ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE"

Transcrição

1 ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE O presente Anexo III faz parte integrante do Contrato de Credenciamento ao Sistema Elavon ( CONTRATO ) registrado no 5º Oficial de Registro de Títulos e Documentos de São Paulo/SP. Exceto se expressamente indicado ou definido de forma diversa neste ANEXO, os termos grafados em maiúscula aqui empregados terão os significados que lhe foram atribuídos no ANEXO I ao CONTRATO, sendo que as regras de interpretação ali previstas aplicar-se-ão a este ANEXO como se aqui integralmente transcritas. 1. OBJETO 1.1. O Contrato e este Anexo fixam as condições para realização, pelo ESTABELECIMENTO, de TRANSAÇÕES nas hipóteses em que o PORTADOR não esteja presente ou o CARTÃO não seja fornecido fisicamente ao ESTABELECIMENTO no momento da realização da TRANSAÇÃO ( TRANSAÇÃO SEM CARTÃO PRESENTE ) As TRANSAÇÕES objeto deste Anexo são realizadas por telefone, catálogo, correio, telemarketing direto ou outros meios físicos ou eletrônicos, exclusivamente sem a presença do CARTÃO, mediante prévia solicitação do PORTADOR ao ESTABELECIMENTO ( Mail Order & Telephone Order MOTO ) Para as Transações realizadas por meio de Comércio Eletrônico ( E- Commerce ), as condições previstas no Anexo IV Comércio Eletrônico, também deverão ser observadas pelo ESTABELECIMENTO O ESTABELECIMENTO somente poderá realizar TRANSAÇÃO SEM CARTÃO PRESENTE se previamente autorizado pela ELAVON a operar nesta modalidade. 2. OBRIGAÇÕES DO ESTABELECIMENTO 2.1. O ESTABELECIMENTO desde já, reconhece que as TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE são, em todos os casos, risco exclusivo do ESTABELECIMENTO, nos termos do previsto na Cláusula 39 do CONTRATO, sendo o ESTABELECIMENTO integralmente responsável por quaisquer contestações, multas, cancelamentos, penas, perdas e danos relacionados às TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE, ainda que o ESTABELECIMENTO tenha observado todas as condições previstas neste Anexo e no CONTRATO e que a TRANSAÇÃO tenha sido autorizada mediante emissão de CÓDIGO DE AUTORIZAÇÃO O ESTABELECIMENTO não deve, como condição para efetuar a TRANSAÇÃO, solicitar que o PORTADOR faça qualquer tipo de declaração renunciando o seu direito de contestar qualquer TRANSAÇÃO. Eventuais declarações deste tipo serão consideradas nulas e inválidas para os fins do CONTRATO O ESTABELECIMENTO é responsável por orientar e controlar seus empregados, contratados, representantes, prestadores de serviços e quaisquer terceiros que atuem na efetivação da TRANSAÇÃO para que estes 1

2 cumpram as disposições do CONTRATO e garantam a qualidade e a segurança dos serviços prestados Serão considerados habilitados para realizar as TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE, os ESTABELECIMENTOS submetidos à vistoria para verificar a sua existência, seguindo as normas de segurança da ELAVON Adicionalmente ao disposto no CONTRATO, o ESTABELECIMENTO obriga-se a: i. comprovar à ELAVON, quando solicitado, a perfeita formalização jurídica da TRANSAÇÃO; ii. fornecer, única e exclusivamente, bens ou serviços para o qual foi autorizado expressamente pelo PORTADOR; iii. havendo contestação por parte do PORTADOR, fica o ESTABELECIMENTO ciente de que deverá atender à solicitação de cópia de toda documentação pertinente à TRANSAÇÃO questionada dentro dos prazos e condições estabelecidas pela ELAVON O ESTABELECIMENTO deverá solicitar à ELAVON o CÓDIGO DE AUTORIZAÇÃO para efetivação da TRANSAÇÃO SEM CARTÃO PRESENTE, fornecendo o número do CARTÃO, nome do PORTADOR, data de validade do CARTÃO e, quando cabível, o Código de Segurança do CARTÃO O ESTABELECIMENTO deverá observar quaisquer orientações eventualmente informadas durante o processo de autorização Uma vez recebido o CÓDIGO DE AUTORIZAÇÃO, o ESTABELECIMENTO poderá realizar apenas a TRANSAÇÃO autorizada O ESTABELECIMENTO emitirá o respectivo COMPROVANTE DE VENDA em conformidade com o disposto no CONTRATO O ESTABELECIMENTO declara estar ciente de que o CÓDIGO DE AUTORIZAÇÃO (i) não garante o pagamento final da TRANSAÇÃO; (ii) não garante que a TRANSAÇÃO não será contestada posteriormente pelo PORTADOR; (iii) não isentará o ESTABELECIMENTO em caso de contestação ou cancelamento da TRANSAÇÃO O ESTABELECIMENTO declara estar ciente de que o armazenamento de dados do PORTADOR oferece riscos financeiros ao PORTADOR, ao EMISSOR, à ELAVON, às BANDEIRAS e ao próprio ESTABELECIMENTO, em virtude da possibilidade de ocorrência de fraudes, concordando, portanto, em não utilizar as informações dos PORTADORES e seus respectivos CARTÕES para qualquer outra finalidade diversa da prevista neste Anexo O ESTABELECIMENTO não deve, em hipótese alguma, fazer ou solicitar ao PORTADOR que lhe forneça cópia do CARTÃO como condição para efetuar a TRANSAÇÃO O ESTABELECIMENTO que realiza TRANSAÇÕES de forma recorrente deve formalizar com o PORTADOR uma autorização para realização dos lançamentos de cobrança no CARTÃO de forma sucessiva ao longo do tempo durante a execução das vendas ou prestação dos serviços. 2

3 3. LOCADORAS DE VEÍCULOS 3.1. Aqueles ESTABELECIMENTOS que exercem atividade no ramo de locação de veículos devem observar procedimentos específicos para a cobrança de despesas extraordinárias como: combustível, danos e multas. Tais procedimentos devem constar do Contrato de Locação, bem como em Termo ou Declaração anexa ao Contrato de Locação onde o PORTADOR autoriza a realização das cobranças mencionadas. Nesse caso, o prazo para as cobranças extraordinárias não deve ultrapassar 60 (sessenta) dias contados do encerramento do Contrato de Locação Em caso de contestação por parte do PORTADOR das cobranças mencionadas na cláusula acima, o ESTABELECIMENTO estará sujeito ao cancelamento da TRANSAÇÃO se não atender as solicitações de cópia de toda a documentação relacionada à TRANSAÇÃO de acordo com as condições estabelecidas pela ELAVON. 4. PRÉ-AUTORIZAÇÃO 4.1. Algumas TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE exigem uma Pré-autorização, ou seja, um procedimento onde o ESTABELECIMENTO solicita previamente uma autorização à ELAVON para realizar uma TRANSAÇÃO que ficará pendente e sensibilizará o saldo disponível no CARTÃO do PORTADOR até a realização da TRANSAÇÃO definitiva ( Pré-autorização ) A TRANSAÇÃO Pré-autorizada ficará suspensa e sujeita à confirmação até que o serviço contratado pelo PORTADOR esteja concluído A Pré-autorização será cancelada caso a TRANSAÇÃO definitiva não seja realizada em até 30 (trinta) dias contados da solicitação de Pré-autorização O ESTABELECIMENTO poderá cancelar a solicitação da Pré-autorização. Nesse caso, o saldo sensibilizado no CARTÃO do PORTADOR será liberado de acordo com as regras de cada EMISSOR. O ESTABELECIMENTO reconhece e concorda, expressamente, que a ELAVON não será responsabilizada por eventuais reclamações decorrentes da demora nessa liberação do valor sensibilizado. 5. PAGAMENTO DAS TRANSAÇÕES 5.1. A ELAVON não efetuará o pagamento do VALOR LÍQUIDO DA TRANSAÇÃO SEM CARTÃO PRESENTE ao ESTABELECIMENTO caso não sejam cumpridas todas as condições previstas no CONTRATO e neste ANEXO, sem prejuízo da aplicação de penalidades previstas A ELAVON e o ESTABELECIMENTO concordam que a transferência do valor da comissão ou dos honorários devidos aos contratados do ESTABELECIMENTO, quando atuam como intermediadores ou prestadores de serviços, deverá ser efetuada diretamente pelo ESTABELECIMENTO, não cabendo à ELAVON qualquer responsabilidade nesse sentido. 3

4 5.3. A cobrança do valor de possíveis débitos referentes a CHARGEBACKS, cancelamentos e/ou estorno de TRANSAÇÕES por qualquer motivo será efetuada diretamente ao ESTABELECIMENTO credenciado, não cabendo à ELAVON qualquer responsabilidade nesse sentido. 6. PROTOCOLOS DE SEGURANÇA 6.1. O ESTABELECIMENTO está ciente e concorda que para aceitar e processar TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE deverá implementar e aderir a todas as exigências, orientações, regulamentos e medidas de segurança concebidas para assegurar a transmissão segura dos dados do PORTADOR, conforme previstas em lei ou emitidas pela ELAVON, pelas BANDEIRAS e/ou pelos EMISSORES O ESTABELECIMENTO reconhece e concorda que deverá adotar as precauções contratualmente exigíveis ou comercialmente recomendáveis para a realização das TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE, independentemente do meio de captura adotado pelo ESTABELECIMENTO e/ou EQUIPAMENTO utilizado O ESTABELECIMENTO deverá informar prontamente à ELAVON qualquer violação de segurança, suspeita de fraude ou atividade suspeita em seu sistema. 7. PENALIDADES 7.1. Sem prejuízo das demais condições previstas no CONTRATO, o ESTABELECIMENTO estará sujeito às seguintes condições nas TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE: Caso o ESTABELECIMENTO atinja um determinado índice CHARGEBACK ou reporte de fraude dos EMISSORES sobre as TRANSAÇÕES, durante um período mensal, seja para TRANSAÇÕES domésticas ou internacionais, será comunicado por escrito alertando para o fato e requerendo a implementação de medidas de segurança. Caso não haja redução no índice de CHARGEBACK ou dos reportes de fraude conforme critérios da ELAVON, das BANDEIRAS e dos EMISSORES, o ESTABELECIMENTO poderá ser multado e/ou ter seu CONTRATO rescindido, sem prejuízo das demais condições previstas neste CONTRATO Eventual não aplicação de multa constitui ato de mera liberalidade da ELAVON, não constituindo novação ou renuncia no caso de não aplicação, podendo a multa ser exigida a qualquer momento Caso a multa seja aplicada, a cobrança será efetuada por meio de ajuste a débito na AGENDA FINANCEIRA do ESTABELECIMENTO ou débito no DOMICÍLIO BANCÁRIO do ESTABELECIMENTO. Caso algum dos débitos mencionados não seja possível em virtude de ausência de fundos, o ESTABELECIMENTO obriga-se a pagar a ELAVON o valor devido atualizado pelo IGP-M/FGV (ou índice que o substitua) desde a data da cobrança da ELAVON acrescido de juros de 1% (um por cento) ao mês ou fração pro-rata, dos encargos operacionais e perdas e danos incorridos, por meio de cheque ou ordem de pagamento, no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis após solicitação nesse sentido. 4

5 7.4. O ESTABELECIMENTO deverá, durante a vigência deste Anexo, comunicar os PORTADORES sobre os termos, condições e procedimentos para a realização de TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE de forma clara, completa e precisa, incluindo, sem se limitar, as políticas de restituição de pagamento ao PORTADOR, informações para contato e dados do Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC O ESTABELECIMENTO será o único responsável por disponibilizar apenas bens e/ou serviços permitidos pela legislação vigente, que estejam legalmente habilitados e licenciados pelos órgãos competentes para comercialização via internet, via telefone, catálogo, correio, dentre outros, isentando a ELAVON, as BANDEIRAS e os EMISSORES de quaisquer reclamações dessa natureza O ESTABELECIMENTO é o único responsável por quaisquer reclamações relativas a informações disponíveis em seu sítio eletrônico, publicidade e qualquer outro meio de veiculação de informação referente aos seus produtos e serviços, isentando a ELAVON, as BANDEIRAS e os EMISSORES de quaisquer reclamações dessa natureza Em havendo contradição entre o conteúdo deste Anexo e o quanto previsto no CONTRATO, prevalecerá a redação deste Anexo, exclusivamente no que tange às TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE As disposições deste Anexo não se aplicam aos SUB-ADQUIRENTES, aqui entendidos como aqueles que sub-credenciam outros ESTABELECIMENTOS realizando todas as atividades em seu nome, tais como, aceitação de CARTÕES, consolidação das TRANSAÇÕES, recebimento do pagamento das TRANSAÇÕES, dentre outras Permanecem inalteradas e em pleno vigor as demais disposições do CONTRATO e demais Anexos não expressamente alteradas pelo presente Anexo. São Paulo, 03 de junho de ELAVON DO BRASIL SOLUÇÕES DE PAGAMENTO S.A. 5

REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS

REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS 1. DISPOSIÇÕES GERAIS a) Este Regulamento faz parte integrante do Contrato de Cartão de Crédito ( Contrato ) e regula as condições aplicáveis ao Programa

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

Termo Aditivo ao Contrato de Abertura, Movimentação e Manutenção de Conta de Depósito à Vista Adesão a Serviços de Liquidação Cetip

Termo Aditivo ao Contrato de Abertura, Movimentação e Manutenção de Conta de Depósito à Vista Adesão a Serviços de Liquidação Cetip Termo Aditivo ao Contrato de Abertura, Movimentação e Manutenção de Conta de Depósito à Vista Adesão a Serviços de Liquidação Cetip CONTA CORRENTE (uso exclusivo do banco) Razão Social do Titular Endereço

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do

Leia mais

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor.

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor. REGULAMENTO DO FLOT TRAVEL CARD FLOT OPERADORA TURÍSTICA LTDA., o Presenteador e o Presenteado do FLOT TRAVEL CARD, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, o segundo e o terceiro,

Leia mais

ÂMBITO E FINALIDADE SERVIÇO DE EMPRÉSTIMO DE VALORES MOBILIÁRIOS

ÂMBITO E FINALIDADE SERVIÇO DE EMPRÉSTIMO DE VALORES MOBILIÁRIOS Dispõe sobre empréstimo de valores mobiliários por entidades de compensação e liquidação de operações com valores mobiliários, altera as Instruções CVM nºs 40, de 7 de novembro de 1984 e 310, de 9 de julho

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu

Leia mais

CONTRATO DE ACESSO AO IEPREV ON LINE

CONTRATO DE ACESSO AO IEPREV ON LINE CONTRATO DE ACESSO AO IEPREV ON LINE Pelo presente instrumento particular entre as partes, de um lado o Instituto de Estudos Previdenciários IEPREV, com endereço na Rua Timbiras, 1940, salas 510, 511 e

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE ASSISTÊNCIA PROTEÇÃO A CARTÕES PLANO 1

CONDIÇÕES GERAIS DE ASSISTÊNCIA PROTEÇÃO A CARTÕES PLANO 1 CONDIÇÕES GERAIS DE ASSISTÊNCIA PROTEÇÃO A CARTÕES PLANO 1 1. QUADRO RESUMO DE SERVIÇOS ITEM SERVIÇOS LIMITES DO SERVIÇO 1 Assistência Global de Proteção a Cartões e Serviço de Solicitação de Cartão Substituto

Leia mais

PROGRAMA DE RECOMPENSA SICREDI EMPRESARIAL ANEXO AO CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES SICREDI EMPRESARIAL

PROGRAMA DE RECOMPENSA SICREDI EMPRESARIAL ANEXO AO CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES SICREDI EMPRESARIAL PROGRAMA DE RECOMPENSA SICREDI EMPRESARIAL ANEXO AO CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES SICREDI EMPRESARIAL 1. O Programa de Recompensa Sicredi Empresarial é um programa de incentivo ao uso do(s)

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS C A P Í T U L O I - C A D A S T R O D E P A R T I C I P A N T E S E I N V E S T I D O R E S 1. A SPECTOS GERAIS A CBLC administra dois sistemas de cadastro: o Sistema de Cadastro de Participantes e o Sistema

Leia mais

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições:

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições: CONTRATO DE MÚTUO Prelo presente instrumento particular, [O Estudante, pessoa física proponente de empréstimo com determinadas características ( Proposta )], identificado e assinado no presente contrato

Leia mais

Termos e Condições Adesão ao PROGRAMA SOMMA

Termos e Condições Adesão ao PROGRAMA SOMMA Termos e Condições Adesão ao PROGRAMA SOMMA 1. PROGRAMA SOMMA é um programa de acumulação de pontos, através do qual registra-se o consumo efetuado por cartão de crédito, cartão pré-pago ou cartão de fidelidade

Leia mais

REGULAMENTO VALE-VIAGEM CVC

REGULAMENTO VALE-VIAGEM CVC REGULAMENTO VALE-VIAGEM CVC A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S/A, pessoa jurídica de direito privado inscrita no CNPJ nº. 10.760.260/0001-19, com sede na Rua das Figueiras, 501, 8º andar, Bairro

Leia mais

CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO DO LEILÃO GUERINO SEISCENTOS TRANSPORTES LEILOEIRO OFICIAL: CEZAR AUGUSTO BADOLATO SILVA JUCESP Nº 602

CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO DO LEILÃO GUERINO SEISCENTOS TRANSPORTES LEILOEIRO OFICIAL: CEZAR AUGUSTO BADOLATO SILVA JUCESP Nº 602 CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO DO LEILÃO GUERINO SEISCENTOS TRANSPORTES LEILOEIRO OFICIAL: CEZAR AUGUSTO BADOLATO SILVA JUCESP Nº 602 VENDEDOR(A)/(COMITENTE): GUERINO SEISCENTO TRANSPORTES S.A VNPJ 72.543.978/0001-00

Leia mais

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. SuMÁRIO EXECUTIVO Este resumo apresenta informações essenciais

Leia mais

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO Este Sumário apresenta um resumo das principais informações que a Empresa Associada e o

Leia mais

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 CONTROLE DE VERSÃO EILD PADRÃO BRASIL TELECOM S.A. ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 1. Alterações realizadas no corpo do contrato: Alteradas as qualificações da CONTRATADA e CONTRATANTE O Anexo

Leia mais

1º ADITIVO AO CONTRATO DE AFILIAÇÃO AO SISTEMA CIELO. Cláusula 1ª Fica incluído na Cláusula 4ª do CONTRATO o Parágrafo Terceiro abaixo transcrito:

1º ADITIVO AO CONTRATO DE AFILIAÇÃO AO SISTEMA CIELO. Cláusula 1ª Fica incluído na Cláusula 4ª do CONTRATO o Parágrafo Terceiro abaixo transcrito: 1º ADITIVO AO CONTRATO DE AFILIAÇÃO AO SISTEMA CIELO A CIELO S.A., com sede na Alameda Grajaú, 219, Alphaville, na cidade de Barueri, Estado de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob no. 01.027.058/0001-91,

Leia mais

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO OUROCARD PRÉ-PAGO RECARREGÁVEL VISA DO BANCO DO BRASIL S.A - CORRENTISTAS PESSOAS FÍSICAS

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO OUROCARD PRÉ-PAGO RECARREGÁVEL VISA DO BANCO DO BRASIL S.A - CORRENTISTAS PESSOAS FÍSICAS CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO OUROCARD PRÉ-PAGO RECARREGÁVEL VISA DO BANCO DO BRASIL S.A - CORRENTISTAS PESSOAS FÍSICAS Pelo presente contrato, o BANCO DO BRASIL S.A., com sede em Brasília

Leia mais

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior REGULAMENTO DE ACÚMULO DE PONTOS NO PROGRAMA BRADESCO COM TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA FIDELIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST O PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST ( Programa Partners ), desenvolvido pela empresa AGRINVEST COMMODITIES ( AGRINVEST ), inscrita no CNPJ sob o nº 06.348.158/0001-33,

Leia mais

PROGRAMA DE RECOMPENSA SICREDI ANEXO AO CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES SICREDI

PROGRAMA DE RECOMPENSA SICREDI ANEXO AO CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES SICREDI PROGRAMA DE RECOMPENSA SICREDI ANEXO AO CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES SICREDI 1. O Programa de Recompensa Sicredi é um programa de incentivo ao uso do(s) CARTÃO(ÕES) Sicredi, administrado(s)

Leia mais

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada.

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada. Regulamento: O presente regulamento estabelece os termos e as condições do Programa Club Red Brasil, bem como a concessão e utilização de créditos através de cartões de débito. Todos os participantes,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIDADE CARTÃO COLOMBO INTERNACIONAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIDADE CARTÃO COLOMBO INTERNACIONAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIDADE CARTÃO COLOMBO INTERNACIONAL A Crediare S/A Crédito, Financiamento e Investimento, com sede na Av. Veneza, 1033, Bairro São Roque, no Município e Comarca de Farroupilha,

Leia mais

h) CADASTRO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato.

h) CADASTRO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE GESTÃO DE PROGRAMA DE FIDELIDADE inscrita no CNPJ/MF sob o n. 09.016.557/0001-95, com sede na Rua Dr. Sodré 122 Sala 53, Vila Nova Conceição, São Paulo SP - CEP: 04535-110,

Leia mais

TORPEDO INFO Termos e Condições de Uso

TORPEDO INFO Termos e Condições de Uso TORPEDO INFO Termos e Condições de Uso O presente documento tem por objetivo estabelecer os direitos e obrigações das partes contratantes na utilização pelo usuário, do serviço "TORPEDO INFO" via celular

Leia mais

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior REGULAMENTO DE ACÚMULO DE PONTOS NO PROGRAMA BRADESCO COM TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA FIDELIDADE

Leia mais

Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA.

Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA. Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA. Declaro para os devidos fins que autorizo à GENERALI DO BRASIL COMPANHIA DE SEGUROS a debitar de minha indenização, as MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA existentes

Leia mais

SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL

SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL I. SUMÁRIO DO CONTRATO APENAS PARA CONTRATAÇÃO DE ESTADÃO IMPRESSO A Assinatura do Estadão

Leia mais

ProChefe REGULAMENTO DE AQUISIÇÃO E USO DO SOFTWARE

ProChefe REGULAMENTO DE AQUISIÇÃO E USO DO SOFTWARE REGULAMENTO DE AQUISIÇÃO E USO DO SOFTWARE REGULAMENTO DE AQUISIÇÃO E USO DO SOFTWARE A PRO2001 LTDA, inscrita no CNPJ sob n 03.674.344/0001-74, com sede na cidade de Americana, cede por locação de licenças,

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETO Nº 13.346, DE 24 DE JUNHO DE 2013. Regulamenta a Lei Complementar nº 4.403, de 5 de junho de 2013, que Estabelece obrigação de uso do sistema ITBI

Leia mais

ParanáBanco. REGULAMENTO DE USO DO NETBANKING PARANÁ BANCO Atualizado em 16/09/2015

ParanáBanco. REGULAMENTO DE USO DO NETBANKING PARANÁ BANCO Atualizado em 16/09/2015 O Cliente, pela assinatura física e/ou eletrônica do Termo de Adesão e Uso do NetBanking Paraná Banco, adere ao presente Regulamento, definido conforme os seguintes termos e condições: 1. Regras de uso

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N o 477, DE 30 DE SETEMBRO DE 2013. Dispõe sobre o Seguro Garantia, divulga Condições Padronizadas e dá outras providências. O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO BOM+ Funcionalidade Pré-Pago

REGULAMENTO DO CARTÃO BOM+ Funcionalidade Pré-Pago REGULAMENTO DO CARTÃO BOM+ Funcionalidade Pré-Pago O BOM+ é um cartão pré-pago que oferece aos seus clientes as funcionalidades de pagamento de compras em toda a rede MasterCard e também pagamento de tarifas

Leia mais

ROTEIRO DE ENCERRAMENTO DE CONTAS CORRENTES

ROTEIRO DE ENCERRAMENTO DE CONTAS CORRENTES Como resultado de uma série de reuniões técnicas envolvendo representantes da Febraban, do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor e do Banco Central do Brasil, no sentido de aprimorar ainda mais os procedimentos

Leia mais

CONFIRA AS RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS QUE PODE TER COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS DA PIADINA ROMAGNOLA PARA O MASTERCARD SURPREENDA

CONFIRA AS RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS QUE PODE TER COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS DA PIADINA ROMAGNOLA PARA O MASTERCARD SURPREENDA CONFIRA AS RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS QUE PODE TER COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS DA PIADINA ROMAGNOLA PARA O MASTERCARD SURPREENDA 1. Qual é o período da participação da Piadina no MasterCard Surpreenda? A participação

Leia mais

Este documento objetiva a apresentação de nosso voto relativamente ao assunto em epígrafe, acompanhado da respectiva justificativa.

Este documento objetiva a apresentação de nosso voto relativamente ao assunto em epígrafe, acompanhado da respectiva justificativa. VOTO ASSUNTO: AUDIÊNCIA PÚBLICA DA MINUTA DE CIRCULAR QUE DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PARA A CONTRATAÇÃO DE SEGURO EM MOEDA ESTRANGEIRA, A CONTRATAÇÃO DE SEGURO NO EXTERIOR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS

Leia mais

REGULAMENTO DO SERVIÇO DE MENSAGEM BRADESCO

REGULAMENTO DO SERVIÇO DE MENSAGEM BRADESCO REGULAMENTO DO SERVIÇO DE MENSAGEM BRADESCO O Banco Bradesco S.A., com sede na Cidade de Osasco, Estado de São Paulo, à Cidade de Deus, s/nº, inscrito no CNPJ sob o nº 60.746.948/0001/12, disponibilizará

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ Nº. : 11.467.788/0001-67 PRODUTO: PR_PU_POPULAR1_S100_1S_CS0834 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO

ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO ANEXO 3 CONDIÇÕES DE COMPARTILHAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA PARA INTERCONEXÃO 1. CLÁUSULA PRIMEIRA - CONDIÇÕES GERAIS 1.1. A PARTE proprietária dos itens de infra-estrutura cedidos e a PARTE a qual será feita

Leia mais

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER 1. O Clube de Vantagens Nutrimaster é um programa que objetiva estreitar o relacionamento entre Nutrimaster e seus participantes, oferecendo benefícios e/ou vantagens

Leia mais

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO O presente Regulamento institui a normatização adotada pelo Conselho

Leia mais

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Kibon Station e levar outro igual.

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Kibon Station e levar outro igual. FAQ 1. Qual é o período da participação do Kibon Station no MasterCard Surpreenda? A participação do Kibon Station no MasterCard Surpreenda terá início a partir da data de veiculação deste documento no

Leia mais

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB 1. Condições Gerais Este instrumento tem como objetivo regulamentar a participação dos titulares dos cartões de crédito da Cartão BRB participantes

Leia mais

ANEXO II MODELOS DA LICITAÇÃO MODELO N.º 3 DECLARAÇÃO DE PLENO ATENDIMENTO AOS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO

ANEXO II MODELOS DA LICITAÇÃO MODELO N.º 3 DECLARAÇÃO DE PLENO ATENDIMENTO AOS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO ANEXO II MODELOS DA LICITAÇÃO MODELO N.º 1 CARTA CREDENCIAMENTO MODELO N.º 2 PROPOSTA COMERCIAL MODELO N.º 3 DECLARAÇÃO DE PLENO ATENDIMENTO AOS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO MODELO N.º 4 DECLARAÇÃO DE REGULARIDADE

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010 Edição Número 18 de 27/01/2010 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010 Institui e regulamenta o Sistema de Seleção Unificada, sistema informatizado

Leia mais

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, MEIO AMBIENTE E MINORIAS PROJETO DE LEI Nº 1.809, DE 1999

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, MEIO AMBIENTE E MINORIAS PROJETO DE LEI Nº 1.809, DE 1999 COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, MEIO AMBIENTE E MINORIAS PROJETO DE LEI Nº 1.809, DE 1999 (Apensado o Projeto de Lei nª 3.048, de 2000) Dispõe sobre a segurança nas transações bancárias efetuadas por

Leia mais

PDF created with pdffactory trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory trial version www.pdffactory.com REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS PLANOS DE ASSISTÊNCIA MÉDICO-HOSPITALAR E DE ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA CONTRATADOS PELA ASTCERJ A utilização dos Planos de Assistência Médico-Hospitalar e de Assistência Odontológica

Leia mais

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Mixirica e levar outro igual.

3. O voucher me dá direito a quê? Você terá direito a realizar a compra de um produto selecionado Mixirica e levar outro igual. FAQ 1. Qual é o período da participação do Mixirica no MasterCard Surpreenda? A participação do Mixirica no MasterCard Surpreenda terá início a partir da data de veiculação deste documento no Site do Programa

Leia mais

ANEXO 2 APRESENTAÇÃO E FORMA DE PAGAMENTO DO DOCUMENTO DE COBRANÇA

ANEXO 2 APRESENTAÇÃO E FORMA DE PAGAMENTO DO DOCUMENTO DE COBRANÇA ANEXO 2 APRESENTAÇÃO E FORMA DE PAGAMENTO DO DOCUMENTO DE COBRANÇA 1. CLÁUSULA PRIMEIRA - PRINCÍPIOS GERAIS 1.1. O presente Anexo tem por objetivo explicitar os procedimentos para a apresentação do Documento

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 15 MESES

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 15 MESES CONDIÇÕES GERAIS DO PU 15 MESES I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ: 03.558.096/0001-04 (PU 15 MESES) - MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 CAP FIADOR MODALIDADE: Tradicional PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005233/2011-75

Leia mais

FAQ. Para mais informações sobre o MasterCard Surpreenda, acesse a área de Perguntas Frequentes.

FAQ. Para mais informações sobre o MasterCard Surpreenda, acesse a área de Perguntas Frequentes. FAQ 1. Qual é o período de participação do Creps no MasterCard Surpreenda? A participação do Creps no MasterCard Surpreenda terá início a partir da data de veiculação deste documento no site do Programa

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ: Nº 03.558.096/0001-04 PU 12 MESES - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE I Informações Iniciais... 4 II Glossário... 4 III Objetivo... 5 IV Natureza do Título... 5 V Vigência... 5 VI Pagamento... 5 VII Carência...

Leia mais

REGULAMENTO DO SERVIÇO DE MENSAGEM INFOCELULAR BRADESCO CARTÕES

REGULAMENTO DO SERVIÇO DE MENSAGEM INFOCELULAR BRADESCO CARTÕES REGULAMENTO DO SERVIÇO DE MENSAGEM INFOCELULAR BRADESCO CARTÕES O BANCO BRADESCO CARTÕES S.A., com sede na Cidade de Osasco, Estado de São Paulo, no núcleo administrativo denominado Cidade de Deus, Prédio

Leia mais

REGULAMENTO DO MOVIMENTO POR UM FUTEBOL MELHOR CRÉDITO NA FATURA

REGULAMENTO DO MOVIMENTO POR UM FUTEBOL MELHOR CRÉDITO NA FATURA REGULAMENTO DO MOVIMENTO POR UM FUTEBOL MELHOR CRÉDITO NA FATURA O BANCO BRADESCO CARTÕES S.A., instituição financeira, com sede no núcleo administrativo denominado Cidade de Deus, s/nº, Prédio Prata,

Leia mais

h) TERMO DE ADESÃO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato.

h) TERMO DE ADESÃO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE GESTÃO DE PROGRAMA DE FIDELIDADE inscrita no CNPJ/MF sob o n. 09.016.557/0001-95, com sede na Rua Dr. Sodré 122 Sala 53, Vila Nova Conceição, São Paulo SP - CEP: 04535-110,

Leia mais

NORMATIVO SARB 002/2008

NORMATIVO SARB 002/2008 O Conselho de Auto-Regulação Bancária, com base no art. 1 (b), do Código de Auto-Regulação Bancária, sanciona as regras abaixo dispostas, formalizando preceitos comuns a todas as signatárias da auto-regulação

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.330. Art. 2º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen.

CIRCULAR Nº 3.330. Art. 2º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen. CIRCULAR Nº 3.330 Altera o Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais (RMCCI). A Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil, em sessão extraordinária realizada em 27 de outubro de 2006,com

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO B.CHECKIN ZELO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO B.CHECKIN ZELO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO B.CHECKIN ZELO BANCO BRADESCO CARTÕES S.A., instituição financeira com sede no núcleo administrativo denominado Cidade de Deus, sem número, prédio prata, 4º andar, Vila Yara, Cidade

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO QUEM INDICA AMIGO É

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO QUEM INDICA AMIGO É REGULAMENTO DA PROMOÇÃO QUEM INDICA AMIGO É 1. DA REALIZADORA 1.1 Este instrumento tem como objetivo regulamentar as condições para participação dos Clientes Claro HDTV na Promoção Quem indica Amigo é,

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 294, DE 2013.

RESOLUÇÃO CNSP N o 294, DE 2013. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 294, DE 2013. Dispõe sobre a utilização de meios remotos nas operações relacionadas a planos de seguro e de previdência complementar

Leia mais

ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO

ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO ARGO SEGUROS BRASIL S.A., Sociedade Seguradora inscrita no CNPJ/MF sob o nº 14.868.712/0001-31, com sede na cidade de São Paulo/SP, na Avenida das Nações

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Rua Amador Bueno, nº 474, São Paulo/SP,

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO BÔNUS ANUIDADE CARTÕES MAKRO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO BÔNUS ANUIDADE CARTÕES MAKRO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO BÔNUS ANUIDADE CARTÕES MAKRO O BANCO BRADESCARD S.A., instituição financeira com sede com sede na Alameda Rio Negro nº 585 Bloco D 15º andar Alphaville Município de Barueri Estado

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA PLANO PU

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO.1 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.30/0001-94 APLUBCAP ECO.1 MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: 15414.0055/011-47

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA CLARO UP

REGULAMENTO PROGRAMA CLARO UP REGULAMENTO PROGRAMA CLARO UP A CLARO S/A, inscrita no CNPJ sob o nº 40.432.544/0001-47, com sede na Rua Flórida, 1970 Brooklin São Paulo - SP - CEP: 04665-001, denominada neste instrumento simplesmente

Leia mais

Termo de adesão ao programa Maxximo Fidelidade e Regulamento

Termo de adesão ao programa Maxximo Fidelidade e Regulamento Termo de adesão ao programa Maxximo Fidelidade e Regulamento O presente Instrumento é celebrado entre MAXXIMO FIDELIDADE Ltda., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o n. 09.016.557/0001-95,

Leia mais

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB

Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB Regulamento Programa de Relacionamento da Cartão BRB 1. Condições Gerais Este instrumento tem como objetivo regulamentar a participação dos titulares dos cartões de crédito da Cartão BRB participantes

Leia mais

Condições Gerais. I Informações Iniciais

Condições Gerais. I Informações Iniciais Condições Gerais I Informações Iniciais Sociedade de Capitalização: MAPFRE Capitalização S.A. CNPJ: 09.382.998/0001-00 Nome Fantasia do Produto: Mc-T-04- Pu 12 Meses Modalidade: Tradicional Processo Susep

Leia mais

ANEXO II MODELOS DO EDITAL

ANEXO II MODELOS DO EDITAL ANEXO II MODELOS DO EDITAL 1 SUMÁRIO MODELO N.º 1 - CARTA DE CREDENCIAMENTO... 3 MODELO N.º 2 - PROPOSTA COMERCIAL... 4 MODELO N.º 3 - DECLARAÇÃO DE PLENO ATENDIMENTO AOS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO....

Leia mais

Bairro Cidade CEP UF. Agência Nome da Agência Operação Conta Dígito. Bairro Cidade CEP UF. Bairro Cidade CEP UF

Bairro Cidade CEP UF. Agência Nome da Agência Operação Conta Dígito. Bairro Cidade CEP UF. Bairro Cidade CEP UF SACADO ELETRÔNICO ADESÃO EXCLUSÃO Nome ou Razão Social Agência Nome da Agência Operação Conta Dígito AGREGADOS Nome ou Razão Social (I) Nome ou Razão Social (II) 1 Pelo presente instrumento, a CAIXA ECONÔMICA

Leia mais

VI - PAGAMENTO 6.1 - Este Título é de pagamento único, cabendo ao Subscritor o pagamento de uma única parcela na data indicada.

VI - PAGAMENTO 6.1 - Este Título é de pagamento único, cabendo ao Subscritor o pagamento de uma única parcela na data indicada. CONDIÇÕES GERAIS DO (PU 12 MESES versão 178) I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ Nº 03.558.096/0001-04 (PU 12 MESES versão 178) - MODALIDADE:

Leia mais

REGULAMENTO PONTOS TURBINADOS

REGULAMENTO PONTOS TURBINADOS 1. O SERVIÇO REGULAMENTO PONTOS TURBINADOS 1.1. O Banco Citibank S.A, com sede na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 33.479.023/0001-80, emissor dos cartões de crédito

Leia mais

Abrangência: todos os Cartões de Crédito Santander emitidos em Território Nacional.

Abrangência: todos os Cartões de Crédito Santander emitidos em Território Nacional. PROMOÇÃO Eu Quero + Bônus BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. Avenida Presidente Juscelino Kubitscheck nº 2041 e 2235, Bloco A CEP: 04543-011 - São Paulo - SP CNPJ nº 90.400.888/0001-42 Período de realização:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros

CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PLANO PU 12/12 T MODALIDADE POPULAR PROCESSO SUSEP

Leia mais

TERMO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE ESPAÇO VIRTUAL PARA DIVULGAÇÃO DE MARCA, PRODUTOS E/OU SERVIÇOS

TERMO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE ESPAÇO VIRTUAL PARA DIVULGAÇÃO DE MARCA, PRODUTOS E/OU SERVIÇOS TERMO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE ESPAÇO VIRTUAL PARA DIVULGAÇÃO DE MARCA, PRODUTOS E/OU SERVIÇOS Pelo presente Termo, em que são partes, de um lado SHAPE.I e, de outro, PARCEIRO, regularmente cadastrado em

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 88.076.302/0001-94

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA 1- Objeto da Licitação: Prestação de serviço para contratação de seguro de vida em grupo para os empregados da Empresa Municipal de Informática S.A - IplanRio, visando

Leia mais

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1 CONDIÇÕES GERAIS DO PU114P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PLANO PU114P MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005166/2011-99II

Leia mais

DECRETO Nº 2.525, DE 4 DE SETEMBRO DE 2014 - Institui o Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Estadual REFAZ e dá outras providências.

DECRETO Nº 2.525, DE 4 DE SETEMBRO DE 2014 - Institui o Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Estadual REFAZ e dá outras providências. DECRETO Nº 2.525, DE 4 DE SETEMBRO DE 2014 - Institui o Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Estadual REFAZ e dá outras providências. EMENTA: Concede parcelamento de débitos fiscais com anistia

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE PRESENCIAL CURSOS LIVRES DE CURTA DURAÇÃO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE PRESENCIAL CURSOS LIVRES DE CURTA DURAÇÃO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE PRESENCIAL CURSOS LIVRES DE CURTA DURAÇÃO Pelo presente instrumento particular, de um lado, GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A., sociedade anônima

Leia mais

Mondial Pet Protection CONDIÇÕES GERAIS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS: Assistência Emergencial. Implantação de Microchip. Desconto em Cirurgias

Mondial Pet Protection CONDIÇÕES GERAIS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS: Assistência Emergencial. Implantação de Microchip. Desconto em Cirurgias MONDIAL PET PROTECTION é um conjunto de serviços oferecido a cachorros e gatos (domésticos), disponível nas Capitais do Nordeste, Sudeste e Sul e Centro-Oeste do Brasil e grandes centros metropolitanos.

Leia mais

Contrato de Repasse de Bônus

Contrato de Repasse de Bônus Contrato de Repasse de Bônus Cooperativa de Consumidores Global Brasil, com sede na Avenida Getúlio Vargas, 239N, Sala 08, na cidade de Chapecó, Santa Catarina, inscrita no CNPJ sob número 03.550.003/0001-97,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CARGA EM MOEDA ESTRANGEIRA

CONDIÇÕES GERAIS DA CARGA EM MOEDA ESTRANGEIRA CONDIÇÕES GERAIS DA CARGA EM MOEDA ESTRANGEIRA Informações prévias e importantes sobre o serviço de carga de moeda estrangeira. Parabéns, com a carga de moeda estrangeira você está optando por um serviço

Leia mais

ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA

ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA Durante o prazo da CONCESSÃO, a CONCESSIONÁRIA deverá contratar e manter em vigor no mínimo as apólices de seguro a

Leia mais

Atualizado em 10/09/2015

Atualizado em 10/09/2015 Atualizado em 10/09/2015 O Cartão BB Pesquisa é um produto oferecido pelo Banco do Brasil para facilitar o dia a dia dos pesquisadores. Destina-se ao pagamento de bens, serviços e demais despesas autorizadas.

Leia mais

RESOLUÇÃO N 2.025. II - endereços residencial e comercial completos; (Redação dada pela Resolução nº 2.747, de 28/6/2000.)

RESOLUÇÃO N 2.025. II - endereços residencial e comercial completos; (Redação dada pela Resolução nº 2.747, de 28/6/2000.) RESOLUÇÃO N 2.025 Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS LIVRE TELECOM COM. E SERV. EM TELECOMUNICAÇÕES LTDA., sociedade regularmente constituída com sede na Av. Cásper Líbero, 383 8 andar

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º. A Bradesco Vida e Previdência S.A., doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pecúlio por Morte, estruturado no Regime

Leia mais

PROGRAMA DE RECOMPENSA MAIS VANTAGENS REGULAMENTO

PROGRAMA DE RECOMPENSA MAIS VANTAGENS REGULAMENTO PROGRAMA DE RECOMPENSA MAIS VANTAGENS REGULAMENTO O presente instrumento (a seguir, REGULAMENTO) disciplina o funcionamento do PROGRAMA DE RECOMPENSAS MAIS VANTAGENS (adiante PROGRAMA), gerido pela DMCARD

Leia mais

Edição Número 101, sexta-feira, 29 de maio de 2015.

Edição Número 101, sexta-feira, 29 de maio de 2015. Edição Número 101, sexta-feira, 29 de maio de 2015. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 16, DE 28 MAIO DE 2015 PROCESSO SELETIVO - SEGUNDA EDIÇÃO DE 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - SISU A SECRETÁRIA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 302, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 302, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 302, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2014. Estabelece critérios e procedimentos para a alocação e remuneração de áreas aeroportuárias. A DIRETORIA DA AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL - ANAC, no exercício

Leia mais

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2012

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2012 CONTROLE DE VERSÃO SERVIÇO 102 - SMP TELEMAR NORTE LESTE S.A E OI S.A. ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2012 1. ALTERAÇÕES REALIZADAS NO CORPO DO CONTRATO: Alteração da redação do item CLÁUSULA QUINTA

Leia mais

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA NATURA COSMÉTICOS S.A. ANO CALENDÁRIO DE 2010

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA NATURA COSMÉTICOS S.A. ANO CALENDÁRIO DE 2010 INTRODUÇÃO O presente instrumento foi elaborado com o objetivo de formalizar o Plano, para o ano de 2010, de outorga de opção de compra ou subscrição de ações ordinárias da NATURA COSMÉTICOS S.A., doravante

Leia mais