RIO DE JANEIRO. xxxxx

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RIO DE JANEIRO. xxxxx"

Transcrição

1 RIO DE JANEIRO rio de janeiro xxxxx O círculo virtuoso do desenvolvimento ano I 3º Balanço 2011/2014

2 Apresentação Lançado em 2011 com o objetivo de dar continuidade ao programa que acelerou o crescimento do Brasil, resgatou o papel do como indutor do desenvolvimento, recuperou a infraestrutura do País e criou milhões de novos postos de trabalho, o PAC 2 completa um ano de vida com muitos avanços a comemorar. O primeiro ano do PAC 2 teve um desempenho vigoroso, com R$ 204,4 bilhões executados, o que representa 21% do previsto para , R$ 955 bilhões. Os dados revelam que o ritmo do PAC 2 acelerou 136% no segundo semestre de 2011 em relação aos seus primeiros seis meses. O valor das ações do PAC 2 concluídas é de R$ 142,8 bilhões. Desses, R$ 127 bilhões foram realizados em 2011, o que significa 17,9% das ações previstas para Isso demonstra que tanto em sua execução quanto em entrega de obras, o PAC 2 segue em bom ritmo. A evolução do pagamento e do empenho com recursos do Orçamento Geral da União (OGU) também atesta a velocidade do programa. Até 31 de dezembro de 2011, foram pagos R$ 28 bilhões, um aumento de 27% em relação a 2010 e de 284% em relação a 2007, primeiro ano do PAC 1. Os recursos empenhados também aumentaram de R$ 29,7 bilhões em 2010 para R$ 35,4 bilhões em 2011, uma variação de 19%. relação a 2007, esses recursos cresceram 121%. Tudo isso ocorreu em um ano voltado ao planejamento de um novo ciclo e à execução de novas obras que incluem etapas como elaboração de projetos, licenciamento ambiental e processos de, e licitação. O PAC está mudando a cara do Brasil, promovendo o desenvolvimento regional por meio de uma série de obras que vão levar desde abastecimento de água que garante a saúde e a qualidade de vida das populações até a construção de usinas hidrelétricas que garantirão mais energia para o País, além de promover a geração de emprego e aquecer a economia local. A retomada do planejamento estatal, do investimento público e do aumento simultâneo do investimento privado reforçou a confiança do empresariado, levando ao dinamismo geral da economia. O mais gratificante para todos que trabalham no PAC 2 é constatar que esse programa, realizado cotidianamente por milhares de mãos brasileiras, consolida a trajetória de crescimento e desenvolvimento do País. Neste caderno são apresentadas informações detalhadas sobre o estágio de andamento dos investimentos e ações do PAC 2 em seu primeiro ano no estado do.

3 - RIO DE JANEIRO INVESTIMENTO TOTAL R$ 536,50 bilhões 2011 a 2014 R$ 187,08 bilhões Pós 2014 R$ 349,43 bilhões em R$ milhões Eixo preendimentos exclusivos preendimentos de caráter regional** 2011 a 2014 Pós a 2014 Pós 2014 Transportes 5.990,18 737, ,00 - Energia , , , ,00 Cidade Melhor* 2.237, , Comunidade Cidadã Minha Casa, Minha Vida* Água e Luz para Todos* 232, ,81 694, ,57 398, TOTAL , , , ,00 *Valores estimados para distribuição 2011 a 2014 e pós **preendimentos que abrangem mais de um estado. 3

4 Transportes Eixo transportes

5 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Transportes - RIO DE JANEIRO 5

6 Transportes - RIO DE JANEIRO Tipo em R$ milhões preendimentos exclusivos preendimentos de caráter regional 2011 a 2014 Pós a 2014 Pós 2014 Rodovias* 1.506,68 737, Ferrovias* 52, ,70 - Portos 850,49-501,30 - Hidrovias Aeroportos 697, Equipamentos para Estradas Vicinais 4, Marinha Mercante 2.879, *Valores em revisão. TOTAL 5.990,18 737, ,00 - preendimentos exclusivos Tipo Subtipo preendimento 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) Aeroporto Pista e Pátio Aeroporto Galeão - Recuperação e Revitalização dos Sistemas de Pistas e Pátio 103,43 - obras Aeroporto Terminal de Carga Aeroporto Galeão - Reforma do Terminal de Cargas de Exportação 23,24 - obras Aeroporto Terminal de Passageiros Aeroporto Galeão - Reforma do TPS 1 (2ª Fase) 254,10 - obras Aeroporto Aeroporto Terminal de Passageiros Terminal de Passageiros Aeroporto Galeão - Reforma do TPS 2 176,01 - obras Aeroporto Galeão - Reforma do TPS 2 (Automatização do Sistema de Transporte e Bagagens) 140,52 - licitação de obra 6

7 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Transportes - RIO DE JANEIRO preendimentos exclusivos Tipo Subtipo preendimento Equipamentos - Estradas Vicinais Estradas Vicinais Equipamentos para Recuperação de Estradas Vicinais - OGU 1ª 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) 4,16 - execução Ferrovia Adequação Adequação Linha Férrea de Barra Mansa-RJ revisão revisão obras Marinha Mercante Marinha Mercante Porto Porto Estaleiro Construção do Estaleiro São Miguel 52,87 - Concluído Marinha Mercante Dragagem e Derrocamento Dragagem e Derrocamento Financiamento para Construção de 36 barcações Barra do Furado - Dragagem de aprofundamento Itaguaí (Canal Preferencial) - Dragagem de Aprofundamento 2.826,18 - Concluído 51,00 - obras 77,00 - Porto Dragagem e Derrocamento Itaguaí (Ilha das Cobras) - Dragagem de Aprofundamento 124,00 - Porto Dragagem e Derrocamento - Dragagem de Aprofundamento - 1ª Fase 1,59 - Concluído Porto Dragagem e Derrocamento - Dragagem de Aprofundamento - 2ª Fase 95,00 - Porto Infraestrutura Portuária (Outras Ações) Reforço Estrutural de Cais dos Berços do Cais da Gamboa - /RJ 190,00 - licitação de obra Porto Terminal de Passageiros Implantação de 3 píeres - 311,90 - Rodovias Adequação BR-101/RJ - Av. Brasil (Caju - Santa Cruz) revisão revisão Rodovias Adequação BR-101/RJ - Adequação de Capacidade (Mangaratiba Div. RJ/SP) revisão revisão Rodovias Construção BR-356/RJ - Contorno de Itaperuna revisão revisão Rodovias Controle de Velocidade licitação de obra Controle de Velocidade revisão revisão obras 7

8 Transportes - RIO DE JANEIRO preendimentos exclusivos Tipo Subtipo preendimento Rodovias Rodovias Rodovias Rodovias Rodovias Rodovias Duplicação Duplicação Duplicação Duplicação Estudos e Projetos Contínuos Estudos e Projetos Contínuos Arco Rodoviário do - Duplicação - Subtrecho BR Acesso ao Porto de Itaguaí BR -101/RJ - Arco Rodoviário RJ - Subtrecho Santa Cruz - Mangaratiba - Restauração e Obras complementares Arco Rodoviário do - Construção - Pista Dupla do Subtrecho BR Entrada BR Entrada BR-101 BR-493/RJ (Arco Rodoviário RJ) Duplicação Subtrecho Manilha - Santa Guilhermina 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) revisão revisão obras revisão revisão obras revisão revisão obras revisão revisão obras Estudos e projetos a executar revisão revisão Estudos e projetos em execução revisão revisão execução Rodovias Manutenção Manutenção a executar revisão revisão Rodovias Manutenção Manutenção concluída revisão revisão Concluído Rodovias Manutenção Manutenção em execução revisão revisão obras Rodovias Sinalização Sinalização a executar revisão revisão Rodovias Sinalização Sinalização em execução revisão revisão execução TOTAL 5.990,18 737,59-8

9 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Transportes - RIO DE JANEIRO preendimentos REGIONAIS Tipo Subtipo preendimento UF Ferrovia Porto Porto Porto Porto Porto Porto Construção Inteligência Logística Inteligência Logística Inteligência Logística Inteligência Logística Inteligência Logística Inteligência Logística Trem de Alta Velocidade - Rio/São Paulo/ Campinas Gerenciamento de resíduos em áreas portuárias Implantação da Carga Inteligente e Cadeia Logística Inteligente 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) RJ SP revisão revisão AL BA CE ES PA PB PE PR RJ RN RS SC SP BA CE ES MA PA PE PR RJ RS SP 118,00-115,00 - execução execução Porto sem papel - fase 1 ES RJ SP - - Concluído Porto sem papel - Fase 2 Sistema de Controle de Tráfego Marítimo - VTMIS Sistemas de Apoio ao Gerenciamento da Infraestrutura Portuária (18 portos) AL AM AP BA CE ES MA PA PB PE PR RJ RN RS SC SP 92,00 - BA ES RJ SP 146,30 - BA CE ES PA RJ RN SP 30,00 - Rodovias Balanças Balanças - lote 09 ES MG RJ revisão revisão execução execução licitação de obra TOTAL ,

10 Energia Eixo Energia

11 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Energia - RIO DE JANEIRO 11

12 Energia - RIO DE JANEIRO Lula (Iracema) FPSO Mangaratiba 12

13 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Energia - RIO DE JANEIRO Tipo Geração de Energia Elétrica Transmissão de Energia Elétrica Petróleo e Gás Natural Combustíveis Renováveis Geologia e Mineração - CPRM em R$ milhões preendimentos exclusivos preendimentos de caráter regional 2011 a 2014 Pós a 2014 Pós ,16 447,90 187, , , , , ,38 87, , ,77 - TOTAL , , , ,00 preendimentos EXCLUSIVOS Tipo Subtipo preendimento Geração de Energia Elétrica Geração de Energia Elétrica Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Usina Termelétrica a Gás Natural Usina Termonuclear 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) Baixada Fluminense 986,32 - licitação de obra Angra III 8.524,84 447,90 obras Base de Apoio Base de Apoio - Aeroporto de Itaguaí 17,30 138,40 Base de Apoio Base de Apoio - Aeroporto de São Tomé 331,00 - Base de Apoio Base de Apoio - Porto de Itaguaí 134, ,40 Campos e Plataformas Campos e Plataformas Lula (Iracema) - FPSO Mangaratiba 5.896,20 487,80 obras Badejo Membro Siri 3.842,30 371,80 13

14 Energia - RIO DE JANEIRO preendimentos EXCLUSIVOS Tipo Subtipo preendimento Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas Campos e Plataformas 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) Campo de Papa-Terra Módulo 1 e ,10 274,00 obras FPSO Dynamic Producer - campanha de TLDs 1.541,77 224,33 operação FPSO Cid. S.Vicente - campanha de TLDs 2.606,70 558,68 operação Gasoduto do Pré-Sal Rota ,20 - Gasoduto do Pré-Sal Rota ,20 806,20 licitação de obra Lula - Piloto 1 (FPSO Angra dos Reis) 2.206,30 187,80 operação LULA - PILOTO 2 (FPSO PARATY) 8.434,10 878,70 obras Plataforma P-62 - Roncador Módulo ,40 259,00 obras Plataforma P-55 - Campo Roncador Módulo 3 Plataforma P-56 - Campo Marlim Sul Módulo ,20 - obras 3.007,60 - operação Pré-Sal Replicante 1 -P , ,26 obras Pré-sal Replicante 2-P , ,76 Pré-sal Replicante 3-P , ,92 Pré-sal Replicante 4-P , ,11 Pré-sal Replicante 5-P , ,12 Pré-sal Replicante 6-P-71 5,80 39,00 Pré-sal Replicante 7-P , ,49 licitação de obra licitação de obra licitação de obra licitação de obra licitação de obra licitação de obra 14

15 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Energia - RIO DE JANEIRO preendimentos EXCLUSIVOS Tipo Subtipo preendimento Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) Campos e licitação Pré-sal Replicante 8-P , ,98 Plataformas de obra Desenvolvimento Desenvolvimento da Produção na Bacia de da Produção Campos / do , ,00 operação Desenvolvimento Desenvolvimento da Produção: Bacia de da Produção Santos - Fase II , ,97 operação Dutos e Terminais UOTE Unidade Offshore de Transferência e 939,70 - Exportação Gás Natural Ampliação da Capacidade de Processamento do Terminal de Cabiúnas 2.019,00 - obras Navios e Sondas de Perfuração Promef I - Lote 3 (4 petroleiros - RJ)* - - obras Navios e Sondas de Perfuração Promef I - Lote 4 (4 petroleiros - Niterói)* - - operação Navios e Sondas de Perfuração Promef II Lote 7 (3 navios de Bunker)* - - obras Novas Refinarias e Petroquímica Comperj , ,20 obras Refino - Modernização e Reduc - Qualidade 743,00 542,00 operação Ampliação TOTAL , ,82 - * Valores contabilizados no eixo de Transporte, tipo Marinha Mercante. preendimentos REGIONAIS Tipo Subtipo preendimento UF Combustíveis Renováveis Geologia e Mineração - CPRM Alcooduto e Poliduto Gestão da Informação - Estudo 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) SEDA - RJ RJ SP 102,30 - obras Gestão da Informação Geológica - CIG - Centro de Informações Geocientíficas AM BA CE DF GO MG PA PE PI RJ RN RO RS SP 49,00 - execução 15

16 Energia - RIO DE JANEIRO preendimentos REGIONAIS Tipo Subtipo preendimento UF Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geologia e Mineração - CPRM Geração de Energia Elétrica Petróleo e Gás Natural Gestão da Informação - Estudo Levantamentos - Estudo Levantamentos - Estudo Levantamentos - Estudo Levantamentos - Estudo Levantamentos - Estudo Levantamentos - Estudo Levantamentos - Estudo Suporte Laboratorial - Estudo Usina Hidrelétrica Dutos e Terminais Gestão da Informação Geológica Implantação da Rede de Litotecas Levantamento da Geodiversidade Ordenamento Territorial Levantamentos Aerogeofísicos Levantamentos Geológicos - Avaliação de Recursos Minerais Levantamentos Geológicos - Geologia Marinha Levantamentos Geológicos Levantamentos Geoquímicos Levantamentos Hidrogeológicos Lamin - Modernização da Rede de Laboratórios Analíticos BA GO MG PA PE PI RJ RO RS SP AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) 18,00-12,00 - ES MT PR RJ RO RS SC 188,00 - AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO AL AP BA CE ES MA PA PB PE PI PR RJ RS SC SE SP AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO 45,00-129,77-71,00-9,00-69,00 - execução execução execução execução execução execução execução execução AM MG RJ SP 30,00 - obras Simplício MG RJ 187,23 - obras Plangás GLP ES RJ 681,00 - operação 16

17 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Energia - RIO DE JANEIRO preendimentos REGIONAIS Tipo Subtipo preendimento UF Petróleo e Gás Natural Petróleo e Gás Natural Transmissão de Energia Elétrica Transmissão de Energia Elétrica Gás Natural Pesquisa Exploratória Linha de Transmissão Linha de Transmissão 2011 a 2014 (R$ milhões) após 2014 (R$ milhões) Expansão da Malha ES MG RJ SP 221,00 87,00 obras Sudeste - Fase II Bacia Sedimentar de ES RJ SP 169,38 - obras Santos - Pré-sal Interligação N-NE e BA CE MA MG PA PE PI 3.353, ,00 N-SE RJ SP TO LT 500 kv Taubaté - licitação RJ SP 412,02 - Nova Iguaçu de obra TOTAL 5.747, ,00-17

18 Cidade Melhor Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Eixo Cidade Melhor 18

19 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO em R$ milhões Tipo 2011 a 2014 Pós 2014 Saneamento* 1.011,20 689,40 Prevenção em Áreas de Risco* 1.166,05 674,06 Pavimentação 60,29 - Mobilidade Urbana - - TOTAL 2.237, ,46 *Valores estimados para distribuição 2011 a 2014 e pós Saneamento (Ministério das Cidades) Total: R$ 2,41 bilhões (inclui 2007 a 2010) preendimento (R$ milhares)* Angra dos Reis Elaboração de estudos e projetos de SAA e SES jan/ ,15 execução Angra dos Reis Implantação de Rede Coletora da Sub-bacia G nov/ ,00 Angra dos Reis Implantação de SES da sede municipal - Sub-bacias A, D, E, F e H jan/ ,30 obras Angra dos Reis Implantação do SES da sede municipal - Sub-bacia C jan/ ,24 obras Barra Mansa Ampliação do SES na sede municipal - ETE, estações elevatórias, coletores-tronco, interceptores e rede coletora jul/ ,61 obras 19

20 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Ministério das Cidades) preendimento (R$ milhares)* Barra Mansa Elaboração de estudo de concepção, projetos básico e executivo do SAA da sede municipal nov/ ,00 Barra Mansa Elaboração de estudo de concepção, projetos básico e executivo de drenagem na sede municipal nov/ ,00 Belford Roxo Adequação do SES - recuperação da ETE de Joinville jul/ ,13 obras Belford Roxo Ampliação do SES do Sarapuí, na Baixada Fluminense - coletortronco, interceptores e troncos coletores jul/ ,20 licitação de obra Belford Roxo Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/10 468,05 Belford Roxo Implantação do SES no Bairro São Leopoldo jul/ ,82 obras Belford Roxo Saneamento integrado nos Bairros Pauline e São Leopoldo nov/ ,34 Cachoeiras de Macacu Implantação do SES em Cachoeiras de Macacu e Papucaia dez/ ,45 Duque de Caxias Implantação do SES do Bairro da Pavuna mai/ ,00 obras Itaboraí Elaboração de projeto básico de engenharia para ampliação do SAA da sede municipal dez/ ,75 20

21 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Ministério das Cidades) preendimento (R$ milhares)* Itaboraí Elaboração de projetos do SES out/ ,92 Itaguaí Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/ ,49 Itaperuna Implantação do SES - implantação de elevatórias, linhas de recalque, interceptor, redes coletoras e ligações em diversos bairros mai/ ,00 obras Macaé Elaboração de projeto de engenharia para ampliação do SAA na sede municipal nov/ ,96 Macaé Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/10 500,00 Maricá Elaboração de projeto básico de engenharia para ampliação do SAA da sede municipal dez/ ,93 Maricá Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/10 96,16 Maricá Implantação do SES de Maricá nov/ ,50 Mesquita Complementação do SES - Redes coletoras do sistema Sarapuí atendendo a diversos bairros dos municípios de São João do Meriti, Nova Iguaçu e Mesquita mai/ ,52 obras Mesquita Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/10 245,00 21

22 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Ministério das Cidades) preendimento (R$ milhares)* Mesquita Resíduos sólidos - galpões de triagem para catadores ago/08 536,21 Concluído Mesquita Saneamento integrado no Bairro Coréia nov/ ,21 - Elaboração de projeto básico de engenharia para abastecimento de água da área de influência do Comperj a partir do reservatório de Juturnaíba dez/ ,20 Nilópolis Implantação do SES da Bacia do Rio Sarapuí - Bairros Centro, Nossa Sra. de Fátima e Santos Dumont jul/ ,16 obras Nilópolis Resíduos sólidos - galpões de triagem para catadores ago/08 335,32 obras Niterói Resíduos sólidos - galpão de triagem para catadores ago/08 444,84 Concluído Niterói Águas de Niterói S/A Saneamento integrado - ampliação do SES e reflorestamento de matas ciliares dez/ ,00 obras Nova Friburgo Águas de Nova Friburgo Desenvolvimento institucional - execução do Plano de s que visa à reconstrução, modernização e expansão dos SAA e SES na sede municipal jun/ ,10 execução Nova Friburgo Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/10 793,75 22

23 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Ministério das Cidades) preendimento (R$ milhares)* Nova Iguaçu Drenagem urbana na Baixada Fluminense - Conjuntos habitacionais Roldão Gonçalves, Barro Vermelho e Trio de Ouro Cobrex jul/ ,74 obras Nova Iguaçu Saneamento integrado - Rodilvânia, Parque Imperial, Cabuçu, Três Marias, Ipiranga, Jardim Guandu, Comendador Soares e outros jul/ ,77 obras Nova Iguaçu Saneamento integrado e urbanização - Bairros Jardim Laranjeiras e Jardim Cabuçu jul/ ,36 obras Paracambi Saneamento integrado no Bairro Guarajuba nov/ ,46 Queimados Elaboração de projeto para novo sistema de produção e adutor para a Baixada Fluminense nov/ ,03 Resende Águas das Agulhas Negras S/A Saneamento integrado - ampliação do SAA, do SES e investimentos em desenvolvimento institucional nov/ ,00 obras Rio Bonito Elaboração de projeto básico de engenharia para ampliação do SAA dos distritos Sede e Boa Esperança dez/ ,51 Rio Bonito Elaboração do Plano Municipal de Saneamento dez/10 150,00 Ampliação do SES Alegria nov/ ,03 23

24 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Ministério das Cidades) preendimento (R$ milhares)* Ampliação do SES da Ilha de Paquetá mai/ ,23 obras Complementação do SES Alegria nov/ ,10 Elaboração de projeto para novo sistema adutor do Recreio dos Bandeirantes e Barra da Tijuca nov/ ,29 Elaboração do Plano Municipal de Drenagem jan/ ,00 execução Implantação do SES - Rede Coletora, ETE e estação elevatória fev/ ,00 obras Implantação do SES na Bacia Santa Cruz set/ ,49 obras Melhoria do SES - elevatórias das Sub-bacias de Alagados e Ary Chagas, e redes coletoras e ligações prediais do Bairro de Sepetiba ago/ ,07 obras Saneamento integrado e urbanização - Complexo da Tijuca jul/ ,57 obras Saneamento integrado e urbanização no - Complexo de Manguinhos Setor B jul/ ,56 obras Saneamento integrado e urbanização no - Complexo de Manguinhos Setor A jul/ ,18 obras 24

25 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Ministério das Cidades) preendimento (R$ milhares)* São Gonçalo Adequação do SES - recuperação da ETE São Gonçalo jul/ ,89 obras São Gonçalo Elaboração de projeto básico de engenharia para ampliação do sistema produtor de água do Imunana Laranjal dez/ ,77 São Gonçalo Elaboração de projetos de esgoto para a região fora da área da ETE São Gonçalo out/ ,04 São Gonçalo Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/10 800,00 São Gonçalo Implantação do SES nas bacias dos rios Mutondo e Coelho - Bairros Nova Cidade, Trindade e Luiz Caçador jul/ ,20 obras São Gonçalo Saneamento integrado e urbanização - favela Jardim Catarina jul/ ,63 obras São Gonçalo Saneamento integrado e urbanização - favelas Fazenda dos Mineiros e Salgueiro jul/ ,00 obras São João de Meriti Elaboração de estudo de concepção de resíduos sólidos urbanos na sede municipal nov/10 493,55 São João de Meriti Elaboração do Plano Municipal de Saneamento nov/10 985,00 25

26 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Ministério das Cidades) preendimento (R$ milhares)* Tanguá Elaboração do projeto básico de engenharia para ampliação do SAA da sede municipal dez/ ,62 Três Rios Elaboração do Plano Municipal de Saneamento dez/10 989,58 Volta Redonda Saneamento integrado e urbanização - favelas Belmonte, Três Poços, Sto. Agostinho, Vila Brasília e outros jul/ ,15 obras TOTAL ,13 - *Inclui investimento 2007 a Saneamento (Funasa) R$ 126,28 milhões (inclui 2007 a 2010) Tipo (R$ milhares)* Aperibé Funasa Elaboração de projetos ago/11 108,89 Aperibé Esgotamento sanitário dez/ ,62 Areal Funasa Elaboração de projetos ago/11 177,51 Armação dos Búzios Esgotamento sanitário dez/11 500,00 26

27 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Arraial do Cabo Cooperativa Central de Logística e Apoio à Natureza - COOPCLEAN Resíduos sólidos dez/10 199,70 Arraial do Cabo Resíduos sólidos out/ ,85 Arraial do Cabo Funasa Elaboração de projetos ago/11 43,27 Arraial do Cabo Esgotamento sanitário set/ ,28 Arraial do Cabo Esgotamento sanitário nov/07 566,49 obras Arraial do Cabo Esgotamento sanitário dez/11 500,00 Barra Mansa Cooperativa Mista dos Catadores de Materiais Recicláveis de Barra Mansa Ltda. Resíduos sólidos dez/10 199,80 Bom Jardim Funasa Elaboração de projetos ago/11 144,78 Bom Jesus do Itabapoana Funasa Elaboração de projetos ago/11 168,60 Bom Jesus do Itabapoana Esgotamento sanitário dez/ ,04 Cachoeiras de Macacu Esgotamento sanitário set/09 535,67 obras 27

28 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Cambuci Funasa Elaboração de projetos ago/11 118,31 Cantagalo Funasa Elaboração de projetos ago/11 135,42 Carapebus Funasa Elaboração de projetos ago/11 139,57 Cardoso Moreira Funasa Elaboração de projetos ago/11 135,28 Carmo Funasa Elaboração de projetos ago/11 113,95 Carmo Esgotamento sanitário nov/ ,60 Carmo Esgotamento sanitário nov/07 207,80 Concluído Carmo Esgotamento sanitário dez/11 500,00 Casimiro de Abreu Funasa Elaboração de projetos ago/11 215,55 Casimiro de Abreu Esgotamento sanitário jul/09 566,50 obras Casimiro de Abreu Esgotamento sanitário dez/ ,00 Casimiro de Abreu Esgotamento sanitário dez/ ,23 Comendador Levy Gasparian Funasa Elaboração de projetos ago/11 120,07 28

29 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Conceição de Macabu Funasa Elaboração de projetos ago/11 108,89 Conceição de Macabu Esgotamento sanitário dez/ ,89 Cordeiro Esgotamento sanitário nov/ ,11 obras Duque de Caxias Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano do Jardim Gramacho ACAMJG Resíduos sólidos dez/10 200,61 Iguaba Grande Esgotamento sanitário dez/11 500,00 Itaboraí Esgotamento sanitário nov/07 585,04 obras Italva Funasa Elaboração de projetos ago/11 149,56 Itaocara Esgotamento sanitário dez/11 500,00 Itatiaia Funasa Elaboração de projetos ago/11 258,85 Japeri Esgotamento sanitário nov/07 560,21 obras Laje do Muriaé Funasa Elaboração de projetos ago/11 85,53 Laje do Muriaé Esgotamento sanitário set/09 185,92 Macuco Esgotamento sanitário nov/07 882,98 obras 29

30 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Mendes Funasa Elaboração de projetos ago/11 85,53 Mesquita Associação Esperança de Trabalhadores Coletores de Recicláveis de Mesquita Resíduos sólidos nov/10 200,00 Mesquita Cooperativa Mista de Coleta Seletiva e Reaproveitamento de Mesquita Ltda - COOPCARMO Resíduos sólidos nov/10 200,00 Mesquita Cooperativa Popular de Reciclagem e Serviços Mulheres da Baixada Ltda- Coomub Resíduos sólidos dez/10 200,60 Miguel Pereira Funasa Elaboração de projetos ago/11 108,89 Miracema Funasa Elaboração de projetos ago/11 96,28 Miracema Esgotamento sanitário dez/11 500,00 Nova Iguaçu Esgotamento sanitário nov/07 770,15 obras Paracambi Esgotamento sanitário nov/ ,00 obras Paraíba do Sul Funasa Elaboração de projetos ago/11 150,80 30

31 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Parati Funasa Elaboração de projetos ago/11 85,53 Paty do Alferes Agentes Ambientais e Recicladores de Paty dos Alferes, Cooperativa de Trabalho de preendedores Resíduos sólidos nov/10 152,00 Paty do Alferes Funasa Elaboração de projetos ago/11 271,86 Porciúncula Funasa Elaboração de projetos ago/11 167,30 Porto Real Funasa Elaboração de projetos ago/11 66,66 Porto Real Esgotamento sanitário dez/ ,55 Quatis Esgotamento sanitário dez/ ,26 Rio Claro Funasa Elaboração de projetos ago/11 54,34 Rio Claro Esgotamento sanitário nov/07 61,80 obras Cooper Rio Oeste - Cooperativa de Coleta Seletiva e Reciclagem de Materiais Reaproveitáveis da Zona Oeste Ltda. Resíduos sólidos nov/10 200,00 31

32 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* Cooperativa Coopquitungo Cooperando e Reciclando o Rio Ltda. Resíduos sólidos nov/10 200,00 Cooperativa de Catadores do Complexo do Alemão Resíduos sólidos nov/10 200,60 Cooperativa dos Trabalhadores do Complexo de Bonsucesso Ltda. Resíduos sólidos nov/10 200,00 Rede Nacional de preendimentos Solidários do Provê Resíduos sólidos nov/10 200,00 Santa Maria Madalena Funasa Elaboração de projetos ago/11 172,00 Santa Maria Madalena Esgotamento sanitário nov/ ,67 obras Santa Maria Madalena Esgotamento sanitário nov/07 206,04 Concluído Santo Antônio de Pádua Funasa Elaboração de projetos ago/11 108,89 São Fidélis Funasa Elaboração de projetos ago/11 108,89 São Francisco de Itabapoana Funasa Elaboração de projetos ago/11 227,79 32

33 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Saneamento (Funasa) Tipo (R$ milhares)* São João da Barra Funasa Elaboração de projetos ago/11 70,93 São José do Vale do Rio Preto Funasa Elaboração de projetos ago/11 254,64 São Sebastião do Alto Esgotamento sanitário dez/11 500,00 Sapucaia Funasa Elaboração de projetos ago/11 85,53 Silva Jardim Funasa Elaboração de projetos ago/11 141,55 Sumidouro Funasa Elaboração de projetos ago/11 108,89 Tanguá Esgotamento sanitário nov/07 374,26 obras Tanguá Esgotamento sanitário nov/07 863,10 obras Tanguá Esgotamento sanitário jul/09 61,80 obras Tanguá Esgotamento sanitário nov/07 19,03 obras Tanguá Resíduos sólidos nov/07 14,24 obras Tanguá Resíduos sólidos nov/07 93,95 obras Trajano de Morais Funasa Elaboração de projetos ago/11 183,51 Vassouras Esgotamento sanitário dez/ ,62 TOTAL ,88 - *Inclui investimento 2007 a

34 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Prevenção em Áreas de Risco (Drenagem) Total: R$ 1,91 bilhão (inclui 2007 a 2010) preendimento (R$ milhares)* Mesquita Drenagem - implantação de galerias de águas pluviais e recuperação de pavimentação jun/ ,42 obras - Drenagem - dragagem para desassoreamento de 23 valões na Baixada Fluminense jun/ ,18 obras Nilópolis Drenagem - implantação de sarjetas e guias coletoras e ampliação da mobilidade urbana jun/ ,00 obras Nilópolis Drenagem - implantação dos reservatórios de amortecimento de cheias, limpeza e desassoreamento do canal na sede municipal jun/ ,68 obras Nilópolis Drenagem urbana sustentável dos bairros Centro, Mina e Manoel Reis nov/ ,00 Nova Friburgo Construção da barragem para amortecimento de cheia no Córrego d Antas nov/ ,39 Nova Friburgo Drenagem - canalização em parede de concreto armado nos rios Bengala e Cônego jul/ ,50 obras Nova Friburgo Drenagem urbana na Bacia do Córrego d Antas nov/ ,00 Nova Friburgo Drenagem urbana, canalização e dragagem na Bacia do Rio Bengalas nov/ ,00 34

35 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Prevenção em Áreas de Risco (Drenagem) preendimento (R$ milhares)* Nova Iguaçu Drenagem urbana na Baixada Fluminense - controle de inundações, urbanização e recuperação ambiental das bacias dos rios Botas e Sarapuí - 1ª etapa jul/ ,10 obras Nova Iguaçu Drenagem urbana sustentável dos rios Iguaçu e Sarapuí** nov/ ,68 Petrópolis Drenagem urbana nas bacias dos rios Cuiabá, Santo Antônio e Carvão nov/ ,51 Drenagem - controle de cheias na bacia do Canal do Mangue nov/ ,00 Drenagem - controle de enchentes na bacia do Rio Acari jan/ ,74 obras Drenagem - implantação do programa de recuperação ambiental da Bacia de Jacarepaguá - lotes 1B e 1C jun/ ,00 Drenagem - implantação do Programa de Recuperação Ambiental da Bacia de Jacarepaguá - Lote 1A jun/ ,25 obras Drenagem urbana sustentável na bacia do Canal do Mangue nov/ ,00 São Gonçalo Drenagem - Bacia Hidrográfica do rio Imboaçu** nov/ ,98 35

36 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Prevenção em Áreas de Risco (Drenagem) preendimento (R$ milhares)* São João de Meriti Drenagem - implantação de galerias de águas pluviais nos bairros de Parque Araruama e Jardim Sumaré jun/ ,83 obras Teresópolis Drenagem urbana na bacia do rio Príncipe nov/ ,29 Teresópolis Drenagem urbana nas bacias dos rios Imbuí e Paquequer nov/ ,00 TOTAL ,53 - *Inclui investimento 2007 a **Não inclui o valor da provisão habitacional conjugada, que foi o considerado no quadro de investimentos de Urbanização de Assentamentos Precários. Prevenção em Áreas de Risco (Encostas) Total: R$ 187,93 milhões preendimento (R$ milhares) Angra dos Reis Elaboração de Plano Municipal de Redução de Riscos nov/10 150,00 Angra dos Reis Elaboração de projetos para estabilização de encostas nov/ ,00 Angra dos Reis Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Angra dos Reis/RJ nov/ ,20 Barra Mansa Elaboração de Plano Municipal de Redução de Riscos nov/10 150,00 36

37 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Prevenção em Áreas de Risco (Encostas) preendimento (R$ milhares) Barra Mansa Elaboração de projetos para estabilização de encostas nov/10 495,00 Belford Roxo Elaboração de projetos para estabilização de encostas nov/ ,35 Duque de Caxias Elaboração de Plano Municipal de Redução de Riscos nov/10 300,00 licitação de projeto Magé Elaboração de Plano Municipal de Redução de Riscos nov/10 200,00 Magé Elaboração de projetos para estabilização de encostas nov/10 420,00 Maricá Elaboração de Plano Municipal de Redução de Riscos nov/10 100,00 Niterói Elaboração de projetos para estabilização de encostas nov/10 375,00 licitação de projeto Niterói Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Niterói/RJ nov/ ,40 Nova Friburgo Elaboração de projetos para estabilização de encostas nov/10 762,00 Nova Friburgo Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Nova Friburgo/RJ nov/ ,79 Nova Friburgo Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Nova Friburgo/RJ nov/ ,02 Nova Friburgo Revisão do plano municipal de redução de riscos nov/10 450,00 Petrópolis Elaboração de projetos para estabilização de encostas nov/10 805,00 licitação de projeto Petrópolis Revisão do plano municipal de redução de riscos nov/10 250,00 licitação de projeto 37

38 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Prevenção em Áreas de Risco (Encostas) Queimados Queimados Queimados São João de Meriti São João de Meriti Teresópolis Teresópolis Volta Redonda preendimento Elaboração de Plano Municipal de Redução de Riscos Elaboração de projetos para estabilização de encostas Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Queimados/ RJ* Elaboração de projetos para estabilização de encostas Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Rio de Janeiro/RJ* Elaboração de Plano Municipal de Redução de Riscos Elaboração de projetos para estabilização de encostas Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Teresópolis/ RJ Revisão do plano municipal de redução de riscos Obras de contenção de encostas em áreas de risco em Volta Redonda/RJ nov/10 (R$ milhares) 100,00 nov/10 75,00 nov/ ,47 nov/10 375,00 nov/ ,80 nov/10 200,00 nov/ ,00 nov/ ,99 nov/10 150,00 nov/ ,44 licitação de projeto licitação de projeto licitação de obra TOTAL ,45 - *Não inclui o valor da provisão habitacional conjugada, que foi o considerado no quadro de investimentos de Urbanização de Assentamentos Precários. 38

39 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Cidade Melhor - RIO DE JANEIRO Pavimentação Total: R$ 60,29 milhões Araruama Casimiro de Abreu Maricá preendimento Pavimentação dos bairros Jardim São Paulo, Mataruna, do Limão, Fazendinha I e Fazendinha II Pavimentação do Bairro Peixe Dourado II Pavimentação dos bairros de Araçatiba e Barra (R$ milhares) nov/ ,21 dez/ ,00 nov/ ,00 TOTAL ,21-39

40 Comunidade Cidadã Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Eixo Comunidade Cidadã 40

41 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO em R$ milhões Tipo 2011 a 2014 UBS - Unidade Básica de Saúde 51,67 UPA - Unidade de Pronto Atendimento 16,40 Creches e Pré-escolas 80,32 Quadras Esportivas nas Escolas 17,03 Praças dos Esportes e da Cultura 67,18 TOTAL 232,60 UBS - Unidade Básica de Saúde Total: R$ 51,67 milhões preendimento* (R$ milhares)** Angra dos Reis Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Angra dos Reis UBS I dez/10 200,00 Angra dos Reis UBS I dez/10 200,00 Angra dos Reis UBS I dez/10 200,00 Angra dos Reis UBS I dez/10 200,00 Aperibé UBS I dez/10 200,00 Barra do Piraí UBS I dez/10 200,00 41

42 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Barra do Piraí UBS I dez/10 200,00 Barra do Piraí UBS I dez/10 200,00 Barra do Piraí UBS II dez/10 266,67 Barra do Piraí UBS II dez/10 266,67 Barra Mansa UBS I dez/10 200,00 Barra Mansa UBS I dez/10 200,00 Barra Mansa UBS I dez/10 200,00 Barra Mansa UBS I dez/10 200,00 Barra Mansa UBS I dez/10 200,00 Belford Roxo Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Belford Roxo Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Belford Roxo Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 42

43 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Bom Jesus do Itabapoana UBS I dez/10 200,00 Cachoeiras de Macacu UBS II dez/10 400,00 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Campos dos Goytacazes Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 43

44 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Carapebus Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Cardoso Moreira Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Duque de Caxias Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Duque de Caxias Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Duque de Caxias Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Duque de Caxias Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Duque de Caxias Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Duque de Caxias Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Duque de Caxias Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Duque de Caxias UBS II dez/10 266,67 44

45 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Guapimirim Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Itaboraí Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Itaguaí UBS II dez/10 266,67 45

46 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Italva UBS I dez/10 200,00 Itaperuna Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Laje do Muriaé UBS I dez/10 200,00 Macaé UBS I dez/10 200,00 Macaé UBS I dez/10 200,00 Macaé UBS I dez/10 200,00 Macaé UBS I dez/10 200,00 Macaé UBS I dez/10 200,00 Macaé UBS II dez/10 266,67 Macaé UBS II dez/10 266,67 Macaé UBS II dez/10 266,67 Magé UBS I dez/10 200,00 Magé UBS I dez/10 200,00 46

47 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Magé UBS I dez/10 200,00 Magé UBS I dez/10 200,00 Magé UBS II dez/10 266,67 Maricá UBS I dez/10 200,00 Maricá UBS I dez/10 200,00 Maricá UBS I dez/10 200,00 Maricá UBS I dez/10 200,00 Maricá UBS I dez/10 200,00 Mesquita UBS I dez/10 200,00 Mesquita UBS II dez/10 400,00 Mesquita UBS II dez/10 400,00 Mesquita UBS II dez/10 400,00 Natividade Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 47

48 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Nova Friburgo UBS I dez/10 200,00 Nova Friburgo UBS I dez/10 200,00 Nova Friburgo UBS I dez/10 200,00 Nova Friburgo UBS I dez/10 200,00 Nova Friburgo UBS I dez/10 200,00 Nova Iguaçu UBS I dez/10 200,00 Nova Iguaçu UBS I dez/10 200,00 Petrópolis UBS I dez/10 200,00 Petrópolis UBS I dez/10 200,00 Petrópolis UBS I dez/10 200,00 Petrópolis UBS II dez/10 266,67 Porciúncula UBS I dez/10 200,00 Queimados UBS I dez/10 200,00 Queimados UBS I dez/10 200,00 48

49 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Queimados UBS I dez/10 200,00 Queimados UBS II dez/10 266,67 Queimados UBS II dez/10 266,67 Queimados UBS II dez/10 266,67 Queimados UBS II dez/10 266,67 Queimados UBS II dez/10 266,67 Quissamã UBS I dez/10 200,00 Resende UBS I dez/10 200,00 Resende UBS I dez/10 200,00 Resende UBS I dez/10 200,00 Resende UBS I dez/10 200,00 Rio Bonito UBS II dez/10 266,67 UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 533,33 49

50 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** UBS II dez/10 666,67 UBS II dez/10 933,33 UBS II dez/10 400,00 UBS II dez/10 933,33 UBS II dez/10 933,33 UBS II dez/10 800,00 UBS II dez/10 533,33 UBS II dez/10 400,00 UBS II dez/ ,00 UBS II dez/ ,00 UBS II dez/10 400,00 UBS II dez/10 800,00 UBS II dez/10 933,33 UBS II dez/10 400,00 50

51 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** UBS II dez/10 933,33 UBS II dez/10 800,00 UBS II dez/10 800,00 UBS II dez/10 933,33 UBS II dez/10 933,33 UBS II dez/10 666,67 Santo Antônio de Pádua UBS I dez/10 200,00 São Francisco de Itabapoana UBS I dez/10 200,00 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 51

52 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São Gonçalo UBS II dez/10 266,67 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 São João de Meriti UBS II dez/10 400,00 52

53 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Saquarema UBS I dez/10 200,00 Teresópolis Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Teresópolis Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Teresópolis Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Teresópolis Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 400,00 Teresópolis Fundo Municipal de Saúde UBS II dez/10 266,67 Três Rios Fundo Municipal de Saúde UBS I dez/10 200,00 Valença UBS I dez/10 200,00 Varre-Sai UBS I dez/10 200,00 Volta Redonda UBS I dez/10 200,00 Volta Redonda UBS I dez/10 200,00 53

54 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UBS - Unidade Básica de Saúde preendimento* (R$ milhares)** Volta Redonda UBS II dez/10 266,67 Volta Redonda UBS II dez/10 400,00 Volta Redonda UBS II dez/10 266,67 *UBS I: abriga uma Equipe de Saúde da Família. *UBS II: abriga no mínimo duas Equipes de Saúde da Família. **Os valores não incluem custeio. TOTAL ,67 - UPA - Unidade de Pronto Atendimento Total: R$ 16,40 milhões preendimento* (R$ milhares)** Cabo Frio Secretaria de de Saúde UPA II dez/ ,00 Macaé Secretaria de de Saúde UPA II nov/ ,00 Magé UPA II dez/ ,00 Fundo Municipal de Saúde UPA III dez/ ,00 54

55 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO UPA - Unidade de Pronto Atendimento preendimento* (R$ milhares)** Fundo Municipal de Saúde UPA III dez/ ,00 Fundo Municipal de Saúde UPA III dez/ ,00 Fundo Municipal de Saúde UPA III dez/ ,00 * UPA I: 5 a 8 leitos de observação, em municípios de 50 mil a 100 mil habitantes. * UPA II: 9 a 12 leitos de observação, em municípios de 100 mil a 200 mil habitantes. * UPA III: 13 a 20 leitos de observação, em municípios de 200 mil a 300 mil habitantes. ** Os valores não incluem custeio. TOTAL ,00 - Creches e Pré-escolas Total: R$ 80,32 milhões preendimento* (R$ milhares) Araruama Tipo B dez/ ,04 Bom Jesus do Itabapoana Tipo C fev/11 619,33 Cabo Frio Tipo B dez/ ,88 55

56 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Creches e Pré-escolas preendimento* (R$ milhares) Cabo Frio Tipo B mar/ ,09 Cabo Frio Tipo C dez/10 615,05 Cabo Frio Tipo C mar/11 615,05 Campos dos Goytacazes Tipo B dez/ ,92 Campos dos Goytacazes Tipo B dez/ ,92 Campos dos Goytacazes Tipo B mar/ ,92 Campos dos Goytacazes Tipo B dez/ ,58 Campos dos Goytacazes Tipo C dez/10 553,08 Campos dos Goytacazes Tipo C mar/11 553,08 Conceição de Macabu Tipo C jul/11 620,00 Duque de Caxias Tipo C mar/11 679,94 Duque de Caxias Tipo C mar/11 679,97 Duque de Caxias Tipo C mar/11 680,00 56

57 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Creches e Pré-escolas preendimento* (R$ milhares) Duque de Caxias Tipo C mar/11 679,97 Guapimirim Tipo B dez/ ,94 Macaé Tipo B mar/ ,09 Macaé Tipo B mar/ ,17 Maricá Tipo B dez/ ,82 Mesquita Tipo C dez/10 620,00 Mesquita Tipo C dez/10 620,00 Nilópolis Tipo C dez/10 618,75 Nova Friburgo Tipo B dez/ ,31 Nova Friburgo Tipo C jul/11 619,78 Nova Friburgo Tipo C dez/10 560,37 Paracambi Tipo C jul/11 617,27 Resende Tipo B mar/ ,09 licitação de obra 57

58 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Creches e Pré-escolas preendimento* (R$ milhares) Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 58

59 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Creches e Pré-escolas preendimento* (R$ milhares) Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 59

60 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Creches e Pré-escolas preendimento* (R$ milhares) Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 Tipo A dez/ ,00 São Gonçalo Tipo A dez/ ,15 São Gonçalo Tipo A dez/ ,02 São Gonçalo Tipo A dez/ ,02 São Gonçalo Tipo A dez/ ,29 São Gonçalo Tipo A dez/10 620,82 São Gonçalo Tipo B mar/ ,37 São Gonçalo Tipo B dez/ ,37 São Gonçalo Tipo B dez/ ,56 São Gonçalo Tipo B dez/ ,37 60

61 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Creches e Pré-escolas preendimento* (R$ milhares) São Gonçalo Tipo B dez/ ,56 São Gonçalo Tipo B dez/ ,56 São Gonçalo Tipo B mar/ ,37 São João de Meriti Tipo B dez/ ,99 São Sebastião do Alto Tipo C jun/11 618,96 Seropédica Tipo C jul/11 619,11 Teresópolis Tipo C dez/10 618,71 Teresópolis Tipo C dez/10 619,41 Teresópolis Tipo C dez/10 619,41 Valença Tipo C dez/10 619,95 *Tipo A Projeto Próprio. *Tipo B Projeto Padrão - atendimento de até 240 crianças. *Tipo C Projeto Padrão - atendimento de até 120 crianças. TOTAL ,40-61

62 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Quadras Esportivas nas Escolas Total: R$ 17,03 milhões preendimento (R$ milhares) Angra dos Reis Construção de quadra mar/11 447,01 Belford Roxo Construção de quadra dez/10 490,00 Belford Roxo Construção de quadra dez/10 490,00 Belford Roxo Construção de quadra dez/10 490,00 Belford Roxo Construção de quadra dez/10 490,00 Cabo Frio Construção de quadra dez/11 499,60 Campos dos Goytacazes Construção de quadra dez/11 509,69 Campos dos Goytacazes Construção de quadra dez/11 509,69 Campos dos Goytacazes Construção de quadra dez/11 509,69 Campos dos Goytacazes Construção de quadra dez/11 509,69 Campos dos Goytacazes Construção de quadra dez/11 509,69 Campos dos Goytacazes Construção de quadra dez/11 509,69 Guapimirim Construção de quadra dez/10 489,45 Guapimirim Construção de quadra dez/10 489,45 Guapimirim Construção de quadra dez/10 489,45 62

63 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Quadras Esportivas nas Escolas preendimento (R$ milhares) Itaboraí Construção de quadra mar/11 484,92 Itaperuna Construção de quadra mar/11 490,00 Itatiaia Construção de quadra jun/11 486,84 Macaé Construção de quadra mar/11 483,49 Macaé Construção de quadra dez/11 489,97 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Magé Construção de quadra dez/10 487,42 Mesquita Construção de quadra dez/10 487,42 Paracambi Construção de quadra dez/10 455,04 Paracambi Construção de quadra dez/10 455,09 Resende Construção de quadra dez/11 510,00 63

64 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Quadras Esportivas nas Escolas preendimento (R$ milhares) Resende Construção de quadra mar/11 315,57 Construção de quadra dez/10 542,67 São Pedro da Aldeia Construção de quadra dez/11 499,75 TOTAL ,19 - Praças dos Esportes e da Cultura Total: R$ 67,18 milhões preendimento (R$ milhares) Angra dos Reis Modelo 700m² dez/ ,00 Araruama Modelo 3.000m² dez/ ,00 Barra do Piraí Modelo 3.000m² dez/ ,00 Belford Roxo Modelo 3.000m² dez/ ,00 Belford Roxo Modelo 700m² dez/ ,00 Cabo Frio Modelo 3.000m² dez/ ,00 Campos dos Goytacazes Modelo 7.000m² dez/ ,00 64

65 ANO I 3º Balanço 2011/2014 Comunidade Cidadã - RIO DE JANEIRO Praças dos Esportes e da Cultura preendimento (R$ milhares) Itaboraí Modelo 3.000m² dez/ ,00 Itaguaí Modelo 3.000m² dez/ ,00 Itaperuna Modelo 3.000m² dez/ ,00 Japeri Modelo 3.000m² dez/ ,00 Macaé Modelo 3.000m² dez/ ,00 Magé Modelo 3.000m² dez/ ,00 Maricá Modelo 3.000m² dez/ ,00 Mesquita Modelo 3.000m² dez/ ,00 Nilópolis Modelo 3.000m² dez/ ,00 Niterói Modelo 3.000m² dez/ ,00 Nova Friburgo Modelo 3.000m² dez/ ,00 Nova Iguaçu Modelo 3.000m² dez/ ,00 Nova Iguaçu Modelo 7.000m² dez/ ,00 Petrópolis Modelo 3.000m² dez/ ,00 65

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Rio de Janeiro

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Rio de Janeiro 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar o crescimento

Leia mais

Rio de Janeiro RIO DE JANEIRO. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento

Rio de Janeiro RIO DE JANEIRO. 5º Balanço. maio/setembro 2O12. O círculo virtuoso do desenvolvimento RIO DE JANEIRO O círculo virtuoso do desenvolvimento 5º Balanço maio/setembro 2O12 Apresentação A segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) continua quebrando recordes. A cada balanço

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011

2º Balanço. Julho - Setembro 2011 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Amapá Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar o

Leia mais

EMPRESA DE ASSISTENCIA TECNICA E EXTENSAO RURAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESCA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

EMPRESA DE ASSISTENCIA TECNICA E EXTENSAO RURAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESCA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UF Municipio RJ Angra dos Reis RJ Angra dos Reis RJ Angra dos Reis RJ Angra dos Reis RJ Angra dos Reis RJ Angra dos Reis RJ Aperibé RJ Aperibé CNPJ Razão Social FUNDAÇÃO INSTITUTO DE DO ESTADO DO RIO DE

Leia mais

Abrangência. Niterói Petrópolis Teresópolis Nova Friburgo Armação dos Búzios Cabo Frio Arraial do Cabo Rio das Ostras Macaé Casimiro de Abreu

Abrangência. Niterói Petrópolis Teresópolis Nova Friburgo Armação dos Búzios Cabo Frio Arraial do Cabo Rio das Ostras Macaé Casimiro de Abreu Apresentação: Lançado pelo SEBRAE RJ, é um roteiro turístico composto por 10 municípios do Estado do Rio de Janeiro; 3 Regiões turísticas: Metropolitana, Serra Verde Imperial, Costa do Sol - integradas

Leia mais

Situação de estados e municípios em relação à meta nacional

Situação de estados e municípios em relação à meta nacional Construindo as Metas Situação de estados e municípios em relação à meta nacional Região: Sudeste; UF: Mesorregião: Município: Angra dos Reis; Aperibé; Araruama; Areal; Armação dos Búzios; Arraial do Cabo;

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Presidente DESEMBARGADOR LUIZ ZVEITER. Vice - Presidente DESEMBARGADORA LETICIA DE FARIA SARDAS

Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Presidente DESEMBARGADOR LUIZ ZVEITER. Vice - Presidente DESEMBARGADORA LETICIA DE FARIA SARDAS Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Presidente DESEMBARGADOR LUIZ ZVEITER Vice - Presidente DESEMBARGADORA LETICIA DE FARIA SARDAS Corregedor JUIZ ANTONIO AUGUSTO DE TOLEDO GASPAR Diretora -

Leia mais

Angra dos Reis Barra do Piraí Barra Mansa Engenheiro Paulo de Frontim Itatiaia Mendes Miguel Pereira Parati Paty dis Alferes

Angra dos Reis Barra do Piraí Barra Mansa Engenheiro Paulo de Frontim Itatiaia Mendes Miguel Pereira Parati Paty dis Alferes Jurisdição das cidades da 7ª Região. Delegacia Cidade/Bairro* Angra dos Reis Barra do Piraí Barra Mansa Engenheiro Paulo de Frontim Itatiaia Mendes Miguel Pereira Parati Paty dis Alferes Pinheiral Pirai

Leia mais

TABELA DAS PROMOTORIAS COM ATRIBUIÇÃO EM EDUCAÇÃO atualizada em jul/2015

TABELA DAS PROMOTORIAS COM ATRIBUIÇÃO EM EDUCAÇÃO atualizada em jul/2015 TABELA DAS PROMOTORIAS COM ATRIBUIÇÃO EM EDUCAÇÃO atualizada em jul/2015 s Centro Regional de Apoio Administrativo Institucional MUNICÍPIOS Promotorias de Justiça ÚNICAS, CÍVEIS e de Proteção à INFÂNCIA

Leia mais

O CONSELHO ESTADUAL DE RECURSOS HÍDRICOS, instituído pela Lei nº 3.239, de 02 de agosto de 1999,no uso de suas atribuições legais, considerando:

O CONSELHO ESTADUAL DE RECURSOS HÍDRICOS, instituído pela Lei nº 3.239, de 02 de agosto de 1999,no uso de suas atribuições legais, considerando: RESOLUÇÃO CERHI-RJ Nº 107 DE 22 DE MAIO DE 2013 APROVA NOVA DEFINIÇÃO DAS REGIÕES HIDROGRÁFICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E REVOGA A RESOLUÇÃO CERHI N 18 DE 08 DE NOVEMBRO DE 2006 O CONSELHO ESTADUAL

Leia mais

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 DISTRITO FEDERAL

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 DISTRITO FEDERAL BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 DISTRITO FEDERAL Apresentação Ao lançar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em janeiro de 2007, o Governo Federal assumiu o compromisso de fazer o Brasil crescer de

Leia mais

CONVENÇÕES COLETIVAS EMPREGADOS EM CONDOMÍNIOS. Sindicato Profissional Base Territorial PISO CCT PISO REGIONAL 1. Sind. Empreg. Edifícios Teresópolis

CONVENÇÕES COLETIVAS EMPREGADOS EM CONDOMÍNIOS. Sindicato Profissional Base Territorial PISO CCT PISO REGIONAL 1. Sind. Empreg. Edifícios Teresópolis CONVENÇÕES COLETIVAS EMPREGADOS EM CONDOMÍNIOS Sindicato Profissional Base Territorial PISO CCT PISO REGIONAL 1. Sind. Empreg. Edifícios Teresópolis Teresópolis a) R$ 500,00 (quinhentos reais): Porteiro,

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO SOMANDO FORÇAS Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO Localização: Região Sudeste 57% do PIB Nacional Área: 43.696

Leia mais

Governador. Vice Governador. Secretário de Estado de Obras. Presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos

Governador. Vice Governador. Secretário de Estado de Obras. Presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos Governador Sergio Cabral Vice Governador Luiz Fernando de Souza Pezão Secretário de Estado de Obras Hudson Braga Presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos Wagner Granja Victer ABRIL / 2013 PROGRAMAS

Leia mais

Sindicato das Misericórdias e Entidades Filantrópicas e Beneficentes do Estado do Rio de Janeiro.

Sindicato das Misericórdias e Entidades Filantrópicas e Beneficentes do Estado do Rio de Janeiro. Circular 16/2015 Rio de Janeiro, 16 de abril de 2015. Ref: Orientações para o Recolhimento da Contribuição Sindical Ilmo Provedor / Presidente / Diretor A contribuição sindical está prevista nos artigos

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO GABINETE DO CONSELHEIRO JOSÉ GOMES GRACIOSA

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO GABINETE DO CONSELHEIRO JOSÉ GOMES GRACIOSA RUBRICA: FLS.: 657 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO GABINETE DO CONSELHEIRO JOSÉ GOMES GRACIOSA VOTO GC-2 1593/2014 PROCESSO: TCE-RJ N o 238.182-1/13 ORIGEM: COORDENADORIA DE AUDITORIA E

Leia mais

Ministério Público do Rio de Janeiro Av. Marechal Câmara, 370 Centro CEP 20020-080 (em frente ao Protocolo)

Ministério Público do Rio de Janeiro Av. Marechal Câmara, 370 Centro CEP 20020-080 (em frente ao Protocolo) Pontos de coleta Rio de Janeiro Clube Naval Av. Rio Branco, 180 Centro Rio de Janeiro Primeira Igreja Batista do Recreio Rua Helena Manela, 101, Recreio, Rio de Janeiro Superintendência Regional da Receita

Leia mais

balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades

balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades Metrô de Salvador Linha 1 Trecho Lapa - Acesso Norte Salvador BA apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) completa

Leia mais

II O Concurso destina-se ao preenchimento de 200 vagas, bem como daquelas que surgirem no decorrer do prazo de validade do Concurso.

II O Concurso destina-se ao preenchimento de 200 vagas, bem como daquelas que surgirem no decorrer do prazo de validade do Concurso. DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO COORDENAÇÃO GERAL DO ESTÁGIO FORENSE XXXIX CONCURSO PARA ADMISSÃO AO ESTÁGIO FORENSE DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EDITAL *A Coordenadora

Leia mais

CONSELHOS TUTELARES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CONSELHOS TUTELARES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONSELHOS TUTELARES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEMAIS MUNICÍPIOS CT 2 MUNICÍPIO ENDEREÇO TELEFONE CEP ANGRA DOS REIS RUA QUARESMA JÚNIOR, 38 / 202 (22) 9836-0136 / 9830-0136 FAX: (22) 2664-1513 23.900-000

Leia mais

ATO DO PRESIDENTE PORTARIA DETRO/PRES. Nº 1231, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015.

ATO DO PRESIDENTE PORTARIA DETRO/PRES. Nº 1231, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015. Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Transportes Departamento de Transportes Rodoviários ATO DO PRESIDENTE PORTARIA DETRO/PRES. Nº 1231, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015. REAJUSTA AS TARIFAS

Leia mais

Novas estimativas do IBGE para a população do Rio de Janeiro

Novas estimativas do IBGE para a população do Rio de Janeiro ISSN 1984-7203 C O L E Ç Ã O E S T U D O S C A R I O C A S Novas estimativas do IBGE para a população do Rio de Janeiro Nº 20080101 Janeiro - 2008 Fernando Cavallieri, Fabrício Leal de Oliveira - IPP/Prefeitura

Leia mais

Planejando o futuro com sustentabilidade

Planejando o futuro com sustentabilidade Planejando o futuro com sustentabilidade Programas em andamento Construção de unidades habitacionais (Minha Casa, Minha Vida; Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS) e recursos próprios).

Leia mais

1/14. Polícia Civil Principais Ocorrências Vítimas Estado RJ por DPs 2010 Números Absolutos

1/14. Polícia Civil Principais Ocorrências Vítimas Estado RJ por DPs 2010 Números Absolutos 1/14 1a. DP 4a. DP 5a. DP 6a. DP 7a. DP 9a. DP 10a. DP 12a. DP 13a. DP Totais Praça Mauá Praça da República Mem de Sá Cidade Nova Santa Teresa Catete Botafogo Copacabana Ipanema Homicídio doloso (total)

Leia mais

ATENÇÃO. Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental

ATENÇÃO. Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental ATENÇÃO Apresentação do Seminário A Lei da Política Nacional do Saneamento Básico (lei 11.445/07) e o Inquérito Civil Público Estadual 04/04/PGJ/MPSC, realizado nos dias 30 e 31 de outubro de 2008. Arquivos

Leia mais

Resolução Normativa RN 259

Resolução Normativa RN 259 Resolução Normativa RN 259 (Publicada em 17/06/11, alterada pela RN 268 de 20/10/11 e complementada pela IN/DIPRO nº n 37 de 07/12/11) Gerência de Regulação 27 de janeiro de 2012 Apresentação da Norma

Leia mais

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Rio de Janeiro - 2010 Lista de Abreviaturas e Siglas FOB Significa livre a bordo (free on board) o vendedor encerra suas obrigações quando a mercadoria

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TCE/RJ ESCOLA DE CONTAS E GESTÃO - ECG EDITAL N O 02/2014

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TCE/RJ ESCOLA DE CONTAS E GESTÃO - ECG EDITAL N O 02/2014 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TCE/RJ ESCOLA DE CONTAS E GESTÃO - ECG EDITAL N O 02/2014 Fixa as normas do Processo Seletivo para ingresso na 3ª Turma do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu

Leia mais

CENTROS DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS

CENTROS DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS CENTROS DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - MUNICÍPIOS NOMES ENDEREÇOS TELEFONES EMAILS Angra dos Reis Aperibé Araruama Areal Armação de Búzios Arraial do Cabo Barra do Piraí Barra Mansa

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Maranhão

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Maranhão 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Maranhão Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar

Leia mais

Vetor UF Nome Localização / Descrição Tipo de Intervenção PAC? Status Extensão

Vetor UF Nome Localização / Descrição Tipo de Intervenção PAC? Status Extensão Angra dos Reis/ Angra dos Reis/ Ampliação/Melhorias Não Planejado 30.000 N.A. Pós 2015 Angra dos Reis: ampliação do Pátio de Aeronaves, Terminal de Passageiros e Ampliação de Pista. Área do Terminal: 450m2.

Leia mais

1159 18 OFICIO DE NOTAS - SUCURSAL - BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO 1096 18 OFICIO DE NOTAS - SUCURSAL ILHA GOVERNADOR RIO DE JANEIRO 1097 22 OFICIO

1159 18 OFICIO DE NOTAS - SUCURSAL - BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO 1096 18 OFICIO DE NOTAS - SUCURSAL ILHA GOVERNADOR RIO DE JANEIRO 1097 22 OFICIO Código Serventia Nome da Serventia Município 1214 RCPN 02 DISTRITO CASIMIRO DE ABREU (BARRA S. JO 1216 02 OFICIO DE JUSTICA CASIMIRO DE ABREU 1217 RCPN 01 DISTRITO CASIMIRO DE ABREU 1221 OFICIO UNICO CONCEICAO

Leia mais

Recuperação, Alargamento e Ampliação

Recuperação, Alargamento e Ampliação Recuperação, Alargamento e Ampliação do Cais do Porto de Vitória ES Evolução do Monitoramento Evolução do Monitoramento Nos últimos dois anos o PAC 2 concluiu empreendimentos no valor de R$ 328,2 bilhões,

Leia mais

PROGRAMAS DE OBRAS DA CEDAE

PROGRAMAS DE OBRAS DA CEDAE PROGRAMAS DE OBRAS DA CEDAE SALDO DOS INVESTIMENTOS INVEST IMENT OS EM SANEAMENT O COM RECURSOS DOS GOVERNOS EST ADUAL E FEDERAL (EM MILHÕES DE R$) SALDO EM 2013 REGIÃO METROPOLITANA 1.961,97 REGIÃO BAIXADA

Leia mais

INTERNADOS INVOLUNTARIAMENTE

INTERNADOS INVOLUNTARIAMENTE 2012 RELATÓRIO do MÓDULO DE SAÚDE MENTAL - 2012 O Módulo de Saúde Mental - MSM é um sistema informatizado desenvolvido para o envio das notificações de internações psiquiátricas involuntárias, bem como

Leia mais

O estado do Rio de Janeiro no Censo 2010

O estado do Rio de Janeiro no Censo 2010 O estado do Rio de Janeiro no Censo 2010 Documento preliminar Coordenação: Luiz Cesar Ribeiro Responsável: Érica Tavares da Silva Colaboração: Juciano Rodrigues e Arthur Molina 1 P á g i n a Introdução

Leia mais

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 RIO DE JANEIRO

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 RIO DE JANEIRO BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 RIO DE JANEIRO Apresentação Ao lançar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em janeiro de 2007, o Governo Federal assumiu o compromisso de fazer o Brasil crescer de forma

Leia mais

CRAAI RIO DE JANEIRO Travessa do Ouvidor nº 38-6º andar, Centro Tel.: 2550-9000

CRAAI RIO DE JANEIRO Travessa do Ouvidor nº 38-6º andar, Centro Tel.: 2550-9000 CRAAI RIO DE JANEIRO Travessa do Ouvidor nº 38-6º andar, Centro Tel.: 2550-9000 Comarcas: Promotorias de Justiça da Infância e Juventude da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso e Promotorias de Justiça

Leia mais

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 1 2 8 1» Centro de Artes e Esportes Unificados Rio Branco AC 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 Recanto das Emas DF 3» Creche Ipê Rosa Samambaia DF 4» Quadra escolar Maria Nascimento

Leia mais

Coordenadoria Regional Metropolitana I E/CR19.R. Coordenadoria Regional Metropolitana II E/CR23.R. Coordenadoria Regional Metropolitana III E/CR26.

Coordenadoria Regional Metropolitana I E/CR19.R. Coordenadoria Regional Metropolitana II E/CR23.R. Coordenadoria Regional Metropolitana III E/CR26. Coordenadoria Regional Metropolitana I E/CR19.R Endereço: Rua: Profª Venina Correa Torres, nº 41 Bairro: Centro Município: Nova Iguaçu CEP: 26.220-100 Abrangência: Nova Iguaçu, Japeri, Mesquita, Nilópolis,

Leia mais

Conjunto Habitacional de Heliópolis SP

Conjunto Habitacional de Heliópolis SP Conjunto Habitacional de Heliópolis SP Eixo Minha Casa, Minha Vida PAC Minha Casa, Minha Vida Os recursos do eixo Minha Casa, Minha Vida (MCMV) do PAC 2 têm o claro objetivo de assegurar moradia para os

Leia mais

Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos

Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos Programa de Investimentos em Logística: Rodovias, Ferrovias e Portos Logística e Desenvolvimento Econômico Imperativos para o desenvolvimento acelerado e sustentável: Ampla e moderna rede de infraestrutura

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Sergipe

2º Balanço. Julho - Setembro 2011. Sergipe 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Sergipe Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar

Leia mais

Metrô Estação Ipanema RJ

Metrô Estação Ipanema RJ rio de janeiro Metrô Estação Ipanema RJ Apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) completou três anos de atividades em janeiro passado. Nesse período, nos habituamos a avaliar periodicamente

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO SOMANDO FORÇAS Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO Localização: Região Sudeste 57% do PIB Nacional Área: 43.696

Leia mais

26.03.10 29.03.10 018216

26.03.10 29.03.10 018216 CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ C129 Caderno de turismo do Estado do Rio de Janeiro : passaporte para o desenvolvimento do Estado / [João Carlos Gomes, organização].

Leia mais

Urbanização de assentamentos precários Vila do MAr - fortaleza CE

Urbanização de assentamentos precários Vila do MAr - fortaleza CE Urbanização de assentamentos precários Vila do MAr - fortaleza CE 2009 2010 2011 Eixo minha casa, minha vida PAC Minha Casa, Minha Vida O Eixo Minha Casa, Minha Vida do PAC 2 vem assegurando acesso à moradia

Leia mais

Municípios em Dados. SUBSECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO Cláudia Uchôa Cavalcanti

Municípios em Dados. SUBSECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO Cláudia Uchôa Cavalcanti Municípios em Dados SUBSECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO Cláudia Uchôa Cavalcanti Equipe da Dimensão Territorial do Planejamento: Haidine da Silva Barros Duarte Francisco Filomeno Abreu Neto Paulo Cesar Figueredo

Leia mais

1º BALANÇO DO PAC 2015 RESULTADOS ATÉ JUNHO DE 2015

1º BALANÇO DO PAC 2015 RESULTADOS ATÉ JUNHO DE 2015 1º BALANÇO DO PAC 2015 RESULTADOS ATÉ JUNHO DE 2015 1. RESULTADOS GERAIS No novo ciclo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), entre 2015 e 2018, serão investidos de R$ 1,05 trilhão. Nesse período,

Leia mais

CRECHE, EQUIPAMENTO DE SAÚDE E CENTRO COMERCIAL

CRECHE, EQUIPAMENTO DE SAÚDE E CENTRO COMERCIAL CRECHE, EQUIPAMENTO DE SAÚDE E CENTRO COMERCIAL CENTRO INTEGRADO DE ATENÇÃO À SAÚDE E UPA CENTRO DE REFERÊNCIA E EQUIPAMENTO DE ESPORTE COMPLEXO DO ALEMÃO RJ Infraestrutura Habitação Mobilidade Equipamentos

Leia mais

LEI Nº 4.914, DE 08 DE DEZEMBRO DE 2006. CAPÍTULO XIV

LEI Nº 4.914, DE 08 DE DEZEMBRO DE 2006. CAPÍTULO XIV LEI Nº 4.914, DE 08 DE DEZEMBRO DE 2006. 1 CAPÍTULO XIV Dos Juízes de Direito nas Comarcas de Angra dos Reis, Araruama, Armação dos Búzios, Barra do Piraí, Belford Roxo, Bom Jesus do Itabapoana, Cabo Frio,

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

Seção Nº Linha/Seção Cat Tipo. Tarifa (R$)

Seção Nº Linha/Seção Cat Tipo. Tarifa (R$) Seção Nº Linha/Seção Cat Tipo Tarifa (R$) RJ 101 AUTO ÔNIBUS FAGUNDES LTDA. 0 430 M Niterói - São José SA O 3,60 0 431 M Niterói - Monjolos SA C 3,60 0 701 M Alcântara - Itaboraí (via Bernardino) SA O

Leia mais

CUSTEIO 339093. Total: 12.860,57. Total: 6.513,13. Total: 8.272,46. Total: 10.317,23 33909302 RESTITUIÇÕES

CUSTEIO 339093. Total: 12.860,57. Total: 6.513,13. Total: 8.272,46. Total: 10.317,23 33909302 RESTITUIÇÕES CREDORES - R.P. e Realizadas - /INVESTIMENTO - Página: Page 1 of 16 02 RESTITUIÇÕES 2º DISTRITO DA COMARCA DE CAMPOS DOS GOYTACAZES CNPJ/CPF: 23064378000154 2º RCPN DA COMARCA DA CAPITAL CNPJ/CPF: 23407222000129

Leia mais

piauí 7º Balanço janeiro a abril de 2009

piauí 7º Balanço janeiro a abril de 2009 piauí 7º Balanço janeiro a abril de 2009 Pavimentação - BR-135 Barragem e Adutora Marruá Construção de Unidades Habitacionais Teresina Apresentação Você tem em mãos mais uma edição dos cadernos estaduais

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO * RESOLUÇÃO N o 746/10 TRE/RJ O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, e CONSIDERANDO que compete, privativamente, aos Tribunais Regionais, nos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO POR MEIO DO SiSU NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 O Reitor da Universidade

Leia mais

Disciplina: GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Professora: Viviane Japiassú Viana GERENCIAMENTO PARTE 4. Disposição final de resíduos sólidos

Disciplina: GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Professora: Viviane Japiassú Viana GERENCIAMENTO PARTE 4. Disposição final de resíduos sólidos GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOSS PARTE 4 Disposição final de resíduos sólidos Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Disposição final De acordo com a Resolução CONAMA 358/05, disposição final de

Leia mais

152 capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA. Residencial Marlene Moreira Pierre - Palhoça SC

152 capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA. Residencial Marlene Moreira Pierre - Palhoça SC 152 capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA Residencial Marlene Moreira Pierre - Palhoça SC capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA capítulo 8 EIXO MINHA CASA, MINHA VIDA 153 Eixo Minha Casa, Minha Vida

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP UBS Elpidio Moreira Souza AC Quadra da Escola Municipal Érico de Souza, Águas Lindas GO UPA município de Ribeirão Pires SP UBS Clínica da Família,

Leia mais

OPORTUNIDADES DE PPPs E CONCESSÕES EM SANEAMENTO

OPORTUNIDADES DE PPPs E CONCESSÕES EM SANEAMENTO SEMINÁRIO INTERNACIONAL PARCERIAS PARA O DESENVOLVIMENTO - PPPs e CONCESSÕES OPORTUNIDADES DE PPPs E CONCESSÕES EM SANEAMENTO Rio de Janeiro, 16 de Abril de 2012 Johnny Ferreira dos Santos Diretor de Água

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011

TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011 SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COINT - Coordenação-Geral de Análise e Informações das Transferências Financeiras Intergovernamentais TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011

Leia mais

Plataforma PMX-L Campo de Mexilhão RJ

Plataforma PMX-L Campo de Mexilhão RJ RIO DE JANEIRO ANOS Plataforma PMX-L Campo de Mexilhão RJ Apresentação A parceria do Governo Federal com os Estados e os Municípios brasileiros, um dos pilares do Programa de Aceleração do Crescimento

Leia mais

CENTRO DE INTERNET COMUNITÁTRIA - CICS

CENTRO DE INTERNET COMUNITÁTRIA - CICS Araruama Rua Dr. Bernardo Vasconcelo, nº 425 - Centro CENTRO DE INTERNET COMUNITÁTRIA - CICS RELAÇÃO DOS ENDEREÇOS DOS CICS - MUNICÍPIOS Arraial do Cabo Rua Duque de Caxias, n 37 Praia dos Anjos Centro

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE - INEA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE - INEA GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE - INEA RESOLUÇÃO INEA Nº 15 DE 23 DE SETEMBRO DE 2010 ESTABELECE OS PROCEDIMENTOS A SEREM ADOTADOS

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO SEMINÁRIO DO PAC II. Paraná. Ministro Paulo Bernardo. Curitiba 16/04/2010

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO SEMINÁRIO DO PAC II. Paraná. Ministro Paulo Bernardo. Curitiba 16/04/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO SEMINÁRIO DO PAC II Paraná Ministro Paulo Bernardo Curitiba 16/04/2010 Programa Minha Casa, Minha Vida Balanço de 1 ano 408.674 unidades contratadas R$ 22,8 bilhões Faixa SM

Leia mais

DIRETORIA GERAL DE LOGÍSTICA DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA OPERACIONAL DIVISÃO DE MOVIMENTAÇÃO DE EXPEDIENTES

DIRETORIA GERAL DE LOGÍSTICA DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA OPERACIONAL DIVISÃO DE MOVIMENTAÇÃO DE EXPEDIENTES DIRETORIA GERAL DE LOGÍSTICA DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA OPERACIONAL DIVISÃO DE MOVIMENTAÇÃO DE EXPEDIENTES MANUAL PARA POSTAGEM DE CORRESPONDÊNCIA DATA DE VIGÊNCIA 01/10/2013 SUMÁRIO 1 CONSIDERAÇÕES

Leia mais

Água para Irrigação CE

Água para Irrigação CE ceará Água para Irrigação CE Apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) completou três anos de atividades em janeiro passado. Nesse período, nos habituamos a avaliar periodicamente a situação

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013

MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013 MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013 Divulga resultado do processo de seleção do PAC 2 Mobilidade Médias Cidades, no âmbito do Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade

Leia mais

Livro Adicional Eletrônico XML

Livro Adicional Eletrônico XML PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA Diretoria Geral de Fiscalização e Apoio às Serventias Extrajudiciais Divisão de Monitoramento Extrajudicial Livro Adicional Eletrônico

Leia mais

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento ÓRGÃO: 56000 - Ministério das Cidades UNIDADE: 56101 - Ministério das Cidades ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTAÇÃO) Crédito Suplementar Recurso de Todas as Fontes R$ 1,00 FUNCIONAL PROGRAMÁTICA

Leia mais

SES/ SAS/ SAECA 4ª reunião ordinária da da CIB CIB

SES/ SAS/ SAECA 4ª reunião ordinária da da CIB CIB SES/ SAS/ SAECA 4ª reunião ordinária da CIB CREDENCIAMENTOS Processo - E-08/05034/2012 - Credenciamento da Unidade de Saúde CAPS-IMBARIÊ, CNES nº 7032862, localizado no Município de Duque de Caxias RJ

Leia mais

Competitividade da Plataforma Logística do Rio de Janeiro. Desafios e as Oportunidades a partir do PELC

Competitividade da Plataforma Logística do Rio de Janeiro. Desafios e as Oportunidades a partir do PELC Competitividade da Plataforma Logística do Rio de Janeiro SECRETARIA DE TRANSPORTES SECRETARIA DE TRANSPORTES Desafios e as Oportunidades a partir do PELC SECRETARIA DE TRANSPORTES JULHO / 2015 SECRETARIA

Leia mais

CONSELHO DIRETOR ATO DO CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO INEA Nº 120 DE 17 DE JUNHO DE 2015.

CONSELHO DIRETOR ATO DO CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO INEA Nº 120 DE 17 DE JUNHO DE 2015. Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado do Ambiente SEA Instituto Estadual do Ambiente INEA CONSELHO DIRETOR ATO DO CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO INEA Nº 120 DE 17 DE JUNHO DE 2015. PRORROGA

Leia mais

MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES

MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES Objetivo Fomentar ações estruturantes para o sistema de transporte coletivo urbano por meio de qualificação e ampliação da infraestrutura de mobilidade urbana Quem pode pleitear?

Leia mais

LOA 2005 - Execução da Despesa por Programação

LOA 2005 - Execução da Despesa por Programação Programa (Cod/Desc) 0167 - BRASIL PATRIMONIO CULTURAL 57.079.946 56.642.000 19.655.552 11.516.542 11.047.703 0168 - LIVRO ABERTO 43.796.768 43.975.268 10.490.693 7.865.651 7.859.431 0169 - CINEMA, SOM

Leia mais

Determinação de Mercados Relevantes no Setor de Saúde Suplementar. 25 de junho de 2008

Determinação de Mercados Relevantes no Setor de Saúde Suplementar. 25 de junho de 2008 Determinação de Mercados Relevantes no Setor de Saúde Suplementar 25 de junho de 2008 Estrutura da Apresentação I Objetivo do Trabalho; II Metodologia; e III Estudos de Caso. I Objetivo do Trabalho O objetivo

Leia mais

Sumário. Tabelas. Tabela 1 - Empreendimentos inseridos no sistema de cobrança da Região Hidrográfica III -2011...14

Sumário. Tabelas. Tabela 1 - Empreendimentos inseridos no sistema de cobrança da Região Hidrográfica III -2011...14 Sumário Caracterização da Região Hidrográfica...4 1 O Comitê...5 1.1 Atuação do Comitê...5 1.2 Composição...6 1.3 Resoluções...6 1.4 Moções...7 1.5 Realizações do Comitê...8 2 Agência de Bacia...11 2.1

Leia mais

PROJETOS DE INFRAESTRUTURA EM 6 EIXOS

PROJETOS DE INFRAESTRUTURA EM 6 EIXOS PROJETOS DE INFRAESTRUTURA EM 6 EIXOS PAC Cidade Melhor Enfrentar os principais desafios das grandes aglomerações urbanas, propiciando melhor qualidade de vida PAC Comunidade Cidadã Presença do Estado

Leia mais

PERFIL DA DEMANDA DOMÉSTICA NO RIO DE JANEIRO SEMANA SANTA 2008

PERFIL DA DEMANDA DOMÉSTICA NO RIO DE JANEIRO SEMANA SANTA 2008 PERFIL DA DEMANDA DOMÉSTICA NO RIO DE JANEIRO SEMANA SANTA 2008 FAIXA ETÁRIA Acima de 66 4% Entre 46 a 65 anos 24% 18 a 27 anos 36% 28 a 45 anos 36% SEXO Feminino 50% Masculino 50% Separado 5% Solteiro

Leia mais

Situação da Dengue no Estado do Rio de Janeiro

Situação da Dengue no Estado do Rio de Janeiro Boletim Semanal Semana 47 de 2016 O Estado Regionais de Saúde: Litoral Sul Noroeste Baixada Litorânea Médio Paraíba Metropolitana I Serrana Norte Centro Sul Metropolitana II : Tabela de Situação da Dengue

Leia mais

Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira

Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira Objetivo Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira Fim das barreiras à entrada Estímulo à expansão dos investimentos do setor privado Modernização da infraestrutura e da gestão

Leia mais

Objetivos. 1. Fazer o diagnóstico das condições de saúde bucal da população brasileira em 2010. 2. Traçar comparativo com a pesquisa SB Brasil 2003

Objetivos. 1. Fazer o diagnóstico das condições de saúde bucal da população brasileira em 2010. 2. Traçar comparativo com a pesquisa SB Brasil 2003 Objetivos 1. Fazer o diagnóstico das condições de saúde bucal da população brasileira em 2010 2. Traçar comparativo com a pesquisa SB Brasil 2003 3. Avaliar o impacto do Programa Brasil Sorridente 4. Planejar

Leia mais

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Agricultura Familiar no Mundo São 500 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS BREVE HISTÓRICO SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS O SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS (SGP) É UM CONJUNTO

Leia mais

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 Redefine os limites financeiros destinados ao custeio da Nefrologia (TRS), dos Estados, Distrito Federal e Municípios. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas do Pa CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indicador Nº 2/215 Técnicos Responsáv

Leia mais

Situação da Dengue no Estado do Rio de Janeiro

Situação da Dengue no Estado do Rio de Janeiro Boletim Semanal Semana 20 de 2017 O Estado Regionais de Saúde: Litoral Sul Noroeste Baixada Litorânea Médio Paraíba Metropolitana I Serrana Norte Centro Sul Metropolitana II : Tabela de Situação da Dengue

Leia mais

Situação da Dengue no Estado do Rio de Janeiro

Situação da Dengue no Estado do Rio de Janeiro Boletim Semanal Semana 7 de 2017 O Estado Regionais de Saúde: Litoral Sul Noroeste Baixada Litorânea Médio Paraíba Metropolitana I Serrana Norte Centro Sul Metropolitana II : Tabela de Situação da Dengue

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL

O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL 08 de Novembro de 2012 O que é o Brasil Rural? O Brasil Rural Diversidade: raças, origens étnicas, povos, religiões, culturas Conflitos: concentração de terra, trabalho

Leia mais

Deputado André Ceciliano

Deputado André Ceciliano Deputado André Ceciliano EMENDA N 114 Nova Ação: AMPLIAÇÃO E MELHORIA DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM BELFORD ROXO EMENDA N 115 Nova Ação: AMPLIAÇÃO E MELHORIA DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO

Leia mais

II - INFRA-ESTRUTURA PARA O DESENVOLVIMENTO

II - INFRA-ESTRUTURA PARA O DESENVOLVIMENTO II - INFRA-ESTRUTURA PARA O DESENVOLVIMENTO aceleração do desenvolvimento sustentável no Brasil. Dessa forma, o país poderá superar os gargalos da economia e estimular o aumento da produtividade e a diminuição

Leia mais

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão 1 São Bernardo do Campo -SP 0,8200 Ótimo Ótimo Ótimo 2 Campo Grande -MS 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 3 Santo André -SP 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 4 Osasco -SP 0,7460 Ótimo Ótimo Ótimo 5 Natal -RN 0,7390 Ótimo

Leia mais

Apresentação. Comitê Gestor do PAC

Apresentação. Comitê Gestor do PAC AMAZONAS Apresentação Esta publicação apresenta informações regionalizadas do 4º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), referente a abril de 2008. Traz, também, dados sobre outros importantes

Leia mais

Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA.

Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA. Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA Brasília 2005 O Licenciamento Ambiental nasceu de uma exigência social, fruto de uma

Leia mais

Dia da Consciência Negra - feriados municipais

Dia da Consciência Negra - feriados municipais Nº UF Município 1 AL UNIAO DOS PALMARES 2 AM MANAUS 3 GO FLORES DE GOIAS 4 MG ITAPECERICA 5 MT ACORIZAL 6 MT AGUA BOA 7 MT ALTA FLORESTA 8 MT ALTO ARAGUAIA 9 MT ALTO DA BOA VISTA 10 MT ALTO GARCAS 11 MT

Leia mais

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS

BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS BALANÇO 4 ANOS 2007-2010 ALAGOAS Apresentação Ao lançar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em janeiro de 2007, o Governo Federal assumiu o compromisso de fazer o Brasil crescer de forma acelerada

Leia mais