InDesign CS2. Instrutor: Alexandre Keese

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "InDesign CS2. Instrutor: Alexandre Keese"

Transcrição

1 InDesign CS2 Instrutor: Alexandre Keese

2 Adobe InDesign CS2 Esta versão do InDesign traz novas tecnologias, comandos e funcionalidades, destacando-se como uma ferramenta extremamente profissional para o mercado gráfico. Outro ponto forte está na sua facilidade de uso e total compatibilidade às necessidades de designers que procuram por um aplicativo onde o controle sobre o layout e a tipografia são precisos, ou mesmo um desktop publisher que procura por precisão e um padrão consistente de qualidade para seus trabalhos. Um fator que também pesa muito a favor do novo InDesign CS2 está no fato deste aplicativo ser da família Adobe e, dessa forma, permitir uma integração total com outros produtos da empresa, como Photoshop, Illustrator, Bridge, Go Live, etc. Arquitetura É possível customizar o InDesign para atender a todas suas necessidades; através de sua arquitetura, pode-se optar por utilizar plug-ins fornecidos pela Adobe ou mesmo de outros fornecedores e tornar o aplicativo uma ferramenta personalizada e poderosa. Para alterar qualquer funcionalidade, basta localizar o aplicativo em sua máquina e abrir a pasta Plug-ins, dentro da qual você vai encontrar uma série e arquivos que podem ser excluídos ou adicionados. Uma vez alterado o conjunto de plug-ins, as funções carregadas pelo aplicativo são diferentes permitindo total personalização por parte dos usuários. Configuração de Plug-ins Outra novidade esta no comando Configure Plugins, que permite a personalização via aplicativo das itens que serão inicializados a partir de set definidos por cada usuário ou para cada forma de utilização. Perfil Profissional É possível produzir arquivos para saída de alta resolução com qualidade total e grande produtividade. O InDesign suporta saídas em formatos de arquivos como PDF e HTML. Suporte online Clicando no ícone do aplicativo da caixa de ferramentas, é possível abrir a tela que dá acesso ao suporte On-line, conforme abaixo; é umas das formas de manter o aplicativo sempre atualizado e acessar diversas dicas. Proibida reprodução sem autorização do Autor

3 Toolbox Todas as ferramentas do InDesign possuem uma tecla de atalho similares a de outros aplicativos Adobe, permitindo ao usuário maior facilidade de aprendizagem e velocidade de produção. Quando no desenho da ferramenta existir um pequeno triângulo (indicado na apostila com o *), indica que a mesma possui um submenu que pode ser acessado usando a tecla Shift + Tecla de atalho listada. Dica para produtividade Durante seu trabalho do dia-a-dia, procure sempre memorizar uma tecla de atalho, comece com a operação mais utilizada e vá seguindo em frente. Após algum, tempo você vai notar que as teclas de atalho passam a fazer parte do seu processo diário de trabalho, gerando um aumento significativo de produtividade. Adobe On-Line (Click) Selection Tool (V) Pen Tool (P)* Pencil Tool (N)* Rectangle Frame Tool (F) Rotate Tool (R) Shear Tool (O) Eyedropper Tool (I) Button Tool (B) Hand Tool (H) Default Fill and Stroke (D) Apply Color (,) Apply Gradient (.) (A) Direct Selection Tool (T)* Type Tool (\) Line Tool (M) Rectangle Tool (S) Scale Tool (E) Free Transform Tool (G) Gradient Tool (C) Scissors Tool (Z) Zoom Tool (Shift + X) Troca Swap Fill abd Stroke Aplicação em caixa ou texto (/) Apply None (W) Preview Mode Proibida reprodução sem autorização do Autor

4 Customizando as teclas de atalho (shortcut) Guias, réguas e grids Em adição às guias de margens e colunas definidas em cada página, é possível criar guias e grids em qualquer lugar da página para um alinhamento de objetos mais preciso. As guias e os grid podem ser visíveis ou não em tela, mas nunca serão visíveis na impressão ou quando o arquivo for exportado. É possível utilizar quase todas as ferramentas e comandos sem a recorrer ao mouse ou mesmo de ao acesso via menu. O InDesign fornece uma grande quantidade de atalhos que permitem ao usuário navegar e executar comandos com shortcuts ou teclas de atalho, e você pode escolher entre diversos settings como o default (original do aplicativo), pode optar ainda pelo do Quark 4, já incluso no aplicativo, ou editar seu próprio set de atalhos e compartilhá-lo com outros usuários que trabalhem sobre a mesma plataforma. O InDesign permite que você use o editor do shortcut para criar seu próprio set ou mesmo determinar qual será usado. Para isso, vá ao menu Edit > Keyboard Shortcut e escolha um set do menu Set ou clique em Create New Set para editar e criar um personalizado. É possível também gerar um arquivo de texto com todos os atalhos e usá-lo como um guia de referência pelo comando Show Set. Para criar uma guia basta clicar na régua e arrastar o mouse até o ponto desejado, seja na horizontal ou na vertical; a guia ainda pode estar relacionada a uma página-mestra ou mesmo a um layer. Para escondê-la, vá ao menu View > Show > Hide Guides. Já o grid está colocado automaticamente dentro do documento para auxiliar no posicionamento de caixas de textos, objetos etc. Ambos podem ser configurados de acordo com o arquivo e, para isso, basta ir ao menu Preferences > Grids. Undo e redo ilimitados O usuário pode testar à vontade os recursos do InDesign, pois a possibilidade de undo e redo ilimitados não existe problema de se arrepender depois; tudo pode voltar a ser como era antes. O aplicativo suporta aproximadamente 300 níveis de undo / redo, dependendo da quantidade de memória RAM disponível. Esse recurso torna a criação muito mais livre e simples, mas, como tudo, tem uma relação de custo x benefício, pois quanto mais exigir da máquina, mais memória será necessária para processar as informações. Proibida reprodução sem autorização do Autor

5 Trabalhando com layers Cada documento inclui, pelo menos, um layer; este tem um conceito muito simples de camadas e, conforme sua posição, vão se sobrepondo. Na paleta de Layer, (Menu Window > Show / Hide Layers) pode-se controlar a seqüência ou transportar os elementos de um layer para outro. Utilizando os layers de forma adequada, é possível ainda criar e determinar elementos com rapidez e precisão. Trabalhando com layers específicos, ou seja, um dedicado para imagens, outros para textos, o usuário pode ganhar muita performance, uma vez que, quando se aplicam textos às páginas e colunas, estes percorrem a imagem mesmo que seu layer não esteja sendo visualizado. Sendo assim, o aplicativo não vai reconstruir as imagens, aumentando assim muito a produtividade. Através da paleta de layers, é possível também determinar aqueles que serão impressos apenas deixando-os visíveis. Imagine, ainda, um layer contendo elementos com formas irregulares, ou mesmo diferentes daquela usadas como guias, réguas ou grids; é isso mesmo, qualquer elemento, com qualquer forma, pode ser transformado em uma guia e auxiliar na construção de seu layout! Vá ao menu Layout > Layout Adjustment, especifique as opções de acordo com os elementos que devem ser modificados e determine a nova medida. Navegando melhor & múltiplas visualizações Um recurso muito importante é a paleta Navigator, que permite a visualização e navagação através do documento de forma rápida, levando o usuário a qualquer página e facilitando a localização de itens na mesma, já que nela podemos ver todas as páginas em Thumbnails / Miniaturas. Layout adjustment Caso seja necessário atribuir nova medida ao documento, todas as coordenadas de guias, réguas e grids, bem como as caixas de texto, irão ocupar um pouco de seu tempo para serem novamente ajustadas ao tamanho correto. Pensando nisso, a Adobe desenvolveu um comando chamado Layout Adjustment, que faz com que todas as informações citadas acima sejam ajustadas automaticamente ao documento quando este receber novas medidas de tamanho, orientação ou mesmo orientação das guias e colunas. Existe ainda a opção para que a visualização seja configurada para Spread (todas as páginas aparecem em tela como se fossem páginas contínuas, muito útil para verificação da diagramação de grandes arquivos como livros, revistas, folders etc.). Outro comando muito útil está no menu Window > New window, onde se pode criar uma nova janela para o mesmo Proibida reprodução sem autorização do Autor

6 arquivo; com isso, pode-se fazer uma alteração delicada e precisa em um ou mais elementos e ver como a mesma está se encaixando no layout final, visto com outra ampliação. Kerning óptico e métrico / Tracking Certamente esta é umas das novidades mais interessantes do aplicativo e que pode ser classificada como uma das grandes revoluções da indústria gráfica. O Kerning é o processo de adição ou subtração de espaço entre um par específico de letras; já o Tracking é o processo pelo qual uma quantidade proporcional de espaço é colocado entre diversas letras. para combinações pré-determinadas, como por exemplo: LA,P.,To, Tr, Ta, Te, Tu, Ty, Wa, WA, We, Wo, etc. O InDesign utiliza o Kerning Métrico automaticamente para os textos inseridos ou importados, ajustando o espaçamento entre os pares de letras. Quase todas as fontes contêm espaços de kerning inseridos em seus arquivos, mas existem casos onde essa informação é insuficiente ou mesmo não existe. Nesses casos, o melhor recurso é a utilização do Kerning óptico, que irá ajustar o espaço entre os caracteres baseado em sua aparência, fazendo com que o texto seja ajustado automaticamente. Isso faz com que o controle de espaço entre letras seja preciso, eliminando necessidade de fazê-lo manualmente. Usando essa nova opção, pode-se ainda analisar diversas linhas e notar que o aplicativo é capaz de economizar até 20% de texto em uma página de jornal, por exemplo. Já o Kerning Manual permite ao usuário colocar o espaçamento desejado entre cada par de letras. Por sua vez, o Tracking pode ser configurado selecionando mais de duas letras ou mesmo uma linha, parágrafo ou o texto todo; para esse caso, não serão seguidos os critérios descritos anteriormente. É possível controlar o kerning através de dois métodos diferentes, o automático e o óptico. O Kerning óptico utiliza parâmetros de espaçamento contidos em quase todas as fontes para determinar o espaço entre duas letras ou Clipping path Este termo é usado normalmente na área de desktop publishing para descrever uma máscara aplicada em uma imagem, esta geralmente desenvolvida no aplicativo de t rat a mento de imagens como Photoshop e salva no arquivo. No InDesign, o clipping path é usado como uma moldura que pode ser importada com a imagem, criada dentro do aplicativo e até mesmo editada. Proibida reprodução sem autorização do Autor

7 Basicamente, são 3 as maneiras de trabalhar com clipping path no IND: Importar as imagens que contenham o clipping path previamente salvas em outros aplicativos como o Photoshop; Usar o comando de Clipping Path para gerar um para as imagens que ainda não tenham; Usar a ferramenta de caneta (Pen) para criar um clipping path para as imagens e em seguida colar a imagens dentro desta forma através do comando Paste Into do menu Edit; A forma do clipping path pode ser usada também como uma máscara para a aplicação de verniz ou mesmo editada para gerar uma nova forma. Compound path e máscara É possível combinar vários path s em um único objeto chamado Compound Path e usá-los para: Adicionar buracos (áreas) de transparência em um path; Preservar o espaço de letras como o e e quando as mesmas forem convertidas para outline através do comando Create Outlines; Aplicar um gradient ou mesma um conteúdo em múltiplos objetos (path) permitindo um controle mais preciso quando utilizando as opções do gradient. Para criar um Compound Path, basta selecionar os Path e ir ao menu Object/Compound Path/Make. Paste into Comando muito importante localizado no menu Edit/Paste Into, seu objetivo é colar um objeto dentro de um Path. Desta maneira, podemos trabalhar com esta ferramenta para criar máscaras e também Copound Path s. Importanto e editando EPS Os elemento vetoriais mais nomalmente salvos no formato EPS podem ser importados para o arquivo através do comando Place do menu File. Agora a grande novidade está em poder utilizar o Copy no aplicativo de origem (Illustrator ou Freehand) e colar com o comando Paste no InDesign, ou também fazer Drag and Drop, que em português conhecemos como o famoso procedimento de arrastar o objeto a partir do aplicativo de desenho e jogar o mesmo para dentro do InDesign. Vale lembra que uma vez usado o procedimento de Drag and Drop ou Copy e Paste, a imagem fica encorporada no arquivo dificultando sua edição futura. Escalonando texto e gráficos O escalonamento dos elementos no InDesign pode ser feito de duas maneiras diferentes; uma pela ferramenta de escalonamento mostrada ao lado (Scale Tool - S) e outra de forma é através da barra de controle onde existe um controle de porcentagem da palette Transform como mostra a próxima imagem. Quando se trabalhar com imagens e Clipping Path, o processo de escala pode ser aplicado em cada uma delas independetemente. Gradient para preenchimentos Uma grande novidade para aplicativos de layout de páginas é a possibilidade de se aplicar gradientes em preenchimentos e linhas. Isso é feito de maneira muito simples, e para os usuários de aplicativos. Adobe não existe nenhuma dificuldade, pois segue a mesma maneira de aplicativos como o Illustrator. Os textos também podem receber um gradient sem perder a possibilidade de edição, e ainda assim serem editados de forma diferente para cada parte ou forma quanto a cor, angulação, opacidade, etc. Proibida reprodução sem autorização do Autor

8 Outro recurso muito interessante é a possibilidade de gradient nas linhas, seja de um texto ou de qualquer elemento vetorial. Cores Alinhando elementos Existe um palette para o alinhamento de elementos muito simples de ser utilizado. Basta selecionar os itens e clicar no alinhamento ou distribuição desejada. Para acionar a tabela, vá ao menu Window/ Align. do estilo A para o B respectivamente. Fazendo isso se estará utilizando o mesmo conceito de parent explicado anteriormente para páginas mestras. Principalmente a edição dos elementos se torna muito simples se feita a partir deste procedimento. Criando Tabelas 2 Outro fator decisivo para o usuário do InDesign está na utilização de tabalas de forma automática, pois com um novo controle apurado é possível qualquer designer possa desenvolver de forma simples qualquer tabela por mais complexa que sua aparência possa ser de início. Preto com overprint Tradicionalmente, a maioria das impressões comerciais utilizam o processo de overprint no preto; isso faz com que a tinta que estiver por baixo do preto seja mantida e a impressão tenha mais qualidade, uma vez que não é necessário se preocupar com um registro perfeito. Criando tabelas 1 O processo para a criação de uma boa tabela está totalmente inserido no controle de parágrafo aliado à possibilidade de criar estilos. No primeiro estilo, deve-se colocar todas as características como posicionamento de réguas, cores, tabulações, formatação de textos, etc. E em seguida basta criar um novo estilo baseado no estilo anterior e informar que no próximo parágrafo o estilo deve voltar para o anterior e assim ir trocando Overprint fill e stroke É o processo pelo qual se pode dar novas indicações de trapping para elementos criados no seu arquivo de InDesign. Isso é feito através do palette de Atributes. Não é possível visualizar em tela o resultado. O processo de overprint Proibida reprodução sem autorização do Autor

9 é compatível com quase todos os dispositivos que usam Postcript nível 2 e 3. Podemos aplicar este processo na linha ou no preechimento independentemente, mas é muito importante ter conhecimento de como será a impressão para determinar o procedimento correto. Estilos de linha É possível aplicar diferentes estilos para linhas e preenchimentos, basta para tanto escolher o palette de stroke que fica no menu Window, na parte lateral clicar e selecionar Show Option. Agora basta colocar a criatividade para funcionar e começar a criar diversos estilos para o design do seu layout. Corner Effect Quando trabalhando com caixas, é possível editar suas laterais com este comando. Vá ao menu Object/Cornet Effect e escolha entre as diversas opções encontradas. Library É uma biblioteca que pode ser aberta para auxiliar na produtividade. Esta pode ser usada para diversos arquivos e nela é possível colocar todos os elementos que são usados normalmente. Para colocar ou utilizar um elemento da biblioteca basta usar o recurso de Drag and Drop. Criando path dos textos (Create Outlines) No menu Type existe o comando Create Outlines para a conversão de objetos (textos) em elementos vetoriais, bastando selecionar o texto desejado e executar o comando. Preflight e package Muito simples e extremamente útil, serve para verificar o arquivo antes de mandá-lo para seu birô de serviço, pois através deste comando podemos gerenciar as cores (RGB, CMYK, LAB), os links acima citados, as fontes que estão sendo utilizadas, possíveis erros... em resumo, podemos ter o controle total do arquivo para garantir que o mesmo não de problema. Com a função Package é possível juntar todo os arquivos que compõem seu trabalho (fontes, imagens, vetores...) em um único local e ainda adicionar um relatório que será encaminhado para o birô. Não tem como errar ou mesmo esquecer qualquer link se você utilizar este comando, é um tiro certo!!! Gerando PDF direto Com o IND é possível exportar arquivos PDF direto com a mesma compatibilidade do Acrobat. Os arquivos PDF são em versão 1.4. Gerenciamento de links Através do palette de Links é possível gerenciar todas as informações que estão vinculadas ao documento. Abrindo arquivos do PageMaker Basta pedir o comando Open do menu File e seu arquivo será aberto sem nenhuma dificuldade e mantendo toda a integridade de estilos, páginas mestras, cores... Proibida reprodução sem autorização do Autor

10 Abrindo arquivos do QuarkXPress Basta pedir o comando Open do menu File e seu arquivo será aberto sem nenhuma dificuldade e mantendo quase toda a integridade de estilos, páginas mestras, cores, etc. Caso algum elemento não possa ser convertido, uma tela com um relatório é apresentada. Trabalhando com palettes Conhecer algumas técnicas para trocar e aplicar settings pode ajudar muito a ter velocidade quando trabalhando com o IND. Usando teclas especiais conhecidas por atalhos ou shortcut s é possível acessar determinadas palettes acessar suas opções e até mesmo mudar suas opções. canal alfa; caso contrário, é necessário usar o Photoshop para excluir o fundo ou criar e salvar um ou mais canais alfa com a imagem. Para gerar o limite de texto em contorno a partir de um caminho salvo com a imagem, escolha Caminho do Photoshop e, em seguida, no menu Caminho na paleta Texto em contorno, escolha o caminho que deseja usar. Se a opção Caminho do Photoshop não estiver disponível, nenhum canal alfa foi salvo com a imagem. 5 Para permitir que o texto apareça dentro de furos em um gráfico importado, como uma foto de um pneu, selecione Incluir bordas internas na paleta Texto em contorno. Utilizando os menus automáticos Clicando o Control (Mac) botão direito (PC) é possivel abrir um menu que sempre estar relacionado com a ferramenta selecionado, e no caso da master abrir opções para paginação autom tica ou outros caractéres especiais. Autosave Quando o usuário estiver trabalhando com o IND e por algum motivo o aplicativo fechar por bug é feito um autosave no arquivo para que os dados não sejam perdidos. Ao restartar o aplicativo o arquivo o usuário vai perceber que o mesmo está no ponto em que o aplitivo parou. Trabalho com texto em contorno automático e aperfeiçoado em torno de gráficos importados Para gerar o limite de texto em contorno usando a detecção automática de borda do InDesign, escolha Detectar bordas. Para gerar o limite de texto em contorno a partir de um canal alfa salvo com a imagem, escolha Canal alfa e, em seguida, no menu Canal alfa, da paleta Texto em contorno, escolha o canal que deseja usar. Se a opção Canal alfa não estiver disponível, nenhum canal alfa foi salvo com a imagem. O InDesign reconhece automaticamente a transparência padrão do Photoshop (o padrão xadrez) como um Transparência e Blend Modes A partir da versão 2, o InDesign permite a utilização de transparências e Blend Modes da mesma forma que o Photoshop, aumentando ainda mais a criatividade do usuário ao desenvolver um layout. Drop Shadow Este recurso do menu Object permite a aplicação de sombras em objetos diretamente na interface do aplicativo. Arquivos PSD O InDesign é totalmente compatível com os arquivos no formato PSD, isso que dizer que as transparências, blend modes e todas as informações de suavidade são lidas a encorporadas no layout, permitindo um grande ganho de produtividade e facilitando os procedimentos de edição. Proibida reprodução sem autorização do Autor 10

11 Páginas-mestras Uma página-mestra trabalha como um molde e pode ser aplicada rapidamente em uma ou mais páginas de seu arquivo. Para exibir a paleta Pages, basta ir ao menu Window > Show / Hide Pages (F12); nesta, existe uma divisão onde a parte de cima mostra as páginas-mestras e, na parte de baixo, encontram-se as páginas do seu arquivo. Clicando no menu lateral dessa paleta, pode-se adicionar mais páginasao seu documento ou mesmo inserir mais páginas mestras em seu arquivo, determinando atributos de estilo etc. com a ferramenta selecionada e, no caso da master, abrirá opções para paginação automática entre outros. Existe aqui um conceito muito interessante chamado parent, com o qual se pode criar uma master a partir de outra; é muito útil quando se trabalha páginas que possuem pequenas diferenças entre si. Aplicando o estilo mestre as págnas A qualquer momento, é possível mudar o estilo de uma página simplesmente arrastando a master para cima da página desejada. Outro forma se dá selecionando as páginas que devem ser alteradas e em seguida escolhendo a opção Apply Master to Pages do menu lateral da paleta Pages, uma caixa de diálogo é aberta e nela podemos definir o estilo que será aplicado. Além disso, você pode trabalhar com mais de um modelo de página mestra em um mesmo documento, facilitando bastante o trabalho de editoriais. Outro processo rápido para a criação de páginas é clicar no ícone de nova página na parte inferior da paleta ou adicionar o Option (Mac) / Alt (PC) para inserir uma nova master. Identificando suas páginas Para identificar qual o estilo da página, basta reparar que cada master possui uma letra para identificação que é aplicada na página do documento para identificar sua correspondente. Os elementos da master não são selecionáveis dentro da página normal de seu arquivo a menos que, ao tentar selecioná-lo, esteja pressionando Command (Mac) / Ctrl (PC). Clicando o mouse com o Control (Mac) / botão direito (PC) é possível abrir um menu que sempre estará relacionado Visualização personalizada Você pode determinar como será a visualização da paleta Pages no InDesign, desta forma costume dizer que o aplicativo acaba se moldando à sua maneira de trabalho, o que vai refletir em um fluxo mais direto e um trabalho mais prazeroso. Para tanto, basta entrar no menu lateral da paleta Pages e escolher a opção Palette Options, na caixa de diálogo aberta, você pode escolher entre páginas mes- Proibida reprodução sem autorização do Autor 11

12 tras no topo, em baixo, visualizadas de forma pequena, media, grande ou mesmo com sequência horizontal ou vertical. Entendendo uma página mestra Agora que você já conhece o que é e como funciona, vamos entender como criar uma página mestra no InDesign. O primeiro passo esta na criação de um novo documento, pois neste momento você pode escolher entre um documento simples ou um documento espelhado. Um exemplo de cada tipo de documento é: Página simples normamente é usada para montagem de um anúncio de revista, folder, postal... Páginas espelhadas são usadas em revistas, onde é necessário determinar página pares e ímpares, margens internas e externas... Em seguida, abra a paleta Pages pelo menu Window > Show / Hide Pages (F12); duplo clique no ícone da página mestra pela paleta Pages, ele normalmente fica na parte superior da paleta. Na dúvida, você pode verificar na lateral esquerda inferior do quadro da página para identificar qual a página ativa no momento, por ela também é possível navegar entre as páginas de forma rápida utilizando os ícones de seta que aparecem ao lado dos números ou mesmo digitando o número da página desejado. Por default o InDesign sempre abre um documento com duas masters, uma delas vem com o nome None que define um página limpa, sem nenhuma definição e outra A-Master que corresponde a uma página pré definida. Todo documento também é aberto com pelo menos uma página que vem com o estilo A-Master aplicado. Adicionando mais páginas mestras Para adicionar mais páginas mestras ao seu documento, basta entrar no menu lateral da paleta Pages e escolher a opção New Master, na caixa de diálogo aberta, determine um prefixo para identificar sua página e um nome correspondente. O InDesign apresenta um conceito muito interessante chamado Parent, onde uma página mestra pode ser baseada em outra, muito utilizado quando apenas um ou outro elemento se difere. Proibida reprodução sem autorização do Autor 12

13 Em resumo podemos dizer que é possível criar uma página mestra a partir de outra, e qualquer alteração feita na página principal é automaticamente atualizada em todas as páginas relacionadas presentes no documento, mestras ou não. Numeração de páginas É possível adicionar uma automação para numeração de páginas, que determina um local e uma forma previamente configurada onde o número correspondente vai aparecer nas páginas de seu documento. Como o marcador de numeração de páginas faz atualizações automáticas, o número de página que ele exibe é sempre correto, ainda que você adicione, remova ou reorganize páginas no documento. Um documento simples do InDesign pode conter até páginas, mas os números de páginas podem ser maiores que (por exemplo, você pode numerar de forma correta um documento de 50 páginas que se inicia na página 4.597). Por padrão, a primeira página é uma página de frente (lado direito), com o número 1. As páginas com números ímpares sempre serão exibidas do lado direito; se o comando Numbering ans Section Options / Opções da seção alterar a numeração da primeira página para um número par, ela se tornará uma página de verso (lado esquerdo). páginas baseadas em uma página-mestre, clique duas vezes na página-mestre desejada, na paleta Pages. Se desejar que ele apareça somente em uma página específica, clique duas vezes em uma página, na metade superior da paleta Pages. Na página-mestre ou na página, posicione a ferramenta Type no local em que deseja que o número seja adicionado; em seguida, arraste para criar um novo quadro de texto, grande o suficiente para acomodar a informação mais longa do número de página e qualquer texto que deseje exibir próximo ao número (por exemplo, marcador de seção ou nome do documento). Digite o texto que deseja exibir junto com o número de página, como por exemplo, o nome do documento. Escolha menu Type > Insert Special Character > Auto Page Number. Se a numeração automática de página estiver em uma página-mestre, o número exibirá o prefixo da página-mestre. Em uma página de documento, o número automático de página exibe o número da página. Na área de trabalho, o número exibe PB - PasteBoard. O comando Auto Page Number / Numeração automática de página também está disponível no menu contextual, sob o comando Insert Special Character. Para ver o menu contextual, posicione o ponto de inserção de texto no quadro de texto da numeração de página e clique com o botão direito do mouse (Windows) ou pressione a tecla Control e clique (Mac OS). Adicionando automaticamente um número de página Escolha uma das seguintes opções para especificar o local em que o marcador de numeração de páginas será exibido: Se desejar que o número de página apareça em todas as Alteração de numeração e opções da seção É possível dividir o conteúdo em seções numeradas de forma diferente. Por exemplo, as dez primeiras páginas de um livro (a introdução) podem ser numeradas usando numerais romanos e o restante do livro pode ser numerado com numerais arábicos, começando na décima-primeira página, que, neste exemplo, será a página 1. Para obter vários tipos de numeração de páginas, você pode confi- Proibida reprodução sem autorização do Autor 13

14 gurar nomes de seções em cada documento ou em vários documentos de um livro. Por padrão, os números de páginas em um livro são numerados de forma consecutiva. Usando Numbering ans Section Options / Opções de seção e numeração, é possível reiniciar a numeração em uma página específica, alterar o estilo da numeração e adicionar prefixos e texto de marcador de seção aos números. Trabalhando com layers Cada documento inclui, pelo menos, um layer; este tem um conceito muito simples de camadas e, conforme sua posição, vão se sobrepondo. Na paleta de Layer, (Menu Window > Show / Hide Layers) pode-se controlar a seqüência ou transportar os elementos de um layer para outro. Utilizando os layers de forma adequada, é possível ainda criar e determinar elementos com rapidez e precisão. Trabalhando com layers específicos, ou seja, um dedicado para imagens, outros para textos, o usuário pode ganhar muita performance, uma vez que, quando se aplicam textos às páginas e colunas, estes percorrem a imagem mesmo que seu layer não esteja sendo visualizado. Sendo assim, o aplicativo não vai reconstruir as imagens, aumentando assim muito a produtividade. Através da paleta de layers, é possível também determinar aqueles que serão impressos apenas deixando-os visíveis. Imagine, ainda, um layer contendo elementos com formas irregulares, ou mesmo diferentes daquela usadas como guias, réguas ou grids; é isso mesmo, qualquer elemento, com qualquer forma, pode ser transformado em uma guia e auxiliar na construção de seu layout! Criação de páginas espelhadas múltiplas Se desejar que o leitor veja mais de duas páginas ao mesmo tempo, é possível criar páginas dobráveis, criando uma página espelhada múltipla e adicionando páginas a ela. Uma página espelhada múltipla é como uma ilha no documento; as páginas originais na página espelhada não serão afetadas quando você adicionar páginas antes ou depois da página espelhada, em qualquer lado da lombada de encadernação. A lombada de encadernação indica como as páginas serão encadernadas ou dobradas no trabalho final. O Guia de referência rápida, incluído no InDesign, é um exemplo de documento em que o leitor vê três páginas ao mesmo tempo; você pode organizar as páginas dessa forma criando duas páginas espelhadas e adicionando uma página a cada uma delas. É possível limpar uma página espelhada múltipla, o que redistribui as páginas dessa página espelhada de forma que correspondam à configuração Páginas duplas, na caixa de diálogo Arquivo > Configurar documento. Uma página espelhada múltipla pode ser identificada, na paleta Páginas, pelos colchetes exibidos ao redor dos números de página. A. Página espelhada única B. Página espelhada quádrupla, identificada pelos colchetes ao redor dos números de páginas C. Página espelhada dupla inteiramente selecionada Nos idiomas europeus, a página com número ímpar é sempre a página da direita (frente) e a página com número par é a página da esquerda (verso). Portanto, geralmente a primeira página com número ímpar de um documento (ou de uma seção, dependendo da numeração das páginas) aparece sozinha. Estas páginas não são consideradas partes de páginas espelhadas, porque simplesmente seguem as convenções de numeração de páginas. Para criar uma página espelhada múltipla: Selecione uma página espelhada na paleta Páginas e, em seguida, escolha Manter páginas espelhadas juntas, no menu da paleta Pages. Proibida reprodução sem autorização do Autor 14

15 Usando estilos no InDesign Um estilo de caractere é uma coleção de atributos de formatação de caracteres que podem ser aplicados a um intervalo de texto selecionado. Um estilo de parágrafo inclui atributos de formatação de caracteres e de parágrafos, e pode ser aplicado a um parágrafo selecionado ou a um intervalo de parágrafos. Já um estilo de objeto é um conjunto de atributos que podem ser aplicados a objeto. Os estilos podem economizar tempo durante a aplicação e revisão de formatação de texto, e dão aos documentos uma aparência uniforme. Quando você altera a formatação de um estilo, todo o texto ao qual o estilo foi aplicado será atualizado com o novo formato. Já o estilo de objeto, que foi inserido pela primeira vez no InDesign CS2 permite a alterações de todos os atributos determinados a um conjunto de objetos, e isso torna o processo de produção mais simples. Usando as paletas de estilos Os estilos de parágrafo ou Paragraph Styles, os estilos de caractere ou Character Style e os estilos de obejtos ou Object Styles são encontrados em paletas separadas. Estas paletas, porém, são praticamente idênticas na aparência. Quando você seleciona texto ou clica em um ponto de inserção, o estilo aplicado a esse texto (se houver) será destacado na paleta Styles. Se você selecionar um intervalo de texto que inclui mais de um estilo, nenhum deles será destacado na paleta Estilos. Exibindo as paletas Você pode acessar as paletas a qualquer pelo momento usando o caminho abaixo: Escolha Tipo > Estilos de parágrafo ou, Escolha Type > Paragraph Styles Escolha Tipo > Estilos de caractere. Escolha Type > Character Styles Escolha Janela > Estilos de objetos. Escolha Window > Object Styles Proibida reprodução sem autorização do Autor 15

16 Criação de estilos Se os estilos desejados já existirem em outro documento do InDesign, você poderá importá-los para serem usados no documento atual. Também é possível importar estilos de aplicativos de processamento de texto como Word. Para definir um novo estilo: Eu normalmente começo a criação de um novo estilo a partir de um box de texto, ou seja, começo criando uma caixa de texto e testando todas as opções disponíveis até chegar a um resultado interessante. A partir do texto pronto, selecione um pedaço do mesmo com a ferramenta de texto e clico no ícone New Style ou Novo Estilo da paleta Paragraph Styles. Automaticamente um novo estilo será adicionado na paleta Paragraph Styles, para alterar o estilo, clique duas vezes no nome do novo estilo na paleta e uma caixa de diálog é aberta com algumas opções, entre elas: Name - digite um nome para o novo estilo. Shortcut - Para adicionar uma tecla de atalho, verifique se Num Lock está ativado no Windows. A seguir, mantenha pressionada qualquer combinação de Shift e Ctrl (Windows) ou Option, Shift e Command (Mac OS), e pressione um número no teclado numérico. Não é possível usar letras nem números do teclado não-numérico para definir atalhos para estilos. No lado esquerdo da caixa de diálogo, selecione o grupo de atributos que deseja modificar. Especifique os atributos de formatação desejados para o novo estilo. Clique em OK O nome do estilo aparece na paleta. Todas as alterações feitas nas opções de formatação serão aplicadas ao texto selecionado. Uma outra forma pode ser acessando o menu lateral da paleta e escolhendo a opção New Style. Aplicação de estilos Aplicar um estilo de caractere, de parágrafo ou objeto é similar a aplicar um atributo de caractere ou de parágrafo ou mesmo definir algo para um objeto. Trabalhando com textos Se você tiver texto selecionado, os atributos de formatação afetarão somente a seleção ou o parágrafo selecionado. Caso contrário, o próximo caractere digitado aparecerá com os atributos de formatação. Por padrão, aplicar um estilo não removerá qualquer formatação existente de caractere e parágrafo ou os estilos de caractere aplicados ao texto, embora você tenha a opção de remover a formatação existente quando aplicar um estilo. Um sinal de adição (+) aparecerá ao lado do estilo atual na paleta Estilos se o texto selecionado usar um estilo de caractere ou de parágrafo e, além disso, usar formatação adicional que não faça parte do estilo aplicado. Nota: Depois de aplicar um estilo ao texto, a aplicação de Sem estilo de parágrafo ou Sem estilo de caractere ao texto removerá o estilo, mas deixará a formatação intacta, a menos que você faça isto enquanto pressiona a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS). Proibida reprodução sem autorização do Autor 16

17 Aplicando um estilo de caractere ao texto selecionado: Você pode escolher entre as opções abaixo para aplicar um estilo de caractere aos caracteres selecionados. Clique no nome do estilo de caractere na paleta Character Styles, ou; Verifique se Num Lock está ativado no Windows e pressione o atalho de teclado correspondente ao estilo. Aplicando um estilo de parágrafo aos parágrafos selecionados: Você pode escolher entre as opções abaixo para aplicar um estilo de caractere aos parágrafos selecionados. Clique no nome do estilo de parágrafo na paleta Paragraph Styles. Verifique se Num Lock está ativado no Windows e pressione o atalho de teclado correspondente ao estilo. Para aplicar um estilo de parágrafo e preservar os estilos de caracteres, mas remover substituições de formatos de caracteres: Na paleta Paragraph Styles, mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) enquanto clica no nome do estilo. Para aplicar um estilo de parágrafo e remover estilos de caractere e substituições de formatos de caracteres: Na paleta Estilos de parágrafo, mantenha pressionadas as teclas Alt+Shift (Windows) ou Option+Shift (Mac OS) e clique no nome do estilo. Edição de estilos Você pode alterar a definição de um estilo de caractere ou de parágrafo sempre que desejar. Ao alterar a definição de um estilo, todo o texto formatado com aquele estilo será alterado para corresponder à nova definição de estilo. Para editar um estilo usando a paleta de estilos: Existem duas formas para editar o estilo: Clique duas vezes no nome do estilo na paleta. Observe que esta ação aplica o estilo a qualquer texto ou quadro de texto selecionado ou, se nenhum texto ou quadro de texto estiver selecionado, a ação definirá o estilo como sendo o estilo padrão para qualquer novo texto que você digitar. Se não desejar que o estilo seja aplicado ao texto selecionado, pressione Shift+Ctrl (Windows) ou Shift+Option (Mac OS) quando clicar duas vezes no nome do estilo. Selecione o estilo na paleta e, em seguida, escolha Style Options no menu de paleta Paragraph Styles. 2 Ajuste as definições da caixa de diálogo Paragraph Styles Options e, em seguida, clique em OK. Durante a especificação de uma Cor do caractere na caixa de diálogo, é possível criar uma nova cor clicando duas vezes na caixa Fill ou Stroke. Para redefinir o estilo selecionado atualmente com base no texto selecionado: Usando a ferramenta Type, selecione o texto formatado com o estilo a ser redefinido. Em seguida faça as alterações nos atributos de parágrafo ou de caractere. e escolha Redefine Style pelo menu lateral da paleta Paragraph Styles. Escolha Selecionar todos os estilos não usados no menu de paleta Estilos. Proibida reprodução sem autorização do Autor 17

18 Definição do Próximo estilo Você pode aplicar estilos automaticamente à medida que digita o texto. Se, por exemplo, o design do documento pedir o estilo texto corrido após um estilo de título denominado Título 1, você poderá definir a opção Nest Style de título 1 para texto corrido. Depois de digitar um parágrafo no estilo título 1, pressionar Enter ou Return iniciará um novo parágrafo com o estilo corpo de texto. O estilo escolhido no menu Próximo estilo será aplicado somente quando você digitar o texto. estilos similares, criando um estilo básico ou pai. Ao alterar o estilo básico, os atributos alterados que aparecem nos estilos relacionados também serão alterados. Os atributos que não são compartilhados entre os estilos são mantidos inalterados nos estilos relacionados. Para definir um novo estilo com base em um estilo existente: Crie um novo estilo e na caixa de diálogo New Paragraph Style, selecione o estilo pai no menu Based on. O novo estilo se torna o estilo filho. Tal conceito vem do termo Parents, em inglês temos o conceito de pai e filho para determinar que ambos os estilos são da mesma família ou possuem características em comum. Nota: Se você selecionar, em Next Style, a opção No Paragraph Style, a formatação do estilo permanecerá intacta quando você pressionar Enter ou Return. Para remover a formatação do estilo, selecione o texto, pressione Alt (Windows) ou Option (Mac OS) e, em seguida, clique em No Paragraph Style. Porém isso pode dificultar um pouco a edição futura de seus documentos, pois vai tornar somente o primeiro parágrafo editável, sendo assim a melhor opção é escolher Same Style para manter o estilo no parágrafo seguinte. Exclusão de estilos Ao importar texto de outros aplicativos ou documentos, pode ser que haja vários estilos indesejados nas paletas de estilos. Você pode excluir esses estilos e esolher um novo caso. Excluindo estilos: Selecione os nomes dos estilos pela paleta. Escolha Delete Style pelo menu lateral de paleta, ou; Clique no ícone do Lixo na parte inferior da paleta. Arraste o estilo para o botão Lixeira na parte inferior da paleta. Um caixa de diálogo é aberta para que você possa determinar qual o estilo que vai assumir sobre os que estão sendo eliminados. Trabalhando com referências nos estilos Muitos documentos criam hierarquias de recursos de estilos que compartilham determinados atributos. Todos os títulos e subtítulos, por exemplo, normalmente usam a mesma fonte. Você pode facilmente criar vínculos entre Para excluir todos os estilos não usados: Escolha Select all unused, no menu lateral da paleta; em seguida, clique no ícone Lixo. Proibida reprodução sem autorização do Autor 18

19 importando de estilos de outro documento É possível carregar (importar) estilos de parágrafo, de caractere ou ambos a partir de outro documento do InDesign para o documento ativo. Se você carregar um estilo de outro documento que possui o mesmo nome de um estilo existente no documento atual, o estilo carregado substituirá o estilo existente e aplicará seus novos atributos a todo o texto do documento atual que usa o estilo antigo. Também é possível usar o recurso Livros para compartilhar estilos. Criando um estilo de objeto A forma mais simples para definir um novo estilo de objeto é criar o efeito real em um objeto dentro de seu layout. Sendo assim crie um novo quadradinho e aplicaque as cores, sombras, transparências... Ou Seja, aplique todos os atributos desejados e em seguida clique no ícone New Obejct Style na parte inferior da Paleta. Com dois cliques sobre o novo estilo, uma caixa de diálogo é aberta e nela você pode definir um novo nome ou mesmo editar suas opções. Para carregar os estilos de outro documento do InDesign: Pela paleta Paragraph Styles, escolha uma das seguintes opções: Escolha Load Character Styles ou Load Paragraph Styles no menu de paleta. Escolha Load all Styles no menu de paleta Estilos, para carregar os estilos de caracteres e também os estilos de parágrafos. Clique duas vezes no documento do InDesign que contém os estilos para importar. O mesmo procedimento é válido para estilos de obejtos. Sobre os estilos de objetos Seguindo a mesma filosofia de trabalho dos estilos de parágrafo e caractere, o estilo de objeto inserido na versão 4 do InDesign permite a aplicação rápida de atributos aos objetos. Dentro das opções temos setup s para contornos, preechimentos, transparências, sombras, estilos de parágrafos para quando trabalhando com caixas ou objetos com texto, Text Wrap e muito mais. Um estilo de objeto pode ser aplicado em um único elemento ou em um grupo de objetos, praticamente não existem restrições e seu uso vai ser refletido em um trabalho mais consistente. Seguindo a mesma explicação anterior, uma vez aplicado o estilo aos objetos, você pode alterar o estilo e todos os elementos são automaticamente atualizados em seu documento, não importando sua página. Proibida reprodução sem autorização do Autor 19

20 Trabalhando com transparências No InDesign, você pode adicionar transparência à arte de diversas maneiras: É possível variar o grau de transparência de um objeto ou grupo de objetos de 100% de opacidade (totalmente sólido ) a 0% de opacidade (totalmente transparente). Quando a opacidade de um objeto é reduzida, a arte subjacente torna-se visível através da superfície do objeto. Com as opções na paleta Tranaparency, também é possível criar efeitos especiais, como supressão ou mistura de cores com outros objetos. Recursos de transparência, como sombreamento e modos de mistura, podem ser aplicados a qualquer objeto criado no InDesign, bem como a objetos inseridos do Photoshop e do Adobe Illustrator É possível adicionar transparência à arte sem mesmo notar por exemplo, adicionando sombras e/ou suavidade aos objetos, ou inserindo arquivos com transparência originada em outros aplicativos, como o Photoshop ou Adobe Illustrator. Atenção ao usar transparência, pois será preciso definir algumas opções extras ao imprimir e salvar a arte transparente. Controle das configurações Se você exporta ou imprime regularmente documentos que contenham transparência, poderá automatizar o processo de fusão ou Flatten salvando as configurações do fusão ou Flatten em um estilo. Aplicar um estilo a um documento ou livro: No painel advanced da caixa de diálogo Imprimir ou Exportar, escolha o estilo de fusão ou Flatten de transparência no menu Tranparency Flattener. Transparency Flattner Presets Para facilitar, o InDesign contém três estilos de fusão ou Flatten de transparência predefinidos. As configurações foram concebidas de acordo com a qualidade e a resolução das áreas transparentes rasterizadas, dependendo do uso pretendido. Baixa resolução Use para provas rápidas que serão impressas em impressoras de mesa em preto-e-branco e para documentos que serão publicados na Web ou exportados em SVG. Média resolução Use para provas de monitor e documentos para impressão sob demanda que serão produzidos em impressoras PostScript coloridas. Alta resolução Use para impressão comercial final e para provas de alta qualidade, como provas coloridas baseadas em separações. Você pode salvar e carregar estilos de fusão ou Flatten, para facilitar seu backup ou torná-los disponíveis para prestadores de serviços, clientes ou outras pessoas do grupo de trabalho. Criando ou editando um estilo de fusão ou Flatten: Pelo menu Edit > Transparency Flattner Style uma caixa de diálogo é aberta como pode ser vista acima, nela existem três opções disponíveis conforme explicado e você pode criar um ou mais opções conforme sua necessidade e assim garantir um fluxo correto. Proibida reprodução sem autorização do Autor 20

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal Word 1 - Introdução O Word para Windows ou NT, é um processador de textos cuja finalidade é a de nos ajudar a trabalhar de maneira mais eficiente tanto na elaboração de documentos simples, quanto naqueles

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

Apostila de CmapTools 3.4

Apostila de CmapTools 3.4 Apostila de CmapTools 3.4 Índice Definição do software... 3 Criando um novo mapa... 3 Adicionando um conceito... 3 Alterando a formatação das caixas (Barra de Ferramentas Estilos Paleta Styles)... 7 Guia

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 CURITIBA 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007... 3 JANELA PRINCIPAL... 3 1 - BOTÃO OFFICE... 4 2 - FERRAMENTAS DE ACESSO

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva Conceitos Fundamentais de Microsoft Word Professor Rafael www.facebook.com/rafampsilva Introdução É um editor de texto ou processador de texto? editores de texto: editam texto (assim como uma máquina de

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO

PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO JANEIRO/2012 Introdução Este guia descreve os padrões, formatos e procedimentos a serem adotados na preparação e fechamento de

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

Microsoft Word INTRODUÇÃO

Microsoft Word INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO O Word é uma ferramenta utilizada para o processamento e editoração eletrônica de textos. O processamento de textos consiste na possibilidade de executar e criar efeitos sobre um texto qualquer,

Leia mais

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado.

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. , ()! $ Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. Uma estratégia muito utilizada para organizar visualmente informações numéricas

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART Continuação 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART a) Vá para o primeiro slide da apresentação salva no item 31. b) Na guia PÁGINA INICIAL, clique no botão LAYOUT e selecione (clique) na opção TÍTULO

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho.

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho. Conceitos básicos e modos de utilização das ferramentas, aplicativos e procedimentos do Sistema Operacional Windows XP; Classificação de softwares; Principais operações no Windows Explorer: criação e organização

Leia mais

Vinte dicas para o Word 2007

Vinte dicas para o Word 2007 Vinte dicas para o Word 2007 Introdução O Microsoft Word é um dos editores de textos mais utilizados do mundo. Trata-se de uma ferramenta repleta de recursos e funcionalidades, o que a torna apta à elaboração

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Sumário. Computação Gráfica Illustrator

Sumário. Computação Gráfica Illustrator 1 Sumário Área de trabalho... 2 Barra de tarefas... 5 Menu ajuda... 6 Menu janela... 7 Menu exibir... 8 Menu efeito... 9 Menu selecionar... 10 Menu tipo... 10 Menu objeto... 12 Menu editar... 13 Menu arquivo...

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL PAULO LEMINSKI APOSTILA SOBRE O BROFFICE IMPRESS

COLÉGIO ESTADUAL PAULO LEMINSKI APOSTILA SOBRE O BROFFICE IMPRESS COLÉGIO ESTADUAL PAULO LEMINSKI APOSTILA SOBRE O BROFFICE IMPRESS CURITIBA 2014 2 Conteúdo Definição:... 2 Detalhando a tela:... 4 BARRA DE FERRAMENTAS DESENHO... 4 PREENCHIMENTOS... 5 RÉGUAS E GUIAS...

Leia mais

O que há de novo no QuarkXPress 2015

O que há de novo no QuarkXPress 2015 O que há de novo no QuarkXPress 2015 CONTEÚDO Conteúdo Novidades do QuarkXPress 2015...3 Novos recursos...4 Aplicativo de 64 bits...4 Variáveis de conteúdo...4 Tabelas alinhadas...5 Notas de rodapé e notas

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

Migrando para o Word 2010

Migrando para o Word 2010 Neste guia O Microsoft Word 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber as partes principais da nova interface,

Leia mais

Professor Paulo Lorini Najar

Professor Paulo Lorini Najar Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizados por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários,

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

Sistema Click Principais Comandos

Sistema Click Principais Comandos Sistema Click Principais Comandos Sumário Sumário... 1 1. Principais Funções:... 2 2. Inserção de Registro (F6):... 3 3. Pesquisar Registro (F7):... 4 3.1 Pesquisa por letras:... 5 3.2 Pesquisa por números:...

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá LibreOffice Impress Editor de Apresentação Iniciando o Impress no Linux Educacional 4 1. Clique no botão 'LE' no

Leia mais

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007 WORD 2007 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE TECNOLOGIA Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft OneNote 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Alterne entre a entrada por toque

Leia mais

Microsoft Office 2007

Microsoft Office 2007 Produzido pela Microsoft e adaptado pelo Professor Leite Júnior Informática para Concursos Microsoft Office 2007 Conhecendo o Office 2007 Visão Geral Conteúdo do curso Visão geral: A nova aparência dos

Leia mais

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela Aula 01 - Formatações prontas e Sumário Formatar como Tabela Formatar como Tabela (cont.) Alterando as formatações aplicadas e adicionando novos itens Removendo a formatação de tabela aplicada Formatação

Leia mais

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Informática Básica Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Introdução O editor de textos Microsoft Word oferece um conjunto de recursos bastante completo, cobrindo todas as etapas de preparação, formatação e impressão

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word PowerPoint 2013 Sumário Introdução... 1 Iniciando o PowerPoint 2013... 2 Criando Nova Apresentação... 10 Inserindo Novo Slide... 13 Formatando Slides... 15 Inserindo Imagem e Clip-art... 16 Inserindo Formas...

Leia mais

Montar planilhas de uma forma organizada e clara.

Montar planilhas de uma forma organizada e clara. 1 Treinamento do Office 2007 EXCEL Objetivos Após concluir este curso você poderá: Montar planilhas de uma forma organizada e clara. Layout da planilha Inserir gráficos Realizar operações matemáticas 2

Leia mais

Bem-vindo! Prazer em conhecê-lo.

Bem-vindo! Prazer em conhecê-lo. Bem-vindo! Prazer em conhecê-lo. A nova ferramenta para a confecção de livros do Blurb, o BookWright, foi projetado para ser o mais intuitivo possível, mas duas cabeças não pensam da mesma forma. E todos

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com. Manual de uso 1. ACESSO AO SISTEMA LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.br Após acessar o link acima, favor digitar seu LOGIN

Leia mais

1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando

1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando QUESTÕES WORD 2007/2010 PROF.JULIO RAMOS PAG.1 1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando na opção da guia Arquivo, por meio de uma janela padronizada. Essa janela

Leia mais

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT O PowerPoint é uma poderosa ferramenta que faz parte do pacote Office da Microsoft. O principal uso desse programa é a criação de apresentação de slides, para mostrar

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

Microsoft Office Word 2007

Microsoft Office Word 2007 Microsoft Office Word 2007 Criando ou editando um documento no MS-Word 1 O Microsoft Word É o processador de textos mais conhecido e utilizado do mundo. A nova interface é agradável, com comandos e funções

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido Microsoft PowerPoint 2013 apresenta uma aparência diferente das versões anteriores; desse modo, criamos este guia para ajudá-lo a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que

Leia mais

CRIANDO TEMPLATES E LEGENDAS

CRIANDO TEMPLATES E LEGENDAS CRIANDO TEMPLATES E LEGENDAS Este tutorial tem como objetivo instruir passo à passo como criar templates de peças, utilizar os novos recursos de cadastro de propriedade de peças e criação de legenda. 1-

Leia mais

Slice Tool - Ferramenta Fatia

Slice Tool - Ferramenta Fatia Faculdade de Tecnologia da Paraíba CURSO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA A INTERNET DISCIPLINA DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES WEB ESTÁTICAS PERÍODO: P2 Semestre: 2008.2 PROFESSOR Geraldo Rodrigues

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Excel 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Adicionar comandos à Barra de Ferramentas

Leia mais

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/35 LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS No Microsoft Office Word 2007 é possível automatizar tarefas usadas frequentemente criando

Leia mais

POWERPOINT BÁSICO. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br

POWERPOINT BÁSICO. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br POWERPOINT BÁSICO Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br POWER POINT INICIANDO O POWERPOINT 2000 Para iniciar o PowerPoint 2000. A partir

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR Novell Teaming - Guia de início rápido Novell Teaming 1.0 Julho de 2007 INTRODUÇÃO RÁPIDA www.novell.com Novell Teaming O termo Novell Teaming neste documento se aplica a todas as versões do Novell Teaming,

Leia mais

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Inicialização Tela de Logon Área de Trabalho Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Área de Trabalho Atalhos de Teclados Win + D = Mostrar Área de trabalho Win + M = Minimizar Tudo Win + R

Leia mais

Dúvidas Freqüentes sobre o OpenOffice Apresentação

Dúvidas Freqüentes sobre o OpenOffice Apresentação Dúvidas Freqüentes sobre o OpenOffice Apresentação 1 - Como posso inserir mais de um fundo em uma apresentação? 2 - Como uso o slide de uma apresentação em outra apresentação? 3 - Quando recorto um documento

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

Curso de InDesign CS4

Curso de InDesign CS4 Curso de InDesign CS4 especialmente estruturado para utilizadores de QuarkXPress Apresentação do programa O Adobe InDesign é um programa de paginação relativamente recente, que tem vindo a ganhar progressiva

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK 1 SÚMARIO ASSUNTO PÁGINA Componentes da Lousa... 03 Função Básica... 04 Função Bandeja de Canetas... 05 Calibrando a Lousa... 06

Leia mais

Professor Paulo Najar www.aprenderdigital.com.br

Professor Paulo Najar   www.aprenderdigital.com.br ~ 1 ~ O QUE É O BROFFICE? Broffice.org é o nome de um conjunto de programas de escritório livre (free software), disponível na internet gratuitamente (no site www.broffice.org) que oferece ferramentas

Leia mais

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS 29 de abril de 2014 Fiery Driver para Mac OS 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5

Leia mais

Microsoft PowerPoint

Microsoft PowerPoint Microsoft PowerPoint Microsoft PowerPoint é utilizado para desenvolver apresentações. Os trabalhos desenvolvidos com este aplicativo normalmente são apresentados com o auxílio de um datashow. Apresentações

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0 Ajuda ao Usuário A S S I S T E N T E P I M A C O + 2.2.0 Ajuda ao usuário Índice 1. BÁSICO 1 1. INICIANDO O APLICATIVO 2 2. O AMBIENTE DE

Leia mais

Cópia. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Cópia. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Cópia Este capítulo inclui: Cópia básica na página 3-2 Ajustando as opções de cópia na página 3-4 Configuração básica na página 3-5 Ajustes de imagem na página 3-9 Ajustes de posicionamento de imagem na

Leia mais

1. Introdução ao Adobe Illustrator CC. 2.6. Ferramentas de Seleção e Visualização. 1.1. Novidades do Illustrator CC. 3. Desenho. 1.2.

1. Introdução ao Adobe Illustrator CC. 2.6. Ferramentas de Seleção e Visualização. 1.1. Novidades do Illustrator CC. 3. Desenho. 1.2. 1. Introdução ao Adobe Illustrator CC 1.1. Novidades do Illustrator CC 1.2. Abrir o Programa 1.3. Criar um Novo Documento 1.4. Área de Trabalho 1.4.1. Paletas e Painéis 1.4.2. Menus de Contexto 1.4.3.

Leia mais

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo.

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo. O que é o Gimp? O GIMP é um editor de imagens e fotografias. Seus usos incluem criar gráficos e logotipos, redimensionar fotos, alterar cores, combinar imagens utilizando o paradigma de camadas, remover

Leia mais

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3. A série... 3

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3. A série... 3 WORD 2007 E 2010 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 A série... 3 01 CAPTURAS DE TELA WORD 2010... 3 02 IMAGENS 2007/2010... 5 03 NOTAS DE RODAPÉ... 13 04 NUMERAÇÃO DE PÁGINAS... 15 05 CONTAR PALAVRAS...

Leia mais

Apostila de Word 2013

Apostila de Word 2013 Iniciando o word 2013...01 Regras Básicas para digitação de um texto...02 Salvando um arquivo com senha...02 Salvando um arquivo nas nuvens (OneDrive).... 02 Verificando a ortografia e a gramática do texto...

Leia mais

Confecção de uma carta... 07

Confecção de uma carta... 07 Índice: Lição 01 Iniciando Digitação de uma linha - Abrir o texto salvado - Salvar o texto na pasta meus documentos, - Criar uma pasta para guardar seus arquivos... 04 Lição 02 Noções Básicas Digitação

Leia mais

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas 50 II. Para mover um arquivo, pasta, objeto dentro do Windows: 1) Clique com o mouse sobre a pasta, arquivo a serem movidos; 2) Mantenha o botão esquerdo do mouse pressionado; 3) Arraste o objeto para

Leia mais

Aprendendo Corel Draw 2

Aprendendo Corel Draw 2 ÍNDICE Introdução Ferramentas do Trabalhando com cores Trabalhando com objetos Transformando objetos desenhados Clonagem de objetos Formatando objetos Preenchimentos e Contornos Preenchimento Gradiente

Leia mais

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA Núcleo de Educação a Distância UniEvangélica 2 ÍNDICE 1 Introdução à Informática... 3 1. O Computador... 3 Teclado... 3 Mouse... 5 Monitor...

Leia mais

Curso de Adobe Illustrator CS4

Curso de Adobe Illustrator CS4 Curso de Adobe Illustrator CS4 Apresentação do Programa O Adobe Illustrator CS4 é um programa de desenho e ilustração vectorial, que coloca à disposição dos profissionais poderosas ferramentas para a concepção

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Use o Google Drive para armazenar e acessar arquivos, pastas e documentos do Google Docs onde quer que você esteja. Quando você altera um arquivo na web, no

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário CADERNO DE INFORMÁTICA FACITA Faculdade de Itápolis Aplicativos Editores de Texto WORD 2007/2010 Sumário Editor de texto... 3 Iniciando Microsoft Word... 4 Fichários:... 4 Atalhos... 5 Área de Trabalho:

Leia mais

PS02_02-08: Exercícios: Photoshop CS3. Objetivo: FERRAMENTAS DE PINTURA. 1) Abra um novo arquivo e altere os valores para a seguinte configuração:

PS02_02-08: Exercícios: Photoshop CS3. Objetivo: FERRAMENTAS DE PINTURA. 1) Abra um novo arquivo e altere os valores para a seguinte configuração: PS02_02-08: Objetivo: FERRAMENTAS DE PINTURA Exercícios: 1) Abra um novo arquivo e altere os valores para a seguinte configuração: 2) Finalize a configuração. A janela da imagem, também chamada de tela

Leia mais

Tutorial do programa

Tutorial do programa 1 Tutorial do programa I. Guia Rápido 1. Clique no produto. 2. Clique na pasta de imagens. 3. Clique em preenchimento auto. 4. Verificar pedido. 5. Finalizar pedido. 6. Fazer pagamento / Entrega. 7. Fazer

Leia mais

APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice Aula 1 - Área de trabalho e personalizando o sistema... 3 A área de trabalho... 3 Partes da área de trabalho.... 4 O Menu Iniciar:...

Leia mais

ATENÇÃO. Leitura Indispensável

ATENÇÃO. Leitura Indispensável ATENÇÃO Leitura Indispensável O Guia Rápido do Asure ID 2009 foi criado com base na versão Exchange, ou seja, a versão mais completa da linha Asure ID 2009, portanto, os usuários de outras versões ao utilizarem

Leia mais

EDITOR DE TEXTO BROFFICE WRITER

EDITOR DE TEXTO BROFFICE WRITER 1 1 Editor de Texto BrOffice Writer O Writer é o editor de texto do pacote OpenOffice, que corresponde ao Microsoft Word. Um editor de texto é um programa com recursos para formatação de texto que poderá

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft OneNote 2013 apresenta uma aparência diferente das versões anteriores; desse modo, criamos este guia para ajudá-lo a minimizar a curva de aprendizado. Alternar entre o

Leia mais

Notas de versão do cliente

Notas de versão do cliente Notas de versão do cliente Fiery Color Profiler Suite, v4.7.2 Este documento contém informações importantes sobre esta versão. Não se esqueça de fornecer essas informações a todos os usuários antes de

Leia mais

Turma. PowerPoint 2003

Turma. PowerPoint 2003 PowerPoint 2003 Apresentação O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações. Com ele você poderá criar rapidamente slides com esquemas, textos animados, sons e

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais