RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS"

Transcrição

1 RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS

2 A elaboração de um Ritual de Batismo de Crianças, adaptado para o Brasil, baseia-se, primeiramente em que os Bispos no Concílio Vaticano II reconheceram a utilidade e mesmo a necessidade de adaptar a liturgia à índole dos diferentes povos.

3 Basta lembrar a Constituição sobre a Sagrada Liturgia: Salva a unidade substancial do rito romano, dê-se lugar a legítimas variações e adaptações para os diversos grupos, regiões e povos (SC 38).

4 Tanto as Observações Preliminares Gerais (n ) do Rito de Batismo de Crianças, como a Introdução ao Rito da Iniciação Cristã de Adultos - RICA (n. 64s) trazem um capítulo expresso sobre as adaptações que podem ser feitas pela Conferências Episcopais (cf. CNBB, Doc. 19, n. 2).

5 No Ritual que tínhamos até agora não havia sido feita nenhuma adaptação. Apenas traduziu o texto da edição típica e foi aprovado em 1970! ad ínterim. Daí o empenho atual em introduzir algumas adaptações, pois compete às Conferências Episcopais : 1º. Definir as adaptações a que se refere o n. 39 da Constituição sobre a Sagrada Liturgia. 2º. Considerar com cuidado e prudência o que se pode admitir, oportunamente, das tradições e da índole de cada povo, e propor à Sé Apostólica outras adaptações que julgar úteis e necessárias introduzir com a necessária aprovação (CNBB, Doc. 19, n. 2).

6 Neste Ritual, foram levados em conta, entre outros, os seguintes aspectos: especial atenção aos elementos teológicos (dimensão trinitária, cristológica, pneumatológica, pascal, eclesiológica e antropológica) nos diversos textos, particularmente nas orações; maior valorização da perspectiva celebrativa, através de gestos, símbolos, expressões da devoção popular e maior atenção à recuperação da autenticidade e veracidade dos sinais;

7 maior participação da comunidade e manifestação de compromisso por parte dos pais e padrinhos; apresentação de ritos e fórmulas alternativas a serem usados, com sensibilidade pastoral de quem preside, levando em conta a realidade da assembléia; adaptação à índole do povo brasileiro, mantendo-se, no entanto, dentro do rito romano.

8 Entre os elementos novos deste Ritual, destacam-se principalmente os seguintes: As modificações sugeridas nos Ritos Iniciais têm por finalidade criar um ambiente mais acolhedor, permitir maior participação da família e envolver mais a comunidade na acolhida de seus novos membros. Por isso propõe-se um diálogo espontâneo com os pais, padrinhos e comunidade sobre o nome da criança, o desejo de batizá-la e suas disposições para educá-la na fé.

9 Os diálogos foram elaborados numa linguagem mais direta, simples, respeitando, tanto quanto possível, o modo corrente de falar e ao mesmo tempo a dignidade própria da maneira de se expressar na celebração litúrgica. Os textos eucológicos foram adaptados também na linguagem, buscando-se mais fácil compreensão.

10 Na celebração do batismo fora da missa, quem preside conclui os ritos de acolhida com uma oração. Julga-se que a introdução dessa oração completa e conclui os ritos de acolhida e introduz, de certa forma, a Liturgia da Palavra. Baseando-se no que está prescrito no Rito da Iniciação Cristã de Adultos, n. 207, sugere-se que o óleo dos catecúmenos possa ser abençoado pelo sacerdote também no batismo de crianças.

11 Retomam-se alguns elementos da Vigília Pascal e sugere-se que se introduzam aclamações na Oração sobre a água, para possibilitar maior participação da assembléia. Pela riqueza do simbolismo, seria bom recuperar o antigo costume de entrega do sal. Para respeitar questões de higiene, a mãe poderá colocar o sal na boca da criança. De acordo com costume muito difundido em várias partes do Brasil, no final da celebração, pode realizar-se um ato de devoção a Maria, confiando à sua proteção a vida e a fé das crianças.

12 Assim como na Vigília Pascal, propõe-se, em caráter opcional e a critério do bispo diocesano, a possibilidade de se celebrar o batismo de crianças em etapas. Na primeira etapa, realizam-se os Ritos Complementares. Certamente essa possibilidade de se celebrar o batismo de crianças em etapas. Na primeira etapa, realizam-se os Ritos de Acolhida e na segunda, a Liturgia Sacramental e os Ritos Complementares. Certamente essa possibilidade é mais compatível com a situação das pequenas comunidades.

13 Vários textos forma colocados em apêndice, pois, enriquecem o Ritual com outras fórmulas do Oração dos Fiéis, Oração sobre a Água, Promessas do Batismo (Renúncia e Profissão de Fé) e Bênçãos.

14 O Espírito de Deus nos ajude para que este novo Ritual venha colaborar para uma autêntica renovação litúrgico-pastoral em nossas comunidades. Cresça entre nós a dimensão celebrativa e a vivência batismal a fim de que, inseridos em Cristo, todos nos tornemos imitadores de Deus, como filhos amados e andemos no amor, assim como Cristo também nos amou e se entregou por nós a Deus, como oferta e sacrifício de suave odor (cf. Ef 5, 1-2). Brasília, 12 de outubro de 1998 Solenidade de Nossa Senhora Aparecida Dom Geraldo Lyrio Rocha

15 RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS RITO PARA O BATISMO DE VÁRIAS CRIANÇAS RITO PARA O BATISMO DE VÁRIAS CRIANÇAS EM ETAPAS RITO PARA O BATISMO DE UMA CRIANÇA RITO PARA O BATISMO DE UMA CRIANÇA EM ETAPAS RITO PARA O BATISMO DE UM GRANDE NÚMERO DE CRIANÇAS

16 RITO PARA O BATISMO DE CRIANÇAS A SER USADO POR MINISTRO(A) EXTRAORDINÁRIO(A) RITO PARA O BATISMO DE CRIANÇAS A SER USADO POR MINISTRO(A) EXTRAORDINÁRIO(A) EM ETAPAS RITO PARA O BATISMO DE CRIANÇAS EM PERIGO DE MORTE RITO PARA RECEBER NA IGREJA UMA CRIANÇA JÁ BATIZADA

17 EXEMPLIFICANDO... RITO PARA O BATISMO DE VÁRIAS CRIANÇAS

18 I. RITOS DE ACOLHIDA Chegada Saudação Apresentação das crianças e pedido do batismo Sinal-da-cruz Procissão de entrada

19 II. LITURGIA DA PALAVRA Proclamação da Palavra Homilia Oração dos fiéis (e invocação dos Santos) Oração Unção pré-batismal (Quando se faz a celebração por etapas: aqui se encerra a 1ª. Etapa. Ler nº do Ritual)

20 III. LITURGIA SACRAMENTAL Procissão à fonte batismal Oração sobre a água Promessas do batismo Batismo Ritos complementares Unção pós-batismal Veste batismal Rito da luz

21 Ritos complementares opcionais Entrega do sal Éfeta

22 IV. RITOS FINAIS Oração do Senhor Bênção Despedida

Normas E DirEtrizEs DiocEsaNas Para a PrEParação E recepção Do sacramento Do Batismo

Normas E DirEtrizEs DiocEsaNas Para a PrEParação E recepção Do sacramento Do Batismo Normas E DirEtrizEs DiocEsaNas Para a PrEParação E recepção Do sacramento Do Batismo Diocese de Jundiaí - 2 - ÍNDICE Siglas e Abreviaturas... 04 Apresentação... 05 Decreto... 08 1. Fundamentação... 11

Leia mais

NORMATIVAS PARA A CELEBRAÇÃO DE CERIMÔNIAS DO RITUAL E OUTRAS

NORMATIVAS PARA A CELEBRAÇÃO DE CERIMÔNIAS DO RITUAL E OUTRAS NORMATIVAS PARA A CELEBRAÇÃO DE CERIMÔNIAS DO RITUAL E OUTRAS INTRODUÇÃO O Colégio Episcopal da Igreja Metodista, no exercício de sua competência estabelecida no art. 66, incisos 1, 2 e 32, da Lei Ordinária,

Leia mais

NORMATIVAS PARA A CELEBRAÇÃO DE CERIMÔNIAS DO RITUAL E OUTRAS

NORMATIVAS PARA A CELEBRAÇÃO DE CERIMÔNIAS DO RITUAL E OUTRAS NORMATIVAS PARA A CELEBRAÇÃO DE INTRODUÇÃO O Colégio Episcopal da Igreja Metodista, no exercício de sua competência, estabelecida no art. 66, incisos 1, 2 e 32, da Lei Ordinária, normatizando o Capítulo

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

agora a algumas questões Quem pode receber o

agora a algumas questões Quem pode receber o Pe. Henrique Soares da Costa Já vimos, nos artigos teologia do Batismo, isto é, do agora a algumas questões precedentes, os principais aspectos da significado deste sacramento. Respondamos, práticas. Quem

Leia mais

Começando pela realidade da assembléia, antes de mais nada é preciso perguntar-se: Qual a realidade desta comunidade reunida?

Começando pela realidade da assembléia, antes de mais nada é preciso perguntar-se: Qual a realidade desta comunidade reunida? Agora você vai conhecer dicas indispensáveis para o ministério de música no serviço à liturgia. Mas as orientações aqui apresentadas não dispensam as observações do celebrante. É ele quem preside e, por

Leia mais

Bento XVI, Sacramentum caritatis,

Bento XVI, Sacramentum caritatis, ou Bento XVI, Sacramentum caritatis, Em entrevista com o clero da Diocese de Albano (31/8/2006), Bento XVI respondeu à pergunta de um padre sobre a ars celebrandi. Disse que essa arte tem várias dimensões:

Leia mais

18.02 e 05.10 (Fechamento da Agenda 2011)

18.02 e 05.10 (Fechamento da Agenda 2011) 28.10 147 18.02 e 05.10 (Fechamento da Agenda 2011) 148 17.04, 19.06 149 150 151 152 153 e 11.12 (F). 29.05 (A), 06.11 (B), 13.11 (C), 14.11 (D), 21.11 (E) 17.04 (A), 19.09 (B), 23.10 (C) e 20.11 (D).

Leia mais

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Ficha 1 1 Formação Integral (I) A com juventude para todo trabalho de evangelização A, como fundante (falando- se em, com atenção também

Leia mais

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11)

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) Vivendo a Liturgia Julho/2011 SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) É Importante lembrar que o Sagrado Coração de Jesus é o Padroeiro de nossa Diocese,

Leia mais

PRINCÍPIOS DE LITURGIA

PRINCÍPIOS DE LITURGIA PRINCÍPIOS DE LITURGIA PRINCÍPIOS DE LITURGIA - PREÂMBULO - Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, nós, legítimos representantes da Igreja Presbiteriana do Brasil, reunidos em Supremo Concílio,

Leia mais

CONSELHO PAROQUIAL DE PASTORAL

CONSELHO PAROQUIAL DE PASTORAL JANEIRO 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 05 D Solenidade Epifania do Senhor 07 T 08 Q 12 D Festa Batismo de N. Senhor Jesus Cristo 14 T Aniversário de fundação da Cúria Imaculada Conceição 15 Q

Leia mais

Documento 62 - CNBB. Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas APRESENTAÇÃO

Documento 62 - CNBB. Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas APRESENTAÇÃO Documento 62 - CNBB Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas APRESENTAÇÃO O Documento 62 Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas é um marco na reflexão do Magistério da Igreja no Brasil.

Leia mais

Por : Lourdinha Salles e Passos. Apresentação. Sendo assim, aprovo este Diretório para o Sacramento do Batismo, e o torno obrig

Por : Lourdinha Salles e Passos. Apresentação. Sendo assim, aprovo este Diretório para o Sacramento do Batismo, e o torno obrig Diretório do Sacramento do Batismo Por : Lourdinha Salles e Passos Apresentação Era meu desejo, de longa, que nossa Arquidiocese tivesse um Diretório do Sacram O Batismo, entre outros efeitos, incorporando-nos

Leia mais

Preparar um mural com uma das frases: Participe! Faça a vida acontecer ou Perseverar é preciso ou A mística da comunhão.

Preparar um mural com uma das frases: Participe! Faça a vida acontecer ou Perseverar é preciso ou A mística da comunhão. Vivendo a Liturgia 2. DOMINGO DA PÁSCOA Maio/2011 1-5-11 Preparar um mural com uma das frases: Participe! Faça a vida acontecer ou Perseverar é preciso ou A mística da comunhão. A cor litúrgica para esta

Leia mais

NORMATIVAS PASTORAIS PARA A CELEBRAÇÃO DO BATISMO

NORMATIVAS PASTORAIS PARA A CELEBRAÇÃO DO BATISMO DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA NORMATIVAS PASTORAIS PARA A CELEBRAÇÃO DO BATISMO Para os Párocos e respetivas comunidades Cristãs, especialmente para os Pais e para os Padrinhos 2012 1 A ESCLARECIMENTO PRÉVIO

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES Aos venerados irmãos no episcopado e a todos os queridos fiéis do mundo inteiro A celebração da Jornada Mundial de Oração

Leia mais

APONTAMENTOS DA TEOLOGIA DOS SACRAMENTOS

APONTAMENTOS DA TEOLOGIA DOS SACRAMENTOS APONTAMENTOS DA TEOLOGIA DOS SACRAMENTOS Profa. Ivenise Teresinha Gonzaga Santinon Introdução Com o Concílio Vaticano II e a sua Constituição Sacrossanctum Concilium, os sacramentos se viram revalorizados.

Leia mais

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé.

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé. 1 Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9 Introdução: Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre. Não se deixem levar pelos diversos ensinos estranhos. É bom que o nosso coração seja

Leia mais

Texto da Palestra dada pelo Pe. Luiz Alves de Lima SOBRE Iniciação à Vida Cristã, no I Nordestão de Catequese, em novembro de 2013

Texto da Palestra dada pelo Pe. Luiz Alves de Lima SOBRE Iniciação à Vida Cristã, no I Nordestão de Catequese, em novembro de 2013 Texto da Palestra dada pelo Pe. Luiz Alves de Lima SOBRE Iniciação à Vida Cristã, no I Nordestão de Catequese, em novembro de 2013 I Iniciação à Vida Cristã A expressão procura traduzir a comunicação de

Leia mais

Servidores da Caridade

Servidores da Caridade Homilia da Missa Crismal 2011 Servidores da Caridade António Marto Catedral de Leiria 21 de Abril de 2011 Cantarei eternamente a bondade do Senhor A liturgia da Missa Crismal encerra uma beleza espiritual

Leia mais

DIRETRIZES PARA A PASTORAL DO BATISMO DE CRIANÇAS

DIRETRIZES PARA A PASTORAL DO BATISMO DE CRIANÇAS DIRETRIZES PARA A PASTORAL DO BATISMO DE CRIANÇAS DIOCESE DE APUCARANA - PR 1 2 ORIENTAÇÕES MISSIONÁRIAS PARA A PASTORAL DO BATISMO DE CRIANÇAS INTRODUÇÃO Seguindo o que fora proposto pelo nosso 21º. Plano

Leia mais

Carta Pastoral 2013-2014

Carta Pastoral 2013-2014 Carta Pastoral 2013-2014 O Sínodo Diocesano. Em Comunhão para a Missão: participar e testemunhar Estamos no momento decisivo do Sínodo da nossa diocese de Viseu. Pela sua importância, para o presente e

Leia mais

CALENDÁRIO PAROQUIAL DAS ATIVIDADES 2015. Aviso nas celebrações do Início das Inscrições da Catequese de Primeira Eucaristia

CALENDÁRIO PAROQUIAL DAS ATIVIDADES 2015. Aviso nas celebrações do Início das Inscrições da Catequese de Primeira Eucaristia CALENDÁRIO PAROQUIAL DAS ATIVIDADES 2015 JANEIRO/ 2015 Aviso nas celebrações do Início das Inscrições da Catequese de Primeira Eucaristia Dia 01 quinta-feira Solenidade de Maria, Santa Mãe de Deus Dia

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

Reunião dos Bispos da região da África Caritas sobre a identidade e missão da Caritas

Reunião dos Bispos da região da África Caritas sobre a identidade e missão da Caritas Adresse Postale : 8395 Lomé TOGO Tél. (228) 22.21.29.37 Fax : (228) 22.22.00.26 Email : secaf@caritas-africa.org omptes bancaires: BTCI 9030 63094 01 71 UTB 31 004224 1 004 0 00 ECOBANK 7010181400066601

Leia mais

Missa com Crianças. O directório para a missa com crianças. Sim ou não? De que modo?

Missa com Crianças. O directório para a missa com crianças. Sim ou não? De que modo? Missa com Crianças Sim ou não? De que modo? Muitas comunidades cristãs celebram Missa com crianças. Umas fazem-no no contexto da Missa Paroquial; outras fazem-no só e especificamente no âmbito da Catequese,

Leia mais

A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Domingo, 30 de Janeiro de 1983

A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Domingo, 30 de Janeiro de 1983 A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II Domingo, 30 de Janeiro de 1983 1. Caros Irmãos e Irmãs! Acabámos de ouvir a Palavra de Deus da Liturgia de hoje.

Leia mais

Quanto à Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração

Quanto à Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração SANTA MARIA MÃE DE DEUS 01 de janeiro de 2015 Quanto à Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração Leituras: Números 6, 22-27; Salmo 67 (66), 2-3.5-6.8 (R/cf. 2a); Carta de São

Leia mais

Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede

Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede 18º DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede Leituras: Êxodo 16, 2-4.12-15; Salmo 77 (78), 3.4bc.23-24.25.54; Carta de São Paulo

Leia mais

Leituras: Ex 34, 4b-6.8-9; 2 Cor 13, 11-13; Jo 3, 16 18

Leituras: Ex 34, 4b-6.8-9; 2 Cor 13, 11-13; Jo 3, 16 18 // De acordo com o calendário litúrgico, neste domingo (19), comemoramos a festa da Santíssima Trindade. Dom Emanuele Bargellini - Prior do Mosteiro da Transfiguração (Mogi das Cruzes - São Paulo), doutor

Leia mais

SETE SACRAMENTOS. Sim, da sua plenitude todos nós recebemos, graça sobre graça. EVANGELHO SEGUNDO SÃO JOÃO 1,16

SETE SACRAMENTOS. Sim, da sua plenitude todos nós recebemos, graça sobre graça. EVANGELHO SEGUNDO SÃO JOÃO 1,16 FORMAÇÃO PERMANENTE A Igreja, em Cristo, é como que o sacramento ou sinal, e o instrumento da íntima união com Deus e da unidade de todo o gênero humano. CONCÍLIO VATICANO II, LUMEN GENTIUM 1 SETE SACRAMENTOS

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

PROCESSO CATEQUÉTICO DE ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA

PROCESSO CATEQUÉTICO DE ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA PROCESSO CATEQUÉTICO DE ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA Buscando a maturidade em Cristo Sua mãe lhe disse: Meu filho porque você fez isso conosco? Olha que eu e seu pai estávamos

Leia mais

Tema Geral da IELB: Igreja comunica a Vida! Cristo para todos! Enfoque 2014: Comunicando sempre: Jesus a fonte da água viva.

Tema Geral da IELB: Igreja comunica a Vida! Cristo para todos! Enfoque 2014: Comunicando sempre: Jesus a fonte da água viva. Introdução Falar sobre água, na Bíblia, é tocar num assunto vital, tendo em vista o clima daquela região. Água, mesmo em uso metafórico, é uma imagem bem impactante, num clima semiárido. No entanto, o

Leia mais

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista DEUS NOS BRINDOU COM UM CORAÇÃO MARISTA Herdeiros do carisma marista A vocação como memória do carisma. Dom para acolher e fazer crescer.

Leia mais

CALENDÁRIO COMUNIDADE KERYGMA 2016

CALENDÁRIO COMUNIDADE KERYGMA 2016 CALENDÁRIO COMUNIDADE KERYGMA 2016 www.kerygmavarginha.com.br www.kerygmavarginha.com.br/blog Varginha - MG ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE KERYGMA Rua Lázaro do Souza, 06 Vila Barcelona Varginha MG CEP-37.022-160

Leia mais

O ITINERÁRIO DO CATECUMENATO segundo o Ritual da iniciação cristã dos adultos Pe. Domingos Ormonde, julho de 2007-2009

O ITINERÁRIO DO CATECUMENATO segundo o Ritual da iniciação cristã dos adultos Pe. Domingos Ormonde, julho de 2007-2009 O ITINERÁRIO DO CATECUMENATO segundo o Ritual da iniciação cristã dos adultos Pe. Domingos Ormonde, julho de 2007-2009 (A) Introdução ao estudo do Ritual da iniciação cristã dos adultos (RICA) 1. O enfoque

Leia mais

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS A Igreja se preocupa com a semente da Palavra de Deus (a mensagem) e com o terreno que recebe essa semente (o catequizando), o que a leva

Leia mais

PROJETO DA PASTORAL VOCACIONAL DA ARQUIDIOCESE DE MARIANA

PROJETO DA PASTORAL VOCACIONAL DA ARQUIDIOCESE DE MARIANA PROJETO DA PASTORAL VOCACIONAL DA ARQUIDIOCESE DE MARIANA INTRODUÇÃO Na homilia, na Missa do Crisma, aos 31 de março de 2012, referindo-se sobre a PV-SAV, assim se expressou Dom Geraldo Lyrio Rocha: A

Leia mais

Normas Internas para Casamento na Paróquia Nossa Senhora da Assunção

Normas Internas para Casamento na Paróquia Nossa Senhora da Assunção Normas Internas para Casamento na Paróquia Nossa Senhora da Assunção Leiam atentamente essas normas a seguir, evitando assim futuros problemas e perda de tempo. 1. DOCUMENTAÇÃO 1.1. A documentação para

Leia mais

Nº 03 - Setembro/2007

Nº 03 - Setembro/2007 Nº 03 - Setembro/2007 Setembro - Mês da Bíblia Deus viu quanto havia feito e era muito bom Gn 1,31. Por que a Igreja coloca o mês de setembro como Mês da Bíblia, se todos os dias do Ano devem ser Bíblicos?

Leia mais

D I R E T Ó R I O DIOCESANO D O S S A C R A M E N T O S

D I R E T Ó R I O DIOCESANO D O S S A C R A M E N T O S D I R E T Ó R I O DIOCESANO D O S S A C R A M E N T O S DIOCESE DE MIRACEMA DO TOCANTINS 1 DIOCESE DE MIRACEMA DO TOCANTINS Diretório dos Sacramentos Equipe de elaboração: Dom Philip Dickmans, Pe. Ricardo

Leia mais

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA 27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA [Este subsídio destina-se a ser usado por uma família durante o curto percurso de entrada para a Porta Santa. Dependendo

Leia mais

Os fundamentos da nossa missão 2013-10 1/16

Os fundamentos da nossa missão 2013-10 1/16 Os fundamentos da nossa missão 2013-10 1/16 Índice Introdução. 3 1. Apresentação geral.... 4 2. Os CPM no seio da Igreja......5 3. Os animadores.....7 4. O papel do Assistente Espiritual... 8 5. A equipa

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira da 1ª Semana da Quaresma Ó Deus, força

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DO MONTE SERRATE DIOCESE DE OSASCO. Janeiro

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DO MONTE SERRATE DIOCESE DE OSASCO. Janeiro Janeiro 1 S Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus 2 D Epifania do Senhor 3 S 4 T 5 Q 6 Q 7 S 8 S Missa em louvor a nossa Senhora do Monte Serrate 19:30h Matriz 9 D Batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo

Leia mais

O batismo nas águas. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

O batismo nas águas. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. O batismo nas águas Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. (Mt 28:19 NVI) OBJETIVO Apresentar ao aluno o sentido bíblico do batismo

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

Abrir as Portas da Igreja - Sustentados pela misericordia do Pai -

Abrir as Portas da Igreja - Sustentados pela misericordia do Pai - Mensagem Episcopal de Ano Novo Prólogo Abrir as Portas da Igreja - Sustentados pela misericordia do Pai - O Papa Francisco no dia 8 de Dezembro de 2015, Festa da Imaculada Conceicão, inaugurou o Ano Santo

Leia mais

INSTITUTO SECULAR PEQUENAS APOSTOLAS DA CARIDADE

INSTITUTO SECULAR PEQUENAS APOSTOLAS DA CARIDADE INSTITUTO SECULAR INSTITUTO SECULAR a quem se dirigir para saber mais Responsável geral: Giuseppina Pignatelli Via don Luigi Monza, 1 22037 PONTE LAMBRO (Co) ITALY tel. 031.625264 INSTITUTO SECULAR Os

Leia mais

Objetivo e proposta evangelizadora

Objetivo e proposta evangelizadora A CAMPANHA DA FRATERNIDADE NA IGREJA DO BRASIL Objetivo e proposta evangelizadora BerçonoConcílioVaticanoII: Começou no Rio Grande do Norte, em 1962, por iniciativa de Dom Eugênio Sales. Era uma ação concreta

Leia mais

Juniores aluno 7. Querido aluno,

Juniores aluno 7. Querido aluno, Querido aluno, Por acaso você já se perguntou algumas destas questões: Por que lemos a Bíblia? Suas histórias são mesmo verdadeiras? Quem criou o mundo? E o homem? Quem é o Espírito Santo? Por que precisamos

Leia mais

Agenda Pastoral 2016

Agenda Pastoral 2016 Arquidiocese de Ribeirão Preto Agenda Pastoral 2016 Janeiro 03/01 - Domingo - Epifania do Senhor 09/01 - Sábado - Capacitação para Agentes da CFE-2016 - Seminário - Brodowski 10/01 - Domingo - Batismo

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Ser Igreja de Comunhão e Participação!

APRESENTAÇÃO. Ser Igreja de Comunhão e Participação! APRESENTAÇÃO Os Bispos aprovaram, recentemente, as Diretrizes da Ação Evangelizadoras da Igreja do Brasil 2011 2015 e a Arquidiocese de Florianópolis em comunhão com estas quer impulsionar todas as paróquias

Leia mais

FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE

FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE Diante de um mundo digital, com os compromissos do dia-a-dia, muitas vezes nossos catequistas acabam sendo engolidos pelos afazeres e tarefas.

Leia mais

Divulgação nos Boletins da Arquidiocese

Divulgação nos Boletins da Arquidiocese Divulgação nos Boletins da Arquidiocese Convidamos todas as paróquias, pastorais e lideranças a enviarem comunicados sobre festas, encontros, palestras e demais eventos, para divulgarmos em nosso Boletim

Leia mais

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores (DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina -Marcadores de várias cores -Folhas cada qual com a sua letra ocantinhodasao.com.pt/public_html Página

Leia mais

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento?

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento? OS SACRAMENTOS Os sacramentos da nova lei foram instituídos por Cristo e são sete, a saber: o Batismo, a Crisma ou Confirmação, a Eucaristia, a Penitência, a Unção dos Enfermos, a Ordem e o Matrimônio.

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

Capa Inicial e Final

Capa Inicial e Final Capa Inicial e Final Cristo é o maior sinal Sacramento do amor do Pai por nós (Jo 3,16). De seu coração, aberto pela lança, na cruz, jorraram sangue e água, nos quais a Igreja viu seu desabrochar e o dos

Leia mais

CARTA INTERNACIONAL. Indice:

CARTA INTERNACIONAL. Indice: CARTA INTERNACIONAL Indice: Introdução. I. Equipas de Jovens de Nossa Senhora II. A equipa III. As funções na equipa IV. A vida em equipa V. Abertura ao mundo, compromisso VI. O Movimento das E.J.N.S.

Leia mais

SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014

SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014 SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014 Maria e José levaram Jesus a Jerusalém a fim de apresentá-lo ao Senhor Leituras: Genesis 15, 1-6; 21,1-3; Salmo 104 (105), 1b-2, 3.4-5.6.8-9 (R/ 7a.8a); Carta aos

Leia mais

Plano Diocesano da Ação Evangelizadora. Igreja: Casa da Iniciação à Vida Cristã

Plano Diocesano da Ação Evangelizadora. Igreja: Casa da Iniciação à Vida Cristã Plano Diocesano da Ação Evangelizadora 2014 Igreja: Casa da Iniciação à Vida Cristã Diocese de Jundiaí ÍNDICE Igreja: Casa da Iniciação à Vida Cristã Apresentação... 05 Siglas e Abreviaturas... 08 Objetivo

Leia mais

Preparação de uma Equipa CPM

Preparação de uma Equipa CPM Estrutura CPM Preparação de uma Equipa CPM CPM - Portugal Equipa Responsável Diocesana Casal Presidente Assistente Casal Secretário Casal Tesoureiro Casal Assessor Casal de Ligação Casal de Apoio Z A Casal

Leia mais

MISSAL ROMANO RESTAURADO POR DECRETO DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II, PROMULGADO PELA AUTORIDADE DE PAULO VI

MISSAL ROMANO RESTAURADO POR DECRETO DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II, PROMULGADO PELA AUTORIDADE DE PAULO VI MISSAL ROMANO RESTAURADO POR DECRETO DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II, PROMULGADO PELA AUTORIDADE DE PAULO VI E REVISTO POR MANDADO DO PAPA JOÃO PAULO II Tradução portuguesa para o Brasil da separata

Leia mais

DIRETÓRIO DIOCESANO Diocese de Cruzeiro do Sul. Introdução

DIRETÓRIO DIOCESANO Diocese de Cruzeiro do Sul. Introdução DIRETÓRIO DIOCESANO Diocese de Cruzeiro do Sul Introdução 01. Nossa Igreja Particular ou Diocese é e quer ser Igreja-Povo-de- Deus, Comunhão de Comunidades. Este testemunho de Comunhão se manifesta também

Leia mais

"Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho"

Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho "Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho" Celebramos hoje a festa da Ascensão do Senhor... Os últimos momentos de Jesus junto aos apóstolos e a volta de Cristo ao Pai... As leituras bíblicas descrevem

Leia mais

A CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS E SACRAMENTAIS

A CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS E SACRAMENTAIS A CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS E SACRAMENTAIS NORMAS PASTORAIS PARA O PATRIARCADO DE LISBOA INTRODUÇÃO 1. Os sacramentos são os principais meios de graça, pelos quais a Igreja se consolida como Povo do Senhor

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

Instrução REDEMPTIONIS SACRAMENTUM

Instrução REDEMPTIONIS SACRAMENTUM Instrução REDEMPTIONIS SACRAMENTUM SAGRADA CONGREGAÇÃO PARA O CULTO DIVINO E A DISCIPLINA DOS SACRAMENTOS 1. A origem da presente Instrução É útil recordar a origem da presente Instrução. No dia 17 de

Leia mais

Reabertura da Catedral Homilia 8 de dezembro de 2015

Reabertura da Catedral Homilia 8 de dezembro de 2015 1 Reabertura da Catedral Homilia 8 de dezembro de 2015 Desde o lançamento da pedra fundamental este é um lugar sagrado onde a Assembleia, a Igreja, Comunidade de Fé, Comunidade de Esperança, Comunidade

Leia mais

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA A Vista Pastoral constitui-se em momento privilegiado de contato do Arcebispo com o povo santo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração

Leia mais

Catecumenato Uma Experiência de Fé

Catecumenato Uma Experiência de Fé Catecumenato Uma Experiência de Fé APRESENTAÇÃO PARA A 45ª ASSEMBLÉIA DA CNBB (Regional Nordeste 2) www.catecumenato.com O que é Catecumenato? Catecumenato foi um método catequético da igreja dos primeiros

Leia mais

IGREJA LUSITANA CATÓLICA APOSTÓLICA

IGREJA LUSITANA CATÓLICA APOSTÓLICA IGREJA LUSITANA CATÓLICA APOSTÓLICA EVANGÉLICA COMUNHÃO ANGLICANA UMA IGREJA PORTUGUESA CENTENÁRIA SACRAMENTAL DE PARTILHA E MISSÃO O BISPO DIOCESANO, ELEITO PELO SÍNODO E SAGRADO POR OUTROS BISPOS, É

Leia mais

O TEMPO DA QUARESMA E DA PÁSCOA

O TEMPO DA QUARESMA E DA PÁSCOA O TEMPO DA QUARESMA E DA PÁSCOA No Tempo da Quaresma e da Páscoa, também chamado de Ciclo Pascal, celebramos o grande mistério de nossa fé: o mistério da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. No

Leia mais

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida.

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida. LITURGIA DA PALAVRA A Palavra de Deus proclamada e celebrada - na Missa - nas Celebrações dos Sacramentos (Batismo, Crisma, Matrimônio...) A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa

Leia mais

1. O 11º PPC terá a validade de cinco anos, iniciando-se em 2012 e terminando em 2016.

1. O 11º PPC terá a validade de cinco anos, iniciando-se em 2012 e terminando em 2016. 11º PPC ASSEMBLEIA ARQUIDIOCESANA Estas são as questões que serão votadas na Assembléia Arquidiocesana, sem as emendas que poderão surgir durante a mesma. Cada uma das propostas poderá, deste modo, receber

Leia mais

A Pedagogia do cuidado

A Pedagogia do cuidado Roteiro de Oração na Vida Diária nº 23 A Pedagogia do cuidado Tempo forte na Igreja, inicia-se hoje nossa caminhada de preparação para a Páscoa, no rico tempo da quaresma. Como nos ciclos da natureza,

Leia mais

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública.

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. No BATISMO DE JESUS, no Rio Jordão, revela-se o Filho amado de Deus,

Leia mais

FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO

FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO CEP 12.209621 FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO O ano litúrgico, o que é? Qual a diferença do ano civil para o ano litúrgico? A importância do ano litúrgico na vida do cristão. É o tempo

Leia mais

Fevereiro Domingo - Missa 19h00 - Capela CND

Fevereiro Domingo - Missa 19h00 - Capela CND CALENDÁRIO PASTORAL 2013 COLÉGIO NOTRE DAME DE CAMPINAS "ANO DA FÉ Jornada Mundial da Juventude 03/fev 06/fev 10/fev 13/fev 15/fev 16/fev 17/fev 18/fev 19/fev 20/fev 24/fev 25/fev 27/fev 03/mar 04/mar

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DAS SEMANAS MISSIONÁRIAS

PLANO DE AÇÃO DAS SEMANAS MISSIONÁRIAS PLANO DE AÇÃO DAS SEMANAS MISSIONÁRIAS 1. APRESENTAÇÃO: 1.1 O PROJETO: As semanas são uma grande mobilização missionária que envolverá toda a Renovação Carismática Católica do Brasil. Aspirando que cada

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

Retiro de Revisão de Metas do Querigma

Retiro de Revisão de Metas do Querigma Pe. Marco Antonio Guerrero Guapacho - Colômbia 1. Evangelização Evangelizar é um verbo, derivado de evangelho, que faz referência à proclamação, ao anúncio de Jesus Cristo e da sua mensagem. No propósito

Leia mais

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas Aprendendo com Jesus Apresentação É com a maior confiança na compreensão e aceitação dos nossos queridos catequistas que levo a público

Leia mais

Música Litúrgica. 1. Como vai a música litúrgica entre nós?

Música Litúrgica. 1. Como vai a música litúrgica entre nós? 1 Música Litúrgica 1. Como vai a música litúrgica entre nós? O Concílio Vaticano II (1963) nos apresenta a Constituição da Sagrada Liturgia, cujo principal anseio da Igreja é a plena participação dos fiéis

Leia mais

Por Rogério Soares Coordenador Estadual da RCC São Paulo Grupo de Oração Kénosis

Por Rogério Soares Coordenador Estadual da RCC São Paulo Grupo de Oração Kénosis Grupos de Oração sem a experiência do Batismo no Espírito Santo, exercício dos carismas e o cultivo da vivência fraterna, revelam uma face desfigurada da RCC. Reflitamos a esse respeito tendo por base

Leia mais

TEXTO PRELIMINAR DO DIRETÓRIO DOS SACRAMENTOS DAAOR/2014

TEXTO PRELIMINAR DO DIRETÓRIO DOS SACRAMENTOS DAAOR/2014 TEXTO PRELIMINAR DO DIRETÓRIO DOS SACRAMENTOS DAAOR/2014 1. LITURGIA 1.1 Liturgia: a etimologia da palavra 1. Liturgia é uma palavra da língua grega que quer dizer: ação do povo, ação em favor do povo.

Leia mais

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR Da visita de cortesia que o Senhor D. João Lavrador efectuou à nossa Paróquia, teve lugar um encontro com os vários Grupos Paroquiais,

Leia mais

DIA 02/09/2012 Domingo. 19h30minh Celebração da Missa, Envio das imagens de São Geraldo para visita os setores do bairro.

DIA 02/09/2012 Domingo. 19h30minh Celebração da Missa, Envio das imagens de São Geraldo para visita os setores do bairro. FESTA DE SÃO GERALDO MAJELA - 2012 Paróquia São João Bosco A Comunidade São Geraldo Preparou a Seguinte Programação para Homenagear seu Padroeiro e convida você e sua família a estar conosco nos dias 7

Leia mais

MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO

MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO anuncie a Boa Nova não só com palavras, mas, sobretudo, com uma vida transfigurada pela presença de Deus (EG 259). O tema da nova evangelização aparece com freqüência

Leia mais

Pe. Leomar Brustolin Maio de 2013

Pe. Leomar Brustolin Maio de 2013 Pe. Leomar Brustolin Maio de 2013 Aparecida e Santo Domingo : clara opção pela paróquia e pela sua revitalização. DGAE: papel fundamental das paróquias na evangelização. transformar a estrutura da paróquia

Leia mais

Décima Primeira Lição

Décima Primeira Lição 70 Décima Primeira Lição AUTORIDADE NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS A EDUCAÇÃO DOS FILHOS NO LAR A) O lar tem suma importância na vida humana, pois é o berço de costumes, hábitos, caráter, crenças e morais de cada

Leia mais

Inquérito às Conferências Episcopais, aos Institutos Religiosos Maiores e às Faculdades de Teologia

Inquérito às Conferências Episcopais, aos Institutos Religiosos Maiores e às Faculdades de Teologia Inquérito às Conferências Episcopais, aos Institutos Religiosos Maiores e às Faculdades de Teologia MÚSICA SACRA 50 anos depois do Concílio Preambulo A 50 anos do II Concilio do Vaticano, a Congregação

Leia mais

Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília

Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília JANEIRO COM MARIA CONSTRUIR A PAZ Dia Dia da Semana 01 Quinta SOLENIDADE DA SANTA MARIA, MÃE DE DEUS. 04 Domingo SOLENIDADE DA EPIFANIA DO

Leia mais