Entrevista. Revista. Convidamos o ex-ministro Francisco Rezek para dar sua opinião sobre a saúde brasileira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Entrevista. Revista. Convidamos o ex-ministro Francisco Rezek para dar sua opinião sobre a saúde brasileira"

Transcrição

1 Revista F Ano Junho, 2011 Entrevista Convidamos o ex-ministro Francisco Rezek para dar sua opinião sobre a saúde brasileira Comportamento Bullying: como evitar? As psicólogas Fabiana Jacopucci e Mirian Pereira ensinam como lidar com o problema Especial Entrevista com casais que se beneficiarão da ei que regulamenta o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a opinião das igrejas Economia & Negócios Fernando Toscano preparou um guia com perguntas e respostas sobre o Mercado de Renda Variável Gastronomia Chef Andre Costa abre duas novas casas e ensina a preparar uma saborosa refeição Tecnologia A febre do ipad 2 faz com que livros, revistas e até cardápios se adaptem ao novo sistema Saúde A Dra. Cristiane Braga explica como exaltar a beleza a cada década 1

2 2 3

3 EDITORIA Menu EXPEDIENTE Caros leitores, É sempre com muita satisfação que uso este espaço para escrever a vocês. É onde espero encontrá-los com muita alegria, saudáveis e cheios de esperanças. Afinal, a proposta da inha Fina é justamente levar informações aliadas a soluções. Entramos no mês de junho e o friozinho veio nos fazer companhia, por isso mesmo trouxemos assuntos mais quentes. Alguns poderão não agradar, mas são situações que acontecem ao nosso redor. O importante é abordarmos cada pauta com respeito, dignidade e buscar soluções para que todos possam encontrar um caminho seguro para a formação de uma opinião. Nessa metade do ano, entre todos os temas importantes que foram discutidos, separamos alguns que chamaram a atenção de muitos leitores. Um é o caminho que a Saúde pretende e quer tomar com a questão dos médicos e residentes se mobilizando, para através de greves se fazerem ouvir, mas, como ficam os pacientes? Para isso entrevistamos o ex-ministro Francisco Rezek, que através de uma conversa informal, nos deu sua opinião. Outro assunto que parece ter abalado alguns foi a regulamentação da ei sobre a união homoafetiva, buscamos casais que se beneficiarão da lei e também opiniões de religiosos sobre o tema. Ah! Temos também um assunto que assusta a muitos pais: o bullying. Para esse tema trouxemos duas psicólogas que orientam como reverter os efeitos depreciativos e, com isso, transformar as vítimas em vencedores. Todos os assuntos desta edição foram escolhidos com muito cuidado e carinho, espero que sintam-se sempre tranquilos para pedirem reportagens e fazerem suas críticas. Temos muitas novidades que aos poucos iremos apresentar, mas preparem-se para a edição de julho, pois além de chegar mais quente, virá com muitas surpresas. Boa leitura. Abraços, Deborah de Oliveira Revista F INHA FINA Foto da capa feita por Márcio Siggia Olhar 06 Especial 10 Namorados, união homoafetiva e opinião das igrejas Turismo 20 Itália, França e Estados Unidos: locais para passear e estudar 24 Entrevista & Negócios 34 Fernando Toscano preparou um guia de perguntas e respostas sobre o mercado de renda variável Economia do eitor Este é o espaço onde o leitor vira editor. Comportamento As psicólogas Fabiana Jacopucci e Mirian Nunes explicam como lidar com o Bullying Moda & Beleza Dicas e tendências para o outono e o inverno 17 Dr. Francisco Rezek conta sobre sua experiência na Corte da Haia e dá sua opinião sobre a Saúde no Brasil Decoração 30 areiras portáteis e valorização de ambientes pequenos Saúde Dra. Cristiane Braga ensina como preservar a beleza em todas as décadas 36 Mundo Animal 38 Moda para cães e gatos Social 42 Desfile beneficente e feijoada que incentiva o esporte Tecnologia 50 A nova mania do ipad 2 Gastronomia Chef Andre Costa e suas receitas 22 Esporte 40 Segunda Etapa do Oi Serra & Mar Cultura & Entretenimento Dicas para se divertir em junho 48 Humor 54 Novos talentos em forma de quadrinhos 08 Crônicas & Artigos Fernando Rizzolo 53 Diretor Executivo Wanderley Monteiro Editora de Redação Deborah de Oliveira Jornalista Responsável Mariza Torelli Mtb Equipe de Jornalistas, Repórteres e Correspondentes Andressa Dantas Armando Rozário Célio Ramos Cibele Gallinucci Fernando Toscano Tito Francisco Henrique Oliveira Contato: Partiparam desta edição: Fabiana Jacopucci, Sergio Israel Antonio Soares, Mayra Bellisoni e Fernando Rizzolo Projeto Gráfico, Revisão e Produção Gráfica Editora Better Designer Gráfico, Diagramação e Arte Rafael Fernandes Comercial PABX: Direto: Distribuição Better Editora Gráfica tda. Tiragem: 20 mil exemplares Distribuição gratuita nas 7 cidades do ABC, bairros da cidade de São Paulo (Morumbi,Vila Madalena, Vila Olímpia, Vila Mariana, Paraíso, Ipiranga, Cambuci, apa, Jardins, Jardim América, Jardim Europa e Ibirapuera.), Congresso Nacional e pontos empresariais em Brasília. Para reprodução total ou parcial da revista é necessário pedir autorização, que poderá ou não ser concedida. 4 5

4 OHAR DO EITOR O olhar de Sergio Israel Sergio Israel se envolveu com a fotografia em 1994, clicou para diversas agências de publicidade brasileiras, além de ser contratado também por clientes diretamente. Sua exposição de estreia, em 2006, levou ao público um pouco sobre a vida do outro lado do mundo, com Uma Viagem ao Oriente. Em 2007 expôs Destinos, onde mostrou um pouco sobre sua visão de mundo e os lugares mais diferentes em que já esteve, de Brasil à Indochina. O fotógrafo continua viajando o mundo em busca de novas sensações e imagens. Gosta de retratar a natureza e mostrar as belezas existentes por trás das rotinas de cada um. Recentemente esteve na Patagônia e China, local que foi inspiração da imagem desta edição do Olhar do eitor. Ficha Técnica: Velocidade: 1/160 Abertura: 5.6 Dist. Focal: 28 Essa foi uma foto que não fiquei planejando para fazer. Foi uma daquelas coisas de momento, o local tem todo um clima, essa foto foi tirada no interior da China, durante o inverno, na cidade de Yangshuo, província de Guangxi. Gosto muito de diferenças culturais, e elas são muito visuais. Estar lá e perceber que eu estava extremamente longe do Ocidente, tanto culturalmente quanto em distância, com uma paisagem daquelas, me chamou muito a atenção para o momento, acredito que essa tenha sido a real motivação da foto, registrar o quanto há lugares e belezas extremamente diferentes. Olhar do eitor Nesta seção fotógrafos profissionais ou iniciantes, podem mandar suas fotos (com 300 dpi de resolução) para a redação. Elas serão analisadas por diretores de arte, fotógrafos e jornalistas, a melhor será publicada. Devem mandar a ficha técnica da foto: câmera; distância focal; abertura; tempo de exposição; ISO; lente utilizada e data da foto. Pedimos que mandem também um mini-currículo sobre a experiência com fotografia, o que a imagem significa para o fotógrafo, quais foram as dificuldades para consegui-la e os seus contatos. Revista inha Fina Rua das Monções, 98 Bairro jardim Santo André SP CEP

5 COMPORTAMENTO divulgação Pensando no lado das vítimas, como reconhecer se o seu filho(a) está sofrendo bullying: observar se há alguma mudança de comportamento frente à escola, como tristeza, perda de vontade em estudar, baixo rendimento escolar, ansiedade e alguns sintomas físicos como dores de cabeça, barriga, mal-estares que não são explicados por nenhuma alteração orgânica. Estes são sinais de que algo não está bem com ele. Procure sempre conversar com sua criança, saber como foi o dia na escola, quais as atividades e brincadeiras. Quanto mais ela se sentir acolhida, maior a confiança em relatar qualquer dificuldade. Um contato próximo com a escola também é de grande importância, a fim de saber como ela está interagindo, quais as dificuldades e facilidades. Um bom diálogo entre pais e escolas previne muitas dificuldades. Caso seu filho(a) esteja realmente sofrendo esse tipo de assédio social, procure junto, encontrar alternativas para superar a situação, onde se possa encontrar possibilidades de enfrentar esses desafios. Isto fará muito bem a ele, pois aprenderá que pode superar situações difíceis na vida de modo geral. Se a autoestima de seu filho estiver muito fragilizada; e sozinho não esteja conseguindo superar as sequelas, procure ajuda da escola e de um profissional, como, por exemplo, um psicólogo, a fim de ampliar as possibilidades de superação da situação. Bullying: o que é e como evitar? Fabiana Jacopucci O termo Bullying deriva do inglês da palavra Bully, que poderia ser interpretado para o português como aquele que é valente, desafiador, dominador, tirano. Sendo assim, podemos compreendê-lo como um ato de violência física e/ou psicológica, intencional e frequente, realizado por um indivíduo ou grupo a fim de intimidar ou agredir outra pessoa ou outro grupo que não tem condições de se defender. Esse comportamento não é nada novo, nos filmes para o público infantil e adolescente são mostrados os líderes das gangues e os abusos que proporcionam as suas vítimas. Torturas Físicas, como espancamento, depreciação de algum bem material; e também a não menos devastadora Tortura Psicológica, sempre galgada na humilhação e ridicularizacão do indivíduo seja por utilização de apelidos, depreciação da autoestima da vítima e impedimento de outros se socializarem com a mesma, tal situação costumeiramente é predominante entre o sexo feminino e entre crianças menores. Outro fator importante e talvez menos divulgado é saber identificar quando o seu filho é o provocador de bullying. Uma situação, para os pais, tão difícil quanto se ele fosse a vítima. Os Bullies têm algumas características comuns como não cumprimento de regras, agressividade gratuita, mentiras, comportamentos autoritários e impulsivos, dificuldade de arrependimento. Observe seu filho e a relação dele com outras crianças e adultos. Uma coisa é ter uma característica de liderança voltada para a pró-atividade, outra é a de subjulgar as pessoas. Os profissionais da área da saúde como pediatra, neuropediatra, psiquiatra infantil e psicólogo estão à disposição para ajudar nestes casos tanto o provocador como a vítima. Assim, você ajudará seu filho a aprender a ser resiliente, ou seja, desenvolver uma grande capacidade de superação de conflitos frente a situações caóticas e no caso do agressor, aprender a se relacionar socialmente de forma mais saudável. Carla Valezin Fabiana Jacopucci Psicóloga e Neuropsicóloga Bullying, como não sofrer com isso Andressa Dantas O Bullying tem sido muito comentado na mídia, mas é necessário tomar cuidado para não classificar todo comportamento como negativo e prejudicial. A maior dificuldade é realmente entender o que significa bullying para quem o sofre, afinal, cada pessoa possui uma maneira de entender as coisas, e é essa singularidade de cada um que faz as informações serem positivas ou negativas ao cérebro. Como explicado pela psicóloga Fabiana Jacopucci, é necessário ficar atento aos comportamentos diferentes das crianças e sempre ter uma conversa aberta para diagnosticar problemas e, quando necessário, procurar orientação de profissionais especializados. Uma alternativa interessante e de resultado rápido para alterar o significado negativo que o Bullying provoca em crianças e também em adultos é o uso da PN (Programação Neurolinguística), que aplicada através de profissionais da área, consegue isolar a informação negativa dada à uma situação e levar um novo significado ao fato, para que a pessoa encare o que era trauma de forma positiva e não mais dolorosa. Para que as crianças não assimilem as informações negativas que são passadas pelos bullies há duas formas eficientes de utilizar a PN. Através de metáforas com o conteúdo a ser melhor entendido, ou através de ressignificação em uma conversa direcionada. Em ambos os casos, é necessário que os pais ou profissionais que estiverem aplicando a programação entendam detalhadamente qual é a queixa da criança, podendo descobrir isso através de uma conversa com muita atenção nas explicações dadas por ela, explicou a psicóloga e Master Practitioner em PN e Coach, Mirian Nunes Pereira, da Humanity Treinamentos. divulgação Mirian Nunes Paes Pereira diretora da Humanity Assessoria e Treinamento Mirian atenta aos pais para tomarem cuidado em não achar que tudo é bullying e começarem a tratar a criança de forma diferenciada, pois isso pode acarretar em um certo aproveitamento da situação por parte dos pequenos. É claro que se criarmos as crianças com carinho, respeito e principalmente com muito amor ela será um adulto muito melhor, porém ao mesmo tempo corre o risco de ser mimada demais. O que vai dizer se a experiência é negativa ou positiva é o significado que a criança dá para aquela situação. Às vezes para os pais não aconteceu nada, mas, para a criança é diferente. Às vezes uma simples brincadeira ou um gesto podem ser entendidos de forma negativa ou positiva, isso depende da história de vida de cada um.. Através da PN também é possível trabalhar os traumas causados por bullying em adultos. As técnicas de PN nos permite acessar esses traumas de modo muito mais rápido. É possível chegar à informações inconscientes, que são os maiores traumas, e orientamos o paciente a compreender melhor o acontecido para poder alterar o significado daquele trauma, que às vezes, nem ele tem a consciência que aquela informação o prejudicava. Ainda é possível utilizar as técnicas de PN como uma prevenção ao bullying pois ao aprender as técnicas de PN, a maneira como você vai entender o seu funcionamento cerebral e o de outras pessoas vai ajudar a ressignificar cada situação que possa ser negativa e com isso fazer sua vida ser mais leve, mais tranquila e principalmente que tenha mais momentos felizes, finalizou Mirian. Fabiana Jacopucci é psicóloga e neuropsicóloga, especialista em Terapia Cognitivo Comportamental Aplicada aos Disturbios do Sono pela Unifesp. Atende crianças, adultos e adolescentes. Contato: Mirian Nunes Paes Pereira é diretora da Humanity Assessoria e Treinamento. É formada em Psicologia e Educação Física. Trainer e Master Practitioner em Programação Neurolinguística PN. Coach e Psicóloga Esportiva. Atuante na área de PN e Coaching direcionado aos esportes. Membro da ISC International Society of Coaching. 8 9

6 ESPECIA O amor superando barreiras Cibele Gallinucci O Dia dos Namorados é a data mais esperada por todo casal apaixonado na maior parte do mundo. Cada país tem uma dada diferente para celebrar, no Brasil o 12 de junho foi o dia escolhido pelo publicitário João Dória que trouxe a ideia da Europa e dos Estados Unidos para aquecer a economia brasileira, pois o mês de junho para o comércio nacional era o mais fraco dos meses. Para alguns a data foi escolhida por anteceder o dia de Santo Antonio, considerado o santo casamenteiro. A paixão e o amor podem ser celebrados em qualquer época do ano e a qualquer hora do dia e para exaltar esses sentimentos, iremos contar algumas histórias de casais que superaram qualquer preconceito para viverem juntos. No mês de maio o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a união estável de casais homossexuais como entidade familiar. Os cartórios terão de registrar o casamento civil entre eles. foto divulgação 10 11

7 ESPECIA As opiniões das religiões sobre a união homoafetiva O amor superando o preconceito Cibele Gallinucci O amor a primeira vista aconteceu nas festas de fim de ano e continua até os dias de hoje. A radialista Márcia, 31 e a supervisora de qualidade uciane, 35, nunca mais se desgrudaram e provam que o sentimento que elas têm uma pela a outra supera qualquer barreira. Márcia conta que conheceu sua esposa em 2006 e que nessa época as duas estavam com namoradas. Na festa de final de ano a minha namorada da época e a da uciane acabaram extrapolando nas bebidas e dormiram, uciane começou a chorar, foi quando eu fiz um carinho nela para consolá-la e a partir desse momento percebemos que uma gostava da outra. Sobre a aceitação da família, uciane explicou que logo no começo do namoro Márcia foi morar com a família dela. Chamei minha mãe e disse que estava namorando o Vitor e que o Vitor era a Márcia. Minha mãe no começo pediu para não contarmos para o meu pai, pois na época ele estava doente. Passando um tempo ele chamou a minha mãe na cozinha e disse que estava desconfiado que a Márcia e eu estivéssemos namorando e que eles teriam que aceitar. Para unir as duas famílias o meu pai convidava sempre os familiares dela para conhecer o local onde a Márcia morava. Eles demoraram em aceitar o convite, mas finalmente aconteceu o encontro das famílias e tudo correu bem. Meu pai tinha realizado um sonho, após uma semana ele faleceu, a impressão que tivemos é que ele tinha realizado uma missão, que era deixar as duas filhas felizes, o único pedido que nos fez foi para não nos separássemos. Para Márcia a aceitação foi um pouco diferente. Sua família que mora em um dos municípios do ABC Paulista, disse que por ela ter namorado antes uma garota que não lhe fez bem, confundiram a uciane era essa garota. Faz uns 2 anos que a minha família a aceitou e hoje a minha mãe a apresenta como Minha Norinha. Conta Márcia. Meu nome é uciane e sou homossexual, sou casada com uma mulher há 4 anos, foi assim que a supervisora fez a sua apresentação na primeira aula de gestão de pessoas. A minha professora gostou e fizemos um trabalho sobre homossexuais dentro das empresas. Há alguns meses fui convidada pela educadora para fazer uma iniciação científica sobre homossexualismo dentro das empresas. E no futuro pretendemos levar para dentro das empresas palestras sobre o tema. Pelo período de 4 meses a radialista que atualmente trabalha como vendedora em uma instituição bancária foi considerada a primeira vendedora do local. Nas primeiras semanas a supervisora falou que eu não teria chance de crescer na empresa por ser homossexual, contei para a minha esposa o episódio, uciane teve uma reação fantástica, me ensinou a canalizar toda a energia da minha raiva em vendas. E foi o que fiz. Superei minhas metas em mais de 90% e passei a frente de 6 mil funcionários da empresa. Hoje a supervisora, diz que tenho capacidade para crescer no trabalho. No dia 18 de novembro de 2010 o casal oficializou a união estável em um tabelião de São Paulo. Antes disso, Márcia nos contou que quando tentaram pela primeira vez, procuraram um cartório em Ribeirão Pires, região do Grande ABC, chegando ao local o pedido foi aceito, porém com algumas exigências: elas deveriam entrar separadas para que as pessoas no local não percebessem o que estava acontecendo. ogicamente, tanto Márcia como uciane não aceitaram essa condição. Sobre a nova lei e a adoção de filhos as garotas têm o sonho em transformar a união estável em casamento e que para terem uma criança elas querem se estabilizar financeiramente. Para o casal não adianta adotar por adotar e não ter as condições necessárias para criá-la. Além do casamento em cartório Márcia e uciane querem também casar no religioso como qualquer outro casal, independente da religião, contanto que fosse aceito. Eu gosto de frequentar a igreja evangélica. Eu acredito em um Deus único, conta uciane. Cibele Gallinucci Não podemos dançar! Para completar um ano de namoro e agradar a namorada, Márcia e um casal hetero, resolveram acompanhá-la ao Bar e Danceteria DuBoiê que fica em São Caetano do Sul, SP. Tudo normal no decorrer da noite, até que chegou a hora de usar o banheiro, como Márcia assumiu características masculinas, uciane foi com ela ao banheiro feminino e explicou o caso. A senhora que cuida do local informou que não haveria problema algum. uciane ficou na antessala a espera de sua namorada. Durante esse tempo, testemunhou duas garotas se drogando no banheiro, imediatamente comunicou a responsável do local e ambas saíram e foram para a pista de dança. Alguns minutos depois, alguns seguranças foram até o casal e, sem mais nem menos, separaram as duas. Um dos seguranças pegou a Márcia pelo cangote e forçou-a sair. Quando as duas perguntaram o que estava acontecendo, simplesmente disseram que elas não podiam ficar no local. Eu expliquei para os seguranças e para o gerente que não estávamos fazendo nada de errado, simplesmente estávamos dançando de frente uma para a outra e em seguida nos levaram para fora relata a supervisora. O casal informou que o gerente tinha ouvido alguns murmúrios de que elas estavam extrapolando e que alguns clientes reclamaram que haviam duas mulheres no local se beijando e solicitaram que as retirassem do ambiente. uciane disse que elas não estavam se beijando e que o comportamento delas era normal como de duas amigas, justamente para não causarem constrangimento às outras pessoas. Para evitar que esse tipo de preconceito se repita uciane e Márcia processaram o DuBoiê por danos morais. A redação da revista procurou os responsáveis da casa DuBoiê, mas eles não se interessaram em apresentar sua versão. Geraldo Campetti Sobrinho diretor executivo da FEB (Federação Espírita Brasileira) disse que o Espiritismo é uma filosofia desprovida de preconceitos de qualquer natureza. Assim, orienta os adeptos e aqueles que lhe são simpáticos a agirem de acordo com suas próprias consciências. O espiritismo outorga a cada um o direito de escolha sobre os caminhos que deva seguir, ensinando a busca do equilíbrio e do entendimento em todas as relações, independentemente de serem heterossexuais ou homoafetivas. (www.febnet.org.br) CNBB repudia a discriminação, mas é contra a lei. Os Bispos da igreja católica afirmam que toda a sociedade tem na família a sua base vital. A CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) disse que repudia todo tipo de discriminação e violência que fere a dignidade do ser humano, porém afirmam que equiparar as uniões entre pessoas do mesmo sexo à família descaracteriza a sua identidade e ameaça a estabilidade da mesma. (www.cnbb.org.br) Espaço Maranata Igreja Evangélica Perguntamos ao pastor Douglas Vilcinskas se daria permissão para que gays e lésbicas realizassem cerimônia religiosa em sua igreja e por quê? Não! Por princípio, seguimos a Bíblia como regra de fé e prática. Não tenho nada contra homossexuais, há alguns que até vem buscar aconselhamentos, e eu os trato com dignidade. A situação em si é que é o problema. Como pode uma coisa naturalmente antinatural ser natural? Não tenho preconceito. Tenho conceito. Deus os ama também, por isso é que devemos lutar para que eles compreendam isso. Queremos que sejam felizes, da forma como Deus os quer felizes. Casal é um homem e uma mulher, macho e fêmea, do contrário é um par. E as pessoas tem um valor dado por Deus que é mais do que o mundo inteiro. Do jeito que vai, teremos que fazer o dia do orgulho hetero. Ou começar a falar sobre heterofobia. Isso se tornará uma guerra. Não, não farei esses casamentos, nenhuma lei me obrigará a isso. Douglas Vilcinskas Márcia e uciane divulgação

8 ESPECIA Um casal que se parece até no visual. Cibele Gallinucci Para as pessoas que dizem que o amor de praia não sobe a serra estão enganados, pois para esse casal o amor subiu e também foi à primeira vista. No final do ano passado Jhonny, 24 anos, foi para São Vicente, litoral de São Paulo para passar o Reveillon e também para curtir mais um pouco do estado de São Paulo, já que sua família estava de mudança para Santa Catarina. E nessa passagem rápida pela praia, conheceu Wagner também de 24 anos. Fui com cinco amigas lésbicas e ficamos todos juntos na mesma pousada e no dia 30 de dezembro o conheci. Minha cunhada foi quem nos apresentou e de imediato me simpatizei com ele e passamos a virada juntos, lembra Jhonny. Jhonny relembra que nunca precisou assumir que era homossexual para a família, pois foi descoberto pela sua mãe. Com 16 anos as suas amizades eram diferentes para a sociedade e sua mãe acabou perguntando se ele era homossexual e ao ouvir a resposta afirmativa do filho questionou aos prantos o porquê de não ter revelado antes para ela, depois pediu para que se abraçassem. No começo da descoberta a minha mãe solicitou que eu não contasse para o meu pai, mas teve um dia em que ele me viu dando um beijo e a reação dele foi a pior. Falava que era a última coisa que ele queria. E não me queria mais como filho, nessa hora imaginei que eu tinha perdido o meu pai. Agora ele aceita e me acompanha há cinco anos na parada gay de São Paulo, relata Jhonny. Para Wagner foi mais difícil Minha mãe faleceu quando eu tinha 12 anos e nessa época eu morava em uma cidadezinha do Mato Grosso do Sul. Na cidade há muitos homossexuais, mas, ninguém é assumido, então, resolvi assumir e foi um escândalo na cidade, eu tinha apenas 19 anos. Wagner contou que para esconder que era homossexual namorava meninas, pois tinha muito medo da reação do pai que atualmente o aceita. Jhonny explica que até o momento somente o Wagner conhece a sua família e as apresentações para toda a família aconteceu justamente quando seus pais estavam de mudança para Santa Catarina. Minha mãe já conversava com ele. Minha família o recepcionou muito bem. Nós também ajudamos na mudança. Sobre os parentes do Wagner conheço toda a família que mora no ABC Paulista e com minha cunhada converso por telefone sempre que posso. foto Cibelle Gallinucci Sobre o preconceito Jhonny recorda de um fato que aconteceu quando tinha 16 anos. Teve uma vez que apanhei de uma gangue e na época não pude contar para os meus pais. Estava de mãos dadas com um garoto dentro do trem que tinha como destino o município de Itapevi, SP, disse que cai na escada rolante e foi a partir desse momento que me assumi, pois eu não tinha com quem contar. Jhonny explicou que algumas pessoas de determinadas religiões não aceitam a palavra namorado e companheiro e que eles acabam falando aquele amigo que mora com você. Wagner relata que o visual deles foi mera coincidência, pois os dois usam piercing no queixo e no dia da entrevista estavam com o mesmo estilo e corte de cabelo. Às vezes eu penso em uma coisa que ele iria falar. Nós nos completamos e ajudamos um ao outro, por exemplo, as tarefas de casa, mas sou eu que acabo cuidando um pouco mais e não sofremos em relação a isso. Sobre participar de alguma religião o casal conta que antes de se assumirem gostavam da religião evangélica, mas agora sofrem o preconceito e atualmente seguem a doutrina espírita, para eles o importante é acreditar em Deus. O casal pretende se beneficiar da nova lei que foi aprovada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em que os cartórios terão de registrar o casamento de homossexuais e desejam casar até o final do ano. Questionados se querem casar em alguma instituição religiosa e construírem uma família disseram que pensam em um casamento religioso e até brincam com a questão de quem entrará vestido de noiva, mas, por pura brincadeira. Quanto a constituírem família afirmaram que por enquanto são eles, um peixe, dois cachorros e a felicidade. Um relacionamento heterossexual cheio de intercorrências e com muito amor Deborah de Oliveira Silvana e Douglas Vilcinskas estão casados a pouco mais de trinta anos, nesse tempo de relacionamento, como a maioria dos casais, tiveram muitos fatos que marcaram suas vidas e relacionamento. Cumprem o juramento: Na saúde, na doença, na riqueza e na pobreza ficaremos juntos! Douglas Vilcinskas é filho de pastor evangélico e hoje, é também pastor evangélico. Nasceu e cresceu em um lar cristão, casou-se pela primeira vez com Suzana (falecida) e tiveram uma filha. Sua primeira esposa o acompanhava em seus trabalhos da igreja e tudo parecia ir muito bem, até que um dia, na frente de testemunhas ela disse para ele escolher entre o Deus dele e ela. O choque daquelas palavras foi constrangedor, mas decisivo. Acabara aí seu casamento, afinal Douglas jamais enganara sobre o compromisso que havia assumido ainda jovem em seguir os caminhos do evangelho. Tenho um compromisso com Deus, Ele vem em primeiro lugar, depois a família, trabalho e o restante vem a reboque. Comenta Vilcinskas. O pastor conta que sofreu preconceito por parte de outras igrejas pelo fato de ser um jovem pastor divorciado: Sofri preconceitos, não por parte da comunidade onde atuava, mas pela liderança das outras igrejas co-irmãs. Mas, costumo dizer que só sabe o quanto dói quem tem a ferida. Tinha até que sequestrar minha filha para poder vê-la. Coisas de casais... Após dois anos da separação, em um acampamento de jovens, um amigo trouxe uma moça muito bonita e quis apresentá-la, mas Douglas estava muito envolvido com os trabalhos da igreja e evitava envolvimentos por ainda sofrer com a separação. Para a sorte dele, a moça, que hoje é sua atual esposa, continuou a frequentar a comunidade, conheceram-se melhor e um ano e meio depois estavam casados. Hoje, trinta anos depois, continuamos nos amando. Ela é meu porto seguro, passei por uma fase de transplante de fígado, dez anos de tratamento, três anos na fila de espera, três cirurgias em 40 dias, um AVC, utilizei trinta e sete bolsas de sangue, tive duas paradas respiratórias e ela continua ao meu lado. Se isso não for amor... Silvana como moça evangélica e solteira, também passou por muitas provações e preconceitos até conseguir oficializar seu casamento. A igreja onde congregava não aceitava um pastor divorciado e muito menos um segundo casamento. Tive que ouvir muitas coisas, minha família me apoiou, mas tive que sair da igreja e fui congregar onde estava o Douglas. Conheci a filha do seu primeiro casamento Douglas e Silvana quando tinha 2 anos e vi que era a pessoinha mais meiga que já tinha conhecido, me conquistou de imediato e comecei a cuidar dela. Hoje somos grandes amigas, ela e minha filha ajudam a cuidar do pai, uma tarefa que não é nada fácil... comenta aos risos. Hoje Douglas e Silvana ministram cursos específicos para lideranças. Sobre a ex-esposa comentam que o tempo passou e as cabeças mudaram, durante a doença de Suzana eles a visitavam e passaram o último Natal todos juntos na casa da primeira filha do pastor, Seria tão bom se os casais separados pudessem experimentar isso comenta o pastor. O serviço fúnebre foi oficiado por Silvana, que também é pastora. Receita do bom marido e do bom pai Realmente não existe receita, ser bom é condição de personalidade. Mas o carinho, o respeito e aprender a ouvir são partes da receita para um bom relacionamento tanto como pai como marido. E ainda tem o agravante de precisar ser um equilibrista, pois são amores da mesma intensidade, porém com diferenças. Trato as três mulheres da minha vida como gostaria de ser tratado. A amizade e a cumplicidade são fundamentais. Receita de Douglas. Vilcinskas afirma que a base para a sociedade é Deus, critica as novelas e outros programas que incentivam o afastamento dos conceitos bíblicos. Diz também que como qualquer casal tem suas crises, mas com o diálogo e a experiência conseguem contornar tudo. Namoram muito, brincam e sempre descobrem novidades um no outro. Acreditamos que é bem melhor ficar juntos. Por que haveríamos de estragar nosso amor por besteiras? comenta. A festa vai começar, vou dançar até que os meus sapatos me digam para eu parar de dançar, quando eles me disserem: para; então eu os tiro e danço o resto da vida descalço. Para quem já enfrentou grandes e terríveis barreiras de saúde, posso afirmar que é importantíssimo que o casal esteja junto e crie vínculos de afeto cada dia mais intensos. Não há coisa mais complicada do que família, mas em contra partida, não há coisa mais gostosa como família. Uso a minha casa como laboratório para poder realizar workshop para casais, intitulado Como destruir o seu casamento. Situações engraçadas que vivo no relacionamento me dão autoridade para falar sobre isso de maneira bem humorada. Conclui

9 ESPECIAl MÊS DE JUNHO Festa junina, tradição adquirida Andressa Dantas Quando oiei a terra ardendo/ Qual a fogueira de São João/ Eu perguntei à Deus do céu:/ Ai, por que tamanha judiação? (Asa Branca uiz Gonzaga e Humberto Teixeira) O sanfoneiro, compositor e cantor uiz Gonzaga é uma das maiores influências musicais contemporâneas quando se fala em Festas Juninas, sua música com elementos nordestinos é muito utilizada nas tradicionais quadrilhas dança feita em pares durante as festividades. Porém o que muita gente não sabe é que as Festas Juninas não são fruto da tradição brasileira. Apenas se adequou aos costumes de nossa terra e hoje faz parte de um calendário festivo religioso, mas, nem sempre foi assim. As festas juninas são encontradas em diversas culturas, todas com suas peculiaridades, mas com um elemento em comum: a fogueira. Esse símbolo participa de todas as festas pela celebração ao solstício de verão, como uma homenagem aos deuses pagãos pela época da colheita, da fartura e em agradecimento pelo o alimento que virá durante o período. Essa festa foi cristianizada na Idade Média, transformando a data em homenagem a São João Batista, posteriormente uma lenda cristã foi disseminada entre os novos convertidos dizendo que a fogueira foi uma maneira das primas Maria e Izabel se comunicarem para avisar sobre o nascimento de João. Outros costumes que conhecemos hoje em nossas festas juninas também vieram de tradições europeias, como a quadrilha, os balões e o mastro de São João. A quadrilha veio da França, uma dança de salão feita em quatro pares, muito popular em festas da aristocracia durante o século XVIII; já os balões eram utilizados na cidade do Porto, em Portugal, para avisar a todos que as festividades começariam, era comum soltar de cinco a sete balões por toda a cidade; o mastro de São João é uma adaptação do mastro de maio, que era erguido em festas pagãs na época da fertilidade da terra, os casais trançavam fitas coloridas no mastro e agradeciam aos deuses pela terra produtiva em mais um período. Todos os elementos festivos relacionados às festas juninas possuem origens pagãs e após a cristianização da festa ela não poderia deixar de existir, pois dessa forma a igreja perderia os novos fiéis, que já estavam acostumados com as tradições. Mas de qualquer forma, não há como deixar de admitir que após esses elementos chegarem ao Brasil tomaram ainda uma nova roupagem. A festa foi adaptada, reformulada, sem perder os elementos tradicionais, mas acrescentando ainda a personalidade do povo. Fortemente popularizada no Nordeste do País a festa utiliza-se até hoje de pratos feitos de milho, aqui utiliza-se de bebidas quentes como o vinho quente e o quentão. Como as festas realizadas no sertão não possuíam uma classe aristocrática, temos nossa quadrilha tipicamente brasileira, onde as roupas finas foram substituídas pelos tecidos de chita e cantigas próprias, marcadas nas marchinhas, para facilitar a dança. Nessa época do ano facilmente encontramos em praças de igrejas as quermesses com muita comida típica, danças e muita música, que de uma forma bem brasileira, ainda continua pedindo a fartura sobre a colheita: Quando o verde dos teus óio se espaiar na prantação, eu te asseguro, não chore não, viu, que eu vortarei, viu, meu coração. As estações mais elegantes do ano chegam e os casacos, echarpes e luvas começam a abandonar o guardaroupa para desfilarem nas ruas e esse período exige muita criatividade no visual, pois unimos a beleza com a proteção do frio. Muitas pessoas pecam no visual achando que nessa época tão gelada podem agregar vários acessórios na aparência, deixando assim a impressão de um ar carregado e deselegante. E para não fazermos feio nas passarelas das avenidas do Brasil a Consultora de Imagem, eca Calvi, ensina como ficar elegante com acessórios simples e bonitos. inha Fina: Quais são os acessórios mais indicados para usar nesta estação e como usar? eca Calvi: As principais tendências são as luvas em couro, botas com saltos de madeira, peles que podem vir em golas, acabamentos de botas, sapatos, bolsas e detalhes de roupas, além de echarpes e chapéus. F: Qual o tamanho mais aconselhável para o uso das echarpes e quais são as cores mais recomendadas? C: Não existe regra para o tamanho das echarpes e a cor vermelha é o grande destaque da estação junto com o animal print, para as mulheres mais discretas, usar essa cor e esse tipo de estampa em acessórios como bolsas e echarpes é uma maneira de estar na moda, sem abusar da tendência. MODA & BEEZA &Outono Inverno com elegância pelas ruas Cibele Gallinucci F: Chapéu é um acessório que é usado tanto no verão como no inverno. Quais são os chapéus mais usados no frio? C: Para o inverno, as boinas em lã, feltro e até mesmo em crochê podem ser uma excelente opção para esquentar a cabeça, neste inverno. Outra tendência é o chapéu Fedora que pode vir em padronagens clássicas como xadrez, pied coq ou lisos. F: Nas mulheres, o que podem acompanhar os cachecóis? Nos homens, existe uma maneira correta de usar? Quais os tons mais utilizados? C: Para as mulheres, os broches podem ser um excelente complemento e acabamento para os cachecóis, para os homens, o ideal é ficar nas padronagens clássicas como xadrezes, listras etc... F: Como usar uma gola alta de maneira elegante? C: A gola alta pode trazer charme e elegância e ficam bonitas sob camisas e blazers. Ela não é recomendada às pessoas com pescoço curto

10 MODA & BEEZA Tratamento une beleza e autoestima divulgação Dicas do maquiador O maquiador Ronaldo Concheta da Payot passa algumas dicas práticas, rápidas e fáceis para mulheres e homens que estão em tratamento de quimioterapia divulgação F: O cachecol é uma das primeiras peças a ser usada nesta época, mas muitas pessoas colocam sem estar atentas aos cuidados do visual. Como usar um cachecol de maneira correta e visualmente bonita? C: Assim, como as echarpes o cachecol deve ser usado em cores harmônicas com o resto do visual, por exemplo, em tom sobre tom. Evite usar com golas muito volumosas. Para as mulheres com muito busto, procure usar echarpes de cachecóis em tecidos ou tricots leves. F: Quais as principais dicas sobre as roupas do Outono/Inverno? E quanto aos acessórios? C: Aproveite o inverno para montar looks mais sofisticados e elegantes. Abuse das alfaiatarias, chapéus, luvas e echarpes. Cuidado para não abusar das peles, use-as com parcimônia. Apesar de a estação ser a mais fria do ano, o Brasil é um país tropical. É bom não sentir frio. Ter um cobertor gostoso na hora de dormir ou uma boina que pode nos esquentar durante o dia. Mas, infelizmente temos muitas famílias espalhadas no país que não podem aproveitar dessa mesma oportunidade. Por isso, vamos esquentá-las através de um gesto simples e elegante: doe um agasalho em boas condições para alguma instituição da sua cidade. Assim você esquentará não somente o corpo, mas, também o seu coração e o de quem receber. Para as pessoas que estão em tratamento de quimioterapia a Payot criou um curso de maquiagem para minimizar a depressão, elevar a autoestima e a qualidade de vida dos pacientes. Maria Paulina Kwasniewski, gerente do CAESP - Centro Avançado de Estética Payot - explica que para as pessoas em tratamento a maquiagem não é específica, mas pessoal. O curso ensina as mulheres a cuidarem da pele, limpado-a com produtos sem álcool, e mostrando ao paciente quais as tonalidades de batom, sombras e blush mais adequadas à sua pele. Os profissionais ensinam além da automaquiagem e dos cuidados cotidianos com a pele, o uso adequado de acessórios como chapéu, lenço e perucas, que ajudam a valorizar o visual e gerar um efeito positivo nos resultados da recuperação terapêutica oncológica. Esses cursos não têm custo algum e eles são programados em parceria com as instituições. A própria instituição organiza as turmas interessadas e a Payot participa com os profissionais e os produtos. É o caso do trabalho que desenvolvemos em parceria com a Casa Hope (que hospeda familiares de crianças com Câncer que moram em outras cidades e que estão em tratamento em São Paulo). Durante o período que estão fora de suas cidades, em acompanhamento ao filho doente, a Payot e a Casa Hope mantém uma sala de aula para vários cursos, entre eles maquiagem e manicure comentou Maria Paulina. - É importante ter o diagnóstico preciso de um dermatologista e oncologista, que não contra-indique o uso de cosméticos. - No tratamento sejam homens ou mulheres ocorre a queda dos pêlos. O uso de acessórios e uma maquiagem discreta nessa fase vão garantir elegância e sofisticação - Para os homens existem boinas, bonés, chapéus. Para os mais vaidosos próteses capilares. - Para as mulheres a variedade é maior seja nas opções de cores e variedades, tem lenços, boinas, chapéus e as perucas de fios naturais que podem ser encontradas na mesma cor e corte ficando com aspecto bem natural. - A higienização da pele que é o limpar, tonificar um hidratante com FPS (Filtro Protetor Solar) é super importante tanto para os homens como para as mulheres, pois o uso dos medicamentos causam o ressecamento da pele do rosto e corpo, vale também o uso de um hidratante corporal. Para a cobertura da pele: - Base líquida ou hidratante tonalizado, distribua na testa, nariz, queixo e laterais do rosto e espalhe para que fique uniforme. - Na área dos olhos pode até dispensar a sombra, mas o uso de um contorno seja um lápis ou delineador dará um olhar mais expressivo. Em alguns pacientes a queda dos cílios será inevitável, aposte em cílios postiços, existem modelos simples e discretos. Se não houver a queda, a máscara de cílios é indispensável. - Blush vai ser o coringa dessa maquiagem! É ele que dará o ar natural e saudável. Se durante o tratamento a pele ficar amarelada evite os tons de blushes pêssegos e alaranjados, pois irão acentuar mais o amarelado. Para não errar prefira os tons rosados e amarronzados. Serviço: Maquiador e Cabeleireiro Maquiagens e cabelos artísticos e sociais Ronaldo Concheta Contato: Serviços: Para as pessoas interessadas em fazer o curso devem procurar a assistência social do hospital, para informações das datas. O curso é gratuito, assim como as maquiagens ultilizadas durante o mesmo. Centro Avançado de Estética Payot Rua: Borges agoa, 913, Bairro Vila Clementino, SP. Tel: Casa Hope - Apoio à criança com câncer Rua: Alameda dos Guaianumbis, 1027, Planalto Paulista, SP. Tel:

11 TURISMO Passeio a bordo de iate pela Costa Amalfitana oferece todo romantismo italiano aos enamorados Redação Com um quê rústico, uma atmosfera mediterrânea e uma bela vista dos rochedos, a Costa Amalfitana é cercada por um mar totalmente azul e praias rochosas, cenário dos sonhos para vivenciar o Dia dos Namorados. A viagem começa por Nápoles, onde é possível vislumbrar as ruínas de Pompéia, cidade extinta pelo vulcão Vesúvio. Depois o roteiro visita as ilhas de Ischia e Capri e as cidades de Sorrento, Positano, Praiano, Amalfi e Vietri Sul Mare, onde os viajantes têm a impressão de estarem dentro do cenário de um filme romântico. A Itália é um destino muito procurado pelos casais, pois seu passado histórico inspira o clima de romance e paixão, e o passeio a bordo de um iate ainda possibilita total privacidade a dois. Esse destino propicia experiências indescritíveis. Em Capri, por exemplo, há um conjunto único, com vegetação exuberante, águas extremamente azuis que desliza de encontro das falésias, a privilegiada vista dos golfos de Sorrento e de Nápoles, além da Costa Amalfitana ao fundo. Na ilha de Capri os viajantes gostam de visitar as lojas de grifes como a famosa Cartier, as lojas de cerâmicas da região e de apreciarem a gastronomia local além de se encantarem com os belos jardins e para os turistas que preferem o passeio ao luar, a noite italiana em Capri é bem procurada pelas suas discotecas. Para os apaixonados pelo mar, outro passeio muito requisitado pelos viajantes é a visita a Gruta Azul em Capri, que só é possível com um barquinho. Dentro da caverna, por volta das 12h00 locais, entra um feixe de luz que ilumina a água azul transparente da caverna. Durante a viagem os hóspedes têm total liberdade para visitarem os locais em terra e decidir seu roteiro, podendo escolher se desejam permanecer mais tempo em um local ou em outro. O embarque dos passageiros é realizado em Nápoles. A melhor época para viajar para o destino é de junho a setembro. Serviço: Telefone: (11) Conhecida por seu completo trabalho em intercâmbio e turismo jovem do país, a CI oferece aos estudantes que pretendem viajar ao exterior, uma vantagem a mais. A empresa é responsável oficial da Carteira de Estudantes Internacional, a ISE Card International Student Exchang, que oferece descontos em mais de 90 países, em hotéis, albergues, restaurantes, tours, museus entre outros. Para adquirir a ISE Card é necessário que o viajante esteja cursando o ensino fundamental, médio ou superior, pós-graduação, mestrado ou MBA, desde que reconhecidos pela Secretarias Estaduais da Educação ou pelo MEC. Para adquiri-las é preciso ir até uma loja CI com uma cópia do documento de identidade, o comprovante de escolaridade e uma foto 3X4. Para desfrutar dos benefícios da ISE Card é necessário fazer a validação da carteirinha, feita pelo site, além de encontrar todas as opções de serviço de desconto. Segue alguns lugares com desconto fotos divulgação Carteira de Estudante Internacional oferece vantagens e descontos exclusivos para estudantes. França/ Torre Eiffel - 20% de desconto para estudantes menores de 25 anos. Espanha/ Barcelona - na compra de um drink, o segundo é grátis no Tablao Cordobes. Itália/ Roma - até 20% de desconto no aluguel de bicicletas. Nova Zelândia/ Wellington - até 25% de desconto na massagem deluxe ou facial no Bodyhaven Spa. EUA e Canadá - até 20% de desconto na melhor tarifa disponível nos Hotéis Knights Inn. As férias do meio do ano estão chegando e algumas pessoas ainda não escolheram o destino da viagem, há várias formas de aproveitar esse período. Os jovens e adultos podem fazer um curso de idiomas, para aqueles que também querem agregar ao currículo cursos diferentes, há possibilidade de fazer um curso de idioma junto com um curso especial como artes, cinemas entre outros. E para os viajantes que estão à procura de uma experiência profissional no exterior há também os trabalhos de férias em lugares como parques aquáticos, estações de ski entre outras. No mês de junho e julho sugerimos a seguinte opção: Monkey Project & Kruger Tour. África do Sul Projeto realizado com macacos onde os voluntários realizam atividades como construção de viveiros, preparação de alimentos, acompanhamento de grupos de turistas, reabilitação e até reintegração desses animais à natureza. Passeio de 5 dias, onde os participantes irão conhecer o Kruger Nacional Park, participar de picnic, parada no mirante Three Rondavel, acampamento, game drive onde terão oportunidade de ver diversos tipos de animais e até um game drive noturno. 2 semanas no Monkey Project: acomodação para casal +alimentação + transfer inclusos. Tour após o projeto: 5 days Kruger Tour: Acomodação em acampamento (barracas) + refeições de acordo com o descritivo Serviço: Telefone: (11)

12 GASTRONOMIA A arte de criar e adaptar fotos divulgação Amanda Souza sabores Andressa Dantas Chef Andre Costa prepara cardápios personalizados para os românticos Com uma trajetória profissional firmada pelo militarismo, o Chef Andre Costa é formado em engenharia pela Academia Militar das Agulhas Negras. A tradição militar veio por parte da família, acabou seguindo os passos do pai, porém, a paixão pela gastronomia sempre foi algo presente em sua vida e jantares informais para amigos e familiares sempre foram liderados por ele. Após deixar a carreira militar de lado foi em busca de aprimorar seus conhecimentos gastronômicos. Viajou para a Grécia e lá firmou seu amor pela magia dos temperos e combinações inusitadas de alimentos. Foi o responsável por levar à região do Grande ABC um restaurante grego contemporâneo com adaptações das receitas ao paladar brasileiro. Atualmente está com dois novos projetos de adaptações gastronômicas, resultado do ótimo desempenho e críticas positivas aos pratos criados anteriormente. Um de seus trabalhos recentes é extremamente inovador e mescla a arte gastronômica com a arte musical, literária e teatral. Uma surpresa que deixará os olhos, ouvidos e paladares dos frequentadores com gostinho de quero mais. Confira as criações do Chef André Costa É um bar que inaugurará ainda esse ano, em São Bernardo do Campo, a proposta do bar é toda envolvida na vida de um compositor, autor e ator que teve seu auge nos anos 40 e 50, considerado um ícone do samba paulista. Pesquisei todas as letras de suas músicas e as comidas que eram servidas nos botequins da época, para assim, criar um cardápio que fosse condizente com a proposta, porém, adaptado para os dias de hoje. Ficou extremamente diferente, cada prato traz em seu nome algum título de música ou parte das letras, explicou o Chef. O segundo projeto liderado por Costa é uma casa diferenciada de Parrilla Argentina, que também será inaugurado nesse ano, no coração de Perdizes, próximo aos tradicionais bairros da Pompéia, Alto da apa, Pinheiros e Pacaembu. A casa tem um clima de chácara, com muitos jardins e caminhos. A parrilla será para ninguém botar defeito e terá uma cave com rótulos argentinos, é claro, mas também muitos outros que se harmonizarão com os pratos que tem base em cortes nobres de carne argentina. O espaço terá uma pegada bem jovial, com músicas portenhas e os modernos tangos eletrônicos, sem perder de vista a tradição musical difundida por Carlos Gardel. Um ótimo lugar para ir com amigos, família, reunião de negócios e passar ótimos momentos. Vale a pena conferir a inauguração, finalizou. a Recoleta Parrilla Rua Caiubí, 155 Perdizes SP Dentro de um espaço aconchegante o público poderá curtir boa música, os cortes especiais de carnes além de uma cave com mais de 100 rótulos, que fica no subterrâneo da casa, que é tombada pelo patrimônio histórico paulista. Já a outra casa ainda é uma surpresa para o público. Tem previsão de inauguração também em 2011, e será uma grande homenagem a um dos maiores sambistas paulistas. A casa já tem endereço garantido: Avenida Kennedy, em São Bernardo do Campo SP. Para os casais que desejam comemorar o Dia dos Namorados em casa com muito romantismo, o Chef André Costa preparou uma sugestão simples e muito saborosa para os apaixonados de plantão, confira: Entrada - Creme de Aspargos 5 aspargos médios em conserva picados Sal a gosto 1 caixinha (200 g) de creme de leite light 3 colheres (sopa) de azeite de oliva 2 dentes de alho 2 xícaras (chá) de leite desnatado 4 colheres (sopa) de farinha de trigo Bata no liquidificador os aspargos, a farinha de trigo e o leite até obter um creme e reserve. Descasque o alho, corte em lâminas e coloque-o numa panela com o azeite de oliva. eve ao fogo e refogue até dourar. Incorpore o creme de aspargos e cozinhe sem parar de mexer, por 8 minutos. Adicione o creme de leite e, assim que ferver, acerte o sal. Retire o creme do fogo, distribua-o nos pratos e, se preferir, decore com pedaços de aspargo e pimenta rosa. Prato Principal - Medalhão de Mignon ao molho de Shitake e Arroz de Açafrão. 2 Medalhões de Filet Mignon com cerca de 250 g cada. Sal a gosto. Pimenta do reino a gosto. 80 g de cogumelo shitake fatiado. 100 ml de creme de leite fresco. 20 g de queijo parmesão ralado. 20 ml de conhaque. 1 xícara de arroz. 10 g de açafrão em pó. 10 g de alho picado. 10 gr de cebola picada. 100 g de manteiga sem sal. 2 frigideiras grandes e rasas Tempere os medalhões com sal e pimenta a gosto, coloque os pedaços para fritar (selando) na manteiga sem sal até que fique dourada. Na outra frigideira coloque a outra porção de manteiga e frite o shitake, flambando com o conhaque, acrescente o creme de leite fresco e deixe reduzir a ponto de creme por fim acrescente o queijo parmesão. Quando o creme estiver consistente, coloque as carnes no creme para que ganhe o gosto. Faça um arroz simples refogando o alho e a cebola na manteiga, frite o arroz e adicione água suficiente para o cozimento, acrescente o açafrão na água e misture homogeinizando. Sobremesa - Balounet de Chocolate. 400 g de chocolate meio amargo. 2 bexigas de gás. 1 pacote de frutas vermelhas congeladas. 100 g de açúcar. 20 ml de licor contraux. 3 ovos. 2 colheres (sopa) de açúcar. 1 lata de creme Encha as bolas com água, derreta 200 g do chocolate meio amargo em banho maria, quando estiver derretido mergulhe as bolas com água para que se forma uma casca de chocolate em seu entorno. Calda de frutas vermelhas. Derreta o açúcar incremente com as frutas vermelhas coloque o contreau até borbulhar e reserve. Mousse: Separar as claras e as gemas; Em um prato bater com garfo as gemas e logo em seguida juntar o açúcar; Derreter o chocolate no microondas, na vasilha onde vai ficar a mousse, por cerca de 2 minutos em potência média Mexer o chocolate para terminar de derreter; Bater as claras em neve (quanto mais batidas, mais aerado vai ficar a mousse); Misturar todos os ingredientes e levar à geladeira; Para incrementar, pode misturar gotinhas de chocolate e colocar por cima também. Quando frio esvazie as bolas e deixe somente a casca de chocolate, encha-as com a mousse e sirva com a calda de frutas vermelhas por cima

13 ENTREVISTA ESPECIA: Medicina no Brasil Entrevista com o ex-ministro Francisco Rezek Deborah de Oliveira Um pouco sobre o ex-ministro Considerado um dos maiores juristas do país Francisco Rezek graduou-se em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, em 1966, doutorou-se em Direito Internacional Público, em 1970, pela Universidade de Paris, e, mais tarde, concluiu pós-doutorado na Universidade de Oxford, Inglaterra, onde foi eleito Honorary Fellow. Começou a sua carreira como Procurador da República, em 1972, após passar em concorrido concurso público. A partir de setembro de 1979 exerceu a função de Subprocurador-Geral da República e foi nomeado Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), em 1983, com apenas 39 anos de idade o mais novo da história do país! Durante a sua trajetória profissional presidiu, também, o Tribunal Superior Eleitoral - TSE, entre 1989 e 1990, renunciando ao cargo para assumir o Ministério das Relações Exteriores período no qual o Brasil preservou a sua política de não alinhamento, abriu-se ao comércio exterior, liderou, no plano regional, a criação do Mercosul e preparou a Conferência do Rio de Janeiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Em 1992 foi novamente nomeado para o STF e se aposentou em 1997 quando foi eleito para um mandato de nove anos no Tribunal Internacional de Justiça das Nações Unidas (Corte da Haia). Hoje exerce atividades profissionais, em São Paulo e Brasília, como advogado e consultor jurídico, além de arbitragens internacionais através do seu escritório, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo-SP, de onde comanda a sua equipe. Rua Dr. Renato Paes de Barros, 717 8º andar Itaim Bibi São Paulo SP Telefone: (11) / FAX: (11) Se o cidadão brasileiro se ressente pelo mau atendimento médico e dos planos de saúde, pela falta de vagas em hospitais e a demora na marcação de consultas por outro lado os médicos também sofrem com o excesso de trabalho, convênios ruins, falta de estrutura nos hospitais e a reivindicação por plano de carreira digno. Para discutir tudo isso e também uma série de outras questões afetas aos direitos humanos é que a Revista inha Fina ouviu uma autoridade no assunto: o ex-ministro Francisco Rezek que, como era de se esperar, foi brilhante em suas colocações: inha Fina: Dr. Rezek, como o senhor visualiza a situação da carreira médica e os problemas que são transferidos para a população? Francisco Rezek: Venho de uma família de médicos, fui o único a tomar um caminho diferente. Minha intenção era seguir a tradição familiar, mas na última hora decidi pelo Direito. Quanto à questão do Plano de Carreira Médica, acredito que a categoria ainda está caminhando na direção da elaboração da ei para regulamentação do salário mínimo, ou piso salarial do profissional médico. Há alguns anos dei um parecer favorável para o STF em um caso envolvendo um interesse semelhante da comunidade dos Engenheiros. Na época a associação dos Engenheiros ficou bastante reconfortada com este parecer. No caso dos médicos, ao que me parece, nesse momento, é necessário o empenho na produção legislativa que dê cobertura a uma categoria importantíssima. Uma curiosidade na cultura brasileira é que, por parte dos empregadores e também por parte do Estado, existe a ideia de que determinadas categorias deveriam trabalhar por sacerdócio em troca de nada ou em troca de muito pouco. Tenho acompanhado, sobretudo, a problemática dos Músicos, dos produtores de música, autores, compositores e intérpretes, já que a todo o momento temos um incidente por conta de instituições no meio televisivo, radiofônico, hoteleiro, no meio promocional etc, que continuam convencidos de que os músicos não devem ganhar pelo que fazem. Infelizmente há ainda no Brasil muitos juízes que acreditam nisso; que raciocinam como se dissessem que Wolfgang Amadeus Mozart, que no seu tempo, viveu na pobreza, morreu na miséria e foi enterrado em uma vala comum, então por que os músicos do Brasil de hoje querem ter um destino melhor, é mais ou menos essa a ideia. Ouvem-se disparates de todo o tamanho pela voz de empregadores do meio das comunicações de massa que utilizam a música como matéria prima e muitas decisões judiciais foram verdadeiros descalabros. Mas quase sempre corrigidas ao nível do Tribunal Superior de Justiça. Creio que esse tipo de infelicidade vem acontecendo à classe médica e, sem dúvida alguma, a população recebe o reflexo disso. F: Alguns médicos comentam que têm sua autonomia limitada para marcar cirurgias e exames, por exemplo, os convênios liberam um determinado número de cirurgia para uma especialidade por mês, porém existem mais casos com a mesma necessidade do que o previamente aprovado. Vários médicos são obrigados a fazer escolhas e ainda administrar o problema com os pacientes. Qual sua opinião sobre isso? FR: Isso é uma lástima, não é assim que se trabalha eu fico imaginando o que pode acontecer. Veja bem, eu me lembro de como fiquei indignado com um episódio, quando tinha entre 14 ou 15 anos. Ia para Belo Horizonte para prosseguir meu curso científico do colégio Arnaldo e, na tomada do ônibus do Sul de Minas dois passageiros discutiram com o motorista por uma razão qualquer, ao ponto de deixar o motorista em uma situação de stress na hora de empreender a viagem. E eu me dizia, mas isso é uma loucura total! Esse homem precisa de calma e serenidade para começar a dirigir esse ônibus em segurança. De modo que a companhia, primeiro comete um erro em não deixar outra pessoa ali para discutir com um passageiro que goste de criar caso, e esses passageiros cometem um erro clamoroso ao deixar o motorista acuado e tenso na hora de viajar. Tudo aquilo que desestabiliza o profissional que precisa da sua segurança científica, mas também da sua serenidade, do seu sangue frio para realizar o seu trabalho e, não há exemplo mais claro dessa necessidade do que o médico, não só o cirurgião, mas o médico em geral, é extremamente nocivo ao bom andamento do seu trabalho na relação médico/paciente. E com a sociedade, decididamente, não pode dar bons frutos. F: O senhor acredita que essa pressão exercida sobre os médicos pode provocar um número maior de erro médico? FR: Eu sei que em algumas sociedades existe advocacia especializada no processo por erro médico, creio que entre nós isso está começando, porém, sei de uma série de casos isolados onde o problema não é culpa do médico, como as circunstâncias hospitalares do sistema público, e o excesso de trabalho para o número reduzido de profissionais da medicina. Mas, quando se trata de erro médico, já que o ser humano é falível, mesmo sendo pela inexperiência do profissional de medicina, a maneira de reagir não creio que seja o processo, muito menos o escândalo com a chamada de certo tipo de mídia e, sim, a exigência do trabalho feito correto por quem esteja ali em associação com aquele profissional ou em alguma posição de superioridade em relação a ele, até porque há uma profunda falta de lógica neste tipo de reação, afinal de contas o que interessa primordialmente a cada uma das partes interessadas é a preservação da saúde. E, penso, que para algumas pessoas, o que elas querem é alguma outra coisa que não a saúde, talvez dinheiro ou os famosos quinze minutos de glória. Não é assim que se procede. F: O senhor já utilizou o serviço médico do SUS? Fora do Brasil utilizou algum serviço público de saúde? Como foram essas experiências? FR: O serviço do SUS nunca utilizei, mas na Holanda sim enquanto estive na Corte da Haia, como também na França, em Paris, antes disso na Inglaterra como estudante de pós doutorado, no final dos anos 70. Na Inglaterra sei que a medicina pública enfrenta crise, sobretudo nos últimos anos. Naquela época as coisas eram um pouco melhores, mas como eu estava na cidade de Oxford, uma cidade menor, a comunidade era mais organizada e as coisas funcionavam melhor. Assim sendo, foi possível estabelecer um laço de amizade com os profissionais da medicina pública que me assistiam, éramos eu, minha mulher e três filhos, achei bastante boa a assistência recebida. Na França nunca tive queixas, enfim, de qualquer maneira, como medicina pública, é de longe a melhor da Europa, na 24 25

14 ENTREVISTA Suíça pode se encontrar algo melhor, mas a preço muito, muito elevado. A da Holanda me pareceu fraquíssima, o sistema não funciona, ou há uma espécie de achatamento por baixo, pelo seguinte, o modo como a sociedade holandesa e o sistema universitário holandês funcionaram nas últimas décadas, fez com que a vocação para medicina fosse desincentivada. Isso é um desastre quando acontece em qualquer sociedade, criar-se uma situação tal, e quase sempre por culpa do Estado, em que jovens que em outras circunstâncias quereriam tomar o caminho das ciências médicas acabam desistindo. Eu tive a nítida impressão nesses anos de Holanda de que o que aconteceu foi isso, as pessoas se convencem de que é mais vantajoso ir para os bancos, ir para o parque financeiro ou outras profissões que são relativamente interessantes em países como aquele. Por exemplo, a tecnologia de ponta, certos ramos da Engenharia e mesmo o Direito, porque a carreira jurídica ainda é compensadora na maioria dos países do mundo, o que não acontece para a Medicina. A sensação que tive é que o número de médicos na Holanda é inferior às necessidades, embora todos estejam cobertos por uma forma de seguro social que dá direito a medicina pública, o fato é que ela funciona de modo precário. Dou-lhe um exemplo, durante o meu mandato na Corte da Haia, a mulher de um dos juízes teve o seu diagnóstico feito pelos médicos locais e foi dito que ela precisava de uma cirurgia cardíaca imediatamente, mas que havia uma fila de 18 meses para o agendamento. Ele, perplexo e indignado, falou: mas o senhor disse que ela precisa ir para a mesa de cirurgia agora... O que o senhor sugere que eu faça? Responderam: saiam daqui, procure outro lugar. Ele foi para a França e lá a moça foi operada. O que acontece hoje em alguns países do hemisfério norte e a Holanda, é que nem pagando se consegue uma boa medicina. Não era uma questão de pagar ou não pagar. O sistema não funciona, a Medicina é toda ela pública e foi de tal maneira banalizada que há naturalmente filas intermináveis para tudo. E, não há como contornar isto dentro do próprio país, é preciso sair dele. F: Então nosso SUS é melhor que a Medicina pública da Holanda? FR: Houve uma época, estava mais ou menos no meio do meu mandato, quando vim a São Paulo fazer exames médicos e saiu numa coluna social de um jornal renomado, um comentário meu dizendo que a Medicina era a que se encontra no Brasil e não a da Europa, e que não havia Medicina que rivalize com a nossa. Para muitos, dependendo da corrente política que pertença, a Medicina brasileira é de excelente qualidade para quem pode pagar e a Medicina pública é extremamente insatisfatória e o sistema hospitalar público é desumano, isso não é muito exato. Eu tenho razões para crer que mesmo a pessoa extremamente pobre e dependente 100% dos recursos da Medicina pública, tem nos casos de maior seriedade uma assistência correta, já houve gente até mandada para o exterior por conta da Previdência Social. O que anda muito mal entre nós, e aí por obra óbvia dos governantes, é a Medicina pública no trivial simples, a Medicina pública não dá conta das pessoas pobres que no dia a dia por conta dos problemas menos originais ou menos graves recorrem ao sistema. É verdade que há também nessa imensidão do trivial simples, casos graves que acabam se perdendo no conjunto e produzindo a morte do paciente por falta de um sistema de triagem que nos hospitais públicos identifique aquilo que deve ser tratado imediatamente e em condições de maior cuidado. F: Muitos hospitais e clínicas têm contratado médicos e residentes estrangeiros, com isso, nossos médicos perdem espaço e talvez a população perca qualidade, pois há relatos de estrangeiros e mesmo brasileiros que, sem se quer estarem matriculados no curso de Medicina, serem contratados como médicos. O que fazer para impedir que isso continue acontecendo? FR: Eu acho que nós não deveríamos impedir a entrada dos mais qualificados, porque veja bem, se há documentação falsa ou qualquer tipo de fraude, isso é um caso de polícia, que deve ser tratado com seriedade. Agora, acho perfeitamente razoável e até exemplar que o Brasil acolha jovens de outras nacionalidades sobretudo de países vizinhos, que não possuem um sistema de ensino médico como o nosso para proporcionar a eles, em base de competição e não por força de convênio, não pelo sistema do paraquedas que sempre foi uma coisa execrada pelos estudantes universitários brasileiros, mas pelo mérito e pela competição. Na medida em que jovens de países vizinhos mais pobres, mas onde há sem dúvida talentos, possam chegar aqui para fazer aquilo que, por exemplo, alguns brasileiros fazem nos Estados Unidos: chegam lá e, sem nenhum favor, sem nenhuma espécie de apadrinhamento competem com os locais e fazem lá o seu aprendizado em condições de brilho e voltam para cá. Se pudermos numa base de livre concorrência e competição pelo mérito, abrigar nas melhores universidades brasileiras, alguns dos jovens mais brilhantes de países vizinhos onde não há um bom curso a ser frequentado e, que depois se orgulharão a vida inteira de terem feito o curso médico no Brasil, isso só nos engrandeceria e colaboraríamos com a unidade continental, mas sempre à luz da ideia que é também a política de diversos governos de nações da Europa, que conseguem bolsas de estudos e de algum modo acolhem, na medida em que podem fazê-lo, os estudantes estrangeiros, contanto que ao término de seus estudos voltem imediatamente aos seus países de origem fazendo lá, aquilo para que foram treinados no Brasil, já que não podiam ser treinados corretamente lá mesmo. Essa é a única razão do nosso interesse em treiná-los. Sendo assim, eu acho que seletivamente, insisto nisso, seletivamente, podemos contribuir com a formação desses jovens....a Medicina pública não dá conta das pessoas pobres que no dia a dia recorrem ao sistema

15 ENTREVISTA F: O senhor é contra as cotas? FR: A filosofia da cota é, em si mesma, algo patológico, porque na medida em que se entenda que por tais ou quais razões de índole nacional, racial ou de índole histórica, por qualquer razão desse mundo se impede que a livre competição pelo mérito, que sempre caracterizou os exames, desde os exames de admissão que as crianças faziam aos 10 anos para entrar no ginásio até o vestibular. Se, se abolir isso, instituindo cotas em nome de qualquer desses argumentos que justificam aqui e ali a cota, e parte-se para adoção da cota em matéria de ingresso na universidade, ou de ingresso na função pública, ou seja lá o que seja, o resultado é que por coerência nós deveríamos adotar a cota também para a avaliação do rendimento e, quem sabe se amanhã como professor universitário eu não vou receber um bilhete da direção dizendo: Olha, a cota de aprovação é tal. Tantas aprovações tem que ser pela cota. Aí os empregos terão que ser pela cota e não tem validade. F: A prova do ENEM tem classificado alunos de todo o país e os remanejado para Universidades públicas onde haja sobra de vagas, independente do local de origem do aluno. O que pensa sobre isso? FR: Eu acho que o Brasil tem sofrido muito com a concentração e, tudo aquilo que dê unidade ao exercício, enfim, das responsabilidades do Estado em matéria de saúde, qualquer que seja o ponto do território nacional em que se encontre é extremamente positivo, veja, isso já acontece em outros países, o estudante não tem nada que achar ruim pelo fato de ser mandado a estudar em um lugar bom que não seja aquele onde mora. Nas carreiras jurídicas, que são consideradas as carreiras de grande qualidade e privilégio, alguém passa no concurso para juiz federal, e não tem escolha... Ah quero estar em São Paulo porque aqui está minha família, quero estar em Belo Horizonte porque lá tenho casa, quero estar no Rio de Janeiro porque a cidade é bonita... Nada disso, ele é mandado para Teresina, é mandado para Imperatriz, para Campina Grande, para lugares às vefotos marcio Siggia zes extremamente distantes ou interioranos aqui no próprio este e, depois em um determinado ponto da carreira, aliás, é o que acontece nos grandes países, mais aprimorados e mais civilizados. Por exemplo, em uma carreira universitária em Direito ou em Medicina, é difícil começar em Paris. O jovem médico que se consagra na academia vai começar em Aix en Provence, depois vai ser deslocado para yon e termina a carreira em Paris, como os juízes aqui no Brasil. De modo que acho que este sistema distributivo criado à sombra do ENEM é de grande proveito para a Medicina, mais do que para as outras carreiras, porque desconcentra e garante a qualidade do sistema. Onde há uma boa escola a tendência é de aproveitarmos bem os recursos dessa boa escola e criar um parque hospitalar da melhor qualidade.... A todo o momento a corrupção, da qual o país nunca se livrou, assola também o setor da saúde pública e, é penoso... F: Para a criação das leis que envolvem a saúde, não seria interessante que os legisladores discutissem com a classe médica e, dessa maneira, pudessem melhorar tanto a vida do profissional como da população? FR: Nós temos um número muito pequeno de parlamentares ligados à saúde. Eu receio que a cada eleição a qualidade do Congresso Nacional piora, tenho quase certeza disso. O que temos aí como esperança é motivar, mesmo dentro deste oceano de falta de qualidade é motivar setores do Congresso Nacional com alguma coisa de útil, alguma coisa criativa e boa e oportuna, por força da pressão popular, no caso da pressão das classes envolvidas. F: O que impede o legislativo de consultar os profissionais da saúde? FR: Mas eles têm tudo para isso, o egislativo tem todas as razões para consultá-los. Veja, mesmo quando o legislativo se preparou nos anos 80 para fazer uma nova constituição para o Brasil, aquilo que se fez em matéria de consulta, em matéria de ouvir as pessoas etc., não foi algo bem estruturado e nem bem costurado; a Constituição de 88 poderia ter sido muito menor e muito mais atual, muito mais moderna e mais segura se os constituintes de 1988 tivessem sido mais seletivos em ouvir. Nada impede, agora, veja bem, é preciso que aqueles que têm ideias sensatas para implantar na cabeça do legislador façam isso com muita energia e com muita garra, porque senão virão outros e destilarão na cabeça do legislador algo ainda mais defeituoso do que aquilo que o legislador tem na cabeça. F: Qual sua mensagem para médicos e pacientes tanto do SUS como dos convênios e da Medicina particular? FR: Nós somos uma sociedade, onde as camadas mais simples resistem à ideia de bem administrar a sua própria saúde. Todos os bons conselhos não faça isso; não faça aquilo; leve uma vida assim; leve uma vida de tal maneira, são seguidos com grande resistência pelas pessoas. Isso faz com que nós sejamos um país com um alto índice de enfermidade dependente de soluções pela melhora do atendimento do sistema público. Assim como somos um país com alto índice de acidentes, o que faz a medicina traumatológica ser algo de intensa atividade. A impressão que tenho é que no que depende da administração pela própria classe médica, da problemática de saúde no Brasil, nós estamos muito bem atendidos, e acho que os próprios administradores no nível de topo da administração dos Estados e da administração Federal têm boas intenções com este setor, consagram menos a saúde do que deveriam em matéria de orçamento, como consagram menos a educação do que deveriam, mas, não vejo um problema de perda da qualidade ética num modo como a cúpula governante encara a questão da saúde, o que nós temos são, no domínio da saúde, como nos demais domínios, um seríssimo problema de maus costumes no exercício da função pública de corrupção, temos visto isso a todo o momento. A todo o momento a corrupção, da qual o país nunca se livrou e, atualmente, assola também o setor da saúde pública e é penoso. Quando um escândalo de corrupção envolve obras de engenharia ou contratos associativos, ele não pesa tanto sobre a consciência coletiva como quando ele envolve o fornecimento de sangue para transfusões, de vacinas para qualquer espécie de mal e assim por diante, mas enfim, temos a função pública no Brasil, e eu diria que, particularmente, é mal exercida no sentido de que está se desprofissionalizando um pouco o centro de decisões na administração

16 DECORAÇÃO Pequenas, Quando assistimos algum filme que mostra uma casa no campo, rodeada de árvores e animais soltos pelo local, um belo casal abraçado e apaixonado apreciando o melhor vinho e comida, ouvindo uma música romântica de fundo em uma sala grande e confortável com uma lareira extremamente linda e quente, invariavelmente queremos estar no lugar deles. E quando voltamos para a realidade que tristeza... Percebemos que o nosso ambiente é bem diferente do filme. Mas para quem sonha com a lareira do filme e não pode ter por falta de espaço ou até mesmo por morar em apartamento, ou ainda pela preocupação com os resíduos e poluentes que as lareiras tradicionais costumam deixar, agora poderá decorar seu ambiente com as lareiras portáteis. E pensando nesse público a Obravip, disponibiliza as lareiras portáteis em diversos tamanhos e para vários ambientes, além de não deixarem poluentes, a chama dura mais tempo. Para decorar o ambiente a Obravip elaborou as lareiras design, ou seja, elas estão mais para obras de arte e peças de decoração e são extremamente funcionais, aquecem confortavelmente os ambientes e os modelos se aproximam de mesas de centro, tochas e quadros. Podem ser utilizadas em pequenos ambientes, como os modelos Gold Stone. Para ambientes maiores os modelos Hot Chocolate e o -shape estão bem indicados. Nas áreas externas o Jar e o Bubble remetem a um romantismo medieval, já que são modelos estilizados de tochas e fogueiras. Giovana unardi, gerente de E-Commerce da Obravip explicou que o tempo de funcionamento pode variar de modelo a modelo e que o acionamento é de maneira fácil, e pode ser reacendida em poucos minutos. A lareira possui proteção e acessórios de acendimento para manter a segurança, a sua instalação é simples e não é necessário nenhum treinamento. O produto vem com os suprimentos necessários, e em poucos minutos a lareira está pronta. Por usar álcool como combustível, a lareira não cria fuligem ou fumação. Ao fim de aproximadamente três horas de uso, ela pode ser facilmente transportada de um ambiente para o outro (sala para o quarto ou casa para o sítio). Claro que existem modelos maiores que são mais difíceis de transportar devido ao peso, explicou a gerente. A Obravip que está há cinco anos no mercado trabalha com vários produtos de decoração para toda a casa: eletrodomésticos, utilidades domésticas, iluminação, móveis e banheiro e podem ser adquiridos somente no meio virtual. atraentes e quentes foto divulgação Cibele Gallinucci Serviço:

17 DECORAÇÃO fotos divulgação grande Ambiente pequeno mas com aspecto de Cibele Gallinucci Saber decorar é importante para não deixar um quarto pequeno menor ainda, lotando-o com objetos que às vezes são desnecessário. Para valorizar o terreno algumas construtoras vêm construindo, na maioria das vezes apartamentos e casas pequenas. E as famílias ficam preocupadas como irão se adequar em um local pequeno com várias pessoas e objetos junto em um mesmo espaço. A sala é um dos ambientes mais visitados, normalmente para a confraternização da família e de amigos e, para deixar o local mais agradável aconselhase sofás com assentos retráteis. Eles são muito confortáveis na hora de assistir um filme, pois, sua profundidade pode chegar a 1,60m, a grande vantagem é que quando o ambiente for usado para receber visitas ele se torna um sofá com profundidade normal. Os pufes, que agradam tanto crianças quanto adultos também são importantes para locais menores. Podem ser inseridos no mobiliário de TV ou sob um aparador e quando necessário acrescentar lugares na sala, ainda podem ser usados como mesa de centro. Para o ambiente continuar aconchegante e com aspecto maior a iluminação indireta também ajuda, além da criação de pontos com destaque no local, como uma parede com cor diferente ou papel de parede. E como ficam as cozinhas, que para muitas famílias brasileiras, servem de sala de estar? Os cooktoops são muito interessantes, pois, liberam espaço para mais armários sob ele. A elaboração de uma torre onde os principais eletrodomésticos como a lava-louça, forno elétrico e microondas podem ficar um sobre o outro, economizando e liberando espaço, aumentando a praticidade na ultilização dos mesmos. Outra dica são as portas dos armários aéreos em vidro que contribui para deixar o ambiente com aspecto amplo e agradável. Qual é o filho que nunca pensou em ter um quarto exclusivo para ele? Mas como alguns têm que dividir o espaço com os irmãos, o ambiente acaba ficando pequeno. evando-se em conta que os filhos estão em constante crescimento e os móveis ficam rapidamente inadequados, um dos recursos é o uso de espelhos nas laterais da cama ou nas portas dos amários, também o uso de cores claras nas paredes e as roupas de cama lisa com estampas miúdas, podem valorizar o espaço. O espaço limitado nos quartos de crianças permite apenas um determinado número de móveis como a cama, a mesa, a cadeira, o armário e a estante, portanto, dê atenção à boa qualidade dessas poucas peças, que devem ser práticas e adaptáveis e podem ser completadas mais tarde. As crianças gostam de espaço para poderem brincar e sentirem-se mais livres, então, evite lotar o quarto com muitos móveis. Reciclar e se desfazer dos excessos que acumulam nos armários é muito importante, porque o ambiente fica com aspecto mais clean. Serviço: Elementhos Projetos de Harmonização e Design de Interiores Rua: Doutor Cândido Motta Filho, 568, 1º andar, Vila São Francisco, SP. (11)

18 ECONOMIA & NEGÓCIOS Perguntas e Respostas sobre o Mercado de Renda Variável Fernando Toscano Olá amigos. Dando prosseguimento à matéria publicada na edição de maio estarei aqui aprofundando um pouco mais sobre o mercado de renda variável. Preparei um guia de perguntas & respostas para facilitar o entendimento e direcionar as questões de forma mais lógica. Quais as principais dúvidas do iniciante em renda variável e como saná-las? Escolhida a corretora e efetuado o primeiro depósito surge uma dificuldade comum: como utilizar o sistema de home broker disponibilizado pela corretora e qual a melhor forma de aproveitar todas as suas ferramentas e possibilidades? Todas as boas corretoras oferecem um curso sobre uso do seu home broker (consulte isso antes de escolher a corretora). Veja também se disponibilizam um atendimento online para sanar dúvidas corriqueiras e técnicas, inclusive com analistas de mercado para lhe dar suporte. Isso posto você poderá iniciar devagar, adquirindo ações mais seguras, em empresas sólidas e também nas chamadas blue chips (ações de primeira linha) tais como: Vale, Petrobras, Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Santander, Usiminas, etc. Opere com pequenos valores para você ir compreendendo as nuances desse novo negócio. Existem diversos sites que você poderá operar virtualmente, sem movimentar valores. Isso também é bastante válido. Os cursos básicos, oferecidos gratuitamente pela Bovespa, agregam conhecimento importante; as corretoras de valores também oferecem cursos em todos os níveis. Seja organizado, monte planilhas e entenda como são calculados os impostos e as taxas de corretagem. Esses são caminhos básicos que devem ser seguidos para evitar riscos desnecessários ao seu capital investido. Investimento em renda variável pode se tornar um grande negócio se operado corretamente. Tenho alguns amigos que vivem exclusivamente de aplicações na bolsa de valores, mas para isso se dedicaram ao longo de alguns anos. divulgação Quais os principais tipos de análises de mercado e como utilizá-los na prática? São duas correntes: análise fundamentalista e análise gráfica. Na verdade eu utilizo muito as duas porque te dão informações sobre o mercado, mas ambas também tem suas falhas. A análise fundamentalista se apoia no estudo técnico das empresas listadas na bolsa. As corretoras e a Bovespa disponibilizam muitas informações sobre as companhias e isso deve ser lido com bastante atenção. Os investidores experientes analisam até os principais executivos do grupo (se são conservadores, atirados, sua forma de atuação em empresas passadas, formação, seus gurus, grupo político, relacionamento com o mercado, experiência, etc); onde a companhia investe ou comercializa seus produtos também traz informações importantes (exemplo: a Vale é muito dependente do mercado internacional, principalmente China; os bancos brasileiros têm proteção e não dependem tanto do mercado internacional; as companhias aéreas têm boas perspectivas nos meses de julho e dezembro-fevereiro - agora com a chegada da Copa e das Olimpíadas tendem a crescer; a Petrobras tem o pré-sal, mas também a ingerência do governo federal na sua administração. Enfim, tudo isso pesa). O analista gráfico estuda o movimento dos gráficos ao longo dos anos, meses e dias. Existem diversas tendências e formações gráficas, que geralmente se repetem, e trazem dados valiosos na análise. Na prática só o treinamento aliado à experiência poderá lhe dar a visão adequada. Para aquele investidor dedicado o risco é muito pequeno, agora, ao contrário do que a maioria pensa, o grande negócio na bolsa é a aplicação no longo prazo. Você vai ganhar muito mais do que poupança e investimentos tradicionais, mas o risco, embora pequeno, está sempre presente. Como funcionam as aplicações de curto prazo e seus riscos? O chamado day trade é a aplicação de curtíssimo prazo com a compra e a venda no mesmo dia e maior incidência de imposto. Vou te citar um exemplo que ocorreu comigo: em julho de 2009 adquiri ações da uma empresa de telefonia e as vendi no final do pregão, no mesmo dia, com ganho real de quase 11%. Mesmo com a maior tarifação foi tremendamente compensador; por outro lado também já ocorreu o contrário, mas não com essa variação toda perdi 1% ou 2% num dia. A aplicação de curtíssimo prazo deve ser operada por investidores experientes, com disponibilidade financeira e disposição para correr o risco de eventualmente perder dinheiro. Quem deve aplicar na bolsa? Aquele novo investidor que tem economias para trocar de carro, mas já tem um; fazer uma reforma ou apenas poupar pode investir na bolsa, desde que tenha consciência dos riscos e que o retorno pode ser extremamente rápido, mas também demorado. No meu entendimento pessoal, salvo condições muito anormais, o investidor não perderá dinheiro. Veja o exemplo da bolha imobiliária americana que levou milhares ao desespero em 2008/2009. Toda a perda já foi recuperada com grandes vantagens sobre as aplicações tracionais como a poupança. Para aquele investidor que precisa do dinheiro para algum compromisso futuro este não deve aplicar em renda variável; deixe na poupança ou no tesouro direto. Para o pequeno investidor qual o melhor caminho: poupança ou renda variável? Primeiro há de se fazer um esclarecimento fundamental. O governo federal alardeia aos quatro cantos que a poupança paga a correção monetária mais juros remuneratórios de 6% ao ano (0,5% ao mês). Isso não é verdade porque o indexador da poupança é a TR que não serve como fator de correção monetária. Um exemplo prático: o próprio governo federal contratou como o FMI que o índice oficial da inflação brasileira é medido pelo IPCA. Quanto rendeu o IPCA em 2010? 5,91%. E a poupança? 6,80%. Qual o ganho real sobre o dinheiro aplicado na poupança? 0,89%! Isso é um engodo, um engano à população. A poupança é um porto seguro ao investidor, já que o governo federal garante as contas de poupança com saldos de até 40 (quarenta) salários mínimos, com baixíssimo retorno, mas, pelo menos, o seu dinheiro não é corrido pela inflação. Como citei anteriormente a Bovespa já me deu retorno de 11% num dia! Em 2009 a Bovespa rendeu 88,6% e a poupança 6,9%. Cada um que tire as suas conclusões! Realço mais uma vez: só se deve aplicar em renda variável aquele dinheiro que você não tem compromisso, aquele dinheiro que está sobrando, guardado ou aplicado na poupança. O que são exatamente Mercado Primário, Secundário e Fracionário? O Mercado Primário compreende o lançamento de novas ações no mercado; é uma forma de captação de recursos para a empresa. Uma vez ocorrendo esse lançamento inicial ao mercado, as ações passam a ser negociadas no Mercado Secundário, onde ocorre a troca de propriedade de título. Ou seja, no Mercado Primário, quem vende as ações é a companhia, usando os recursos para se financiar. No Mercado Secundário, o vendedor é você (investidor) que se desfaz das ações para reaver o seu dinheiro. Por isso, os negócios que você realiza em Bolsa de Valores correspondem ao Mercado Secundário. O Mercado Fracionário é outra coisa. Toda empresa tem suas ações negociadas em lotes, que podem ser de uma, dez, 100 ações, etc. Se, por exemplo, você não deseja comprar um lote-padrão de 100 ações, mas sim 150 ações, é necessário usar o mercado fracionário. Neste caso, o lotepadrão, ou seja, as 100 ações, serão negociadas no mercado integral e as 50 restantes no fracionário. Você reconhece a negociação e a ação fracionária pela letra F. Exemplo: uma ação da Petrobrás PETR4 no mercado fracionário é escrita PETR4F. Qual a sua recomendação para a Bovespa em 2011? Eu não recomendo onde investir, pois me torno diretamente responsável. Cada qual deve ter seu próprio feeling, contar com apoio de profissionais de mercado, com as corretoras, com a BOVESPA e com as suas próprias análises. E duas dicas importantes: seja frio, emoção não combina com renda variável; e não pense que você vai ganhar sempre. Muitas vezes você deve vender perdendo para recuperar posteriormente. Uma ação que era cotada a R$ 12,00, por exemplo, e caiu para R$ 9,00 (você perdeu 25%), mas para você recuperar esses R$ 3,00 ela deverá se valorizar 33,3% e não apenas mais 25%. A conta é inversa; de baixo para cima. Por isso você deve avaliar a cotação de cada uma delas com cuidado, se estão sub ou supervalorizadas, o valor de mercado da companhia, projetos, investimentos, riscos, ingerência estatal, análise fundamentalista e gráfica, passivo, compromissos futuros, clientes, etc. Boa sorte! Serviço: Fernando Toscano Consultor Financeiro e Correspondente da Revista inha Fina em Brasília Contato: 34 35

19 SAÚDE Cristiane BragaOfotos divulgação A juventude e a beleza é uma associação que prega em nosso subconsciente. Digo subconsciente, e não inconsciente, uma vez que somos bombardeados com noticias e informações que ressaltam todo momento O jovem é belo. Mas, a beleza pode (e deve) ser exaltada a qualquer momento! Basta que estejamos equilibrados internamente e que nos sintamos bem com nós mesmos. Quanto mais estudamos, entendemos que a beleza externa é reflexo do equilíbrio interno. Sendo assim, algumas características do envelhecimento podem ser esperadas em cada década: Aos 30 anos a jovialidade esta no auge. Algum indício de flacidez já pode ser notado, principalmente nas pálpebras e no sulco nasogeniano, o que o leigo conhece como bigode chinês. A partir dos 30 anos, tem início a degradação das fibras de colágeno e elastina, que são fibras que conferem sustentação para a pele. Por esta razão, esses primeiros sinais de flacidez começam aparecer, principalmente naquelas pessoas geneticamente pré-dispostas. Os fatores externos também influenciam muito, já que a pele é o único órgão que possui dois processos de envelhecimento, o interno (intrínseco) e o externo (extrínseco). Dos fatores externos, os que mais contribuem para o envelhecimento da pele são o tabagismo e o sol. Assim, aquelas pessoas que fumam e se expõem muito ao sol provavelmente irão aparentar mais envelhecidas já aos 30 anos. que fazer em cada década? Nesta fase, quanto maior o estímulo, para a produção de colágeno, que pudermos oferecer, menor será a flacidez. Para este cuidado algumas dicas são muito importantes: Aumente a ingestão de frutas, verduras e legumes, pois possuem substâncias anti-oxidantes que reduzem a degradação das fibras de colágeno; Coma carne vermelha pelo menos três vezes por semana, pois as reservas de ferro precisam estar em níveis críticos para a produção das fibras de colágeno; Hidrate-se, tome muita água! Uma pele hidratada é uma pele mais protegida; Use filtro solar, pelo menos para tentar reduzir um dos principais fatores externos de envelhecimento da pele; Use e abuse dos cremes anti-idade, claro que com a devida orientação do seu dermatologista; Aos 40 anos, nesta década, os níveis hormonais apresentam um decréscimo importante, tanto para as mulheres (menopausa) quanto para os homens (andropausa). Isto se reflete na pele, acelerando o envelhecimento natural, ou seja, intrínseco. Com a queda dos níveis hormonais, a pele (facial e corporal) torna-se menos hidratada, mais ressecada e mais frouxa. As bolsas palpebrais ficam mais evidentes e começam a aparecer aquelas rugas em volta dos lábios. As pessoas de pele oleosa e negra são mais protegidas contra este processo, já que a oleosidade natural confere um pouco mais de proteção a pele. Em alguns casos, a reposição hormonal é indicada e recomendada, o que melhora os níveis de hidratação da pele, desacelerando o processo de envelhecimento. Mas, não são todas as pessoas que beneficiam-se com o uso de hormônios. A partir da segunda metade da quarta década, a renovação celular torna-se mais lenta. Algumas orientações podem compensar esta lentidão: Se você ainda fuma, o ideal é parar! Alem dos riscos aumentados da incidência de câncer, as toxinas emitidas na fumaça do cigarro aceleram a degradação das fibras de colágeno e elastina, piorando a frouxidão da derme; Faça atividades físicas regulares isto aumenta o ciclo de hidratação da pele, mantendo-a mais hidratada. Além da liberação de endorfinas durante o exercício que promovem, também na pele, a sensação de bem estar; Mantenha uma ingestão adequada de frutas, legumes e verduras, pois é uma forma natural de reduzir a toxicidade dos radicais livres na pele; Aos 50 anos nesta fase, todas aquelas evidências do envelhecimento ficam mais acentuadas, como os sulcos nasogenianos e as bolsas palpebrais. Além disso, há uma reabsorção óssea e cartilaginosa, resultando na perda da projeção da região malar (maçã do rosto), perda do contorno facial, e flacidez da pele na face e no pescoço. A maioria das mulheres com mais de 50 anos já tiveram sua menopausa. Neste momento, pode haver uma redução fisiológica dos cabelos, assim como um afinamento dos fios. As unhas também ficam ais frágeis e descamativas. Naquelas pessoas que sempre se cuidaram, os sinais do envelhecimento ficam menos evidentes, e os cuidados devem incluir: Manutenção de uma alimentação equilibrada; Prática de atividades físicas regulares; Alguma atividade relaxante, como yoga, meditação, orientação musical, pinturas (isto torna a pessoa mais centrada e equilibrada e menos suscetível àqueles fatores externos que aumentam a produção dos radicais livres); Fazer (se ainda não o faz) uma suplementação vitamínica e de oligoelementos a fim de melhorar o equilíbrio orgânico, e fornecer a pele, unhas e cabelos, nutrientes adequados. Acima de 60 anos a beleza a partir da 6a década de vida é definida pela manutenção de uma pele hidratada e saudável, estendendo-se às unhas e aos cabelos. Claro que todos aqueles sinais rugas, flacidez, perda de contornos pioram progressivamente. Mas, nesta fase, é nítida a diferença entre aquelas pessoas que sempre se trataram e aquelas que nunca o fizeram. A qualidade da pele, a textura, a capacidade de manter a hidratação e a firmeza dependem de influências genéticas, mas também, do estilo de vida que se leva. Os tratamentos clínicos, aplicação de lasers, utilização de cremes anti-idade, procedimentos cirúrgicos podem realçar a beleza da pele de cada um. Mas, somente o estado de equilíbrio interno pode manter esta beleza. Dra. Cristiane Braga é especialista em dermatologia, medicina estética e tricologia. Com Pós-Graduação em Medicina Anti-Envelhecimento, a doutora também atua na Prevenção do Envelhecimento Cutâneo e patologia capilar. A doutora acaba de participar do Meeting da Academia Americana de Dermatologia, ocorrido em Miami EUA. Além disso, a profissional é professora da Pós- Graduação em Dermatologia da FPS, Diretora de Relações Internacionais da Sociedade Brasileira de Medicina Estética em São Paulo, Membro Técnico da Sociedade Brasileira Para os Estudos do Cabelo (SBEC) e da Sociedade Brasileira para Estudos do Envelhecimento (SOBRAE)

20 MUNDO ANIMA Alta moda para os divulgação cães & gatos Cibele Gallinucci Tratamento de pele, roupas, unhas cortadas e até mesmo pelos coloridos. Se você acha que estamos falando em salões de beleza para mulheres e homens, estão enganados, são os pets shops que a cada dia vem crescendo no mercado e com produtos que agradam a muitos. Em muitas famílias os animais são considerados entes queridos, assim sendo, os donos procuram empresas que cuidam carinhosamente deles, pensando nesses consumidores os pets oferecem roupas, perfumes, livros, tratamento de beleza e a compra de produtos on line. Camila Dotta, sócia-proprietária da Simply Pet, disse que sempre procurou empresas que tivessem excelência em serviços e, que cada uma tinha um serviço diferenciado, por isso, resolveu montar um pet que possuísse tudo que sentiu falta nos outros pets. Para que os clientes saiam satisfeitos com o atendimento, Dotta e sua sócia, Patricia Cicarelli acompanham de perto todas as operações, testando os produtos, promovendo cursos de atualização e capacitação para os funcionários. Tratamos os cães de uma forma que se sintam felizes, livres e saudáveis. Cães devem ter direito ao conforto, higiene e beleza de uma maneira que não entre em conflito com sua essência, eles são animais sociais, que gostam de viver em grupo. Os donos dos nossos clientes ficam felizes por seus cães gostarem de ficar aqui, explicou Camila. E por isso, a empresa oferece várias atividades entre elas estão: boutique onde o cliente pode escolher camas, brinquedos, rações, jóias, roupas, livros entre outros acessórios; Centro de Estética, os animais recebem banho, chapinha, tosas, perfumes; Day Care e Hotel, espaço interno e externo para brincadeiras, descanso e alimentação e também o consultório veterinário. As roupas e as jóias são desenvolvidas para um maior conforto e praticidade dos animais. As vestimentas são de marcas brasileiras e com criação exclusiva para a Simply Pet, trabalham também com roupas vindas do Canadá e Estados Unidos, as jóias são feitas com pérolas, cristais, correntes leves com opções de pingentes como iniciais e berloques. Para os clientes que procuram produtos inusitados, a empresa disponibiliza quadros com a imagem dos animais desenvolvidos pelos artistas plásticos Sergio Dotta e Helena Dotta e também coletes imitando peles, coleiras, sapatinhos de bexiga para as patinhas dos cães que não querem se sujar. Os valores dos produtos variam em torno de R$ 5,00 para os brinquedos e petiscos e R$ 710,00 que é a cama de fibra sintética. Produtos de Pet Shops também estão na Boutique Virtual Para quem tem animais de estimação, mas, não possui tempo para ir a uma loja de pet shop, podem adquirir os acessórios para os bichinhos através da internet. Criada pela sócia-diretora Michele Kraus, a Boutique Virtual disponibiliza em seu site artigos voltados para o mundo animal que vai desde vestidos a colchonetes. A ideia surgiu por pesquisas realizadas no mercado que apontaram um grande crescimento do setor. Além do site a empresa trabalha com redes sociais onde os clientes podem participar de promoções, concursos culturais e receber dicas e notícias do mundo animal. Michele comentou que os produtos mais procurados são os que saem na mídia, como o Divã Captone. Os mais inusitados são as mochilas para cachorros, cama box e floral, disse ainda que alguns artigos são importados. O preço dos produtos variam. O mais baixo são os brinquedinhos de pelúcia, em torno de R$ 14,00 e o mais alto é uma bolsa de transporte de cães no valor de R$ 600,00. Os produtos são encontrados somente na loja virtual, para cães e gatos, explicou a sócia-diretora. A Boutique Virtual comercializa comedouro automático, caminhas em formatos diferentes, cama box e brinquedinhos de pelúcia. A compra demora em torno de 1 a 3 dias para chegar no local escolhido e aceitam todas as formas de pagamento, cartões de crédito, débito, transferência bancária e boleto bancário. Serviços: Boutique Virtual (11) Simply Pet Rua: Tumiaru, 166, Vila Mariana, SP (11) A história de Isis Reis, Poinga, Pitica, Abigail e Malu Com 7 anos ganhei minha primeira cadelinha, a Poinga que viveu 14 anos. Eu já tinha 20 anos quando ela morreu e nesse dia eu e minha mãe jurávamos nunca mais pegar nenhum cão pois a perda é irreparável. Ela foi levar a Poinga ao veterinário às pressas, mas sabíamos que já não seria possível trazê-la de volta. Eu só conseguia olhar o quintal vazio e chorar, quando minha mãe me ligou do veterinário dizendo que estava trazendo uma cadelinha muito "Pitica" que havia sido abandonada com seus irmãos num dia chuvoso. O nome dela ficou Pitica e era um doce. Ficou enorme, de "Pitica" não tinha nada! Dois anos depois adotamos a Abigail, uma labradora com beagle que destruía tudo que via e era muito brincalhona. Quando fui morar sozinha, o máximo que aguentei foram 30 dias sem uma companhia animal! Através de uma Ong da cidade, adotei a Malu que é maltês com poodle, pesa 3,5kg e sua antiga dona não a queria mais depois de 2 anos... Nunca pensei que teria um cão desses, pois estava acostumada com cães grandes que não ficavam muito tempo de lacinho. Hoje a Pitica e a Abigail já viraram estrelas no céu canino e a Malu que já esta com 5 anos é um anjinho que Deus mandou pra mim. Minha companheira pra tudo, meu amor! 38 39

Carreteiro dos Pampas

Carreteiro dos Pampas Carreteiro dos Pampas 500g Arroz Parboilizado Namorado 200g alcatra cortado em cubos 200g sobre-paleta suína cortado em cubos 200g coração de galinha (limpo) 200g calabresa média cortada em meia lua 200g

Leia mais

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo Almôndegas de Arroz 2 xícaras (chá) de arroz cozido 200g de carne moída 1 dente de alho picado 1 cebola picada 2 colheres (sopa) de farinha de rosca 4 xícaras (chá) de molho de tomate Sal e pimenta a gosto

Leia mais

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite ABÓBORA COM CREME 1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite 1 Leve as 2 xícaras de açúcar em uma panela ampla

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão

Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão http://portaldaindustria.com.br/agenciacni/ 03 FEV 2014 Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão Já pensou em tomar sorvete de mandioca? E doce de casca de maracujá?

Leia mais

VÍNCULO MAG. plus size URBANO. chic. ROYALS estampas de joias para deixar qualquer look poderoso. Revista da Vínculo Basic Inverno 2015

VÍNCULO MAG. plus size URBANO. chic. ROYALS estampas de joias para deixar qualquer look poderoso. Revista da Vínculo Basic Inverno 2015 VÍNCULO MAG Revista da Vínculo Basic Inverno 2015 URBANO chic Inverno 2015. Tendências da estação mais fria do ano. ROYALS estampas de joias para deixar qualquer look poderoso. plus size SAIBA COMO COMBINAR

Leia mais

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

Chef Cristiane Corrêa

Chef Cristiane Corrêa Chef Cristiane Corrêa Bem Casado Tradicional Ingredientes: Massa 6 ovos ½ xícara de açúcar 1 e ½ xícara de farinha de trigo 1 colher de chá (rasa) de fermento em pó 50ml de óleo Recheio 1 lata de creme

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

MURAL DEZEMBRO 2015. Compromisso NATAL SOLIDÁRIO. O Natal está chegando e nessa data não podemos esquecer de ajudar quem precisa!!

MURAL DEZEMBRO 2015. Compromisso NATAL SOLIDÁRIO. O Natal está chegando e nessa data não podemos esquecer de ajudar quem precisa!! Compromisso NATAL SOLIDÁRIO O Natal está chegando e nessa data não podemos esquecer de ajudar quem precisa!! Todos os anos os Correios fazem uma ação muito bacana para que as crianças carentes possam ter

Leia mais

Frigideira de raviólis

Frigideira de raviólis Frigideira de raviólis (8 pessoas) 100g de bacon picado 500g de carne bovina cortada em cubos 500g de massa tipo ravióli farinha de trigo (cerca de 3 colheres) 1 cebola picada 2 dentes de alho esmagados

Leia mais

Animal. Casa. Compras. Fitness. Ensino. Gastronomia. Ano 1. Nº 1. 20 mil exemplares. www.revistacomuniq.com.br facebook.

Animal. Casa. Compras. Fitness. Ensino. Gastronomia. Ano 1. Nº 1. 20 mil exemplares. www.revistacomuniq.com.br facebook. Animal Casa Ano 1. Nº 1. 20 mil exemplares www.revistacomuniq.com.br facebook.com/revistacomuniq 2013 Compras Gastronomia Ensino Fitness Animal Casa www.revistacomuniq.com.br facebook.com/revistacomuniq

Leia mais

Entrada SALADA BOLOGNA OVO DE CODORNA PICANTE

Entrada SALADA BOLOGNA OVO DE CODORNA PICANTE Entrada OVO DE CODORNA PICANTE 12 ovos de codorna 1 colher de sopa de azeite de oliva 1 colher de café de vinagre Pimenta calabresa a gosto 1 pitada de sal 1 pitada de orégano 1 colher de chá de salsinha

Leia mais

RISOTOS. As melhores receitas

RISOTOS. As melhores receitas RISOTOS As melhores receitas INTRODUÇÃO Sempre tivemos vontade de postar receitas de risoto no nosso blog, já que é um prato muito apreciado pelos nossos clientes e leitores. Como o risoto tem seus segredinhos,

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

COLÉGIO CASSIANO RICARDO

COLÉGIO CASSIANO RICARDO CURSO DE CULINÁRIA COLÉGIO CASSIANO RICARDO 2º semestre - 2011 Receitas 1 Strogonoff de Carne 2 Risoto de Alho Poró 3 Cheesecake de Amora 4 Filé mignon ao alho do Edu Guedes 5 Lanche natural de metro 6

Leia mais

FAÇA DE CADA RECEITA UMA OBRA-PRIMA. CHEF Fundos Líquidos Concentrados

FAÇA DE CADA RECEITA UMA OBRA-PRIMA. CHEF Fundos Líquidos Concentrados FAÇA DE CADA RECEITA UMA OBRA-PRIMA. CHEF Fundos Líquidos Concentrados SEMPRE EM BUSCA DA EXCELÊNCIA CULINÁRIA, CHEF OFERECE A VOCÊ UMA LINHA COMPLETA DE PRODUTOS FEITA COM OS MELHORES INGREDIENTES. OS

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

14 segredos que você jamais deve contar a ele

14 segredos que você jamais deve contar a ele Link da matéria : http://www.dicasdemulher.com.br/segredos-que-voce-jamais-deve-contar-aele/ DICAS DE MULHER DICAS DE COMPORTAMENTO 14 segredos que você jamais deve contar a ele Algumas lembranças e comentários

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia!

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia! Esta revista foi pensada para deixar você com água na boca do início ao fim. Nela, vou mostrar duas de minhas especialidades na cozinha: receitas de massas e tortas. Nada mais versátil para agradar à família

Leia mais

casamento tipo exportação Na bolsa, além de cartões de memória Fotografia de Dicas Profissionais

casamento tipo exportação Na bolsa, além de cartões de memória Fotografia de Dicas Profissionais Os noivos Roland e Vesna, clicados em rua de Liubliana, capital da Eslovênia: mesmo em um país desconhecido, o fotógrafo precisa buscar lugares interessantes para fazer seu trabalho Fotografia de casamento

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

livro de RECEITAS festa do milho

livro de RECEITAS festa do milho livro de RECEITAS festa do milho JACI - SÃO PAULO Índice Pg. 03 Pg. 04 Pg. 05 Pg. 06 Pg. 07 Pg. 08 Pg. 09 Pg. 10 Pg. 11 Pg. 12 Pg. 13 Pg. 14 Pg. 15 Pg. 16 Pg. 17 Pg. 18 Pg. 19 Pg. 20 Pg. 21 Curau Tradicional

Leia mais

O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR

O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR ESCOLA DO SABOR O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR O alimento é a nossa fonte de energia, a nossa garantia de sobrevivência. Comemos para matar a fome e porque é gostoso. A alimentação é a principal fonte de

Leia mais

Floral que combate as incertezas e o medo

Floral que combate as incertezas e o medo Floral que combate as incertezas e o medo Esta receita do nosso Floral vai de encontro a esses tempos de crise onde as pessoas temem perder seus empregos, a autoestima por vezes cai muito e a desatenção

Leia mais

diferente Um book as preparações para cerimônia, cabelo, maquiagem, acessórios, e

diferente Um book as preparações para cerimônia, cabelo, maquiagem, acessórios, e Um book diferente Aproveite o casamento para tirar fotos com características de arte: nas ruas, praças, avenidas, próximas ao mar e até mesmo em ruínas Ensaio nas ruínas da Lagoinha foto: Leonardo Gali

Leia mais

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1 TERMOS E CONDIÇO ES Todas as Receitas incluídas nesse e-book foram retiradas de fontes seguras que são referências no assunto, não nos responsabilizamos pelo uso dessas receitas caso o seu estado de Diabetes

Leia mais

Cachorro Quente de Forno

Cachorro Quente de Forno Cachorro Quente de Forno 2 xícaras (chá) de farinha de trigo 2 xícaras (chá) de leite 2 ovos 3 colher de sopa de fermentem pó 100 g de queijo parmesão ralado Recheio: 8 salsichas cozidas e picadas 1 cebola

Leia mais

Discurso Feminino. Cozinha Sob Medida. Receitas para Você Adoçar seu Coração

Discurso Feminino. Cozinha Sob Medida. Receitas para Você Adoçar seu Coração Discurso Feminino Cozinha Sob Medida Receitas para Você Adoçar seu Coração 1 Página 4 Bolo de Chocolate Índice Página 6 CupCake Página 8 Página 10 Bolo de Iogurte Torta de Limão 2 O Discurso Feminino é

Leia mais

Atenção: Revista em desenvolvimento

Atenção: Revista em desenvolvimento Editorial Atenção: Revista em desenvolvimento Estamos iniciando nossa primeira edição, de um produto até agora novo, não na tecnologia empregada que já é sucesso na Europa, e sim em seu conteúdo. As revistas

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

Receita infalível para uma boa viagem

Receita infalível para uma boa viagem Receita infalível para uma boa viagem Para que a tão sonhada viagem de férias não se transforme em um pesadelo, alguns cuidados básicos devem ser tomados. Pensando no seu conforto e na sua segurança nesse

Leia mais

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Inclui receitas Ficha Técnica Título: Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Concepção: Mariana Barbosa Corpo redactorial: Mariana Barbosa Revisão:

Leia mais

Veja todo o material ou clique no índice abaixo para ir direto para o que precisa.

Veja todo o material ou clique no índice abaixo para ir direto para o que precisa. 1 Carta às Noivas Olá, em primeiro lugar, parabéns por estar se casando! Esperamos que este material à ajude a saber mais sobre casamentos e também no planejamento correto da sua festa. Veja todo o material

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

Checklist para Planejar o seu Casamento

Checklist para Planejar o seu Casamento http://www.havan.com.br/ http://www.bloghavan.com.br/ Checklist para Planejar o seu Casamento Mais de 1 ano antes Escolha a data do casamento e defina o seu orçamento. Se a cerimônia for na igreja, preocupe-se

Leia mais

coleção Conversas #2 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #2 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #2 Positivo, o que e u faç o Deu Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar

Leia mais

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa Vou passar a você, algumas receitas que usei para poder emagrecer mais rápido e com saúde. Não direi apenas só sobre como preparar algumas receitas, mas também direi como perder peso sem sofrimento e de

Leia mais

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim 17% não 83% 2. O que achou da transformação do Largo de Pinheiros? Diferente, muito

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Festa shake. I. Introdução:

Festa shake. I. Introdução: Festa shake I. Introdução: Utilize esta ferramenta como método diário de trabalho e descubra o quanto pode ser simples, mágico e divertido levar o produto para o mercado e recrutar pessoas para o negócio.

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Seis dicas para você ser mais feliz

Seis dicas para você ser mais feliz Seis dicas para você ser mais feliz Desenvolva a sua Espiritualidade A parte espiritual é de fundamental importância para o equilíbrio espiritual, emocional e físico do ser humano. Estar em contato com

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Checklist Meu dia D + 12 MESES

Checklist Meu dia D + 12 MESES Checklist Meu dia D + 12 MESES Estilo do casamento: Antes de iniciar as contratações avalie o que você e seu noivo desejam. Façam uma pesquisa de referências e levem em consideração o que sempre sonharam,

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

Page 1 of 7. Poética & Filosofia Cultural - Roberto Shinyashiki

Page 1 of 7. Poética & Filosofia Cultural - Roberto Shinyashiki Page 1 of 7 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Filosofia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Poética & Filosofia

Leia mais

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô 18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA Fabiana Nanô O que você encontrará neste ebook? Este ebook contém 18 receitas deliciosas para você fazer no dia a dia. São receitas fáceis de se preparar

Leia mais

Argolinhas. Capuccino da Vovó

Argolinhas. Capuccino da Vovó Capuccino da Vovó Argolinhas 1 lata de achocolatado pequena 1 lata de leite em pó instantâneo 150g de café em pó solúvel 1 colher de sopa de bicarbonato 1 pacote de chantily em pó canela em pó 6 colheres

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Caderno de Receitas da Dona Onça. por Janaina Rueda

Caderno de Receitas da Dona Onça. por Janaina Rueda Caderno de Receitas da Dona Onça por Janaina Rueda Para Joaquim, João Pedro, Jeffinho e Seu Júlio os homens da minha vida. Índice Estrogonofe de carne ensinado por minha mãe 03 Puchero que faço para minha

Leia mais

JANTAR AULA ENTRE AMIGOS DO PROF. ABÍLIO

JANTAR AULA ENTRE AMIGOS DO PROF. ABÍLIO JANTAR AULA ENTRE AMIGOS DO PROF. ABÍLIO ENT RADA: SHITAKE RECHEADO COM COGUMELOS SELVAGENS E AZEITE DE TRUFAS. PRINCIPAL: CAMARÕES GRELHADOS COM PIMENTA VERDE E AZEITE DE TANGERINA COM PURÊ DE MANGERICÃO.

Leia mais

RECADO AOS PROFESSORES

RECADO AOS PROFESSORES RECADO AOS PROFESSORES Caro professor, As aulas deste caderno não têm ano definido. Cabe a você decidir qual ano pode assimilar cada aula. Elas são fáceis, simples e às vezes os assuntos podem ser banais

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto s Feira Fika Risoto de calabresa com limão siciliano Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie Risoto 4 dentes de alho 1 cálice pequeno de vinho branco Azeite

Leia mais

By Dr. Silvia Hartmann

By Dr. Silvia Hartmann The Emo trance Primer Portuguese By Dr. Silvia Hartmann Dra. Silvia Hartmann escreve: À medida em que nós estamos realizando novas e excitantes pesquisas; estudando aplicações especializadas e partindo

Leia mais

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Índice Índice Massa & Feijões Perú O Roti Saudável Almoço Mexicano Pizza Saudável Vegetais Grelhados Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Massa & Feijões Este prato saudável combina feijão que enchem

Leia mais

Máxima Nova Classe Média autoestima 33%

Máxima Nova Classe Média autoestima 33% Máxima é a primeira revista mensal totalmente voltada para os desejos e as necessidades da mulher da Nova Classe Média. Sua missão é ajudá-la a resolver as questões do seu dia a dia e ser fonte de inspiração

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA O MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA Mahalia Goskowski CHOP SUEY DE LEGUMES - 1/4 de nabo branco comprido; - 4 cenouras; - 1 pimentão vermelho; - 1 pimentão verde; - 1/4 de acelga; - broto de feijão; - brócolis;

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De Gergelin Com Frango 7 Almoço Mexicano 8 Pizza Saudável 9 Vegetais Grelhados 10 Imformações importantes! Este Ebook não pode ser modificado / editado,

Leia mais

Ainda existe preconceito, mas as ferramentas do século 21 estão disponíveis também para os cristãos buscarem relacionamentos.

Ainda existe preconceito, mas as ferramentas do século 21 estão disponíveis também para os cristãos buscarem relacionamentos. Ainda existe preconceito, mas as ferramentas do século 21 estão disponíveis também para os cristãos buscarem relacionamentos. Se você pensava que o namoro entre dois cristãos poderia acontecer somente

Leia mais

R016 EBG La Dolce Vita na Costa Amalfitana

R016 EBG La Dolce Vita na Costa Amalfitana R016 EBG La Dolce Vita na Costa Amalfitana INTRODUÇÃO AO DESTINO Nenhum luxo é mais precioso que o tempo. Poder aproveitar a vida, saboreando cada segundo com tranquilidade e estilo é uma conquista de

Leia mais

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir.

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir. 1 BOLINHO DE JACARÉ I 1 kg. de carne de jacaré moída 100 g. de farinha de milho ou farinha de mandioca flocada 3 ovos inteiros 3 dentes de alho, picadinhos pimenta-do-reino e salsinha e cebolinha bem picadinhas

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

Receitas colesterol. Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes

Receitas colesterol. Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes Receitas colesterol Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes 2 berinjelas grandes (870g); 6 claras levemente batidas (180g); 2 dentes de alho grandes (15g); 12 colheres (sopa) de

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

O Que Os Homens Realmente Pensam E Não Tem Coragem De Falar

O Que Os Homens Realmente Pensam E Não Tem Coragem De Falar O Que Os Homens Realmente Pensam E Não Tem Coragem De Falar Pedimos perdão pela sinceridade mas o manifesto vai mostrar que você foi totalmente iludida sobre o que um homem procura em uma mulher. E digo

Leia mais

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO Por Andréa Santa Rosa & Márcio Garcia Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa Revisão técnica: Luana Vilas Bôas Revisão editorial: Clara Koziner Laís Barbosa www.vidafuncional.com.br

Leia mais

Bolinho de amor. Com carinho, Equipe do Integral

Bolinho de amor. Com carinho, Equipe do Integral Bolinho de amor 1 pitada de carinho 2 colheres de mel 3 colheres de doçura 4 Colheres de paixão 5 Colheres de amor a gosto 6 Colheres de dedicação Modo de Preparo: Faça a mistura de carinho, mel, doçura.

Leia mais

Seja Bem Vindo! Curso Automaquiagem. Carga horária: 45hs

Seja Bem Vindo! Curso Automaquiagem. Carga horária: 45hs Seja Bem Vindo! Curso Automaquiagem Carga horária: 45hs Conteúdo: Introdução História da Maquiagem Como Limpar a Pele Pincéis para a Maquiagem Preparação da Pele Primer Base Corretivo Pó Facial Blush Olhos

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio Inglaterra Mini Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho

Leia mais

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série.

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. EE Bento Pereira da Rocha HISTÓRIA DE SÃO PAULO Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. História 1 CENA1 Mônica chega

Leia mais

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem.

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem. Pais e filhos 1º cena: música ambiente (início da música pais e filhos legião urbana - duas pessoas entram com um mural e começam a confeccionar com frases para o aniversário do pai de uma delas (Fátima),

Leia mais

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 3º Tri 2015: Reis de Israel

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 3º Tri 2015: Reis de Israel O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais

FEIJOADA FÁCIL E LIGHT

FEIJOADA FÁCIL E LIGHT FEIJOADA FÁCIL E LIGHT Cozinha pratica do Souki - Receita de Thiago Souki http://www.cozinhapratica.com/ Ingredientes No total, usa-se 1 kg de Carne variada, natural, defumada ou salgada. Pode-se usar

Leia mais

10 dicas para. comer macarrão de maneira saudável. Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão

10 dicas para. comer macarrão de maneira saudável. Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão 10 dicas para comer macarrão de maneira saudável Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão Tradicional prato da culinária brasileira, o macarrão não é geralmente considerado um bom

Leia mais

Sustentável. Alimentação: Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152

Sustentável. Alimentação: Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152 Alimentação: Sustentável Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. NÚMERO 4 Bolo de Maçã com casca 3 ovos 1 xícara (chá)

Leia mais

5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU. e a si mesma!

5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU. e a si mesma! 5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU GUARDA-ROUPA e a si mesma! E S T I L O É A SUA ALMA V I S T A P E L O lado de fora. I N T R O D U Ç Ã O Qual é a mulher nesse mundo QUE NUNCA RECLAMOU EM FRENTE AO ESPELHO

Leia mais

20 Receitas Econômicas e Nutritivas

20 Receitas Econômicas e Nutritivas 20 Receitas Econômicas e Nutritivas 1. ALMEIRÃO COM SOBRAS DE ARROZ 1 maço de almeirão 1 cebola picada 1 dente de alho 2 xícaras (chá) de arroz cozido 1 e 1/2 colher (sopa) de óleo Escolha e lave bem o

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO. Amanda Medeiros Cecília Aragão

CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO. Amanda Medeiros Cecília Aragão CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO Amanda Medeiros Cecília Aragão Mais importante do que a roupa é a vida que se vive dentro da roupa. A gente é mais bonita quando está feliz. Quem se

Leia mais

Modo de Preparo. Modo de Preparo RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO

Modo de Preparo. Modo de Preparo RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO 280 gramas de peito de frango,2 dentes de Alho picados,4 xícaras de chá de Arroz,banco cozido,2 Ovos cozidos e picados,1 xícara de chá de Cebolinha picada,sal a gosto,pimenta-do-reino

Leia mais

Hotel Pousada. Nosso Hotel possui os seguintes tipos de apartamentos:

Hotel Pousada. Nosso Hotel possui os seguintes tipos de apartamentos: Hotel Pousada Onde tudo começou! O Hotel Pousada está localizado no interior do complexo, em local mais que privilegiado entre o Parque das Fontes e a entrada do Hot Park. É o local perfeito para aproveitar

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Victoria, Canadá Nome: Vivian Borges Scalfi Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Leia mais

Tabule Rendimento 4 porções

Tabule Rendimento 4 porções Tabule Rendimento 4 porções - 4 tomates picados - 1 xícara (chá) de trigo para quibe - 1 cebola picada - 1 pepino com casca picado em cubos - 1/2 xícara (chá) de salsinha picada - 1/4 xícara (chá) de cebolinha

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

Ensaio: O ensaio é o mais antigo gênero de matéria, publicado nas revistas inglesas desde o século 18. Geralmente, trata-se de um texto curto,

Ensaio: O ensaio é o mais antigo gênero de matéria, publicado nas revistas inglesas desde o século 18. Geralmente, trata-se de um texto curto, O conteúdo Ensaio: O ensaio é o mais antigo gênero de matéria, publicado nas revistas inglesas desde o século 18. Geralmente, trata-se de um texto curto, escrito do ponto de vista do autor. Pode tratar

Leia mais

Livro de Receitas. Receitas do. Chef César Santos

Livro de Receitas. Receitas do. Chef César Santos Livro de Receitas Receitas do Chef César Santos Camarão com arroz de coco Ingredientes: 400 g de filé de camarão 10 quiabos médios 50 g de pimentão verde 50 g de pimentão amarelo 50 g de pimentão vermelho

Leia mais

Maquiagem no sol e na academia, sim!

Maquiagem no sol e na academia, sim! 46 Março/Abril de 2011 Maquiagem no sol e na academia, comportamento iate sim! Não há restrições para o uso do make. Realçar a beleza e proteger a pele pode ser a qualquer hora do dia, em qualquer lugar

Leia mais

Camarões a Monterrey. Foto ilustrativa

Camarões a Monterrey. Foto ilustrativa Receitas Camarões a Monterrey 10 camarões MARIS 10 fatias de bacon 100g de queijo gruyere 2 dentes de alho 4 colheres de sopa de azeite ½ limão Sal e pimenta do reino a gosto 3 tomates grandes maduros

Leia mais

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Nome da 4 xícaras de chá de farinha de farinha (500g) 4 ovos 2 Litros de leite morno 1 colher (sopa) de fermento em pó (10g) 2 gemas para pincelar

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS RECEITAS Souflê de brócolis (4 - Porção(ões) - 120 - Caloria(s)) Ingredientes: 100 g de queijo minas ou tofu 1 xícara de leite ou extrato de soja 2 ovos 1 colher de sopa de amido de milho (maisena) 1 pitada

Leia mais