REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS DO AUDITÓRIO PREFEITO ANTÔNIO LOMANTO JÚNIOR LOCALIZADO NA SEDE DA UPB.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS DO AUDITÓRIO PREFEITO ANTÔNIO LOMANTO JÚNIOR LOCALIZADO NA SEDE DA UPB."

Transcrição

1 REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS DO AUDITÓRIO PREFEITO ANTÔNIO LOMANTO JÚNIOR LOCALIZADO NA SEDE DA UPB. 1. FINALIDADE O presente regulamento, além de ser parte integrante do Contrato de Locação de Espaços, tem como finalidade estabelecer e regulamentar as normas de uso do AUDITÓRIO PREFEITO ANTÔNIO LOMANTO JÚNIOR, no que se refere à locação do auditório, foyer, sala de treinamento e equipamentos, das quais se obriga o LOCATÁRIO/CLIENTE e a LOCADORA/UPB a cumprirem fielmente as diretrizes nele estabelecidas. 2. DEFINIÇÕES Para efeito de cumprimento deste regulamento serão adotados os seguintes termos comuns: 2.1 LOCADORA UPB 2.2 LOCATÁRIO O Cliente, Pessoa Física ou Jurídica, que promove, planeja, organiza e executa eventos, o qual deverá assumir o compromisso de cumprir fielmente as diretrizes estabelecidas neste instrumento e no Contrato de Locação de Espaços. 2.3 EVENTO Denomina-se evento, para efeito deste Regulamento, acontecimento artístico, cultural, científico, esportivo, de confraternização e similares, a exemplo de congressos, conferências, encontros, convenções, feiras, solenidades, jornadas, cursos, etc. 2.4 ORGANIZADOR(A) Toda e qualquer entidade ou empresa contratada pelo LOCATÁRIO/CLIENTE para organizar e executar eventos, devendo a mesma enquadrar-se no que estabelece o item 01 deste regulamento.

2 2.5 ESPAÇO FÍSICO DISPONÍVEL Auditório Prefeito Antônio Lomanto Júnior, com capacidade para 320 pessoas, dispõe de foyer com 03 (três) sanitários e espaço gourmet. Sala de treinamento com capacidade para 40 pessoas. 2.6 BLOQUEIO DE ESPAÇO Período concedido, mediante consulta prévia, de solicitação de data para uso dos espaços da UPB, que se estabelecerá no prazo máximo de 15 (quinze) dias, cessando automaticamente sem a confirmação de RESERVA por parte do Cliente. 2.7 PEDIDO DE RESERVA Manifestação formal, por parte do Cliente, para locação do espaço, resultando num orçamento por parte da LOCADORA. 2.8 CONFIRMAÇÃO DE RESERVA Mediante aprovação formal do orçamento encaminhado ao Cliente. A confirmação da reserva está condicionada ao pagamento de uma taxa de reserva equivalente a 10% ou 20% (dez ou vinte por cento) do valor total da locação, definida conforme o perfil do evento. 2.9 DIÁRIA O período da diária dos espaços locados corresponde a 10 (dez) horas corridas, ou seja, das 08 (oito) às 18 (dezoito) horas, exceto aos sábados e domingos, podendo a mesma ser alongada a partir das 18 (dezoito horas), mediante pagamento de hora excedente. Para montagem e desmontagem, o cliente deve solicitar de forma antecipada ao locatário o horário para que possa ser incluído no orçamento. Não há funcionamento aos sábados e domingos à noite. 3. INFORMAÇÕES GERAIS 3.1 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA DOCUMENTAÇÃO CONTRATUAL O cliente deverá fornecer à Coordenação de Capacitações e Eventos, no ato da reserva, os documentos relacionados abaixo, necessários para elaboração do boleto referente à taxa de reserva, contrato e nota fiscal: a) Cópia do RG e CPF do responsável legal pela assinatura do contrato;

3 b) Cópia do Contrato Social da Empresa, em caso de pessoa jurídica. Observação: em caso do LOCATÁRIO não possuir Contrato Social, apresentar cópias do Estatuto da Empresa e da Ata de Assembléia da Nomeação do Representante Legal; c) Ficha Cadastral de Pessoa Física e Jurídica, preenchidas; DOCUMENTAÇÃO DO EVENTO O Cliente deverá fornecer à Coordenação de Capacitações e Eventos, no prazo máximo de 07 (sete) dias úteis antes da montagem/realização do evento, as informações e documentação relacionadas abaixo, para a devida análise, aprovação e planejamento técnico-operacional do evento: a) Programação e horários do evento; b) Relação das empresas contratadas para o evento, tais como: organizadora, montadora, limpeza, segurança, buffet, dentre outras, com os respectivos nomes dos responsáveis e dados para contato (telefone, ); c) Relação de expositores (quando for o caso); d) Lay-out e croquis de ambientação (quando se fizer necessário); e) Apólice de seguro quando aplicável ao evento; f) Alvará da Vigilância Sanitária (de empresas contratadas para fornecimento de refeições); g) Outros julgados necessários, de acordo com o tipo do evento, como ART Anotação de Responsabilidade Técnica CREA, Alvará do Juizado de Menores, etc; h) Para os eventos que necessitem montagem, o Cliente deverá apresentar projeto incluindo planta da situação em escala, contendo a demanda de energia elétrica, ramais telefônicos, pontos de água e de esgoto necessários, de forma detalhada por área, bem como a carga (peso) a ser instalada.

4 3.2 TARIFAS E PAGAMENTOS Os pagamentos relativos à contratação do evento devem ser realizados conforme as seguintes normas: a) Pagamento de uma taxa de reserva variando de 10 a 20% (dez a vinte por cento) do valor do orçamento para a garantia do espaço. O percentual dessa taxa ficará a critério da análise exclusiva da Diretoria da Administração e Finanças da UPB. O restante do valor do contrato deverá ser pago até 72 (setenta e duas) horas úteis antes do início da montagem; b) A taxa de reserva não será restituída em caso de desistência ou não realização do evento pelo Cliente, independentemente do motivo, e nem poderá ser transferida para cobrir custos de outro evento; c) As despesas extra-contrato pendentes serão pagas após o término do período previsto no contrato, por meio de boleto bancário emitido pela UPB; em casos especiais essas despesas poderão ser pagas através de depósito bancário identificado na conta-corrente desta Empresa; d) Não será liberada a pauta para a reserva e/ou realização de eventos a empresas que estejam inadimplentes com a UPB DA CESSÃO DO AUDITÓRIO a) O valor da taxa a ser cobrada para cessão do uso por órgãos e entidades da Administração Pública NÃO PODERÁ SER INFERIOR A 50% (cinquenta por cento) do valor cobrado, a título de aluguel e taxa de manutenção, para particulares. b) Os Municípios da Região Metropolitana, com as suas contribuições associativas em dia, terão direito a 01 (uma) cessão gratuita do Auditório a cada semestre, desde que haja disponibilidade de agenda e que o evento não ocorra aos finais de semana. 3.3 MEDIDAS GERAIS DE SEGURANÇA MEDIDAS PARA A SEGURANÇA DO TRABALHO O Cliente deverá adotar as seguintes medidas:

5 a) Fornecer credenciais para todas as pessoas envolvidas no evento e exigir o uso de uniformes adequados no local de trabalho para os prestadores de serviços; b) Impedir a comercialização de lanches nas áreas locadas, desde a montagem até a desmontagem; c) Designar local apropriado para refeições em geral dentro dos espaços locados pelo Cliente, não permitindo, para essa finalidade, áreas de circulação, palco, etc; d) Impedir, sob qualquer pretexto, o depósito de materiais, ferramentas ou outros produtos nas vias de circulação e nos espaços contíguos aos espaços locados; e) Impedir que montadores e expositores utilizem como apoio o palco, bem como encostem materiais nas paredes e porta de vidro da cabine de sonorização; f) Controlar a utilização adequada de vasilhames para material que possa prejudicar a saúde dos usuários e manejadores ou danificar as instalações da UPB, tais como graxas, tintas, corrosivos, inflamáveis, etc., utilizando sempre forro adequado no piso para seu manuseio e utilização; g) Adotar todas as medidas de segurança adequadas de modo a impedir a entrada de produtos explosivos ou armas em quaisquer das dependências da UPB; h) Ficará a cargo do Cliente a instalação de posto médico ou manutenção de ambulância de plantão no período de montagem, realização e desmontagem dos eventos MEDIDAS CONTRA INCÊNDIO O Cliente deverá adotar as seguintes medidas: a) Proibir a retirada dos extintores a UPB de seus pontos fixos para serem utilizados em outro local como extintores de prontidão; b) Impedir a obstrução dos extintores, sob pena de interdição do evento;

6 c) Proibir a colocação de qualquer material ou equipamento em frente aos hidrantes, corredores de circulação e saída de emergência, sob pena de paralisação dos trabalhos; d) Conservar sempre absolutamente livres as saídas de emergência e a sua sinalização, impedindo o armazenamento no local de qualquer tipo de material ou equipamento. 3.3 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI O Cliente obriga-se a prover e/ou a exigir das empresas envolvidas e de seus expositores o fornecimento aos empregados e trabalhadores do Equipamento Individual de Proteção (EPI) adequado aos riscos existentes, em perfeito estado de conservação e funcionamento. 3.4 MONTAGENS, INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS O Cliente deverá adotar as seguintes medidas: a) O transporte dos materiais para montagem e desmontagem dos eventos deverá ser processado através da saída de emergência e ou porta central de acesso ao auditório. b) Proteger as bancadas de mármore com carpete ou revestimento similar ao utilizar pranchões sobre as mesmas; c) Submeter à apreciação da UPB a solicitação de instalação de antenas ou qualquer equipamento de decoração e divulgação que envolva o acesso à estrutura da UPB. 3.5 LIMPEZA E HIGIENE a) A UPB deverá promover a manutenção e a limpeza das áreas locadas, áreas de circulação e sanitários, entregando o ambiente limpo e higienizado. O Cliente deverá adotar as seguintes medidas: b) Todo e qualquer lixo produzido após a entrega do Auditório, a retirada será de responsabilidade do Cliente. O lixo e demais resíduos deverão ser processados através da saída central do auditório antes do inicio do evento;

7 c) Depositar nas lixeiras existentes nas áreas da UPB os restos de materiais de montagem e desmontagem dos eventos, sendo que os restos de alimentos deverão ser acondicionados em sacos plásticos fechados e resistentes, antes de serem colocados nas lixeiras; e) Assegurar-se de que todo o pessoal envolvido no evento não efetue a lavagem de cabelos e de utensílios de montagem (baldes, pincéis, etc) nas pias dos sanitários instalados na UPB; 4. OBRIGAÇÕES DO CLIENTE a) Assinar o Contrato de Locação e efetuar o pagamento até 72 (setenta e duas) horas antes do início da montagem/realização do evento; b) Assinar o Termo de Vistoria de Entrega de Espaço junto ao Responsável pelo Auditório. c) O Cliente somente poderá fazer uso das áreas especificadas no contrato, bem como aquelas locadas no decorrer do evento via custo extra-contrato, cujos limites físicos obriga-se a respeitar fielmente; d) Cumprir e fazer cumprir pelos seus prepostos, empregados e expositores, todas as normas constantes do contrato e deste Regulamento, especialmente as normas legais, bem como restituir à UPB os espaços contratados nas mesmas condições em que os recebeu; e) Manter um representante, devidamente credenciado, durante o período de montagem, realização e desmontagem do evento, para possibilitar a facilidade de entendimentos com a UPB; f) Permitir o livre acesso do pessoal administrativo, de supervisão e manutenção da UPB nas áreas locadas, bem como das pessoas por ela credenciadas, para o desempenho das funções a si inerentes; g) Para toda e qualquer publicidade/merchandising externa (blimp, out-door, banner) contratar previamente o serviço junto à UPB e obter licença da SUCOM, através do pagamento da respectiva taxa.

8 h) Respeitar os espaços cedidos pela UPB a terceiros, na forma de contratos em vigor, tais como serviços de lanchonetes e restaurantes; i) Prover segurança aos espaços contratados e áreas de carga/descarga durante o período de montagem, realização e desmontagem do evento, uma vez que a UPB mantém apenas a segurança patrimonial de suas instalações e não se responsabiliza por ocorrências de furtos e/ou roubos de qualquer natureza nos espaços locados, bem como nas dependências internas da UPB. j) Preservar a visibilidade da sinalização de emergência, o livre acesso às saídas de emergência e aos sanitários, não promovendo montagens ou o fechamento destas áreas sem autorização da UPB; l) Obrigatória à contratação de Segurança Fardada para que possa ficar área interna do foyer, com o principal objetivo efetuar o controle nas portas de acesso ao Auditório Prefeito Antônio Lomanto Júnior para não permitir a entrada de alimentos e bebidas; m) Reparar ou indenizar no prazo de 02 (dois) dias úteis, após o recebimento da notificação formal, os eventuais danos causados à estrutura, mobiliário e equipamentos da UPB, a fim de não comprometer a utilização futura dos espaços para outros eventos, sendo que, em caso contrário, o serviço reparatório será executado pela UPB e o custo correspondente será cobrado do cliente, acrescido o valor de 20 % a titulo de taxa de administração; n) Devolver à UPB o espaço contratado e suas respectivas instalações, após a desmontagem do evento em perfeitas condições de higiene, limpeza e totalmente desocupado, sendo que, caso isto não ocorra, a UPB adotará as providências necessárias, e cobrará do Cliente o custo calculado pela Tabela de Preços Extra- Contrato acrescido de uma taxa de administração de 20% sobre o total; o) Assinar o Termo de Vistoria de Devolução de Espaço junto ao Responsável pelo Auditório. Caso o cliente não compareça no dia e hora acordados para a vistoria, prevalecerá aquilo que a UPB registrar; p) Manter os extintores nos seus pontos fixos. 5. OBRIGAÇÕES DA UPB a) Garantir a reserva de pauta desde que haja o comprovante do pagamento da taxa de reserva;

9 b) Entregar ao Cliente os espaços contratados, em condições de utilização e funcionamento, através do Termo de Vistoria de Entrega de Espaço, assinado pelas partes; c) Manter as instalações de energia elétrica, água, esgoto e mobiliário em adequado estado de funcionamento e conservação, corrigindo eventuais defeitos e substituindo equipamentos inoperantes, quando disponível; d) Manter o sistema de ar-condicionado em condições adequadas de funcionamento durante o período de realização do evento, corrigindo eventuais defeitos e substituindo equipamentos inoperantes, desde que seja possível tecnicamente; f) Manter nas áreas locadas o número de extintores compatíveis com as exigências legais, observando rigorosamente a Norma Regulamentadora NR 23 - Proteção contra Incêndio. 6. DISPOSIÇÕES GERAIS a) O Cliente não poderá alterar a tipologia e denominação do evento nem promover a transferência do evento para terceiros, após a contratação do mesmo; b) O espaço só será liberado para o Cliente quando o contrato estiver devidamente assinado, quitado e mediante assinatura do Termo de Vistoria de Entrega do Espaço, na Coordenação de Capacitações e Eventos; e) Todas as solicitações de serviço à UPB referentes ao evento, durante os períodos de montagem, realização e desmontagem, não constantes do contrato, deverão ser efetuadas pelo cliente ou por pessoa formalmente por ele autorizada à Coordenação de Capacitações e Eventos; g) O período da diária de locação de espaço é de 10(dez) horas corridas, das 08 (oito) às 18 (dezoito) horas; após esse período será cobrada uma tarifa adicional de excedente noturno de acordo com a tabela de preços vigente. Havendo necessidade de extensão de horário, durante a realização do evento, o Cliente deverá encaminhar solicitação à UPB, até às 14 (quatorze) horas do dia útil anterior, mediante assinatura do modelo de Solicitação de Serviços, para que seja programado o atendimento;

10 h) A panfletagem na UPB será permitida apenas nos espaços locados pelo cliente, e por concordância deste; o) É proibida a utilização de material ou equipamento que cause poluição ambiental de qualquer forma, especialmente a sonora; p) Não comercializar nem permitir a comercialização de alimentos e bebidas no Foyer do Auditório; q) O nome da UPB só poderá ser vinculado ou veiculado em quaisquer eventos publicitários com a anuência prévia da mesma; r) A inobservância das prescrições contidas neste Regulamento pelo Cliente será objeto de Notificação a ser lavrada pela Coordenação de Capacitações e Eventos; s) Não será permitida a realização de eventos nos finais de semana. 7. VIGÊNCIA Este Regulamento entra em vigor nesta data, revogadas todas as disposições em contrário. Salvador, em 30 de março de 2015.

R E G U L A M E N T O D A V B I E N A L I N T E R N A C I O N A L D O L I V R O D E A L A G O A S

R E G U L A M E N T O D A V B I E N A L I N T E R N A C I O N A L D O L I V R O D E A L A G O A S R E G U L A M E N T O D A V B I E N A L I N T E R N A C I O N A L D O L I V R O D E A L A G O A S 1. EVENTO: 1.1 REALIZAÇÃO Editora da Universidade Federal de Alagoas EDUFAL Universidade Federal de Alagoas

Leia mais

REGULAMENTO DA VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS

REGULAMENTO DA VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS REGULAMENTO DA VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS 1. EVENTO: 1.1 REALIZAÇÃO Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal) Av. Lourival Melo Mota,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS DO CENTRO DE CONVENÇÕES DIVALDO FRANCO

REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS DO CENTRO DE CONVENÇÕES DIVALDO FRANCO REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS DO CENTRO DE CONVENÇÕES DIVALDO FRANCO APRESENTAÇÃO Este documento constitui-se instrumento orientador e facilitador das ações para contratação, preparação e realização de

Leia mais

Local: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco), Rodovia Antonio Heil, 29 - Centro, Brusque/SC

Local: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco), Rodovia Antonio Heil, 29 - Centro, Brusque/SC REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 - INTRODUÇÃO As normas que regem a organização, montagem, funcionamento e desmontagem da FECATEX 2017 - Home & Fashion - Primavera Verão 2018- Feira Têxtil de Santa Catarina,

Leia mais

PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. Aprova o regulamento de utilização do auditório e das salas de treinamentos da GRANFPOLIS. O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO DA GRANDE FLORIANÓPOLIS

Leia mais

PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012.

PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012. PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012. EMENTA: Disciplina a cessão e locação de espaços destinados a reuniões e eventos na sede do CRMV-RJ. O PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA

Leia mais

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 1 6 Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 I Disposições Gerais 1. Objecto O presente regulamento tem por finalidade estabelecer as condições gerais a que ficam sujeitos

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO:

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: 1.1 A destinação deste plano de benefício é disponibilizar, ora contratado, diárias de veículo econômico com ar para as pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO

ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO 1. CLÁUSULA PRIMEIRA - CONDIÇÕES GERAIS 1.1. A PARTE proprietária dos itens de infra-estrutura cedidos e a PARTE a qual será feita

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Atenciosamente, Comissão Organizadora

MANUAL DO EXPOSITOR. Atenciosamente, Comissão Organizadora MANUAL DO EXPOSITOR O presente manual tem o objetivo de orientar sua participação no evento 12 BEAUTY FEST". Caso persista alguma dúvida a respeito, favor nos contatarem pelo fone (51) 3710-3070 ou através

Leia mais

Câmara de Vereadores de Timbó Estado de Santa Catarina

Câmara de Vereadores de Timbó Estado de Santa Catarina CONTRATO DE LOCAÇÃO nº 03/2014. PARTES: ADMINISTRADORA DE BENS SJM LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob nº 07.474.629/0001-12, com sede na Rua Germano Brandes Sênior, nº 711,

Leia mais

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE O presente Anexo III faz parte integrante do Contrato de Credenciamento ao Sistema Elavon ( CONTRATO ) registrado no 5º Oficial de Registro de Títulos e Documentos

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

Manual do Montadora. Edmundo Doubrawa Joinville SC. www.expogestao.com.br

Manual do Montadora. Edmundo Doubrawa Joinville SC. www.expogestao.com.br Manual do Montadora Edmundo Doubrawa Joinville SC www.expogestao.com.br 5 NORMAS DE MONTAGEM CHECK LIST MONTAGEM 1- Entregar Termo de Responsabilidade ORIGINAL assinado pelo expositor e pelo responsável

Leia mais

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973.

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. *ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. CONTRATO DE LOCAÇÃO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE BEM MÓVEL Contrato

Leia mais

Manual do Expositor. Informações: 11 2223-2521 operacional.decofe@apcdcentral.com.br. Prezado EXPOSITOR,

Manual do Expositor. Informações: 11 2223-2521 operacional.decofe@apcdcentral.com.br. Prezado EXPOSITOR, Prezado EXPOSITOR, Os Expositores através do CNPJ da sua empresa (conforme contrato de locação) em campo específico, acessarão os formulários para preenchimento, envio e impressão dos mesmos, on-line.

Leia mais

REGULAMENTO DE CESSÃO E UTILIZAÇÃO DO TEATRO DO CENTRO DE ARTES E CONVENÇÕES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO E DO SEU FOYER

REGULAMENTO DE CESSÃO E UTILIZAÇÃO DO TEATRO DO CENTRO DE ARTES E CONVENÇÕES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO E DO SEU FOYER REGULAMENTO DE CESSÃO E UTILIZAÇÃO DO TEATRO DO CENTRO DE ARTES E CONVENÇÕES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO E DO SEU FOYER CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Os procedimentos atinentes

Leia mais

a) Após o pagamento da primeira parcela do plano Sócio-Torcedor, o portador do cartão deverá retirar o Cartão Sócio Torcedor na bilheteria.

a) Após o pagamento da primeira parcela do plano Sócio-Torcedor, o portador do cartão deverá retirar o Cartão Sócio Torcedor na bilheteria. Regras Gerais a) Após o pagamento da primeira parcela do plano Sócio-Torcedor, o portador do cartão deverá retirar o Cartão Sócio Torcedor na bilheteria. b) Para acessar o estádio, o Sócio-Torcedor precisa

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Locação de imóveis

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Locação de imóveis Pág.: 1/6 1 Objetivo Esta Norma estabelece os procedimentos referentes à celebração, renovação e rescisão dos contratos de locação de imóveis efetuados pela COPASA MG, exclusivamente para o exercício de

Leia mais

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino REGULAMENTO DO USO DA SALA DE TREINAMENTO E AUDITÓRIO DA ACIA OURO FINO 01 - As Salas e espaços na sede da ACIA Ouro Fino poderão ser utilizados por seus associados e por não associados conforme os termos

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá - Unifei Campus de Itabira

Universidade Federal de Itajubá - Unifei Campus de Itabira Revisão: 001 Página 1 de 7 Dispõe sobre conjunto de regras relativas à concessão do direito de uso dos espaços de convivência vinculados à Diretoria de Infraestrutura, da Universidade Federal de Itajubá

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE RESOLUÇÃO N o 016/2009-CONSAD, de 18 de junho de 2009. Fixa normas para uso de equipamentos e dependências físicas da UFRN por terceiros,

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE COMODATO PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA

MINUTA DE CONTRATO DE COMODATO PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MINUTA DE CONTRATO DE COMODATO PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA DAS PARTES Pelo presente instrumento particular de contrato, que tem de um lado , brasileiro, residente à ,

Leia mais

27 à 29 de Maio 2009 São João Batista SC

27 à 29 de Maio 2009 São João Batista SC 27 à 29 de Maio 2009 São João Batista SC PREZADO EXPOSITOR Para o maior sucesso da 8ª Rodada Nacional e Internacional de Negócios da Moda Calçadista de São João Batista apresentamos o Manual do Expositor.

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

Prove Viseu Dão Lafões 2014

Prove Viseu Dão Lafões 2014 Prove Viseu Dão Lafões 2014 FICHA DE INSCRIÇÃO ORGANIZAÇÃO APOIO INSTITUCIONAL CO-FINANCIAMENTO 1/3 Prove Viseu Dão Lafões 2014 1. CALENDÁRIO HORÁRIO DO EVENTO 4 julho / 18:00 24:00 5 julho / 12:00 24:00

Leia mais

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009 1 NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009 1. Os procedimentos para a realização de evento(s) na sede do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRMPR) em Curitiba

Leia mais

Parque Tecnológico de Óbidos

Parque Tecnológico de Óbidos Parque Tecnológico de Óbidos Regulamento de obras (Versão preliminar) Fevereiro de 2009 Óbidos Requalifica, E.E.M. Casa do Largo da Porta da Vila, 1.º Tel: +351 262 955 440 obidos.requalifica@mail.telepac.pt

Leia mais

Capítulo II DOS USUÁRIOS REGULARES E EVENTUAIS

Capítulo II DOS USUÁRIOS REGULARES E EVENTUAIS RESOLUÇÃO DA VRG Nº 03/2008 DISPÕE SOBRE O SERVIÇO DE ATENDIMENTO E FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA MARIO OSORIO MARQUES DA UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL -

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL 1.OBJETIVO O objetivo básico da Exposição é promover, através da exposição de produtos/serviços as empresas ligadas ao segmento. 1.2. PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A realização

Leia mais

ANEXO I RG: CPF: TELEFONE: DATA DO PRÉ-EVENTO: HORÁRIO: DURAÇÃO: DATA DO PÓS-EVENTO HORÁRIO: DURAÇÃO:

ANEXO I RG: CPF: TELEFONE: DATA DO PRÉ-EVENTO: HORÁRIO: DURAÇÃO: DATA DO PÓS-EVENTO HORÁRIO: DURAÇÃO: ANEXO I SECRETARIA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E TURISMO. SOLICITAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DO CENTRO DE EVENTOS ARI JOSÉ RIEDI DECRETO Nº035/2014 NOME DO SOLICITANTE: NOME DO REPRESENTANTE LEGAL E CNPJ CARGO: RG:

Leia mais

NORMA DE CONTROLE DE CIRCULAÇÃO INTERNA NOR 204

NORMA DE CONTROLE DE CIRCULAÇÃO INTERNA NOR 204 MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO CÓD. 200 ASSUNTO: ESTABELECE CRITÉRIOS DE PROCEDIMENTOS PARA O CONTROLE DE CIRCULAÇÃO INTERNA NAS DEPENDÊNCIAS DA EMPRESA CÓD: APROVAÇÃO: Resolução nº 0098/94, de 15/12/1994 NORMA

Leia mais

AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES

AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES CARTA CONVITE: N 001/2012 A AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA, situada à Avenida Universitária, n 23, Parque das Palmeiras, Paripiranga (BA),

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR CRONOGRAMA DATA DIA AÇÃO INÍCIO TÉRMINO. Início da montagem montadora oficial (demarcação do piso do pavilhão)

MANUAL DO EXPOSITOR CRONOGRAMA DATA DIA AÇÃO INÍCIO TÉRMINO. Início da montagem montadora oficial (demarcação do piso do pavilhão) 13 e 14 de Maio de 2016. Curitiba-PR MANUAL DO EXPOSITOR Realização e organização: Editora Plena Rua Janiópolis, 245 83035-100 São José dos Pinhais PR Telefone: 41-3081-4052 Contato: Beatriz Muniz Richter

Leia mais

Regulamento das comissões internas de prevenção de acidentes - CIPAs

Regulamento das comissões internas de prevenção de acidentes - CIPAs Pág.: 1/5 1 Objetivo 1.1 Esta Norma estabelece os procedimentos relativos ao funcionamento das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes - CIPAs na COPASA MG. 1.2 Aplica-se a todos os empregados e Unidades

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº:

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: LOCADOR: Salão de Beleza ou (Estética), situado na Rua, Bairro, CEP, Cidade, Estado, inscrito no CNPJ sob o número, Alvará Municipal

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS LIVRE TELECOM COM. E SERV. EM TELECOMUNICAÇÕES LTDA., sociedade regularmente constituída com sede na Av. Cásper Líbero, 383 8 andar

Leia mais

MANUAL PARA MONTADORAS

MANUAL PARA MONTADORAS MANUAL PARA MONTADORAS 1. PERÍODO DE REALIZAÇÃO DO EVENTO: De 11 a 15 de Abril de 2016, das 08:00 às 18:00h. 2. PERÍODO DE MONTAGENS E DESMONTAGENS DOS STANDS Período de montagem de stands será de 21/03/2016

Leia mais

NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA

NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA Art. 1º - Os espaços serão utilizados preferencialmente por atividades administrativas, de ensino, de extensão e de pesquisa da UFCSPA. 1º - O horário de realização

Leia mais

TERMO DE ADESÃO DE USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO ITU. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso do Loja Virtual VT Urbano Itu, considera-se:

TERMO DE ADESÃO DE USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO ITU. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso do Loja Virtual VT Urbano Itu, considera-se: TERMO DE ADESÃO DE USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO ITU 1. Definições Para interpretação do Termo de Adesão e Uso do Loja Virtual VT Urbano Itu, considera-se: Empresa Concessionária: Viação Itu Ltda, pessoa

Leia mais

Contrato de Locação de Imóvel e Mobília por Temporada

Contrato de Locação de Imóvel e Mobília por Temporada Contrato de Locação de Imóvel e Mobília por Temporada LOCATÁRIO: Profissão: RG: CPF: Residente e domiciliado: LOCADOR: VILA DOS MANACÁS ATIVIDADES IMOBILIARIAS, empresa estabelecida nesta cidade de Ubatuba/SP,

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO LEILÃO DE BENS MÓVEIS: ITENS OBSOLETOS, EQUIPAMENTOS DESATIVADOS, VEÍCULOS E SUCATAS EM GERAL.

EDITAL DE LEILÃO LEILÃO DE BENS MÓVEIS: ITENS OBSOLETOS, EQUIPAMENTOS DESATIVADOS, VEÍCULOS E SUCATAS EM GERAL. LEILÃO Nº. 001/2013 EDITAL DE LEILÃO LEILÃO DE BENS MÓVEIS: ITENS OBSOLETOS, EQUIPAMENTOS DESATIVADOS, VEÍCULOS E SUCATAS EM GERAL. MINERAÇÃO CARAÍBA S/A Fazenda Caraíba, S/No, Distrito Pilar Jaguarari

Leia mais

TERMO DE ADESÃO E USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO VA Legal. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso da Loja Virtual VT URBANO VA Legal considera-se:

TERMO DE ADESÃO E USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO VA Legal. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso da Loja Virtual VT URBANO VA Legal considera-se: TERMO DE ADESÃO E USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO VA Legal 1. DEFINIÇÕES: Para interpretação do Termo de Adesão e Uso da Loja Virtual VT URBANO VA Legal considera-se: EMPRESA CONCESSIONÁRIA Viação Atibaia

Leia mais

LEI N. 2.174, DE 08 DE OUTUBRO DE 2013

LEI N. 2.174, DE 08 DE OUTUBRO DE 2013 LEI N. 2.174, DE 08 DE OUTUBRO DE 2013 Poder Legislativo Regulamenta área para estacionamento exclusivo de veículos pesados no Município de Lucas do Rio Verde - MT. O Prefeito do Município de Lucas do

Leia mais

M A. Projeto Exposições 2010. Museu Universitário de Arte

M A. Projeto Exposições 2010. Museu Universitário de Arte M A Museu Universitário de Arte Projeto Exposições 2010 Termos para inscrições de artistas, curadores e demais interessados em participar do calendário de exposições do ano de 2010/2011 do Museu Universitário

Leia mais

MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA. Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições

MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA. Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições Artigo 1.º (Objecto e Âmbito) 1. A MARL Mercado Abastecedor

Leia mais

APÊNDICE XI SERVIÇOS GERAIS DE APOIO À ADMINISTRAÇÃO

APÊNDICE XI SERVIÇOS GERAIS DE APOIO À ADMINISTRAÇÃO APÊNDICE XI SERVIÇOS GERAIS DE APOIO À ADMINISTRAÇÃO 1 SUMÁRIO 1 CONCEITOS E DIRETRIZES... 3 2 LIMPEZA... 3 2.1 Caracterização do Pessoal... 3 2.2 Materiais e Equipamentos a serem fornecidos e utilizados...

Leia mais

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014 8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia 07 a 09 de maio de 2014 Hotel InterCity Premium - Caxias do Sul RS REGULAMENTOS E NORMAS ESPECÍFICAS

Leia mais

O Presidente da Associação Leopoldina Juvenil, no uso das atribuições que lhe são conferidas, pelo artigo 25º do Estatuto Social,

O Presidente da Associação Leopoldina Juvenil, no uso das atribuições que lhe são conferidas, pelo artigo 25º do Estatuto Social, ASSOCIAÇÃO LEOPOLDINA JUVENIL RESOLUÇÃO DE DIRETORIA DATA: 25/04/2011 LOCAÇÃO DE DEPENDÊNCIAS Código RD 04/11 Página 1 O da Associação Leopoldina Juvenil, no uso das atribuições que lhe são conferidas,

Leia mais

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007 Ano XIII - Edição N.: 2834 Diário Oficial do Município Poder Executivo Secretaria Municipal de Governo

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007 Ano XIII - Edição N.: 2834 Diário Oficial do Município Poder Executivo Secretaria Municipal de Governo Quinta-feira, 26 de Abril de 2007 Ano XIII - Edição N.: 2834 Diário Oficial do Município Poder Executivo Secretaria Municipal de Governo DECRETO Nº 12.693 DE 25 DE ABRIL DE 2007 Estabelece procedimentos

Leia mais

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP);

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP); Nº Do contrato: Fone: ( ) IMEI: * *A ser preenchido pela associação. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE COMODATO DE APARELHO CELULAR E DE CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL E CONTRATAÇÃO DE

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1- DO OBJETO Visa este Termo de Referência à contração de empresa especializada

Leia mais

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO:

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: 1) Este regulamento SÓ se aplica aos contratos celebrados na unidade Paulista, por alunos matriculados nos cursos preparatórios para concursos públicos semestrais

Leia mais

DECRETO Nº 18.480 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2000

DECRETO Nº 18.480 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2000 DECRETO Nº 18.480 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2000 Regulamenta a Lei nº 16.478/99, publicada no Diário Oficial da Cidade do Recife em 23.02.99 CAPÍTULO I OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Art. 1º Estas normas têm

Leia mais

Programa de Educação Tutorial - PET MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O CUSTEIO PET

Programa de Educação Tutorial - PET MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O CUSTEIO PET MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O CUSTEIO PET LEGISLAÇÃO Lei nº11.180/2005 O professor tutor, de acordo com o 1º do art. 12 da Lei n o 11.180/2005, receberá semestralmente um montante de recursos equivalente

Leia mais

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537.

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537. Assist24h_AutoPasseio_jul 6/13/07 4:32 PM Page 1 CARO SEGURADO Para você que adquiriu o Real Automóvel e contratou os serviços de Assistência 24 horas, este é o seu guia de serviços da Real Assistência.

Leia mais

Atualizada.: 19/04/2012 ANEXO 1 E

Atualizada.: 19/04/2012 ANEXO 1 E COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL MEDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 E Ótica; Creches; Instituições de longa permanência para idosos; Instituições que prestem serviços de atenção a pessoas com

Leia mais

Regulamento da Promoção "Punta Cana All Inclusive" - Consórcio Iveco

Regulamento da Promoção Punta Cana All Inclusive - Consórcio Iveco Regulamento da Promoção "Punta Cana All Inclusive" - Consórcio Iveco A Promoção Punta Cana All Inclusive é uma ação realizada pelo Consórcio Iveco para os clientes que adquirirem, em todo território nacional,

Leia mais

ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR.

ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR. ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR. APRESENTAÇÃO A Organizadora e Montadora Oficial vêm através deste Manual colocar à disposição, todas as informações necessárias para que você Expositor possa

Leia mais

Normas para aluguer de espaços na Mata Nacional do Buçaco Sumário

Normas para aluguer de espaços na Mata Nacional do Buçaco Sumário Normas para aluguer de espaços na Mata Nacional do Buçaco Sumário Introdução Reserva de Espaços Catering, decoração e animação musical Registo Fotográfico/Vídeo Danos/ Incidentes Cancelamentos / Preçários

Leia mais

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROJETO BÁSICO GESER Nº 04/07 FISCALIZAÇÃO DA OBRA DE IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de fiscalização

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013.

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro de garantia estendida, quando da aquisição de

Leia mais

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física:

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física: INSTRUÇÕES BÁSICAS O que é necessário para alugar um imóvel na Bandeirantes Imóveis? Para alugar quaisquer dos imóveis disponíveis na carteira de locação da Bandeirantes Imóveis siga os seguintes passos:

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER COM SEGURO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER COM SEGURO Página 1 de 7 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER COM SEGURO ET DO BRASIL LTDA., empresa com sede à Rua Federação Paulista de Futebol, 777, Barra Funda, São Paulo/SP, CEP: 01141-040, inscrita no

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO. Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS:

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO. Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS: REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS: DATA: 20 a 23 de Outubro de 2014 LOCAL: EXPO CENTER NORTE PAVILHÃO AZUL HORÁRIO: 2ª, 3ª,

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

REGULAMENTA OS PROCEDIMENTOS PARA CONCESSÃO DA LICENÇA PARA LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE EVENTOS.

REGULAMENTA OS PROCEDIMENTOS PARA CONCESSÃO DA LICENÇA PARA LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE EVENTOS. DECRETO Nº 16.785, DATA: 5 de outubro de 2005. REGULAMENTA OS PROCEDIMENTOS PARA CONCESSÃO DA LICENÇA PARA LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE EVENTOS. O Prefeito Municipal de Foz do Iguaçu,

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 28 de novembro de 2013 - das 11h00 às 17h00

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 28 de novembro de 2013 - das 11h00 às 17h00 MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 - Cep 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 11 de setembro de 2014 - das 11h00 às 17h00

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 11 de setembro de 2014 - das 11h00 às 17h00 MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 - Cep 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC N 6, DE 30 DE JANEIRO DE 2012

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC N 6, DE 30 DE JANEIRO DE 2012 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC N 6, DE 30 DE JANEIRO DE

Leia mais

REGULAMENTO DE OPERAÇÕES

REGULAMENTO DE OPERAÇÕES 1 GENERALIDADES As operações de crédito da Cooperativa serão realizadas dentro das normas fixadas pelo Estatuto Social, pelas normas legais, as do Banco Central do Brasil e por este Regulamento. 2 OBJETIVO

Leia mais

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS O canteiro de obras Introdução Sistema de produção Em muitos casos de obras de construção e montagem o canteiro de obras pode ser comparado a uma fábrica

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO Por este instrumento particular de contrato de prestação de serviços, de um lado, CONSERT MS LTDA ME, inscrita no CNPJ sob o n. 73.122.137/0001-92, sediada

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA Art. 1º Este regulamento fixa normas e procedimentos para o serviço circulação das coleções pertencentes às bibliotecas

Leia mais

29) CONTRATO DE LOCAÇÃO DE QUARTO POR TEMPORADA. Pelo presente instrumento particular de um lado,...,

29) CONTRATO DE LOCAÇÃO DE QUARTO POR TEMPORADA. Pelo presente instrumento particular de um lado,..., 29) CONTRATO DE LOCAÇÃO DE QUARTO POR TEMPORADA Pelo presente instrumento particular de um lado,..., brasileira, solteira, professora universitária, inscrita no CPF sob o n...., residente e domiciliada

Leia mais

RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL

RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL Prezado Expositor, O Regulamento Geral é parte integrante do contrato da Campanha Recupere seu Crédito. Aqui você encontra

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 367, DE 13 DE JUNHO DE 2008

RESOLUÇÃO Nº 367, DE 13 DE JUNHO DE 2008 RESOLUÇÃO Nº 367, DE 13 DE JUNHO DE 2008 Dispõe sobre a utilização dos sistemas de telefonia fixa e móvel celular do Supremo Tribunal Federal O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso das atribuições

Leia mais

Programa BNDES de Apoio à Aquisição de Veículos Utilitários BNDES Pro- Utilitário

Programa BNDES de Apoio à Aquisição de Veículos Utilitários BNDES Pro- Utilitário Grau: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 39/2015-BNDES Rio de Janeiro, 21 de setembro de 2015. Ref.: Ass.: Produto BNDES Automático Programa BNDES de Apoio à Aquisição de Veículos

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO POR TEMPORADA

CONTRATO DE LOCAÇÃO POR TEMPORADA CONTRATO DE LOCAÇÃO POR TEMPORADA IRINALDA CARNEIRO DE MENEZES,brasileira,casada, advogada,portadora do RG Nº 510.955 SSP/PE, Residente e domiciliada na Rua José Paraíso, 103- Apto. 402- Edf. Castelo de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 12/2011

RESOLUÇÃO Nº 12/2011 RESOLUÇÃO Nº 12/2011 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal de Viçosa, órgão superior de administração, no uso de suas atribuições legais, considerando a Lei 8112, de 11/12/1990, Regime Jurídico

Leia mais

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL Esta cartilha visa orientar e contribuir objetivamente as pessoas de um modo geral e aos nossos clientes candidatos a LOCATÁRIOS, informando o passo a passo,nahoradeselocarumimóvel.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA 9ª EXPOTAPERA PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 08 a 11 DE OUTUBRO DE 2015

REGULAMENTO GERAL DA 9ª EXPOTAPERA PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 08 a 11 DE OUTUBRO DE 2015 REGULAMENTO GERAL DA 9ª EXPOTAPERA PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 08 a 11 DE OUTUBRO DE 2015 LOCAL: Ginásio Tenarião, situado na Rua Tiradentes,315, Bairro Centro, Tapera- RS. Art. 1º. A abertura da 9ª EXPOTAPERA

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA 1. Funcionamento 1.1 A Biblioteca funciona de acordo com o calendário institucional. 1.2 Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, de 7h30 às 22h20. A partir das 22h,

Leia mais

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor.

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor. REGULAMENTO DO FLOT TRAVEL CARD FLOT OPERADORA TURÍSTICA LTDA., o Presenteador e o Presenteado do FLOT TRAVEL CARD, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, o segundo e o terceiro,

Leia mais

Ministério Público do Rio Grande do Sul PROMOTORIA DE JUSTIÇA CÍVEL DE ERECHIM

Ministério Público do Rio Grande do Sul PROMOTORIA DE JUSTIÇA CÍVEL DE ERECHIM Procedimento n.º INQUÉRITO CIVIL: 00763.00041/2014 Investigada: ASSOCIAÇÃO CULTURAL E INDUSTRIAL DE ERECHIM TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA No dia 18 de novembro de 2014, o MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

REGULAMENTO VALE-VIAGEM CVC

REGULAMENTO VALE-VIAGEM CVC REGULAMENTO VALE-VIAGEM CVC A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S/A, pessoa jurídica de direito privado inscrita no CNPJ nº. 10.760.260/0001-19, com sede na Rua das Figueiras, 501, 8º andar, Bairro

Leia mais

CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA

CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA TENDENCIA COD CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA Pelo presente instrumento particular, de um lado TENDÊNCIA INFORMAÇÕES E SISTEMAS LTDA., com sede na Rua São Jorge, 103,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS NAS DEPENDÊNCIAS DA DA USP Os eventos acadêmicos, científicos ou comemorativos nas dependências da FOUSP devem ser coordenados por servidores não-docentes, docentes, alunos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO PUBLICADO EM PLACAR Em / / PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS LEI COMPLEMENTAR Nº 173, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2008. Faço saber que: Dispõe sobre permissão de uso, de espaço público, aéreo e subsolo, para instalação

Leia mais

TASQUINHAS. Critérios de Atribuição ÂMBITO OBJECTIVOS LOCAL E HORÁRIO

TASQUINHAS. Critérios de Atribuição ÂMBITO OBJECTIVOS LOCAL E HORÁRIO TASQUINHAS Critérios de Atribuição ÂMBITO 1. A Câmara Municipal de Moura em colaboração com diversas entidades locais, pretende realizar a XI Feira Empresarial de Moura / IV Fórum das Energias Renováveis

Leia mais

LOCAL DO EVENTO: Prática Eventos. Brilhante Eventos I INFORMAÇÕES GERAIS ATENDIMENTO AO EXPOSITOR MONTADORA OFICIAL

LOCAL DO EVENTO: Prática Eventos. Brilhante Eventos I INFORMAÇÕES GERAIS ATENDIMENTO AO EXPOSITOR MONTADORA OFICIAL MANUAL DO EXPOSITOR I INFORMAÇÕES GERAIS LOCAL DO EVENTO: Fábrica de Negócios Hotel Praia Centro Av. Monsenhor Tabosa, 740, Bairro Praia de Iracema, CEP:60165-010 Fortaleza-CE ATENDIMENTO AO EXPOSITOR

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CAPIXABA DA SERRA

REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CAPIXABA DA SERRA REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CAPIXABA DA SERRA SERRA SUMÁRIO REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CAPIXABA DA SERRA... 2 DOS OBJETIVOS:... Erro! Indicador não definido. DO HORÁRIO

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL Nº Do contrato: Fone: ( ) IMEI: * *A ser preenchido pela associação. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL Pelo presente instrumento particular, de um lado

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua Sampaio Viana, 44 - Paraíso,

Leia mais

Estudo de Caso: Você-Aluga

Estudo de Caso: Você-Aluga Estudo de Caso: Você-Aluga Empresa de aluguel de automóveis Tradução: E. A.Schmitz Sumário 1. APRESENTAÇÃO 3 2. O NEGÓCIO VOCÊ-ALUGA 3 2.1. LOCAÇÃO 3 2.2. DEVOLUÇÃO 3 2.3. SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO 3 2.4.

Leia mais

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1 CONDIÇÕES GERAIS DO PU114P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PLANO PU114P MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005166/2011-99II

Leia mais

DECRETO Nº 32159 DE 19 DE ABRIL DE 2010. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais,

DECRETO Nº 32159 DE 19 DE ABRIL DE 2010. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, DECRETO Nº 32159 DE 19 DE ABRIL DE 2010 Altera o Decreto nº 28.002, de 30 de maio de 2007 e dá outras providencias. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, DECRETA: Art.

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE COORDENADORIA GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE NORMA TÉCNICA 2/07

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE COORDENADORIA GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE NORMA TÉCNICA 2/07 PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE COORDENADORIA GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE NORMA TÉCNICA 2/07 Esta Norma dispõe sobre a Regulamentação e Controle das Condições Sanitárias

Leia mais