CURSO EFA NS TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO EFA NS TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A"

Transcrição

1 CURSO EFA NS TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A Módulo: CP_4 Processos Identitários Tema: Identidade Sexual Grupo 4: Carla, Carmen, Sílvia Data: 2009/04/01 1

2 Introdução Homofobia Transfobia Identidades Sexuais Identidades Sexuais Imagem Discriminação Laboral Discriminação Social no casamento/parentalidade Discriminação Social no casamento/parentalidade Conclusão Vídeo Descriminação Social Diga não Bibliografia 2

3 Sendo, nos dias de hoje, a Homossexualidade/Transexualidade um tema actual e controverso elaboramos este trabalho com o intuito de demonstramos a intolerância existente na nossa sociedade. No entanto o objectivo desta pesquisa/trabalho consiste na abordagem da Homofobia e Transfobia. Existem vários tipos de discriminação, entre os quais os acima referidos. Verificámos que apesar da Constituição da Republica Portuguesa proibir a discriminação ela continua a existir, inclusive nas entidades publicas. Os homossexuais continuam a ser discriminados como possíveis dadores de sangue, sendo considerados dadores de risco, apesar de actualmente os heterossexuais serem os mais afectados pelo HIV. 3

4 A homofobia é um termo utilizado para identificar a aversão ou discriminação de uma pessoa contra homossexuais ou homossexualidade. Trata-se de uma forma de preconceito para com os comportamentos e todo o tipo de expressões homossexuais. 4

5 A Transfobia é um termo utilizado para identificar a aversão ou discriminação contra pessoas transexuais e travestis. Pessoas transexuais sofrem também homofobia, tal como homossexuais sofrem de transfobia por parte de quem, incorrectamente, não distingue uma questão da outra. 5

6 A identificação com o sexo oposto àquele que foi atribuído ao nascimento não passa pela sexualidade. Existem vários tipos de orientações sexuais: os heterossexuais (indivíduos que se sentem atraídos pelo sexo oposto), os homossexuais, que podem ser gays (são homens que se sentem atraídos por outros homens) ou lésbicas (são mulheres que se sentem atraídas por mulheres), os bissexuais (homem/mulher que se sentem atraídos por ambos os sexos), os assexuais (homem/mulher sem orientação sexual definida). Um transexual pode ser qualquer um dos referidos anteriormente, sendo que é aquele que altera ou manifesta vontade de transformar o seu sexo de nascença. 6

7 NÃO DISCRIMINE ACEITE! 7

8

9 Portugal é, neste momento, o único país da Europa cuja Constituição proíbe explicitamente a discriminação com base na orientação sexual. No entanto, essa discriminação continua a existir na lei uma vez que o casamento civil continua a não ser permitido para casais de gays ou de lésbicas. Em Portugal, o Artigo 36º da Constituição refere que "Todos têm o direito de constituir família e de contrair casamento em condições de plena igualdade." Mais: A Constituição da República Portuguesa proíbe explicitamente, desde 2004, a discriminação com base na orientação sexual (Artigo 13º). No entanto, o casamento civil continua a existir exclusivamente para casais constituídos por pessoas de sexos diferentes, numa clara violação da Constituição que é a nossa Lei Fundamental. Isso significa que há muitos direitos associados ao casamento civil aos quais gays e lésbicas não têm acesso: do registo às heranças, passando pelos regimes de propriedade até aos inúmeros aspectos 9 da vida quotidiana em que o estado civil é relevante.

10 Os deveres fundamentais do casamento civil estão claros na lei portuguesa: assistência (alimentos e contribuição para os encargos da vida familiar), fidelidade, respeito, cooperação, coabitação. No entanto, embora muitos casais de gays e de lésbicas já cumpram estes deveres, há vários exemplos do conjunto de direitos e deveres que diferenciam o casamento civil da união de facto. Adopção A proibição da possibilidade de adopção é específica para casais de gays ou de lésbicas, numa cláusula discriminatória contrária à Constituição Portuguesa, cujo artigo 13º proíbe explicitamente a discriminação com base na orientação sexual. 10

11 Alguns estudiosos e indivíduos comuns atribuem a origem da homofobia/transfobia a uma oposição instintiva a tudo o que não corresponde à maioria com que o indivíduo se identifica. As normas implícitas estabelecidas por essa mesma maioria, nomeadamente a necessidade de reafirmação dos papéis tradicionais de género, considerando o indivíduo homossexual alguém que falha no desempenho do papel que lhe corresponde segundo o seu género. Algumas pessoas consideram que estas opções sexuais são uma forma de xenofobia na sua definição mais estrita: medo a tudo o que seja considerado estranho. Esta atitude pode também provir de ensinamentos (religião, formas de governo, etc.), preconceito, informação ou ideologia (como em comunidades machistas), por exemplo. 11

12 12

13

LGBT: Público ou Privado. Gênero, Orientação Sexual e Identidade de Gênero

LGBT: Público ou Privado. Gênero, Orientação Sexual e Identidade de Gênero LGBT: Público ou Privado Gênero, Orientação Sexual e Identidade de Gênero 1969 Revolta de Stonewall que marca o Dia Mundial do Orgulho LGBT; 1973 A OMS deixa de classificar a homossexualidade como doença;

Leia mais

O Direito de Adoptar?

O Direito de Adoptar? Direito da Igualdade Social 2010 2011 O Direito de Adoptar? A adopção por casais homossexuais Andreia Engenheiro Nº 2068 1. Família Tem influência de factores: - Religiosos; - Económicos; - Socio-culturais.

Leia mais

Homofobia: preconceito, violência e crimes de ódio

Homofobia: preconceito, violência e crimes de ódio Homofobia: preconceito, violência e crimes de ódio Por Carolina Cunha Da Novelo Comunicação 05/08/2016 16h24 m n H J Imprimir F Comunicar erro Sérgio Castro/Estadão Conteúdo A modelo transexual Viviany

Leia mais

DIVERSIDADE IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL

DIVERSIDADE IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL DIVERSIDADE IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL PME por uma educação que respeite a diversidade O Plano Municipal de Educação foi construído por meio de discussões e conferência abertas a toda a comunidade

Leia mais

Categorias identitárias

Categorias identitárias Ana Alvaréz, TALLAS, Tienda3 Instalação, fotografia, vídeo (2008) Categorias identitárias Definições e terminologias Profa. Carla de Abreu l Disciplina: Cultura Visual e Construções de Gênero Perspectiva

Leia mais

INFORMATIVO PARA A REDE SUAS: Garantia da utilização do Nome Social para as pessoas Travestis e Transexuais.

INFORMATIVO PARA A REDE SUAS: Garantia da utilização do Nome Social para as pessoas Travestis e Transexuais. INFORMATIVO PARA A REDE SUAS: Garantia da utilização do Nome Social para as pessoas Travestis e Transexuais. Ei, você trabalhadora e trabalhador do SUAS! Você sabia que ser homem ou mulher é uma construção

Leia mais

Representações e atitudes dos lisboetas face à homossexualidade Programa de Ocupação Cientifica de Jovens nas Férias

Representações e atitudes dos lisboetas face à homossexualidade Programa de Ocupação Cientifica de Jovens nas Férias Representações e atitudes dos lisboetas face à homossexualidade Programa de Ocupação Cientifica de Jovens nas Férias Investigadores responsáveis: André Afonso Catarina Delgado Inês Tavares Helena Figueiredo

Leia mais

Resolução do Parlamento Europeu, de 24 de maio de 2012, sobre a luta contra a homofobia na Europa (2012/2657(RSP)

Resolução do Parlamento Europeu, de 24 de maio de 2012, sobre a luta contra a homofobia na Europa (2012/2657(RSP) P7_TA-PROV(2012)0222 Luta contra a homofobia na Europa Resolução do Parlamento Europeu, de 24 de maio de 2012, sobre a luta contra a homofobia na Europa (2012/2657(RSP) O Parlamento Europeu, Tendo em conta

Leia mais

CNPJ: / Rua: 19 de Novembro nº 4158 Bairro: Real Copagre Teresina/PI CEP:

CNPJ: / Rua: 19 de Novembro nº 4158 Bairro: Real Copagre Teresina/PI CEP: Relatório de Atividades Ano de 2012 Janeiro Realização da atividade de prevenção a IST/HIV/AIDS, com ato na praça João Luis Ferreira no Centro de Teresina, ação alusiva ao 29 de Janeiro Dia Nacional de

Leia mais

DIREITOS E CIDADANIA LGBT

DIREITOS E CIDADANIA LGBT DIREITOS E CIDADANIA LGBT Direitos e Cidadania LGBT Este material informativo é destinado a todos os cidadãos LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) moçambicanos be como àqueles que queiram saber

Leia mais

Com a palavra, as mulheres do movimento LGBT

Com a palavra, as mulheres do movimento LGBT Com a palavra, as mulheres do movimento LGBT A sigla LGBT reúne segmentos da sociedade oprimidos por sua orientação sexual, como é o caso das lésbicas, gays e bissexuais, e também pela sua identidade de

Leia mais

PL 6297/2016. O que diz o projeto?

PL 6297/2016. O que diz o projeto? PL 6297/2016 O que diz o projeto? O projeto de lei nº 6297/2016, elaborado pelo mandato do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), acaba com a discriminação absurda que atualmente sofrem os homossexuais, impedidos

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Família. Homossexualidade. Direito a saúde.

PALAVRAS-CHAVE: Família. Homossexualidade. Direito a saúde. ATENDIMENTO A FAMÍLIAS HOMOAFETIVAS NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA: uma revisão de Júlio César Coelho do Nascimento (Enfermeiro - Pós-graduando em Oncologia Clínica- Centro de Especialização em Enfermagem

Leia mais

MOVIMENTOS SOCIAIS. Prof. Robson Vieira da Silva Sociologia 1º ano - UP

MOVIMENTOS SOCIAIS. Prof. Robson Vieira da Silva Sociologia 1º ano - UP MOVIMENTOS SOCIAIS Prof. Robson Vieira da Silva Sociologia 1º ano - UP OS MOVIMENTOS SOCIAIS - DEFINIÇÃO São ações sociais coletivas de caráter socio-político e cultural que viabilizam distintas formas

Leia mais

PERFORMANCES HOMOAFETIVAS NA MÚSICA AVESSO, DE JORGE VERCILO

PERFORMANCES HOMOAFETIVAS NA MÚSICA AVESSO, DE JORGE VERCILO PERFORMANCES HOMOAFETIVAS NA MÚSICA AVESSO, DE JORGE VERCILO Autor: Valdir Ferreira de Paiva Aluno do PPGE/UFPB/NIPAM Pós Graduação em GDE valdirvfp@outlook.com Coator 1 : Francinaldo Freire da Silva Graduando

Leia mais

Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens

Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens Jaqueline Lima Santos Doutoranda em Antropologia Social UNICAMP Instituto

Leia mais

O Senso Comum e os Corpos Generificados

O Senso Comum e os Corpos Generificados O Senso Comum e os Corpos Generificados Vincular o comportamento ao sexo, gênero à genitália, definindo o feminino pela presença da vagina e o masculino pelo pênis, remonta ao século XIX quando o sexo

Leia mais

DIREITOS HUMANOS, GÊNERO E MOVIMENTOS SOCIAIS

DIREITOS HUMANOS, GÊNERO E MOVIMENTOS SOCIAIS DIREITOS HUMANOS, GÊNERO E MOVIMENTOS SOCIAIS Prof. João Gabriel da Fonseca Graduado em História; Filosofia Pós-Graduado em História Cultural Mestre em História das Identidades. LGBT ou ainda, LGBTTTs,

Leia mais

Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural. Contextualização. Gênero. Teleaula 2. Letras. Diversidade de Gênero

Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural. Contextualização. Gênero. Teleaula 2. Letras. Diversidade de Gênero Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural Teleaula 2 Diversidade de Gênero Profa. Dra. Marcilene Garcia de Souza tutorialetras@grupouninter.com.br Letras Contextualização Por que

Leia mais

Igualdade de Género, e Não-discriminação.

Igualdade de Género, e Não-discriminação. 2016 Igualdade de Género, e Não-discriminação. INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, I.P. Igualdade de Género, e Não-discriminação. O IPST, I.P., está sujeito às normas legais previstas no

Leia mais

Estado do Pará Assembléia Legislativa Gabinete da Deputada Sandra Batista HOMOSSEXUAIS: RESPEITO AGORA É LEI

Estado do Pará Assembléia Legislativa Gabinete da Deputada Sandra Batista HOMOSSEXUAIS: RESPEITO AGORA É LEI Estado do Pará Assembléia Legislativa Gabinete da Deputada Sandra Batista HOMOSSEXUAIS: RESPEITO AGORA É LEI Os homossexuais do Pará já podem dizer que estão amparados pela constituição estadual em caso

Leia mais

Parada Livre Porto Alegre 2004

Parada Livre Porto Alegre 2004 Parada Livre Porto Alegre 2004 Núcleo de Pesquisa em Antropologia do Corpo e da Saúde (NUPACS - UFRGS) Grupo pela Livre Expressão Sexual (NUANCES) Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) Centro

Leia mais

Palavras chaves: Homofobia; Educação; Evasão escolar; Sexualidades.

Palavras chaves: Homofobia; Educação; Evasão escolar; Sexualidades. SAINDO DO ARMÁRIO E DA ESCOLA: ÍNDICES E CAUSAS DE EVASÃO DE INDIVÍDUOS NÃO HETEROSSEXUAIS DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO Yan Faria Moreira IFES-ST yfariam@gmail.com Resumo: Trata-se de um estudo do tipo Survey

Leia mais

Sessão Pública de Apresentação do Plano Nacional de Acção do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos

Sessão Pública de Apresentação do Plano Nacional de Acção do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos 2007 Sessão Pública de Apresentação do Plano Nacional de Acção do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos 2007 23 de Fevereiro de 2007. Miguel Vale de Almeida MIGUELVALEDEALMEIDA.NET 2007

Leia mais

A SITUAÇÃO SOBRE OS CASAMENTOS PREMATUROS EM MOÇAMBIQUE E A LEGISLAÇÃO RELACIONADA. Maputo, Dezembro de 2015

A SITUAÇÃO SOBRE OS CASAMENTOS PREMATUROS EM MOÇAMBIQUE E A LEGISLAÇÃO RELACIONADA. Maputo, Dezembro de 2015 MINISTÉRIO DO GÉNERO, CRIANÇA E ACÇÃO SOCIAL A SITUAÇÃO SOBRE OS CASAMENTOS PREMATUROS EM MOÇAMBIQUE E A LEGISLAÇÃO RELACIONADA Maputo, Dezembro de 2015 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO 1. Introdução; 2. Situação

Leia mais

2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL

2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE Cursos Científico-Humanísticos Ano Letivo 2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL SOCIOLOGIA (12º ano) Página 1 de 6 Competências Gerais Desenvolver a consciência dos direitos e

Leia mais

Proposta de redação: Em pauta, a homofobia. A omissão pode ser sinal de violência.

Proposta de redação: Em pauta, a homofobia. A omissão pode ser sinal de violência. Homofobia Proposta de redação: Em pauta, a homofobia. A omissão pode ser sinal de violência. Homofobia: Ao completo descaso da Constituição Federal, que assegura a todos os brasileiros o exercício dos

Leia mais

SUMÁRIO Sexualidade, medo e preconceito Expressões, nomes e nomenclaturas Antes O papel das religiões...

SUMÁRIO Sexualidade, medo e preconceito Expressões, nomes e nomenclaturas Antes O papel das religiões... SUMÁRIO APRESENTAÇÃO À 7.ª EDIÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO À 6.ª EDIÇÃO... 15 APRESENTAÇÃO À 5.ª EDIÇÃO... 19 APRESENTAÇÃO À 4.ª EDIÇÃO... 25 APRESENTAÇÃO À 3.ª EDIÇÃO... 27 APRESENTAÇÃO À 2.ª EDIÇÃO... 29 APRESENTAÇÃO

Leia mais

Jairo Luis Brod QUANDO O LEGISLATIVO NÃO LEGISLA...: O caso do Projeto de lei nº 1.151/1995, que disciplina a união civil entre pessoas do mesmo sexo

Jairo Luis Brod QUANDO O LEGISLATIVO NÃO LEGISLA...: O caso do Projeto de lei nº 1.151/1995, que disciplina a união civil entre pessoas do mesmo sexo Jairo Luis Brod QUANDO O LEGISLATIVO NÃO LEGISLA...: O caso do Projeto de lei nº 1.151/1995, que disciplina a união civil entre pessoas do mesmo sexo Projeto de pesquisa apresentado ao Programa de Pós-Graduação

Leia mais

O CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS, no uso de suas atribuições legais e;

O CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS, no uso de suas atribuições legais e; RESOLUÇÃO Nº.../2016 EMENTA: Regulamenta a política de utilização do nome social para pessoas que se autodenominam travestis, transexuais, transgêneros e intersexual no âmbito do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL DIVERSIDADE DE SUJEITOS E IGUALDADE DE DIREITOS NO SUS

SEMINÁRIO NACIONAL DIVERSIDADE DE SUJEITOS E IGUALDADE DE DIREITOS NO SUS CARTA DE BRASÍLIA CARTA DE BRASÍLIA Durante a realização do SEMINÁRIO NACIONAL DIVERSIDADE DE SUJEITOS E IGUALDADE DE DIREITOS NO SUS, promovido pelo Ministério da Saúde em parceria com os Movimentos Sociais,

Leia mais

A mulher casada antes e depois do 25 de Abril:

A mulher casada antes e depois do 25 de Abril: A mulher casada antes e depois do 25 de Abril: A evolução da sua situação jurídica em Alexandra Teixeira de Sousa Maio de 2011. A mulher casada antes e depois do 25 de Abril: evolução da situação jurídica

Leia mais

Superando o preconceito e a discriminação na escola

Superando o preconceito e a discriminação na escola Superando o preconceito e a 1 Superando o preconceito e a discriminação na escola discriminação na escola 1 Imagem: Produção da Equipe de Educação Básica do Núcleo Regional de Educação de Pitanga/ Juçara

Leia mais

Liberdade religiosa e a conquista dos direitos dos homossexuais: um breve estudo sobre um dos debates mais polêmicos no Brasil.

Liberdade religiosa e a conquista dos direitos dos homossexuais: um breve estudo sobre um dos debates mais polêmicos no Brasil. Liberdade religiosa e a conquista dos direitos dos homossexuais: um breve estudo sobre um dos debates mais polêmicos no Brasil. Manuela Jade Silva MATOS 1 Resumo: Observando-se as atuais relações sócias

Leia mais

Ricardo Andrade Coitinho Filho 7

Ricardo Andrade Coitinho Filho 7 Elementos-chave em um debate sobre família, casamento e homossexualidades. Resenha de: ALMEIDA, Miguel Vale de. A chave do armário: homossexualidade, casamento, família. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2010.

Leia mais

CÔNJUGES DO MESMO SEXO E CASAIS GAYS. DOS DADOS DO IBGE À DIVULGAÇÃO NA IMPRENSA, SOB O PRISMA DA ÉTICA JORNALÍSTICA.

CÔNJUGES DO MESMO SEXO E CASAIS GAYS. DOS DADOS DO IBGE À DIVULGAÇÃO NA IMPRENSA, SOB O PRISMA DA ÉTICA JORNALÍSTICA. CÔNJUGES DO MESMO SEXO E CASAIS GAYS. DOS DADOS DO IBGE À DIVULGAÇÃO NA IMPRENSA, SOB O PRISMA DA ÉTICA JORNALÍSTICA. Apresentação Darcy Anderson Daltio Bacharel em Comunicação Social - Jornalismo pela

Leia mais

Everton Alfonsin/Presidente

Everton Alfonsin/Presidente Acreditando que a religião pode contribuir com reflexões para que as pessoas repensem suas ações, reformulem seus objetivos e reorganizem o projeto de vida, a FAUERS tem seu campo de ação voltado, também,

Leia mais

Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) Portaria nº 2.836, de 1º de dezembro de 2011

Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) Portaria nº 2.836, de 1º de dezembro de 2011 1 2 A Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), instituída pelo Ministério da Saúde, por meio da Portaria nº 2.836, de 1º de dezembro de 2011, garante

Leia mais

PROJETO EDUCAÇÃO SEM HOMOFOBIA INSTAURANDO O DEBATE EM HOMOPARENTALIDADE. Manuela Magalhães.

PROJETO EDUCAÇÃO SEM HOMOFOBIA INSTAURANDO O DEBATE EM HOMOPARENTALIDADE. Manuela Magalhães. PROJETO EDUCAÇÃO SEM HOMOFOBIA INSTAURANDO O DEBATE EM TORNO DA HOMOPARENTALIDADE Manuela Magalhães manusm@gmail.com OBJETIVOS: Conceituar e debater homoparentalidade, família e configurações homoparentais

Leia mais

A CIÊNCIA POR TRAS DO SEXO

A CIÊNCIA POR TRAS DO SEXO Corpo, prazer, identidade e emoções sob o olhar científico A CIÊNCIA POR TRAS DO SEXO RESPOSTAS PARA O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER Ler & Saber - Ano 6, nº 10-2017 R$ 9,90 TRANS É menina ou menino? Quando

Leia mais

AG/RES (XLIII-O/13) DIREITOS HUMANOS, ORIENTAÇÃO SEXUAL E 12/3/ 4/5/ 6 7/ IDENTIDADE E EXPRESSÃO DE GÊNERO

AG/RES (XLIII-O/13) DIREITOS HUMANOS, ORIENTAÇÃO SEXUAL E 12/3/ 4/5/ 6 7/ IDENTIDADE E EXPRESSÃO DE GÊNERO ASSEMBLEIA GERAL QUADRAGÉSIMO TERCEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES OEA/Ser.P 4 a 6 de junho de 2013 AG/RES. 2807 (XLIII-O/13) La Antigua, Guatemala 6 junho 2013 Original: português AG/RES. 2807 (XLIII-O/13)

Leia mais

HOMOFOBIA, VIOLÊNCIA E CRIMINALIDADE: O QUE SE VIVE NO BRASIL?

HOMOFOBIA, VIOLÊNCIA E CRIMINALIDADE: O QUE SE VIVE NO BRASIL? HOMOFOBIA, VIOLÊNCIA E CRIMINALIDADE: O QUE SE VIVE NO BRASIL? Sande Maria Gurgel D Ávila (1) Universidade Federal do Ceará, sandedavila@yahoo.com.br RESUMO: A homofobia, a violência e a criminalidade

Leia mais

Relacionamento Homossexual

Relacionamento Homossexual Relacionamento Homossexual Roberta Atherton O relacionamento entre pessoas do mesmo sexo ainda é uma questão controversa para a maior parte da população da Grande Vitória, conforme pode ser averiguado

Leia mais

Projecto-Lei n.º 29/XIII

Projecto-Lei n.º 29/XIII ProjectoLei n.º 29/XIII Assegura a igualdade de direitos no acesso a técnicas de Procriação Medicamente Assistida, procedendo à segunda alteração à lei n.º 32/2006 de 26 de Junho Exposição de motivos No

Leia mais

Primeira Parte / Primeiro Dia

Primeira Parte / Primeiro Dia 澳門法務局 Direcção dos Serviços de Assuntos de Justiça Nona Conferência Internacional sobre As Reformas Jurídicas de Macau no Contexto Global O Direito, a Sexualidade e a Família Organização: Centro de Estudos

Leia mais

Sexualidade infantil?

Sexualidade infantil? Questões de sexualidade e gênero Colégio Miguel de Cervantes 20.10.2011 Prof.a Célia L. Amaral de Almeida Sexualidade infantil? A sexualidade é uma coisa natural nos seres humanos, é uma função como tantas

Leia mais

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS PROJETO DE LEI N o 5.002, DE 2013 Dispõe sobre o direito à identidade de gênero e altera o art. 58 da Lei nº 6.015 de 31 de dezembro de 1973. Autores: Deputados

Leia mais

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei n.º 371/XI

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei n.º 371/XI Grupo Parlamentar Projecto de Lei n.º 371/XI Alteração à Lei 53-B/2006, de 29 de Dezembro, estabelece o valor das pensões no caso da manutenção do valor do IAS Exposição de motivos Actualmente com a vigência

Leia mais

IGUALDADE NÃO É (SÓ) QUESTÃO DE MULHERES

IGUALDADE NÃO É (SÓ) QUESTÃO DE MULHERES IGUALDADE NÃO É (SÓ) QUESTÃO DE MULHERES TERESA MANECA LIMA SÍLVIA ROQUE DIFERENÇAS ENTRE HOMENS E MULHERES APENAS UMA QUESTÃO DE SEXO? SEXO GÉNERO SEXO: conjunto de características biológicas e reprodutivas

Leia mais

SEMANA 5 DISCRIMINAÇAO DE GÊNERO NO CONTEXTO DA DESIGUALDADE SOCIAL ÉTNICO-RACIAL

SEMANA 5 DISCRIMINAÇAO DE GÊNERO NO CONTEXTO DA DESIGUALDADE SOCIAL ÉTNICO-RACIAL SEMANA 5 DISCRIMINAÇAO DE GÊNERO NO CONTEXTO DA DESIGUALDADE SOCIAL ÉTNICO-RACIAL Autor (unidade 1 e 2): Prof. Dr. Emerson Izidoro dos Santos Colaboração: Paula Teixeira Araujo, Bernardo Gonzalez Cepeda

Leia mais

Eduarda Ferreira Regina Salvador e-geo, FCSH, UNL. Representações de Espaços Públicos de (Des)Igualdade

Eduarda Ferreira Regina Salvador e-geo, FCSH, UNL. Representações de Espaços Públicos de (Des)Igualdade Eduarda Ferreira Regina Salvador e-geo, FCSH, UNL Representações de Espaços Públicos de (Des)Igualdade 2 Contexto e objectivo Contexto Projecto de investigação Representing Spaces of (In)Equality: Layers

Leia mais

Transcrição da Entrevista - Entrevistado do grupo amostral constituído por indivíduos com orientação heterossexual 6 (online)

Transcrição da Entrevista - Entrevistado do grupo amostral constituído por indivíduos com orientação heterossexual 6 (online) Transcrição da Entrevista - Entrevistado do grupo amostral constituído por indivíduos com orientação heterossexual 6 (online) [Sexo: mulher] Entrevistador: Olá. Boa tarde. Entrevistado: Muito boa tarde.

Leia mais

DIVERSIDADE SEXUAL NA ESCOLA: ESTRATÉGICAS DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA POPULAÇÃO LGBTT NO IFPE RECIFE E NA REDE ESTADUAL DE PERNAMBUCO

DIVERSIDADE SEXUAL NA ESCOLA: ESTRATÉGICAS DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA POPULAÇÃO LGBTT NO IFPE RECIFE E NA REDE ESTADUAL DE PERNAMBUCO DIVERSIDADE SEXUAL NA ESCOLA: ESTRATÉGICAS DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA POPULAÇÃO LGBTT NO IFPE RECIFE E NA REDE ESTADUAL DE PERNAMBUCO COORDENADORA: DANIELA BARROS COLABORADORES/COLABORADORAS:

Leia mais

Preconceito Sexual e Homoparentalidade

Preconceito Sexual e Homoparentalidade Preconceito Sexual e Homoparentalidade Pedro Alexandre Costa, Ph.D. Unidade de Investigação em Psicologia e Saúde (UIPES), ISPA-IU pcosta@ispa.pt Co-autores: Henrique Pereira & Isabel Leal Homoparentalidade

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º /X

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º /X Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º /X Recomenda ao governo a adopção, por parte das forças e serviços de segurança, de procedimentos singulares na sua relação com a população LGBT lésbicas, gays,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 558, DE 29 DE MAIO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 558, DE 29 DE MAIO DE 2015 Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria Estadual de Administração Penitenciária RESOLUÇÃO Nº 558, DE 29 DE MAIO DE 2015 Estabelece diretrizes e normativas para o tratamento da população LGBT no

Leia mais

PROJETO DE CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA NO BRASIL (PROJETO DE LEI DA CÂMARA 122 DE PLC 122/2006)

PROJETO DE CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA NO BRASIL (PROJETO DE LEI DA CÂMARA 122 DE PLC 122/2006) PROJETO DE CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA NO BRASIL (PROJETO DE LEI DA CÂMARA 122 DE 2006 - PLC 122/2006) Lucas Fernando ROSSATO 1 RESUMO: A sexualidade humana é uma dimensão da experiência social permeada

Leia mais

TESE LGBT PARA O XI CONGRESSO DE ESTUDANTES DA USP

TESE LGBT PARA O XI CONGRESSO DE ESTUDANTES DA USP TESE LGBT PARA O XI CONGRESSO DE ESTUDANTES DA USP A autoorganização das LGBT da USP é uma necessidade urgente que não pode ser adiada! Para transversalizar de fato a pauta LGBT e formular políticas que

Leia mais

PLANO OPERATIVO DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL DE LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS - LGBT

PLANO OPERATIVO DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL DE LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS - LGBT PLANO OPERATIVO DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL DE LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS - LGBT Departamento de Apoio à Gestão Participativa /DAGEP Secretaria de Gestão Estratégica

Leia mais

Pontos-chave relativos à intervenção feita no dia 16 de julho de na CPACDLG relativamente ao Projeto de Lei n.º 278/XII que

Pontos-chave relativos à intervenção feita no dia 16 de julho de na CPACDLG relativamente ao Projeto de Lei n.º 278/XII que Carlos Pamplona Corte-Real Pontos-chave relativos à intervenção feita no dia 16 de julho de 2013 na CPACDLG relativamente ao Projeto de Lei n.º 278/XII que Consagra a possibilidade de co-adoção pelo cônjuge

Leia mais

InfoReggae - Edição Especial 23 de outubro de 2013 Como pensa o trabalhador do AfroReggae. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição Especial 23 de outubro de 2013 Como pensa o trabalhador do AfroReggae. Coordenador Executivo José Júnior Patrocínio: Patrocínio: O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das

Leia mais

CONFERÊNCIAS NACIONAIS REALIZADAS ( )

CONFERÊNCIAS NACIONAIS REALIZADAS ( ) 1 CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE 1.1 1ª Conferência Nacional de Juventude Secretaria-Geral da Presidência da República Brasília-DF 27 a 30/04/2008 SIM SIM SIM 2 CONFERÊNCIA DE GAYS, LÉSBICAS,BISSEXUAIS,

Leia mais

A ORIENTAÇÃO SEXUAL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA: UM DEBATE NECESSÁRIO

A ORIENTAÇÃO SEXUAL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA: UM DEBATE NECESSÁRIO 438 A ORIENTAÇÃO SEXUAL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA: UM DEBATE NECESSÁRIO Letícia Lucia Silva Santos (UniUBE) Jaqueline de Melo Barros (UniUBE) Ao considerarmos que a discussão sobre diversidade

Leia mais

SUMÁRIO. l. INTRODUÇÃO... 17

SUMÁRIO. l. INTRODUÇÃO... 17 SUMÁRIO l. INTRODUÇÃO... 17 2. CONSTITUIÇÃO FEDERAL E LIBAÇÕES FUNDAMENTAIS... 21 2.1 Conceito de Constituição... 21 2.2 Direitos e garantias fundamentais... 26 2.3 Hegemonia constitucional... 29 3. MORAL,

Leia mais

História da sexualidade: a sexualidade como construção social

História da sexualidade: a sexualidade como construção social Daniel Arruda Ilana Mountian Leonel Cardoso Leonardo Tolentino Paulo Nogueira Projeto Educação sem Homofobia 2010 Encontro 5 Sexo é visto como algo natural. Ser homem e mulher é uma experiência que se

Leia mais

Financiado por: Revisão linguística: Rui Manjate. Imagens: Shutterstock. Layout: Danilo da Silva. Maputo, Dezembro de 2014

Financiado por: Revisão linguística: Rui Manjate. Imagens: Shutterstock. Layout: Danilo da Silva. Maputo, Dezembro de 2014 Financiado por: 2 Textos: Carina Capitine, Dário de Sousa, Henv Mafundza Revisão linguística: Rui Manjate Imagens: Shutterstock Layout: Danilo da Silva 2014 Maputo, Dezembro de 2014 Índice Glossário 4

Leia mais

A homofobia que nos mata todo dia

A homofobia que nos mata todo dia Não há hoje no Brasil uma única lei específica que combata e reprima a homofobia. Consequentemente, a ausência de lei penal fomenta uma cultura de impunidade de atos violentos contra LGBT. Some-se à omissão

Leia mais

Homofobia: Percepção e aceitação da população picoense com relação a relacionamentos homossexuais.

Homofobia: Percepção e aceitação da população picoense com relação a relacionamentos homossexuais. Homofobia: Percepção e aceitação da população picoense com relação a relacionamentos homossexuais. Eliane Nunes Pereira 1, Hellen Sandy Barros dos Santos 2, Luzilene Maria 3, Pedro Vinícius Lopes 4 Ribeiro,

Leia mais

GUIÃO DE ORIENTAÇÃO PARA PAIS, MÃES E FAMILIARES DE HOMOSSEXUAIS

GUIÃO DE ORIENTAÇÃO PARA PAIS, MÃES E FAMILIARES DE HOMOSSEXUAIS GUIÃO DE ORIENTAÇÃO PARA PAIS, MÃES E FAMILIARES DE HOMOSSEXUAIS CARO PAI, CARA MÃE Este guião foi elaborado para orientar todas as pessoas que tenham em sua convivência filhos ou familiares homossexuais.

Leia mais

ATITUDES DOS/AS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS/AS DOS MESTRADOS EM ENSINO E EM EDUCAÇÃO FACE À HOMOSSEXUALIDADE. Regina Alves Teresa Vilaça

ATITUDES DOS/AS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS/AS DOS MESTRADOS EM ENSINO E EM EDUCAÇÃO FACE À HOMOSSEXUALIDADE. Regina Alves Teresa Vilaça ATITUDES DOS/AS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS/AS DOS MESTRADOS EM ENSINO E EM EDUCAÇÃO FACE À HOMOSSEXUALIDADE Regina Alves Teresa Vilaça Universidade do Minho rgnalves@gmail.com tvilaça@ie.uminho.pt RESUMO:

Leia mais

UMA INTRODUÇÃO AO PENSAR QUEER

UMA INTRODUÇÃO AO PENSAR QUEER UMA INTRODUÇÃO AO PENSAR QUEER Cássia Rodrigues Gonçalves * Louro, Guacira Lopes. Um corpo estranho: ensaios sobre sexualidade e teoria queer. 2. ed. Belo horizonte: Autêntica, 2013. A obra Um Corpo Estranho:

Leia mais

Sem Cerimónia nem Papéis Um estudo sobre as Uniões de facto em Portugal. Ficha de Caracterização dos Entrevistados e Cônjuges Parte I

Sem Cerimónia nem Papéis Um estudo sobre as Uniões de facto em Portugal. Ficha de Caracterização dos Entrevistados e Cônjuges Parte I Sem Cerimónia nem Papéis Um estudo sobre as Uniões de facto em Portugal Ficha de Caracterização dos Entrevistados e Cônjuges Parte I Q1. Sexo M F Concelho de Residência / Distrito --------------- Q2. Situação

Leia mais

Homofobia: Não é somente por respeito é uma questão de direitos 1

Homofobia: Não é somente por respeito é uma questão de direitos 1 Homofobia: Não é somente por respeito é uma questão de direitos 1 Luimar Ferreira GOMES 2 Rhanica Evelise Toledo COUTINHO 3 Douglas Baltazar GONÇALVES 4 Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA,

Leia mais

CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA: DISCUSSÕES ACERCA DO PROJETO DE LEI DA CÂMARA 122/2006

CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA: DISCUSSÕES ACERCA DO PROJETO DE LEI DA CÂMARA 122/2006 CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA: DISCUSSÕES ACERCA DO PROJETO DE LEI DA CÂMARA 122/2006 Autor: João Daniel Vilas Boas Taques, UEPG E-mail: jd_taques@hotmail.com Co-autor: Fernanda Dezontine Piotrowski, UEPG,

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015

PLANO DE ATIVIDADES 2015 PLANO DE ATIVIDADES 2015 ÍNDICE ENQUADRAMENTO QUEM SOMOS MISSÃO, VISÃO E VALORES SERVIÇOS À COMUNIDADE MISSÃO PRINCIPAL DA COOPERATIVA RESPOSTAS SOCIAIS ESTRATÉGIAS CHAVE QUAIS SÃO AS ESTRATÉGIAS CHAVE

Leia mais

ALTERA O CÓDIGO CIVIL, PERMITINDO O CASAMENTO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO

ALTERA O CÓDIGO CIVIL, PERMITINDO O CASAMENTO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO Grupo Parlamentar Projecto de lei n.º 14/XI ALTERA O CÓDIGO CIVIL, PERMITINDO O CASAMENTO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO Exposição de Motivos: O significado histórico do reconhecimento da igualdade A alteração

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GAVIÃO. Ano letivo Turma: Docente Responsável pelo projeto:

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GAVIÃO. Ano letivo Turma: Docente Responsável pelo projeto: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GAVIÃO Escola Ano letivo 2013-2014 Turma: Docente Responsável pelo projeto: SEXUALIDADE (...) É um aspeto central do ser humano, que acompanha toda a vida e que envolve o sexo,

Leia mais

O debate sobre a diversidade sexual na escola: Reflexões acerca do combate à homofobia no contexto escolar 1

O debate sobre a diversidade sexual na escola: Reflexões acerca do combate à homofobia no contexto escolar 1 Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a 28 de agosto de 2008 O debate sobre a diversidade sexual na escola: Reflexões acerca do combate à homofobia no contexto escolar 1 Vagner

Leia mais

O DIA 17 DE MAIO E NO COMBATE À A LUTA CONTRA A LGBTFOBIA É DE TODAS (OS) NÓS!

O DIA 17 DE MAIO E NO COMBATE À A LUTA CONTRA A LGBTFOBIA É DE TODAS (OS) NÓS! O DIA 17 DE MAIO E O PAPEL DO SUAS NO COMBATE À LGBTFOBIA NO BRASIL A LUTA CONTRA A LGBTFOBIA É DE TODAS (OS) NÓS! O SUAS contra a LGBTfobia O dia 17 de maio é conhecido mundialmente como o Dia Internacional

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 813/XII/4.ª REFORÇA A PROTEÇÃO DAS MULHERES GRÁVIDAS, PUÉRPERAS OU LACTANTES NO CÓDIGO DE TRABALHO

PROJETO DE LEI N.º 813/XII/4.ª REFORÇA A PROTEÇÃO DAS MULHERES GRÁVIDAS, PUÉRPERAS OU LACTANTES NO CÓDIGO DE TRABALHO Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 813/XII/4.ª REFORÇA A PROTEÇÃO DAS MULHERES GRÁVIDAS, PUÉRPERAS OU LACTANTES NO CÓDIGO DE TRABALHO Exposição de motivos No quadro da discriminação das mulheres, nomeadamente

Leia mais

DE "TEMAS POLÊMICOS" A "SUJEITOS DE DIREITOS": LGBT NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE DIREITOS HUMANOS E DE EDUCAÇÃO (BRASIL, )

DE TEMAS POLÊMICOS A SUJEITOS DE DIREITOS: LGBT NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE DIREITOS HUMANOS E DE EDUCAÇÃO (BRASIL, ) DE "TEMAS POLÊMICOS" A "SUJEITOS DE DIREITOS": LGBT NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE DIREITOS HUMANOS E DE EDUCAÇÃO (BRASIL, 1996-2010) Marcelo Daniliauskas 1 Desde 1996 temáticas como homossexualidade, diversidade

Leia mais

Número médio de crianças por mulher aumentou ligeiramente

Número médio de crianças por mulher aumentou ligeiramente Estatísticas Demográficas 2010 16 de dezembro de 2011 Número médio de crianças por mulher aumentou ligeiramente De acordo com os factos demográficos registados, em 2010 o número de nados vivos aumentou

Leia mais

Famílias sintomáticas

Famílias sintomáticas Opção Lacaniana online nova série Ano 4 Número 10 março 2013 ISSN 2177-2673 1 Fabian Fajnwaks O desejo de formar família encontrou uma espécie de interpretação na resposta recente de nossos governantes:

Leia mais

A ESCOLA QUE PROTEGE CONTRA A HOMOFOBIA

A ESCOLA QUE PROTEGE CONTRA A HOMOFOBIA A ESCOLA QUE PROTEGE CONTRA A HOMOFOBIA José Cleudo Gomes 1 Universidade Federal da Paraíba UFPB cleudogomes@hotmail.com RESUMO A prevenção da homofobia no ambiente escolar é de fundamental importância

Leia mais

PALAVRAS-CHAVES: Educação- Gênero- Sexualidade- Formação Docente.

PALAVRAS-CHAVES: Educação- Gênero- Sexualidade- Formação Docente. FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM GÊNERO E SEXUALIDADE: OLHARES DIVERSOS Taisa de Sousa Ferreira 1 RESUMO: Esse relato pretende expor a experiência vivenciada a partir de duas ações de formação de professores

Leia mais

Primeira Parte / Primeiro Dia

Primeira Parte / Primeiro Dia 澳門法務局 Direcção dos Serviços de Assuntos de Justiça Nona Conferência Internacional sobre As Reformas Jurídicas de Macau no Contexto Global O Direito, a Sexualidade e a Família Organização: Centro de Estudos

Leia mais

Portaria do Ministério da Saúde que institui a Política Nacional de Saúde Integral LGBT

Portaria do Ministério da Saúde que institui a Política Nacional de Saúde Integral LGBT Portaria do Ministério da Saúde que institui a Política Nacional de Saúde Integral LGBT GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 2.836, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2011 Institui, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS),

Leia mais

Conferência. Miguel Vale de Almeida MIGUELVALEDEALMEIDA.NET 2008

Conferência. Miguel Vale de Almeida MIGUELVALEDEALMEIDA.NET 2008 2008 Conferência na Conferência Internacional da Juventude Socialista sobre Casamento entre Pessoas do Mesmo Sexo. Auditório da Assembleia da República, 16 de Julho. Miguel Vale de Almeida MIGUELVALEDEALMEIDA.NET

Leia mais

Apresentação da UMAR

Apresentação da UMAR Apresentação da UMAR A UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta - é uma associação sem fins lucrativos, formada em 1976. Sendo uma associação feminista, desde há quarenta anos, tem como filosofia

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 11

Transcrição de Entrevista nº 11 Transcrição de Entrevista nº 11 E Entrevistador E11 Entrevistado 11 Sexo Masculino Idade 25anos Área de Formação Engenharia Informática E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante o

Leia mais

VIOLÊNCIA CONTRA MINORIAS SEXUAIS: PERFIL DOS AGRAVOS NO INTERIOR DO CEARÁ

VIOLÊNCIA CONTRA MINORIAS SEXUAIS: PERFIL DOS AGRAVOS NO INTERIOR DO CEARÁ VIOLÊNCIA CONTRA MINORIAS SEXUAIS: PERFIL DOS AGRAVOS NO INTERIOR DO CEARÁ Grayce Alencar Albuquerque (1); Sáskya Jorgeanne Barros Bezerra (2) (1) Universidade Regional do Cariri, e-mail: geycyenf.ga@gmail.com

Leia mais

REFLEXÕES DE GÊNERO, SEXUALIDADES, DIVERSIDADE SEXUAL: POSSIBILIDADES E LIMITES NA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO SERVIÇO SOCIAL.

REFLEXÕES DE GÊNERO, SEXUALIDADES, DIVERSIDADE SEXUAL: POSSIBILIDADES E LIMITES NA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO SERVIÇO SOCIAL. REFLEXÕES DE GÊNERO, SEXUALIDADES, DIVERSIDADE SEXUAL: POSSIBILIDADES E LIMITES NA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO SERVIÇO SOCIAL. LUIZA CARLA CASSEMIRO 1 RESUMO: O artigo tem como objetivo explicitar como

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 67 Como Pensa o Trabalhador do AfroReggae 2015 09 de janeiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social

Leia mais

VIADO BOM É VIADO VIVO: PELA CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA EM RESPEITO AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS

VIADO BOM É VIADO VIVO: PELA CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA EM RESPEITO AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS VIADO BOM É VIADO VIVO: PELA CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA EM RESPEITO AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS Francisco Diógenes Freires Ferreira Complexo de Ensino Renato Saraiva profdiogenesferreira@gmail.com RESUMO:

Leia mais

DECRETO N.º 27/XIII. Artigo 1.º Objeto. Artigo 2.º Alteração à Lei n.º 32/2006, de 26 de julho

DECRETO N.º 27/XIII. Artigo 1.º Objeto. Artigo 2.º Alteração à Lei n.º 32/2006, de 26 de julho DECRETO N.º 27/XIII Regula o acesso à gestação de substituição, procedendo à terceira alteração à Lei n.º 32/2006, de 26 de julho (procriação medicamente assistida) A Assembleia da República decreta, nos

Leia mais

TCC Casamento Igualitário

TCC Casamento Igualitário E.E.MARCELO TULMAN NETO ALAN DE ARAUJO ARIEL CRISTINA MARIANNO DO NASCIMENTO GRACE KELLY SANTOS DA SILVA ISABELA CRUZ SILVA TCC Casamento Igualitário SÃO PAULO 2016 ALAN DE ARAUJO ARIEL CRISTINA MARIANNO

Leia mais

Salomão Cunha Lima, Executivo de Relações Governamentais Floriano Pesaro, Secretário de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo

Salomão Cunha Lima, Executivo de Relações Governamentais Floriano Pesaro, Secretário de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo Evento: 2º Aniversário do Grupo de Diversidade LGBT no Ambiente Corporativo- GAMES (Government Affairs, Media, Entrepreneurs & Supporters) Qual é a nossa diversidade? Precisamos repensar a representatividade

Leia mais

ALTERAÇÕES PT Unida na diversidade PT 2011/0059(CNS) Projeto de parecer Evelyne Gebhardt (PE v01-00)

ALTERAÇÕES PT Unida na diversidade PT 2011/0059(CNS) Projeto de parecer Evelyne Gebhardt (PE v01-00) PARLAMENTO EUROPEU 2009-2014 Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos 26.6.2012 2011/0059(CNS) ALTERAÇÕES 26-38 Projeto de parecer Evelyne Gebhardt (PE473.957v01-00) sobre a

Leia mais

A HOMOTRANSFOBIA E SUA RELAÇÃO COM O SERVIÇO SOCIAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA

A HOMOTRANSFOBIA E SUA RELAÇÃO COM O SERVIÇO SOCIAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA A HOMOTRANSFOBIA E SUA RELAÇÃO COM O SERVIÇO SOCIAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA Marco Gimenes dos Santos 1 RESUMO A homotransfobia é violência contra gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais que

Leia mais