan/ ,27 Em obras dez/ ,00 Em obras set/07 647,95 Em obras set/09 61,19 Capela Provisão Habitacional - Capela I jan/08 682,27 Em obras 34

35 Minha Casa, Minha Vida - Sergipe Urbanização de Assentamentos Precários Carira Cedro de São João Estância Estância Itabaiana Empreendimento Provisão Habitacional - Bairro Bonfim (R$ milhares)* set/07 30,86 set/09 30,59 set/09 66,15 Em execução set/07 867,42 Em obras nov/10 83,18 Itabaiana Provisão Habitacional - Itabaiana II jan/08 555,03 Em obras Itabaiana Itabaianinha Urbanização - Conjuntos Maria do Carmo I e II e Maria do Espírito Santo set/ ,40 Em obras set/09 61,19 Itaporanga D ajuda Provisão Habitacional - Itaporanga jan/08 713,49 Em obras Lagarto Lagarto Laranjeiras Maruim Moita Bonita Monte Alegre de Sergipe Elaboração de estudos e projetos para urbanização - Bairro Jardim Campo Novo Provisão Habitacional - Sede do município Provisão Habitacional - Monte Alegre I jan/08 62,92 Em execução nov/ ,75 nov/10 86,56 set/07 30,86 Em execução jan/08 805,20 Em obras jan/08 749,40 35

36 Minha Casa, Minha Vida - Sergipe Urbanização de Assentamentos Precários Neópolis Nossa Senhora da Glória Nossa Senhora da Glória Nossa Senhora da Glória Nossa Senhora das Dores Nossa Senhora das Dores Nossa Senhora das Dores Nossa Senhora das Dores Nossa Senhora de Lourdes Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Associação de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza do Nordeste Empreendimento Provisão Habitacional - Nossa Senhora da Glória Provisão Habitacional - Conjuntos Lagoa Bonita e Mandacaru Assistência Técnica - Núcleo Habitacional Deputado Jorge Alberto e Lealdo Costa Produção de unidades habitacionais para famílias de baixa renda Provisão Habitacional - Sede do município Provisão Habitacional - Sede do município Urbanização - Invasão do Rio do Sal, Conjunto Marcos Freire I Urbanização - Loteamento Palmares Urbanização - Conjunto Marcos Freire II (R$ milhares)* nov/10 51,24 set/09 61,19 jan/08 508,51 set/07 530,39 Em obras set/07 20,56 set/07 46,30 mar/10 931,85 Em obras jan/08 522,63 Em obras jan/08 480,17 Em obras set/09 67,57 Em execução dez/ ,00 Em obras nov/ ,45 set/ ,34 36

37 Minha Casa, Minha Vida - Sergipe Urbanização de Assentamentos Precários Nossa Senhora do Socorro Nossa Senhora do Socorro Empreendimento Urbanização - Loteamento Novo Horizonte Elaboração de estudos e projetos para urbanização - assentamento Piabetá (R$ milhares)* dez/ ,00 nov/10 780,00 Pedrinhas Urbanização - Quim** dez/ ,00 Poço Redondo Poço Redondo Poço Redondo Poço Verde Poço Verde Porto da Folha Propriá Propriá Ribeirópolis Santa Rosa de Lima Assistência Técnica - Sede do município Provisão Habitacional - Bairro Lídia Souza Provisão Habitacional - Poço Verde I Provisão Habitacional - Bairro Matadouro Provisão Habitacional - Bairro Matadouro jan/08 41,19 set/07 65,99 set/07 531,84 Em obras nov/10 81,66 jan/08 789,11 set/07 515,17 Em obras nov/10 81,68 set/07 615,04 set/07 30,86 Em execução set/09 30,59 Em execução Santa Rosa de Lima Provisão Habitacional - Matança jan/08 437,50 37

38 Minha Casa, Minha Vida - Sergipe Urbanização de Assentamentos Precários Santana do São Francisco Santo Amaro das Brotas São Cristóvão São Cristóvão Simão Dias Tobias Barreto Tomar do Geru Umbaúba Sociedade Sergipana Monte Sião s do estado - Empreendimento (R$ milhares)* set/09 30,59 set/07 25,71 Assistência Técnica nov/10 69,64 Provisão Habitacional - Invasão Maria do Carmo Provisão Habitacional - Conjunto Residencial Belita Valadares Provisão Habitacional Conjugada na área de Urbanização de Assentamentos Precários - SE set/07 863,80 set/07 658,47 nov/10 81,66 Em contratação set/07 30,86 Em execução set/09 61, ,00 Em contratação TOTAL ,04 - *Inclui investimento 2007 a **Não inclui o valor da provisão habitacional conjugada, que foi considerado em item específico deste quadro 38

39 Água e Luz para Todos - Sergipe Eixo ÁGUA E LUZ PARA TODOS Água e Luz para Todos 39

40 Água e Luz para Todos - Sergipe 40

41 Água e Luz para Todos - Sergipe Eixo em R$ milhões Empreendimentos exclusivos Empreendimentos de caráter regional 2011 a 2014 Pós a 2014 Pós 2014 Luz para Todos 94, Recursos Hídricos 188,57-363,83 - Água em áreas urbanas* 99,39 58, TOTAL 382,49 58,87 363,83 - * Valores estimados para distribuição 2011 a 2014 e pós em R$ milhões Tipo 2011 a 2014 Luz para Todos 47,98 Em obras Luz para Todos 46,55 Concluído Recursos Hídricos : R$ 552,40 milhões Empreendimento Exclusivos Tipo Subtipo Empreendimento 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Recursos Hídricos Água para Todos Programa Água para Todos - Sistemas de Simplificados Abastecimento de Água 1,47 - Em obras Recursos Hídricos Infraestrutura de Abastecimento Adutora São Francisco 20,92 - Em obras Recursos Hídricos Irrigação Canal do Xingó - projetos 14,50 - Em execução Recursos Hídricos Irrigação Perímetro de Irrigação Jacaré- Curituba - - Em obras 41

42 Água e Luz para Todos - Sergipe Empreendimento Exclusivos Tipo Subtipo Empreendimento 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Recursos Hídricos Irrigação Perímetro de Irrigação Manoel Dionísio 88,89 - Recursos Hídricos Revitalização de Bacias Sistemas de Esgotamento Sanitário - Concluídos 0,05 - Concluído Recursos Hídricos Revitalização de Bacias Sistemas de Esgotamento Sanitário 57,01 - Recursos Hídricos Revitalização de Bacias Recuperação e Controle de Processos Erosivos 5,34 - Em obras Recursos Hídricos Revitalização de Bacias Sistemas Públicos de Coleta, Tratamento e Destinação Final de Resíduos Sólidos 0,39 - TOTAL 188, Empreendimento regionais Tipo Subtipo Empreendimento UF Recursos Hídricos Recursos Hídricos Recursos Hídricos Integração de Bacias Revitalização de Bacias Revitalização de Bacias 2011 a 2014 (R$ milhões) Após 2014 (R$ milhões) Eixo Sul do São Francisco - Estudos BA SE 12,00 - Ligações Intradomiciliares de Esgotos Sanitários e Módulos Sanitários AL BA MA MG PE PI SE 339,48 - Domiciliares nas bacias dos rios São Francisco e Parnaíba Recuperação e Controle de Processos Erosivos - Diagnóstico da bacia do AL BA MG PE SE 12,35 - rio São Francisco TOTAL 363,

43 Água e Luz para Todos - Sergipe Água em áreas urbanas (Ministério das Cidades) : R$ 216,66 milhões (inclui 2007 a 2010) Empreendimento (R$ milhares)* Ampliação do SAA - construção da adutora e da ETA da barragem do rio Poxim jan/ ,00 Em obras Ampliação do SAA - construção da barragem do rio Poxim jul/ ,59 Em obras Estância Ampliação do SAA dos conjuntos Santo Antônio, Paulo Amaral e Bairro Candeal - poços tubulares, adutoras, ETA compactas, elevatórias e reservatórios ago/ ,56 Em obras Estância Ampliação do SAA na sede municipal - substituição de redes ago/ ,59 Em obras Itabaiana Ampliação do SAA na sede municipal - reservatório, adutora, estação elevatória e rede de distribuição dez/ ,82 Em obras Lagarto Implantação do SAA do setor R-2 e subsistemas Estancinhas, Urubu Grande e Mariquita - captação, adução, reservação e rede de distribuição ago/ ,99 Concluído TOTAL ,55 - *Inclui valores 2007 a

44 Água e Luz para Todos - Sergipe Água em áreas urbanas (Funasa) : R$ 33,72 milhões (inclui 2007 a 2010) Tipo (R$ milhares)* Aquidabã Abastecimento de água nov/07 650,00 Brejo Grande Abastecimento de água nov/07 500,00 Brejo Grande Água em áreas quilombolas ago/ ,00 Canhoba Abastecimento de água nov/07 350,00 Capela Abastecimento de água nov/ ,50 Cristinápolis Abastecimento de água nov/07 850,00 Cumbe Abastecimento de água nov/07 350,00 Gararu Abastecimento de água nov/07 350,00 Gararu Água em áreas rurais ago/09 823,28 General Maynard Abastecimento de água nov/07 350,00 Itabaiana Água na escola dez/10 21,01 Itabaianinha Água na escola dez/10 141,38 Itabaianinha Abastecimento de água set/ ,00 Itabi Abastecimento de água nov/07 350,00 Japaratuba Abastecimento de água nov/07 500,00 44

45 Água e Luz para Todos - Sergipe Água em áreas urbanas (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Japoatã Água em áreas quilombolas ago/09 525,77 Japoatã Abastecimento de água nov/07 143,94 Em obras Japoatã Abastecimento de água nov/07 349,39 Laranjeiras Abastecimento de água nov/ ,00 Malhada dos Bois Abastecimento de água nov/07 350,00 Monte Alegre de Sergipe Abastecimento de água nov/07 500,00 Monte Alegre de Sergipe Água em áreas rurais ago/09 823,28 Monte Alegre de Sergipe Água em áreas rurais ago/09 823,28 Muribeca Abastecimento de água nov/07 350,00 Neópolis Abastecimento de água nov/07 800,00 Nossa Senhora da Glória Água em áreas rurais ago/09 824,00 Nossa Senhora das Dores Abastecimento de água set/ ,00 Nossa Senhora de Lourdes Abastecimento de água nov/07 350,00 Pirambu Abastecimento de água nov/07 400,00 Poço Redondo Abastecimento de água nov/07 484,26 Em contratação Poço Redondo Funasa Água em áreas rurais nov/07 179,63 Concluído Poço Redondo Água em áreas quilombolas ago/ ,95 Poço Redondo Água na escola nov/07 47,40 45

46 Água e Luz para Todos - Sergipe Água em áreas urbanas (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Poço Redondo Abastecimento de água nov/07 429,00 Em obras Porto da Folha Abastecimento de água nov/07 600,00 Porto da Folha Água na escola dez/10 80,40 Porto da Folha Água em áreas quilombolas ago/ ,00 Propriá Abastecimento de água nov/ ,00 Riachuelo Abastecimento de água nov/07 550,00 Ribeirópolis Abastecimento de água nov/07 700,00 Santa Luzia do Itanhy Abastecimento de água nov/07 500,00 Santa Luzia do Itanhy Água em áreas quilombolas ago/09 309,00 Santa Luzia do Itanhy Abastecimento de água jul/09 8,22 Santana do São Francisco Abastecimento de água nov/07 500,00 Santo Amaro das Brotas Abastecimento de água dez/10 3,89 São Cristóvão Abastecimento de água jul/09 446,33 Simão Dias Abastecimento de água nov/ ,00 Em contratação Siriri Abastecimento de água nov/07 350,00 Em obras Telha Abastecimento de água nov/07 350,00 Tomar do Geru Abastecimento de água nov/07 31,07 Em obras *Inclui valores 2007 a TOTAL ,00-46

47

48

2º Balanço. Julho - Setembro 2011

2º Balanço. Julho - Setembro 2011 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Amapá Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar o

Leia mais

CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO

CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 15/01 Santo Amaro das Brotas (Padroeiro) 20/01 Poço Verde (Padroeiro) 20/01

Leia mais

CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO

CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 05/01 N. Sra. da Glória (Festa dos Santos Reis) 15/01 Santo Amaro das Brotas

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS

CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 15/01 Santo Amaro das Brotas (Padroeiro) 20/01 Poço Verde (Padroeiro) 20/01

Leia mais

SERGIPE. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento

SERGIPE. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento SERGIPE Sergipe O círculo virtuoso do desenvolvimento 5º Balanço maio/setembro 2O12 Apresentação A segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) continua quebrando recordes. A cada balanço

Leia mais

4º Balanço JANEIRO/ABRIL 2012

4º Balanço JANEIRO/ABRIL 2012 SERGIPE 4º Balanço JANEIRO/ABRIL 2012 O CÍRCULO VIRTUOSO DO DESENVOLVIMENTO Sergipe Apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2) não para de bater recordes, garantindo que o investimento

Leia mais

1.2. A inscrição dos conselheiros será realizada pela Sociedade Semear, obedecidos aos critérios estabelecidos neste Edital.

1.2. A inscrição dos conselheiros será realizada pela Sociedade Semear, obedecidos aos critérios estabelecidos neste Edital. EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO BÁSICA DA ESCOLA DE CONSELHOS DE SERGIPE PARA CONSELHEIROS TUTELARES E CONSELHEIROS MUNICIPAIS DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - 2011 A

Leia mais

Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe

Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe Nº Município/Lei de Criação Endereço/ E-mail Telefone 01 Amparo do São Francisco 09/07 02 Aracaju 1º Distrito 03 Aracaju 2º Distrito 04 Aracaju 3º Distrito 05 Aracaju

Leia mais

Anexo III - Demonstrativo Anual - Exercício 2007. Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE

Anexo III - Demonstrativo Anual - Exercício 2007. Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE SE 07 ; Anexo III; 1 / 5 Processo nº: 50000.061533/2006-30 Anual - Diário Oficial da União em 21 de dezembro de 2006, seção I, página 121 1ª Alteração - Diário Oficial da União em 08 de junho de 2007,

Leia mais

APRESENTAÇÃO. de pessoas com o Programa Luz para Todos e mais de 6,4 milhões com o Programa Minha Casa, Minha Vida.

APRESENTAÇÃO. de pessoas com o Programa Luz para Todos e mais de 6,4 milhões com o Programa Minha Casa, Minha Vida. SERGIPE APRESENTAÇÃO Com mais de 40 mil empreendimentos por todo o território nacional, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) completa três anos e quatro meses com alta execução. Até abril deste

Leia mais

Usina Hidrelétrica de Belo Monte

Usina Hidrelétrica de Belo Monte Usina Hidrelétrica de Belo Monte PA Ao dar continuidade ao maior programa de infraestrutura do Brasil desde a redemocratização, o Governo Federal assumiu o compromisso de implantar um novo modelo de desenvolvimento

Leia mais

PAC Programa de Aceleração do Crescimento. Retomada do planejamento no país. Marcel Olivi

PAC Programa de Aceleração do Crescimento. Retomada do planejamento no país. Marcel Olivi PAC Programa de Aceleração do Crescimento Retomada do planejamento no país Marcel Olivi PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO Lançado em 22/01/2007 o programa é constituído por Medidas de estímulo

Leia mais

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA. D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC)

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA. D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC) EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC) Professor: Pedro Antônio Bertone Ataíde 23 a 27 de março

Leia mais

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 DISTRITO FEDERAL

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 DISTRITO FEDERAL BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 DISTRITO FEDERAL Apresentação Ao lançar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em janeiro de 2007, o Governo Federal assumiu o compromisso de fazer o Brasil crescer de

Leia mais

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP UBS Elpidio Moreira Souza AC Quadra da Escola Municipal Érico de Souza, Águas Lindas GO UPA município de Ribeirão Pires SP UBS Clínica da Família,

Leia mais

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1 EXECUÇÃO GLOBAL DO PAC 2 ATÉ OUTUBRO DE 2014 R$ 1,009 trilhão 91,3% do previsto até 2014 ATÉ DEZEMBRO DE 2014 R$ 1,066 trilhão 96,5% do previsto até 2014 PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

Leia mais

MARCHA DOS PREFEITOS 2011

MARCHA DOS PREFEITOS 2011 MARCHA DOS PREFEITOS 2011 Miriam Belchior Ministra, Orçamento e Gestão Brasília, 12 de maiode 2011 IMPORTÂNCIA DO PAC Planejamento dos investimentos necessários ao crescimento econômico permanente do país

Leia mais

balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades

balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades Metrô de Salvador Linha 1 Trecho Lapa - Acesso Norte Salvador BA apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) completa

Leia mais

Comitê Gestor do PAC

Comitê Gestor do PAC RORAIMA Apresentação Esta publicação apresenta informações regionalizadas do 4º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), referente a abril de 2008. Traz, também, dados sobre outros importantes

Leia mais

TABELA DA COMPETIÇÃO

TABELA DA COMPETIÇÃO TABELA DA COMPETIÇÃO REGIONAL VI FUTSAL DRE 06 N. S. das Dores 2010 1 SIGLAS DAS CIDADES Legenda Município Legenda Município Legenda Amparo do São Francisco ASF Indiaroba ID Pinhão PI Município Aquidabã

Leia mais

INVESTIMENTOS PAC E PIL BAHIA

INVESTIMENTOS PAC E PIL BAHIA INVESTIMENTOS PAC E PIL BAHIA 1 PAC NA BAHIA R$ 49,4 bilhões entre 2015-2018 Eixo R$ bilhões Transportes 5,8 Energia 30,1 Cidade Melhor 9,4 Comunidade Cidadã 0,9 Urbanização* 0,8 Água e Luz para Todos

Leia mais

Novas Operações de Crédito. Proinveste e CPAC

Novas Operações de Crédito. Proinveste e CPAC Novas Operações de Crédito Proinveste e CPAC Proinveste Introdução Reflexos da crise internacional: o Governo Federal viabilizou linhas especiais de crédito para combater a crise econômica mundial, reduzindo

Leia mais

INVESTIMENTOS PIL, PIEE E PAC PERNAMBUCO

INVESTIMENTOS PIL, PIEE E PAC PERNAMBUCO INVESTIMENTOS PIL, PIEE E PAC PERNAMBUCO PIL PROGRAMA DE INVESTIMENTOS EM LOGÍSTICA NOVA ETAPA DE CONCESSÕES Investimentos projetados R$ 198,4 bilhões Rodovias R$ 66,1 bi Ferrovias R$ 86,4 bi Portos R$

Leia mais

BRASIL UM PANORAMA DO FUTURO. Os Desafios do Administrador pós-crise financeira: Empreendedorismo e Empregabilidade Adm.

BRASIL UM PANORAMA DO FUTURO. Os Desafios do Administrador pós-crise financeira: Empreendedorismo e Empregabilidade Adm. BRASIL UM PANORAMA DO FUTURO Os Desafios do Administrador pós-crise financeira: Empreendedorismo e Empregabilidade Adm. Armando Romero CENÁRIO ECONÔMICO Brasil no mundo Pais PIB (US$) População (MI) USA

Leia mais

GRACCHO FORRO E FOLIA NÃO 0100 PRÉ - CAJU 2009 SIM 0100 PRÉ - CAJU 2009 XVI - VAQUEJADA DE MARUIM 2009 SOCORRO FOLIA 2009 SIM 32.884.

GRACCHO FORRO E FOLIA NÃO 0100 PRÉ - CAJU 2009 SIM 0100 PRÉ - CAJU 2009 XVI - VAQUEJADA DE MARUIM 2009 SOCORRO FOLIA 2009 SIM 32.884. Convenente Emenda Fonte Objeto BLOCOS DE TIO GRACCHO FORRO E FOLIA PRÉ - CAJU 2009 PRÉ - CAJU 2009 X CAVALGADA BRIDOES DE OURO 2009 XVI - VAQUEJADA DE MARUIM 2009 SOCORRO FOLIA 2009 SIM 32.884.108/0001-80

Leia mais

ATENÇÃO. Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental

ATENÇÃO. Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental ATENÇÃO Apresentação do Seminário A Lei da Política Nacional do Saneamento Básico (lei 11.445/07) e o Inquérito Civil Público Estadual 04/04/PGJ/MPSC, realizado nos dias 30 e 31 de outubro de 2008. Arquivos

Leia mais

GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL

GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL NOVA SELEÇÃO PAC 2 SANEAMENTO GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL HAB Reunião com Representantes dos Governos Estaduais e CESBs Brasília, 15 de junho de 2011 IMPORTÂNCIA DO PAC Planejamento dos investimentos

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Maranhão

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Maranhão 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Maranhão Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar

Leia mais

PORTARIA Nº 1.944, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2016

PORTARIA Nº 1.944, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2016 PORTARIA Nº 1.944, DE 1 DE DEZEMBRO DE 216 Remaneja o limite financeiro anual referente à Assistência de Média e Alta Complexidade Hospitalar e Ambulatorial do Estado de Sergipe. O Secretário de Atenção

Leia mais

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS Apresentação Ao lançar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em janeiro de 2007, o Governo Federal assumiu o compromisso de fazer o Brasil crescer de forma acelerada

Leia mais

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 1 2 8 1» Centro de Artes e Esportes Unificados Rio Branco AC 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 Recanto das Emas DF 3» Creche Ipê Rosa Samambaia DF 4» Quadra escolar Maria Nascimento

Leia mais

10 PE. Projeto de Integração do Rio São Francisco Eixo Leste Canal de Aproximação

10 PE. Projeto de Integração do Rio São Francisco Eixo Leste Canal de Aproximação 10 PE Projeto de Integração do Rio São Francisco Eixo Leste Canal de Aproximação capítulo 10 No Eixo Água e Luz para Todos, o Governo Federal investe na expansão dos sistemas de abastecimento de água

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Rio de Janeiro

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Rio de Janeiro 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar o crescimento

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS Lúcia Maria Mendonça Santos Marcos Daniel Souza dos Santos Paula Coelho da Nóbrega Departamento de Mobilidade Urbana Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana

Leia mais

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 CULTURA: Pólo do Projeto Guri: O Projeto Guri tem como objetivo resgatar a auto-estima dos adolescentes, utilizando a música como agente transformador. Pólo Rua

Leia mais

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Brasil 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

COMPROMISSOS NO LANÇAMENTO DO PAC 1

COMPROMISSOS NO LANÇAMENTO DO PAC 1 Brasília, 08 de junho de 2010 LEGADO DO PAC 1 COMPROMISSOS NO LANÇAMENTO DO PAC 1 Incentivar o investimento privado e o público em infraestrutura Construir a infraestrutura necessária para sustentar o

Leia mais

10º BALANÇO. Janeiro a Abril de 2010

10º BALANÇO. Janeiro a Abril de 2010 10º BALANÇO Janeiro a Abril de 2010 RESULTADOS DO PAC 70,7% dos recursos previstos até 2010 realizados R$ 463,9 bilhões 46,1% das ações concluídas R$ 302,5 bilhões AÇÕES Logística, Energia e Social e Urbano

Leia mais

Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Notas sobre o balanço de um ano do PAC

Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Notas sobre o balanço de um ano do PAC Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Notas sobre o balanço de um ano do PAC Brasília, 22 de janeiro de 2008 NOTAS SOBRE O BALANÇO DE UM ANO DO PAC AVALIAÇÃO GERAL Pontos positivos e destaques: 1)

Leia mais

Minha Casa, Minha Vida Residencial Bento Gonçalves. Porto Alegre RS

Minha Casa, Minha Vida Residencial Bento Gonçalves. Porto Alegre RS 9 Minha Casa, Minha Vida Residencial Bento Gonçalves Porto Alegre RS capítulo 9 Promover o acesso à moradia digna é um dos objetivos das ações do Eixo Minha Casa, Minha Vida (MCMV). São milhões de brasileiros

Leia mais

A construção da saúde pelo saneamento dos municípios. Eng Civil Henrique Pires

A construção da saúde pelo saneamento dos municípios. Eng Civil Henrique Pires A construção da saúde pelo saneamento dos municípios Eng Civil Henrique Pires 2011 O Homem e a água uma longa história Os primeiros poços, chafarizes, barragens e aquedutos foram construídos no Egito,

Leia mais

RIO DE JANEIRO. xxxxx

RIO DE JANEIRO. xxxxx RIO DE JANEIRO rio de janeiro xxxxx O círculo virtuoso do desenvolvimento ano I 3º Balanço 2011/2014 Apresentação Lançado em 2011 com o objetivo de dar continuidade ao programa que acelerou o crescimento

Leia mais

Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos

Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos Logística e Desenvolvimento Econômico Imperativos para o desenvolvimento acelerado e sustentável: Ampla e moderna rede de infraestrutura

Leia mais

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias

Leia mais

Monitoramento de agrotóxicos em água para consumo humano

Monitoramento de agrotóxicos em água para consumo humano Seminário de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos Mesa Redonda I Exposição humana a agrotóxicos: ações em desenvolvimento Monitoramento de agrotóxicos em água para consumo humano Coordenação

Leia mais

UHE RONDON II Barragem e Vertedouro RO

UHE RONDON II Barragem e Vertedouro RO RONDÔNIA ANOS UHE RONDON II Barragem e Vertedouro RO UHE Santo Antônio Construção do Acampamento piloto RO Apresentação A parceria do Governo Federal com os Estados e os Municípios brasileiros, um dos

Leia mais

Conjunto Habitacional de Heliópolis SP

Conjunto Habitacional de Heliópolis SP Conjunto Habitacional de Heliópolis SP Eixo Minha Casa, Minha Vida PAC Minha Casa, Minha Vida Os recursos do eixo Minha Casa, Minha Vida (MCMV) do PAC 2 têm o claro objetivo de assegurar moradia para os

Leia mais

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social AGENDA SOCIAL AGENDA SOCIAL Estamos lutando por um Brasil sem pobreza, sem privilégios, sem discriminações. Um país de oportunidades para todos. A melhor forma para um país crescer é fazer que cada vez

Leia mais

Planejamento Estratégico do Governo de Sergipe Aracaju, 31 de março de 2015 Ricardo Lacerda

Planejamento Estratégico do Governo de Sergipe Aracaju, 31 de março de 2015 Ricardo Lacerda Os desequilíbrios territoriais e as Políticas Públicas em Sergipe Planejamento Estratégico do Governo de Sergipe Aracaju, 31 de março de 2015 Ricardo Lacerda MAPA DOS TERRITÓRIOS DE PLANEJAMENTO DE SERGIPE

Leia mais

O PRESENTE E O FUTURO DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA. SINDUSCON RIO MAIO 2013

O PRESENTE E O FUTURO DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA. SINDUSCON RIO MAIO 2013 O PRESENTE E O FUTURO DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA. SINDUSCON RIO MAIO 2013 DEMANDA HABITACIONAL O crescimento da Demanda Habitacional é influenciado principalmente por fatores como: Distribuição

Leia mais

Rio de Janeiro RIO DE JANEIRO. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento

Rio de Janeiro RIO DE JANEIRO. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento RIO DE JANEIRO O círculo virtuoso do desenvolvimento 5º Balanço maio/setembro 2O12 Apresentação A segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) continua quebrando recordes. A cada balanço

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas do Pa CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indicador Nº 2/215 Técnicos Responsáv

Leia mais

piauí 7º Balanço janeiro a abril de 2009

piauí 7º Balanço janeiro a abril de 2009 piauí 7º Balanço janeiro a abril de 2009 Pavimentação - BR-135 Barragem e Adutora Marruá Construção de Unidades Habitacionais Teresina Apresentação Você tem em mãos mais uma edição dos cadernos estaduais

Leia mais

&203(7Ç1&,$ 5(6Ë'82 $*1' $8',Ç1&,$6 )(,726 '(63-8/ $WpÃ,1, 5($7 $54 686 &$37-8/ $1' 0$5& 5($/ 1Ã5($/ 029,0 (;$5 '2Ã72 1ª VARA CÍVEL 568 157 270 419 237 48 4 3 11 0 19 1.670 34 24 10 671 272 2ª VARA CÍVEL

Leia mais

LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015

LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015 LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015 TETO DA PREVIDÊNCIA: R$ 4.663,75 (quatro mil, seiscentos e sessenta e três reais e setenta e cinco centavos) SALÁRIO MÍNIMO: R$ 788,00 (setecentos

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE Coordenação Regional de santa Catarina ATENÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE Coordenação Regional de santa Catarina ATENÇÃO ATENÇÃO Apresentação do Seminário A Lei da Política Nacional do Saneamento Básico (lei 11.445/07) e o Inquérito Civil Público Estadual 04/04/PGJ/MPSC, realizado nos dias 30 e 31 de outubro de 2008. Arquivos

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011

TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011 SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COINT - Coordenação-Geral de Análise e Informações das Transferências Financeiras Intergovernamentais TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011

Leia mais

TABELA DA COMPETIÇÃO

TABELA DA COMPETIÇÃO Página1 TABELA DA COMPETIÇÃO REGIONAL VIII FUTSAL DRE 07 Aracaju 2010 Página2 SIGLAS DAS S Legenda Município Legenda Município Legenda Amparo do São Francisco ASF Indiaroba ID Pinhão PI Aquidabã AQ Itabaiana

Leia mais

Workshop Saneamento Básico Fiesp. Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa

Workshop Saneamento Básico Fiesp. Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa Workshop Saneamento Básico Fiesp Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa Presidente da Funasa Henrique Pires São Paulo, 28 de outubro de 2015 Fundação Nacional de

Leia mais

distrito federal DISTRITO FEDERAL 5º Balanço maio/setembro 2O12 O círculo virtuoso do desenvolvimento

distrito federal DISTRITO FEDERAL 5º Balanço maio/setembro 2O12 O círculo virtuoso do desenvolvimento DISTRITO FEDERAL distrito federal O círculo virtuoso do desenvolvimento 5º Balanço maio/setembro 2O12 Apresentação A segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) continua quebrando recordes.

Leia mais

TERRA ROXA. OBRAS E AÇÕES Gestão 2007-2010 2010 R$ 6.020.000,00

TERRA ROXA. OBRAS E AÇÕES Gestão 2007-2010 2010 R$ 6.020.000,00 TERRA ROXA OBRAS E AÇÕES Gestão 2007-2010 2010 R$ 6.020.000,00 AGRICULTURA: Distribuição de leite: distribuídos 37.474 litros de leite, no período de Jan/2007 a Jul/2009 Custo: R$ 47 mil, beneficiando

Leia mais

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí S.A PIAUÍ FOMENTO Águas e Esgotos do Piauí S/A AGESPISA Companhia Administradora da Zona de Processamento

Leia mais

O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL

O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL 08 de Novembro de 2012 O que é o Brasil Rural? O Brasil Rural Diversidade: raças, origens étnicas, povos, religiões, culturas Conflitos: concentração de terra, trabalho

Leia mais

Vigilância em saúde para prevenção de surtos de doenças de transmissão hídrica decorrentes dos eventos climáticos extremos

Vigilância em saúde para prevenção de surtos de doenças de transmissão hídrica decorrentes dos eventos climáticos extremos Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis Coordenação Geral de Doenças Transmissíveis Unidade de Vigilância das Doenças de Transmissão

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro Acre

2º Balanço. Julho - Setembro Acre 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Acre Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar o

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas d CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indica Nº 1/215 Técnicos Respon Equipe

Leia mais

Circular CAIXA nº 684, de 07 de agosto de 2015

Circular CAIXA nº 684, de 07 de agosto de 2015 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Vice-Presidência de Fundos de Governo e Loterias Diretoria Executiva de Fundos de Governo Superintendência Nacional de Fundo de Garantia Gerência Nacional do Ativo do FGTS Circular

Leia mais

PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA

PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA Diretoria de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente - T Sistema Produtor de Água Mambu - Branco REUNIÃO DO COMITÊ TÉCNICO

Leia mais

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO ARCO METROPOLITANO TRAÇADO GERAL E SEGMENTAÇÃO Ligação entre a BR 101/NORTE em Manilha/Itaboraí a BR-101/SUL (Rod. Rio-Santos) em Itaguaí Extensão de 145

Leia mais

AVALIAÇÕES E PERSPECTIVAS ESTRATÉGIAS PARA OS PROJETOS IV SEMINÁRIO NACIONAL DO PNCF

AVALIAÇÕES E PERSPECTIVAS ESTRATÉGIAS PARA OS PROJETOS IV SEMINÁRIO NACIONAL DO PNCF AVALIAÇÕES E PERSPECTIVAS ESTRATÉGIAS PARA OS PROJETOS IV SEMINÁRIO NACIONAL DO PNCF Crédito Fundiário no combate a pobreza rural: Sustentabilidade e qualidade de vida 2011 PROGRAMA NACIONAL DE CRÉDITO

Leia mais

O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE

O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE Crédito Imobiliário 2003 a 2010 75,92 47,05 275.528 MCMV 660.980

Leia mais

Mapa da Defensoria Pública em Sergipe

Mapa da Defensoria Pública em Sergipe Comissão dos Aprovados no Concurso para o cargo de Defensor Público Substituto do Estado de Sergipe do ano de 2012. Mapa da Defensoria Pública em Sergipe Aracaju Sergipe 2013 1 Agradecemos à Defensoria

Leia mais

Caminhos da sustentabilidade no Recife SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

Caminhos da sustentabilidade no Recife SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Caminhos da sustentabilidade no Recife SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE ÁGUA, DIREITO DE TODAS AS PESSOAS Recursos hídricos recursos naturais essenciais bens de valor econômico limitado viabiliza

Leia mais

eixo minha casa, minha vida

eixo minha casa, minha vida 8 eixo minha casa, minha vida Bairro Carioca, Rio de Janeiro RJ eixo minha casa, minha vida As ações do Eixo Minha Casa, Minha Vida do PAC 2 promovem o acesso à moradia digna a milhões de brasileiros por

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS BREVE HISTÓRICO SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS O SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS (SGP) É UM CONJUNTO

Leia mais

El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años. Ulysses Nunes, Mangels - Brasil

El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años. Ulysses Nunes, Mangels - Brasil El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años Ulysses Nunes, Mangels - Brasil Mercado Galvanização Mercado Galvanização Mercado Galvanização Mercado Galvanização Desenvolvimento

Leia mais

Urbanização de assentamentos precários Vila do MAr - fortaleza CE

Urbanização de assentamentos precários Vila do MAr - fortaleza CE Urbanização de assentamentos precários Vila do MAr - fortaleza CE 2009 2010 2011 Eixo minha casa, minha vida PAC Minha Casa, Minha Vida O Eixo Minha Casa, Minha Vida do PAC 2 vem assegurando acesso à moradia

Leia mais

Residencial Campinas Sírius, Campinas SP

Residencial Campinas Sírius, Campinas SP Residencial Campinas Sírius, Campinas SP EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA As ações do Eixo Minha Casa, Minha Vida do PAC 2 promovem o acesso à moradia digna a milhões de brasileiros por meio do Programa Minha

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Santa Catarina

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Santa Catarina 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Santa Catarina Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014

PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014 PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014 Para que você possa se programar com antecedência e maior segurança, a ENERGISA informa que necessitará interromper o fornecimento de energia para realizar manutenção

Leia mais

ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES

ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES FONTES DE ENERGIA Hídrica Eólica Biomassa Solar POTENCIAL HÍDRICO Fonte: Eletrobras, 2011. APROVEITAMENTO DO POTENCIAL HIDRELÉTRICO

Leia mais

NOVAS SELEÇÕES PAC 2. Companhias Estaduais. Brasília, 06 de fevereiro de 2013

NOVAS SELEÇÕES PAC 2. Companhias Estaduais. Brasília, 06 de fevereiro de 2013 NOVAS SELEÇÕES PAC 2 Governos e Companhias Estaduais Brasília, 06 de fevereiro de 2013 GOVERNO FEDERAL E AS CIDADES RECURSOS JÁ SELECIONADOS NO PAC 2 R$ 105,8 bilhões Eixos Infraestrutura urbana Infraestrutura

Leia mais

Contas do Governo da República

Contas do Governo da República Fiscalização a serviço da sociedade Relatório e Parecer Prévio sobre as Contas do Governo da República Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - Tabelas Ministro José Jorge, Relator Exercício de 2012

Leia mais

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento ÓRGÃO: 56000 - Ministério das Cidades UNIDADE: 56101 - Ministério das Cidades ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTAÇÃO) Crédito Suplementar Recurso de Todas as Fontes R$ 1,00 FUNCIONAL PROGRAMÁTICA

Leia mais

ENCONTRO ESTADUAL DE PREFEITOS: PERSPECTIVAS DO PAC PARA SERGIPE

ENCONTRO ESTADUAL DE PREFEITOS: PERSPECTIVAS DO PAC PARA SERGIPE ENCONTRO ESTADUAL DE PREFEITOS: PERSPECTIVAS DO PAC PARA SERGIPE INVESTIMENTO, CRESCENDO MAIS QUE O CONSUMO, FOI O GRANDE MOTOR DO CRESCIMENTO 200 190 PIB Consumo das Famílias e Investimento (FBKF) Índice

Leia mais

Água para Irrigação CE

Água para Irrigação CE ceará Água para Irrigação CE Apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) completou três anos de atividades em janeiro passado. Nesse período, nos habituamos a avaliar periodicamente a situação

Leia mais

INVESTIMENTOS DO PAC NO ESTADO DO PARANÁ: AVALIAÇÃO PRELIMINAR

INVESTIMENTOS DO PAC NO ESTADO DO PARANÁ: AVALIAÇÃO PRELIMINAR Nº 4 - FEVEREIRO 2011 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ Carlos Alberto Richa Governador SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL Cassio Taniguchi Secretário INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Leia mais

REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES

REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art.1º São objetivos da 6ª Conferência Estadual das Cidades: I propor a interlocução entre autoridades e gestores

Leia mais

152 capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA. Residencial Marlene Moreira Pierre - Palhoça SC

152 capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA. Residencial Marlene Moreira Pierre - Palhoça SC 152 capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA Residencial Marlene Moreira Pierre - Palhoça SC capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA 153 Eixo Minha Casa, Minha Vida

Leia mais

Sergipe SERGIPE JANEIRO-ABRIL/2013

Sergipe SERGIPE JANEIRO-ABRIL/2013 Sergipe SERGIPE 7º Balanço JANEIRO-ABRIL/2013 apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) melhora a vida de milhões de brasileiros que vivem nas grandes cidades e fora dos centros urbanos.

Leia mais

BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS

BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS Um programa para integrar objetivos ambientais e sociais na gestão das águas Superintendência de Desenvolvimento da Capital -

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DO PATRIMÔNIO DA UNIÃO DOMÍNIO PÚBLICO SOBRE A ORLA MARÍTIMA

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DO PATRIMÔNIO DA UNIÃO DOMÍNIO PÚBLICO SOBRE A ORLA MARÍTIMA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DOMÍNIO PÚBLICO SOBRE A ORLA MARÍTIMA TERRENOS DE MARINHA TERRENOS ALODIAIS TERRENOS DE MARINHA ACRESCIDOS DE MARINHA PRAIA LLTM LPM TERRENOS DE MARINHA DL

Leia mais

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada Saneamento no Brasil Definição: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), saneamento é o controle de todos os fatores do meio físico do homem que exercem ou podem exercer efeitos nocivos sobre o bem

Leia mais

CEDRAL OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014

CEDRAL OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 CEDRAL OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 DESENVOLVIMENTO SOCIAL: Distribuição de Leite: distribuídos 22.532 litros de leite, no período de Jan/2011 a Set/2011 Custo: R$ 30 mil, beneficiando 272 famílias

Leia mais

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Code-P0 3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Brasília, Maio de 2012 Code-P1 Conteúdo do documento Visão geral das ações Visão por tema 1 Code-P2 Ciclos dos preparativos do

Leia mais

Inventar com a diferenca,

Inventar com a diferenca, Inventar com a diferenca, cinema e direitos humanos PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO Fundação Euclides da Cunha O que é Inventar com a diferença: cinema e direitos humanos O projeto visa oferecer formação e

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias

Leia mais

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Agricultura Familiar no Mundo São 500 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar

Leia mais