Estudo e Aprendizado a Distância. Parte I GUIA DO PARTICIPANTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estudo e Aprendizado a Distância. Parte I GUIA DO PARTICIPANTE"

Transcrição

1 Estudo e Aprendizado a Distância 11 Parte I GUIA DO PARTICIPANTE

2

3 Estudo e Aprendizado a Distância Qual é a finalidade do? Este guia tem por fi nalidade fornecer a você informações claras e organizadas sobre a dinâmica e o funcionamento do curso Estudo e Aprendizado a Distância. É imprescindível que você leia todos os tópicos antes de iniciar o estudo das lições e atividades propostas, o que permitirá sua compreensão quanto ao funcionamento e melhor aproveitamento do curso. 2. Qual será o cronograma de atividades? Para que você se organize e tenha bom aproveitamento, utilize o cronograma a seguir. Programe seus estudos e atividades nas colunas data e horário. Você deverá dedicar aos estudos, aproximadamente, minutos diários, totalizando 8 horas, distribuídas em até 10 dias úteis seguidos. Exemplo: um participante que iniciar o curso no dia 18/10/2010 pode programar os 8 dias de estudo no período de 18 a 29/10/2010. CRONOGRAMA DE ESTUDOS Dia Atividades Tempo (em minutos) Data Horário (início e fim) 1º 2º 3º 4º 5º 6º Lição 1 - Aprendendo a aprender ao longo da vida Lição 2 - Conceitos, mitos e verdades sobre a EAD Lição 3 - Técnicas de estudo e aprendizagem a distância Lição 4 - Avaliação na EAD Lição 5 - Competências para estudar e aprender a distância 7º 8º Acesso ao ambiente UniCorreios Avaliação da Aprendizagem Final Avaliação de Reação Autoinstrução

4 14 Estudo e Aprendizado a Distância 3. O que você precisa fazer antes de iniciar os estudos? Antes de iniciar seus estudos é necessário que você tome as seguintes providências: Confi rme com o seu Gestor o período e horário para fazer o curso, com base no cronograma de estudo e atividades proposto no. Confi rme seu acesso à rede corporativa dos Correios para realização da Avaliação da Aprendizagem Final e da Avaliação de Reação Autoinstrução no ambiente UniCorreios programadas para os dois últimos dias do curso. Destaque o Prisma para Sinalização de Área de Estudo disponibilizado na penúltima página deste livro didático, monte-o e utilize-o durante seu horário de estudo para: comunicar aos colegas e ao gestor; concentrar-se nos estudos; evitar interrupções. 4. Qual material didático você utilizará neste curso? Você utilizará os seguintes materiais didáticos: Livro didático; Apostila Ajudas ao Trabalho. 5. Como está organizado o livro didático? Este livro está dividido em duas partes: (parte em que você está estudando agora); e Estudo e Aprendizado a Distância (conteúdo e atividades).

5 Estudo e Aprendizado a Distância 15 Os conteúdos e atividades foram cuidadosamente planejados e contêm alguns ícones cujo objetivo é facilitar a sua aprendizagem. Para melhor entendimento, o quadro a seguir apresenta a imagem e a fi nalidade de cada um deles. À medida que você avançar nos estudos irá se acostumando com eles. Confi ra-os! Ícone Finalidade Chamar a atenção para determinado assunto. Informar o momento de fazer uma autoavaliação da aprendizagem. Apresentar citações de autores. Informar os temas de estudo. Fornecer uma dica. Apresentar exemplo para contextualizar o assunto. Indicar o momento de exercícios. Apresentar glossário de termos.

6 16 Estudo e Aprendizado a Distância Ícone Finalidade Informar os objetivos de aprendizagem. Apresentar o guia do participante. Apresentar perguntas para refl exão ou introdução de um assunto. Listar as referências bibliográficas. Promover reflexões. Conferir as respostas e comentários das atividades de autoavaliação. Resumir o conteúdo estudado. Complementar conteúdos na forma de saiba mais. Solicitar o envio de tarefa ao instrutor/tutor. Apresentar o passo-a-passo de determinado procedimento.

7 Estudo e Aprendizado a Distância Qual é a finalidade das Ajudas ao Trabalho? As Ajudas ao Trabalho orientam você quanto aos procedimentos a serem efetuados no ambiente de aprendizagem UniCorreios para realizar: a Avaliação da Aprendizagem Final; e a Avaliação de Reação Autoinstrução (pesquisa de satisfação). 7. Quais objetivos de aprendizagem você deverá atingir? Ao concluir o curso, esperamos que você possa descrever os principais métodos, técnicas e competências para a prática do estudo e aprendizagem a distância, segundo as regras estabelecidas pelos Correios. Os objetivos de aprendizagem são apresentados no início de cada lição e apontam os conhecimentos, as habilidades e as atitudes que você precisa desenvolver. Ao fi nal de cada lição esses objetivos são resgatados para que você faça uma autoavaliação da sua aprendizagem e revise os conteúdos, quando necessário. 8. Haverá acompanhamento por parte de um instrutor/tutor? Não. O curso foi estruturado de maneira autoexplicativa, possibilitando o estudo de forma autônoma e respeitando seu ritmo de aprendizagem. 9. Como será a avaliação da aprendizagem? A avaliação da aprendizagem será realizada da seguinte forma: Autoavaliação durante e ao fi nal de cada lição, por meio de exercícios de fi xação da aprendizagem; e Avaliação da Aprendizagem Final após conclusão de todas as lições; realizada em até 2 tentativas; constituída de 10 questões, valor 10 pontos. Será considerada a maior nota obtida nas tentativas.

8 18 Estudo e Aprendizado a Distância Exemplo 1 Se você obtiver na então 1ª tentativa nota 7 e na 2ª tentativa nota 8, sua nota fi nal será 8. Exemplo 2 Se você obtiver na então 1ª tentativa nota 9 e na 2ª tentativa nota 6, sua nota fi nal será 9. Exemplo 3 Se você obtiver na então 1ª tentativa nota 8 e na 2ª tentativa nota 8, sua nota fi nal será 8. Exemplo 4 Se você obtiver na então 1ª tentativa nota 10 e não realizar a segunda tentativa, sua nota fi nal será 10. Atenção! Somente faça a Avaliação da Aprendizagem Final após concluir o estudo e as atividades previstas em todas as lições.

9 Estudo e Aprendizado a Distância Onde você fará a Avaliação da Aprendizagem Final? Você deverá realizar a Avaliação da Aprendizagem Final no ambiente Uni- Correios no endereço Se necessário, siga os procedimentos descritos na respectiva Ajuda ao Trabalho. 11. Você terá a oportunidade de avaliar a sua satisfação com o curso? Sim. Após a realização da Avaliação da Aprendizagem Final, você deverá preencher o formulário eletrônico Avaliação de Reação Autoinstrução disponibilizado na página do curso no ambiente UniCorreios Se necessário, siga os procedimentos descritos na respectiva Ajuda ao Trabalho. Nessa avaliação você vai registrar suas impressões sobre o curso nos seguintes aspectos: planejamento instrucional; ambiente eletrônico; logística e apoio; aplicabilidade; seu desempenho; e outras oportunidades de melhoria que você identifi car. Sua participação é fundamental! Desde já, a equipe EAD/UniCorreios agradece e conta sempre com a sua contribuição para melhoria contínua das ações educacionais a distância! 12. Quais são os critérios para que você receba o certificado de conclusão? Os critérios para recebimento do certifi cado são: obter nota igual ou superior a 7 na Avaliação da Aprendizagem Final; e responder a Avaliação de Reação - Autoinstrução. A Área de Educação enviará seu certifi cado de conclusão para a sua unidade de lotação após o registro no sistema RH 24 Horas.

10 20 Estudo e Aprendizado a Distância 13. Se você não obtiver nota mínima 7 no curso, poderá se inscrever novamente? Sim. Para efetuar nova inscrição no curso é necessário o cumprimento dos seguintes critérios: Se você não obtiver nota mínima 7 no curso referente à então 1ª inscrição, a) b) negocie com o seu Gestor um 2º período para realização do curso; efetue nova inscrição diretamente no ambiente UniCorreios 2ª inscrição, a) b) negocie com o seu Gestor um 3º período para realização do curso; solicite ao seu Gestor que envie o pedido de 3ª inscrição, acompanhado de justifi cativa, para o

Estudo e Aprendizado a Distância

Estudo e Aprendizado a Distância DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS Estudo e Aprendizado a Distância 1ª Edição Brasília/DF 2011 Copyright ECT/UniCorreios 2011 Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida por qualquer meio sem prévia

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS. Estatística Básica. 1ª Edição. Brasília/DF

DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS. Estatística Básica. 1ª Edição. Brasília/DF DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS Estatística Básica 1ª Edição Brasília/DF 2011 Copyright ECT/UniCorreios 2011 Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida por qualquer meio sem prévia autorização

Leia mais

Lição 2 Modelos Estatísticos

Lição 2 Modelos Estatísticos 37 Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: identifi car o conceito de modelos estatísticos; identifi car a fi nalidade dos modelos estatísticos; identifi car exemplos de modelos estatísticos

Leia mais

Lição 4 Medidas Descritivas Medidas de Tendência Central

Lição 4 Medidas Descritivas Medidas de Tendência Central 81 Lição 4 Medidas Descritivas Medidas de Tendência Central Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: identifi car o objetivo das medidas de tendência central; identifi car o conceito

Leia mais

Lição 4 Avaliação na EAD

Lição 4 Avaliação na EAD Estudo e Aprendizado a Distância 89 Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: identifi car a fi nalidade de um objetivo de aprendizagem; identifi car o conceito de avaliação da aprendizagem;

Leia mais

Lição 2 O Hábito da Leitura

Lição 2 O Hábito da Leitura Redação Técnica 43 Ao fi nal desta lição, esperamos que você possa: reconhecer o conceito de leitura; identifi car os principais objetivos da leitura; selecionar alguns recursos utilizados para efetuar

Leia mais

Regulamento do Curso. Português Jurídico. Regulamento do Curso

Regulamento do Curso. Português Jurídico. Regulamento do Curso Regulamento do Curso Português Jurídico Regulamento do Curso 1 2 Português Jurídico Sumário 1 APRESENTAÇÃO E OBJETIVOS DO CURSO... 5 1.1 APRESENTAÇÃO DO CURSO... 5 1.2 OBJETIVOS... 5 1.3 MODALIDADE...

Leia mais

REDAÇÃO PLANO DE CURSO

REDAÇÃO PLANO DE CURSO REDAÇÃO PLANO DE CURSO Sumário 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 2. EMENTA... 2 3. OBJETIVO... 3 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO... 3 5. PROPOSTA METODOLÓGICA... 4 6. PROPOSTA AVALIATIVA... 5 7. APROVAÇÃO E REQUISITO

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Área profissional: Educação Segmento tecnológico: Educação a Distância Qualificação profissional: Tutor de Cursos de Educação a Distância

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia de Controle e Automação / Mecatrônica 5ª Série Circuitos Lógicos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido

Leia mais

Manual do Aluno. A carga horária do curso não é exata. Dependerá do tempo de assimilação de cada aluno.

Manual do Aluno. A carga horária do curso não é exata. Dependerá do tempo de assimilação de cada aluno. Manual do Aluno Este pequeno manual tem o objetivo de orientá-lo na utilização básica do Ambiente Virtual de Ensino SIENGE. Se alguma dúvida não for sanada por este material, entre em contato conosco através

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 7ª Série Linguagens Formais e Autômatos Ciência da Computação A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um

Leia mais

CURSO FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS. Turma 2/2016

CURSO FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS. Turma 2/2016 CURSO FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS Turma 2/2016 TUTOR e CONTEUDISTA LÚCIO FLÁVIO FERRAZ Auditor Federal de Controle Externo do TCU PLANO DE CURSO Sumário 1. INFORMAÇÕES GERAIS...

Leia mais

REDAÇÃO OFICIAL PLANO DE CURSO

REDAÇÃO OFICIAL PLANO DE CURSO REDAÇÃO OFICIAL PLANO DE CURSO Sumário 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 2. EMENTA... 2 3. OBJETIVO... 3 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO... 3 5. PROPOSTA METODOLÓGICA... 4 6. PROPOSTA AVALIATIVA... 5 7. APROVAÇÃO E

Leia mais

GUIA DO PARTICIPANTE DO CURSO V. Seja bem-vindo(a) ao Curso V Transferências voluntárias.

GUIA DO PARTICIPANTE DO CURSO V. Seja bem-vindo(a) ao Curso V Transferências voluntárias. GUIA DO PARTICIPANTE DO CURSO V Prezado(a) Aluno(a), Seja bem-vindo(a) ao Curso V Transferências voluntárias. Este Guia do Participante contém informações e orientações sobre o funcionamento deste curso,

Leia mais

Curso de Especialização em LINGUISTICA APLICADA NA EDUCAÇÃO

Curso de Especialização em LINGUISTICA APLICADA NA EDUCAÇÃO Curso de Especialização em LINGUISTICA APLICADA NA EDUCAÇÃO ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Linguística Aplicada na Educação. OBJETIVO

Leia mais

Sumário. Manual do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) AVA 2014/2

Sumário. Manual do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) AVA 2014/2 Manual do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Sumário 1. Objetivos 2 2. Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA 2 3. Navegue pelo AVA e conheça suas funcionalidades 2 4. Conheça os elementos que

Leia mais

b. Comprovante de regularidade de matrícula em nível superior na instituição de origem (original); c. Histórico Escolar do curso de origem contendo ca

b. Comprovante de regularidade de matrícula em nível superior na instituição de origem (original); c. Histórico Escolar do curso de origem contendo ca EDITAL FATEC MAUÁ Nº. 01/2017 de 25 de novembro de 2016. O Diretor da Fatec-Mauá - Faculdade de Tecnologia de Mauá, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas inscrições para participação

Leia mais

CURSO DE INSPETOR DE SOLDAGEM NÍVEL 1 - CIS. Orientações para o Estudo Online

CURSO DE INSPETOR DE SOLDAGEM NÍVEL 1 - CIS. Orientações para o Estudo Online CURSO DE INSPETOR DE SOLDAGEM NÍVEL 1 - CIS Orientações para o Estudo Online Página 1 Orientações para o Estudo Online Sumário Página Sistemática para o estudo independente 03 Técnicas de leitura 07 Organização

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3ª Série Programação Estruturada II A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE NOVOS TRAINEES TRISTATE 2017/1

EDITAL DE SELEÇÃO DE NOVOS TRAINEES TRISTATE 2017/1 EDITAL DE SELEÇÃO DE NOVOS TRAINEES TRISTATE 2017/1 EDITAL PROCESSO SELETIVO 2017/1 A Empresa Júnior Tristate Consultoria em Mecatrônica comunica por este edital que estão abertas as inscrições para o

Leia mais

POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Última atualização: 18/03/2014 Versão A EXCLUSIVO PARA USO INTERNO Produzido pela área de RH Aprovado e revisado pela Gerência de RH A reprodução e a distribuição

Leia mais

Aprovado por Márcia Rangel

Aprovado por Márcia Rangel Unidade Processo Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Desenvolvimento de Pessoas Realização de Eventos por Edital de Pregão Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional

Leia mais

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE FORMADORES

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE FORMADORES O Programa de Certificação de Formadores busca capacitar profissionais da área da educação como formadores de professores e gestores educacionais. Com esta certificação, os formadores poderão ministrar

Leia mais

RECURSOS HUMANOS POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

RECURSOS HUMANOS POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Jan.205. OBJETIVO Este documento tem como objetivo definir conceitos, critérios e responsabilidades para os seguintes Programas de Desenvolvimento da Ipsos: Treinamentos Técnicos, Treinamentos Comportamentais,

Leia mais

Sumário. Manual do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) AVA 2014/2

Sumário. Manual do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) AVA 2014/2 Manual do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Sumário 1. Introdução 2 2. Objetivos 2 3. AVA Ambiente Virtual de Aprendizagem 2 4. Navegue pelo AVA e conheça suas funcionalidades 3 5. Conheça os

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2013 Etec Paulino Botelho Código: 091.06 Município: São Carlos EE: Professor Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão

Leia mais

Bem-vindo ao curso para Atualização Profissional Anbima

Bem-vindo ao curso para Atualização Profissional Anbima Bem-vindo ao curso para Atualização Profissional Anbima Antes de iniciar seu processo de aprendizado, veja algumas orientações sobre o funcionamento deste curso. O curso foi desenvolvido pela professora

Leia mais

1. Caracterização do Pró-Letramento

1. Caracterização do Pró-Letramento 1. Caracterização do Pró-Letramento O Pró-Letramento - Mobilização pela Qualidade da Educação - é um programa de formação continuada de professores para a melhoria da qualidade de aprendizagem da leitura/escrita

Leia mais

Retorno do Concessionário

Retorno do Concessionário Boletim BTr16-007 Treinamento Campinas/SP 01/06/2016 Fique informado Calendário de Treinamento Novembro a Abril Junto a este boletim de Treinamento estamos enviando o anexo I, Planilha de Levantamento

Leia mais

EDITAL 01/ EXAME FINAL EXTRAORDINÁRIO ETEC

EDITAL 01/ EXAME FINAL EXTRAORDINÁRIO ETEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 01/2017 - EXAME FINAL EXTRAORDINÁRIO ETEC

Leia mais

Curso de Especialização em COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA E SUPERVISÃO ESCOLAR

Curso de Especialização em COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA E SUPERVISÃO ESCOLAR Curso de Especialização em COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA E SUPERVISÃO ESCOLAR ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Coordenação Pedagógica e Supervisão

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia Civil 2ª Série Cálculo I A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades programadas

Leia mais

INTERFACE GRÁFICA DA PLATAFORMA DE APRENDIZAGEM MOODLE Endereço: NOTÍCIAS ÁREA DE REGISTO / LOGIN CONTATOS

INTERFACE GRÁFICA DA PLATAFORMA DE APRENDIZAGEM MOODLE Endereço:  NOTÍCIAS ÁREA DE REGISTO / LOGIN CONTATOS OBJECTIVO Este guia tem como objetivo fornecer aos Encarregados de Educação uma breve explicação sobre o funcionamento da Plataforma de Aprendizagem Moodle do Colégio do Vale. O QUE É O MOODLE? O Moodle

Leia mais

Tutorial de utilização do EAD-IBRAV Treinamentos

Tutorial de utilização do EAD-IBRAV Treinamentos Tutorial de utilização do EAD-IBRAV Treinamentos Amarildo Roberto Ribeiro CASCAVEL- 2016 SUMÁRIO 1. ACESSO AO CURSO... 3 2. LOGIN DO SISTEMA... 4 3. TELA PRINCIPAL DO ALUNO... 5 4. TELA PRINCIPAL DO CURSO...

Leia mais

Manual. do Aluno. Moodle

Manual. do Aluno. Moodle Manual do Aluno Moodle Julho/2015 Conteúdo 1 Acesso ao Moodle... 3 1.1 Qual nome de usuário e senha eu utilizo?... 4 1.2 Página Inicial... 5 2 Atualizar o perfil... 6 2.1 Configurar o recebimento de mensagens...

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PARA ASSUNTOS EDUCACIONAIS PLANO DE ENSINO

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PARA ASSUNTOS EDUCACIONAIS PLANO DE ENSINO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PARA ASSUNTOS EDUCACIONAIS DISCIPLINA: METODOLOGIA DA PESQUISA Código: UR2024 Semestre letivo e ano em que será ministrada: 2º/2012 I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Universidade

Leia mais

Universidade Federal da Paraíba. Manual de Acesso a Turma Virtual SIGAA Página 1 de 7

Universidade Federal da Paraíba. Manual de Acesso a Turma Virtual SIGAA Página 1 de 7 Manual de Acesso a Turma Virtual SIGAA Página 1 de 7 Plano de Curso O Plano de Curso contém Ementa, Objetivos, Descrição dos conteúdos, Procedimentos metodológicos, Procedimentos de avaliação da aprendizagem,

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Introdução

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Introdução REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Introdução O presente regulamento constitui um documento interno do curso de Ciências Contábeis e tem por objetivo reger as atividades relativas ao Estágio Supervisionado.

Leia mais

Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle

Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle 14 de agosto a 15 de outubro de 2006 Objetivo Geral Os participantes terão uma visão

Leia mais

Orientação para Inscrição e Participação nos Cursos Edição 2013 Novembro de 2012

Orientação para Inscrição e Participação nos Cursos Edição 2013 Novembro de 2012 Novembro de 2012 Orientação para Inscrição e Participação nos Cursos Edição 2013 Página 2 Sumário 1 Apresentação... 3 2 Quem pode se inscrever em cursos do VENCE... 3 3 Em quais cursos o aluno pode se

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO A Parte Concedente e o Estagiário com a interveniência da Instituição de Ensino celebram este Termo de Compromisso de Estágio, sem vínculo empregatício, comprometendo-se

Leia mais

GESTÃO PARA EXCELÊNCIA, ESSE É O CAMINHO.

GESTÃO PARA EXCELÊNCIA, ESSE É O CAMINHO. GESTÃO PARA EXCELÊNCIA, ESSE É O CAMINHO. Tutorial Capacitação de Avaliadores Voluntários do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios Inscrição Acesso Certificado e Histórico de Aproveitamento do Teste Inscrição

Leia mais

Tela Inicial do SOL Sistema On-Line. Página 1

Tela Inicial do SOL Sistema On-Line. Página 1 O Adapti Ingressante tem como objetivo ajudar você, estudante, a relembrar os conteúdos que serão essenciais para o desenvolvimento de uma trajetória acadêmica de sucesso. O programa, ofertado na modalidade

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Administração 6ª Série Administração de Recursos Humanos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO ALUNO

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO ALUNO MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO ALUNO SUMÁRIO Apresentação...03 1. Acesso...04 2. Página Inicial...05 3. Minhas Atividades...07 4. Reinscrição...12 5. Catálogo de Cursos...13 6. Perfil...14 02 APRESENTAÇÃO A solução

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Técnicas de Negociação CST em Gestão de Recursos Humanos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de

Leia mais

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastro para emissão do NOVO Bilhete Único... 3 3. Sessão Expirada... 111 4. Etapas do Cadastro... 144 5. Finalização do Cadastro... 166 6. Pesquisa de Satisfação...18 1 1.

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 5 a série Mecânica dos Fluidos Engenharia Mecânica A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

I. Pensando Enem º ano do Ensino Fundamental e 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio

I. Pensando Enem º ano do Ensino Fundamental e 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio Prezado(a) diretor(a) e coordenador(a), São Paulo, janeiro de 2017. Comunicamos que, em 2017, o Sistema Mackenzie de Ensino disponibilizará às escolas parceiras os materiais didáticos que servirão de apoio

Leia mais

Manual do Monitor Sistema de Monitorias: SiMon

Manual do Monitor Sistema de Monitorias: SiMon UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Manual do Monitor Sistema de Monitorias: SiMon SiMon é um Sistema para Gerenciamento das Monitorias. Com o propósito de facilitar a navegação no site, disponibilizamos este

Leia mais

Orientações para elaboração de material didático para EAD

Orientações para elaboração de material didático para EAD Orientações para elaboração de material didático para EAD Nome do autor: Disciplina/Curso: Carga horária: Data de entrega: E-mail: Telefones: Link Lattes: Orientação para elaboração de material didático

Leia mais

Guia de Orientação da Rotina Escolar

Guia de Orientação da Rotina Escolar Guia de Orientação 1 GUIA DE ORIENTAÇÃO DA ROTINA ESCOLAR A escola é um ambiente público e coletivo que conta com a colaboração de todos para a construção de uma comunidade escolar autônoma e organizada.

Leia mais

Estrutura do curso de Doutorado em Ministério por EaD

Estrutura do curso de Doutorado em Ministério por EaD Estrutura do curso de Doutorado em Ministério por EaD O Doutorado em Ministério (D.Min.) representa o mais alto nível profissional na prática ministerial. Sua filosofia de curso está fundamentada no aproveitamento

Leia mais

GUIA DO PARTICIPANTE DO CURSO IV. Seja bem-vindo(a) ao Curso IV Projetos no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida PMCMV.

GUIA DO PARTICIPANTE DO CURSO IV. Seja bem-vindo(a) ao Curso IV Projetos no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida PMCMV. GUIA DO PARTICIPANTE DO CURSO IV Prezado(a) Aluno(a), Seja bem-vindo(a) ao Curso IV Projetos no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida PMCMV. Este Guia do Participante contém informações e orientações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE CAMPUS BOA VIAGEM EDITAL N.º 04/2017

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE CAMPUS BOA VIAGEM EDITAL N.º 04/2017 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE CAMPUS BOA VIAGEM EDITAL N.º 04/2017 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO POLÍTICAS

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 1. Quais são os requisitos para obtenção de bolsa monitoria? a) o discente deve estar regularmente matriculado no período letivo em

Leia mais

Planejamento de Carreira

Planejamento de Carreira Planejamento de Carreira Aulas 17 e 18 Plano de carreira Análise do ambiente Oportunidades Ameaças Objetivos Alvos concretos Estratégias Ações e prazos para atingir objetivos Follow-up Análise de potencial

Leia mais

GUIA INFORMATIVO PÓS-GRADUAÇÃO FAVENI

GUIA INFORMATIVO PÓS-GRADUAÇÃO FAVENI GUIA INFORMATIVO PÓS-GRADUAÇÃO FAVENI 1) AMPARO LEGAL DOS CURSOS: Todos os Cursos de Pós-Graduação oferecidos pela FAVENI- Faculdade Venda Nova do Imigrante, são devidamente amparados legalmente através

Leia mais

Você na EAD. Conteudista: Equipe Multidisciplinar. Campus Virtual Cruzeiro do Sul

Você na EAD. Conteudista: Equipe Multidisciplinar. Campus Virtual Cruzeiro do Sul Você no EAD Você na EAD Conteudista: Equipe Multidisciplinar Campus Virtual Cruzeiro do Sul Você na EAD Perfil e Perspectiva de Desenvolvimento Considerando que uma das características da educação a

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 4ª Série Produção Gráfica CST Produção Multimídia A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE MINAS FACIMINAS

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE MINAS FACIMINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE MINAS FACIMINAS Autorizada pela Portaria nº 577/2000 MEC, de 03/05/2000 UNIÃO EDUCACIONAL MINAS GERAIS UNIMINAS NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Tutorial O que é?

Leia mais

2. METODOLOGIA E FUNCIONAMENTO DO CURSO

2. METODOLOGIA E FUNCIONAMENTO DO CURSO 1 1. AMPARO LEGAL DOS CURSOS Os cursos de Capacitação são amparados legalmente pelo Processo Nº 40.490 e Parecer Nº 946/2014, aprovado no dia 26/11/2014 e Publicado no Diário Executivo do Estado de Minas

Leia mais

GUIA DO FORMANDO. Responsabilidades Parentais

GUIA DO FORMANDO. Responsabilidades Parentais GUIA DO FORMANDO Responsabilidades Parentais ÍNDICE ENQUADRAMENTO DESCRIÇÃO DESTINATÁRIOS OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM ESTRUTURA E DURAÇÃO AUTOR METODOLOGIA PEDAGÓGICA AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO PORTAL E CONTEÚDOS

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO - GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA FAEL ANO LETIVO 2016

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO - GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA FAEL ANO LETIVO 2016 METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO - GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA FAEL ANO LETIVO 2016 Os processos de avaliação do ensino e da aprendizagem deverão ser contínuos, sistemáticos, abertos, flexíveis e propiciadores da realimentação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL Guia Didático da Disciplina Mercado de Capitais José Thadeu Paulo Henriques

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Enfermagem Ciências e Tecnologia em Saúde A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um

Leia mais

Regulamento Curso Online Entendendo a Dislexia

Regulamento Curso Online Entendendo a Dislexia Regulamento Curso Online Entendendo a Dislexia Sumário Instituto ABCD... 3 Curso Entendendo a Dislexia... 3 Estrutura do curso... 4 Conteúdo dos módulos do curso... 4 Reflexõe sobre o aprendizado;... 6

Leia mais

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE GEOGRAFIA

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE GEOGRAFIA Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE GEOGRAFIA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Ensino de Geografia. OBJETIVO DO CURSO: Voltado para profissionais

Leia mais

EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013.

EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013. EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013. ABRE PROCESSO PARA INGRESSO DIPLOMADO NOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA E NOS CURSOS TÉCNICOS NA MODALIDADE SUBSEQUENTE DO CÂMPUS RESTINGA DO IFRS O do Instituto

Leia mais

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Orientações de Navegação e Utilização do Curso

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Orientações de Navegação e Utilização do Curso Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido Orientações de Navegação e Utilização do Curso Março 2009 Bem vindo ao curso de IRPJ & CSLL, da Receita Federal

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO PASSO A PASSO PARA SE INSCREVER NA JAC UFSCAR:

EDITAL DE INSCRIÇÃO PASSO A PASSO PARA SE INSCREVER NA JAC UFSCAR: EDITAL DE INSCRIÇÃO PASSO A PASSO PARA SE INSCREVER NA JAC UFSCAR: Para o bom encaminhamento de sua inscrição, por favor, realize os passos na ordem em que eles estão apresentados. Passo 1 Depósito de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO COORDENADORIA PARA O FORTALECIMENTO DA QUALIDADE DO ENSINO EDITAL Nº 18/2015/PROEN/UFCA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO COORDENADORIA PARA O FORTALECIMENTO DA QUALIDADE DO ENSINO EDITAL Nº 18/2015/PROEN/UFCA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO COORDENADORIA PARA O FORTALECIMENTO DA QUALIDADE DO ENSINO EDITAL Nº 18/2015/PROEN/UFCA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM COOPERATIVA EM CÉLULAS ESTUDANTIS

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO AO DISCENTE NAD ANALISANDO O ATO DE ESTUDAR

NÚCLEO DE APOIO AO DISCENTE NAD ANALISANDO O ATO DE ESTUDAR NÚCLEO DE APOIO AO DISCENTE NAD ANALISANDO O ATO DE ESTUDAR A sociedade está cada vez mais exigente em relação à capacitação dos profissionais, cobrando o desenvolvimento de competências variadas, além

Leia mais

PROJETO DE ENSINO. Gestor do Projeto: Setor ou Colegiado do Curso:

PROJETO DE ENSINO. Gestor do Projeto: Setor ou Colegiado do Curso: PROJETO DE ENSINO TÍTULO DO PROJETO DE ENSINO Gestor do Projeto: Setor ou Colegiado do Curso: 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1. Título do Projeto: 1.2. Dados Completos do Gestor do Projeto: Nome: CPF: RG: Endereço

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Santa Terezinha Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7983 gabinete.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

Regulamento Maratona Universitária SEBRAE. Edição Feira do Empreendedor 2016 Caicó RN. O que é a Maratona?

Regulamento Maratona Universitária SEBRAE. Edição Feira do Empreendedor 2016 Caicó RN. O que é a Maratona? Regulamento Maratona Universitária SEBRAE Edição Feira do Empreendedor 2016 Caicó RN O que é a Maratona? A Maratona Universitária SEBRAE, é uma competição de ideias inovadoras, idealizada pelo Serviço

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Técnicas de Negociação Administração A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

1 DA INSCRIÇÃO 2 DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA INSCRIÇÃO NO EXAME DE SELEÇÃO E ADMISSÃO

1 DA INSCRIÇÃO 2 DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA INSCRIÇÃO NO EXAME DE SELEÇÃO E ADMISSÃO Edital de convocação para Inscrição, Seleção e Matrícula de candidato aos Cursos de Pós-Graduação em nível de Especialização - Lato Sensu para o ano letivo de 2017. A Faculdade de Ciências da Administração

Leia mais

PLANO INSTRUCIONAL I. IDENTIFICAÇÃO DO DOCENTE II. IDENTIFICAÇÃO DA AÇÃO EDUCACIONAL

PLANO INSTRUCIONAL I. IDENTIFICAÇÃO DO DOCENTE II. IDENTIFICAÇÃO DA AÇÃO EDUCACIONAL PLANO INSTRUCIONAL I. IDENTIFICAÇÃO DO DOCENTE Instrutores Vide página de inscrição II. IDENTIFICAÇÃO DA AÇÃO EDUCACIONAL Título Modalidade Carga horária Data(s) Horário Público-Alvo CURSO DE GESTÃO INTEGRADA

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria Art. 1º - Entende-se por Monitoria, uma modalidade de ensino e aprendizagem que contribui para a formação integrada

Leia mais

5 De F A ma

5 De F A ma Educação Física 5 De F A ma Uma Breve Revisão... Em 07 de abril de 2005 entra em vigor no Estado de Minas Gerais a resolução SEE N.º 666; Em agosto de 2011, é instituído o PIP CBC; No ano de 2012 o PIP

Leia mais

2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA

2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA Educação Corporativa e os desafios para sua efetivação: Processo de implantação, Melhoria e fatores críticos de sucesso*

Leia mais

Introdução ao Laboratório Digital

Introdução ao Laboratório Digital Introdução ao Laboratório Digital Versão 2007 RESUMO Esta experiência tem como objetivo um contato inicial com o Laboratório Digital. Além de apresentar algumas informações gerais sobre a disciplina, são

Leia mais

Caderneta Eletrônica. Manual do Docente

Caderneta Eletrônica. Manual do Docente Manual do Docente Histórico do Documento Data/Hora Autor Unidade/Orgão Observação 2016/Jan/07 12:00 Aurenéia Santana CNS/NTI Versão Inicial 2016/Jan/08 11:21 Marlos Ribeiro CNS/NTI Diagramação em ODT 2016-Jan-11

Leia mais

OLIMPÍADA CATARINENSE DE REDAÇÃO. 5 a EDIÇÃO

OLIMPÍADA CATARINENSE DE REDAÇÃO. 5 a EDIÇÃO OLIMPÍADA CATARINENSE DE REDAÇÃO 5 a EDIÇÃO 1. Responsabilidade: A 1ª Olimpíada Catarinense de Redação (OCR 2016) é um projeto, sem fins lucrativos, realizados pela Imaginie, em parceria com a Secretaria

Leia mais

OLIMPÍADA CATARINENSE DE REDAÇÃO. 1 a Edição

OLIMPÍADA CATARINENSE DE REDAÇÃO. 1 a Edição OLIMPÍADA CATARINENSE DE REDAÇÃO 1 a Edição 1. Responsabilidade: A 1ª Olimpíada Catarinense de Redação (OCR 2016) é um projeto, sem fins lucrativos, realizado pela Secretaria de Educação do Estado, em

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 8, DE 27 DE JANEIRO DE 2017

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 8, DE 27 DE JANEIRO DE 2017 SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 8, DE 27 DE JANEIRO DE 2017 PROCESSO SELETIVO - PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017 FUNDO DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL FIES O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR, no uso da atribuição

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/8 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SGT/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: Capacitar Servidores Planejamento Anual ELABORADO EM:22/06/2016 REVISADO EM:15/07/2016

Leia mais

Da Educação Infantil ao Simulados Pré-vestibular, o Sistema de Ensino Poliedro oferece coleções de livros didáticos elaborados por autores

Da Educação Infantil ao Simulados Pré-vestibular, o Sistema de Ensino Poliedro oferece coleções de livros didáticos elaborados por autores Da Educação Infantil ao Pré-vestibular, o Sistema de Ensino Poliedro oferece coleções de livros didáticos elaborados por autores especialistas e com experiência em sala de aula, o que possibilita o desenvolvimento

Leia mais

EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016.

EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016. EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016. EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA PARA OS CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES DO IFRS CAMPUS VIAMÃO O do Instituto

Leia mais

Manual de Monitoria - FAMETRO

Manual de Monitoria - FAMETRO 2015 Manual de Monitoria - FAMETRO QUALIDADE DE ENSINO Coordenação de Ensino 17/12/2015 MANUAL DE MONITORIA INTRODUÇÃO O presente Guia visa proporcionar aos professores orientadores e alunos-monitores

Leia mais

ÍNDICE CONGRESSISTA O EVENTO INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL CRACHÁ TRANSPORTE SINALIZAÇÃO DAS SALAS PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA CERTIFICADOS

ÍNDICE CONGRESSISTA O EVENTO INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL CRACHÁ TRANSPORTE SINALIZAÇÃO DAS SALAS PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA CERTIFICADOS ÍNDICE CONGRESSISTA O EVENTO INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL CRACHÁ TRANSPORTE SINALIZAÇÃO DAS SALAS PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA CERTIFICADOS PROGRAMAÇÃO SOCIAL SEGURANÇA . Neste manual sobre o VII FÓRUM

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Aprovado pelo CONSUNI Nº15 em 24/05/2016 ÍNDICE CAPITULO I Da Constituição,

Leia mais

BSC. deve contar a história da estratégia, começando. relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas em relação aos

BSC. deve contar a história da estratégia, começando. relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas em relação aos BSC Para KAPLAN & NORTON (1997), o Scorecard deve contar a história da estratégia, começando pelos objetivos financeiros a longo prazo e relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Recursos Humanos 3ª Série Técnicas de Recrutamento e Seleção A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

Gestão de Desastres e Ações de Recuperação

Gestão de Desastres e Ações de Recuperação Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil Universidade Federal de Santa Catarina Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres Gestão de Desastres e Ações de Recuperação Área de desmoronamento

Leia mais

ROTEIRO BAIXA ELETRÔNICA CONTABILISTA (Versão 2.0)

ROTEIRO BAIXA ELETRÔNICA CONTABILISTA (Versão 2.0) ROTEIRO BAIXA ELETRÔNICA CONTABILISTA (Versão 2.0) Senhores Usuários. O presente roteiro orienta a utilização de aplicação que possibilita a efetivação da baixa da inscrição cadastral sem necessidade de

Leia mais

Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL. No processo ensino-aprendizagem

Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL. No processo ensino-aprendizagem Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL No processo ensino-aprendizagem Rio de Janeiro 2005 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO VEZ DO MESTRE DINÂMICA GRUPAL OBJETIVOS: Estudar

Leia mais