TABELA DE FRETES MÉDIO PRATICADOS PARA ANGOLA REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO Moeda: USD

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TABELA DE FRETES MÉDIO PRATICADOS PARA ANGOLA REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO Moeda: USD"

Transcrição

1 REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES BOLSA NACIONAL DE FRETE Sede: Palácio de Vidro, 5º andar; CX Postal 2223; Telefone +(244) /40/41; Fax Luanda, Angola. TABELA DE FRETES MÉDIO PRATICADOS PARA ANGOLA REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO ÁFRICA DO SUL Angola 1.650, ,10 24,00 2 ALEMANHÃ Angola 1.941, ,00 673,00 3 ARGENTINA Angola 2.325, ,48 269,00 4 BELGÍCA Angola 3.440, ,00 141,20 5 BRASIL Angola 2.830, ,00 35,00 6 CANADÁ Angola 3.487, ,00 N/A 7 CHINA Angola 2.500, ,00 214,00 8 COREIA DO SUL Angola 3.250, ,00 123,00 9 EGIPTO Angola 2.350, ,00 N/A 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.000, ,00 63,87 11 ESPANHA Angola 2.357, ,00 130,00 12 FRANÇA Angola 2.558, ,00 201,00 13 HOLANDA Angola 2.043, ,14 N/A 14 ÍNDIA Angola 2.150, ,00 125,00 15 ITALIA Angola 3.100, ,00 95,00 16 JAPÃO Angola 2.310, ,00 N/A 17 LIBANO Angola 2.500, ,00 74,00 18 MALASIA Angola 1.800, ,00 265,45 19 MEXICO Angola 2.800, ,00 55,00 20 NORUEGA Angola N/A 5.015,00 556,32 21 PORTUGAL Angola 2.350, ,00 131,00 22 REINO UNIDO Angola 3.165, ,00 46,00 23 SINGAPURA Angola 1.750, ,00 24,31 24 SUÉCIA Angola N/A 4.578,00 N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.250, ,00 95,00 26 TURQUIA Angola 2.100, ,00 N/A 27 U. S. AMERICA Angola 2.545, ,00 25,12 28 VIETNAM Angola 2.640, ,00 N/A

2 REFERENTE AO MÊS DE FEVEREIRO ÁFRICA DO SUL Angola 1.650, ,04 81,99 2 ALEMANHÃ Angola 2.416, ,00 79,82 3 ARGENTINA Angola 2.500, ,80 74,52 4 BELGÍCA Angola 2.734, ,00 64,85 5 BRASIL Angola 2.147, ,26 90,00 6 CANADÁ Angola 3.550, ,00 116,21 7 CHINA Angola 2.849, ,24 30,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.454, ,00 164,92 9 EGIPTO Angola 2.479, ,00 114,29 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.000, ,00 76,00 11 ESPANHA Angola 2.129, ,20 22,00 12 FRANÇA Angola 2.382, ,00 50,45 13 HOLANDA Angola 2.020, ,00 128,04 14 ÍNDIA Angola 2.314, ,85 172,27 15 ITALIA Angola 2.640, ,00 N/A 16 JAPÃO Angola 3.000, ,00 200,89 17 LIBANO Angola 2.708, ,30 113,51 18 MALASIA Angola 2.617, ,00 N/A 19 MEXICO Angola 2.700, ,00 317,08 20 NORUEGA Angola 3.400, ,00 436,91 21 PORTUGAL Angola 2.599, ,00 66,00 22 REINO UNIDO Angola 4.000, ,00 50,08 23 SINGAPURA Angola 2.995, ,00 245,00 24 SUÉCIA Angola 3.200,00 N/A 62,37 25 TAILÂNDIA Angola 2.250, ,00 42,83 26 TURQUIA Angola 2.291, ,00 65,00 27 U. S. AMERICA Angola 2.576, ,00 110,93 28 VIETNAM Angola 2.500, ,00 N/A

3 REFERENTE AO MÊS DE MARÇO ÁFRICA DO SUL Angola 2.138, ,80 24,00 2 ALEMANHÃ Angola 3.429, ,59 673,00 3 ARGENTINA Angola 2.469, ,84 269,00 4 BELGÍCA Angola 2.559, ,40 141,20 5 BRASIL Angola 2.246, ,68 35,00 6 CANADÁ Angola 3.275, ,96 N/A 7 CHINA Angola 2.740, ,70 214,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.639, ,13 123,00 9 EGIPTO Angola 2.388, ,09 N/A 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.317, ,87 63,87 11 ESPANHA Angola 2.537, ,00 130,00 12 FRANÇA Angola 2.559, ,00 201,00 13 HOLANDA Angola 2.080, ,77 N/A 14 ÍNDIA Angola 2.276, ,58 125,00 15 ITALIA Angola 2.798, ,42 95,00 16 JAPÃO Angola 3.527, ,00 N/A 17 LIBANO Angola 3.162, ,00 74,00 18 MALASIA Angola 2.657, ,00 265,45 19 MEXICO Angola 4.092, ,00 55,00 20 NORUEGA Angola 3.641, ,00 556,32 21 PORTUGAL Angola 2.448, ,65 131,00 22 REINO UNIDO Angola 4.205, ,76 46,00 23 SINGAPURA Angola 2.584, ,65 24,31 24 SUÉCIA Angola 4.595,00 N/A N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.668, ,58 95,00 26 TURQUIA Angola 2.219, ,84 N/A 27 U. S. AMERICA Angola 5.315, ,42 25,12 28 VIETNAM Angola 3.252, ,59 N/A

4 REFERENTE AO MÊS DE ABRIL ÁFRICA DO SUL Angola 1.958, ,52 45,92 2 ALEMANHÃ Angola 1.800, ,34 90,86 3 ARGENTINA Angola 2.116, ,68 179,58 4 BELGÍCA Angola 3.245, ,60 107,62 5 BRASIL Angola 2.034, ,78 86,91 6 CANADÁ Angola 3.445, ,81 N/A 7 CHINA Angola 2.679, ,91 53,99 8 COREIA DO SUL Angola 2.416, ,00 180,37 9 EGIPTO Angola 2.350, ,29 97,90 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.000, ,12 99,42 11 ESPANHA Angola 2.072, ,00 100,71 12 FRANÇA Angola 2.250, ,00 196,40 13 HOLANDA Angola 1.950, ,50 155,74 14 ÍNDIA Angola 2.291, ,98 114,03 15 ITALIA Angola 2.632, ,00 183,72 16 JAPÃO Angola 2.340, ,00 58,27 17 LIBANO Angola 3.150, ,73 101,43 18 MALASIA Angola 2.477, ,63 N/A 19 MEXICO Angola 3.145, ,59 139,00 20 NORUEGA Angola 4.813, ,00 N/A 21 PORTUGAL Angola 2.436, ,02 74,17 22 REINO UNIDO Angola 3.600, ,00 85,84 23 SINGAPURA Angola 2.584, ,00 N/A 24 SUÉCIA Angola 4.145, ,52 104,51 25 TAILÂNDIA Angola 2.598, ,88 54,67 26 TURQUIA Angola 2.307, ,58 117,84 27 U. S. AMERICA Angola 5.620, ,73 104,94 28 VIETNAM Angola 3.132, ,00 N/A

5 REFERENTE AO MÊS DE MAIO ÁFRICA DO SUL Angola 1.902, ,10 24,00 2 ALEMANHÃ Angola 1.592, ,22 673,00 3 ARGENTINA Angola 2.150, ,19 269,00 4 BELGÍCA Angola 2.696, ,51 141,20 5 BRASIL Angola 2.019, ,00 35,00 6 CANADÁ Angola 3.531, ,00 N/A 7 CHINA Angola 2.629, ,72 214,00 8 COREIA DO SUL Angola N/A 5.000,00 123,00 9 EGIPTO Angola 2.292, ,94 N/A 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.546, ,15 63,87 11 ESPANHA Angola 2.532, ,64 130,00 12 FRANÇA Angola 2.348, ,35 201,00 13 HOLANDA Angola 2.666, ,31 N/A 14 ÍNDIA Angola 2.291, ,99 125,00 15 ITALIA Angola 3.456, ,26 95,00 16 JAPÃO Angola 3.061, ,46 N/A 17 LIBANO Angola 2.638, ,92 74,00 18 MALASIA Angola 2.463, ,72 265,45 19 MEXICO Angola 3.757, ,59 55,00 20 NORUEGA Angola 1.768, ,40 556,32 21 PORTUGAL Angola 2.573, ,45 131,00 22 REINO UNIDO Angola 4.500, ,22 46,00 23 SINGAPURA Angola 2.457, ,62 24,31 24 SUÉCIA Angola 2.610, ,07 N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.494, ,50 95,00 26 TURQUIA Angola 2.319, ,44 N/A 27 U. S. AMERICA Angola 5.464, ,00 25,12 28 VIETNAM Angola 2.707, ,25 N/A

6 REFERENTE AO MÊS DE JUNHO ÁFRICA DO SUL Angola 1.953, ,43 199,00 2 ALEMANHÃ Angola 2.344, ,00 76,98 3 ARGENTINA Angola 1.900, ,37 100,09 4 BELGÍCA Angola 2.704, ,00 78,92 5 BRASIL Angola 1.953, ,43 90,00 6 CANADÁ Angola 3.343, ,28 N/A 7 CHINA Angola 2.719, ,88 30,00 8 COREIA DO SUL Angola 3.250, ,30 169,92 9 EGIPTO Angola 2.350, ,00 114,29 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.342, ,04 108,04 11 ESPANHA Angola 2.294, ,65 8,83 12 FRANÇA Angola 2.152, ,40 230,00 13 HOLANDA Angola 2.122, ,07 87,02 14 ÍNDIA Angola 2.232, ,62 51,64 15 ITALIA Angola 2.748, ,44 108,99 16 JAPÃO Angola 2.609, ,00 207,20 17 LIBANO Angola 2.258, ,87 67,11 18 MALASIA Angola 2.487, ,00 64,95 19 MEXICO Angola 3.665, ,19 93,50 20 NORUEGA Angola 3.100, ,00 N/A 21 PORTUGAL Angola 2.684, ,02 75,17 22 REINO UNIDO Angola 4.475, ,76 5,55 23 SINGAPURA Angola 2.403, ,62 54,78 24 SUÉCIA Angola 3.200,00 N/A N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.607, ,46 171,00 26 TURQUIA Angola 2.142, ,43 117,84 27 U. S. AMERICA Angola 4.812, ,00 104,71 28 VIETNAM Angola 2.500, ,82 22,50

7 REFERENTE AO MÊS DE JULHO ÁFRICA DO SUL Angola 2.070, ,73 199,00 2 ALEMANHÃ Angola 4.175,00 N/A 76,98 3 ARGENTINA Angola 2.041, ,67 100,09 4 BELGÍCA Angola 2.327, ,78 78,92 5 BRASIL Angola 1.812, ,51 90,00 6 CANADÁ Angola 3.166, ,07 N/A 7 CHINA Angola 2.575, ,99 30,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.798, ,00 169,92 9 EGIPTO Angola 2.369, ,67 114,29 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.238, ,35 108,04 11 ESPANHA Angola 2.550, ,00 8,83 12 FRANÇA Angola 2.320, ,00 230,00 13 HOLANDA Angola 2.237,50 N/A 87,02 14 ÍNDIA Angola 2.230, ,81 51,64 15 ITALIA Angola 2.694, ,57 108,99 16 JAPÃO Angola 5.033, ,66 207,20 17 LIBANO Angola 2.907, ,12 67,11 18 MALASIA Angola 2.485, ,83 64,95 19 MEXICO Angola 3.649, ,00 93,50 20 NORUEGA Angola 3.000,00 N/A N/A 21 PORTUGAL Angola 2.633, ,45 75,17 22 REINO UNIDO Angola 4.630, ,89 5,55 23 SINGAPURA Angola 2.548, ,80 54,78 24 SUÉCIA Angola 3.023,43 N/A N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.667, ,25 171,00 26 TURQUIA Angola 2.000, ,85 117,84 27 U. S. AMERICA Angola 4.877, ,97 104,71 28 VIETNAM Angola 2.788, ,00 22,50

8 REFERENTE AO MÊS DE AGOSTO ÁFRICA DO SUL Angola 1.965, ,73 199,00 2 ALEMANHÃ Angola 3.392, ,09 76,98 3 ARGENTINA Angola 2.143, ,18 100,09 4 BELGÍCA Angola 2.330, ,00 78,92 5 BRASIL Angola 1.838, ,10 90,00 6 CANADÁ Angola 3.277, ,50 N/A 7 CHINA Angola 2.700, ,09 30,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.664, ,00 169,92 9 EGIPTO Angola 2.251, ,67 114,29 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.205, ,19 108,04 11 ESPANHA Angola 2.495, ,46 8,83 12 FRANÇA Angola 2.461, ,00 230,00 13 HOLANDA Angola 2.177, ,26 87,02 14 ÍNDIA Angola 2.222, ,57 51,64 15 ITALIA Angola 2.473, ,00 108,99 16 JAPÃO Angola 2.100, ,00 207,20 17 LIBANO Angola 3.100, ,00 67,11 18 MALASIA Angola 2.456, ,41 64,95 19 MEXICO Angola 3.750, ,08 93,50 20 NORUEGA Angola 3.796,25 N/A N/A 21 PORTUGAL Angola 2.500, ,34 75,17 22 REINO UNIDO Angola 4.114, ,86 5,55 23 SINGAPURA Angola 2.558, ,63 54,78 24 SUÉCIA Angola 4.320, ,60 N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.500, ,93 171,00 26 TURQUIA Angola 2.102, ,00 117,84 27 U. S. AMERICA Angola 2.587, ,62 104,71 28 VIETNAM Angola 2.644, ,00 22,50

9 REFERENTE AO MÊS DE SETEMBRO ÁFRICA DO SUL Angola 1.940, ,35 N/A 2 ALEMANHÃ Angola 3.500, ,86 64,25 3 ARGENTINA Angola 2.058, ,41 207,20 4 BELGÍCA Angola 2.043, ,00 N/A 5 BRASIL Angola 1.900, ,00 23,56 6 CANADÁ Angola 3.000, ,99 452,36 7 CHINA Angola 2.727, ,86 33,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.700, ,33 156,25 9 EGIPTO Angola 2.350, ,00 N/A 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.181, ,66 64,95 11 ESPANHA Angola 2.449, ,75 15,63 12 FRANÇA Angola 2.062, ,23 120,36 13 HOLANDA Angola 2.248, ,19 163,85 14 ÍNDIA Angola 2.197, ,67 108,36 15 ITALIA Angola 2.633, ,00 72,36 16 JAPÃO Angola 2.130, ,00 87,20 17 LIBANO Angola 3.156, ,14 56,25 18 MALASIA Angola 2.415, ,63 36,95 19 MEXICO Angola 3.640, ,00 11,76 20 NORUEGA Angola 4.500, ,61 87,00 21 PORTUGAL Angola 2.570, ,43 48,60 22 REINO UNIDO Angola 4.177, ,00 6,55 23 SINGAPURA Angola 2.767, ,00 79,41 24 SUÉCIA Angola 3.005, ,00 N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.578, ,00 N/A 26 TURQUIA Angola 2.140, ,00 51,14 27 U. S. AMERICA Angola 2.500, ,31 104,71 28 VIETNAM Angola 2.729, ,56 6,85

10 REFERENTE AO MÊS DE OUTUBRO ÁFRICA DO SUL Angola 1.949, ,00 N/A 2 ALEMANHÃ Angola 2.627, ,00 64,25 3 ARGENTINA Angola 1.899, ,53 207,20 4 BELGÍCA Angola 3.091, ,89 N/A 5 BRASIL Angola 1.798, ,69 23,56 6 CANADÁ Angola 2.573, ,00 452,36 7 CHINA Angola 2.640, ,00 33,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.379, ,00 156,25 9 EGIPTO Angola 2.359, ,00 N/A 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.384, ,00 64,95 11 ESPANHA Angola 3.124, ,80 15,63 12 FRANÇA Angola 1.826, ,20 120,36 13 HOLANDA Angola 1.979, ,14 163,85 14 ÍNDIA Angola 2.159, ,33 108,36 15 ITALIA Angola 2.486, ,00 72,36 16 JAPÃO Angola 2.912, ,00 87,20 17 LIBANO Angola 2.350, ,00 56,25 18 MALASIA Angola 2.455, ,53 36,95 19 MEXICO Angola 3.012, ,00 11,76 20 NORUEGA Angola 4.635, ,00 87,00 21 PORTUGAL Angola 2.198, ,99 48,60 22 REINO UNIDO Angola 3.004, ,00 6,55 23 SINGAPURA Angola 2.658, ,04 79,41 24 SUÉCIA Angola 4.392, ,00 N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.593, ,54 N/A 26 TURQUIA Angola 2.135, ,49 51,14 27 U. S. AMERICA Angola 4.912, ,00 104,71 28 VIETNAM Angola 2.896, ,00 6,85

11 REFERENTE AO MÊS DE NOVEMBRO ÁFRICA DO SUL Angola 1.650, ,41 150,00 2 ALEMANHÃ Angola 2.511, ,00 82,82 3 ARGENTINA Angola 2.020, ,63 64,00 4 BELGÍCA Angola 2.465, ,00 70,88 5 BRASIL Angola 1.843, ,92 90,00 6 CANADÁ Angola 3.000, ,00 N/A 7 CHINA Angola 2.650, ,00 30,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.513, ,00 167,40 9 EGIPTO Angola 2.350, ,00 114,29 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.000, ,00 129,17 11 ESPANHA Angola 2.000, ,76 N/A 12 FRANÇA Angola 1.966, ,00 51,95 13 HOLANDA Angola 3.071, ,12 139,33 14 ÍNDIA Angola 2.132, ,05 65,07 15 ITALIA Angola 2.653, ,00 22,00 16 JAPÃO Angola 2.350, ,00 246,12 17 LIBANO Angola 2.000, ,00 117,39 18 MALASIA Angola 2.456, ,00 31,29 19 MEXICO Angola 3.421, ,00 79,48 20 NORUEGA Angola 2.555, ,00 98,28 21 PORTUGAL Angola 2.452, ,00 53,00 22 REINO UNIDO Angola 2.151, ,00 72,95 23 SINGAPURA Angola 2.209, ,00 156,72 24 SUÉCIA Angola 3.200, ,00 N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.350, ,00 171,00 26 TURQUIA Angola 2.000, ,70 117,84 27 U. S. AMERICA Angola 3.975, ,00 157,50 28 VIETNAM Angola 2.500, ,00 N/A

12 REFERENTE AO MÊS DE DEZEMBRO ÁFRICA DO SUL Angola 1.650, ,27 150,00 2 ALEMANHÃ Angola 2.477, ,55 82,82 3 ARGENTINA Angola 1.794, ,08 64,00 4 BELGÍCA Angola 2.226, ,45 70,88 5 BRASIL Angola 1.720, ,62 90,00 6 CANADÁ Angola 3.264, ,73 N/A 7 CHINA Angola 2.607, ,09 30,00 8 COREIA DO SUL Angola 2.342, ,00 167,40 9 EGIPTO Angola 2.550, ,72 114,29 10 EMIRADOS A.U. Angola 3.130, ,01 129,17 11 ESPANHA Angola 2.181, ,90 N/A 12 FRANÇA Angola 1.798, ,86 51,95 13 HOLANDA Angola 2.663, ,50 139,33 14 ÍNDIA Angola 2.124, ,35 65,07 15 ITALIA Angola 2.274, ,00 22,00 16 JAPÃO Angola 7.787, ,00 246,12 17 LIBANO Angola 2.211, ,45 117,39 18 MALASIA Angola 2.494, ,88 31,29 19 MEXICO Angola 3.086, ,82 79,48 20 NORUEGA Angola 7.582, ,75 98,28 21 PORTUGAL Angola 2.170, ,72 53,00 22 REINO UNIDO Angola 3.525, ,54 72,95 23 SINGAPURA Angola 2.635, ,85 156,72 24 SUÉCIA Angola 4.150, ,00 N/A 25 TAILÂNDIA Angola 2.517, ,04 171,00 26 TURQUIA Angola 2.149, ,84 117,84 27 U. S. AMERICA Angola 5.653, ,96 157,50 28 VIETNAM Angola 2.513, ,94 N/A

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias Bijuterias Principais Países 2010 2011 2012 2013 2014 US$ mil 2014/ 2013 Estados Unidos 5.667 3.828 2.668 3.491 5.006 43 Colômbia 407 800 748 1.112 993-11 França 1.085 931 910 998 969-3 Argentina 2.112

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Ago/13

Ranking Mundial de Juros Reais Ago/13 Ranking Mundial de Juros Reais Ago/13 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: POR QUE FAZER? EFEITOS DA DEMOGRAFIA EXIGEM AJUSTE DE REGRAS

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: POR QUE FAZER? EFEITOS DA DEMOGRAFIA EXIGEM AJUSTE DE REGRAS REFORMA DA PREVIDÊNCIA: POR QUE FAZER? EFEITOS DA DEMOGRAFIA EXIGEM AJUSTE DE REGRAS 29 de março 217 198 9+ 8 8 7 7 6 6 4 4 3 3 2 2 2.. 1.. 1.... 1.. 1.. 2.. + 6 anos Fonte: IBGE (Projeção da População,

Leia mais

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2014 Indicadores. 2. Número de iniciativas apoiadas por áreas geográficas

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2014 Indicadores. 2. Número de iniciativas apoiadas por áreas geográficas Ação Cultural Externa Relatório Anual 2014 Indicadores 1. Iniciativas apoiadas pelo Camões, IP a) número (total): 1071 2. Número de iniciativas apoiadas por áreas geográficas Áreas Geográficas Nº Iniciativas

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES FEVEREIRO / 215 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 3 2 - EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4

Leia mais

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA 1. OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA GRÁFICO B.1: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR FONTE GRÁFICO B.2: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR REGIÃO (*) (*) Excluindo bunkers marítimos internacionais

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 14/06/11 12/07/11 09/08/11 06/09/11 04/10/11 01/11/11 29/11/11 27/12/11 24/01/12 21/02/12 20/03/12 17/04/12 15/05/12 12/06/12 10/07/12 07/08/12 04/09/12

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.50% 9.00% 10.00% 10.50% 11.00%

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 23/09/11 21/10/11 18/11/11 16/12/11 13/01/12 10/02/12 09/03/12 06/04/12 04/05/12 01/06/12 29/06/12 27/07/12 24/08/12 21/09/12 19/10/12 16/11/12 14/12/12

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 11.75% 13.00% 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.00% 8.50% 9.00%

Leia mais

Dados Estatísticos sobre as Comunidades Portuguesas

Dados Estatísticos sobre as Comunidades Portuguesas Dados Estatísticos sobre as Comunidades Portuguesas População portuguesa e de origem portuguesa residente no estrangeiro (estimativa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Direcção Geral dos Assuntos

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 14,25% 13,75% 13,75% 13,5% 13,00% 13,25% 12,75% 12,25% 11,75% 12,75% 12,25% 12,75% 12,50% 12,5% 12,00%

META DA TAXA SELIC 14,5% 14,25% 13,75% 13,75% 13,5% 13,00% 13,25% 12,75% 12,25% 11,75% 12,75% 12,25% 12,75% 12,50% 12,5% 12,00% abr-08 ago-08 dez-08 abr-09 ago-09 dez-09 abr-10 ago-10 dez-10 abr-11 ago-11 dez-11 abr-12 ago-12 dez-12 abr-13 ago-13 dez-13 abr-14 ago-14 dez-14 abr-15 ago-15 dez-15 abr-16 ago-16 dez-16 META DA TAXA

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25%

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25% mar-08 jul-08 nov-08 mar-09 jul-09 nov-09 mar-10 jul-10 nov-10 mar-11 jul-11 nov-11 mar-12 jul-12 nov-12 mar-13 jul-13 nov-13 mar-14 jul-14 nov-14 mar-15 jul-15 nov-15 META DA TAXA SELIC Cenário básico

Leia mais

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO 11/09/12 11/10/12 11/11/12 11/12/12 11/01/13 11/02/13 11/03/13 11/04/13 11/05/13 11/06/13 11/07/13 11/08/13 11/09/13 11/10/13 11/11/13 11/12/13 11/01/14 11/02/14 11/03/14

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,5%

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,5% abr-08 ago-08 dez-08 abr-09 ago-09 dez-09 abr-10 ago-10 dez-10 abr-11 ago-11 dez-11 abr-12 ago-12 dez-12 abr-13 ago-13 dez-13 abr-14 ago-14 dez-14 abr-15 ago-15 dez-15 META DA TAXA SELIC Cenário básico

Leia mais

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS TAXA DE JUROS DO TÍTULO DE 10 ANOS DO TESOURO AMERICANO 2006-2013. Fonte: Bloomberg ESTADOS UNIDOS: TAXAS DE JUROS DE 10 ANOS (% a.a.) 03/04/14

Leia mais

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS 21/02/14 14/03/14 04/04/14 25/04/14 16/05/14 06/06/14 27/06/14 18/07/14 08/08/14 29/08/14 19/09/14 10/10/14 31/10/14 21/11/14 12/12/14 02/01/15

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE MEL MAIO. Elaboração: SEBRAE/UAGRO FONTE: MDIC/SECEX

EXPORTAÇÕES DE MEL MAIO. Elaboração: SEBRAE/UAGRO FONTE: MDIC/SECEX EXPORTAÇÕES DE MEL MAIO Elaboração: SEBRAE/UAGRO FONTE: MDIC/SECEX 2 fonte: MDIC / SECEX elaboração: UAGRO / SEBRAE NA 42,23 51,00 2,86 8.243.232,00 23.588.292,00 2,53 25.987.193,00 65.791.416,00 2,38

Leia mais

Rentabilidade com Preservação de Capital. José Márcio Camargo. Opus Gestão de Recursos Admirável Mundo Novo. Abril 2011.

Rentabilidade com Preservação de Capital. José Márcio Camargo. Opus Gestão de Recursos Admirável Mundo Novo. Abril 2011. Rentabilidade com Preservação de Capital José Márcio Camargo Opus Gestão de Recursos Admirável Mundo Novo Abril 2011 Abril 2011 1 Admirável Mundo Novo 1. Taxas de juros reais negativas em todos os países

Leia mais

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo Portas Automáticas Resistentes ao Fogo 1 Criada em 1966, a Manusa é uma empresa líder no mercado das portas automáticas graças ao desenvolvimento de uma tecnologia própria e a uma equipa de profissionais

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 2016 SUMÁRIO Pág. 1 - ANÁLISE 3 2 - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 - DESTINOS 5 4 - COURO BOVINO POR TIPO 6 5 - DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS

Leia mais

Animais de estimação. Pesquisa global GfK. Maio 2016 GfK 2016 Animais de estimação

Animais de estimação. Pesquisa global GfK. Maio 2016 GfK 2016 Animais de estimação Animais de estimação Pesquisa global GfK Maio 2016 1 Pesquisa global GfK: Animais de estimação 1 Metodologia 2 3 Resultado global Resultado do Brasil 2 Metodologia 3 Abrangência, metodologia e amostra

Leia mais

POLIONU LISTA DE PAÍSES

POLIONU LISTA DE PAÍSES AGH Bolívia 2 Brasil 2 Chile 2 China 2 Colômbia 2 Cuba 2 Equador 2 Espanha 2 Estados Unidos da América 2 França 2 Honduras 2 Israel 2 Itália 2 México 2 Nigéria 2 Panamá 2 Peru 2 Reino Unido 2 Senegal 2

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Jul/17

Ranking Mundial de Juros Reais Jul/17 Ranking Mundial de Juros Reais Jul/17 Divulgamos hoje o Ranking Mundial de Juros Reais, o qual após 12 anos renova tanto parte dos países participantes, como a metodologia de cálculo e referenciais nas

Leia mais

DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL

DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DE MEL 2009 a 2014 (NCM 04.09.00.00) ANO 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Meses US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor

Leia mais

Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes

Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes ANEXO ESTATÍSTICO Crescimento anual do VTI e VTI per capita, 2005-2015, (em %, em U$ constante 2010). VTI total VTI per capita

Leia mais

PLC 116/10. Eduardo Levy

PLC 116/10. Eduardo Levy PLC 116/10 Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Comissão de Assuntos Econômicos Comissão de Educação, Cultura

Leia mais

Valores ambientais e compra ética

Valores ambientais e compra ética Valores ambientais e compra ética Pesquisa global GfK Abril 2015 1 Pesquisa global GfK: Valores ambientais e compra ética 1. Metodologia 2. Resultado global 3. Resultado do Brasil 2 Metodologia 3 Abrangência,

Leia mais

PERIGOS DA PERCEPÇÃO PERILS OF PERCEPTION ESTUDO REALIZADO EM 40 PAÍSES PERILS OF PERCEPTION

PERIGOS DA PERCEPÇÃO PERILS OF PERCEPTION ESTUDO REALIZADO EM 40 PAÍSES PERILS OF PERCEPTION PERIGOS DA PERCEPÇÃO 2016 PERILS OF PERCEPTION ESTUDO REALIZADO EM 40 PAÍSES PERILS OF PERCEPTION 2016 1 ESTES SÃO OS RESULTADOS DA NOVA EDIÇÃO DA PESQUISA PERIGOS DA PERCEPÇÃO DA IPSOS. OS RESULTADOS

Leia mais

REDUÇÃO DE TAXAS PAÍSES DIPLOMA LEGAL TROCA DOS

REDUÇÃO DE TAXAS PAÍSES DIPLOMA LEGAL TROCA DOS ÁFRICA DO SUL n.º 53/08 22 Setembro n.º 222/2008 publicado em 20-11-2008 EM VIGOR DESDE 22-10-2008 ALEMANHA ANDORRA Lei 12/82 03 Junho n.º 20/2017 14 fevereiro publicado em 14-10-1982 EM VIGOR DESDE 08-10-1982

Leia mais

AMCHAM BRASIL SÃO PAULO OBJETIVOS E METAS DO GOVERNO TEMER PARA O COMÉRCIO EXTERIOR

AMCHAM BRASIL SÃO PAULO OBJETIVOS E METAS DO GOVERNO TEMER PARA O COMÉRCIO EXTERIOR AMCHAM BRASIL SÃO PAULO PALESTRA OBJETIVOS E METAS DO GOVERNO TEMER PARA O COMÉRCIO EXTERIOR JOSÉ AUGUSTO DE CASTRO São Paulo, 30 de agosto de 2016 2 EXPORTAÇÕES POR FATOR AGREGADO, EM TONELADAS Em milhões

Leia mais

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima?

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Maio 2014 Apresentar a Indústria de MT Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Diagnosticar as NECESSIDADES MÚTUAS Do que precisamos? Do que podemos fornecer mutuamente?

Leia mais

INFORMATIVO EXPORTAÇÕES

INFORMATIVO EXPORTAÇÕES INFORMATIVO EXPORTAÇÕES DEZEMBRO 2011 ÍNDICE: 1. Exportações Brasileiras de Rochas Dezembro 2010 X 2011 Pg.02 2. Exportações Capixabas Rochas Dezembro 2010 X 2011 Pg.02 3. Participação das Exportações

Leia mais

PERIGOS DA PERCEPÇÃO 2015 ESTUDO REALIZADO EM 33 PAÍSES

PERIGOS DA PERCEPÇÃO 2015 ESTUDO REALIZADO EM 33 PAÍSES PERIGOS DA PERCEPÇÃO 2015 ESTUDO REALIZADO EM 33 PAÍSES 1 Estas são as recentes descobertas da Ipsos com a pesquisa Perigos da Percepção. Os resultados destacam o quão equivocado o público de 33 países

Leia mais

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação Membros da MIGA Agência Multilateral de Garantia de Investimentos Membro Data de afiliação África do Sul 10 de março de 1994 Albânia 15 de outubro de 1991 Alemanha 12 de abril de 1988 Angola 19 de setembro

Leia mais

Percepção de interações virtuais com pessoas e lugares

Percepção de interações virtuais com pessoas e lugares Percepção de interações virtuais com pessoas e lugares Pesquisa global GfK Fevereiro 2016 1 Pesquisa global GfK: Percepção de interações virtuais com pessoas e lugares 1 Metodologia 2 3 Resultado global

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE OUTUBRO 2014 FRANCA Página População...... 2 Piso salarial do sapateiro... 2 Número de funcionários na indústria de calçados...... 2 Admissões e demissões do

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano Plano Básico de Serviço Longa Distância Internacional A. Empresa: DESKTOP-SIGMANET COMUNICAÇÃO MULTIMIDIA LTDA B. Nome do Plano: Plano Básico de Serviço Longa Distância Internacional C. Identificação para

Leia mais

ABRIL 2016 RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA FRANCA SÃO PAULO BRASIL. Pág.

ABRIL 2016 RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA FRANCA SÃO PAULO BRASIL. Pág. RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ABRIL 2016 FRANCA População e PIB do município de Franca Piso salarial do sapateiro Estimativa do número de funcionários na indústria de calçados de Franca Dados do

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE AGOSTO 2012 FRANCA 01) População 02) Piso salarial do sapateiro 03) Número de funcionários na indústria de calçados 04) Admissões e demissões do setor calçadista

Leia mais

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Tratados de Dupla Tributação Documento disponível em: www.ibc-madeira.com Convenções Celebradas por Portugal para Evitar a Dupla Tributação Europa

Leia mais

Tabela prática das convenções para evitar a dupla tributação celebradas por Portugal. Troca dos instrumentos de ratificação / entrada em vigor

Tabela prática das convenções para evitar a dupla tributação celebradas por Portugal. Troca dos instrumentos de ratificação / entrada em vigor Países (ordem alfabética) Diploma legal Troca dos instrumentos de ratificação / entrada em vigor Redução de taxas Dividendos Juros Royalties Art. º Taxa Art. º Taxa Art. º Taxa ÁFRICA DO SUL n.º 53/08

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 87/XI

PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 87/XI PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 87/XI Fixa a composição, distribuição e elenco dos Grupos Parlamentares de Amizade na XI Legislatura e procede à primeira alteração à Resolução da Assembleia da República n.º 6/2003,

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano Plano Básico de Serviço Local A. Empresa: BLUE TELECOMUNICAÇÕES B. Nome do Plano: Plano Básico de Serviço Local BLUE C. Identificação para a Anatel: Plano Básico de Serviço Local BLUE 01/2015 D. Modalidade

Leia mais

HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA MANTER A SAÚDE FÍSICA

HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA MANTER A SAÚDE FÍSICA HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA MANTER A SAÚDE FÍSICA Pesquisa Global GfK Janeiro 2015 1 Pesquisa GfK: Hábitos saudáveis para manter a saúde física 1. Metodologia 2. Resultado global 3. Resultado do Brasil 2 Metodologia

Leia mais

População estrangeira residente em Portugal, por nacionalidade e sexo, segundo o grupo etário

População estrangeira residente em Portugal, por nacionalidade e sexo, segundo o grupo etário POPULAÇÃO ESTRANGEIRA RESIDENTE E PORTUGAL 263322 12641 13174 16773 18713 27278 33693 32825 28375 21820 15712 10714 8835 7614 15155 143319 6644 7129 8951 9991 13983 18061 18393 16279 12722 8994 5933 4835

Leia mais

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS mensário estatístico - CAFÉ EM GRÃOS CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado, reproduzido, distribuído

Leia mais

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Kennya Beatriz Siqueira - Pesquisadora Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de

Leia mais

mensário estatístico - exportação Fevereiro 2011 ALCOOL ETILICO

mensário estatístico - exportação Fevereiro 2011 ALCOOL ETILICO mensário estatístico - ALCOOL ETILICO CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado, reproduzido, distribuído

Leia mais

Aproveitar a vida agora e preocupar-se com poupança e economia mais tarde

Aproveitar a vida agora e preocupar-se com poupança e economia mais tarde Aproveitar a vida agora e preocupar-se com poupança e economia mais tarde Pesquisa global GfK Abril 2016 1 Global GfK survey: Aproveitar a vida agora e preocupar-se com poupança e economia mais tarde 1

Leia mais

4. Líderes em Sustentabilidade 2017

4. Líderes em Sustentabilidade 2017 . Líderes em Sustentabilidade 207 The Sustainability Yearbook 207 RobecoSAM 33 Anualmente, mais de 3.00 das maiores empresas do mundo são convidadas a participar da Avaliação de Sustentabilidade Corporativa

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE MARÇO 2015 FRANCA Página População...... 2 Piso salarial do sapateiro... 2 Número de funcionários na indústria de calçados...... 2 Admissões e demissões do setor

Leia mais

DUPLA TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL EM PORTUGAL

DUPLA TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL EM PORTUGAL SOCIEDA ADVOGADOS, RL ROGÉRIO FERNANS FERREIRA & ASSOCIADOS DUPLA TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL EM PORTUGAL CONFIANÇA EFICIÊNCIA COMPETÊNCIA Foram recentemente aprovados e ratificados, respectivamente, pela

Leia mais

INTERMODAL SOUTH AMERICA CONFERÊNCIA INFRAPORTOS PAINEL PALESTRA VIABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DEPENDE DOS PORTOS

INTERMODAL SOUTH AMERICA CONFERÊNCIA INFRAPORTOS PAINEL PALESTRA VIABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DEPENDE DOS PORTOS INTERMODAL SOUTH AMERICA CONFERÊNCIA INFRAPORTOS PAINEL PERSPECTIVAS E INVESTIMENTOS NO SETOR PALESTRA VIABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DEPENDE DOS PORTOS JOSÉ AUGUSTO DE CASTRO São Paulo, 02 de abril de 2013

Leia mais

O quadro estanque de referência

O quadro estanque de referência PASSION FOR POWER. O quadro estanque de referência Quadros de distribuição eléctrica KV de 3 a 54 módulos Descrição Geral da Gama Quadros estanques KV Os quadros de distribuição eléctrica do tipo KV são

Leia mais

Conheça as embaixadas estrangeiras com representações no Brasil:

Conheça as embaixadas estrangeiras com representações no Brasil: Conheça as embaixadas estrangeiras com representações no Brasil: ÁFRICA DO SUL www.africadosulemb.org.br SES - Av. das Nações, quadra 801, lote 6 CEP: 70406-900 Brasília DF Telefone(s): (061) 312-9500

Leia mais

Cozinhar: atitudes e tempo dedicado à tarefa

Cozinhar: atitudes e tempo dedicado à tarefa Cozinhar: atitudes e tempo dedicado à tarefa Pesquisa global GfK março 2015 1 Pesquisa global GfK: Cozinhar: atitudes e tempo dedicado à tarefa 1. Metodologia 2. Resultado global 3. Resultado do Brasil

Leia mais

O diferencial de cabo SHA NOVO! Com regulação adaptável da velocidade ASR

O diferencial de cabo SHA NOVO! Com regulação adaptável da velocidade ASR O diferencial de cabo SHA 10.15 NOVO! Com regulação adaptável da velocidade ASR O diferencial de cabo SHA é a solução económica para pontes rolantes industriais ligeiras e pequenas cargas. O diferencial

Leia mais

Recursos e oferta de energia - petróleo e gás natural. Ano base 2004 (Resources and energy supplies - oil and natural gas.

Recursos e oferta de energia - petróleo e gás natural. Ano base 2004 (Resources and energy supplies - oil and natural gas. Recursos e Ofertas de Energia Recursos e oferta de energia - petróleo e gás natural. Ano base 2004 (Resources and energy supplies - oil and natural gas. Base year 2004) Eng. Doutoranda Vanessa Meloni Massara

Leia mais

Melhorias no lar. Pesquisa global da GfK. Agosto 2016 GfK 2016 Melhorias no lar

Melhorias no lar. Pesquisa global da GfK. Agosto 2016 GfK 2016 Melhorias no lar Melhorias no lar Pesquisa global da GfK Agosto 2016 1 Pesquisa global da GfK: Melhorias no lar 1 Metodologia 2 Resultado global 3 Resultado do Brasil *To see country results, click on the map (in PPT show).

Leia mais

D u p l a T r i b u t a ç ã o I n t e r n a c i o n a l e m P o r t u g a l - A c t u a l i z a ç ã o

D u p l a T r i b u t a ç ã o I n t e r n a c i o n a l e m P o r t u g a l - A c t u a l i z a ç ã o i N º 2 / 1 4 D u p l a T r i b u t a ç ã o I n t e r n a c i o n a l e m P o r t u g a l - A c t u a l i z a ç ã o Em 15 de Janeiro de 2014 o Ministério dos Negócios Estrangeiros fez publicar os Avisos

Leia mais

MB ASSOCIADOS. A agenda econômica internacional do Brasil. CINDES Rio de Janeiro 10 de junho de 2011

MB ASSOCIADOS. A agenda econômica internacional do Brasil. CINDES Rio de Janeiro 10 de junho de 2011 MB ASSOCIADOS A agenda econômica internacional do Brasil CINDES Rio de Janeiro 10 de junho de 2011 1 Cenário base 2011 2014 Crescimento mundial deverá ser da ordem de 4,0% a.a. Os países do G7 devem crescer

Leia mais

Index de Brochuras e Operadores. Index de Brochuras e Operadores

Index de Brochuras e Operadores. Index de Brochuras e Operadores EUROPA ALEMANHA Martins Soares Telereserva Alemanha 31/10/04 ÁUSTRIA Vimatur Alpes Austríacos 31/10/04 BÉLGICA Prestige BULGÁRIA Solférias Pelos caminhos de 30/03/04 CHIPRE CROÁCIA Club 1840 Terra Nova

Leia mais

As importações de Equipamentos Industriais somaram US$ 2,7 bilhões no ano de 2009, cerca de 29% do consumo aparente desses produtos.

As importações de Equipamentos Industriais somaram US$ 2,7 bilhões no ano de 2009, cerca de 29% do consumo aparente desses produtos. 30 de junho de 2010 As importações de Equipamentos Industriais somaram US$ 2,7 bilhões no ano de 2009, cerca de 29% do consumo aparente desses produtos. Nos últimos anos o crescimento médio anual dessas

Leia mais

ISSN Versão Eletrônica Outubro, Documentos. ANUÁRIO ESTATÍSTICO - AVICULTURA Central de Inteligencia da Embrapa Suínos e Aves

ISSN Versão Eletrônica Outubro, Documentos. ANUÁRIO ESTATÍSTICO - AVICULTURA Central de Inteligencia da Embrapa Suínos e Aves ISSN 0101-6245 Versão Eletrônica Outubro, 2011 Documentos 147 ANUÁRIO ESTATÍSTICO - AVICULTURA Central de Inteligencia da Embrapa Suínos e Aves ISSN 0101-6245 Versão Eletrônica Outubro, 2011 Empresa Brasileira

Leia mais

Tabela ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010

Tabela ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010 Tabela 3.26 - ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010 ALUNOS REGULARES / UNIDADE ALEMANHA - - - - - 1 - - - - 1 - - - - - - - - - 2 ANGOLA - - - - - - - 1-1 -

Leia mais

AVANÇOS EM TECNOLOGIA: - Investimentos crescentes em P&D - Aumento da capacidade não-letal e maior precisão das armas - Custos crescentes dos equipamentos - Automação e robotização - Atuação em rede x

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE FEVEREIRO 2015 FRANCA Página População...... 2 Piso salarial do sapateiro... 2 Número de funcionários na indústria de calçados...... 2 Admissões e demissões do

Leia mais

Unidade II SISTEMÁTICA DE. Profa. Lérida Malagueta

Unidade II SISTEMÁTICA DE. Profa. Lérida Malagueta Unidade II SISTEMÁTICA DE IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO Profa. Lérida Malagueta Comércio internacional Brasil: temos Procon / SPC Comércio Internacional: Necessidade de criação de órgãos, como: Fundo Monetário

Leia mais

EXPORTAÇÃO DE VINHO EM 2012

EXPORTAÇÃO DE VINHO EM 2012 EXPORTAÇÃO DE VINHO EM 2012 EVOLUÇÃO NO ANO PRODUTOS VOLUME 2011 (Jan-Set) 2012 (Jan-Set) VARIAÇÃO VALOR PREÇO MÉDIO VOLUME VALOR PREÇO MÉDIO VOLUME VALOR PREÇO MÉDIO (hl) (1 000 EUR) (EUR/Lt.) (hl) (1

Leia mais

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo Relatório sobre de informação feitas pelo governo º de julho a de dezembro de A Apple leva o nosso compromisso de proteger seus dados muito a sério e se esforça para fornecer os produtos hardware, software

Leia mais

As responsabilidades corporativas mais importantes

As responsabilidades corporativas mais importantes As responsabilidades corporativas mais importantes Pesquisa global GfK Março 2016 1 Pesquisa global GfK: As responsabilidades corporativas mais importantes 1 Metodologia 2 Resultado global 3 Resultado

Leia mais

Café da Manhã Técnico Acordos de Compartilhamento de Custos e Reembolso de Despesas: Aspectos Regulatórios e Tributários

Café da Manhã Técnico Acordos de Compartilhamento de Custos e Reembolso de Despesas: Aspectos Regulatórios e Tributários Café da Manhã Técnico Acordos de Compartilhamento de Custos e Reembolso de Despesas: Aspectos Regulatórios e Tributários Sumário 1. Introdução 2. Modelos contratuais 3. Limites para utilização dos CCD/CRD

Leia mais

A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional

A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional 1 Um diagnóstico da educação pública no Brasil 2 Um diagnóstico da educação pública no Brasil Avanços inquestionáveis: 1. Ampliação da oferta de

Leia mais

DESEMPENHO MACROECONÔMICO NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2002

DESEMPENHO MACROECONÔMICO NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2002 DESEMPENHO MACROECONÔMICO NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2002 Nos nove primeiros meses de 2002, a economia brasileira cresceu 0,9% em relação ao mesmo período de. No terceiro trimestre de 2002, o aumento foi

Leia mais

IMOPLATAFORMA. Introdução

IMOPLATAFORMA. Introdução Introdução A Imoplataforma é uma ferramenta totalmente online onde pode gerir a sua carteira de imóveis e maximizar o investimento feito no Imovirtual. Não tem qualquer custo acrescido e permitelhe usufruir

Leia mais

- Leilão 26 Fevereiro 2013 v1.1 1

- Leilão 26 Fevereiro 2013 v1.1 1 132960000 Lote 1A - Quadro com nota de 500 euros 24k gold 132940001 Lote 1 - Lote de 3 notas do Banco de Angola, nota de Mil Escudos de 1973 Luiz de Camões, nota de Mil Escudos de 1972 Marechal Carmona

Leia mais

LAYOUT DO TÍTULO SUBTÍTULO

LAYOUT DO TÍTULO SUBTÍTULO LAYOUT DO TÍTULO SUBTÍTULO FORÇAS DO TURISMO BRASILEIRO 1 colocado na classificação de Recursos Naturais (Relatório de Competitividade em Viagem e Turismo 2017 Fórum Econômico Mundial) 8 colocado na classificação

Leia mais

O Setor em Grandes Números 2015

O Setor em Grandes Números 2015 O Setor em Grandes Números 2015 Apresentação Esta publicação reúne dados oficiais de fontes no Brasil e no exterior sobre o desempenho do Setor de Gemas, Joias e Metais Preciosos em 2015. Muitos dos números

Leia mais

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto Grupo de segurança de produto 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto Cód. cat. 20A, inversor CA PowerFlex

Leia mais

Embaixadas do Brasil no Mundo - Alemanha

Embaixadas do Brasil no Mundo - Alemanha 1. edestinos.com.br 2. Dicas de viagem Última atualização: 30.09.2016 Passagens aéreas Bagagem Check-in e serviço de bordo Como reservar passagens aéreas Saúde durante a viagem FAQ Passageiras grávidas

Leia mais

Brasil Estudo do Mercado de Maquiagem

Brasil Estudo do Mercado de Maquiagem Brasil Estudo do Mercado de Maquiagem O setor de HPPC no mundo Maiores consumidores de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Top 15 países Mundo USA China Japão Brasil 32,1 30,2 50,7 80,0 2º. Proteção

Leia mais

Perspectivas para o Brasil no Cenário Internacional da Borracha Natural - Parte I

Perspectivas para o Brasil no Cenário Internacional da Borracha Natural - Parte I Perspectivas para o Brasil no Cenário Internacional da Borracha Natural - Parte I Augusto Hauber Gameiro e Mariana Bombo Perozzi Sistema de Informações Agroindustriais da Borracha Natural Brasileira Esta

Leia mais

Relatório Estatístico Mensal

Relatório Estatístico Mensal Relatório Estatístico Mensal Gestão de Patrimónios Janeiro 2016 Sede: Rua Castilho, 44-2º 1250-071 Lisboa Telefone: 21 799 48 40 Fax: 21 799 48 42 e.mail: info@apfipp.pt home page: www.apfipp.pt RELATÓRIO

Leia mais

Produtividade na economia brasileira

Produtividade na economia brasileira Produtividade na economia brasileira Prof. Hildo Meirelles de Souza Filho Extraído de: Andrade, Márcio Rodrigues de PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA BRASILEIRA ENTRE 1990 E 2002: COMPARAÇÃO ENTRE INDÚSTRIAS

Leia mais

O Desafio do PISA 2015

O Desafio do PISA 2015 Avaliações Internacionais de Alunos em Larga Escala O Desafio do PISA 2015 João Marôco, Ph. D. (PISA 2015 NPM) joao.maroco@iave.pt O que é o PISA? O que é o PISA? Programme for International Student Assessment

Leia mais

Razões para cuidar da aparência e tempo dedicado ao cuidado pessoal

Razões para cuidar da aparência e tempo dedicado ao cuidado pessoal Razões para cuidar da aparência e tempo dedicado ao cuidado pessoal Pesquisa global GfK Janeiro 2016 1 Pesquisa global GfK: Razões para cuidar da aparência e tempo dedicado ao cuidado pessoal 1 Metodologia

Leia mais

05/2009 MERCADOS POTENCIAIS PARA O BRASIL NO SETOR DE ROCHAS ORNAMENTAIS: OPORTUNIDADES E AMEAÇAS

05/2009 MERCADOS POTENCIAIS PARA O BRASIL NO SETOR DE ROCHAS ORNAMENTAIS: OPORTUNIDADES E AMEAÇAS Informe 05/2009 MERCADOS POTENCIAIS PARA O BRASIL NO SETOR DE ROCHAS ORNAMENTAIS: OPORTUNIDADES E AMEAÇAS Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais ABIROCHAS Avenida Paulista, 1313 8º andar

Leia mais

A D U P L A T R I B U T A Ç Ã O I N T E R N A C I O N A L E M P O R T U G A L - A C T U A L I Z A Ç Ã O ( J A N E I R O D E )

A D U P L A T R I B U T A Ç Ã O I N T E R N A C I O N A L E M P O R T U G A L - A C T U A L I Z A Ç Ã O ( J A N E I R O D E ) i N º 7 / 1 5 A D U P L A T R I B U T A Ç Ã O I N T E R N A C I O N A L E M P O R T U G A L - A C T U A L I Z A Ç Ã O ( J A N E I R O D E 2 0 1 5 ) Em 12 de Janeiro de 2015 foi publicado o Decreto do Presidente

Leia mais

PORTUGAL: COMÉRCIO INTERNACIONAL DE CONSERVAS DE FRUTOS E DE PRODUTOS HORTÍCOLAS

PORTUGAL: COMÉRCIO INTERNACIONAL DE CONSERVAS DE FRUTOS E DE PRODUTOS HORTÍCOLAS Balança Comercial de Conservas de Frutos e de Produtos Hortícolas (NC 20) (Milhares de Euros) Saídas 171.860 219.416 253.244 316.567 294.753 15,3-6,9 Entradas 186.911 215.700 237.052 246.592 256.774 8,4

Leia mais

Estatísticas básicas de turismo. Brasil. Brasília, novembro de 2007.

Estatísticas básicas de turismo. Brasil. Brasília, novembro de 2007. Brasil Brasília, novembro de 2007. Índice Páginas I Turismo no mundo 1. Fluxo receptivo internacional 1.1 - Chegadas de turistas no Mundo por Regiões e Sub-regiões - 2002/2006 03 1.2 - Chegada de turistas:

Leia mais

O Acordo de Dupla Tributação Portugal Brasil: questões

O Acordo de Dupla Tributação Portugal Brasil: questões O Acordo de Dupla Tributação Portugal Brasil: questões prá(c (c)ticas Mais-valias, dividendos e juros sobre o capital próprio prio 8 de Março o de 2010 TAX Índice Breve enquadramento O ADT Portugal Brasil

Leia mais

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO Analista de Mercado Élcio A. Bento elcio@safras.com.br ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/@ Preço Mínimo R$ 44,6/@ ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/2 Jul A FORMAÇÃO DE PREÇOS NO MERCADO

Leia mais

Benfica Telecom Tarifário 2014 em vigor a partir de 1/1/2014

Benfica Telecom Tarifário 2014 em vigor a partir de 1/1/2014 Benfica Telecom Destino preço por minuto / sms / mms Voz Todas as redes nacionais 0,190 Voz (tarifa reduzida) Todas as redes nacionais 0,084 SMS Todas as redes nacionais 0,095 SMS (tarifa reduzida) Todas

Leia mais

Estatística e Probabilidades

Estatística e Probabilidades Estatística e Probabilidades Nesse resumo vamos mostrar como a análise crítica de séries estatísticas podem contribuir para uma compreensão mais precisa da realidade. Todos os dias ouvimos falar sobre

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de janeiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS JANEIRO DE 2015 COM

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL Março/2014 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População

Leia mais

GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR

GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR GEM 2015 GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR Fevereiro/2016 Objetivo: Estudo da atividade empreendedora no âmbito mundial 60 países em 2015 (83% do PIB mundial) No ano anterior participaram 70 países Criação

Leia mais

WORKSHOP. Compilation of International Merchandises Trade Statistics- Addis Abeba, Ethiopia, November 2007.

WORKSHOP. Compilation of International Merchandises Trade Statistics- Addis Abeba, Ethiopia, November 2007. WORKSHOP Compilation of International Merchandises Trade Statistics- Addis Abeba, Ethiopia, 12-16 November 2007 Statistic- Angola STATISTIQUES DU COMMERCE EXTÉRIEUR QUELS SONT LES STATISTIQUES DU COMMERCE

Leia mais

Sistemas de Informação de Mercado Novembro 2014

Sistemas de Informação de Mercado Novembro 2014 A República da Singapura é uma cidade-estado localizada no sul da Ásia e constituída por 63 ilhas. Em tempos considerada a pérola do Império Britânico, Singapura apresenta uma população de 5,4 milhões

Leia mais