Rüsch Bloqueador Endobrônquico EZ-Blocker A geração futura de ventilação pulmonar

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Rüsch Bloqueador Endobrônquico EZ-Blocker A geração futura de ventilação pulmonar"

Transcrição

1 Rüsch Bloqueador Endobrônquico EZ-Blocker A geração futura de ventilação pulmonar

2 Bloqueador Endobrônquico EZ Blocker da Rüsch Inovador, intuitivo, seguro A geração futura do bloqueador brônquico minimamente invasivo, concebido com vista a melhorar os resultados para o doente Inovador O Bloqueador Endobrônquico EZ Blocker da Teleflex foi desenvolvido por e para anestesistas, com vista a fornecer um dispositivo otimizado para isolamento pulmonar. O Bloqueador Endobrônquico EZ-Blocker possui uma extremidade distal em forma de Y que se assemelha à bifurcação da traqueia. Intuitivo A extremidade distal bifurcada do Bloqueador Endobrônquico EZ-Blocker permite a colocação intuitiva dos balões no brônquio direito ou esquerdo. Assim que o Bloqueador Endobrônquico EZ Blocker é introduzido através da extremidade distal de um tubo endotraqueal de um único lúmen, os balões bifurcados separam-se e são naturalmente direcionados para os canais principais do brônquio esquerdo e direito. Fixo O Bloqueador Endobrônquico EZ Blocker fica fixo na carina sem requerer a navegação do balão em direção a qualquer dos brônquios. 1 Com o Bloqueador Endobrônquico EZ Blocker, o enchimento do balão pode ser realizado precisamente antes do isolamento pulmonar, minimizando a necessidade de manipular o cateter após a colocação e reduzindo a possibilidade de deslocação dos balões. 1 Mungroop, H, Wai PTJ, Morei NM, Loef, BG, Epema AH. Lung Isolation with a new Y shaped bronchial blocker, the EZ-Blocker. British Journal of Anaesthesia; 2010; 104(1): Eixo radiopaco Extensões distais bifurcadas (em forma de Y) Codificados com cores para a segura identificação e correspondência aos códigos de cores dos balões de controlo de enchimento Radiopaco Balões em poliuretano que permitem uma vedação excelente para procedimentos cirúrgicos longos (até 8 horas) Colocação num ETT Técnica normal de intubação do doente Sem necessidade de reintubação do doente após o procedimento

3 Adaptador EZ-Multiport Facilita a ventilação, a colocação do EZ-Blocker e a introdução de broncoscópios de fibra ótica ou de videobroncoscópios e de cateteres de aspiração Marcas de profundidade Indicam a distância até à ponta distal do EZ-Blocker Dois balões proximais distintos O balão proximal transparente amarelo corresponde à extensão distal amarela O balão proximal transparente azul corresponde à extensão distal azul Lúmen central Permite administrar oxigénio (CPAP) ao pulmão isolado durante a cirurgia pulmonar Para o fluxo de CO2, deve-se assegurar a boa vedação do balão

4 Bloqueador Endobrônquico EZ Blocker da Rüsch para um desempenho bem-sucedido Manuseamento fácil, colocação rápida e procedimento seguro Intubação: são necessários 4 cm entre a ponta do ETT e a carina para a expansão das extremidades do EZ-Blocker. Mantenha o ETT recto, não o incline. Mantenha sempre o EZ-Blocker horizontal. Faça avançar lentamente o EZ-Blocker para o assentar na carina. Faça avançar o ETT e verifique a posição do EZ Blocker. Verifique o volume de oclusão mínimo. Escolha o colapso: reabsorção ou simulação do modo de um tubo brônquico de duplo lúmen. Deve ser utilizado um broncoscópio de fibra ótica ou um videobroncoscópio para a colocação e o posicionamento corretos. O EZ-Blocker encontra-se disponível em apenas um tamanho. É utilizado em conjunto com um tubo endotraqueal de um único lúmen, pelo que não é necessária a reintubação após a remoção do EZ-Blocker. Para mais informações, visite a nossa página de Internet

5 A utilização da bifurcação em Y oferece claras vantagens: Fácil: Desempenho simplificado dos procedimentos bilaterais Rápido: Colocação intuitiva e direção natural dos balões Fixo: Ancoragem direta com risco mínimo de deslocação durante o procedimento Seguro: Minimamente invasivo para maior segurança do doente e menor risco de traumatismo nas vias respiratórias Fiável: Aprovado para situações de emergência EZ-Blocker Ref. componentes do conjunto comprimento tamanho qtd. MG EZ-Blocker 1 Adaptador EZ-Multiport com tampa 1 Adaptador de oxigénio 2 Tampas para protecção contra o pó 75 cm 7 Fr 1

6 Teleflex é um provedor global de tecnologias médicas concebidas para melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Aplicamos a inovação orientada numa procura constante para identificar necessidades clínicas ainda não satisfeitas em benefício dos doentes e dos prestadores de cuidados de saúde. O nosso portfólio é diversificado, e inclui soluções nas áreas de acesso vascular e intervencionista, cirurgia, anestesia, cuidados cardíacos, urologia, medicina de emergência e cuidados respiratórios. Os colaboradores da Teleflex em todo o mundo sabem que o que fazemos marca a diferença. Para mais informação, visite teleflex.com. A Teleflex agrupa as marcas Arrow, Deknatel, Hudson RCI, LMA, Pilling, Rüsch e Weck marcas de confiança, unidas por um propósito comum. Sede corporativa Telefone , 550 E. Swedesford Road, Suite 400, Wayne, PA 19087, EUA Delegações regionais Estados Unidos: Telefone , chamada gratuita , 3015 Carrington Mill Boulevard, Morrisville, NC 27560, EUA América Latina: Telefone , 3015 Carrington Mill Boulevard, Morrisville, NC 27560, EUA Internacional: Telefone +353 (0) , Teleflex Medical Europe Ltd., IDA Business and Technology Park, Dublin Road, Athlone, Co Westmeath, Irlanda África do Sul +27 (0) Alemanha +49 (0) Austrália / Nova Zelândia Áustria +43 (0) Bélgica +32 (0) Canadá +1 (0) China (Beijing) +86 (0) China (Xangai) +86 (0) Coreia Espanha França +33 (0) Grécia Holanda +31 (0) Índia +91 (0) Itália Japão +81 (0) México Portugal Reino Unido +44 (0) República Checa +420 (0) República Eslovaca +421 (0) Singapura (venda indireta para outros países do Sudoeste Asiático) Suíça +41 (0) Para mais informação, por favor visite teleflex.com. Teleflex, o logótipo Teleflex, Arrow, Deknatel, EZ-Blocker, EZ-Multiport, Hudson RCI, LMA, Pilling, Rüsch e Weck são marcas registadas ou marcas comerciais registadas da Teleflex Incorporated ou das suas afiliadas, nos EUA e/ou noutros países. A informação contida no presente documento não constitui um substituto das Instruções de utilização do produto. Os produtos incluídos neste catálogo podem não estar disponíveis em todos os países. Contacte o seu representante local. Todos os dados são atuais à data da impressão (07/2016). Sujeito a alterações técnicas sem aviso prévio Teleflex Incorporated. Todos os direitos reservados REV B - MC / WM

Melhora os resultados durante procedimentos selectivos

Melhora os resultados durante procedimentos selectivos RÜSCH EZ-BLOCKER Melhora os resultados durante procedimentos selectivos O inovador EZ-Blocker TM - Pequenos pormenores, aperfeiçoamentos notáveis Bloqueador brônquico inovador em forma de Y O EZ-Blocker

Leia mais

Benefícios chave uma tecnologia inovadora do tipo dois-em-um que permite a realização de procedimentos complexos utilizando apenas um único cateter

Benefícios chave uma tecnologia inovadora do tipo dois-em-um que permite a realização de procedimentos complexos utilizando apenas um único cateter Benefícios chave uma tecnologia inovadora do tipo dois-em-um que permite a realização de procedimentos complexos utilizando apenas um único cateter transição rápida entre modos de utilização balão de alta

Leia mais

LMA Máscara laríngea Protector com Tecnologia Cuff Pilot A revolucionar o acesso com máscara laríngea

LMA Máscara laríngea Protector com Tecnologia Cuff Pilot A revolucionar o acesso com máscara laríngea LMA Máscara laríngea Protector com Tecnologia Cuff Pilot A revolucionar o acesso com máscara laríngea O nosso passado inspira o nosso futuro Em 1988, a prática da anestesia foi revolucionada pelo Dr. Archie

Leia mais

Arrow PICC com Tecnologia Chlorag + ard Antitrombogénica e Antimicrobiana Descubra a proteção do azul

Arrow PICC com Tecnologia Chlorag + ard Antitrombogénica e Antimicrobiana Descubra a proteção do azul Arrow PICC com Tecnologia Chlorag + ard Antitrombogénica e Antimicrobiana Descubra a proteção do azul Otimizado para proteger contra complicações do cateter Reduz a oclusão do cateter. 1 Diminui a acumulação

Leia mais

O FIO GUIA CORRETO PARA CADA APLICAÇÃO

O FIO GUIA CORRETO PARA CADA APLICAÇÃO HORIZON FIOS SISTEMA GUIA DE NITINOL LIGAÇÃO O nome Três você benefícios já conhece, da o tecnologia produto você de já camada confia. SEGURANÇA SUPERIOR Todos os nossos fios guia de nitinol, com um eixo

Leia mais

BIÓPSIAS DE MEDULA ÓSSEA. O novo procedimento padrão começa aqui

BIÓPSIAS DE MEDULA ÓSSEA. O novo procedimento padrão começa aqui BIÓPSIAS DE MEDULA ÓSSEA O novo procedimento padrão começa aqui É COMUM NAS SUAS INSTALAÇÕES PRECISSAR DE MÚLTIPLOS PROCEDIMENTOS E OBTER AMOSTRAS DE TAMANHO INCONSISTENTE? Marcas de confiança fazem da

Leia mais

PICC DE INJEÇÃO A PRESSÃO DA ARROW. O PICC que supera expetativas

PICC DE INJEÇÃO A PRESSÃO DA ARROW. O PICC que supera expetativas PICC DE INJEÇÃO A PRESSÃO DA ARROW O PICC que supera expetativas O PICC QUE SUPERA EXPETATIVAS ROTULAGEM DIFERENTE As capacidades de injeção a pressão são assinaladas nos conectores da linha de extensão

Leia mais

Finalmente, uma máscara laríngea com base científica

Finalmente, uma máscara laríngea com base científica Máscara Laríngea TELEFLEX Sure Seal Finalmente, uma máscara laríngea com base científica Máscaras Laríngeas Sure Seal da Teleflex Preocupamo-nos com os seus doentes. Por isso, criámos uma gama completa

Leia mais

TELEFLEX ISIS. Acesso melhor. A melhor das práticas.

TELEFLEX ISIS. Acesso melhor. A melhor das práticas. TELEFLEX ISIS Acesso melhor. A melhor das práticas. REMOÇÃO DA SECREÇÃO SUBGLÓTICA: UMA ESTRATÉGIA DE REDUÇÃO DE VAP A Pneumonia Associada a Ventilação Mecânica (VAP) é uma pneumonia hospitalar que se

Leia mais

PEQUENOS DETALHES TELEFLEX EM RESUMO UM FORTE PARCEIRO GLOBAL COM SER BOM NÃO É SUFICIENTE GRANDES RESULTADOS

PEQUENOS DETALHES TELEFLEX EM RESUMO UM FORTE PARCEIRO GLOBAL COM SER BOM NÃO É SUFICIENTE GRANDES RESULTADOS CONHEÇA A TELEFLEX UM FORTE PARCEIRO GLOBAL COM SER BOM NÃO É SUFICIENTE Historicamente uma empresa diversificada, fundada em 1943, com uma vasta operacionalidade nos mercados aeroespacial, industrial

Leia mais

A fiabilidade importa

A fiabilidade importa Monitorização hemodinâmica ARROW A fiabilidade importa 2 introdução a fiabilidade importa Marcas de confiança fazem da Teleflex um parceiro forte e fiável. Baseada numa sólida tradição de inovação, a Teleflex

Leia mais

TABELA DE FRETES MÉDIO PRATICADOS PARA ANGOLA REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO Moeda: USD

TABELA DE FRETES MÉDIO PRATICADOS PARA ANGOLA REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO Moeda: USD REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES BOLSA NACIONAL DE FRETE Sede: Palácio de Vidro, 5º andar; CX Postal 2223; Telefone +(244) 222-311339/40/41; Fax 222-310555- Luanda, Angola. TABELA DE FRETES

Leia mais

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias Bijuterias Principais Países 2010 2011 2012 2013 2014 US$ mil 2014/ 2013 Estados Unidos 5.667 3.828 2.668 3.491 5.006 43 Colômbia 407 800 748 1.112 993-11 França 1.085 931 910 998 969-3 Argentina 2.112

Leia mais

O Acordo de Dupla Tributação Portugal Brasil: questões

O Acordo de Dupla Tributação Portugal Brasil: questões O Acordo de Dupla Tributação Portugal Brasil: questões prá(c (c)ticas Mais-valias, dividendos e juros sobre o capital próprio prio 8 de Março o de 2010 TAX Índice Breve enquadramento O ADT Portugal Brasil

Leia mais

AVISO DO PRODUTO. Anomalia na pré-carga de inversores CA PowerFlex 753 e 755

AVISO DO PRODUTO. Anomalia na pré-carga de inversores CA PowerFlex 753 e 755 Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre possível problema com o produto A Rockwell Automation emite um Aviso do

Leia mais

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto Grupo de segurança de produto 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto Cód. cat. 20A, inversor CA PowerFlex

Leia mais

AVISO DE SEGURANÇA DO PRODUTO Aviso sobre possível condição insegura. Chaves de acionamento por cabo GuardMaster Lifeline 4

AVISO DE SEGURANÇA DO PRODUTO Aviso sobre possível condição insegura. Chaves de acionamento por cabo GuardMaster Lifeline 4 Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DE SEGURANÇA DO PRODUTO Aviso sobre possível condição insegura Referência: 2010-05-001 Revisão:

Leia mais

AVISO DO PRODUTO. Inversores CA PowerFlex 753 e 755 Anomalia de sobreposição de parâmetro com seu padrão

AVISO DO PRODUTO. Inversores CA PowerFlex 753 e 755 Anomalia de sobreposição de parâmetro com seu padrão Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre possível problema com o produto A Rockwell Automation emite um Aviso do

Leia mais

PLC 116/10. Eduardo Levy

PLC 116/10. Eduardo Levy PLC 116/10 Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Comissão de Assuntos Econômicos Comissão de Educação, Cultura

Leia mais

CONJUNTO DE TRAQUEOSTOMIA RUSCH SISTEMA DE LIGAÇÃO HORIZON CRYSTALCLEAR PLUS

CONJUNTO DE TRAQUEOSTOMIA RUSCH SISTEMA DE LIGAÇÃO HORIZON CRYSTALCLEAR PLUS CONJUNTO DE TRAQUEOSTOMIA RUSCH SISTEMA DE LIGAÇÃO HORIZON CRYSTALCLEAR PLUS O nome você já conhece, o produto você já confia. Mais conforto e segurança para o paciente e o provedor de saúde. RUSCH CRYSTALCLEAR

Leia mais

Recursos Energéticos e Meio Ambiente (REMA) Engenharia Ambiental 1º semestre/2017

Recursos Energéticos e Meio Ambiente (REMA) Engenharia Ambiental 1º semestre/2017 Recursos Energéticos e Meio Ambiente (REMA) Engenharia Ambiental 1º semestre/2017 ENERGIA DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS Capítulo 6 HINRICHS, R.A. e KLEINBACH, M. Energia e Meio Ambiente. 4ª. Ed. São Paulo:

Leia mais

PERIGOS DA PERCEPÇÃO 2015 ESTUDO REALIZADO EM 33 PAÍSES

PERIGOS DA PERCEPÇÃO 2015 ESTUDO REALIZADO EM 33 PAÍSES PERIGOS DA PERCEPÇÃO 2015 ESTUDO REALIZADO EM 33 PAÍSES 1 Estas são as recentes descobertas da Ipsos com a pesquisa Perigos da Percepção. Os resultados destacam o quão equivocado o público de 33 países

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano Plano Básico de Serviço Local A. Empresa: BLUE TELECOMUNICAÇÕES B. Nome do Plano: Plano Básico de Serviço Local BLUE C. Identificação para a Anatel: Plano Básico de Serviço Local BLUE 01/2015 D. Modalidade

Leia mais

Há vários motivos para mudar para um dispositivo de via aérea supraglótica de segunda geração. Mas só a nossa palavra não basta.

Há vários motivos para mudar para um dispositivo de via aérea supraglótica de segunda geração. Mas só a nossa palavra não basta. Há vários motivos para mudar para um dispositivo de via aérea supraglótica de segunda geração. Mas só a nossa palavra não basta. Dispositivos de via aérea supraglótica têm um papel principal na gestão

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25%

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25% mar-08 jul-08 nov-08 mar-09 jul-09 nov-09 mar-10 jul-10 nov-10 mar-11 jul-11 nov-11 mar-12 jul-12 nov-12 mar-13 jul-13 nov-13 mar-14 jul-14 nov-14 mar-15 jul-15 nov-15 META DA TAXA SELIC Cenário básico

Leia mais

Campanha Net Voz Fixa. Vodafone Negócios

Campanha Net Voz Fixa. Vodafone Negócios Campanha Net Voz Fixa Vodafone Negócios Julho Campanha Net Voz Fixa Meios de Acesso Net Voz Fixa * Adesão Serviço Fixo Adesão conjunta com Serviços Móveis FTTH FTTH ADSL ULL ADSL ULL 3G/4G 3G/4G WS/ORLA

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.50% 9.00% 10.00% 10.50% 11.00%

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 11.75% 13.00% 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.00% 8.50% 9.00%

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 14/06/11 12/07/11 09/08/11 06/09/11 04/10/11 01/11/11 29/11/11 27/12/11 24/01/12 21/02/12 20/03/12 17/04/12 15/05/12 12/06/12 10/07/12 07/08/12 04/09/12

Leia mais

A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional

A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional 1 Um diagnóstico da educação pública no Brasil 2 Um diagnóstico da educação pública no Brasil Avanços inquestionáveis: 1. Ampliação da oferta de

Leia mais

Animais de estimação. Pesquisa global GfK. Maio 2016 GfK 2016 Animais de estimação

Animais de estimação. Pesquisa global GfK. Maio 2016 GfK 2016 Animais de estimação Animais de estimação Pesquisa global GfK Maio 2016 1 Pesquisa global GfK: Animais de estimação 1 Metodologia 2 3 Resultado global Resultado do Brasil 2 Metodologia 3 Abrangência, metodologia e amostra

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 23/09/11 21/10/11 18/11/11 16/12/11 13/01/12 10/02/12 09/03/12 06/04/12 04/05/12 01/06/12 29/06/12 27/07/12 24/08/12 21/09/12 19/10/12 16/11/12 14/12/12

Leia mais

Uma visão geral do processo de reforma da previdência. Manoel Pires SPE/MF

Uma visão geral do processo de reforma da previdência. Manoel Pires SPE/MF Uma visão geral do processo de reforma da previdência Manoel Pires SPE/MF 1 Estrutura Temas em debate no Fórum da Previdência Impactos Econômicos do realinhamento da política previdenciária 2 Temas do

Leia mais

Uma visão geral do processo de reforma da previdência. Manoel Pires SPE/MF

Uma visão geral do processo de reforma da previdência. Manoel Pires SPE/MF Uma visão geral do processo de reforma da previdência Manoel Pires SPE/MF 1 Estrutura Temas em debate no Fórum da Previdência Impactos Econômicos do realinhamento da política previdenciária 2 Temas do

Leia mais

A INDÚSTRIA GLOBAL DOS FUNDOS DE PENSÃO. Marc Saluzzi

A INDÚSTRIA GLOBAL DOS FUNDOS DE PENSÃO. Marc Saluzzi A INDÚSTRIA GLOBAL DOS FUNDOS DE PENSÃO Marc Saluzzi AGENDA Alocação de ativos de fundos de pensão Os investimentos estrangeiros e sua lógica Como investir no exterior A ALOCAÇÃO DE ATIVOS DE FUNDOS DE

Leia mais

Folha de protocolo QIAsymphony RGQ

Folha de protocolo QIAsymphony RGQ Folha de protocolo QIAsymphony RGQ Definições de corrida dos kits artus QS-RGQ (software Rotor-Gene Q ou superior) Kit artus HBV QS-RGQ Versão 1, 4506356 Kit artus HCV QS-RGQ Versão 1, 4518356 Kit artus

Leia mais

Novos Preços e Condições a partir de

Novos Preços e Condições a partir de Novos Preços e Condições a partir de 01.11.2016 Página 1 Tarifários MEO a partir de 1 de novembro de 2016 (pacotes em comercialização): PACOTES COM TELEMÓVEL FIBRA ADSL Página 2 2 SATÉLITE PREÇOS ADICIONAIS

Leia mais

Geopolítica do Desenvolvimento e. suas Transformações

Geopolítica do Desenvolvimento e. suas Transformações Tecnologias da Informação e Comunicação e Acção Política Geopolítica do Desenvolvimento e suas Transformações É imperativo, antes de mais, explicar no que consiste a geopolítica enquanto disciplina. A

Leia mais

Surfactantes EcoSense. Nossa nova linha de surfactantes provenientes de fontes naturais e biodegradáveis. Visão geral

Surfactantes EcoSense. Nossa nova linha de surfactantes provenientes de fontes naturais e biodegradáveis. Visão geral Surfactantes EcoSense Nossa nova linha de surfactantes provenientes de fontes naturais e biodegradáveis Visão geral Visão geral Os surfactantes EcoSense são uma nova linha de surfactantes da Dow Personal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA TEMA 4: FONTES DE ENERGIA E MEIO AMBIENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA TEMA 4: FONTES DE ENERGIA E MEIO AMBIENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA TEMA 4: FONTES DE ENERGIA E MEIO AMBIENTE Alunas: Erika Martins dos Reis 1 Alessandra B. R. de Azevedo Disciplina: Química do Meio Ambiente

Leia mais

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo Relatório sobre de informação feitas pelo governo º de julho a de dezembro de A Apple leva o nosso compromisso de proteger seus dados muito a sério e se esforça para fornecer os produtos hardware, software

Leia mais

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS TAXA DE JUROS DO TÍTULO DE 10 ANOS DO TESOURO AMERICANO 2006-2013. Fonte: Bloomberg ESTADOS UNIDOS: TAXAS DE JUROS DE 10 ANOS (% a.a.) 03/04/14

Leia mais

HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA MANTER A SAÚDE FÍSICA

HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA MANTER A SAÚDE FÍSICA HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA MANTER A SAÚDE FÍSICA Pesquisa Global GfK Janeiro 2015 1 Pesquisa GfK: Hábitos saudáveis para manter a saúde física 1. Metodologia 2. Resultado global 3. Resultado do Brasil 2 Metodologia

Leia mais

CIP sensores Clean in place. Segurança alimentar com máxima eficiência.

CIP sensores Clean in place. Segurança alimentar com máxima eficiência. CIP sensores Clean in place Segurança alimentar com máxima eficiência. Panorama de vantagens. Reduzir os custos operacionais de CIP Utilização eficiente de recursos e materiais Maior produtividade Segurança

Leia mais

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA 1. OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA GRÁFICO B.1: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR FONTE GRÁFICO B.2: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR REGIÃO (*) (*) Excluindo bunkers marítimos internacionais

Leia mais

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Tratados de Dupla Tributação Documento disponível em: www.ibc-madeira.com Convenções Celebradas por Portugal para Evitar a Dupla Tributação Europa

Leia mais

Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10)

Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10) Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10) IDH País Pontuação Esperança de vida (anos) Média de anos de Anos de esperados RNBpc PPC em USD 2008 Posição no RNBpc menos

Leia mais

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO 11/09/12 11/10/12 11/11/12 11/12/12 11/01/13 11/02/13 11/03/13 11/04/13 11/05/13 11/06/13 11/07/13 11/08/13 11/09/13 11/10/13 11/11/13 11/12/13 11/01/14 11/02/14 11/03/14

Leia mais

Mapas Digitais de Trânsito em Tempo Real

Mapas Digitais de Trânsito em Tempo Real Especialização em Transportes e Vias de Comunicação Sistemas e Tecnologias Inteligentes de Transportes Painel Lisboa 10 outubro 2012 Mapas Digitais de Trânsito em Tempo Real Dr. Luís Gabriel Fernandes

Leia mais

Relatório Estatístico Mensal

Relatório Estatístico Mensal Relatório Estatístico Mensal Gestão de Patrimónios Janeiro 2016 Sede: Rua Castilho, 44-2º 1250-071 Lisboa Telefone: 21 799 48 40 Fax: 21 799 48 42 e.mail: info@apfipp.pt home page: www.apfipp.pt RELATÓRIO

Leia mais

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS 21/02/14 14/03/14 04/04/14 25/04/14 16/05/14 06/06/14 27/06/14 18/07/14 08/08/14 29/08/14 19/09/14 10/10/14 31/10/14 21/11/14 12/12/14 02/01/15

Leia mais

Risco não é Rabisco: Padrão de Plugues e Tomadas

Risco não é Rabisco: Padrão de Plugues e Tomadas Com a criação do Padrão Brasileiro de Plugues e Tomadas, o nosso mercado passa a comercializar apenas dois modelos de plugues e tomadas. Nele, os plugues possuem dois ou três pinos redondos e as tomadas

Leia mais

Planos de Preços. Planos de Preços para Chamadas na Rede Fixa. Plano Fixo 24. Mensalidade. Chamadas com destino a qualquer rede móvel nacional

Planos de Preços. Planos de Preços para Chamadas na Rede Fixa. Plano Fixo 24. Mensalidade. Chamadas com destino a qualquer rede móvel nacional Planos de Preços Preços incluem IVA a 23% Planos de Preços para Chamadas na Rede Fixa Plano Fixo 24 Chamadas grátis para a Rede Fixa, se ainda não tem um pacote com chamadas ilimitadas Mensalidade 4 Chamadas

Leia mais

13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) Ordens de transferência

13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) Ordens de transferência 13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) 13.1. Ordens de transferência Transferências Internas/Nacionais 1. Para conta domiciliada na própria Instituição de Crédito (internas) Com o mesmo ordenante e beneficiário

Leia mais

O catálogo do portfólio das vias aéreas LMA

O catálogo do portfólio das vias aéreas LMA O catálogo do portfólio das vias aéreas LMA 3.000 referências publicadas. 300 milhões de pacientes utilizam. A cada 3 segundos um dispositivo de via aérea LMA é utilizado em algum lugar do mundo. SADs

Leia mais

Programa de Prevenção de Riscos em Viagens e Eventos. Evandro Correa BEKUP Soluções em Seguros / 14 Jun 2016

Programa de Prevenção de Riscos em Viagens e Eventos. Evandro Correa BEKUP Soluções em Seguros / 14 Jun 2016 Programa de Prevenção de Riscos em Viagens e Eventos Evandro Correa BEKUP Soluções em Seguros / 14 Jun 2016 Perguntas Importantes O que representa uma Viagem? O que é um Seguro Viagem? O que define a contratação

Leia mais

Instalação do Kit da Chave do Sensor da Porta do NetShelter AP9513

Instalação do Kit da Chave do Sensor da Porta do NetShelter AP9513 Instalação do Kit da Chave do Sensor da Porta do NetShelter AP9513 Este kit é para utilização com o NetShelter VX, NetShelter SX, ou outros gabinetes padrão de 19 polegadas. Componentes Chave (2) Ímã (2)

Leia mais

IGF: ENTRE JUSTIÇA E EFICIÊNCIA. CHARLES WILLIAM McNAUGHTON

IGF: ENTRE JUSTIÇA E EFICIÊNCIA. CHARLES WILLIAM McNAUGHTON IGF: ENTRE JUSTIÇA E EFICIÊNCIA CHARLES WILLIAM McNAUGHTON IGF E PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS PRINCÍPIO DA ISONOMIA X PRINCÍPIO DA EFICIÊNCIA IGUALDADE Justiça Social Art. 3º Constituem objetivos fundamentais

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, Agosto

Leia mais

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS PROF. DE GEOGRAFIA: BIANCA 1º TRIM - GEOGRAFIA 2016 INTRODUÇÃO Para a formação dos blocos econômicos, os países firmam acordos comerciais, estabelecendo medidas que visam

Leia mais

Net Voz Fixa. Apresentação de Serviço

Net Voz Fixa. Apresentação de Serviço Net Voz Fixa Apresentação de Serviço 1. Apresentação do produto A Solução ideal de Voz e Dados Fixos O serviço Vodafone NET VOZ Fixa é a solução indicada para empresas que procuram integrar voz e dados

Leia mais

CÂNULA PARA TRAQUEOSTOMIA DESCARTÁVEL COM BALÃO.

CÂNULA PARA TRAQUEOSTOMIA DESCARTÁVEL COM BALÃO. Descrição do Produto Tamanho Referência Produto CÂNULA PARA TRAQUEOSTOMIA DESCARTÁVEL COM BALÃO. Cânula para traqueostomia em PVC siliconizado termosensível, com balão de baixa pressão e alto volume, válvula

Leia mais

5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES)

5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) 5.1. Ordens de transferência Transferências Internas/Nacionais C/ operador 1. Para conta domiciliada na própria Instituição de Crédito Com o mesmo ordenante e beneficiário - Pontual e Isento Isento Permamente

Leia mais

Aula de hoje: Introdução aos sistemas eleitorais (conceitos básicos)

Aula de hoje: Introdução aos sistemas eleitorais (conceitos básicos) Aula de hoje: Introdução aos sistemas eleitorais (conceitos básicos) Referências: Nicolau, J. M. Sistemas eleitorais; uma introdução. Rio de Janeiro: FGV. Lijphart, A. (2003). Modelos de democracia. Rio

Leia mais

Prefixos dos destinos internacionais incluídos nos pacotes MEO

Prefixos dos destinos internacionais incluídos nos pacotes MEO País Tipo Destino ALASCA e Móvel ALEMANHA ANDORRA AUSTRÁLIA ÁUSTRIA BÉLGICA CANADA e Móvel CHILE CHINA e Móvel COREIA DO SUL CROÁCIA DINAMARCA ESLOVÉNIA ESPANHA EUA e Móvel FEDERAÇÃO RUSSA FINLÂNDIA FRANÇA

Leia mais

PIB DO BRASIL (VARIAÇÃO ANUAL) FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO

PIB DO BRASIL (VARIAÇÃO ANUAL) FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO 1 PIB DO BRASIL (VARIAÇÃO ANUAL) 1984-2014 2 2 FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO DESAFIOS DA ECONOMIA BRASILEIRA: DEMOGRAFIA, MERCADO DE TRABALHO E AMBIENTE EXTERNO 3 3 O BAIXO DESEMPREGO NO

Leia mais

DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL

DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DE MEL 2009 a 2014 (NCM 04.09.00.00) ANO 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Meses US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor

Leia mais

Feiras no Contexto da Globalização. Cristina Motta, Messe Frankfurt Portugal (Repr.) ISLA Campus Lisboa, 20 de Fevereiro de 2013

Feiras no Contexto da Globalização. Cristina Motta, Messe Frankfurt Portugal (Repr.) ISLA Campus Lisboa, 20 de Fevereiro de 2013 Feiras no Contexto da Globalização Cristina Motta, Messe Frankfurt Portugal (Repr.) ISLA Campus Lisboa, 20 de Fevereiro de 2013 Do comércio mundial à globalização Pós Guerra: Aumento intensivo das trocas

Leia mais

Perspectivas para o Brasil no Cenário Internacional da Borracha Natural - Parte I

Perspectivas para o Brasil no Cenário Internacional da Borracha Natural - Parte I Perspectivas para o Brasil no Cenário Internacional da Borracha Natural - Parte I Augusto Hauber Gameiro e Mariana Bombo Perozzi Sistema de Informações Agroindustriais da Borracha Natural Brasileira Esta

Leia mais

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo Portas Automáticas Resistentes ao Fogo 1 Criada em 1966, a Manusa é uma empresa líder no mercado das portas automáticas graças ao desenvolvimento de uma tecnologia própria e a uma equipa de profissionais

Leia mais

Manual da EU sobre a Prática de Medicina Dentária Versão 4 (2008)

Manual da EU sobre a Prática de Medicina Dentária Versão 4 (2008) Manual da EU sobre a Prática de Reunião do Council of European Dentists Bruxelas 28 de Novembro de 2008 Dr Anthony S Kravitz OBE (Condecoração Ordem do Império Britânico) Professora Elizabeth T Treasure

Leia mais

ORL /2017-PT. Fotóforo KS70. Iluminação médica do mais alto nível

ORL /2017-PT. Fotóforo KS70. Iluminação médica do mais alto nível ORL 139 4.0 02/2017-PT Fotóforo KS70 Iluminação médica do mais alto nível Excelentes condições de visualização e de iluminação são pilares essenciais para um trabalho profissional, seguro e ergonômico

Leia mais

III Fórum Nacional de Produtos para a Saúde no Brasil 1º

III Fórum Nacional de Produtos para a Saúde no Brasil 1º III Fórum Nacional de Produtos para a Saúde no Brasil 1º.9.2016 Um pouco da nossa história Foi fundada e esse ano completou 83 anos de existência Laboratórios farmacêuticos nacionais e internacionais e

Leia mais

Produtividade e Eficiência. Pedro Cavalcanti Ferreira Fundação Getulio Vargas

Produtividade e Eficiência. Pedro Cavalcanti Ferreira Fundação Getulio Vargas Produtividade e Eficiência Pedro Cavalcanti Ferreira Fundação Getulio Vargas Introdução Países são pobres não só porque possuem relativamente menos (e piores) fatores de produção, mas porque organizam

Leia mais

Inovação & Serviço em Correias

Inovação & Serviço em Correias PT Inovação & Serviço em Correias Resumo da Ammeraal Beltech 1 Bem-Vindo à Ammeraal Beltech Factos e números Ammeraal Beltech é um fabricante líder de correias de transporte e processamento destinados

Leia mais

CÂNULA PARA TRAQUEOSTOMIA DESCARTÁVEL COM BALÃO.

CÂNULA PARA TRAQUEOSTOMIA DESCARTÁVEL COM BALÃO. Descrição do Produto Tamanho Referência Produto CÂNULA PARA TRAQUEOSTOMIA DESCARTÁVEL COM BALÃO. Cânula para traqueostomia em PVC siliconizado termosensível, com balão de baixa pressão e alto volume, válvula

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 2. trimestre de 2016. Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial

Highlights 2016. Edição do 2. trimestre de 2016. Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Highlights 2016 Edição do 2. trimestre de 2016 Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Sialendoscópio ALL IN ONE Características especiais: Endoscópios em miniatura semiflexíveis para exploração dos ductos

Leia mais

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre potencial problema com produtos

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre potencial problema com produtos Aviso sobre potencial problema com produtos Inversor de Frequência Variável PowerFlex 40 Inversor de Frequência Variável PowerFlex 40P Inversor de Frequência Variável PowerFlex 400 C Frame Referência:

Leia mais

SUMÁRIO. Sistema Tributário Nacional como Instrumento de Desenvolvimento. SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL: PRINCÍPIOS e ESTRUTURA.

SUMÁRIO. Sistema Tributário Nacional como Instrumento de Desenvolvimento. SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL: PRINCÍPIOS e ESTRUTURA. Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Ceará (CRC-CE) SUMÁRIO Introdução Sistema Tributário Nacional como Instrumento de Desenvolvimento Marcelo Lettieri e-mail: marlettieri@gmail.com STN: princípios

Leia mais

AVANÇOS EM TECNOLOGIA: - Investimentos crescentes em P&D - Aumento da capacidade não-letal e maior precisão das armas - Custos crescentes dos equipamentos - Automação e robotização - Atuação em rede x

Leia mais

O CONTRIBUTO DO IVA PARA AS RECEITAS PÚBLICAS

O CONTRIBUTO DO IVA PARA AS RECEITAS PÚBLICAS CONFERÊNCIA COMEMORATIVA DOS 30 ANOS DO IVA EM PORTUGAL II Painel: O funcionamento do IVA: A experiência do funcionamento do imposto em Portugal O CONTRIBUTO DO IVA PARA AS RECEITAS PÚBLICAS Jorge Oliveira*

Leia mais

Bem vindo à LocaWeb Telecom. Abr / 2008

Bem vindo à LocaWeb Telecom. Abr / 2008 Bem vindo à LocaWeb Telecom Abr / 2008 Agenda Apresentação PABX Virtual Dúvidas Portal de Voz Dúvidas PABX Virtual PABX VIRTUAL DIAGRAMA CARACTERÍSTICAS VANTAGENS TARIFAS DEMONSTRAÇÃ ÇÃO O que é PABX Virtual?

Leia mais

Índice. Contacto G R Ü N E N T H A L S. A. D O S S I E R D E I M P R E N S A 2 0 1 6. Informação Geral... 2. Perfil da empresa...

Índice. Contacto G R Ü N E N T H A L S. A. D O S S I E R D E I M P R E N S A 2 0 1 6. Informação Geral... 2. Perfil da empresa... Índice Informação Geral... 2 Perfil da empresa... 3 Grünenthal Portugal... 4 Investigação & Desenvolvimento... 5 Responsabilidade Social... 7 Contacto Grünenthal Portugal Elisabete Godinho elisabete.godinho@grunenthal.com

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS #1 MODELO DE SOLOW

LISTA DE EXERCÍCIOS #1 MODELO DE SOLOW UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO: CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: TEORIA MACROECONÔMICA II [TURMA A] PROF. GIACOMO B. NETO LISTA DE EXERCÍCIOS #1 MODELO

Leia mais

RECENSEAMENTO ESCOLAR ANUAL 2005/2006 POPULAÇÃO ESCOLAR - Inscrições

RECENSEAMENTO ESCOLAR ANUAL 2005/2006 POPULAÇÃO ESCOLAR - Inscrições «Instrumento de notação do Sistema Estatístico Nacional (Lei 6/89, de 15 de Abril) de RESPOSTA OBRIGATÓRIA, registado no INE sob o n.º 9746, válido até 31/12/2006» RECENSEAENTO ESCOLAR ANUAL 2005/2006

Leia mais

Estatística e Probabilidades

Estatística e Probabilidades Estatística e Probabilidades Nesse resumo vamos mostrar como a análise crítica de séries estatísticas podem contribuir para uma compreensão mais precisa da realidade. Todos os dias ouvimos falar sobre

Leia mais

XV OLIMPÍADAS ESCOLARES. JOGOS NA QUADRA 1 DIA 18/07/2016 (SEGUNDA-FEIRA):

XV OLIMPÍADAS ESCOLARES. JOGOS NA QUADRA 1 DIA 18/07/2016 (SEGUNDA-FEIRA): XV OLIMPÍADAS ESCOLARES. JOGOS NA QUADRA 1 DIA 18/07/2016 (SEGUNDA-FEIRA): 1 8h Egito 1 x México (futsal masculino) 2 8h15 México x Espanha (futsal masculino) 3 8h30 Egito 2 x México (futsal feminino)

Leia mais

para implantes gama completa de soluções fixas e removíveis.

para implantes gama completa de soluções fixas e removíveis. Barras de Sobredentadura NobelProcera para implantes TM CONHEÇA O NOVO MUNDO DA DENTISTERIA CAD/CAM 2 Barras de Sobredentadura NobelProcera para implantes Barras de Sobredentadura NobelProcera TM para

Leia mais

14º Encontro de Energia - FIESP

14º Encontro de Energia - FIESP 14º Encontro de Energia - FIESP Aspectos Normativos e Legais da Eficiência Energética A contribuição da norma ISO 50001 para a Eficiência Energética São Paulo, 06 de agosto de 2013 Objetivo Promover a

Leia mais

Planilha de Reajuste Porte e UCO na CBHPM C R$ 608,70 6 C R$ 430,43 7 C R$ 608,70 5 A R$ 286,52 7A R$ 464,82 11B R$ 1.

Planilha de Reajuste Porte e UCO na CBHPM C R$ 608,70 6 C R$ 430,43 7 C R$ 608,70 5 A R$ 286,52 7A R$ 464,82 11B R$ 1. Planilha de Reajuste Porte e UCO na Broncoscopia com DIAGNÓSTICA 40201031 biópsia transbrônquica DIAGNÓSTICA 40201058 Broncoscopia com ou sem aspirado ou lavado brônquico bilateral Vídeo-faringolaringoscopia

Leia mais

Unidade II SISTEMÁTICA DE. Profa. Lérida Malagueta

Unidade II SISTEMÁTICA DE. Profa. Lérida Malagueta Unidade II SISTEMÁTICA DE IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO Profa. Lérida Malagueta Comércio internacional Brasil: temos Procon / SPC Comércio Internacional: Necessidade de criação de órgãos, como: Fundo Monetário

Leia mais

ORGANISMOS MULTILATERAIS TRATADO DE NÃO PROLIFERAÇÃO NUCLEAR SISTEMA BRETTON WOODS

ORGANISMOS MULTILATERAIS TRATADO DE NÃO PROLIFERAÇÃO NUCLEAR SISTEMA BRETTON WOODS ORGANISMOS MULTILATERAIS TRATADO DE NÃO PROLIFERAÇÃO NUCLEAR SISTEMA BRETTON WOODS - Atuação segundo orientações estratégicas - Adotar normas comuns de comportamento político, social, etc. Planejar e concretizar

Leia mais

Sistemas de Avaliação e sua utilização: uma ferramenta de trabalho para a sua apreciação e para os Exames pelos Pares

Sistemas de Avaliação e sua utilização: uma ferramenta de trabalho para a sua apreciação e para os Exames pelos Pares Rede de Avaliação do CAD Sistemas de Avaliação e sua utilização: uma ferramenta de trabalho para a sua apreciação e para os Exames pelos Pares Os membros da Rede do CAD sobre Avaliação do Desenvolvimento

Leia mais

Conheça o trabalho do Optometrista, profissional da saúde responsável pelos cuidados com a sua saúde visual.

Conheça o trabalho do Optometrista, profissional da saúde responsável pelos cuidados com a sua saúde visual. Conheça o trabalho do Optometrista, profissional da saúde responsável pelos cuidados com a sua saúde visual. O Optometrista é o profissional da área da saúde, não médica, responsável pela avaliação primária

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA A INSERÇÃO DE ACESSOS VASCULARES

PRINCÍPIOS PARA A INSERÇÃO DE ACESSOS VASCULARES PRINCÍPIOS PARA A INSERÇÃO DE ACESSOS VASCULARES ORIENTAÇÕES PARA A INSERÇÃO, MARCAS ANAT Os médicos têm de estar familiarizados com os sinais, os sintomas, as intervenções e as medidas para a prevenção

Leia mais

Fibroscópios para animais de pequeno porte

Fibroscópios para animais de pequeno porte VET 31 7.0 03/2016-PT Fibroscópios para animais de pequeno porte com comprimentos específicos e diâmetro pequeno Fibroscópio com diâmetro pequeno Características especiais: Dimensões específicas para veterinária

Leia mais

ACUDYNE TM 1000 Polímero para Modelagem do Cabelo

ACUDYNE TM 1000 Polímero para Modelagem do Cabelo ACUDYNE TM 1000 Polímero para Modelagem do Cabelo para excelente fixação e durabilidade do penteado Aspectos Gerais Com o Polímero para Modelagem do Cabelo ACUDYNE TM, os formuladores de produtos para

Leia mais

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS mensário estatístico - CAFÉ EM GRÃOS CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado, reproduzido, distribuído

Leia mais

Faixa de utilização, por minuto 100 a a a acima de CRITÉRIOS DE TARIFAÇÃO DOS MINUTOS

Faixa de utilização, por minuto 100 a a a acima de CRITÉRIOS DE TARIFAÇÃO DOS MINUTOS Adesão Mensalidade ANEXO I PLANO ALTERNATIVO DE LONGA DISTÂNCIA INTERNACIONAL MEUS PAÍSES Isento isento Utilização Valores Autorizados Valores praticados GRUPO DE TARIFAÇÃO GRUPO DE PAÍSES Qualquer dia

Leia mais

SONDAS ENTERAIS. Freka UMA SOLUÇÃO PARA CADA NECESSIDADE

SONDAS ENTERAIS. Freka UMA SOLUÇÃO PARA CADA NECESSIDADE SONDAS ENTERAIS TRANSNASAIS PERCUTÂNEAS Freka UMA SOLUÇÃO PARA CADA NECESSIDADE SONDAS TRANSNASAIS e Intestinal Freka Paed CH 6.5 Freka Sonda Enteral Freka Sonda Enteral CH 15 Freka Trelumina Freka Paed

Leia mais