Barómetro Turismo Alentejo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Barómetro Turismo Alentejo"

Transcrição

1 Barómetro Turismo METODOLOGIA Com a edição do Barómetro de Abril, além de aumentar o número de entidades que aderiram ao sistema enviando dados mensais (94), fortalecemos a metodologia das amostras com a apresentação, que será permanente, da proporção do número de quartos em relação ao total do universo da oferta de quartos por cada categoria de alojamento turístico. Esta metodologia permite mostrar a efectiva proporcionalidade das amostras, já que a proporção comparando só número de entidades permitia verificar a adesão ao sistema, mas enviesando a análise por misturar estabelecimentos hoteleiros de diferentes capacidades. Com esta implementação ficam visíveis novas conclusões em relação às amostras que já fazem parte do Monitor do. Os aderentes que enviam dados são quase 29,20% do universo total do (quase o dobro se a referência fosse o número de unidades), as amostras da hotelaria estruturada são fortíssimas (4*=65,02%, 3*=57,08%, HR=58,66% e Pousadas=96,47%), existe uma categoria - os Hotéis de 5* - que tem uma amostra de 100% mas não a podemos publicar porque só tem duas unidades, a amostra de TER/TH subiu, em ambos os critérios de amostra, devido ao aumento de participação de entidades, e que em breve poderemos vir a ter amostras publicáveis para Aldeamentos Turísticos e Hotéis Apartamento. Por último sublinha-se que este sistema é um monitor de amostras das categorias de alojamento do, que opera com amostras efectivas que produzem informação directa, cuja representatividade está sucintamente descriminada nos quadros que abaixo apresentamos. UNIDADES Hotel 5* Hotel 4* Hotel 3* Hotéis 2*, 1* Hotéis Rurais Pousadas TER/TH Parque Campismo Pousada Alojamento Pensão/Albergaria/ Juventude Local Estalagem Aldeam. Turísticos Hoteis Apartament. Apartamento Turísticos Universo Amostra % do Universo 100,00% 46,15% 53,85% 35,71% 91,67% 9,40% 19,35% 100,00% 3,01% 11,32% 50,00% 33,33% 8,33% 14,92% QUARTOS Hotel 5* Hotel 4* Hotel 3* Hotéis 2*, 1* Hotéis Rurais Pousadas TER/TH Parque Campismo Pousada Alojamento Pensão/Albergaria/ Juventude Local Estalagem Aldeam. Turísticos Hoteis Apartament. Apartamento Tuísticos Universo nd Amostra nd % do Universo 100,00% 65,02% 57,08% 58,66% 96,47% 10,06% nd 100,00% 4,09% 10,92% 42,97% 8,92% 4,98% 29,20% Total Total 1

2 Taxas de Ocupação Quarto Neste mês de Abril, que inclui o período da Páscoa, verifica-se a natural subida das taxas de ocupação em todas as categorias de alojamento classificado, particularmente notória nos Hotéis Rurais. Excepto no Alojamento Local, que ainda não recuperou os desempenhos dos dois primeiros meses do ano, devido à recomposição da amostra. 60% 55% 50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Hotel 4* Hotel 3* Hotel Rural Pousada TER Alojamento Local Janeiro 28,24% 34,39% 16,81% 26,86% 7,39% 35,26% Fevereiro 40,25% 38,20% 30,36% 39,98% 8,52% 45,55% Março 44,72% 46,88% 24,72% 42,28% 15,80% 10,11% Abril 52,77% 52,83% 46,00% 46,66% 22,46% 22,77% Fonte: Monitor Turismo 2

3 Estada Média Para determinar a Estada Média, comparamos todos os meses o volume de Hóspedes com o volume de Dormidas. Como ainda estamos no início do ano, e não temos valores homólogos de 2010, apresentar volumes absolutos retirados do conjunto das amostras não tem significado. Contudo, em acumulado, para o primeiro quadrimestre, por ordem descendente, Portugal produziu dormidas, Espanha , Reino Unido 6.496, Holanda 5.434, Alemanha 4.668, Finlândia e França dormidas. A Finlândia obteve a maior parte desempenho nos três primeiros meses do ano (em Abril apresenta resultados muito modestos). Aliás, em Abril, os maiores emissores foram os mercados tradicionais (Portugal, Espanha, Alemanha, Reino Unido, Holanda e França, com valores nos quatro dígitos). Na Estada Média, Portugal melhorou em relação aos três primeiros meses do ano (o valor de 1,88 dias significa que as permanências de dois dias foi superior às de um dia) e os outros mercados principais estabilizaram os seus valores, com a Holanda e o Reino Unido apresentando estadas superiores aos dois dias. 4,5 4,0 3,5 3,0 2,5 2,0 1,5 1,0 0,5 0,0 Portugal Espanha Alemanha Brasil França Holanda Reino Unido Janeiro 1,78 1,62 3,36 1,48 2,31 3,97 3,85 Fevereiro 1,56 1,74 2,05 1,58 2,17 4,01 3,04 Março 1,61 1,47 1,68 1,69 1,62 2,95 2,67 Abril 1,88 1,49 1,47 1,41 1,46 2,37 2,14 Fonte: Monitor Turismo 3

4 Quotas de Dormidas do Mercado Português Barómetro do Turismo Com a Páscoa, o mercado português reagiu às políticas comerciais do alojamento da categoria superior, apresentando para o mês de Abril quotas inferiores nos Hotéis de 4* e nas Pousadas em relação aos três meses anteriores, com excepção dos Parques de Campismo, onde se verificou um aumento substancial da quota dos nossos conterrâneos. 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Hotel 4* Hotel 3* Hotel Rural Pousada TER Alojamento Local Parques de Campismo Pousada da Juventude Janeiro 18,68% 27,12% 7,23% 18,56% 1,83% 5,66% 13,95% 3,97% Fevereiro 20,25% 25,73% 8,83% 20,79% 1,73% 4,41% 10,00% 1,84% Março 20,98% 27,81% 10,69% 15,97% 3,42% 0,90% 11,46% 4,37% Abril 16,79% 24,42% 11,45% 9,61% 3,44% 1,35% 25,11% 3,65% Fonte: Monitor Turismo 4

5 Quotas de Dormidas do Mercado Emissor Espanhol Em Abril, o mercado espanhol aumentou nos Hotéis de três estrelas e em TER, relativamente ao mês de Março descendo significativamente nos Hotéis de quatro estrelas e marginalmente em Pousadas, espelhando os resultados de políticas comerciais das categorias que têm estruturado um mix de canais de distribuição para diferentes mercados emissores. 50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Hotel 4* Hotel 3* Hotel Rural Pousada TER Alojamento Local Parques de Campismo Pousada da Juventude Janeiro 12,91% 44,37% 7,22% 23,49% 1,19% 0,11% 1,99% 1,08% Fevereiro 13,43% 46,94% 1,61% 19,47% 0,88% 0,54% 4,71% 0,46% Março 31,24% 34,84% 4,35% 20,02% 2,97% 0,69% 0,69% 0,17% Abril 18,64% 42,52% 4,21% 14,38% 5,38% 1,49% 2,69% 2,48% Fonte: Monitor Turismo Alentej 5

6 Análise Procura Por Categoria Os sete mercados principais que analisamos, com naturais variações percentuais, concentram a sua escolha na oferta mais classificada (4*, 3* e Pousadas). Com excepção da Espanha, também utilizam os Parques de Campismo, aqui com a particular relevância de ser o alojamento preferido de Holandeses e Britânicos. Os portugueses são o maior mercado emissor para os Hotéis Rurais, e os Brasileiros são os melhores clientes de Pousadas. 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Portugal Espanha Alemanha Reino Unido Holanda França Brasil Pousada da Juventude 3,13% 1,10% 2,14% 0,28% 0,40% 1,83% 0,36% Parques de Campismo 15,74% 3,10% 19,21% 44,87% 47,17% 27,15% 0,08% Alojamento Local 2,84% 0,78% 0,78% 0,22% 0,24% 0,48% 0,00% TER 2,72% 2,55% 4,93% 2,34% 2,19% 2,03% 0,69% Pousada 15,71% 18,40% 28,06% 21,60% 15,03% 18,51% 38,82% Hotel Rural 9,98% 4,18% 1,77% 0,00% 2,80% 3,55% 0,85% Hotel 3* 27,15% 43,64% 23,44% 0,00% 8,01% 22,76% 27,52% Hotel 4* 18,14% 17,14% 18,30% 7,10% 19,01% 20,51% 28,57% Fonte: Monitor Turismo 6

7 Análise de Mercados por Categoria de Alojamento Nos Hotéis de 4* e 3* e Pousadas, são os sete mercados principais definidos como estruturantes pela APTA que produzem os maiores volumes de dormidas em Abril. ABRIL/HOTÉIS 4* Hóspedes Dormidas Estada Quota Portugal ,60 66,83% Espanha ,40 6,19% Alemanha ,37 5,85% Brasil ,31 4,13% França ,32 4,94% Holanda ,53 2,75% Reino Unido ,25 2,12% ABRIL/HOTÉIS 3* Hóspedes Dormidas Estada Quota Portugal ,48 70,25% Espanha ,50 10,15% Alemanha ,28 2,20% Brasil ,49 1,44% França ,24 2,26% Holanda ,56 1,20% Reino Unido ,82 4,02% ABRIL/POUSADAS Hóspedes Dormidas Estada Quota Portugal ,53 48,61% Espanha ,37 6,03% Alemanha ,35 8,59% Brasil ,60 2,85% França ,75 3,22% Holanda ,55 4,28% Reino Unido ,89 5,92% Fonte: Monitor Turismo 7

8 Análise de Mercados por Categoria de Alojamento Barómetro do Turismo Em TER/TH, o mercado suíço, e nos Parques Campismo, o mercado irlandês, apresentam desempenhos que os colocam entre os principais mercados emissores. ABRIL/HOTEL RURAL Hóspedes Dormidas Estada Quota Portugal ,88 89,80% Espanha ,49 2,74% Alemanha ,25 0,85% Brasil 6 6 1,00 0,10% França ,20 0,41% Holanda ,75 0,95% Reino Unido ,75 1,07% ABRIL/TER Hóspedes Dormidas Estada Quota Portugal ,02 68,47% Espanha ,45 8,90% Alemanha ,90 6,26% Brasil 3 3 1,00 0,13% França ,12 1,64% Holanda ,50 3,02% Reino Unido ,47 2,85% Suiça ,88 3,11% ABRIL/PARQUES DE CAMPISMO hóspedes dormidas estada quota Portugal ,58 81,56% Espanha ,36 0,73% Alemanha ,28 1,59% Brasil 0 0 0,00 0,00% Finlândia ,86 1,73% França ,29 1,99% Holanda ,43 4,40% Irlanda ,36 3,19% Reino Unido ,29 3,36% Fonte: Monitor Turismo 8

9 Ficha Técnica 9

Barómetro Turismo Alentejo

Barómetro Turismo Alentejo Barómetro Turismo Alentejo Janeiro 2012 METODOLOGIA TOP DORMIDAS JANEIRO 2012 Inicia-se este ano de 2012 com alterações na metodologia do Barómetro, incluindo a sistemática comparação dos dados de 2012

Leia mais

Atividade Turística manteve resultados positivos em 2015

Atividade Turística manteve resultados positivos em 2015 Estatísticas do Turismo 2015 28 de julho de 2016 Atividade Turística manteve resultados positivos em 2015 Segundo os dados mais recentes publicados pela Organização Mundial de Turismo, as chegadas de turistas

Leia mais

Dormidas de não residentes continuaram em crescimento

Dormidas de não residentes continuaram em crescimento Atividade Turística Junho de 2015 14 de agosto de 2015 Dormidas de não residentes continuaram em crescimento A hotelaria registou 5,0 milhões de dormidas em junho de 2015, a que corresponde um aumento

Leia mais

DORMIDAS NOS ESTABELECIMENTOS HOTELEIROS E VIAGENS TURÍSTICAS DOS RESIDENTES EXIBIRAM QUEBRAS EM 2002

DORMIDAS NOS ESTABELECIMENTOS HOTELEIROS E VIAGENS TURÍSTICAS DOS RESIDENTES EXIBIRAM QUEBRAS EM 2002 ESTATÍSTICAS DO TURISMO 22 29 de Janeiro de 24 DORMIDAS NOS ESTABELECIMENTOS HOTELEIROS E VIAGENS TURÍSTICAS DOS RESIDENTES EXIBIRAM QUEBRAS EM 22 As dormidas nos estabelecimentos hoteleiros, em 22, sofreram

Leia mais

Dormidas e proveitos desaceleram

Dormidas e proveitos desaceleram 14 de outubro de 2016 Atividade Turística Agosto de 2016 Dormidas e proveitos desaceleram A hotelaria registou 2,3 milhões de hóspedes e 7,5 milhões de dormidas em agosto de 2016, resultados que se traduziram

Leia mais

INQUÉRITO CARNAVAL- PREVISÕES PÁSCOA

INQUÉRITO CARNAVAL- PREVISÕES PÁSCOA INQUÉRITO CARNAVAL- PREVISÕES PÁSCOA Carnaval 2017 Carnaval 66% dos inquiridos tiveram uma melhor taxa de ocupação quarto e 6 um melhor preço médio por quarto ocupado 57% tiveram uma estada média idêntica

Leia mais

Hóspedes, dormidas e proveitos mantêm crescimento significativo

Hóspedes, dormidas e proveitos mantêm crescimento significativo Atividade Turística Julho de 20 15 de setembro de 20 Hóspedes, dormidas e proveitos mantêm crescimento significativo A hotelaria registou 5,8 milhões de dormidas em julho de 20, valor correspondente a

Leia mais

Atividade Turística Abril 2013

Atividade Turística Abril 2013 Atividade Turística Abril 2013 17 de junho de 2013 Hotelaria com reduções nos hóspedes, dormidas e proveitos As dormidas na hotelaria ascenderam a 3,1 milhões em abril de 2013 (-4,0% que em abril de 2012).

Leia mais

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística Variações entre os valores anuais de 2005 e 2006: +4,2% no movimento de passageiros desembarcados de voos internacionais clássicos; +38,6% movimento de passageiros desembarcados de voos low-cost; -0,8%

Leia mais

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes Atividade Turística Fevereiro 2013 16 de Abril de 2013 Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes As dormidas na hotelaria atingiram 1,9 milhões, o que correspondeu a uma variação

Leia mais

Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Alojamento Local

Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Alojamento Local Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Análise Semestral Alojamento Local Condições de Utilização Este documento é da exclusiva propriedade do Observatório do Turismo dos Açores

Leia mais

Actividade Turística 2009 (dados preliminares)

Actividade Turística 2009 (dados preliminares) 1177 DDEE MAARRÇÇOO DDEE 22000099 Actividade Turística 2009 (dados preliminares) Hotelaria com decréscimos nos principais indicadores Em Janeiro de 2009, os estabelecimentos hoteleiros registaram 1,7 milhões

Leia mais

Aumento significativo das dormidas e proveitos

Aumento significativo das dormidas e proveitos 15 de abril de 2016 Atividade Turística Fevereiro de 2016 Aumento significativo das dormidas e proveitos A hotelaria registou 989,9 mil hóspedes e 2,6 milhões de dormidas em fevereiro de 2016, equivalendo

Leia mais

Estatísticas do Turismo 2001

Estatísticas do Turismo 2001 Informação à Comunicação Social 29 de Agosto de 22 Estatísticas do Turismo 21 Estando disponível na Internet a publicação Estatísticas do Turismo 21, o INE apresenta os principais resultados referentes

Leia mais

DORMIDAS NOS ESTABELECIMENTOS HOTELEIROS E VIAGENS TURÍSTICAS DOS RESIDENTES REGISTARAM QUEBRAS EM 2003

DORMIDAS NOS ESTABELECIMENTOS HOTELEIROS E VIAGENS TURÍSTICAS DOS RESIDENTES REGISTARAM QUEBRAS EM 2003 ESTATÍSTICAS DO TURISMO 2003 2 de Julho de 2004 DORMIDAS NOS ESTABELECIMENTOS HOTELEIROS E VIAGENS TURÍSTICAS DOS RESIDENTES REGISTARAM QUEBRAS EM 2003 As dormidas nos estabelecimentos hoteleiros sofreram,

Leia mais

Estatísticas de Alojamento turístico, 2015

Estatísticas de Alojamento turístico, 2015 Estatísticas de Alojamento turístico, 2015 Departamento de Estatísticas Económicas Serviço de Estatísticas de Comércio, Turismo e Transportes Rute Cruz Calheiros CSE - GT DEM, 27/10/2016 As estatísticas

Leia mais

Hotelaria: Balanço & Perspetivas. Cristina Siza Vieira Presidente Executiva

Hotelaria: Balanço & Perspetivas. Cristina Siza Vieira Presidente Executiva Hotelaria: Balanço & Perspetivas Cristina Siza Vieira Presidente Executiva The Vintage Lisboa 22 de junho de 2016 AGENDA 1 BALANÇO DO 1º QUADRIMESTRE 2016 2 PERSPETIVAS VERÃO 2016 3 GRANDES EVENTOS IMPACTO

Leia mais

INQUÉRITO BALANÇO PERSPETIVAS 2016

INQUÉRITO BALANÇO PERSPETIVAS 2016 INQUÉRITO BALANÇO 2015 - PERSPETIVAS 2016 Balanço 2015 Taxa de ocupação quarto Preço médio por quarto vendido MELHOR 76% MELHOR 73% IGUAL 13% IGUAL 1 PIOR PIOR 4% NÃO APLICÁVEL NÃO APLICÁVEL 76% considera

Leia mais

14 de agosto de 2015 ATIVIDADE TURÍSTICA

14 de agosto de 2015 ATIVIDADE TURÍSTICA 14 de agosto de 2015 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a junho 2015 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de junho, os estabelecimentos hoteleiros registaram 148,5 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

1. Movimento de Passageiros no Aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Movimento de passageiros por país de origem

1. Movimento de Passageiros no Aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Movimento de passageiros por país de origem 1. Movimento de Passageiros no Aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Movimento de passageiros por país de origem 2. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia

Leia mais

15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a fevereiro 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de fevereiro, os estabelecimentos hoteleiros registaram 63,6 mil dormidas, representando um acréscimo

Leia mais

Alojamento turístico acelera crescimento em 2016

Alojamento turístico acelera crescimento em 2016 Estatísticas do Turismo 2016 04 de agosto de 2017 Alojamento turístico acelera crescimento em 2016 De acordo com a Organização Mundial de Turismo, em 2016 registaram-se 1,2 mil milhões de chegadas de turistas

Leia mais

Hotelaria com melhoria nos principais resultados

Hotelaria com melhoria nos principais resultados 10 de Agosto de 2011 Actividade Turística Junho de 2011 Hotelaria com melhoria nos principais resultados No mês de Junho de 2011, a hotelaria apresentou quatro milhões de dormidas, mais 13% do que no mês

Leia mais

T U R I S M O E M N Ú M E R O S

T U R I S M O E M N Ú M E R O S HÓSPEDES, DORMIDAS, PROVEITOS E REVPAR em CAMA em apartamentos turísticos QUARTO em hoteleiros Fonte: Turismo de Portugal FLUXOS NOS AEROPORTOS Fonte: ANA Aeroportos de Portugal FLUXOS NOS PORTOS MARÍTIMOS

Leia mais

Turismo no Espaço Rural. Análise Acumulada. Janeiro a Setembro 2015

Turismo no Espaço Rural. Análise Acumulada. Janeiro a Setembro 2015 Turismo no Espaço Rural Análise Acumulada Janeiro a Setembro 2015 Condições de Utilização Este documento é da exclusiva propriedade do Observatório do Turismo dos Açores Região Autónoma dos Açores. Nenhuma

Leia mais

16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a março 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de março, os estabelecimentos hoteleiros registaram 95,1 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

Hotelaria com aumentos nas dormidas e proveitos

Hotelaria com aumentos nas dormidas e proveitos Atividade Turística Junho 2013 14 de agosto de 2013 Hotelaria com aumentos nas dormidas e proveitos A hotelaria registou 4,4 milhões de dormidas em junho de 2013, mais 8,6% do que em junho de 2012. Para

Leia mais

15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a abril 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de abril, os estabelecimentos hoteleiros registaram 117,6 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

TURISMO EM FOCO 2005 A 28 de Junho de 2010 perdeu 1,8 milhões de dormidas entre 2007 e Depois de, entre 2005 e 2007, ter apresentado uma tendência de crescimento nos números de dormidas e de hóspedes,

Leia mais

MELHOR HOTELARIA Maria João Martins Gestora de Projetos & Research

MELHOR HOTELARIA Maria João Martins Gestora de Projetos & Research MELHOR HOTELARIA 2020 Maria João Martins Gestora de Projetos & Research Évora 21 de março de 2016 AGENDA 1. Desempenho do Sector Turístico Nacional 2. Balanço 2015 3. Evolução da Oferta Hoteleira 4. Programa

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2006-2010 Secretaria Regional do Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail: info@madeiratourism.com

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO

ESTATÍSTICAS DO TURISMO ESTATÍSTICAS DO TURISMO DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Resultados Provisórios Julho de 2016 Direção Regional de Estatística da Madeira Uma porta aberta para um universo de informação estatística Catalogação

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes, 3º Trimestre 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes, 3º Trimestre 2015 1 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Método e Gestão de Informação Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO

ESTATÍSTICAS DO TURISMO ESTATÍSTICAS DO TURISMO DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Resultados Provisórios Dezembro de 2016 Direção Regional de Estatística da Madeira Uma porta aberta para um universo de informação estatística Catalogação

Leia mais

indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem

indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem boletim trimestral - n.º 5 - julho 2014 algarve conjuntura turística indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem 2.

Leia mais

Barómetro de Conjuntura verão Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos

Barómetro de Conjuntura verão Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos Barómetro de Conjuntura verão 2016 Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos ÍNDICE Sumário Executivo 3 Perspetivas de evolução da procura - verão 2016 - NUTS II e A.M. Lisboa

Leia mais

PORTUGAL NA EUROPA: BALANÇO, PERSPETIVAS E TENDÊNCIAS NA HOTELARIA. BTL Feira Internacional de Turismo 3 março 2016

PORTUGAL NA EUROPA: BALANÇO, PERSPETIVAS E TENDÊNCIAS NA HOTELARIA. BTL Feira Internacional de Turismo 3 março 2016 PORTUGAL NA EUROPA: BALANÇO, PERSPETIVAS E TENDÊNCIAS NA HOTELARIA BTL Feira Internacional de Turismo 3 março 2016 AGENDA 1 HOTELARIA EM PORTUGAL: FECHO DO ANO - BALANÇO E PERSPETIVAS EVOLUÇÃO DA HOTELARIA

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 3º Trimestre 2016

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 3º Trimestre 2016 1 2 FICHA TÉCNICA Instituto Nacional de Estatística Conselho de Administração do INE Presidente Osvaldo Rui Monteiro dos Reis Borges Vice-Presidente Celso Herminio Soares Ribeiro Editor Instituto Nacional

Leia mais

Barómetro de Conjuntura Verão Agências de Viagens

Barómetro de Conjuntura Verão Agências de Viagens Barómetro de Conjuntura Verão 17 Agências de Viagens Perspetivas verão 17 Visão regional Atividade turística em gerará melhores resultados neste verão, face ao verão de 16, na opinião de % dos agentes

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2016

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2016 1 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av.

Leia mais

Oferta Turística. Turismo no Espaço Rural nos Açores. 1º Semestre de Procura Turística. Tendência. Por Ilha Por Mercados

Oferta Turística. Turismo no Espaço Rural nos Açores. 1º Semestre de Procura Turística. Tendência. Por Ilha Por Mercados 1 Oferta Turística Turismo no Espaço Rural nos Açores Procura Turística 1º Semestre de 2016 Tendência Por Ilha Por Mercados Condições de Utilização 2 Este documento é da exclusiva propriedade do Observatório

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Presidente António dos Reis Duarte

FICHA TÉCNICA. Presidente António dos Reis Duarte FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av. Cidade

Leia mais

Anuário. do Turismo 2008

Anuário. do Turismo 2008 Anuário das Estatísticas do Turismo 2008 Anuário das Estatísticas do Turismo 2008 www.turismodeportugal.pt ÍndIce CAPÍTULO I Séries Internacionais e Nacionais 2000 a 2008 5 Fluxos Turísticos Internacionais

Leia mais

Análise Mensal Abril 2016

Análise Mensal Abril 2016 1 Procura Turística Por Ilha Por Mercados Comparação Em Relação à Média Nacional Hotelaria Tradicional Análise Mensal Abril 2016 Oferta Turística Condições de Utilização 2 Este documento é da exclusiva

Leia mais

Anuário das Estatísticas do Turismo 2009

Anuário das Estatísticas do Turismo 2009 Anuário das Estatísticas do Turismo 2009 1 Índice CAPÍTULO I - Séries Internacionais e Nacionais 2001 a 2009 3 Fluxos Turísticos Internacionais 4 O Turismo na Economia Nacional 12 O Alojamento Turístico

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Presidente António dos Reis Duarte

FICHA TÉCNICA. Presidente António dos Reis Duarte FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Método e Gestão de Informação Serviço de Conjuntura Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2009 2013 Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail:

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO

ESTATÍSTICAS DO TURISMO ESTATÍSTICAS DO TURISMO DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Resultados Provisórios Junho de 2014 Direção Regional de Estatística da Madeira Uma porta aberta para um universo de informação estatística Catalogação

Leia mais

Barómetro de Conjuntura Verão Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos

Barómetro de Conjuntura Verão Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos Barómetro de Conjuntura Verão 1 Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos Perspetivas verão 1 Visão regional Atividade turística em gerará melhores resultados neste verão, face

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2007 2011 Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail:

Leia mais

Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Turismo no Espaço Rural

Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Turismo no Espaço Rural Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Análise Semestral Turismo no Espaço Rural Condições de Utilização Este documento é da exclusiva propriedade do Observatório do Turismo

Leia mais

VRSA Sociedade de Gestão Urbana E. M. SA Indicadores Temáticos - Turismo

VRSA Sociedade de Gestão Urbana E. M. SA Indicadores Temáticos - Turismo VRSA Sociedade de Gestão Urbana E. M. SA Indicadores Temáticos - Turismo Área temática cod. Indicador Unidade de medida Ano Periodicidade Fonte Informação Entidade a Consultar Estatísticas previsionais

Leia mais

ACTIVIDADE TURÍSTICA 1999

ACTIVIDADE TURÍSTICA 1999 Informação à Comunicação Social 26 de Junho de 2000 ACTIVIDADE TURÍSTICA 1999 Em 31 de Julho de 1999, o número total de estabelecimentos na hotelaria tradicional recenseada (Hotéis, Hotéis-Apartamentos,

Leia mais

INQUÉRITO AO CONGRESSISTA

INQUÉRITO AO CONGRESSISTA INQUÉRITO AO CONGRESSISTA 2016 INQUÉRITO AO CONGRESSISTA INTRODUÇÃO Tendo em conta a elevada relevância do Turismo de Negócios no posicionamento de Lisboa como destino, o Observatório do Turismo de Lisboa

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO Índice Introdução Preço Médio por Dormida Proveito Médio de Aposento por Cama Conceitos Anexos Proveitos e Custos nos Estabelecimentos Hoteleiros Ano de 2004 Página 2

Leia mais

Janeiro a Setembro 2016

Janeiro a Setembro 2016 1 Oferta Turística Turismo no Espaço Rural nos Açores Por Ilha Por Mercados Procura Procura Turística Turística Janeiro a Setembro 2016 Tendência Condições de Utilização 2 Este documento é da exclusiva

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS

ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS ESTATÍSTICAS DO TURISMO TOURISM STATISTICS 2008 2012 Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes Avenida Arriaga, 18 9004-519 Funchal Madeira Telf: 351-291 211 900 Fax: 351-291 232 151 e-mail:

Leia mais

Atividade Turística com resultados positivos em 2014

Atividade Turística com resultados positivos em 2014 Estatísticas do Turismo 2014 28 de julho de 2015 Atividade Turística com resultados positivos em 2014 Segundo os dados provisórios da Organização Mundial de Turismo, as chegadas de turistas internacionais,

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo Presidente António dos Reis Duarte

Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo Presidente António dos Reis Duarte Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo 2014 Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Av. Cidade de Lisboa, nº 18, Cx. Postal 116, Praia Tel.: +238

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de janeiro 2015 ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES

Leia mais

Projeto de Investigação Aplicada Alojamento do Futuro

Projeto de Investigação Aplicada Alojamento do Futuro Projeto de Investigação Aplicada Alojamento do Futuro Universidade de Aveiro BTL 2014 Lisboa, 13.03.2014 01. Enquadramento da atividade Evolução da Oferta Instalada Enquadramento da atividade Evolução

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de agosto ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS TAX FREE SHOPPING

Leia mais

Cristina Siza Vieira AHP Associação da Hotelaria de Portugal

Cristina Siza Vieira AHP Associação da Hotelaria de Portugal Cristina Siza Vieira AHP Associação da Hotelaria de Portugal European Cities Hotel Forecast for 2016 and 2017 PORTO Palacete dos Viscondes de Balsemão 17 de maio 2016 AHP TOURISM MONITORS Plataforma da

Leia mais

Análise Regional dezembro 2015

Análise Regional dezembro 2015 Portugal Em, o Algarve voltou a liderar o País com 16,6 milhões de dormidas (34% de quota no País) e cresceu 2,7% face a 2014. Lisboa posicionou-se no 2.º lugar com 12,3 milhões de dormidas e assinalou,

Leia mais

Portugal - o turismo reforça o seu peso económico

Portugal - o turismo reforça o seu peso económico E.E.F. Mercados Financeiros Setembro 217 Portugal - o turismo reforça o seu peso económico O turismo já está a bater novos recordes em 217 A tendência do turismo mundial continua crescente e Portugal tem

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de maio 2015 ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS evolução em

Leia mais

ACTIVIDADE TURÍSTICA Janeiro a Outubro de 2001

ACTIVIDADE TURÍSTICA Janeiro a Outubro de 2001 Informação à Comunicação Social 25 de Janeiro de 2002 ACTIVIDADE TURÍSTICA Janeiro a Outubro de 2001 O INE apresenta os principais resultados preliminares relativos à Oferta Turística em 31 de Julho de

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DE LISBOA ANÁLISES DESTA EDIÇÃO DADOS DE FEVEREIRO 2014 EVOLUÇÃO DOS MERCADOS INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES POR REGIÃO

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DE LISBOA ANÁLISES DESTA EDIÇÃO DADOS DE FEVEREIRO 2014 EVOLUÇÃO DOS MERCADOS INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES POR REGIÃO DO TURISMO DE LISBOA DADOS DE FEVEREIRO ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS INDÍCES POR REGIÃO Os dados contidos

Leia mais

A ACTIVIDADE TURÍSTICA NA REGIÃO CENTRO

A ACTIVIDADE TURÍSTICA NA REGIÃO CENTRO Direcção Regional do Centro A ACTIVIDADE TURÍSTICA NA REGIÃO CENTRO Susana Baptista * I - INTRODUÇÃO O turismo desempenha um importante papel no tecido económico do país, quer a nível produtivo, quer a

Leia mais

Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas

Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas Atividade Turística Fevereiro de 20 15 de Abril de 20 Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas Os estabelecimentos hoteleiros registaram cerca de 2 milhões

Leia mais

ÍNDICE. 1.0 Introdução Aeroporto de Faro Caracterização da Procura por Canal de Distribuição... 9

ÍNDICE. 1.0 Introdução Aeroporto de Faro Caracterização da Procura por Canal de Distribuição... 9 2 ÍNDICE 1.0 Introdução... 3 2.0 Aeroporto de Faro... 4 3.0 Caracterização da Procura por Canal de Distribuição... 9 4.0 Peso do Algarve nos Principais Mercados Emissores... 10 5.0 Alojamento Turístico...

Leia mais

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística Variações relativas ao 3º trimestre 2005: movimentos aéreos +3% no movimento de passageiros desembarcados de voos internacionais clássicos; +40,1%movimento de passageiros desembarcados de voos low-cost;

Leia mais

boletim trimestral - n.º 1 - junho 2013 algarve conjuntura turística

boletim trimestral - n.º 1 - junho 2013 algarve conjuntura turística boletim trimestral - n.º 1 - junho 2013 algarve conjuntura turística indicadores 1. Movimento de passageiros no aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Passageiros desembarcados por

Leia mais

Hotelaria manteve crescimento de dois dígitos mas com desaceleração particularmente no mercado interno

Hotelaria manteve crescimento de dois dígitos mas com desaceleração particularmente no mercado interno Atividade Turística Novembro de 2014 19 de janeiro de 2015 Hotelaria manteve crescimento de dois dígitos mas com desaceleração particularmente no mercado interno As dormidas na hotelaria fixaram-se em

Leia mais

Perguntas Frequentes (actualizado em )

Perguntas Frequentes (actualizado em ) Perguntas Frequentes (actualizado em 2008.10.31) Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos (RJET) Lei 39/2008, de 7 de Março Noção e tipologias Noção P. Qual a noção de empreendimento turísticos?

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de fevereiro 2015 ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS evolução

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo Presidente António dos Reis Duarte. Editor Instituto Nacional de Estatística

Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo Presidente António dos Reis Duarte. Editor Instituto Nacional de Estatística 2015 2016 Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo 2015 Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Av. Cidade de Lisboa, nº 18, Cx. Postal 116, Praia Tel.:

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo Ano Presidente Osvaldo Rui Monteiro dos Reis Borges

FICHA TÉCNICA. Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo Ano Presidente Osvaldo Rui Monteiro dos Reis Borges FICHA TÉCNICA Instituto Nacional de Estatística Estatísticas do Turismo Ano 2016 Presidente Osvaldo Rui Monteiro dos Reis Borges Vice-Presidente Celso Hermínio Soares Ribeiro Diretora Administrativa e

Leia mais

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas estada média taxas de ocupação proveitos médios/dormida receitas do turismo

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas estada média taxas de ocupação proveitos médios/dormida receitas do turismo movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas estada média taxas de ocupação proveitos médios/dormida receitas do turismo Em Fevereiro de, o número de passageiros desembarcados de voos internacionais

Leia mais

Residentes no estrangeiro sustentam ligeiro aumento nas dormidas

Residentes no estrangeiro sustentam ligeiro aumento nas dormidas Atividade Turística Dezembro de 2012 14 de fevereiro de 2013 Residentes no estrangeiro sustentam ligeiro aumento nas dormidas As dormidas na hotelaria atingiram 1,7 milhões em dezembro 2012, mais 1,9%

Leia mais

DIPLOMA/ACTO : Portaria n.º 25/2000

DIPLOMA/ACTO : Portaria n.º 25/2000 DIPLOMA/ACTO : Portaria n.º 25/2000 SUMÁRIO : Aprova os modelos, fornecimento e distribuição das placas de classificação dos estabelecimentos hoteleiros, dos meios complementares de alojamento turístico,

Leia mais

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores da hotelaria de fevereiro de 2013

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores da hotelaria de fevereiro de 2013 Lisboa, 2 de maio de 2013 Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores da hotelaria de fevereiro de 2013 Subidas de 3,83% na OCUPAÇÃO POR QUARTO (fixou-se em 41,20%), de 2,86% no REVPAR (fixou-se

Leia mais

RECONVERSÃO DOS EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS

RECONVERSÃO DOS EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS RECONVERSÃO DOS EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS 1 Objectivos principais do novo RJET: Simplificação Responsabilização Qualificação da oferta 2 Simplificação Simplificação legislativa concentração num único

Leia mais

INQUÉRITO AO CONGRESSISTA

INQUÉRITO AO CONGRESSISTA INQUÉRITO AO CONGRESSISTA 2015 INQUÉRITO AO CONGRESSISTA INTRODUÇÃO Tendo em conta a elevada relevância do Turismo de Negócios no posicionamento de Lisboa como destino, o Observatório do Turismo de Lisboa

Leia mais

Dormidas de não residentes continuam a aumentar

Dormidas de não residentes continuam a aumentar Actividade Turística Novembro de 2010 10 de Janeiro de 2011 Dormidas de não residentes continuam a aumentar No mês de Novembro de 2010 a hotelaria registou cerca de dois milhões de dormidas, valor muito

Leia mais

ANÁLISE ESTATÍSTICA j a n e i r o m a i o 2011 1

ANÁLISE ESTATÍSTICA j a n e i r o m a i o 2011 1 ANÁLISE ESTATÍSTICA j a n e i r o m a i o 2011 1 ANÁLISE DE DORMIDAS NACIONAIS E ESTRANGEIRAS Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos Acumulado Janeiro Maio 2010/2011 A Turismo

Leia mais

ÍNDICE. 1.0 Introdução Aeroporto de Faro Caracterização da Procura por Canal de Distribuição... 10

ÍNDICE. 1.0 Introdução Aeroporto de Faro Caracterização da Procura por Canal de Distribuição... 10 Capa 2 ÍNDICE 1.0 Introdução... 3 2.0 Aeroporto de Faro... 4 3.0 Caracterização da Procura por Canal de Distribuição... 10 4.0 Peso do Algarve nos Principais Mercados Emissores... 11 5.0 Alojamento Turístico...

Leia mais

Dinamarca Junho Mercado em números

Dinamarca Junho Mercado em números Junho 2016 Mercado em números Designação oficial: Reino da Capital: Copenhaga Localização: Norte da Europa Fronteiras terrestres: 140 km com a Alemanha Holanda Alemanha Bélgica Luxemburgo Rep. Checa Polónia

Leia mais

tal como o número de escalas de navios de cruzeiro, nos primeiros quatro meses do ano. 25 melhores destinos da TripAdvisor e em artigos

tal como o número de escalas de navios de cruzeiro, nos primeiros quatro meses do ano. 25 melhores destinos da TripAdvisor e em artigos DO TURISMO DE LISBOA DADOS abril COMPORTAMENTO POSITIVO Apesar do actual contexto de abrandamento No entanto, destaca-se o facto de o número de económico, visível nos resultados da hotelaria passageiros

Leia mais

TURISMO ANÁLISE HOTELEIRA

TURISMO ANÁLISE HOTELEIRA TURISMO ANÁLISE HOTELEIRA 1º SEMESTRE www.moneris.pt ANÁLISE HOTELEIRA * PORTUGAL 1º SEMESTRE DORMIDAS DO ESTRANGEIRO No primeiro semestre de, a hotelaria registou 23 milhões de dormidas, mais 11,2 face

Leia mais

ISSN Serviços. H ema. Estatísticas do Turismo. Ano de edição 2005

ISSN Serviços. H ema. Estatísticas do Turismo. Ano de edição 2005 Serviços PORTUGAL anos 1935-2005 ISSN 0377-2306 H ema Estatísticas do Turismo 2004 Ano de edição 2005 2 FICHA TÉCNICA Título Estatísticas do Turismo 2004 Editor Instituto Nacional de Estatística Av. António

Leia mais

Desempenho Ambiental do Alojamento em Portugal Boas Práticas nos Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos

Desempenho Ambiental do Alojamento em Portugal Boas Práticas nos Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos Desempenho Ambiental do Alojamento em ortugal 2015 Boas ráticas nos Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos ÍNDICE Sumário Executivo Utilização eficiente da energia Utilização

Leia mais

indicadores 1. Hóspedes 1.1. Número total de hóspedes 1.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 1.3. Hóspedes por país de origem

indicadores 1. Hóspedes 1.1. Número total de hóspedes 1.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 1.3. Hóspedes por país de origem boletim trimestral - n.º 2 - setembro 2013 algarve conjuntura turística indicadores 1. Hóspedes 1.1. Número total de hóspedes 1.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 1.3. Hóspedes por país de origem

Leia mais

Hotelaria com aumentos nos hóspedes, dormidas e proveitos

Hotelaria com aumentos nos hóspedes, dormidas e proveitos Atividade Turística Janeiro de 2014 19 de março de 2014 Hotelaria com aumentos nos hóspedes, dormidas e proveitos A hotelaria registou 1,7 milhões de dormidas em janeiro de 2014, valor que corresponde

Leia mais

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO 2013 ABIH-RJ FECOMÉRCIO-RJ ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Pesquisa mensal da ABIH-RJ que visa acompanhar a taxa de ocupação nas unidades de hospedagem da

Leia mais

ANIMAÇÃO TURÍSTICA. Desafios num mercado competitivo

ANIMAÇÃO TURÍSTICA. Desafios num mercado competitivo ANIMAÇÃO TURÍSTICA Desafios num mercado competitivo João Cotrim de Figueiredo 29 janeiro 2016 Mais um ano de resultados históricos Resultados de novembro 2015 superam ano de 2014 CAGR 6,9% CAGR 4,7% Receitas

Leia mais

Portugal: o turismo reforça o seu peso económico

Portugal: o turismo reforça o seu peso económico Dep. Estudos Económicos e Financeiros Contactos: +351 21 31 11 86 Fax: 21 353 56 94 E-mail: deef@bancobpi.pt Agosto 217 Agostin ho Leal Alves 21 1 1 36 agostinho.leal.alves@bancobpi.pt O turismo já está

Leia mais

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO

ANÁLISES DESTA EDIÇÃO Observatório D O T U R I S M O D E L I S B O A Dados de setembro 2015 ANÁLISES DESTA EDIÇÃO EVOLUÇÃO DOS MERCADOS > Dados da Hotelaria > Cidade de Lisboa > Região de Lisboa INFOGOLFE E CRUZEIROS tax free

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DE LISBOA

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DE LISBOA DO TURISMO DE LISBOA DADOS DEZEMBRO SINAIS DE ABRANDAMENTO A performance da hotelaria da Cidade, Grande Lisboa e Região mostrou uma tendência do as iniciativas de animação que, por norma, de austeridade

Leia mais

Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015

Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015 Procura Turística dos Residentes 4º Trimestre de 2015 02 de maio de 2016 Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015 No 4º trimestre de 2015 a população residente em Portugal realizou

Leia mais