Projeções de entidades geométricas elementares condicionadas por relações de pertença (incidência) 8

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeções de entidades geométricas elementares condicionadas por relações de pertença (incidência) 8"

Transcrição

1 Índice Item Representação diédrica Projeções de entidades geométricas elementares condicionadas por relações de pertença (incidência) 8 Reta e plano 8 Ponto pertencente a uma reta 8 Traços de uma reta nos planos de projeção 8 Traços de uma reta nos planos bissetores 9 Ponto pertencente a uma reta de perfil 9 Reta contida num plano 11 Traços de um plano nos planos de projeção 13 Reta contida num plano definido pelos seus traços 13 Determinação dos traços de um plano nos planos de projeção 14 Retas notáveis de um plano 15 Ponto pertencente a um plano 17 Interseções 19 Interseção de dois planos 19 Interseção de dois planos projetantes 19 Interseção de um plano projetante com um plano não projetante 20 Interseção de dois planos oblíquos 21 Interseção de dois planos de rampa 23 Interseção de um plano oblíquo com um plano passante 24 Interseção de um plano com os planos bissetores 24 Interseção de uma reta com um plano 26 Interseção de uma reta com um plano projetante 26 Interseção de uma reta com um plano método geral 27 Interseção de três planos 29 Métodos geométricos auxiliares I 30 Rebatimento. Rebatimento de planos projetantes 30 Rebatimento do plano vertical 30 Rebatimento do plano de topo 32 Rebatimento do plano de perfil 34 Paralelismo de retas e de planos 36 Retas paralelas entre si 36 Retas de perfil paralelas 36 Reta paralela a um plano 37 Reta paralela a dois planos 38 Plano paralelo a uma reta 38 Planos paralelos entre si 39 Perpendicularidade de retas e de planos 41 Reta horizontal ou frontal perpendicular ou ortogonal a uma reta oblíqua aos planos de projeção 41 Reta perpendicular a um plano 42 Plano perpendicular a uma reta 43 Retas oblíquas perpendiculares entre si 44 Planos perpendiculares entre si 45 Plano perpendicular a dois planos 46 Fichas de revisão 47

2 Representação diédrica Item Item Métodos geométricos auxiliares II 60 Rebatimento do plano oblíquo 60 Rebatimento de um plano oblíquo recorrendo ao processo do triângulo do rebatimento 60 Rebatimento de um plano oblíquo recorrendo a retas do plano 62 Rebatimento do plano de rampa 65 Rebatimento do plano passante 68 Problemas métricos 69 Distâncias 69 Distância de um ponto a uma reta 69 Distância de um ponto a um plano 72 Distância entre dois planos paralelos 74 Ângulos 76 Ângulo de duas retas 76 Ângulo entre duas retas concorrentes 76 Ângulo entre duas retas enviesadas 77 Ângulo de uma reta com um plano 78 Ângulo de uma reta com um plano horizontal ou com um plano frontal 78 Ângulo de uma reta de perfil com um plano de rampa 79 Ângulo de uma reta com um plano método do ângulo complementar 80 Ângulo entre dois planos 82 Ângulo de um plano com um plano horizontal ou com um plano frontal 82 Ângulo entre dois planos de rampa 83 Ângulo entre dois planos oblíquos 83 Ângulo de um plano oblíquo com um plano passante 84 Figuras planas situadas em planos projetantes e planos não projetantes 85 Figuras planas situadas em planos: horizontal ou frontal 85 Figuras planas situadas em planos de perfil 86 Figuras planas situadas em planos: vertical ou de topo 88 Figuras planas situadas em planos: oblíquo, de rampa ou passante 89 Figuras planas situadas em planos oblíquos 89 Figuras planas situadas em planos de rampa 91 Figuras planas situadas em planos passantes 92 Fichas de revisão 93 Representação diédrica Sólidos 112 Pirâmides e prismas retos e oblíquos com base(s) regular(es) situada(s) em planos: horizontal, frontal ou de perfil 112 Pirâmides e prismas de base(s) horizontal(ais) 112 Pirâmides e prismas de base(s) frontal(ais) 115 Pirâmides e prismas de base(s) de perfil 116 Cones e cilindros de revolução e oblíquos com base(s) circular(es) situada(s) em planos: horizontal, frontal ou de perfil 118 Cones e cilindros de base(s) horizontal(ais) 118 Cones e cilindros de base(s) frontal(ais) 119 Cones e cilindros de base(s) de perfil 121 Esfera 122 Pirâmides e prismas retos com base(s) regular(es) situada(s) em planos: vertical ou de topo 122 Pirâmides e prismas regulares de base(s) vertical(ais) 123 Pirâmides e prismas regulares de base(s) de topo 124

3 Pirâmides e prismas retos com base(s) regular(es) situada(s) em planos: oblíquo, de rampa ou passante 125 Pirâmides e prismas regulares com base(s) situada(s) em plano(s) oblíquo(s) 125 Pirâmides e prismas regulares com base(s) situada(s) em plano(s) de rampa 127 Pirâmides e prismas regulares com a base ou com uma das bases no caso do prisma situada num plano passante 129 Secções 131 Secções em sólidos. Truncagem 131 Secções em poliedros com base(s) em qualquer tipo de plano(s) produzidas por planos: horizontal, frontal e de perfil 131 Secções em poliedros com base(s) horizontal(ais), frontal(ais) ou de perfil produzidas por planos: vertical, de topo, oblíquo, de rampa e passante 135 Secções em pirâmides e prismas produzidas por planos: vertical e de topo 135 Secções em pirâmides e prismas produzidas por planos: oblíquo, de rampa e passante 137 Secções produzidas em cones de base circular 140 Secções em cones de base circular produzidas por planos projetantes 141 Secções produzidas em cilindros de bases circulares 145 Secções em cilindros de bases circulares produzidas por planos projetantes 145 Secções produzidas na esfera 148 Secções em esferas produzidas por planos projetantes 148 Sombras 150 Sombra produzida de um ponto 150 Sombras produzidas de um ponto nos planos horizontal e frontal de projeção 151 Sombra projetada de um segmento de reta nos planos de projeção 152 Sombra própria e sombra projetada nos planos de projeção de uma figura plana 153 Polígono 153 Círculo 154 Sombra própria e projetada de um sólido 156 Sombra própria e sombra projetada nos planos de projeção de pirâmides e de prismas com base(s) horizontal(ais), frontal(ais) ou de perfil 157 Pirâmides 157 Prismas 159 Sombra própria e sombra projetada nos planos de projeção de cones e de cilindros com base(s) horizontal(ais), frontal(ais) ou de perfil 161 Cones 161 Cilindros 165 Fichas de revisão 169 Representação axonométrica Item Axonometrias 194 Axonometria ortogonal 194 Axonometrias ortogonais: isometria, dimetria e trimetria 195 Coeficiente de redução. Escalas axonométricas 196 Representação de um ponto em axonometria ortogonal 196 Representação de um ponto recorrendo ao rebatimento dos planos coordenados 197 Representação de um ponto recorrendo ao método dos cortes 201 Representação de formas tridimensionais simples ou compostas em axonometria ortogonal 202 Poliedros 202 Formas tridimensionais compostas 205 Axonometria oblíqua ou clinogonal 206 Axonometrias clinogonais: cavaleira e planométrica (ou militar) 206 Cavaleira 207 Determinação gráfica da escala axonométrica do eixo perpendicular ao plano axonométrico 207

4 Representação de um ponto em axonometria clinogonal cavaleira 208 Representação de formas tridimensionais simples ou compostas em axonometria clinogonal cavaleira 210 Poliedros 210 Cones e cilindros 212 Formas tridimensionais compostas 213 Planométrica ou militar 214 Determinação gráfica da escala axonométrica do eixo z 214 Representação de um ponto em axonometria clinogonal planométrica 214 Representação de formas tridimensionais simples ou compostas em axonometria clinogonal planométrica (ou militar) 216 Poliedros 216 Cones e cilindros 217 Formas tridimensionais compostas 218 Fichas de revisão 219 Exames Nacionais 271 Informação Prova de Geometria Descritiva A (IAVE) 272 Enunciados e propostas de resolução dos Exames Nacionais Exame Nacional de Geometria A 2006 (1.ª e 2.ª fases) 274 Exame Nacional de Geometria A 2007 (1.ª e 2.ª fases) 284 Exame Nacional de Geometria A 2008 (1.ª e 2.ª fases) 294 Exame Nacional de Geometria A 2009 (1.ª e 2.ª fases) 304 Exame Nacional de Geometria A 2010 (1.ª e 2.ª fases) 314 Exame Nacional de Geometria A 2011 (1.ª e 2.ª fases) 324 Exame Nacional de Geometria A 2012 (1.ª e 2.ª fases) 334 Exame Nacional de Geometria A 2013 (1.ª e 2.ª fases) 344 Exame Nacional de Geometria A 2014 (1.ª e 2.ª fases) 354 Exame Nacional de Geometria A 2015 (1.ª e 2.ª fases) 364 Exame Nacional de Geometria A 2016 (1.ª e 2.ª fases) 374

5 Representação diédrica Item Projeções de entidades geométricas elementares condicionadas por relações de pertença (incidência), de paralelismo, de perpendicularidade ou resultantes de interseções Ponto, reta e plano Interseções (plano/plano e reta/plano) Métodos geométricos auxiliares I Paralelismo de retas e de planos Perpendicularidade de retas e de planos No final da abordagem dos temas inclui-se um conjunto de fichas de revisão com exercícios globais. Todos os exercícios apresentam propostas de resolução (à escala de 1:2) com relatórios, que resultam da aplicação de alguns dos vários processos que podem ser utilizados. De modo a garantir uma avaliação efetiva das competências adquiridas, sugere-se que o aluno consulte as soluções apenas quando concluir a resolução dos exercícios.

6 Item Paralelismo de retas e de planos Retas paralelas entre si Retas paralelas têm a mesma direção. As projeções homónimas de retas paralelas são paralelas entre si. Retas de perfil paralelas Para resolver os problemas que tratam de retas de perfil paralelas entre si pode-se recorrer a um dos métodos geométricos auxiliares, a retas concorrentes com as retas de perfil ou à representação triédrica. Representação da reta de perfil b que contém o ponto C e é paralela à reta a definida pelos pontos A e B. Para definir a reta de perfil b é necessário determinar um outro ponto da reta. Nesta resolução recorre-se à representação triédrica, pois, sendo as retas a e b paralelas ao plano de perfil de projeção, as suas projeções de perfil, a 3 e b 3, são paralelas entre si. Representa-se um ponto P (qualquer) da reta b que, com o ponto C, define a reta b. Recorrendo a retas concorrentes com as retas a e b. As retas a e b pertencem a um mesmo plano. Consideram-se duas retas oblíquas, r e s, paralelas entre si e pertencentes ao mesmo plano a reta r contém os pontos B e C e a reta s contém o ponto A (s 2 // r 2 e s 1 // r 1 ). A reta s é concorrente com a reta b no ponto D que, com o ponto C, define a reta b. 36

7 Reta paralela a um plano Uma reta é paralela a um plano se for paralela a uma reta desse plano. Representação de uma reta oblíqua r paralela a um plano oblíquo α. Paralelismo de retas e de planos A reta r contém um ponto R exterior ao plano α e é paralela à reta s que está contida no plano (r 2 // s 2 e r 1 // s 1 ), portanto, r é paralela ao plano α. Representação de uma reta de perfil p que contém o ponto A e é paralela ao plano de rampa θ. Na resolução apresentada recorre-se à representação triédrica, pois, sendo a reta p paralela às retas de perfil do plano de rampa θ, então p 3 é paralela ao traço de perfil do plano θ recorde-se que pθ é a reta de perfil com abcissa nula do plano. Para definir a reta p optou-se por determinar os seus traços horizontal e frontal, os pontos H e F. 37

8 Item Fichas de revisão 18.1 Ficha 18 Represente, pelas suas projeções, o sólido resultante da secção produzida por um plano vertical δ numa pirâmide hexagonal regular de base horizontal. Destaque, a traço mais forte, a porção da pirâmide situada entre o plano secante e o plano frontal de projeção. a base [ABCDEF] está inscrita numa circunferência com centro no ponto O (0; 6; 8) e 4 cm de raio; duas arestas laterais da pirâmide são de perfil; o vértice V pertence ao plano horizontal de projeção; o plano secante δ interseta a aresta de perfil visível em projeção frontal num ponto com 8,5 cm de afastamento e forma um diedro de 60 (a.d.) com o plano frontal de projeção Determine as projeções da figura de secção produzida por um plano oblíquo α numa pirâmide pentagonal oblíqua de base regular frontal. o ponto O (2; 1; 6) e o ponto A, com 6 cm de abcissa e 6 cm de cota, são, respetivamente, o centro e um dos vértices da base [ABCDE]; a aresta lateral [AV] é horizontal e o vértice V da pirâmide tem 1 cm de abcissa e 9 cm de afastamento; o plano secante α interseta o eixo x no ponto com 9 cm de abcissa e os seus traços horizontal e frontal fazem, com esse eixo, ângulos de 30 (a.e.) e 50 (a.e.), respetivamente Determine a sombra própria e a sombra projetada nos planos de projeção de um cilindro de revolução de bases horizontais. as bases têm 3,5 cm de raio; o ponto O (2; 8; 3,5) é o centro de uma das bases; a outra base tem 7 cm de cota Determine a sombra própria e a sombra projetada nos planos de projeção de um prisma quadrangular oblíquo situado no 1. diedro. as bases são quadrados contidos em planos frontais com 1,5 cm e 8 cm de afastamento; o ponto A, com 6 cm de abcissa e 5 cm de cota, e o ponto B, com 3 cm de abcissa e 1 cm de cota, são vértices consecutivos da base de menor afastamento; o ponto A é o vértice do prisma que se situa mais à direita; as arestas laterais do prisma são horizontais e medem 7 cm. 176

9 Item 11.1 Soluções Ficha 11 A base do cone projeta-se em verdadeira grandeza no plano horizontal de projeção. A projeção horizontal do centro O é determinada na interseção do arco de circunferência com centro em P 1 e 3,5 cm de raio com a linha de referência das projeções do ponto O. Para representar a amplitude do ângulo entre a geratriz [VP] e o plano horizontal da base e determinar a projeção frontal do vértice V, optou-se por rebater o plano vertical δ que contém [VP] sobre o plano frontal de projeção O vértice A pertence ao traço frontal do plano de rampa ρ que contém a base inferior do prisma e o vértice D pertence ao traço horizontal do plano ρ. A diagonal [AD] é de perfil. As projeções da base [ABCDEF] são determinadas através do rebatimento do plano ρ sobre o plano horizontal de projeção. As arestas laterais (cujo comprimento corresponde à altura do prisma) pertencem a retas de perfil perpendiculares aos planos das bases. Para determinar as projeções do vértice A da base superior recorre-se à representação triédrica conforme exposto na página 128. As projeções das arestas da base [A B C D E F ] (visível em projeção horizontal e frontal) são paralelas às projeções das arestas correspondentes da base [ABCDEF]. CPEN-GD

10 Provas de Exames Nacionais Através do rebatimento dos planos coordenados xy e xz sobre o plano axonométrico pelo método dos cortes representam-se, em rebatimento, as projeções nesses planos dos dois prismas quadrangulares regulares em verdadeira grandeza. Contrarrebatendo os vértices dos prismas através de perpendiculares às charneiras dos rebatimentos, determina-se a projeção axonométrica do sólido resultante. Para um melhor entendimento da representação da forma tridimensional atribui-se notação aos vértices da base de maior abcissa, [ABCD], do prisma de bases paralelas ao plano coordenado yz e aos vértices da base de maior afastamento, [BPQR], do prisma de bases paralelas ao plano coordenado xz. Resolução passo a passo em 378

11 EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 2.ª Fase º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/2. a Fase Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância: 30 minutos Determine os traços do plano θ, perpendicular ao plano α. o plano α é definido pelo seu traço frontal e pelo ponto A (0; 2; 4); o traço frontal do plano α contém o ponto B do eixo x, com abcissa nula, e faz um ângulo de 50º, de abertura para a esquerda, com o eixo x; o plano θ contém o ponto P (0; 4; 2) e o seu traço frontal faz um ângulo de 40º, de abertura para a esquerda, com o eixo x. Cotações Determine as projeções de um retângulo [ABCD] situado num plano oblíquo δ e no 1.º diedro. o plano δ é definido pelo ponto M do eixo x, com 4 de abcissa, e por uma reta horizontal h; a reta horizontal h contém o vértice A (0; 3; 2) e define um ângulo de 55º, de abertura para a direita, com o Plano Frontal de Projeção; o lado [AB] do retângulo mede 9 cm e o vértice B tem cota nula; os lados menores do retângulo medem 6 cm Determine as projeções de uma pirâmide oblíqua de base regular triangular [ABC] situada num plano horizontal e das suas sombras própria e projetada nos planos de projeção. Destaque, a traço mais forte, as projeções da pirâmide e as linhas visíveis da sombra projetada nos planos de projeção. Identifique, a traço interrompido, as arestas invisíveis do sólido e as linhas invisíveis da parte ocultada da sombra projetada. Identifique as áreas visíveis das sombras, própria e projetada, preenchendo-as a tracejado ou com uma mancha de grafite clara e uniforme. Nota Se optar pelo tracejado, deverá fazê-lo com linhas paralelas ao eixo x, nas áreas de sombra própria, e com linhas perpendiculares às projeções da direção luminosa, nas áreas de sombra projetada

Exame Final Nacional. Geometria Descritiva A. 11.º ano. Preparação para o. Maria João Müller

Exame Final Nacional. Geometria Descritiva A. 11.º ano. Preparação para o. Maria João Müller Preparação para o Exame Final Nacional Geometria Descritiva A 11.º ano Maria João Müller 11 Oo Apresentação Com o intuito de preparar o aluno para o exame final nacional da disciplina de Geometria Descritiva

Leia mais

Módulo(s)/tema Conteúdos Competências/Objectivos Estrutura da Prova/ itens de avaliação

Módulo(s)/tema Conteúdos Competências/Objectivos Estrutura da Prova/ itens de avaliação Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº 3 Escola Secundária de Rio Tinto ENSINO SECUNDÁRIO RECORRENTE POR MÓDULOS MATRIZ DE PROVA DE AVALIAÇÃO (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2016/2017 Disciplina:

Leia mais

FICHA FORMATIVA. Represente, pelas suas projecções, a recta p, perpendicular ao plano alfa.

FICHA FORMATIVA. Represente, pelas suas projecções, a recta p, perpendicular ao plano alfa. Curso Cientifico- Humanístico de Ciências e Tecnologias Artes Visuais Geometria Descritiva A Ano Lectivo 2010/11 FICHA FORMATIVA Prof.Emilia Peixoto PARALELISMO DE RECTAS E PLANOS 1. Exame de 2008, 2ª

Leia mais

Disciplina: Geometria Descritiva A Módulos: 4, 5 e 6

Disciplina: Geometria Descritiva A Módulos: 4, 5 e 6 Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº 3 Escola Básica e Secundária de Rio Tinto ENSINO SECUNDÁRIO RECORRENTE POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS MATRIZ DE PROVA DE AVALIAÇÃO EM REGIME NÃO PRESENCIAL Ano letivo

Leia mais

MATRIZ DA PROVA DE EXAME DE GEOMETRIA DESCRITIVA A 11.º Ano Módulo(s) 4, 5, 6 Duração da Prova: 135 minutos

MATRIZ DA PROVA DE EXAME DE GEOMETRIA DESCRITIVA A 11.º Ano Módulo(s) 4, 5, 6 Duração da Prova: 135 minutos ENSINO SECUNDÁRIO RECORRENTE POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS AVALIAÇÃO EM REGIME NÃO PRESENCIAL / AVALIAÇÃO DE RECURSO ÉPOCA DE ABRIL / 2016 MATRIZ DA PROVA DE EXAME DE GEOMETRIA DESCRITIVA A 11.º Ano Módulo(s)

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ensino Secundário Ano Letivo 2018/2019. Documento(s) Orientador(es): Aprendizagens Essenciais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ensino Secundário Ano Letivo 2018/2019. Documento(s) Orientador(es): Aprendizagens Essenciais Apresentação da disciplina: Objetivos, funcionamento e avaliação. 1. Módulo inicial 2. Introdução à Geometria Descritiva Domínios: Socio Afetivo e Cognitivo. Avaliação e sumativa. Lista de material e sua

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ensino Secundário Ano Letivo 2016/2017

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ensino Secundário Ano Letivo 2016/2017 Apresentação da disciplina: Objetivos, funcionamento e avaliação. 1. Módulo inicial 2. Introdução à Geometria Descritiva Domínios: Socio Afetivo e Cognitivo. Avaliação e sumativa. Lista de material e sua

Leia mais

EXAME DE GEOMETRIA DESCRITIVA A - Código 708 / ª Fase EXERCÍCIO 1

EXAME DE GEOMETRIA DESCRITIVA A - Código 708 / ª Fase EXERCÍCIO 1 EXERCÍCIO 1 Determine as projecções do ponto I, resultante da intersecção da recta r com o plano r. - a recta r contém o ponto T, do eixo x, com zero de abcissa; - a projecção horizontal da recta r define

Leia mais

SÓLIDOS DE BASE(S) HORIZONTAL(AIS) OU FRONTAL(AIS)

SÓLIDOS DE BASE(S) HORIZONTAL(AIS) OU FRONTAL(AIS) SÓLIDOS DE BASE(S) HORIZONTAL(AIS) OU FRONTAL(AIS) 56. Exame de 1998 Prova Modelo (código 109) Represente, no sistema de dupla projecção ortogonal, dois segmentos de recta concorrentes, [AE] e [AI]. Os

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º ou 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 708/6 Págs. Duração da prova: 150 minutos 2007 2.ª FASE PROVA PRÁTICA DE GEOMETRIA DESCRITIVA

Leia mais

Tempo Conteúdos Atividades/Estratégias Objetivos Gerais

Tempo Conteúdos Atividades/Estratégias Objetivos Gerais Escola Secundária Homem Cristo ANO LETIVO 2018/2019 PLANIFICAÇÃO Disciplina: Geometria Descritiva A 11º ANO Tempo Conteúdos Atividades/Estratégias Objetivos Gerais 1º Período 2 aulas 1.Revisão de conteúdos

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL. 3º Período Até 16 de junho 2.ª ª ª ª ª º Período 2º Período

PLANIFICAÇÃO ANUAL. 3º Período Até 16 de junho 2.ª ª ª ª ª º Período 2º Período ESCOLA SECUNDÁRIA INFAN TA D. MAR IA GEOMETRIA DESCRITIVA 10º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL Ano letivo 2016/17 Dias da semana 1º Período 2º Período 3º Período Até 16 de junho 2.ª 13 12 7 3.ª 12 13 7 4.ª 12 12

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/2.ª Fase 3 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/1.ª Fase 4 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA PLANIFICAÇÃO A MEDIO PRAZO DE GEOMETRIA DESCRITIVA A 11º ANO TURMA: B ANO LECTIVO 2016/2017

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA PLANIFICAÇÃO A MEDIO PRAZO DE GEOMETRIA DESCRITIVA A 11º ANO TURMA: B ANO LECTIVO 2016/2017 PLANIFICAÇÃO A MEDIO PRAZO DE GEOMETRIA DESCRITIVA A 11º ANO TURMA: B Resolver problemas de paralelismo de rectas e de planos Resolver problemas de perpendicularidade de rectas e de planos 3.11 Paralelismo

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA. Geometria Descritiva A 10º Ano Artes Visuais Curso Científico - Humanísticos do Ensino Secundário

PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA. Geometria Descritiva A 10º Ano Artes Visuais Curso Científico - Humanísticos do Ensino Secundário PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Escola Secundária Campos de Melo Geometria Descritiva A 10º Ano Artes Visuais Curso Científico - Humanísticos do Ensino Secundário Professor: Ana Fidalgo Ano letivo 2011/2012

Leia mais

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2018/2019 DEPARTAMENTO DE ARTES DISCIPLINA: GEOMETRIA DESCRITIVA A ANO: 11º Planificação (Conteúdos)...

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2018/2019 DEPARTAMENTO DE ARTES DISCIPLINA: GEOMETRIA DESCRITIVA A ANO: 11º Planificação (Conteúdos)... Período Letivo: 1º Dar a conhecer os critérios de avaliação e os objetivos da disciplina, procurando motivar a sua aprendizagem. Ordenar os conhecimentos do ano anterior e trazê-los de novo à memória,

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º/ 12.º anos de Escolaridade Prova 708/1.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/1.ª Fase 3 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 2.ª Fase Ensino Secundário 2018 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Prática de Geometria Descritiva A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 708/2.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 1.ª Fase Ensino Secundário 2018 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto) PROVA 408/4 Págs. Duração da prova: 150 minutos 2007 1.ª FASE PROVA PRÁTICA DE DESENHO E GEOMETRIA

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto) PROVA 408/4 Págs. Duração da prova: 150 minutos 2007 2.ª FASE PROVA PRÁTICA DE DESENHO E GEOMETRIA

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º/12.º Anos de Escolaridade Prova 708/1.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 2.ª Fase Ensino Secundário 2017 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Leia mais

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 1.ª Fase Ensino Secundário 2017 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Leia mais

Exame ª fase 2ª Chamada (Código 408)

Exame ª fase 2ª Chamada (Código 408) Exame 2002 1ª fase 2ª Chamada (Código 408) Construa uma representação axonométrica oblíqua (clinogonal) de uma pirâmide quadrangular regular, em perspectiva cavaleira, de acordo com os dados abaixo apresentados.

Leia mais

CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE ARTES VISUAIS CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS Planificação Anual

CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE ARTES VISUAIS CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS Planificação Anual CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE ARTES VISUAIS CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS Planificação Anual 2018-2019 DISCIPLINA: Geometria Descritiva A - 11ºano PROFESSORES: Ana Araújo e Maria

Leia mais

PROPOSTAS DE RESOLUÇÃO

PROPOSTAS DE RESOLUÇÃO Exame Nacional de 2010 (2.ª Fase) 1. Em primeiro lugar representaram-se as retas a e b, bem como o ponto P, pelas respetivas projeções. As projeções da reta a desenharam-se em função dos respetivos ângulos

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO i

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO i COGNITIVO (90%) INTRODUÇÃO À GEOMETRIA DESCRITIVA Geometria Descritiva Tipos de Projeção- Sistemas de Representação - Introdução ao estudo dos sistemas de representação triédrica e diédrica ESCOLA SECUNDÁRIA

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO 2017/2018 1º Período PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO DISCIPLINA: A (Iniciação) ANO: 10º CURSO: Artes Visuais Total de Previstas: 74 Set. 1 MÓDULO INICIAL 1.1 Ponto 1.2 Reta 1. Posição relativa de duas

Leia mais

CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE ARTES VISUAIS Planificação Anual

CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE ARTES VISUAIS Planificação Anual CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE ARTES VISUAIS Planificação Anual 017-018 DISCIPLINA: Geometria Descritiva A - 11ºano PROFESSORES: Ana Araújo e Maria José Lains A disciplina de GEOMETRIA DESCRITIVA A é

Leia mais

10º ANO DE ESCOLARIDADE 2016/2017. Aulas Previstas (45 ) Temas/ Unidades Conteúdos programáticos Lecionação de Avaliação 1

10º ANO DE ESCOLARIDADE 2016/2017. Aulas Previstas (45 ) Temas/ Unidades Conteúdos programáticos Lecionação de Avaliação 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º2 DE ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE GEOMETRIA DESCRITIVA-A 0º ANO DE ESCOLARIDADE 20/207 Períodos Escolares Aulas Previstas (45 ) Temas/ Unidades Conteúdos programáticos

Leia mais

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS - DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Deise Maria Bertholdi Costa - Disciplina CD028 Expressão Gráfica II Curso

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/2.ª Fase 4 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Prática de Geometria Descritiva A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 708/1.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

MATÉRIAS SOBRE QUE INCIDIRÁ CADA UMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

MATÉRIAS SOBRE QUE INCIDIRÁ CADA UMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MATÉRIAS SOBRE QUE INCIDIRÁ CADA UMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Prova de: GEOMETRIA DESCRITIVA Conteúdos: 1.1 Ponto 1.2 Recta 1.3 Posição relativa de duas rectas: - complanares - paralelas

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L 1 º A N O

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L 1 º A N O P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L 1 º A N O DEPARTAMENTO: EXPRESSÕES ÁREA DISCIPLINAR: 600 - ARTES VISUAIS DISCIPLINA: GEOMETRIA DESCRITIVA CURSO PROFISSIONAL: Técnico de Design ANO: 1.º - ANO LETIVO:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD COD

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD COD CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 16 outubro de 2012 ) No caso específico da disciplina de Geometria Descritiva do 11º ano de escolaridade, a avaliação incidirá ainda

Leia mais

Duração da prova: 135 minutos Modalidade: Prova escrita

Duração da prova: 135 minutos Modalidade: Prova escrita Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº 3 Escola Secundária de Rio Tinto ENSINO SECUNDÁRIO RECORRENTE POR MÓDULOS o MATRIZ DE PROVA DE AVALIAÇÃO (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2016/2017

Leia mais

PARTE I - INTRODUÇÃO

PARTE I - INTRODUÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professores: Luzia Vidal de Souza e Paulo Henrique Siqueira Disciplina: Geometria Descritiva

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º/12.º Anos de Escolaridade Prova 708/2.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 150 minutos.

Leia mais

Escola Secundária Rainha Santa Isabel Estremoz

Escola Secundária Rainha Santa Isabel Estremoz Escola Secundária Rainha Santa Isabel Estremoz Planificação a Longo Prazo 11º Ano 2018/19 Geometria Descritiva A Competências Gerais Competências Específicas Conteúdos Orientações Metodológicas Avaliação

Leia mais

Módulo(s)/tema Conteúdos Competências/Objectivos Estrutura da Prova/ itens de avaliação

Módulo(s)/tema Conteúdos Competências/Objectivos Estrutura da Prova/ itens de avaliação Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº 3 Escola Básica e Secundária de Rio Tinto ENSINO SECUNDÁRIO RECORRENTE POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS o MATRIZ DE PROVA DE AVALIAÇÃO EM REGIME NÃO PRESENCIAL Disciplina:

Leia mais

Item 1 (Perpendicularidade)

Item 1 (Perpendicularidade) Geometria Descritiva A - código 708 1 Item 1 (Perpendicularidade) 1. Representam- se os dados do enunciado da prova; 2. O plano dado (θ) está definido pelo seu traço horizontal (que faz 60º (a.e.) e interseta

Leia mais

Item 1 (Paralelismo) Item 2 (Distâncias)

Item 1 (Paralelismo) Item 2 (Distâncias) Item 1 (Paralelismo) 1. Representam-se os dados do enunciado; 2. Este relatório apresenta dois processos distintos para a resolução do primeiro exercício do Exame: o Processo A (que consiste em visualizar

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTAR 1ª PROVA

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTAR 1ª PROVA MINISTÉRI DA EDUCAÇÃ UNIVERSIDADE FEDERAL D PARANÁ SETR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENT DE EXPRESSÃ GRÁFICA Professora Elen Andrea Janzen Lor Representação de Retas LISTA DE EXERCÍCIS CMPLEMENTAR 1ª PRVA

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - P A F C

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - P A F C P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - P A F C DEPARTAMENTO: EXPRESSÕES ÁREA : 600 - ARTES VISUAIS COMPONENTE DO CURRÍCULO /DISCIPLINA: Geometria Descritiva A NÍVEL DE ENSINO: Secundário ANO: 10.º CURSO:

Leia mais

III REPRESENTAÇÃO DO PLANO. 1. Representação do plano Um plano pode ser determinado por: a) três pontos não colineares

III REPRESENTAÇÃO DO PLANO. 1. Representação do plano Um plano pode ser determinado por: a) três pontos não colineares 59 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS - DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Deise Maria Bertholdi Costa Disciplina CD020 Geometria Descritiva Curso

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º ou 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 708/6 Págs. Duração da prova: 150 minutos 2007 2.ª FASE PROVA PRÁTICA DE GEOMETRIA DESCRITIVA

Leia mais

Metas/Objetivos Descritores/Conteúdos Aulas previstas

Metas/Objetivos Descritores/Conteúdos Aulas previstas 1º Período Apresentação Levar os alunos a descobrir conceitos essenciais ao programa da disciplina através da Metodologia de Resolução de Problemas. Despertar nos alunos a curiosidade, o prazer da aprendizagem

Leia mais

Escola Secundária de Alberto Sampaio - Braga Julho de Proposta de correcção do exame nacional de Geometria Descritiva A (prova 708) 2ª fase

Escola Secundária de Alberto Sampaio - Braga Julho de Proposta de correcção do exame nacional de Geometria Descritiva A (prova 708) 2ª fase Exercício 1 (escala 1:1) Jorge Marques e Estefânio Lemos 1 9 Exercício 2-1ª hipótese de resolução (escala 1:1) Jorge Marques e Estefânio Lemos 2 9 Exercício 2-2ª hipótese de resolução (escala 1:1) Jorge

Leia mais

Dupla Projeção Ortogonal / Método de Monge

Dupla Projeção Ortogonal / Método de Monge Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade Para a Frequência do Ensino Superior dos Maiores de 23 Anos 2016 Prova de Desenho e Geometria Descritiva - Módulo de Geometria Descritiva

Leia mais

Geometria Descritiva. Revisão: Polígonos regulares/irregulares. Linhas e Pontos pertencentes a Faces/Arestas de Poliedros

Geometria Descritiva. Revisão: Polígonos regulares/irregulares. Linhas e Pontos pertencentes a Faces/Arestas de Poliedros Geometria Descritiva Revisão: Polígonos regulares/irregulares Linhas e Pontos pertencentes a Faces/Arestas de Poliedros - Os Poliedros em estudo em GD podem ser: regulares (cujas fases são polígonos regulares,

Leia mais

INTRODUÇÃO - GEOMETRIA DESCRITIVA

INTRODUÇÃO - GEOMETRIA DESCRITIVA GEOMETRIA DESCRITIVA - DUPLA PROJEÇÃO ORTOGONAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: Geometria Descritiva I CURSO: Engenharia Química AUTORES: Luzia Vidal de Souza

Leia mais

Disciplina: Geometria Descritiva A

Disciplina: Geometria Descritiva A AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola Secundaria Homem Cristo ANO LETIVO 2018/2019 PLANIFICAÇÃO Disciplina: Geometria Descritiva A 10º ANO Tempo Conteúdos Atividades/Estratégias Objetivos Gerais 1º Período

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO 2018/2019 1.º Período DISCIPLINA: Geometria Descritiva A ANO: 10.º Curso: Científico - Humanístico Total de aulas Previstas: 72 Mês set. Blocos 1. INTRODUÇÃO À GEOMETRIA DESCRITIVA 1.1. Geometria Descritiva

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 10.º/11.º ou 11.º/12.º Anos de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 708/6 Págs. Duração da prova: 150 minutos 2007 1.ª FASE PROVA PRÁTICA DE

Leia mais

PARTE I - INTRODUÇÃO

PARTE I - INTRODUÇÃO MINISTÉRI DA EDUCAÇÃ UNIVERSIDADE FEDERAL D PARANÁ SETR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENT DE EXPRESSÃ GRÁFICA Professores: Deise Maria Bertholdi Costa e Paulo Henrique Siqueira Disciplina: Geometria Descritiva

Leia mais

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS MINISTÉRI DA EDUCAÇÃ UNIVERSIDADE FEDERAL D PARANÁ SETR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENT DE EXPRESSÃ GRÁFICA Professora: Bárbara de Cássia Xavier Cassins Aguiar MÉTD DAS DUPLAS PRJEÇÕES RTGNAIS PARTE I REPRESENTAÇÃ

Leia mais

PARTE I - INTRODUÇÃO

PARTE I - INTRODUÇÃO MINISTÉRI DA EDUCAÇÃ UNIVERSIDADE FEDERAL D PARANÁ SETR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENT DE EXPRESSÃ GRÁFICA Professores: Deise Maria Bertholdi Costa Luzia Vidal de Souza e Paulo Henrique Siqueira Disciplina:

Leia mais

SISTEMAS DE PROJEÇÃO. 1. Conceito de projeção cônica (ou central)

SISTEMAS DE PROJEÇÃO. 1. Conceito de projeção cônica (ou central) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS - DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Deise Maria Bertholdi Costa - Disciplina CD028 Expressão Gráfica II Curso

Leia mais

Dupla Projeção Ortogonal. PARTE III REPRESENTAÇÃO DO PLANO 1. Representação do plano Um plano pode ser determinado por: a) três pontos não colineares

Dupla Projeção Ortogonal. PARTE III REPRESENTAÇÃO DO PLANO 1. Representação do plano Um plano pode ser determinado por: a) três pontos não colineares 31 PARTE III REPRESENTAÇÃ D PLAN 1. Representação do plano Um plano pode ser determinado por: a) três pontos não colineares b) um ponto e uma reta que não se pertencem 32 c) duas retas concorrentes d)

Leia mais

CAPÍTULO I - INTRODUÇÃO - GEOMETRIA DESCRITIVA

CAPÍTULO I - INTRODUÇÃO - GEOMETRIA DESCRITIVA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: Geometria Descritiva I CURSO: Engenharia Química AUTORES: Luzia Vidal de Souza Deise Maria Bertholdi Costa Paulo Henrique Siqueira

Leia mais

SISTEMAS DE PROJEÇÃO

SISTEMAS DE PROJEÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS - DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Deise Maria Bertholdi Costa - Disciplina CD020 Geometria Descritiva Curso

Leia mais

Escola Secundária Rainha Santa Isabel Estremoz

Escola Secundária Rainha Santa Isabel Estremoz Escola Secundária Rainha Santa Isabel Estremoz Planificação a Longo Prazo 10 º Ano 2016/17 Geometria Descritiva A Competências Gerais Competências Específicas Conteúdos Orientações Metodológicas Avaliação

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE DESIGN GRÁFICO Planificação anual de Geometria Descritiva- 12ºano

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE DESIGN GRÁFICO Planificação anual de Geometria Descritiva- 12ºano ESCOLA SECUNDÁRIA JÚLIO DANTAS LAGOS (00312) Turma K CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE DESIGN GRÁFICO Planificação anual de Geometria Descritiva- 12ºano Professor: José Serpa 1 - Estrutura e Finalidades

Leia mais

Curso Científico-Humanístico de Artes Visuais - Ensino Secundário

Curso Científico-Humanístico de Artes Visuais - Ensino Secundário ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA - ANO LECTIVO 2014/2015 DEPARTMENTO DE EXPRESSÕES GRUPO 600 Planificação Anual Geometria Descritiva A 10º Ano Curso Científico-Humanístico de Artes Visuais - Ensino Secundário

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A pontos

Prova Prática de Geometria Descritiva A pontos EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Prática de Geometria Descritiva A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 708/2.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Apostila de Geometria Descritiva. Anderson Mayrink da Cunha GGM - IME - UFF

Apostila de Geometria Descritiva. Anderson Mayrink da Cunha GGM - IME - UFF Apostila de Geometria Descritiva Anderson Mayrink da Cunha GGM - IME - UFF Novembro de 2013 Sumário Sumário i 1 Poliedros e sua Representação 1 1.1 Tipos de Poliedros.............................. 1 1.1.1

Leia mais

Escola Secundária de Alberto Sampaio - Braga Junho de Proposta de correcção do exame nacional de Geometria Descritiva A (prova 708) 1ª fase

Escola Secundária de Alberto Sampaio - Braga Junho de Proposta de correcção do exame nacional de Geometria Descritiva A (prova 708) 1ª fase Exercício 1-1ª hipótese de resolução (escala 1:1) Jorge Marques e Estefânio Lemos 1 10 Exercício 1-2ª hipótese de resolução (escala 1:1) Jorge Marques e Estefânio Lemos 2 10 Exercício 1-3ª hipótese de

Leia mais

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS MINISTÉRI DA EDUCAÇÃ UNIVERSIDADE FEDERAL D PARANÁ SETR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENT DE EXPRESSÃ GRÁFICA Professora Elen Andrea Janzen Lor 1. Planos fundamentais de referência (PFR) MÉTD DAS DUPLAS PRJEÇÕES

Leia mais

PARTE I - INTRODUÇÃO

PARTE I - INTRODUÇÃO MINISTÉRI DA EDUCAÇÃ UNIVERSIDADE FEDERAL D PARANÁ SETR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENT DE EXPRESSÃ GRÁFICA Professores: Deise Maria Bertholdi Costa e Paulo Henrique Siqueira Disciplina: Geometria Descritiva

Leia mais

UARCA-E.U.A.C. Escola Universitária de Artes de Coimbra

UARCA-E.U.A.C. Escola Universitária de Artes de Coimbra GDI - Geometria Descritiva I Exercícios práticos para preparação da frequência de semestre. Objectivos: Estes exercício-tipo, pretendem por um lado apresentar uma minuta, uma definição de exercício-tipo

Leia mais

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS

O MÉTODO DAS DUPLAS PROJEÇÕES ORTOGONAIS Expressão Gráfica II Geometria Descritiva Engenharia Civil - 2014 13 MÉTD DAS DUPLAS PRJEÇÕES RTGNAIS PARTE I REPRESENTAÇÃ D PNT 1. Planos fundamentais de referência (PFR) Consideremos π e π dois planos

Leia mais

EXERCÍCIOS DE AULA - 01

EXERCÍCIOS DE AULA - 01 EXERCÍCIOS DE AULA - 01 Representação de objectos em axonometria normalizada FA.ULisboa Ano lectivo 2017/2018 1º semestre Professor Luís Mateus (lmmateus@fa.ulisboa.pt) Notas: 1) Resolva os exercícios

Leia mais

Item 1. Item 2. (Intersecções e Paralelismo) Hipótese A

Item 1. Item 2. (Intersecções e Paralelismo) Hipótese A Item 1 (Intersecções e Paralelismo) Hipótese A 2. Pelos pontos que definem o plano (R, S e T), conduzir duas rectas auxiliares (h é horizontal e f é frontal); 3. Pelo ponto R da recta f, traçar a projecção

Leia mais

INTRODUÇÃO 11.º ANO ENSINO SECUNDÁRIO GEOMETRIA DESCRITIVA A APRENDIZAGENS ESSENCIAIS ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS ALUNOS

INTRODUÇÃO 11.º ANO ENSINO SECUNDÁRIO GEOMETRIA DESCRITIVA A APRENDIZAGENS ESSENCIAIS ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS ALUNOS APRENDIZAGENS ESSENCIAIS ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS 11.º ANO ENSINO SECUNDÁRIO GEOMETRIA DESCRITIVA A INTRODUÇÃO A disciplina de Geometria Descritiva proporciona, de uma forma muito própria, o desenvolvimento

Leia mais

INTRODUÇÃO. 1. Desenho e Geometria. Desenho Artístico Desenho de Resolução Desenho Técnico. 2. Geometria Descritiva

INTRODUÇÃO. 1. Desenho e Geometria. Desenho Artístico Desenho de Resolução Desenho Técnico. 2. Geometria Descritiva MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Deise Maria Bertholdi Costa Disciplina CD020 Geometria Descritiva Curso de Engenharia

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/1.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

APRENDIZAGENS ESSENCIAIS

APRENDIZAGENS ESSENCIAIS APRENDIZAGENS ESSENCIAIS ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS AGOSTO 2018 11.º ANO ENSINO SECUNDÁRIO GEOMETRIA DESCRITIVA A INTRODUÇÃO A disciplina de Geometria Descritiva proporciona, de uma forma muito própria,

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/2.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/2.ª Fase Critérios de Classificação 9 Páginas

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/Época Especial Critérios de Classificação 8

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE VITRINISMO Planificação Anual Disciplina: GEOMETRIA DESCRITIVA Turma: 11ºAno J Professores: Luís Mateus

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE VITRINISMO Planificação Anual Disciplina: GEOMETRIA DESCRITIVA Turma: 11ºAno J Professores: Luís Mateus Planificação Anual Disciplina: GEOMETRIA DESCRITIVA Turma: 11ºAno J Professores: Luís Mateus 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina Desenvolver a capacidade de percepção dos espaços, das formas visuais

Leia mais

SÓLIDOS II. Sumário: Manual de Geometria Descritiva - António Galrinho Sólidos II - 1

SÓLIDOS II. Sumário: Manual de Geometria Descritiva - António Galrinho Sólidos II - 1 8 SÓLIDOS II Neste capítulo mostra-se como se determinam secções provocadas por diferentes tipos de planos, em pirâmides, prismas, cones, cilindros e na esfera. Mostra-se também como se efetuam as truncagens

Leia mais

Geometria Espacial Profº Driko

Geometria Espacial Profº Driko Geometria Espacial Profº Driko PRISMAS Sejam α e β dois planos paralelos distintos, uma reta r secante a esses planos e uma região poligonal convexa A1A2A3...An contida em α. Consideremos todos os segmentos

Leia mais

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 1.ª Fase Ensino Secundário 2017 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Critérios de Classificação 8 Páginas Prova 708/1.ª

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade

VERSÃO DE TRABALHO. Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 2.ª Fase Ensino Secundário 2017 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Critérios de Classificação 8 Páginas Prova 708/2.ª

Leia mais

GEOMETRIA DESCRITIVA A (Bloco I) PLANIFICAÇÃO ANUAL PARA O 10º ANO DE ESCOLARIDADE

GEOMETRIA DESCRITIVA A (Bloco I) PLANIFICAÇÃO ANUAL PARA O 10º ANO DE ESCOLARIDADE ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS Curso Científico-Humanístico de Artes Visuais/Ciências e Tecnologias Departamento de Expressões Ano Letivo 2018/2019 GEOMETRIA DESCRITIVA A (Bloco I) PLANIFICAÇÃO

Leia mais

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 Época Especial Ensino Secundário º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação

Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 Época Especial Ensino Secundário º Ano de Escolaridade. Critérios de Classificação Exame Final Nacional de Geometria Descritiva A Prova 708 Época Especial Ensino Secundário 2017 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Critérios de Classificação 8 Páginas Prova

Leia mais

INTRODUÇÃO 10.º ANO ENSINO SECUNDÁRIO GEOMETRIA DESCRITIVA A APRENDIZAGENS ESSENCIAIS ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS ALUNOS

INTRODUÇÃO 10.º ANO ENSINO SECUNDÁRIO GEOMETRIA DESCRITIVA A APRENDIZAGENS ESSENCIAIS ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS ALUNOS APRENDIZAGENS ESSENCIAIS ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS 10.º ANO ENSINO SECUNDÁRIO GEOMETRIA DESCRITIVA A INTRODUÇÃO A disciplina de Geometria Descritiva proporciona, de uma forma muito própria, o desenvolvimento

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A

Prova Prática de Geometria Descritiva A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Prática de Geometria Descritiva A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 708/Época Especial Critérios de Classificação 9

Leia mais

4. Superfícies e sólidos geométricos

4. Superfícies e sólidos geométricos 4. Superfícies e sólidos geométricos Geometria Descritiva 2006/2007 4.1 Classificação das superfícies e sólidos geométricos Geometria Descritiva 2006/2007 1 Classificação das superfícies Linha Lugar das

Leia mais

Escola Secundária de Caldas das Taipas

Escola Secundária de Caldas das Taipas Escola Secundária de Caldas das Taipas Departamento de Expressões Ano Letivo 2018/2019 Escola Secundária de Caldas das Taipas Departamento de Expressões Ano letivo 2017-2018 Planificação Anual de Geometria

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A pontos

Prova Prática de Geometria Descritiva A pontos EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Prática de Geometria Descritiva A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 708/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Prova Prática de Geometria Descritiva A pontos

Prova Prática de Geometria Descritiva A pontos EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Prática de Geometria Descritiva A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 708/Época Especial Critérios de Classificação

Leia mais