Testes de túnel de vento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Testes de túnel de vento"

Transcrição

1 Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição Esta lição enfoca os testes em túnel de vento que engenheiros de várias áreas usam quando desenvolvem produtos como aeronaves, automóveis e até mesmo edifícios. Equipes de estudantes constroem um modelo de carro usando produtos do dia-a-dia e testam seu projeto em um túnel de vento feito de um ventilador soprando através de uma caixa de papelão comprida. Como atividade de extensão, os estudantes podem projetar uma asa de avião para um túnel de vento virtual on-line. Resumo da lição A lição Testes de túnel de vento explora como os túneis de vento fornecem aos engenheiros informações sobre o desempenho e durabilidade de produtos como aeronaves, automóveis e edifícios. Os estudantes trabalham em equipe para construir um modelo de carro, usando materiais simples, e testam seu projeto em um túnel de vento montado em sala de aula. Faixa etária Objetivos Aprender sobre projeto de engenharia. Aprender sobre túneis de vento e testes em engenharia. Aprender sobre trabalho em equipe e como trabalhar em grupo. Resultados esperados para os alunos Como resultado desta atividade, os estudantes devem desenvolver uma Projeto e engenharia mecânica. Testes em engenharia aeronáutica. Solução de problemas. Trabalho em equipe. Testes de túnel de vento Página 1 de 12

2 Atividades da lição Os estudantes aprendem como produtos como aeronaves, carros e caminhões são testados em túnel de vento para determinar seu desempenho e eficiência. As equipes de estudantes projetam um modelo de carro e testam-no em um túnel de vento simples em sala de aula, construído com um ventilador e uma caixa de papelão comprida. Em seguida, os estudantes desenham seu projeto, constroem-no, usando materiais de baixo custo, avaliam seu trabalho e o de outros estudantes e então apresentam suas observações à turma. Recursos/Materiais Documentos de recursos do professor (anexos). Folhas de trabalho do aluno (anexas). Folhas de recursos do aluno (anexas). Alinhamento a grades curriculares Consulte a folha de alinhamento curricular anexa. Recursos na internet TryEngineering (). Túneis de vento da NASA (http://aocentral.arc.nasa.gov/). Projeto de vôos do futuro da NASA (http://futureflight.arc.nasa.gov/map.html). Voando no solo, túneis de vento do Centro de Pesquisas Glenn (www.nasa.gov/centers/glenn/about/fs05grc.html). Túnel de vento interativo Wright 1901 (http://wright.nasa.gov/airplane/tunnl2int.html). Padrões da ITEA para a Educação Tecnológica: conteúdo para o estudo de tecnologia (www.iteaconnect.org/taa/publications/taa_public ations.html). Padrões Educacionais de Ciência dos EUA (www.nsta.org/standards). Leituras recomendadas Transonic Wind Tunnel Testing (ISBN: ). The Wright Brothers: A Biography of Aviation's Greatest Pioneers (ISBN: ). Atividade escrita opcional Escrever um ensaio ou parágrafo sobre que outros produtos manufaturados podem se beneficiar de testes em túnel de vento. Testes de túnel de vento Página 2 de 12

3 Para professores: Alinhamento a grades curriculares Nota: Todos os planos de aula deste conjunto são alinhados ao National Science Education Standards dos EUA, produzidos pelo National Research Council e endossados pela National Science Teachers Association, e, se aplicável, ao Standards for Technological Literacy da International Technology Education Association e ao Principles and Standards for School Mathematics do National Council of Teachers of Mathematics. Padrões Educacionais de Ciências dos EUA, séries K-4 (idades de 4 a 9 anos) CONTEÚDO PADRÃO A: ciência como investigação Como resultado das atividades, os estudantes devem desenvolver: As habilidades necessárias para realizar investigação científica. Compreensão sobre a investigação científica. CONTEÚDO PADRÃO B: ciências físicas Posição e movimentos dos objetos. CONTEÚDO PADRÃO E: ciência e tecnologia Como resultado das atividades, os estudantes devem desenvolver: Habilidades de projeto tecnológico. Compreensão de ciência e tecnologia. CONTEÚDO PADRÃO F: ciência em perspectivas pessoais e sociais Ciência e tecnologia na em desafios locais. CONTEÚDO PADRÃO G: história e natureza da ciência Ciência como um esforço humano. Padrões Educacionais de Ciências dos EUA, 5ª a 8ª séries (idades de 10 a 14 anos) CONTEÚDO PADRÃO A: ciência como investigação Como resultado das atividades, os estudantes devem desenvolver: As habilidades necessárias para realizar investigação científica. Compreensão sobre a investigação científica. CONTEÚDO PADRÃO B: ciências físicas Movimentos e forças. CONTEÚDO PADRÃO E: ciência e tecnologia Como resultado das atividades da 5ª a 8ª série, os estudantes devem desenvolver: Habilidades de projeto tecnológico. Compreensão de ciência e tecnologia. Testes de túnel de vento Página 3 de 12

4 Para professores: Alinhamento a grades curriculares (continuação) CONTEÚDO PADRÃO F: ciência em perspectivas pessoais e sociais Ciência e tecnologia na sociedade. CONTEÚDO PADRÃO G: história e natureza da ciência História da ciência. Padrões Educacionais de Ciências dos EUA, 9ª a 12ª séries (idades de 14 a 18 anos) CONTEÚDO PADRÃO A: ciência como investigação Como resultado das atividades, os estudantes devem desenvolver: As habilidades necessárias para realizar investigação científica. Compreensão sobre a investigação científica. CONTEÚDO PADRÃO B: ciências físicas Movimentos e forças. Interações entre matéria e energia. CONTEÚDO PADRÃO E: ciência e tecnologia Como resultado das atividades, os estudantes devem desenvolver: Habilidades de projeto tecnológico. Compreensão de ciência e tecnologia. CONTEÚDO PADRÃO F: ciência em perspectivas pessoais e sociais Riscos naturais e criados pelo homem. Ciência e tecnologia em desafios locais, nacionais e globais. CONTEÚDO PADRÃO G: história e natureza da ciência Perspectivas históricas. Padrões para a Educação Tecnológica - todas as idades A natureza da tecnologia Padrão 1: Os estudantes desenvolverão uma compreensão das características e do escopo da tecnologia. Padrão 2: Os estudantes desenvolverão uma compreensão dos conceitos fundamentais da tecnologia. Padrão 3: Os estudantes desenvolverão uma compreensão dos relacionamentos entre tecnologias e as conexões entre tecnologia e outros campos de estudo. Tecnologia e sociedade Padrão 4: Os estudantes desenvolverão uma compreensão dos efeitos culturais, sociais, econômicos e políticos da tecnologia. Padrão 7: Os estudantes desenvolverão uma compreensão da influência da tecnologia na história. Testes de túnel de vento Página 4 de 12

5 Projeto Padrão 9: Os estudantes desenvolverão uma compreensão do projeto de engenharia. Padrão 10: Os estudantes desenvolverão uma compreensão do papel da busca de erros, pesquisa e desenvolvimento, invenção e inovação e experimentação na solução de problemas. Habilidades para um mundo tecnológico Padrão 12: Os estudantes desenvolverão habilidades para usar e manter produtos e sistemas tecnológicos. Padrão 13: Os estudantes desenvolverão habilidades para avaliar o impacto de produtos e sistemas. O mundo projetado Padrão 20: Os estudantes desenvolverão uma compreensão e serão capazes de selecionar e usar tecnologias de construção. Testes de túnel de vento Página 5 de 12

6 Para professores: Recurso do professor Propósito da lição A lição Testes de túnel de vento enfoca os testes em túnel de vento que engenheiros de várias áreas usam quando desenvolvem produtos como aeronaves, automóveis e edifícios. Equipes de estudantes constroem um modelo de carro usando produtos do dia-a-dia e testam seu projeto em um túnel de vento feito de um ventilador soprando através de uma caixa de papelão comprida. Objetivos da lição Aprender sobre projeto de engenharia. Aprender sobre túneis de vento e testes em engenharia. Aprender sobre trabalho em equipe e como trabalhar em grupo. Materiais Folha de recursos do aluno. Folhas de trabalho do aluno. Materiais para construir o túnel de vento em sala de aula: Pequeno ventilador portátil, caixa de papelão retangular com as extremidades removidas, fita para prender a caixa em uma posição fixa no chão. Deve-se incluir um tipo de medida (régua, marcas) para indicar a distância que os protótipos de carros se movem pela força do vento. Materiais (madeira, plástico) para montar uma rampa para testar cada carro, com uma inclinação de 15 graus. Um conjunto de materiais para cada grupo de estudantes: fita, barbante, filme plástico (usado para cobrir/proteger alimentos), papel alumínio, palitos de sorvete, palitos de dente, clipes de papel, papel, lápis, papelão, um tubo de papelão (de rolo de toalhas de papel ou de papel higiênico). Todos os materiais devem ser usados, para que cada carro tenha o mesmo peso. Procedimento 1. Mostre aos estudantes as diversas folhas de referência do aluno. Elas podem ser lidas em sala ou fornecidas como material de leitura como lição de casa para a noite anterior à aula. Divida os alunos em grupos de 2 a 3 estudantes, fornecendo um conjunto de materiais por grupo. 2. Se houver acesso à internet, peça que os alunos trabalhem em equipe experimentando o túnel de vento virtual on-line em Isso oferecerá uma melhor compreensão de como a forma de cada carro afetará os resultados. 3. Explique que cada grupo é agora uma equipe de engenharia que deve desenvolver um novo protótipo de automóvel que ofereça a melhor eficiência de combustível, através da criação do mínimo de arrasto ou resistência ao vento. 4. Os estudantes se reúnem e desenvolvem um plano para seu carro. Eles chegam a um consenso sobre os materiais de que precisarão (dentre aqueles que você tiver fornecido), escrevem ou desenham seu plano e então apresentam o plano à turma. 5. Em seguida, os grupos de estudantes constroem seus protótipos. Todos os materiais precisam ser usados. Testes de túnel de vento Página 6 de 12

7 Para professores: Recurso do professor (continuação) Procedimento (continuação) 6. Os estudantes devem testar seus carros na rampa, para garantir que eles se movimentam, antes do teste. 7. O professor deve montar o túnel de vento na sala de aula e gerenciar o teste de cada carro, de forma que o teste do vento seja consistente entre as equipes de alunos. Os estudantes medirão a distância que o protótipo de carro é empurrado pelo vento; aquele que se mover menos é o que tem a menor resistência ao vento. 8. Cada grupo de estudantes avalia os resultados, preenche uma folha de trabalho de avaliação/reflexão e apresenta suas descobertas à turma. Dicas 1. Use cuidado com crianças mais novas e as pás do ventilador. 2. Se o tempo disponível permitir, dê aos estudantes a oportunidade de reprojetar seu carro, se eles determinarem que alterações podem melhorar o desempenho. Tempo necessário De duas a quatro sessões de 45 minutos. Testes de túnel de vento Página 7 de 12

8 Recurso do aluno: Tudo sobre túneis de vento O que são túneis de vento? Como o nome sugere, um túnel de vento é um tubo ou túnel por onde passa um vento criado artificialmente, a uma velocidade determinada. Cientistas e engenheiros colocam um modelo (por exemplo, de avião) no túnel, e então estudam como o ar se desloca ao redor do modelo. Observando como esse modelo (geralmente em escala reduzida) reage no túnel de vento, eles têm uma idéia razoavelmente boa de como um avião em escala real do mesmo projeto provavelmente voaria. É muito mais fácil, barato e seguro construir e testar um modelo do que construir e fazer voar um avião real. Como os túneis de vento funcionam? Os túneis de vento funcionam com base na idéia de que um modelo estacionário com ar se deslocando ao redor dele se comporta da mesma maneira de que um avião (ou outro veículo) em escala real se movendo através de ar estacionário. Às vezes apenas uma parte de um avião, como uma asa ou motor, é testada em um túnel de vento. Os modelos a serem testados, normalmente feitos de aço ou alumínio, são carregados com muitos instrumentos e sensores, que mandam dados a computadores na sala de controle. É ali que os cientistas, engenheiros e técnicos podem começar a entender qual está sendo o desempenho do avião. Como túneis de vento são usados na pesquisa aeroespacial? Os cientistas e engenheiros usam túneis de vento para estudar as pressões, forças e direções de fluxo de ar que afetam uma aeronave. A pressão é medida por pequenos dispositivos chamados de tomadas de pressão, que são colocados em diversos locais da superfície do modelo. As forças são registradas por sensores nas estruturas que suportam o modelo na seção de teste. A direção em que o ar flui ao redor do modelo pode ser vista por penachos de superfície, pequenos tufos de fibra presos ao modelo, se agitam ao redor dele. Às vezes é soprada fumaça na seção de teste, para facilitar a visualização de como o ar está fluindo. A partir desses diferentes tipos de medições, muito pode ser aprendido sobre o modelo sendo testado. Os túneis de vento variam em tamanho, de acordo com sua função. Alguns dos túneis de vento menores têm seções de teste com apenas alguns centímetros de largura e, assim, só podem ser usados com modelos muito pequenos. Outros túneis de vento têm seções de teste de diversos metros. O maior túnel de vento do mundo é o Complexo Aerodinâmico Nacional de Escala Plena do Centro de Pesquisas Ames da NASA, nos Estados Unidos. Sua seção de teste, de 24,4 x 35,6 m, permite acomodar um Boeing 737 de verdade dentro dela! Túneis de vento não são usados para testar apenas aeronaves. Qualquer coisa que tenha vento soprando ao redor dela ou passando por ela pode ser testada em um túnel de vento. Engenheiros já colocaram modelos de naves espaciais, carros, caminhões, trens, placas de trânsito, edifícios e até cidades inteiras em túneis de vento, para ver como melhorar seus projetos. (Alguns recursos desta página foram fornecidos por cortesia da NASA.) Testes de túnel de vento Página 8 de 12

9 Folha de trabalho do aluno: simulador de túnel de vento Vocês são uma equipe de engenheiros que recebeu a incumbência de construir um novo protótipo de automóvel que ofereça a melhor eficiência de combustível, através da criação do mínimo de arrasto ou resistência ao vento. Fase de pesquisa/preparação 1. Revisem as diversas folhas de referência do aluno e, se houver acesso à internet disponível, experimentem o túnel de vento virtual on-line em Planejando em equipe 1. Sua equipe receberá alguns materiais de construção de seu professor. Vocês receberão fita, barbante, filme plástico (usado para cobrir/proteger alimentos), papel alumínio, palitos de sorvete, palitos de dente, clipes de papel, papel, lápis, papelão, um tubo de papelão (de rolo de toalhas de papel ou de papel higiênico) e devem usar todos os materiais fornecidos, para que todos os carros tenham o mesmo peso. 2. Comecem reunindo-se em equipe e criando um plano para seu carro. Sintam a força do vento do túnel de vento da sua sala de aula, para que possam prever o quanto seu carro precisará ser forte. Seu carro deve manter seu formato em todos os níveis de vento e se mover o mínimo, para indicar que ele tem a menor resistência ao vento. 3. Escrevam ou desenhem seu plano no quadro abaixo, incluindo a projeção dos materiais de que precisarão para realizar a construção. Apresentem seu projeto à turma e expliquem sua escolha de materiais. Vocês podem, se quiserem, revisar o plano da equipe depois de receberem feedback da turma. Materiais necessários: Testes de túnel de vento Página 9 de 12

10 Folha de trabalho do aluno: simulador de túnel de vento Fase de construção 1. Construam seu carro! Teste da rampa Seu carro precisa passar pelo teste da rampa antes do teste do ventilador. Ele deve descer uma rampa montada com um ângulo de 15 graus e se movimentar pelo menos 1,2 m antes de estar certificado para o teste no túnel de vento. O teste no túnel de vento! 1. Observe sua equipe e as demais testarem seus protótipos no túnel de vento de sua sala de aula. Vocês devem realizar três testes cada e fazer a média dos valores encontrados. Registrem os resultados de sua equipe no quadro abaixo, incluindo pontos e observações. Teste nº 1 - resultados e observações Teste nº 2 - resultados e observações Teste nº 3 - resultados e observações Média dos resultados Reengenharia Se o tempo disponível permitir, vocês podem reprojetar seu carro, se determinarem que alterações podem melhorar o desempenho. Testes de túnel de vento Página 10 de 12

11 Folha de trabalho do aluno: avaliação Reflexão 1. Que distância seu carro percorreu quando o túnel de vento estava ligado? Como isso se compara às distâncias percorridas pelos outros modelos de carro de sua turma? 2. Qual vocês acham que foi o aspecto do projeto do carro que se moveu menos que fez dele o melhor no teste? 3. Vocês acham que os engenheiros têm de adaptar seus planos originais durante o processo de manufatura? Por que eles teriam de fazer isso? 4. Se fossem fazer tudo de novo, como seu projeto planejado mudaria? Por quê? Testes de túnel de vento Página 11 de 12

12 Folha de trabalho do aluno: avaliação (continuação) 5. Que projetos ou métodos outras equipes usaram que vocês acham que funcionaram bem? 6. Vocês acham que houve muitos projetos em sua sala que atenderam o objetivo do projeto? O que isso lhes diz sobre planos em engenharia? 7. Vocês acham que teria sido mais fácil fazer este projeto se estivessem trabalhando individualmente? Expliquem como o trabalho em equipe influenciou este projeto. 8. Listem vários produtos que vocês podem achar que tirariam proveito de testes em túnel de vento. Testes de túnel de vento Página 12 de 12

Projetos de dispensadores

Projetos de dispensadores Projetos de dispensadores Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como os engenheiros têm de projetar objetos para atender às necessidades dos usuários, enquanto também levam em conta

Leia mais

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição se concentra em como os engenheiros têm de avaliar diversos fatores estruturais, econômicos e ambientais quando movem um prédio. Resumo da lição A

Leia mais

Desafio da torre alta

Desafio da torre alta Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca o crescimento de edifícios altos e suas estruturas. Os alunos trabalham em equipes para desenvolver, com materiais limitados, a torre mais alta

Leia mais

Projete uma barragem

Projete uma barragem Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca os diferentes usos de barragens e como elas são projetadas. Os estudantes trabalham em equipe para desenvolver um sistema de represamento de

Leia mais

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição A lição enfoca como anemômetros são projetados para medir a velocidade do vento e como os projetos mudaram

Leia mais

E n v i a n d o a b a t a t a f r i t a

E n v i a n d o a b a t a t a f r i t a E n v i a n d o a b a t a t a f r i t a Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca o projeto de embalagens que atendam às necessidades de transporte seguro de um produto. Os estudantes

Leia mais

Trabalhando com energia eólica

Trabalhando com energia eólica Trabalhando com energia eólica Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição A lição enfoca como a energia eólica pode ser gerada, tanto em grande quanto

Leia mais

Construa uma roda-gigante

Construa uma roda-gigante Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca a engenharia por trás das rodas-gigantes. Equipes de estudantes explorarão a engenharia por trás da London Eye, explorarão a história das rodasgigantes

Leia mais

Carros de corrida a elástico

Carros de corrida a elástico Carros de corrida a elástico Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição O foco desta lição é o projeto de carrinhos com propulsão a elástico. Equipes de estudantes constroem carrinhos movidos a elástico,

Leia mais

Subindo e descendo com engenharia

Subindo e descendo com engenharia Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca a por trás dos elevadores. Equipes de estudantes exploram os princípios e os requisitos da viagem vertical e então projetam e constroem um elevador

Leia mais

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição A lição se concentra em problemas enfrentados por engenheiros civis, inclusive carga crítica e como reforçar

Leia mais

Ponte de palitos. Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org

Ponte de palitos. Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como as pontes são projetadas e construídas para suportar pesos, sendo também duráveis e, em alguns casos, agradáveis esteticamente. Os estudantes

Leia mais

Nanoimpermeabilização

Nanoimpermeabilização Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca o impacto que a nanotecnologia teve no projeto e no desenvolvimento de muitos itens do dia-a-dia, de tintas a tecidos. Os estudantes aprendem

Leia mais

Trabalhando com rodas d'água

Trabalhando com rodas d'água Trabalhando com rodas d'água Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como rodas d'água geram energia. Equipes de alunos projetam e constroem uma roda d'água funcional usando produtos

Leia mais

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição A lição enfoca o conceito de fluxo de elétrons, através da demonstração de circuitos elétricos em uma lanterna,

Leia mais

Soluções para derramamentos de óleo

Soluções para derramamentos de óleo Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como os engenheiros usam diversas técnicas para fornecer soluções rápidas para e outras ameaças a recursos hídricos naturais. Ao longo desta

Leia mais

Experimente os números binários!

Experimente os números binários! Experimente os números binários! Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como funciona o código binário e aplicações do binário para engenheiros de computação. A lição oferece ao estudante

Leia mais

Máquina de chicletes interativa Fornecido pelo TryEngineering

Máquina de chicletes interativa Fornecido pelo TryEngineering Máquina de chicletes interativa Fornecido pelo TryEngineering Foco da lição Os alunos exploram a energia potencial e a energia cinética, trabalhando em equipes para projetar e construir uma máquina de

Leia mais

Engenharia nos esportes

Engenharia nos esportes Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como princípios da engenharia aeroespacial tiveram impacto no desenho da bola de golfe, bem como em equipamentos usados em outros esportes.

Leia mais

Patrulha da poluição

Patrulha da poluição Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição Esta lição enfoca dispositivos que são usados para detectar a poluição do ar. Equipes de estudantes constroem detectores de poluição do ar para ambientes abertos,

Leia mais

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição A lição enfoca o projeto de painéis de energia solar e sua aplicação em calculadoras padrão. Ela explora

Leia mais

Engenharia de tráfego aéreo

Engenharia de tráfego aéreo Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca a engenharia por trás de sistemas de controle de tráfego aéreo. Equipes de estudantes exploram os princípios do radar e como são usados equipamentos

Leia mais

Projeto de dispositivos adaptativos

Projeto de dispositivos adaptativos Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição Esta lição se concentra na engenharia de dispositivos ou assistivos, tais como aparelhos protéticos, cadeiras

Leia mais

Equilíbrio rotacional: uma questão de balanço

Equilíbrio rotacional: uma questão de balanço Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição Demonstrar o conceito de equilíbrio rotacional. Nota: Este plano de aula foi criado exclusivamente para

Leia mais

Investigações no infravermelho

Investigações no infravermelho Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como a tecnologia do infravermelho é usada por engenheiros para criar equipamentos e sistemas para diversas áreas. Equipes de estudantes exploram

Leia mais

Desenhar e fazer um saco para doces mais perfeito

Desenhar e fazer um saco para doces mais perfeito um saco para doces mais perfeito Formação dada pela TryEngineering - Clique aqui para nos dar o seu feedback sobre esta aula. Objetivo da aula Demonstrar como as diferenças do modelo do produto podem afetar

Leia mais

Projete uma bengala. Faixa etária 8-18. Objetivos

Projete uma bengala. Faixa etária 8-18. Objetivos Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca como os engenheiros melhoram dispositivos assistivos, tais como uma bengala, para atender às necessidades dos idosos. Os estudantes trabalham

Leia mais

Memórias e engenharia

Memórias e engenharia Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca a engenharia por trás dos dispositivos de armazenamento de dados e melhorias de engenharia ao longo do tempo. Através da exploração de disquetes,

Leia mais

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição

Fornecido pelo TryEngineering - www.tryengineering.org Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição A lição se concentra em como códigos de barras computadorizados melhoraram a eficiência da distribuição

Leia mais

Desafio do cristal de açúcar

Desafio do cristal de açúcar Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição A lição enfoca o conceito de área de superfície e como o formato dos cristais de açúcar pode mudar em consequência de sua formação a partir de açúcares de

Leia mais

Resumo da lição Os alunos aprenderão os princípios básicos de máquinas simples e explorarão usos do diaa-dia.

Resumo da lição Os alunos aprenderão os princípios básicos de máquinas simples e explorarão usos do diaa-dia. Máquinas simples Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição Máquinas simples: seus princípios e usos. Resumo da lição Os alunos aprenderão os princípios

Leia mais

Equilíbrio rotacional: Uma questão de equilíbrio

Equilíbrio rotacional: Uma questão de equilíbrio Projeto promovido pela TryEngineering - Clique aqui para nos dar o seu feedback sobre esta aula. Objetivo da aula Demonstrar o conceito do equilíbrio rotacional. Sumário da aula O módulo do equilíbrio

Leia mais

Tudo sobre motores elétricos

Tudo sobre motores elétricos Tudo sobre motores elétricos Fornecido pelo TryEngineering - Clique aqui para dar seu feedback sobre esta lição Foco da lição Motores elétricos: seus princípios e usos cotidianos. Nota: Este plano de aula

Leia mais

WWW.RENOVAVEIS.TECNOPT.COM

WWW.RENOVAVEIS.TECNOPT.COM Como funciona um aerogerador Componentes de um aerogerador Gôndola:contém os componentes chaves do aerogerador. Pás do rotor:captura o vento e transmite sua potência até o cubo que está acoplado ao eixo

Leia mais

Armazenagem temporária Investimento em eficiência

Armazenagem temporária Investimento em eficiência Armazenagem temporária Investimento em eficiência Por que utilizar a armazenagem temporária? Características e Benefícios A melhor relação Custo-Benefício O de armazenagem temporária de grãos Temp Stor

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Matemática Bacharelado de Ciências Matemáticas e da Terra Introdução ao Cálculo

Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Matemática Bacharelado de Ciências Matemáticas e da Terra Introdução ao Cálculo Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Matemática Bacharelado de Ciências Matemáticas e da Terra Introdução ao Cálculo 1 a Questão: Observando, em cada caso, os gráficos apresentados, responda

Leia mais

SOLUÇÃO DE DIGITALIZ AÇÃO 3D PAR A AVALIAÇÃO DA INTEGRIDADE DA TUBUL AÇÃO!

SOLUÇÃO DE DIGITALIZ AÇÃO 3D PAR A AVALIAÇÃO DA INTEGRIDADE DA TUBUL AÇÃO! SOLUÇÕES NDT SOLUÇÃO DE DIGITALIZ AÇÃO 3D PAR A AVALIAÇÃO DA INTEGRIDADE DA TUBUL AÇÃO! CONFORMIDADE COM OS CÓDIGO S Os operadores da tubulação e as empresas que prestam serviços de testes não destrutivos

Leia mais

FÍSICA EXPERIMENTAL C

FÍSICA EXPERIMENTAL C FÍSICA EXPERIMENTAL C EXPERIÊNCIA 1 CARGA ELÉTRICA 1. MATERIAIS Papel toalha. Folha de papel. Folha de papel alumínio. Barra de polipropileno (cor cinza). Barra de acrílico (transparente). Placa de policarbonato.

Leia mais

Introdução ao Projeto de Aeronaves. Aula 13 Grupo Moto-Propulsor e Seleção de Hélices

Introdução ao Projeto de Aeronaves. Aula 13 Grupo Moto-Propulsor e Seleção de Hélices Introdução ao Projeto de Aeronaves Aula 13 Grupo Moto-Propulsor e Seleção de Hélices Tópicos Abordados Grupo Moto-Propulsor. Motores para a Competição AeroDesign. Características das Hélices. Modelo Propulsivo.

Leia mais

O secador de mãos mais rápido e higiênico.

O secador de mãos mais rápido e higiênico. O secador de mãos mais rápido e higiênico. O problema com outros secadores de mãos O problema com toalhas de papel Eles são muito lentos. Isso é devido a seus motores. Eles não conseguem gerar fluxo de

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Física 2003-3 a Fase. Prova Experimental para alunos de 1 o ano. Experimento Vetores

Olimpíada Brasileira de Física 2003-3 a Fase. Prova Experimental para alunos de 1 o ano. Experimento Vetores realização apoio Olimpíada Brasileira de Física 2003-3 a Fase Prova Experimental para alunos de 1 o ano Experimento Vetores Leia atentamente as instruções abaixo antes de iniciar a prova 1 Esta prova destina-se

Leia mais

PROJETO ENGENHOCAS- Plataforma Hidráulica

PROJETO ENGENHOCAS- Plataforma Hidráulica Engenharia Ambiental Laboratório de Física II PROJETO ENGENHOCAS- Plataforma Hidráulica Grupo Engenhetes : Amanda Pereira Beatriz Stadler Franchini Oliveira Maria Julia Battaglini Mariana Cássia Maio/2014

Leia mais

Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões

Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões Aluno(a): Nº: Data: / /2014 INTRODUÇÃO: a) Se você pudesse escolher

Leia mais

A brisa do mar está ótima!

A brisa do mar está ótima! A brisa do mar está ótima! Mais um fim de semana. Cristiana e Roberto vão à praia e convidam Maristela para tomar um pouco de ar fresco e de sol, e tirar o mofo! É verão e o sol já está bem quente. Mas

Leia mais

SIMULAÇÃO DE TRÁFEGO DE VEÍCULOS INTELIGENTES PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES

SIMULAÇÃO DE TRÁFEGO DE VEÍCULOS INTELIGENTES PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES SIMULAÇÃO DE TRÁFEGO DE VEÍCULOS INTELIGENTES PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES Leonardo T. Antunes 1, Ricardo R. Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil leonardo_tada@hotmail.com, ricardo@unipar.br

Leia mais

UNIDADE NO SI: F Newton (N) 1 N = 1 kg. m/s² F R = 6N + 8N = 14 N F R = 7N + 3N = 4 N F 2 = 7N

UNIDADE NO SI: F Newton (N) 1 N = 1 kg. m/s² F R = 6N + 8N = 14 N F R = 7N + 3N = 4 N F 2 = 7N Disciplina de Física Aplicada A 2012/2 Curso de Tecnólogo em Gestão Ambiental Professora Ms. Valéria Espíndola Lessa DINÂMICA FORÇA: LEIS DE NEWTON A partir de agora passaremos a estudar a Dinâmica, parte

Leia mais

Reflexão da luz. Espelhos planos

Reflexão da luz. Espelhos planos PARTE II Unidade E 11 capítulo Reflexão da luz Espelhos planos seções: 111 Reflexão da luz Leis da reflexão 112 Imagens em um espelho plano 113 Deslocamento de um espelho plano 114 Imagens de um objeto

Leia mais

ATENÇÃO: A atividade avaliativa deve ser respondida no ambiente virtual, não deixe de marcar o gabarito.

ATENÇÃO: A atividade avaliativa deve ser respondida no ambiente virtual, não deixe de marcar o gabarito. ATENÇÃO: A atividade avaliativa deve ser respondida no ambiente virtual, não deixe de marcar o gabarito. Questões de Mecânica Básica para EAD: UNIDADE 1 01 Digamos que você esteja responsável para trabalhar

Leia mais

TÚNEL DE VENTO DO LACAF/FEC/UNICAMP - INSTRUMENTO PARA ENSAIOS DE MODELOS FÍSICOS REDUZIDOS E VENTILAÇÃO NATURAL

TÚNEL DE VENTO DO LACAF/FEC/UNICAMP - INSTRUMENTO PARA ENSAIOS DE MODELOS FÍSICOS REDUZIDOS E VENTILAÇÃO NATURAL TÚNEL DE VENTO DO LACAF/FEC/UNICAMP - INSTRUMENTO PARA ENSAIOS DE MODELOS FÍSICOS REDUZIDOS E VENTILAÇÃO NATURAL Edson Matsumoto, Lucila C. Labaki, Renata Martinho de Camargo e Alessandra R. Prata-Shimomura

Leia mais

SIMULADO DO TESTE DE RACIOCÍNIO GLOBAL

SIMULADO DO TESTE DE RACIOCÍNIO GLOBAL SIMULADO DO TESTE DE RACIOCÍNIO GLOBAL COPYRIGHT 2008 PROCTER & GAMBLE CINCINNATI, OH 45202 U.S.A. ATENÇÃO: Todos os direitos são reservados. Nenhuma parte deste teste pode ser reproduzida por meio algum

Leia mais

FÍSICA I LISTA 5 DIVERSOS EXERCÍCIOS GABARITO Orientação para V2 e VS 1. Um ônibus passa pelo km 30 de uma rodovia às 6 h, e às 9 h 30 min passa

FÍSICA I LISTA 5 DIVERSOS EXERCÍCIOS GABARITO Orientação para V2 e VS 1. Um ônibus passa pelo km 30 de uma rodovia às 6 h, e às 9 h 30 min passa FÍSICA I LISTA 5 DIVERSOS EXERCÍCIOS GABARITO Orientação para V2 e VS. Um ônibus passa pelo km 30 de uma rodovia às 6 h, e às 9 h 30 min passa pelo km 240. Determine: a) a velocidade escalar média desenvolvida

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados.

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. ECOTELHADO Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. TRANSMISSÃO DE CALOR por condução térmica através de materiais

Leia mais

Manual básico para construção de ZAGIs (asas voadoras)

Manual básico para construção de ZAGIs (asas voadoras) Manual básico para construção de ZAGIs Julho de 2008 ATENÇÃO Este manual foi criado para utilização sem fins lucrativos na divulgação do aeromodelismo, e está disponível para baixar gratuitamente em www.e-voo.com/manual

Leia mais

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Curso: EF II Ano: 9º ano A/B Componente Curricular: Ciências Naturais Professor: Mario

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA Uma Sequência Didática De Medidas De Comprimento E Superfície No 5º Ano Do Ensino Fundamental:

Leia mais

MANUAL DE INSTALÇÃO DE FILMES DE SEGURANÇA E CONTROLE SOLAR

MANUAL DE INSTALÇÃO DE FILMES DE SEGURANÇA E CONTROLE SOLAR MANUAL DE INSTALÇÃO DE FILMES DE SEGURANÇA E CONTROLE SOLAR Introdução A Security Film parabeniza e agradece o seu tempo e esforço ao aprender como instalar os filmes de segurança e controle solar. Elaboramos

Leia mais

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Instruções gerais e de segurança Leia as instruções de montagem Apesar dos produtos Stobag serem de

Leia mais

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA Ficha Técnica no. 5.3 Atividade Principal no. 5.3 HISTÓRIA DE UM DESASTRE NATURAL Objetivo da : 5 Os escoteiros estão trabalhando para um mundo onde as pessoas estão preparadas para responder aos perigos

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

FÍSICA. Questões de 01 a 04

FÍSICA. Questões de 01 a 04 GRUPO 1 TIPO A FÍS. 1 FÍSICA Questões de 01 a 04 01. Considere uma partícula presa a uma mola ideal de constante elástica k = 420 N / m e mergulhada em um reservatório térmico, isolado termicamente, com

Leia mais

Introdução ao Projeto de Aeronaves. Aula 39 Relatório de Projeto Técnicas de Estruturação

Introdução ao Projeto de Aeronaves. Aula 39 Relatório de Projeto Técnicas de Estruturação Introdução ao Projeto de Aeronaves Aula 39 Relatório de Projeto Técnicas de Estruturação Tópicos Abordados Relatório de Projeto. Técnicas de Estruturação para uma boa Avaliação. Elaboração do Relatório

Leia mais

Design pedagógico Módulo IV

Design pedagógico Módulo IV Energia Design pedagógico Módulo IV Escolha do tópico O que um aluno entre 14 e 18 anos acharia de interessante neste tópico? Que aplicações / exemplos do mundo real podem ser utilizados para engajar os

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA MATEMÁTICA ALFA Título do Perímetro e área em situações reais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA MATEMÁTICA ALFA Título do Perímetro e área em situações reais SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA MATEMÁTICA ALFA Título do Perímetro e área em situações reais Podcast Área Matemática Segmento Ensino Fundamental Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Duração 6min32seg

Leia mais

Caixa de Inspeção e Interligação

Caixa de Inspeção e Interligação Caixa de Inspeção e Interligação Localização no website Tigre: Obra predial Esgoto CAIXA DE INSPEÇÃO e/ou Obra predial Águas Pluviais CAIXA DE INTERLIGAÇÃO Função/Aplicação: Caixa de Inspeção: destinada

Leia mais

BRAÇO ROMER ABSOLUTE SÉRIE 71

BRAÇO ROMER ABSOLUTE SÉRIE 71 CATÁLOGO DO PRODUTO BRAÇO ROMER ABSOLUTE SÉRIE 71 Braço de Medição Portátil de Baixo Custo O Braço ROMER Absolute Série 71 é um braço de medição portátil de baixo custo. É o equipamento de entrada da linha

Leia mais

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120 Colégio Jesus Adolescente Ensino Médio 1º Bimestre Disciplina Física Setor B Turma 1º ANO Professor Gnomo Lista de Exercício Bimestral Aulas 6 a 8 1) A figura a seguir representa um raio de luz incidindo

Leia mais

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação A U A UL LA Acoplamento Introdução Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, percebeu um estranho ruído na roda. Preocupada, procurou um mecânico. Ao analisar o problema, o mecânico concluiu que

Leia mais

LUCAS BRUNO INACIO MENDES HUMBERTO CÉSAR MACHADO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS

LUCAS BRUNO INACIO MENDES HUMBERTO CÉSAR MACHADO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS LUCAS BRUNO INACIO MENDES HUMBERTO CÉSAR MACHADO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS O DESENVOLVIMENTO DO TÚNEL DE VENTO E A SUA IMPORTÂNCIA PARA O SUCESSO DO FLYER lucasbrunoim@hotmail.com GOIÂNIA

Leia mais

CONSTRUIR UM BARCO VELOZ

CONSTRUIR UM BARCO VELOZ CONSTRUIR UM BARCO VELOZ Propostas de atividades de Ciência e Matemática Público-alvo: alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico (3º e 4º anos) Autores: Claus Auning & Ida Guldager, University College South

Leia mais

Experimento. O experimento. Engenharia de grego. Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia. Ministério da Educação

Experimento. O experimento. Engenharia de grego. Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia. Ministério da Educação Geometria e medidas O experimento Experimento Engenharia de grego Objetivos da unidade 1. Aplicar conceitos básicos de geometria plana na solução de um problema de construção civil; 2. Planejar, construir

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

Mecânica: processos industriais: usinagem, laminação, fundição, solda, prensagem, vapor, gás. Automóveis, suspensão, motor, câmbio.

Mecânica: processos industriais: usinagem, laminação, fundição, solda, prensagem, vapor, gás. Automóveis, suspensão, motor, câmbio. 1 Disciplina de Sistemas de Controle Prof. Luciano Menegaldo e-mail: lmeneg@ime.eb.br home-page: http://lmeneg-aulas.tripod.com Aula 1 Introdução 1. Idéias gerais e exemplos de sistemas de controle - Assunto

Leia mais

MERCOFRIO 2000 - CONGRESSO DE AR CONDICIONADO, REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO E VENTILAÇÃO DO MERCOSUL

MERCOFRIO 2000 - CONGRESSO DE AR CONDICIONADO, REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO E VENTILAÇÃO DO MERCOSUL MERCOFRIO 2000 - CONGRESSO DE AR CONDICIONADO, REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO E VENTILAÇÃO DO MERCOSUL IMPLEMENTAÇÃO DE UM LABORATÓRIO BÁSICO PARA O ENSAIO DE DESEMPENHO DE EQUIPAMENTOS DE VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO

Leia mais

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS INTRODUÇÃO À FÍSICA turma MAN 26/2 profa. Marta F. Barroso UNIDADE 1 LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE 1 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO Exercício 1 Movendo-se com velocidade constante de 15 m/s, um trem, cujo

Leia mais

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s SIMULADO DE FÍSICA ENSINO MÉDIO 1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s 2) Um avião voa com velocidade constante

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06 MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06 IMPRIMINDO PLANILHAS E GRÁFICOS Até este ponto, você viu como introduzir dados e criar formulas, formatar texto e criar gráficos. Agora você vai apresentar os dados ou

Leia mais

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle 25/11/2012 1 2012 Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle A disciplina de Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle, com 40 horas/aulas, será dividida em 2 (duas) partes, sendo : Metrologia

Leia mais

Energia Cinética e Trabalho

Energia Cinética e Trabalho Energia Cinética e Trabalho Disciplina: Física Geral I Professor: Carlos Alberto Objetivos de aprendizagem Ao estudar este capítulo você aprenderá: O que significa uma força realizar um trabalho sobre

Leia mais

SPAS MANUAL DE PRÉ-INSTALAÇÃO 51- E

SPAS MANUAL DE PRÉ-INSTALAÇÃO 51- E SPAS MANUAL DE PRÉ-INSTALAÇÃO 51- E 2 PARABÉNS!!!! Você adquiriu um SPA Jacuzzi Premium, feito na mais alta exigência de qualidade. Apenas com alguns cuidados, seu SPA pode proporcionar anos de alegria

Leia mais

Introdução Forças aerodinâmicas Empuxo = Arrasto Sustentação = Peso Arrasto

Introdução Forças aerodinâmicas Empuxo = Arrasto Sustentação = Peso Arrasto Introdução Os aviões estão entre as invenções mais incríveis. Um Boeing 747, por exemplo, pode levar 600 pessoas - e pesa quase 400 toneladas quando está abastecido para a decolagem. Mesmo assim, ele percorre

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

PROJETO DE CHOCADEIRA PARA 84 OVOS DE GALINHA CAIXA DE MADEIRA Autor: Randolfo Ribeiro

PROJETO DE CHOCADEIRA PARA 84 OVOS DE GALINHA CAIXA DE MADEIRA Autor: Randolfo Ribeiro PROJETO DE CHOCADEIRA PARA 84 OVOS DE GALINHA CAIXA DE MADEIRA Autor: Randolfo Ribeiro PROJETO DE CHOCADEIRA EM CAIXA DE MADEIRA Capacidade 84 ovos de galinha Autor: Randolfo Ribeiro Este projeto contém

Leia mais

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA Ficha técnica no. 2.1 Atividade Principal 2.1 SENTINDO A NATUREZA Objetivo da 2 Os escoteiros estão trabalhando por um mundo onde o habitat natural seja suficiente para suportar as espécies nativas. Objetivos

Leia mais

Através desse projeto estudamos conceitos importantes da mecânica, como:

Através desse projeto estudamos conceitos importantes da mecânica, como: OBJETIVO: O projeto do foguete de água e ar comprimido proposto pela disciplina DHE, tem como objetivo despertar na equipe a habilidade, criatividade, capacidade de vencer obstáculos e principalmente o

Leia mais

INTERNATIONAL VIRTUAL AVIATION ORGANISATION. DIVISÃO BRASILEIRA Departamento de Treinamento

INTERNATIONAL VIRTUAL AVIATION ORGANISATION. DIVISÃO BRASILEIRA Departamento de Treinamento DIVISÃO BRASILEIRA Departamento de Treinamento TD-002/09 CÁLCULOS DE NAVEGAÇÃO 2009 Página: 002/017 1 INTRODUÇÃO Este documento tem o objetivo de explanar sobre os cálculos que envolvem o planejamento

Leia mais

Instalação dos Forros Suspensos Armstrong

Instalação dos Forros Suspensos Armstrong Instalação dos Forros Suspensos Armstrong Instalação de forros suspensos Armstrong O sistema de forro modular de fibra mineral Armstrong é funcional, atrativo e proporciona fácil acesso ao plenum. Este

Leia mais

GigaDAC. GigaTAC. Inspeção Técnica. Manual GigaDAC - v1.0-2012

GigaDAC. GigaTAC. Inspeção Técnica. Manual GigaDAC - v1.0-2012 Inspeção Técnica Manual GigaDAC - v1.0-2012 GigaDAC O Medidor Portátil GigaDAC funciona com princípios semelhantes que o dispositivo adicional de calibração GigaDAC, mas é projetado para fornecer uma metrologia

Leia mais

Filtro fino Vortex da WISY (WFF 300) Para coletar a água de chuva em edifícios industriais e comerciais

Filtro fino Vortex da WISY (WFF 300) Para coletar a água de chuva em edifícios industriais e comerciais Filtro fino Vortex da WISY (WFF 300) Para coletar a água de chuva em edifícios industriais e comerciais Instruções para a instalação e o uso O filtro fino do Vortex da WISY (WFF), é projetado para a instalação

Leia mais

Execução e Manutenção de Pavimento Intertravado. MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva

Execução e Manutenção de Pavimento Intertravado. MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva Execução e Manutenção de MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva Norma de Execução e Manutenção NBR 15953 com peças de concreto - Execução NBR 15953 Escopo Se aplica à pavimentação intertravada com peças de concreto

Leia mais

Volume 6 eletricidade

Volume 6 eletricidade Volume 6 eletricidade Vídeo 37.1 Vídeo 37.2 Vídeo 37.3 Capítulo 37 Cristais e Baixas Temperaturas Supercondutores a baixas temperaturas permitem a levitação de materiais magnéticos. Confira! Modelos de

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ALIMENTOS SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO ALINHAMENTO E BALANCEAMENTO DE RODAS Preparar profissionais para identificar os ângulos

Leia mais

Física José Ranulfo (joranulfo@hotmail.com)

Física José Ranulfo (joranulfo@hotmail.com) 05. (UFPE 97/Fís. 3) Considere um raio de luz contido em um plano perpendicular aos dois espelhos planos, conforme a figura abaixo. O raio refletido formará o ângulo γ com o feixe incidente, cujo valor

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo IV Aula 01 1. Introdução Vamos estudar as torres de refrigeração que são muito utilizadas nas instalações de ar condicionado nos edifícios, na

Leia mais

F-128 Física Geral I 2 o Semestre 2012 LISTA DO CAPÍTULO 2

F-128 Física Geral I 2 o Semestre 2012 LISTA DO CAPÍTULO 2 Questão 1 Um motorista de um carro que vai 52 km/h freia, desacelera uniformemente e para em 5 segundos. Outro motorista, que vai a 34 km/h, freia mais suavemente, e para em 10 segundos. Represente em

Leia mais

SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO

SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO Volvo Construction Equipment SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO PARA ESCAVADEIRAS VOLVO, CARREGADEIRAS DE RODAS VOLVO E CAMINHÕES ARTICULADOS VOLVO Operadores treinados realizam mais Na Volvo Construction

Leia mais

a) O movimento do ciclista é um movimento uniforme, acelerado ou retardado? Justifique.

a) O movimento do ciclista é um movimento uniforme, acelerado ou retardado? Justifique. NOME: Nº. Progressão Parcial da1 a série (EM) TURMA: 21D DATA: 23/ 03/ 12 DISCIPLINA: Física PROF. : Petrônio ASSUNTO: Exercício de revisão sobre movimento acelerado VALOR: NOTA: 1) Escreva no espaço abaixo

Leia mais

Copyright Alberto W. Ramos 1. Breve Histórico do 6 Sigma

Copyright Alberto W. Ramos 1. Breve Histórico do 6 Sigma Copyright Alberto W. Ramos 1 Breve Histórico do 6 Sigma Criado pela Motorola na década de 80; Adotado mundialmente por diversas empresas: Allied Signal, General Electric, Polaroid, Asea Brown Boveri, Kodak,

Leia mais

SOLUÇÕES EM METROLOGIA SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS

SOLUÇÕES EM METROLOGIA SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS SOLUÇÕES EM METROLOGIA SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS TRUsimplicity TM MEDIÇÃO MAIS FÁCIL E RÁPIDA PORTÁTIL E SEM SUPORTE. MOVIMENTAÇÃO LIVRE AO REDOR DA PEÇA USO FACILITADO. INSTALAÇÃO EM

Leia mais