ANO: CURSO APS ( X ) DATA: 07/03/ , é correto afirmar que sua fórmula molecular é. a) CH 4. b) C 2H 4. c) C 2H 6. d) C 3H 6. e) C 3H 8.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANO: CURSO APS ( X ) DATA: 07/03/ , é correto afirmar que sua fórmula molecular é. a) CH 4. b) C 2H 4. c) C 2H 6. d) C 3H 6. e) C 3H 8."

Transcrição

1 DISCIPLINA: QUÍMICA ANO: CURSO APS ( X ) COLÉGIO DELTA 35 ANOS APAIXONADO PELA EDUCAÇÃO Prof.: SECÃO DATA: 07/03/07 Nome: 0 - (UNESP SP) Foram queimados 4,00 g de carvão até CO em um calorímetro. A temperatura inicial do sistema era de 0,0 ºC e a final, após a combustão, 3,3 ºC. Considere a capacidade calorífica do calorímetro =,4 kcal/ºc e despreze a quantidade de calor armazenada na atmosfera dentro do calorímetro. A quantidade de calor, em kcal/g, liberada na queima do carvão, foi de a) 670. b) 6,0. c) 67. d) 4. e) 60,5. entalpia de combustão desse hidrocarboneto é 0 kj mol, é correto afirmar que sua fórmula molecular é a) CH 4. b) C H 4. c) C H 6. d) C 3H 6. e) C 3H (FERP SP) Analise o esquema, que representa o processo de fotossíntese. 0 - (Fac. Direito de Sorocaba SP) O gráfico a seguir mostra o comportamento de uma substância durante o seu aquecimento, a partir do estado sólido. ( Os calores associados aos segmentos I e II, assinalados no gráfico, são chamados, respectivamente, de a) calor latente e calor específico. b) calor de combustão e calor latente. c) calor de aquecimento e calor latente. d) calor específico e calor latente. e) calor latente e calor de combustão (UEFS BA) Ao se determinar o ponto de ebulição, a atm, de uma amostra de uma substância líquida, colocada no interior de um tubo capilar, juntamente com um termômetro, em um banho de óleo mineral, verifica-se, após aquecimento controlado, que a temperatura de ebulição é maior do que a encontrada em tabelas de propriedades físicas. A análise desse resultado sugere corretamente que a) foi utilizada, durante a determinação, uma quantidade grande de substância química. b) a amostra analisada é de uma substância composta pura. c) a substância química analisada contém impurezas. d) o coeficiente de dilatação térmica da amostra líquida é muito grande. e) o calor latente de vaporização da substância química interferiu no resultado (FGV SP) Um experimento quantitativo foi feito empregando-se uma bomba calorimétrica, que é um dispositivo calibrado para medidas de calor de reação. Em seu interior, colocou-se uma certa quantidade de um alcano e sua reação de combustão completa liberou 555 kj e 8,0 g de água. Sabendo-se que a É correto afirmar que a fotossíntese é uma reação a) endotérmica, que produz mol de moléculas de oxigênio b) endotérmica, que produz 6 mol de moléculas de oxigênio c) endotérmica, que produz mol de moléculas de oxigênio d) exotérmica, que produz mol de moléculas de oxigênio e) exotérmica, que produz mol de moléculas de oxigênio 06 - (UNICP SP) Hot pack e cold pack são dispositivos que permitem, respectivamente, aquecer ou resfriar objetos rapidamente e nas mais diversas situações. Esses dispositivos geralmente contêm substâncias que sofrem algum processo quando eles são acionados. Dois processos bastante utilizados nesses dispositivos e suas respectivas energias estão esquematizados nas equações e apresentadas a seguir. NH 4NO 3(s)+H O(l) NH + 4 (aq)+no 3 (aq) Η = 6 kj mol CaCl (s)+h O(l) Ca + (aq)+cl (aq) Η = 8 kj mol De acordo com a notação química, pode-se afirmar que as equações e representam processos de a) dissolução, sendo a equação para um hot pack e a equação para um cold pack. - -

2 b) dissolução, sendo a equação para um cold pack e a equação para um hot pack. c) diluição, sendo a equação para um cold pack e a equação para um hot pack. d) diluição, sendo a equação para um hot pack e a equação para um cold pack (Unimontes MG) O sódio, ao reagir com a água, segundo a equação química apresentada, libera grande quantidade de energia: Na(s) + H O(l) NaOH(aq) + H (g) O gás hidrogênio formado na reação pode entrar em combustão, dependendo da quantidade de energia liberada. Pode-se afirmar, em relação a esse processo, que a) a combustão do gás hidrogênio produz água. b) a reação do sódio com água e endotérmica. c) são produzidos, na CNTP,, L de gás H. d) o meio se torna ácido ao final da reação (Unicastelo SP) Mg (s) + O (g) MgO(s) Experimentalmente, por calorimetria, a entalpia molar de reação foi determinada como sendo: Δ rhº = 60,6 kj. Para informar a variação de entalpia que ocorre nessa reação, é correto afirmar que a) a reação consome energia, portanto, é exotérmica. b) Mg(s) + O(g) MgO(s) rhº= 60,6 kj. c) Mg(s) + O (g) + 300,8 kj MgO(s). d) Mg(s) + O (g) + 60,6kJ MgO(s). e) necessária a seguinte quantidade aproximada (em litros) de gasolina: a) 0,7 b),0 c),7 d) 3,3 e) 4,5 Note e adote: Volume molar nas condições de produção de biogás: 4 L/mol; energia liberada na combustão completa da gasolina: 4,5 0 4 kj/l. - (UCS RS) O etino é um gás incolor e de odor desagradável que pode ser obtido facilmente em laboratório, a partir da reação entre o carbeto de cálcio e a água. Sua queima atinge temperaturas muito elevadas e, devido ao seu poder calorífico, é frequentemente utilizado em maçaricos para corte e solda de metais. A equação termoquímica abaixo representa a reação de combustão do etino: C H (g) + 5/ O (g) CO (g) + H O (l) H =.99,6 kj/mol Com base nessas informações, analise as proposições a seguir quanto à veracidade (V) ou falsidade (F). ( ) A energia liberada na combustão de 6,5 g de etino é de 34,9 kj. ( ) A reação de combustão do etino é endotérmica, uma vez que a entalpia dos produtos é maior que a dos reagentes. ( ) A adição de um catalisador irá diminuir a quantidade total de energia liberada pela reação. Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente os parênteses, de cima para baixo. a) F F F b) F F V c) F V F d) V V V e) V F F 09 - (UEG GO) Os hidrocarbonetos são largamente utilizados como combustíveis devido ao seu alto poder calorífico. Dentre eles destacam-se o metano e o butano, os quais apresentam calores de combustão iguais a 08 e 689 kcal.mol, respectivamente. A energia produzida, em kcal. mol, pela combustão completa de 000 g de uma mistura de metano e butano na proporção em massa de partes do primeiro para 3 partes do segundo, será aproximadamente - (UEG GO) O gráfico a seguir representa a variação de entalpia para uma reação genérica que pode levar à formação dos produtos P e P a partir do reagente R. a) 900 b) 3000 c) 300 d) (FUVEST SP) O biogás pode substituir a gasolina na geração de energia. Sabe-se que 60%, em volume, do biogás são constituídos de metano, cuja combustão completa libera cerca de 900 kj/mol. Uma usina produtora gera.000 litros de biogás por dia. Para produzir a mesma quantidade de energia liberada pela queima de todo o metano contido nesse volume de biogás, será - - A análise do gráfico permite concluir que a a) reação libera energia para produção de P. b) produção de P é um processo endotérmico. c) variação de entalpia para formação de P é y. d) reação que leva a P ocorre com maior rendimento.

3 3 - (ENEM) O aproveitamento de resíduos florestais vem se tornando cada dia mais atrativo, pois eles são uma fonte renovável de energia. A figura representa a queima de um bio-óleo extraído do resíduo de madeira, sendo H a variação de entalpia devido à queima de g desse bio-óleo, resultando em gás carbônico e água líquida, e H a variação de entalpia envolvida na conversão de g de água no estado gasoso para o estado líquido. A quantidade de matéria e o calor liberado (em kj) produzido pela combustão de 5,5 g de fósforo são, respectivamente, a) 0,5 e 37,5. b) 0,50 e 745,0. c) 0,500 e 490,0. d) 0,800 e 384,0. e),000 e 980, (Mackenzie SP) Observe o gráfico de entalpia abaixo, obtido por meio de experimentos realizados no estado padrão: A variação de entalpia, em kj, para a queima de 5 g desse bio-óleo resultando em CO (gasoso) e H O (gasoso) é: a) 06. b) 94,0. c) 8,0. d),. e) 6, (UECE) Normalmente uma reação química libera ou absorve calor. Esse processo é representado no seguinte diagrama, considerando uma reação específica. Com base em seus conhecimentos de termoquímica e nas informações do gráfico acima, a equação termoquímica INCORRETENTE representada é a) CO (g) C (graf) + O (g) H = +394HJ/mol b) Com relação a esse processo, assinale a equação química correta. a) H (g) + ½ O (g) H O(l) 68,3 kcal b) H O(l) 68,3 kcal H (g) + ½ O (g) c) H O(l) H (g) + ½ O (g) + 68,3 kcal d) H (g) + ½ O (g) H O(l) + 68,3 kcal 5 - (UNCISAL) O fósforo existe sob três formas alotrópicas: fósforo branco, amarelo e preto. O fósforo amarelo é uma variedade altamente tóxica e instável, que se oxida espontaneamente a temperaturas próximas de 40º C, liberando grande quantidade de calor. O diagrama apresenta a reação espontânea do fósforo (P 4) com o ar. c) CO ( g) CO(g) 84KJ/ mol C (graf) CO(g) 0KJ/mol d) CO (g) CO(g) 84KJ/mol e) C ) ( graf) CO(g 394KJ/ mol 7 - (UEFS BA) A maior importância da utilização do conceito de variação de entalpia é de permitir expressar as variações de energia de reações químicas. O gráfico representa a variação de entalpia na decomposição do óxido de mercúrio (II)

4 II. III. reação do titânio metálico com cloro molecular gasoso Ti (s) + Cl (s) TiCl 4 (l) H reação = 804 kj mol reação do cloreto de titânio líquido com oxigênio molecular gasoso TiCl 4 (l) + O (g ) TiO (s) + Cl (g ) H reação = 40 kj mol 9 - (UNESP SP) Considerando as etapas I e II do processo, é correto afirmar que a reação para produção de mol de TiCl 4 (l) a partir de TiO (s) é Uma análise desse gráfico permite corretamente concluir: a) A entalpia de formação do óxido de mercúrio (II) é 90kJmol. b) As entalpias de Hg(l) e de O (g) são diferentes de zero na formação de,0mol de HgO(s). c) A diferença de entalpia dos produtos e do reagente na decomposição do óxido de mercúrio (II) é igual à entalpia de formação dessa substância. d) A quantidade de energia absorvida na decomposição do óxido de mercúrio (II) é diferente da quantidade de energia liberada na formação desse óxido. e) A mudança nos estados físicos de produtos e de reagentes em uma reação química não altera o valor da variação de entalpia da reação. 8 - (UEPG PR) Durante a Guerra do Golfo, os soldados aqueciam seus alimentos utilizando-se de recipientes de plástico que continham magnésio metálico. Para que houvesse o aquecimento, pequenas quantidades de água eram adicionadas ao magnésio, produzindo hidróxido de magnésio e hidrogênio. O diagrama de entalpia dessa reação é mostrado na figura abaixo. Com relação a esse diagrama, assinale o que for correto. a) exotérmica, ocorrendo liberação de 354 kj. b) exotérmica, ocorrendo liberação de 54 kj. c) endotérmica, ocorrendo absorção de 54 kj. d) endotérmica, ocorrendo absorção de 354 kj. e) exotérmica, ocorrendo liberação de 804 kj. TEXTO: - Comum à questão: 0 O ácido nítrico é um importante insumo para produção de fertilizantes, explosivos e tintas. Sua produção industrial é feita pelo processo Ostwald, em três etapas que podem ser representadas pelas reações: I. 6 NH 3 (g) + 5/ O (g) 6 NO (g) + 9 H O (g) H = 378 kj II. 6 NO (g) + 3 O (g) 6 NO (g) H = 339 kj III. 6 NO (g) + H O (g) 4 HNO 3 (aq) + NO (g) H = 70 kj 0 - (FGV SP) No processo Ostwald, a produção de, mol de HNO 3 a partir de NH 3 libera energia, em kj, igual a a) 9, b) 9, c) 9, d), e), GABARITO: ) Gab: E ) Gab: D 3) Gab: C 0. A reação do magnésio com a água é exotérmica. 0. A entalpia da reação é de H = 80 kcal/mol. 04. O valor de X representa a variação de entalpia da reação. 08. A representa os reagentes da reação, Mg (s) e H O (l) e B os produtos Mg(OH) (s) e H (g). 6. A diminuição da entalpia de A para B indica que houve liberação de calor. TEXTO: - Comum à questão: 9 Insumo essencial na indústria de tintas, o dióxido de titânio sólido puro (TiO ) pode ser obtido a partir de minérios com teor aproximado de 70% em TiO que, após moagem, é submetido à seguinte sequência de etapas: 4) Gab: E 5) Gab: C 6) Gab: B 7) Gab: A 8) Gab: B 9) Gab: C 0) Gab: B ) Gab: E ) Gab: C I. aquecimento com carvão sólido TiO (s) + C (s) Ti (s) + CO (g ) H reação = +550 kj mol - 4-3) Gab: C 4) Gab: D

5 5) Gab: A 6) Gab: C 7) Gab: A 8) Gab: 3 9) Gab: B 0) Gab: C - 5 -

TERMOQUÍMICA EXERCÍCIOS PARA TREINO

TERMOQUÍMICA EXERCÍCIOS PARA TREINO TERMOQUÍMICA EXERCÍCIOS PARA TREINO 1 - Considere a seguinte reação termoquímica: 2NO(g) + O 2 (g) 2NO 2 (g) H = -13,5 kcal / mol de NO e assinale a alternativa falsa. a) A reação é exotérmica. b) São

Leia mais

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a 01)Numa reação exotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a variação de entalpia é [3] que zero. Completa-se corretamente essa frase substituindo-se

Leia mais

Aluno(a): nº: Turma: Data: / /2016. Matéria: Química Valor: 15,0

Aluno(a): nº: Turma: Data: / /2016. Matéria: Química Valor: 15,0 Aluno(a): nº: Turma: Nota Ano: 2º Ano EM Data: / /2016 Trabalho Recuperação Professor(a): Willian Novato Matéria: Química Valor: 15,0 PARA TODAS AS QUESTÕES, AS RESPOSTAS DEVERÃO CONSTAR DE RACIOCÍNIO

Leia mais

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR ASSESSORIA TÉCNICA Processo Avaliativo Recuperação - 3º Bimestre/2015 Disciplina: QUÍMICA 3ª série EM A/B Nome do aluno Nº Turma A Recuperação deve ser entregue no dia 08/09/2015.

Leia mais

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM)

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) 1. Nos motores de explosão existentes hoje em dia utiliza-se uma mistura de gasolina

Leia mais

TERMOQUÍMICA. EXOTÉRMICAS: São aquelas reações que ocorrem liberando calor para o meio ambiente.

TERMOQUÍMICA. EXOTÉRMICAS: São aquelas reações que ocorrem liberando calor para o meio ambiente. TERMOQUÍMICA As transformações sofridas pela matéria são, quase sempre, acompanhadas por absorção ou liberação de energia. Esta energia é estudada pela TERMOQUÍMICA. As reações químicas, quanto ao calor

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO P/ Avaliação 01/06

EXERCÍCIOS DE REVISÃO P/ Avaliação 01/06 Tema do Ano: Eu e o outro construindo um mundo mais solidário Projeto Interdisciplinar da 2 a Série do Ensino Médio: Segunda metade do século XX e início do século XXI: movimentos, conflitos e desenvolvimento.

Leia mais

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 08/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 08/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº 2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 08/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Termoquímica (entalpia padrão de formação) Questão 01 - (PUC RS/2017) O metano é uma

Leia mais

Estudos de Calor Nas Reações Químicas

Estudos de Calor Nas Reações Químicas studos de Calor Nas Reações s 1. Leia as informações a seguir: Uma árvore, em um ambiente natural a 0 C, apresentando 10 5 folhas com área média de 0,5 dm por folha, está perdendo água para a atmosfera

Leia mais

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 29/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 29/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº º trimestre Sala de Estudo Química Data: 9/05/17 Ensino Médio º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Termoquímica (Energia de ligação e Lei de Hess) Questão 01 - (FUVEST SP/017) Sob certas

Leia mais

01 - (FAMERP SP/2015) Analise o esquema, que representa o processo de fotossíntese.

01 - (FAMERP SP/2015) Analise o esquema, que representa o processo de fotossíntese. Professor: Alfênio 01 - (FAMERP SP/2015) Analise o esquema, que representa o processo de fotossíntese. (http://portaldoprofessor.mec.gov.br) É correto afirmar que a fotossíntese é uma reação a) endotérmica,

Leia mais

Semana 09. A queima do carvão é representada pela equação química:

Semana 09. A queima do carvão é representada pela equação química: . (Enem 6) O benzeno, um importante solvente para a indústria química, é obtido industrialmente pela destilação do petróleo. Contudo, também pode ser sintetizado pela trimerização do acetileno catalisada

Leia mais

Termoquímica. Química 10/08/2015. Enem 15 Semanas. 1. Observando o diagrama a seguir, é correto afirmar que:

Termoquímica. Química 10/08/2015. Enem 15 Semanas. 1. Observando o diagrama a seguir, é correto afirmar que: Termoquímica 1. Observando o diagrama a seguir, é correto afirmar que: [Dadas as massas molares (g/mol): H=1 e O=16] a) para vaporizar 18g de água são liberados 10,5 kcal. b) o calor de reação, na síntese

Leia mais

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 29/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 29/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº 2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 29/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Termoquímica (Revisão: calor de formação, energia de ligação e lei de Hess) Questão

Leia mais

a) 65,2 103 b) 32,6 103 c) 24, d) 16,3 103 e) 10,9 103

a) 65,2 103 b) 32,6 103 c) 24, d) 16,3 103 e) 10,9 103 01) (FEI-SP) A queima de 46 g de álcool etílico (C 2H 6O) libera 32,6 kcal. Sabendo que a densidade do álcool é de 0,8g/cm3, o calor liberado na queima de 28,75 litros de álcool será, em kcal, a) 65,2

Leia mais

a) 0,60 M e 0,20 M b) 0,45 M e 0,15 M c) 0,51 M e 0,17 M d) 0,75 M e 0,25 M

a) 0,60 M e 0,20 M b) 0,45 M e 0,15 M c) 0,51 M e 0,17 M d) 0,75 M e 0,25 M ª série E.M. - APE 1. (Vunesp) Medicamentos, na forma de preparados injetáveis, devem ser soluções isotônicas com relação aos fluidos celulares. O soro fisiológico, por exemplo, apresenta concentração

Leia mais

TAREFA DA SEMANA DE 24 a 28 DE FEVEREIRO

TAREFA DA SEMANA DE 24 a 28 DE FEVEREIRO TAREFA DA SEMANA DE 4 a 8 DE FEVEREIRO QUÍMICA 3ª SÉRIE. (Upe) Um dos contaminantes do petróleo e do gás natural brutos é o H S. O gás sulfídrico é originário de processos geológicos, baseados em diversos

Leia mais

H 2 (g) + ½ O 2 (g) H 2 O(l) H 2 (g) + ½ O 2 (g) H 2 O(g) 6 NH 3 (g) + 9 O 2 (g) 2 HNO 3 (g) + 4 NO(g) + 8 H 2 O(g).

H 2 (g) + ½ O 2 (g) H 2 O(l) H 2 (g) + ½ O 2 (g) H 2 O(g) 6 NH 3 (g) + 9 O 2 (g) 2 HNO 3 (g) + 4 NO(g) + 8 H 2 O(g). Química Frente IV Físico-Química Prof. Thiago Costa (Tchê) Lista de Exercícios Lei de Hess 1. (FGV) Em um conversor catalítico, usado em veículos automotores em seu cano de escape, para reduzir a poluição

Leia mais

Um dos grandes problemas mundiais é constante necessidade de geração de energia.

Um dos grandes problemas mundiais é constante necessidade de geração de energia. Termoquímica 1 2 Introdução Um dos grandes problemas mundiais é constante necessidade de geração de energia. A Termoquímica possibilita uma solução viável (econômica e ecológica) para esta crescente demanda.

Leia mais

Química Geral e Experimental II Termoquímica Resolução comentada de exercícios selecionados versão termo_v1_2005 Prof. Fabricio R.

Química Geral e Experimental II Termoquímica Resolução comentada de exercícios selecionados versão termo_v1_2005 Prof. Fabricio R. Química Geral e Experimental II Termoquímica comentada de exercícios selecionados Prof. Fabricio R. Sensato (1) O calor específico do níquel é 0,445 J/g K. Qual a quantidade de calor necessária para aquecer

Leia mais

TAREFA DA SEMANA DE 10 A 14 DE MARÇO

TAREFA DA SEMANA DE 10 A 14 DE MARÇO TAREFA DA SEMANA DE 10 A 14 DE MARÇO QUÍMICA 3ª SÉRIE 1. (G1 - cftmg) Para se defender dos inimigos, o besouro-bombardeiro consegue liberar, quando atacado, hidroquinona (C 6 H 6 O 2 ) e peróxido de hidrogênio

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA

PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA ORGÂNICA 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 2 ============================================================================================= Termoquímica

Leia mais

Processo exotérmico: Ocorre com liberação de calor

Processo exotérmico: Ocorre com liberação de calor Disciplina: Química (Turmas T e R); Data: 10/10/16 Aula: Termoquímica 1: Reações exotérmicas e endotérmicas Professora Ana (anaflaviasuzana@yahoo.com.br) A Termoquímica é parte de uma ciência determinada

Leia mais

Química C Extensivo V. 4

Química C Extensivo V. 4 Química C Extensivo V 4 Exercícios 01) C 02) D I Errada degelo de um freezer (fusão do gelo) é um processo que absorve energia (endotérmico) II Errada A sublimação ocorre com absorção de energia (endotérmico)

Leia mais

Um dos componentes do GLP (gás liquefeito do petróleo) é o propano (C3H8). A sua combustão pode ser representada pela seguinte equação química:

Um dos componentes do GLP (gás liquefeito do petróleo) é o propano (C3H8). A sua combustão pode ser representada pela seguinte equação química: Atividade extra Exercício 1 Cecierj 2013 Um dos componentes do GLP (gás liquefeito do petróleo) é o propano (C3H8). A sua combustão pode ser representada pela seguinte equação química: C3H8(ℓ) + 5 O2 6

Leia mais

TERMOQUÍMICA- 3C13. As transformações físicas também são acompanhadas de calor, como ocorre na mudanda de estados físicos da matéria.

TERMOQUÍMICA- 3C13. As transformações físicas também são acompanhadas de calor, como ocorre na mudanda de estados físicos da matéria. TERMOQUÍMICA- 3C13 As transformações físicas e as reações químicas quase sempre estão envolvidas em perda ou ganho de calor. O calor é uma das formas de energia mais comum que se conhece. A Termoquimica

Leia mais

Fotossíntese das plantas, o sol fornece energia

Fotossíntese das plantas, o sol fornece energia Unidade 6 - Conteúdo 13 - Termoquímica As transformações físicas e as reações químicas quase sempre estão envolvidas em perda ou ganho de calor. O calor é uma das formas de energia mais comum que se conhece.

Leia mais

Química Monitores: Luciana Lima e Rafael França 06, 07, 08 e 11/07/2015. Material de Apoio para Monitoria

Química Monitores: Luciana Lima e Rafael França 06, 07, 08 e 11/07/2015. Material de Apoio para Monitoria Termoquímica II 1.. (BRASÍLIA) A energia de ligação média para a ligação C H no metano CH4(g) é aproximadamente: Dados: ΔHf 0 (entalpia de formação-padrão) CH4(g) = -17,9 kcal/mol H(g) = +52,1 kcal/mol

Leia mais

Lista de Exercícios Lei de Hess, Cinética Química e Equilíbrio Químico Prof. Benfica

Lista de Exercícios Lei de Hess, Cinética Química e Equilíbrio Químico Prof. Benfica Lista de Exercícios Lei de Hess, Cinética Química e Equilíbrio Químico Prof. Benfica 1) A entalpia da reação (I) não pode ser medida diretamente em um calorímetro porque a reação de carbono com excesso

Leia mais

Colégio Estadual Professor Ernesto Faria. Subprojeto Pibid - Química UERJ. Termoquímica

Colégio Estadual Professor Ernesto Faria. Subprojeto Pibid - Química UERJ. Termoquímica Colégio Estadual Professor Ernesto Faria Subprojeto Pibid - Química UERJ Termoquímica REAÇÕES ENDOTÉRMICAS E EXOTÉRMICAS Processo Exotérmico Libera calor para ambiente (vizinhança) Transmite sensação de

Leia mais

Exercícios de Termoquímica

Exercícios de Termoquímica Exercícios de Termoquímica 1. Quando se adiciona cal viva (CaO) à água, há uma liberação de calor devida à seguinte reação química: CaO + H2O Ca (OH)2 + X kcal/mol Sabendo-se que as entalpias de formação

Leia mais

Deve-se esperar uma redução na velocidade de rotação do hidrômetro em dias frios.

Deve-se esperar uma redução na velocidade de rotação do hidrômetro em dias frios. 01. Considere que dez litros de cada um dos seguintes gases estão nas mesmas condições de pressão e temperatura: PH 3, C 2 H 6 O, H 2, NH 3, Ne, Cl 2 e SO 2. A alternativa que apresenta corretamente os

Leia mais

Termoquímica Entalpia e Lei de Hess

Termoquímica Entalpia e Lei de Hess Química Geral e Inorgânica QGI0001 Eng a. de Produção e Sistemas Prof a. Dr a. Carla Dalmolin Termoquímica Entalpia e Lei de Hess Sistemas a Pressão Constante Quando o volume do sistema não é constante,

Leia mais

Apostila de Química 02 Termoquímica

Apostila de Química 02 Termoquímica Apostila de Química 02 Termoquímica 1.0 Introdução A Termoquímica tem como objetivo o estudo das variações de energia que acompanham as reações químicas; Não há reação química que ocorra sem variação de

Leia mais

a) Escreva os nomes das substâncias presentes nos frascos A, B e C. A B C

a) Escreva os nomes das substâncias presentes nos frascos A, B e C. A B C PROVA DE QUÍMICA 2ª ETAPA do VESTIBULAR 2006 (cada questão desta prova vale até cinco pontos) Questão 01 Foram encontrados, em um laboratório, três frascos A, B e C, contendo soluções incolores e sem rótulos.

Leia mais

Fuvest 2009 (Questão 1 a 8)

Fuvest 2009 (Questão 1 a 8) (Questão 1 a 8) 1. Água pode ser eletrolisada com a finalidade de se demonstrar sua composição. A figura representa uma aparelhagem em que foi feita a eletrólise da água, usando eletrodos inertes de platina.

Leia mais

TERMOQUÍMICA Folha 3.2 Prof.: João Roberto Mazzei 01- (ufrs-2004) Considere as seguintes reações, na temperatura de 25 C.

TERMOQUÍMICA Folha 3.2 Prof.: João Roberto Mazzei 01- (ufrs-2004) Considere as seguintes reações, na temperatura de 25 C. 01- (ufrs-2004) Considere as seguintes reações, na temperatura de 25 C. H (g) + 1/2 O (g) ë H O(Ø) (ÐH) H (g) + 1/2 O (g) ë H O(s) (ÐH) A diferença entre os efeitos térmicos, (ÐH) - (ÐH), é igual a) a

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo 2º bimestre 2º ano Química

Programa de Retomada de Conteúdo 2º bimestre 2º ano Química Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular, Rua Cantagalo, 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo 2º bimestre 2º

Leia mais

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa.

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa. ALUNO(a): Nº: SÉRIE: ª TURMA: UNIDADE: VV JC JP PC DATA: / /06 Obs.: Esta lista deve ser entregue apenas ao professor no dia da aula de Recuperação Valor: 5,0. Uma solução contendo 4 g de cloreto de sódio

Leia mais

FCAV/ UNESP NOÇÕES DE TERMODINÂMICA

FCAV/ UNESP NOÇÕES DE TERMODINÂMICA FCAV/ UNESP NOÇÕES DE TERMODINÂMICA Profa. Dra. Luciana Maria Saran 1 1.TERMODINÂMICA Compreende o estudo da energia e suas transformações. Em grego, thérme-; calor, dy namis, energia. Termoquímica: área

Leia mais

AULA 10 ESTEQUIOMETRIA

AULA 10 ESTEQUIOMETRIA AULA 10 ESTEQUIOMETRIA Cálculo estequiométrico ou estequiometria é o cálculo de quantidades de substâncias que interagem, pode ser do reagente consumido ou do produto formado. Baseia-se nas proporções

Leia mais

Universidade Federal do Acre Engenharia Agronômica PET- Programa de Ensino Tutorial. Termoquímica

Universidade Federal do Acre Engenharia Agronômica PET- Programa de Ensino Tutorial. Termoquímica Universidade Federal do Acre Engenharia Agronômica PET- Programa de Ensino Tutorial Termoquímica Bolsista: Joyce de Q. Barbosa Tutor: Dr. José Ribamar Silva Termodinâmica Conceitos Básicos Termoquímica

Leia mais

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 27/10/12

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 27/10/12 P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 27/10/12 Nome: Nº de Matrícula: GABARITO Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Dados: T (K) = T ( C) + 273,15 R = 8,314

Leia mais

MEDIDA DO CALOR DE REAÇÃO

MEDIDA DO CALOR DE REAÇÃO TERMOQUÍMICA A energia liberada nas reações químicas está presente em várias atividades da nossa vida diária. Por exemplo, á o calor liberado na queima do gás butano que cozinha os nossos alimentos, é

Leia mais

Revisão Específicas. Química Monitores: Luciana Lima e Rafael França 16-21/11/2015. Material de Apoio para Monitoria

Revisão Específicas. Química Monitores: Luciana Lima e Rafael França 16-21/11/2015. Material de Apoio para Monitoria Revisão Específicas 1. (Ufpr) Considere as soluções I, II e III, descritas a seguir. I - Solução obtida pela adição de 9,80 g de H2SO4 (massa molar = 98,0 g) em água suficiente para completar o volume

Leia mais

01- (UNICAMP 2004) As condições oxidativas/redutoras e de ph desempenham

01- (UNICAMP 2004) As condições oxidativas/redutoras e de ph desempenham 01- (UNICAMP 2004) As condições oxidativas/redutoras e de ph desempenham importantes papéis em diversos processos naturais. Desses dois fatores dependem, por exemplo, a modificação de rochas e a presença

Leia mais

Lista de Exercício Para a Prova Trimestral Setor A. a) Quantas calorias, de acordo com a tabela nutricional, foram ingeridas?

Lista de Exercício Para a Prova Trimestral Setor A. a) Quantas calorias, de acordo com a tabela nutricional, foram ingeridas? Professor: Cassio Pacheco Disciplina: Química II Trimestre 2ºAno Lista de Exercício Para a Prova Trimestral Setor A 1- Depois do cinema, um grupo de amigos foi comer aquele sandubão no Mc Donald s. O pedido

Leia mais

COLÉGIO EUCARÍSTICO Fixando o Conteúdo

COLÉGIO EUCARÍSTICO Fixando o Conteúdo COLÉGIO EUCARÍSTICO Fixando o Conteúdo 1. Considere as informações: I) A + B C + D Hº = - 10,0 kcal II) C + D E Hº = +15,0 kcal 2 Bimestre Calcule o H para cada uma das reações a seguir: a) C + D A + B

Leia mais

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v QUÍMICA 1ª QUESTÃO Umas das reações possíveis para obtenção do anidrido sulfúrico é a oxidação do anidrido sulfuroso por um agente oxidante forte em meio aquoso ácido, como segue a reação. Anidrido sulfuroso

Leia mais

Resposta: D Resolução comentada: Ci x Vi = Cf x Vf Ci = 0,5 mol/l Cf = 0,15 mol/l Vf = 250 ml Vi = 0,5 x Vi = 0,15 x 250 Vi = 75 ml.

Resposta: D Resolução comentada: Ci x Vi = Cf x Vf Ci = 0,5 mol/l Cf = 0,15 mol/l Vf = 250 ml Vi = 0,5 x Vi = 0,15 x 250 Vi = 75 ml. Unesp 1-Em 2013 comemora-se o centenário do modelo atômico proposto pelo físico dinamarquês Niels Bohr para o átomo de hidrogênio, o qual incorporou o conceito de quantização da energia, possibilitando

Leia mais

9ª LISTA - EXERCÍCIOS DE PROVAS 1 a. Lei da Termodinâmica

9ª LISTA - EXERCÍCIOS DE PROVAS 1 a. Lei da Termodinâmica Pg. 1/5 1 a Questão Na combustão completa de 1,00 L de gás natural, a 25,0 C e pressão constante de 1,00 atm, houve liberação de 43,6 kj de calor. Sabendo que este gás é uma mistura contendo metano, CH

Leia mais

Os sistemas podem armazenar energia e está pode ser transferida.

Os sistemas podem armazenar energia e está pode ser transferida. AULA 13 Termoquímica A termoquímica é uma parte da físico-química que estuda as trocas de calor (entre os sistemas e o meio ambiente) que acompanha os fenômenos. Calor é uma energia em trânsito. Existem

Leia mais

EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I

EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 6. Termoquímica Ficha de exercícios 1. Uma amostra de azoto gasoso expande-se do seu volume inicial de 1.6 L para 5.4 L, a temperatura constante. Calcule

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

Lista de exercícios - Bloco 2 - Aula 25 a 28 - Equilíbrio Químico - Conceitos gerais e cálculo (Kc e Kp) 1. (Unicid - Medicina 2017) Considere os equilíbrios: 1. 2 SO 2 (g) + O 2 (g) 2 SO 3 (g) 25 Kc =

Leia mais

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO 1- Um aluno de química, ao investigar as propriedades de gases, colocou uma garrafa plástica (PET), contendo ar e devidamente fechada, em um freezer e observou

Leia mais

- Exotérmico: ocorre com liberação de calor - Endotérmico: ocorre com absorção de calor

- Exotérmico: ocorre com liberação de calor - Endotérmico: ocorre com absorção de calor Fala gás nobre! Tudo bem? Hoje vamos para mais um assunto de química: A termoquímica. Você sabia que as reações químicas absorvem ou liberam calor, e desta forma, ocorre uma troca de energia? Pois é, a

Leia mais

Química Termoquímica Vestibular - FUVEST

Química Termoquímica Vestibular - FUVEST Química Termoquímica Vestibular - FUVST 1. (Fuvest 201) m uma reação de síntese, induzida por luz vermelha de frequência f igual a 14 4, 10 Hz, ocorreu a formação de 180 g de glicose. Determine a) o número

Leia mais

Variação de entalpia em reações químicas

Variação de entalpia em reações químicas Disciplina: Química Prof.: Ivo Turma: TR 14/10/2016 Tema da aula: Termoquímica II Entalpia de reação, Lei de Hess, Estado-Padrão Variação de entalpia em reações químicas A maior utilidade do conceito de

Leia mais

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria Professor Marcus Ennes -Estequiometria - RELAÇÕES FUNDAMENTAIS RAZÃO E PROPORÇÃO 1) Um formigueiro é composto por 2.000 formigas. Cada formiga consome por dia, 1.500 moléculas de glicose (C 6 H 12 O 6

Leia mais

PROFª. KAÍZA CAVALCANTI

PROFª. KAÍZA CAVALCANTI Processos Químicos Quando ocorre uma alteração qualitativa do sistema, dos tipos de substâncias presentes ou de suas proporções. Processos Físicos Quando ocorre uma alteração qualitativa do sistema, dos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DEP. BIOLOGIA / LIC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DEP. BIOLOGIA / LIC UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DEP. DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL 2/2016 CURSOS: BIOMEDICINA / BACH. BIOLOGIA / LIC. BIOLOGIA LISTA

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 3ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Série: 2ª Professora: MARIA LUIZA Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios Cálculo Estequiométrico

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios Cálculo Estequiométrico 1) (UNISA-SP - adaptada) Na combustão de 4L de etano (C 2 H 6 ), o volume de oxigênio (medido em CNTP) consumido será: a) 7L b) 14L c) 3,5L d) 22,4L e) 44,8L Equação e balanceamento 2) (ENEM) Atualmente,

Leia mais

PAGQuímica 2011/1 Exercícios de Termodinâmica

PAGQuímica 2011/1 Exercícios de Termodinâmica PAGQuímica 2011/1 Exercícios de Termodinâmica 1. Escolha o termo melhor associado com cada exemplo, símbolo ou relação. (A) endotérmico (1) S (B) calor de formação (2) H < 0 (C) estado padrão (3) H para

Leia mais

A B EQUILÍBRIO QUÍMICO. H 2 + 2ICl I 2 + 2HCl. % Ach

A B EQUILÍBRIO QUÍMICO. H 2 + 2ICl I 2 + 2HCl. % Ach A B EQUILÍBRIO QUÍMICO H 2 + 2ICl I 2 + 2HCl!. % % Ach. Ac 1 Equilíbrio Químico - Reversibilidade de reações químicas A B Exemplo: N 2 (g) + 3H 2 (g) 2NH 3 (g) equilíbrio dinâmico aa + bb yy + zz Constante

Leia mais

TERMOQUÍMICA. Prof. Neif Nagib.

TERMOQUÍMICA. Prof. Neif Nagib. TERMOQUÍMICA Prof. Neif Nagib neifnagib@yahoo.com.br Os princípios fundamentais do calor e do trabalho se aplicam no estudo de uma reação química e nas mudanças do estado físico de uma substância. Nesses

Leia mais

Resoluções. Termoquímica

Resoluções. Termoquímica Segmento: EM/Pré-vestibular Coleção: Alfa, Beta e Gama Disciplina: Química Volume: 1 Série: 10 Resoluções Termoquímica 1. E I. Correta: O cloreto de cálcio é utilizado em compressas quentes devido ao fato

Leia mais

OSASCO-COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR

OSASCO-COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR OSASCO-COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR ASSESSORIA TÉCNICA Processo Avaliativo 1º Bimestre/2015 Disciplinas: Química 2ª série EM Nome do aluno Nº Turma A lista de exercícios abaixo, consta de 33 questões diversas,

Leia mais

Lista de exercícios 2 QB70D

Lista de exercícios 2 QB70D Lista de exercícios 2 QB70D 1) Suponha que você jogue uma bola de tênis para o alto. (a) A energia cinética da bola aumenta ou diminui à medida que ela ganha altitude? (b) O que acontece com a energia

Leia mais

TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA

TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA Termodinâmica é a ciência que estuda as transformações de energia nas quais as variações de temperatura são importantes. A maioria das transformações químicas resulta em alterações

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Isomeria óptica Isomeria plana Termoquímica Recuperação do 3 Bimestre disciplina Química 3ºano Lista de exercícios 1- (VUNESP) Em uma cozinha, estão ocorrendo

Leia mais

Equilíbrio Químico Folha 2.1 Prof.: João Roberto Mazzei

Equilíbrio Químico Folha 2.1 Prof.: João Roberto Mazzei 01. A cisteína é um aminoácido que contém enxofre e é encontrada na feijoada, devido às proteínas da carne e derivados. A reação de conversão da cisteína em cistina ocorre de acordo com a seguinte equação

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Lista de Exercícios Termodinâmica Curso: Data: / / Nome: Turma: Disciplina: Química (QB70D) - Profª Loraine 1. Defina:

Leia mais

Meu Deus, ajude me a passar na prova de Química. Amém. a) 0,9. b) 1,3. c) 2,8. d) 5,7. e) 15.

Meu Deus, ajude me a passar na prova de Química. Amém. a) 0,9. b) 1,3. c) 2,8. d) 5,7. e) 15. Meu Deus, ajude me a passar na prova de Química. Amém LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÍMICA - 2 ANO 01. A concentração de íons fluoreto em uma água de uso doméstico é de 5,0 10 5 mol/litro. Se uma pessoa tomar

Leia mais

Prof. Giacometto. Lista de Exercícios TERMOQUÍMICA: PLUS

Prof. Giacometto. Lista de Exercícios TERMOQUÍMICA: PLUS Prof. Giacometto Lista de Exercícios TERMOQUÍMICA: PLUS 01) (FUVEST SP) Em uma reação de síntese, induzida por luz vermelha de frequência f igual a 14 4,3 10 Hz, ocorreu a formação de 180 g de glicose.

Leia mais

Capítulo 5. Termoquímica

Capítulo 5. Termoquímica Capítulo 5 Termoquímica 1. (FUVEST) Considere as reações de oxidação dos elementos Al, Mg e Si representadas pelas equações abaixo e o calor liberado por mol de O 2 consumido. 4/3Al + O 2 2/3Al 2 O 3 Δ

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química Fase III (Etapa 1 nacional)

Olimpíada Brasileira de Química Fase III (Etapa 1 nacional) Page 1 of 5 Olimpíada Brasileira de Química - 2001 Fase III (Etapa 1 nacional) Questão 1 (48 th Chemistry Olympiad - Final National Competition - 2001 - Estonia) Exame aplicado em 01.09.2001 Os compostos

Leia mais

TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA

TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA Termodinâmica é a ciência que estuda as transformações de energia nas quais as variações de temperatura são importantes. A maioria das transformações químicas resulta em alterações

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA. Adaptada da Tabela Periódica da IUPAC/versão 2007 Acesso: PROVA DE QUÍMICA - Caderno 1

PROVA DE QUÍMICA. Adaptada da Tabela Periódica da IUPAC/versão 2007 Acesso:  PROVA DE QUÍMICA - Caderno 1 PROVA DE QUÍMICA Adaptada da Tabela Periódica da IUPAC/versão 2007 Acesso: http://wwwiupacorg/reports/periodic_table/ 18 PROVA DE QUÍMICA - Caderno 1 QUESTÃO 25 1 Na extração do ouro, os garimpeiros costumam

Leia mais

TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA

TERMODINÂMICA TERMOQUÍMICA Termodinâmica é a ciência que estuda as transformações de energia nas quais as variações de temperatura são importantes. A maioria das transformações químicas resulta em alterações nas temperaturas e,

Leia mais

, é um líquido inflamável e, quando exposto ao oxigênio, pode explodir. A reação de combustão do pentaborano-9 segue representada pela equação:

, é um líquido inflamável e, quando exposto ao oxigênio, pode explodir. A reação de combustão do pentaborano-9 segue representada pela equação: (Unimontes MG/2014) O pentaborano-9, B 5 H 9, é um líquido inflamável e, quando exposto ao oxigênio, pode explodir. A reação de combustão do pentaborano-9 segue representada pela equação: Utilizando os

Leia mais

ENSINO MÉDIO QUÍMICA

ENSINO MÉDIO QUÍMICA ENSINO MÉDIO QUÍMICA TERMOQUÍMICA TERMOQUÍMICA Termoquímica é a parte da química que estuda o calor associado a uma reação química. A unidade usada para medir a energia liberada ou absorvida por um sistema

Leia mais

2º Trimestre Trabalho de Recuperação Data: 15/09/17 Ensino Médio 3º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

2º Trimestre Trabalho de Recuperação Data: 15/09/17 Ensino Médio 3º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº 2º Trimestre Trabalho de Recuperação Data: 15/09/17 Ensino Médio 3º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Cálculo estequiométrico avançado e oxidorredução *Entregar todos os exercícios resolvidos

Leia mais

a) C 3 H 8 (g) 3C graf. + 4 H 2(g) C 3 H 8(g) b) C 2 H 6 O(l) 2C graf. + 3 H 2(g) + 1/2 O 2(g) C 2 H 6 O (l) c) Na 2 SO 4 (s)

a) C 3 H 8 (g) 3C graf. + 4 H 2(g) C 3 H 8(g) b) C 2 H 6 O(l) 2C graf. + 3 H 2(g) + 1/2 O 2(g) C 2 H 6 O (l) c) Na 2 SO 4 (s) setor 30 300408 Aula 3 TERMOQUÍMICA. ENTALPIA DE FORMAÇÃO Estado Padrão = Estado físico e alotrópico mais estáveis em condição ambiente (5 C, atm). Substâncias Simples no Estado Padrão H FORM H FORM =

Leia mais

Química Solucionada / / / /2 N 2 (g) + 3/2 H 2 (g) NH 3 (g) 1/2 N 2 (g) + 1/2 O 2 (g) NO(g)

Química Solucionada / / / /2 N 2 (g) + 3/2 H 2 (g) NH 3 (g) 1/2 N 2 (g) + 1/2 O 2 (g) NO(g) Título: Termoquímica 2 Data: / / 206 QS.2 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 0 - (UFG GO) A variação de entalpia ( ) é uma grandeza relacionada à variação de energia que depende apenas dos estados inicial e final de

Leia mais

3ª Série / Vestibular. As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar que, na reação:

3ª Série / Vestibular. As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar que, na reação: 3ª Série / Vestibular 01. I _ 2SO 2(g) + O 2(g) 2SO 3(g) II _ SO 3(g) + H 2O(l) H 2SO 4(ag) As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar

Leia mais

01) (FESP-PE) Considere a equação:

01) (FESP-PE) Considere a equação: 01) (FESP-PE) Considere a equação: 2 N 2O 5(g) 4 NO 2(g) + O 2(g) Admita que a formação de O2 tem uma velocidade média constante e igual a 0,05 mol/s. A massa de NO 2 formada em 1 min é: (Massas atômicas:

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ENTROPIA E ENERGIA LIVRE

EXERCÍCIOS DE ENTROPIA E ENERGIA LIVRE QUÍMICA Prof. Jorginho EXERCÍCIOS DE ENTROPIA E ENERGIA LIVRE 1. (Uespi) A sacarose, C 1 H O 11, também conhecida como açúcar de mesa ou açúcar comum comercial, é encontrada na cana de açúcar e na beterraba.

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei 01. (UFC 2009) O principal componente da cal, importante produto industrial fabricado no Ceará, é o óxido de cálcio (CaO). A produção de CaO se processa de acordo com a seguinte reação química: CaCO 3(s)

Leia mais

LABORATÓRIO DE QUÍMICA QUI126 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS

LABORATÓRIO DE QUÍMICA QUI126 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS Exercício 1. (UFMG, Adapt.) O rótulo de uma garrafa de vinagre indica que a concentração de ácido acético (CH3COOH) é 42g/L. A fim de verificar se a concentração da solução ácida corresponde à indicada

Leia mais

IX OSEQUIM - Olimpíada Sergipana de Química 2ª Etapa - Modalidade B

IX OSEQUIM - Olimpíada Sergipana de Química 2ª Etapa - Modalidade B Bom dia aluno! Está é a prova da segunda etapa da IX OSEQUIM, Olimpíada Sergipana de Química, modalidade B, para alunos que se encontram cursando o 2º. Ano do ensino médio em 2015. Confira se a sua prova

Leia mais

Professora Sonia Exercícios sobre Entropia - Termoquímica

Professora Sonia Exercícios sobre Entropia - Termoquímica Exercícios sobre Entropia - Termoquímica 01. (Ufrn) Num teste químico simples, pode-se identificar a presença de uréia nos fertilizantes. A uréia sólida reage a quente com o hidróxido de sódio, liberando

Leia mais

SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA.

SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA. SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA. QUESTÕES LISTA DE EXERCÍCIOS Cinética Química. 1) A tabela abaixo mostra a variação da massa de peróxido de hidrogênio que ocorre na reação de decomposição

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS 2 ANO QUÍMICA

ROTEIRO DE ESTUDOS 2 ANO QUÍMICA RTEIR DE ESTUDS 2 AN QUÍMICA PARTE 1 SETR A 1- Depois do cinema, um grupo de amigos foi comer aquele sandubão no Mc Donald s. pedido foi o seguinte: Big Tasty; Batata Frita Média; Coca-cola 500 ml. a)

Leia mais

Cinética e Eq. Químico Folha 10 João Roberto Fortes Mazzei

Cinética e Eq. Químico Folha 10 João Roberto Fortes Mazzei 01. Em um recipiente de 500 ml, encontram-se, em condições de equilíbrio, 10 mol/l de H 2 (g) e 0,01 mol/l de I 2 (g). Qual é a concentração do HI(g), sabendo-se que, nas condições do experimento, a constante

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Reagentes

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Reagentes

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Representação

Leia mais

com o oxigênio, formando o trióxido de enxofre (SO 3 ), e deste com a água, resultando no H 2

com o oxigênio, formando o trióxido de enxofre (SO 3 ), e deste com a água, resultando no H 2 11 Em 2004 iniciou-se, no Brasil, a exploração de uma importante jazida de minério de cobre. Nestes minérios, o metal é normalmente encontrado na forma de sulfetos, como o CuS, e para sua obtenção o minério

Leia mais