Leonardo Ulrich Steiner Bispo Auxiliar de Brasília

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Leonardo Ulrich Steiner Bispo Auxiliar de Brasília"

Transcrição

1 ANUNCIAR TRANSBORDANDO DE GRATIDÃO E ALEGRIA Ide,... ensinai-lhes a observar tudo o que vos tenho ordenado. (Mt 28,19-20). MÉXICO, 19 11/ A Igreja existe para evangelizar proclamava o Papa Bento XVI na homilia da abertura do Sínodo sobre a Nova Evangelização (Bento XVI, Homilia na Missa de abertura do XIII Sínodo, 2012). A missão da Igreja, do Povo de Deus, é o mandamento que Jesus entregou a seus discípulos: Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-lhes a observar tudo o que vos tenho ordenado. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos (Mt 28,19-20). A razão de existir da Igreja é evangelizar; a sua existência é a evangelização. Como Igreja todo batizado tem como vocação evangelizar. 2. Aparecida veio acordar em nós a missão: somos discípulos missionários! Na graça extraordinária do encontro fomos revestidos do discipulado missionário, da missionariedade discipular. O ardor que o encontro suscita leva o discípulomissionário a responder à vocação recebida e comunicar em todas as partes, transbordando de gratidão e alegria, o dom do encontro com Jesus Cristo (DAp, 14). O ardor é que leva o discípulo/a missionário/a a ser instrumento do Espírito na Igreja. O ardor suscita o desejo de que Jesus Cristo seja encontrado, seguido, amado, adorado, anunciado e comunicado a todos, não obstante todas as dificuldades e resistências (DAp, 14). A missionariedade que trouxe novo ardor e novo vigor à Igreja é a alegria compartilhada com todos, com os de perto e os de longe (Bento XVI, Homilia na Missa de abertura do XIII Sínodo, 2012). A boa notícia era como uma água fresca para uma alma sedenta. Pois é verdade que Deus dá seu reino dos céus por um gole de água fresca a um bom coração (Mestre Eckhart, Sermões alemães, Sermão 87). A boa notícia, o Evangelho, Jesus Cristo Crucificado-ressuscitado é como água fontal, límpida e transparente. Nisso está a missão da Igreja: levar a boa notícia como água de fonte. É a água do poço que faz florir o deserto (XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, Mensagem, 14). 3. Como é importante lembrar o que nos disse o Papa Francisco: O discipulado missionário é vocação: chamado e convite. Acontece em um hoje, mas em tensão. Não existe o discipulado missionário estático. O discípulo missionário não pode possuir-se a si mesmo; a sua imanência está em tensão para a transcendência do discipulado e para a transcendência da missão. Não admite a auto-referencialidade: ou refere-se a Jesus Cristo ou refere-se às pessoas a quem deve levar o anúncio dele. Sujeito que se transcende. Sujeito projetado para o 1

2 encontro: o encontro com o Mestre (que nos unge discípulos) e o encontro com os homens que esperam o anúncio. (Papa Francisco, Encontro com os Dirigentes do CELAM, JMJ RIO, 28 de julho de 2013, 5,1). 4. A proximidade, a maternidade, o cuidado, o pastoreio indicam o modo da evangelização. Não bastam os meios de comunicação à nossa disposição; não bastam documentos! A transmissão da fé é sempre relação, é pessoal, pessoapessoa, é testemunhal. Ela possibilita o encontro entre pessoas que estabelece uma relação nova que cria novo céu e nova terra. Aparecida, ao insistir na missionariedade que nasce do encontro, indica o método de sair, ir ao encontro, pois esse é o modo do amor, o modo de Deus. A posição do discípulo missionário não é uma posição de centro, mas de periferias: vive em tensão para as periferias incluindo as da eternidade no encontro com Jesus Cristo. No anúncio evangélico, falar de periferias existenciais descentraliza e, habitualmente, temos medo de sair do centro. O discípulo-missionário é um descentrado: o centro é Jesus Cristo, que convoca e envia. O discípulo é enviado para as periferias existenciais (Papa Francisco, Encontro com os Dirigentes do CELAM, JMJ RIO, 28 de julho de 2013, 5,1). 5. A Igreja Católica no Brasil, acolhendo o apelo da Conferência de Aparecida, lançou na 46ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em 2008, o Projeto Nacional de Evangelização O Brasil na Missão Continental. Tinha como objetivo: abrir-se ao impulso do Espírito Santo e incentivar, nas comunidades e em cada batizado, o processo de conversão pessoal e pastoral ao estado permanente de missão para a vida plena. Para viabilizar a Missão Continental uma comissão especial, ligada ao Secretariado Geral, foi criada. A Comissão serve em sintonia com a Comissão Episcopal de Pastoral Missionária e a Comissão Especial para a Amazônia. 6. No período, entre 2008 e 2011, aconteceram iniciativas que contribuíram para avançar na dinamização da missão permanente: a realização de inúmeras semanas missionárias, retiros, encontros de formação missionária com o tema da Missão Continental em várias Dioceses; a contribuição valiosa das Santas Missões Populares, fortalecendo e alargando a consciência missionária em todo o Povo de Deus; a Campanha Um milhão de Bíblias juntamente com a tentativa de implantar a animação bíblica de toda pastoral ; a disseminação da capelinha missionária (também conhecida como tríptico) como símbolo da missão permanente nas famílias e comunidades, e o estímulo à oração missionária; vários subsídios traduzidos, elaborados pelas Comissões da CNBB, e publicados e divulgados pelas Edições CNBB; assessorias da Comissão às Dioceses e Regionais da CNBB; a realização de seminários abordando temáticas próprias da Missão Continental: Igreja, comunidade de comunidades: experiências e avanços (2008) e a Semana Brasileira da Missão Continental (2010). 2

3 7. Na avaliação dessa fase pode-se destacar: por um lado, o dinamismo missionário acontecido em diversas Igrejas Particulares no Brasil e a contribuição original brasileira com as Santas Missões Populares; e por outro, uma resposta tímida e insuficiente de outras Igrejas particulares ao apelo do Documento de Aparecida. A avaliação indicava um longo caminho a ser percorrido com a Missão Continental. 8. Na 49ª Assembleia Geral, em 2011, a nossa Conferência aprovou as novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, , (DGAE ) e os bispos confirmaram a Comissão especial para continuar levando a frente a proposta da Missão Continental. Assim, a Conferência Episcopal assumia o compromisso de dar continuidade à proposta de Aparecida. As Diretrizes inspiradas no Documento de Aparecida e na Carta pós sinodal Verbum Domini deram novo impulso e direção à Missão Continental. As Diretrizes indicam cinco urgências na evangelização: Igreja em estado permanente de missão, Igreja: casa da iniciação à vida cristã, Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral, Igreja: comunidade de comunidades, Igreja a serviço da vida plena para todos. Aparecida pede que toda atividade e organização da Igreja estejam imbuídos de um caráter missionário (DGAE , 35). O estudo das Diretrizes para a ação evangelizadora, a integração das Diretrizes nos Planos de Pastoral das Igrejas particulares fez crescer a experiência missionária em nosso país. Percebe-se uma crescente consciência das Igrejas particulares quanto à necessidade de uma renovação de suas estruturas de pastoral para que elas exprimam a natureza missionária de toda Igreja (AG, 2), abrindo-se à missão não apenas em seu território, mas também numa abertura para a cooperação missionária e a missão ad gentes (DGAE , 84). 9. Com as Diretrizes para a Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil a Comissão Episcopal para a Missão Continental tem dinamizado a ajuda às Igrejas particulares, sobretudo às coordenações Diocesanas de Pastoral. Podemos destacar o incentivo à missão popular, à pastoral da visitação, ao planejamento pastoral. Uma atenção especial vem sendo dada à realidade urbana, à pastoral ambiental, e principalmente o tema da paróquia missionária. A preocupação de como dinamizar a prática pastoral em nível local, de forma a impulsionar a missão permanente, está expressa nas próprias perspectivas de ação das Diretrizes Gerais (DGAE, 78). De forma concreta aponta para a necessidade de um conhecimento da realidade dos grupos a serem evangelizados de forma prioritária, principalmente os mais afastados, de se fazer presente nos seus ambientes, por meio do dinamismo das missões populares e de uma pastoral da visitação organizada, sistemática e orgânica. O que se acentua é que todas as organizações e estruturas, com leigos e agentes de pastoral, possam expressar a vocação missionária e se coloquem em missão. 3

4 10. Nesse sentido a nossa Conferência vem refletindo e discutindo a vida da paróquia. Comunidade de comunidades: uma nova paróquia busca rediscutir e aprofundar a vida concreta de nossas comunidades para que possam realizar a sua vocação primeira que é anunciar o Reino de Deus realizado em Jesus Cristo Crucificado-ressuscitado. Iniciamos também um itinerário de discussão e reflexão sobre o leigo na Igreja. Toda pessoa batizada recebeu o dom de viver, anunciar e testemunhar o Enviado do Pai. A Missão Continental provoca e pede a conversão: todos são Igreja e tem como vocação a evangelização e as estruturas são úteis enquanto servem à evangelização. Para isso, refletir a Igreja como Comunidade e a participação do leigo na Igreja são fundamentais para a nossa Missão Continental. 11. A Comissão dinamiza, especialmente, o projeto: missão popular e missão permanente. Ele visa subsidiar os Regionais da Conferência, e na medida do possível, também as Igrejas particulares, sobre temas ligados à missão permanente. Com o apoio da Comissão Episcopal para a Ação Missionária, o serviço de assessoria tem se desdobrado, entre 2011 e 2013, no trabalho de formação em várias Igrejas em várias regiões de nosso país. Destaca-se a implantação de um trabalho de formação sobre a missão permanente junto aos coordenadores diocesanos de pastoral. No Centro Cultural Missionário (CCM) da CNBB realizaram-se dois encontros de formação em 2013, com o tema Missão Permanente e Igreja Local. Esses dois encontros atingiram as coordenações diocesanas de pastoral. Houve um aprofundamento do serviço do coordenador de pastoral na articulação da missão em nível local, focalizando o papel do planejamento diocesano como instrumento para a conversão pastoral das estruturas eclesiais das paróquias e dioceses. Apesar do número relativamente reduzido de participantes, frente à imensidão do país e as enormes diversidades regionais, pode ser considerado um avanço, pois foi possível constatar a grande demanda por formação missionária nas Igrejas particulares. Um segundo projeto, em consonância com o primeiro, coloca como prioridade a realização dos Encontros Nacionais da Missão Continental. Após a bem sucedida realização da Semana Brasileira da Missão Continental, em 2010, todos os anos a Comissão passou a organizar no Centro Cultural Missionário um Encontro Nacional. Seu objetivo é ser formativo, mas também de articulação e partilha, em nível da Conferência, das iniciativas da Missão Continental, visando sua animação e consolidação, em conformidade com as DGAE e o documento de Aparecida. Nesses três anos de realização, os temas tratados foram: "A Missão Profética da Igreja no Brasil a partir das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE) da Igreja no Brasil " (novembro 2011); Paróquia missionária: Por uma paróquia em estado permanente de missão: reestruturação e dinamização dos serviços paróquias, a continuidade da missão popular e a sua vocação para a missão além-fronteiras 4

5 (novembro, 2012); Nova Evangelização e missão na cidade (outubro, 2013). Contando com participantes representando Regionais e Dioceses de todo o Brasil envolveu membros de Comissões Missionárias Regionais e Coordenadores de Pastoral. A riqueza do conteúdo e da participação nesses encontros tem permitido aprofundar e amadurecer a proposta da Missão Continental na caminhada da Igreja no Brasil, e na América Latina. 12. A Missão Continental tem despertado nossas Igrejas particulares para a missão. Esse despertar onde os leigos sempre mais assumem a vida recebida no batismo de serem discípulos missionários. Há necessidade de perseverar no caminho. A exigência da Missão Continental lembrava Papa Francisco está projetado em duas dimensões: programática e paradigmática. A missão programática, como o próprio nome indica, consiste na realização de atos de índole missionária. A missão paradigmática, por sua vez, implica colocar em chave missionária a atividade habitual das Igrejas Particulares. Em consequência disso, evidentemente, verifica-se toda uma dinâmica de reforma das estruturas eclesiais. A mudança de estruturas (...) é consequência da dinâmica da missão. (Papa Francisco, aos Bispos do CELAM, Rio de Janeiro, 28 de julho de 2013, nº 3). Deixar-se guiar pela missão da Igreja que é evangelizar é urgente no tempo que vivemos: toda a vida das nossas Igrejas Particulares ser dinamizada pela missão. 13. A Missão Continental tem nos ajudado ser uma Igreja voltada para a missão e não autorreferencial. Como nos diz o Papa Francisco: A Igreja é instituição, mas, quando se erige em centro se funcionaliza e, pouco a pouco, se transforma em uma ONG. Então, a Igreja pretende ter luz própria e deixa de ser aquele mysterium lunae de que nos falavam os Santos Padres. Torna-se cada vez mais autorreferencial, e se enfraquece a sua necessidade de ser missionária. De Instituição se transforma em Obra. Deixa de ser Esposa para acabar sendo administradora; de Servidora se transforma em Controladora. Aparecida que uma Igreja Esposa, Mãe, Servidora mais facilitadora da fé que controladora da fé. (Papa Francisco, aos Bispos do CELAM, Rio de Janeiro, 28 de julho de 2013, nº 5,2). 14. Essa preciosa indicação do Santo Padre tem despertado alguns de nossos irmãos bispos para realizarem a Visita pastoral como uma visita missionária. Enquanto leigos, presbíteros, religiosas e religiosos fazem a visita às famílias, o bispo visita os mais necessitados como os doentes. 15. Termino lembrando que o Beato Papa João XXIII insistiu com bispos brasileiros para que preparassem seu primeiro plano pastoral. Assim, nasceu o Plano de Emergência que passou a ser o Plano de Evangelização e hoje são as Diretrizes Gerais para a Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil que constitui uma verdadeira tradição pastoral para a Igreja no Brasil (cf. Papa Francisco, aos Bispos do Brasil, Rio de Janeiro, 27 de julho de 2013, nº 2). As Diretrizes para 5

6 Evangelização buscam expressar a Missão Continental que ajuda no processo de amadurecimento da Igreja no seu caminhar para um estado permanente de missão em todo o Brasil. 16. Uma Igreja discípula missionária estará sempre a caminho, sempre na busca, em movimento para dar conhecimento da força escondida na fragilidade do amor, do bem, da verdade, da beleza (Papa Francisco, aos Bispos do Brasil, Rio de Janeiro, 27 de julho de 2013, nº 3) que é Jesus Cristo crucificado ressuscitado. N Ele nossa vida e esperança, com Ele nosso Caminho, a Ele toda a gloria para sempre. Leonardo Ulrich Steiner Secretário Geral da CNBB 6

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

Igreja "em saída" missionária

Igreja em saída missionária Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

Assembléia dos Bispos Regional Sul 1 junho/julho 2010 Aparecida, SP

Assembléia dos Bispos Regional Sul 1 junho/julho 2010 Aparecida, SP Assembléia dos Bispos Regional Sul 1 junho/julho 2010 Aparecida, SP A MISSÃO CONTINENTAL A V Conferência recordando o mandato de ir e fazer discípulos (Mt 28,20) deseja despertar a Igreja na América Latina

Leia mais

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva III CONGRESSO VOCACIONAL DO BRASIL Tema: Discípulos missionários a serviço das vocações Lema: Indaiatuba, Itaici, 03 a 07 de setembro de 2010 3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva Ângelo

Leia mais

3º Congresso Vocacional do Brasil

3º Congresso Vocacional do Brasil III CONGRESSO VOCACIONAL DO BRASIL Tema: Discípulos missionários a serviço das vocações Lema: Indaiatuba, Itaici, 03 a 07 de setembro de 2010 3º Congresso Vocacional do Brasil Dom Leonardo Ulrich Steiner

Leia mais

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO?

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO? INTRODUÇÃO Como continuidade ao Projeto das Semanas Missionárias, Deus suscitou este novo projeto que envolverá não apenas ao movimento da Renovação Carismática Católica, mas a toda a Igreja Católica Apostólica

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

20ª Hora Santa Missionária

20ª Hora Santa Missionária 20ª Hora Santa Missionária Tema: Missão é Servir Lema: Quem quiser ser o primeiro seja servo de todos Preparação do ambiente: cartaz do Mês missionário, Bíblia e fitas nas cores dos continentes, cruz e

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS Apresentação A JUVENTUDE MERECE ATENÇÃO ESPECIAL A Igreja Católica no Brasil diz que é preciso: Evangelizar, a partir de Jesus Cristo,

Leia mais

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção?

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção? MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Espiritualidade e profecia são duas palavras inseparáveis. Só os que se deixam possuir pelo espírito de Deus são capazes de plantar sementes do amanhã e renovar a face da terra. Todo

Leia mais

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação 2 Barra do Choça, 11 de abril de 2015. 1. Contextualização O Projeto Nacional da Pastoral da Comunicação Pascom,

Leia mais

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa Celebrar os 50 anos da abertura do Concílio no Ano da Fé 1. Na Carta apostólica A Porta da Fé, assim se exprime

Leia mais

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA Estudo 104 CNBB ASPECTOS GERAIS DO DOCUMENTO PERSPECTIVAS PASTORAIS TEXTOS BASES DESAFIOS FUNÇÕES DA PARÓQUIA PERSPECTIVA TEOLÓGICA MÍSTICA DO DOCUMENTO PERSPECTIVA

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Conversão Pastoral e Missão continental O Departamento Mission e espiritualidade do Celam na busca

Leia mais

RIIAL. Rede Informática da Igreja na América Latina Santiago do Chile Abril 2013

RIIAL. Rede Informática da Igreja na América Latina Santiago do Chile Abril 2013 RIIAL Rede Informática da Igreja na América Latina Santiago do Chile Abril 2013 Organismos Promotores: Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais Conselho Episcopal Latinoamericano Introdução Capítulo

Leia mais

Diocese de Amparo - SP

Diocese de Amparo - SP Formação sobre o documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe Diocese de Amparo - SP INTRODUÇÃO De 13 a 31 de maio de 2007, celebrou-se em Aparecida, Brasil, a V Conferência Geral

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. Queridos Jovens,

1. APRESENTAÇÃO. Queridos Jovens, 1. APRESENTAÇÃO Queridos Jovens, Com grande prazer apresento este projeto 300 anos de bênçãos: com a Mãe Aparecida, Juventude em Missão!. Ele é um passo de aprofundamento de um caminho que vem sendo percorrido

Leia mais

CAMPANHA PARA A EVANGELIZAÇÃO - 2014

CAMPANHA PARA A EVANGELIZAÇÃO - 2014 CAMPANHA PARA A EVANGELIZAÇÃO - 2014 Texto referencial INTRODUÇÃO 1 A Igreja no Brasil realiza a Campanha para a Evangelização deste ano de 2014 com o lema Cristo é nossa paz (cf. Ef 2,14). O tempo do

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019 DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019 O QUE SÃO? São indicações São pistas São sendas Para toda a Igreja no Brasil; para as Igrejas Particulares, na elaboração dos seus

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 1

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 1 ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 1 APRESENTAÇÃO GERAL Com o presente texto, em forma de síntese (resumo), desejamos introduzir o tema pastoral que envolverá nossa diocese durante o ano de 2015. As

Leia mais

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II)

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II) Apresentação A Renovação Carismática Católica do Estado do Piauí, movimento eclesial da Igreja Católica, tem por objetivo proporcionar às pessoas uma experiência concreta com Jesus Cristo, através do Batismo

Leia mais

Paróquia, torna-te o que tu és!

Paróquia, torna-te o que tu és! Paróquia, torna-te o que tu és! Dom Milton Kenan Júnior Bispo Aux. de S. Paulo. Vigário Episcopal para Reg. Brasilândia Numa leitura rápida da Carta Pastoral de Dom Odilo, nosso Cardeal Arcebispo, à Arquidiocese

Leia mais

O mais importante na prática da devolução do dízimo não é com o quanto se participa. Mas como se participa.

O mais importante na prática da devolução do dízimo não é com o quanto se participa. Mas como se participa. Dízimo e a catequese Abril 2011 Silma Pontes silmapontes8@hotmail.com Paróquia da Glória - Acolhida O contingente de catequistas voluntários de nossa paróquia é expressivo. Vinte e quatro (24) fieis formadores,

Leia mais

Fundamentos, conceitos e paradigmas da evangelização

Fundamentos, conceitos e paradigmas da evangelização Curso: Teologia Prof. Nicanor Lopes Fundamentos, conceitos e paradigmas da evangelização OBJETIVOS DA AULA Oferecer aos estudantes a construção de um conhecimento consistente e crítico sobre Evangelização,

Leia mais

Sugestões Pastorais para a implementação da Iniciação à Vida Cristã

Sugestões Pastorais para a implementação da Iniciação à Vida Cristã Apresentação Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-lhes a observar tudo o que vos tenho ordenado (Mt 28,19-20) Jesus enviou

Leia mais

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Deus nos alerta pela profecia de Oséias de que o Povo dele se perde por falta de conhecimento. Cf. Os 4,6 1ª Tm 4,14 Porque meu povo se perde

Leia mais

Acampamentos Católicos

Acampamentos Católicos Acampamentos Católicos O Acampamento Católico é uma nova forma de evangelizar. Utiliza uma metodologia de evangelização nascida na EVANGELIZAÇÃO 2000 (movimento católico da década de 80), como parte de

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS E ASSESSORESCAMINHOS DE ESPERANÇA

FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS E ASSESSORESCAMINHOS DE ESPERANÇA FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS E ASSESSORESCAMINHOS DE ESPERANÇA A beleza de ser um eterno aprendiz. (Gonzaguinha) Por que pensar em formação de lideranças e assessores? A Pastoral da Juventude busca potencializar

Leia mais

Caderno de Estudo: Avaliação 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP

Caderno de Estudo: Avaliação 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP Caderno de Estudo: Avaliação 7º Plano de Pastoral Orgânica (20102010-2013) 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP A p r e s e n t a ç ã o Eu vim, ó Deus, para fazer a Vossa

Leia mais

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO A contribuição das mídias. Como parte constitutiva da atual ambiência comunicacional, elas tornam-se recursos e ambientes para o crescimento pessoal e social. Constituem-se no

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS 5. CURSO DE TEOLOGIA Área de atuação O egresso do Curso de Teologia

Leia mais

ESCOPO GERAL. - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014.

ESCOPO GERAL. - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014. ESCOPO GERAL - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014. - Composição: 1) Apresentação de Dom Leonardo Steiner. 2) Introdução.

Leia mais

A GEMINAÇÃO 20/10/2013

A GEMINAÇÃO 20/10/2013 A GEMINAÇÃO 20/10/2013 CENTRO DE SANTA BAKHITA BAIRRO KALOSSOMBEKWA BENGUELA ANGOLA REVERENDO E ESTIMADO PE. RÚBENS! Diante dos povos, manifestou Deus a salvação Sl 97 A Providência de Deus, que concorre

Leia mais

Objetivo e proposta evangelizadora

Objetivo e proposta evangelizadora A CAMPANHA DA FRATERNIDADE NA IGREJA DO BRASIL Objetivo e proposta evangelizadora BerçonoConcílioVaticanoII: Começou no Rio Grande do Norte, em 1962, por iniciativa de Dom Eugênio Sales. Era uma ação concreta

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Ficha 1 1 Formação Integral (I) A com juventude para todo trabalho de evangelização A, como fundante (falando- se em, com atenção também

Leia mais

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica A unidade na fé a caminho da missão Nossa Visão Manifestar a unidade da igreja por meio do testemunho visível

Leia mais

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Como o Pai me enviou, também Eu vos envio (Jo 20,21) Outubro de 2011 / Ano MMXI 1 EDITORIAL Queridos Amigos, Com grande alegria que terminamos mais um mês

Leia mais

ÍNDICE. Introdução. Introdução... 05. PARTE I - Orientações... 08. PARTE II - Orações... 13. PARTE III - Cronograma... 20

ÍNDICE. Introdução. Introdução... 05. PARTE I - Orientações... 08. PARTE II - Orações... 13. PARTE III - Cronograma... 20 ÍNDICE Introdução Introdução... 05 PARTE I - Orientações... 08 PARTE II - Orações... 13 PARTE III - Cronograma... 20 5 INTRODUÇÃO ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA: IGREJA EM MISSÃO Ide pelo mundo inteiro e anunciai

Leia mais

Misericordiosos como o Pai, e prontos para a Missão! Organização Diocesana da Pastoral. Secretariado Diocesano de Pastoral

Misericordiosos como o Pai, e prontos para a Missão! Organização Diocesana da Pastoral. Secretariado Diocesano de Pastoral 1. APRESENTAÇÃO DO BISPO 2. ORGANOGRAMA DA COORDENAÇÃO PASTORAL Misericordiosos como o Pai, e prontos para a Missão! É significativo que este 8º Plano de Ação Evangelizadora, da nossa querida diocese de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DA IGREJA METODISTA 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA SEDE REGIONAL

ASSOCIAÇÃO DA IGREJA METODISTA 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA SEDE REGIONAL Rio de Janeiro, 29 de fevereiro de 2008. CGE/011/08 Aos/Às Pastores e Pastoras Estimados/as irmãos e irmãs Jesus Cristo é o Senhor! Encaminho esta carta através do seu pastor/a, visto não possuirmos ainda

Leia mais

PROJETO DIOCESANO DE RENOVAÇÃO PAROQUIAL

PROJETO DIOCESANO DE RENOVAÇÃO PAROQUIAL PROJETO DIOCESANO DE RENOVAÇÃO PAROQUIAL Texto aprovado na Reunião do Conselho de Presbíteros de 22/05/2014 e ratificado no Conselho Diocesano de Pastoral de 26/05/2014. APRESENTAÇÃO A Assembleia de Revisão

Leia mais

Sal da TERRA e luz do MUNDO

Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da terra e luz do mundo - jovens - 1 Apresentação pessoal e CMV Centro Missionário Providência Canto: vós sois o sal da terra e luz do mundo... MOTIVAÇÃO: Há pouco tempo

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE FORMADORES JESUS BOM PASTOR

ESCOLA NACIONAL DE FORMADORES JESUS BOM PASTOR CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL 53ª Assembleia Geral da CNBB Aparecida, 15 a 24 de abril de 2015 06/53ª AG(Sub) ESCOLA NACIONAL DE FORMADORES JESUS BOM PASTOR 1. A DESEJADA RENOVAÇÃO ECLESIAL

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 DIOCESE DE LIMEIRA / SP. JANEIRO Horário Local Atividade

CALENDÁRIO 2014 DIOCESE DE LIMEIRA / SP. JANEIRO Horário Local Atividade DIOCESE DE LIMEIRA / SP NOVA PARÓQUIA: UMA FONTE DE ÁGUA VIVA CALENDÁRIO a 0 a e e a e 9 e 9 9 CALENDÁRIO h Juazeiro do Norte/CE São Paulo JANEIRO h00 0 0h 0 Emaús Aparecida - SP -Norte Artur Nogueira

Leia mais

Marista e Vaticano II: Eles não têm mais vinho? Márcio L. de Oliveira

Marista e Vaticano II: Eles não têm mais vinho? Márcio L. de Oliveira Marista e Vaticano II: Eles não têm mais vinho? Márcio L. de Oliveira 1. Celebrar e (Re) Pensar Ensina-nos a contar os nossos dias, para que venhamos a ter um coração sábio (Sl 90,12). As palavras do salmista

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DAS SEMANAS MISSIONÁRIAS

PLANO DE AÇÃO DAS SEMANAS MISSIONÁRIAS PLANO DE AÇÃO DAS SEMANAS MISSIONÁRIAS 1. APRESENTAÇÃO: 1.1 O PROJETO: As semanas são uma grande mobilização missionária que envolverá toda a Renovação Carismática Católica do Brasil. Aspirando que cada

Leia mais

CONCÍLIO VATICANO II. Relevância e Atualidade

CONCÍLIO VATICANO II. Relevância e Atualidade CONCÍLIO VATICANO II Relevância e Atualidade Dogma concepção Imaculada de Maria Syllabus Convocação Concilio PIO IX (1846 1878) Vaticano I Renovação Interna da Igreja Decretos Papais Divulgados em Boletins

Leia mais

3º EIXO Dízimo TOTAL DIOCESE 943 579 61,3%

3º EIXO Dízimo TOTAL DIOCESE 943 579 61,3% 3º EIXO Dízimo Paróquia/Questionários Distribuídos Devolvidos % Devolv. Miguel Calmon 67 27 40 Piritiba 45 06 13 Tapiramutá 30 19 63 Mundo Novo 20 12 60 Jequitibá 14 10 71 Totais zonal 2 176 74 42% Andaraí

Leia mais

REGULAMENTO DAS PASTORAIS ESCOLARES E UNIVERSITÁRIAS - ESTRUTURA, COMPETÊNCIA E FUNCIONAMENTO -

REGULAMENTO DAS PASTORAIS ESCOLARES E UNIVERSITÁRIAS - ESTRUTURA, COMPETÊNCIA E FUNCIONAMENTO - REGULAMENTO DAS PASTORAIS ESCOLARES E UNIVERSITÁRIAS - ESTRUTURA, COMPETÊNCIA E FUNCIONAMENTO - INTRODUÇÃO O Colégio Episcopal da Igreja Metodista, no uso de suas atribuições (Cânones, Art. 63, item XVII)

Leia mais

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico CONGRESSO EUCARÍSTICO 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico O PADRE E A EUCARISTIA Eucaristia e Missão Consequência significativa da tensão escatológica presente na Eucaristia

Leia mais

Linhas de Ação 1ª. LINHA DE AÇÃO: FORMAÇÃO INTEGRAL DO(A) DISCÍPULO(A)

Linhas de Ação 1ª. LINHA DE AÇÃO: FORMAÇÃO INTEGRAL DO(A) DISCÍPULO(A) A Igreja no Brasil está empenhada, sobretudo em, 2013 através da Campanha da Fraternidade e da Jornada Mundial da Juventude, em alavancar a Evangelização da Juventude. De partida queremos dizer que por

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

Retiro de Revisão de Metas do Querigma

Retiro de Revisão de Metas do Querigma Pe. Marco Antonio Guerrero Guapacho - Colômbia 1. Evangelização Evangelizar é um verbo, derivado de evangelho, que faz referência à proclamação, ao anúncio de Jesus Cristo e da sua mensagem. No propósito

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

PARTE I AS CAMPANHAS REALIZADAS PELA IGREJA NO BRASIL 1. A CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2. CAMPANHA MISSIONÁRIA 3. CAMPANHA PARA A EVANGELIZAÇÃO

PARTE I AS CAMPANHAS REALIZADAS PELA IGREJA NO BRASIL 1. A CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2. CAMPANHA MISSIONÁRIA 3. CAMPANHA PARA A EVANGELIZAÇÃO PARTE I AS CAMPANHAS REALIZADAS PELA IGREJA NO BRASIL 1. A CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2. CAMPANHA MISSIONÁRIA 3. CAMPANHA PARA A EVANGELIZAÇÃO 1. Campanha da Fraternidade - Acontece desde 1964 - É uma campanha

Leia mais

A missão hoje. Fundamento, conversão e extensão a partir do Documento de Aparecida

A missão hoje. Fundamento, conversão e extensão a partir do Documento de Aparecida A missão hoje Fundamento, conversão e extensão a partir do Documento de Aparecida A missão no DAp O capítulo onde se aborda especificamente o tema da missão no DAp é um dos mais interessantes. Aqui encontramos

Leia mais

V CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO. 1. As Conferências Gerais

V CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO. 1. As Conferências Gerais V CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO 1. As Conferências Gerais Há 50 anos, em 1955, foi realizada a primeira Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano (CfG), no Rio de Janeiro. Naquela

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO DOm Benedito Beni dos Santos EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO Comentário à EVANGELII GAUDIUM Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. Aprova a continuidade do Projeto de Extensão Escola de Teologia para leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de Curso de Extensão, na categoria

Leia mais

Linhas Orientadoras do. Voluntariado Missionário da Consolata

Linhas Orientadoras do. Voluntariado Missionário da Consolata Linhas Orientadoras do Voluntariado Missionário da Consolata Linhas Orientadoras do Voluntariado Missionário da Consolata Dentro da palavra voluntariado esconde-se uma realidade rica e variada. Poderíamos

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM

DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM 1 Páscoa Jovem 1.1. Descrição A Páscoa Jovem é um encontro vivencial realizado para proporcionar uma experiência reflexiva e celebrativa da Paixão, Morte e Ressurreição

Leia mais

MISSÃO E CRESCIMENTO DA IGREJA IGREJA: CORPO VIVO DE CRISTO. Estudo Bíblico

MISSÃO E CRESCIMENTO DA IGREJA IGREJA: CORPO VIVO DE CRISTO. Estudo Bíblico MISSÃO E CRESCIMENTO DA IGREJA IGREJA: CORPO VIVO DE CRISTO Estudo Bíblico Bispo Luiz Vergílio / Caxias do Sul/RS Abril de 2009 Ministerial de Pastores e Pastoras 1 MISSÃO DA IGREJA E CRESCIMENTO I. IGREJA

Leia mais

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 1 Sumário Prefácio...3 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 Comunidade Presbiteriana Chácara Primavera Ministério de Grupos Pequenos Março

Leia mais

Relatório da Pastoral da Juventude do Brasil 13 o Encontro Latino Americano de Responsáveis Nacionais

Relatório da Pastoral da Juventude do Brasil 13 o Encontro Latino Americano de Responsáveis Nacionais Instrumento de Consulta Conferência Nacional dos Bispos do Brasil Setor Juventude Pastoral da Juventude do Brasil Relatório da Pastoral da Juventude do Brasil 13 o Encontro Latino Americano de Responsáveis

Leia mais

Plano de Formação da CVX-P

Plano de Formação da CVX-P da CVX-P Apresentado à VIII Assembleia Nacional CVX-P Fátima, Outubro 2004 Introdução... 2 Etapa 0: Acolhimento... 3 Etapa 1: Iniciação... 5 Etapa 2: Identificação... 6 Etapa 3: Missão... 7 1 Introdução

Leia mais

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Plano Diocesano de Pastoral para o quinquénio 2008-2013 A PALAVRA DO SR. BISPO PONTO DE PARTIDA 1. INICIAMOS UMA NOVA PERSPECTIVA

Leia mais

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo 1 o Curso por Correspondência às Equipes Vocacionais Paroquiais SEXTO TEMA: A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE E A PASTORAL

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

Igreja em estado permanente de missão

Igreja em estado permanente de missão Igreja em estado permanente de missão Igreja : lugar da animação bílblica da vida e da pastoral A conversão pastoral da paróquia Urgência da conversão Pastoral Toda conversão supõe um processo de transformação

Leia mais

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA PE. GREGÓRIO LUTZ Certamente o título deste artigo não causa estranheza à grande maioria dos leitores da Revista de Liturgia. Mas mesmo assim me parece conveniente

Leia mais

Batismo do Senhor. Homilia comentada para a Família Salesiana. Mc 1,7-11

Batismo do Senhor. Homilia comentada para a Família Salesiana. Mc 1,7-11 Batismo do Senhor Homilia comentada para a Família Salesiana P. J. Rocha Monteiro, sdb Mc 1,7-11 1. Introdução. Cenário. O tema do Batismo do Senhor poderia ser definido como construir uma igreja para

Leia mais

PARA O CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS

PARA O CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS uprsubmissions@ohchr.org PARA O CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS DE DOCUMENTO DE DIREITOS HUMANOS REFERENTE A CUBA (Sobre o EPU de Cuba Segundo ciclo) 5 DE OUTUBRO DE 2012-10-01 Coordenação Nacional da PJR

Leia mais

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA A Vista Pastoral constitui-se em momento privilegiado de contato do Arcebispo com o povo santo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração

Leia mais

992 portugueses participam em ações de voluntariado missionário em Portugal.

992 portugueses participam em ações de voluntariado missionário em Portugal. FEC - FUNDAÇÃO FÉ E COOPERAÇÃO COMUNICADO DE IMPRENSA 548 portugueses participam em ações de voluntariado missionário internacional. 992 portugueses participam em ações de voluntariado missionário em Portugal.

Leia mais

Abrir as Portas da Igreja - Sustentados pela misericordia do Pai -

Abrir as Portas da Igreja - Sustentados pela misericordia do Pai - Mensagem Episcopal de Ano Novo Prólogo Abrir as Portas da Igreja - Sustentados pela misericordia do Pai - O Papa Francisco no dia 8 de Dezembro de 2015, Festa da Imaculada Conceicão, inaugurou o Ano Santo

Leia mais

Arquidiocese de Florianópolis Catedral Metropolitana de Florianópolis Movimento Pólen

Arquidiocese de Florianópolis Catedral Metropolitana de Florianópolis Movimento Pólen Arquidiocese de Arquidiocese de Florianópolis Catedral Metropolitana de Florianópolis Movimento Pólen Ata da Reunião da Comunidade Central Outubro (01.10.13) No dia 1º de outubro às 19h30min foi realizada

Leia mais

1º Plano de Pastoral. Diocese de Amparo. No seu 15º Ano de Criação e Instalação

1º Plano de Pastoral. Diocese de Amparo. No seu 15º Ano de Criação e Instalação 1º Plano de Pastoral Diocese de Amparo No seu 15º Ano de Criação e Instalação 2013 Dom Pedro Carlos em visita ao Papa Bento XVI - 13/09/2010. A missão da Igreja não pode ser considerada como realidade

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP CREIO (N)A SANTA IGREJA CATÓLICA I CRER DE MODO ECLESIAL NO CONTEÚDO DA FÉ CRISTÃ. A PROFISSÃO DE FÉ DA IGREJA A FÉ BATISMAL A PROFISSÃO DE

Leia mais

Paróquia Jesus, Maria e José Grupo de Oração Fonte de Misericórdia RCC/ Beberibe

Paróquia Jesus, Maria e José Grupo de Oração Fonte de Misericórdia RCC/ Beberibe Paróquia Jesus, Maria e José Grupo de Oração Fonte de Misericórdia RCC/ Beberibe Jovens sois forte a palavra de Deus permanece em vós. 1 Jo 2,14 O EVENTO: EMANUEL EMANUEL é o cumprimento da palavra que

Leia mais