MELHOR HOTELARIA Maria João Martins Gestora de Projetos & Research

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MELHOR HOTELARIA Maria João Martins Gestora de Projetos & Research"

Transcrição

1 MELHOR HOTELARIA 2020 Maria João Martins Gestora de Projetos & Research Évora 21 de março de 2016

2 AGENDA 1. Desempenho do Sector Turístico Nacional 2. Balanço Evolução da Oferta Hoteleira 4. Programa de Formação-Ação AHP Melhor Hotelaria

3 3

4 Desempenho do Sector Turístico Nacional Balança de Pagamentos Viagens e Turismo 10^ % Crescimento Receitas 10,400 M +12.4% Hóspedes % Dormidas % 2015 Exportações 2015 Variação Homóloga 2015 Importações Variação Homóloga Bens % % Serviços % % Viagens & Turismo % % Receitas 11,300 M +9.3% Hóspedes % Dormidas % 4 Fonte: INE, Banco de Portugal e AHP Research, 2016

5 HOTELARIA PORTUGUESA BALANÇO

6 Dormidas na Região Alentejo % Fonte: INE e AHP Research,

7 Hotel Monitor Barómetro da Hotelaria Nacional Programa de análise estatística e económica da operação hoteleira que cria indicadores de suporte à gestão empresarial. 14 Destinos Alguns Indicadores do módulo de operação RevPar Taxa de ocupação quarto Preço Médio por quarto ocupado Receita Média por Turista Estada Média 14 indicadores 4

8 Sazonalidade e Motivação Taxa de Ocupação Quarto Ranking Melhores Meses Agosto Setembro Julho Ranking Piores Meses Janeiro Dezembro Fevereiro Negócios 14% Lazer 77% Motivação Dormidas Destinos Turísticos Lazer Algarve Negócios Norte Outros Centro 8 Fonte: AHP Tourism Monitor, 2016

9 Taxa de Ocupação por Quarto 70% 65% 60% 50% 55% 54% 40% 30% 20% 10% 0% PORTUGAL Alentejo Costa Azul Fonte: AHP Tourism Monitor,

10 Taxa de Ocupação Quarto em 2015 Minho 47,04% Grande Porto 70,03% Portugal 65,23% Beiras Coimbra 50,52% 55,19% Viseu 34,94% Oeste Leiria/FT 45,40% 48,84% Estoril 62,60% Lisboa 75,65% Costa Azul Alentejo 55,15% 53,78% Algarve 61,14% Madeira 77,76% Açores 56,71% Fonte: AHP Tourism Monitor,

11 Evolução Preço Médio por Quarto Ocupado % PORTUGAL Alentejo Costa Azul Fonte: AHP Tourism Monitor,

12 Preço Médio por Quarto Ocupado em 2015 Minho Grande Porto 53,94 65,86 Portugal 74,70 Beiras 53,62 Coimbra 50,86 Viseu 47,84 Oeste 63,15 Leiria/FT 47,31 Estoril Lisboa 82,50 86,34 Costa Azul Alentejo 55,10 59,71 Algarve 84,64 Madeira Açores 62,39 59,58 Fonte: AHP Tourism Monitor,

13 Evolução RevPAR % PORTUGAL Alentejo Costa Azul Fonte: AHP Tourism Monitor,

14 Minho Grande Porto Beiras Coimbra RevPAR em ,37 27,09 28,07 46,12 Portugal 48,73 Viseu 16,71 Oeste 30,84 Leiria/FT 21,48 Estoril 51,65 Lisboa 65,31 Costa Azul Alentejo 30,38 32,11 Algarve Madeira 48,52 51,75 Açores 33,79 Fonte: AHP Tourism Monitor,

15 Evolução da Oferta Hoteleira Portugal e Região do Alentejo Total dos Estabelecimentos Hoteleiros Hotéis Portugal Alentejo Portugal Alentejo Fonte: Turismo de Portugal e AHP Research,

16 Distribuição dos Estabelecimentos Hoteleiros Alentejo Outros: 36 25% Hotéis: 85 58% Apartamentos Turísticos: 7 5% Aldeamentos Turísticos: 2 1% Pousadas: 9 6% Hoteis-apartamentos: 8 5% Fonte: Turismo de Portugal e AHP Research,

17 PROGRAMA DE FORMAÇÃO-AÇÃO AHP MELHOR HOTELARIA

18 Programa Formação-Ação AHP Melhor Hotelaria 2020 Objetivo Qualificação Internacionalização Empreendorismo Destinatários Gestores Empresários Trabalhadores Modernizar Modelos de Negócio Organização Interna Práticas de Gestão Melhoria das competências Adequação da oferta da formação contínua Afirmar os Destinos Turísticos Qualidade e Excelência Hotelaria mais capacitada Hotelaria mais rentável 18

19 Modelo de intervenção Metodologia PROGRAMA FORMAÇÃO-AÇÃO AHP MELHOR HOTELARIA 2020 Formação Consultoria 40% do total de horas Desenvolver competências nas diferentes áreas de gestão Dar resposta às necessidades de formação existentes 60% do total de horas on the job Aumentar produtividade Capacidade competitiva Introdução de processos de mudança e inovação nas empresas Diagnóstico e Plano de Ação Execução Plano de Ação Avaliação Desempenho

20 Máximo 24 meses Programa Formação-Ação AHP Melhor Hotelaria 2020 Ciclo Planeamento Ciclo Temático Plano Estratégico Competências Consultoria 120 horas Consultoria 50 horas Formação 80 horas Formação 75 horas 20

21 PROGRAMA FORMAÇÃO-AÇÃO AHP MELHOR HOTELARIA 2020 Vantagens para as Empresas Elaboração de: 1. Diagnóstico 2. Plano de ação Apoio à Execução do Plano de Ação focado nas áreas: Desempenho Organizacional Recursos Humanos Qualidade Internacionalização Consultoria individualizada na unidade hoteleira: Acompanhamento especializado nas diversas áreas (RH, Financeira, TIC, etc.) Formação à medida para gestores e colaboradores que poderá ser realizada na empresa.

22 OBRIGADA! Maria João Martins Gestora de Projetos & Research

PORTUGAL NA EUROPA: BALANÇO, PERSPETIVAS E TENDÊNCIAS NA HOTELARIA. BTL Feira Internacional de Turismo 3 março 2016

PORTUGAL NA EUROPA: BALANÇO, PERSPETIVAS E TENDÊNCIAS NA HOTELARIA. BTL Feira Internacional de Turismo 3 março 2016 PORTUGAL NA EUROPA: BALANÇO, PERSPETIVAS E TENDÊNCIAS NA HOTELARIA BTL Feira Internacional de Turismo 3 março 2016 AGENDA 1 HOTELARIA EM PORTUGAL: FECHO DO ANO - BALANÇO E PERSPETIVAS EVOLUÇÃO DA HOTELARIA

Leia mais

Hotelaria: Balanço & Perspetivas. Cristina Siza Vieira Presidente Executiva

Hotelaria: Balanço & Perspetivas. Cristina Siza Vieira Presidente Executiva Hotelaria: Balanço & Perspetivas Cristina Siza Vieira Presidente Executiva The Vintage Lisboa 22 de junho de 2016 AGENDA 1 BALANÇO DO 1º QUADRIMESTRE 2016 2 PERSPETIVAS VERÃO 2016 3 GRANDES EVENTOS IMPACTO

Leia mais

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores da hotelaria de fevereiro de 2013

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores da hotelaria de fevereiro de 2013 Lisboa, 2 de maio de 2013 Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores da hotelaria de fevereiro de 2013 Subidas de 3,83% na OCUPAÇÃO POR QUARTO (fixou-se em 41,20%), de 2,86% no REVPAR (fixou-se

Leia mais

Atividade Turística manteve resultados positivos em 2015

Atividade Turística manteve resultados positivos em 2015 Estatísticas do Turismo 2015 28 de julho de 2016 Atividade Turística manteve resultados positivos em 2015 Segundo os dados mais recentes publicados pela Organização Mundial de Turismo, as chegadas de turistas

Leia mais

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores de novembro de 2012

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores de novembro de 2012 Lisboa, 4 de fevereiro de 2013 Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores de novembro de 2012 TAXA DE OCUPAÇÃO QUARTO SOBE 10,64%, NO PORTO, e 5,75% EM LISBOA COM BOM DESEMPENHO DE TODAS AS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DA HOTELARIA DE PORTUGAL: INDICADORES DE MAIO MARCADOS POR EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

ASSOCIAÇÃO DA HOTELARIA DE PORTUGAL: INDICADORES DE MAIO MARCADOS POR EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Lisboa, 30 de julho de 2014 ASSOCIAÇÃO DA HOTELARIA DE PORTUGAL: INDICADORES DE MAIO MARCADOS POR EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Grande Lisboa puxou o mês A AHP Associação da Hotelaria de Portugal

Leia mais

Associação da Hotelaria de Portugal divulga dados do Tourism Monitor do primeiro trimestre de 2014

Associação da Hotelaria de Portugal divulga dados do Tourism Monitor do primeiro trimestre de 2014 Lisboa, 3 de junho de 2014 Associação da Hotelaria de Portugal divulga dados do Tourism Monitor do primeiro trimestre de 2014 De acordo com a Associação da Hotelaria de Portugal, houve um crescimento de

Leia mais

Estatísticas do Turismo 2001

Estatísticas do Turismo 2001 Informação à Comunicação Social 29 de Agosto de 22 Estatísticas do Turismo 21 Estando disponível na Internet a publicação Estatísticas do Turismo 21, o INE apresenta os principais resultados referentes

Leia mais

Estatísticas de Alojamento turístico, 2015

Estatísticas de Alojamento turístico, 2015 Estatísticas de Alojamento turístico, 2015 Departamento de Estatísticas Económicas Serviço de Estatísticas de Comércio, Turismo e Transportes Rute Cruz Calheiros CSE - GT DEM, 27/10/2016 As estatísticas

Leia mais

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO NORTE

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO NORTE LABORATÓRIO ESTRATÉGICO NORTE Museu do Douro PESO DA RÉGUA, 6 de setembro de 2016 Nuno Fazenda O Turismo nos últimos 10 anos ESTRUTURA Gestão e Monitorização Grandes Desafios Referencial Estratégico GRANDES

Leia mais

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO DE TURISMO. Conhecimento, Emprego & Formação

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO DE TURISMO. Conhecimento, Emprego & Formação LABORATÓRIO ESTRATÉGICO DE TURISMO Conhecimento, Emprego & Formação SETÚBAL, 6 de outubro de 2016 Nuno Fazenda O Turismo nos últimos 10 anos ESTRUTURA Gestão e Monitorização Grandes Desafios Referencial

Leia mais

HOTELEIROS NACIONAIS PREVEEM CRESCIMENTO DO PREÇO DOS HOTÉIS NO VERÃO. MERCADO PORTUGUÊS EM ALTA.

HOTELEIROS NACIONAIS PREVEEM CRESCIMENTO DO PREÇO DOS HOTÉIS NO VERÃO. MERCADO PORTUGUÊS EM ALTA. Lisboa, 23 de junho de 2016 HOTELEIROS NACIONAIS PREVEEM CRESCIMENTO DO PREÇO DOS HOTÉIS NO VERÃO. MERCADO PORTUGUÊS EM ALTA. De acordo com o inquérito da Associação da Hotelaria de Portugal Perspetivas

Leia mais

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes Atividade Turística Fevereiro 2013 16 de Abril de 2013 Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes As dormidas na hotelaria atingiram 1,9 milhões, o que correspondeu a uma variação

Leia mais

Barómetro de Conjuntura Verão Agências de Viagens

Barómetro de Conjuntura Verão Agências de Viagens Barómetro de Conjuntura Verão 17 Agências de Viagens Perspetivas verão 17 Visão regional Atividade turística em gerará melhores resultados neste verão, face ao verão de 16, na opinião de % dos agentes

Leia mais

Barómetro Turismo Alentejo

Barómetro Turismo Alentejo Barómetro Turismo METODOLOGIA Com a edição do Barómetro de Abril, além de aumentar o número de entidades que aderiram ao sistema enviando dados mensais (94), fortalecemos a metodologia das amostras com

Leia mais

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística Variações entre os valores anuais de 2005 e 2006: +4,2% no movimento de passageiros desembarcados de voos internacionais clássicos; +38,6% movimento de passageiros desembarcados de voos low-cost; -0,8%

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DE LISBOA ANÁLISES DESTA EDIÇÃO DADOS DE FEVEREIRO 2014 EVOLUÇÃO DOS MERCADOS INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES POR REGIÃO

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DE LISBOA ANÁLISES DESTA EDIÇÃO DADOS DE FEVEREIRO 2014 EVOLUÇÃO DOS MERCADOS INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES POR REGIÃO DO TURISMO DE LISBOA DADOS DE FEVEREIRO ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES POR REGIÃO Os dados contidos

Leia mais

DIREÇÃO DE APOIO AO INVESTIMENTO

DIREÇÃO DE APOIO AO INVESTIMENTO DIREÇÃO DE APOIO AO INVESTIMENTO Turismo em Portugal Importância na economia portuguesa. Um setor competitivo e com relevância crescente na economia de Portugal. 11,4Mm Receitas Turísticas (2015, BdP)

Leia mais

15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a fevereiro 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de fevereiro, os estabelecimentos hoteleiros registaram 63,6 mil dormidas, representando um acréscimo

Leia mais

Gastronomia & Vinhos no contexto do Plano Estratégico Nacional do Turismo. Santarém, 16 de Outubro

Gastronomia & Vinhos no contexto do Plano Estratégico Nacional do Turismo. Santarém, 16 de Outubro Gastronomia & Vinhos no contexto do Plano Estratégico Nacional do Turismo Santarém, 16 de Outubro - 2008 PENT- Plano Estratégico Nacional do Turismo Uma estratégia para o desenvolvimento do Turismo em

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO Índice Introdução Preço Médio por Dormida Proveito Médio de Aposento por Cama Conceitos Anexos Proveitos e Custos nos Estabelecimentos Hoteleiros Ano de 2004 Página 2

Leia mais

Barómetro sobre as Expetativas dos Empresários do Setor do Turismo. com a Entrada em Vigor do Novo Modelo de Acessibilidades Aéreas Regional

Barómetro sobre as Expetativas dos Empresários do Setor do Turismo. com a Entrada em Vigor do Novo Modelo de Acessibilidades Aéreas Regional Barómetro sobre as Expetativas dos Empresários do Setor do Turismo com a Entrada em Vigor do Novo Modelo de Acessibilidades Aéreas Regional 14 de abril de 2015 1 Ficha Técnica Implementado pelo OTA no

Leia mais

Barómetro sobre as Expetativas dos Empresários do Setor do Turismo. com a Entrada em Vigor do Novo Modelo de Acessibilidades Aéreas Regional

Barómetro sobre as Expetativas dos Empresários do Setor do Turismo. com a Entrada em Vigor do Novo Modelo de Acessibilidades Aéreas Regional Barómetro sobre as Expetativas dos Empresários do Setor do Turismo com a Entrada em Vigor do Novo Modelo de Acessibilidades Aéreas Regional 23 de abril de 2015 1 Ficha Técnica Implementado pelo OTA no

Leia mais

16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a março 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de março, os estabelecimentos hoteleiros registaram 95,1 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

Barómetro de Conjuntura verão Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos

Barómetro de Conjuntura verão Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos Barómetro de Conjuntura verão 2016 Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos ÍNDICE Sumário Executivo 3 Perspetivas de evolução da procura - verão 2016 - NUTS II e A.M. Lisboa

Leia mais

15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a abril 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de abril, os estabelecimentos hoteleiros registaram 117,6 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

ATENUA-SE TENDÊNCIA DECRESCENTE DO NÚMERO DE EDIFÍCIOS LICENCIADOS

ATENUA-SE TENDÊNCIA DECRESCENTE DO NÚMERO DE EDIFÍCIOS LICENCIADOS Licenciamento de Obras Dezembro de 2005 1 09 de Fevereiro de 2006 ATENUA-SE TENDÊNCIA DECRESCENTE DO NÚMERO DE EDIFÍCIOS LICENCIADOS Em Dezembro de 2005, atenuou-se a tendência decrescente da variação

Leia mais

Relatório Mensal Meios de Hospedagem Vitória Junho de 2016

Relatório Mensal Meios de Hospedagem Vitória Junho de 2016 Relatório Mensal Meios de Hospedagem Vitória Junho de 2016 SECRETARIA DE ESTADO DO TURISMO Governador Paulo César Hartung Gomes Vice-Governador César Colnago Secretário de Estado do Turismo José Sales

Leia mais

Gestão Operacional de Redes Hoteleiras: Conceitos e Boas Práticas Objetivos Gerais Este curso pretende dotar os participantes de conhecimentos e competências das boas práticas na área do turismo e hotelaria.

Leia mais

Objetivo do programa. Desenvolvimento competitivo e sustentável. Promoção de parcerias estratégicas. Produtividade. Valor agregado. Ganho de qualidade

Objetivo do programa. Desenvolvimento competitivo e sustentável. Promoção de parcerias estratégicas. Produtividade. Valor agregado. Ganho de qualidade Objetivo do programa Desenvolvimento competitivo e sustentável Produtividade Promoção de parcerias estratégicas Valor agregado Ganho de qualidade Contextualização Os 3 Pilares para o desenvolvimento da

Leia mais

Portugal. Turismo Interno. Mercados em Números. Rodapé

Portugal. Turismo Interno. Mercados em Números. Rodapé Turismo Interno Mercados em Números 1 Rodapé Designação oficial: República Portuguesa Capital: Lisboa Localização: Sudoeste da Europa Fronteiras terrestres: Espanha (1.241 km) Fronteiras marítimas: Madeira(1076,6

Leia mais

Actividade Turística 2009 (dados preliminares)

Actividade Turística 2009 (dados preliminares) 1177 DDEE MAARRÇÇOO DDEE 22000099 Actividade Turística 2009 (dados preliminares) Hotelaria com decréscimos nos principais indicadores Em Janeiro de 2009, os estabelecimentos hoteleiros registaram 1,7 milhões

Leia mais

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO CENTRO

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO CENTRO LABORATÓRIO ESTRATÉGICO CENTRO Escola de Hotelaria de Turismo COIMBRA, 8 de setembro de 2016 Nuno Fazenda O Turismo nos últimos 10 anos ESTRUTURA Gestão e Monitorização Grandes Desafios Referencial Estratégico

Leia mais

Portugal. Turismo Interno. Mercado em Números. Rodapé

Portugal. Turismo Interno. Mercado em Números. Rodapé Turismo Interno Mercado em Números 1 Rodapé Designação oficial: República Portuguesa Capital: Lisboa Localização: Sudoeste da Europa Fronteiras terrestres: Espanha (1.241 km) Fronteiras marítimas: Madeira(1076,6

Leia mais

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO R.A. MADEIRA

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO R.A. MADEIRA LABORATÓRIO ESTRATÉGICO R.A. MADEIRA FUNCHAL, 31 de agosto de 2016 Nuno Fazenda O Turismo nos últimos 10 anos ESTRUTURA Gestão e Monitorização Grandes Desafios Referencial Estratégico FOCO EM ATIVOS ESTRATÉGICOS

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2006-2010 Secretaria Regional do Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail: info@madeiratourism.com

Leia mais

MUDE PARA UMA NOVA EMPRESA, A SUA! APOSTE NA FORMAÇÃO!

MUDE PARA UMA NOVA EMPRESA, A SUA! APOSTE NA FORMAÇÃO! MUDE PARA UMA NOVA EMPRESA, A SUA! APOSTE NA FORMAÇÃO! IPN - INSTITUTO PEDRO NUNES APRESENTAÇÃO Criado em 1991, por iniciativa da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra, o Instituto

Leia mais

221f1f. O Futuro faz-se Hoje Formação e Emprego outubro 2016

221f1f. O Futuro faz-se Hoje Formação e Emprego outubro 2016 221f1f O Futuro faz-se Hoje Formação e Emprego outubro 2016 População empregada no Turismo* (Mil) 284,5 292,1 297,3 221,7 224,6 230,3 327,9 258,4 306,2 305,4 239,4 233,8 295,3 285,4 223,1 222,0 299,1 231,2

Leia mais

A arte do crescimento Atlas da Hotelaria ª edição

A arte do crescimento Atlas da Hotelaria ª edição A arte do crescimento Atlas da Hotelaria 07 ª edição Prefácio A arte do crescimento É com enorme satisfação que lançamos a ª edição do Atlas da Hotelaria 07, uma iniciativa que, desde a sua ª edição, pretende

Leia mais

Incentivos financeiros Portugal 2020

Incentivos financeiros Portugal 2020 Incentivos financeiros Portugal 2020 Lisboa, 08-10-2015 Paulo Carpinteiro Licks & Associados POCI Programa Operacional Competitividade e Internacionalização POSEUR e PORegionais Norte, Centro, LVT, Alentejo,

Leia mais

Bélgica Dezembro Mercado em números

Bélgica Dezembro Mercado em números Dezembro 2016 Mercado em números Designação oficial: Reino da Capital: Bruxelas Localização: Europa Ocidental Fronteiras terrestres: 1.297 km com a Alemanha (133 km), França (556 km), Holanda (478 km)

Leia mais

Aumento significativo das dormidas e proveitos

Aumento significativo das dormidas e proveitos 15 de abril de 2016 Atividade Turística Fevereiro de 2016 Aumento significativo das dormidas e proveitos A hotelaria registou 989,9 mil hóspedes e 2,6 milhões de dormidas em fevereiro de 2016, equivalendo

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Presidente António dos Reis Duarte

FICHA TÉCNICA. Presidente António dos Reis Duarte FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av. Cidade

Leia mais

O novo Norte Conjuntura Eduardo Pereira

O novo Norte Conjuntura Eduardo Pereira O novo Norte Conjuntura Eduardo Pereira 2 a sessão NORTE & TERRITÓRIO 30 setembro Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro www.ccdr-n.pt/norte-territorio O Norte Conjuntura ao 11º ano de publicação:

Leia mais

Atividade Turística Abril 2013

Atividade Turística Abril 2013 Atividade Turística Abril 2013 17 de junho de 2013 Hotelaria com reduções nos hóspedes, dormidas e proveitos As dormidas na hotelaria ascenderam a 3,1 milhões em abril de 2013 (-4,0% que em abril de 2012).

Leia mais

Plano de Gestão das Bacias Hidrográficas dos rios Vouga, Mondego e Lis OBJECTIVOS DO DESENVOLVIMENTO DE CENÁRIOS PROSPECTIVOS.

Plano de Gestão das Bacias Hidrográficas dos rios Vouga, Mondego e Lis OBJECTIVOS DO DESENVOLVIMENTO DE CENÁRIOS PROSPECTIVOS. Plano de Gestão das Bacias Hidrográficas dos rios Vouga, Mondego e Lis Índice da Apresentação OBJECTIVOS DO DESENVOLVIMENTO DE CENÁRIOS PROSPECTIVOS. RAZÕES SOCIO-ECONÓMICAS, ENTRE OUTRAS, QUE JUSTIFIQUEM

Leia mais

Investimento e Comércio Entre Portugal e Brasil

Investimento e Comércio Entre Portugal e Brasil Investimento e Comércio Entre Portugal e Brasil Realizado para: Última Atualização 11/03/2016 Próxima Atualização 11/04/2016 I. Principais indicadores macroeconómicos entre Portugal-Brasil 2016 População,

Leia mais

Bélgica Junho Mercado em números

Bélgica Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Designação oficial: Reino da Capital: Bruxelas Localização: Europa Ocidental Fronteiras terrestres: 1.297 km com a Alemanha (133 km), França (556 km), Holanda (478 km) e Luxemburgo

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2009 2013 Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail:

Leia mais

Projeto de Investigação Aplicada Alojamento do Futuro

Projeto de Investigação Aplicada Alojamento do Futuro Projeto de Investigação Aplicada Alojamento do Futuro Universidade de Aveiro BTL 2014 Lisboa, 13.03.2014 01. Enquadramento da atividade Evolução da Oferta Instalada Enquadramento da atividade Evolução

Leia mais

indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem

indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem boletim trimestral - n.º 5 - julho 2014 algarve conjuntura turística indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem 2.

Leia mais

CTCP projetos QUALIFICAÇÃO FORMAÇÃO PME

CTCP projetos QUALIFICAÇÃO FORMAÇÃO PME CTCP projetos QUALIFICAÇÃO FORMAÇÃO PME PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CONSULTORIA NAS PMEs DO CLUSTER DO CALÇADO O Programa Formação PME é constituído por ações de consultoria e de formação ajustadas a micro,

Leia mais

Congresso Nacional de Educação em Turismo

Congresso Nacional de Educação em Turismo Congresso Nacional de Educação em Turismo Ensino Superior em Turismo Educação em Turismo no Ensino Superior Português Escola Superior de Turismo e Telecomunicações de Seia Manuel Salgado (manuelsalgado@ipg.pt)

Leia mais

Índice de estabelecimentos Ensino Superior Público - Universitário 6800 Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa

Índice de estabelecimentos Ensino Superior Público - Universitário 6800 Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa Índice de estabelecimentos Ensino Superior Público - Universitário 6800 Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa Universidade dos Açores 0110 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO ALENTEJO

LABORATÓRIO ESTRATÉGICO ALENTEJO LABORATÓRIO ESTRATÉGICO ALENTEJO Évora Hotel ÉVORA, 13 de setembro de 2016 Nuno Fazenda O Turismo nos últimos 10 anos ESTRUTURA Gestão e Monitorização Grandes Desafios Referencial Estratégico FOCO EM ATIVOS

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes, 3º Trimestre 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes, 3º Trimestre 2015 1 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Método e Gestão de Informação Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços

Leia mais

Hungria Setembro Mercado em números

Hungria Setembro Mercado em números Setembro 2016 Mercado em números Mercado em números setembro 2016 Designação oficial: Capital: Budapeste Localização: Europa Central Fronteiras terrestres: 2.106 km com a Áustria (321 km), Croácia (348

Leia mais

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo

Leia mais

Dinamarca Junho Mercado em números

Dinamarca Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Designação oficial: Reino da Capital: Copenhaga Localização: Norte da Europa Fronteiras terrestres: 140 km com a Alemanha Holanda Alemanha Bélgica Luxemburgo Rep. Checa Polónia

Leia mais

As PME s em Moçambique

As PME s em Moçambique MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Seminário Económico Moçambique Portugal As em Moçambique Por Claire Zimba Existimos para Auditório da Culturgest, 10:40Hrs 11:00Hrs, 17 de Julho de 2015, Lisboa - Portugal

Leia mais

Coreia do Sul Março Mercado em números

Coreia do Sul Março Mercado em números Março 2017 Mercado em números Designação oficial: República da Coreia Capital: Seul Localização: Ásia Oriental Fronteiras terrestres: Sua única fronteira terrestre é com a Coreia do Norte Área total: 99

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de maio 2015 ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS evolução em

Leia mais

GRADE CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO: 9 SEMESTRES (NOTURNO) Horas

GRADE CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO: 9 SEMESTRES (NOTURNO) Horas GRADE CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO: 9 SEMESTRES (NOTURNO) MÓDULO 1 67-102 Teoria Geral da Administração I 81-101 Língua Portuguesa 10-105 Matemática Básica 73.227 Sociologia 30 0 30 2 60.582

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2008 2012 Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail:

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO 2007-201 Apresentação da Proposta ÍNDICE 1 O PROBLEMA 2 A ESTRATÉGIA 4 PLANO DE FINANCIAMENTO 1 1 O PROBLEMA Taxa de emprego Emprego em média e alta tecnologia

Leia mais

Fernando Ribeiro Mendes

Fernando Ribeiro Mendes Workshop Senior Tourism in the EU : a Growing Market Partnership and Cooperation with South America 8 de outubro de 2014 São Paulo, Brasil * * * * Fernando Ribeiro Mendes FUNDAÇÃO INATEL Fundada em 1935

Leia mais

Análise da geografia da vulnerabilidade e da mudança no sector do turismo português

Análise da geografia da vulnerabilidade e da mudança no sector do turismo português Análise da geografia da vulnerabilidade e da mudança no sector do turismo português Raquel Antunes, João Lutas Craveiro Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais LNEC Laboratório Nacional de Engenharia

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR MEDICINA 1 EVOLUÇÃO DOS ÚLTIMOS 10 ANOS

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR MEDICINA 1 EVOLUÇÃO DOS ÚLTIMOS 10 ANOS MEDICINA 1 EVOLUÇÃO DOS ÚLTIMOS 1 ANOS O presente documento apresenta a evolução do acesso ao ensino superior no curso de, no período entre e 21. São incluídos os dados referentes às vagas, candidatos

Leia mais

INDÚSTRIA DO MOBILIÁRIO

INDÚSTRIA DO MOBILIÁRIO INDÚSTRIA DO MOBILIÁRIO AEP / GABINETE DE ESTUDOS JANEIRO DE 2005 Indústria do Mobiliário A indústria do mobiliário (CAE 361 fabricação de mobiliário e de colchões) reunia, em 2002, 6933 empresas, responsáveis

Leia mais

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO DESAFIOS DA EDUCAÇÃO E QUALIFICAÇÃO Fontainhas Fernandes UTAD 18 de outubro de 2014 Fontainhas Fernandes

Leia mais

Itália Junho Mercado em números

Itália Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Designação oficial: República Italiana Capital: Roma Localização: Sul da Europa. Península que se estende pelo Mar Mediterrâneo a nordeste da Tunísia Fronteiras terrestres:

Leia mais

Itália Março Mercado em números

Itália Março Mercado em números Março 2016 Mercado em números Designação oficial: República Italiana Capital: Roma Localização: Sul da Europa. Península que se estende pelo Mar Mediterrâneo a nordeste da Tunísia Fronteiras terrestres:

Leia mais

Coordenadora: Dra. Fátima Fernandes

Coordenadora: Dra. Fátima Fernandes Coordenadora: Dra. Fátima Fernandes Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos... 2 Estrutura modular e respetiva carga horária... 3 Conteúdos

Leia mais

5º Painel Formação e a sua evolução: A formar há cinco décadas, para onde vai a formação em Portugal

5º Painel Formação e a sua evolução: A formar há cinco décadas, para onde vai a formação em Portugal Publicação apoiada pelo projeto PEst-OE/EGE/UI4056/2014 UDI/IPG, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, pelo qual agradecemos. 5º Painel Formação e a sua evolução: A formar há cinco décadas,

Leia mais

Coreia do Sul Junho Mercado em números

Coreia do Sul Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Designação oficial: República da Coreia Capital: Seul Localização: Ásia Oriental Fronteiras terrestres: Sua única fronteira terrestre é com a Coreia do Norte Área total: 99

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2007 2011 Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail:

Leia mais

Áustria Junho Mercado em números

Áustria Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Designação oficial: República da Capital: Viena Localização: Europa Central Alemanha Rep. Checa Eslováquia Liechtenstein Hungria Suíça Eslovénia Itália Fronteiras terrestres:

Leia mais

Revenue Management para hotelaria: otimize sua gestão

Revenue Management para hotelaria: otimize sua gestão Revenue Management para hotelaria: otimize sua gestão Você conhece ou já aplica a estratégia do Revenue Management? Se ainda não, saiba que ela pode alavancar os resultados positivos do seu hotel, de modo

Leia mais

Suíça Junho Mercado em números

Suíça Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Mercado em números junho 2016 Designação oficial: Confederação Capital: Berna Localização: Europa Central Fronteiras terrestres: 1.770 km com a Alemanha (348 km), Áustria

Leia mais

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo DESDE 1990 O ISCET Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo é um estabelecimento de ensino superior politécnico, criado em 25 de

Leia mais

para o desenvolvimento do turismo em portugal

para o desenvolvimento do turismo em portugal para o desenvolvimento do turismo em portugal Nuno Fazenda Turismo de Portugal, I.P Albufeira, 7 de Abril 2015 1 Do plano de ação turismo 2020 ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS TURISMO 2020: QUESTÕES ESTRUTURAIS

Leia mais

ESTUDO DO MERCADO: AIRBNB EM LISBOA (2017)

ESTUDO DO MERCADO: AIRBNB EM LISBOA (2017) ESTUDO DO MERCADO: AIRBNB EM LISBOA (2017) Bnblord, uma das principais conciergeries Airbnb em França e Portugal, desenvolveu um estudo sobre o mercado Airbnb em Lisboa. O Airbnb está em pleno crescimento

Leia mais

2013 4º Trimestre. Preços médios ao Balcão. Sumário Executivo

2013 4º Trimestre. Preços médios ao Balcão. Sumário Executivo Sumário Executivo Na presente informação, divulgam-se os preços médios de Aposento (b&b), Meia Pensão (h&b) e Pensão Completa (f&b) praticados ao balcão, no 4.º Trimestre de 2013, pelos hotéis e pousadas,

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO Índice Introdução Preço Médio por Dormida Proveito Médio de Aposento por Cama Conceitos Anexos 2 Introdução Com base em indicadores estatísticos disponibilizados pelo

Leia mais

ACTIVIDADE TURÍSTICA Janeiro a Outubro de 2001

ACTIVIDADE TURÍSTICA Janeiro a Outubro de 2001 Informação à Comunicação Social 25 de Janeiro de 2002 ACTIVIDADE TURÍSTICA Janeiro a Outubro de 2001 O INE apresenta os principais resultados preliminares relativos à Oferta Turística em 31 de Julho de

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: TURISMO NOVA IGUAÇU Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao mercado,

Leia mais

Holanda Junho Mercado em números

Holanda Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Designação oficial: Reino da Capital: Amesterdão Localização: Europa Ocidental Fronteiras terrestres: 1.027 km com a Bélgica (450 km) e a Alemanha (577 km) Alemanha Bélgica

Leia mais

Missão: Realizar uma administração hoteleira global, eficaz, honesta e rentável para os proprietários.

Missão: Realizar uma administração hoteleira global, eficaz, honesta e rentável para os proprietários. 1. A EMPRESA O Grupo UNI HOTÉIS é uma empresa constituída em 2010 pela necessidade dos sócios de proteger os investimentos de clientes propietários de imóveis em Natal, inseridos em pool hoteleiros com

Leia mais

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução Actualizado em Março Unid. Fonte Notas

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução Actualizado em Março Unid. Fonte Notas Evolução 2007-2013 Actualizado em Março 2013 Unid. Fonte 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 Notas População a Milhares Hab. INE 10.604 10.623 10.638 10.636 10.647 10.600 População tvh % INE 0,2 0,2 0,1

Leia mais

PORTUGAL Faça clique para editar o estilo apresentação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo!

PORTUGAL Faça clique para editar o estilo apresentação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! apresentação PORTUGAL 2020 www.in-formacao.com.pt Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! 03-02-2015 FAMALICÃO PORTO IN.03.03.00 1 INTRODUÇÃO O PORTUGAL 2020 é o Acordo de Parceria adotado

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação

Sistema de Incentivos à Inovação Sistema de Incentivos à Inovação Inovação Produtiva e Empreendedorismo Qualificado até concursos abertos 26 de abril de 2012 sistema de incentivos à inovação Inovação Produtiva e Empreendedorismo Qualificado

Leia mais

NOTA. 2. Concorreram a esta fase estudantes, o que representa um acréscimo de 5% em relação ao ano anterior ( em 2013).

NOTA. 2. Concorreram a esta fase estudantes, o que representa um acréscimo de 5% em relação ao ano anterior ( em 2013). NOTA 1. Concluída a primeira fase do 38.º concurso nacional de acesso 1, foram já admitidos no ensino superior público, em 2014, 37 778 novos estudantes, o que representa um ligeiro crescimento em relação

Leia mais

Turismo em Portugal. Estratégia para o Desenvolvimento do

Turismo em Portugal. Estratégia para o Desenvolvimento do Plano Estratégico Nacional do Turismo uma estratégia para o desenvolvimento do Turismo em Portugal Estratégia para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal Carrazeda de Ansiâes, 20 de Junho de 2007 O PENT

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO

CURSO DE ATUALIZAÇÃO CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde DESENVOLVIMENTO DA GESTÃO DO TRABALHO E SAÚDE DO TRABALHADOR DA SAÚDE Adryanna Saulnier Bacelar Moreira Márcia Cuenca

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de janeiro 2015 ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES

Leia mais

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO 2013 ABIH-RJ FECOMÉRCIO-RJ ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Pesquisa mensal da ABIH-RJ que visa acompanhar a taxa de ocupação nas unidades de hospedagem da

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de abril 2015 ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS EVOLUÇÃO

Leia mais

Observatório. do Turismo. Cabo Verde

Observatório. do Turismo. Cabo Verde Observatório do Turismo Cabo Verde Emanuel Almeida, Beja, 03 de Maio 2012 Agenda I. CABO VERDE E O SECTOR DO TURISMO 1. Importância do Turismo 2. Estatísticas do Turismo em CV II. OBSERVATÓRIO DO TURISMO

Leia mais

tal como o número de escalas de navios de cruzeiro, nos primeiros quatro meses do ano. 25 melhores destinos da TripAdvisor e em artigos

tal como o número de escalas de navios de cruzeiro, nos primeiros quatro meses do ano. 25 melhores destinos da TripAdvisor e em artigos DO TURISMO DE LISBOA DADOS abril COMPORTAMENTO POSITIVO Apesar do actual contexto de abrandamento No entanto, destaca-se o facto de o número de económico, visível nos resultados da hotelaria passageiros

Leia mais

Barómetro Turismo Alentejo

Barómetro Turismo Alentejo Barómetro Turismo Alentejo Janeiro 2012 METODOLOGIA TOP DORMIDAS JANEIRO 2012 Inicia-se este ano de 2012 com alterações na metodologia do Barómetro, incluindo a sistemática comparação dos dados de 2012

Leia mais