O CUIDADO HUMANIZADO AO RECÉM-NASCIDO PREMATURO: UMA REVISÃO DE LITERATURA.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O CUIDADO HUMANIZADO AO RECÉM-NASCIDO PREMATURO: UMA REVISÃO DE LITERATURA."

Transcrição

1 O CUIDADO HUMANIZADO AO RECÉM-NASCIDO PREMATURO: UMA REVISÃO DE LITERATURA. Silva, MA* *Enfermeiro. Resinte do Programa Residência em Saú da criança e do Adolescente do Hospital Pequeno Príncipe. Curitiba-PR Resumo: O recém-nascido prematuro é exposto a procedimentos estressantes constantemente. Humanizar a assistência é fundamental para diminuir esses fatores. Realizado levantamento bibliográfico 2010 a 2015 sobre a produção cientifica sobre cuidado humanizado ao RN. Foram utilizados os scritores: recém-nascido, humanização da assistência e unidas terapia intensiva neonatal. Do total 63 artigos encontrados, 8 foram selecionados segundo os critérios inclusão. A maior parte dos artigos trouxe a importância da visão humanizada da equipe saú. Conclui-se que o cuidado humanizado pen da percepção do profissional que presta o cuidado. Palavras-chave: Humanização da assistência; Recém-nascido; Unida terapia intensiva neonatal. Área concentração: Enfermagem Opção apresentação: Pôster

2 O CUIDADO HUMANIZADO AO RECÉM-NASCIDO PREMATURO: UMA REVISÃO DE LITERATURA. Silva, MA* *Enfermeiro. Resinte do Programa Residência em Saú da criança e do Adolescente do Hospital Pequeno Príncipe. Curitiba-PR Resumo: O recém-nascido prematuro é exposto a procedimentos estressantes constantemente. Humanizar a assistência é fundamental para diminuir esses fatores. Realizado levantamento bibliográfico 2010 a 2015 sobre a produção cientifica sobre cuidado humanizado ao RN. Foram utilizados os scritores: recém-nascido, humanização da assistência e unidas terapia intensiva neonatal. Do total 63 artigos encontrados, 8 foram selecionados segundo os critérios inclusão. A maior parte dos artigos trouxe a importância da visão humanizada da equipe saú. Conclui-se que o cuidado humanizado pen da percepção do profissional que presta o cuidado. Palavras-chave: Humanização da assistência; Recém-nascido; Unida terapia intensiva neonatal. Abstract: The premature newborn is exposed to stressful procedures constantly. Humanize care is essential to reduce these factors. Conducted literature from 2010 to 2015 on the scientific production of humanized care to the newborn. The scriptors used were: newborn, humanization of assistance and neonatal intensive care units. Of 63 articles found, eight were selected according to the inclusion criteria. Most of the articles brought the importance of humanized vision of the healthcare team. We conclu that humanized care pends on the perception of the individual who livers care. Key words: Humanization of assistance; newborn; Neonatal intensive care unit.

3 Introdução O recém-nascido (RN) internado em uma unida terapia intensiva neonatal (UTIN) está constantemente exposto a uma série estímulos e procedimentos que pom causar impacto em seu senvolvimento. Os ruídos, a luz intensa e os procedimentos invasivos causam alterações nos padrões vitais do RN 1. É importante stacar que os cuidados ao RN vem visão holística, modo que contribuam para reduzir os efeitos nocivos causados pela hospitalização, visto que esta é uma população sujeita a riscos 1. A Política Nacional Humanização (PNH) 2004 traz um conjunto estratégias com o intuito aprimorar a qualida do atendimento à população articulando os avanços tecnológicos com o acolhimento. Na assistência à criança, a humanização é fundamental principalmente com o RN prematuro e baixo peso internados em uma UTIN, sendo fundamental para elevar o padrão técnico atendimento, proporcionando uma assistência integral ao RN e sua família 2. Sendo assim, o objetivo ste trabalho é levantar a produção bibliográfica dos últimos cinco anos a respeito do cuidado humanizado ao RN prematura em unida terapia intensiva neonatal. Metodologia. Estudo revisão literatura que objetivou intificar a produção literária a respeito do cuidado humanizado ao RN prematuro. A pesquisa foi realizada na base dados BVS Biblioteca Virtual em Saú, a qual abrange outras bases dados como a LILACS - Literatura Latino- Americana e do Caribe em Ciências da Saú, BDENF Base Dados da Enfermagem, e SCIELO - Scientific Electronic Library Online. A pesquisa foi realizada no mês julho Os critérios inclusão para os artigos foram: artigos publicados nos últimos cinco anos (entre 2010 a 2015, inclusive), estar disponível na íntegra

4 e em português. Foram utilizados para busca os seguintes scritores: recém-nascido, humanização da assistência e unidas terapia intensiva neonatal. Esta busca totalizou 63 artigos. Aplicando se os critérios inclusão, restaram 10 artigos. Destes, após leitura dos resumos, foram selecionados 8 artigos que estavam em acordo com o tema proposto. Resultados e discussão. Dos 8 artigos selecionados, 5 foram publicados em 2013, um em 2010, um em 2011 e um em Quanto a base dados, 7 foram encontrados na LILACS, sendo que stes, 2 foram encontrados também na BDENF, e um artigo foi encontrado na BDENF. As temáticas encontradas foram: percepção da equipe saú sobre a humanização na assistência (4 artigos), a vivência dos pais com RN em UTIN (1 artigo), revisão literárias sobre a humanização do cuidado ao RN (1 artigo), a influência do toque terapêutico na manutenção dos dados vitais do RN (1 artigo) e a dor no RN (1 artigo). A tabela 1 traz a distribuição dos artigos. A maior parte dos artigos traz a percepção da equipe saú sobre a humanização do cuidado. Campos et al (2012) evinciam que para que consigamos um ambiente hospitalar humanizado torna-se necessário que nos voltemos ao nosso íntimo e façamos uma reflexão sobre o que é ser humano, e que a percepção da equipe po ser útil ao estímulo para a humanização e ao senvolvimento do cuidado qualida. Tabela 1: Distribuição dos artigos segundo título, ano, periódico, base dados e temática.

5 Titulo Ano Revista Base Ser pesqui sado Assistência humanizada em UTI neonatal: os sentidos e as limitações intificadas pelos profissionais saú 2013 Carnos saú pública LILACS Equipe multidi sciplin ar Temática Objetivou analisar, sob a ótica dos profissionais saú, a proposta atenção humanizada e tectar os sentidos e os limites intificados por eles para a oferta sta forma assistência. Percepção da equipe sobre humanização em unida tratamento intensivo neonatal e pediátrica Concepções humanização profissionais em Unidas Terapia Intensiva Neonatal Vivências familiares no processo nascimento e internação seus 2013 Revista gaucha Enfermage m 2015 Estudos psicologia PUC Campinas 2013 Rev. Escola Enfermage m Anna Nery LILACS LILACS/ BDENF LILACS/ BDENF Enferm eiros e técnico s Equipe multidi sciplin ar Mães Objetivou intificar a percepção da equipe sobre a humanização no cuidado em uma unida terapia intensiva neonatal e pediátrica. Esta pesquisa investigou a concepção humanização da equipe profissionais três Unidas Terapia Intensiva Neonatal da Região Metropolitana da Gran Vitória, Espírito Santo. Objetivou conhecer a vivência pais que tiveram seu bebê internado na Unida Terapia Intensiva

6 filhos em UTI neonatal Toque terapêutico: influência nos parâmetros vitais recémnascidos Cuidado humanístico e percepções diante da dor do recémnascido A dor e o recém nascido risco: percepção dos profissionais Estado da arte sobre o cuidar em neonatologia : compromiss o da com a humanização na unida terapia intensiva neonatal Neonatal (UTIN) s o nascimento Einstein LILACS RN Objetivou comparar os parâmetros vitais apresentados por recémnascidos internados na unida terapia intensiva neonatal antes e após o toque terapêutico Rev. Escola LILACS Enferm Objetivou apreenr o eiros significado do cuidado Enfermage oferecido pelo m Anna enfermeiro ao recémnascido Nery em procedimentos dolorosos e conhecer as intervenções realizadas pelos enfermeiros para amenizar a dor do 2010 Cogitare LILACS Enferm eiros e técnico s 2013 Enfermage m em foco BDENF Bases dados recém-nascido. Objetivou screver a percepção dos profissionais que atuam em unida terapia intensiva neonatal sobre a dor no recém-nascido. Objetivo caracterizar a produção científica brasileira Enfermagem sobre neonatologia e a humanização do cuidado aos recém-nascidos no período entre 2000 e 2011.

7 Conclusão. Verifica-se a importância da visão humanizada dos profissionais saú nos cuidados ao RN, com vistas a promover uma assistência qualida, minimizando os fatores estressantes na unida terapia intensiva neonatal que pom impactar negativamente no senvolvimento do RN. Referências. 1. RAMADA, NC; ALMEIDA, FA; CUNHA, MLR. Toque terapêutico: influência nos parâmetros vitais recém-nascidos. Einstein (São Paulo), São Paulo, v. 11, n. 4, p , zembro Disponível em: 2. ROSEIRO, CP; PAULA, KMP. Concepções humanização profissionais em Unidas Terapia Intensiva Neonatal. Estud. psicol. (Campinas), Campinas, v. 32, n. 1, p , Mar Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=s x &lng=en&nrm=iso>. 3. CAMPOS, ACV et al. O cuidado humanizado sob a percepção dos enfermeiros. Enfermagem Revista, Belo Horizonte, v. 15, n. 1, p , maio Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/inx.php/revista/article/view/3 272>.

II SIEPS XX ENFERMAIO I MOSTRA DO INTERNATO EM ENFERMAGEM CUIDADO DE ENFERMAGEM NA DETECÇÃO PRECOCE DE DOENÇAS NEONATAIS POR MEIO DO TESTE DO PEZINHO

II SIEPS XX ENFERMAIO I MOSTRA DO INTERNATO EM ENFERMAGEM CUIDADO DE ENFERMAGEM NA DETECÇÃO PRECOCE DE DOENÇAS NEONATAIS POR MEIO DO TESTE DO PEZINHO II SIEPS XX ENFERMAIO I MOSTRA DO INTERNATO EM ENFERMAGEM Fortaleza CE 23 a 25 de Maio de 2016 CUIDADO DE ENFERMAGEM NA DETECÇÃO PRECOCE DE DOENÇAS NEONATAIS POR MEIO DO TESTE DO PEZINHO Ana Caroline Andrade

Leia mais

BENEFÍCIOS DO MÉTODO CANGURU PARA O PREMATURO

BENEFÍCIOS DO MÉTODO CANGURU PARA O PREMATURO BENEFÍCIOS DO MÉTODO CANGURU PARA O PREMATURO Cardoso MMG 1, Graciano IC 2, Filócomo FRF 3, Ebner C 4. 1Universidade do Vale do Paraíba, Faculdade de Ciências da Saúde, Av. Shishima Hifumi, 2911, Urbanova,

Leia mais

Graduanda em Fisioterapia, 7º Semestre, URI - Extensão São Luiz Gonzaga/RS. Bolsista de Extensão. 3

Graduanda em Fisioterapia, 7º Semestre, URI - Extensão São Luiz Gonzaga/RS. Bolsista de Extensão. 3 A UTILIZAÇÃO DE REDES DE BALANÇO EM INCUBADORAS PARA RECÉM- NASCIDOS PREMATUROS INTERNADOS EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAIS COMO UM MÉTODO DE HUMANIZAÇÃO: UMA REVISÃO DE LITERATURA 1 Iara Oliveira

Leia mais

CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA E O PAPEL DA TERAPIA OCUPACIONAL

CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA E O PAPEL DA TERAPIA OCUPACIONAL ANÁLISE BIBLIOGRÁFICA SOBRE A ESTIMULAÇÃO PRECOCE EM CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA E O PAPEL DA TERAPIA OCUPACIONAL Léia Armada Firmino Anna Augusta Sampaio de Oliveira Universidade Estadual Paulista FFC, Marília

Leia mais

A comunicação entre enfermeiros e pais de recém-nascidos em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Resumo. 1 Introdução

A comunicação entre enfermeiros e pais de recém-nascidos em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Resumo. 1 Introdução A comunicação entre enfermeiros e pais de recém-nascidos em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Anna Maria de Oliveira Salimena * Cristiane de Paiva Oliveira * Janete Rosa Buzatti * Alice Mariana da

Leia mais

MORTALIDADE HOSPITALAR: UMA REVISÃO SOBRE A AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO HOSPITALAR

MORTALIDADE HOSPITALAR: UMA REVISÃO SOBRE A AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO HOSPITALAR MORTALIDADE HOSPITALAR: UMA REVISÃO SOBRE A AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO HOSPITALAR Saemmy Grasiely Estrela Albuquerque 1 ; Ericka Silva Holmes 2 ; Gyl Dayara Alves Carvalho 3 ; Sérgio Ribeiro dos

Leia mais

CUIDADOS PALIATIVOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

CUIDADOS PALIATIVOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA CUIDADOS PALIATIVOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA Tássia de Lourdes de Vasconcelos Rodrigues 1 ; Marillya Pereira Marques Diniz 2 ; Amanda Gonçalves Lopes Coura 3 ; Josivan Soares Alves Júnior 4 ; Mayra

Leia mais

Egressos de Enfermagem: uma revisão sistemática da literatura Palavras-Chave: INTRODUÇÃO

Egressos de Enfermagem: uma revisão sistemática da literatura Palavras-Chave: INTRODUÇÃO Egressos de : uma revisão sistemática da literatura Nayla Cecília da Silva Silvestre BRANQUINHO I ; Ana Lúcia Queiroz BEZERRA II Universidade Federal de Goiás - Faculdade de I E-mail: naylacecilia@gmail.com

Leia mais

PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE A ATUAÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL COM BEBÊS PREMATUROS

PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE A ATUAÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL COM BEBÊS PREMATUROS PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE A ATUAÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL COM BEBÊS PREMATUROS Tainá de Oliveira Castelanelli Jáima Pinheiro de Oliveira Instituição de origem dos autores: UNESP Marília/SP Eixo Temático:

Leia mais

Método Mãe Canguru: avaliação do ganho de peso dos recém-nascidos prematuros e ou de baixo peso nas unidades que prestam assistência ao neonato

Método Mãe Canguru: avaliação do ganho de peso dos recém-nascidos prematuros e ou de baixo peso nas unidades que prestam assistência ao neonato Método Mãe Canguru: avaliação do ganho de peso dos recém-nascidos prematuros e ou de baixo peso nas unidades que prestam assistência ao neonato EDILAINE APARECIDA FREITAS(UNINGÁ) 1 HILTON VIZI MARTINEZ(UNINGÁ)

Leia mais

Tratamento de infecção hospitalar na unidade de terapia intensiva: Uma análise sobre a. sobrecarga de trabalho

Tratamento de infecção hospitalar na unidade de terapia intensiva: Uma análise sobre a. sobrecarga de trabalho Tratamento de infecção hospitalar na unidade de terapia intensiva: Uma análise sobre a Resumo sobrecarga de trabalho Isabela Cristina da Silva; Marina Dallari Mesquita O presente artigo se trata do tratamento

Leia mais

OS FATORES DE RISCOS PARA NÃO REALIZAÇÃO DO PARTO NORMAL

OS FATORES DE RISCOS PARA NÃO REALIZAÇÃO DO PARTO NORMAL OS FATORES DE RISCOS PARA NÃO REALIZAÇÃO DO PARTO NORMAL Amanda Florêncio da Silva* Rosemeire do Carmo Martelo** JUSTIFICATIVA No Brasil vem aumentando o número de partos cesarianos, sem base científica

Leia mais

. Humanização na assistência, enfermagem, unidade de terapia intensiva pediátrica

. Humanização na assistência, enfermagem, unidade de terapia intensiva pediátrica EQUIPE DE ENFERMAGEM E FAMÍLIA NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA: REVISÃO DE LITERATURA AUTORES Delinne Alba RIBEIRO Discente da União das Faculdades dos Grandes Lagos UNILAGO Natália Sperli Geraldes

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS TÍTULO: COMPETENCIAS GERENCIAIS DO ENFERMEIRO INTENSIVISTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS

Leia mais

Bases de dados na literatura médica. Fernando M. Aarestrup, MD, PhD

Bases de dados na literatura médica. Fernando M. Aarestrup, MD, PhD Bases de dados na literatura médica Fernando M. Aarestrup, MD, PhD Index medicus Medline pubmed Descritores cabeçalhos oficiais MeSH SciELO - Scientific Electronic Library Online LILACS Fernando M. Aarestrup,

Leia mais

Grupo de pais da UTI neonatal do Hospital Moinhos de Vento: relato de uma experiência multiprofissional de assistência

Grupo de pais da UTI neonatal do Hospital Moinhos de Vento: relato de uma experiência multiprofissional de assistência Grupo de pais da UTI neonatal do Hospital Moinhos de Vento: relato de uma experiência multiprofissional de assistência Parents group of Hospital Moinhos de Vento neonatal ICU: report of a multidisciplinary

Leia mais

LISTA DE TRABALHOS APROVADOS. Eixo Humanização. Sala 01-14h

LISTA DE TRABALHOS APROVADOS. Eixo Humanização. Sala 01-14h Eixo Humanização Sala 01-14h 01 A abordagem dialética no processo de cuidado: implicações positivas em um setor Simone Braga Rodrigues de clínica cirúrgica 02 A arte como auxilio no tratamento do câncer

Leia mais

1. O acompanhante no contexto hospitalar: artigo de revisão. 1. The accompanying in hospital context: review article

1. O acompanhante no contexto hospitalar: artigo de revisão. 1. The accompanying in hospital context: review article 1. The accompanying in hospital context: review article Eliane Moura 1 Bianca Clasen Gonçalves 2 RESUMO Objetivo: Descrever a importância do acompanhante ao paciente hospitalizado e sua relação com a equipe

Leia mais

PARTO HUMANIZADO: DOULAS E ENFERMEIRAS OBSTÉTRICAS NA ASSISTÊNCIA AO NASCIMENTO

PARTO HUMANIZADO: DOULAS E ENFERMEIRAS OBSTÉTRICAS NA ASSISTÊNCIA AO NASCIMENTO PARTO HUMANIZADO: DOULAS E ENFERMEIRAS OBSTÉTRICAS NA ASSISTÊNCIA AO NASCIMENTO 1 Bianca Santos 2 Laísa Schuh 1 Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), Cachoeira do Sul, RS, Brasil E-mail: biancasantoslima63@gmail.com

Leia mais

CONHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM SOBRE O CUIDADO HUMANIZADO EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

CONHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM SOBRE O CUIDADO HUMANIZADO EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL RAS doi: 10.13037/ras.vol15n52.4434 ISSN 2359-4330 artigo original 38 CONHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM SOBRE O CUIDADO HUMANIZADO EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL NURSING PROFESSIONALS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SUERDA KARLA FERREIRA COSTA PAIS DE UTIN O QUE PRECISO SABER? CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO FLORIANÓPOLIS (SC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SUERDA KARLA FERREIRA COSTA PAIS DE UTIN O QUE PRECISO SABER? CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO FLORIANÓPOLIS (SC) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SUERDA KARLA FERREIRA COSTA PAIS DE UTIN O QUE PRECISO SABER? CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO FLORIANÓPOLIS (SC) 2014 i UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SUERDA KARLA

Leia mais

A HUMANIZAÇÃO DO CUIDADO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL PELOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

A HUMANIZAÇÃO DO CUIDADO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL PELOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM A HUMANIZAÇÃO DO CUIDADO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL PELOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM Larissa Cruz de Jesus* Resumo O ambiente da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) proporciona

Leia mais

O PAPEL DA ENFERMEIRA NA PRIMEIRA VISITA DOS PAIS EM UMA UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO NEONATAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA 1

O PAPEL DA ENFERMEIRA NA PRIMEIRA VISITA DOS PAIS EM UMA UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO NEONATAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA 1 O PAPEL DA ENFERMEIRA NA PRIMEIRA VISITA DOS PAIS EM UMA UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO NEONATAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA 1 MOTA, Marina Soares 2 ; OLIVEIRA, Pâmela Kath 3 ; GOMES, Giovana Calcagno 4

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EFG370 Enfermagem na Saúde da Criança e do Adolescente

Programa Analítico de Disciplina EFG370 Enfermagem na Saúde da Criança e do Adolescente Programa Analítico de Disciplina Departamento de Medicina e Enfermagem - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS ENFERMEIROS NOS CUIDADOS PALIATIVOS À PACIENTES ONCOLÓGICOS PEDIÁTRICOS

A PERCEPÇÃO DOS ENFERMEIROS NOS CUIDADOS PALIATIVOS À PACIENTES ONCOLÓGICOS PEDIÁTRICOS A PERCEPÇÃO DOS ENFERMEIROS NOS CUIDADOS PALIATIVOS À PACIENTES ONCOLÓGICOS PEDIÁTRICOS Iara Bezerra de Alcantara 1 ; Mariana Gonçalves de Sousa 1 ; Sonia Maria Alves de Lira 2 ; Ana Carla Rodrigues da

Leia mais

10º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM

10º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM 10º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM ANALISE DAS INFORMAÇÕES E QUALIDADE DAS FICHAS DE INVESTIGAÇÃO DE ÓBITOS INFANTIS DA 15ª REGIONAL DE SAÚDE DO PARANÁ Jéssica Teixeira Lourenço 1 Vivianne Peters da

Leia mais

Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE II PLANO DE CURSO

Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE II PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE II Código: ENF

Leia mais

11º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM A PERCEPÇÃO DAS MÃES QUANTO AO ATENDIMENTO DO SEU FILHO NO AMBULATÓRIO CANGURU

11º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM A PERCEPÇÃO DAS MÃES QUANTO AO ATENDIMENTO DO SEU FILHO NO AMBULATÓRIO CANGURU 11º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM A PERCEPÇÃO DAS MÃES QUANTO AO ATENDIMENTO DO SEU FILHO NO AMBULATÓRIO CANGURU Thaís Ramos da Silva 1 Francielle Midori Kawamoto 2 Karen Isadora Borges 3 Lidia Kameyo

Leia mais

ENFERMAGEM FRENTE À MORTE DO RÉCEM-NASCIDO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

ENFERMAGEM FRENTE À MORTE DO RÉCEM-NASCIDO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ENFERMAGEM FRENTE À MORTE DO RÉCEM-NASCIDO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Sakamoto CH 1, Serão CPT 2, Filócomo FRF 3, Oliveira AL 4 1,2,3,4 Universidade do Vale do Paraíba.

Leia mais

AUTOR(ES): NOEMI DUARTE MASCARENHAS SANTOS, ANA CAROLINA SANTOS VAZ, ISABELLA SANTOS RIBEIRO DE FARIAS, NATHALY GONSALVEZ TURASSA

AUTOR(ES): NOEMI DUARTE MASCARENHAS SANTOS, ANA CAROLINA SANTOS VAZ, ISABELLA SANTOS RIBEIRO DE FARIAS, NATHALY GONSALVEZ TURASSA 16 TÍTULO: IMPACTOS E CUIDADOS COM A ESQUIZOFRENIA NO ÂMBITO FAMILIAR CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PSICOLOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU AUTOR(ES): NOEMI

Leia mais

Confidencial PATECS_009/2016 Página: 1 de 10

Confidencial PATECS_009/2016 Página: 1 de 10 UNIDADE DE CUIDADOS INTERMEDIÁRIOS NEONATAIS (UCIN) PATECS_009/2016 Confidencial PATECS_009/2016 Página: 1 de 10 1. Solicitante: Hospital e Maternidade Santa Casa de Misericórdia de Maringá Dra. Maria

Leia mais

Dilma Mineko Tacahashi Puccini Coordenadora da Qualidade Hospital Municipal e Maternidade Prof. Dr. Mário Degni Prefeitura Municipal de São Paulo

Dilma Mineko Tacahashi Puccini Coordenadora da Qualidade Hospital Municipal e Maternidade Prof. Dr. Mário Degni Prefeitura Municipal de São Paulo Dilma Mineko Tacahashi Puccini Coordenadora da Qualidade Hospital Municipal e Maternidade Prof. Dr. Mário Degni Prefeitura Municipal de São Paulo Cor do subtítulo O Hospital Municipal e Maternidade Prof.

Leia mais

PALHAÇOTERAPIA: UM OLHAR HUMANIZADO DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM DA UFPE

PALHAÇOTERAPIA: UM OLHAR HUMANIZADO DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM DA UFPE PALHAÇOTERAPIA: UM OLHAR HUMANIZADO DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM DA UFPE Nívia Alves da Silva; Daniela de Carvalho Lefosse Valgueiro; Laís Coutinho Paschoal Barbosa; Monique de Lima Santana; Natália de

Leia mais

CASA DA GESTANTE, BEBÊ E PUÉRPERA: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA MATERNIDADE PÚBLICA DE JOÃO PESSOA/PB

CASA DA GESTANTE, BEBÊ E PUÉRPERA: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA MATERNIDADE PÚBLICA DE JOÃO PESSOA/PB CASA DA GESTANTE, BEBÊ E PUÉRPERA: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA MATERNIDADE PÚBLICA DE JOÃO PESSOA/PB Nadjeanny Ingrid Galdino Gomes; Yohanna de Oliveira; Jéssica Vicky Bernardo de Oliveira; Maria da Guia

Leia mais

ANÁLISE DA QUALIDADE DOS REGISTROS DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

ANÁLISE DA QUALIDADE DOS REGISTROS DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA ANÁLISE DA QUALIDADE DOS REGISTROS DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA 1 OLIVEIRA, Valdir Antunes, 2 TEIXEIRA Cristiane Chagas, 3 SILVA Ludyanne Neres, 4 Arruda Nara Lilia Oliveira 1. Enfermeiro.

Leia mais

Seu bebê encontra-se nesse momento sob cuidados intensivos na UTI Neonatal, por apresentar um quadro de risco à saúde.

Seu bebê encontra-se nesse momento sob cuidados intensivos na UTI Neonatal, por apresentar um quadro de risco à saúde. AOS PAIS E FAMILIARES Seu bebê encontra-se nesse momento sob cuidados intensivos na UTI Neonatal, por apresentar um quadro de risco à saúde. Sabemos que a angústia, o medo e as preocupações são comuns

Leia mais

DOMÍNIO SEGURANÇA E PROTEÇÃO: DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM IDOSO HOSPITALIZADO

DOMÍNIO SEGURANÇA E PROTEÇÃO: DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM IDOSO HOSPITALIZADO DOMÍNIO SEGURANÇA E PROTEÇÃO: DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM IDOSO HOSPITALIZADO Ângela Marina Batista da Silva(1); Maria Eduarda Pereira Menezes (2); Danila Maria da Silva (3); Joice Silva do Nascimento

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DO MÉTODO MÃE CANGURU PARA O RECÉM- NASCIDO PREMATURO. CONTRIBUTIONS OF THE KANGAROO MOTHER METHOD FOR NEWBORN PREMATURE.

CONTRIBUIÇÃO DO MÉTODO MÃE CANGURU PARA O RECÉM- NASCIDO PREMATURO. CONTRIBUTIONS OF THE KANGAROO MOTHER METHOD FOR NEWBORN PREMATURE. ENFERMAGEM Artigo de Revisão CONTRIBUIÇÃO DO MÉTODO MÃE CANGURU PARA O RECÉM- NASCIDO PREMATURO. CONTRIBUTIONS OF THE KANGAROO MOTHER METHOD FOR NEWBORN PREMATURE. Juceli José do Rosário¹, Shayane Clara

Leia mais

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral Curso Técnico Subsequente em Curso Técnico em Enfermagem Nome do Curso - Curso Técnico em Enfermagem CÂMPUS Florianópolis/SC MATRIZ CURRICULAR Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular

Leia mais

CUIDADO HUMANIZADO NO AMBIENTE HOSPITALAR: UMA REVISÃO LITARÁRIA NA VISÃO DA FISIOTERAPIA

CUIDADO HUMANIZADO NO AMBIENTE HOSPITALAR: UMA REVISÃO LITARÁRIA NA VISÃO DA FISIOTERAPIA CUIDADO HUMANIZADO NO AMBIENTE HOSPITALAR: UMA REVISÃO LITARÁRIA NA VISÃO DA FISIOTERAPIA Hione da Silva Luciano Maria Fernanda Freitas da Silva Silvana Pinho Teixeira Salvador-Bahia Brasil 2011 ESCOLA

Leia mais

SENTIMENTOS DE MÃES AO VIVENCIAREM O MÉTODO MÃE CANGURU¹

SENTIMENTOS DE MÃES AO VIVENCIAREM O MÉTODO MÃE CANGURU¹ SENTIMENTOS DE MÃES AO VIVENCIAREM O MÉTODO MÃE CANGURU¹ Joana D arc Dantas Soares 2 Rosineide Santana de Brito 3 Bertha Cruz Enders 4 Introdução: O Método Mãe Canguru (MMC) é uma estratégia de assistência

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA HUMANIZAÇÃO NA RELAÇÃO EQUIPE DE ENFERMAGEM/PAIS NA UTI NEONATAL

A IMPORTÂNCIA DA HUMANIZAÇÃO NA RELAÇÃO EQUIPE DE ENFERMAGEM/PAIS NA UTI NEONATAL A IMPORTÂNCIA DA HUMANIZAÇÃO NA RELAÇÃO EQUIPE DE ENFERMAGEM/PAIS NA UTI NEONATAL Zaira de Lima Vigo* RESUMO Introdução: A gestação e o nascimento de um bebê são etapas muito importantes na vida dos pais.

Leia mais

TÍTULO: SÍNDROME DE BURNOUT VOLTADO À PROFISSIONAIS DO SETOR DE NEONATOLOGIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

TÍTULO: SÍNDROME DE BURNOUT VOLTADO À PROFISSIONAIS DO SETOR DE NEONATOLOGIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: SÍNDROME DE BURNOUT VOLTADO À PROFISSIONAIS DO SETOR DE NEONATOLOGIA CATEGORIA: EM ANDAMENTO

Leia mais

MÉTODO CANGURÚ NEONATOLOGIA

MÉTODO CANGURÚ NEONATOLOGIA MÉTODO CANGURÚ Rotinas Assistenciais da Maternidade-Escola da Universidade Federal do Rio de Janeiro NEONATOLOGIA A Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso - Método Cangurú é política de saúde

Leia mais

COMUNICAÇÃO ENTRE A EQUIPE DE ENFERMAGEM / PACIENTES / FAMILIARES EM UTI: uma revisão bibliográfica.

COMUNICAÇÃO ENTRE A EQUIPE DE ENFERMAGEM / PACIENTES / FAMILIARES EM UTI: uma revisão bibliográfica. UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ENFERMAGEM EM UTI ADULTO VANESSA DAYUBE MAJDALANI DE CERQUEIRA COMUNICAÇÃO ENTRE A EQUIPE DE ENFERMAGEM / PACIENTES / FAMILIARES EM UTI: uma revisão

Leia mais

HUMANIZATION OF NURSING ASSISTANCE AGAINST THE PAIN AND STRESS OF THE NEWBORN IN A NEONATAL INTENSIVE THERAPY UNIT: A LITERATURE REVIEW

HUMANIZATION OF NURSING ASSISTANCE AGAINST THE PAIN AND STRESS OF THE NEWBORN IN A NEONATAL INTENSIVE THERAPY UNIT: A LITERATURE REVIEW Artigo HUMANIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM FRENTE A DOR E AO ESTRESSE DO RECÉM-NASCIDO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: UMA REVISÃO DE LITERATURA HUMANIZATION OF NURSING ASSISTANCE AGAINST

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO CUIDADO DE ENFERMAGEM FRENTE AO PARTO PREMATURO: SENTIMENTOS VIVENCIADOS PELA MÃE 1

A IMPORTÂNCIA DO CUIDADO DE ENFERMAGEM FRENTE AO PARTO PREMATURO: SENTIMENTOS VIVENCIADOS PELA MÃE 1 A IMPORTÂNCIA DO CUIDADO DE ENFERMAGEM FRENTE AO PARTO PREMATURO: SENTIMENTOS VIVENCIADOS PELA MÃE 1 DIAZ, Claudia Maria Gabert 2 ; FREITAS, Hilda M. 2 ; CAUDURO, Adriane 3 ; FILIPINI, Cibele 4 ; ROSA,

Leia mais

Sistematização da assistência de enfermagem aos portadores da doença de Parkinson baseados na teoria do autocuidado e necessidades humanas básicas.

Sistematização da assistência de enfermagem aos portadores da doença de Parkinson baseados na teoria do autocuidado e necessidades humanas básicas. Introdução: Doença de Parkinson é uma afecção degenerativa crônica e progressiva do sistema nervoso central caracterizada pelos sinais cardinais. Afeta cerca de 150 a 200 pessoas para cada 100 mil habitantes¹.

Leia mais

PERCEPÇÃO DOS PAIS FRENTE Á ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE NA UTI NEONATAL DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO OESTE DO PARANÁ

PERCEPÇÃO DOS PAIS FRENTE Á ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE NA UTI NEONATAL DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO OESTE DO PARANÁ PERCEPÇÃO DOS PAIS FRENTE Á ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE NA UTI NEONATAL DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO OESTE DO PARANÁ INTRODUÇÃO JAQUELINE ALBERT ERICA OSAKU CLAUDIA MACEDO COSTA JAQUILENE BARRETO

Leia mais

RELAÇÃO ENFERMEIRO-FAMÍLIA NOS CUIDADOS COM O RECÉM-NASCIDO INTERNADO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

RELAÇÃO ENFERMEIRO-FAMÍLIA NOS CUIDADOS COM O RECÉM-NASCIDO INTERNADO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL Curso de Enfermagem Artigo de Revisão RELAÇÃO ENFERMEIRO-FAMÍLIA NOS CUIDADOS COM O RECÉM-NASCIDO INTERNADO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL NURSE-FAMILY RELATIONSHIP IN THE CARE WITH THE NEWBORN

Leia mais

Palavras-chave: Comunicação. Enfermagem. Revisão bibliográfica.

Palavras-chave: Comunicação. Enfermagem. Revisão bibliográfica. O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO EM ENFERMAGEM: PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA DE 1997 A 2006. Silvia Soares dos Santos Ricardo Ricardo Magali Telecio Tatiana Longo Borges Miguel tatiana@unisalesiano.edu.br Centro

Leia mais

Revisão de literatura sobre termorregulação ineficaz Clube de Periódico do OBJN

Revisão de literatura sobre termorregulação ineficaz Clube de Periódico do OBJN ISSN: 1676-4285 Revisão de literatura sobre termorregulação ineficaz Clube de Periódico do OBJN Márcia Valéria Ratto Guimarães, Isabel C.F. da Cruz RESUMO A revisão da literatura através de pesquisa computadorizada

Leia mais

ANÁLISE DA MORTALIDADE DE NEONATOS EM UMA UTI NEONATAL DE UM HOSPITAL DO VALE DO PARAÍBA

ANÁLISE DA MORTALIDADE DE NEONATOS EM UMA UTI NEONATAL DE UM HOSPITAL DO VALE DO PARAÍBA ANÁLISE DA MORTALIDADE DE NEONATOS EM UMA UTI NEONATAL DE UM HOSPITAL DO VALE DO PARAÍBA SOUZA, Luciana Santana de¹; CARVALHO, Maria das Neves de Oliveira¹; MARTINS, Selma de Oliveira¹; LANCIA, Maria da

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA UTI NEONATAL: RELATO DA EXPERIÊNCIA

PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA UTI NEONATAL: RELATO DA EXPERIÊNCIA PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA UTI NEONATAL: RELATO DA EXPERIÊNCIA BARROS APMM*, MORAIS TNP. 1,Hospital e Maternidade Municipal São Jose dos Pinhais, Rua Coronel Luiz Vitorino Ordine, nº1747, São Pedro, São

Leia mais

A REALIDADE DO FAMILIAR QUE EXERCE A AÇÃO DO CUIDAR EM IDOSOS SOB CUIDADOS PALIATIVOS

A REALIDADE DO FAMILIAR QUE EXERCE A AÇÃO DO CUIDAR EM IDOSOS SOB CUIDADOS PALIATIVOS A REALIDADE DO FAMILIAR QUE EXERCE A AÇÃO DO CUIDAR EM IDOSOS SOB CUIDADOS PALIATIVOS Ádylla Maria Alves de Carvalho (1); Markeynya Maria Gonçalves Vilar (2); Naianna Souza de Menezes (3); Flávia Gomes

Leia mais

HUMANIZATION IN A PEDIATRIC INTENSIVE THERAPY UNIT

HUMANIZATION IN A PEDIATRIC INTENSIVE THERAPY UNIT HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA 502 HUMANIZATION IN A PEDIATRIC INTENSIVE THERAPY UNIT Geralda Bruno de AGUIAR-MARQUES * Reginaldo Guedes COELHO-LOPES ** Aline VOLTARELLI *** Maria

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SÃO LUCAS CURSO DE ENFERMAGEM LUCIMAR APARECIDA LOPES GULARTE BARROS

CENTRO DE ENSINO SÃO LUCAS CURSO DE ENFERMAGEM LUCIMAR APARECIDA LOPES GULARTE BARROS CENTRO DE ENSINO SÃO LUCAS CURSO DE ENFERMAGEM LUCIMAR APARECIDA LOPES GULARTE BARROS A IMPORTANCIA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NA IMPLANTAÇÃO DO MÉTODO CANGURU NA UTI NEONATAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA PORTO

Leia mais

PARTO HUMANIZADO E A SUA DESMISTIFICAÇÃO PERANTE A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

PARTO HUMANIZADO E A SUA DESMISTIFICAÇÃO PERANTE A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EDIÇÃO ESPECIAL I Fórum de Enfermagem: Assistência ao Parto Humanizado PARTO HUMANIZADO E A SUA DESMISTIFICAÇÃO PERANTE A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Aline Leandro da Silva (1), Silmara Carvalho Cordeiro

Leia mais

Revisão de literatura sobre cuidados com o recém-nato Clube Periódico do OBJN

Revisão de literatura sobre cuidados com o recém-nato Clube Periódico do OBJN ISSN: 1676-4285 Revisão de literatura sobre cuidados com o recém-nato Clube Periódico do OBJN Olívia Miranda Pacheco, Isabel C.F. da Cruz RESUMO A revisão de literatura sobre cuidados com o recém-nato

Leia mais

Diagnósticos de enfermagem em recém-nascidos internados em unidade de terapia intensiva neonatal: uma pesquisa bibliográfica

Diagnósticos de enfermagem em recém-nascidos internados em unidade de terapia intensiva neonatal: uma pesquisa bibliográfica 173 Diagnósticos de enfermagem em recém-nascidos internados em unidade de terapia intensiva neonatal: uma pesquisa bibliográfica NEWBORN NURSING DIAGNOSIS IN THE INTENSIVE CARE UNIT: A LITERATURE REVIEW

Leia mais

BRINQUEDO TERAPÊUTICO CAPACITADOR DE FUNÇÕES FISIOLÓGICAS Página 1 de 5

BRINQUEDO TERAPÊUTICO CAPACITADOR DE FUNÇÕES FISIOLÓGICAS Página 1 de 5 BRINQUEDO TERAPÊUTICO CAPACITADOR DE FUNÇÕES FISIOLÓGICAS Página 1 de 5 Emissão inicial Primeira revisão Segunda revisão Resumo de Revisões Data Dez/2006 Jan/2008 SUMÁRIO 1. OBJETIVO: Prepara a criança

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DENF - DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM Endereço: Campus Universitário, BR 101, S/N - Lagoa Nova, Natal/RN. CEP: 59.072-970. Fone/Fax: (84)

Leia mais

PREMATURIDADE E MATERNIDADE: POSSIBILIDADES

PREMATURIDADE E MATERNIDADE: POSSIBILIDADES 1 PREMATURIDADE E MATERNIDADE: POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÕES PSICOLÓGICAS NAS UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL MARIA CLÉA MATOS LOPES 1 ANDREZZA ROCHA VIANA 3 ROBERTA DE CARVALHO CÉSAR 4 GARDÊNIA

Leia mais

ISSN Humanização da assistência de enfermagem em... Sousa, P. C. C. et al. REVISÃO

ISSN Humanização da assistência de enfermagem em... Sousa, P. C. C. et al. REVISÃO REVISÃO Humanização da assistência de enfermagem em unidade de urgência e emergência Humanization nursing care unit in urgency and emergency Unidad de cuidados de enfermería en humanizacion urgencia y

Leia mais

A importância da manipulação mínima em recém nascidos prematuros na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

A importância da manipulação mínima em recém nascidos prematuros na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Editorial A importância da manipulação mínima em recém nascidos prematuros na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal The importance of minimal manipulation in preterm newborns in the Neonatal Intensive

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS 16 TÍTULO: CONSEQUÊNCIAS DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS AUTOR(ES):

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA FAMÍLIAR NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: UMA REVISÃO DE LITERATURA

IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA FAMÍLIAR NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: UMA REVISÃO DE LITERATURA IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA FAMÍLIAR NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: UMA REVISÃO DE LITERATURA IMPORTANCE OF FAMILY PRESENCE IN NEONATAL INTENSIVE CARE UNIT: A REVIEW OF LITERATURE IMPORTANCIA DE

Leia mais

Método Canguru: a visão do enfermeiro. Kangaroo Method: the nurseʼs vision. Introdução

Método Canguru: a visão do enfermeiro. Kangaroo Method: the nurseʼs vision. Introdução Rev Inst Ciênc Saúde 2008; 26(1):21-6 Método Canguru: a visão do enfermeiro Kangaroo Method: the nurseʼs vision Elizabeth Aparecida Meira* Luana Michele Ramos Leite* Maísa Rejane da Silva* Marielle Lugli

Leia mais

1 ; 2 ; 3 ; 4 ; 5.

1 ; 2 ; 3 ; 4 ; 5. A INSERÇÃO DA EQUIPE MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE NA ASSISTÊNCIA ESPECIALIZADA AO IDOSO EM UNIDADES DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR: UMA ANÁLISE A PARTIR DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PUBLICADOS EM ÂMBITO NACIONAL Zaqueu

Leia mais

USO DA TECNOLOGIA NA ASSISTÊNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA NACIONAL

USO DA TECNOLOGIA NA ASSISTÊNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA NACIONAL s de Revisão O USO DA TECNOLOGIA NA ASSISTÊNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA NACIONAL TECHNOLOGY S USE IN HEALTH CARE FOR CHILDREN: NATIONAL INTEGRATIVE LITERATURE REVIEW Marta

Leia mais

S-21. Ventilador Mecânico Pneumático. Sua respiração é a nossa inspiração.

S-21. Ventilador Mecânico Pneumático. Sua respiração é a nossa inspiração. S-21 Ventilador Mecânico Pneumático Sua respiração é a nossa inspiração. Confira agora informações especiais sobre o S-21, o ventilador para qualquer situação! S-2 2 Ventilação de Transporte Os pacientes

Leia mais

MECANISMO ADEQUADO PARA FIXAÇÃO DE DISPOSITIVOS INVASIVOS À PELE DO RECÉM-NASCIDO NA UTI NEONATAL: SUBTRAINDO RISCOS

MECANISMO ADEQUADO PARA FIXAÇÃO DE DISPOSITIVOS INVASIVOS À PELE DO RECÉM-NASCIDO NA UTI NEONATAL: SUBTRAINDO RISCOS MECANISMO ADEQUADO PARA FIXAÇÃO DE DISPOSITIVOS INVASIVOS À PELE DO RECÉM-NASCIDO NA UTI NEONATAL: SUBTRAINDO RISCOS Raiane Naiara de Oliveira Dantas (1); Tatiane Moura Araujo (2); Livia Karolline Morais

Leia mais

ESTRESSE DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI)

ESTRESSE DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) 33 ESTRESSE DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) CABRAL, João Victor Batista 1 NEVES, Simone Carvalho 2 OLIVEIRA, Fábio Henrique Portella Corrêa de 3 RESUMO A Unidade de

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 10 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM PEDIÁTRICA

Leia mais

ARTIGO DE PESQUISA. Letícia Lemes de Oliveira 1, Giane Elis de Carvalho Sanino 2. v.11, n.2, p São Paulo, dezembro de 2011

ARTIGO DE PESQUISA. Letícia Lemes de Oliveira 1, Giane Elis de Carvalho Sanino 2. v.11, n.2, p São Paulo, dezembro de 2011 75/ Rev. Soc. Bras. Enferm. Ped. v.11, n.2, p 75-83. São Paulo, dezembro de 2011 ARTIGO DE PESQUISA A HUMANIZAÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: CONCEPÇÃO, APLICABILIDADE

Leia mais

ANÁLISE DA CARGA DE TRABALHO E DISPONIBILIDADE DA EQUIPE DE ENFERMAGEM EM UNIDADE NEONATAL

ANÁLISE DA CARGA DE TRABALHO E DISPONIBILIDADE DA EQUIPE DE ENFERMAGEM EM UNIDADE NEONATAL ANÁLISE DA CARGA DE TRABALHO E DISPONIBILIDADE DA EQUIPE DE ENFERMAGEM EM UNIDADE NEONATAL Autores: Liliane Parussolo Nogueira Fernandes Ana Cristina Rossetti Eliete J. Bernardo dos Santos Introdução A

Leia mais

Marcos S. Lapa Médico Geriatra II SIMPÓSIO GESEN. Londrina, 15 de setembro 2012

Marcos S. Lapa Médico Geriatra II SIMPÓSIO GESEN. Londrina, 15 de setembro 2012 Marcos S. Lapa Médico Geriatra II SIMPÓSIO GESEN Londrina, 15 de setembro 2012 TRÊS MODALIDADE 1. CONSULTA DOMICILIAR: paciente prefere ser atendido no domicílio, não necessariamente apresenta alguma limitação

Leia mais

ENFERMAGEM EM AUDITORIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA NURSING IN AUDITING: AN INTEGRATIVE REVIEW

ENFERMAGEM EM AUDITORIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA NURSING IN AUDITING: AN INTEGRATIVE REVIEW ENFERMAGEM EM AUDITORIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA Daiane Tofoli Cortêz Enfermeira Especialista em Auditoria em Saúde pela Faculdade Ingá UNINGÁ; Coordenadora do Curso de Enfermagem da Universidade Paranaense

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Neonatologia Código: Fisio 223 Pré-requisito: Desenvolvimento Humano

Leia mais

HUMANIZAÇÃO DO REAL PARA O IDEAL NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

HUMANIZAÇÃO DO REAL PARA O IDEAL NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO DE LITERATURA HUMANIZAÇÃO DO REAL PARA O IDEAL NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO DE LITERATURA Francisco Junio do Nascimento 1, Sheron Maria Silva Santos 1, Jose Thiago Gois de Alencar 1, Ivanildo do Carmo

Leia mais

RESUMO DOS 120 ANOS DA EEAP ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA AVALIAÇÃO E NO ALÍVIO NÃO-FARMACOLÓGICO DA DOR NO RECÉM-NASCIDO

RESUMO DOS 120 ANOS DA EEAP ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA AVALIAÇÃO E NO ALÍVIO NÃO-FARMACOLÓGICO DA DOR NO RECÉM-NASCIDO 4 RESUMO DOS 120 ANOS DA EEAP ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA AVALIAÇÃO E NO ALÍVIO NÃO-FARMACOLÓGICO DA DOR NO RECÉM-NASCIDO Kelly Rosa Friaça 1, Daniele Castro Pereira 2, Monica Machado Wach Paiva 3, Debora

Leia mais

Principais Periódicos Área de avaliação Enfermagem. Qualis A1

Principais Periódicos Área de avaliação Enfermagem. Qualis A1 Principais Periódicos Área de avaliação Enfermagem Qualis A1 0161-9268 Advances in Nursing Science http://journals.lww.com/advancesinnursingscience/pages/default.aspx 0090-0036 American Journal of Public

Leia mais

ATUALIZA CURSOS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM UTI EM NEONATOLOGIA E PEDIATRIA

ATUALIZA CURSOS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM UTI EM NEONATOLOGIA E PEDIATRIA ATUALIZA CURSOS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM UTI EM NEONATOLOGIA E PEDIATRIA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A RECÉM-NASCIDOS COM HIPERBILIRRUBINEMIA: UMA CONTEXTUALIZAÇÃO DOS MÉTODOS ALTERNATIVOS JACIARA ALVES

Leia mais

A EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA E O APOIO ÀS NECESSIDADES BÁSICAS DA FAMILIA

A EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA E O APOIO ÀS NECESSIDADES BÁSICAS DA FAMILIA Pós-Graduação Saúde A EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA E O APOIO ÀS NECESSIDADES BÁSICAS DA FAMILIA Gláucio Jorge de Souza glauciojsouza@ig.com.br Ana Lúcia Santana Maria Belém

Leia mais

COMUNICAÇÃO TERAPÊUTICA ENTRE ENFERMEIROS E FAMILIARES IDOSOS DE PACIENTES EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

COMUNICAÇÃO TERAPÊUTICA ENTRE ENFERMEIROS E FAMILIARES IDOSOS DE PACIENTES EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA COMUNICAÇÃO TERAPÊUTICA ENTRE ENFERMEIROS E FAMILIARES IDOSOS DE PACIENTES EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA Laura Cristhiane Mendonça Rezende- UFPB lauracristhiane@hotmail.com Kátia Neyla de Freitas Macêdo

Leia mais

DOI: / v6i PESQUISA

DOI: / v6i PESQUISA PESQUISA Humanização no cuidado neonatal: a concepção da equipe de enfermagem Humanization of neonatal care: the conception of the nursing team Humanización de la atención neonatal: el diseño del equipo

Leia mais

Rotatividade de Pessoal

Rotatividade de Pessoal Rotatividade de Pessoal 4 3 2,2 2,2 2,2 % 2 1 1,28 1,47 1,79 Representa o movimento de entradas e saídas de empregados Regime de contratação CLT Taxa de Absenteísmo Geral 2,5 2 % 1,5 1,21 1,28 1,96,96,96,5

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL APLICADA À NEUROLOGIA

Leia mais

BRINQUEDOTECA HOSPITALAR: a vivência de acadêmicos de enfermagem na prática assistencial da criança hospitalizada

BRINQUEDOTECA HOSPITALAR: a vivência de acadêmicos de enfermagem na prática assistencial da criança hospitalizada BRINQUEDOTECA HOSPITALAR: a vivência de acadêmicos de enfermagem na prática assistencial da criança hospitalizada Camila AMTHAUER¹ Tamires Patrícia SOUZA² ¹ Enfermeira. Especialista em Saúde Pública. Mestranda

Leia mais

Casa de Gestante, Bebê e Puépera (CGBP) Florianópolis, novembro de 2013

Casa de Gestante, Bebê e Puépera (CGBP) Florianópolis, novembro de 2013 Casa de Gestante, Bebê e Puépera (CGBP) Florianópolis, novembro de 2013 CGBP O que é? A Casa da Gestante, Bebê e Puérpera é uma unidade de cuidado peri-hospitalar que acolhe, orienta, cuida e acompanha:

Leia mais

Humanização em unidade de terapia intensiva neonatal: Uma revisão

Humanização em unidade de terapia intensiva neonatal: Uma revisão Salus J Health Sci. 2016; 2(1): 79-86 DOI: https://dx.doi.org/10.5935/2447-7826.20160010 CARTA AO EDITOR Humanização em unidade de terapia intensiva neonatal: Uma revisão Aline da Silva Cosmo Rubia 1 ;

Leia mais

PSICOLOGIA HOSPITALAR EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA PARA ADULTOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

PSICOLOGIA HOSPITALAR EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA PARA ADULTOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA PSICOLOGIA HOSPITALAR EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA PARA ADULTOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Emilly Priscila Silva Costa Graduada pela Faculdade Maurício de Nassau Unidade Campina Grande PB Emmillypriscila@hotmail.com

Leia mais

Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial

Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial Profª. Drª. Zenith Rosa Silvino Coordenadora do MPEA - 2010/2014 O MPEA Aprovado pelo CUV em 12/03/2003 Reconhecido pela CAPES em dezembro/2003 (31003010055P3)

Leia mais

TÍTULO: A SEXUALIDADE DAS MULHERES QUE SE SUBMETERAM A HISTERECTOMIA E A IMPORTÂNCIA DA ENFERMAGEM NO SEU PROCESSO DE RECUPERAÇÃO

TÍTULO: A SEXUALIDADE DAS MULHERES QUE SE SUBMETERAM A HISTERECTOMIA E A IMPORTÂNCIA DA ENFERMAGEM NO SEU PROCESSO DE RECUPERAÇÃO Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: A SEXUALIDADE DAS MULHERES QUE SE SUBMETERAM A HISTERECTOMIA E A IMPORTÂNCIA DA ENFERMAGEM NO

Leia mais

PERCEPÇÕES RELATADAS PELO ENFERMEIRO NO MOMENTO DA ALTA DOS PACIENTES NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO.

PERCEPÇÕES RELATADAS PELO ENFERMEIRO NO MOMENTO DA ALTA DOS PACIENTES NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO. PERCEPÇÕES RELATADAS PELO ENFERMEIRO NO MOMENTO DA ALTA DOS PACIENTES NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO. Taiane Aparecida de Souza 1 ;Thabata Cristine F. Santana 2 ; Flávia Alves Ribeiro 3 ; Maria

Leia mais

RESUMO DOS 120 ANOS DA EEAP ACOLHIMENTO DE ENFERMAGEM AOS FAMILIARES E ÀS CRIANÇAS PORTADORAS DE FIBROSE CÍSTICA

RESUMO DOS 120 ANOS DA EEAP ACOLHIMENTO DE ENFERMAGEM AOS FAMILIARES E ÀS CRIANÇAS PORTADORAS DE FIBROSE CÍSTICA RESUMO DOS 120 ANOS DA EEAP ACOLHIMENTO DE ENFERMAGEM AOS FAMILIARES E ÀS CRIANÇAS PORTADORAS DE FIBROSE CÍSTICA Cristina Figueira Pereira 1, Elisângela Samary Pimentel Rodrigues 2, Tatiana Pires Pinto

Leia mais

Percepção da equipe de enfermagem sobre a realização da posição canguru em uma unidade de terapia intensiva neonatal

Percepção da equipe de enfermagem sobre a realização da posição canguru em uma unidade de terapia intensiva neonatal Percepção da equipe de enfermagem sobre a realização da posição canguru em uma unidade de terapia intensiva neonatal Perception of Nursing Team About the Realization of Kangaroo care in a Neonatal Intensive

Leia mais

APLICAÇÃO DE TEORIAS DE ENFERMAGEM EM ESTUDOS SOBRE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

APLICAÇÃO DE TEORIAS DE ENFERMAGEM EM ESTUDOS SOBRE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA APLICAÇÃO DE TEORIAS DE ENFERMAGEM EM ESTUDOS SOBRE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA Michelinne Oliveira Machado Dutra(1); Eurípedes Gil de França(1); Lara Caline Santos Lira(2); Michelly

Leia mais

ACOLHIMENTO NA UNIDADE NEONATAL: PERCEPÇÃO DA

ACOLHIMENTO NA UNIDADE NEONATAL: PERCEPÇÃO DA Artigo de Pesquisa Costa R, Klock P, Locks MOH ACOLHIMENTO NA UNIDADE NEONATAL: PERCEPÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM EMBRACEMENT AT NEONATAL UNIT: PERCEPTION OF THE NURSING TEAM ACOGIMIENTO EN LA UNIDAD NEONATAL:

Leia mais