a) As inscrições terminarão quando se atingirem o número total de quartos disponíveis a) Pagamento Integral (100%) (Bilhete de Avião - ver alínea d);

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "a) As inscrições terminarão quando se atingirem o número total de quartos disponíveis a) Pagamento Integral (100%) (Bilhete de Avião - ver alínea d);"

Transcrição

1 Páscoa na Neve 09 Regulamento para Inscrições Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Páscoa na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos, devoluções, cheques, entrada da inscrição e validação da ficha de inscrição do participante e ainda deveres e obrigações, quer dos participantes, quer da Organização. Por outro lado, estabelece igualmente os procedimentos para a imputação da base de dados dos participantes, hora da inscrição, bem como os responsáveis por áreas (inscrições, imputação da base de dados, depósitos e informações da actividade). O regulamento é entregue ao participante, para ler, ainda antes da inscrição ser validada. Participantes Preenchimento dos Dados Artigo 1º - Os participantes devem, obrigatoriamente, preencher todos os campos da ficha de inscrição (Letra de Máquina), executar o pagamento conforme estabelecido no ARTIGO 4º e assinar; Data de Entrada das Inscrições Artigo 2º - Para efeitos de estabelecer a ordem de entrada da Inscrição, a ficha de inscrição tem de conter, obrigatoriamente, a hora e o dia (canto superior direito). Este procedimento é executado pelo responsável da inscrição da Secretaria, com rubrica do mesmo. Limite de inscrições (vagas) e data Limite das inscrições Artigo 3º - A organização estabeleceu para esta actividade o número limite em função do número de quartos disponíveis 4O. a) As inscrições terminarão quando se atingirem o número total de quartos disponíveis b) Depois de se atingirem as vagas estipuladas todas as outras ficarão em lista de espera e/ou condicionadas à disponibilidade da operadora; Pagamentos Artigo 4º - No acto da inscrição é necessário efectuar o pagamento da actividade. a) Pagamento Integral (100%) (Bilhete de Avião - ver alínea d); b) Existe a possibilidade de no acto da inscrição efectuar um pagamento de 50% (Bilhete de Avião - ver alínea d), sendo a 2ª prestação liquidada até dia 19 de Março, às 22h00, obrigatoriamente;

2 c) A partir do dia 19 de Março, qualquer participante que se inscreva pela 1ª vez deverá efectuar o pagamento na íntegra; d) Bilhete de Avião Incluído no cálculo no Pagamento Integral ou 50% O pagamento integral e/ou 50% é efectuado com base no calculo do preço do bilhete de avião (preço referência - 140,00 ), salvo não seja requisitado este serviço pelo participante. O preço do bilhete (Avião) é meramente indicativo, podendo alterar em função da data de reserva. O preço final é estabelecido pelo somatório de todos os pagamentos a dividir pelo nº total de participantes, que vão de Avião. A organização compromete-se a informar o participante caso o preço do bilhete de avião ultrapasse os 30% de referência. Comprovativo do Pagamento em Cheque e/ou Numerário Artigo 5º - Todos os pagamentos deverão ser registados no documento Comprovativo de Pagamento (CP). Deverá ser tirada uma fotocópia ao CP e entregar a cópia ao Participante. O CP deverá ser assinado pelo participante e pelo responsável da inscrição com o seguinte registo (pagamento 50% - 100%), Data e Grupo, e se for o caso, a quantos participantes corresponde (Nº e Nomes); Desistências e Devoluções Artigo 6º a) Todos os participantes que desistirem até às 22h00, do dia 19 de Março, têm direito a receber a totalidade do valor pago até à data, excepto o valor referente ao bilhete de Avião (Salvo adesões ao seguro da companhia aérea (opcional no acto da inscrição) - ver condições gerais de seguro das companhias); b) Quem não efectuar o pagamento até dia 19 de Março, às 22h00, é automaticamente substituído por um participante que esteja em lista de espera, com direito a devolução da totalidade do valor pago até à data, excepto o valor referente ao bilhete de Avião; c) Caso não se cumpra o estipulado na Alínea anterior, no que se refere à substituição, o participante não terá direito à devolução da totalidade do valor pago até à data, incluindo o Avião; Condições Gerais do Transporte Avião Artigo 7º Inscrição, Reserva, Emissão do Bilhete de Avião e Imputação dos Dados do Participante Artigo 7.1º a) O Participante deverá preencher obrigatoriamente um formulário próprio para o efeito onde indicará o Nome, Apelido, BI/Passaporte, com ou sem mala de porão, com ou sem seguro e com ou sem equipamento desportivo;

3 b) A reserva de bilhete de avião é efectuada pela organização, via Internet, após a inscrição/pagamento (100% ou 50%) por parte do participante, conforme artigo 2º, alínea d); c) A Emissão do Bilhete é electrónica e será fornecida pela companhia aérea após pagamento da Organização; d) Caso não se confirme e/ou se efectua o estipulado na alínea a) não será possível por parte da Organização fazer a reserva do bilhete de Avião; Crianças e Bebés e) Documentos Obrigatórios Todas as crianças que viajarem no Carnaval/Páscoa na Neve é obrigatório a apresentação de BI ou Passaporte, sem ser aceite qualquer outro documento; f) Dentro do formulário próprio para Adultos existe ainda um campo para as Crianças e Bebés que deverá ser preenchido com o Nome, Apelido, BI/Passaporte e Data de nascimento. É Obrigatório ainda por cada bebé mencionar o Nome e Apelido do Adulto que o acompanha); g) Cada companhia Aérea tem normas específicas no que refere a Crianças e Bebés, nomeadamente à idade e preços de viajem. Neste sentido, os participantes estão sujeitos às normas que vigoram na companhia em que viajarem. Declaração de Menores (saída para o estrangeiro de Avião) h) Os casos apresentados em baixo, deverão ser acompanhados de uma declaração de autorização de saída de Portugal, do menor em questão, a apresentar ao balcão do Check in, no aeroporto, ou quando lhe for solicitado até á entrada no Avião: a. Criança(s) menor(es) não acompanhadas - Por ambos os Pais - Declaração de autorização dos dois Progenitores b. Criança(s) acompanha(s) só com o Pai ou só com a Mãe - Declaração de autorização do Progenitor que não irá na Viagem c. Pais separados /divorciados que se façam acompanhar com o(s) filho(s) menor(es) - Declaração do Poder Paternal (se for o caso chega) - Caso não se cumpra o estabelecido em cima terá que ter Declaração de autorização do Progenitor que não irá na Viagem;

4 Deveres/Obrigações da Organização e Participantes Artigo 7.2º a) À Organização cabe o dever de após a reserva efectuada: a. Disponibilizar o comprovativo de reserva do bilhete de avião, a ser entregue no balcão do Check In, para cada participante. b. Indicar o peso permitido pela Bagagem de Mão e de Porão (depende da companhia contratada); c. Zelar pelo bom funcionamento, durante todo o processo de embarque, dando apoio e informando os participantes; b) Aos Participantes cabe: a. Colaborar sempre com a organização, seguindo as instruções dadas pelo Staff Desistências, Trocas e Erros de Imputação Artigo 7.3º Check In Artigo 7.4º a) Em caso de desistência do participante não terá direito a devolução por parte da companhia Aérea, conforme estipulado no artigo 6º (Salvo tenha aderido ao seguro da companhia aérea (opcional no acto da inscrição) - ver condições gerais das companhias); b) Em caso de troca de nome por outra pessoa o participante terá que pagar um custo adicional, que varia conforme a companhia; c) Em caso de erro na imputação dos dados do participante, caso seja erro dos dados fornecidos por parte do mesmo, a organização não se responsabiliza, seguindo o estipulado na alínea a) deste mesmo artigo. Caso seja erro da Organização o participante não terá quaisquer custos adicionais e a organização compromete-se a reservar novo bilhete de avião; a) Todos os participantes deverão estar no aeroporto estabelecido, a indicar pela organização na reunião geral, 2 horas antes da hora de partida do Avião; b) Deverão ter em mão os comprovativos das reservas dos bilhetes de Avião e o BI/passaporte, conforme reserva, (confirmar no acto do levantamento conforme estipulado no artigo 7º.2 Alínea b);

5 Bagagem Artigo 7.5º c) Para as crianças e bebés é obrigatório a apresentação do BI ou Passaporte, conforme indicação no artigo 7.1º alínea e) e da declaração de menores, conforme 7.1º alínea h); a) Cada Participante poderá levar uma Bagagem de Porão e uma de Mão, variando o peso permitido conforme a companhia contratada. b) Cabe à organização informar os participantes, do peso permitido para a Bagagem de Mão e de Porão, a indicar na reunião geral de participantes (dia 21 de Março) e/ou por mail enviado aos participantes; Equipamento Desportivo Artigo 7.6º a) Cada Participante terá que pagar um custo adicional, por trajecto, pelo transporte do equipamento desportivo (ski e Snowboard), valor que varia conforme a companhia contratada. Seguro (Avião) Artigo 7.7º a) O seguro de viagem (específico do Avião) é opcional, com um custo adicional, que varia conforme a companhia; Seguro de Actividades (Espanhol e Português) Artigo 8º - a) O Participante deverá apresentar obrigatoriamente o NIF, sub pena de não poder estar devidamente inscrito no Seguro Português (SP); b) Os seguros de Actividades (Espanhol e Português) cobrem todo o tipo de lesões contraídas nas pistas sinalizadas para a prática dos desportos de Inverno, no período compreendido entre 04 a 08 de Abril, quando comprovadas devidamente; Seguro Português (síntese das condições) c) O Seguro Português (SP) vigora entre o dia 03 e o 09 de Abril e é OBRIGATÓRIO a sua adesão; d) O SP contempla Despesas de Tratamento e Repatriamento (DTR) em Portugal.

6 e) Os participantes têm disponíveis dois seguros à escolha: Gold DTR até 3500,00 e Platina - DTR até 5000,00 -, (de actividade e de viagem) e de morte ou Invalidez até ,00, para ambos, entre o período apresentado na alínea b) deste mesmo artigo, quando devidamente comprovadas; f) Embora o SP funcione como Upgrade do Espanhol, sendo uma extensão para Portugal para Despesas de Tratamento (DT) (o seguro espanhol não contempla DT em Portugal), é obrigatória a escolha de um dos seguros, Gold ou Platina; A sua rejeição obriga o participante a assinar um termo de responsabilidade; g) As Pessoas com idade inferior a 14 anos não ficam abrangidas pelo risco de morte; Activação do Seguro Espanha h) Todos os participantes deverão dar conhecimento à organização de todas as lesões contraídas nas pistas durante a actividade, para serem devidamente acompanhados e direccionados, e guardar todos os documentos do Hospital/clínica, para efeitos de comprovação junto do seguro; Portugal i) Todas as lesões contraídas na actividade que carecem de tratamento em Portugal deverão ser reportadas à companhia de seguros, através de formulário próprio para o efeito (Solicitar à organização), na semana seguinte à chegada a Portugal; Participantes com idade inferior a 12 anos (< = 12 anos) Artigo 9º - Todos os participantes com idade inferior ou igual a 12 anos têm de usar, obrigatoriamente, capacete Reuniões Artigo 10º - Dia 21 de Março pelas 18h00, na sede da innovation point - será realizada uma reunião geral com todos os participantes do Carnaval da Neve, para divulgação de informação e esclarecimento de dúvidas; Durante a Semana Carnaval na Neve Diariamente serão realizados briefing s depois da hora do Jantar; Casos Omissos Artigo 11º - Qualquer caso omisso que não seja considerado no regulamento será analisado pela organização;

Data de Entrada das Inscrições Artigo 2º Para efeitos de estabelecer a ordem de entrada da Inscrição, considera-se a data do envio do e-mail.

Data de Entrada das Inscrições Artigo 2º Para efeitos de estabelecer a ordem de entrada da Inscrição, considera-se a data do envio do e-mail. Regulamento para Inscrições Carnaval na Neve 10 Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Carnaval na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos, devoluções, cheques, entrada

Leia mais

b) Envio e Inscrição: A intenção da inscrição deverá ser enviada através do e-mail aferreira.neve@gmail.com

b) Envio e Inscrição: A intenção da inscrição deverá ser enviada através do e-mail aferreira.neve@gmail.com Carnaval na Neve 12 Regulamento para Inscrições Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Carnaval na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos, devoluções, cheques, entrada

Leia mais

Carnaval na Neve 08. Organização Promotores Apoio

Carnaval na Neve 08. Organização Promotores Apoio Carnaval na Neve 08 Organização Promotores Apoio Regulamento para Inscrições Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Carnaval na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA

ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA Circular nº 14/ 05/ D Assunto: Normas Administrativas da A.D.J.L. - 2006 Lisboa, 4 de Outubro de 2005 Exmos. Senhores, Conhecidas as condições contratadas pela FPJ e a SECOSE, referentes ao seguro desportivo,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE CAMPOS DE FÉRIAS. Nota Justificativa

REGULAMENTO INTERNO DE CAMPOS DE FÉRIAS. Nota Justificativa REGULAMENTO INTERNO DE CAMPOS DE FÉRIAS Nota Justificativa A organização de campos de férias destinados a crianças e jovens é uma das actividades centrais da política do município da Moita na área da juventude

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS ORGANIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS ORGANIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS O presente programa/ catálogo é o documento informativo no qual se inserem as presentes condições gerais, dele fazendo parte integrante e que constituem, na ausência de documento autónomo

Leia mais

O presente documento é vinculativo para a agência, operador e cliente, salvo alguma das presentes condições:

O presente documento é vinculativo para a agência, operador e cliente, salvo alguma das presentes condições: Condições gerais de venda de todos os programas e que constituem, na ausência de documento autónomo, o contrato de viagem, reserva de alojamento e/ou atividade. O presente documento é vinculativo para

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Estas normas são complementadas com a leitura do Regulamento de Filiação de Agentes Desportivos da FPA e do Regulamento Geral de Competições da FPA. Escalões FILIAÇÕES DE ATLETAS Escalão Anos de Nascimento

Leia mais

REGULAMENTO CAMPOS DE FÉRIAS 2015 OBJETIVO

REGULAMENTO CAMPOS DE FÉRIAS 2015 OBJETIVO REGULAMENTO CAMPOS DE FÉRIAS 2015 OBJETIVO É objetivo dos Campos de Férias do Pony Club do Porto proporcionar iniciativas exclusivamente destinadas a crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 12

Leia mais

K21 SEREIS BRASIL 2015 K KIDS. ETAPA: Maresias - SP. CHEGADA: Na praia, em frente ao Bar Os Alemão, endereço Av. Francisco Loup, 991, Maresias, São

K21 SEREIS BRASIL 2015 K KIDS. ETAPA: Maresias - SP. CHEGADA: Na praia, em frente ao Bar Os Alemão, endereço Av. Francisco Loup, 991, Maresias, São K21 SEREIS BRASIL 2015 K KIDS ETAPA: Maresias - SP LARGADA: Na praia, em frente ao Bar Os Alemão, endereço Av. Francisco Loup, 991, Maresias, São Sebastião, Estado de São Paulo CHEGADA: Na praia, em frente

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU 1.- Entidade organizadora. - A entidade organizadora deste concurso é a empresa Vacaciones edreams, S.L. Sociedad Unipersonal (a partir desde momento designada como edreams),

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU 1.- Entidade organizadora. - A entidade organizadora deste concurso é a empresa Vacaciones edreams, S.L. Sociedad Unipersonal (a partir desde momento designada como edreams),

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DA LIPOR

REGULAMENTO INTERNO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DA LIPOR REGULAMENTO INTERNO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DA LIPOR 1 1. Considerações Gerais A Lipor, Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, com sede em Baguim do Monte, concelho de Gondomar,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES UNPBFPB PARA INTERCÂMBIO NO EXTERIOR

REGULAMENTO INTERNO CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES UNPBFPB PARA INTERCÂMBIO NO EXTERIOR REGULAMENTO INTERNO CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES UNPBFPB PARA INTERCÂMBIO NO EXTERIOR A UNPBFPB abre aos seus alunos o concurso de bolsas Ibero-Americanas para Estudantes

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Potiguar UnP, especificamente a concessão

Leia mais

PROGRAMA DE CRIAÇÃO DE TALENTOS PARA ANGOLA BOLSA ESCOM Bolsa de Estudo para Cursos Superiores

PROGRAMA DE CRIAÇÃO DE TALENTOS PARA ANGOLA BOLSA ESCOM Bolsa de Estudo para Cursos Superiores PROGRAMA DE CRIAÇÃO DE TALENTOS PARA ANGOLA BOLSA ESCOM Bolsa de Estudo para Cursos Superiores A pretende impulsionar as actividades de Responsabilidade Social em Angola, contribuindo para o seu desenvolvimento.

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2015

Regulamento PAPSummer 2015 Regulamento PAPSummer 2015 Artigo 1º Objectivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses (Estudante) de desenvolver um

Leia mais

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor.

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor. REGULAMENTO DO FLOT TRAVEL CARD FLOT OPERADORA TURÍSTICA LTDA., o Presenteador e o Presenteado do FLOT TRAVEL CARD, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, o segundo e o terceiro,

Leia mais

Acordo Preferencial para Prestação de Serviços de Aluguer de Automóveis sem Condutor

Acordo Preferencial para Prestação de Serviços de Aluguer de Automóveis sem Condutor PROTOCOLO COMERCIAL Acordo Preferencial para Prestação de Serviços de Aluguer de Automóveis sem Condutor ENTRE, com sede em Lj. 11 e 12 4760-014 V.N. Famalicão, pessoa colectiva 507 591 682, neste acto

Leia mais

SEGURO ESPECIAL VIAGEM

SEGURO ESPECIAL VIAGEM SEGURO ESPECIAL VIAGEM Sempre que viajar, deve fazê-lo com segurança! Mesmo que não possa adquirir a sua viagem com o Cartão Unibanco, o Especial Viagem permite-lhe subscrever um seguro sem burocracias,

Leia mais

SERVIÇOS ACADÉMICOS REGULAMENTO DE MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES ARTIGO 1º ÂMBITO ARTIGO 2º DEFINIÇÕES

SERVIÇOS ACADÉMICOS REGULAMENTO DE MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES ARTIGO 1º ÂMBITO ARTIGO 2º DEFINIÇÕES SERVIÇOS ACADÉMICOS REGULAMENTO DE MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES ARTIGO 1º ÂMBITO 1. O presente regulamento fixa as normas gerais relativas a matrículas e inscrições nos diferentes cursos das Escolas integradas

Leia mais

Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012

Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012 澳 門 衛 特 別 生 行 政 局 區 政 府 Governo da Região Administrativa de Macau Serviços de Saúde Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012 (1.ª Parte) Unidades Privadas de Saúde que

Leia mais

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO Bruxelas, 1 de Março de 2011 SN 1704/11 1. INTRODUÇÃO O presente documento descreve

Leia mais

MUNICÍPIO DE PALMELA CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE PALMELA CÂMARA MUNICIPAL MUNICÍPIO DE PALMELA CÂMARA MUNICIPAL EDITAL Nº 09/DAF-DAG/2009 ----- ANA TERESA VICENTE CUSTÓDIO DE SÁ, na qualidade de Presidente da Câmara Municipal de Palmela: --------------------------------------------------------------------------

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA CA DESTINO

REGULAMENTO DO PROGRAMA CA DESTINO REGULAMENTO DO PROGRAMA CA DESTINO A Caixa Central Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo, C.R.L., contribuinte nº 501464301, com sede na Rua Castilho, nº233, 1099-004 LISBOA, através da Direcção de Marketing

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

Programa Portugal no Coração

Programa Portugal no Coração Programa Portugal no Coração REGULAMENTO - 2011 Atento à situação das Comunidades Portuguesas no estrangeiro e a situações de menor prosperidade que atingem alguns dos seus membros mais idosos, impedindo-os

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES. 1.1. Crianças até 12 anos: Sempre que acompanhadas por um adulto - usufruirão do serviço gratuitamente.

TERMOS E CONDIÇÕES. 1.1. Crianças até 12 anos: Sempre que acompanhadas por um adulto - usufruirão do serviço gratuitamente. TERMOS E CONDIÇÕES Processo de Venda Todos os pedidos deste serviço são efectuados online. Os pedidos de assistência deverão ser efetuados com um mínimo de 72h de antecedência e máximo de 60 dias. Terá

Leia mais

CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA. Rua Ernesto do Canto, 13/15 9504-531 PONTA DELGADA AÇORES

CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA. Rua Ernesto do Canto, 13/15 9504-531 PONTA DELGADA AÇORES CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA Rua Ernesto do Canto, 13/15 9504-531 PONTA DELGADA AÇORES E-MAIL: ccipd@ccipd.pt TEL. 296 30 50 00 FAX 296 30 50 50/30 50 40 ASSUNTO: CHEQUE PRENDA Exmo(s).

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO 1. O CARTÃO ZILIAN é válido nos estabelecimentos comerciais Zilian, pertencentes ao Grupo Mar Capital, SGPS, SA, adiante designados

Leia mais

Regulamento do Global Management Challenge 2015

Regulamento do Global Management Challenge 2015 Regulamento do Global Management Challenge 2015 1. O Global Management Challenge é uma Competição de Estratégia e Gestão organizada em Portugal pela SDG Simuladores e Modelos de Gestão, S.A. em parceria

Leia mais

Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições. no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado

Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições. no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado Artigo 1.º Âmbito 1 - O presente Regulamento fixa as normas gerais relativas a matrículas e inscrições

Leia mais

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos:

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos: Orientações para Solicitação e Prestação de Contas de Diárias de acordo com o Decreto nº 3328-R, de 17 de junho de 2013. DIÁRIAS Diárias são indenizações pagas antecipadamente para cobrir despesas com

Leia mais

PROGRAMA PORTUGAL NO CORAÇÃO REGULAMENTO

PROGRAMA PORTUGAL NO CORAÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA PORTUGAL NO CORAÇÃO REGULAMENTO Promovido por: Ministério dos Negócios Estrangeiros (GSECP), Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social (Fundação INATEL) e TAP Portugal Organizado

Leia mais

Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição

Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição 1. Quais as instruções a seguir pelos técnicos que pretendam exercer

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CAMPOS DE FÉRIAS DE MANTEIGAS

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CAMPOS DE FÉRIAS DE MANTEIGAS REGULAMENTO MUNICIPAL DE CAMPOS DE FÉRIAS DE MANTEIGAS Preâmbulo Considerando: As competências previstas nos artigos 112º e 241º da Constituição da República Portuguesa; O regime previsto no Decreto-Lei

Leia mais

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) e a Fundação de Amparo e

Leia mais

Instruções para preenchimento de contratos

Instruções para preenchimento de contratos Instruções para preenchimento de contratos Este documento tem como objetivo esclarecer o correto preenchimento dos contratos de emissão e renovação dos certificados digitais qualificados fornecidos pela

Leia mais

Blue. Campanha SMS. - Condições de participação -

Blue. Campanha SMS. - Condições de participação - Campanha SMS Blue - Condições de participação - A Luanday - Comércio e Serviços, Lda contribuinte nº 5417010871, com sede na Rainha Ginga, nº 212, R/C, Bairro Ingombota, Município da Ingombota, Luanda,

Leia mais

Regulamento Interno Férias Academia 2014. Art.º 1 - Informações Gerais

Regulamento Interno Férias Academia 2014. Art.º 1 - Informações Gerais Regulamento Interno Férias Academia 2014 Art.º 1 - Informações Gerais 1. As Férias Academia decorrem nas instalações da Academia Sporting, em regime fechado; 2. Os campos de férias têm, normalmente, uma

Leia mais

INMOTION 2016 REGULAMENTO DO PROJETO

INMOTION 2016 REGULAMENTO DO PROJETO INMOTION 2016 REGULAMENTO DO PROJETO 2015 nemaac.net facebook.com/nem.academica geral@nemaac.net Regulamento Projeto de Voluntariado Internacional InMotion 1. Definições Gerais 1.1. Geral 1.1.1. O Departamento

Leia mais

Bulgária. Sempre que brilha o sol

Bulgária. Sempre que brilha o sol Bulgária Sempre que brilha o sol 2007 Viaje ainda mais seguro... por apenas Quem viaja conhece as situações inesperadas, os imprevistos, os pequenos acidentes, a perda da carteira e documentos,

Leia mais

Licença Especial Ciclomotores. 14 15 anos

Licença Especial Ciclomotores. 14 15 anos Licença Especial Ciclomotores 14 15 anos Licença Especial 50c.c. Destinase a jovens com 14 ou 15 anos já feitos, com aptidão física e mental, com frequência mínima do 7º ano de escolaridade e autorização

Leia mais

Regulamento dos Cursos de Língua Estrangeira da Universidade de Trásos-Montes

Regulamento dos Cursos de Língua Estrangeira da Universidade de Trásos-Montes Regulamento dos Cursos de Língua Estrangeira da Universidade de Trásos-Montes e Alto Douro Artigo 1º Objeto O presente regulamento define um conjunto de normas e orientações dos Cursos de Língua Estrangeira

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA PROGRAMA EUROSTARS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ACOMPANHAMENTO FINANCEIRO COMPONENTES DO RELATÓRIO A verificação da execução financeira dos projectos EUROSTARS é suportada

Leia mais

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira REGULAMENTO Nº 05/2005 REGULAMENTO DE CAMPOS DE FÉRIAS

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira REGULAMENTO Nº 05/2005 REGULAMENTO DE CAMPOS DE FÉRIAS REGULAMENTO Nº 05/2005 REGULAMENTO DE CAMPOS DE FÉRIAS ARTIGO 1.º OBJECTIVO 1 O presente regulamento estabelece as regras gerais a observar nos Campos de Férias organizados pela Câmara Municipal de Vila

Leia mais

Com o apoio financeiro do programa Prevenir e combater a criminalidade da União Europeia Comissão Europeia Direcção-Geral dos Assuntos Internos

Com o apoio financeiro do programa Prevenir e combater a criminalidade da União Europeia Comissão Europeia Direcção-Geral dos Assuntos Internos Guia Como se candidatar a ajuda financeira para uma Equipa de Investigação Conjunta? Ao abrigo do programa Prevenir e combater a criminalidade, 1 a Eurojust recebeu uma subvenção da Comissão Europeia,

Leia mais

Regras de Filiação 2009/10

Regras de Filiação 2009/10 As Regras de Filiação, válidas para a época de 2009/2010 são as seguintes: 1) De acordo com o artigo 5º do Regulamento de Filiações da FPX, poderão filiar-se na FPX todos os indivíduos, independentemente

Leia mais

GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016

GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016 GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016 INTRODUÇÃO À semelhança das épocas desportivas anteriores, o processo de inscrição na PCAND para a Época Desportiva 2015/2016 será realizado on-line, no site da PCAND

Leia mais

1. Objecto e âmbito de aplicação

1. Objecto e âmbito de aplicação As presentes Condições Gerais de Contratação são acordadas entre a Lusodidacta Sociedade Portuguesa de Material Didáctico, Lda, com o número de pessoa colectiva e matrícula na Conservatória do Registo

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DA LIPOR

REGULAMENTO INTERNO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DA LIPOR FÉRIAS DA LIPOR 1. Considerações Gerais A Lipor, Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, com sede em Baguim do Monte, concelho de Gondomar, realiza atividades de promoção e organização

Leia mais

MUNICÍPIO DE MIRANDA DO DOURO. Férias ativas. Regulamento interno

MUNICÍPIO DE MIRANDA DO DOURO. Férias ativas. Regulamento interno MUNICÍPIO DE MIRANDA DO DOURO Férias ativas Regulamento interno PREÂMBULO No uso da competência prevista pelos artigos 112º, n.º 8, e 241º da Constituição da República Portuguesa, e conferida pela alínea

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING EDITAL DRE n 004/15

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING EDITAL DRE n 004/15 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING EDITAL DRE n 004/15 A PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas,

Leia mais

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Processo de Matricula - Alunos 1º Ano 1ª Vez O processo de matrícula consiste em 3 passos: 1. Pagamento e entrega de documentos (nos

Leia mais

Regulamento Copa Rio Info de Algoritmos - CRIA 2014

Regulamento Copa Rio Info de Algoritmos - CRIA 2014 1. Objetivos A Copa Rio Info de Algoritmos CRIA é uma iniciativa do TI Rio e Fanainfo apoiada por diversas instituições e empresas e que tem por objetivos: 1.1 Estimular o interesse pelas Tecnologias da

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS E SERVIÇOS MÉDICOS CONVENCIONADOS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS DE ATLETAS E AGENTES DESPORTIVOS APÓLICE Nº 0001960563

MANUAL DE PROCEDIMENTOS E SERVIÇOS MÉDICOS CONVENCIONADOS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS DE ATLETAS E AGENTES DESPORTIVOS APÓLICE Nº 0001960563 MANUAL DE PROCEDIMENTOS E SERVIÇOS MÉDICOS CONVENCIONADOS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS DE ATLETAS E AGENTES DESPORTIVOS APÓLICE Nº 0001960563 1 DEFINIÇÃO De acordo com as Condições Gerais da Apólice de

Leia mais

Plano de Serviço de Apoio ao Cliente

Plano de Serviço de Apoio ao Cliente O da TAP Portugal visa abordar os elementos-chave em matéria de serviço constantes das novas regras estabelecidas pelo Departamento de Transporte (DOT) dos Estados Unidos, que afetam com maior impacto

Leia mais

MANUAL DE PROCESSAMENTO DE INSCRIÇÕES DE AGENTES DESPORTIVOS Época 2013/2014

MANUAL DE PROCESSAMENTO DE INSCRIÇÕES DE AGENTES DESPORTIVOS Época 2013/2014 MANUAL DE PROCESSAMENTO DE INSCRIÇÕES DE AGENTES DESPORTIVOS Época 2013/2014 1. INSCRIÇÕES A EFECTUAR OBRIGATORIAMENTE NA FEDERAÇÃO - PO 01 - PO 02 - PO 03 Todos os agentes desportivos, Treinadores e Oficiais,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DEL SALVADOR EDITAL DRE n 032/14

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DEL SALVADOR EDITAL DRE n 032/14 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DEL SALVADOR EDITAL DRE n 032/14 A PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas, torna pública a abertura

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o Santander Universidades oferecem aos alunos de graduação de todas as áreas

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 39/2012 UEPA. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CAPES/CNPq/UEPA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE.

EXTRATO DO EDITAL N 39/2012 UEPA. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CAPES/CNPq/UEPA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE. EXTRATO DO EDITAL N 39/2012 UEPA CAPES/CNPq/UEPA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE. A Universidade do Estado do Pará (UEPA), por meio de sua Coordenadoria do Programa Ciência sem Fronteiras UEPA (PCsF-UEPA) e com o

Leia mais

Instruções para preenchimento de contratos

Instruções para preenchimento de contratos Instruções para preenchimento de contratos Este documento tem como objetivo esclarecer o correto preenchimento dos contratos de emissão e renovação dos certificados digitais qualificados fornecidos pela

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS GABINETE DO REITOR FÓRMULA SANTANDER PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS GABINETE DO REITOR FÓRMULA SANTANDER PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL O Gabinete do Reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), no uso de suas atribuições, torna público este Edital de seleção de estudantes de graduação da PUC Goiás para a realização

Leia mais

Secção I Matricula e Inscrição. Art.º 16.º ( conceito) Art.º 17.º (Matricula e Inscrição)

Secção I Matricula e Inscrição. Art.º 16.º ( conceito) Art.º 17.º (Matricula e Inscrição) Secção I Matricula e Inscrição Art.º 16.º ( conceito) 1. A matrícula é o acto pelo qual o estudante ingressa na universidade Agostinho Neto. 2. A matrícula á Universidade Agostinho Neto faz-se uma só vez.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA AS ENTIDADES FORMADORAS ÍNDICE OBJECTIVOS

Leia mais

CAPÍTULO I Princípios Gerais

CAPÍTULO I Princípios Gerais 2013 1 CAPÍTULO I Princípios Gerais ARTIGO 1 DESCRIÇÃO 1.1. O Encontro Nacional de Estudantes de Medicina, doravante designado por ENEM, é uma actividade da Associação Nacional de Estudantes de Medicina

Leia mais

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA VISTO PARA TRABALHAR EM PORTUGAL Actividade profissional subordinado ( Artº 30) OU Actividade profissional independente ( Artº 31) Os pedidos de visto devem ser apresentados pelo requerente com uma antecedência

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO 2011/2012

REGULAMENTO INTERNO 2011/2012 REGULAMENTO INTERNO 2011/2012 REGULAMENTO INTERNO 2011/2012 Exmo. Sr. ou Sr.ª Encarregado(a) de Educação Agora que o seu educando deu mais um passo no Universo Benfiquista, é com grande satisfação que

Leia mais

VI PROVA DE ÁGUAS ABERTAS GRANDE LAGO DE ALQUEVA AMIEIRA /MARINA

VI PROVA DE ÁGUAS ABERTAS GRANDE LAGO DE ALQUEVA AMIEIRA /MARINA VI PROVA DE ÁGUAS ABERTAS GRANDE LAGO DE ALQUEVA AMIEIRA /MARINA Provas de Divulgação 400m e 1500m 1. Organização Município de Portel ANAlentejo Associação de Natação do Alentejo 2. Apoios 3. Data Gestalqueva

Leia mais

PROGRAMA FACENS SEM FRONTEIRAS - FsF GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE Edital Lleida 001 Abril de 2015

PROGRAMA FACENS SEM FRONTEIRAS - FsF GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE Edital Lleida 001 Abril de 2015 PROGRAMA FACENS SEM FRONTEIRAS - FsF GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE Edital Lleida 001 Abril de 2015 1 DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1 O Programa FACENS sem Fronteiras objetiva propiciar a complementação da formação dos nossos

Leia mais

Adesão ao Serviço MB WAY

Adesão ao Serviço MB WAY Adesão ao Serviço MB WAY 1) Objecto Pelo presente contrato, o Banco Santander Totta SA obriga-se a prestar ao Utilizador o Serviço MB WAY, nas condições e termos regulados nas cláusulas seguintes, e o

Leia mais

Assunto: Condições de contrato de transporte aéreo

Assunto: Condições de contrato de transporte aéreo CIRCULAR Nº 062 / 2009 (SF) RF/MS/RC Lisboa, 14 de Agosto de 2009 Assunto: Condições de contrato de transporte aéreo Caro Associado, Tendo em consideração os deveres legais de informação para a venda de

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMPRA DESPERADOS E GANHA FINS-DE-SEMANA NA MANSÃO DOS MENINOS DA VADIAGEM E ENTRADAS DUPLAS PARA O BLISS

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMPRA DESPERADOS E GANHA FINS-DE-SEMANA NA MANSÃO DOS MENINOS DA VADIAGEM E ENTRADAS DUPLAS PARA O BLISS REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMPRA DESPERADOS E GANHA FINS-DE-SEMANA NA MANSÃO DOS MENINOS DA VADIAGEM E ENTRADAS DUPLAS PARA O BLISS Concurso Publicitário nº 131/2014 autorizado pela Secretaria - Geral do

Leia mais

ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA

ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA O Público efectuou uma parceria com a TLC Marketing, a entidade responsável pela gestão da oferta de voos ao abrigo da campanha de assinaturas

Leia mais

DESTINO: LA MASSANA VALLNORD ANDORRA O PROGRAMA INCLUI PREÇOS POR FAMÍLIA. 2 ADULTOS + 2 CRIANÇAS 0-11 anos em quádruplo (regime MP)

DESTINO: LA MASSANA VALLNORD ANDORRA O PROGRAMA INCLUI PREÇOS POR FAMÍLIA. 2 ADULTOS + 2 CRIANÇAS 0-11 anos em quádruplo (regime MP) DESTINO: LA MASSANA VALLNORD ANDORRA Grupo: Cacomae Estância: Sispony Vallnord Andorra Alojamento: Abba Xalet Suites Hotel **** Datas In / Out: 02 a 07 e 08.03.2014 Nº noites: 5/6 noites O PROGRAMA INCLUI

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

X Passeio BTT Rota do Javali

X Passeio BTT Rota do Javali X Passeio BTT Rota do Javali Regulamento O X Passeio BTT Rota do Javali e promovido e organizado pelo MIFT (Movimento Independente da Freguesia de Tremez) e realiza-se no dia 12 de Abril de 2015. I (Percursos)

Leia mais

OPÇÃO 1 - preenchimento electrónico (método aconselhado): 1. Na página inicial do site www.oreyitrade.com, clique no botão ABRA UMA CONTA REAL :

OPÇÃO 1 - preenchimento electrónico (método aconselhado): 1. Na página inicial do site www.oreyitrade.com, clique no botão ABRA UMA CONTA REAL : OPÇÃO 1 - preenchimento electrónico (método aconselhado): 1. Na página inicial do site www.oreyitrade.com, clique no botão ABRA UMA CONTA REAL : 2. De seguida terá acesso a um formulário, dividido em 4

Leia mais

DIREITOS DOS PASSAGEIROS DOS TRANSPORTES AÉREOS FORMULÁRIO DE RECLAMAÇÃO UE

DIREITOS DOS PASSAGEIROS DOS TRANSPORTES AÉREOS FORMULÁRIO DE RECLAMAÇÃO UE DIREITOS DOS PASSAGEIROS DOS TRANSPORTES AÉREOS FORMULÁRIO DE RECLAMAÇÃO UE ESTE FORMULÁRIO PODE SER UTILIZADO PARA APRESENTAR UMA RECLAMAÇÃO JUNTO DE UMA TRANSPORTADORA AÉREA E/OU DE UM ORGANISMO NACIONAL

Leia mais

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento 1 I Prémio Jovens Talentos Regulamento 1. Introdução O presente concurso tem como objectivo estimular o aparecimento e divulgação de novos talentos, no domínio cultural e artístico, dos jovens Bracarenses

Leia mais

Foz do Rio Lima, Viana do Castelo, em frente ao edifício Cais de Viana.

Foz do Rio Lima, Viana do Castelo, em frente ao edifício Cais de Viana. REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO DE ÁGUAS ABERTAS 1500 metros NATAÇÃO - Prova Aberta - MASS EVENT 1 - ORGANIZAÇÃO Associação de Natação do Minho (ANMinho) Federação Portuguesa de Atividades Subaquáticas (FPAS)

Leia mais

(A não entrega de qualquer um destes documentos inviabiliza a inscrição)

(A não entrega de qualquer um destes documentos inviabiliza a inscrição) REGULAMENTO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DO CLUBE OLÍMPICO DE OEIRAS Os alunos deverão cumprir todas as normas de conduta na utilização das instalações, de acordo com o estipulado no Regulamento do

Leia mais

III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL

III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL 1 Enquadramento O Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais (GESP) tem o objectivo de estabelecer uma plataforma de comunicação entre estagiários e recém-mestres

Leia mais

CORRETORA DE CÂMBIO TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S/A REGRAS E PARÂMETROS DE ATUAÇÃO

CORRETORA DE CÂMBIO TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S/A REGRAS E PARÂMETROS DE ATUAÇÃO REGRAS E PARÂMETROS DE ATUAÇÃO Esta Sociedade Corretora, em atenção ao disposto no art. 6º da Instrução nº 387/03 da CVM, define através deste documento, suas regras e parâmetros relativos ao recebimento,

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PARA OS EXAMES DE ACESSO

REGULAMENTO GERAL PARA OS EXAMES DE ACESSO REGULAMENTO GERAL PARA OS EXAMES DE ACESSO Artigo 1.º (Objecto e âmbito) O presente regulamento visa regulamentar o processo da organização e realização dos exames de acesso para frequência dos cursos

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 Este concurso visa reforçar a cooperação existente entre a Universidade de Coimbra (UC) e as instituições suas parceiras,

Leia mais

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto B O C C I A REGULAMENTAÇÃO GERAL NACIONAL 2008/2009 1 INTRODUÇÃO Todos os intervenientes em competições de zona e nacionais, acções de formação e classificação médico - desportiva, deverão reger-se pelos

Leia mais

NORMAS DE ATUAÇÃO ADMINISTRATIVA ÉPOCA 2015-2016

NORMAS DE ATUAÇÃO ADMINISTRATIVA ÉPOCA 2015-2016 CONTEÚDOS 1. Filiações a. Formulários b. Escalões c. Inscrições Iniciais d. Renovações e. Transferências f. Taxas de Filiação g. Contratos Plurianuais 2. Atletas Estrangeiros 3. Filiações de Atletas Portugueses

Leia mais

Regulamento para a Exploração de Barraquinhas da Recepção ao Caloiro Espaço Guimarães 2013

Regulamento para a Exploração de Barraquinhas da Recepção ao Caloiro Espaço Guimarães 2013 Regulamento para a Exploração de Barraquinhas da Recepção ao Caloiro Espaço Guimarães 2013 Comissões de 2.ª matrícula / Núcleos de Curso / Grupos Culturais/ Grupos de Alunos Artigo 1º Natureza e âmbito

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO TODOS OS RISCOS DESMONTAGEM, TRANSPORTE E MONTAGEM

PROPOSTA DE SEGURO TODOS OS RISCOS DESMONTAGEM, TRANSPORTE E MONTAGEM PROPOSTA DE SEGURO TODOS OS RISCOS DESMONTAGEM, TRANSPORTE E MONTAGEM INTERNATIONAL COMMERCIAL AND ENGINEERING ICE SEGUROS S.A. 141A Rua José Craveirinha Bairro de Polana Cidade de Maputo Moçambique INSTRUÇÕES

Leia mais

Regulamento da Promoção "Punta Cana All Inclusive" - Consórcio Iveco

Regulamento da Promoção Punta Cana All Inclusive - Consórcio Iveco Regulamento da Promoção "Punta Cana All Inclusive" - Consórcio Iveco A Promoção Punta Cana All Inclusive é uma ação realizada pelo Consórcio Iveco para os clientes que adquirirem, em todo território nacional,

Leia mais

Regulamento do Passatempo Facebook do Capitão Iglo.

Regulamento do Passatempo Facebook do Capitão Iglo. Regulamento do Passatempo Facebook do Capitão Iglo. Participação Este passatempo decorre até às 23h59m do dia 28 de Fevereiro de 2011 e contam todas as participações efectuadas desde as 00h00 do dia 03

Leia mais

EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL

EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL 1. FINALIDADE: 1.1. Abrir as inscrições e estabelecer as condições de seleção para ingresso de bolsistas PNPD/CAPES no

Leia mais

REGULAMENTO 2013. I Grande Prémio Solidário

REGULAMENTO 2013. I Grande Prémio Solidário REGULAMENTO 2013 I Grande Prémio Solidário INDÍCE 1. Organização 2. Data/Hora 3. Inscrições e Preços 4. Levantamento dos Kits 5. A prova 6. Condições de Participação 7. Categorias de participação 8. Classificações

Leia mais

Nova York USA - 2015

Nova York USA - 2015 FICHA DE ADESÃO VIAGEM PEDAGÓGICA INTERNACIONAL ARTE E TECNOLOGIA PARA ESCOLAS DO SEC. XXI Nova York USA - 2015 Todas as páginas devem ser preenchidas e rubricadas. Este documento original deve ser enviado

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO CÂMARA DO COMÉRCIO DE ANGRA DO HEROÍSMO Índice 1. Âmbito de Aplicação 2. Competência Organizativa 3. Política e Estratégia da Entidade 4. Responsabilidades

Leia mais