Instruções. Leia as questões com muita atenção e tenha em mente que elas estão dentro do que você estudou.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instruções. Leia as questões com muita atenção e tenha em mente que elas estão dentro do que você estudou."

Transcrição

1 gias o l o n c ) uas Te s ciologia o e S s e a ia umaneografia, Filosof H s a i c,g Ciên (História édio M o n i s En s 14h às 17h da 2012 / 7 0 / 4 1

2 Instruções Esta prova possui 44 (quarenta e quatro) questões. Para cada questão, há apenas 1 (uma) resposta correta a ser escolhida por você entre um conjunto de 4 (quatro) opções. Leia as questões com muita atenção e tenha em mente que elas estão dentro do que você estudou. Resolva as questões da prova e marque suas respostas, primeiramente, na Folha de Respostas rascunho que se encontra na próxima página. Use todo o tempo disponível e faça uma revisão nas respostas antes de transcrevê-las para a Folha de Respostas personalizada. Cuidado e muita atenção com a ordem da marcação. Ao concluir a resolução da prova, você deverá solicitar ao Fiscal Aplicador a sua Folha de Respostas personalizada e, ao recebê-la, verifique se o seu nome e os demais dados pessoais e relacionados à sua inscrição estão corretos. Transcreva, com muita atenção, todas as suas respostas para a Folha de Respostas personalizada, utilizando caneta esferográfica azul ou preta. Para isso, basta preencher a quadrícula correspondente à opção correta. Por exemplo, se você considerar que a resposta da questão número 01 é a letra B e, que da questão número 02 é a letra C, preencha a Folha de Respostas, como ilustrado a seguir. Assinale apenas uma opção em cada questão, pois se você marcar mais de uma, a questão será anulada. Não será permitido o uso de corretivos ou outras rasuras na Folha de Respostas, porque ela não poderá ser substituída quando você rasurá-la, amassá-la ou caso haja duplicidade de marcação de opções numa mesma questão. Boa prova!

3 EXAMES SUPLETIVOS DO ENSINO MÉDIO 1º SEMESTRE / 2012 FOLHA DE RESPOSTAS Nº DE INSCRIÇÃO DO CANDIDATO NOME DO CANDIDATO DATA DE NASCIMENTO Nº DO DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO SRE MUNICÍPIO ESTABELECIMENTO DE ENSINO ÁREA DE CONHECIMENTO DATA DA PROVA HORÁRIO SALA ASSINATURA DO CANDIDATO Atenção - Confira seus dados impressos nesta folha. - Use caneta esferográfica azul ou preta. - Marque apenas uma resposta para cada questão. - O uso de corretivo não é permitido. - Esta folha de respostas não poderá ser substituída. RESPOSTAS 01: A B C D 02: A B C D 03: A B C D 04: A B C D 05: A B C D 06: A B C D 07: A B C D 08: A B C D 09: A B C D 10: A B C D 11: A B C D 12: A B C D 13: A B C D 14: A B C D 15: A B C D 16: A B C D 17: A B C D 18: A B C D 19: A B C D 20: A B C D 21: A B C D 22: A B C D 23: A B C D 24: A B C D 25: A B C D 26: A B C D 27: A B C D 28: A B C D 29: A B C D 30: A B C D 31: A B C D 32: A B C D 33: A B C D 34: A B C D 35: A B C D 36: A B C D 37: A B C D 38: A B C D 39: A B C D 40: A B C D 41: A B C D 42: A B C D 43: A B C D 44: A B C D

4

5 HISTÓRIA - QUESTÕES DE 01 A 17 QUESTÃO 01 H1201SU12.1 Leia o texto abaixo. Devemos sempre ter o cuidado de não comprar mais aos estrangeiros do que lhe vendemos. Essa frase explica uma das bases do mercantilismo, que é A) a balança comercial favorável. B) a liberdade de comércio. C) o aumento das importações. D) o incentivo ao industrialismo. SMITH, Thomas, apud BRAUDEL, F. Os jogos das trocas. Lisboa: Cosmos, QUESTÃO 02 H1202SU12.1 Leia o texto abaixo. Com o fim do pacto colonial, as elites brasileiras poderiam avolumar suas transações comerciais e ampliar significativamente seus lucros. De fato, essa primeira medida já colocava o Brasil enquanto nação economicamente autônoma. Do ponto de vista político, a condição de colônia foi abandonada quando o Brasil ascendeu à condição de Reino Unido de Portugal. Disponível em: <http://www.mundoeducacao.com.br/historiadobrasil/os-tratados-1810.htm>. Acesso em: 10 fev Do ponto de vista político e histórico, o fim do pacto colonial no Brasil contribuiu para a A) agroexportação. B) independência. C) industrialização. D) recolonização. 1

6 QUESTÃO 03 H1203SU12.1 Leia o texto abaixo. A Inglaterra foi o país pioneiro da industrialização. A agricultura inglesa desenvolveu-se com o cercamento dos campos e a difusão de novas técnicas e instrumentos de cultivo. O fim do uso comum das terras gerou o trabalhador livre, expulso do campo onde não tinha mais condições de sobrevivência, transformando-o em mão de obra urbana. [...] A prática dos cercamentos era legalmente utilizada e permitida pelo Parlamento Inglês desde o século XVI e foi intensificada no século XVIII, causando a eliminação dos yeomen e dos arrendatários. Os cercamentos provocaram também um brutal desemprego na área rural, com os camponeses e suas famílias perdendo os lotes de onde tradicionalmente tiravam o seu sustento. Disponível em: <http://www.algosobre.com.br/historia/revolucao-industrial-origens.html>. Acesso em: 6 fev Fragmento. A exclusão social dos camponeses apresentada nesse texto relaciona-se à estrutura de poder A) da aristocracia agrária. B) da burguesia mercantil. C) dos pequenos proprietários. D) dos trabalhadores livres. QUESTÃO 04 H1204SU12.1 Leia o texto abaixo. Lembro-me muito bem do efeito que causou em mim minha primeira visão de Manchester, quando olhei para a cidade pela primeira vez, do final da linha férrea que vinha de Liverpool, e vi uma floresta de chaminés expelindo vapor e fumaça, formando uma cobertura escura que parecia abraçar e envolver todo o lugar [...]. BRADSHAW, L.D (org). Visitors to Manchester a selection of British and foreing visitors descriptions of Manchester from 1538 to Manchester: Neil Richardson, As condições retratadas nesse texto são consequências de que acontecimento histórico? A) Revolução Meiji. B) Revolução Industrial. C) Revolução Francesa. D) Revolução Burguesa. 2

7 QUESTÃO 05 H1205SU12.1 Leia o texto abaixo sobre a crise da mão de obra escrava. Com o fim do tráfico negreiro, os escravos que restaram no país eram mandados para as regiões onde houvesse uma lavoura lucrativa. Portanto, a região Sudeste, onde o café estava em expansão, era o lugar mais interessante. Desse modo, havia um tráfico interno, transferindo os escravos de uma região para outra. Mas a população de escravos foi diminuindo gradualmente e os donos continuavam a maltratá-los. A mortalidade era grande, havia poucos casamentos, quase nenhuma vida familiar e poucas crianças sobreviviam por conta das péssimas condições de higiene. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/transicao-do-trabalho-escravo-para-o-trabalho assalariado/25098/>. Acesso em: 9 mar O fim do tráfico negreiro, em 1850, possibilitou a A) abolição do tráfico interno entre as províncias. B) implantação imediata do trabalho livre. C) substituição do escravo pelo imigrante europeu. D) utilização do trabalho compulsório e gratuito. QUESTÃO 06 H1206SU12.1 Leia o texto abaixo. A partir da criação dessa lei, a terra só poderia ser adquirida através da compra, não sendo permitidas novas concessões de sesmaria, tampouco a ocupação por posse, com exceção das terras localizadas a dez léguas do limite do território. [...] A Lei de Terras de 1850 é significativa no que se refere à ocupação da terra no Brasil, pois a partir dela a terra deixou de ser apenas um privilégio e passou a ser encarada como uma mercadoria capaz de gerar lucros. Disponível em: <http://www.historica.arquivoestado.sp.gov.br/materias/anteriores/edicao02/materia02/leideterra.pdf>. Acesso em: 8 fev Fragmento. A restrição do acesso à terra definida nessa lei relaciona-se A) à diminuição da imigração de europeus. B) à queda da produção de café. C) ao avanço da industrialização no Brasil. D) ao processo de abolição da escravidão. 3

8 QUESTÃO 07 H1207SU12.1 Os textos abaixo são de autores que protagonizaram movimentos sociais do século XIX. Texto 1 Os únicos pontos que distinguem os comunistas dos outros partidos operários são os seguintes: 1) nas lutas nacionais dos proletários dos diversos países, destacam e fazem prevalecer os interesses comuns a todo o proletariado, independente da nacionalidade; 2) nos vários estágios de desenvolvimento da luta da classe operária contra a burguesia, representam, sempre e em toda parte, os interesses do movimento em geral. MARX, Karl e ENGELS, Friedrich. O Manifesto Comunista.Disponível em: <http://www.culturabrasil.org/manifestocomunista.htm>. Acesso em: 9 fev Fragmento. Texto 2 A propriedade do Estado é a miséria da nação real, do povo; a grandeza e o poderio do Estado resultam da escravidão do povo. O povo é, de resto, o inimigo natural e legítimo do Estado; e como ele se submete, o que aliás acontece muitas vezes, às autoridades, todo o poder se lhe torna odioso. O Estado não é Pátria: é a abstração, a ficção metafísica, jurídica, mística e política da Pátria. BAKUNIN, Mikhail. O Estado: alienação e natureza. Disponível em: <http://www.culturabrasil.org/bakunin1.htm>. Acesso em: 10 fev Fragmento. Os ideais defendidos pelos autores desses textos referem-se, respectivamente, ao A) comunismo e ao anarquismo. B) sindicalismo e ao liberalismo. C) socialismo e ao capitalismo. D) trabalhismo e ao populismo. QUESTÃO 08 H1208SU12.1 Leia o texto abaixo. Canudos era um arraial do interior da Bahia, área isolada e de difícil acesso. Na região, instalou-se a partir de 1893 o beato Antônio Vicente Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro. Antes, o beato percorrera o sertão pregando transformações, profetizando o fim do mundo e despertando a ira das autoridades e do clero católico, que o consideravam e a seus seguidores uma ameaça [...] Conselheiro comandou uma queima de editais de cobrança de impostos e, em seguida, refugiou-se com seus adeptos em Canudos. Disponível em: <http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/guerra-de-canudos/guerra-de-canudos-5.php>. Acesso em: 13 fev Entre as causas da formação do arraial de Canudos está a A) concentração de terras, que gerava uma massa de pobres. B) formação do movimento operário, que lutava por leis trabalhistas. C) ideologia anarquista, que estimulava a luta contra o governo. D) rejeição à monarquia, que se baseava no poder do rei. 4

9 QUESTÃO 09 H1209SU12.1 Observe a imagem abaixo. A revolta dos 18 do Forte de Copacabana. Marcha do Movimento Tenentista pela Avenida Atlântica em julho de Essa revolta militar relaciona-se com a crise do sistema brasileiro A) democrático. B) desenvolvimentista. C) oligárquico. D) populista. Disponível em: <http://www.portalsaofrancisco.com.br>. Acesso em: 6 fev QUESTÃO 10 H1210SU12.1 Leia o texto abaixo. Fazia quase dois anos que ocorrera a quebra na Bolsa de Valores de Nova York, em outubro de Mas os estragos provocados pela crise ainda eram sentidos em todo o planeta e também no Brasil. [...] Todos os elos envolvidos na cadeia de produção do café brasileiro fazendeiros, comerciantes, banqueiros e trabalhadores rurais (a maior parte imigrantes) foram atingidos pela crise. Muitos produtores foram à bancarrota. Disponível em: <http://historiablog.wordpress.com/2009/01/03/a-crise-de-1929-e-o-brasil/>. Acesso em: 8 fev Fragmento. Essa crise fez com que o governo brasileiro adotasse como medida de recuperação econômica a A) emissão de moedas estrangeiras. B) importação de produtos agrícolas. C) queima de estoques de café. D) reforma do trabalho no campo. 5

10 QUESTÃO 11 H1211SU12.1 Observe o cartaz abaixo de 1930, que oferecia recompensa pela captura de Lampião vivo ou morto. Disponível em: <http://www.revistabrasileiros.com.br/imagens/450/em/textos/93/>. Acesso em: 6 fev O Cangaço é caracterizado como um movimento que A) adotou um tipo de banditismo que se desenvolveu no sertão nordestino. B) estimulou a prática do messianismo entre os seus participantes. C) ocorreu no sudeste do Brasil em meados do século XIX. D) utilizou a infl uência religiosa para agir em favor dos coronéis. QUESTÃO 12 H1212SU12.1 Leia a notícia abaixo relacionada à campanha O petróleo é nosso, realizada durante a Era Vargas. Muitos devem estar lembrados da frase O petróleo é nosso, quando da campanha para diminuir a importação e a dependência do petróleo pelo Brasil, implantado pelo então Presidente da República Getúlio Vargas. Getúlio tinha razão em dizer que o Brasil poderia, no futuro, ser um grande explorador dessa matéria-prima. Disponível em: Acesso em: 3 de jan Essa campanha possuiu caráter A) entreguista. B) imperialista. C) nacionalista. D) neoliberal. 6

11 QUESTÃO 13 H1213SU12.1 Leia o texto abaixo. Nas três décadas seguintes ao término da Segunda Guerra Mundial, o mundo capitalista viveu o período conhecido na literatura econômica como os trinta anos gloriosos do capitalismo. Impulsionado pela vitória sobre o nazi-fascismo, o movimento operário logrou conquistas significativas em matéria de salário, previdência social, condições de trabalho, habitação, lazer e outros setores. Disponível em: <http://www.dhnet.org.br/direitos/anthist/jacob_gorender.htm>. Acesso em: 9 fev Fragmento. O movimento operário desempenhou um importante papel para o A) avanço da revolução socialista em escala mundial. B) desenvolvimento do Estado do Bem-Estar Social. C) fortalecimento dos princípios econômicos neoliberais. D) progresso das políticas sociais patronais e trabalhistas. QUESTÃO 14 H1214SU12.1 Na década de 1960, importantes setores da Igreja Católica, do Exército e da elite brasileira eram anticomunistas e viam o comunismo como um grande perigo para a sociedade brasileira. A ideia do anticomunismo no Brasil recebia apoio externo A) da URSS. B) de Cuba. C) do Chile. D) dos EUA. QUESTÃO 15 H1215SU12.1 Leia o texto abaixo sobre o movimento grevista desencadeado pelos metalúrgicos do ABC paulista. Às seis da manhã do dia 12 de maio de 1978, mais de metalúrgicos de uma montadora em São Bernardo entraram na fábrica, mas não ligaram as máquinas. Tinha início a primeira greve dez anos após a última mobilização, em 1968, ano da promulgação do AI-5, que acabou com a liberdade de expressão e a representação política. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u shtml>. Acesso em: 9 mar *Adaptado para fins didáticos. Esse movimento grevista tinha como objetivo A) defender o reajuste salarial e também a liberdade democrática. B) forçar os patrões a aceitar os contratos individuais de trabalho. C) garantir a manutenção da estrutura sindical corporativista. D) retornar ao regime de estabilidade no emprego. 7

12 QUESTÃO 16 H1216SU12.1 O texto abaixo é sobre a elaboração da Constituição Federal de A atual Constituição Federal do Brasil, chamada de Constituição Cidadã, foi promulgada no dia 5 de outubro de [...]. A Constituição é a lei maior, a Carta Magna, que organiza o Estado brasileiro. Após o fim do Regime Militar, em todos os segmentos da sociedade, era unânime a necessidade de uma nova Carta, pois a anterior havia sido promulgada em 1967, em plena Ditadura Militar. [...] Representando um avanço em direção a democracia, a sociedade, em seus diversos setores, foi estimulada a contribuir e apresentar propostas. Disponível em: <http://contextopolitico.blogspot.com/2008/08/histria-constituio-de-1988.html>. Acesso em: 7 fev Fragmento. Essa Constituição acrescentou avanços na cidadania representados por meio da A) criação da justiça do trabalho. B) formulação da lei de imprensa. C) liberação do divórcio para as mulheres. D) permissão do voto para os analfabetos. QUESTÃO 17 H1217SU12.1 Leia os textos abaixo. Texto 1 As privatizações ocorrem quando uma empresa ou uma instituição estatal grupos de investimentos, multinacionais, organizações estratégicas, entre outros são vendidas para a esfera privada, quase sempre através de leilões públicos. Texto 2 Disponível em: <http://www.infoescola.com/economia/privatizacoes/> Acesso em: 8 fev Fragmento. O país conduzia-se a uma autonomia econômica. Este crescimento independente só foi possível devido ao contexto em que estavam situados: com o pós-guerra, o assédio dos países hegemônicos sobre o Brasil era quase nulo. Com isso, o crescimento foi controlado pelo empresariado brasileiro que era justamente a ideia de Getúlio Vargas. Disponível em: <http://perspectivabr.wordpress.com/2008/05/09> Acesso em: 8 fev Fragmento. As políticas e os princípios econômicos, aos quais esses textos se referem, são, respectivamente, o A) mercantilismo e o liberalismo clássico. B) mercantilismo e o nacional desenvolvimentismo. C) neoliberalismo e o liberalismo clássico. D) neoliberalismo e o nacional desenvolvimentismo. 8

13 GEOGRAFIA - QUESTÕES DE 18 A 34 QUESTÃO 18 G1201SU12.1 Observe as imagens abaixo. Disponível em: <http://dan-poucodetudo.blogspot.com/2011/09/ alguns-aspectos-da-vida-na-idade-media.html>. Acesso em: 15 mar Na Idade Média, os jovens ricos e nobres gostavam de passar o tempo ouvindo canções e lendo poemas sobre pessoas apaixonadas Disponível em: <http://www.fotologando.com/2011/01/garota-bonita-daplateia.html>. Acesso em: 14 mar No século XXI, milhares de jovens assistem a um show de música. Comparando-se a vida dos jovens apresentada nessas imagens, identificam-se diferenças marcantes entre elas. Essas diferenças decorrem A) da formação profissional. B) da migração internacional. C) do crescimento urbano. D) do sistema educacional. QUESTÃO 19 G1204SU12.1 Leia o texto abaixo. Desde que se mudou de Feira de Santana, na Bahia, para assumir a gerência de marketing de um shopping de Brasília, há cinco meses, mandar s relacionados ao trabalho após o horário de expediente ou até aos fins de semana tem sido uma prática trivial para S., 35 anos. S. é parte de um grupo de brasileiros que não consegue desvincular-se do trabalho, mesmo depois de bater o ponto. Disponível em: <http://www.relacoesdotrabalho.com.br/profiles/blogs/no-correio-braziliense-a-rotina-de-quem-fica-o-dia-inteiro-ligado>. Acesso em: 8 abr *Adaptado para fins didáticos. A mudança nas relações de trabalho apresentada nesse texto decorre A) da facilidade de troca de informações. B) da redução da jornada diária de trabalho. C) do aumento do período de tempo livre. D) do pagamento mensal de horas extras. 9

14 QUESTÃO 20 G1202SU12.1 Leia o texto abaixo. No caso dos serviços, a primeira academia de ginástica do Brasil a ficar aberta durante toda a noite foi uma localizada na Rua da Consolação, no bairro do Jardim Paulista, na cidade de São Paulo. Esse estabelecimento de fitness iniciou seu funcionamento em 1991, época em que as academias de ginástica começaram a fazer sucesso entre os brasileiros. Essa academia passou a oferecer sua sala de musculação para aqueles que queriam treinar durante a noite. Hoje, com mais de 20 anos de funcionamento 24 horas, esta academia de ginástica tornou-se uma grande referência para o bairro e, além de sua sala de musculação, as piscinas também estão à disposição para os alunos treinarem a qualquer hora do dia e da noite. Disponível em: <http://www.geografia.fflch.usp.br/publicacoes/geousp/geousp20/artigo_carlos.pdf>. Acesso em: 9 maio *Adaptado para fins didáticos. Esse tipo de estabelecimento comercial é encontrado somente em cidades como São Paulo, porque é uma cidade que vive o processo de A) informalidade. B) metropolização. C) suburbanização. D) sustentabilidade. QUESTÃO 21 G1203SU12.1 Observe a imagem abaixo, que apresenta produtos agropecuários naturais ou manufaturados. Óleo Arroz A unidade produtiva que transforma o produto agropecuário natural ou manufaturado para a sua utilização intermediária ou final é A) a agroindústria. B) a agroquímica. C) o celeiro. D) o latifúndio. 10

15 QUESTÃO 22 G1206SU12.1 Leia o texto abaixo sobre o agronegócio. No caso da soja, toda a cadeia produtiva é controlada por poucas grandes empresas. São as mesmas que fi nanciam os insumos e equipamentos e compram a produção. Essas empresas atuam convencendo muitos pequenos agricultores a plantarem sua soja e usar seus produtos, prometendo comprar tudo no fi nal. Toda a produção nacional de soja é comprada por meia dúzia de empresas. Como controlam também a comercialização, defi nem os preços pagos aos agricultores, criando um ciclo de dependência na qual as empresas fi cam com o lucro e os pequenos agricultores têm que pagar por qualquer perda nas safras. Disponível em: <http://www.sof.org.br/arquivos/pdf/livreto_oxfam_web.pdf>. Acesso em: 22 mar *Adaptado para fi ns didáticos. O agronegócio provoca transformações signifi cativas no meio rural brasileiro. Essas transformações A) ampliam a necessidade de mão de obra nas propriedades. B) estimulam a concorrência entre os agricultores familiares. C) promovem a constituição de cooperativas camponesas. D) provocam a queda do lucro dos pequenos agricultores. QUESTÃO 23 G1205SU12.1 O mapa abaixo apresenta as regiões de planejamento de Minas Gerais. Disponível em: <http://www.fjp.gov.br/index.php/servicos/81-servicos-cei/68-informativo-cei-demografi a-regioes-de-planejamento>. Acesso em: 8 abr *Adaptado para fi ns didáticos. Na Região Central, a cidade que é considerada o centro da rede urbana é A) Belo Horizonte. B) Montes Claros. C) Poços de Caldas. D) Teófi lo Otoni. 11

16 QUESTÃO 24 G1207SU12.1 Leia o texto abaixo sobre os impasses no comércio mundial. Atualmente, o Brasil ocupa uma posição de liderança do chamado G-20, grupo de países em desenvolvimento que buscam mais espaço no comércio internacional e exigem igualdade de aplicações das regras estabelecidas pela Organização Mundial do Comércio (OMC). Disponível em: <http://www.atualidadesconcursos.com.br/artigos/omc_comercio_internacional.pdf>. Acesso em: 28 mar *Adaptado para fins didáticos. A OMC contribui para a desigualdade no comércio internacional ao permitir que os países ricos tornem seus produtos mais baratos através de A) distribuição de terras. B) insumos industriais. C) isenção de impostos. D) subsídios agrícolas. QUESTÃO 25 G1209SU12.1 Leia o texto abaixo sobre adubação orgânica. Muitos agricultores familiares utilizam a adubação orgânica em seus plantios. Adubação orgânica é feita através da utilização de vários tipos de resíduos, tais como: esterco curtido, vermicomposto de minhocas, compostos fermentados, biofertilizantes enriquecidos com micronutrientes e cobertura morta. Disponível em: <http://mundoorgnico.blogspot.com.br/2009/04/tecnica.html>. Acesso em: 2 abr *Adaptado para fins didáticos. A adubação orgânica é uma técnica A) agroecológica. B) artificializada. C) hidropônica. D) ultrapassada. 12

17 QUESTÃO 26 G1208SU12.1 A imagem abaixo retrata o meio rural brasileiro. Disponível em: <http://sosriosdobrasil.blogspot.com.br/2009_07_01_archive.html>. Acesso em: 1 abr *Adaptado para fins didáticos. A sociedade modifica a natureza para promover a sua subsistência. Nessa imagem, o meio rural apresenta impactos ambientais negativos percebidos na A) construção de estradas vicinais. B) eliminação da fauna silvestre. C) exploração do lençol freático. D) poluição dos recursos hídricos. QUESTÃO 27 G1210SU12.1 O texto abaixo apresenta as transformações ocorridas no meio rural brasileiro. O avanço da tecnificação na agricultura é tão forte, que os trabalhos rurais são cada vez mais individualizados e menos familiares, dada a elevação da produtividade do trabalho. As unidades de produção têm passado, assim, de uma exploração familiar para uma exploração individualizada. Disponível em: <http://www.iapar.br/arquivos/file/zip_pdf/transf_rural_pr.pdf>. Acesso em: 18 mar *Adaptado para fins didáticos. Essas transformações provocam a A) dispensa de parte da mão de obra. B) eliminação dos impactos ambientais. C) migração de retorno da população. D) redução da produção agropecuária. 13

18 QUESTÃO 28 G1215SU12.1 Observe abaixo o mapa da Região Sul do Brasil. Disponível em: <http://www.professor.bio.br/geografi a/>. Acesso em: 10 abr *Adaptado para fi ns didáticos. Nesse mapa, estão representadas as reservas de A) bauxita. B) carvão mineral. C) manganês. D) minério de ferro. QUESTÃO 29 G1213SU12.1 Leia o texto abaixo. Quando falamos em mudança climática e em aquecimento global, estamos nos referindo ao incremento, além do nível normal, da capacidade da atmosfera em reter calor. Isso vem acontecendo devido a um progressivo aumento na concentração dos gases de efeito estufa na atmosfera nos últimos 150 anos. Tal aumento tem sido provocado pelas atividades do homem que produzem emissões excessivas de poluentes para a atmosfera. Disponível em: <http://www.ipam.org.br/biblioteca/livro/perguntas-e-respostas-sobre-aquecimento-global/572>. Acesso em: 10 abr O aumento no efeito estufa trará consequências sérias para a vida na Terra. As mudanças climáticas previstas alterarão A) as erupções vulcânicas. B) as placas tectônicas. C) os cisalhamentos. D) os ecossistemas. 14

19 QUESTÃO 30 G1214SU12.1 O texto abaixo apresenta as características de um domínio morfoclimático do Brasil. Apresenta depressões e clima semiárido, caracterizado pelas altas temperaturas e pela má distribuição de chuvas durante o ano. Apesar de sua aparência, sua vegetação é muito rica, variando a maioria delas conforme a época de chuvas e conforme a localização. Muitas espécies ainda não foram catalogadas. As bromélias e os cactos são as duas principais famílias da região, destacando-se os mandacarus, os caroás, os xique-xiques, as macambiras e outras mais. Esse domínio é a A) Caatinga. B) Floresta. C) Pradaria. D) Savana. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/geografia_do_brasil>. Acesso em: 4 abr *Adaptado para fins didáticos. QUESTÃO 31 G1212SU12.1 A imagem abaixo apresenta uma casa com um coletor de água da chuva. Disponível em: <http://www.guiadecorar.com.br/posts/visualiza/1722>. Acesso em: 9 abr Construir residências com esse coletor proporciona A) diminuição da ocorrência de enchentes. B) preservação de um recurso natural. C) proteção para se evitar o deslizamento. D) redução nos custos da construção. 15

20 QUESTÃO 32 G1211SU12.1 Leia o texto abaixo sobre as Ilhas Malvinas. A recente troca de acusações entre dirigentes da Argentina e da Grã-Bretanha ameaça deteriorar e relação entre os dois países e reacende os temores de uma possível escalada na tensão entre as nações que foram à guerra há quase 30 anos. Mais uma vez, o centro da discórdia são as Ilhas Malvinas, o pequeno arquipélago localizado a 500 km ao leste do extremo sul da Argentina, anexado pela Grã-Bretanha desde Disponível em: <http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/01/120119_malvinas_rp.shtml>. Acesso em: 9 abr As recentes discórdias com relação às Ilhas Malvinas, entre Argentina e Grã-Bretanha, decorrem da A) descoberta de importantes reservas de petróleo. B) existência de grande potencial pesqueiro nas ilhas. C) proibição da navegação marítima no Mar do Norte. D) violação do espaço aéreo da região da Patagônia. QUESTÃO 33 G1216SU12.1 Observe o mapa abaixo. ALMEIDA, Lúcia Marina Alves de & RIGOLIN, Tércio Barbosa. Fronteiras da globalização. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Ática, p Os principais fl uxos migratórios intercontinentais dirigem-se, majoritariamente, para A) as nações asiáticas. B) as regiões da Europa. C) os Estados Unidos. D) os países nórdicos. 16

21 QUESTÃO 34 G1217SU12.1 Observe a imagem abaixo e leia o texto que a segue. Conhecida como Mata do Maciel, a Mata do Planalto, situada no bairro do Planalto, em Belo Horizonte/MG, tem cerca de m² (equivalente a 30 campos de futebol, ou seja, 30 hectares). Trata-se da última área verde da região norte de Belo Horizonte e está ameaçada de extinção. Uma construtora pretende edificar 16 prédios com 15 andares cada; 760 unidades residenciais (de 2 e 3 quartos); vagas de estacionamento e ,96 m² de área. Disponível em: <http://luzesdacolina.blogspot.com.br/2010/08/mata-do-planalto-um-oasis-ameacado-de.html>. Acesso em: 9 abr Considerando-se essa área e seu entorno, sua ocupação representa uma prática denominada de A) especulação imobiliária. B) loteamento clandestino. C) ocupação planejada. D) parcelamento informal. 17

22 FILOSOFIA - QUESTÕES DE 35 A 39 QUESTÃO 35 Y1201SU12.1 Em uma sociedade, o processo decorrente da disputa de indivíduos e grupos por bens escassos é denominado A) acordo. B) conflito. C) debate. D) escolha. QUESTÃO 36 Y1202SU12.1 A Filosofia surgiu na Grécia Antiga, no século VII a.c., como um conhecimento racional acerca da origem, da natureza e dos princípios que ordenam o mundo ou o Universo. Esse conhecimento é denominado A) cosmologia. B) ética. C) política. D) teologia. QUESTÃO 37 Y1203SU12.1 Leia o texto abaixo que aborda a questão da diversidade dos saberes na história da humanidade. Antes da Física, diversos povos já sabiam como fazer flutuar embarcações, como construir palácios, aquedutos, sistemas de irrigação; antes da Biologia, identificavam inúmeras doenças e seu tratamento; antes da Química, já havia oficinas de metalurgia e tingimento; antes da Economia, os Estados sabiam como administrar os bens públicos. ARRUDA, Maria Lúcia; Pires MARTINS, Maria Helena. Temas de Filosofia. São Paulo: Moderna, p Adaptado para fins didáticos. Tendo por referência esse texto, pode-se identificar a Física, a Biologia, a Química e a Economia como expressões do conhecimento A) artístico. B) científico. C) filosófico. D) técnico. 18

23 QUESTÃO 38 Y1204SU12.1 Leia o texto abaixo que aborda a questão da democracia. A democracia é a única sociedade e o único regime político que considera o conflito legítimo. Não só trabalha politicamente os conflitos de necessidades e de interesses, mas também procura instituí-los como direitos e, como tais, exige que sejam reconhecidos e respeitados. CHAUÍ, Marilena; OLIVEIRA, Pérsio S. Filosofia e Sociologia. São Paulo: Ática, 2010, p. 81. De acordo com esse texto, em uma sociedade democrática, a função do conflito é A) ampliar o reconhecimento de novos direitos dos cidadãos. B) eliminar as disputas entre partidos políticos e sociedade. C) legitimar processos de corrupção instalados na esfera pública. D) obstruir o processo legislativo no Congresso Nacional. QUESTÃO 39 Y1205SU12.1 Leia o texto abaixo que aborda a questão da observação científica. Quando observo alguma coisa, é preciso sempre que eu a descreva. Para tanto, utilizo uma série de noções que eu possuía antes; estas se referem sempre a uma representação teórica, geralmente implícita. Sem essas noções que me permitem organizar a minha observação, não sei o que dizer. FOUREZ, Gérard. A construção das ciências: introdução à filosofia e à ética das ciências. São Paulo: UNESP, p. 40. De acordo com esse texto, a observação científica é caracterizada por uma A) atitude de submissão do cientista ao objeto investigado. B) compreensão espontânea de conhecimento acerca da realidade. C) relação que pressupõe conhecimentos prévios do cientista. D) revelação exterior acerca da estrutura da realidade. 19

Instruções. Leia as questões com muita atenção e tenha em mente que elas estão dentro do que você estudou.

Instruções. Leia as questões com muita atenção e tenha em mente que elas estão dentro do que você estudou. ática Matem ntal e m a d Fun s 12h Ensino à h 8 0 - das 2 1 0 2 / 15/07 Instruções Esta prova possui 30 (trinta) questões. Para cada questão, há apenas 1 (uma) resposta correta a ser escolhida por você

Leia mais

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT)

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O capitalismo teve origem na Europa, entre os séculos XIII e XIV, com o renascimento urbano e comercial e o surgimento de uma nova classe social:

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:. Compreender

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1 FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA Fase 1 Novembro 2008 INTRODUÇÃO Na prova de História de 2009 foi possível concretizar vários dos objetivos do programa do Vestibular.

Leia mais

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar)

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Somos parte de uma sociedade, que (re)produz, consome e vive em uma determinada porção do planeta, que já passou por muitas transformações, trata-se de seu lugar, relacionando-se

Leia mais

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO HISTÓRIA DO LEGISLATIVO Maurício Barbosa Paranaguá Seção de Projetos Especiais Goiânia - 2015 Origem do Poder Legislativo Assinatura da Magna Carta inglesa em 1215 Considerada a primeira Constituição dos

Leia mais

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão.

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão. CRISE DO ESCRAVISMO A Dinamarca foi o primeiro país Europeu a abolir o tráfico de escravos em 1792. A Grã-Bretanha veio a seguir, abolindo em 1807 e os Estados Unidos em 1808. O Brasil foi o último país

Leia mais

Cidade e desigualdades socioespaciais.

Cidade e desigualdades socioespaciais. Centro de Educação Integrada 3º ANO GEOGRAFIA DO BRASIL A Produção do Espaço Geográfico no Brasil nas economias colonial e primário exportadora. Brasil: O Espaço Industrial e impactos ambientais. O espaço

Leia mais

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA 2 o DIA MANHÃ GRUPO 2 Novembro / 2011 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este

Leia mais

FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO. Prof. Israel Frois

FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO. Prof. Israel Frois FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO Prof. Israel Frois SÉCULO XV Território desconhecido; Era habitado por ameríndios ; Natureza praticamente intocada Riqueza imediata: Pau-Brasil (Mata Atlântica) Seus limites

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Observe a figura

Leia mais

Gabarito oficial preliminar: História

Gabarito oficial preliminar: História 1) Questão 1 Segundo José Bonifácio, o fim do tráfico de escravos significaria uma ameaça à existência do governo porque Geraria uma crise econômica decorrente da diminuição da mão de obra disponível,

Leia mais

SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO

SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO 1 - INTRODUÇÃO Séc. XIX consolidação da burguesia: ascensão do proletariado urbano (classe operária) avanço do liberalismo.

Leia mais

Instruções. Leia as questões com muita atenção e tenha em mente que elas estão dentro do que você estudou.

Instruções. Leia as questões com muita atenção e tenha em mente que elas estão dentro do que você estudou. ografia e G e História ntal e m a d 17h Fun Ensin/o2012 - das 14h às 15/07 Instruções Esta prova possui 30 (trinta) questões. Para cada questão, há apenas 1 (uma) resposta correta a ser escolhida por você

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE - Sistemas sociais e culturais de notação de tempo ao longo da história, - As linguagens das fontes históricas; - Os documentos escritos,

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CIÊNCIAS HUMANAS 3º ANO FILOSOFIA FILOSOFIA NA HISTÓRIA

Leia mais

Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. História C Aula 08 Prof. Thiago

Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. História C Aula 08 Prof. Thiago Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real História C Aula 08 Prof. Thiago Movimentos de Pré- Independência Século XVIII e XIX Crise do mercantilismo e do Estado Absolutista Hegemonia de

Leia mais

Cap. 12- Independência dos EUA

Cap. 12- Independência dos EUA Cap. 12- Independência dos EUA 1. Situação das 13 Colônias até meados do séc. XVIII A. As colônias inglesas da América do Norte (especialmente as do centro e norte) desfrutavam da negligência salutar.

Leia mais

2. (Pucrs 2014) Considere as afirmações abaixo sobre a crise do Antigo Sistema Colonial e a Independência do Brasil (1822).

2. (Pucrs 2014) Considere as afirmações abaixo sobre a crise do Antigo Sistema Colonial e a Independência do Brasil (1822). 1. (Enem 2014) A transferência da corte trouxe para a América portuguesa a família real e o governo da Metrópole. Trouxe também, e sobretudo, boa parte do aparato administrativo português. Personalidades

Leia mais

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo A UA UL LA MÓDULO 7 Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo Nesta aula O café foi o principal produto de exportação durante a República Velha. Os cafeicultores detinham o controle da

Leia mais

A Revolução Industrial, iniciada na Grà-Bretanha, mudou a maneira de trabalhar e de pensar das pessoas

A Revolução Industrial, iniciada na Grà-Bretanha, mudou a maneira de trabalhar e de pensar das pessoas A Revolução Industrial, iniciada na Grà-Bretanha, mudou a maneira de trabalhar e de pensar das pessoas A industrialização mudou a história do homem. O momento decisivo ocorreu no século XVIII com a proliferação

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA Ano: 2º Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 7º 2º TRI

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 7º 2º TRI 1. Coloque V para verdadeiro e F para falso: EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 7º 2º TRI ( ) a população economicamente ativa compreende a parcela da população que está trabalhando ou procurando emprego.

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

O nascimento da sociologia. Prof. Railton Souza

O nascimento da sociologia. Prof. Railton Souza O nascimento da sociologia Prof. Railton Souza Áreas do Saber MITO RELIGIÃO ARTES FILOSOFIA CIÊNCIA SENSO COMUM CIÊNCIAS NATURAIS OU POSITIVAS ASTRONOMIA FÍSICA QUÍMICA BIOLOGIA MATEMÁTICA (FERRAMENTA

Leia mais

Revolução Industrial e Socialismo. A Revolução Industrial.

Revolução Industrial e Socialismo. A Revolução Industrial. Aula 11 Revolução Industrial e Socialismo Nesta aula, iremos tratar da Revolução Industrial e de suas conseqüências para o mundo contemporâneo. Entre as conseqüências, destaque para o desenvolvimento de

Leia mais

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009 Questão 01 UFBA - -2009 2ª FASE 2009 Na Época Medieval, tanto no Oriente Médio, quanto no norte da África e na Península Ibérica, muçulmanos e judeus conviviam em relativa paz, fazendo comércio e expressando,

Leia mais

A EVOLUÇÃO DA CULTURA DO CAFÉ E DA CANA-DE-AÇUCAR NO MUNICIPIO DE FRANCA: UM ESTUDO NOS ANOS DE 1990 A 2007

A EVOLUÇÃO DA CULTURA DO CAFÉ E DA CANA-DE-AÇUCAR NO MUNICIPIO DE FRANCA: UM ESTUDO NOS ANOS DE 1990 A 2007 344 A EVOLUÇÃO DA CULTURA DO CAFÉ E DA CANA-DE-AÇUCAR NO MUNICIPIO DE FRANCA: UM ESTUDO NOS ANOS DE 1990 A 2007 Jordanio Batista Maia da Silva (Uni-FACEF) Hélio Braga Filho (Uni-FACEF) 1 INTRODUÇÃO Vivemos

Leia mais

Roteiro de Estudos. 3 trimestre - 2015

Roteiro de Estudos. 3 trimestre - 2015 Roteiro de Estudos 3 trimestre - 2015 Disciplina: Geografia Professor: Eduardo 3ª série O que devo saber: Crescimento populacional no Brasil e no mundo. Sociedade e economia. Povos em movimento e migrações

Leia mais

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo História baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA Middle e High School 2 6 th Grade A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos,

Leia mais

VIRGÍLIO, P.; LONTRINGER, S.. Guerra Pura: a Militarização do Cotidiano. São Paulo: Brasiliense, 1984, p. 39.

VIRGÍLIO, P.; LONTRINGER, S.. Guerra Pura: a Militarização do Cotidiano. São Paulo: Brasiliense, 1984, p. 39. Velocidade é violência. O exemplo mais óbvio é o punho cerrado. Nunca o pesei mas pesa cerca de 400 gramas. Posso transformar esse punho na carícia mais delicada. Mas, se o arremessar em alta velocidade,

Leia mais

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA Clodoaldo Meneguello Cardoso Nesta "I Conferência dos lideres de Grêmio das Escolas Públicas Estaduais da Região Bauru" vamos conversar muito sobre política.

Leia mais

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2 1º ano O absolutismo e o Estado Moderno Capítulo 12: Todos os itens A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10:

Leia mais

HISTÓRIA. SEGUNDA SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Profº Msc. Givaldo Santos de Jesus REVOLUÇÕES INGLESAS DO SÉCULO XVII

HISTÓRIA. SEGUNDA SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Profº Msc. Givaldo Santos de Jesus REVOLUÇÕES INGLESAS DO SÉCULO XVII HISTÓRIA SEGUNDA SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Profº Msc. Givaldo Santos de Jesus REVOLUÇÕES INGLESAS DO SÉCULO XVII 1 - A Inglaterra no Início do Século XVII 1 - A Inglaterra no Início do Século XVII - A Dinastia

Leia mais

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes Africana: África como berço da humanidade Capítulo 1: Item 1 Européia Capítulo 1: Item 2 Asiática Capítulo 1: Item 2 Americana Capítulo 1: Item 3 Arqueologia Brasileira Capítulo 1: Item 4 A paisagem e

Leia mais

UMA RESPOSTA ESTRATÉGICA AOS

UMA RESPOSTA ESTRATÉGICA AOS UMA RESPOSTA ESTRATÉGICA AOS DESAFIOS DO CAPITALISMO GLOBAL E DA DEMOCRACIA Luiz Carlos Bresser-Pereira A Reforma Gerencial ou Reforma à Gestão Pública de 95 atingiu basicamente os objetivos a que se propunha

Leia mais

Expansão do território brasileiro

Expansão do território brasileiro Expansão do território brasileiro O território brasileiro é resultado de diferentes movimentos expansionistas que ocorreram no Período Colonial, Imperial e Republicano. Esse processo ocorreu através de

Leia mais

UFSC. Resposta: 01 + 02 = 03. Comentário

UFSC. Resposta: 01 + 02 = 03. Comentário Resposta: 01 + 02 = 03 01. Correta. 04. Incorreta. O número de trabalhadores no setor primário, principalmente na agropecuária, continuou diminuindo devido à automação. O aumento ocorreu no setor de serviço.

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE REPÚBLICA VELHA

EXERCÍCIOS SOBRE REPÚBLICA VELHA EXERCÍCIOS SOBRE REPÚBLICA VELHA 1. Com o fim da escravidão no Brasil como as fazendas continuaram tendo mão de obra? A) Os ex-escravos foram contratados para continuarem trabalhando na plantação e colheita.

Leia mais

II - Desenvolvimento. 1. O primeiro mundo. 2. Sociedades de consumo

II - Desenvolvimento. 1. O primeiro mundo. 2. Sociedades de consumo I - Introdução Consideram-se como Norte os países ricos ou industrializados: o primeiro Mundo ou países capitalistas desenvolvidos, em primeiro lugar e também os países mais industrializados do antigo

Leia mais

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA 2011/HIST8ANOEXE2-PARC-1ºTRI-I AVALIAÇÃO PARCIAL 1º TRIMESTRE

Leia mais

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A O capitalismo teve origem na Europa, nos séculos XV e XVI, e se expandiu para outros lugares do mundo ( Ásia, África,

Leia mais

Provão. História 5 o ano

Provão. História 5 o ano Provão História 5 o ano 61 Os reis portugueses governaram o Brasil à distância, até o século XIX, porém alguns acontecimentos na Europa mudaram essa situação. Em que ano a família real portuguesa veio

Leia mais

A formação da monarquia inglesa na Baixa Idade Média, mais precisamente no século XII, na época da Guerra dos Cem anos.

A formação da monarquia inglesa na Baixa Idade Média, mais precisamente no século XII, na época da Guerra dos Cem anos. HISTÓRIA 8º ANO A formação da monarquia inglesa na Baixa Idade Média, mais precisamente no século XII, na época da Guerra dos Cem anos. Por volta do século XIII, o rei João sem terras estabeleceu novos

Leia mais

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo.

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo. HISTÓRIA 37 Associe as civilizações da Antigüidade Oriental, listadas na Coluna A, às características políticas que as identificam, indicadas na Coluna B. 1 2 3 4 COLUNA A Mesopotâmica Fenícia Egípcia

Leia mais

(Disponível em: http://www.nomismatike.hpg.ig.com.br/grecia/etruria.htm. Acesso em: 3 jun. 2005.)

(Disponível em: http://www.nomismatike.hpg.ig.com.br/grecia/etruria.htm. Acesso em: 3 jun. 2005.) 2 o PROCESSO SELETIVO/2005 1 O DIA GABARITO 1 33 HISTÓRIA QUESTÕES DE 51 A 60 51. Analise o mapa e o texto a seguir: (Disponível em: http://www.nomismatike.hpg.ig.com.br/grecia/etruria.htm. Acesso em:

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799 REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799 À procura de solução para a crise: 1787 Luís XVI convocação dos conselheiros para criação de novos impostos Acabar com a isenção fiscal do Primeiro e Segundo Estados CONSEQUÊNCIA

Leia mais

Lista de exercícios para pra final de História. 7ª série

Lista de exercícios para pra final de História. 7ª série Lista de exer PROVÍNCIA BRASILEIRA DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS FILHAS DA CARIDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO COLÉGIO VICENTINO SÃO JOSÉ Rua Pe. José Joaquim Goral, 182 Abranches Curitiba Fone (041) 3355-2200

Leia mais

1) Analise os quadros a seguir:

1) Analise os quadros a seguir: 1) Analise os quadros a seguir: QUADRO 1 QUADRO 2 Marque a alternativa CORRETA: a) O fator responsável para explicar o quadro 1 é o aumento do processo migratório decorrente do processo de globalização.

Leia mais

Nome: Turma: Data: Atividade de revisão para o Exame final. A Revolução Francesa (14/07/1789)

Nome: Turma: Data: Atividade de revisão para o Exame final. A Revolução Francesa (14/07/1789) Profª.: Lygia Mânica Costa 7ª série do E. Fundamental Nome: Turma: Data: Atividade de revisão para o Exame final A Revolução Francesa (14/07/1789) A situação social era grave e o nível de insatisfação

Leia mais

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil.

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. Marque com um a resposta correta. 1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. I. A região Nordeste é a maior região do país, concentrando

Leia mais

O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado

O MATOPIBA e o desenvolvimento destrutivista do Cerrado O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado Paulo Rogerio Gonçalves* No dia seis de maio de 2015 o decreto n. 8447 cria o Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Matopiba e seu comitê gestor.

Leia mais

VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO

VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO A prova de História é composta por três questões e vale 10 pontos no total, assim distribuídos: Questão 1 3 pontos (sendo 1 ponto para o subitem A, 1,5

Leia mais

O Mundo industrializado no século XIX

O Mundo industrializado no século XIX O Mundo industrializado no século XIX Novas fontes de energia; novos inventos técnicos: Por volta de 1870, deram-se, em alguns países, mudanças importantes na indústria. Na 2ª Revolução Industrial as indústrias

Leia mais

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como:

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: 1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: a) incapacidade dos Braganças de resistirem à pressão

Leia mais

Prof. Thiago Oliveira

Prof. Thiago Oliveira Prof. Thiago Oliveira Depois da 2ª Guerra Mundial o Brasil passou por um período de grandes transformações no campo da política, economia e sociedade, superando o Estado Novo de Getúlio e experimentando

Leia mais

Rei (controla poder moderador) além de indicar o primeiro ministro e dissolve a Câmara de Deputados Monarquia torna-se estável

Rei (controla poder moderador) além de indicar o primeiro ministro e dissolve a Câmara de Deputados Monarquia torna-se estável História do Brasil Professora Agnes (Cursinho Etec Popular de São Roque) Política Interna O SEGUNDO REINADO (1840-1889) * Apogeu da monarquia brasileira. * Centralização política e administrativa. * Pacificação

Leia mais

A Organização da Aula

A Organização da Aula Curso: Ciências Sociais Prof. Ms: Edson Fasano Sociedade Capitalista: Revoluções Inglesas. A Organização da Aula 1º Bloco: A Inglaterra do século XVI; 2º Bloco: - A Revolução Puritana e Gloriosa; 3º Bloco:

Leia mais

TODOS COLÉGIOS SIMULADO 2ª SÉRIE

TODOS COLÉGIOS SIMULADO 2ª SÉRIE TODOS COLÉGIOS SIMULADO 2ª SÉRIE 1.Analise as afirmativas abaixo referentes ao Iluminismo: 01 - Muitas das idéias propostas pelos filósofos iluministas são, hoje, elementos essenciais da identidade da

Leia mais

Europa no Século XIX FRANÇA RESTAURAÇÃO DA DINASTIA BOURBON LUÍS XVIII CARLOS X LUÍS FELIPE ( 1824 1830 )

Europa no Século XIX FRANÇA RESTAURAÇÃO DA DINASTIA BOURBON LUÍS XVIII CARLOS X LUÍS FELIPE ( 1824 1830 ) Europa no Século XIX FRANÇA RESTAURAÇÃO DA DINASTIA BOURBON -Após a derrota de Napoleão Bonaparte, restaurou-se a Dinastia Bourbon subiu ao trono o rei Luís XVIII DINASTIA BOURBON LUÍS XVIII CARLOS X LUÍS

Leia mais

Total aulas previstas

Total aulas previstas ESCOLA BÁSICA 2/3 DE MARTIM DE FREITAS Planificação Anual de História do 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS TURMA Tema 1.º Período Unidade Aulas Previas -tas INTRODUÇÃO À HISTÓRIA: DA ORIGEM

Leia mais

Brasil e América do Sul

Brasil e América do Sul Brasil e América do Sul Brasil Linha do equador Tropico de Capricórnio O Brasil é o quinto país mais extenso e populoso do mundo. É a sétima maior economia mundial. É um país capitalista à apresenta propriedade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS - HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ANO

PLANO DE ESTUDOS - HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ANO PLANO DE ESTUDOS - HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ANO O aluno, no final do 6º ano, deve ser capaz de: Conhecer e compreender as características do império português dos séculos XVII e XVIII Conhecer

Leia mais

Unidade IV Natureza-Sociedade: questões ambientais Aula 21. 1 Conteúdo A conquista do Oeste; Acordos, guerra e ouro; A guerra civil norte-americana.

Unidade IV Natureza-Sociedade: questões ambientais Aula 21. 1 Conteúdo A conquista do Oeste; Acordos, guerra e ouro; A guerra civil norte-americana. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza-Sociedade: questões ambientais Aula 21. 1 Conteúdo A conquista do Oeste; Acordos, guerra e ouro; A guerra civil norte-americana.

Leia mais

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio.

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. 01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. Sobre essa questão, leia atentamente as afirmativas abaixo: I. Em 11 de setembro de 2001, os EUA sofreram um violento

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA 8º ANO PROFESSOR: MÁRCIO AUGUSTO

Leia mais

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815)

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815) NAPOLEÃO BONAPARTE 1 Profª Adriana Moraes Destaca-se política e militarmente no Período Jacobino. DIRETÓRIO Conquistas militares e diplomáticas na Europa defesa do novo governo contra golpes. Golpe 18

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS

SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS Simulado do Enem: 1 - Analise as representações cartográficas a seguir: Estas representações são anamorfoses geográficas. Uma anamorfose geográfica representa

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta útil à análise e

Leia mais

FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO

FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Aluno (a): Disciplina GEOGRAFIA Curso Professor ENSINO MÉDIO FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Série 1ª SÉRIE Número: 1 - Conteúdo: Domínios morfoclimáticos - estudar as interrelações

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA. MOVIMENTO BURGUÊS França antes da revolução TEVE APOIO DO POVO Monarquia absolutista Economia capitalista.(costumes feudais) sociedade estamental. 1º Estado-

Leia mais

Mapa Mental Sobre a Metodologia no Curso da ENFOC REAPROPRIAÇÃO TEMÁTICA E METODOLÓGICA DO PRIMEIRO MÓDULO

Mapa Mental Sobre a Metodologia no Curso da ENFOC REAPROPRIAÇÃO TEMÁTICA E METODOLÓGICA DO PRIMEIRO MÓDULO Mapa Mental Mapa Mental Sobre a Metodologia no Curso da ENFOC REAPROPRIAÇÃO TEMÁTICA E METODOLÓGICA DO PRIMEIRO MÓDULO Dois Focos Temáticos Sistema Capitalista História Contradições Desafios para a classe

Leia mais

SÉCULO XVII A INGLATERRA INCENTIVOU A COLONIZAÇÃO DAS TERRAS NORTE- AMERICANAS INCENTIVANDO A VINDA DE EMIGRANTES INGLESES

SÉCULO XVII A INGLATERRA INCENTIVOU A COLONIZAÇÃO DAS TERRAS NORTE- AMERICANAS INCENTIVANDO A VINDA DE EMIGRANTES INGLESES A GUERRA DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA ANTECEDENTES SÉCULO XVII A INGLATERRA INCENTIVOU A COLONIZAÇÃO DAS TERRAS NORTE- AMERICANAS INCENTIVANDO A VINDA DE EMIGRANTES INGLESES NESSA ÉPOCA

Leia mais

Jus>fica>va. Obje>vos

Jus>fica>va. Obje>vos Jus>fica>va O Brasil está entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa do mundo e a cada ano os brasileiros de Norte a Sul do país são mais afetados pelas consequências das mudanças climá>cas

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 9 o ano 1 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : 1. A proclamação da República correspondeu ao encontro de duas forças diversas Exército e fazendeiros de café movidas por razões

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA HISTÓRIA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I. MUNDOS DO TRABALHO COMPETÊNCIA HABILIDADES CONTEÚDO -Compreender as relações de trabalho no mundo antigo, nas sociedades pré-colombianas e no mundo medieval.

Leia mais

Respostas das questões sobre as regiões do Brasil

Respostas das questões sobre as regiões do Brasil Respostas das questões sobre as regiões do Brasil Região Norte 1. Qual a diferença entre região Norte, Amazônia Legal e Amazônia Internacional? A região Norte é um conjunto de 7 estados e estes estados

Leia mais

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL REVOLUÇÃO INDUSTRIAL - Eram aprendizes órfãos? Todos aprendizes órfãos. - E com que idade eram admitidos? Os que vinham de Londres tinham entre 7 e 11 anos. - (...) Qual o horário de trabalho? De 5 da

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA - Marco Histórico: Fim da Idade Moderna. Símbolo: Queda da Bastilha (1789). Lema: Liberdade, Fraternidade, Igualdade.

REVOLUÇÃO FRANCESA - Marco Histórico: Fim da Idade Moderna. Símbolo: Queda da Bastilha (1789). Lema: Liberdade, Fraternidade, Igualdade. REVOLUÇÃO FRANCESA REVOLUÇÃO FRANCESA - Marco Histórico: Fim da Idade Moderna. 1789 Símbolo: Queda da Bastilha (1789). Lema: Liberdade, Fraternidade, Igualdade. Influência: Iluminista. DIVISÃO SOCIAL 1º

Leia mais

ARTESANATO MANUFATURA PRODUÇÃO INDUSTRIAL FERRA- MENTAS MANUAIS DIVISÃO DO TRABALHO FERRAMENTAS MECÂNICAS INDIVIDUAL TRABALHO

ARTESANATO MANUFATURA PRODUÇÃO INDUSTRIAL FERRA- MENTAS MANUAIS DIVISÃO DO TRABALHO FERRAMENTAS MECÂNICAS INDIVIDUAL TRABALHO Definição: conjunto de transformações técnicas, econômicas e sociais caracterizadas pela substituição da energia física pela mecânica, da ferramenta pela máquina e da manufatura pela fábrica. ARTESANATO

Leia mais

CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA. Os últimos anos da República Velha

CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA. Os últimos anos da República Velha CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA Os últimos anos da República Velha Década de 1920 Brasil - as cidades cresciam e desenvolviam * Nos grandes centros urbanos, as ruas eram bem movimentadas, as pessoas

Leia mais

A Revoluções Burguesas na Inglaterra: o surgimento do Parlamentarismo

A Revoluções Burguesas na Inglaterra: o surgimento do Parlamentarismo A Revoluções Burguesas na Inglaterra: o surgimento do Parlamentarismo Parlamento Inglês -Rainha Elizabeth I (1558-1603) maior exemplo de poder absoluto na Inglaterra daquele tempo; - Maquiavélica; - Enquanto

Leia mais

Imperialismo dos EUA na América latina

Imperialismo dos EUA na América latina Imperialismo dos EUA na América latina 1) Histórico EUA: A. As treze colônias, colonizadas efetivamente a partir do século XVII, ficaram independentes em 1776 formando um só país. B. Foram fatores a emancipação

Leia mais

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROF. FERNANDO NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas.

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas. Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também tem a missão de ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Para isso, oferecemos recomendações personalizadas de estudo, para

Leia mais

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PRODUÇÃO DE TEXTO O texto elaborado pelo candidato deve atender à situação de produção apresentada na prova, obedecendo para tanto à tipologia e ao gênero textual solicitados.

Leia mais

Prof. Janderson Barros

Prof. Janderson Barros TEMA 1 Prof. Janderson Barros Aspectos Gerais da Oceania. Definição de Oceania Continente insular composto por um conjunto de ilhas; Conhecida como Novíssimo Mundo devido sua descoberta nas décadas finais

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

O ANTIGO REGIME FRANCÊS ANCIEN REGIM

O ANTIGO REGIME FRANCÊS ANCIEN REGIM O ANTIGO REGIME FRANCÊS ANCIEN REGIM Organização social que vigorou na França, principalmente na época em que os reis eram absolutistas, ou seja, de meados do século XVII até a Revolução Francesa. Tal

Leia mais

OITAVO ANO ESINO FUNDAMENTAL II PROFESSORA: ROSE LIMA

OITAVO ANO ESINO FUNDAMENTAL II PROFESSORA: ROSE LIMA OITAVO ANO ESINO FUNDAMENTAL II PROFESSORA: ROSE LIMA http://plataformabrioli.xpg.uol.com.br/historiaresumo/2ano/epopeialusitana.pdf http://blog.msmacom.com.br/familia-real-portuguesa-quem-e-quem-na-monarquia/

Leia mais

Curso: Estudos Sociais Habilitação em História. Ementas das disciplinas: 1º Semestre

Curso: Estudos Sociais Habilitação em História. Ementas das disciplinas: 1º Semestre Curso: Estudos Sociais Habilitação em História Ementas das disciplinas: 1º Semestre Disciplina: Introdução aos estudos históricos Carga horária semestral: 80 h Ementa: O conceito de História, seus objetivos

Leia mais

Capitalismo, Revolução Russa e Crise de 29

Capitalismo, Revolução Russa e Crise de 29 Capitalismo, Revolução Russa e Crise de 29 Revolução Russa de 1917 A Revolução Russa de 1917 foi uma série de eventos políticos na Rússia, que, após a eliminação da autocracia russa, e depois do Governo

Leia mais

REVOLTAS DURANTE A REPÚBLICA VELHA

REVOLTAS DURANTE A REPÚBLICA VELHA REVOLTAS DURANTE A REPÚBLICA VELHA Unidade 2, Tema 2 e 3. Págs. 50 53 Personagem. Pág. 55 e 64 Ampliando Conhecimentos. Págs. 60-61 Conceitos Históricos. Pág. 65 Em foco. Págs. 66-71 GUERRA DE CANUDOS

Leia mais

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO:

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSORES: Marina Monteiro e Fábio Luiz DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: Nº: A PROVA FINAL NÃO SERÁ LIMITADA

Leia mais

ATIVIDADES ONLINE 9º 3. Cidade chinesa que estreou economia de mercado completa 30 anos

ATIVIDADES ONLINE 9º 3. Cidade chinesa que estreou economia de mercado completa 30 anos ATIVIDADES ONLINE 9º 3 1) Leia atentamente. Cidade chinesa que estreou economia de mercado completa 30 anos Deng Xiaoping, pai da reforma econômica da China, decidiu no começo dos anos 80 testar as regras

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA Aulas 19 e 20 Pág. 15 P R O F ª C L E I D I V A I N E D A S. R E Z E N D E D I S C. H I S T Ó R I A / 8 º A N O

REVOLUÇÃO FRANCESA Aulas 19 e 20 Pág. 15 P R O F ª C L E I D I V A I N E D A S. R E Z E N D E D I S C. H I S T Ó R I A / 8 º A N O REVOLUÇÃO FRANCESA Aulas 19 e 20 Pág. 15 P R O F ª C L E I D I V A I N E D A S. R E Z E N D E D I S C. H I S T Ó R I A / 8 º A N O 1 - INTRODÇÃO 1789 a Bastilha (prisão) foi invadida pela população marca

Leia mais

Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio. Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras

Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio. Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras Prospecção do conhecimento Defina agronegócio Cite, conforme seu conhecimento e

Leia mais

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO:

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO: DISCIPLINA: Geografia PROFESSOR(A): Rodrigo/Saulo DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2ªEM TURMA: Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO Demografia (Transição

Leia mais