Orientações Jurídicas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Orientações Jurídicas"

Transcrição

1 São Paulo, 05 de junho de OJ-GER/021/15 Orientações Jurídicas Reajuste anual dos planos de assistência médico-hospitalar, com ou sem cobertura odontológica. Planos de contratação individual/familiar. Aplicação no período de maio/15 à abril/16. A legislação dos planos de saúde determina que os critérios de reajuste e revisão das contraprestações pecuniárias, entre outras informações importantes, deverão constar com clareza nos contratos, regulamentos ou condições gerais dos planos comercializados após a vigência da Lei nº 9.656/98. O controle dos aumentos das mensalidades dos planos de saúde e a definição dos seus procedimentos, independentemente da espécie de reajuste a ser aplicada, compete à Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS. Desde a sua criação, a ANS vinha publicando anualmente normas estabelecendo os critérios que devem ser observados para aplicação de reajuste por variação dos custos nos planos de saúde que aniversariam durante o período de referência da operadora. Porém, no ano de 2008, a ANS publicou norma com o intuito de torná-la sem prazo de validade, visto que não faz constar o percentual máximo de reajuste a ser autorizado na Resolução Normativa, deixando tal publicidade para comunicado da Diretoria Colegiada. Para os contratos de planos individuais/familiares regulamentados ou adaptados que aniversariam entre maio de 2015 e abril de 2016, a ANS divulgou em 03/06/2015, referente a aprovação do índice de reajuste máximo de 13,55% (treze inteiros e cinquenta e cinco por cento). Tal percentual se aplica às contraprestações pecuniárias dos planos privados de assistência suplementar à saúde, individuais e familiares, regulamentados ou adaptados, médico-hospitalares, com ou sem cobertura odontológica, conforme previsto na Resolução Normativa - RN nº 171/08, e alterações posteriores. Em face da importância do assunto, e no intuito de facilitarmos a compreensão e observância das regras atualmente vigentes, passamos a dispor sobre o assunto. 1

2 Definições importantes: Princípio da Anualidade do Reajuste: princípio que reza que nenhum contrato poderá receber reajuste por variação de custo em periodicidade inferior a 12 (doze) meses. Planos Pessoa Física: planos individuais ou familiares e aqueles operados por entidades de autogestão não patrocinada cujo financiamento se dê exclusivamente por recursos de seus beneficiários. Planos Regulamentados: aqueles contratados após 1 de janeiro de 1999 ou aqueles contratados antes de 1 de janeiro de 1999, mas adaptados à Lei n 9.656/98. Planos Não regulamentados: aqueles contratados antes de 1 de janeiro de 1999 e não adaptados à Lei n 9.656/98. Siglas utilizadas: DIPRO: Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos GGEFP: Gerência-Geral Econômico Financeira dos Produtos DOU: Diário Oficial da União GRU: Guia de Recolhimento da União SCPA: Sistema de Cadastro de Planos Antigos. TCAC: Termo de Compromisso de Ajuste de Conduta TRC: Taxa por Pedido de Reajuste de Contraprestação Pecuniária PLANOS PESSOA FÍSICA NÃO REGULAMENTADOS: - Deverá ser aplicado o disposto no contrato, desde que contenha cláusulas que indiquem o índice de preços que deverá ser utilizado ou critério claro de apuração e demonstração das variações consideradas no cálculo de reajuste; - Caso as cláusulas do contrato não indiquem expressamente o índice a ser utilizado para reajuste e/ou seja, omisso quanto ao critério de apuração e demonstração das variações consideradas no cálculo de reajuste, a operadora deverá adotar percentual estipulado pela ANS para os planos regulamentados ou adaptados; - Planos que tenham sido objeto de Termo de Compromisso deverão observar o que o termo determina, além de informar de forma clara e precisa junto ao boleto de pagamento enviado aos beneficiários: a) o percentual de reajuste estabelecido; b) o número do ofício da ANS que autorizou o reajuste aplicado; c) nome e código de identificação do plano no SCPA; d) outras exigências constantes no Termo de Compromisso. 2

3 PLANOS PESSOA FÍSICA REGULAMENTADOS ou ADAPTADOS: - Devem observar o disposto na RN n 171/08; - Somente podem ser aplicados reajustes mediante prévia autorização da ANS (ofício autorizativo respeitado o percentual e o período autorizado); - O percentual máximo autorizado pela ANS para os contratos que aniversariam entre maio/15 e abril/16 é de 13,55% (conforme comunicado no site da ANS: Com efetiva publicação no DOU: Processo ANS nº / Valores de franquia e/ou co-participação poderão ser reajustados em percentual igual ou inferior ao autorizado pela ANS para a mensalidade. Índice de Reajuste Máximo: Para fins de acompanhamento, seguem percentuais de reajuste autorizados nos anos anteriores e respectivas normas disciplinadoras: Período Percentual Norma Mai/00 à Abr/01 5,42% RDC/ANS nº 29 Mai/01 à Abr/02 8,71% RDC/ANS nº 66 Mai/02 à Abr/03 7,69% RN/ANS nº 08 Mai/03 à Abr/04 9,27% RN/ANS nº 36 Mai/04 à Abr/05 11,75% RN/ANS nº 74 Mai/05 à Abr/06 11,69% RN/ANS nºs 99 e 118 Mai/06 à Abr/07 8,89% RN/ANS nºs 128 e 129 3

4 Período Percentual Norma Mai/07 à Abr/08 5,76% RN/ANS nºs 156 Mai/08 à Abr/09 5,48% Mai/00 à Abr/10 6,76% Mai/10 à Abr/11 6,73% Mai/11 à Abr/12 7,69% Mai/12 à Abr/13 7,93% RN/ANS nºs 171 e 172 Mai/13 à Abr/14 9,04% Mai/14 à Abr/15 9,65% Mai/15 à Abr/16 13,55% Aplicação de Reajuste: - Somente poderá ser aplicado reajuste após divulgação/recebimento do ofício autorizativo da Agência OU autorização publicada no site por registro de operadora. A operadora deverá identificar se obteve autorização para aplicação do reajuste aprovado pela ANS. Isso poderá ser feito diretamente no site da Agência: => Planos de Saúde e Operadoras => Espaço da Operadora => Compromissos e Interações com a ANS => Solicitações e Consultas => Solicitação de Autorização de Reajuste => Acompanhamento do Processo de Solicitação de Reajuste => ao clicar na opção AQUI, deverá inserir o Registro na ANS OU Razão Social OU CNPJ => Buscar. Ou no link: Abaixo apresentamos alguns exemplos para facilitar a compreensão das regras acima mencionadas, considerando a emissão de Ofício Autorizativo pela ANS: 4

5 Operadoras pedem autorização para aplicação do índice a contratos com aniversário entre mai/15 à abr/16. Exemplo: Contrato com aniversário no mês de Maio Mês de Aniversário do Contrato Consumidor recebeu boleto sem reajuste MAIO/15 R$ 100,00 Consumidor recebeu boleto sem reajuste, visto que quando da autorização da ANS a cobrança deste mês já havia sido emitida JUNHO/15 R$ 100,00 Consumidor recebe boleto com a nova mensalidade + reajuste retroativo a MAIO JULHO /15 R$ 127,10 (R$ 100,00 + R$ 13,55 de Julho + R$ 13,55 de maio) Consumidor recebe boleto com a nova mensalidade + reajuste retroativo a JUNHO Consumidor recebe boleto com a nova mensalidade. O valor cobrado permanecerá o mesmo até o próximo reajuste anual ou por faixa etária. AGOSTO/15 SETEMBRO/15 R$ 127,10 (R$ 100,00 + R$ 13,55 de Agosto + R$ 13,55 de Junho) R$ 113,55 (R$ 100,00 + R$ 13,55 da respectiva mensalidade) Demonstramos a seguir, alguns casos práticos de aniversários de contratos: mês a mês. Exemplo 1: Valor da Mensalidade: R$ 100,00 Mês de Aniversário do Contrato: MAIO/2015 Boleto do Mês de Maio/2015 sem reajuste Boleto do Mês de Junho/2015 sem reajuste Percentual autorizado: 13,55% Boleto de Julho/2015: R$ 127,10 (R$ 113,55 referente à mensalidade de Jul/15 + R$ 13,55 referente ao reajuste da mensalidade de Mai/15) 5

6 Boleto de Agosto/2015: R$ 127,10 (R$ 113,55 referente à mensalidade de Ago/15 + R$ 13,55 referente ao reajuste da mensalidade de Jun/15) Boleto de Setembro/2015: R$ 113,55 (referente à respectiva mensalidade: Set/15) Boletos de Outubro/2015 à Abr/16: R$ 113,55 (referente às respectivas mensalidades) Exemplo 2: Valor da Mensalidade: R$ 100,00 Mês de Aniversário do Contrato: JUNHO/2015 Boleto do Mês de Junho sem reajuste Percentual autorizado: 13,55% Boleto de Julho/2015: R$ 127,10 (R$ 113,55 referente à mensalidade de Jul/15 + R$ 13,55 referente ao reajuste da mensalidade de Jun/15) Boleto de Agosto/2015: R$ 113,55 (referente à respectiva mensalidade: Ago/15) Boleto de Setembro/2015 à Maio/16: (referente às respectivas mensalidades) Exemplo 3: Valor da Mensalidade: R$ 100,00 Mês de Aniversário do Contrato: JULHO/2015 Boleto do Mês de Julho/2015 com reajuste Percentual autorizado: 13,55% Boletos de Julho/2015 à Junho/2016: R$ 113,55 (referente às respectivas mensalidades) 6

7 Descumprimento Conseqüências: - Exigir ou aplicar reajuste da contraprestação pecuniária, por variação anual de custo, sem autorização da ANS, enseja a aplicação de multa no valor de R$ ,00 (trinta e cinco mil reais). - Exigir ou aplicar reajuste da contraprestação pecuniária, por variação anual de custos, acima do contratado ou do percentual autorizado pela ANS, ensejará aplicação de multa no valor de R$ ,00, sendo que na hipótese de reincidência, será aplicada a suspensão do exercício de cargo por 60 (sessenta) dias, sem prejuízo da multa. - Exigir ou aplicar reajustes sobre as contraprestações pecuniárias dos consumidores de planos contratados por pessoas físicas em período de referência posterior ao autorizado pela ANS caracteriza infração punível com multa no valor de R$ ,00. - Comunicar percentual diverso do aplicado em planos coletivos, fora ou dentro do prazo estabelecido enseja punição no valor de R$ ,00 (quarenta e cinco mil reais). EQUIPE GESTÃO DE REGULAÇÃO Strategy Consultoria e Assessoria 7

Seção II Das Definições

Seção II Das Definições RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 310, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012 Dispõe sobre os princípios para a oferta de contrato acessório de medicação de uso domiciliar pelas operadoras de planos de assistência à saúde.

Leia mais

Reajuste de mensalidade

Reajuste de mensalidade Reajuste de mensalidade Conceitos básicos Reajuste por variação de custos Reajuste por mudança de faixa etária SÉRIE PLANOS DE SAÚDE CONHEÇA SEUS DIREITOS Reajuste de mensalidade SÉRIE PLANOS DE SAÚDE

Leia mais

"Seção I Do Prazo de Permanência para a Portabilidade" (NR) "Seção II Dos Aspectos Operacionais Gerais da Portabilidade" (NR)

Seção I Do Prazo de Permanência para a Portabilidade (NR) Seção II Dos Aspectos Operacionais Gerais da Portabilidade (NR) CIRCULAR AHESP Nº 044/11 São Paulo, 06 de Julho de 2011 Att.: DIRETORIA ADMINISTRATIVA Ref.: MS/ANS/INSTRUÇÃO NORMATIVA-IN N.32, DE 04 DE JULHO DE 2011 Senhores Diretores: Segue abaixo íntegra da Instrução

Leia mais

Dispõe sobre o agrupamento de contratos coletivos de planos privados de assistência à saúde para fins de cálculo e aplicação de reajuste.

Dispõe sobre o agrupamento de contratos coletivos de planos privados de assistência à saúde para fins de cálculo e aplicação de reajuste. RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 309, DE 24 DE OUTUBRO DE 2012 Dispõe sobre o agrupamento de contratos coletivos de planos privados de assistência à saúde para fins de cálculo e aplicação de reajuste. A Diretoria

Leia mais

Com 30 participantes ou mais

Com 30 participantes ou mais MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE CUNHA ODONTOLOGIA S/S LTDA CNPJ n : 06.216.938/0001-20 N de registro na ANS: 41695-9 Site: www.cunhaodontologia.com.br Tel: Serviços: (62) 3945.5673

Leia mais

5. Os índices de reajuste anual da Assefaz foram autorizados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)?

5. Os índices de reajuste anual da Assefaz foram autorizados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)? PERGUNTAS E RESPOSTAS REAJUSTE ANUAL DAS MENSALIDADES JULHO DE 2015 a JUNHO DE 2016 1. O que é um reajuste anual e qual é sua base legal? O reajuste anual é um mecanismo para corrigir os valores dos planos

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 254, DE 5 DE MAIO DE 2011

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 254, DE 5 DE MAIO DE 2011 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 254, DE 5 DE MAIO DE 2011 Dispõe sobre a adaptação e migração para os contratos celebrados até 1º de janeiro de 1999 e altera as Resoluções Normativas nº 63, de 22 de dezembro

Leia mais

ANEXO I GLOSSÁRIO A SER UTILIZADO PARA PREENCHIMENTO E ENVIO PELA INTERNET DAS INFORMAÇÕES DE QUE TRATA ESTA INSTRUÇÃO NORMATIVA.

ANEXO I GLOSSÁRIO A SER UTILIZADO PARA PREENCHIMENTO E ENVIO PELA INTERNET DAS INFORMAÇÕES DE QUE TRATA ESTA INSTRUÇÃO NORMATIVA. ANEXO I GLOSSÁRIO A SER UTILIZADO PARA PREENCHIMENTO E ENVIO PELA INTERNET DAS INFORMAÇÕES DE QUE TRATA ESTA INSTRUÇÃO NORMATIVA. 1. Nome do Plano Para os planos contratados após 1º de janeiro de 1999

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJ USTE DE CONDUTA Nº013/2003

TERMO DE COMPROMISSO DE AJ USTE DE CONDUTA Nº013/2003 TERMO DE COMPROMISSO DE AJ USTE DE CONDUTA Nº013/2003 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº XXXXX, DE XX DE XXXXXX DE 2008.

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº XXXXX, DE XX DE XXXXXX DE 2008. RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº XXXXX, DE XX DE XXXXXX DE 2008. Dispõe sobre a classificação e características dos planos privados de assistência à saúde, regulamenta a sua contratação, institui a orientação

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 19, DE 3 DE ABRIL DE 2009 DA DIRETORIA DE NORMAS E HABILITAÇÃO DOS PRODUTOS

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 19, DE 3 DE ABRIL DE 2009 DA DIRETORIA DE NORMAS E HABILITAÇÃO DOS PRODUTOS INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 19, DE 3 DE ABRIL DE 2009 DA DIRETORIA DE NORMAS E HABILITAÇÃO DOS PRODUTOS (ALTERADA PELA IN Nº 32/DIPRO) Dispõe sobre o detalhamento da Resolução Normativa RN nº 186, de 2009

Leia mais

Manual de Orientação para Contratação de Plano de Saúde

Manual de Orientação para Contratação de Plano de Saúde Manual de Orientação para Contratação de Plano de Saúde Manual de Orientação para Contratação de Plano de Saúde Operadora: Prodent Assistência Odontológica Ltda CNPJ: 61.590.816/0001-07 N de registro na

Leia mais

CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Ministério da Saúde ANS Resolução Normativa RN Nº. 279, de 24.11.2011: Dispõe sobre a regulamentação dos artigos 30 e 31 da Lei nº 9.656, de 3 de junho de 1998, e revoga as Resoluções do CONSU Nº. 20 e

Leia mais

5. O Plano do funcionário sofrerá reajuste?

5. O Plano do funcionário sofrerá reajuste? PERGUNTAS E RESPOSTAS REAJUSTE ANUAL E DENÚNCIA DE CONVÊNIOS E MENSALIDADES REAJUSTADAS JULHO DE 2014 REAJUSTE ANUAL 1. O que é um reajuste anual e qual é sua base legal? O reajuste anual é um mecanismo

Leia mais

GUIA DE CONTRATAÇÃO DE PLANOS ODONTOLÓGICOS

GUIA DE CONTRATAÇÃO DE PLANOS ODONTOLÓGICOS GUIA DE CONTRATAÇÃO DE PLANOS ODONTOLÓGICOS GUIA DE CONTRATAÇÃO DE PLANOS ODONTOLÓGICOS 2 Diferenças entre planos individuais e coletivos: Os planos com contratação individual ou familiar são aqueles contratados

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE.

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE. MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE. Operadora: Unimed Campo Grande MS Cooperativa de Trabalho Médico. CNPJ: 03.315.918/0001-18 Nº de registro na ANS: 312851 Site: http://www.unimedcg.com.br

Leia mais

TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE PME ALTO TIETÊ - PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE PME ALTO TIETÊ - PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS JAN/10 TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE PME ALTO TIETÊ - PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS O presente aditamento é parte integrante do Contrato de Assistência Médica

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA No-48, DE 10 DE SETEMBRO DE 2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA No-48, DE 10 DE SETEMBRO DE 2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA No-48, DE 10 DE SETEMBRO DE 2015 Dispõe sobre o acompanhamento e avaliação da garantia de atendimento dos beneficiários pelas operadoras de planos de assistência à saúde, regulamenta

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 279 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2011

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 279 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2011 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 279 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre a regulamentação dos artigos 30 e 31 da Lei nº 9.656, de 3 de junho de 1998, e revoga as Resoluções do CONSU nºs 20 e 21, de 7 de

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE DIFERENÇAS ENTRE PLANOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE DIFERENÇAS ENTRE PLANOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS Operadora: ELOSAÚDE - CNPJ: 11.593.821/0001-03 03 - N ANS: 41729-7 - Site: www.elosaude.com.br - Tel.: (48) 3298-5555 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE DIFERENÇAS ENTRE PLANOS INDIVIDUAIS

Leia mais

Manual de Orientação para contratação de Plano de Saúde

Manual de Orientação para contratação de Plano de Saúde Operadora: Allianz Saúde CNPJ: 04.439.627/0001-0 Nº de registro na ANS: 00051-5 Nº de registro do produto: conforme contratado pelo estipulante Site: www.allianz.com.br Telefone: 0800 7228148 Manual de

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO Operadora: GreenLine Sistema de Saúde - LTDA CNPJ: 61.849.980/0001-96 Nº de Registro na ANS: 32.507-4 Site: http://www.greenlinesaude.com.br Tel: 0800-776 - 7676 Manual de Orientação

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0098/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0098/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0098/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANO DE SAÚDE COLETIVO POR ADESÃO. Edição: 25/02/14

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANO DE SAÚDE COLETIVO POR ADESÃO. Edição: 25/02/14 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANO DE SAÚDE COLETIVO POR ADESÃO Edição: 25/02/14 Direito de migrar para plano individual ou familiar aproveitando carência do plano coletivo empresarial Os beneficiários

Leia mais

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde Operadora: Unimed Curitiba Sociedade Cooperativa de Médicos CNPJ: 75.055.772/0001-20 Nº de registro na ANS: 30470-1 Site: http://www.unimedcuritiba.com.br Tel:(41) 3019-2000 Exclusivo para liberações de

Leia mais

ADITIVO CONTRATUAL DE MANUTENÇÃO DE SEGURADOS DEMITIDOS OU APOSENTADOS

ADITIVO CONTRATUAL DE MANUTENÇÃO DE SEGURADOS DEMITIDOS OU APOSENTADOS ADITIVO CONTRATUAL DE MANUTENÇÃO DE SEGURADOS DEMITIDOS OU APOSENTADOS Este aditivo é parte integrante do Seguro Saúde contratado pelo Estipulante abaixo indicado, bem como de suas Condições Gerais. Número

Leia mais

Lei nº 13.003/2014. Jacqueline Torres Gerente Executiva. GERAR Gerência Executiva de Aprimoramento do Relacionamento entre Operadoras e Prestadores

Lei nº 13.003/2014. Jacqueline Torres Gerente Executiva. GERAR Gerência Executiva de Aprimoramento do Relacionamento entre Operadoras e Prestadores Lei nº 13.003/2014 Jacqueline Torres Gerente Executiva GERAR Gerência Executiva de Aprimoramento do Relacionamento entre Operadoras e Prestadores O porquê de uma nova lei O mercado de planos de saúde organiza-se

Leia mais

Orientações Jurídicas

Orientações Jurídicas São Paulo, 13 de agosto de 2015. OJ-GER/030/15 Orientações Jurídicas Legitimidade da cobrança da taxa de adesão nos planos de saúde. Devido a inúmeros questionamentos acerca da licitude da cobrança da

Leia mais

São Paulo, 04 de Maio de 2015 Ofício SINOG 022/2015

São Paulo, 04 de Maio de 2015 Ofício SINOG 022/2015 São Paulo, 04 de Maio de 2015 Ofício SINOG 022/2015 À Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos - DIPRO Gerente-Geral de Estrutura e Operação dos Produtos

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 14 DE JULHO DE 2009.

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 14 DE JULHO DE 2009. RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 14 DE JULHO DE 2009. Dispõe sobre a classificação e características dos planos privados de assistência à saúde, regulamenta a sua contratação, institui a orientação para

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 2009.

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 2009. RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 2009. Dispõe sobre a classificação e características dos planos privados de assistência à saúde, regulamenta a sua contratação, institui a orientação para contratação

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 265, DE 19 DE AGOSTO DE 2011

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 265, DE 19 DE AGOSTO DE 2011 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 265, DE 19 DE AGOSTO DE 2011 Dispõe sobre a concessão de bonificação aos beneficiários de planos privados de assistência à saúde pela participação em programas para Promoção

Leia mais

UNIDAS INFORMA Nº 549

UNIDAS INFORMA Nº 549 UNIDAS INFORMA Nº 549 1. A alteração dos instrumentos jurídicos dos produtos à RN 279/11 implicará a cobrança de TAP? Não, as alterações de instrumento jurídico que não implicarem em alteração das características

Leia mais

TERMO DE ADESÃO A CONTRATO DE OPERAÇÃO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. Associado: Endereço: CNPJ: Inscrição Estadual: Representante legal:

TERMO DE ADESÃO A CONTRATO DE OPERAÇÃO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. Associado: Endereço: CNPJ: Inscrição Estadual: Representante legal: TERMO DE ADESÃO A CONTRATO DE OPERAÇÃO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE Associado: Endereço: CNPJ: Inscrição Estadual: CEP: Telefone: Representante legal: RG: CPF: 1. Por este termo, o associado

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJ USTE DE CONDUTA Nº009/2003

TERMO DE COMPROMISSO DE AJ USTE DE CONDUTA Nº009/2003 TERMO DE COMPROMISSO DE AJ USTE DE CONDUTA Nº009/2003 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

PLANOS DE SAÚDE REGULAMENTADOS

PLANOS DE SAÚDE REGULAMENTADOS PLANOS DE SAÚDE REGULAMENTADOS Com relação a este tema, vamos explanar onde tudo começou: O Estatuto do Idoso (Lei n 10.741, de 01.10.03), reconhecendo a hipossuficiência do idoso, trouxe algumas conseqüências

Leia mais

Av. Augusto Severo, 84 Glória Cep: 20021-010 Rio de Janeiro RJ - Brasil

Av. Augusto Severo, 84 Glória Cep: 20021-010 Rio de Janeiro RJ - Brasil TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 012 /2003 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

NTRP Planos Coletivos Empresariais Adaptaçã. ção o de Contratos. Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos 13/07/2012

NTRP Planos Coletivos Empresariais Adaptaçã. ção o de Contratos. Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos 13/07/2012 Workshop Atuários NTRP Planos Coletivos Empresariais Adaptaçã ção o de Contratos Gerência-Geral Geral Econômico-Financeira e Atuarial dos Produtos Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos 13/07/2012

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0135/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0135/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0135/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 23/2003

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 23/2003 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 23/2003 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

Art. 2º - Para fins de contratação, os planos privados de assistência à saúde classificam-se em:

Art. 2º - Para fins de contratação, os planos privados de assistência à saúde classificam-se em: RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 14 DE JULHO DE 2009. Dispõe sobre a classificação e características dos planos privados de assistência à saúde, regulamenta a sua contratação, institui a orientação para

Leia mais

Manual de Orientação para contratação de planos de saúde

Manual de Orientação para contratação de planos de saúde Manual de Orientação para contratação de planos de saúde nós somos a casembrapa Funcionamento de um plano de autogestão: Somos uma operadora de saúde de autogestão. Uma entidade sem fins lucrativos, mantida

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN N XXX, DE XX DE XXXXXXXXX DE 2010.

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN N XXX, DE XX DE XXXXXXXXX DE 2010. RESOLUÇÃO NORMATIVA RN N XXX, DE XX DE XXXXXXXXX DE 2010. Institui o procedimento de Notificação de Investigação Preliminar NIP e altera a redação do art. 11 da Resolução Normativa - RN nº 48, de 19 de

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 186, DE 14 DE JANEIRO DE 2009

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 186, DE 14 DE JANEIRO DE 2009 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 186, DE 14 DE JANEIRO DE 2009 Dispõe sobre a regulamentação da portabilidade das carências previstas no inciso V do

Leia mais

GAMEC - GRUPO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA EMPRESARIAL DO CEARÁ LTDA.

GAMEC - GRUPO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA EMPRESARIAL DO CEARÁ LTDA. GAMEC - GRUPO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA EMPRESARIAL DO CEARÁ LTDA. NOTA TÉCNICA ATUARIAL REAJUSTE DO AGRUPAMENTO DE CONTRATOS COLETIVOS (RN 309/2012) MARÇO/2015 SUMÁRIO 1. OBJETIVO 3 2. BASE LEGAL 3 3. METODOLOGIA

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA REGULAÇÃO E DA CONTRATUALIZAÇÃO EM SAÚDE SUPLEMENTAR. Comissão Nacional de Convênios e Credenciamentos (CNCC)

A IMPORTÂNCIA DA REGULAÇÃO E DA CONTRATUALIZAÇÃO EM SAÚDE SUPLEMENTAR. Comissão Nacional de Convênios e Credenciamentos (CNCC) 1 A IMPORTÂNCIA DA REGULAÇÃO E DA CONTRATUALIZAÇÃO EM SAÚDE SUPLEMENTAR 2 CONCEITOS 3 SAÚDE SUPLEMENTAR: atividade que envolve a operação de planos privados de assistência à saúde sob regulação do Poder

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0162/2006

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0162/2006 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0162/2006 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

CONVÊNIO DE RECIPROCIDADE E COOPERAÇÃO TÉCNICA OFERTA DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA

CONVÊNIO DE RECIPROCIDADE E COOPERAÇÃO TÉCNICA OFERTA DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA CONVÊNIO DE RECIPROCIDADE E COOPERAÇÃO TÉCNICA OFERTA DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA BELO DENTE FAMILIAR E INDIVIDUAL Registro Produto nº. 455.668/06-2. SINCOR-MG, Sindicato dos Corretores

Leia mais

Manual de Orientação para contratação de planos de saúde

Manual de Orientação para contratação de planos de saúde Manual de Orientação para contratação de planos de saúde nós somos a casembrapa Somos uma operadora de saúde de autogestão. Uma entidade sem fins lucrativos, mantida com recursos dos associados e da patrocinadora

Leia mais

Guia Prático. do seu PLANO DE SAÚDE. Rio

Guia Prático. do seu PLANO DE SAÚDE. Rio Guia Prático do seu PLANO DE SAÚDE Rio Bem -vindo à ALIANÇA ADMINISTRADORA! Sumário Informações Importantes...3 Guia de Leitura Contratual...6 Manual de Orientação para Contratação de Plano de Saúde...8

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0082/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0082/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0082/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0108/2006

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0108/2006 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0108/2006 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 28/2003

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 28/2003 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 28/2003 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 252, DE 28 DE ABRIL DE 2011

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 252, DE 28 DE ABRIL DE 2011 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 252, DE 28 DE ABRIL DE 2011 Dispõe sobre as regras de portabilidade e de portabilidade especial de carências, alterando as Resoluções Normativas nº 186, de 14 de janeiro de

Leia mais

Lei nº 13.003/2014. Novembro de 2015

Lei nº 13.003/2014. Novembro de 2015 Lei nº 13.003/2014 Novembro de 2015 Informações Gerais 1173 operadoras com beneficiários cadastrados 72 milhões de beneficiários - planos de assistência médica e/ou planos odontológicos Receita bruta de

Leia mais

OPERADORAS DE SAÚDE. Mariana Braga Shoji Barbosa Enfermagem UNIFESP mariana_shoji@yahoo.com.br

OPERADORAS DE SAÚDE. Mariana Braga Shoji Barbosa Enfermagem UNIFESP mariana_shoji@yahoo.com.br OPERADORAS DE SAÚDE Mariana Braga Shoji Barbosa Enfermagem UNIFESP mariana_shoji@yahoo.com.br O que são Operadoras de saúde? O que são Operadoras de saúde? Operadora é a pessoa jurídica que opera ( administra,

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 057/2009

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 057/2009 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 057/2009 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PLANO DE SAÚDE UNIMED CASCAVEL Nº 155/13

TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PLANO DE SAÚDE UNIMED CASCAVEL Nº 155/13 TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PLANO DE SAÚDE UNIMED CASCAVEL Nº 155/1 ADERENTE: CNPJ: Endereço: CEP: Cidade: UF: Representante legal: CPF: RG: Endereço: CEP: Cidade: CLÁUSULA PRIMEIRA: A ADERENTE, doravante

Leia mais

Diferenças entre adaptação e migração nos planos privados de assistência à saúde

Diferenças entre adaptação e migração nos planos privados de assistência à saúde Diferenças entre adaptação e migração nos planos privados de assistência à saúde ADAPTAÇÃO MIGRAÇÃO Conceito É a alteração (aditamento) do contrato antigo, assinado antes de janeiro de 1999, para adequá-lo

Leia mais

1 Cartilha de Extensão de Benefício do Plano de Saúde Coletivo Empresarial aos

1 Cartilha de Extensão de Benefício do Plano de Saúde Coletivo Empresarial aos Cartilha de Extensão de Benefício do Plano de Saúde Coletivo Empresarial aos Beneficiários Contributários Demitidos ou Exonerados Sem Justa Causa e/ou RN nº 279, da ANS, de 24 de novembro de 2011, a qual

Leia mais

Segundo o disposto na lei dos planos de saúde, o direito de permanência no contrato coletivo requer a presença de três requisitos:

Segundo o disposto na lei dos planos de saúde, o direito de permanência no contrato coletivo requer a presença de três requisitos: Blumenau, 01 de Junho de 2.012 Às Empresas Contratantes Ref.: Novas Regras para demitidos e aposentados Prezados Senhores A Lei dos Planos de Saúde (Lei n 9.656/98) confere direito de permanência nos contratos

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0115/2006

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0115/2006 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0115/2006 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

Formação de preços e aumentos por mudança de faixa etária

Formação de preços e aumentos por mudança de faixa etária 1 Formação de preços e aumentos por mudança de faixa etária A presente nota tem o objetivo de esclarecer as regras gerais da atual regulamentação para a formação dos preços e dos aumentos por mudança de

Leia mais

INFORMATIVO SOBRE PORTABILIDADE ESPECIAL PARA OS PLANOS DA ASSIMÉDICA

INFORMATIVO SOBRE PORTABILIDADE ESPECIAL PARA OS PLANOS DA ASSIMÉDICA INFORMATIVO SOBRE PORTABILIDADE ESPECIAL PARA OS PLANOS DA ASSIMÉDICA A Agência Nacional de Saúde (ANS) estabeleceu o direito à portabilidade especial dos beneficiários da operadora ASSIMÉDICA, por meio

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0152/2009

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0152/2009 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0152/2009 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

Saiba tudo sobre o seu Plano de Saúde. Veja aqui as principais dúvidas e respostas sobre o CorreiosSaúde:

Saiba tudo sobre o seu Plano de Saúde. Veja aqui as principais dúvidas e respostas sobre o CorreiosSaúde: Saiba tudo sobre o seu Plano de Saúde Veja aqui as principais dúvidas e respostas sobre o CorreiosSaúde: Pergunta: O Plano de Saúde dos Correios mudou? A PostalSaúde é um novo Plano? Resposta: Não. O Plano

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 198/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 198/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 198/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA 1- Objeto da Licitação: Prestação de serviço para contratação de seguro de vida em grupo para os empregados da Empresa Municipal de Informática S.A - IplanRio, visando

Leia mais

Os Reajustes por Mudança de Faixa Etária nos Planos de Saúde

Os Reajustes por Mudança de Faixa Etária nos Planos de Saúde 1 Os Reajustes por Mudança de Faixa Etária nos Planos de Saúde Publicado em Revista de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro /Cont. de/ RJRJ, Rio de Janeiro, n.80, p. 95-99, jul./set.

Leia mais

REAJUSTE DE MENSALIDADE INFORMAÇÕES INDISPENSÁVEIS AO CONSUMIDOR

REAJUSTE DE MENSALIDADE INFORMAÇÕES INDISPENSÁVEIS AO CONSUMIDOR REAJUSTE DE MENSALIDADE INFORMAÇÕES INDISPENSÁVEIS AO CONSUMIDOR Reajuste de mensalidade é a variação do valor pago ao plano de saúde. A variação pode acontecer por três motivos: necessidade de atualização

Leia mais

Os Reajustes por Mudança de Faixa Etária nos Planos de Saúde

Os Reajustes por Mudança de Faixa Etária nos Planos de Saúde Os Reajustes por Mudança de Faixa Etária nos Planos de Saúde Luciana de Oliveira Leal Halbritter Juíza de Direito do TJ RJ Mestre em Justiça e Cidadania pela UGF Sumário: 1. Introdução; 2. Aspectos Gerais;

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 315, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 315, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 315, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 Altera as Resoluções Normativas - RN nº 85, de 7 de dezembro de 2004, que dispõe sobre

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO CONTRATANTE: SENGE - PR CÓDIGO CONTRATANTE: 54780-0

MANUAL DO ASSOCIADO CONTRATANTE: SENGE - PR CÓDIGO CONTRATANTE: 54780-0 MANUAL DO ASSOCIADO CONTRATANTE: SENGE - PR CÓDIGO CONTRATANTE: 54780-0 Este manual tem o objetivo de levar ao Associado informações sobre o plano de saúde ao qual está propondo sua adesão. Colocamos as

Leia mais

Avaliação Atuarial de Banco de Dados

Avaliação Atuarial de Banco de Dados Avaliação Atuarial de Banco de Dados ASSOCIAÇÃO POLICIAL DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA - SP São José dos Pinhais, 12 de Junho de 2007. Índice 1. Introdução---------------------------------------------------------------------------------------------------3

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre Portabilidade de Carência em Planos de Saúde

Perguntas e Respostas sobre Portabilidade de Carência em Planos de Saúde Perguntas e Respostas sobre Portabilidade de Carência em Planos de Saúde Atos Normativos ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar Resolução Normativa 186, de 14 de janeiro de 2009 - ANS Instrução Normativa

Leia mais

1. Tipos de contratação: QUE TIPO DE PLANO DE SAÚDE VOCÊ PODE TER?

1. Tipos de contratação: QUE TIPO DE PLANO DE SAÚDE VOCÊ PODE TER? FIQUE ATENTO! A operadora é obrigada a divulgar os planos de saúde que comercializa em sua página na internet. 1. Tipos de contratação: QUE TIPO DE PLANO DE SAÚDE VOCÊ PODE TER? Individual ou Familiar

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 023/2009

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 023/2009 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 023/2009 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

1. RELATÓRIO. É o relatório. 2. ADMISSIBILIDADE. 2.1 - Tempestividade.

1. RELATÓRIO. É o relatório. 2. ADMISSIBILIDADE. 2.1 - Tempestividade. PREGÃO ELETRÔNICO n. 07/2013 OBJETO: Contratação de pessoa jurídica de direito privado que opere plano de assistência à saúde, devidamente registrada e ativa na Agência Nacional de Saúde Suplementar, para

Leia mais

Envelhecimento populacional e a composição etária de beneficiários de planos de saúde

Envelhecimento populacional e a composição etária de beneficiários de planos de saúde Envelhecimento populacional e a composição etária de beneficiários de planos de saúde Luiz Augusto Carneiro Superintendente Executivo Francine Leite Apresentação Este trabalho introduz o tema Envelhecimento

Leia mais

Por que criar um padrão?

Por que criar um padrão? Tópicos Abordados Por que padronizar O que regulamenta Prazos Responsabilidades Entendendo a norma Webservices Mensagens TUSS Demonstração de uso de Webservices TISS Por que criar um padrão? Para colocar

Leia mais

O FIOSAÚDE está adotando, no que aplica, as Leis nº 11.638/07 e nº 11.941/09 em suas demonstrações contábeis de 31 de dezembro de 2011.

O FIOSAÚDE está adotando, no que aplica, as Leis nº 11.638/07 e nº 11.941/09 em suas demonstrações contábeis de 31 de dezembro de 2011. Notas explicativas às Demonstrações Contábeis do Exercício Findo em 31 de dezembro de. (Valores expressos em Reais) 1. Contexto Operacional A Caixa de Assistência Oswaldo Cruz FIOSAÚDE, pessoa jurídica

Leia mais

LEI 13003 Manual Perguntas e Respostas

LEI 13003 Manual Perguntas e Respostas LEI 13003 Manual Perguntas e Respostas APRESENTAÇÃO A Federação Baiana de Hospitais e a Associação de Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia, cumprindo com a função de orientar e assessorar hospitais,

Leia mais

Lista de documentos mínimos necessários para o início do processo de solicitação de autorização de funcionamento por Modalidade

Lista de documentos mínimos necessários para o início do processo de solicitação de autorização de funcionamento por Modalidade Lista de documentos mínimos necessários para o início do processo de solicitação de autorização de funcionamento por Modalidade Administradora de Benefícios Documento Requerimento formal solicitando a

Leia mais

ÍNDICES DE REAJUSTE DOS PLANOS DE SAÚDE NO BRASIL

ÍNDICES DE REAJUSTE DOS PLANOS DE SAÚDE NO BRASIL ÍNDICES DE REAJUSTE DOS PLANOS DE SAÚDE NO BRASIL Clique para editar o nome Rafael do Vinhas autor Clique para editar o cargo do autor Gerência-Geral Regulatória da Estrutura dos Produtos Clique para editar

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0216/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0216/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0216/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA. RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 384, DE 4 DE SETEMBRO DE 2015

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA. RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 384, DE 4 DE SETEMBRO DE 2015 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 384, DE 4 DE SETEMBRO DE 2015 Dispõe sobre oferta pública de referências operacionais e cadastro de beneficiários

Leia mais

ção o do Envelhecimento Ativo

ção o do Envelhecimento Ativo Proposta : Criaçã ção o de incentivos para Programas de Promoçã ção o do Envelhecimento Ativo no âmbito da Saúde Suplementar GT Idoso- ANS Criação de Incentivos (Bonificação) para Participação em Programas

Leia mais

Vistos, Embora dispensado (art. 38, Lei nº 9.099/95), é o relato do necessário.

Vistos, Embora dispensado (art. 38, Lei nº 9.099/95), é o relato do necessário. Vistos, Como já ressaltado em decisum anterior, a presente demanda foi proposta por MARIA APARECIDA MARQUES AMORIN NUNES em face de UNIMED ARAGUAIA COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO, objetivando a revisão

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029334/2013 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46261.003131/2012-11

Leia mais

CONTRATO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA COLETIVO EMPRESARIAL

CONTRATO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA COLETIVO EMPRESARIAL CONTRATO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA COLETIVO EMPRESARIAL Atendimento ao Cliente Central 24 Horas Tel.: (11) 32172008 Fax: (11) 31186500 Proposta de Adesão composta pelas Condições

Leia mais

Lei nº 13.003/14 e resoluções. Contratualização entre OPS e prestadores

Lei nº 13.003/14 e resoluções. Contratualização entre OPS e prestadores Lei nº 13.003/14 e resoluções Contratualização entre OPS e prestadores Normas aplicáveis: Lei nº 13.003/2014 altera a Lei nº 9.656/98 ANS: RN nº 363/2014 regras pra celebração de contratos RN nº 364/2014

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) I CONTRATANTE : Nome Operadora de Saúde Endereço: R...., nº... Bairro... - Cidade/ Capital

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 389, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2015 (Em vigor a partir de 01/01/2016) Dispõe sobre a transparência das informações no âmbito da saúde suplementar, estabelece a obrigatoriedade da

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009 Estabelece normas para a geração, transmissão e controle de dados cadastrais de beneficiários

Leia mais

São Paulo, 30 de abril de 2015. ABR.029/15 SIN.006/15

São Paulo, 30 de abril de 2015. ABR.029/15 SIN.006/15 São Paulo, 30 de abril de 2015. ABR.029/15 SIN.006/15 Ao Sr. Rafael Pedreira Vinhas Gerente-Geral de Estrutura e Operação dos Produtos GGEOP Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos DIPRO Agência

Leia mais

PLANO BÁSICO LOCAL- PB01

PLANO BÁSICO LOCAL- PB01 PLANO BÁSICO LOCAL- PB01 1. EMPRESA ALPHA NOBILIS CONSULTORIA E SERVIÇOS LTDA. - BRASTEL 2. NOME DO PLANO Plano Básico Local 3. MODALIDADE DO STFC COBERTA Local. 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA Habilitação: é o

Leia mais

Cartilha de Extensão de Benefício do Plano Empresarial aos Beneficiários.

Cartilha de Extensão de Benefício do Plano Empresarial aos Beneficiários. Cartilha de Extensão de Benefício do Plano Empresarial aos Beneficiários. Contributários demitidos ou exonerados sem justa causa e/ou aposentados. www.saolucassaude.com.br 01_ DIREITOS E DEVERES DO BENEFICIÁRIO

Leia mais

Cartilha de Extensão de Benefício do. Beneficiários Contributários Demitidos. ou Exonerados Sem Justa Causa e/ou. Aposentados

Cartilha de Extensão de Benefício do. Beneficiários Contributários Demitidos. ou Exonerados Sem Justa Causa e/ou. Aposentados Cartilha de Extensão de Benefício do Seguro-saúde Empresarial aos Beneficiários Contributários Demitidos ou Exonerados Sem Justa Causa e/ou Aposentados Dezembro / 2013 Índice Introdução... 02 1. Definições...

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM A VIVA ADMINISTRADORA DE BENEFÍCIOS E O SINTRASP/SC PARA ADMINISTRAÇÃO DE PLANO DE BENEFÍCIOS.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM A VIVA ADMINISTRADORA DE BENEFÍCIOS E O SINTRASP/SC PARA ADMINISTRAÇÃO DE PLANO DE BENEFÍCIOS. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM A VIVA ADMINISTRADORA DE BENEFÍCIOS E O SINTRASP/SC PARA ADMINISTRAÇÃO DE PLANO DE BENEFÍCIOS. CONTRATANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES EM SEGURANÇA

Leia mais