GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON"

Transcrição

1 GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON 1) O pâncreas é uma glândula mista, ou seja, possui função endócrina e exócrina. Na porção endócrina, o pâncreas produz dois hormônios: a insulina e o Esses hormônios são produzidos em regiões constituídas por milhares de células denominadas: a) Glicogênio. b) Ilhotas de Langerhans. c) Glicocálix. d) Ilhotas de mucosa. e) Ilhotas Ranvier 2) A insulina e o glucagon são hormônios que estão envolvidos no metabolismo energético. Assinale a alternativa incorreta: a) A insulina é um hormônio polipeptídeo secretado pelas células β das ilhotas de Langerhans do pâncreas. b) A insulina é composta por duas cadeias polipeptídicas unidas por duas pontes de dissulfeto. c) A biossíntese da insulina envolve dois precursores inativos, a pré-pró-insulina e a pró-insulina, que são clivados sequencialmente para formar o hormônio ativo mais o polipeptídeo C. d) O glucagon é um hormônio polipeptídico secretado pelas células α das ilhotas de Langerhans do pâncreas. e) O glucagon é responsável por manter a glicemia através da ativação das vias metabólicas glicólise e glicogenólise. 3) Um indivíduo foi diagnosticado com diabetes tipo I. Esse tipo de diabete é causado em razão de uma redução na produção do hormônio. Esse hormônio é produzido nas das ilhotas de Langerhans. Marque a alternativa que completa corretamente as frases acima: a) Insulina e b) Insulina e células alfa c) Glucagon e pâncreas. d) Insulina e células beta. d. A diabete tipo I é caracterizada pela deficiência na produção de insulina, hormônio que reduz a concentração de glicose na corrente sanguínea. A insulina é produzida nas ilhotas de Langerhans em células chamadas de células beta. e) Glucagon e células beta. 4) Assinale com V (Verdadeiro) ou F (Falso) sobre os hormônios insulina e

2 a. A insulina apresenta duas pontes de dissulfeto intramolecular. V b. O peptídeo sinalizador N-terminal auxilia o transporte de RNAmensageiro ao Retículo Endoplasmático Rugoso. V c. O peptídeo sinalizador é clivado e a pré-pró-insulina é formada no espaço da cisterna do Retículo Endoplasmático Rugoso. F d. A insulina é degradada pela enzima insulinase, presente no fígado e em menor quantidade nos rins. F e. O glucagon estimula a glicogenólise e a gliconeogênese hepática enquanto a insulina promove a glicogenólise e a lipólise. F. 5) Marque a alternativa onde são descritas a função da insulina e do glucagon, respectivamente: a. Facilita a absorção de glicose e aumenta o nível de glicose disponível no sangue. Alternativa a. A função da insulina é reduzir a concentração de glicose na corrente sanguínea através da facilitação da absorção de glicose por alguns tecidos. Já o glucagon atua aumentando o nível de glicose no sangue através da transformação do glicogênio em glicose. b. Aumenta a quantidade de glicose disponível no sangue e aumenta a produção de glicose. c. Aumenta a quantidade de insulina no sangue e diminui a taxa de respiração celular. d. Facilita a absorção da glicose e diminui a concentração de glicose no sangue. e. Ambos atuam facilitando a absorção de glicose. 6) Na atualidade, uma das doenças que mais frequentemente se detecta na população mundial é o diabetes melito. E, no tratamento dessa doença, vemse utilizando, com relativo sucesso, o transplante de células. Analise este esquema:

3 Considerando-se as informações contidas nesse esquema e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que, em tal situação, as células cultivadas são: a) Pancreáticas e possuem genes para a síntese de insulina. Alternativa a. As células cultivadas devem ser células pancreáticas, pois é no pâncreas que o hormônio insulina é naturalmente produzido. Essas células cultivadas deverão ter genes para a síntese de insulina, uma vez que a diabete é causada pela deficiência desse hormônio. b) Hepáticas e geneticamente modificadas para sintetizar hormônios. c) Hepáticas e vão sintetizar glucagon, que reduz a taxa de glicose no sangue. d) Pancreáticas e capazes de captar insulina por meio de receptores. 7) Pesquisadores franceses identificaram um gene chamado de RN, que, quando mutado, altera o metabolismo energético do músculo de suínos, provocando um acúmulo de glicogênio muscular, o que prejudica a qualidade da carne e a produção de presunto. (Pesquisa "FAPESP", nº. 54, p. 37, 2000). Com base nos conhecimentos sobre o glicogênio e o seu acúmulo como reserva nos vertebrados, é correto afirmar: a) É um tipo de glicolipídeo de reserva muscular acumulado pela ação da adrenalina. b) É um tipo de glicoproteína de reserva muscular acumulado pela ação do c) É um polímero de glicose estocado no fígado e nos músculos pela ação da insulina. (Alternativa c. A insulina promove a formação de glicogênio a partir de glicose e armazena-o para períodos de necessidade.) d) É um polímero de frutose, presente apenas em músculos de suínos. e) É um polímero proteico estocado no fígado e nos músculos pela ação do

4 8) O gráfico abaixo mostra os níveis de glicose no sangue de duas pessoas (A e B), nas cinco horas seguintes, após elas terem ingerido tipos e quantidades semelhantes de alimento. A pessoa A é portadora de um distúrbio hormonal que se manifesta, em geral, após os 40 anos de idade. A pessoa B é saudável. Qual das alternativas indica o hormônio alterado e a glândula produtora desse hormônio? a) Insulina; pâncreas. b) Insulina; fígado. c) Insulina; hipófise. d) Glucagon; fígado. e) Glucagon; suprarrenal. 9) O glucagon: a) Regula a utilização de glicose pelos tecidos periféricos; b) Estimula a glicogênese; c) Estimula a gliconeogênese; d) Tem sua secreção inibida pela hipoglicemia; e) "c" e "d" estão corretas. 10) Os gráficos A, B e C mostram as variações da secreção de insulina e glucagon em função da concentração de glicose, e as variações da concentração de glicose no sangue, após uma refeição rica em carboidratos.

5 Com base nos gráficos acima, pode-se afirmar que: a) se os níveis de glicose no sangue estão altos, a secreção de insulina aumenta para permitir que as molécu-las de glicose sejam absorvidas pelas células, e os níveis de glucagon permanecem baixos, pois não há necessidade de o glicogênio ser transformado em glicose. b) o aumento dos níveis de glicose no sangue causa um aumento da secreção de insulina e de glucagon por células do pâncreas, pois ambos os hormônios contribuem para que as moléculas de açúcar atravessem a membrana plasmática das células. c) a secreção de glucagon é alta em indivíduos que tenham se alimentado de carboidrato duas horas antes, pois muitos desses carboidratos acabam se transformando em glicose; já com relação à insulina, ocorre um aumento porque os níveis de glicose estão elevados. d) as células secretoras do pâncreas estão sempre produzindo grandes quantidades de insulina e de glucagon, pois esses dois hormônios são responsáveis pela captura de glicose do sangue para as células. A glicose, produzida pelas células beta das ilhotas de Langerhanas, é um hormônio que facilita a entrada de glicose nas células reduzindo, assim, a concentração de glicose no sangue. Já o glucagon é liberado quando a taxa de glicose está baixa; sob sua ação ocorre quebra do glicogênio hepático, com liberação de insulina na corrente sanguínea (é hiperglicemiante). Resp.: A

GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON

GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON 1) O pâncreas é uma glândula mista, ou seja, possui função endócrina e exócrina. Na porção endócrina, o pâncreas produz dois hormônios: a insulina e o Esses hormônios

Leia mais

Hormônios do pâncreas. Insulina. Glucagon. Somatostatina. Peptídeos pancreáticos

Hormônios do pâncreas. Insulina. Glucagon. Somatostatina. Peptídeos pancreáticos Endocrinologia do Pâncreas! O pâncreas como um órgão endócrino Importante papel na absorção, distribuição e armazenamento de vários substratos energéticos Hormônios do pâncreas Insulina Glucagon Somatostatina

Leia mais

Sistema Endócrino HORMÔNIOS!!!

Sistema Endócrino HORMÔNIOS!!! Sistema Endócrino HORMÔNIOS!!! Sistema Endócrino Introdução - Responsável pelo controle das atividades metabólicas do organismo: - Crescimento, concentração de sais, glicemia, caracteres sexuais - Reprodução,

Leia mais

Epinefrina, glucagon e insulina. Hormônios com papéis fundamentais na regulação do metabolismo

Epinefrina, glucagon e insulina. Hormônios com papéis fundamentais na regulação do metabolismo Epinefrina, glucagon e insulina Hormônios com papéis fundamentais na regulação do metabolismo Epinefrina ou adrenalina Estímulos para a secreção de epinefrina: Perigos reais ou imaginários Exercício físico

Leia mais

Fisiologia do Sistema Endócrino. Pâncreas Endócrino. Anatomia Microscópica. Anatomia Microscópica

Fisiologia do Sistema Endócrino. Pâncreas Endócrino. Anatomia Microscópica. Anatomia Microscópica Fisiologia do Sistema Endócrino Pâncreas Endócrino Prof. Dr. Leonardo Rigoldi Bonjardim Profa. Adjunto do Depto. De Fisiologia-CCBS-UFS Material disponível em: http://www.fisiologiaufs.xpg.com.br 2006

Leia mais

Glicídios (Carboidratos)

Glicídios (Carboidratos) Curso Completo Professor José Drummond Biologia Classificação Glicídios (Carboidratos) Monossacarídeos: são carboidratos simples, ou seja, unidades mínimas (monômeros) que são classificadas segundo o número

Leia mais

Pâncreas Endócrino. Prof. Dr. Luiz Carlos C. Navegantes. Ramal: 4635

Pâncreas Endócrino. Prof. Dr. Luiz Carlos C. Navegantes. Ramal: 4635 Pâncreas Endócrino Prof. Dr. Luiz Carlos C. Navegantes navegantes@fmrp.usp.br Ramal: 4635 O diabetes mellitus É uma síndrome decorrente da falta de insulina ou da incapacidade de a insulina de exercer

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO integração e regulação alimentado jejum catabólitos urinários. Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes

METABOLISMO ENERGÉTICO integração e regulação alimentado jejum catabólitos urinários. Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes METABOLISMO ENERGÉTICO integração e regulação alimentado jejum catabólitos urinários Bioquímica Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes REFERÊNCIA: Bioquímica Ilustrada - Champe ESTÁGIOS DO CATABOLISMO

Leia mais

Estratégias de regulação do metabolismo. Epinefrina, glucagon e insulina

Estratégias de regulação do metabolismo. Epinefrina, glucagon e insulina Estratégias de regulação do metabolismo Epinefrina, glucagon e insulina Estratégias de regulação do metabolismo Com a participação de enzimas Aula sobre enzimas... Com a participação de hormônios como

Leia mais

A Diabetes É uma doença metabólica Caracteriza-se por um aumento dos níveis de açúcar no sangue hiperglicemia. Vários factores contribuem para o apare

A Diabetes É uma doença metabólica Caracteriza-se por um aumento dos níveis de açúcar no sangue hiperglicemia. Vários factores contribuem para o apare Diabetes Mellitus Tipo I Licenciatura em Bioquímica 1º ano 2005/2006 Duarte Nuno Amorim dos Santos A Diabetes É uma doença metabólica Caracteriza-se por um aumento dos níveis de açúcar no sangue hiperglicemia.

Leia mais

4/19/2007 Fisiologia Animal - Arlindo Moura 1

4/19/2007 Fisiologia Animal - Arlindo Moura 1 4/19/2007 Fisiologia Animal - Arlindo Moura 1 HIPOTALAMO Neuronios do hipotalamo sintetizam TRH (hormonio tireotrofico) Sistema portahipotalamico hipofisario TRH estimula a sintese e secreacao de TSH (hormonio

Leia mais

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM. Fisiologia Endócrina. O Pâncreas. Prof. Wagner de Fátima Pereira

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM. Fisiologia Endócrina. O Pâncreas. Prof. Wagner de Fátima Pereira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Fisiologia Endócrina O Pâncreas Prof. Wagner de Fátima Pereira Departamento de Ciências Básicas Faculdade de Ciências Biológica e da Saúde

Leia mais

Pâncreas Endócrino Controle da glicemia

Pâncreas Endócrino Controle da glicemia Pâncreas Endócrino Controle da glicemia Curso de Odontologia da UEM Prof. Kellen Brunaldi Silverthorn (Cap. 22) Guyton (Cap. 78) O SNC é responsável por cerca de 50% da glicose diariamente consumida para

Leia mais

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo energético: vias metabólicas de fornecimento de energia

Leia mais

REGULAÇÃO HORMONAL DO METABOLISMO DO GLICOGÊNIO E DE LIPÍDIOS

REGULAÇÃO HORMONAL DO METABOLISMO DO GLICOGÊNIO E DE LIPÍDIOS REGULAÇÃO HORMONAL DO METABOLISMO DO GLICOGÊNIO E DE LIPÍDIOS Tiroxina Epinefrina (adrenalina) Glucagon Insulina Hormônios esteroides: Cortisol (Suprarenal) Progesterona Testosterona Estradiol Aldosterona

Leia mais

Professores Gabriel Cabral (Aula 1) e Rafael Cafezeiro (Aula 1) QUESTÕES

Professores Gabriel Cabral (Aula 1) e Rafael Cafezeiro (Aula 1) QUESTÕES Foca na Medicina Professores Gabriel Cabral (Aula 1) e Rafael Cafezeiro (Aula 1) QUESTÕES 1. Com base nas fórmulas estruturais classifique os açúcares de acordo com o número de carbonos. Indique ainda

Leia mais

O sistema endócrino também é conhecido como sistema hormonal.

O sistema endócrino também é conhecido como sistema hormonal. Sistema endócrino O sistema endócrino também é conhecido como sistema hormonal. O que são hormônios? Hormônios são moléculas químicas que atuam como mensageiros bioquímicos, controlando as atividades de

Leia mais

PERÍODO ABSORTIVO E PÓS-ABSORTIVO

PERÍODO ABSORTIVO E PÓS-ABSORTIVO PERÍODO ABSORTIVO E PÓS-ABSORTIVO HORMONAS QUE REGULAM O METABOLISMO PRINCIPAIS FONTES DE ENERGIA CELULAR VIAS METABÓLICAS DO PERIODO ABSORTIVO ALTERAÇÕES METABÓLICAS DO PERIODO PÓS-ABSORTIVO PRODUÇÃO

Leia mais

Controle Hormonal do Metabolismo

Controle Hormonal do Metabolismo Homeostase Metabólica Controle Hormonal do Metabolismo Disponibilidade De substrato energético Necessidade dos tecidos Alexandre Havt Nível sanguíneo de nutrientes Nível hormonal Impulso nervoso Integração

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 03 GLICÍDIOS E LIPÍDIOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 03 GLICÍDIOS E LIPÍDIOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 03 GLICÍDIOS E LIPÍDIOS Como pode cair no enem? (UNICAMP) Os gráficos A, B e C mostram as variações da secreção de insulina e glucagon em função da concentração de

Leia mais

Pâncreas O Pâncreas é um órgão do sistema digestivo e endócrino. Tem uma função exócrina (segregando suco pancreático que contém enzimas digestivas) e

Pâncreas O Pâncreas é um órgão do sistema digestivo e endócrino. Tem uma função exócrina (segregando suco pancreático que contém enzimas digestivas) e Projecto Tutorial - Diabetes Trabalho realizado por: Carlos Bernardo 2 º Ano Bioquímica No âmbito da Cadeira de M.E.T. III Ano Lectivo: 2007/2008 Pâncreas O Pâncreas é um órgão do sistema digestivo e endócrino.

Leia mais

Glândulas endócrinas:

Glândulas endócrinas: Sistema Endócrino Glândulas endócrinas: Funções: Secreções de substâncias (hormônios) que atuam sobre célula alvo Hormônios: Substâncias informacionais distribuídas pelo sangue. Eles modificam o funcionamento

Leia mais

Aula: Sistemas Reguladores II. Sistema Endócrino

Aula: Sistemas Reguladores II. Sistema Endócrino Aula: Sistemas Reguladores II Sistema Endócrino PROFESSOR: Brenda Braga DATA:29/05/2014 Sistema Endócrino Formado pelo conjunto de Glândulas Endócrinas Responsáveis pela secreção de hormônios. Apenas algumas

Leia mais

Disciplina: Bioquímica Curso: Análises Clínicas 3º. Módulo Docente: Profa. Dra. Marilanda Ferreira Bellini

Disciplina: Bioquímica Curso: Análises Clínicas 3º. Módulo Docente: Profa. Dra. Marilanda Ferreira Bellini Disciplina: Bioquímica Curso: Análises Clínicas 3º. Módulo Docente: Profa. Dra. Marilanda Ferreira Bellini Do grego: Hormon = estimular Hormônios são substâncias químicas produzidas por um grupo de células

Leia mais

ANTIDIABÉTICOS. Para o tratamento do Diabetes existem disponíveis apresentações de insulina, bem como fármacos antidiabéticos orais.

ANTIDIABÉTICOS. Para o tratamento do Diabetes existem disponíveis apresentações de insulina, bem como fármacos antidiabéticos orais. ANTIDIABÉTICOS O Diabetes mellitus (DM) é conceituado como doença crônica degenerativa caracterizada por anormalidades no metabolismo dos carboidratos, proteínas e gorduras devido à deficiência na secreção

Leia mais

Módulo II.III Fisiologia. Tratado de Fisiologia Média, GUYTON & HALL, 11º Edição. Pâncreas Endócrino

Módulo II.III Fisiologia. Tratado de Fisiologia Média, GUYTON & HALL, 11º Edição. Pâncreas Endócrino Módulo II.III Fisiologia Tema da Aula: Pâncreas Endócrino Docente: Dr. António Martins Baptista Data: 6/01/2009 Número da Aula Previsto: 20 Desgravador: Mariana Rodrigues Nunes Corrector: Ana Sofia Fontes

Leia mais

Glândulas endócrinas:

Glândulas endócrinas: SISTEMA ENDÓCRINO Glândulas endócrinas: Funções: Secreções de substâncias (hormônios) que atuam sobre célula alvo Regulação do organismo (homeostase) Hormônios: Substâncias químicas que são produzidas

Leia mais

Metabolismo e produção de calor

Metabolismo e produção de calor Fisiologia 5 Metabolismo e produção de calor Iniciando a conversa Apenas comer não é suficiente: o alimento precisa ser transformado (metabolizado) para ser aproveitado por nosso organismo. Açúcares (carboidratos),

Leia mais

Exercícios de Revisão - 2

Exercícios de Revisão - 2 Exercícios de Revisão - 2 1. Um dos riscos de uma dieta exclusivamente vegetariana é a ocorrência de anemia. Assinale a alternativa que apresenta a relação correta entre esse tipo de dieta e a anemia.

Leia mais

Monossacarídeos. açúcares simples. Monossacarídeos. Carboidratos formados por C, H, O

Monossacarídeos. açúcares simples. Monossacarídeos. Carboidratos formados por C, H, O Carboidratos formados por C, H, O Bioquímica Profa. Janara Glicídios, glícides, glucídeos, açúcares ou hidratos de carbono; 3grupos: - monossacarídeos - dissacarídeos - polissacarídeos 1 2 Monossacarídeos

Leia mais

Glicogênese, Glicogenólise e Gliconeogênese. Profa. Alessandra Barone

Glicogênese, Glicogenólise e Gliconeogênese. Profa. Alessandra Barone Glicogênese, Glicogenólise e Gliconeogênese Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Polissacarídeo de reserva animal Constituído por moléculas de α-d-glicose ligadas entre si por ligações glicosídicas

Leia mais

Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes. Hormônios e Diabetes

Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes. Hormônios e Diabetes Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes Hormônios e Diabetes Prof. Carlos Castilho de Barros http://wp.ufpel.edu.br/obesidadediabetes/ SISTEMA ENDÓCRINO CONSISTE EM 1) Glândulas e células específicas,

Leia mais

8. Quando ocorre a produção de calcitonina e paratormônio no organismo? Qual (is) glândula(s) o(s) produz(em)?

8. Quando ocorre a produção de calcitonina e paratormônio no organismo? Qual (is) glândula(s) o(s) produz(em)? CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 13 Sistema Endócrino 8º anos 3º período - 2012 1. Observe a imagem: a) Nomeie as glândulas indicadas pelas setas b) Relacione os seus hormônios 2. Diferencie

Leia mais

AÇÚCARES OU CARBOIDRATOS

AÇÚCARES OU CARBOIDRATOS AÇÚCARES U CARBIDRATS FUNÇÕES DS CARBIDRATS N SER VIV ENERGÉTICA: os carboidratos são a principal fonte de energia para o ser vivo. Ex. Glicose. Podem ser armazenados na célula sob forma de polímeros (glicogênio,

Leia mais

Diabetes e Outros Distúrbios na Homeostasia dos Hidratos de Carbono

Diabetes e Outros Distúrbios na Homeostasia dos Hidratos de Carbono Diabetes e Outros Distúrbios na Homeostasia dos Hidratos de Carbono Carlos Alberto Pereira Vaz Técnico Superior de Laboratório carlosvaz@laboratoriopioledo.pt A glicose é a principal fonte de energia do

Leia mais

Ação Hormonal no Metabolismo

Ação Hormonal no Metabolismo Ação Hormonal no Metabolismo O Metabolismo é composto por muitas reações interconectadas (reações catabólicas e anabólicas). Metabolismo de Carboidratos Complexos Metabolismo de Lipídios Complexos Metabolismo

Leia mais

Bioquímica Prof. Thiago

Bioquímica Prof. Thiago Bioquímica Prof. Thiago Glicídios, Carboidratos formados por C, H, O glícides, glucídeos, açúcares ou hidratos de carbono; 3 grupos: - monossacarídeos - dissacarídeos - polissacarídeos Monossacarídeos

Leia mais

Prof. Dra. Bruna Oneda

Prof. Dra. Bruna Oneda Hipertrofia Muscular Prof. Dra. Bruna Oneda Hipertrofia muscular A hipertrofia de fibras musculares individuais, com o treinamento de força, é resultante de um aumento da síntese de proteínas musculares,

Leia mais

Estudo de frações isoladas microssomos rugosos e lisos. Dra. Maria Izabel Gallão

Estudo de frações isoladas microssomos rugosos e lisos. Dra. Maria Izabel Gallão Estudo de frações isoladas microssomos rugosos e lisos. Retículo Endoplasmático Liso Retículo Endoplasmático Rugoso Retículo Endoplasmático Introdução É uma rede intercomunicante de vesículas achatadas,

Leia mais

MDMA HIPERTERMIA PARTE I FISIOPATOLOGIA DO CONTROLE DA TEMPERATURA CORPORAL MARCELO RIBEIRO UNIDADE DE PESQUISA EM ÁLCOOL E DROGAS (UNIAD UNIFESP)

MDMA HIPERTERMIA PARTE I FISIOPATOLOGIA DO CONTROLE DA TEMPERATURA CORPORAL MARCELO RIBEIRO UNIDADE DE PESQUISA EM ÁLCOOL E DROGAS (UNIAD UNIFESP) MDMA HIPERTERMIA PARTE I FISIOPATOLOGIA DO CONTROLE DA TEMPERATURA CORPORAL PROF. DR. MARCELO RIBEIRO UNIDADE DE PESQUISA EM ÁLCOOL E DROGAS (UNIAD UNIFESP) A CÉLULA I A CÉLULA TIPOS DE CÉLULAS CÉREBRO

Leia mais

Glicogênio. Glicogênese. Glicogenólise. Glicose-6-fosfato. Glicólise. Gliconeogênese. Lactato

Glicogênio. Glicogênese. Glicogenólise. Glicose-6-fosfato. Glicólise. Gliconeogênese. Lactato Glicogênio Glicogenólise Glicogênese Glicose-6-fosfato Glicólise Gliconeogênese Lactato Glicogênio: : polissacarídeo de reserva nas células animais hepatócito Glicogênio Principal polissacarídeo de reserva

Leia mais

SISTEMA ENDÓCRINO órgãos hormônios

SISTEMA ENDÓCRINO órgãos hormônios SISTEMA ENDÓCRINO Conjunto de órgãos que apresentam como atividade característica a produção de secreções denominadas hormônios, que são lançados na corrente sanguínea e irão atuar em outra parte do organismo,

Leia mais

INTESTINO DELGADO SECREÇÕES ENTÉRICAS E PANCREÁTICAS

INTESTINO DELGADO SECREÇÕES ENTÉRICAS E PANCREÁTICAS INTESTINO DELGADO SECREÇÕES ENTÉRICAS E PANCREÁTICAS PÂNCREAS Glândula mista PÂNCREAS PÂNCREAS ENDÓCRINA Glândula mista EXÓCRINA PÂNCREAS ENDÓCRINA (Ilhotas de Langerhans) Glândula mista EXÓCRINA PÂNCREAS

Leia mais

1- TURMA A. Biologia. a) proteínas. b) glicídios. c) lipídios. d) lipídios e glicídios. e) lipídios e proteínas.

1- TURMA A. Biologia. a) proteínas. b) glicídios. c) lipídios. d) lipídios e glicídios. e) lipídios e proteínas. Biologia Atividade de classe Gabarito 2 os anos Tatiana mar/12 1- TURMA A 1- (PUCCamp modificada) Os fenilcetonúricos têm falta de uma enzima responsável pelo metabolismo do aminoácido fenilalanina. Para

Leia mais

CARBOIDRATOS 23/08/2016. Carboidratos. Monossacarídeos. Classificação (quanto ao número de monômeros)

CARBOIDRATOS 23/08/2016. Carboidratos. Monossacarídeos. Classificação (quanto ao número de monômeros) Classificação (quanto ao número de monômeros) CARBOIDRATOS Profa. M.Sc. Renata Fontes ODONTOLOGIA 1º Período Monossacarídeos Açúcares Fundamentais (não necessitam de qualquer alteração para serem absorvidos)

Leia mais

Insulina & Diabetes SISTEMA ENDÓCRINO 10/05/2016. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO Ciências Morfofuncionais

Insulina & Diabetes SISTEMA ENDÓCRINO 10/05/2016. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO Ciências Morfofuncionais 3ª Avaliação 30.05.2016 Hormônios () e Doenças relacionadas: tipo 1 e 2 Hormônios da Tireóide e Principais Doenças Próxima aula: 23/5 Glândula Supra-renal Sistema excretório: Função; Filtração glomerular;

Leia mais

Aluno(a): N o : Turma:

Aluno(a): N o : Turma: Querido(a) aluno(a), Os assuntos trabalhados neste Estudo Autônomo estão relacionados aos conteúdos do Sistema Endócrino (Capítulo 14) e do Sistema Genital (Capítulo 15) do seu livro didático. Antes de

Leia mais

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011 PÂNCREAS ENDÓCRINO Felipe Santos Passos 2011 LOCALIZAÇÃO Região epigástrica e hipocondríaca esquerda Nível de L1 L3 Transversalmente na parede posterior do abdome LOCALIZAÇÃO Retroperitoneal Relações Anatômicas:

Leia mais

Funções do Metabolismo

Funções do Metabolismo Universidade Federal de Mato Grosso Disciplina de Bioquímica Conceito de Metabolismo METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS Prof. Msc. Reginaldo Vicente Ribeiro Atividade celular altamente dirigida e coordenada,

Leia mais

METABOLISMO DE CARBOIDRATOS METABOLISMO DOS LIPÍDIOS METABOLISMO DE PROTEÍNAS

METABOLISMO DE CARBOIDRATOS METABOLISMO DOS LIPÍDIOS METABOLISMO DE PROTEÍNAS METABOLISMO DE CARBOIDRATOS METABOLISMO DOS LIPÍDIOS METABOLISMO DE PROTEÍNAS METABOLISMO DE CARBOIDRATOS GLICÓLISE Transporte da Glicose para dentro das Células: Glicose não difunde diretamente para

Leia mais

Sistema Endócrino. Conjunto de Glândulas Endócrinas. Responsáveis pela secreção de hormônios

Sistema Endócrino. Conjunto de Glândulas Endócrinas. Responsáveis pela secreção de hormônios Foca na Medicina Aula 1 Biologia Material do Aluno Professores: Rafael Cafezeiro e Fabrício Pinheiro Diabetes Sistema Endócrino Conjunto de Glândulas Endócrinas Responsáveis pela secreção de hormônios

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA GLICÓLISE Dra. Flávia Cristina Goulart CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Campus de Marília flaviagoulart@marilia.unesp.br Glicose e glicólise Via Ebden-Meyerhof ou Glicólise A glicólise,

Leia mais

I) Captação de glicose

I) Captação de glicose Aula 4: Insulina I) Captação de glicose Properties of Glucose Transport Proteins Transporter Tissue distribution Special properties GLUT 1 Most cells. High capacity, relatively low K m (1-2mM). GLUT 2

Leia mais

ALUNO(a): A figura a seguir retrata um dos processos realizados comumente pelas células. Observe-a.

ALUNO(a): A figura a seguir retrata um dos processos realizados comumente pelas células. Observe-a. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 1º ano ALUNO(a): Lista de Exercícios NOTA: No Anhanguera você é + Enem Questão 01) A figura a seguir retrata um dos processos realizados comumente pelas

Leia mais

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS. voltar índice próximo CIÊNCIAS. Unidade º ANO» UNIDADE 1» CAPÍTULO 3

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS. voltar índice próximo CIÊNCIAS. Unidade º ANO» UNIDADE 1» CAPÍTULO 3 HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS Unidade 41 www.sejaetico.com.br 8º ANO ALIMENTAÇÃO E DIGESTÃO NO SER HUMANO Índice ÍNDICE Por que nos alimentamos? www.sejaetico.com.br 3 Por que nos alimentamos? Os

Leia mais

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS Se carboidratos, gorduras e proteínas são consumidas em quantidades que excedam as necessidades energéticas, o excesso será armazenado

Leia mais

Produção aeróbia de ATP

Produção aeróbia de ATP Produção aeróbia de ATP Sistema Oxidativo Oxidação Celular Produção aeróbia de ATP ocorre no interior das mitocôndrias e envolve a interação de 2 vias metabólicas cooperativas 1. O Ciclo de KREBS (ciclo

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 19 SISTEMA ENDÓCRINO PARTE 2

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 19 SISTEMA ENDÓCRINO PARTE 2 BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 19 SISTEMA ENDÓCRINO PARTE 2 Glândula Hipófise FSH Óvulo liberado corpo lúteo ovulação Folículo Estrógenos Óvulo Progesterona corpo lúteo 1º dia revestimento uterino 5º dia 14º

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO FINAL ( )PPI ( X )PPA ( )PPE. Glicosímetro utilizando óxido de ferro como agente de medição.

RELATÓRIO TÉCNICO FINAL ( )PPI ( X )PPA ( )PPE. Glicosímetro utilizando óxido de ferro como agente de medição. RELATÓRIO TÉCNICO FINAL ( )PPI ( X )PPA ( )PPE I. Informações sobre o Projeto de Pesquisa 1.1. Número do Protocolo do Projeto de Pesquisa: 1.2. Título do PPI, PPA ou PPE: Glicosímetro utilizando óxido

Leia mais

Hormonas e mensageiros secundários

Hormonas e mensageiros secundários Hormonas e mensageiros secundários Interrelação entre os tecidos Comunicação entre os principais tecidos Fígado tecido adiposo hormonas sistema nervoso substratos em circulação músculo cérebro 1 Nos mamíferos,

Leia mais

Sistema Endócrino. O que é um SISTEMA? SISTEMA 5/6/2010. Prof. Mst. Sandro de Souza CÉLULAS TECIDOS ÓRGÃOS. Disciplina: FISIOLOGIA HUMANA

Sistema Endócrino. O que é um SISTEMA? SISTEMA 5/6/2010. Prof. Mst. Sandro de Souza CÉLULAS TECIDOS ÓRGÃOS. Disciplina: FISIOLOGIA HUMANA Disciplina: FISIOLOGIA HUMANA Sistema Endócrino Prof. Mst. Sandro de Souza O que é um SISTEMA? CÉLULAS TECIDOS ÓRGÃOS SISTEMA É um grupo de Órgãos 1 Sistema Endócrino É composto de um grupo diverso de

Leia mais

PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS

PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS DEGRADAÇÃO DO GLIGOGÊNIO GLICÓLISE VIA DAS PENTOSES FOSFATO GLICONEOGÊNESE SÍNTESE DE CORPOS CETÔNICOS DEGRADAÇÃO DE AMINOÁCIDOS E CICLO DA URÉIA CICLO DE KREBS Β-OXIDAÇÃO DE

Leia mais

SISTEMA DIGESTIVO HUMANO (Parte 4)

SISTEMA DIGESTIVO HUMANO (Parte 4) SISTEMA DIGESTIVO HUMANO (Parte 4) INTESTINO DELGADO O intestino delgado de um adulto é um tubo com pouco mais de 6 m de comprimento por 4 cm de diâmetro, e é dividido em três regiões: duodeno (região

Leia mais

O humano e o ambiente

O humano e o ambiente Aula 01 O humano e o ambiente O ser humano é formado por um conjunto de células. Um conjunto de células forma os tecidos. Um conjunto de tecidos forma os órgãos. Um conjunto de órgão forma os sistemas.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA BAHIA - UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA VIDA DCV CCS006 - BIOLOGIA CELULAR. Sinalização Celular SALVADOR - BA 2016

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA BAHIA - UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA VIDA DCV CCS006 - BIOLOGIA CELULAR. Sinalização Celular SALVADOR - BA 2016 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA BAHIA - UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA VIDA DCV CCS006 - BIOLOGIA CELULAR Sinalização Celular PROFª POLYANNA CARÔZO DE OLIVEIRA SALVADOR - BA 2016 Introdução Evolução da multicelularidade

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Tecidos Animais - Tecido Epitelial Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Tecidos Animais - Tecido Epitelial Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Tecidos Animais - Tecido Epitelial Prof. Enrico Blota Biologia Moléculas, células e tecidos - Tecidos animais Tecido epitelial Apresenta funções de revestimento, absorção de

Leia mais

PROTEÍNAS Professores: Manoela e Marco Aurélio 2017

PROTEÍNAS Professores: Manoela e Marco Aurélio 2017 PROTEÍNAS Professores: Manoela e Marco Aurélio 2017 Bioquímica Celular Elementos químicos da matéria viva Principais substâncias presentes na matéria viva Proteínas - Nutriente construtor (função plástica)

Leia mais

1) Introdução sistema endócrino sinais químicos hormônios Hormônios células de glândulas endócrinas glândulas endócrinas células-alvo

1) Introdução sistema endócrino sinais químicos hormônios Hormônios células de glândulas endócrinas glândulas endócrinas células-alvo 1) Introdução O sistema endócrino é responsável pelo controle de diversas atividades do corpo humano. Atua a longo prazo, através de sinais químicos, executados por substâncias denominadas hormônios. Hormônios

Leia mais

HORMÔNIOS ESTRUTURAS DIFERENTES PARA FUNÇÕES DIFERENTES

HORMÔNIOS ESTRUTURAS DIFERENTES PARA FUNÇÕES DIFERENTES Universidade Federal de Pelotas Programa de Pós-Graduação em Veterinária Disciplina de Doenças metabólicas HORMÔNIOS ESTRUTURAS DIFERENTES PARA FUNÇÕES DIFERENTES Lourdes Caruccio Hirschmann Histórico:

Leia mais

NUTRIENTES. Profª Marília Varela Aula 2

NUTRIENTES. Profª Marília Varela Aula 2 NUTRIENTES Profª Marília Varela Aula 2 NUTRIENTES NUTRIENTES SÃO SUBSTÂNCIAS QUE ESTÃO INSERIDAS NOS ALIMENTOS E POSSUEM FUNÇÕES VARIADAS NO ORGANISMO. PODEM SER ENCONTRADOS EM DIFERENTES ALIMENTOS, POR

Leia mais

Biologia. Tecido Epitelial. Professor Enrico Blota.

Biologia. Tecido Epitelial. Professor Enrico Blota. Biologia Tecido Epitelial Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia TECIDO EPITELIAL (OU EPITÉLIO) Apresenta funções de revestimento, absorção de substâncias e proteção de diversas

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 12 PRINCIPAIS GLÂNDULAS ENDÓCRINAS NO HOMEM

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 12 PRINCIPAIS GLÂNDULAS ENDÓCRINAS NO HOMEM BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 12 PRINCIPAIS GLÂNDULAS ENDÓCRINAS NO HOMEM Como pode cair no enem (ENEM) O metabolismo dos carboidratos é fundamental para o ser humano, pois a partir desses compostos

Leia mais

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Membrana e Organelas

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Membrana e Organelas Membrana e Organelas Membrana e Organelas 1. As funções das células estão relacionadas com sua estrutura e com sua atividade metabólica. Apresenta-se abaixo uma tabela em que estão discriminadas, em porcentagens,

Leia mais

Gliconeogênese. Gliconeogênese. Órgãos e gliconeogênese. Fontes de Glicose. Gliconeogênese. Gliconeogênese Metabolismo dos aminoácidos Ciclo da Uréia

Gliconeogênese. Gliconeogênese. Órgãos e gliconeogênese. Fontes de Glicose. Gliconeogênese. Gliconeogênese Metabolismo dos aminoácidos Ciclo da Uréia Gliconeogênese Metabolismo dos aminoácidos Ciclo da Uréia Gliconeogênese Alexandre Havt Gliconeogênese Fontes de Energia para as Células Definição Via anabólica que ocorre no fígado e, excepcionalmente

Leia mais

Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução

Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução 1. A figura representa os sistemas digestivos

Leia mais

Metabolismo de Carboidratos

Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Carboidratos Curso de Bioqímica para Saúde Coletiva- UFRJ Profa. Dra. Mônica Santos de Freitas 1 Carboidratos Três maiores classes de carboidratos Monossacarídeos- são carboidratos não polimerizados;

Leia mais

Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação

Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação 1. Um laboratório analisou algumas reações ocorridas durante o processo de digestão do amido em seres humanos.

Leia mais

ESTRESSE EMBASAMENTO FISIOLÓGICO E RELAÇÕES COM A PRODUÇÃO ANIMAL

ESTRESSE EMBASAMENTO FISIOLÓGICO E RELAÇÕES COM A PRODUÇÃO ANIMAL ESTRESSE EMBASAMENTO FISIOLÓGICO E RELAÇÕES COM A PRODUÇÃO ANIMAL Definição de homeostase Se entende como a manutenção do equilíbrio do meio interno do organismo, se dá por meio de uma série de sistemas

Leia mais

Oxidação dos lipídios

Oxidação dos lipídios Oxidação dos lipídios Na oxidação dos lipídios, o substrato energético são os ácidos graxos livres (AGL), liberados da reserva local ou do tecido adiposo, via lipólise dos triglicérides pela ativação da

Leia mais

O passo limitante de uma via metabólica (que determina a velocidade de toda a via) pode ser determinado por:

O passo limitante de uma via metabólica (que determina a velocidade de toda a via) pode ser determinado por: O passo limitante de uma via metabólica (que determina a velocidade de toda a via) pode ser determinado por: Limite por quantidade/velocidade de enzima Limite por quantidade de substrato Bioquímica 15

Leia mais

Biossíntese e degradação de glicogênio. Integração entre o controle da glicólise e da glicogenólise em diferentes tipos celulares

Biossíntese e degradação de glicogênio. Integração entre o controle da glicólise e da glicogenólise em diferentes tipos celulares Biossíntese e degradação de glicogênio Regulação da via glicolítica Integração entre o controle da glicólise e da glicogenólise em diferentes tipos celulares O glicogênio é o polissacarídio de reserva

Leia mais

Sistema Endócrino P R O F E S S O R A : L U C I A N A R A M A L H O

Sistema Endócrino P R O F E S S O R A : L U C I A N A R A M A L H O Sistema Endócrino P R O F E S S O R A : L U C I A N A R A M A L H O 2 0 1 7 Introdução A unidade morfológica são as: Glândulas endócrinas A unidade funcional são os hormônios. Hormônios atuam nos órgãos-alvo.

Leia mais

Metabolismo energético das células

Metabolismo energético das células Metabolismo energético das células Medicina Veterinária Bioquímica I 2º período Professora: Ms. Fernanda Cristina Ferrari Como a célula produz energia? Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Adenosina

Leia mais

Bioquímica Nutrição Estrutura, propriedades, digestão, transporte, absorção e oxidação de lipídeos. Prof. Sérgio Henrique

Bioquímica Nutrição Estrutura, propriedades, digestão, transporte, absorção e oxidação de lipídeos. Prof. Sérgio Henrique Bioquímica Nutrição Estrutura, propriedades, digestão, transporte, absorção e oxidação de lipídeos Prof. Sérgio Henrique Bioquímica - aula 7 Estrutura O que são lipídeos (gorduras)? São ácidos graxos ácidos

Leia mais

Bioquímica. Dosagem de Glicose no Sangue: 1 Alguns Conceitos Básicos:

Bioquímica. Dosagem de Glicose no Sangue: 1 Alguns Conceitos Básicos: Bioquímica Dosagem de Glicose no Sangue: 1 Alguns Conceitos Básicos: 1.1 Glicemia é a presença de glicose no sangue e quando o nível deste glicídio se eleva além do limite normal temos a hiperglicemia,

Leia mais

DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS

DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS - A maior parte das gorduras da dieta são predominantemente triacilglicerois 80% Função da bile: Sais biliares Quebra a gordura, aumentando a área total disponível à ação enzimática

Leia mais

Membrana Plasmática. Dra. Maria Izabel Gallão

Membrana Plasmática. Dra. Maria Izabel Gallão Membrana Plasmática Composição química A composição química das membranas oscila em torno dos valores médios de 60% de proteínas e 40% de lipídios. Associados às proteínas e os lipídios encontram-se açúcares,

Leia mais

Medicações usadas no tratamento do Diabetes Mellitus. Disciplina Farmacologia Profª Janaína Santos Valente

Medicações usadas no tratamento do Diabetes Mellitus. Disciplina Farmacologia Profª Janaína Santos Valente Medicações usadas no tratamento do Diabetes Mellitus Disciplina Farmacologia Profª Janaína Santos Valente Definição O Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada pela hiperglicemia, resultante de defeitos

Leia mais

PRODUÇÃO: glândulas endócrinas ou tecido neurossecretor.

PRODUÇÃO: glândulas endócrinas ou tecido neurossecretor. Juntamente com o sistema nervoso regulam todo o metabolismo do corpo (manutenção da homeostase, processos reprodutivos, ritmo circadiano, crescimento, etc.). O sistema endócrino atua através de substâncias

Leia mais

Sistema Endócrino. Profa. MSc. Monyke Lucena

Sistema Endócrino. Profa. MSc. Monyke Lucena Profa. MSc. Monyke Lucena 1) Introdução O sistema endócrino é responsável pelo controle das atividades metabólicas do organismo. Atua a longo prazo, através de sinais químicos, executados por substâncias

Leia mais

TECIDO EPITELIAL. Professora Melissa Kayser

TECIDO EPITELIAL. Professora Melissa Kayser TECIDO EPITELIAL Professora Melissa Kayser Tecido Epitelial Introdução Tecido que reveste a superfície externa do corpo e as cavidades internas. Desempenha várias funções: Proteção do corpo (pele) Percepção

Leia mais

Regulação Hormonal. Sistema endócrino é o conjunto formado por glândulas endócrinas e exócrinas

Regulação Hormonal. Sistema endócrino é o conjunto formado por glândulas endócrinas e exócrinas Regulação Hormonal Sistema endócrino é o conjunto formado por glândulas endócrinas e exócrinas que apresentam como actividade característica a produção de secreções denominadas hormonas, que são lançados

Leia mais

Membrana e Organelas / Metabolismo Energético

Membrana e Organelas / Metabolismo Energético Membrana e Organelas / Metabolismo Energético Membrana e organelas e Metabolismo energético Biologia 1. Algumas células são capazes de enviar para o meio externo quantidades apreciáveis de produtos de

Leia mais

REGULAÇÃO HORMONAL DO METABOLISMO PROTEÍCO

REGULAÇÃO HORMONAL DO METABOLISMO PROTEÍCO REGULAÇÃO HORMONAL DO METABOLISMO PROTEÍCO Giovanni Resende de Oliveira giovanni@epamig.br Fonte: ROCHA,C e OLIVEIRA, R.S INTRODUÇÃO Crescimento do Animal Crescimento dos Tecidos Grau de hiperplasia e

Leia mais

21/10/2014. Referências Bibliográficas. Produção de ATP. Substratos Energéticos. Lipídeos Características. Lipídeos Papel no Corpo

21/10/2014. Referências Bibliográficas. Produção de ATP. Substratos Energéticos. Lipídeos Características. Lipídeos Papel no Corpo Referências Bibliográficas Livro: McArdle & Katch & Katch. Fisiologia do Exercício: Metabolismo de Lipídeos Durante o Exercício Físico Aeróbico Prof. Dr. Paulo Rizzo Ramires Escola de Educação Física e

Leia mais

Integração de Metabolismo.

Integração de Metabolismo. Integração de Metabolismo http://www.expasy.ch/cgi-bin/show_thumbnails.pl Princípios comuns governam o metabolismo em todos os seres vivos: Toda a regulação metabólica utiliza mecanismos similares: Principais

Leia mais

Sistema endócrino. Epitélio glandular. Funcionalmente:

Sistema endócrino. Epitélio glandular. Funcionalmente: Sistema endócrino Epitélio glandular Endócrina: secreção de hormônios diretamente no sangue Exócrina: secreção de seus produtos em ductos Funcionalmente: Merócrinas Apócrinas Holócrinas Unicelulares (Células

Leia mais

Equipe de Biologia. Biologia

Equipe de Biologia. Biologia Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 1B Ensino Médio Equipe de Biologia Data: Biologia CARBOIDRATOS - Conceitos Gerais : Os carboidratos são as biomoléculas mais abundantes na natureza. São moléculas que

Leia mais

2º trimestre Biologia Sala de estudos Data: Agosto/2015 Ensino Médio 1º ano classe: Profª Elisete Nome: nº

2º trimestre Biologia Sala de estudos Data: Agosto/2015 Ensino Médio 1º ano classe: Profª Elisete Nome: nº 2º trimestre Biologia Sala de estudos Data: Agosto/2015 Ensino Médio 1º ano classe: Profª Elisete Nome: nº Valor: 10 Nota:.. Conteúdo: A química da vida 1) A principal substância INORGÂNICA que encontramos

Leia mais

Instituto Superior Ciências da Saúde- Norte. Diana Duarte de Sousa. Ano lectivo 2006/2007. Licenciatura em Bioquímica, 2º Ano

Instituto Superior Ciências da Saúde- Norte. Diana Duarte de Sousa. Ano lectivo 2006/2007. Licenciatura em Bioquímica, 2º Ano Projecto Tutorial Análise de um artigo científico relacionado com YFP Instituto Superior Ciências da Saúde- Norte Ano lectivo 2006/2007 Diana Duarte de Sousa Licenciatura em Bioquímica, 2º Ano Expressão

Leia mais