QUESTÕES RESPONDIDAS REFERENTES AO EDITAL 025/10 DO PROCESSO LICITATÓRIO 1328/10

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUESTÕES RESPONDIDAS REFERENTES AO EDITAL 025/10 DO PROCESSO LICITATÓRIO 1328/10"

Transcrição

1 QUESTÕES RESPONDIDAS REFERENTES AO EDITAL 025/10 DO PROCESSO LICITATÓRIO 1328/10 Dúvidas: Cambiaghi Arquitetura Compreendi, a partir da visita realizada em 08/11/2010, que as lajes do Bloco 1, inclusive a de cobertura, foram calculadas para uma sobrecarga de 1.500KGF/m², dispensando, desta forma, a necessidade de reforço de fundações e estrutura, a não ser alguma intervenção localizada na laje de cobertura em função da instalação de algum equipamento de instalações prediais.assim sendo, as soluções destas instalações deverão abordar os dois pavimentos objetos do projeto, podendo, eventualmente gerar equipamentos comuns aos pavimentos. Propomos, portanto, considerarmos também a intervenção na cobertura e elaborarmos os projetos dos 3 pavimentos simultaneamente, e não por etapas diferenciadas, considerando preços globais, e não separados por 7º e 8º andares conforme sugerido no Anexo III Planilha orientativa Orçamentária. Propomos, ainda, elaborar o projeto de impermeabilização para as 3 lajes das intervenções, uma vez que serão ampliados os banheiros dos 7º e 8º andares e haverá intervenção nos entre - pisos em função das instalações. Embora os projetos estejam separados por andar (7o.e 8o.), os mesmos serão contratados de forma única, ou seja, o vencedor será o que, qualificado tecnicamente, oferecer a melhor proposta comercial para o conjunto. O projeto de ar condicionado ou de algum outro sistema (inclusive impermeabilização) poderá considerar a cobertura como local de instalação de equipamentos. Essa eventual "área" de intervenção deverá estar considerada e diluída no custo global da forma que os proponentes julgarem mais adequada sendo importante ressaltar que toda e qualquer intervenção nesse sentido não poderá ser objeto de aditamento posterior. Vale lembrar que uma das hipóteses a ser considerada para o sistema de ar condicionado ao menos do 7o.andar (a exemplo do que já foi feito no 5o.) é a utilização das caixas de escada laterais para instalação de equipamentos. Não sendo usada para máquinas do sistema de ar condicionado a mesma poderá ser usada para outro fim. Dessa forma, a escada deverá ser demolida e uma laje de piso será construída. Tanto a demolição quanto a construção deverão passar por uma análise do projeto da estrutura existente bem como do cálculo estrutural da nova laje. Como os andares estão intimamente ligados alguns projetos como o de impermeabilização podem ou devem ser considerados em conjunto.

2 Dúvidas: Cambiaghi Arquitetura Novas dúvidas geradas a partir da Visita técnica hoje realizada: 1.Quanto ao Projeto Estrutural, conforme informou-nos o Arq. Henrique Jatene, deverá ser necessária apenas uma assessoria técnica no caso de implantação de algum equipamento na laje de cobertura do 8º pavimento. O Memorial Descritivo anexo ao Edital pede este projeto em todas as suas fases/etapas de projeto. O Anexo III, Planilha Orientativa Orçamentária não considera o projeto em todas as suas fases. Como devemos proceder? 2.O Item 4 do Memorial Descritivo solicita Projetos Legais. Conforme comentado em e- mail anterior e orientação do Arq. Henrique Jatene, este item passa a ser desnecessário. Apenas deveremos contemplar nos projetos os itens de segurança previstos pelo processo já em andamento no Corpo de Bombeiros e CONTRU, além de atender às posturas da Resolução RDC nº 50 da ANVISA. Correta esta interpretação? 3.O Item 8 do Memorial Descritivo (Produtos) solicita 3 imagens de maquete eletrônica nos Desenhos de Execução. O Item 10 (Fases de Trabalho) solicita 3 Imagens por Pavimento na Fase 4 (Básico) e 1 Planta Humanizada mais 4 Imagens por andar. Qual Item devemos atender? 1. O sistema de ar condicionado deverá gerar a necessidade de instalar casa de máquinas no espaço hoje ocupado pelas escadas laterais desativadas, nos mesmo moldes do atual 5o.andar. Essa escada se tornará uma laje apta a receber as máquinas do sistema. Do ponto de vista estrutural será necessário será necessário considerar a remoção da laje/vigas da escada e o projeto da laje no nível do 7o.andar. Para o sistema de ar condicionado do 8o.andar poderá ser necessário a utilização da laje de cobertura. Eventuais cargas de base e equipamentos deverão ser avaliadas e conseqüente reforço poderá ser necessário. Vale citar que as áreas atendidas por ar condicionado no 7o. e 8o. andares hoje não chegam a 25% da área total. Isso implica em que as atuais cargas térmicas não estarem previstas no atual consumo da central de água gelada. Uma solução possível para essa nova carga, ao invés de se utilizar a atual central de água gelada (com sua capacidade próxima do limite) é a utilização de um self a ar ou água só para esses dois andares. Esse equipamento pode ser locado na cobertura e eventuais reforços devem fazer parte deste escopo de projeto. 2. Os projetos devem estar em condições de serem aprovados em qualquer instância legal. Com relação à aprovação no corpo de bombeiros já existe um processo de aprovação em andamento e as diretrizes deste projeto já deverão ser objeto de detalhamento no que diz respeito às áreas do 7o. e 8o.andares. Com relação à aprovação na Visa, por ocasião da elaboração do projeto básico deverá ser montada

3 uma planta com o layout e marcação dos pontos de utilidades que será utilizada pelo hospital para montagem do processo de aprovação do projeto junto a esse órgão. A aprovação não faz parte do escopo dessa contratação. O(s) desenho(s), sim. 3. As maquetes eletrônicas deverão ser montadas na fase de projeto básico como ferramenta de estudo e discussão das soluções propostas. A resultante dessas discussões e eventuais alterações deverão ser entregue na fase de projeto executivo. Ambas são escopo dessa contratação. Dúvidas: Cambiaghi Arquitetura 1- Quanto a estrutura (falam em avaliação e projeto de reforço das fundações, etc), que pelo fato dos ambientes não virão a ter uma ocupação diferente da que hoje existe, não deverá haver aumento de carga na estrutura, portanto o objetivo é inocuo. Entretanto como dificilmente a central de água gelada existente possa vir a suprir as necessidades requeridas pelos dois pavimentos (a única forma seria efetuar uma reavaliação de todo o Bloco 1), é provável que o sistema de ar condicionado que virá atender ao 7º e 8º Pav, seja independente desta central e talvez até de tipo diferente do sistema de água gelada, com seus equipamentos instalados na cobertura do Bloco 1, e neste caso sim faz sentido a necessidade de um projeto de estrutura. 2- O Edital menciona diversas vezes a aprovação do projeto junto ao Corpo de Bombeiros, e dificilmente seria aprovado sem a pressurização da escada do Bloco 1, que envolve toda a edificação e não só os 7º e 8º Pav. Concordo que é bastante remota a possibilidade de termos necessidade de reforço de fundação. Podemos considerar que esse item não precisa ser considferado em projeto. Já estrutura, conforme anterior deve ser mantido. Com relação ao Corpo de Bombeiros vale um esclarecimento. Há em tramitação no Contru e Corpo de Bombeiros um projeto geral de aprovação dos Blocos 1 e 2 do Instituto do Coração. Nesse projeto constam algumas necessidades de reforma e adequações para o 7o. e 8o.andares do Bloco 1. Nos projetos objeto do escopo desta concorrência, essas alterações devem ser incluídas. Ocorre que a base para esses projetos é o atual layout que será modificado no projeto. Dessa forma, o que se espera é que os novos projetos incorporem as alterações já previstas e continuem atendendo às normas do corpo de bombeiros. Devemos ter desenhos, bem como qualquer outro elemento que permitam ao hospital substituir a planta que está sendo aprovada por uma outra igualmente aprovável. Podemos considerar, no entanto, que o processo de aprovação NÃO é objeto desse escopo de contratação. Dúvidas: Duarte e Schahin Arquitetura A Duarte Schahin Arquitetura está participando do Processo n 1328/10, Edital n 025 e estamos com dúvidas referentes ao item Comprobatórios da Qualificação Técnica, alínea "c", no qual diz: Comprovando haver realizado, adequadamente, em ocasiões pretéritas, objeto da mesma natureza da presente licitação, com no mínimo

4 40.000m 2 de projetos de cada disciplina envolvida no escopo da contratação sendo pelo menos m 2 em um único projeto atestado; As minhas dúvidas são: - Precisamos de uma comprovação para cada item? (Arquitetura/ Projeto de Instalações eletro-eletrônicas/ Projeto de Instalações hidro-sanitárias/ Projeto de Instalações fluido-mecânicas e Projeto de Climatização)? - Devemos enviar comprovações que somem m² sendo que apenas 1 projeto deve ter o mínimo de 7.000m²? - Temos "Atestado de Capacitação Técnica" de 2009/ 2010 e "Certidão de Acervo Técnico" de 2009 expedido pelo Crea, ambos servem para comprovação - Foi publicada uma errata que altera os valores das comprovações. Por favor, verifique pois acho que ela esclarece uma de suas dúvidas. - Entendo que o Atestado de Capacitação Técnica e o CAT de 2009 servem como comprovação. - Todos as disciplinas exigem Capacitação Técnica. Dúvidas: Piratininga Arquitetos Com base na Lei de 21/06/1993, o valor de referência para Carta Convite é de R$ ,00. A partir do escopo mencionado no edital, entendemos que este valor é inviável para atendermos o mesmo. Questão nº. 1: De qualquer forma, gostaríamos de saber, se para proposta, devemos nos basear nesta referência citada acima, se não, existe algum valor limite? No item 5.3.1, pede-se que apresentemos atestados emitidos em nome do Proponente por pessoas jurídicas de direito público ou privado, comprobatórios de aptidão para desempenho de atividades pertinentes e compatíveis em características e quantidades. Os atestados emitidos por pessoa jurídica de direito privado deverão ser acompanhados do contrato que originou os serviços. Questão nº. 2: Uma vez que o atestado foi registrado no CREA (Conselho Regional de Engenheiros e Arquitetos), ainda sim, deve-se apresentar o contrato, ou, o atestado munido do CAT (Certidão de Acervo Técnico) é o suficiente? Embora o objeto se refira a um prédio público, essa não é uma licitação pública já que os recursos e a condução do processo estão sob responsabilidade da Fundação Zerbini que é uma entidade de direito privado. Embora o espírito da licitação seja o

5 mesmo, não necessariamente os valores dessa licitação devam atender aos mesmos de uma Carta Convite de licitação pública. O objetivo dos atestados com contrato é evitar a possibilidade de apresentação de atestados "frios" ou inverídicos. Entendo que um atestado munido do CAT, considerando o CREA como certificador nesse caso, é suficiente. Dúvidas: Piratininga Arquitetos No item Comprobatórios da qualificação técnica, alínea C pede-se que comprove haver realizado, adequadamente, em ocasiões pretéritas objeto da mesma natureza da presente licitação, com no mínimo m² de projetos de cada disciplina envolvida no escopo da contratação, sendo pelo menos m² em único projeto atestado. Dúvida: A empresa de engenharia que participará na concorrência com a nossa empresa tem atestados, inclusive de projetos feitos para vocês, porém os mesmos não atestam a área do projeto, como podem verificar nos arquivos anexos. O contrato assinado por vocês e pelo engenheiro em questão, também não informa nenhuma área, apenas o escopo do serviço. Desta forma, poderemos utilizar esses atestados, uma vez que é de vocês e sendo assim, vocês tem conhecimento das áreas? A empresa de Engenharia pode pedir que emitamos um novo atestado ou atestado complementar fazendo referência da área ou ainda anexar a a ART, desde que na mesma conste a área, ao atestado com texto explicativo. Dúvidas: Guedes Pinto Para elaboração de nossa proposta precisamos de mais algumas informações: - Estrutura: definição da área e locais que serão necessários reforços ou relatório técnico de avaliação; -Imagens: favor informar número total de Maquetes Eletrônicas e Ilustrações Humanizadas por fase; -Impermeabilização: informar as áreas que serão impermeabilizadas; -Data de abertura das propostas: esta data esta definida? Acho que este é o sétimo pedido de esclarecimento que estou respondendo. Todas as empresas deveriam ter recebido os seis anteriores. Se não receberam, por favor, entre

6 em contato com o setor de Compras o mais rápido possível. *Estrutura*: no nível do 7o.andar, as duas escadas laterais (não a estrutura externa mas os pisos) serão demolidas e substituídas por uma laje, a exemplo do que já aconteceu no 5o.andar. No 5o.andar essas lajes serviram para abrigar máquinas do sistema de ar condicionado. No 7o. podem ter o mesmo fim ou algum outro que poderá surgir nas discussões de projeto. De qualquer forma, a demolição dos degraus e a construção da laje devem passar por um projeto de estrutura. Ainda na interface com o sistema de ar condicionado, há grande possibilidade de não ser possível abastecer o sistema de ar condicionado com a atual Central de Água Gelada que atende os dois prédios. A atual capacidade está perto do limite e embora tenhamos um projeto para reformá-la, os tempos entre o projeto do 7o.e 8o.andar e a execução dessa reforma da central podem não estar sincronizados. Dessa maneira, poderemos ter um sistema independente apenas para o 7o.e8o.andar que ficaria na cobertura do 8o.andar. Não tenho elementos para dimensionar esse eventual equipamento (que pode ser a ar ou a água) ou avaliar o impacto que pode causar na estrutura existente. Dessa forma, para evitar que, caso confirmada a necessidade de instalar algum equipamento na cobertura, fique alguma dúvida ou pendência de projeto, entendo que é necessário considerar algum valor para cobrir a necessidade de avaliação ou projeto para esse fim. *Imagens* : teremos imagens em dois momentos. Na fase do básico para estudarmos os acabamentos e na fase do executivo já como apresentação final. São 3 imagens por andar por fase. Planta humanizada só é necessário uma por andar e apenas na fase final do executivo. *Impermeabilização* : considerar todas as áreas molhadas (banheiros, utilidades, serviço, dml, resíduos, copa...). A cobertura do Bloco 1 já está impermeabilizada. Dúvidas: SBS Arquitetos Vistoria Durante a vistoria, foi argüida a necessidade de realização de um projeto estrutural, que deverá ser elaborado de acordo com o Anexo I, item 8 Estrutura. Pedimos a gentileza de esclarecerem: (a) se o projeto estrutural é obrigatório; (b) as medidas do projeto estrutural. Respondo as questões técnicas, deixando as questões legais à cargo do setor de Compras. Com relação ao projeto de estrutura, conforme anterior, informo que ele será obrigatório para a substituição das escadas laterais do 7o.andar, por laje de piso, conforme foi exposto na vistoria ao mostrar a solução adotada no 5o.andar, onde a escada se transformou em laje para casa de máquinas. Tanto a demolição da escada quanto a construção da nova laje, deverão ser objeto de avaliação da estrutura e

7 projeto da estrutura existente e conseqüente cálculo e projeto estrutural. A área de cada escada lateral é de 28m2. Além desse projeto estrutural, caso alguma solução de projeto exija a instalação de algum equipamento na cobertura, por exemplo, um aparelho do sistema de ar que exija algum reforço estrutural, o mesmo deve estar já considerado no custo dessa proposta, não devendo ser objeto de solicitação de aditivo de contrato. Com relação ao Arquiteto Nelson Daruj, por se tratar do autor do projeto original dos andares, recomenda-se a sua contratação como consultor. O contato e o dimensionamento desse trabalho devem ser feito direto pelos proponentes. Os dados para contato podem ser fornecidos por telefone ou pela administradora Régia ( ). Os arquivos eletrônicos, salvo solicitação posterior, poderão ser entregues em versões que possam ser lidas e trabalhadas em AUTOCAD Telefone para contato Arquiteto Nelson Daruj : (11) ERRATA publicada no site da Fundação Zerbini (www.zerbini.org.br) Foi corrigido o descrito no Edital: : Objeto: Reforma do 7º e 8º andares do (Bloco 1) do Instituto do Coração Processo nº 1328/10 - Edital nº 025/10 Onde se lê: COMPROBATÓRIOS DA QUALIFICAÇÃO TÉC ICA: c) Comprovando haver realizado, adequadamente, em ocasiões pretéritas, objeto da mesma natureza da presente licitação, com no mínimo m 2 de projetos de cada disciplina envolvida no escopo da contratação sendo pelo menos m 2 em um único projeto atestado; Leia-se: COMPROBATÓRIOS DA QUALIFICAÇÃO TÉC ICA: c) Comprovando haver realizado, adequadamente, em ocasiões pretéritas, objeto da mesma natureza da presente licitação, com no mínimo 4.000m 2 de projetos de cada disciplina envolvida no escopo da contratação sendo pelo menos m 2 em um único projeto atestado;

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTO N.º 03

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTO N.º 03 Curitiba, 12 de Dezembro de 2014. DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTO N.º 03 TOMADA DE PREÇOS 2014/15001(7419) - Contratação de reforma, sem ampliação, incluindo pavimentação, alvenaria,

Leia mais

CIRCUITO DE UM PROCESSO PARA ABASTECIMENTO

CIRCUITO DE UM PROCESSO PARA ABASTECIMENTO CIRCUITO DE UM PROCESSO PARA ABASTECIMENTO O presente documento visa fornecer indicações sobre a elaboração e constituição de um processo para abastecimento, quer este se apresente sob a forma de Processo

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 RESPOSTA 06 AOS QUESTIONAMENTOS DA LICITANTE

CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 RESPOSTA 06 AOS QUESTIONAMENTOS DA LICITANTE CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 RESPOSTA 06 AOS QUESTIONAMENTOS DA LICITANTE 1. Questionamento: Gostaríamos de saber se nas peças layoutadas, que serão apresentadas em pranchas de até no máximo 42 X 30cm para

Leia mais

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO COTAÇÃO DE PREÇO Nº 09/2014 PROCESSO Nº 09/2014 ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL MAMIRAUÁ IDSM PROJETO - ARQUITETURA, PROJETOS EXECUTIVOS COMPLEMENTARES E ORÇAMENTO

Leia mais

Cód. Ref.: CARTA-CONVITE SOFT-BSB LICITAÇÃO POR CONVITE Nº 52/ 2014. TIPO : Menor preço e prazo de execução

Cód. Ref.: CARTA-CONVITE SOFT-BSB LICITAÇÃO POR CONVITE Nº 52/ 2014. TIPO : Menor preço e prazo de execução LICITAÇÃO POR CONVITE Nº 52/ 2014 TIPO : Menor preço e prazo de execução A ASSOCIAÇÃO PARA PROMOÇÃO DA EXCELÊNCIA DO SOFTWARE BRASILEIRO SOFTEX, torna PÚBLICO para conhecimento de quantos possam se interessar

Leia mais

ERRATA EDITAL DA LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº53/2013 - PROCESSO N.ºP20100/13-81

ERRATA EDITAL DA LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº53/2013 - PROCESSO N.ºP20100/13-81 ERRATA EDITAL DA LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº53/2013 - PROCESSO N.ºP20100/13-81 NO EDITAL DA LICITAÇÃO DA CONCORRÊNCIA Nº53/2013: 8.15.2.1. Quanto à capacitação técnico-profissional: apresentação de Certidão

Leia mais

Equipamentos Públicos

Equipamentos Públicos Equipamentos Públicos 1 Como fiscalizar Conheça o método de fiscalização das obras dos Fóruns da Bahia Vistoria dos Fóruns de Itabuna e Vitória da Conquista envolve compatibilização dos projetos por meio

Leia mais

1 Introdução. antes de mudar

1 Introdução. antes de mudar Introdução 1 Introdução antes de mudar Recebendo as chaves do imóvel, o proprietário deverá providenciar junto as concessionárias, as ligações de alguns serviços indispensáveis ao funcionamento de sua

Leia mais

Edital de Licitação Pública Nº 16294/2012

Edital de Licitação Pública Nº 16294/2012 Edital de Licitação Pública Nº 16294/2012 Reforma Parcial do Galpão da Cidadania para Implantação de Cozinha Industrial no âmbito do Projeto BRA/11/017 Questionamentos e Respostas 1. A capacidade do monta

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1) INSTRUÇÕES ÀS LICITANTES ITEM 6.2.4 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Onde se lê: 6.2.4 Qualificação Técnica a) Registro/Certidão de inscrição no CREA e/ou CRA, da empresa

Leia mais

ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008. A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite:

ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008. A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite: 01/07/2008 ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008 A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite: A data de abertura foi transferida para o dia 18/07/2008, às 14 horas; o prazo para realização

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Processo n.º E-04/. /2012. Contratação de empresa para fornecimento e instalação de sistema de gerenciamento de tráfego para elevadores do prédio da SEFAZ, localizado na Avenida Presidente Vargas, 670

Leia mais

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO 1. É dito no item 9.6.3 que os atestados de capacitação técnica a que se refere o item 9.6.1 (I a III) deverão ser fornecidos por

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Secretaria das Cidades

Governo do Estado do Ceará Secretaria das Cidades NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01 TOMADA DE PREÇOS Nº 20130004 - CIDADES OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS EXECUTIVOS DE ENGENHARIA DO ATERRO

Leia mais

CONCORRÊNCIA PÚBLICA DE TÉCNICA E PREÇONº 003/15 CIRCULAR Nº01

CONCORRÊNCIA PÚBLICA DE TÉCNICA E PREÇONº 003/15 CIRCULAR Nº01 Contratação para os serviços de elaboração de Projetos Executivos de Engenharia para gasodutos, redes internas, incluindo levantamento topográfico semi-cadastral, proteção catódica, o estudo de interferência

Leia mais

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Ao: Pró Reitor de Desenvolvimento Institucional ANTÔNIO A. RAITANI JÚNIOR Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense Assunto:

Leia mais

PREGÃO ELETRONICO Nº02/2015 (SRP)

PREGÃO ELETRONICO Nº02/2015 (SRP) PREGÃO ELETRONICO Nº02/2015 (SRP) EXCELENTISSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO CAMPUS SÃO LUIS /MONTE CASTELO

Leia mais

Completa gestão. Reforma completa de mais de 10 mil m² do Incor engloba desde o reforço das fundações até a instalação de equipamentos.

Completa gestão. Reforma completa de mais de 10 mil m² do Incor engloba desde o reforço das fundações até a instalação de equipamentos. reforma Novos espaços Completa gestão Reforma completa de mais de 10 mil m² do Incor engloba desde o reforço das fundações até a instalação de equipamentos 60 Os blocos um e três do Instituto do Coração

Leia mais

Análise e Aprovação dos Projetos. dos Estabelecimentos de Saúde no SNVS. junho 2013. www.anvisa.gov.br. Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Análise e Aprovação dos Projetos. dos Estabelecimentos de Saúde no SNVS. junho 2013. www.anvisa.gov.br. Agência Nacional de Vigilância Sanitária Análise e Aprovação dos Projetos dos Estabelecimentos de Saúde no SNVS junho 2013 RDC ANVISA 51 de 06/10/2011 Dispõe sobre os requisitos mínimos para a análise, avaliação e aprovação dos projetos físicos

Leia mais

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE FORMAL REGIMENTO INTERNO N 010/12 PROCESSO N 0848/12 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 27/06/2012 até 17:00h

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE FORMAL REGIMENTO INTERNO N 010/12 PROCESSO N 0848/12 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 27/06/2012 até 17:00h FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE FORMAL REGIMENTO INTERNO N 010/12 PROCESSO N 0848/12 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 27/06/2012 até 17:00h Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial

Leia mais

PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS. Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos:

PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS. Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos: PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos: 1) No item 10.3.2 Documentação De Qualificação Econômico-Financeira, não é

Leia mais

PRÊMIO SOLUÇÕES CRIATIVAS

PRÊMIO SOLUÇÕES CRIATIVAS Edital e Regulamento do Concurso Prêmio Talento Inovador Com a preocupação com os novos talentos e o incentivo a criatividade surgiu à idéia do PRÊMIO SOLUÇÕES CRIATIVAS em parceria do Grupo Modular com

Leia mais

REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015.

REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015. Rio de Janeiro, 27 de fevereiro de 2015. REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015. Este documento visa responder às solicitações formuladas

Leia mais

Legislação em Vigilância Sanitária

Legislação em Vigilância Sanitária Legislação em Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO - RDC Nº 189, DE 18 DE JULHO DE 2003 Dispõe sobre a regulamentação dos procedimentos de análise, avaliação e aprovação dos projetos físicos de estabelecimentos

Leia mais

Circ.Demap/Dilic-571/2013 Brasília, 4 de dezembro de 2013 Pt. 1301581740

Circ.Demap/Dilic-571/2013 Brasília, 4 de dezembro de 2013 Pt. 1301581740 1 Circ.Demap/Dilic-571/2013 Brasília, 4 de dezembro de 2013 Pt. 1301581740 Às Licitantes da Concorrência Internacional Demap nº 133/2013 Prezados Senhores: Referimo-nos ao Edital da Concorrência Internacional

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO/SP ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO Nº.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO/SP ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO Nº. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 27/2011 TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de engenharia elétrica para elaboração de projeto

Leia mais

Lendo o Manual de Diretrizes de projeto e olhando as imagens do google, me deparei com algumas duvidas iniciais.

Lendo o Manual de Diretrizes de projeto e olhando as imagens do google, me deparei com algumas duvidas iniciais. CONCURSO PÚBLICO NACIONAL DE ARQUITETURA PROJETO DE ARQUITETURA DE ADAPTAÇÃO DO EDIFÍCIO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO USP PRIMEIRO BLOCO DE CONSULTAS CONSULTA 01 Lendo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBRA...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS NAS ESTRUTURAS DENOMINADAS COMETAS CONFORME

Leia mais

Memorial Técnico para Elaboração de Proposta Comercial

Memorial Técnico para Elaboração de Proposta Comercial I MEMORIAL TÉCNICO DO XXVII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. Selecionar a(s) Montadora(s) prestadora(s) de serviços de montagem para as diversas fases BLOCOS para a implantação do XXVII CBP no Transamérica

Leia mais

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTOS DIVERSOS

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTOS DIVERSOS Curitiba, 06 de Abril de 2015. ESCLARECIMENTOS DIVERSOS TOMADA DE PREÇOS 2015/1701 (7419) Contratação de reforma sem ampliação para relocalização da Agência Penha Besc (SC). Atendendo ao pedido de esclarecimentos

Leia mais

A empresa Expernet Telemática Ltda., solicita os seguintes esclarecimentos: O subitem 2.3 Documentos Relativos à Qualificação Técnica alínea b) exige:

A empresa Expernet Telemática Ltda., solicita os seguintes esclarecimentos: O subitem 2.3 Documentos Relativos à Qualificação Técnica alínea b) exige: COP-148/2009 Processo nº 000578-14.89/09-2 Assunto: Esclarecimento A empresa Expernet Telemática Ltda., solicita os seguintes esclarecimentos: Questionamento 1. O subitem 2.3 Documentos Relativos à Qualificação

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA LICITAÇÃO PÚBLICA INTERNACIONAL - LPI N 0 001/CELIC/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N 0 0122073-14.00/12-0 RESPOSTAS DO CONTRATANTE Respostas aos questionamentos enviados pela empresa STEFANINI ASSESSORIA

Leia mais

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 012/10 PROCESSO n 0241/10 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 12/04/2010 até 17:00h

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 012/10 PROCESSO n 0241/10 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 12/04/2010 até 17:00h FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 012/10 PROCESSO n 0241/10 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 12/04/2010 até 17:00h Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial para Contratações/Compras

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE. Solicitação de CAT N-LINE CREA-SP PASSO-A-PASSO

SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE. Solicitação de CAT N-LINE CREA-SP PASSO-A-PASSO SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE CAT Solicitação de CREA-SP N-LINE PASSO-A-PASSO 1 2 CREA-SP SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE: A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR! O QUE É ACERVO TÉCNICO? É o conjunto das atividades

Leia mais

FICHA MODELO DA SINOPSE DO LAUDO

FICHA MODELO DA SINOPSE DO LAUDO FICHA MODELO DA SINOPSE DO LAUDO A Ficha objetiva apresentação de SINOPSE do laudo, padronizada, a fim de auxiliar a análise e encaminhamento do mesmo para os interessados. Conforme modelo que segue, o

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano 2014 CONCEITOS GERAIS DOS SERVIÇOS E Lei nº 3401/06 ( Plano Diretor), Lei nº 3420/07 (Código

Leia mais

Termo de Referência para Posto de Combustível no Município de Teresina

Termo de Referência para Posto de Combustível no Município de Teresina Termo de Referência para Posto de Combustível no Município de Teresina Requisitos e procedimentos para expedição do Licenciamento Ambiental de postos de combustíveis instalados/localizados e/ou a serem

Leia mais

EMBRACON Empresa Brasileira de Administração de Condomínio Ltda.

EMBRACON Empresa Brasileira de Administração de Condomínio Ltda. Garantia da construtora Assim como outros bens ele tem uma garantia, o imóvel possui a garantia legal dada pela construtora de no mínimo cinco anos, mas determinar o responsável por grandes falhas ou pequenos

Leia mais

2.2 O escopo dos serviços a serem contratados inclui:

2.2 O escopo dos serviços a serem contratados inclui: ANEXO I PROJETO BÁSICO GEMAP 10/2008 1. DO OBJETO Visa o presente à contratação de empresa de engenharia e, ou, arquitetura, especializada na prestação de serviços de ambientação interna com elaboração

Leia mais

TERCEIRA ATA DE DIVULGAÇÃO DE RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FORMULADOS POR EMPRESA INTERESSADA NA CONCORRÊNCIA Nº 1/2014 DA SAC/PR

TERCEIRA ATA DE DIVULGAÇÃO DE RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FORMULADOS POR EMPRESA INTERESSADA NA CONCORRÊNCIA Nº 1/2014 DA SAC/PR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL TERCEIRA ATA DE DIVULGAÇÃO DE RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FORMULADOS POR EMPRESA INTERESSADA NA CONCORRÊNCIA Nº 1/2014 DA SAC/PR Objeto da Concorrência

Leia mais

Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center

Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center MUNICÍPIO DE SANTO ÂNGELO Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center Projeto DATA CENTER José Fioravante Schneider 01/06/2015 Página 1 de 9 ÍNDICE

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENAÇÃO DOS INSTITUTOS DE PESQUISA CENTRO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENAÇÃO DOS INSTITUTOS DE PESQUISA CENTRO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENAÇÃO DOS INSTITUTOS DE PESQUISA Portaria CVS 15, de 26 de Dezembro de 2002. Define diretrizes, critérios e procedimentos para a avaliação físico funcional de projetos

Leia mais

técnica à Gerência de Unidades de Conservação de Proteção Integral

técnica à Gerência de Unidades de Conservação de Proteção Integral TERMO DE REFERÊNCIA Nº. 03 / 2012 Projeto: Assunto: Serviços Técnicos especializados de Engenharia consultiva de Gerenciamento de Obras e Assessoria técnica para elaboração de projetos de implantação das

Leia mais

Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação do INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO IPASEM-NH

Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação do INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO IPASEM-NH Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação do INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO IPASEM-NH Referente ao PREGÃO ELETRÔNICO Nº 01/2013 COMERCIAL DE ELETRODOMÉSTICOS

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015 TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA REFORMA DOS BANHEIROS COLETIVOS DOS BLOCOS I E J DO CONDOMÍNIO ANEEL/ANP/CPRM.

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA REFORMA DOS BANHEIROS COLETIVOS DOS BLOCOS I E J DO CONDOMÍNIO ANEEL/ANP/CPRM. RELATÓRIO DE HABILITAÇÃO DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DA TOMADA DE PREÇOS N 01/2013 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA REFORMA DOS BANHEIROS COLETIVOS DOS BLOCOS I E J DO CONDOMÍNIO ANEEL/ANP/CPRM.

Leia mais

ATA DE SESSÃO DA CONCORRÊNCIA Nº 15/2014

ATA DE SESSÃO DA CONCORRÊNCIA Nº 15/2014 ATA DE SESSÃO DA CONCORRÊNCIA Nº 15/2014 PROCESSO: Nº 062/2014 OBJETO: Contratação de empresa de engenharia especializada para o fornecimento, instalação e montagem dos sistemas de exaustão e captação

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência: Processo n.º 0.00.002.001198/2014-32 Edital do Pregão Eletrônico nº 43/2014 Contratação de serviços técnicos continuados de operação do sistema de automação, remanejamento e instalação de equipamentos

Leia mais

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital.

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Senhor Licitante, Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Atenciosamente, Vera Lucia M. de Araujo Pregoeira

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

Resende (RJ), 16 de setembro de 2015. ATO CONVOCATÓRIO AGEVAP N.º 022/2015 COMUNICADO Nº 5 Aos Interessados

Resende (RJ), 16 de setembro de 2015. ATO CONVOCATÓRIO AGEVAP N.º 022/2015 COMUNICADO Nº 5 Aos Interessados Resende (RJ), 16 de setembro de 2015. ATO CONVOCATÓRIO AGEVAP N.º 022/2015 COMUNICADO Nº 5 Aos Interessados Quanto aos pedidos de esclarecimentos apresentados por algumas entidades, referente ao Ato Convocatório

Leia mais

FAQ CHAMADA PÚBLICA R.: Entendimento correto.

FAQ CHAMADA PÚBLICA R.: Entendimento correto. FAQ CHAMADA PÚBLICA 1. Conforme o item 8.1.6 do edital da Chamada Pública REE 002/2015 para as propostas de projetos que contemplarem a inclusão de geração de energia elétrica a partir de Fonte Incentivada

Leia mais

Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação

Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação AO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação Referente ao PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2013-PR/SC.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PREFEITURA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Cargo de Nível Médio Agente Administrativo Contribuir com o correto fluxo de atividades, informações e materiais

Leia mais

Concurso Público: Prêmio Caneleiro de Arquitetura Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA

Concurso Público: Prêmio Caneleiro de Arquitetura Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA Concurso Público: Prêmio Caneleiro de Arquitetura Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA Junho 2014 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO Pg. 03 2. OBJETO Pg. 03 3. ESCOPO DOS PRODUTOS E SERVIÇOS Pg. 03 4. DIRETRIZES PARA

Leia mais

Senhor Luis Felipe, Sim, o entendimento está correto. Atenciosamente, Uelton Aguiar Ricardo Presidente da CPL Matr. CFMV nº 0303

Senhor Luis Felipe, Sim, o entendimento está correto. Atenciosamente, Uelton Aguiar Ricardo Presidente da CPL Matr. CFMV nº 0303 Senhor Luis Felipe, Sim, o entendimento está correto. São Paulo, 22 de março de 2013. Ao Conselho Federal de Medicina Veterinária SIA, Trecho 6, Lotes 130 e 140 Brasília/DF Ref.: CONCORRÊNCIA Nº 03/2013

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10. Anexo XII - PROJETO BÁSICO

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10. Anexo XII - PROJETO BÁSICO 1 CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10 Anexo XII - PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Serviços de manutenção preventiva e corretiva de sistema do ar condicionado

Leia mais

Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações

Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações PMCMV RECURSOS FAR OBJETIVO Aquisição e requalificação de imóveis destinados a alienação para famílias com renda mensal de até R$ 1.600,00 (Faixa 1),

Leia mais

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES)

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) REFORMA DAS INSTALAÇÕES DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS DO ABRIGO DO

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EDITAL DO PREGÃO AMPLO Nº 008/2010-ER05-Anatel PROCESSO Nº 53528.001004/2010 Projeto Executivo e Estudos de Adequação da nova Sala de Servidores da rede de

Leia mais

Serviços Relacionados à ART

Serviços Relacionados à ART Serviços Relacionados à ART Documentos obrigatórios para: BAIXA DE ART POR CONCLUSÃO DE OBRA OU SERVIÇO - Requerimento para baixa da ART assinado pelo profissional, caso a ART não esteja baixada de forma

Leia mais

Termo de Referência 12/2015

Termo de Referência 12/2015 (ISO Em Processo de Implantação) Itapira, 25 de Setembro de 2015. Termo de Referência 12/2015 Especificações para a contratação de empresa especializada para execução, com fornecimento de materiais, equipamento

Leia mais

2. INFORMAÇÕES E SIGILO

2. INFORMAÇÕES E SIGILO TERMO DE ADESÃO Para melhor comunicação e transparência ao cliente Plantafácil, disponibilizamos abaixo o termo de adesão de nossos produtos e serviços disponibilizados no site, de protocolo cartorial,

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APTOS

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APTOS PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APTOS Para solicitar modificações nos apartamentos, o cliente deverá vir até a empresa, no período estipulado (informado pela empresa) no setor de Modificação

Leia mais

RESPOSTA IMPUGNAÇÃO N.º 1 CONCORRÊNCIA N.º 01/2011 DP-PA

RESPOSTA IMPUGNAÇÃO N.º 1 CONCORRÊNCIA N.º 01/2011 DP-PA ESTADO DO PARÁ DEFENSORIA PÚBLICA COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO RESPOSTA IMPUGNAÇÃO N.º 1 CONCORRÊNCIA N.º 01/2011 DP-PA Interessado: Empresa Multisul Construções e Incorporações Ltda Processo n.º 2011/386420

Leia mais

RELATÓRIO DA COMISSÃO DA LICITAÇÃO DA TOMADA DE PREÇOS N. 05/2005 FASE: HABILITAÇÃO PRELIMINAR

RELATÓRIO DA COMISSÃO DA LICITAÇÃO DA TOMADA DE PREÇOS N. 05/2005 FASE: HABILITAÇÃO PRELIMINAR RELATÓRIO DA COMISSÃO DA LICITAÇÃO DA TOMADA DE PREÇOS N. 05/2005 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA EXECUÇÃO DE I) TELHADO COM ESTRUTURA E TELHAS METÁLICAS PARA REFORMA PARCIAL DA COBERTURA E II)

Leia mais

CENTRO DE SERVIÇOS DE LOGÍSTICA SÃO PAULO (SP) CREDENCIAMENTO CSL SÃO PAULO (SP) N.º 2011/00262 (7421) SL

CENTRO DE SERVIÇOS DE LOGÍSTICA SÃO PAULO (SP) CREDENCIAMENTO CSL SÃO PAULO (SP) N.º 2011/00262 (7421) SL CENTRO DE SERVIÇOS DE LOGÍSTICA SÃO PAULO (SP) CREDENCIAMENTO CSL SÃO PAULO (SP) N.º 2011/00262 (7421) SL OBJETO: Credenciamento de pessoa jurídica, inclusive empresa individual devidamente registrada

Leia mais

SISTEMA DA QUALIDADE Procedimento

SISTEMA DA QUALIDADE Procedimento SISTEMA DA QUALIDADE Procedimento CONTROLE DE PROJETO PR.00 00 1 / 5 1. OBJETIVO Estabelecer as condições, características e responsabilidades para o desenvolvimento de projetos. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA 1 PROJETO Nº 013/2014 Solicitação: MEMORIAL DESCRITIVO Tipo da Obra: PINTURA MURETA, POSTES, BRINQUEDOS DO PARQUE INFANTIL E TROCA PISO SALAS DE AULA Reforma: local indicado em planta Local: EMEI CRIANÇA

Leia mais

CREDENCIAMENTO Nº 2014/12284 (7421) Errata

CREDENCIAMENTO Nº 2014/12284 (7421) Errata CREDENCIAMENTO Nº 2014/12284 (7421) Errata OBJETO: Credenciamento de empresas que cumpram as exigências de habilitação, visando à contratação de serviços técnicos profissionais de engenharia e/ou arquitetura,

Leia mais

PROJETO BÁSICO OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO ENDEREÇO: AVENIDA PRESIDENTE VARGAS, LOTE 34, QUADRA Q, SETOR CENTRAL, CERES - GOIÁS

PROJETO BÁSICO OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO ENDEREÇO: AVENIDA PRESIDENTE VARGAS, LOTE 34, QUADRA Q, SETOR CENTRAL, CERES - GOIÁS PROJETO BÁSICO PROJETO BÁSICO PARA: OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO OBJETO DA LICITAÇÃO: O objeto da presente licitação é a OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO, na forma de

Leia mais

((NG))EMPRESA VERT((CL))

((NG))EMPRESA VERT((CL)) ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA Nº 04/2015 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) CONTRATAÇÃO DA ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA DO ATUAL AMBIENTE VMWARE VSPHERE PARA A SOLUÇÃO VMWARE VCLOUD SUITE, SENDO COMPOSTA PELA ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Caracterização da obra Ano orçamento: 2002 UF: RS Nome do programa de trabalho: Construção do Edifício-Sede do TRF da 4ª Região em Porto Alegre

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 61/2008 ESCLARECIMENTO 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 61/2008 ESCLARECIMENTO 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 2 Referência: Pregão Eletrônico n. 61/2008 Data: 17/12/2008 Objeto: Contratação de empresa especializada para fornecimento de solução informatizada e integrada para o acompanhamento

Leia mais

RESPOSTAS DOS QUESTIONAMENTOS DA CONCORRÊNCIA Nº002/2014-INCRA

RESPOSTAS DOS QUESTIONAMENTOS DA CONCORRÊNCIA Nº002/2014-INCRA RESPOSTAS DOS QUESTIONAMENTOS DA CONCORRÊNCIA Nº002/2014-INCRA Acumulado até 03/02/2015 1 Pergunta Para a solução a ser apresentada para atendimento ao briefing deve ser utilizada a identidade digital

Leia mais

SEDE SESC-DF. CADERNO DE ENCARGOSE ESPECIFICAÇÕES GERAIS Graficação em Auto-Cad 2013 e Confecção de Imagens em 3D

SEDE SESC-DF. CADERNO DE ENCARGOSE ESPECIFICAÇÕES GERAIS Graficação em Auto-Cad 2013 e Confecção de Imagens em 3D SEDE SESC-DF CADERNO DE ENCARGOSE ESPECIFICAÇÕES GERAIS Graficação em Auto-Cad 2013 e Confecção de Imagens em 3D SUMÁRIO 1. OBJETIVO...03 2. DESCRIÇÃO TÉCNICA: GRAFICAÇÃO EM AUTO-CAD 2013...03 3. OBSERVAÇÕES

Leia mais

Gostaria de esclarecer uma última dúvida: Após o credenciamento será possível ampliar as cidades de interesse dentro do estado escolhido?

Gostaria de esclarecer uma última dúvida: Após o credenciamento será possível ampliar as cidades de interesse dentro do estado escolhido? BANRISUL LICITACOES De: BANRISUL LICITACOES Enviado em: terça-feira, 14 de outubro de 2014 12:15 Para: jaime@macadar.com.br Assunto: ENC: Dúvidas III - Edital 157/2014 Sr. Jaime, A Contratada poderá solicitar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO EXECUTIVO PARA REFORMA DO TERMINAL RODOVIÁRIO LUCÍDIO PORTELA TERESINA-PI.

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO EXECUTIVO PARA REFORMA DO TERMINAL RODOVIÁRIO LUCÍDIO PORTELA TERESINA-PI. 1. OBJETO Contratação de empresa especializada na área de engenharia e arquitetura para a prestação de serviços técnicos de elaboração de Projeto Executivo para reforma do Terminal Rodoviário Lucídio Portela,

Leia mais

Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial para Compras com Recursos Fundacionais

Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial para Compras com Recursos Fundacionais FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE FORMAL (REGIMENTO INTERNO) n CV 001 PROCESSOS n 286, 287, 288, 289, 290, 291, 292, 293, 294, 295, 296 e 309/14 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 17/03/2014 até

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA: Considerando que os serviços de manutenção predial são imprescindíveis e de natureza contínua. Ademais, existem fatores diversos que influenciam na preservação

Leia mais

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR)

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) Curitiba, 16 de Janeiro de 2015 ESCLARECIMENTO N.º 05 TOMADA DE PREÇOS 2014/14641(7419) - Contratação de reforma, sem ampliação, de agência incorporada, Agência Itajaí/Besc (SC), para adequação de ambiência.

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE ANÁLISE TÉCNICA DE OBRAS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE ANÁLISE TÉCNICA DE OBRAS MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DIRETORIA DE PROGRAMA COORDENAÇÃO GERAL DE INVESTIMENTOS EM SAÚDE MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE ANÁLISE TÉCNICA DE OBRAS (O presente Manual não inclui orientações

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO A SER APRESENTADA PARA EMISSÃO DE CERTIDÃO DE ACERVO TÉCNICO:

DOCUMENTAÇÃO A SER APRESENTADA PARA EMISSÃO DE CERTIDÃO DE ACERVO TÉCNICO: O QUE É ACERVO TÉCNICO? O Acervo Técnico é o conjunto das atividades desenvolvidas ao longo da vida do profissional, compatíveis com suas atribuições desde que registradas no Crea-ES por meio de ARTS -Anotações

Leia mais

Primeira Bateria de Perguntas e Respostas (em razão do grande número de questionamentos, as respostas serão publicadas em duas Baterias)

Primeira Bateria de Perguntas e Respostas (em razão do grande número de questionamentos, as respostas serão publicadas em duas Baterias) Primeira Bateria de Perguntas e Respostas (em razão do grande número de questionamentos, as respostas serão publicadas em duas Baterias) Versão em português Pergunta 1: Tendo em vista as informações do

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DE PROPOSTAS PROCESSO LICITATÓRIO - EDITAL 308/2013

RELATÓRIO DE ANÁLISE DE PROPOSTAS PROCESSO LICITATÓRIO - EDITAL 308/2013 RELATÓRIO DE ANÁLISE DE PROPOSTAS PROCESSO LICITATÓRIO - EDITAL 308/23 I. OBJETO DA LICITAÇÃO Seleção de Empresa Especializada para Execução Elaboração de Estudo de Impacto Ambiental, Relatório de Impacto

Leia mais

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO AO PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2012.

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO AO PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2012. Brasília, 27 de julho de 2012. ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO AO PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2012. Prezados Senhores, Conforme Edital 04/2012, junto à área de interesse ao serviço presto-me a esclarecer

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO 1.1. O objetivo deste Termo de Referência é disponibilizar aos interessados em atender a solicitação de propostas da PPP ESPLANADA SUSTENTÁVEL

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1- DO OBJETO Visa este Termo de Referência à contração de empresa especializada

Leia mais

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s).

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s). I MEMORIAL TÉCNICO DO XXXII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência é a contratação de empresa Prestadora de serviços para secretaria e pessoal de apoio para o XXXII Congresso

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

ESCLARECIMENTO Nº 01

ESCLARECIMENTO Nº 01 ESCLARECIMENTO Nº 01 Segue abaixo, perguntas formuladas por empresa participantes da licitação supra e a respectivas respostas de FURNAS: 1. Pergunta: Seção I - Instruções aos Proponentes: 1.1) 1.4 na

Leia mais

Barracões Industriais Orientações aos Municípios

Barracões Industriais Orientações aos Municípios ESTADO DE GOIÁS COMPANHIA DE DISTRITOS INDUSTRIAIS DE GOIÁS - GOIASINDUSTRIAL Barracões Industriais Orientações aos Municípios A. O projeto de barracões industriais será cadastrado pelo município no SICONV

Leia mais

COMUNICADO 02 (RESPOSTA PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO/ DESIGNAÇÃO DE DATA PARA ABERTURA DOS ENVELOPES)

COMUNICADO 02 (RESPOSTA PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO/ DESIGNAÇÃO DE DATA PARA ABERTURA DOS ENVELOPES) COMUNICADO 02 (RESPOSTA PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO/ DESIGNAÇÃO DE DATA PARA ABERTURA DOS ENVELOPES) ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE PERMANENTE DE HABILITAÇÃO, CLASSIFICAÇÃO E JULGAMENTO DE LICITAÇÕES. Aos vinte

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBRA...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUTAR OS SERVIÇOS PERTINENTES A ESTRUTURAS TEMPORÁRIAS CONFORME CROQUIS ESQUEMÁTICOS

Leia mais

PODER EXECUTIVO MUNICIPIO DE ROLIM DE MOURA SECRETARIA MUNICIPAL DE COMPRAS E LICITAÇÃO

PODER EXECUTIVO MUNICIPIO DE ROLIM DE MOURA SECRETARIA MUNICIPAL DE COMPRAS E LICITAÇÃO ANEXO VIII INFORMAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DA PROPOSTA TÉCNICA AS LICITANTES deverão elaborar a PROPOSTA TÉCNICA observando o disposto no presente documento, descrito em duas partes a saber: - PARTE A- DIRETRIZES

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA.

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. Processo: CONVITE N.º 007/2008 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas de Rondônia

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Superintendência de Urbanismo e Produção Habitacional Coordenação de Projetos PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO Brasília, 10 de Janeiro de 2013. Prezadas Senhoras, Prezados Senhores, A ONU Mulheres Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres solicita

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 OBRAS/SERVIÇOS DE ENGENHARIA

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 OBRAS/SERVIÇOS DE ENGENHARIA INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 OBRAS/SERVIÇOS DE ENGENHARIA O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais