3 Medidas, Proporções e Cortes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3 Medidas, Proporções e Cortes"

Transcrição

1 3 Medidas, Proporções e Cortes 3.1 Garagens A Figura 3.1 apresenta algumas dimensões que podem ser usadas para projetos de garagens. Em geral, para projetos residenciais, podem-se usar as dimensões de um carro de tamanho grande como o Mercedes 300, Figura 3.1 Medidas usuais em mm para automóveis (NEUFERT, 2004) 3.2 Áreas de Serviço A Figura 3.2 apresenta algumas dimensões de alguns equipamentos e instalações comuns em áreas de serviço. Podem ser usadas medidas comerciais caso se conheça o fabricante de determinado equipamento (eletrodomésticos, tanques, etc.). Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 35

2 Figura 3.2 Medidas usuais em m equipamentos e instalações em áreas de serviço (MONTENEGRO, 2001) 3.3 Peças Sanitárias A Figura 3.3 apresenta algumas dimensões das principais peças encontradas em lavabos e banheiros. Figura 3.3 Medidas usuais em m de peças sanitárias (MONTENEGRO, 2001) Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 36

3 3.4 Cozinhas A Figura 3.4 apresenta algumas dimensões usuais para cozinhas. Figura 3.4 Medidas usuais em m para cozinhas (MONTENEGRO, 2001) 3.5 Móveis A Figura 3.5 apresenta algumas dimensões usuais de alguns móveis. Outras informações consultar Neufert (2004). Figura 3.5 Medidas usuais em m de alguns tipos de móveis (MONTENEGRO, 2001) Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 37

4 3.6 Cortes: Princípios Gerais Os cortes são representações de vistas ortográficas seccionais do tipo corte, obtidas quando passamos por uma construção um plano de corte e projeção VERTICAL, normalmente paralelo às paredes, e retiramos a parte frontal, mais um conjunto de informações escritas que o complementam. Assim, neles encontramos o resultado da interseção do plano vertical com o volume. Os cortes são os desenhos em que são indicadas as dimensões verticais. O objetivo dos cortes em um projeto de edificação é ilustrar o maior número de relações entre espaços interiores e significantes, que se desenvolvem em altura, e que, por consequência, não são devidamente esclarecidos em planta baixa. A sua orientação é feita na direção dos extremos mais significantes deste espaço. Normalmente se faz no mínimo dois cortes, um transversal e outro longitudinal ao objeto cortado, para melhor entendimento. Podem sofrer desvios, sempre dentro do mesmo compartimento, para possibilitar a apresentação de informações mais pertinentes. Os cortes podem ser transversais (plano de corte na menor dimensão da edificação) ou longitudinais (na maior dimensão). A quantidade de cortes necessários em um projeto, porém, é de exclusiva determinação do projetista, em função das necessidades do projeto. São fatores que influenciam a quantidade de cortes:irregularidades das paredes internas; b) sofisticação de acabamentos internos; c) formato poligonal da construção; d) diferenças de níveis nos pisos; e) existência de detalhamentos internos. A Figura 3.6 ilustra um esquema, em perspectiva, da composição dos cortes longitudinais e transversais em projetos arquitetônicos. Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 38

5 PLANO QUE GERA O CORTE TRANSVERSAL: PLANO QUE GERA O CORTE LONGITUDINAL: Figura 3.6 Representação de cortes transversais e longitudinais Os planos normalmente são paralelos às paredes, e posicionados pela presença de: pésdireitos variáveis, esquadrias especiais, barreiras impermeáveis, equipamentos de construção, escadas, elevadores, dentre outros. A posição do plano de corte e o sentido de observação depende do interesse de visualização. Recomenda-se sempre passá-lo pelas áreas molhadas (banheiro e cozinha), pelas escadas e poço dos elevadores. Os cortes devem sempre estar indicados nas plantas para possibilitar sua visualização e interpretação indicar a sua posição e o sentido de visualização. A indicação dos cortes em planta baixa tem uma simbologia específica conforme visto na Figura 3.7. Figura 3.7 Simbologia para os cortes em planta A orientação dos cortes é feita na direção dos extremos do espaço cortado. O sentido de visualização e localização dos cortes deve ser indicado em planta (Figuras 3.8 e 3.9). Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 39

6 CORTE AB SENTIDO INDICADO CORTE AB SENTIDO INDICADO CORTE CD INDICADO Figura 3.8 Representação de cortes CORTE CD INDICADO Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 40

7 A C 01 D x60/ x x0/ x60/140 70x SALA M² BANHO 5.70 M² B VARANDA M² PROJ. COBERTURA Figura 3.9 Representação dos cortes A-B e C-D em planta Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 41

8 3.7 Cortes: Elementos Construtivos - Fundações: São desenhadas em função dos materiais utilizados e de sua disposição geral, com dimensões aproximadas, se houver, pois seu detalhamento é função do projeto estrutural. A Figura 3. ilustra alguns exemplos de fundações mais utilizadas: VIGA BALDRAME BLOCOS DE CONCRETO VIGA BALDRAME SAPATA DE CONCRETO Figura 3. Representação de elementos de fundação em cortes - Pisos e Contrapisos: Normalmente identifica-se apenas a espessura do contrapiso + piso com espessura aproximada de cm, através de duas linhas paralelas, cortadas espessura de linha média (0,6mm). O solo ou aterro são indicados através de hachura inclinada. O contrapisopiso ocorre alinhado com a viga baldrame das paredes. PISO- CONTRAPISO VIGA BALDRAME HACHURA SOLO Figura 3.11 Representação de pisos e contrapisos em cortes Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 42

9 Paredes: Nos cortes, as paredes podem aparecer seccionadas ou em vista. No caso de paredes seccionadas, a representação é semelhante ao desenho em planta baixa. Existindo paredes em vista (que não são cortadas pelo plano de corte) a representação é similar aos pisos em planta conforme a Figura Parede convencional Parede totalmente impermeabilizada Figura 3.12 Representação de paredes em cortes Parede parcialmente impermeabilizada - Louças Sanitárias: As louças sanitárias podem aparecer em corte ou em vista na representação dos cortes verticais. Tanto numa situação como em outra, basta representá-los com suas linhas básicas, que identificam o aparelho ou equipamento. Abaixo, na Figura 3.13, algumas representações: Figura 3.13 Representação de louças sanitárias em cortes Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 43

10 - Forros e Lajes: Geralmente os forros são constituídos de lajes de concreto, representadas de maneira similar ao contrapiso, com espessura de cm. Sobre as paredes, representa-se as vigas em concreto. Pode haver forro de madeira ou gesso, por exemplo, abaixo da laje ou sem a presença desta. Estes forros serão representados por duas linhas finas paralelas com a espessura do forro conforme a Figura VIGA LAJE FORRO Figura 3.14 Representação de forros e lajes em cortes - Esquadrias: Portas: em vista são indicadas apenas pelo seu contorno. Em corte, indica-se apenas o vão, com a visão da parede do fundo em vista. Janelas: em vista seguem as mesmas diretrizes das portas. Em corte têm representação similar à planta baixa, marcando-se o peitoril como parede (traço cheio e grosso) e a altura da janela (quatro linhas em traço cheio e médio). A Figura 3. ilustra essas informações. PORTA VISTA JANELA VISTA PORTA CORTE JANELA CORTE Figura 3. Representação de esquadrias em cortes Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 44

11 Níveis: São identificados todos os níveis, sempre que se visualize a diferença de nível, evitando a repetição desnecessária e não fazendo a especificação no caso de uma sucessão de desníveis iguais (escada). A simbologia para indicação de níveis nos cortes é diferenciada da simbologia para indicação em planta, porém, os níveis constantes em planta baixa devem ser os mesmos indicados nos cortes. A simbologia utilizada para indicação dos níveis em cortes está representada na Figura ,30-0, Figura 3.16 Representação de níveis em cortes Os níveis devem ser sempre indicados em metros e acompanhados do sinal, conforme localizarem-se acima ou abaixo do nível de referência (00). 3.8 Exemplos de Cortes 00 +0,35 VARANDA +0,50 +0,48 WC CORTE AB SEM ESCALA Figura 3.17 Representação do corte A-B Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 45

12 Figura 3.18 Esquema de concepção de cortes Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 46

13 ,20 +0,35 +0,50 +0, CORTE CD SEM ESCALA Figura 3.19 Representação do corte C-D Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 47

14 Projeto 03: Considerando um terreno urbano com dimensões de m de largura e 20 m de profundidade, criar um projeto de uma edificação geminada contendo duas unidades habitacionais com aproximadamente 60 m 2 de área útil cada obedecendo-se os afastamentos frontal e laterais mínimos respectivamente de 4,0 m e 1,5 m. Construir a projeção em planta e dois cortes, um longitudinal e outro transversal, que passem necessariamente pela cozinha e pelo banheiro. Realizar a humanização lay-out da projeção em planta inserindo-se os elementos especificados nos capítulos 3.1 a 3.5. Representação esquemática do terreno (dimensões em m ) Desenho Arquitetônico data:set/2016 fl. 48

3 Medidas, Proporções e Cortes

3 Medidas, Proporções e Cortes 3 Medidas, Proporções e Cortes 3.1 Garagens A Figura 3.1 apresenta algumas dimensões que podem ser usadas para projetos de garagens. Em geral, para projetos residenciais, podem-se usar as dimensões de

Leia mais

DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA AULA 01 PROF ALINE FERNANDES

DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA AULA 01 PROF ALINE FERNANDES DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PROJETO ARQUITETÔNICO SÍMBOLOS GRÁFICOS PASSOS PARA MONTAGEM DE PLANTA BAIXA: 1. Deve-se estimar o tamanho

Leia mais

PLANTA BAIXA UNIDADE 3

PLANTA BAIXA UNIDADE 3 PLANTA BAIXA UNIDADE 3 Componentes de uma Planta-Baixa (25-08) Roteiro para Elaboração de uma Planta-Baixa 81 Conteúdo da Planta Baixa vedações (paredes) estrutura (pilares) aberturas (portas e janelas)

Leia mais

ED. L ÉCRIN RESIDENSE

ED. L ÉCRIN RESIDENSE ED. L ÉCRIN RESIDENSE MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS PAVIMENTO SUBSOLO Garagem Piso: Cimentado desempenado. Parede: Pintura acrílica com faixa. Teto: Pintura PVA branca. Hall Piso: Cerâmica esmaltada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG ESCOLA DE ENGENHARIA NÚCLEO DE EXPRESSÃO GRÁFICA. Desenho Arquitetônico UNIDADE 3 PLANTA BAIXA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG ESCOLA DE ENGENHARIA NÚCLEO DE EXPRESSÃO GRÁFICA. Desenho Arquitetônico UNIDADE 3 PLANTA BAIXA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG ESCOLA DE ENGENHARIA NÚCLEO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Desenho Arquitetônico UNIDADE 3 PLANTA BAIXA CONCEITO A Planta baixa é, genericamente, uma vista ortográfica seccional

Leia mais

ED. PORTO DI VENEZIA

ED. PORTO DI VENEZIA ED. PORTO DI VENEZIA MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS PAVIMENTO SUBSOLO Garagem Piso: Cimentado desempenado. Parede: Pintura acrílica com faixa. Teto: Pintura PVA branca. Piso: Cerâmica esmaltada extra.

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA REPRESENTAÇÕES DE DESENHO TÉCNICO E APROVAÇÃO DE PROJETOS SETOR DE ENGENHARIA

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA REPRESENTAÇÕES DE DESENHO TÉCNICO E APROVAÇÃO DE PROJETOS SETOR DE ENGENHARIA ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA REPRESENTAÇÕES DE DESENHO TÉCNICO E APROVAÇÃO DE PROJETOS SETOR DE ENGENHARIA ANEXO II DO DECRETO N 80/2011 DE 02/05/2011 PARTE 01: OBRA NOVA OU AMPLIAÇÃO 1. Planta de situação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.1 ENDEREÇO: Rua dos Goytacazes, nº.: 447/447-A Bairro Centro Campos dos Goytacazes RJ.

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.1 ENDEREÇO: Rua dos Goytacazes, nº.: 447/447-A Bairro Centro Campos dos Goytacazes RJ. 1 DADOS INICIAIS 1.1 ENDEREÇO: Rua dos Goytacazes, nº.: 447/447-A Bairro Centro Campos dos Goytacazes RJ. 1.2 PRÉDIO MULTIFAMILIAR COMPOSTO DE 1.2.1 TÉRREO / BLOCOS 01/02 (01) Portaria, (53) cinqüenta

Leia mais

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE 1 Estrutura Acabamento externo SUMÁRIO DO PROJETO TORRE 5: 100% executado 95% executado - Revestimento fachada; - 100% concluído - Aplicação de textura; - 95% concluído -

Leia mais

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE 1 Estrutura Acabamento externo: TORRE 5 100% executado 98% executado - Revestimento fachada; 100% concluído - Aplicação de textura; 100% concluído - Execução do telhado; 100%

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO O

MEMORIAL DESCRITIVO O MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais e padronizar os projetos e execuções da obra localizada na Rua Jorge Marcelino Coelho, s/n, Bairro

Leia mais

PARTE 1 DESENHO TÉCNICO

PARTE 1 DESENHO TÉCNICO PARTE 1 DESENHO TÉCNICO 1. NOÇÕES GERAIS: 1.1 HISTÓRIA O desenho começou a ser usado como meio preferencial de representação do projeto arquitetônico a partir do Renascimento. Apesar disso, ainda não havia

Leia mais

Casa Santista. Memorial Descritivo

Casa Santista. Memorial Descritivo Casa Santista Memorial Descritivo 1-FUNDAÇÕES: Serão executadas brocas com até 1,50 metros de profundidade, e vigas baldrame de concreto armado sob alvenaria de nivelamento chapiscada, contra piso em concreto,

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA MURO CERCA

Leia mais

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Memorial Descritivo Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Um novo tempo. Sua nova vida. Incorporação e Construção: JDC Engenharia Ltda Empreendimento: Construção de 2 torres residenciais,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MATERIAIS E SERVIÇOS.

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MATERIAIS E SERVIÇOS. EMPREENDIMENTO: CONSTRUÇÃO DE QUADRA POLIESPORTlVA COBERTA PROPONENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIZ GONZAGA. ÁREA DA UNIDADE: 906,06 m². LOCAL: Rua Gen. Portinho, Qd. 196 Bairro Duque de Caxias São

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA (Versão resumida)

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA (Versão resumida) MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA (Versão resumida) TAMANHO E DEPENDÊNCIAS DO IMÓVEL Definido com o Corretor de Imóveis da negociação em conjunto com nosso Escritório de Arquitetura parceiro: FRAN Arquitetura

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 M² Pavimento: térreo Área do Terreno: 450,00 M² INTRODUÇÃO Este documento técnico

Leia mais

Informações Complementares

Informações Complementares Identificação do Empreendimento O RESIDENCIAL TERRA DI MONTEROSSO será construído na Avenida Maria de Lourdes Friggi, n 255, esquina com Avenida SC-6, no loteamento denominado Urbanova VII (ZM6), na cidade

Leia mais

PISOS EM CONCRETO ARMADO

PISOS EM CONCRETO ARMADO PISOS EM CONCRETO ARMADO CONCEITOS BÁSICOS Pisos armados são estruturas constituídas por placas de concreto, armadura em telas soldadas posicionada a 1/3 da face superior, por juntas com barras de transferência,

Leia mais

SEDE SESC-DF. CADERNO DE ENCARGOSE ESPECIFICAÇÕES GERAIS Graficação em Auto-Cad 2013 e Confecção de Imagens em 3D

SEDE SESC-DF. CADERNO DE ENCARGOSE ESPECIFICAÇÕES GERAIS Graficação em Auto-Cad 2013 e Confecção de Imagens em 3D SEDE SESC-DF CADERNO DE ENCARGOSE ESPECIFICAÇÕES GERAIS Graficação em Auto-Cad 2013 e Confecção de Imagens em 3D SUMÁRIO 1. OBJETIVO...03 2. DESCRIÇÃO TÉCNICA: GRAFICAÇÃO EM AUTO-CAD 2013...03 3. OBSERVAÇÕES

Leia mais

Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância

Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância 22 Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância Reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares Vice-Reitor Demetrius David da Silva Universidade Federal de Viçosa Conselho Editorial Andréa Patrícia Gomes João

Leia mais

EDIFICAÇÕES. Técnicas construtivas Memória de aula 03 MARCAÇÃO DE OBRA

EDIFICAÇÕES. Técnicas construtivas Memória de aula 03 MARCAÇÃO DE OBRA 1. LOCAÇÃO DA OBRA Professora Carolina Barros EDIFICAÇÕES Técnicas construtivas Memória de aula 03 MARCAÇÃO DE OBRA A locação de uma obra consiste em marcar no solo a posição de cada um dos elementos constitutivos

Leia mais

DESCRIÇÕES PRELIMINARES

DESCRIÇÕES PRELIMINARES DESCRIÇÕES PRELIMINARES O Residencial Deputado Vinicius Cansanção será composto de 02 blocos, tendo cada bloco 01(um) subsolo, 01 (um) pilotis, 11 (onze) pavimentos tipo e 01 (um) pavimento de cobertura..

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: Nova Instalação da SEMMAC LOCAL: Rua Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 2338. Setor Ipanema. Catalão GO TIPO DE SERVIÇO: Reforma e Ampliação. 1.0 INTRODUÇÃO A finalidade do presente

Leia mais

www.vendocasaalpha.com.br

www.vendocasaalpha.com.br www.vendocasaalpha.com.br Vendo casa no Alphaville Lagoa dos Ingleses, condomínio das Árvores (UH3), imóvel novo com Habite-se recente. Contato: leomuradas@gmail.com ou (31) 9146-8539 A casa foi construída

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

1- DESENHO ARQUITETÔNICO

1- DESENHO ARQUITETÔNICO 28 1- DESENHO ARQUITETÔNICO 1.1 - Generalidades Podemos dividir os desenhos arquitetônicos em dois grupos: Desenhos Preliminares de apresentação e Desenhos para execução. Nos desenhos preliminares são

Leia mais

Memorial Descritivo Residencial Phoenix

Memorial Descritivo Residencial Phoenix Memorial Descritivo Residencial Phoenix Cadastros: Matrícula de incorporação 7121, no Cartório de Registro de imóveis de 1 Ofício da Comarca de Tubarão. Alvará de construção 149/2011. Localização: Rua

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS BALTIMORE OFFICE PARK CLIENTE DATA: 27/10/2011 VERSÃO:

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS BALTIMORE OFFICE PARK CLIENTE DATA: 27/10/2011 VERSÃO: MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS BALTIMORE OFFICE PARK CLIENTE DATA: 27/10/2011 VERSÃO: 03 PÁGINA: 1 de 8 ÍNDICE 1- Descrição dos acabamentos das unidades 1.1 - Conjuntos do pavimento

Leia mais

T0 32 m2 + 8 m2 Deck

T0 32 m2 + 8 m2 Deck Casas de Madeira e Pré fabricadas T0 32 m2 + 8 m2 Deck 2 Discovercasa Lda NIF: 509397573 Avenida Gaspar Baltar nº25 1. 4560-242 Penafiel - Portugal Características técnicas: Estrutura - A estrutura é mista

Leia mais

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS MEMORIAL DESCRITIVO: APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: LOCALIZAÇÃO: Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS DESCRIÇÃO: Edifício

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS 1 AUTORIZAÇÕES E CADASTRAMENTO Para entrada de profissionais e execução de serviços como LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO e SONDAGEM, será necessária a autorização por

Leia mais

INFORMAÇÕES BÁSICAS. Projeto Fundação e Estaqueamento: STAN FUND E CONST. CIVIS LTDA.

INFORMAÇÕES BÁSICAS. Projeto Fundação e Estaqueamento: STAN FUND E CONST. CIVIS LTDA. INFORMAÇÕES BÁSICAS Nome do Empreendimento: Villa Aribiri Residencial Clube Endereço : RUA PASTOR JOÃO PEDRO DA SILVA, ARIBIRÍ VILA VELHA - ES CEP 29.119-021 Realização : GRUPO WIG PIANA DE MARTIN CONSTRUTORA

Leia mais

casa. Será uma casa simples, situada em terreno plano, com sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço.

casa. Será uma casa simples, situada em terreno plano, com sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço. A UUL AL A A casa Nesta aula vamos examinar a planta de uma casa. Será uma casa simples, situada em terreno plano, com, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço. Introdução terreno 20 m rua 30

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.1 - ENDEREÇO: Rua Aurélio Francisco Gomes, nºs. 96/102 - Bairro Flamboyant - Campos dos Goytacazes- RJ.

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.1 - ENDEREÇO: Rua Aurélio Francisco Gomes, nºs. 96/102 - Bairro Flamboyant - Campos dos Goytacazes- RJ. MEMORIAL DESCRITIVO CONDIÇÕES GERAIS: Estas especificações fazem parte integrante dos Contratos de Compra e Venda das unidades do Prédio Residencial denominado ARBORETTO. 1- DADOS INICIAIS: 1.1 - ENDEREÇO:

Leia mais

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES.

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. Arq. Cândida Maciel Síntese Arquitetura 61-34685613 candida@sintesearquitetura.com.br NBR 15575- EDIFÍCIOS HABITACIONAIS DE ATÉ

Leia mais

REF: Layout Elevadores e Torre Metálica Elaboração de Anteprojeto de torre metálica para instalação de 02(dois) elevadores panorâmicos

REF: Layout Elevadores e Torre Metálica Elaboração de Anteprojeto de torre metálica para instalação de 02(dois) elevadores panorâmicos Porto Alegre, 18 de junho de 2012. A Assembleia Legislativa do RS Porto Alegre, RS REF: Layout Elevadores e Torre Metálica Elaboração de Anteprojeto de torre metálica para instalação de 02(dois) elevadores

Leia mais

Manual de Construção: Fossa ECOLÓGICA E Sumidouro

Manual de Construção: Fossa ECOLÓGICA E Sumidouro Manual de Construção: Fossa ECOLÓGICA E Sumidouro Introdução Este manual destina a fornecer informações sobre a construção e dimensionamento do sistema individual de tratamento de esgotos, especialmente

Leia mais

Memorial Descritivo de Acabamentos

Memorial Descritivo de Acabamentos Memorial Descritivo de Acabamentos Nome do Empreendimento: CRISRETELI RESIDENCE Endereço: AVENIDA COPACABANA ESQUINA COM A RUA OURO PRETO, S/N PRAIA DO MORRO GUARAPARI / ES Incorporação: AS FILHOS CONSTRUÇÕES

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO RES. VIVENDAS DA LAGOA ANEXO 1. Pintura PVA Branca Forro de gesso com sanca e/ou linha de sombra

MEMORIAL DESCRITIVO RES. VIVENDAS DA LAGOA ANEXO 1. Pintura PVA Branca Forro de gesso com sanca e/ou linha de sombra ANEXO 1 DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS INTERNOS DOS APARTAMENTOS AMBIENTES PISO PAREDE TETO RODAPÉ Sala e circulação Porcelanato Polido 50x50cm Eliane ou Pintura PVA Branca Quartos Varanda Cozinha e área de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO DATA: 03/08/2012 VERSÃO: 03 ÍNDICE 1- DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS DAS UNIDADES... 3 1.1. CONJUNTOS DO PAVIMENTO TIPO (5 AO 13 )...

Leia mais

Orientações para Instalação Domiliciar do Sistema de Fossa e Sumidouro.

Orientações para Instalação Domiliciar do Sistema de Fossa e Sumidouro. Orientações para Instalação Domiliciar do Sistema de Fossa e Sumidouro. INTRODUÇÃO Este manual destina a fornecer informações sobre a construção e dimensionamento do sistema individual de tratamento de

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DA PARAÍBA LTDA. Educação Técnica de Nível Médio Curso Técnico em Segurança do Trabalho

INSTITUTO TECNOLÓGICO DA PARAÍBA LTDA. Educação Técnica de Nível Médio Curso Técnico em Segurança do Trabalho INSTITUTO TECNOLÓGICO DA PARAÍBA LTDA. Educação Técnica de Nível Médio Curso Técnico em Segurança do Trabalho LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE DESENHO ARQUITETÔNICO Profª Alessandra Gualter WEJ Consultoria e

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: Centro de Referência de Assistência Social CRAS Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 m² Pavimento: Térreo

Leia mais

Planilha Orçamentária

Planilha Orçamentária 1. FACHADA SUL-LESTE/CHURRASQUEIRA.1 DEMOLICAO DE ALVENARIA DE TIJOLOS FURADOS 10,24 M2 5,32 54,48.2 DEMOLICAO DE MESA E BANCOS DE CONCRETO 0,70 M3 168,75 118,12.3 DEMOLICAO DE COBERTURA COM TELHAS FIBROCIMENTO

Leia mais

EDIFÍCIO PALAZZO DI MARE

EDIFÍCIO PALAZZO DI MARE 1 EDIFÍCIO PALAZZO DI MARE LOCALIZAÇÃO: AV. SÍLVIO VIANNA, BAIRRO PONTA VERDE, MACEIÓ - AL. EMPREENDIMENTO: Composto por 12(doze) pavimentos, sendo, 01(um) subsolo, 01(um) pilotis, 9(nove) pavimentos tipos,

Leia mais

TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I

TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I Aula 9 Fundações Parte 1 Cristóvão C. C. Cordeiro O que são? São elementos estruturais cuja função é a transferência de cargas da estrutura para a camada resistente

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PROJETOS

APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Este informativo foi elaborado visando a padronização para a Apresentação de Projetos junto ao da Associação, para que a análise e a aprovação de projetos transcorram de forma mais rápida e eficiente.

Leia mais

MUNICÍPIO DE ILHA COMPRIDA

MUNICÍPIO DE ILHA COMPRIDA MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: REFORMA, ADEQUAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA CRECHE CRIANÇA FELIZ LOCAL: BALNEÁRIO ICARAÍ DE IGUAPE 1. Descrição As adequações e ampliações da Creche Criança feliz visam melhorar o atendimento

Leia mais

CASA CONSTUIDA PELA FP VEIGA ENGENHARIA ARQUITETURA E PAISAGISMO - MARCUS PENIDO

CASA CONSTUIDA PELA FP VEIGA ENGENHARIA ARQUITETURA E PAISAGISMO - MARCUS PENIDO CASA CONSTUIDA PELA FP VEIGA ENGENHARIA ARQUITETURA E PAISAGISMO - MARCUS PENIDO Casa no Condomínio Malibú à Rua Conchita de Moraes, terreno situado na região central do condomínio, próximo à praça principal.

Leia mais

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS Área: 488,50 m² Local: Comunidade de Rio Bonito Alto Bairro: Rio Bonito Alto Cidade: Pontão - RS Proprietário: Comunidade

Leia mais

3) Calcule o alongamento elástico da peça do esquema abaixo. Seu material tem módulo de elasticidade de 2x10 5 N/mm 2.

3) Calcule o alongamento elástico da peça do esquema abaixo. Seu material tem módulo de elasticidade de 2x10 5 N/mm 2. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL CÂMPUS DE CHAPADÃO DO SUL DISCIPLINA: CONSTRUÇÕES RURAIS LISTA DE EXERCICIOS I RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS PROFESSOR: PAULO CARTERI CORADI 1) Calcule a deformação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO JUDIT DOS MARES GUIA DO APARTAMENTO TIPO: Porcelanato 60 cm x 60 cm. Gesso corrido com pintura látex.

MEMORIAL DESCRITIVO JUDIT DOS MARES GUIA DO APARTAMENTO TIPO: Porcelanato 60 cm x 60 cm. Gesso corrido com pintura látex. MEMORIAL DESCRITIVO JUDIT DOS MARES GUIA 1 - DAS UNIDADES AUTÔNOMAS : 1.1 - DO APARTAMENTO TIPO: 1.1.1. SALAS DE ESTAR/JANTAR 60 cm x 60 cm. Gesso corrido com pintura látex 1.1.2. QUARTOS/CLOSET Laminado

Leia mais

CAPÍTULO III. Dos Sistemas de Segurança

CAPÍTULO III. Dos Sistemas de Segurança CAPÍTULO III Dos Sistemas de Segurança Art. 11 - Os Sistemas de Segurança seräo apresentados com as especificaçöes previstas no capítulos que trata de cada sistema e ainda obedecendo aos seguintes itens:

Leia mais

DEPENDÊNCIA DE USO PRIVATIVO

DEPENDÊNCIA DE USO PRIVATIVO DEPENDÊNCIA DE USO PRIVATIVO 1 APARTAMENTO TIPO. 1.1 Salas de Estar/Jantar/Lareira/Almoço/Estar Íntimo (Family Room) Piso: Tacão. Rodapé: Madeira. 1.2 - Varanda Estar/Varanda Family Room (Churrasqueira)

Leia mais

MEMORIAL CONDOMÍNIO PILLARIS IV RESIDENCIAL PIEMONTE

MEMORIAL CONDOMÍNIO PILLARIS IV RESIDENCIAL PIEMONTE MEMORIAL CONDOMÍNIO PILLARIS IV RESIDENCIAL PIEMONTE FICHA TÉCNICA DO EMPREENDIMENTO 1. NOME: RESIDENCIAL PIEMONTE Condomínio Pillaris IV. 2. LOCALIZAÇÃO: Rua Oito, Bairro Marmim, Venda Nova do Imigrante

Leia mais

Desenho e Projeto de tubulação Industrial

Desenho e Projeto de tubulação Industrial Desenho e Projeto de tubulação Industrial Módulo I Aula 08 1. PROJEÇÃO ORTOGONAL Projeção ortogonal é a maneira que o profissional recebe o desenho em industrias, 1 onde irá reproduzi-lo em sua totalidade,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES GERAIS DE ACABAMENTOS - EDIFICIO RESIDENCIAL MULTIFAMILIAR SITO À RUA DEZENOVE DE FEVREIRO 22 - BOTAFOGO

ESPECIFICAÇÕES GERAIS DE ACABAMENTOS - EDIFICIO RESIDENCIAL MULTIFAMILIAR SITO À RUA DEZENOVE DE FEVREIRO 22 - BOTAFOGO ESPECIFICAÇÕES GERAIS DE ACABAMENTOS - EDIFICIO RESIDENCIAL MULTIFAMILIAR SITO À RUA DEZENOVE DE FEVREIRO 22 - BOTAFOGO GOLDENSTEIN ARQUITETURA & LIOR INVESTMENTS / OUTUBRO DE 2012 1 UNIDADES AUTÔNOMAS

Leia mais

EDIFÍCIO SALUTE 1- ACABAMENTOS DAS UNIDADES AUTÔNOMAS PAVIMENTO TIPO SEM ACABAMENTO

EDIFÍCIO SALUTE 1- ACABAMENTOS DAS UNIDADES AUTÔNOMAS PAVIMENTO TIPO SEM ACABAMENTO EDIFÍCIO SALUTE LOCALIZAÇÃO: RUA DONA MARIETA LAJES Nº 150,FAROL, MACEIÓ - AL EMPREENDIMENTO: é composto por 20 (vinte) pavimentos, sendo, 01(um) subsolo, 01(um) pilotis e 18 (dezoito) pavimentos tipos.

Leia mais

PUC- RIO CENTRO UNIVERSITÁRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO ARQ 1028 DESENHO DE ARQUITETURA I

PUC- RIO CENTRO UNIVERSITÁRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO ARQ 1028 DESENHO DE ARQUITETURA I PUC- RIO CENTRO UNIVERSITÁRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO ARQ 1028 DESENHO DE ARQUITETURA I Circulações Verticais São meios não mecânicos e mecânicos que permitem a ligação entre planos de níveis

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PARA CORRETORES

MEMORIAL DESCRITIVO PARA CORRETORES MEMORIAL DESCRITIVO IDENTIFICAÇÃO: Proponente: Construtora: Empreendimento: INVEST CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA INVEST CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA GREEN VILLE RESIDENCE 1. INFORMAÇÕES INICIAIS

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara MEMORIAL DESCRITIVO REDE CEGONHA - HOSPITAL MUNICIPAL JACIARA/MT O presente memorial descritivo define diretrizes referentes à reforma do espaço destinado a Programa REDE CEGONHA no Hospital Municipal

Leia mais

ALVENARIA ESTRUTURAL DE CONCRETO COM BLOCOS CURSO DE FORMAÇÃO DE EQUIPES DE PRODUÇÃO PASSO A PASSO

ALVENARIA ESTRUTURAL DE CONCRETO COM BLOCOS CURSO DE FORMAÇÃO DE EQUIPES DE PRODUÇÃO PASSO A PASSO ALVENARIA ESTRUTURAL COM BLOCOS DE CONCRETO CURSO DE FORMAÇÃO DE EQUIPES DE PRODUÇÃO PASSO A PASSO ALVENARIA ESTRUTURAL EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA 2 SEGURANÇA COLETIVA 3 SEGURANÇA COLETIVA ANDAIME COM GUARDA

Leia mais

4.2. Instalação de água: Já existe ramal de ligação do concessionário autorizado (CORSAN) até a edificação.

4.2. Instalação de água: Já existe ramal de ligação do concessionário autorizado (CORSAN) até a edificação. MEMORIAL DESCRITIVO Proprietário (a): PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DAS MISSÕES; Obra: Projeto Arquitetônico de Reforma do Centro Administrativo; Cadastro Matrícula: Local: Rua 29 de Abril, nº 165

Leia mais

O melhor de Teresópolis, ainda melhor!

O melhor de Teresópolis, ainda melhor! O melhor de Teresópolis, ainda melhor! Para fazer parte da história de Teresópolis só podíamos pensar no melhor. E foi isso que fizemos. O Residencial VIVENDA DO POETA, localizado no bairro do ALTO, um

Leia mais

Notas de aulas - Concreto Armado. Lançamento da Estrutura. Icléa Reys de Ortiz

Notas de aulas - Concreto Armado. Lançamento da Estrutura. Icléa Reys de Ortiz Notas de aulas - Concreto Armado 2 a Parte Lançamento da Estrutura Icléa Reys de Ortiz 1 1. Lançamento da Estrutura Antigamente costumava-se lançar vigas sob todas as paredes e assim as lajes ficavam menores

Leia mais

CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES

CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES 1. SEGURANÇA PATRIMONIAL E EMERGÊNCIA CONTROLE DE ACESSO DE VEÍCULOS E PEDESTRES Portão automatizado de acesso para veículos e pedestres

Leia mais

PROJETO. Banheiros e Vestiário VISTA SUPERIOR VISTA SUPERIOR VISTA SUPERIOR

PROJETO. Banheiros e Vestiário VISTA SUPERIOR VISTA SUPERIOR VISTA SUPERIOR PROJETO Vaso sanitário e lavatório Medidas das áreas de aproximação Banheiros e Vestiário VISTA SUPERIOR VISTA SUPERIOR VISTA SUPERIOR Área para estacionamento da cadeira, para posteior transferência.

Leia mais

DESENHOS DE FORMAS ESTRUTURAIS EM EDIFÍCIOS DE CONCRETO ARMADO

DESENHOS DE FORMAS ESTRUTURAIS EM EDIFÍCIOS DE CONCRETO ARMADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA Departamento de Estruturas e Construção Civil Disciplina: ECC 1008 Estruturas de Concreto DESENHOS DE FORMAS ESTRUTURAIS EM EDIFÍCIOS DE CONCRETO

Leia mais

CAIXA CULTURAL SALVADOR

CAIXA CULTURAL SALVADOR PÁTIO EXTERNO Espaço multiuso, alternativo para espetáculos musicais, teatrais e programas educativos. Não possui cobertura fixa. Acesso pela rampa lateral externa. Possui dois níveis de piso que se integram

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» INFRAESTRUTURA DESIGN E CONSTRUÇÃO CIVIL (Perfil 02) «21. Analise as sentenças abaixo, que tratam de projeções ortogonais e perspectivas. I. A projeção cilíndrica ortogonal pode

Leia mais

1.1.5. LAVABO Piso Cerâmica. Cerâmica e pintura látex acrílica sobre massa a partir de 1,34m.

1.1.5. LAVABO Piso Cerâmica. Cerâmica e pintura látex acrílica sobre massa a partir de 1,34m. ANDRE SA E 1 EspVM001/05 CONDOMÍNIO VERDES MARES Especificações 1. CASAS: 1.1. PAVIMENTO TÉRREO 1.1.1. FACHADA Cobertura s Em telha cerâmica clara. Cores definidas pelo arquiteto. Em PVC ou alumínio, pintada

Leia mais

Legendas. Térreo. 16 17 Ocupando um terreno de esquina, a construção evidencia a volumetria e o balanço. Superior

Legendas. Térreo. 16 17 Ocupando um terreno de esquina, a construção evidencia a volumetria e o balanço. Superior Detalhes Balanços arrojados Moderna, a fachada tem importante função estética, mas também é uma grande aliada para minimizar a incidência de raios solares e garantir mais privacidade do projeto Arquiteto:

Leia mais

Excelência nos detalhes. Imagens meramente ilustrativas. Alvará de construção: 165/2013

Excelência nos detalhes. Imagens meramente ilustrativas. Alvará de construção: 165/2013 Coberturas Excelência nos detalhes Imagens meramente ilustrativas. Alvará de construção: 165/2013 Cobertura ampla com ventilação e iluminação natural, valorizando a arquitetura. Living Cobertura Frente

Leia mais

DESCRIÇÃO PRELIMINAR. O prédio em construção tem 12 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 pilotis, 09 pavimentos tipo e um pavimento cobertura.

DESCRIÇÃO PRELIMINAR. O prédio em construção tem 12 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 pilotis, 09 pavimentos tipo e um pavimento cobertura. DESCRIÇÃO PRELIMINAR O prédio em construção tem 12 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 pilotis, 09 pavimentos tipo e um pavimento cobertura. O subsolo será composto de hall de elevadores, depósito, subestação/gerador,

Leia mais

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório)

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório) FICHA TÉCNICA Projeto Arquitetônico: Gkalili Arquitetura Design de Fachada: Triptyque Arquitetura Projeto Paisagístico: EKF Arquitetura paisagística Projeto Decoração: Triptyque Arquitetura Dados do Produto

Leia mais

Condomínio. Rua João Caetano, 497 esq. Rua Miosótis Porto Alegre/RS MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS

Condomínio. Rua João Caetano, 497 esq. Rua Miosótis Porto Alegre/RS MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS Condomínio Terrazas Del Sol torre 02 Rua João Caetano, 497 esq. Rua Miosótis Porto Alegre/RS MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1. OBJETIVO O presente

Leia mais

PARTE II ESTRUTURAS USUAIS DAS CONSTRUÇÕES

PARTE II ESTRUTURAS USUAIS DAS CONSTRUÇÕES PARTE II ESTRUTURAS USUAIS DAS CONSTRUÇÕES Capítulo ESTRUTURAS USUAIS DE CONCRETO ARMADO 4 4 ESTRUTURAS USUAIS DE CONCRETO ARMADO 41 INTRODUÇÃO Os resultados obtidos na prática da construção de obras de

Leia mais

a c a b a m e n t o s

a c a b a m e n t o s Acabamentos 4 Memorial de Acabamentos ACABAMENTO PADRÃO Sala de Estar, Home, Circulação e Dormitórios Contrapiso cimentado liso. Forro Revestimento liso e pintura com tinta látex branca, da marca Coral.

Leia mais

Projeto Executivo Prancha 01 Inst Plantas de Lay-out das Instalações Elétricas do 1 e 2 pavimentos SERVIÇOS A EXECUTAR:

Projeto Executivo Prancha 01 Inst Plantas de Lay-out das Instalações Elétricas do 1 e 2 pavimentos SERVIÇOS A EXECUTAR: MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO POSTO DE SAÚDE MUNICIPAL DE ILÓPOLIS / RS OBJETIVO O presente Memorial Descritivo tem por objetivo estabelecer as diretrizes básicas do projeto de arquitetura,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO VERSÃO: 10 ÍNDICE 1. DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS DAS UNIDADES... 4 1.1. CASAS... 4 1.1.1. ESTAR/JANTAR... 4 1.1.2. COZINHA... 4 1.1.3.

Leia mais

PROJETO DE ESCADAS DE CONCRETO ARMADO

PROJETO DE ESCADAS DE CONCRETO ARMADO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL PROJETO DE ESCADAS DE CONCRETO ARMADO AMÉRICO CAMPOS FILHO 0 SUMÁRIO Introdução... Escadas com vãos paralelos...

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais

Instalações Elétricas Prediais Abril de 2010 Sumário Tópicos Sumário 1 As tubulações às quais se referem estas instruções devem ser destinadas exclusivamente ao uso da Concessionária que, ao seu critério, nelas poderá os servições de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO EXECUTIVO. OBRA: Condomínio Residencial Vivendas da Luz

MEMORIAL DESCRITIVO EXECUTIVO. OBRA: Condomínio Residencial Vivendas da Luz MEMORIAL DESCRITIVO EXECUTIVO OBRA: Condomínio Residencial Vivendas da Luz 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES 1.1 - Natureza do Prédio: Residencial Multifamiliar 1.2 - Proprietário: Oliva Const. e Emp. Imob.

Leia mais

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS ARQUITETÔNICOS

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS ARQUITETÔNICOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS DE TUCURUÍ FACULDADE DE ENGENHARIA CIVIL MINI CURSO LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS ARQUITETÔNICOS PROFª MSc. REGINA BRABO SEMANA DE ENGENHARIA SET/2009 UNIVERSIDADE

Leia mais

Utilizando o BIM com o Autodesk Revit Structure para o projeto de estações de metrô Marco A. B. Sampaio Frazillio & Ferroni

Utilizando o BIM com o Autodesk Revit Structure para o projeto de estações de metrô Marco A. B. Sampaio Frazillio & Ferroni Utilizando o BIM com o Autodesk Revit Structure para o projeto de estações de metrô Marco A. B. Sampaio Frazillio & Ferroni SE5341 Esta seção apresenta o projeto de uma estação de metrô utilizando o Autodesk

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 Limpeza do Canteiro de Obras. 1,00 vb 1.2 Locação da Obra. 236,69 m² 1.3 Licenças e Taxas. 1,00 vb 1.4 Projeto Arquitetônico. 1,00 vb 1.5 Projeto Estrutural. 1,00 vb 1.6 Projeto

Leia mais

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Banheiros Públicos Rincão do Segredo Local: Rua Carlos Massman - Rincão do Segredo Alm. Tam. do Sul-RS Proprietário: Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS 1. O presente

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA Nome do Edifício RESIDENCIAL GRAN VISTA Localização Avenida 24 de Agosto, QD II, Lote 17, Bairro Alexandrina, Anápolis GO Área do Terreno 3.082,59 m² Área Total Construída 19.774,28

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO TORRE RESIDENCIAL PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO TORRE RESIDENCIAL PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS TORRE RESIDENCIAL PROPRIETÁRIO VERSÃO: 02 ÍNDICE 1- DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS DAS UNIDADES... 3 1.1. APARTAMENTOS... 3 1.1.1. ESTAR/JANTAR...

Leia mais

DESENHO ARQUITETÔNICO

DESENHO ARQUITETÔNICO DESENHO ARQUITETÔNICO PROFESSORES: ADRIANA DINIZ BALDISSERA, ALEX BEDIN, FABIANO CZARNOBAY Chapecó, 2015. Elaboração: ADRIANA DINIZ BALDISSERA, ALEX BEDIN, FABIANO CZARNOBAY Propriedade da Faculdade Empresarial

Leia mais

Elaboração De Projeto De Design e Interiores

Elaboração De Projeto De Design e Interiores Elaboração De Projeto De Design e Interiores São Paulo, 01/01/2010 KASA CONCEITO Nome: Schaelle Caetano Campos ABD: 9103 - Designer de Interiores Tel: 11 2979 3780 7746 4246 E-mail: schaelle@kasaconceito.com.br

Leia mais

www.vivendasdopoeta.com.br oeta VIVENDAS R. Poeta Amadeu Laginestra, 350 - Alto - Teresópolis - RJ PINHEIRO IMÓVEIS

www.vivendasdopoeta.com.br oeta VIVENDAS R. Poeta Amadeu Laginestra, 350 - Alto - Teresópolis - RJ PINHEIRO IMÓVEIS www.vivendasdopoeta.com.br oeta DO R. Poeta Amadeu Laginestra, 350 - Alto - Teresópolis - RJ PINHEIRO IMÓVEIS O melhor de Teresópolis, ainda melhor! Para fazer parte da história de Teresópolis só podíamos

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL ANIELO GRECO DIVINÓPOLIS

CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL ANIELO GRECO DIVINÓPOLIS CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL ANIELO GRECO DESENHO TÉCNICO DIVINÓPOLIS 2005 Presidente da FIEMG Robson Braga de Andrade Gestor do SENAI Petrônio Machado Zica Diretor Regional do SENAI e Superintendente

Leia mais

Lajes de Edifícios de Concreto Armado

Lajes de Edifícios de Concreto Armado Lajes de Edifícios de Concreto Armado 1 - Introdução As lajes são elementos planos horizontais que suportam as cargas verticais atuantes no pavimento. Elas podem ser maciças, nervuradas, mistas ou pré-moldadas.

Leia mais

EQUIPE PROJETOS CONSTRUÇÕES LTDA

EQUIPE PROJETOS CONSTRUÇÕES LTDA CONSTRUÇÃO E INCORPORAÇÃO EQUIPE PROJETOS CONSTRUÇÕES LTDA INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O EMPREENDIMENTO Nome: Endereço: Porto Oceânico Rua "C", Lote 13, Quadra 28, Lot. Cidade Balneária de Itaipu, Itaipu,

Leia mais

Memorial Descritivo de Cliente

Memorial Descritivo de Cliente 1. DESCRIÇÃO DO EMPREENDIMENTO O empreendimento Residencial Peres será construído em um terreno situado na Av. Comendador Pedro Facchini, Centro, Lindóia. Será composto por 26 casas residenciais, sendo

Leia mais

Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações

Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações PMCMV RECURSOS FAR OBJETIVO Aquisição e requalificação de imóveis destinados a alienação para famílias com renda mensal de até R$ 1.600,00 (Faixa 1),

Leia mais

- CASA SR FULANO ENDEREÇO: Rua da Paz 568 Campo Grande-MS

- CASA SR FULANO ENDEREÇO: Rua da Paz 568 Campo Grande-MS Professor: Octavio Loureiro Curso: Design de Interiores Disciplina: Metodologia de Projeto de Interiores Ano: 1º Semestre: 1º EXEMPLO DE MEMORIAL DESCRITIVO RESIDÊNCIA UNIFAMILAR - CASA SR FULANO ENDEREÇO:

Leia mais