CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA. Rua Ernesto do Canto, 13/ PONTA DELGADA AÇORES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA. Rua Ernesto do Canto, 13/15 9504-531 PONTA DELGADA AÇORES"

Transcrição

1 CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA Rua Ernesto do Canto, 13/ PONTA DELGADA AÇORES TEL FAX / ASSUNTO: CHEQUE PRENDA Exmo(s). Senhor(es) A campanha Cheque Prenda teve início no final do mês de outubro de 2012 e contínua por tempo indeterminado, permitindo ao consumidor a possibilidade de oferecer um vale que dá acesso ao recebedor a escolha das suas compras na vasta oferta do comércio e da restauração de São Miguel e Santa Maria. Para as empresas, o Cheque Prenda é a garantia de disponibilizar um meio fácil e funcional aos seus clientes, disponível com o valor facial de 10, 25 ou de 50. Este vale de oferta é vendido ao público pela Câmara do Comércio, através da aquisição direta nos serviços. Pode ainda ser disponibilizado em qualquer estabelecimento aderente à iniciativa. Os estabelecimentos aderentes beneficiam dum desconto de 10%, que poderá ser utilizado pelo estabelecimento vendedor como margem de comercialização ou incentivo ao consumo. Cientes que esta iniciativa pode contribuir para a dinamização do V/negócio convidamos a V/empresa a inscrever-se, caso não o tenha ainda feito, devendo para este fim preencher a ficha de adesão, da qual faz parte o regulamento que explicita as condições desta adesão. Para mais esclarecimentos poderão contactar os nossos serviços através do Tel.: ou por

2 REGRAS DE FUNCIONAMENTO DO CHEQUE PRENDA Estas regras destinam-se a descrever a relação entre a Câmara do Comércio e as empresas aderentes ao Cheque Prendas, direcionado ao comércio e à restauração das ilhas de S. Miguel e Santa Maria. É da exclusiva responsabilidade da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, a emissão dos Cheque Prenda, determinando as quantidades e os valores faciais dos mesmos; Serão emitidos Cheque Prenda, nos valores de (DEZ EUROS), (VINTE E CINCO EUROS) e (CINQUENTA EUROS); A comercialização será efetuada pela Câmara do Comércio diretamente ao consumidor final, através dos estabelecimentos aderentes e/ou através de outras entidades a designar; Os estabelecimentos aderentes poderão adquirir conjuntos de Cheque Prendas, nas seguintes condições: Em múltiplos de 5, num mínimo de 5 para os de montante de 10.00, 25.00, e/ou em múltiplos de 2, num mínimo de 2, para os de valor de ; O pagamento deverá ser efetuado a pronto à Câmara do Comércio, podendo a empresa adquirente ser reembolsada do valor efetivamente pago, no caso de não efetuar a venda da totalidade dos vales adquiridos, findo o seu prazo de validade, ou em outras situações fundamentadas e justificadas; Obrigações dos estabelecimentos aderentes Todos os estabelecimentos aderentes, com base neste regulamento e contrato de adesão comprometem-se a aceitar o Cheque Prenda como método de pagamento; Os estabelecimentos não poderão aceitar ou solicitar posterior reembolso de Cheque Prenda que não estejam em condições, nomeadamente violação da segurança, rasurados ou em estado que dificulte a sua leitura ou verificação da sua conformidade; O reembolso dos Cheque Prendas será efetuado pela Câmara do Comércio, mediante a apresentação do vale, devendo este preencher todos os requisitos mencionados na alínea anterior; A Câmara do Comércio compromete-se a reembolsar os vales num prazo máximo de 15 dias. A Câmara do Comércio poderá pontualmente, por períodos de tempo limitados, criar incentivos tanto ao nível de descontos ao cliente final e/ou aos estabelecimentos aderentes. Poderão aderir a esta iniciativa todos os estabelecimentos comerciais e/ou de restauração com estabelecimento nas ilhas de S. Miguel e Santa Maria, de empresas associadas da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, as quais constarão de uma listagem de empresas aderentes, a qual atualizada mensalmente. Faz parte integrante destas regras o regulamento do consumidor do Cheque prendas. COMERCIALIZAÇÃO Empresas associadas da CCIPD os estabelecimentos que aderirem à comercialização do Cheque prenda, beneficiarão de um desconto de 10% no valor dos cheques adquiridos, o que constituirá a margem de comercialização, em conformidade com o estipulado na alínea a) do n.º 4, podendo as empresas associadas passar esse benefício (desconto) ao consumidor final, dos cheques em sua posse. A Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada reserva-se o direito de alterar o presente regulamento, sendo os estabelecimentos aderentes informados das alterações efetuadas, com a antecedência mínima de 10 dias. Os cheques adquiridos pela empresa e utilizados na própria empresa serão reembolsados pelo valor de aquisição. Os cheques adquiridos por uma empresa mas utilizados em outra empresa serão reembolsados pelo seu valor facial.

3 CHEQUE PRENDA REGULAMENTO PARA OS CLIENTES Locais de compra e valores disponíveis 1- Os cheques prenda estão disponíveis para venda nos seguintes valores: (cinquenta euros), 25 (vinte e cinco euros) e 10 (dez euros). 2. Os cheques prenda poderão ser adquiridos na sede da Câmara do Comércio, sita à Rua Ernesto do Canto, 13, em Ponta Delgada, em estabelecimentos comerciais aderentes ou em outros locais, devidamente identificada a autorização para este fim. 3. O número de exemplares, bem como o número de cheques de determinado valor disponível, em cada momento, para venda, está limitado ao stock existente nesse local de venda. 4. Forma de aquisição dos cheques prenda: Na Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada: a. em dinheiro, pagamento automático ou cheque visado emitido à ordem da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada (levantamento imediato dos Cheques prenda), b. por transferência bancária para o seguinte NIB da conta bancária da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada. (levantamento do cheques após confirmação da realização da transferência). Em outros locais: a. Em numerário ou outro meio de pagamento aceite pela entidade que executa a venda. Forma de utilização 5- Os cheques prenda podem ser trocados por produtos ou serviços, disponíveis em qualquer um dos estabelecimentos aderentes identificados com um autocolante na montra ou em local de boa visibilidade, confirmando essa situação. a. O portador dos cheques prenda poderá verificar a relação das Lojas participantes no programa Cheque Prenda, que se encontra disponível para consulta na Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada e/ou no seu site da internet ( 6- O portador do cheque prenda poderá utilizá-lo na compra de um ou mais produtos ou serviços, numa única Loja aderente da sua escolha. Caso o consumidor seja portador de vários cheques prenda não lhe é exigível a utilização da totalidade dos mesmos, na mesma loja. 7- O cheque prenda poderá ser utilizado para quaisquer compras (salvo qualquer exceção devida e claramente indicada nas lojas aderentes), inclusive em promoções, sendo considerado pagamento à vista. 8- O cheque prenda não é convertível, em caso algum, em dinheiro e destina-se a ser utilizado de uma só vez, não sendo admissível o seu fracionamento. 9- Caso o valor total do(s) produto(s)/serviço(s) escolhido(s) seja superior ao indicado no cheque prenda, a diferença deverá ser complementada pelo portador, com qualquer outro meio de pagamento aceite na respetiva Loja. 10 Os estabelecimentos aderentes ou a Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada não restituirão quaisquer diferenças, totais ou parciais, em dinheiro, cheque ou cheque prenda, se o valor do(s) produto(s) for inferior ao indicado no cheque prenda.

4 Prazo de validade e condições de aceitação do Cheque Prenda 11- O prazo de validade do Cheque Prenda, como forma de pagamento, está indicado no mesmo, só sendo considerados válidos os cheques prenda apresentados a pagamento até à data oposta no mesmo, não havendo lugar a qualquer prorrogação do referido prazo, seja por que motivo for. 12- A data de validade do cheque prenda deve encontrar-se perfeitamente legível sem permitir qualquer ambiguidade na sua leitura. 13- Não serão aceites pelos estabelecimentos aderentes, cheques prenda que não estejam em condições, nomeadamente violação da segurança, rasurados ou em estado que dificulte a sua leitura ou verificação da sua conformidade rasurados ou com danos visíveis. 14 Os estabelecimentos aderentes ou, ainda, a Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada não se responsabilizarão pelos cheques prenda expirados, não sendo exigível a sua aceitação como forma de pagamento, ou a realização de qualquer troca ou reembolso do valor correspondente aos mesmos. 15 As empresas e estabelecimentos aderentes e a Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada não se responsabilizam pela perda, roubo ou extravio dos cheques prenda. 16 A Câmara do Comércio, as empresas e estabelecimentos aderentes reservam-se ao direito de suspender a comercialização do Cheque Prenda a qualquer momento, ficando, no entanto, salvaguardada a aceitação dos cheques prenda já adquiridos e que não tenham ainda ultrapassado o respetivo prazo de validade.

5 FICHA DE ADESÃO CHEQUE PRENDA Empresa: Nome do stabelecimento: Morada: Nome do Responsável: Telefone: Fax: Declaro que pretendo aderir ao Cheque Prenda (ASSINATURA) Esta ficha de adesão deve preenchida e devolvida a esta Câmara do Comércio, podendo optar pelo seu envio por fax ou por correio eletrónico: Para o esclarecimento de qualquer dúvida deverá V.Exa. contactar os nossos serviços através do telefone ou por correio eletrónico:

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO 1. O CARTÃO ZILIAN é válido nos estabelecimentos comerciais Zilian, pertencentes ao Grupo Mar Capital, SGPS, SA, adiante designados

Leia mais

PLANO MAIS COLABORADOR

PLANO MAIS COLABORADOR PLANO MAIS COLABORADOR Programa de Fidelização 1. Âmbito O Plano Mais Colaborador Programa de Fidelização (referido doravante por Programa) destina-se aos colaboradores das empresas aderentes ao Plano

Leia mais

CARTÃO BIGONLINE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PONTOS

CARTÃO BIGONLINE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PONTOS CARTÃO BIGONLINE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PONTOS Definições: Gestor: Banco de Investimento Global, S.A., responsável pela concepção, gestão e desenvolvimento do Programa de Pontos (adiante designado

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE FUNERAL

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE FUNERAL Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE FUNERAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/8 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio de Funeral (4003 v4.15) PROPRIEDADE Instituto

Leia mais

PLANO VIP Programa de Fidelização

PLANO VIP Programa de Fidelização PLANO VIP Programa de Fidelização 1. Âmbito - O Plano VIP Programa de Fidelização (referido doravante por Programa) destina-se aos colaboradores das empresas aderentes ao Plano VIP do Millennium bcp que

Leia mais

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER 1. O Clube de Vantagens Nutrimaster é um programa que objetiva estreitar o relacionamento entre Nutrimaster e seus participantes, oferecendo benefícios e/ou vantagens

Leia mais

GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO

GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/11 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Prestações de Desemprego Montante Único

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA As presentes Condições Gerais de Venda particularizadas abaixo (aqui designadas "condições gerais") determinam exclusivamente as relações contratuais entre todo cliente utilizador

Leia mais

O cliente pode escolher as transações que quer pagar na Loja CTT? Não, pode escolher os dias (valor total para um dia) que pretende pagar.

O cliente pode escolher as transações que quer pagar na Loja CTT? Não, pode escolher os dias (valor total para um dia) que pretende pagar. FAQ 1. Sistema Pós-Pago Quais os custos administrativos associados? Os custos administrativos são cobrados no momento do pagamento, dependendo do número de viagens cobradas (0,26 +IVA por viagem até um

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO A Quatro Educativo, na pessoa de Paulo Sérgio da Silva Vieira, tem sede na Rua do Barreiro nº 5, Casal da Estortiga, 2495-102 Santa Catarina da Serra.

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA Um dos desígnios da Câmara Municipal de Mortágua é o de, através das suas competências, responder a necessidades reais sentidas pela camada mais

Leia mais

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras.

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. REGULAMENTO T E R M O S E C O N D I Ç Õ E S 1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. 2. Podem ingressar no clube

Leia mais

PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE

PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE NOTA JUSTIFICATIVA Art.º 1.º DEFINIÇÃO No âmbito das actividades de interesse municipal, compete às câmaras municipais prestar apoio

Leia mais

Regulamento Programa Fidelidade

Regulamento Programa Fidelidade Regulamento Programa Fidelidade 1. CONDIÇÕES GERAIS 1.1. O presente instrumento tem por objetivo regulamentar a participação dos clientes das Farmácias SESI/DR/SC no Programa Fidelidade SESI Farmácia.

Leia mais

Regulamento das condições de utilização da Infraestrutura da RIS para efeitos de manutenção remota. Artigo 1º. Objeto

Regulamento das condições de utilização da Infraestrutura da RIS para efeitos de manutenção remota. Artigo 1º. Objeto Regulamento das condições de utilização da Infraestrutura da RIS para efeitos de manutenção remota Artigo 1º Objeto O presente regulamento define as condições de acesso e utilização da infraestrutura da

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 Este concurso visa reforçar a cooperação existente entre a Universidade de Coimbra (UC) e as instituições suas parceiras,

Leia mais

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB 1. Condições Gerais Este instrumento tem como objetivo regulamentar a participação dos titulares dos cartões de crédito da Cartão BRB participantes

Leia mais

ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO

ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO ARGO SEGUROS BRASIL S.A., Sociedade Seguradora inscrita no CNPJ/MF sob o nº 14.868.712/0001-31, com sede na cidade de São Paulo/SP, na Avenida das Nações

Leia mais

REGULAMENTO CARTÃO FIDELIDADE - POSTO CHAPARRAL

REGULAMENTO CARTÃO FIDELIDADE - POSTO CHAPARRAL REGULAMENTO CARTÃO FIDELIDADE - POSTO CHAPARRAL COMO PARTICIPAR Para participar basta preencher uma ficha de inscrição, disponível no POSTO CHAPARRAL ou fazendo seu cadastro via internet pelo site www.postochaparral.com.br.

Leia mais

CONDIÇÕES EXCLUSIVAS POUPA MAIS UNIVERSITÁRIO

CONDIÇÕES EXCLUSIVAS POUPA MAIS UNIVERSITÁRIO PoupaMais Poupa premierplus CONDIÇÕES EXCLUSIVAS POUPA MAIS UNIVERSITÁRIO 1. O cartão Poupa Mais Universitário é um cartão POUPA MAIS regendo-se pelas Condições Gerais de Utilização (CGU) do POUPA MAIS

Leia mais

Condições de acesso ao Programa de Passageiro Frequente TAP Victoria para Clientes do Banco Popular

Condições de acesso ao Programa de Passageiro Frequente TAP Victoria para Clientes do Banco Popular Condições de acesso ao Programa de Passageiro Frequente TAP Victoria para Clientes do Banco Popular 1. Âmbito O Banco Popular e a TAP estabeleceram um acordo de parceria (Contrato de Parceiro de Marketing

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST O PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST ( Programa Partners ), desenvolvido pela empresa AGRINVEST COMMODITIES ( AGRINVEST ), inscrita no CNPJ sob o nº 06.348.158/0001-33,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO AVISO AO UTILIZADOR Leia cuidadosamente este contrato. O acesso e uso desta plataforma implica, da sua parte uma aceitação expressa e sem reservas de todos os termos

Leia mais

APRESENTAÇÃO CINANIMA JÚNIOR. Programas: Crianças, Adolescentes e Jovens

APRESENTAÇÃO CINANIMA JÚNIOR. Programas: Crianças, Adolescentes e Jovens APRESENTAÇÃO CINANIMA JÚNIOR Programas: Crianças, Adolescentes e Jovens O CINANIMA JÚNIOR é uma iniciativa que decorre anualmente na sequência do Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho

Leia mais

CONFIRA AS RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS QUE PODE TER COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS DA PIADINA ROMAGNOLA PARA O MASTERCARD SURPREENDA

CONFIRA AS RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS QUE PODE TER COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS DA PIADINA ROMAGNOLA PARA O MASTERCARD SURPREENDA CONFIRA AS RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS QUE PODE TER COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS DA PIADINA ROMAGNOLA PARA O MASTERCARD SURPREENDA 1. Qual é o período da participação da Piadina no MasterCard Surpreenda? A participação

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! GRANDE CAMPANHA 2015

REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! GRANDE CAMPANHA 2015 REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! GRANDE CAMPANHA 2015 Os seguintes termos e condições destinam-se a regular a campanha promocional Moneygram no Continente/note!

Leia mais

REFEIÇÕES ESCOLARES. cascais.pt

REFEIÇÕES ESCOLARES. cascais.pt REFEIÇÕES ESCOLARES cascais.pt REFEIÇÕES ESCOLARES PROGRAMA ALIMENTAR (PA) O Programa Alimentar do Município de Cascais tem mais de 20 anos e abrange todas as Escolas do Pré-escolar e 1º Ciclo da rede

Leia mais

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Mixirica e levar outro igual.

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Mixirica e levar outro igual. FAQ 1. Qual é o período da participação do Mixirica no MasterCard Surpreenda? A participação do Mixirica no MasterCard Surpreenda terá início a partir da data de veiculação deste documento no Site do Programa

Leia mais

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada.

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada. Regulamento: O presente regulamento estabelece os termos e as condições do Programa Club Red Brasil, bem como a concessão e utilização de créditos através de cartões de débito. Todos os participantes,

Leia mais

Concurso. Regulamento

Concurso. Regulamento Concurso Regulamento Depois do sucesso da 1ª edição, o Concurso SITESTAR.PT está de regresso para lançar um novo desafio. A DECO e a DNS juntam-se para distinguir os jovens que desenvolvam websites originais

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE FOTOGRAFIA OS DESCOBRIMENTOS

REGULAMENTO CONCURSO DE FOTOGRAFIA OS DESCOBRIMENTOS REGULAMENTO CONCURSO DE FOTOGRAFIA OS DESCOBRIMENTOS FEIRA QUINHENTISTA RIBEIRA GRANDE 2015 Os Descobrimentos é um concurso de fotografia organizado pela Câmara Municipal da Ribeira Grande (CMRG) por ocasião

Leia mais

Normas para aluguer de espaços na Mata Nacional do Buçaco Sumário

Normas para aluguer de espaços na Mata Nacional do Buçaco Sumário Normas para aluguer de espaços na Mata Nacional do Buçaco Sumário Introdução Reserva de Espaços Catering, decoração e animação musical Registo Fotográfico/Vídeo Danos/ Incidentes Cancelamentos / Preçários

Leia mais

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br Loja Virtual Aquisição de Créditos Eletrônicos 1 lojavirtual@sptrans.com.br O que é a Loja Virtual Ferramenta que possibilita a aquisição de créditos eletrônicos diretamente pelo site da SPTrans. 2 Quem

Leia mais

Condições gerais de venda

Condições gerais de venda Condições gerais de venda As presentes CONDIÇÕES GERAIS E PARTICULARES DE VENDA ON-LINE são acordadas livremente e de boa-fé entre Bonecas Namorar Portugal da marca Pó de Arroz e representadas pela empresa

Leia mais

Presentemente, os serviços oferecidos pela Spoonful apenas estão disponíveis para os Concelhos de Lisboa e de Oeiras.

Presentemente, os serviços oferecidos pela Spoonful apenas estão disponíveis para os Concelhos de Lisboa e de Oeiras. CONDIÇÕES DO SERVIÇO A fim de servir da melhor maneira possível os Clientes, a Spoonful estabelece as presentes Condições de Serviço, que regerão o contrato entre as partes. A realização da compra no website

Leia mais

Data de Entrada das Inscrições Artigo 2º Para efeitos de estabelecer a ordem de entrada da Inscrição, considera-se a data do envio do e-mail.

Data de Entrada das Inscrições Artigo 2º Para efeitos de estabelecer a ordem de entrada da Inscrição, considera-se a data do envio do e-mail. Regulamento para Inscrições Carnaval na Neve 10 Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Carnaval na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos, devoluções, cheques, entrada

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS simplifica Como nasce este Guia O presente Guia baseia-se nos Princípios Comuns Para a Mobilidade de Serviços Bancários", adoptados

Leia mais

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa FAQ S 1. Quais os requisitos necessários para ingressar num Mestrado? O candidato deverá ser titular do grau de licenciatura ou de mestre sendo as áreas de formação definidas aquando da publicação do edital

Leia mais

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor.

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor. REGULAMENTO DO FLOT TRAVEL CARD FLOT OPERADORA TURÍSTICA LTDA., o Presenteador e o Presenteado do FLOT TRAVEL CARD, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, o segundo e o terceiro,

Leia mais

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB 1. Condições Gerais Este instrumento tem como objetivo regulamentar a participação dos titulares dos cartões de crédito da Cartão BRB participantes

Leia mais

REGULAMENTO PASSATEMPO #PARTILHAMOSFUTEBOL

REGULAMENTO PASSATEMPO #PARTILHAMOSFUTEBOL REGULAMENTO PASSATEMPO #PARTILHAMOSFUTEBOL 1. DEFINIÇÕES 1.1. Passatempo: Iniciativa que visa premiar os participantes com maior pontuação que se candidatem a receber um bilhete para um jogo do Campeonato

Leia mais

4-. k--7j. Reunião de 2015 REGULAMENTO MUNICIPAL CARTÃO BRAGA IUD :

4-. k--7j. Reunião de 2015 REGULAMENTO MUNICIPAL CARTÃO BRAGA IUD : 4-. k--7j. Reunião de 2015 REGULAMENTO MUNICIPAL CARTÃO BRAGA IUD : Submete-se à consideração do Executivo com vista a aprovação da Assembleia Municipal, nos termos do artigo 25, no. i, alínea g) do Anexo

Leia mais

a) As inscrições terminarão quando se atingirem o número total de quartos disponíveis a) Pagamento Integral (100%) (Bilhete de Avião - ver alínea d);

a) As inscrições terminarão quando se atingirem o número total de quartos disponíveis a) Pagamento Integral (100%) (Bilhete de Avião - ver alínea d); Páscoa na Neve 09 Regulamento para Inscrições Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Páscoa na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos, devoluções, cheques, entrada

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DA LIPOR

REGULAMENTO INTERNO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DA LIPOR FÉRIAS DA LIPOR 1. Considerações Gerais A Lipor, Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, com sede em Baguim do Monte, concelho de Gondomar, realiza atividades de promoção e organização

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! CAMPANHA NOS MUNDO

REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! CAMPANHA NOS MUNDO REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! CAMPANHA NOS MUNDO Os seguintes termos e condições destinam-se a regular a campanha promocional Moneygram no Continente/note! Campanha

Leia mais

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Este documento deve ser impresso e lido com atenção, preferencialmente, na presença do contabilista da sua empresa. Caso subsistam dúvidas após a sua

Leia mais

Resolução n. 04/2014. Instituir o Programa Anuidade Zero, conforme os termos do regulamento abaixo:

Resolução n. 04/2014. Instituir o Programa Anuidade Zero, conforme os termos do regulamento abaixo: Resolução n. 04/2014 Cria o Programa Anuidade Zero, e institui seu regulamento. O CONSELHO SECCIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE DA ORDEM DOS ADVOGADO DO BRASIL, no uso de suas atribuições, resolve: 1. Considerando

Leia mais

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos Mod.C/1000127 A preencher pela tmn Nº conta Nº Solicitação

Leia mais

REGULAMENTO PASSATEMPO Dia da criança - Galaxy Tab A

REGULAMENTO PASSATEMPO Dia da criança - Galaxy Tab A REGULAMENTO PASSATEMPO Dia da criança - Galaxy Tab A 1. Definições 1.1. Passatempo: Iniciativa que visa premiar a fotografia do brinquedo mais criativo construído com materiais reciclados, no âmbito da

Leia mais

Instruções para preenchimento de contratos

Instruções para preenchimento de contratos Instruções para preenchimento de contratos Este documento tem como objetivo esclarecer o correto preenchimento dos contratos de emissão e renovação dos certificados digitais qualificados fornecidos pela

Leia mais

REGULAMENTO E DISPOSIÇÕES GERAIS DO PROGRAMA FIDELIDADE T- Maki RESTAURANTE JAPONÊS

REGULAMENTO E DISPOSIÇÕES GERAIS DO PROGRAMA FIDELIDADE T- Maki RESTAURANTE JAPONÊS REGULAMENTO E DISPOSIÇÕES GERAIS DO PROGRAMA FIDELIDADE T- Maki RESTAURANTE JAPONÊS DO PROGRAMA DE FIDELIDADE O Programa de Fidelidade T-Maki Restaurante Japonês objetiva identificar, reconhecer e valorizar

Leia mais

REGULAMENTO DO CLUBE DE BENEFÍCIOS SORRIA CLUB

REGULAMENTO DO CLUBE DE BENEFÍCIOS SORRIA CLUB REGULAMENTO DO CLUBE DE BENEFÍCIOS SORRIA CLUB O Clube de benefícios é desenvolvido e promovido pela ODONTO SYSTEM PLANOS ODONTOLÓGICOS LTDA, inscrita no CNPJ sob o nº 23.595.762/0001-83, com sede na Av.

Leia mais

Regulamento Programa Fidelidade

Regulamento Programa Fidelidade Regulamento Programa Fidelidade 1. CONDIÇÕES GERAIS 1.1. O presente instrumento tem por objetivo regulamentar a participação dos clientes das Farmácias SESI/DR/SC no Programa Fidelidade SESI Farmácia.

Leia mais

GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO

GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Prestações de Desemprego Montante Único

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA SUPAC DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DAA

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA SUPAC DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DAA SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA SUPAC DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DAA 2015.2 APRESENTAÇÃO Este Manual tem como finalidade orientar os alunos sobre os procedimentos necessários

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA SUPAC DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DAA MANUAL DE MATRÍCULA 2013/1º

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA SUPAC DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DAA MANUAL DE MATRÍCULA 2013/1º SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA SUPAC DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DAA MANUAL DE MATRÍCULA 2013/1º APRESENTAÇÃO Este Manual tem como finalidade orientar os alunos sobre os procedimentos

Leia mais

Campanha de Fidelização Hello Kitty

Campanha de Fidelização Hello Kitty Campanha de Fidelização Hello Kitty Regulamento Programa de Pontos Os Cartões de Crédito Banif Hello Kitty, são Cartões de Crédito aceites em todo o mundo, em estabelecimentos comerciais e rede de ATMs

Leia mais

Uma vez feito o pagamento você poderá enviar um e-mail ou fax com o comprovante para o seguinte:

Uma vez feito o pagamento você poderá enviar um e-mail ou fax com o comprovante para o seguinte: DEPARTAMENTO FINANCEIRO DA CORPORATE GIFTS O departamento financeiro da Corporate Gifts orgulha-se pela nossa capacidade de fornecer aos nossos clientes um serviço seguro, preciso e imediato. Será um prazer

Leia mais

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Kibon Station e levar outro igual.

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Kibon Station e levar outro igual. FAQ 1. Qual é o período da participação do Kibon Station no MasterCard Surpreenda? A participação do Kibon Station no MasterCard Surpreenda terá início a partir da data de veiculação deste documento no

Leia mais

b) Envio e Inscrição: A intenção da inscrição deverá ser enviada através do e-mail aferreira.neve@gmail.com

b) Envio e Inscrição: A intenção da inscrição deverá ser enviada através do e-mail aferreira.neve@gmail.com Carnaval na Neve 12 Regulamento para Inscrições Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Carnaval na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos, devoluções, cheques, entrada

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DO PASSATEMPO 'A LA REDOUTE INSPIRA-ME'

TERMOS E CONDIÇÕES DO PASSATEMPO 'A LA REDOUTE INSPIRA-ME' TERMOS E CONDIÇÕES DO PASSATEMPO 'A LA REDOUTE INSPIRA-ME' 1) Os presentes termos e condições regulam o Passatempo "A La Redoute inspira-me" a decorrer durante o ação do Le Bus com início a 11 de junho

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

REGULAMENTO DE PROCEDIMENTOS DO PROGRAMA NACIONAL DE MICROCRÉDITO

REGULAMENTO DE PROCEDIMENTOS DO PROGRAMA NACIONAL DE MICROCRÉDITO REGULAMENTO DE PROCEDIMENTOS DO PROGRAMA NACIONAL DE MICROCRÉDITO INDICE 1. OBJETIVO 2. DESTINATÁRIOS 3. REQUISITOS GERAIS DE ACESSO À TIPOLOGIA MICROINVEST 4. MODELO ESPECÍFICO DE APOIO TÉCNICO À CRIAÇÃO

Leia mais

Faturação simplificada: Principais alterações

Faturação simplificada: Principais alterações Faturação simplificada: Principais alterações Informação elaborada pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas Atualizado em 22 11 2012 Nota: Agradece-se que coloque qualquer dúvida ou sugestão através

Leia mais

1. Objecto e âmbito de aplicação

1. Objecto e âmbito de aplicação As presentes Condições Gerais de Contratação são acordadas entre a Lusodidacta Sociedade Portuguesa de Material Didáctico, Lda, com o número de pessoa colectiva e matrícula na Conservatória do Registo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO 5ª EDIÇÃO, 2015-16

REGULAMENTO DO CONCURSO 5ª EDIÇÃO, 2015-16 REGULAMENTO DO CONCURSO ESTÁGIOS DE CURTA DURAÇÃO EM PORTUGAL PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE PROVENIENTES DOS PAÍSES AFRICANOS DE LÍNGUA PORTUGUESA E TIMOR-LESTE 5ª EDIÇÃO, 2015-16 Artigo 1º Âmbito O presente

Leia mais

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato pedido de portabilidade e rescisão do contrato ORIGINAL (tmn) 2. INFORMAÇÃO DE CONTACTO Telemóvel contacto 3. DADOS DE PORTABILIDADE MÓVEL E-mail Informamos que, por motivos de portabilidade, pretendemos

Leia mais

Hotel Colônia AOJESP PACOTES Alta Temporada 2011/2012

Hotel Colônia AOJESP PACOTES Alta Temporada 2011/2012 Hotel Colônia AOJESP PACOTES Alta Temporada 2011/2012 PACOTE ENTRADA SAÍDA DIÁRIAS DEZEMBRO 30/11/2011 QUA 05/12/2011 SEG 5 07/12/2011 QUA 12/12/2011 SEG 5 14/12/2011 QUA 19/12/2011 SEG 5 NATAL 21, 22,

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO MENSAL VITALÍCIO

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO MENSAL VITALÍCIO Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO MENSAL VITALÍCIO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio Mensal Vitalício (4004 v4.16) PROPRIEDADE

Leia mais

REGULAMENTO MOCHE ROULETTE ONLINE

REGULAMENTO MOCHE ROULETTE ONLINE REGULAMENTO MOCHE ROULETTE ONLINE O presente regulamento visa estabelecer os termos aplicáveis ao passatempo MOCHE ROULETE, em que a TMN Telecomunicações, S.A., com sede na Av. Álvaro Pais, nº 2, 1649-041

Leia mais

OI À VONTADE NOS CARTÕES VISA OU MASTERCARD

OI À VONTADE NOS CARTÕES VISA OU MASTERCARD PROMOÇÃO CRÉDITO OI À VONTADE NOS CARTÕES VISA OU MASTERCARD OFERTA VÁLIDA DE 14/09 /09/2009 /2009 a 17/01/2010. A oferta CRÉDITO OI À VONTADE NOS CARTÕES VISA OU MASTERCARD concede benefícios promocionais

Leia mais

(Montante do empréstimo) Cláusula Segunda. (Finalidade do Empréstimo)

(Montante do empréstimo) Cláusula Segunda. (Finalidade do Empréstimo) CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Programa de Apoio à Economia Local (PAEL) ENTRE O ESTADO PORTUGUÊS, representado pela Senhora Diretora-Geral do Tesouro e Finanças, Elsa Roncon Santos, de acordo com o disposto no

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT Conteúdo Artigo 1º... 3 OBJECTIVO... 3 Artigo 2º... 3 CONCEITO DE ENCONTRO DE SABEDORIA... 3 Artigo 3º... 3 ÂMBITO

Leia mais

REGULAMENTO. 1)Definições

REGULAMENTO. 1)Definições REGULAMENTO A Consolidadora Sakuratur, com sede na Avenida da Liberdade, 21, 8º andar, Cj. 805 - Liberdade, CEP 01503-000, São Paulo, doravante designada simplesmente Sakuratur, com base no presente regulamento

Leia mais

Programa Gulbenkian Inovar em Saúde

Programa Gulbenkian Inovar em Saúde REGULAMENTO DO CONCURSO Concurso para financiamento de projetos em Literacia em Saúde 2013 Artigo 1º Objeto O presente Regulamento estabelece as normas de acesso ao concurso para financiamento de projetos

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA MAIS DANONE

REGULAMENTO PROGRAMA MAIS DANONE REGULAMENTO PROGRAMA MAIS DANONE DANONE LTDA., pessoa jurídica de direito privado, devidamente inscrita no CNPJ/MF sob o nº 23.643.315/0001-52, com sede na Av. Paulista, nº 2.300, 5º andar, Cerqueira César,

Leia mais

PROGRAMA DE BONIFICAÇÃO TERMOS E CONDIÇÕES. A SANRE BEAUTY oferece a seus clientes um programa de bonificação, que funciona da seguinte maneira:

PROGRAMA DE BONIFICAÇÃO TERMOS E CONDIÇÕES. A SANRE BEAUTY oferece a seus clientes um programa de bonificação, que funciona da seguinte maneira: PROGRAMA DE BONIFICAÇÃO TERMOS E CONDIÇÕES Este site e seu conteúdo (o Site ) é de propriedade exclusiva da SANRE COMERCIO E IMPORTAÇÃO LTDA, sociedade empresária limitada com CNPJ:20.502.109/0001-34,

Leia mais

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior REGULAMENTO DE ACÚMULO DE PONTOS NO PROGRAMA BRADESCO COM TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA FIDELIDADE

Leia mais

TARIFÁRIO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO MECÂNICA

TARIFÁRIO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO MECÂNICA 1- INFORMAÇÃO GERAL SOBRE O DEP. DE DIREITOS MUSICAIS-SUPORTES FÍSICOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Atendimento Geral: MANHÃ - 08:30 H / 12:30 H TARDE - 13:30 H / 17:00 H Pagamentos e Levantamento de Licenças:

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO CARREFOUR GARANTIA ESTENDIDA TELEMARKETING

REGULAMENTO PROMOÇÃO CARREFOUR GARANTIA ESTENDIDA TELEMARKETING REGULAMENTO PROMOÇÃO CARREFOUR GARANTIA ESTENDIDA TELEMARKETING Dados da Promotora: Cardif do Brasil Seguros e Garantias S.A. CNPJ: 08.279.191/0001-84 Rua Campos Bicudo, 98 1º ao 7º andar, São Paulo -

Leia mais

VORTALbonus PROGRAMA '15 REGULAMENTO

VORTALbonus PROGRAMA '15 REGULAMENTO VORTALbonus PROGRAMA '5 REGULAMENTO 0. QUEM PODE PARTICIPAR? 0. O QUE É NECESSÁRIO PARA PARTICIPAR? 03. QUE TRANSAÇÕES NA PLATAORMA DÃO DIREITO A VORTALbonus? 0.. Todos os utilizadores registados na plataforma

Leia mais

Regulamento Promoção Pague em Dia e concorra a 2 vale viagens CVC.

Regulamento Promoção Pague em Dia e concorra a 2 vale viagens CVC. Regulamento Promoção Pague em Dia e concorra a 2 vale viagens CVC. Promovente: São Roque Clube Avenida Antonino Dias Bastos, 368 São Roque SP CNPJ: 50.804.517/0001-01 1 -Objeto da promoção: 2 vales viagem

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE. Site http://www.areastore.com/

POLÍTICA DE PRIVACIDADE. Site http://www.areastore.com/ a POLÍTICA DE PRIVACIDADE Site http://www.areastore.com/ A AREA Infinitas - Design de Interiores, S.A. ( AREA ) garante aos visitantes deste site ( Utilizador ou Utilizadores ) o respeito pela sua privacidade.

Leia mais

1. DO PRAZO E DA ABRANGÊNCIA GEOGRÁFICA DA PROMOÇÃO

1. DO PRAZO E DA ABRANGÊNCIA GEOGRÁFICA DA PROMOÇÃO A PANAMERICANA DE SEGUROS S.A. que é subscritora dos Títulos de Capitalização emitidos e administrados pela CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A., inscrita no CNPJ sob o n 11.467.788/0001-67, cuja Nota Técnica e respectiva

Leia mais